• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 6448
  • 650
  • 89
  • 50
  • 43
  • 43
  • 40
  • 31
  • 21
  • 12
  • 11
  • 9
  • 8
  • 8
  • 2
  • Tagged with
  • 7315
  • 1689
  • 1370
  • 1039
  • 945
  • 902
  • 661
  • 587
  • 528
  • 470
  • 455
  • 425
  • 404
  • 403
  • 387
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Habranthus Herb. (Amaryllidaceae) no Brasil : estudo taxonômico, caracterização morfológica e relações filogenéticas

Amaral, Andrielle Câmara 01 June 2011 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Botânica, 2011. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2012-06-01T15:22:12Z No. of bitstreams: 1 2011_AndrielleCamaraAmaral.pdf: 7647817 bytes, checksum: 9a226ce288a2a38967f5b6b2009c3f9d (MD5) / Approved for entry into archive by Elzi Bittencourt(elzi@bce.unb.br) on 2012-06-02T15:42:52Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_AndrielleCamaraAmaral.pdf: 7647817 bytes, checksum: 9a226ce288a2a38967f5b6b2009c3f9d (MD5) / Made available in DSpace on 2012-06-02T15:42:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_AndrielleCamaraAmaral.pdf: 7647817 bytes, checksum: 9a226ce288a2a38967f5b6b2009c3f9d (MD5) / O conhecimento sobre a diversidade de espécies dos principais gêneros de Amaryllidaceae nativos do Brasil é insuficiente, e os caracteres taxonômicos utilizados para a delimitação dos próprios gêneros e distinção das espécies necessitam de aprimoramento. As Amaryllidaceae constituem-se em um importante objeto de estudo devido à importância de suas espécies com potencial ornamental na flora tropical. Há controvérsias entre os autores em relação à delimitação dos gêneros na família. A delimitação de Habranthus é muito confusa, em muitas espécies as descrições foram baseadas apenas na parte reprodutiva, a partir do material herborizado. Por isso, ainda carece de maior detalhamento, o que deve começar ao nível de espécie. O presente estudo foca nas espécies brasileiras do gênero Habranthus e traz três abordagens principais. A primeira, com o levantamento das espécies do gênero Habranthus no Brasil, trazendo lista de espécies, caracterização morfológica, descrições, ilustrações e mapas de distribuição e chaves de identificação. A segunda abordagem traz os resultados da pesquisa taxonômica realizadas no material original das espécies e seus protólogos e apresenta tipificações e sinonimizações das espécies de ocorrência no Brasil. E a terceira abordagem procura esclarecer o posicionamento de Habranthus em relação a outros gêneros de Amaryllidaceae, tendo em vista a antiga controvérsia na família sobre a validade dos gêneros Habranthus e Zephyranthes. Os resultados desses estudos indicam a presença de 21 espécies de Habranthus para o Brasil. Dez espécies foram tipificadas. Os resultados moleculares suportam melhor o tratamento de Habranthus e Zephyranthes como um único gênero monofilético sob o nome mais antigo, Zephyranthes Herb. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Knowledge of the species diversity of the major genera of Amaryllidaceae native to Brazil is inadequate, and the taxonomic characters used to delimit the genus and the species should be improved. The Amaryllidaceae constitute an important object of study because of the importance of its members as potential ornamental species of the tropical flora. There is controversy among authors concerning the delimitation of genera in the family. The delimitation of Habranthus is very confusing; in many species descriptions were based only on the reproductive characters, taken from herbarium specimens. Therefore, further more detailed research, which must begin at the species level is needed. This study focuses on species of the genus Habranthus and provides three main approaches. The first, to survey the species of the genus Habranthus in Brazil, including the list of species, morphological characterization, descriptions, illustrations and distribution maps and identification keys. The second approach brings the results of taxonomic research done as the original material of the species and its protologue with typifications and synonyms of the species occurring in Brazil. The third approach strives to clarify the positioning of Habranthus in relation to other genera of Amaryllidaceae, in view of the old family dispute about the validity of the genera Habranthus and Zephyranthes. The results of these studies indicate the presence of 21 species of Habranthus in Brazil. Ten lectotypifications are proposed. A molecular data support treating Habranthus and Zephyranthes as a monophyletic genus under the name Zephyranthes Herb.
2

Seleção de tipos de Ocimum basilicum L. de cor púrpura para o mercado de plantas ornamentais

