• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 47
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 50
  • 22
  • 21
  • 21
  • 20
  • 20
  • 20
  • 16
  • 10
  • 9
  • 7
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Variação sazonal do fluxo e da concentração de CO2 na região leste da Floresta Amazônica – PA / Seasonal variation of the flow and concentration of CO2 in the region east of the Amazon Forest – PA

Leal, Leila do Socorro Monteiro 19 December 2000 (has links)
Submitted by Reginaldo Soares de Freitas (reginaldo.freitas@ufv.br) on 2016-06-29T17:16:52Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 243435 bytes, checksum: b21d34fa6d4b7e9969385cc884dd2ad3 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-29T17:16:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 243435 bytes, checksum: b21d34fa6d4b7e9969385cc884dd2ad3 (MD5) Previous issue date: 2000-12-19 / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais / Na década de 70, a Floresta Amazônica era considerada o "pulmão" do mundo, em virtude de uma possível maior produção de O2 e consumo de CO2. Já na década de 80, o conceito de “clímax” foi estabelecido, acreditando-se estar a floresta em equilíbrio, isto é, internamente, tudo que era produzido era consumido. Hoje, ao contrário do que se acreditava, experimentos observacionais vêm evidenciando que a floresta está fixando CO2 atmosférico. Atualmente, os pesquisadores que estudam fluxos na Amazônia procuram entender a magnitude dos fluxos de CO 2 e suas variações inter e intra-anuais, assim como entre diferentes localidades da região. Este trabalho vem auxiliar neste assunto, tendo como objetivo analisar as variações diária e sazonal da concentração e dos fluxos de CO 2 acima e dentro do dossel da floresta, bem como a influência dos elementos do clima sobre essas variações na região leste da Amazônia. Os dados utilizados no presente trabalho são provenientes do Projeto ECOBIOMA, desenvolvido na região leste amazônica, e foram obtidos ao longo do ano de 1999. Coletaram-se dados meteorológicos e de fluxos de CO2 acima do dossel da floresta, sendo também coletados os dados da concentração de CO2 acima e dentro do dossel. O valor médio de fluxo de CO2 no período analisado foi sempre negativo, indicando que a floresta absorve mais CO2 do que produz. Em geral, observou-se maior fluxo de CO2 na época chuvosa em relação à seca, o que se explica pela maior disponibilidade de água nos solos. Em termos de médias, o acúmulo de carbono nessa localidade corresponde a 5,87 t C ha-1 ano-1. A variação da concentração de CO2 apresentou comportamento cíclico, observando-se aumento na concentração durante a noite e diminuição rápida após o nascer-do-sol. Desacoplamento entre os níveis inferiores e superiores do dossel também foi observado, apontando maior influência biótica na biossíntese dos níveis inferiores da floresta e maior contribuição atmosférica no nível da copa das árvores. / In the decade of 70, the Amazon forest was considered as the lung of the world, by virtue of a possible larger production of O2 and I consummate of CO 2. Already in the decade of 80, the climax " concept was established, being believed to be the forest in balance, that is to say, internally, everything that was produced was consumed. Today, unlike what it was believed, experiments observationals comes showing that the forest is fastening CO2 atmospheric. Actually, the studies on flows in Amazon try to understand the magnitude of the flows of CO2 and its variations interannual and intrannual, as well as among different places of the area. This work comes to aid in this sense, tends as objectives to analyze the daily and seasonal of the concentration variations and of the flows of CO2 above and inside of the canopy of the forest, as well as the influence of the elements of the climate about these variations in the area east of Amazon. The data used in the present work they are coming of the Project ECOBIOMA developed at the Amazon area east, and they were obtained along the year current. Meteorological data were collected and of flows of CO2 above the canopy of the forest. They were also collected above the data of the concentration of CO2 and inside of the canopy. The medium value of flow of CO 2, in the analyzed period, was always negative, indicating that the forest absorbs more CO2 than it produces. In general, larger flow of CO2 was observed at that time rainy, in relation to the drought, what is explained by the largest readiness of water of the soils. In medium terms, the accumulation of carbon in this place corresponds to 5,87 t C ha-1 ano -1. The variation of the concentration of CO2, showed a recurrent behavior, being observed an increase in the concentration during the night and a fast decrease after being born of the sun. A uncouplement among the inferior and superior levels of the canopy was also observed that indicate a larger influence biotic in the biosynthesis of the inferior levels of the forest and a larger atmospheric contribution for the levels of the cup of the trees. / Não foi encontrado o CPF do autor.
2

