• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 187
  • 64
  • 6
  • 5
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 265
  • 54
  • 45
  • 42
  • 38
  • 38
  • 37
  • 32
  • 31
  • 30
  • 28
  • 26
  • 26
  • 25
  • 23
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Demanda de água: a tarifa vista sob a otica do preço-sombra

Teixeira, Rodrigo de Moura 12 1900 (has links)
Submitted by Thalita Cristine Landeira Portela Faro (thalita.faro@fgv.br) on 2011-04-29T20:10:07Z No. of bitstreams: 1 000055901.pdf: 3630447 bytes, checksum: d2222c54701dd6e0e26be3c4d0777f44 (MD5) / Approved for entry into archive by Thalita Cristine Landeira Portela Faro(thalita.faro@fgv.br) on 2011-04-29T20:10:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 000055901.pdf: 3630447 bytes, checksum: d2222c54701dd6e0e26be3c4d0777f44 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-04-29T20:10:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000055901.pdf: 3630447 bytes, checksum: d2222c54701dd6e0e26be3c4d0777f44 (MD5) Previous issue date: 1990-12
2

Escolha de rotas em centrais de informaçõs de fretes

Lapolli, Édis Mafra January 1988 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnologico / Made available in DSpace on 2016-01-08T16:01:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 83693.pdf: 3868361 bytes, checksum: 2fa97437f0580c25998dd38b253c18ef (MD5) Previous issue date: 1988 / Neste trabalho inicialmente é feito, uma análise de viabilidade econômica de um sistema de Centrais de Informações de Fretes. Pelos resultados obtidos justifica-se a sua implantação. A seguir, com o objetivo de tornar mais eficiente o atendimento aos transportadores, usuários do sistema, e assim aumentar o desempenho do mesmo, é proposta uma metodologia, que permite a determinação de uma rota associada aos fretes maximizando o lucro do transportador. A metodologia proposta consite em modelar dois sub-problemas através da teoria dos grafos e resolvê-los através de algoritmos de busca em grafos. A fim de ilustrar o uso da metodologia proposta, utilizou-se a mesma na Central de Fretes de Itajaí- SC pelo período de um dia.
3

Uma metodologia para dimensionamento e localização de um sistema de centrais de informação de fretes

Silva, Régio Pierre da January 1991 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnologico / Made available in DSpace on 2016-01-08T16:58:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 83692.pdf: 2534954 bytes, checksum: 361db6531ffe982bed869d484fc6c834 (MD5) Previous issue date: 1991 / Neste trabalho é apresentada uma metodologia que tem como objetivo, estabelecer os procedimentos técnicos relativos às etapas de dimensionamento e localização de sistemas de, Centrais de Informação de Fretes (CIFs). Para o dimensionamento do sistema de CIFs e proposto um método heurístico, através do qual se obtém o número de centrais necessárias para atender a região, suas respectivas áreas de influência, e a demanda prevista para o ano base. Propõe-se para a localização das centrais,em cada área de influência, um processo de pré-seleção dos locais, a partir de índices de acessibilidade. A localização pontual das mesmas é feita com base em critérios locacionais estabelecidos. Uma aplicação prática é realizada para o Estado de Santa Catarina. Através dos resultados obtidos na mesma, foi comprovada a aplicabilidade da metodologia.
4

Cobrança da água como instrumento financeiro: rateio de custo / Charging for water as a financial instrument: sharing of costs

