• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 385
  • 7
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 401
  • 145
  • 133
  • 105
  • 77
  • 62
  • 58
  • 51
  • 46
  • 44
  • 43
  • 42
  • 39
  • 38
  • 34
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

O vocabulário de Godofredo Filho

Brasil, Marta Maria da Silva 14 February 2013 (has links)
Submitted by Cynthia Nascimento (cyngabe@ufba.br) on 2013-02-14T12:34:42Z No. of bitstreams: 1 Marta Maria da Silva Brasil.pdf: 2214672 bytes, checksum: 2b67ab940d4cc73054e1f3335d7ca4d8 (MD5) / Approved for entry into archive by Fatima Cleômenis Botelho Maria (botelho@ufba.br) on 2013-02-14T14:08:44Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Marta Maria da Silva Brasil.pdf: 2214672 bytes, checksum: 2b67ab940d4cc73054e1f3335d7ca4d8 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-02-14T14:08:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Marta Maria da Silva Brasil.pdf: 2214672 bytes, checksum: 2b67ab940d4cc73054e1f3335d7ca4d8 (MD5) / A manipulação do léxico pelo poeta Godofredo Filho é o mote deste trabalho. A utilização de lexias incomuns, neologismos e o recurso da onomatopéia é marcante na obra deste autor. Selecionado o vocabulário do escritor tornou-se necessário situar o poeta no cenário cultural da Bahia do século XX, sua participação no Movimento Modernista, a influência do Simbolismo na sua poesia e a presença da estética Decadentista na sua obra. Desse modo, traça-se o perfil do intelectual à frente do Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional − IPHAN, e suas múltiplas atividades culturais desenvolvidas como professor, colecionador, pintor, crítico de arte e literatura. Destaca-se sua presença constante nos jornais da época, com textos técnicos (relacionados à preservação do patrimônio artístico e cultural da Bahia), em prosa (contos e traduções), de crítica literária, poesia, entrevistas etc. Tecem-se breves considerações sobre o arquivo do escritor, evidenciando-se a importância desse local de saber e de cultura. O vocabulário apresentado é baseado no corpus estudado, que compreende a poesia e a prosa do escritor. Nesse sentido buscou-se o referencial teórico que tratava sobre a confecção de obras lexicográficas, com o intuito de estabelecer um método para a confecção do vocabulário. Desse modo, organizou-se o vocabulário contemplando as lexias que caracterizam a escrita de Godofredo Filho. O estudo do vocabulário do escritor baiano traz uma contribuição aos estudos lexicológicos e lexicográficos, como também à Filologia, quando se prestigia e se mantém fiel ao texto escrito. O estudo teve como finalidade também demonstrar as possibilidades estilísticas manejadas pelo poeta, a partir dos elementos disponíveis no sistema da língua, no que se refere à criação de novas lexias ou de novas expressões lexicais. Demonstra-se, ainda, como são imbricados: língua, cultura e sociedade, permitindo-se conhecer a visão de mundo que Godofredo Filho transpôs para sua escrita. / Universidade Federal da Bahia. Instituto de Letras. Salvador-Ba, 2011.
2

Condições bucais e isolamento de Streptococcus mutans em pacientes submetidos à cirurgia bariátrica / Oral conditions and Streptococcus mutans isolation in patients undergoing bariatric surgery

