• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 135
  • 6
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 146
  • 104
  • 28
  • 22
  • 20
  • 20
  • 15
  • 14
  • 11
  • 10
  • 10
  • 10
  • 9
  • 9
  • 9
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Capacidade e aprendizagem tecnológica na terceira geração da indústria petroquímica do RS

Braghirolli, Maria Luiza Silveira January 1999 (has links)
Novos investimentos estão sendo feitos para aumentar a produção das empresas de primeira e segunda geração da indústria petroquímica do Rio Grande do Sul. As empresas de terceira geração, produtoras de artefatos de plástico e borracha, devem estar preparadas para rapidamente aumentar os níveis de produção com novos produtos que terão novos mercados. Este estudo busca identificar como estão preparadas essas empresas gaúchas para receber este aumento de inputs. Para este propósito, capacidade tecnológica e os tipos de processos de aprendizagem tecnológica são estudados. Foi enviado um questionário pelo correio para 558 empresas de terceira geração do Rio Grande do Sul com um retorno de 154 empresas. Os resultados mostram que as empresas tem um nível de capacidade tecnológica baixo e o principal processo para absorver a tecnologia é o “aprender fazendo”. Entretanto, as empresas necessitam de programas que aumentem as habilidades em aprender e a capacidade tecnológica para que as empresas aumentam a capacidade de inovar. A análise sugere características que facilitam o desenvolvimento tecnológico das empresas.
2

Estudos de simulação sobre a reformulação das unidades 3000 e 1200 da Refinaria do Porto da Petrogal

Fevereiro, Helder Manuel Silva January 2009 (has links)
Estágio realizado na Galp Energia e orientado pelo Eng.º Manuel Leão Tavares / Tese de mestrado integrado. Engenharia Química. Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2009
3

Capacidade e aprendizagem tecnológica na terceira geração da indústria petroquímica do RS

Braghirolli, Maria Luiza Silveira January 1999 (has links)
Novos investimentos estão sendo feitos para aumentar a produção das empresas de primeira e segunda geração da indústria petroquímica do Rio Grande do Sul. As empresas de terceira geração, produtoras de artefatos de plástico e borracha, devem estar preparadas para rapidamente aumentar os níveis de produção com novos produtos que terão novos mercados. Este estudo busca identificar como estão preparadas essas empresas gaúchas para receber este aumento de inputs. Para este propósito, capacidade tecnológica e os tipos de processos de aprendizagem tecnológica são estudados. Foi enviado um questionário pelo correio para 558 empresas de terceira geração do Rio Grande do Sul com um retorno de 154 empresas. Os resultados mostram que as empresas tem um nível de capacidade tecnológica baixo e o principal processo para absorver a tecnologia é o “aprender fazendo”. Entretanto, as empresas necessitam de programas que aumentem as habilidades em aprender e a capacidade tecnológica para que as empresas aumentam a capacidade de inovar. A análise sugere características que facilitam o desenvolvimento tecnológico das empresas.
4

Levantamento de demandas ergonômicas em dez plantas petroquímicas brasileiras

Adorno, Laurence Ricardo January 2004 (has links)
Resumo não disponível
5

Capacidade e aprendizagem tecnológica na terceira geração da indústria petroquímica do RS

Braghirolli, Maria Luiza Silveira January 1999 (has links)
Novos investimentos estão sendo feitos para aumentar a produção das empresas de primeira e segunda geração da indústria petroquímica do Rio Grande do Sul. As empresas de terceira geração, produtoras de artefatos de plástico e borracha, devem estar preparadas para rapidamente aumentar os níveis de produção com novos produtos que terão novos mercados. Este estudo busca identificar como estão preparadas essas empresas gaúchas para receber este aumento de inputs. Para este propósito, capacidade tecnológica e os tipos de processos de aprendizagem tecnológica são estudados. Foi enviado um questionário pelo correio para 558 empresas de terceira geração do Rio Grande do Sul com um retorno de 154 empresas. Os resultados mostram que as empresas tem um nível de capacidade tecnológica baixo e o principal processo para absorver a tecnologia é o “aprender fazendo”. Entretanto, as empresas necessitam de programas que aumentem as habilidades em aprender e a capacidade tecnológica para que as empresas aumentam a capacidade de inovar. A análise sugere características que facilitam o desenvolvimento tecnológico das empresas.
6

Levantamento de demandas ergonômicas em dez plantas petroquímicas brasileiras

Adorno, Laurence Ricardo January 2004 (has links)
Resumo não disponível
7

Assinatura geofísica das rochas alcalinas da porção norte da província alcalina de Góias.