Santos, Elmano Ferreira dos 02 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2007. / Submitted by Priscilla Brito Oliveira (priscilla.b.oliveira@gmail.com) on 2009-12-01T21:29:51Z No. of bitstreams: 1 2007_ElmanoFerreiradosSantos.pdf: 1088843 bytes, checksum: b4511b77706e84e1fb738bbd611f680a (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-01-16T00:04:24Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_ElmanoFerreiradosSantos.pdf: 1088843 bytes, checksum: b4511b77706e84e1fb738bbd611f680a (MD5) / Made available in DSpace on 2010-01-16T00:04:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_ElmanoFerreiradosSantos.pdf: 1088843 bytes, checksum: b4511b77706e84e1fb738bbd611f680a (MD5) Previous issue date: 2007-02 / A espécie Ocimum basilicum L. é muito empregada na alimentação (tempero), como medicamento, na indústria de perfumaria (óleo essencial) e, mais recentemente, como planta ornamental, com as variedades de cor púrpuras. Contudo, a grande instabilidade da coloração destas variedades tem dificultado sua exploração comercial. Com o objetivo de avaliar a transferência de caracteres entre variedades de Ocimum basilicum L., e descrever o padrão de segregação de antocianina e de caracteres morfológicos em seedlings de um híbrido anão de Ocimum basilicum L., de interesse para o mercado de plantas ornamentais, três ensaios foram conduzidos na Estação Experimental da Biologia, Campus da Universidade de Brasília. No primeiro ensaio, mudas de três variedades de O. basilicum: Folha de Alface, Anão e “Dark Opal”, foram plantadas em talhões contíguos no sistema de filas triplas, em área de Latossolo Vermelho, para facilitar a transferência de genes via polinização natural, e suas características morfológicas descritas. No segundo ensaio, sementes de materiais das três variedades foram postas a germinar e suas características morfológicas descritas, assim como o padrão de segregação da cor púrpura. No terceiro ensaio, sementes de apenas uma planta anã, púrpura e de inflorescência compacta, selecionada no segundo ensaio, foram colocadas para germinar em sementeira, em estufa tipo “glasshouse”. Das plantas da progênie foram descritos: porte da planta, tamanho da inflorescência, aspecto do limbo e cor da planta, assim como a expressão da cor púrpura. A ocorrência de formas intermediárias evidencia polinização cruzada entre as procedências que compartilharam o campo experimental, confirmando que acessos do gênero Ocimum podem apresentar fecundação cruzada. Houve forte regressão da cor púrpura para a cor verde. O tipo selecionado para o comércio de ornamentais, plantas anãs com inflorescência compacta e cor púrpura, ocorreu apenas em 8,33 % das plantas obtidas no terceiro ensaio. Dada à instabilidade genética evidenciada na geração F3, a produção de mudas do tipo selecionado para o comércio de plantas ornamentais deverá ser feita por propagação vegetativa. Ensaios de autofecundação deverão ser programados, procurando minimizar esta instabilidade. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Ocimum basilicum is a very important species for food industry (sauce), as medicinal plant and aromatic uses. Recently it became interesting for the plant ornamental market with purple colored varieties. The purple color instability is a problem to be solved in order to improve the commercial exploitation of such plants. The main purpose of this work was to evaluate the transference of morphological characters between cultivars of O. basilicum and describe the segregation of the purple color and other morphological characters using a dwarf variety in order to select plants combining the purple color and compact inflorescences. Three assays were carried out in the Biological Experimental Station, University of Brasilia. In the first one, seedlings of three O. basilicum varieties and cultivars: “Lettuce Leaf”, “Dwarf” and. “Dark Opal”, were cultivated side by side to allow the gene transference by natural polinization. In the second assay, seeds of the three varieties collected in the first assay were growth in field to describe its morphological characteristics and the prevalence of purple color. In the third assay, seeds of only one dwarf and purple plant with compact inflorescence selected in the second assay were growth and cultivated in glasshouse, to describe the plant height, the inflorescence size, the foliar sheet shape and purple color prevalence. Strong reversion to the green color was observed. The selected pattern to ornamental market, dwarf purple plants with compact inflorescences occurred only in 8,33 % of the progeny. According to this instability plants to ornamental market could be produced only by cuttings. Selfing assays have to be programmed in order to stabilize the anthocyanin expression and the morphology as well.
3

Estudo de Sazonalidade da espécie Anadenanthera colubrina: obtenção de impressões de digitais por UV/Vis, CCD-AE e CLAE-DAD para aplicação no controle de qualidade da droga vegetal

