• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 3013
  • 40
  • 32
  • 31
  • 31
  • 26
  • 25
  • 19
  • 7
  • 6
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 3128
  • 1808
  • 444
  • 402
  • 334
  • 316
  • 306
  • 260
  • 237
  • 223
  • 208
  • 203
  • 196
  • 193
  • 190
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estudo da capacidade de absorção intestinal de ferro e zinco em indivíduos com obesidade grave, antes e após cirurgia bariátrica /

Rosa, Flávia Troncon. January 2007 (has links)
Orientador: Julio Sérgio Marchini / Banca: Rosane Pilot Pessa Ribeiro / Banca: Aureluce Demonte / Resumo: A obesidade é uma doença crônica, multifatorial e de prevalência crescente tanto nos países desenvolvidos como nos em desenvolvimento. Atualmente, têm sido realizadas diferentes técnicas cirúrgicas como tratamento da obesidade e tem-se verificado desenvolvimento de carências nutricionais em diferentes tempos de seguimento pós-cirúrgico. Apesar de o ferro e o zinco estarem incluídos entre as deficiências de nutrientes, pouco se sabe sobre alterações na absorção intestinal desses minerais em indivíduos submetidos à cirurgia bariátrica. Assim, o presente estudo teve como objetivo verificar alterações na resposta plasmática de ferro e zinco em indivíduos com obesidade grave, em pré e pós-operatório de cirurgia bariátrica, após administração, por via oral, de ferro e zinco. Para isso foram avaliados 9 indivíduos com obesidade grave, do sexo feminino, com idade média de 41l12 anos e IMC médio de 51l9 Kg/m2. Antes e três meses após serem submetidos a cirurgia bariátrica, foram realizados: avaliação nutricional (anamnese alimentar, avaliação antropométrica e bioquímica, impedância bioelétrica e calorimetria indireta), determinação do nitrogênio urinário e o teste de absorção. Em cada momento, após jejum noturno de 8 horas, as voluntárias receberam uma cápsula de sulfato ferroso (15 mg de Fe elementar) e uma cápsula de sulfato de zinco (15 mg de Zn elementar) em doses únicas, em conjunto. A determinação das curvas de ferro e zinco plasmáticos foram realizadas a partir de cinco amostras de cada voluntária: uma basal (antes da administração das cápsulas) e as outras a cada 1 hora num período de 4 horas após a administração. As análises plasmáticas foram realizadas pelo método de espectrometria de absorção atômica e a comparação entre pré e pós-operatório avaliada... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Obesity is a chronic and multifactorial disease with increasing prevalence both in developed and in developing countries. Recently, bariatric surgery became one option for obesity treatment and studies have described nutritional deficiencies after this surgery, including iron and zinc deficiencies. Little is known about intestinal absorption of these minerals in patients submitted to bariatric surgery. Therefore, the aim of this study was to verify plasma iron and zinc response in severe obese patients, before and three months after bariatric surgery, subsequent to oral administration of iron and zinc. Nine female severe obese patients (BMI 51l9 Kg/m2) aged 41l12 years old were evaluated. It was carried out: iron and zinc absorption test, urinary nitrogen determination and nutritional assessment which included dietary, anthropometric and biochemical evaluation, bioelectrical impedance and indirect calorimetry. After 8 hours fasting, patients received ferrous sulphate (15 mg elementary Fe) and zinc sulphate (15 mg elementary Zn) single dose at the same time. For determination of plasma iron and zinc curves, it was collected five samples from each patient. Blood was collected immediately before and 1, 2, 3 and 4 hours after oral dose administration. Plasma analyses were carried out by atomic absorption spectrometry and the area under the curve used to compare before and after operative results. It was verified no statistical differences on iron plasma concentration when the five samples were compared, before and after surgery, as well as in the area under the curve measurement. Concerning the zinc, it was verified statistical difference (p<0,05) only before surgery when basal plasma zinc concentration ... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
2

Análise de estratégias de enfrentamento, ansiedade e hábitos em pacientes elegíveis à cirurgia bariátrica, com e sem acompanhamento psicológico