Muniz, Rosina Maria Carvalho Caminha January 2011 (has links)
DEUS, Samira Rêgo Martins de. Estudo dos procedimentos quanto à conservação das vacinas do programa nacional de imunização em Teresina-PI. 2011. 101 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2011. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-05-15T13:16:49Z No. of bitstreams: 1 2011_dis_srmdeus.pdf: 692691 bytes, checksum: ccd2d48bde52f17fb29efc8dc621ef4f (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-05-15T16:29:39Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_dis_srmdeus.pdf: 692691 bytes, checksum: ccd2d48bde52f17fb29efc8dc621ef4f (MD5) / Made available in DSpace on 2012-05-15T16:29:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_dis_srmdeus.pdf: 692691 bytes, checksum: ccd2d48bde52f17fb29efc8dc621ef4f (MD5) Previous issue date: 2011 / Obesity is associated with oral diseases by promoting inflammatory processes and because of the fact that obese patients often eat cariogenic foods and use drugs capable of inducing salivary alterations. Bariatric surgery, surgical means of treating morbid obesity and obesity associated to co-morbidities, aims to change the volumetric capacity of the gastrointestinal tract and the course of the alimentary bolus. It causes changes in food consumption patterns and, often, gastro-esophageal disorders and may influence deleteriously oral health, which, however, is not determined. Objective: The aim of this study was to determine the profile of drug use, the occurrence of vomiting and tooth sensitivity, the standard of food eating and dental plaque index; to quantify Streptococcus mutans in stimulated saliva; to measure DMFT and to count erosive lesions in patients who had already been submitted to bariatric surgery and in patients who were going to be submitted to bariatric surgery, registering changes in pattern of occurrence of vomiting and tooth sensitivity and dietary patterns of patients who had already been submited to bariatric surgery. Materials and Methods: Through cross-sectional study, seeking retrospective data, there were evaluated 46 patients undergoing bariatric surgery (“Non-Operated” group) and 46 in the second year of postoperative follow-up of the same surgery (“Operated” group). After collection of personal data, we proceeded to collect saliva (to quantify S. mutans) and dental evaluation. Results: "Non-operated" group showed greater medication use and lower frequency of vomiting than "Operated” group, although, in this group, the occurrence of vomiting had reduced over time. "Operated" group had a higher intake of sweet foods and smaller intake of acid food than "Non-operated” group; the consumption of sweet foods and red meat of “Operated” group at the time of assessment decreased compared the preoperative period. Both groups had similar dental sensitivities and the majority of "Operated" group patients reported similarity of tooth sensitivity after surgery compared to preoperative values. Both groups showed similar and high plaque index (52.03 ± 14.30 for "Non-operated" group and 51.59 ± 10.38 for "Operated” group), the same was observed for S. mutans count (log (number of CFUs per mL of saliva +1) equal to 5.12 ± 0.64 for "Non-operated" group and 5.05 ± 1.06 for "Operated" group) and DMTF (13.67 ± 5.78 for "Non-operated" group 13.33 ± 5.78 for "Operated" group). Both groups were similar with respect to dental erosion variable. Discussion: Elevated plaque index, S. mutans count and DMFT show the condition of poor oral health of both patients with morbid obesity and submited to bariatric surgery, difficulting