AIRES, Paulo Sérgio Reginaldo 13 January 2017 (has links)
Submitted by Fernanda Rodrigues de Lima (fernanda.rlima@ufpe.br) on 2018-08-02T20:41:15Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Paulo Sergio Reginaldo Aires.pdf: 1936212 bytes, checksum: 2bd3bcb20111241170bf61af7470faa7 (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-08-07T19:18:03Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Paulo Sergio Reginaldo Aires.pdf: 1936212 bytes, checksum: 2bd3bcb20111241170bf61af7470faa7 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-08-07T19:18:03Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) DISSERTAÇÃO Paulo Sergio Reginaldo Aires.pdf: 1936212 bytes, checksum: 2bd3bcb20111241170bf61af7470faa7 (MD5) Previous issue date: 2017-01-13 / Anadenanthera colubrina var. cebil (Griseb.) Altschul (Angico) é uma espécie representativa da região do semiárido brasileiro em uma região geográfica conhecida como caatinga, possuindo utilização diversificada que vai desde a extração de taninos para o processo de curtume, ao uso na medicina popular. O angico é amplamente utilizado na terapêutica de doenças como bronquite, gastrite, pneumonia e resfriados, tratamento de cancro, anemia e difteria. O objetivo foi de avaliar as influências sobre a variabilidade sazonal nas cascas de Anadenanthera colubrina utilizando metodologias como CCD-AE, CLAE-DAD e espectrofotometria, estabelecendo características físico-químicas e um perfil químico como uma ferramenta para o controle de qualidade. Para tanto, as amostras das cascas de A. colubrina obtidas de Junho de 2014 a Junho de 2015 foram caracterizadas de acordo com métodos gerais em Farmacognosia da Farmacopeia Brasileira 5ª ed., e a quantificação dos taninos foi realizada tanto por espectrofotometria (metodologia de Folin-Ciocalteau), quanto por CLAE. Além disso, foram obtidos os perfis fitoquímicos para as amostras por CCD e CLAE. As amostras apresentaram resultados de ensaios físico-químicos em conformidade com os limites preconizados independente do período sazonal. A prospecção fitoquímica das cascas da espécie demonstrou a presença de flavonoides, derivados cinâmicos, açúcares redutores, cumarinas, saponinas, terpenos/esteroides e taninos condensados. A validação espectrofotométrica e cromatográfica atendem as exigências da RE 899/03 apresentando especificidade/seletividade para o marcador pirogalol/catequina (UV-Vis e CLAE, respectivamente); comportamento linear (R2 > 0,99); repetibilidade e precisão intermediária com baixos valores de desvio padrão relativo (< 5%); exatidão requerida, entre 80 e 120%; e, robustez adequada as mudanças realizadas em ambas as metodologias. Resultados mostraram que nos meses com menores índices pluviométricos, os teores de taninos totais por Folin-Ciocalteau e catequina por CLAE-DAD apresentaram maiores teores quantificados nas cascas de angico. Através do fingerprint obtido por CLAE e HPTLC foi possível inferir que todas as amostras apresentaram-se semelhantes nos meses de estudo, evidenciado que as variações sazonais presentes na região não afetam as concentrações de taninos condensados nas cascas de A. colubrina. / Anadenanthera colubrina var. cebil (Griseb.) Altschul (Angico) is a representative species of the Brazilian semi-arid region in a geographic region known as caatinga, having diversified use ranging from the extraction of tannin for the tanning process, for use in folk medicine. In its therapeutic value, mimosa is widely used in the treatment of inflammatory conditions such as bronchitis, gastritis, pneumonia and flu, treating cancer, anemia and diphtheria. Aiming at the development of more effective control tools and the establishment of quality specifications, the purpose of the study was to assess the seasonal variability on the physico-chemical characteristics, total tannin content and in the chemical profile for CCD, CCD-AE and HPLC -DAD, the shells of Anadenanthera colubrina. Therefore, samples of A. colubrina shells obtained from June 2014 to June 2015 were characterized according to general methods in Pharmacognosy from the Brazilian Pharmacopoeia 5th ed., And the quantification of tannins was carried out both by spectrophotometry (Folin method -Ciocalteau), or by HPLC. Moreover, phytochemicals profiles for the samples by TLC and HPLC were obtained. The samples presented data physicochemical tests in accordance with the limits recommended by the literature. The phytochemical screening of species of bark showed the presence of flavonoids, cinnamic derivatives, reducing sugars, coumarins, saponins, terpenes / steroids and tannins. The spectrophotometric data validation and chromatographic meet the requirements of RE 899/03 having specificity / selectivity to the marker pyrogallol / catechin (UV-Vis and HPLC, respectively); linear behavior (R2> 0.99); repeatability and intermediate precision with low standard deviation values (<5%); required accuracy, between 80 and 120%; and adequate robustness changes made in both methodologies. The total tannin content by Folin-Ciocalteu had a mean value of 3.17% and the highest levels were evidenced during the dry season. Associated with this condition, the higher catechin levels were observed in the same period when quantified by HPLC-DAD. Through the fingerprint obtained by HPLC and HPTLC it was possible to infer that all samples were similar in the months of study evidenced that seasonal variations present in the region affect the tannin concentrations in condensed shells A. colubrina.
4

Efeito de fatores endogenos e exogenos no crescimento de eichhornia crassipes (Mart) solms. (aguape)

Mukuno, Darci Reiko Onodera 15 October 1984 (has links)
Orientadora: Ivany Ferraz Marques Valio / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-17T18:23:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Mukuno_DarciReikoOnodera_M.pdf: 14550926 bytes, checksum: 3cdff76d859e27e50d3326e4d04e805d (MD5) Previous issue date: 1984 / Resumo: Na natureza observa-se basicamente a ocorrência de 2 tipos diferentes de folhas em plantas de aguapé, dependendo da época do ano ou das condições ambientais a que estão sujeitas. O tipo de folha mais comumente encontrada, apresenta um pecíolo dilatado contendo ar em seu interior, o que lhe permite flutuar. O outro tipo de folha pelo contrário é alongado e não apresenta essa dilatação. Um estudo com plantas de aguapé foi realizado para verificar os fatores ambientais que regulam esta variação na forma das folhas, bem como detectar possíveis substâncias de crescimento envolvidas neste processo, além de verificar o efeito de alguns reguladores de crescimento. As plantas foram cultivadas em recipientes de plástico em solução nutritiva de HOAGLAND diluída 2 vezes, exceto para os tratamentos onde o estado nutricional da planta foi verificado. As condições de crescimento foram três: ambiente natural, casa de vegetação e câmaras de crescimento com controle de luz e temperatura. Para se avaliar a alteração na morfologia da folhas, foi estabelecido um índice a partir da relação entre o comprimento total da folha e o maior perímetro do pecíolo (C/P). Dentre os fatores físicos estudados, aqueles cujo efeito pode ser observado em promover o alongamento das folhas foram...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: Not informed. / Mestrado / Biologia Vegetal / Mestre em Ciências Biológicas
5

Capacidad captadora de carbono y producción de proteínas de Limnobium laevigatum (Humb. & Bonpl. ex Willd.) Heine (Hydrocharitaceae) bajo condiciones de laboratorio