Estudo micrometeorológico da camada limite planetária estável na região de Porto Alegre

Corrêa, Cleber Souza January 1997 (has links)
A análise micrometeorológica da camada limite planetária implica na obtenção de parâmetros de escala. Estas escalas típicas dão a noção da estrutura espacial e temporal da Camada Planetária, que estão diretamente ligada aos forçantes na superfície. Para tanto, necessita-se dos dados de perfis que caracterizam estes fluxos, os dados utilizados foram obtidos em 1995 e 1996. Estas radiossondagens foram realizadas no Aeroporto Salgado Filho na cidade de Porto Alegre, RS. Os perfis da temperatura e do cisalhamento do vento foram obtidos com uma resolução na vertical em torno de 50 metros. Com estes dados estimou-se a altura da camada de inversão através do perfil de temperatura potencial. A camada de mistura turbulenta estimou-se pelo cálculo do perfil do Número de Richardson. Como também, analisa-se o comportamento do jato de nível baixo, sua altura e direção. Procura-se reconhecer o tipo de resfriamento que é significante, radiativo ou turbulento. Com estes parâmetros típicos procura-se caracterizar a dinâmica da dispersão de poluentes dentro da camada.
3

Aspectos experimentais e teóricos de um estudo micrometeorológico sobre superfície gramada (Paspalum notatum L.)

Oliveira, Maria do Carmo Felipe de 04 March 1983 (has links)
Submitted by Nathália Faria da Silva (nathaliafsilva.ufv@gmail.com) on 2017-07-27T13:11:13Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 57575360 bytes, checksum: a709550a017d53b65c894e15bacb110e (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-27T13:11:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 57575360 bytes, checksum: a709550a017d53b65c894e15bacb110e (MD5) Previous issue date: 1983-03-04 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / O presente trabalho teve por objetivo geral o estudo das características essenciais de uma pesquisa micrometeorológica, tanto sob o enfoque experimental quanto teórico. Optou-se pelo uso de uma superfície gramada, sobre a qual instalou-se um conjunto de sensores e registradores micrometeorológicos, abrangendo os principais parâmetros comumente considerados em tais estudos, ou seja: temperatura dos bulbos seco e úmido e Velocidade do vento, ambos para diversos níveis verticais; radiação solar, em diversas modalidades; temperatura do solo em diferentes profundidades; nebulosidade; direção do vento etc. Os dados observados foram submetidos à formulação teórica, resultando na obtenção de inúmeros parâmetros de interesse prático e acadêmico, destacando-se: indicadores de estabilidade atmosférica; velocidade friccional; funções adimensionais e fluxos de calor, massa e momentum; coeficientes de difusividade turbulenta; balanço de energia; razão de Bowen e albedo. Todos os resultados foram apresentados em forma de ta belas e gráficos.
4

Estudo micrometeorológico da camada limite planetária estável na região de Porto Alegre

Corrêa, Cleber Souza January 1997 (has links)
A análise micrometeorológica da camada limite planetária implica na obtenção de parâmetros de escala. Estas escalas típicas dão a noção da estrutura espacial e temporal da Camada Planetária, que estão diretamente ligada aos forçantes na superfície. Para tanto, necessita-se dos dados de perfis que caracterizam estes fluxos, os dados utilizados foram obtidos em 1995 e 1996. Estas radiossondagens foram realizadas no Aeroporto Salgado Filho na cidade de Porto Alegre, RS. Os perfis da temperatura e do cisalhamento do vento foram obtidos com uma resolução na vertical em torno de 50 metros. Com estes dados estimou-se a altura da camada de inversão através do perfil de temperatura potencial. A camada de mistura turbulenta estimou-se pelo cálculo do perfil do Número de Richardson. Como também, analisa-se o comportamento do jato de nível baixo, sua altura e direção. Procura-se reconhecer o tipo de resfriamento que é significante, radiativo ou turbulento. Com estes parâmetros típicos procura-se caracterizar a dinâmica da dispersão de poluentes dentro da camada.
5

Estudo micrometeorológico da camada limite planetária estável na região de Porto Alegre