Mensorio, Marinna Simões 03 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-06-19T16:26:02Z No. of bitstreams: 1 2013_MarinnaSimoesMensorio.pdf: 2316172 bytes, checksum: 9df48fc67ebd406dc0169d99b80a4244 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-06-20T11:52:52Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_MarinnaSimoesMensorio.pdf: 2316172 bytes, checksum: 9df48fc67ebd406dc0169d99b80a4244 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-06-20T11:52:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_MarinnaSimoesMensorio.pdf: 2316172 bytes, checksum: 9df48fc67ebd406dc0169d99b80a4244 (MD5) / A obesidade, considerada uma epidemia mundial, é entendida como uma doença multifatorial, com influência de aspectos genéticos, hormonais, culturais, ambientais e psicológicos. Ademais, mostra-se relacionada a comorbidades médicas e dificuldades psicológicas, como sintomatologia de ansiedade, depressão, isolamento social e estratégias de enfrentamento inadequadas. O tratamento inclui um leque de possibilidades, dentre os quais se destacam elementos nutricionais, farmacológicos e psicológicos. Quando a obesidade atinge níveis mais graves, há a possibilidade da realização da cirurgia bariátrica, que promove rápida perda de peso, porém, não garante a manutenção dos resultados. Entende-se que a perda de peso duradoura é apenas possível com uma total mudança de hábitos do indivíduo. Nesse contexto surge a necessidade de intervenções psicológicas como facilitadoras do processo de desenvolvimento de estratégias de enfrentamento eficientes e redução de sintomatologias psiquiátricas, além de uma melhor adesão ao tratamento. O objetivo deste trabalho foi avaliar um programa de intervenção psicológica a pacientes elegíveis à cirurgia bariátrica, realizando um levantamento de estratégias de enfrentamento adotadas pelos pacientes, manifestações de ansiedade e mudanças de hábito, comparando-os a pacientes obesos sem exposição à intervenção psicológica. A pesquisa foi realizada no Hospital Universitário de Brasília e contou com 18 participantes. Oito pacientes compunham o Grupo Experimental (GE), iniciantes no Programa de Intervenção Psicológica preparatório para Cirurgia Bariátrica; 10 participantes eram pacientes da lista de espera do Programa de Acompanhamento e integraram o Grupo Controle (GC), sem intervenção psicológica. Foram aplicados os instrumentos: Escala de Modos de Enfrentamento de Problemas (EMEP), Inventário Beck de Ansiedade (BAI), questionário sociodemográfico e roteiro de entrevista semiestruturada em duas fases: na primeira sessão do grupo e na última sessão, e em datas paralelas para o GC. O Programa de Intervenção Psicológica é composto por 12 sessões, em que são abordados temas relevantes para o processo de mudança de hábito alimentar e preparação à cirurgia bariátrica. Os resultados indicaram diferenças significativas entre o GE e GC no que se refere ao fator 1 de enfrentamento (priorização de estratégias focalizadas no problema) e escores de ansiedade. O GC apresentou escore do Fator 1 significativamente menor que o GE, três meses após a primeira aplicação, bem como pontuações de ansiedade maiores, de maneira marginalmente significativa. As entrevistas do GE também demonstraram uma redução de discursos relacionados a dificuldades e um maior foco nos sucessos alcançados, bem como desenvolvimento de estratégias facilitadoras da mudança de hábito. O GC manteve ou aumentou a frequência de relatos relacionados a dificuldades em lidar com a obesidade ou a busca por tratamento. Compreende-se, portanto, a importância do acompanhamento psicológico contínuo como promotor de habilidades necessárias ao enfrentamento das situações adversas da obesidade e seu tratamento. A falta de um acompanhamento adequado tem levado pacientes obesos a situações de grande sofrimento, com redução de estratégias de enfrentamento adequadas, bem como piora de quadros de ansiedade. Destaca-se a necessidade de ações governamentais que garantam o acesso dos pacientes a um tratamento precoce e contínuo. Pesquisas que avaliem intervenções psicológicas mais longas, assim como em outros contextos, são sugeridas. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Obesity, considered a global epidemic, is understood as a multifactorial disease, with the influence of genetic, hormonal, cultural, environmental and psychological aspects. Moreover, it shows related to medical comorbidities and psychological difficulties as symptoms of anxiety, depression, social isolation and inadequate coping strategies. The treatment includes a range of possibilities, among which stand out nutritional, pharmacological and psychological elements. When obesity reaches more severe levels, there is the possibility of bariatric surgery that promotes rapid weight loss, however, does not guarantee the maintenance of the results. It is understood that the sustained weight loss is only possible with a total change of habits of the individual. In this context appears the need for psychological interventions as facilitators of the process of developing effective coping strategies and reducing psychiatric symptomatology, and better treatment adherence. The objective of this study was to evaluate a psychological intervention program for patients eligible for bariatric surgery, performing a survey of coping strategies adopted by patients, manifestations of anxiety and habit changes, comparing them to obese patients without exposure to psychological intervention. The research was conducted at the University Hospital of Brasilia and had 18 participants. Eight patients comprised the Experimental Group (EG), beginners in Preparatory Psychological Intervention Program for Bariatric Surgery; 10 participants were patients from the waiting list of Program Monitoring, without psychological intervention, and integrated the control group (CG). Assessment instruments were used: Scale Ways of Coping (EMEP), Beck Anxiety Inventory (BAI), sociodemographic questionnaire and semi-structured interviews in two phases: in the first group session and the last session, and in parallel to dates the GC. Psychological Intervention Program consists of 12 sessions, which are addressed topics relevant to the process of changing food habits and preparation for bariatric surgery. The results indicated significant differences between the experimental and control groups with regard to coping factor 1 (prioritization strategies focused on the problem) and anxiety scores. The GC scores of Factor 1 were significantly lower than GE, three months after the first application, as well as higher anxiety scores, so marginally significant. The interviews of GE also demonstrated a reduction of discourses related to difficulties and a greater focus on the successes as well as developing strategies that facilitate change of habit. The GC has maintained or increased the frequency of reports related to difficulties in dealing with obesity or seeking treatment. It is understandable, therefore, the importance of psychological continuum as a promoter of skills needed to cope with adverse situations of obesity and its treatment. The lack of adequate monitoring obese patients has led to situations of great suffering, a reduction of adequate coping strategies, as well as worsening anxiety frame. The study highlights the need for government action to ensure patient access to early and continuous treatment. Researches to evaluate longer psychological interventions, as in other contexts, are suggested.
3