Oliveira, Ailton Carneiro Martins de January 2011 (has links)
OLIVEIRA, A. C. M. de. Cobrança da água como instrumento financeiro: rateio de custo. 2011. 132 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil - Recursos Hídricos) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011. / Submitted by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2012-01-25T16:21:05Z No. of bitstreams: 1 2011_dis_acmoliveira.pdf: 1298892 bytes, checksum: 31bf2e5dbb317cd2df7801583acb283d (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa(mmarlene@ufc.br) on 2012-01-25T16:22:42Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_dis_acmoliveira.pdf: 1298892 bytes, checksum: 31bf2e5dbb317cd2df7801583acb283d (MD5) / Made available in DSpace on 2012-01-25T16:22:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_dis_acmoliveira.pdf: 1298892 bytes, checksum: 31bf2e5dbb317cd2df7801583acb283d (MD5) Previous issue date: 2011 / The objective of this study is to identify the costs involved in managing water resourcesin Ceará, a role of responsibility of the Water Resources Management Company. After identifying these costs, some methods of settlement are discussed, identifying which is best suited to Ceará’s reality. Through cost sharing, we identify the appropriate allocation of these and apply a method of charging for water usage. In this valueare included the costs of operation, management, operation and infrastructure, the latter usually ignored in the methods used to calculate the value of the tariff to be charged. When learning about the infrastructure during this research, we found that there is more than a billion dollars invested in the state of Cearafocused on the management of water resources, not including the costs of thetransposition of São Francisco River. After the cost sharing method, the Average Tariff used by the Consortium Tahal - JP Environment was applied to calculate the Average Tariff by Industry in each section. As a result, we have that the tariff charged is currently below the rate needed to cover operation costs, administration, maintenance and infrastructure. / O objetivo deste trabalho é identificar os custos envolvidos no gerenciamento de recursos hídricos no Estado do Ceará, papel este de responsabilidade da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos. Após o levantamento desses custos, discute-se sobre alguns métodos de apropriação de custos, identificando qual se adapta melhor ao cenário do Ceará. Através do rateio de custos, identificamos a alocação adequada destes e se aplica um método de tarifação pelo uso da água. Neste valor de cobrança estão inclusos os custo de operação, administração e operação e de infraestrutura, este último, geralmente, ignorado nos métodos utilizados para se calcular o valor da tarifa a ser cobrada. No levantamento de infraestrutura realizado neste trabalho, encontrou-se que no Estado do Ceará existe mais de 1 bilhão de reais investidos em obras voltados para o gerenciamento de recursos hídricos, sem contar os custos da transposição do Rio São Francisco. Após o rateio de custos foi aplicado o Método da Tarifa Média utilizada pelo Consórcio Tahal – JP Meio Ambiente para calcular a Tarifa Média por Setor (TMS) de cada bacia hidrográfica. Como resultado, temos que o valor da tarifa cobrada atualmente está bem abaixa da tarifa necessária para cobrir os custos de operação, administração, manutenção e infraestrutura.
5