Corrêa, Cleber Souza January 1997 (has links)
A análise micrometeorológica da camada limite planetária implica na obtenção de parâmetros de escala. Estas escalas típicas dão a noção da estrutura espacial e temporal da Camada Planetária, que estão diretamente ligada aos forçantes na superfície. Para tanto, necessita-se dos dados de perfis que caracterizam estes fluxos, os dados utilizados foram obtidos em 1995 e 1996. Estas radiossondagens foram realizadas no Aeroporto Salgado Filho na cidade de Porto Alegre, RS. Os perfis da temperatura e do cisalhamento do vento foram obtidos com uma resolução na vertical em torno de 50 metros. Com estes dados estimou-se a altura da camada de inversão através do perfil de temperatura potencial. A camada de mistura turbulenta estimou-se pelo cálculo do perfil do Número de Richardson. Como também, analisa-se o comportamento do jato de nível baixo, sua altura e direção. Procura-se reconhecer o tipo de resfriamento que é significante, radiativo ou turbulento. Com estes parâmetros típicos procura-se caracterizar a dinâmica da dispersão de poluentes dentro da camada.
6

Variação sazonal dos componentes do balanço de radiação e energia sobre a floresta de Caxiuanã / Seazonal variation of the components the radiation and energy balance on the forest of Caxiuanã

Souza Filho, José Danilo da Costa 28 February 2002 (has links)
Submitted by Reginaldo Soares de Freitas (reginaldo.freitas@ufv.br) on 2016-06-30T15:17:56Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 435245 bytes, checksum: 2991b8d13061d5d1f67a85782e31ebfb (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-30T15:17:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 435245 bytes, checksum: 2991b8d13061d5d1f67a85782e31ebfb (MD5) Previous issue date: 2002-02-28 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / No presente trabalho, utilizou-se dados do projeto LBA (Experimento de Grande Escala da Biosfera-Atmosfera na Amazônia) coletados na reserva florestal de Caxiuanã (latitude 01° 42' 30’’ S, longitude 51° 31' 45’’ W e altitude 60 m), leste da Amazônia. Foram avaliados os componentes do balanço de radiação e balanço de energia, coletados no topo de uma torre micrometeorológica de 56 m de altura, para dois períodos distintos, sendo um representativo do período chuvoso, compreendido entre 16/05 a 27/06/99, e outro representativo do período menos chuvoso, compreendido entre 26/08 a 24/09/99. Os elementos meteorológicos, incluindo-se os quatro componentes do balanço de radiação, foram medidos em uma estação meteorológica automática. Os fluxos de calor latente e calor sensível foram medidos através da técnica de covariância de vórtices turbulentos. O objetivo deste trabalho foi avaliar as variações temporais dos componentes do balanço de radiação e balanço de energia, visando entender os controles biológicos e climáticos destes processos. O albedo médio foi superior durante o período menos chuvoso quando comparado com o período chuvoso. O modelo desenvolvido para estimar o balanço de ondas longas apresentou um bom ajuste, com coeficiente de determinação de 0,79. Em geral, os valores médios dos componentes do balanço de radiação foram maiores no período menos chuvoso. Durante dias de céu claro, o balanço de radiação foi o dobro do observado para dias de céu nublado. A energia disponível para o processo de evapotranspiração (LE/Rn), foi 25% superior durante o período menos chuvoso. A evapotranspiração média diária foi 2,9 mm dia-1 e 4,3 mm dia-1, para o período chuvoso e menos chuvoso, respectivamente. Verificou-se que a condutância de superfície guarda uma relação exponencial inversa com o déficit de vapor de água atmosférico, para diferentes intervalos de irradiância solar global, satisfatoriamente representada através de um modelo de estimativa gerado. A análise horária do fator de desacoplamento sugere que a evapotranspiração, durante a manhã, tem um maior controle realizado pela disponibilidade de energia, quando comparado ao período menos chuvoso. Durante a tarde verifica-se que o dossel da floresta progressivamente tende a estar mais acoplado à atmosfera, para ambos os períodos estudados. / This dissertation used data from LBA project (Large scale of Biosphere- Atmosphere Experiment of Amazonia) which was carried out at Caxiuanã Forest, located at part east of Amazônia. It was analized Radiation and Energy Balance components colected at the top of a micrometeorological tower of 56 m high, during two diferent periods, representing both wet (16/05 to 27/06/99), and dry season(26/08 to 24/09/99). Not only meteoroloigcal variables but also four Radiation balance components, were measured at an Automatic Weather Staton (AWS). Both Sensible and Latent heat fluxes were carried out by using eddy covariance tecnics. The aim of this work was to check seasonal variations of both Radiation and Energy Balance components, where we tryed to understand the biological and climatics controls of this processes. The mean albedo was higher during dry than wet season. The diurnal Long Wave Radiation Balance estimated by the model used in this work showed a good adjustment to the collected data, having a coefficient of determination of 0,79. In general, the mean values of the Radiation Balance components were higher during dry season. During clear-sky conditions, the Radiation Balance value was twice that one observed during clouded days. It was found negative relation, significative, between surface conductance and vapour press defict (VPD), over diferent bands of Global Solar Radiation. The hourly-analise of the decoupling factor, sugest that from 14:00 h toward, the dossel of the Forest used to be more acoupling than the atmosphere, for both periods. It was noticed that even we have been observed a higher amount of rain during wet period, the Evapotranspiration was higher during dry period. / Não foi localizado o CPF do autor.
7