Avaliação dos níveis séricos de leptina canina e seus efeitos sobre o sistema cardiovascular e a determinação da dispersão da onda p em cães obesos : Assessment of canine serum levels and the effects on the cardiovascular system and the determination of p wave dispersion in obese dogs . - / Assessment of canine serum levels and the effects on the cardiovascular system and the determination of P wave dispersion in obese dogs

Dittich, Gustavo January 2016 (has links)
Orientador : Profª. Drª. Simone Tostes de Oliveira Stedile / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias. Defesa: Curitiba, 30/03/2016 / Inclui referências : f. 33-38;49-51 / Área de concentração : Ciências veterinárias / Resumo: A presente dissertação está dividida em três capítulos. O primeiro capítulo introduz brevemente o leitor a respeito das consequências da obesidade em cães, sobretudo em relação ao sistema cardiovascular. A identificação do adipócito como uma fonte de produção de peptídeos biologicamente ativos denominados de adipocinas é um elo fundamental na identificação de alterações no sistema cardiovascular. O segundo capítulo aborda os efeitos da hiperleptinemia, caracterizada por um estado de elevação crônica de leptina presente em indivíduos obesos, em relação à morfologia e função do coração, correlacionando os níveis desta adipocina com parâmetros clínicos e ecocardiográficos. Além de culminar em alterações referentes à estrutura e funcionalidade cardíaca, a obesidade pode levar a distúrbios na condução elétrica do coração, sendo um fator de risco para o desenvolvimento de arritmias atriais e ventriculares. Sendo assim, o terceiro capítulo determina os valores da dispersão da onda P em cães com obesidade, discorrendo sobre os efeitos do prolongamento deste índice eletrocardiográfico. Palavras-chave: obesidade, hiperleptinemia, adipocinas, índice de onda P. / Abstract: This study is divided into three chapters. The first one briefly introduces the reader about the consequences of obesity in dogs, especially concerning the cardiovascular system. The identification of adipocytes as a source of production of biologically active peptides known as adipokines is a key link in the identification of changes in the cardiovascular system. The second chapter discusses the effects of hyperleptinemia, a chronic state of elevated levels of leptin, regarding cardiac morphology and function. Furthermore, we correlated leptin levels with clinical and echocardiographic parameters. Besides causing changes in cardiac structure which culminates in impaired functions, obesity can lead to disturbances in the electrical conduction of the heart and is considered a risk factor for the development of atrial and ventricular arrhythmias. Thus, the third section determines the values of P wave dispersion in dogs with obesity and discusses the effects of this electrocardiographic index. Key-words: obesity, hyperleptinemia, adipokines, P wave index.
4

Prevalência de sobrepeso e obesidade em adolecentes escolares do município de Fortaleza / Prevalence of overweight and obesity among school adolescents in Fortaleza

