• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 6
  • Tagged with
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • 4
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

GRENJ: um framework obtido por um processo iterativo de reengenharia aplicando TDD

Durelli, Vinícius Humberto Serapilha 21 May 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:05:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 1977.pdf: 7827443 bytes, checksum: b7d5ce8bc5bb133ce610c499fdd47f85 (MD5) Previous issue date: 2008-05-21 / Financiadora de Estudos e Projetos / Software systems must satisfy the users requeriments and use current technologies. Thus, these systems are in constant evolution and several software maintenance tasks are carried out in order to adapt them to the user s requirements as well as to the current technologies. When there is a change in the technology used by these systems, an approach to their revitalization is reengineering, which is classified as a preventive maintenance. This research project presents the iterative process applied during the reengineering of the GREN framework, which is built based on the GRN pattern language. The GREN framework was originally implemented in Smalltalk, a very spread programming language, mainly within the academic community. In the proposed reengineering process the JavaTMlanguage and AspectJ, which is an aspect-oriented JavaTMextension, were used during the framework implementation resulting from the reengineering process. This new framework is called GRENJ. The proposed process can be used to reengineer systems developed with OO paradigm, in order to change its implementation language to another OO language. That process is iterative, incremental, and applies reverse engineering patterns, test-driven development and refactoring. The GRENJ framework has approximately twenty-eight thousand source code lines, of which approximately ten thousand are related to tests created during the development. The GRENJ framework documentation was generated using the javadoc tool. A hypothetical system that satisfies the basics requirements of a rental video store was instantiated using the GRENJ framework. / Os sistemas de software devem atender aos requisitos dos usuários utilizar as tecnologias atuais. Dessa forma, esses sistemas permanecem em constante evolução e passam por várias atividades de manutenção a fim de se adequar tanto às necessidades dos usuários quanto às tecnologias. Quando há mudança de tecnologia, uma das formas de revitalizar esses sistemas é com a aplicação de reengenharia, classificada como manutenção preventiva. Este projeto de pesquisa apresenta o processo iterativo usado durante a realização da reengenharia do framework caixa-branca GREN (Gerenciamento de REcursos de Negócios), construído com base na linguagem de padrões GRN (Gerenciamento de Recursos de Negócios). O framework GREN foi implementado originalmente em Smalltalk, linguagem de programação muito difundida, principalmente, na comunidade acadêmica. No processo de reengenharia proposto, as linguagem JavaTMe AspectJ, extensão da linguagem JavaTMpara programação orientada a aspectos, foram utilizadas para implementação da nova versão do framework, denominada GRENJ (Gerenciamento de REcursos de Negócios em JavaTM). O processo de reengenharia proposto pode ser utilizado na reengenharia de outros sistemas desenvolvidos com o paradigma OO, em que a mudança de linguagem de programação é desejada, pois é iterativo, incremental, utiliza padrões de engenharia reversa, desenvolvimento guiado por testes (Test-Driven Development, TDD) e refatoração. O framework GRENJ tem aproximadamente vinte e oito mil linhas de código fonte, das quais pouco mais de dez mil estão relacionadas aos testes criados durante o desenvolvimento. A documentação desse framework foi produzida utilizando a ferramenta javadoc. Um sistema hipotético que atende aos requisitos básicos de uma locadora de DVDs foi instanciado usando o GRENJ.
2

AMGra: uma abordagem para migração gradativa de aplicações legadas.