Aponte Ubillús, Héctor Alonso January 2016 (has links)
Estudia la capacidad captadora de carbono y producción de proteínas de L. laevigatum bajo condiciones de laboratorio. Para ello se evalúa la mejor concentración de nutrientes para su propagación y el contenido de fibras, proteínas, grasas, carbohidratos y ceniza (Análisis Químico Proximal, AQP) y el contenido de carbono en la biomasa vegetal. Encuentra la capacidad de carga bajo condiciones de laboratorio de los dos tratamientos que tuvieron el mejor rendimiento. Los resultados obtenidos en los experimentos mencionados sugieren una importante influencia de la luz en el crecimiento de la especie, por lo que se realizó un experimento para evaluar dicho efecto. Estos resultados, junto con el cálculo del porcentaje de carbono en el tejido usando la técnica de Walkley & Black fueron utilizados para calcular la producción de proteínas y la capacidad captadora de carbono de la especie en estudio utilizando modelos de crecimiento poblacional con límites de recursos. Los resultados obtenidos muestran que L. laevigatum crece de forma óptima en el laboratorio con la solución 25X, la cual es menor al 100% de las soluciones xi comerciales. En estas condiciones los parámetros de productividad son los mayores con una tasa de crecimiento relativo de 0.11. Asimismo, el crecimiento de Limnobium laevigatum se ve favorecido a mayor cantidad de luz, creciendo mucho mejor en el tratamiento a 100% de luz. Por el rápido crecimiento, facilidad de propagación, alta concentración de proteínas (>30%) y bajo en fibras (<10%), L. laevigatum propagado bajo condiciones de laboratorio reúne las condiciones para su uso como forraje. La productividad de Limnobium laevigatum bajo condiciones de laboratorio asciende a 0.19 g/cm2 de biomasa fresca, que equivalen a 2.84 x10- 3 g/cm2 de proteínas y 3.89x10-3 g/cm2 de carbono (cantidad de carbono que es convertido en biomasa durante su crecimiento en laboratorio). Este estudio obtiene los primeros datos acerca de la productividad de la especie bajo condiciones de laboratorio. Se discuten los posibles campos de aplicación en la producción de forrajes y suplemento de dietas, así como en la estimación de la productividad a gran escala.
6

Estudos farmacognósticos e avaliação de atividades biológicas de extratos obtidos das cascas pulverizadas de Endopleura uchi (Huber) cuatrec. (Humiriaceae) /

Politi, Flávio Augusto Sanches. January 2009 (has links)
Resumo: O desenvolvimento de agentes antimicrobianos eficazes e seguros para combater infecções bacterianas revolucionou o tratamento médico nos últimos 60 anos. Entretanto, aliado à própria evolução dos organismos, o uso indiscriminado dos antibióticos selecionou espécies extremamente resistentes aos agentes químicos utilizados. Como uma tentativa de contornar tal situação e ampliar o arsenal de compostos ativos contra microrganismos patógenos, o estudo de plantas tornou-se crescente no cenário científico. Para utilizarmos os fitoterápicos na prevenção e/ou cura de doenças são necessários estudos prévios relativos a aspectos botânicos, farmacognósticos, fitoquímicos, farmacológicos e toxicológicos. Neste trabalho, foram estudados extratos obtidos com as cascas pulverizadas de Endopleura uchi (Huber) Cuatrec., quanto aos aspectos farmacognósticos, propriedades antimicrobianas frente a diversas linhagens bacterianas e uma levedura, e a citotoxicidade contra células de mamíferos. Nossos resultados mostraram que quanto ao rendimento, o melhor extrato foi obtido com a percolação 20% (m/v) e, quanto ao teor de taninos totais, o melhor extrato foi obtido com a percolação 10% (m/v). Nenhum dos extratos utilizados apresentou efetividade na inibição do crescimento para a os microrganismos testados. A exceção ocorreu para Staphylococcus aureus, no qual os extratos apresentaram baixa atividade. Quanto à citotoxicidade, todos os extratos analisados apresentaram IC50 maior que a maior concentração aplicada (2 mg/mL). / Abstract: The development of effective and safe antimicrobial agents to combat microbial infections revolutionized the medical treatment in the last 60 years. However, together to the self evolution of the organisms, the indiscriminate use of the antibiotics selected extremely resistant species to chemical agents used. As an attempt of to avoid this situation and to enlarge the arsenal of active compounds against pathogenic microorganisms, the study of plants has been growing in the scientific scenary. For the use of phytotherapics in the prevention and/or cure of diseases are necessary previous studies relative to botanical, pharmacognostics, phytochemical, pharmacological and toxicological aspects. In this work, were studied extracts obtained with the powdered barks of Endopleura uchi (Huber) Cuatrec., for their pharmacognostic aspects, antimicrobial properties against to several bacterial strains and a yeast, and the cytotoxicity against mammals cells. Our results showed that, related to yield, the best extract was obtained with the percolation 20% (w/v) and, related to total tannins teor, the best extract was obtained with the percolation 10% (w/v). None of the used extracts presented inhibition of the growth to the most analyzed microorganisms. The exception occurred against the Staphylococcus aureus strain, in which the extracts presented a low activity. All analyzed extracts for cytotoxicity presented IC50 higher than the higher applied concentration (2 mg/mL). / Orientador: Rosemeire Cristina Linhari Rodrigues Pietro / Coorientador: Raquel Regina Duarte Moreira / Banca: Rosemeire Cristina Linhari Rodrigues Pietro / Banca: Hérida Regina Nunes Salgado / Banca: Niege Araçari Jacometti Cardoso Furtado / Mestre
7

Efeito do alagamento e da luminosidade em plantas de Vitex cymosa : respostas fisiológicas, bioquímicas e morfoanatômicas