Campos, Lício de Albuquerque January 2004 (has links)
CAMPOS, Lício de Albuquerque. Prevalência de sobrepeso e obesidade em adolecentes escolares do município de Fortaleza. 2004. 105 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2004. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2013-12-26T15:36:35Z No. of bitstreams: 1 2004_dis_lacampos.pdf: 361621 bytes, checksum: 22565a9de8e4474543362ce4917c1545 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2013-12-26T15:37:39Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2004_dis_lacampos.pdf: 361621 bytes, checksum: 22565a9de8e4474543362ce4917c1545 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-12-26T15:37:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2004_dis_lacampos.pdf: 361621 bytes, checksum: 22565a9de8e4474543362ce4917c1545 (MD5) Previous issue date: 2004 / The aim of this study was to determine the prevalence of the overweight and obesity in adolescents from public and private schools in the city of Fortaleza, Brazil. The overweight and obesity prevalence was analyzed considering gender and age, as well as the family’s socioeconomic background. A population-based cross-sectional study was conducted between March and May of 2003, including a sample of 1,158 adolescents (10 to 19 years old) enrolled in elementary education (between the fifth and eight grades) and in high school. The variables included in this study were: gender, age group (early adolescence- 10 to14 years old and late adolescence-15 to 19 years old), type of school (public or private), socioeconomic level, and anthropometric measures. The Body Mass Index (BMI) was used in the nutritional assessment. Overweight was defined as the BMI equal or above to the 85 percentile and below to the 95 percentile while obesity was defined as BMI equal or above to the 95 percentile. The reference of the anthropometric measures was based on the tables provided by Must et al. (1991). The economic classification of Brazil (IBOPE) was used to determine the socioeconomic level. The overall prevalence of overweight/obesity was 19.5%; the proportion in private schools was higher than in public schools (23.9 e 18.0%, respectively). Regarding gender, the overweight incidence was similar in both types of schools; however, its prevalence among males was higher in private schools while no difference among males and females was found in public schools. Overweight/obesity prevalence among adolescents aged 10 to 14 years old was higher than among adolescents aged 15 to 19 years old. The highest rates were found in the highest SES stratum, being males and adolescents aged 10 to14 years old responsible for this difference. It was concluded that the prevalence of overweight/obesity among adolescents in the city of Fortaleza is considerably elevated, being higher in private schools, in the early adolescence, and in the highest SES level. No difference was found in this rate among males and females. / O objetivo do estudo foi determinar a prevalência de sobrepeso e obesidade em adolescentes matriculados em escolas públicas e privadas do Município de Fortaleza. A prevalência do excesso de peso foi analisada, levando-se em consideração o sexo e a faixa etária dos adolescentes, bem como o nível socioeconômico das famílias. Um estudo transversal de base populacional foi realizado de março a maio de 2003, com uma amostra de 1.158 adolescentes entre 10 a 19 anos, alunos do ensino fundamental da 5ª a 8 ª série e do ensino médio. As variáveis do estudo incluíram: sexo, faixa etária (adolescência precoce, 10 a 14 anos; e adolescência tardia, 15 a 19 anos) situação escolar (privada ou pública), nível socioeconômico e dados antropométricos. Na avaliação nutricional, foi utilizado o índice de massa corpórea. Foi considerado como ponto de corte para sobrepeso percentil igual ou maior que 85 e menor que 95 e para obesidade o percentil igual ou maior que 95. A referência para as medidas antropométricas foi baseada nas tabelas de Must et al.(1991). Na determinação do nível socioeconômico das famílias, foram utilizados os “Critérios de Classificação Econômica do Brasil” (IBOPE). A prevalência de sobrepeso/obesidade foi de 19,5%, sendo maior nas escolas privadas do que nas públicas (23,9 e 18,0%, respectivamente). Em relação ao sexo, o excesso de peso foi distribuído igualmente nos dois grupos de colégios, contudo, nas escolas particulares foi mais frequente no sexo masculino, não sendo observada diferença nos colégios públicos. Foi encontrada maior prevalência de sobrepeso/obesidade na adolescência precoce do que na adolescência tardia. Nos estratos sociais mais elevados, a prevalência de sobrepeso/obesidade foi maior, sendo os rapazes e os adolescentes entre 10 a 14 anos os que mais contribuíram para esta diferença. Conclui-se que é elevada a prevalência de adolescentes com sobrepeso/obesidade no Município de Fortaleza, sendo maior nas escolas da rede privada, na adolescência precoce e nas classes de maior nível socioeconômico, não se encontrando diferença entre os sexos.
5

Lipodistrofia ginoide : aspectos epidemiologicos clinicos histopatologicos e terapeuticos

Rossi, Ana Beatris Rodrigues 20 August 1996 (has links)
Orientador: Andre Luiz Vergananini / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-21T16:03:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Rossi_AnaBeatrisRodrigues_M.pdf: 4679097 bytes, checksum: c0c4f537822754b87c4477c0871576ca (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Com os objetivos de estudar os aspectos clínicos, epidemiológicos e histopatológicos (derme) da lipodistrofia ginóide (L.D.G.) e avaliar a eficácia da terapêutica tópica, foi realizado um estudo observacional descritivo de um grupo de 75 mulheres, que participaram de um ensaio clínico duplo cego - placebo com um produto tópico. Como princípios ativos, foram empregados um vaso ativo (ginkgo biloba), um lipolítico (cafeína) e um trófico do tecido conjuntivo (centella asiática), além do silício orgânico (com atuação a nível do tecido conjuntivo, adipócitos e microcirculação). Os principais fatores agravantes citados foram o sedentarismo, a gravidez e o aumento de peso, e o sintoma associado mais freqüente foi a sensação de peso nas pernas. O estudo histopatológico da derme revelou mucoidose e proliferação de fibras colágenas. No ensaio clínico os métodos utilizados para avaliação objetiva foram as medidas antropométricas e da espessura da epiderme e derme (através da análise de imagem). Não houve diferença, estatisticamente significante das medidas objetivas, antes e depois da utilização dos produtos, contrastando com diferenças importantes na avaliação subjetiva das pacientes / Abstract: This study shows the clinical, epidemiologic and histophatologic aspects of the so called cellulitis (lipodistrofia ginóide - L.D.G.), and evaluate the effectiveness of the topical therapy, through a descriptive study in 75 women. They had participated in a double blind clinical evaluation - placebo and a topical product. It have been used, as active agents, a vasoactive (ginkgo biloba), a lipolytic one (caffeine), and a trophic of the conjunctive tissue (asiatic centella) as well as the organic silicon, acting on a leveI of adipose and conjunctive tissue and microcirculation. The main named worsening agents were physical inactivity, pregnancy and over-weight, and the most frequent associated syntom was the feeling of heavy legs. The dermal histophatologic study has shown mucinose and bundles of collagenous fibers proliferation. The methods used in the clinical study, for an objective evaluation, were the anthropometric measurements and the epidermal and dermal thickness (through the image analysis). There was no statistical significant difference betwen the objective measurements before and after the utilization of the products, in contrast to the signifficant differences found in the subjective evaluation of the patients / Mestrado / Clinica Medica / Mestre em Clinica Medica
6

Variação de peso em usuarias de sistema intra-uterino liberador de levonorgestrel, acetato de medroxiprogesterona de deposito e dispositivo intra-uterino de t-cobre por cinco anos