Fontanette, Valdirene 31 May 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:06:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissVF.pdf: 2770170 bytes, checksum: c70be91c57d8935f147f6ce4c5cce5cc (MD5) Previous issue date: 2005-05-31 / Universidade Federal de Minas Gerais / Along the time the applications usually need to evolve to catch up with and to assist to the new technologies that appear or get mature in the different computing areas, as it happens, for instance, with the programming languages. Starting from that demand, new researches are being accomplished to offer support to this development. This situation was improved with the ripening of Web technologies, once the need of the company nowadays is not always to convert an application totally, but to adapt these applications to accommodate these new technologies. The modernization of old applications, denominated legacy applications, is an arduous and a high cost task for the companies. Although there are several approaches that support this process in the literature, there is still a lack of resources that offer flexibility, take advantage of previous investments of the companies and get practical results. This way, the modernization process in the companies is almost always accomplished in a manual and "ad-hoc" form. Based on these ideas, this work presents AMGraA, an approach for gradual modernization of legacy applications, reconstructing them to attend to new technologies that came out along the time. This research project resulted of a partnership among GOES (Group of Software Engineering), a software development company, and FAPESP in support to the research and the development in the small companies. / Ao longo do tempo, as aplicações normalmente precisam evoluir para acompanhar e atender às novas tecnologias que surgem ou amadurecem nas diferentes áreas da computação, como ocorre, por exemplo, com as linguagens de programação. A partir dessa exigência, novas pesquisas estão sendo realizadas para oferecer suporte a essa evolução contínua. Esse quadro aprimorou-se com o amadurecimento das tecnologias para Web, uma vez que a necessidade da empresa hoje nem sempre é reconstruir totalmente uma aplicação, mas adaptá-la para acomodar essas novas tecnologias. A modernização de aplicações antigas, denominadas legadas, é uma tarefa árdua e de alto custo para as empresas. Embora existam na literatura várias abordagens que apóiam este processo, ainda há uma carência de recursos que ofereçam flexibilidade, aproveitem investimentos anteriores das empresas e consigam resultados práticos. Deste modo, o processo de modernização nas empresas é realizado quase sempre de forma manual e ad-hoc. Motivado por estas idéias, este trabalho apresenta a AMGraA, uma abordagem para a modernização gradativa de aplicações legadas, reconstruindo-as para atender às novas tecnologias que surgiram ao longo do tempo. Este projeto de pesquisa resultou de uma parceria entre o GOES (Grupo de Engenharia de Software), uma empresa de desenvolvimento de software, e a Fapesp, em apoio ao programa de desenvolvimento à pesquisa em pequenas empresas.
3

Refatoração de sistemas Java utilizando padrões de projeto: um estudo de caso.

Rapeli, Leide Rachel Chiusi 19 December 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:06:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissLRCR.pdf: 1289177 bytes, checksum: 0d5c30e3a6fab66cbd1251a5fc2211d1 (MD5) Previous issue date: 2005-12-19 / This dissertation presents a study case on object-oriented systems refactoring. Systems developed according to the object-oriented paradigm may contain reusable code, even though not always have been designed for it. Systems maintenance is not an easy task, even for object-oriented systems. Software design patterns favour the implementation of efficient solutions for recurrent problems, easing reusability and maintainability. In cases of systems not designed using design patterns, it is possible to refactor the system using them, without altering the system functionality. This prospective study refers to the search for guidelines to help the software engineer to conduct this type of refactoring. For that purpose, seven systems implemented in Java, that were available in the Web, have been used. The study has three phases: the first refers to existing system functionality and class model recovery; so that, in the second phase, applicable software design patterns can be implemented; and the class model previously obtained can be updated with the software design patterns applied. In the third phase, the new system functionality is verified by tests, to confirm that the conducted refactoring has not altered it. The refactored system usually presents an increase in the LOC number, but becomes more maintainable due to better structuring and cohesion. Reuse is also eased. One restriction of this research is that the case study has been conducted only for small-scale information systems. / Esta dissertação apresenta um estudo de caso de refatoração de sistemas orientados a objetos. Sistemas desenvolvidos de acordo com o paradigma de orientação a objetos podem conter código reusável, apesar de nem sempre terem sido projetados para isso. Manutenção de sistemas não é uma tarefa fácil, nem mesmo para sistemas orientados a objetos. Padrões de projeto de software favorecem a implementação de soluções eficientes para problemas recorrentes, facilitando a reusabilidade e manutenibilidade. Nos casos dos sistemas não projetados com o seu uso, é possível refatorar o sistema usando-os, sem alterar a sua funcionalidade. Este estudo prospectivo refere-se à busca de diretrizes para auxiliar o engenheiro de software a conduzir esse tipo de refatoração. Para isso, sete sistemas implementados em Java que estavam disponíveis na Web foram usados. O estudo tem três etapas: a primeira refere-se à recuperação da funcionalidade e do modelo de classes do sistema existente de modo que, na segunda etapa, padrões de projeto de software aplicáveis possam ser implementados; e o modelo de classes previamente obtido possa ser atualizado com os padrões de projeto de software aplicados. Na terceira etapa, a funcionalidade do novo sistema é verificada por testes, para confirmar que a refatoração conduzida não a alterou. O sistema refatorado, usualmente, apresenta um aumento no número de LOC, mas torna-se mais manutenível, devido a melhor estruturação e coesão. O reuso é também facilitado. Uma restrição desta pesquisa é que o estudo de caso foi conduzido apenas para sistemas de informação de pequeno porte.
4

Transformação de dataflex procedural para visual dataflex orientado a objetos reusando um framework.