Partição do fluxo de CO2 e eficiência do uso de água em pastagem natural / Partitioning the CO2 net flux into assimilation and respiration components and estimating water use efficiency in a grassland ecossystem

Alves, José Darlon Nascimento 22 February 2017 (has links)
Submitted by Marco Antônio de Ramos Chagas (mchagas@ufv.br) on 2017-05-03T11:53:36Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 3539099 bytes, checksum: 0fcf9ff02df3259fa39dc00224b3382a (MD5) / Made available in DSpace on 2017-05-03T11:53:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 3539099 bytes, checksum: 0fcf9ff02df3259fa39dc00224b3382a (MD5) Previous issue date: 2017-02-22 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / As pastagens naturais são importantes para os ciclos de água e carbono no planeta, contribuindo para o armazenamento de matéria orgânica no solo, alimentação animal e para a diversificação da fauna e flora. Dessa forma, o objetivo do trabalho foi particionar o fluxo de carbono e quantificar a eficiência do uso de água em pastagem natural por meio da técnica de covariância de vórtices turbulentos. O sítio experimental está localizado em uma área de pastagem natural com aproximadamente 3.487 hectares, na Universidade do Estado do Kansas, em Manhattan, Kansas, Estados Unidos. Foram analisados dados de fluxos obtidos durante o período de maio a outubro de 2016. As medições dos fluxos de CO 2 e fluxo de calor latente foram realizadas por meio da técnica da covariância de vórtices turbulentos. As medidas de velocidade do vento, concentração de CO 2 , calor sensível e vapor d’água ocorreram a uma frequência de 20 Hz utilizando-se um sistema de aquisição de dados. Os dados brutos foram processados pelo software EddyPro 6.0. Foi realizada a estimativa da respiração durante o dia, a partir da relação não linear entre a troca líquida do ecossistema durante a noite e a temperatura e umidade do solo noturna, a cada dois meses (maio-junho, julho- agosto, setembro-outubro), em que foi obtida melhor relação apenas com a temperatura do solo. Em seguida, foi feita a separação do fluxo de CO 2 em fotossíntese (GPP) e respiração do ecossistema (Reco) e análise da eficiência do uso de água durante a estação de crescimento. Observou-se variação de NEE na pastagem entre -30 μmol CO 2 m -2 s -1 e 15 μmol CO 2 m -2 s -1 . Ao realizar a partição do fluxo de CO 2 do ecossistema, verificou-se maior intervalo de incerteza nos meses de julho e agosto, em decorrência do baixo R 2 encontrado, porém foram obtidas maiores taxas de fotossíntese em relação à respiração do ecossistema em todos os meses analisados. O valor médio de eficiência do uso de água do ano de 2016 foi de 3,1 gC/kg H 2 O. Durante o experimento, o ecossistema atuou como sumidouro de carbono, o que refletiu em aumento de biomassa. Além disso, as atividades metabólicas e balanço de água são afetados diretamente pela temperatura do ar. / Grasslands play an important role for water and carbon global cycles. Grasslands contribute to the storage of organic matter in the soil, animal feed and for biodiversity. The objective this study was to partition of the CO 2 net ecossystem exchange (NEE) and to quantify the use water use efficiency in grassland using the eddy covariance technique. The experimental site is located in a grassland ecossystem with and area of approximately 3,487 hectares at the Kansas State University in Manhattan, Kansas, United States. The flux data obtained were analyzed during the period from May to October 2016. The measurements of CO 2 and latent heat fluxes were measured using the eddy covariance technique. Measurements of wind velocity orthogonal components, CO 2 and water vapor concentration were taken at a frequency of 20 Hz using a datalogger. The raw files were processed using the EddyPro 6.0 software. Estimates of daytime respiration were performed using the nonlinear relationship between nighttime net ecosystem exchange and soil temperature for bi-monthly periods (May-June, July-August, September-October). Then, the net ecosystem exchange was separate in gross primary productivity (GPP) and ecosystem respiration (Reco). The water use efficiency was calculated for the growing season. The values of NEE in the grassland varied from -30 μmol CO 2 m -2 s - to 15 μmol CO 2 m -2 s -1 . The flux partitioning uncertainties were larger for the months of July and August, due to the low R 2 found. The average value of water use efficiency was 3,1 gC/kg H 2 O. Thus, that ecosystem acted as a carbon sink, which reflected an increase in biomass. In addition, metabolic activities and water balance are directly affected by air temperature.
8