Feitoza, Lorena Malta 15 April 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Instituto de Geociências, 2011. / Submitted by Gabriela Ribeiro (gaby_ribeiro87@hotmail.com) on 2011-06-27T20:45:30Z No. of bitstreams: 1 2011_LorenaMaltaFeitoza.pdf: 10220137 bytes, checksum: db980d3514eedbaee548d7426cb1f381 (MD5) / Rejected by Repositorio Gerência(repositorio@bce.unb.br), reason: Sempre digite o título em caixa baixa, somente a primeira Letra da frase e as palavras que a ortografia exige, em caixa alta. Quando houver paginação romana, coloque antes da paginação arábica na referência. Quando houver ilustrações no documento coloque "il.", depois da paginação arábica. Ex: SOUZA NETO, Tertuliano Carneiro de. Pares de formas aditivas e a conjectura de Artin. 2011, vi, 54 f., il. Tese (Doutorado em Matemática)-Universidade de Brasília, Brasília, 2011. Att. on 2011-06-30T17:47:12Z (GMT) / Submitted by Gabriela Ribeiro (gaby_ribeiro87@hotmail.com) on 2011-07-04T15:42:11Z No. of bitstreams: 1 2011_LorenaMaltaFeitoza.pdf: 10220137 bytes, checksum: db980d3514eedbaee548d7426cb1f381 (MD5) / Approved for entry into archive by Guilherme Lourenço Machado(gui.admin@gmail.com) on 2011-07-07T12:06:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_LorenaMaltaFeitoza.pdf: 10220137 bytes, checksum: db980d3514eedbaee548d7426cb1f381 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-07-07T12:06:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_LorenaMaltaFeitoza.pdf: 10220137 bytes, checksum: db980d3514eedbaee548d7426cb1f381 (MD5) / As rochas alcalinas da região de Iporá (Goiás) fazem parte da Província Alcalina de Goiás (PAGO) e vêm sendo estudadas desde o fim da década de 1960. Essa região foi afetada por importantes eventos de magmatismo alcalino durante o Cretáceo Superior, em particular, em regiões submetidas a arqueamentos crustais, condicionadas por falhamentos regionais com direção preferencial NW–SE. Esse ambiente inclui desde complexos máfico–ultramáficos alcalinos, rochas alcalinas subvulcânicas e vulcânicas. Esta pesquisa incide no estudo da porção norte da Província Alcalina de Goiás com área–alvo o Complexo Alcalino Fazenda Buriti, que é constituído por diferentes litotipos como: associação gabro–essexítica, nefelina sienito, microsienito, diques de basanito e sieno–diorito. As propriedades petroquímicas apresentadas por esses litotipos definem um padrão magnético anômalo que é característico das intrusões, em forma elipsoidal, na região. Esse comportamento magnético apresenta valores de campo variado que permite a individualização dos litotipos que constituem o Complexo. A gamaespectrometria mostra as diferenças composicionais das rochas do Complexo, com anomalias em forma elipsoidal e concentrações de radioelementos caracterizadas por valores intermediários a baixos. Desta forma, esta pesquisa fornece subsídios para um melhor entendimento da porção norte da Província Alcalina de Goiás, a partir da resposta geofísica integrada aos dados geológicos tendo como área alvo o Complexo Alcalino Fazenda Buriti. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The alkaline rocks of Ipora region, part of the Goias Alkaline Province (GAP) that includes mafic-ltramafic alkaline complexes, subvolcanic and volcanic alkaline rocks, have being studied since the late 1960's. This region was affected by important events of alkaline magmatism during Late Cretaceous, in particular those areas submitted to cristal upwelling controlled by NW-SE trending regional faults. The study area is inserted of the northern portion in the GAP, but the target area is the Fazenda Buriti Alkaline Complex. This Complex made up of different rock types such as essexite-gabbro association, nepheline syenite, microsyenite, basanite dikes and syeno-diorite. The petrochemical propertics of these rocks define an anomalous ellipsoidal shape magnetic pattern typical of the region. This magnetic behaviour shows a variety of field values that allows individualization of rocks make up the complex. The gamma –ray spectrometry shows that the rocks constituting the Alkaline Complex presents medium to low values concentrations of the three elements K, eTh, and eU. These gamma-ray signatures indicate compositional differet rock types from Intrusive Plutonic Complex. Therefore, this research in the Fazenda Buriti Alkaline Complex provides insights for a better understanding of the northern portion of geophysical behaviour to geological data.
8