the eventually possible weight loss process by clinical means for obese patients and burdening the "new stomach" in patients undergoing surgery. Conclusion: Bariatric patient needs more attention to oral health, from oral hygiene orientation to the performance of operative procedures, providing oral health and contributing to the success of the surgical procedure. / A obesidade está associada a alterações bucais, por favorecer processos inflamatórios e pelo fato de pacientes obesos ingerirem frequentemente alimentos cariogênicos e utilizarem fármacos capazes de induzir alterações salivares. A cirurgia bariátrica, meio cirúrgico de tratar a obesidade mórbida e a obesidade associada a co-morbidades, visa alterar a capacidade volumétrica do trato gastrointestinal e o curso do bolo alimentar. Ocasiona alteração do padrão alimentar e, não raro, transtornos gastro-esofágicos, podendo influenciar deleteriamente a saúde oral, o que, entretanto, não está determinado. Objetivo: Determinar o perfil de uso de medicamentos, a ocorrência de vômito e de sensibilidade dental, o padrão alimentar e o índice de placa dental; quantificar Streptococcus mutans em saliva estimulada; medir CPOD e contar lesões erosivas em pacientes submetidos e a serem submetidos à cirurgia bariátrica; registrar alterações em padrão de ocorrência de vômito e sensibilidade dental e em padrão alimentar de pacientes submetidos à cirurgia bariátrica. Materiais e métodos: Mediante estudo transversal observacional, buscando dados retrospectivos, avaliaram-se 46 pacientes a serem submetidos à cirurgia bariátrica (Grupo “Não-Operado”) e 46 no segundo ano de acompanhamento pós-operatório da mesma cirurgia (Grupo “Operado”). Após coleta de dados pessoais, procedeu-se à coleta de saliva (a fim de quantificar de S. mutans) e à avaliação odontológica. Resultados: O grupo “Não-operado” apresentou maior uso de medicamentos e menor frequência de vômito do que o grupo “Operado”; apesar de, neste, ter havido redução da ocorrência de vômito com o passar do tempo. O grupo “Operado” apresentou maior ingestão de alimentos doces e menor ingestão de alimentos ácidos do que o grupo “Não-operado”; o grupo “Operado” apresentou redução do consumo de alimentos doces, ácidos e carne vermelha no momento da avaliação em comparação ao período pré-operatório. Os grupos apresentaram sensibilidades dentais semelhantes e a maioria dos pacientes do grupo “Operado” relatou similitude de sensibilidade dental no pós-operatório em relação ao pré-operatório. Os grupos apresentaram índices de placa elevados (52,03 ± 14,30 para o grupo “Não-operado” e 51,59±10,38 para o grupo “Operado”) e semelhantes; o mesmo tendo sido verificado para a contagem de S. mutans (log(número de UFCs por mL de saliva+1) igual a 5,12 ± 0,64 para o grupo “Não-operado” e a 5,05 ± 1,06 para o grupo “Operado”) e para CPOD (13,67 ± 5,78 para o grupo “Não-operado” 13,33 ± 5,78 para o grupo “Operado”). Os grupos mostraram-se semelhantes com relação à variável erosão dental. Discussão: Os valores elevados de índice de placa, contagem de S. mutans e CPOD demonstram a condição inadequada de saúde bucal tanto de pacientes obesos mórbidos quanto submetidos à cirurgia bariátrica, dificultando o processo de emagrecimento por meios clínicos eventualmente possível do paciente obeso e sobrecarregando o “novo estômago” no paciente operado. Conclusão: O paciente bariátrico necessita maior atenção à saúde bucal, desde a orientação de higiene bucal até a realização de procedimentos operatórios, viabilizando a saúde bucal e contribuindo para o êxito do procedimento cirúrgico.
3