Ribeiro, Aliny Clawdy Mota 15 October 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Botânica, 2014. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2015-05-08T19:14:01Z No. of bitstreams: 1 Dissertação Aliny CM Ribeiro_Parcial.pdf: 1015339 bytes, checksum: fdc74be78e2cc319c54bbca09b6ab1ec (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2015-05-11T18:53:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertação Aliny CM Ribeiro_Parcial.pdf: 1015339 bytes, checksum: fdc74be78e2cc319c54bbca09b6ab1ec (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-11T18:53:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertação Aliny CM Ribeiro_Parcial.pdf: 1015339 bytes, checksum: fdc74be78e2cc319c54bbca09b6ab1ec (MD5) / Alagamento e sombreamento são dois importantes estresses que podem limitar o crescimento e o desenvolvimento de plantas. Nas florestas de várzea da Amazônia, muitas plantas estão sujeitas a períodos de alagamento do solo que ocorrem simultaneamente à exposição destas ao sombreamento, especialmente no interior da floresta. Este trabalho objetivou avaliar o efeito desses dois estresses (alagamento e sombreamento) na fisiologia, bioquímica e morfoanatomia de Vitex cymosa (Lamiaceae), uma arbórea comum nas várzeas amazônicas, e determinar se a interação entre eles tem efeito amplificado ou se um estresse pode predominar sobre o outro (estresse hierárquico). Plantas com um ano de idade foram submetidas experimentalmente a condições alagadas (coluna de água ~5 cm acima do solo) e não-alagadas (solo na capacidade de campo), sob dois níveis de luminosidade, baixa e alta irradiância (5% e 50% da luz solar plena, respectivamente). O experimento durou 90 dias. Semanalmente, foram avaliadas alterações na morfologia, incremento em altura da planta, diâmetro do caule, produção de folhas, assimilação máxima de CO2 (Amax) e de transpiração (E). Aos 30 dias de experimento foram coletadas plantas para as análises anatômicas e, ao final do experimento de 90 dias foram feitas análises bioquímicas (açúcares solúveis totais, amido e perfil metabólico) em raízes, caules e folhas das plantas. Foi avaliada a recuperação das plantas após a retirada do alagamento. Todas as plantas nos tratamentos de alagamento (baixa e alta luz) apresentaram raízes adventícias e aerênquima. Plantas alagadas apresentaram um menor incremento em comprimento e em diâmetro e menor produção de folhas, quando comparadas àquelas não-alagadas (p<0,05), independente do nível de luminosidade. Com relação à Amáx, foi verificado não apenas um significativo efeito do alagamento, com uma menor assimilação de CO2 pelas plântulas submetidas ao alagamento (p < 0,001), mas também o efeito da interação entre os tratamentos de luz e de alagamento (p ≤ 0,001). Nas plantas alagadas, houve um acúmulo de amido na parte aérea e a depleção de AST nas raízes. O perfil metabólico mostrou que houve acumulo de ácido succínico nas raízes das plantas alagadas indicando metabolismo anaeróbico nesse órgão. Deste modo, as respostas das plantas aos tratamentos de luz e de alagamento apontam para a existência de uma hierarquia entre os fatores ambientais limitantes para a planta. / Waterlogging and shading are two important stresses that can limit the growth and development of plants. In floodplain forests of the Amazon, many plants are subject to periods of flooding that occur simultaneously with exposure to shading, especially in the forest. This study aimed to evaluate the effect of these two stresses (waterlogging and shading) in physiology, biochemistry and morphoanatomy of Vitex cymosa (Lamiaceae), a common tree in the Amazonian floodplains, and determine if the interaction between them has amplified effect or a stress may predominate over the other (hierarchical stress). One year old plants were subjected to experimentally waterlogged conditions (~ 5 cm above the ground) and non-waterlogged (field capacity) under two light levels, low and high irradiance (5% and 50% of full sunlight , respectively). The experiment lasted 90 days. Weekly changes were evaluated in morphology, anatomy of roots, increase in plant height, stem diameter, leaf production, measures of maximum CO2 assimilation (Amax) and transpiration (E). At the end of 90 days, analysis of total soluble sugar (AST), starch and succinic acid were made. The recovery of the plants was evaluated after removal of the waterlogging. All plants in the waterlogging treatments (low and high irradiance) showed aerenchyma and adventitious roots. Waterlogged plants showed a lower increase in length and diameter and lower leaf production when compared to those non-waterlogged plants (p <0.05), regardless of light level. With respect to Amax, not only a significant effects of waterlogging were observed, with a lower CO2 assimilation by plants of waterlogging treatment (p <0.001), but also one effect of the interaction between light treatments and waterlogging (p ≤ 0.001) was detected. In waterlogged plants, there was an accumulation of starch in the shoot and the depletion of AST in the roots. Succinic acid was accumulated only in the roots of waterlogged plants indicating anaerobic metabolism in this organ. Thus, the responses of plants to light and waterlogging treatments indicate the existence of a hierarchy between the limiting environmental factors for the plant.
8

Potencial antitumoral de substâncias isoladas de plantas do Cerrado brasileiro : estudos preliminares do mecanismo de ação da atividade citotóxica