Processos e padrões de transferência de energia e da disponibilidade hídrica para a palma forrageira / Processes and patterns of energy transfer and water availability of cactus pear

Pereira, Poliana de Caldas 18 August 2017 (has links)
Submitted by Reginaldo Soares de Freitas (reginaldo.freitas@ufv.br) on 2018-02-22T16:57:11Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 5988631 bytes, checksum: 314b39bf2aa105504037fab5a55b30a0 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-02-22T16:57:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 5988631 bytes, checksum: 314b39bf2aa105504037fab5a55b30a0 (MD5) Previous issue date: 2017-08-18 / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais / A palma é uma espécie muito cultivada no Nordeste brasileiro para fins de alimentação animal, em especial no semiárido, onde a baixa disponibilidade hídrica, alta temperatura e solos com pouca fertilidade dificultam o cultivo de outras plantas forrageiras. O seu bom desempenho, nesses ambientes, deve-se ao metabolismo fotossintético MAC (Metabolismo Ácido das Crassuláceas), que induz a planta a modificações morfológicas e de trocas de massa e energia ao longo do ano como resultado das condições meteorológicas, afetando, assim, a interação planta-ambiente. No presente estudo, investigou-se os processos e padrões dos fluxos de radiação, energia e água, e suas partições no sistema solo-palma-atmosfera em resposta à variação sazonal do regime hídrico e evolução do crescimento da espécie Opuntia stricta (Haw.) Haw. O experimento foi conduzido no período de 10 de dezembro de 2015 a 09 de dezembro de 2016, no município de Floresta, no estado de Pernambuco. Uma torre micrometeorológica foi montada para coleta de dados a partir de sensores eletrônicos. Os fluxos de calor latente (LE) e sensível (H) foram estimados pelo método do balanço de energia com base na razão de Bowen e o controle da evapotranspiração analisado por de água no solo (CAS) e seu o escoamento foram obtidos para mensuração do balanço de água no solo (BWS). Dados biométricos e o índice de área do cladódio (IAC, m 2 m -2 ) foram obtidos. Os dados experimentais foram agrupados e analisados em períodos denominados: "seco", "chuvoso", "transição seco-chuvosos" e "transição chuvoso-seco". Consstatou-se que a sazonalidade da maioria dos componentes dos balanços de radiação e energia esteve retenção de energia no sistema, com uma elevada média do saldo de radiação (13,38 MJ m -2 dia -1 ) e baixa taxa da radiação refletida (2,77 MJ m -2 dia -1 ), resultando em um baixo valor de albedo (14%). O IAC influenciou significativamente na dinâmica da radiação fotossinteticamente ativa que chega abaixo da cultura (RFAb), proporcionando a menor média desse componente (2,29 MJ m -2 dia -1 ) quando houve a maior taxa desse índice, o que aumentou, nessa época, a fração da radiação fotossinteticamente ativa interceptada (73%). A baixa disponibilidade hídrica da região e os distintos valores de IAC das diferentes épocas de disponibilidade hídrica fizeram com que a maior parte da energia disponível do balanço de energia fosse para o calor sensível (50%), vindo em sequência o calor latente (38%), o calor no solo (10%) e o estoque de energia na biomassa e armazenamento no dossel da cultura, além do armazenamento no dossel da cultura (1%). Além disso, o CAS acompanhou o comportamento da precipitação, com média 0,06 m 3 m -3 . Esse fator influenciou no comportamento dos componentes do BAS, uma vez que a água disponível foi mais utilizada para o armazenamento no solo e consumo pela cultura, apresentando taxas de evapotranspiração real (ETr) baixas (272,4 mm ano -1 e 0,74 mm dia -1 ). Já para os mecanismos controladores da evapotranspiração, verificou- se que os valores da resistência de superfície (r s ) apresentaram-se elevados nas épocas de menores níveis pluviométricos e o contrário para a resistência aerodinâmica (r a ). O fator de de precipitação, a cultura estava mais mais próximos de um. Em contraste, apresentou valores próximos de zero nas demais épocas, indicando que a cultura estava "acoplada com a atmosfera". / Cactus pear is a very cultivated species in the Brazilian Northeast for animal feeding purposes, especially in the semi-arid region, where low water availability, high temperature and low fertility soils make it difficult to grow other forage plants. Its good performance in these environments is due to the photosynthetic metabolism CAM (Crassulacean Acid Metabolism), which induces the plant to morphological changes and exchanges in mass and energy throughout the year as a result of meteorological conditions, thus affecting the interaction between plant-environment. In the present study, the processes and patterns of radiation, energy and water fluxes and their partitions in the soil-palm-atmosphere system were investigated in response to the seasonal variation of the water regime and the evolution of the growth of Opuntia stricta (Haw.) Haw. The experiment was conducted in the period from December 10, 2015 to December 9, 2016, in the municipality of Floresta, in the state of Pernambuco. A micrometeorological tower was set up to collect data from electronic sensors. The latent (LE) and sensible (H) fluxes were estimated based on the energy balance method based on the Bowen ratio, and the evapotranspiration control was analyzed using the measure the soil water budget (SWB). Biometric data and the cladode area index (CAI, m 2 m -2 ) were obtained. The experimental data were grouped and analyzed in periods called "dry", "rainy", "dry-rainy transition" and "rainy-dry transition". It was verified that the seasonality of most of the components of the radiation and energy balances was associated with water availability and CAI. In the "rainy" period there was high energy retention in the system, with a high mean radiation balance (13.38 MJ m -2 day -1 ) and low reflected radiation rate (2.77 MJ m -2 day -1 ), proceeding at a low albedo value (14%). The CAI significantly influenced the dynamics of photosynthetically active radiation arriving below the culture (RFAb), giving the lowest mean of this component (2.29 MJ m -2 day -1 ) when there was the highest rate of this index, increasing in this period the fraction of the photosynthetically active radiation intercepted (73%). The low water availability of the region and the different CAI values of the different times of water availability influenced in a way that most of the available energy in the energy balance was for sensible heat (50%), followed by the latent heat (38 %), soil heat (10%) and energy storage in biomass and storage in the canopy of the crop, besides storage in the canopy of the crop (1%). In addition, the SWC was affected by the precipitation behavior, with an average of 0.06 m 3 m -3 , factor that influenced the behavior of the SWB components, since the available water was more used for soil storage and crop consumption, presenting low real evapotranspiration rates (ETr) (272.4 mm year -1 and 0.74 mm day -1 ). As for the control mechanisms of evapotranspiration, it was verified that the values of the surface resistance (r s ) were elevated in times of lower rainfall levels and the opposite for the aerodynamic resistance (r a periods of higher levels of rainfall, the culture was more "decoupled to the atmosphere", with values closer to one, presenting in the other periods values close to zero, indicating that the culture was "coupled to the atmosphere".
9

Modelagem da resistência estomática e estimativa da eficiência do uso da água em plantios jovens de eucalipto irrigados e não irrigados na região da Bacia do Rio Doce / Modelling of the stomatal resistence and estimate of the water use eficiency in young Eucalypt plantings irragated and nonirrigated in the Rio Doce’s watershed region