Tarificación óptima de tarjetas multiviaje considerando efectos del ingreso

Cruz Padilla, Diego Andrés January 2014 (has links)
Magíster en Ciencias de la Ingeniería, Mención Transporte / Ingeniero Civil / En esta tesis se trata la tarificación óptima simultánea de un abono de transporte con un boleto unitario por viaje, en presencia de disparidades en el ingreso y la tasa de motorización (TM) de los usuarios. Los abonos son una alternativa de pago por viajes en transporte público (TP), que consiste en un pago fijo mensual (diario, semanal o anual) que da derecho a ilimitados viajes durante dicho período. Están presentes en muchas ciudades del mundo y son vistos como una forma de facilitar e inducir el uso del TP; en general resultan convenientes para usuarios frecuentes del sistema (White, 1981; FitzRoy y Smith, 1998, 1999; Gschwender, 2007), debido a que estos comparan el valor del abono con el gasto obligatorio a realizar en TP. Esta comparación varía según la frecuencia de uso del sistema. La literatura sobre abonos sigue la línea de la tarificación en dos partes (P,T), donde el cobro por un bien consiste en una cantidad fija T por entrar al mercado y otra P por unidad. Las diferencias entre consumidores son tratadas principalmente a través de un parámetro de gusto que representa la intensidad de consumo (Brown y Sibley, 1986; Wilson, 1993) o a través del ingreso (Oi, 1971; Feldstein, 1972). En ambos tratamientos se consideran demandas invariantes para cualquier valor de T, omitiendo su efecto sobre el ingreso y la posible existencia de mercados o estratos donde este supuesto no resulta razonable. Carbajo (1988) aplica la tarificación en dos partes al TP con el objetivo de encontrar los valores óptimos del precio P y de un abono de valor T, representando ambas alternativas como tarifas en dos partes: (P,0) y (0,T), respectivamente. Para diferenciar a los usuarios usa un parámetro de gusto θ, insinuando que puede ser visto como ingreso, manteniendo el supuesto del nulo efecto de T sobre las demandas (inapropiado para la mayoría de las ciudades latinoamericanas). En esta tesis trabajamos con una sociedad donde los viajes individuales crecen con el ingreso, pero donde la TM (correlacionada con el ingreso) provoca que la partición modal del TP disminuya a medida que los estratos son más ricos. Como ambos efectos (poder adquisitivo y nivel socioeconómico) van en dirección opuesta, los modelos basados en gusto no son aplicables y se requiere una reformulación del problema. Se desarrolla un modelo de tarificación de TP para encontrar los valores óptimos de un abono T y un precio P, diferenciando a los individuos a través del ingreso, considerando ambos efectos mencionados. Para un par (P,T) dado, cada individuo escoge la alternativa que le entregue mayor bienestar, donde el corte entre quienes eligen P o T lo da el usuario indiferente de ingreso I ̃, de manera tal que usuarios con I_i>I ̃ escogen P, mientras que los con I_i<I ̃ compran abono. Se presenta una aplicación considerando una ciudad de tres estratos, donde ingreso y TM están fuertemente concentrados. Se diseña un procedimiento para resolver el problema y se obtiene un par óptimo (P^*,T^* ) asociado a los parámetros utilizados, donde el estrato Pobre compra abono y los otros dos, boleto unitario. A través de los parámetros se reflejan cambios en el sistema, resultando que el par óptimo presenta baja sensibilidad ante pequeñas variaciones. Se cierra con posibles líneas futuras de investigación, que consisten en incorporar una distribución continua de ingreso, incluir gustos en cada estrato, considerar efectos modales y la aplicación a una ciudad descrita con mayor detalle.
6

Análise para determinação tarifária em empresas de saneamento básico no Brasil

Delazaro Filho, José 11 June 1980 (has links)
Submitted by BKAB Setor Proc. Técnicos FGV-SP (biblioteca.sp.cat@fgv.br) on 2013-03-22T20:49:59Z No. of bitstreams: 1 1198103517.pdf: 3970281 bytes, checksum: d5f85fa0360de60a06cd3ca3fb239f10 (MD5) / A finalidade deste trabalho é abordar o aspecto tarifário de extenso problema da população brasileira, qual seja, o abastecimento público de água e o atendimento de esgotos em nossas cidades. Geralmente o sistema de saneamento básico é exercido por um monopólio público, isto é, em qualquer parte mundo a distribuição de água e o atendimento de esgotos têm sido operacionalizados pelo poder público, de forma direta ou indireta. Isto se deve fundamentalmente ao tipo de empreendimento, o qual exige alto investimento inicial para implantação, e que proporciona apenas retornos de longa maturação. Ao mesmo tempo, tal empreendimento propicia benefícios sociais economias externas de grande expressão, os quais a iniciativa teria, caso operasse o sistema, dificuldades de absorver e beneficiar-se diretamente.
7

Nova sistemática de aplicação da tarifa social de energia elétrica : uma alternativa para se evitar a suspensão total do fornecimento, reduzir custos e aprimorar procedimentos