Adversidades psicossociais na primeira infância e desenvolvimento infantil de crianças atendidas em uma ONG em Fortaleza, CE / Adversities psychosocial early childhood and development children assisted on a NGO in Fortaleza, CE.

Moura, Alessandra Ferrer Di January 2014 (has links)
MOURA, Alessandra Ferrer Di. Adversidades psicossociais na primeira infância e desenvolvimento infantil de crianças atendidas em uma ONG em Fortaleza, CE. 2014. 94 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) – Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2015-10-16T12:53:17Z No. of bitstreams: 1 2014_dis_afmoura.pdf: 1413540 bytes, checksum: 431a3ac40f7d80cf7b7b743028984ce7 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2015-10-16T14:21:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_dis_afmoura.pdf: 1413540 bytes, checksum: 431a3ac40f7d80cf7b7b743028984ce7 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-10-16T14:21:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_dis_afmoura.pdf: 1413540 bytes, checksum: 431a3ac40f7d80cf7b7b743028984ce7 (MD5) Previous issue date: 2014 / The stressful situations, also understood as psychosocial adversity, they are across the life cycle, but it is in childhood that they can give rise to the greatest biological impacts, emotional and social adulthood. Child development may be likely to change when there are these adversities, especially experienced in the family environment. So, study the association between adversity and child development can offer us an overview of this influence and facilitate direct actions and programs to the events of life stressors that can lead to deficits in child development, in order to minimize them or terminate them. The aim of the study was to evaluate the psychosocial adversities experienced by mothers and children attending a non-governmental organization (NGO) Reference in early childhood and its relation to child development. It is a cross-sectional study, conducted in an NGO in Fortaleza, CE, specializing in early childhood. Data collection was conducted in July 2014 with 170 children up to 36 months old and their mothers. It evaluated the motor development, visual, auditory and language of children by Development Scale Cognitive CAT / CLAMS and interviewed mothers about potential factors experienced adversity. Data were stored and analyzed using the EpiInfo software version 3.5.2, and submitted to descriptive and univariate analysis. The findings of this study indicate that the age group 25-36 months of age was the most prevalent for changes in the overall development, visuomotor and linguistic-hearing (23.3%, 31.6% and 28.3% respectively ) and may suggest a toxic stress situation as a result of experienced psychosocial adversity. Regarding the psychosocial adversity which the child was submitted, all children showed at least one adversity, most featuring two to four events (79.4%). Intervention programs in early childhood, like that which studied the customer is located, are efficient to improve and intervene in the family environment, reducing the load effects of experienced adversity, making the toxic stress into positive stress, healthy learning. / As situações de estresse, também entendidas como adversidades psicossociais, estão em todo o ciclo de vida, porém é na infância que elas podem ensejar os maiores impactos biológicos, emocionais e sociais na idade adulta. O desenvolvimento infantil pode estar susceptível a alterações quando há estas adversidades, vivenciadas principalmente no ambiente família. Então, estudar a associação entre adversidades e desenvolvimento infantil pode nos oferecer um panorama desta influência e facilitar o direcionamento de ações e programas aos eventos de vida estressores que possam acarretar défices no desenvolvimento infantil, com o intuito de minimizá-los ou cessá-los. O objetivo do estudo foi avaliar as adversidades psicossociais vivenciadas por mães e crianças atendidas em uma organização não governamental (ONG) referência em primeira infância e sua relação com o desenvolvimento infantil. É um estudo do tipo transversal, realizado em uma ONG na cidade de Fortaleza, CE, especializada em primeira infância. A coleta dos dados foi realizada em julho de 2014 com 170 crianças de até 36 meses de idade e suas mães. Foi avaliado o desenvolvimento motor, visual, linguístico e auditivo das crianças mediante a Escala de Desenvolvimento Cognitivo CAT/CLAMS e entrevistadas as mães sobre possíveis fatores de adversidades vivenciadas. Os dados foram armazenados e analisados por meio do software EpiInfo versão 3.5.2,e submetidos a análise descritiva e univariada. Os achados deste estudo indicam que a faixa de idade de 25 a 36 meses de idade foi a de maior prevalência para alterações no desenvolvimento geral, visuomotor e linguistico-auditivo, (23,3%, 31,6% e 28,3% respectivamente), podendo sugerir uma situação de estresse tóxico em consequência das adversidades psicossociais vivenciadas. Em relação à adversidade psicossocial a qual a criança estava submetida, todas as crianças mostraram pelo menos uma adversidade, a maioria apresentando de dois a quatro eventos (79,4%). Programas de intervenção na primeira infância, como aquele ao qual a clientela estudada está inserida, são eficientes para melhorar e intervir no ambiente familiar, diminuindo a carga de efeitos das adversidades vivenciadas, tornando o estresse tóxico em estresse positivo, saudável ao aprendizado.
4

É do sonho dos homens que uma cidade se inventa : a poesia de Carlos Pena Filho

das Vitórias Matoso Távora, Maria January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:37:37Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo8319_1.pdf: 709015 bytes, checksum: c34593ac8a00270bc3e11d2b6486e026 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / Criação humana, a cidade contrapõe-se à natureza. Fenômeno cultural, exerce influência direta na vida de seus habitantes, nativos ou de adoção. É através de sua arquitetura, do traçado de suas ruas que gerações passam às seguintes seu modo de pensar e sua concepção de mundo. Espaço de troca por excelência, a cidade exerce tamanha atração sobre os indivíduos que extrapola qualquer tentativa de compreensão racional. Tal qual o útero materno, a cidade confere ao indivíduo segurança e proteção, conferindo a cada um a própria identificação e diferenciação da totalidade. Dessa forma, pode-se compreender a cidade como um lugar fundante para o ser humano. A relação entre a pessoa e o espaço em que vive é tão intensa quanto primordial, com repercussões psíquicas profundas. Segundo Octavio Paz, a crítica do estado de coisas reinantes é iniciada pelos escritores. A primeira metade do século XX testemunhou um verdadeiro bota-abaixo dos antigos bairros recifenses, provocando um mal-estar generalizado. Os jornais da época registraram toda a polêmica daí gerada: poetas, romancistas, cronistas, sociólogos condenando tanta insensatez. Carlos Pena Filho surge, como poeta, nesse período de turbulência e sente necessidade de escrever sobre sua cidade, sobre o Recife que ele vê, sente, percebe. Talvez como uma tentativa de se reconhecer entre aquelas edificações, ou melhor desedificações , de preservar sua identidade no meio dos escombros. Através do poema Guia Prático da Cidade do Recife , Pena Filho sintetiza essa busca
5