Nogueira, Adail Roberto 22 February 2002 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:05:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissARN.pdf: 1782694 bytes, checksum: 8c986a85f0fe2807d774bd458ef657f4 (MD5) Previous issue date: 2002-02-22 / This work presents a strategy for transformation of legacies systems write in Procedural DataFlex (DFP), for systems in Objects Oriented Visual DataFlex (VDFOO) reusing a Framework, denominated DataFlex Application Framework (DAF), with architecture in three layers: interface, business rules and database. The transformation is accomplished in three steps: To "Organize Legacy Code", when it happens the organization of the legacy code in DFP; "Reemployments Organized Code" DFP, when the reemployment of the Organized Code DFP for VDFOO; and to Execute the VDFOO Code , when the code is executed in VDFOO with the same functionalities of the legacy code in DFP. The technologies used for the elaboration of this work are presented, involving Techniques for Reengineer, Transformations Systems, Languages Procedural DataFlex (DFP) and Objects Oriented Visual DataFlex (VDFOO) and DataFlex Application Framework (DAF). The Draco-PUC Transformation System is the main mechanism for automation of the transformations. To aid in the definition of the domains in Draco-PUC an editor of denominated domains it was built Draco Domain Editor (DDE), besides the parser and prettyprinter DFP and VDFOO. To automate the step "Organize Legacy Code", the Transformer of DFP was built for Organized DFP, and for the step "Reemployments Organized Code" DFP, the Transformer of Organized DFP was built for VDFOO. DDE is also used to define the script of execution of the transformers. The Transformation of DFP for VDFOO reuse a Framework in three layers: interface, business rules and database. The transformations of two systems are presented: Control of Orders, with about 20 thousand lines of legacy code; and the Integrated System for stores of sale s of cars (SIRC-X), with 5.3 million code lines. / Este trabalho apresenta uma estratégia para transformação de sistemas legados, construídos em DataFlex Procedural (DFP), para sistemas em Visual DataFlex Orientado a Objetos (VDFOO), reusando um Framework, denominado DataFlex Application Framework (DAF), com arquitetura em três camadas: interface, regras de negócio e banco de dados. A transformação é realizada em três passos: "Organizar Código Legado", quando ocorre a organização do código legado em DFP; "Reimplementar Código DFP Organizado", quando é realizada a reimplementação do código DFP Organizado para VDFOO; e Executar Código VDFOO, quando é executado o código em VDFOO com as mesmas funcionalidades do código legado em DFP. São apresentadas as tecnologias utilizadas para a elaboração deste trabalho, envolvendo Técnicas para Reengenharia, Sistemas Transformacionais, Linguagens DataFlex Procedural (DFP) e Visual DataFlex Orientado a Objetos (VDFOO) e o DataFlex Application Framework (DAF). O Sistema Transformacional Draco-PUC é o principal mecanismo para automação das transformações. Para auxiliar na definição dos domínios no Draco-PUC foi construído um editor de domínios denominado Draco Domain Editor (DDE), além do parser e prettyprinter DFP e VDFOO. Para automatizar o passo "Organizar Código Legado", foi construído o Transformador de DFP para DFP Organizado, e para o passo "Reimplementar Código DFP Organizado", foi construído o Transformador de DFP Organizado para VDFOO. O DDE também é usado para definir o script de execução dos transformadores. A Transformação de DFP para VDFOO reusa um Framework em três camadas: interface, regras de negócio e banco de dados. São apresentadas as transformações de dois sistemas: Controle de Mandados, com cerca de 20 mil linhas de código legado; e o Sistema Integrado para Revendas e Concessionárias (SIRC-X), com 5.3 milhões de linhas de código.
5

Um estudo para escolha do SGBD em processos de reengenharia orientada a objetos.