Mesquita, Mariana Laundry de January 2009 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2009. / Submitted by Raquel Viana (tempestade_b@hotmail.com) on 2010-04-26T18:08:43Z No. of bitstreams: 1 2009_MarianaLaundrydeMesquita.pdf: 3836459 bytes, checksum: 40c6d759f70183b5eb5f4a819e5d7976 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-05-19T06:20:47Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_MarianaLaundrydeMesquita.pdf: 3836459 bytes, checksum: 40c6d759f70183b5eb5f4a819e5d7976 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-05-19T06:20:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_MarianaLaundrydeMesquita.pdf: 3836459 bytes, checksum: 40c6d759f70183b5eb5f4a819e5d7976 (MD5) / O Câncer é uma doença, que atinge mais ou menos 200 tipos de células, caracterizada pelo desvio no controle da proliferação, diferenciação e morte celular, com multiplicação desordenada das células, podendo invadir órgãos e tecidos. As dificuldades encontradas no seu tratamento são a resistência medicamentosa, toxicidade, baixa especificidade, além da maioria das formulações serem injetáveis, pois são moléculas insolúveis em água, causando edemas e necrose. As substâncias de plantas do Cerrado podem constituir modelos interessantes para o desenvolvimento de novas moléculas anticancerígenas. Neste estudo foi realizada uma triagem com quatrocentos e doze extratos de plantas do bioma Cerrado sobre três linhagens celulares de câncer humano: MDA-MB- 435 (melanoma), HCT-8 (cólon), e SF-295 (glioblastoma). Como resultados, 28 extratos inibiram significativamente as células, a uma concentração de 50 µ g/mL, e tiveram seus valores de CI50 (concentração inibitória para 50% das células) sobre as células MDA-MB- 435, HCT-8, SF-295 e HL-60 (leucemia promielocítica) determinados. Os extratos que apresentaram CI50 < 20 µ g/mL, em no mínimo três linhagens, foram considerados muito ativos, dentre eles os extratos hexânicos da casca da raiz de Kielmeyera coriacea e Simarouba versicolor e o extrato diclorometânico das folhas de Schinus terebinthifolius var. radiannus. Estes extratos foram submetidos a estudo químico biomonitorado, e substâncias com atividade anticancerígena foram isoladas. Do extrato hexânico da casca da raiz de Simarouba versicolor obteve-se a glaucarubinona substância com atividade anticancerígena importante. O fracionamento químico do extrato diclorometânico de Schinus terebinthifolius var. radiannus resultou no isolamento de cinco compostos, em fase de elucidação estrutural, além de um alquil resorcinol isolado pela primeira vez desta espécie, e do beta-sitosterol. Do extrato hexânico da casca da raiz de Kielmeyera coriacea foi obtida uma mistura contendo o derivado da vitamina E, δ-tocotrienol e seu peróxido-dímero. Estudos de mecanismo de ação com essa mistura sobre a linhagem HL-60 foram conduzidos. A mistura demonstrou possuir efeito citotóxico e antiproliferativo sobre essas células, causando alterações no ciclo celular como inibição na síntese de DNA e indução de morte por apoptose e necrose, sendo dessa forma uma amostra promissora para a investigação da relação estrutura-atividade. _________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Cancer is an ailment that affects more or less 200 different types of cells. Its major characteristic is the lack of proliferation control, differentiation and apoptosis, with an uncontrolled multiplication of cells, with the ability of invading organs and tissues. There are many difficulties in the cancer treatment, with the most frequent being the drug resistance, toxicity and low specificity. As most of the molecules are water insoluble, the administration of the drug in the blood stream may cause edema and necrosis. The substances obtained from the Brazilian Cerrado plants are interesting models for the development of new anticancer molecules. The present study investigated the cytotoxic potential of 412 Cerrado plant extracts against three human cancer cell lines: MDA-MB-435 (melanoma), HCT-8 (colon) and SF-295 (glioblastome). Of the tested extracts, 28 demonstrated a substantial antiproliferative effect, inhibiting significantly the tumor cell proliferation at 50 μg/ml. Complete dose-response curves were generated and IC50 values (concentration causing 50% inhibition of parasite growth) were calculated for these extracts against four cell lines MDA-MB-435, HCT-8, SF-295 and HL-60 (Promielocitic Leukemia). The extracts that showed IC50 values < 20 µg/ml, in at least three cell lines were considered very actives. Among them, the hexane extracts of Kielmeyera coriacea and Simarouba versicolor root bark, and the dichloromethane extract of Schinus terebinthifolius var. raddianus leaves. These extracts were submitted to a bioassay-guided fractionation and anticancer substances were isolated. From the hexane extract of Simarouba versicolor root bark we isolated the glaucarubinone, a substance with remarked anticancer activity. The bioassay-guided fractionation of the dichloromethane extract of Schinus terebinthifolius var. raddianus leaves resulted in the isolation of five compounds, including an alkyl resorcinol obtained for the first time from this species, and beta-sytosterol. From the hexane extract of Kielmeyera coriacea root bark were obtained a mixture of the vitamin E derivative, δ-tocotrienol and its peroxydimer. This mixture showed antiproliferative and cytotoxic effects against the cells, through DNA synthesis inhibition and induction of cell death by apoptosis and necrosis. It is a promising sample to have its structure-activity relationship investigated.
9