Carneiro, Rogério Lessa de Castro 29 October 2004 (has links)
Submitted by Reginaldo Soares de Freitas (reginaldo.freitas@ufv.br) on 2016-07-01T10:01:02Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 353599 bytes, checksum: 77cbf1412c0c589e22e1d1909034328f (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-01T10:01:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 353599 bytes, checksum: 77cbf1412c0c589e22e1d1909034328f (MD5) Previous issue date: 2004-10-29 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Realizou-se um experimento na região de Belo Oriente, Estado de Minas Gerais, com o objetivo de verificar como as variáveis meteorológicas influenciam as trocas gasosas entre o dossel e a atmosfera em plantios clonais de eucalipto (E. grandis x E. urophylla) em tratamentos irrigados e não irrigados, com dois anos de idade e também determinar a variação diária, sazonal e produtiva da eficiência do uso da água. Para verificar a influência das variáveis meteorológicas nas trocas gasosas foram realizadas três campanhas de coletas de dados em ambos tratamentos, onde foram coletados dados de condutância estomática a cada trinta minutos durante o período diurno e temperatura, umidade relativa, velocidade do vento e irradiância solar global a cada dez minutos, e a partir das interações destas variáveis meteorológicas foi possível modelar a resistência estomática. Na determinação da variação diária da eficiência do uso da água foram realizadas duas campanhas uma no período úmido e outra no período seco, onde foram coletados dados de fotossíntese líquida e de transpiração a cada noventa minutos durante o período diurno e com a relação destas variáveis se determinou a eficiência do uso da água para cada horário de coleta de dados. A variação sazonal da eficiência do uso da água foi obtida a partir da estimativa das médias mensais da transpiração pelo método de Penman-Monteith e da estimativa da fotossíntese pelo modelo proposto por Goudriaan e van Laar e a eficiência do uso produtivo da água, da relação do total de madeira útil produzida para a produção de celulose com o total de água transpirada no período de outubro de 2002 a agosto de 2003. Os modelos propostos para a resistência foram baseados no produto do déficit de pressão de vapor e temperatura com o inverso da irradiância solar global, e mostraram-se eficientes na simulação das flutuações diárias. No que diz respeito a variação diurna da eficiência do uso da água mostrou-se maior nas primeiras horas do dia para ambos os tratamentos, onde a condutância estomática e a concentração de dióxido de carbono eram maiores, a variação sazonal no tratamento não irrigado apresentou valores maiores no período seco, onde a disponibilidade de água foi menor, enquanto o tratamento irrigado não apresentou grandes variações ao longo do ano. A eficiência produtiva do uso da água embora inicialmente tenha sido verificado menor valor para o tratamento não irrigado a eficiência do uso da água foi sempre crescente ao longo do período de estudo fazendo com que a eficiência produtiva do uso da água para esse tratamento superasse a do tratamento irrigado. / An experiment was carried out in Belo Oriente region, Minas Gerais State, in order to verify the way how the meteorological variables affect the gaseous changes between the canopy and atmosphere in eucalyptus clone plantings (E. grandis x E. urophylla) aged two years in both irrigated and nonirrigated treatments, as well as to determine the daily, seasonal and productive variations of the efficiency in using the water. To verify the influence of the meteorological variables on the gaseous changes, three serial collections were accomplished in both treatments, where the data of the stomatal conductance were collected at every thirty minutes during day time, and those for temperature, air relative humidity, wind speed and global solar irradiance at every ten minutes. From the interactions among these meteorological variables, it was possible to model the stomatal resistance. When determining the daily variation in the water use efficiency, two serial collections were accomplished, being one over the rainy period and another over the dry period, where data of the net photosynthesis and transpiration were collected every ninety minutes during daytime. With the ratio between these variables, the water use efficiency was determined for each scheduled time of data collection. The seasonal variation of the efficiency in using water was obtained from either the estimate of the monthly transpiration averages by the Penman-Monteith method and the estimate of the photosynthesis by Goudriaan and van Laar’s proposed method, whereas productive efficiency of the water use was obtained from the ratio between the total useful wood cropped for the cellulose production and the total transpired water over the period from October 2002 to August 2003. The models proposed for the stomatal resistance were based on the product of the vapor pressure deficit and the temperature, which was divided by the global solar irradiance. They showed to be efficient in simulating the daily fluctuations. The daytime variation of the efficiency in using the water was shown to be higher at the first hours of the day for both treatments, where the stomatal conductance and the carbon dioxide concentration were higher. The seasonal variation in the nonirrigated treatment showed higher values over the dry period, where the availability of water was lower, whereas the irrigated treatment did not present wide variations throughout the year. Although a lower value was initially found for the nonirrigated treatment, the efficiency in using the water was always increasing during the study period, which led the productive efficiency in water use for this treatment to overcome the irrigated treatment.
10