Morais, Rinaldo Macedo de 11 August 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:05:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissRMM.pdf: 1170334 bytes, checksum: 9c5a734da9b30f546e6fb7fe544c6394 (MD5) Previous issue date: 2003-08-11 / A process for the database management system (DBMS) choice in the forward engineering stage, in an object-oriented reengineering is presented. The process was instanced for two particular DBMSs Jasmine and Caché, which a forward engineering case study was developed. The legacy system taken as example was submitted to the reengineering process being used the Sybase relational database management system. This same system was used following the process described in this work and having the Jasmine and Caché DBMSs to data persistence. Of this way, three versions could be obtained for a same system. A comparative analysis of three versions also consists of this work. / Um processo para a escolha do sistema gerenciador de banco de dados (SGBD) na etapa de engenharia avante, em um processo de reengenharia orientada a objetos, é apresentado. O processo foi instanciado para dois sistemas gerenciadores de bancos de dados particulares Jasmine e Caché, com os quais um estudo de caso foi desenvolvido. O sistema legado tomado como exemplo foi submetido ao processo de reengenharia sendo utilizado o sistema gerenciador de banco de dados relacional Sybase. Esse mesmo sistema foi utilizado seguindo o processo descrito neste trabalho tendo os SGBDs Jasmine e Caché para persistência de dados. Dessa forma, três versões puderam ser obtidas para um mesmo sistema. Uma análise comparativa das três versões também consta deste trabalho.
6

Método RSCT reengenharia de software orientada a componentes usando transformações.

Bossonaro, Adriano Aleixo 16 August 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:06:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DissAAB.pdf: 2236709 bytes, checksum: 5e5fccf55f07efba73b03e599b8020e2 (MD5) Previous issue date: 2004-08-16 / This project researched a Component-Oriented Software Reengineering Method using Transformations, named RSCT. The researched method extends the RST Method [Fon02a, Fon02b, Fon02c, Fon02d, Fon04], adding resources to treat the component-based reengineering. The RSCT aims to guide the components construction and reuse in the reengineering of legacy systems. The method is supported by two tools: a Software Transformation System, named Draco-PUC and a CASE tool, named MVCASE, and is divided in 4 (four) phases. In Phase 1, Construct Domains and Transformers, it is obtained the domains and transformers used in the legacy system reverse engineering to obtain of Object-Oriented Design. In Phase 2, Obtain Object-Oriented Design, it is obtained the legacy system object-oriented recovered design, using the domains and transformers constructed in Phase 1. In Phase 3, Construct Components, it is obtained the components of the legacy system domain, from the objectoriented recovered designs in Phase 2. With the MVCASE support, the Software Engineering analyses and refines each Object-Oriented design and uses design patterns to construct the components, making them available in a library. Finally, in Phase 4, Reconstruct Systems, the legacy systems are reconstructed from their object-oriented designs, obtained in Phase 2, reusing the components available in the library. / Este projeto pesquisou um Método de Reengenharia de Software Orientada a Componentes usando Transformações, denominado RSCT. O método pesquisado estende o Método RST [Fon02a, Fon02b, Fon02c, Fon02d, Fon04], adicionando recursos para tratar a reengenharia baseada em componentes. O RSCT tem como objetivo orientar a construção e reuso de componentes de software na reengenharia de sistemas legados. Na execução do método, o Engenheiro de Software é apoiado por duas ferramentas: o Sistema de Transformação Draco-PUC e a ferramenta CASE (Computer Aided Software Engineering) MVCASE, e está dividido em 04 (quatro) fases. Na Fase 1, Construir Domínios e Transformadores, obtêm-se os domínios e transformadores de software que são usados na Engenharia Reversa do sistema legado para a obtenção de seu Projeto Orientado a Objetos. Na Fase 2, Obter Projeto Orientado a Objetos, com o apoio do Sistema de Transformação Draco-PUC, obtém-se o projeto Orientado a Objetos recuperado do sistema legado, usando os domínios e transformadores construídos na Fase 1. Na Fase 3, Construir Componentes, obtêm-se os componentes do domínio do sistema legado, a partir dos projetos Orientados a Objetos recuperados na Fase 2. Com o apoio da ferramenta MVCASE, o Engenheiro de Software analisa e refina cada projeto Orientado a Objetos e utiliza padrões de projeto para construir os componentes, disponibilizando-os em uma biblioteca. Finalmente, na Fase 4, Reconstruir Sistemas, são reconstruídos os sistemas legados, a partir dos seus projetos Orientados a Objetos obtidos na Fase 2, fazendo reuso dos componentes disponíveis na biblioteca.

Page generated in 0.1461 seconds