A campanha de educação de adolescentes e adultos no Brasil e no estado do Espírito Santo (1947-1963): um projeto civilizador

COSTA, D. M. V. 28 June 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T11:03:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_6001_DEANE MONTEIRO VIEIRA COSTA.pdf: 23754559 bytes, checksum: af1691699ad84e54985ecd1e071563c6 (MD5) Previous issue date: 2012-06-28 / Analisa, numa perspectiva histórica, a primeirainiciativa governamental de educação de adolescentes e adultos nas áreas rurais e urbanas no Brasil e no Estado do Espírito Santo, promovida pelo Ministério da Educação e Saúde (MES), a partir de 1947. Intitulada de Campanha de Educação de Adolescentes e Adultos (CEAA), tratou-se de um marco importante no processo de constituição do campo teóricoprático da área de educação de jovens e adultos. Com esse propósito, estudaos documentos oficiais e as diversas produções didáticas elaboradas pelo Setor de Orientação Pedagógica da CEAA do Ministério da Educação e Saúde, que difundiam um projeto civilizador por meiodo discurso aglutinador de saneamento, pátria e educação. Considerando essa intenção de pesquisa, recorre ao conceito de processo civilizador de Norbert Elias para compreender o vínculo entre educação, saúde e civilização. Em sua obra O processo civilizador, Norbert Elias analisa o processo por meio do qual a sociedade ocidental vivenciou uma importante mudança de hábitos e comportamentos, a partir das alterações nas relações de interdependência entre os indivíduos e/ou grupos sociaise, portanto, nas relações de poder.Para essa análise, utiliza os textospara leitura pós-escolardistribuídos em todo o País, peloServiço de Educação de Adultos, destinados aos alunos matriculados nas classes da CEAA, que já tinham alcançado o domínio da leitura. Nessa figuração social, portanto, a luta contra o analfabetismo gerou processos de estigmatização e desonra grupal dos outros os analfabetos. O lugar inferior foi declarado por meio da linguagem utilizada nos documentos oficiais da CEAA, que utilizou termos e apelidos pejorativos e depreciativos aplicados aos analfabetos, além do uso de indicadores da baixa expectativa em relação a eles, como se pode notar na escrita do livro Juca Fubá visita uma cidade. Além disso, também foi orientada pela CEAA em forma de conselhos a ampliação no universo da mulher brasileira, no exercício de novas funções, a partir da década de 1940, no livroMulheres exemplares. O livro indicou que os papéis propostos pela urbanização e industrialização não poderiam concorrer com o papel de exaltação da pátria o de esposa e mãe de família. O papel civilizador do trabalho feminino destacado por esse texto oficial nos levou a um entendimento sobre a construção da imagem de abnegada dada à professora de Cachoeiro de Itapemirim, Zilma Coelho Pinto, que liderou o combate ao analfabetismo em sua região, no Estado do Espírito Santo. O reconhecimento estadual, nacional e internacional da professora Zilma se deu com acriação de uma entidade sem fins lucrativos, que tinha como objetivo primordial o fim do analfabetismo em seu município, a Campanha de Alfabetização e Assistência social de Cachoeiro de Itapemirim (CAASCI), queteve a concepção de educação semelhante a da CEAA,apresentada como a possibilidade de redenção do homem brasileiro. Os adolescentes, jovens e adultos atendidos por essa entidade foram considerados seres em desenvolvimento que podiam ser moldados para atender às demandas sociais, ou seja, para ocupar os lugares que lhes foram destinados pelo desenvolvimento natural da sociedade.Das reflexões efetuadas nesse estudo, destacamos que a proposição da alfabetização da CEAA foi parte integrante do curso civilizatório brasileiro já em andamento, que apresentou, desde o século XIX, a escolarização como uma referência civilizatória, nos seus limites de interdependência e das correlações das práticas localistas em desenvolvimento.
6