Yela, Daniela Angerame 06 July 2004 (has links)
Orientador: Ilza Maria Urbano Monteiro, Luis Guillermo Bahamondes / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-03T20:18:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Yela_DanielaAngerame_M.pdf: 126138 bytes, checksum: 2cd5a64cc8e0f28a2885c44285454611 (MD5) Previous issue date: 2004 / Resumo: O objetivo deste estudo foi determinar a variação de peso corpóreo em mulheres brasileiras usuárias de sistema intra-uterino liberador de 20µg/dia de levonorgestrel (SIU-LNG, Mirena®) e compará-la com a variação de peso de usuárias de dispositivo intra-uterino T cobre 380A (DIU Tcu) e usuárias de acetato de medroxiprogesterona de depósito (AMP-D) ao longo de cinco anos. Foram analisadas 163 mulheres usuárias de SIU-LNG que tiveram a inserção do mesmo em 1998 durante a admissão para o estudo. Cada mulher foi pareada por peso (± 1kg) e por idade (± 1 ano) no início do estudo, com as usuárias de DIU Tcu e AMP-D. Todas as mulheres foram seguidas por até cinco anos. Nesse período foram medidos seus pesos e calculados os índices de massa corpóreos. A média de idade das usuárias de SIU-LNG foi 27 ± 6,7 anos, enquanto que das usuárias de DIU Tcu foi 28 ± 6,6 anos e das usuárias de AMP-D foi de 26,9 ± 6,5 anos. O peso inicial era 62,9 ± 0,8kg, 62,8 ± 0,8kg e 62,5 ± 0,9kg para as usuárias de SIU-LNG, DIU Tcu e AMP-D, respectivamente. O IMC no início do estudo era 25,0 (± 0,3), 26,4 (± 0,3) e 25,5 (± 0,4) para as usuárias de SIU-LNG, DIU Tcu e AMP-D respectivamente. Foi observado um aumento de peso de 3,1kg, 4,9kg e 8,2kg para as usuárias de SIU-LNG, DIU Tcu e AMP-D, respectivamente, ao final do quinto ano (p = 0,009). O IMC também apresentou um aumento em todos os grupos (IMC final de 26,3 ± 0,7, 28,5 ± 0,8 e 28,7 ± 1,3 para as usuárias de SIU-LNG, DIU Tcu e AMPD respectivamente). A análise multivariada mostrou que o uso de AMP-D e seu tempo de uso foram significativos em relação ao ganho de peso. Em conclusão, o uso de SIU-LNG não mostrou aumento significativo no ganho de peso ao longo dos cinco anos, berm como diferença na variação de peso quando comparado com o uso de DIU Tcu / Abstract: The objective of the study was to assess the weight variations in Brazilian users of the 20 µg/day levonorgestrel-releasing intrauterine system (LNG-IUS, Mirena®) and to compare them to a cohort of users of the TCu 380A intrauterine device (IUD) and to another cohort of users of the injectable contraceptive, depot-medroxyprogesterone acetate (DMPA) during five years of use. A total of 163 users of the LNG-IUS, who had the device inserted in 1998, were admitted to the study. Each woman was matched by weight (± 1kg) and age (± 1year) at the time of enrollment to a woman using a TCu 380A IUD and to another woman using DMPA. All women were followed up for a maximum of 5 years. Weight was measured yearly during five years and the body mass index (BMI,kg/m2) was calculated. The age of the LNG-IUS users was 27.0 ± 6.7 years (mean ± SD), while the age of the copper IUD users was 28.0 ± 6.6 years and that of DMPA users was 26.9 ± 6.5 years. The weight recorded at the beginning of the study was 62.9 ± 0.8kg, 62.8 ± 0.8kg, and 62.5 ± 0.9kg (Mean ± SD) for users of the LNG-IUS, the copper IUD, and DMPA, respectively. The BMI of women at the beginning of the study was 25.0 (±0.3), 26.4 (±0.3), and 25.5 (±0.4), (Mean ± SD), for users of the LNG-IUS, copper IUD, and DMPA, respectively. Increases in weight of 3.1kg, 4.9kg and 8.2kg were observed in the fifth year among users of the LNG-IUS, copper IUD, and DMPA, respectively (p = 0.009). Increase in BMI was observed among all the groups too (BMI at the end was 26.3 ± 0.7, 28.5 ± 0.8 and 28.7 ± 1.3 for users of the LNG-IUS, copper IUD and DMPA, respectively). Multivariate analysis showed that the time of use of the contraceptive method and the use of DMPA were significantly associated with weight increase. In conclusion, the use of a LNG-IUS resulted in no significant weight increase during the 5 years of use and the difference in weight was of the same magnitude as that of copper IUD users / Mestrado / Tocoginecologia / Mestre em Tocoginecologia
7

ConstruÃÃo e validaÃÃo de uma cartilha educativa sobre os cuidados no perioperatÃrio da cirurgia bariÃtrica / Development and validation of an educational booklet about the care os bariatric surgery in the perioperative.