Valente, Jorge Augusto Lima 16 December 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, Centro de Estudos em Regulação de Mercados, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2014-05-29T15:13:37Z No. of bitstreams: 1 2013_JorgeAugustoLimaValente.pdf: 8184324 bytes, checksum: 8bfd175d7931f3dc090686846b102a13 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-05-30T12:56:41Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_JorgeAugustoLimaValente.pdf: 8184324 bytes, checksum: 8bfd175d7931f3dc090686846b102a13 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-05-30T12:56:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_JorgeAugustoLimaValente.pdf: 8184324 bytes, checksum: 8bfd175d7931f3dc090686846b102a13 (MD5) / A Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) é uma forma de transferência de renda que busca proporcionar às famílias de menor poder aquisitivo um alívio de seus gastos com energia elétrica. Atualmente os benefícios são concedidos na forma de descontos decrescentes, aplicados ao longo de quatro faixas de consumo. Tal sistemática gera, contudo, dificuldades na implantação de disposições normativas e novas alternativas tecnológicas, além de dificultar o entendimento e o poder de escolha dos próprios consumidores, o que pode ser constatado pela sua indiferença ou ausência de resposta para se manter em determinada faixa de consumo. Diante dessas questões, este trabalho objetiva o desenvolvimento de uma nova sistemática de aplicação de descontos. Propõe-se aqui a adoção de uma única faixa de consumo gratuito, cujo valor não ocasione maior pressão nas contas públicas e seja vantajoso para a maioria dos atuais beneficiados. Esta nova sistemática permitiria ainda o estabelecimento de um procedimento alternativo à suspensão do fornecimento, fazendo com que uma quantidade considerável de consumidores inadimplentes (potencialmente mais humildes e vulneráveis) fique sujeita não mais a uma interrupção total de um serviço tido como essencial, mas tão somente a uma restrição no seu consumo até o limite da gratuidade. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica – Social Tariff for Electric Energy) is a kind of income transfer that aims to provide for low income families a relief from their energy expenses. Currently the benefits are granted in the form of decreasing discounts applied along four blocks of consumption. Such systematic creates, however, difficulties in the implementation of normative commands and new alternative technologies, also affecting the understanding and the power of choice of the consumers, what can be noted by their indifference or lack of response to keep their consumption in certain range. Given these issues, this paper aims to develop a new systematics of discounting. We propose the adoption of a single free basic consumption, calculated in a way not to cause pressure on public accounts and to be advantageous for the majority of the current beneficiaries. This new systematic would also allow the establishment of an alternative procedure instead of cut off supply, making that a considerable number of defaulting consumers (potentially most humble and vulnerable) no longer be subject to a total interruption of a service considered essential, but only to a restricted consumption until the limit of gratuity. _______________________________________________________________________________________ RESUMEN / La Tarifa Social de Energía Eléctrica (TSEE) es una forma de transferencia de renta que busca proporcionar a las familias de menor poder adquisitivo un alivio en sus gastos con energía eléctrica. Actualmente, los beneficios son concedidos en forma de descuentos decrecientes, aplicados a lo largo de cuatro franjas de consumo. Sin embargo, este sistema genera dificultades en la implantación de disposiciones normativas y nuevas alternativas tecnológicas, además de dificultar el entendimiento y el poder de escoger de los propios consumidores, lo que puede ser constatado por su indiferencia o ausencia de respuesta para mantenerse en determinada franja de consumo. Frente a esas cuestiones, este trabajo objetiva el desarrollo de un nuevo sistema de aplicación de descuentos. Se propone entonces la adopción de una única franja de consumo gratuito, cuyo valor no ocasione mayor presión en las finanzas públicas y que al mismo tiempo sea ventajoso para la mayoría de los actuales beneficiados. Esto permitiría el establecimiento de un procedimiento alternativo a la suspensión del suministro, haciendo con que una cantidad considerable de consumidores en situación de débito (potencialmente más humildes y vulnerables) estén sujetos no más a una interrupción total de un servicio considerado como esencial, sino que a una restricción en su consumo hasta el límite de la gratuidad. _______________________________________________________________________________________ ZUSAMMENFASSUNG / Der TSEE (Tarifa Social de Energia Elétrica – Strom-Sozialtarif) ist ein Transfereinkommen, der einkommensschwache Familien bei ihren Energiekosten entlasten soll. Derzeit werden Vergünstigungen als gestaffelte Rabatte gewährt, die vier Verbrauchniveaus entsprechend festgelegt werden. Allerdings erschwert dieses System die Einführung neuer technischer Alternativen und Regelungen und beeinträchtigt das Verständnis und die Entscheidungskraft der Verbraucher. Das merkt man an der Gleichgültigkeit oder mangelnden Ansprechbarkeit, sich auf einem bestimmten Verbrauchniveau zu halten. In Anbetracht dieser Belange ist es der Zweck dieser Studie, ein neues Rabattgewährungssystem zu entwickeln. Wir schlagen vor, ein kostenloses Grundkontingent anzuwenden, dessen Wert nicht noch einen größeren Druck auf den Staatshaushalt ausübt und dennoch von Vorteil für die meisten der jetzigen Berechtigten ist. Dieses neue System würde außerdem eine Alternative zu einer Versorgungsunterbrechung bieten. Eine große Anzahl säumiger Verbraucher, die wohl auch einkommensschwächer und hilfloser sind, wären nicht mehr der völligen Unterbrechung einer lebensnotwendigen Dienstleistung ausgesetzt, sondern ihr Stromverbrauch müsste sich innerhalb des Gratis-Sockels halten.
8