Psicodinamica da paternidade : um estudo sobre homens que esperam pelo nascimento de seu filho

Vizzotto, Marilia Martins 23 July 2018 (has links)
Orientador: Mauricio Knobel / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-23T14:03:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Vizzotto_MariliaMartins_D.pdf: 6904627 bytes, checksum: 9aba63e396b231fdcc2e7e4889d2c62e (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: O presente trabalho é um estudo cHnico de abordagem psicanaJítica; investiga aspectos da psicodinâmica da paternidade em doze casos de homens cujas esposas encontram-se grávidas do primeiro fillto, em meses variados de gestação. Esta análise procurou estudar aspectos do conteúdo manifesto e do conteúdo latente, a partir do material colhido através de um roteiro de entrevista cHnica não diretiva e do Teste de Apercepção Temática (T.A.T.). Os resultados mostram que, naqueles pais estudados, houve, em muitos momentos do periodo de gestação, uma mobilização de situações conflitivas mais precoces do seu desenvolvimento. O remanejamento libidinal remete-os, principalmente, ao periodo edipiano precoce, postulado por Melanie Klein. Surgem, ruiqueles pais, reações sintomáticas variadas: alterações do sono, do estado de ânimo, alterações alimentares e das atividades sexuais, as quais são interpretadas como "acting out"( defesa contra a inveja). Fantasias - conscientes e inconscientes, expressam esta inveja da capacidade feminina de gestar. .Entretanto, as reações e as fantasias mobilizadas são particulannente relacionadas às vivências mais precoces de cada um, dependendo da evolução da libido de cada pai, assim como dos diversos recursos defensivos a que cada indivíduo reCOlTe, em cada situação. Sugerimos que este tema venha a ser "mais estudado, uma vez que pode nos possibilitar uma compreensão humana do pai em seus anseios, medos e limitações, e ainda, contribuir para o nosso trabalho clinico multiprofissional na área da Saúde / Abstract: This is a clinical study aitout fatherhood, based on a psychoanalitical approach. It studic.rs the psychodynamie of fatherhood in twelve men whose wives were pregnant of their fiest elúld. The pregnaney period of their women varied between the fowth and the nineth month. This analysis foeus mainly the manifest and the latent contents that emerge from the data collected by clinical non-directive interviews and by the T.A.T. ( Thematie Apperception Test). The results show several moments of mobilization of eonflictive situations fiom early stages of the development of these men. The libidinal remanagement led them to the early edipian period, as refered by Melaine K1ein. Different symptomatic reactions appeared in these fathers : sleep and mood disorders, changes on alimentary habits and on sexual aetivity; ali these ean be seen as "acting out", The conscious and uneonseious fantasies show an envy of the female ability for gestation. 'Nevertheless, the mobilized reactions and fantasies are determined by the early life experiences of each individual. These issues deserve further studies if we look forward to an enlargement of our knowledge and eomprehension of the father's role as a human being : longings, fears and blockades. This will also help us in our clinical work as Health professionals / Doutorado / Doutor em Saude Mental
7

O discurso da mãe da criança obesa : considerações a partir da psicanálise / The discourse of obese child's mother: considerations from a psychoanalytic (Inglês)