LÃvia Moreira Barros 20 January 2015 (has links)
Conselho Nacional de Desenvolvimento CientÃfico e TecnolÃgico / Objetivou-se construir e validar uma cartilha educativa voltada para a promoÃÃo da saÃde de pacientes da cirurgia bariÃtrica sobre os cuidados no perioperatÃrio. Trata-se de um estudo de desenvolvimento metodolÃgico que envolveu quatro fases conforme Echer (2005): submissÃo ao comità de Ãtica; revisÃo integrativa sobre os cuidados no perioperatÃrio; elaboraÃÃo do material educativo a partir da busca em blogs de pacientes submetidos à cirurgia bariÃtrica para conhecer as principais dÃvidas entre os internautas, realizaÃÃo de grupos focais com pacientes do prà e pÃs-operatÃrio para identificar as necessidades de conhecimento sobre os cuidados no perioperatÃrio e realizaÃÃo de um brainstorming com a opiniÃo de profissionais de saÃde sobre o conteÃdo que deveria ser abordado no material educativo; validaÃÃo da cartilha com 47 juÃzes em cirurgia bariÃtrica, 11 juÃzes em designer grÃfico e 71 pacientes do prà e pÃs-operatÃrio. Utilizou-se o Ãndice de Validade de ConteÃdo (IVC) e estabeleceu-se uma concordÃncia de 85% entre os juÃzes de conteÃdo, 80% entre os juÃzes tÃcnicos e 70% entre os pacientes da cirurgia bariÃtrica. Foram selecionados 17 artigos na revisÃo e a maioria dos estudos foi elaborado por enfermeiros e publicado em periÃdicos da Ãrea da enfermagem, os quais tinham como objetivo contribuir para o aumento do conhecimento do enfermeiro sobre obesidade, cirurgia bariÃtrica e cuidados no perioperatÃrio. Nos 11 blogs incluÃdos na pesquisa, observou-se que hà mais dÃvidas sobre o pÃs-operatÃrio e os assuntos mais comentados sÃo: fases da dieta, perda de peso, efeito platÃ, queda de cabelo, sÃndrome de Dumping e deficiÃncias nutricionais. Nos grupos focais, os participantes do prÃ-operatÃrio relataram dÃvidas e medos principalmente sobre centro cirÃrgico e surgimento de complicaÃÃes. Quanto ao grupo do pÃs-operatÃrio, os sujeitos relatavam mais sobre o seu bem-estar e os benefÃcios do procedimento cirÃrgico. Com relaÃÃo aos profissionais de saÃde, verificou-se que os principais assuntos sÃo riscos e benefÃcios do procedimento cirÃrgico, papel da equipe multiprofissional, processo perioperatÃrio, fases da dieta, mudanÃas no estilo de vida, possÃveis complicaÃÃes e apoio familiar. Na primeira avaliaÃÃo da cartilha, o IVC global foi de 0,88 entre os juÃzes de conteÃdo e 0,73 entre os juÃzes tÃcnicos. ApÃs as reformulaÃÃes solicitadas, o IVC global aumentou para 0,97 e 0,91, respectivamente. Entre a populaÃÃo-alvo, a cartilha apresentou IVC global de 0,99 no grupo prÃ-operatÃrio e 0,95 no pÃs-operatÃrio. A cartilha âCirurgia bariÃtrica: cuidados para uma vida saudÃvelâ aborda informaÃÃes sobre o procedimento cirÃrgico, acompanhamento com a equipe multiprofissional, cuidados no perioperatÃrio, complicaÃÃes e dÃvidas frequentes. Conclui-se que a cartilha educativa representa um material vÃlido e confiÃvel com uma linguagem simples e layout atraente, a qual pode ser uma ferramenta a ser utilizada na educaÃÃo em saÃde por qualquer profissional envolvido na equipe da cirurgia bariÃtrica, podendo servir como apoio para os pacientes e seus familiares para a resoluÃÃo de dÃvidas e aumento do conhecimento sobre o tratamento, favorecendo o princÃpio da autonomia e o empoderamento desses indivÃduos.
8

A experiência positiva de mulheres obesas mórbidas acompanhadas em psicoterapia humanista : fenomelógica que passaram pela cirurgia bariátrica / A POSITIVE EXPERIENCE FOR OBESE WOMEN MORBID INTRODUCED INTO PSYCHOTHERAPY HUMANIST: PHENOMENOLOGICAL passing through BARIATRIC SURGERY (Inglês)