Impacto das tarifas em mercados de concorrência monopolística

Pereira, Tânia Martins [UNESP] 13 September 2007 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:24:17Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2007-09-13Bitstream added on 2014-06-13T19:47:07Z : No. of bitstreams: 1 pereira_tm_me_arafcl.pdf: 477116 bytes, checksum: 92c4bb6c63abbc90025e91bf7749ac87 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / O objetivo deste trabalho foi verificar os efeitos de tarifas numa economia local que comercializa bens internacionalmente em mercado de concorrência monopolística com produtos diferenciados horizontalmente. Para isso, foi realizado um estudo sobre a teoria de concorrência monopolística, mediante análise do comportamento das trocas comercias em concorrência monopolística e da forma como os efeitos tarifários alteram essa estrutura. Ao estudar a incidência tarifária no comércio de produtos diferenciados, notou-se que as alterações de preços decorrentes de políticas protecionistas têm efeitos signicativos na produção de firrmas, parcela de mercado, utilidade dos consumidores, bem-estar e demanda. Além disso, quando não existe diferença na parcela de mercado entre países que operam no ponto de equilíbrio em concorrência monopolística, qualquer incidência tarifária proporciona aos consumidores perda de utilidades decorrentes de variações em preços e na quantidade de variedades disponíveis. / The objective of this work was to verify the efect of the tarifs in a local economy that commercializes internationally goods in a monopolistic competition market with horizontally diferentiated products. There, a study on the theory of monopolistic competition was carried through. In this study, we analyzed the behavior of the trade to monopolistic competition and how the tarif efects modify this structure. When studying the incidence of tarifs in the diferentiated products commerce, we noticed that the alterations in decurrent prices of protectionist policies have signicant efect in price, firm productions, market share, consumers utility, welfare and demand. More-over, when market share diferences don't exist among countries, and these operate in the break-even point in monopolistic competition, a tarif incidence provides consumers with losses of decurrent utilities of variations in prices and in available varieties.
9

Potencial de medidas de gerenciamento da demanda no transporte público urbano por ônibus