Oliveira, Fabiana Azeredo de 08 October 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:30:14Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2010-10-08 / The present work intends to understand the mother-child relationship in the caring of children suffering from obesity. Our main goal is to investigate the meanings that mothers tend to attribute to the child´s obesity at the light of psychoanalytical theory. Our specific goals are 1) To present the importance of the mother-child relationship in the building of the child s body image as well as in the subjetivation of feeding habits; 2) To investigate the subjective implications of an obese child s mother; 3) To research the influence of medical discourse in the meanings attributed by the mother to the child s obesity; 4) To contribute with IPREDE in promoting a possible dialogue with psychoanalytical knowledge, highlighting factors related to the mother-child relationship in children who suffer from obesity. We have therefore done a qualitative research with both bibliographical and field investigations. Between April14 and June 26 2010 we had two interviews with each mother who took part in the Obesity Prevention Program developed by IPREDE. We used the discourse analysis method to orient the field material, organized according to the following categories:1) The meanings attributed to the interventions of the Program to Prevent Obesity; 2) The establishment of the demand for food; 3) Anxiety and symptom formation.We could conclude that the child s obesity can be taken as a symptom of a specific kind of mother-child relationship where anguish appears in splitting situations and food becomes the link between them. The symbolic coordinates of parents determine important conditions for us to reflect upon the suffering and subjectivation in childhood. Key-words: Child obesity; Medical discourse; Psychoanalyses; Mother-child relationship. / Este estudo parte do interesse de compreender as implicações da relação mãe-criança na problemática da obesidade infantil. Elegemos como objetivo geral investigar no discurso materno os significados atribuídos à obesidade do (a) filho (a) e como específicos: 1. Apresentar na teoria psicanalítica a importância da relação mãe/filho na subjetivação das práticas alimentares e na construção da imagem corporal da criança; 2. Investigar as implicações subjetivas da mãe da criança obesa em um cenário pautado por este tipo de acometimento, tomando a psicanálise como referêncial teórico; 3. Pesquisar a influência do discurso médico nos significados atribuídos pela mãe à obesidade do (a) filho (a); 4. Contribuir com o Programa de Ensino e Pesquisa das Desordens do Comportamento Alimentar e Obesidade do Instituto de Promoção da Nutrição e Desenvolvimento Humano (IPREDE), no sentido de promover um possível diálogo com a psicanálise, relevando fatores relativos à relação mãe-criança presentes no quadro de obesidade. Com vistas à investigação dos objetivos propostos foi realizada uma pesquisa qualitativa com investigação bibliográfica e de campo. No período de 14 de abril a 26 de junho de 2010, foram realizadas com cada mãe que participava do Programa de Prevenção à Obesidade do IPREDE duas entrevistas semi-estruturadas. O método da análise de discurso orientou o trabalho com o material de campo, organizado a partir das seguintes categorias: 1. Os significados atribuídos às intervenções do Programa de Prevenção a Obesidade; 2. O estabelecimento da demanda do alimento; 3. Angústia e formação do sintoma. Diante do percurso empreendido, pode-se concluir que a obesidade da criança pode ser tomada como sintoma de uma modalidade de relação mãe-criança, onde a angústia comparece frente à separação e o alimento se mantém como objeto de ligação da díade. As coordenadas simbólicas dos pais determinam condições importantes para refletirmos sobre as formas de sofrimento e subjetivação na infância. Palavras-chave: Obesidade infantil; Discurso médico; Psicanálise; Relação mãe-filho;
8

Antunes Filho's prismatic theatre staging Nelson Rodrigues and Brazilian identities /

Britton, B. Campbell. January 2008 (has links)
Thesis (Ph. D.)--UCLA, 2008. / Vita. Includes bibliographical references (leaves 213-230).
9

Associação entre a recordação dos cuidados parentais e qualidade de vida na idade adulta

Zimmermann, Jacques José January 2005 (has links)
Introdução: A ausência de cuidados parentais satisfatórios tem sido associada a psicopatologia na vida adulta. Existem poucos estudos que associam cuidados parentais com desfechos positivos em saúde. A hipótese do presente estudo é a de que cuidados parentais favoráveis podem estar associados a uma melhor qualidade de vida na idade adulta. Método: Foram avaliados 303 alunos da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil, através de instrumentos de qualidade de vida (WHOQOL-bref), cuidados parentais (s-EMBU), mecanismos de enfrentamento frente a situações estressantes (Inventário de Estratégias de Coping), eventos de vida (Escala de Avaliação de Reajustamento Social) e sintomas de depressão (Inventário de Beck para depressão). Os dados obtidos foram analisados através de uma regressão linear múltipla hierárquica utilizando o pacote de software SPSS 12. Resultados: Verificou-se que eventos precoces como o estilo de cuidados parentais recordados pelos sujeitos podem influenciar a qualidade de vida adulta; a qualidade de vida é influenciada por variáveis compreendidas num extenso período cronológico, desde variáveis mais distais, como sexo e classe social, até variáveis mais proximais, como a medida de depressão na última semana. O calor emocional materno mostrou-se altamente correlacionado à qualidade de vida global, no domínio psicológico e no de relações sociais dos estudantes que participaram da pesquisa. Mesmo se tratando de população não clínica, a medida de sintomas de depressão foi a variável preditora que mais influenciou na qualidade de vida. As estratégias de enfrentamento utilizadas frente a situações reais de estresse não se mostraram mediadoras do desfecho. Conclusão: Este estudo, portanto, substancia a noção empírica de que cuidados parentais favoráveis podem estar associados a uma melhor qualidade de vida na idade adulta. Os resultados apontam para uma validade discriminante satisfatória do WHOQOL-BREF em população não clínica.
10