Almeida, Ilana Area Leao de 31 October 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:19:01Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-10-31 / The present study aims to understand what morbid obese females experienced upon undergoing bariatric surgery. From a mundane view, i.e., from the idea that human life is involved in the sensitive world, in history, in culture, a phenomenological inquiry was carried out by using psychotherapy sessions records and phenomenological inquiries with three former patients of this researcher, who agreed to cooperate in this inquiry. The results show that the bariatric surgery does not finish the treatment for morbid obesity to those who need it. The understanding of the physical change, through weight loss, which inevitably happens after the bariatric surgery, leads to the necessity that patients be accompanied in psychotherapy so that the effects of the surgery can be constantly maintained in their lives. The confidence resulted from the psychotherapy relation in a humanist phenomenological approach appears in the results of this inquiry as basic for a more ample understanding of the processes of emotional and behavioral changes which involve specially the anxiety that these patients take with them in their lives and that always needs to be re-organized psychologically. This study shows the emotional aspects of obesity, the level of mental distress that individuals experience when they are obese, emphasizing the necessity of a psychotherapy follow up to morbidly obese patients who need a bariatric surgery. Keywords: Obesity. Bariatric Surgery. Body. Anxiety. Psychotherapy. / O presente estudo propõe a compreender a experiência vivida por mulheres obesas mórbidas que se submeteram à cirurgia bariátrica. A partir de uma visão mundana, isto é, da noção de que a vida humana encontra-se envolvida no mundo sensível, na história, na cultura, foi realizada uma pesquisa fenomenológica, utilizando-se dos registros de sessões psicoterápicas e entrevistas fenomenológicas feitas com três ex-clientes desta pesquisadora, as quais concordaram serem sujeitos colaboradores desta pesquisa. Os resultados mostram que a cirurgia bariátrica não finaliza o tratamento da obesidade mórbida para pessoas que dela necessitam A compreensão da mudança corporal, através do emagrecimento, que acontece de forma inevitável após a cirurgia bariátrica, aponta para a necessidade de acompanhamento deste paciente em psicoterapia, a fim de que os efeitos da cirurgia possam se manter de forma permanente em suas vidas. A confiança advinda da relação psicoterápica em um enfoque humanista-fenomenológico aparece nos resultados desta pesquisa como fundamental para uma compreensão mais ampla dos processos de mudanças emocionais e comportamentais, que envolvem especialmente a ansiedade que estes pacientes carregam consigo em suas vidas e que precisa sempre ser reelaborada psicologicamente. Este trabalho vem mostrar os aspectos emocionais da obesidade, o grau de sofrimento psíquico que uma pessoa apresenta ao ser obeso, salientando a necessidade de um acompanhamento psicoterápico a pacientes obesomórbidos que necessitam fazer a cirurgia bariátrica. Palavras-Chave: Obesidade. Cirurgia Bariátrica. Corpo. Ansiedade. Psicoterapia.
9

Impacto da gastroplastia vertical com derivação gastro-jejunal em parametros metabolicos e correlações com a melhora da sensibilidade a insulina

Geloneze Neto, Bruno 11 August 2001 (has links)
Orientador : Marcos Antonio Tambascia / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-01T16:33:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 GelonezeNeto_Bruno_D.pdf: 17945718 bytes, checksum: be1b29f1fb065e61a830d7b3f6bba826 (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: A obesidade é um estado de resistência à insulina por excelência, e as morbidades metabólicas associadas compõem a chamada síndrome de resistência à insulina. Estas morbidades estão sensivelmente aumentadas na obesidade mórbida. O impacto da perda de peso na restauração da boa forma metabólica tem sido observado em séries clínicas em pacientes morbidamente obesos, mas os tratamentos conservadores têm sido ineficazes quanto à manutenção da perda de peso. A cirurgia bariátrica é o método mais radical para o tratamento da obesidade, sendo reservada para os casos de índice de massa corporal maior que 40 Kglm2, ou maior que 35 Kglm2 quando associado à co-morbidades significativas. A cirurgia antiobesidade leva a melhora de parâmetros metabólicos, em especial no diabetes tipo 2. No entanto, existem poucos estudos sobre o impacto da cirurgia sobre a resistência à insulina nestes pacientes. Além disso, não existem estudos pós-cirúrgicos correlacionando os achados clínicos de melhora metabólica com o aumento da ação insulínica.A partir do interesse em estudar a sensibilidade insulínica após a perda maciça de peso, nós realizamos prospectivamente em cinco diferentes momentos durante um ano de seguimento pós-cirúrgico, dois diferentes testes para avaliação da resistência à insulina: o teste de tolerância à insulina (Kitt) e o modelo homeostático da glicose (Homahomeostasis model assessement). Nós pudemos observar um paralelismo da melhora da resistência à insulina e dos parâmetros metabólicos (homeostasia da glicose e perfil lipídico), além do comportamento da leptina, em uma série de pacientes com tolerância normal à glicose, intolerância a carboidratos e diabetes. A maior contribuição do presente estudo foi estabelecer as correlações entre a melhora da condição metabólica, especialmente reversão do diabetes e da dislipidemia, e a redução da resistência à insulina. Além disso, observamos que o principal determinante da leptinemia foi à variação de peso e não a mudança da sensibilidade insulínica. Concluindo, a cirurgia bariátrica constitui-se num método eficiente para restaurar certos distúrbios metabólicos da obesidade mórbida, e o mecanismo determinante desta condição é a melhora da sensibilidade à insulina / Abstract: Obesity is an insulin resistance state par excellence, and the metabolic co-morbidity is part of a multifaceted syndrome called the insulin resistance syndrome. The morbidity in severely obese subjects has increased dramatically. The impact of weight loss in the restoration of metabolic fitness has been detected in many clinical series of severely obese patients, but conservative methods in treating class li obesity have been unsuccessful in securing significant weight loss as well as its maintenance. Bariatric surgery is the most radical treatment for obesity, generally being recommended for class li obesity or class II with severe co-morbidity. Data on bariatric surgery have shown improvement in metabolic parameters and particularly in glycemic control in Type 2 diabetic patients. Rowever, little data is available in regard to insulin resistance in severely obese patients. Moreover there are no studies correlating the metabolic improvement and changes in insulin sensibility afier surgery. As we were interested in studying the insulin sensitivity when morbidly obese patients loose massive amounts of weight, we assessed insulin resistance performing an insulin tolerance test (Kitt) and homeostasis model assessment (Roma) prospectively in a surgical series of patients while observing the correlation between amelioration in insulin resistance (Kitt) in parallel with improvement of the metabolic parameters (glucose homeostasis and lipid profile) and changes in leptin levels over a range of glucose tolerance from normal to diabetes. The most relevant contribution of this study was to establish the relationship between improvement in metabolic condition with reduction in insulin resistance, especially reversion of diabetes and dyslipidemia. Furthermore, we could observe that body mass index was the main determinant of the circulating leptin concentration, not depending on insulin action variation. In conclusion, bariatric surgery is an efficient method in restoring metabolic derangement associated with severe obesity, and the main determinant of this condition was the improvement in insulin sensibility / Doutorado / Endoclinologia / Doutor em Clínica Médica
10