Ferronatto, Luciana Guadalupe January 2002 (has links)
Essa dissertação analisa o potencial de medidas de gerenciamento da demanda no transporte coletivo por ônibus urbano, com foco na tarifa diferenciada por hora do dia. A simultaneidade temporal e espacial das atividades determina picos de demanda por transportes em certos horários do dia, causando congestionamento nas vias e sobrecarga nos transportes coletivos. Neste contexto, o transporte coletivo desempenha importante papel, uma vez que se constitui como único meio de transporte para grande parte da população, além de ser a alternativa mais sustentável para as viagens motorizadas. A conveniência de uma distribuição mais uniforme da demanda por viagens decorre das perdas provocadas pelo congestionamento e do desperdício de recursos que representa a capacidade ociosa do transporte coletivo e do sistema viário urbano nos horários de baixa demanda. Políticas de gerenciamento da demanda por transportes visando diluir os picos são aplicadas com fteqüência em grandes centros urbanos e, entre as medidas que atuam diretamente sobre a demanda por transporte coletivo, destacam-se as políticas tarifárias, programas de horário de trabalho flexível, escalonado, com semana comprimida ou teletrabalho, e, também, melhorias dos níveis de serviço. Tarifa diferenciada por hora do dia no transporte público é prática corrente em diversos países. Com o objetivo de influenciar o usuário quanto à escolha do horário de viagem, adotam-se valores tarifários mais altos para as viagens realizadas nos períodos de pico e mais baixos fora do pico Essa estratégia busca atrair a demanda mais elástica para os horários em que o sistema é menos solicitado. A justificativa para a discriminação apóia-se no fato de que a excessiva concentração de usuários em poucas horas do dia é um dos fatores responsáveis pela elevação dos custos totais do sistema. O estudo de caso permitiu analisar, através de modelagem comportamental, a resposta da demanda do período de pico a políticas de diferenciação tarifária por hora do dia. A metodologia empregada mostrou-se adequada e os resultados encontrados permitem concluir que políticas que contemplem variações tarifárias em troca de alterações nos horários de início da viagem podem ser empregadas no contexto analisado. Ainda, verificou-se que os entrevistados aos quais é proposta a antecipação do horário de viagem são mais elásticos do que aqueles aos quais é proposta a postergação do horário de viagem.
10

Potencial de medidas de gerenciamento da demanda no transporte público urbano por ônibus

Ferronatto, Luciana Guadalupe January 2002 (has links)
Essa dissertação analisa o potencial de medidas de gerenciamento da demanda no transporte coletivo por ônibus urbano, com foco na tarifa diferenciada por hora do dia. A simultaneidade temporal e espacial das atividades determina picos de demanda por transportes em certos horários do dia, causando congestionamento nas vias e sobrecarga nos transportes coletivos. Neste contexto, o transporte coletivo desempenha importante papel, uma vez que se constitui como único meio de transporte para grande parte da população, além de ser a alternativa mais sustentável para as viagens motorizadas. A conveniência de uma distribuição mais uniforme da demanda por viagens decorre das perdas provocadas pelo congestionamento e do desperdício de recursos que representa a capacidade ociosa do transporte coletivo e do sistema viário urbano nos horários de baixa demanda. Políticas de gerenciamento da demanda por transportes visando diluir os picos são aplicadas com fteqüência em grandes centros urbanos e, entre as medidas que atuam diretamente sobre a demanda por transporte coletivo, destacam-se as políticas tarifárias, programas de horário de trabalho flexível, escalonado, com semana comprimida ou teletrabalho, e, também, melhorias dos níveis de serviço. Tarifa diferenciada por hora do dia no transporte público é prática corrente em diversos países. Com o objetivo de influenciar o usuário quanto à escolha do horário de viagem, adotam-se valores tarifários mais altos para as viagens realizadas nos períodos de pico e mais baixos fora do pico Essa estratégia busca atrair a demanda mais elástica para os horários em que o sistema é menos solicitado. A justificativa para a discriminação apóia-se no fato de que a excessiva concentração de usuários em poucas horas do dia é um dos fatores responsáveis pela elevação dos custos totais do sistema. O estudo de caso permitiu analisar, através de modelagem comportamental, a resposta da demanda do período de pico a políticas de diferenciação tarifária por hora do dia. A metodologia empregada mostrou-se adequada e os resultados encontrados permitem concluir que políticas que contemplem variações tarifárias em troca de alterações nos horários de início da viagem podem ser empregadas no contexto analisado. Ainda, verificou-se que os entrevistados aos quais é proposta a antecipação do horário de viagem são mais elásticos do que aqueles aos quais é proposta a postergação do horário de viagem.

Page generated in 0.0812 seconds