Atributos e tipos funcionais de espécies lenhosas no cerrado

Takahashi, Frederico Scherr Caldeira January 2010 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2010. / Submitted by Luiza Moreira Camargo (luizaamc@gmail.com) on 2011-06-17T18:23:48Z No. of bitstreams: 1 2010_FredericoScherrCaldeiraTakahashi.pdf: 1971313 bytes, checksum: e9819f7a57aa933a927661a465406289 (MD5) / Approved for entry into archive by Guilherme Lourenço Machado(gui.admin@gmail.com) on 2011-06-20T12:03:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_FredericoScherrCaldeiraTakahashi.pdf: 1971313 bytes, checksum: e9819f7a57aa933a927661a465406289 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-06-20T12:03:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_FredericoScherrCaldeiraTakahashi.pdf: 1971313 bytes, checksum: e9819f7a57aa933a927661a465406289 (MD5) / A marcante sazonalidade das chuvas representa um importante filtro ambiental ao estabelecimento e crescimento da vegetação savânica do cerrado. Outra característica importante deste ambiente é a grande heterogeneidade da configuração do dossel arbóreo. Em distâncias da ordem de dezenas de metros, podemos encontrar savanas com graus contrastantes de adensamento de árvores. Desta forma, ao logo da paisagem são encontradas áreas em que a luz pode ser escassa, se tornando um fator limitante ao crescimento arbóreo, enquanto em outras áreas, a presença de luz em intensidades elevadas pode ocasionar danos por excesso de energia absorvida ou alterar o metabolismo fotossintético em função do aumento da temperatura foliar. Apesar da predominância de savanas na região do cerrado, estão presentes áreas com vegetação florestal, com fronteiras bem delimitadas entre estas duas fitofisionomias. As florestas apresentam diferenças marcantes em relação às savanas na disponibilidade de luz e água. Contudo, indivíduos de algumas espécies típicas de floresta conseguem estabelecer-se em áreas savânicas. No primeiro capítulo, elaboramos modelos estatísticos para a descrição de aspectos ecofisiológicos de árvores estabelecidas na savana, investigando a influência da sazonalidade climática e possíveis diferenças entre plantas de espécies típicas da savana e típicas de floresta. Para tanto, selecionamos 12 pares congenéricos, compostos de uma espécie típica da savana e uma típica de floresta. Realizamos as medições na estação seca e chuvosa, estimando a taxa fotossintética, condutância estomática, curvas de resposta à luz, CO2 e temperatura, fluorescência da clorofila a (partição de energia no fotossistema II) e potencial hídrico foliar mínimo. Contrariando nossas expectativas, os dois grupos de espécies (savânicas e florestais) não demonstraram diferenças em nenhum dos atributos avaliados. As medições de trocas gasosas e potencial hídrico revelaram mudanças fisiológicas entre estações do ano, porém, ambos os grupos responderam vii de maneira similar. Com isto, apesar das plantas típicas de floresta terem evoluído em ambientes marcantemente diferentes das savanas, em termos de luminosidade e disponibilidade hídrica, os indivíduos deste grupo que crescem nas savanas apresentaram características similares às plantas típicas deste ambiente. No segundo capítulo, avaliamos as respostas das trocas gasosas de três espécies arbóreas ao aumento da disponibilidade de água no solo e da umidade do ar (que resulta na diminuição da demanda evaporativa) durante a estação seca. Para isto, realizamos curvas de resposta ao déficit de pressão de vapor folhaatmosfera em indivíduos estabelecidos naturalmente na savana, em áreas irrigadas e não irrigadas. A fotossíntese e condutância estomática foram fortemente reguladas pela disponibilidade de água no solo e pela demanda evaporativa. Deste modo, a restrição da assimilação de carbono imposta pela estação seca só seria evitada em situações que propiciassem a elevação da disponibilidade de água no solo acompanhadas de condições microclimáticas que diminuíssem a demanda evaporativa. No terceiro capítulo, agrupamos as espécies arbóreas mais comuns na região savânica analisada em sete tipos funcionais relacionados a características dos ambientes em que estas ocorrem (abertura do dossel, altura e área basal das árvores, biomassa de gramíneas e de serapilheira) levando em conta o grau de similaridade de atributos das espécies. Analisando os estados dos atributos ao longo da variação do ambiente, constatamos a existência tanto de padrões de convergência de caracteres quanto padrões de divergência de caracteres na comunidade arbórea. Isto evidencia que, mesmo em escalas espaciais finas (compreendendo poucos quilômetros de distância), os filtros ambientais selecionaram espécies com atributos semelhantes, enquanto a competição inter-específica favoreceu a diferenciação dos atributos de espécies que coexistem. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The strong rainfall seasonality represents an important environmental filter on the establishment and growth of the cerrado savanna-like vegetation. Another important feature of this environment is the great heterogeneity of the tree canopy configuration. At distances in the order of tens of meters, we can find savannas with contrasting degrees of tree density. Thus, across the landscape, there are areas where light availability can be scarce, becoming a limiting factor for tree growth, although in other areas, high light intensities can cause damages by excess of absorbed energy or imbalance of the photosynthetic metabolism due to increased leaf temperature. Despite the predominance of savannas in the cerrado, there are areas with forest vegetation, forming well-defined boundaries between these two vegetation types. Forests have significant differences in relation to the savannas concerning light and water availability. However, some typical forest species have established individuals in savannic areas. In the first chapter, we developed statistical models to describe the ecophysiological aspects of established trees growing in the savannas investigating the influence of climatic seasonality and possible differences among plants of species typical of savanna and typical of forest. To this end, we selected 12 congeneric species pairs, consisting each one of a typical savanna species and a typical forest species, for measurements in dry and rainy seasons. We estimated the photosynthetic rate, stomatal conductance, light, CO2 and temperature response curves, chlorophyll a fluorescence (energy partitioning in photosystem II) and minimum leaf water potential. Contrary to ours expectations, both groups of species (savanna and forest) showed no differences in any of the studied traits. Measurements of gas exchange and water potential showed physiological changes among the seasons, although both groups responded similarly. Therefore, despite typical forest species have evolved in an environment markedly different from the savanna in terms of light and water availability, ix individuals of this group established in the savannas exhibited similar characteristics to typical savanna specie. In the second chapter, we evaluated the gas exchange responses of three tree species to increased soil water availability and air humidity (resulting in decreasing evaporative demand) during the dry season. For this, we conducted response curves of leaf-toair vapor pressure deficit on naturally established individuals in the savanna, in irrigated and non irrigated areas during the dry season. The photosynthesis and stomatal conductance were strongly regulated by soil water availability and evaporative demand. Therefore, the restrictions on carbon assimilation imposed by the dry season would only be avoided in situations that could provide higher availability of soil water accompanied by microclimatic conditions that adversely affect the evaporative demand. In the third chapter, we grouped the most common savanna tree species of the area in seven different functional types related to the environmental conditions which they occur (canopy openness, height and basal area of trees, biomass of grass and litter) taking into account the similarity degree of traits among species. Evaluating the condition of the traits along the environment variation, we note the existence of both trait-convergence and trait-divergence patterns on tree community. Therefore, even in fine spatial scale (including a few kilometers away), the environmental filters selected species with similar traits, while interspecific competition favored the differentiation of the coexistent species traits.
10