Vivenciando o cuidar do filho asmático : respostas emocionais da mãe / Taking care of the asthmatic child : emotional responses of the mother

Lima, Luísa Helena de Oliveira January 2005 (has links)
LIMA, Luisa Helena de Oliveira. Vivenciando o cuidar do filho asmático : respostas emocionais da mãe. 2005. 90 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2005. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-01-19T13:23:06Z No. of bitstreams: 1 2005_dis_lholima.pdf: 270338 bytes, checksum: 679505e75065ac403eef47e3ed861008 (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-02-03T13:14:05Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2005_dis_lholima.pdf: 270338 bytes, checksum: 679505e75065ac403eef47e3ed861008 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-02-03T13:14:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2005_dis_lholima.pdf: 270338 bytes, checksum: 679505e75065ac403eef47e3ed861008 (MD5) Previous issue date: 2005 / A asma, considerada a mais importante alergia respiratória, é uma doença crônica caracterizada por inflamação e obstrução das vias aéreas, de grande prevalência, com sérias implicações físicas, sociais e econômicas, determinando sofrimento ao indivíduo portador e a seus familiares. A sintomatologia de tosse, sibilância e dispnéia assustam o paciente e as pessoas que estão próximas. Quando o paciente é criança, o sofrimento parece ser maior e a família, em especial a mãe, se torna angustiada e insegura, procurando meios para atender a criança. O medo de que a criança entre em crise e sofra, leva, especialmente, a mãe, como principal cuidadora, a viver em estado de alerta. O presente estudo teve por objetivo geral apreender as respostas emocionais da mãe relativas à sua vivência ao cuidar do filho asmático. Pesquisa de natureza qualitativa e descritiva, realizada com nove mães assistidas pelo Programa de Atenção Integral à Criança com Asma de um hospital infantil de Fortaleza – CE. Os dados foram produzidos através de entrevista com os sujeitos de estudo, atendendo o que prevê a Resolução 196/96 e analisados através do método de análise de conteúdo de Bardin (1977). Do discurso das mães emergiram quatro categorias: o despertar para a doença; lidando com o filho asmático; o significado de cuidar de uma criança com asma e o estilo de vida da criança. No momento da descoberta, os sentimentos que apareceram foram: preocupação, dificuldade de lidar, mal-estar, tristeza, medo, susto e desespero. Com relação à vivência diária com a criança asmática, foram identificadas tanto respostas emocionais favoráveis, tais como, bem-estar, alívio, felicidade e menos preocupação; como respostas emocionais desfavoráveis, destacando-se: sentir-se vilã, constrangimento, nervosismo, preocupação e medo. O comportamento das mães apresentou mudanças relacionadas com: alterações ambientais; demanda por mais cuidados; restrições alimentares e imposição de limites mais rígidos à criança. Observaram-se, também, mudanças relacionais tanto à vida da mãe, quanto à da criança. Para a mãe, cuidar de uma criança asmática significa preocupação, anulação, sofrimento, isolamento, limitação na vida da criança e ampliação das medidas de higiene ambiental. Cinco crianças possuíam estilo de vida compatível com a idade e quatro encontravam-se limitadas pela asma, tendo em vista as limitações impostas por suas mães. Pode-se concluir que a asma interfere de modo contundente na vida destas mães e de seus filhos. Sugere-se, então, que durante o atendimento destas crianças os profissionais de saúde, em especial o enfermeiro, fiquem atentos, não somente às condições clínicas da criança, mas, também, às respostas emocionais da mãe, visto que esta é essencial para a manutenção da qualidade de vida do filho.

Page generated in 0.1173 seconds