Modificação de zeólitas com trióxido de tungstênio para aplicações em catálise e adsorção

Costa, Andréia Alves 14 January 2011 (has links)
Tese (Doutorado)- Instituto de Química, Programa de Pós-Graduação em Química, 2011. / Submitted by Luiza Moreira Camargo (luizaamc@gmail.com) on 2011-07-07T14:58:44Z No. of bitstreams: 1 2011_AndreiaAlvesCosta.pdf: 2705284 bytes, checksum: 29d5f17291dde6ff153e86f8f730c650 (MD5) / Approved for entry into archive by Jaqueline Ferreira de Souza(jaquefs.braz@gmail.com) on 2011-07-08T16:18:05Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_AndreiaAlvesCosta.pdf: 2705284 bytes, checksum: 29d5f17291dde6ff153e86f8f730c650 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-07-08T16:18:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_AndreiaAlvesCosta.pdf: 2705284 bytes, checksum: 29d5f17291dde6ff153e86f8f730c650 (MD5) / Atualmente, os catalisadores sólidos ácidos são os materiais mais importantes utilizados na indústria química e petroquímica. Dentre esses materiais, as zeólitas ocupam posição de destaque, por suas propriedades singulares e pelos resultados catalíticos alcançados em várias reações de âmbito industrial. Este trabalho envolve o estudo da influência do trióxido de tungstênio na acidez das zeólitas ZSM-5, USY e BEA, e de suas atividades em duas aplicações: reação de esterificação do ácido oléico e extração em fase sólida de 15 hidrocarbonetos policíclicos aromáticos. Um método de impregnação aquosa foi realizado usando WO3•nH2O como precursor. Além disso, uma peneira molecular mesoporosa foi testada, a Si-MCM-41. Os materiais foram sintetizados e caracterizados por diversos métodos: DRX, FRX/EDX, RMN no estado sólido de 29Si e 27Al, FTIR, FT-Raman, adsorção de piridina em fase gasosa e líquida, calorimetria em fase líquida, isotermas de adsorção/dessorção de nitrogênio e por análises térmicas. Os resultados preliminares mostraram uma nova distribuição de sítios ácidos após a impregnação do óxido na estrutura. A aplicação dos materiais zeolíticos na reação de esterificação do ácido oléico mostrou uma atividade reduzida para os catalisadores WO3/ZSM-5, mas uma alta atividade para WO3/USY. A amostra com 11,4% de WO3 na USY apresentou os melhores resultados, com um rendimento médio de 69,25% após quatro ciclos de reação. O uso de materiais zeolíticos para a extração em fase sólida apresentou-se como uma alternativa inovadora para a preconcentração de hidrocarbonetos policíclicos aromáticos (HPA’s) em amostras de água. Dois métodos originais para a determinação foram reportados, usando HPLC e espectroscopia Shpol’skii para a determinação simultânea da mistura de 15 HPA’s. A simplicidade do procedimento experimental, curto tempo de análise e seletividade mostram as vantagens do uso da zeólita HBEA para extração em fase sólida. As recuperações analíticas a partir de duas matrizes diferentes usando extração em fase sólida com a HBEA e cromatografia líquida de alta performance variou de 55,5 ± 5,9 (benzo[g,h,i]perileno) a 98,1 ± 2,9% (pireno). Usando espectroscopia Shpol’skii, as recuperações variaram de 64,43 ± 1,77 (benzo[k]fluoranteno) a 100% (benzo[a]pireno, fluoreno, acenafteno, etc). ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Today, solid acid catalysts are the most important materials used in the chemical and petrochemical industries. Among these materials, zeolites have occupied a distinguished position due to its unique properties and catalytic results achieved in several industrial related reactions. This work involves the study of tungsten oxide influence on the acidity and activity of zeolites ZSM-5, USY and BEA in two model reactions: oleic acid esterification and solid-phase extraction of 15 polycyclic aromatic hydrocarbons. A wet impregnation method was carry out using WO3•nH2O as precursor. Besides, a mesoporous molecular sieve was tested: Si-MCM-41. The materials were synthesized and characterized by several methods: XRD, XRF/EDX, 29Si and 27Al solid state NMR, FTIR, FT-Raman, pyridine adsorption in gas and liquid phases, liquid phase calorimetry, nitrogen adsorption/desorption isotherms and thermal analysis. The preliminary results showed a new distribution of acid sites in the zeolites after the oxide impregnation in the structure. The application of the zeolite materials in the oleic acid esterification showed a reduced activity for the WO3/ZSM-5 catalyst, but a high catalytic activity for the WO3/USY. The 11.4% WO3/USY sample presented the best results, with an average yield of 69.25% after four cycles of reaction. The use of the zeolite materials for the solid-phase extraction presented a novel alternative for the preconcentration of polycyclic aromatic hydrocarbons (PAH’s) from water samples. Two unique methods for screening were reported, using HPLC and Shpol’skii spectroscopy for the simultaneous determination of a 15 PAH’s mixture. The simplicity of the experimental procedure, short analysis time and selectivity show the advantages of the HBEA zeolite use in solid phase extraction. The analytical recoveries using high-performance liquid chromatography varied from 55.5 ± 5.9 (benzo[g,h,i]perylene) to 98.1 ± 2.9% (pyrene). Using Shpol’skii spectroscopy, the recoveries varied from 64.43 ± 1.77 (benzo[k]fluoranthene) to 100% (benzo[a] pyrene, fluorene, acenaftene, etc).
9

