• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 85
  • 16
  • 10
  • 3
  • 3
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 130
  • 17
  • 17
  • 15
  • 13
  • 13
  • 12
  • 12
  • 12
  • 12
  • 11
  • 11
  • 9
  • 8
  • 8
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Des Solanées ...

Cauvet, Désiré, January 3764 (has links)
Thèse--L'École Sùpérieure de Pharmacie de Paris.
2

Versuche über die Möglichkeit einer serologischen Sortendifferenzierung bei der Kartoffel

Maschmeier, Werner, January 1927 (has links)
Thesis--Landwirtschaftlichen Hochschule zu Berlin. / Cover title. Includes bibliographical references (p. 29-31).
3

Des Solanées ...

Cauvet, Désiré, January 3764 (has links)
Thèse--L'École Sùpérieure de Pharmacie de Paris.
4

Über den Bau und die Entwicklung einiger Solanaceenfrüchte

Klemt, Franz. January 1907 (has links)
Thesis (Ph. D.)--Friedrich-Wilhelms-Universität, 1907.
5

Pollination plan B : the floral phenology and mechanism of delayed selfing in jaltomata repandidentata (solanaceae) /

Powell, John G., January 2007 (has links)
Thesis (M.A.) -- Central Connecticut State University, 2007. / Thesis advisor: Thomas Mione. "... in partial fulfillment of the requirements for the degree of Master of Arts in Ecology and Evolutionary Biology." Includes bibliographical references (leaves 55-59). Also available via the World Wide Web.
6

Intergeneric and interspecific cross-pollination studies of Capsicum lycopersicum, Physalis and Solanum /

Lange, Arthur Herman. January 1949 (has links)
Thesis (M.S.)--Oregon State College, 1950. / Typescript. Mounted photographs. Includes bibliographical references (leaves [29]-30). Also available via the World Wide Web.
7

Essai sur l'histoire naturelle et médicale de la famille des solanées thèse présentée et soutenue à la Faculté de médecine de Paris le 21 décembre 1827 /

Pouchet, Félix-Archimède January 2003 (has links)
Thèse : Médecine : Paris : 1827. / N° d'ordre : 281.
8

Études sur la végétation des Solanées, la disposition de leurs feuilles et leurs inflorescences

Naudin, Charles January 1900 (has links)
Thèse de doctorat : Sciences naturelles : Paris, Faculté des sciences : 1842. / Titre provenant de l'écran-titre.
9

Estudo filogenético das espécies da seção Torva do gênero Solanum L. (Solanaceae) na região sul do Brasil

Miz, Rogeria Beatriz January 2006 (has links)
O gênero Solanum L. (Solanaceae) compreende mais de 1000 espécies, incluindo táxons de grande interesse econômico por seu valor alimentício e medicinal. Este gênero é dividido em três subgêneros: Bassovia, Solanum e Leptostemonum. O subgênero Leptostemonum é dividido em dez seções, e entre essas destaca-se a seção Torva que possui representantes no sul do Brasil, e cujas espécies têm amplo interesse por apresentarem substâncias ativas de grande utilidade farmacológica. Entretanto, dentro dessa seção existem problemas taxonômicos, inclusive com a presença de indivíduos de morfologia intermediária, que dificultam sua classificação e, conseqüentemente, o seu melhor aproveitamento. Nesse trabalho, foram realizados dois estudos de caráter filogenético a fim de conhecer as relações de parentesco entre as espécies de Solanum seção Torva, presentes no sul do Brasil, e destas com espécies de outras seções do subgênero Leptostemonum. Em ambos os estudos foram utilizados quatro marcadores (genomas nuclear e plastidial): a região ITS (espaçadores internos transcritos do DNA nuclear ribossomal) incluindo ITS1, ITS2 e o gene 5,8S; o íntron trnL e os espaçadores intergênicos trnL-trnF e trnS-trnG do DNA plastidial. O marcador ISSR (Inter Simple Sequence Repeats) foi utilizado para verificar a variabilidade genética entre as espécies de Solanum seção Torva e testar o grau de polimorfismo de quatro “primers” dentro dessa seção. As análises realizadas evidenciaram uma origem monofilética para a seção Torva. Além disso, foi verificada uma relação de parentesco mais acentuado dessa seção com S. melongena, S. jamaicense e S. sisymbriifolium. Dentro da seção Torva foram observados agrupamentos que relacionam a espécie de morfologia intermediária a seus possíveis progenitores S. paniculatum e S. guaraniticum. Os quatro agrupamentos mais freqüentes observados dentro da seção foram: a aproximação de S. guaraniticum, S. bonariense e S. paniculatum X S. guaraniticum; o relacionamento entre S. adspersum e S. tabacifolium; a interação entre S. paniculatum e a espécie de morfologia intermediária; e a aproximação entre S. paniculatum e S. variabile. Este trabalho contribuiu para o conhecimento evolutivo das espécies dessa complexa seção que vem levantando interesse de inúmeros pesquisadores.
10

Consequências da alimentação em espécies de Solanum (SOLANACEAE) para o tamanho, a forma e a performance de dois cassidíneos (COLEOPTERA, CHRYSOMELIDAE)

Boligon, Danessa Schardong January 2012 (has links)
A variedade de plantas hospedeiras e suas características, bem como a digestão e assimilação dos seus nutrientes por parte dos insetos herbívoros compreendem mecanismos pré- e pós-ingestivos centrais para a interpretação de fenômenos da história de vida dos insetos. Metriona elatior (Klug, 1829) e Gratiana spadicea (Klug, 1829) (Coleoptera, Chrysomelidae, Cassidinae) têm diferente comportamento alimentar; a primeira é considerada oligófaga e ocorre sobre algumas espécies de Solanum e, a segunda, monófaga, tendo sua ocorrência limitada a Solanum sisymbriifolium Lamarck. Neste trabalho, detectamos diferenças comportamentais, através da quantificação do tempo empregado em diferentes atividades (repouso, caminhada, remoção de tricomas, alimentação e prova do alimento) pelas larvas de primeiro, terceiro e quinto ínstares desses dois Cassidinae em cinco diferentes plantas hospedeiras (Solanum aculeatissimum Jacquin, Solanum atropurpureum Shrank, Solanum melongena Linnaeus, S. sisymbriifolium e Solanum viarum Dunal), durante 6 horas consecutivas. Diante do hábito oligófago de M. elatior, observamos a ocorrência de diferenças na performance em seis espécies do gênero Solanum (as mesmas citadas anteriomente em adição a Solanum guraraniticum Hassl), além da escolha alimentar das larvas e preferência de oviposição. Em adição, com o uso da morfometria geométrica, avaliamos se diferentes tipos de alimentação durante o estágio larval influenciam na forma e tamanho das estruturas corporais dos adultos. Os diferentes graus de especialização de G. spadicea e M. elatior têm grande influência no comportamento das larvas, quando em diferentes plantas hospedeiras. M. elatior apresentou-se plástica em relação ao comportamento de G. spadicea, as quais apresentaram respostas divergentes quando sobre outras plantas que não são sua hospedeira usual. M. elatior apresentou maior performance sobre S. aculeatissimum, S. atropurpureum e S. viarum, e uma clara desvantagem em se alimentar de S. guaraniticum, S. melongena e S. sisymbriifolium, o que foi também confirmado pelos testes de escolha alimentar pelas larvas e oviposição pelas fêmeas. Além disso, a alimentação em diferentes hospedeiras trouxe conseqüências para a forma e tamanho de estruturas corporais dos adultos, que são importantes evolutivamente no contexto da seleção natural (vôo) e sexual (genitália).

Page generated in 0.0444 seconds