Análise da pressão plantar de mulheres com obesidade : comparação de diferentes alturas de calçados de salto / Plantar pressure analysis of woman with obesity: a comparison af different heights of heeled shoes

Ribeiro, Mariê Souza 25 July 2016 (has links)
Submitted by Luiza Kleinubing (luiza.kleinubing@udesc.br) on 2018-03-07T17:45:16Z No. of bitstreams: 1 MARIÊ SOUZA RIBEIRO.pdf: 3270532 bytes, checksum: dbe2a5e0c3c78b557d98290871d9c1a6 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-03-07T17:45:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MARIÊ SOUZA RIBEIRO.pdf: 3270532 bytes, checksum: dbe2a5e0c3c78b557d98290871d9c1a6 (MD5) Previous issue date: 2016-07-25 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / The objective of this study is to evaluate the plantar pressure of women with obesity in two situations: when compared to a group of non-obese women; and while using heeled shoes of different heights. To carry out the evaluations quantitative and qualitative methods for data collection were chosen. Altogether fifteen voluntaries participated in the study, ten in the sample group (obese) and five in the control group (not obese). Three different shoes were tested, a low heel (2,8 cm), a medium heel (6,8 cm) and a high heel (8,5 cm). The experimental procedure consists in the gathering of the peak plantar pressure of each volunteer, as they were standing and walking. The test in movement had a repetition of seven attempts, with ten steps each, five in the left leg and five in the right leg. Were evaluated and compared: a) peak plantar pressure of both groups; b) peak plantar pressure of each shoe; c) perception of the groups as to the place of higher peak plantar pressure; d) registration of sites with higher peak plantar pressure made by a computer program. In low-heeled shoes, differences were found in peak plantar pressure between the groups when they were moving; In medium-heeled shoes while they were standing; and in high-heeled shoes in both conditions. Given that in all conditions, the group of obese women scored higher peak plantar pressure that the non-obese women group. As for differences in value in peak plantar pressure of the three shoes, significant differences were found in the static test of the sample group and dynamic test of the control group, however, all tests indicated the average heel with the highest peak pressure value. In the subjective evaluation, both groups had similar evaluations, different from the program, which pointed out significant differences between obese and non-obese volunteers. / O objetivo do presente trabalho foi avaliar a pressão plantar de mulheres com obesidade, em duas situações: quando comparadas com um grupo de mulheres não obesas; e enquanto utilizam calçados de salto de alturas diferentes. Para realizar essas avaliações foram escolhidos métodos quantitativos e qualitativos para a coleta de dados. Ao todo quinze voluntárias participaram do estudo, sendo dez do grupo amostra (obesas) e cinco do grupo controle (não obesas). Foram testados três calçados diferentes, um de salto baixo (2,8 cm), um de salto médio (6,8 cm) e um de salto alto (8,5 cm) O procedimento experimental consistia na coleta dos picos de pressão plantar de cada voluntária, enquanto estavam paradas e andando. A avaliação em movimento possuía uma repetição de sete tentativas, com dez passos cada, sendo cinco da perna esquerda e cinco da direita. Foram avaliados e comparados: a) pico de pressão plantar dos dois grupos; b) pico de pressão plantar de cada calçado; c) percepção dos grupos quanto ao local de maior pico de pressão plantar; d) registro dos locais com maior pico de pressão plantar feito pelo programa de computador. No calçado de salto baixo, foram encontradas diferenças nos picos de pressão plantar entre os grupos, quando estavam em movimento; no salto médio, enquanto estavam paradas; e no salto alto, em ambas as condições. Sendo que em todas as condições, o grupo de mulheres obesas registrou valores de picos de pressão mais elevados que do grupo de mulheres não obesas. Quanto as diferenças de valor no pico de pressão plantar de três calçados, foram encontradas diferenças significativas na posição estática do Grupo Amostra e em movimento do Grupo Controle, porém, todas as avaliações indicaram o salto médio com o maior valor de pico de pressão. Na avaliação subjetiva, ambos os grupos tiveram avaliações similares, diferente do programa, que apontou diferenças significativas entre as voluntárias obesas e as não obesas.

Page generated in 0.0627 seconds