Anadenanthera Colubrina var. Cebil (Griseb.) Altschul (Fabaceae: Mimosoideae): potencial antimicrobiano e variações nos teores de metabólitos secundários

ARAÚJO, Daniel Rodrigo Cavalcante de 10 February 2015 (has links)
Submitted by Rafael Santana (rafael.silvasantana@ufpe.br) on 2017-12-18T19:03:33Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) ARAUJO_ D_R_C 2015UFPE.pdf: 1126803 bytes, checksum: 1df57adc37cb9dbfeeb06186e223f69b (MD5) / Made available in DSpace on 2017-12-18T19:03:33Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) ARAUJO_ D_R_C 2015UFPE.pdf: 1126803 bytes, checksum: 1df57adc37cb9dbfeeb06186e223f69b (MD5) Previous issue date: 2015-02-10 / FACEPE / Anadenanthera colubrina (Vell) Brenan var. cebil (Griseb) é uma planta medicinal amplamente utilizada no Nordeste brasileiro. Este estudo teve como objetivo analisar a influência dos índices pluviométricos na atividade antimicrobiana e componentes fitoquímicos de extratos de folhas e frutos de A. colubrina. As amostras foram coletadas no Parque Nacional do Catimbau (Buíque, Pernambuco, Brasil) em setembro de 2010 e janeiro, abril e junho de 2011, que mostrou índice de precipitação (IP) de 75 mm, 65 milímetros, 162 milímetros e 73 mm, respectivamente. Os extratos foram preparados por extração de Soxhlet com ciclo-hexano, clorofórmio, acetato de etilo e metanol. A atividade antimicrobiana foi determinada pelos valores de MIC e MBC. Todos os extratos apresentaram atividade antimicrobiana, mas extratos acetato de etila (de todos os períodos) eram mais ativos. Foram encontradas fortes correlações entre o IP e do MIC média de MLE (ρ: -0,99), Eale (ρ: -0,81), CHFE (ρ: -0,81), EAFE (ρ: -0,80); enquanto correlações moderadas e fracas foi encontrado com outros extratos. Através de uma análise HPLC foi possível revelar que as amostras coletadas de períodos secos tiveram mais diversidade química (por apresentarem mais picos). Ácido gálico e quercetina (e compostos derivados) foram identificados. Os níveis de quercetina foram reforçadas em extratos de meses secos. Os nossos resultados mostraram que a precipitação tem um efeito positivo sobre a atividade antimicrobiana das folhas e frutos de A. colubrina e a variação de alguns metabolitos, principalmente quercetina. Outros estudos devem ser realizados a fim de identificar os compostos ativos e para avaliar os efeitos de outros fatores ambientais. / Anadenanthera colubrina (Vell.) Brenan var. cebil (Griseb) is a plant widely used for medicinal proposes in Brazilian Northeast. This study aimed to analyze the influence of rainfall indexes in antimicrobial activity and phytochemical constituents of extracts from leaves and fruits of A. colubrina. Samples were collected in Catimbau National Park (Buíque, Pernambuco, Brazil) at September 2010 and January, April and June 2011, which showed rainfall index of 75 mm, 65 mm, 162 mm and 73 mm, respectively. The extracts were prepared by Soxhlet extraction using cyclohexane, chloroform, ethyl acetate and methanol. The antimicrobial activity was determined by MIC and MBC values. All extracts showed antimicrobial activity, but ethyl acetate extracts (from all periods) were more active. Strong correlations were found between the RI and the average MIC of MLE (ρ: -0.99), EALE (ρ: -0.81), CHFE (ρ: -0.81), EAFE (ρ: -0.80); while moderate and weak correlations were found for other extracts. Through a HPLC analysis was possible to reveal that the samples collected from dry periods had more chemical diversity (as they presented more peaks). Gallic acid and quercetin (and derivative compounds) were identified. The levels of quercetin were enhanced in extracts from dry months. Our results showed that the rainfall has a positive effect on the antimicrobial activity of leaves and fruits of A. colubrina and the variation of some metabolites, mainly quercetin. Other studies should be performed in order to identify the active compounds and to evaluate the effects of other environmental factors.

Page generated in 0.0909 seconds