Impacto da estabilidade atmosférica no desempenho de um pequeno aerogerador em terreno complexo

Santos, Pedro Alvim de Azevedo January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Florianópolis, 2014 / Made available in DSpace on 2015-02-05T20:37:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 332125.pdf: 3744232 bytes, checksum: 5807ec24cfba9a0589e3939cb54cedc3 (MD5) Previous issue date: 2014 / Quando instalados em zonas urbanas, pequenos aerogeradores estão sujeitos a altos níveis de turbulência atmosférica, influenciados pela elevada complexidade do terreno. O presente trabalho avalia o impacto da estabilidade atmosférica no desempenho de um pequeno aerogerador em um terreno complexo e propõe uma análise de performance com a utilização da estabilidade atmosférica e intensidade de turbulência como parâmetros de análise. O comprimento de Obukhov é escolhido para representar a estabilidade, por ser capaz de quantificar os mecanismos de transporte turbulento de quantidade de movimento e calor ao longo da porção superficial da camada limite atmosférica. A bancada experimental utilizada como estudo de caso é composta de um pequeno aerogerador de 2,1kW de potência e uma torre anemométrica instrumentada com um anemômetro sônico 3D, ambos instalados a 18m ao lado de um prédio no campus da Universidade. Dois anos de dados anemométricos apontam para uma intensidade de turbulência média igual a 32% no local. A base de dados selecionada possui 4287h de dados brutos ao longo de seis meses. A curva de potência medida de acordo com as recomendações da IEC mostrou um desempenho 14% acima da curva do fabricante, mas com queda na potência próximo à velocidade nominal. A correlação entre maior geração em baixas velocidades e altos níveis de turbulência concorda com estudos prévios. Três classes de estabilidade atmosférica foram definidas de acordo com o comprimento de Obukhov. Curvas de potência para cada classe foram então comparadas com a média. Desvios de até 51% foram observados entre diferentes classes de estabilidade. Para velocidades acima de 8 m/s, a condição instável foi predominante e evidenciou a tendência de queda na potência, onde o parâmetro intensidade de turbulência não conseguiu resultados consistentes. Os resultados mostram a consistência da metodologia proposta para análise de desempenho de pequenos aerogeradores com base em parâmetros físicos e estatísticos. Por fim, a construção de superfícies de potência em função da estabilidade e turbulência demonstram bons resultados na descrição da potência extraída próxima à velocidade nominal.<br> / Abstract: Small wind turbines in urban environment conditions are usually under high levels of ambient turbulence, influenced by the terrain complexity at the site. The present work evaluates the impact of atmospheric stability on a small wind turbine in a complex terrain, proposing a performance assessment that uses both atmospheric stability and turbulence intensity as criteria. The Obukhov length is chosen as a classification parameter, which is able to quantify the turbulent transport of momentum and heat over the lower portion of the atmospheric boundary layer. The experimental setup used a 2.1 kW wind turbine along with a met mast instrumented with a 3D sonic anemometer, both installed at 19 m next to a two-story building with few nearby obstacles on the university campus. Two years of 10 min wind data show an average turbulence intensity of 32% on site. Therefore, an urban zone environment could be studied with 20 Hz turbulent flux measurements. The selected dataset consists of 4287h of raw data covering a six-month period. Measured power curve following IEC recommendations shows an average performance 14% above the expected manufacturer curve, but with decreasing power output close to the rated wind speed. Values relating power collection increase at low wind speeds with high turbulence levels concur with previous studies. Atmospheric stability was divided into three classes, based on Obukhov length. Stability-dependent power curves were compared with the measured average. Deviations up to 51% in power output were observed between different stability conditions. Above 8 m/s, unstable conditions were predominant and evidenced the declining power tendency, where turbulence intensity was unable to give a consistent outcome. Results reported herein validate a suitable approach for small wind turbines assessment using both physical and statistical parameters as classification criteria. Power surfaces also shows why the proposed assessment better explains the turbine behavior close to rated conditions.

Page generated in 0.0993 seconds