Levantamento de demandas ergonômicas em dez plantas petroquímicas brasileiras

Adorno, Laurence Ricardo January 2004 (has links)
Resumo não disponível
10

A relação publico-privada na industria petroquimica brasileira : da estruturação articulada a reestruturação incerta

Cario, Silvio Antonio Ferraz 12 September 1997 (has links)
Orientador: Wilson Suzigan / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas , Instituto de Economia / Made available in DSpace on 2018-07-22T20:42:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cario_SilvioAntonioFerraz_D.pdf: 9464857 bytes, checksum: 57f9af9ea1095b1b0457a7365d74e4d4 (MD5) Previous issue date: 1997 / Resumo: A indústria petroquímica no Brasil foi implantada sob o modelo tripartite com participações do Estado, do capital nacional e do capital multinacional. Esta configuração empresarial decorreu de uma engenharia aglutinadora dos interesses público-privados voltada a levar avante um projeto de estruturação industrial. Neste processo, o Estado tomou-se planejador, ordenador, financiador e proprietário e constituiu-se em elemento endógeno da estrutura de mercado petroquímico. Como resultado, a implantação de três pólos petroquímicos em menos de duas décadas resultou em sucesso no processo de substituição de importações, no crescimento da contribuição da indústria na matriz industrial, em controle nacional da oferta de petroquímicos, em fonte geradora de divisas externas e na formação do empresariado nacional petroquímico. A participação do Estado influenciou a definição estratégica das empresas, resultando numa sustentabilidade garantida de desenvolvimento da indústria, ao ponto de permitir desempenho econômico favorável em longo período econômico adverso. Todavia, a progressiva decomposição do Estado brasileiro nos anos 80 provocou desagregação do sistema regulatório setorial, levando à fragilização da articulação público-privada e contribuindo para a elaboração de novo padrão de regulação sob o projeto de redução do tamanho e da influência do Estado na economia. Como parte do programa de reformas estruturais a ser levado adiante nos anos 90, a indústria petroquímica deparou-se com mudanças institucionais firmadas em torno da abertura comercial, desregulamentação do mercado e privatização da participação pública em suas empresas...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: The development of the Brazilian petrochemical industry was characterized by the formation of the tripartite model, with participation of state capital, local capital and multinational firms. This alliance was the result of a social enginnering process which combined public and private interests for the formation of a highly integrated industrial structure in this sector. Along this process, the Brazilian state performed multiple functions, such as planning the organization of the division of are as between local and foreign firms, the financing of local firms and even of the risk of some ventures with state enterprises. The Brazilian state was an active element within the petrochemical industrial structure. The main outcome was the formation of three petrochemical complexes in less than two decades, which brought about a new round of import substitution, a better integration of the industrial matrix, the national control of the petrochemical supply and the formation of local entrepreneurs in an important sector ofthe Brazilian industrial structure. The state participation underpinned a. stable development in the petrochemical industry with good economic outcomes even in the period of slow growth of the Brazilian economy. Nonetheless, the state in the 1980s brought about a disarrangement on the state regulation system that had been built up in the petrochemical sector. There was the weakening of the public-private interest articulation that had characterized the industry. A new pattern of regulation was designed for the Brazilian state, in the 1990s, with the aim of reducing its size and influence over the economy. As part of this state reform, there were institutional changes, such as liberalization of international trade and privatization of state enterprises, which affected the petrochemical industry in the current decade...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Doutorado / Doutor em Economia

Page generated in 0.0611 seconds