• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 335
  • 4
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 347
  • 102
  • 82
  • 70
  • 66
  • 59
  • 57
  • 54
  • 49
  • 44
  • 43
  • 39
  • 37
  • 35
  • 33
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A transição do casal para a parentalidade

Corrêa, Cátia Nunes January 2001 (has links)
Esta dissertação propõe um estudo sobre uma etapa do desenvolvimento humano marcada por profundas transformações, a transição para a parentalidade. O tomar-se pai ou o tomar-se mãe, comparado a outros estágios do desenvolvimento humano, não tem recebido um tratamento adequado por parte dos pesquisadores. Procurando contribuir para uma maior compreensão nessa área de conhecimento, foi desenvolvido um estudo de caso instrumental (Stake, 1994), longitudinal, de natureza qualitativa, realizado em 2 etapas: a primeira, no último trimestre de gravidez e a segunda, aos três meses de vida do bebê. Em ambas etapas foram realizadas entrevistas individuais e conjuntas com os participantes. A amostra foi composta de seis casais adultos, com idade entre 20-40 anos, que esperavam seu primeiro filho ao ingressar na pesquisa. A análise dos dados foi realizada segundo a proposta de análise de conteúdo desenvolvida por Laville e Dionne (1997/1999), e apoiando-se na teoria psicanalítica, considerada em sua perspectiva desenvolvimentista. Os resultados desse estudo, tomados em conjunto, apontam para uma idealização em relação ao futuro, tanto por parte da gestante, quanto do futuro pai. As expectativas em relação ao bebê e ao relacionamento conjugal eram positivas e parecem ter se confirmado no t~rceiro mês de vida do bebê. O casal estava mais unido e percebia o cônjuge como um bom pai ou mãe. Todavia, se considerarmos as especificidades de cada caso, sobretudo no planejamento e confirmação da gravidez, nas vicissitudes observadas na elaboração de um espaço para o bebê durante a gravidez e após o nascimento do mesmo, percebemos a necessidade de compreendermos a transição para a parentalidade como uma etapa do desenvolvimento individual, uma vez que as dificuldades que surgiram entre os casais pareciam estar relacionadas às aquisições desenvolvimentais da vida adulta. / This thesis presents a study on a particular stage of human development that is characterized by deep changes: the transition to parenthood. Becoming the parent of a child, when compared to other stages of human development, is a stage that has not yet received adequate treatment by researchers. In attempt to contribute to a better understanding of this topic, a instrumental case study (Stake, 1994) was developed, which is logitudinal, of qualitative nature, and carried out in two parts: the first part, in the last trimester of pregnancy, and the second, when the baby is three months old. For both parts, serni-structured interviews, both individual and joint, were carried out with the participants. The sample comprised six adult couples, ages between 20-40, expecting their first-bom when they joined this research work. Data analysis was carried out according to Laville e Dionne (1997/1999), following their model for analysis of content, and based on theoretical conceptions developed within the psychoanalytic theory as considered from its developmental perspective. The results of the present study, taken as a set, show the corroboration of expectations of the pregnancy period. Once the baby was bom, the marital relationship improved, the couple became more connected, and the spouses saw each other as good parents. Considering the specificities of each case, it became clear that there is a need for better understanding the transition to parenthood as a stage of development, since the difficulties that emerged between the spouses seem to be associated with their achieving the third individuation (Corolassu, 1990). This third individuation equates with the developmental acquisitions of an adult individual.
2

Paternidade na adolescência : expectativas, sentimentos e a interação com o bebê

Levandowski, Daniela Centenaro January 2001 (has links)
O objetivo deste estudo foi examinar eventuais diferenças nas expectativas e sentimentos de futuros pais adolescentes e adultos, bem como sua interação com o bebê aos três meses de vida. Participaram do estudo 23 futuros pais, sendo doze adolescentes (M = 17,7 anos, DP = 1,0) e onze adultos (M = 29,9 anos, DP = 3,8). Todos esperavam seu primeiro filho. Os futuros pais foram entrevistados no final da gestação e quando o bebê completou três meses. Nesta ocasião foi realizada a observação da interação da díade pai-bebê. A expectativa inicial que previa diferenças entre os grupos não foi totalmente corroborada neste estudo. Análise de conteúdo das entrevistas, utilizando seis categorias temáticas, mostrou mais semelhanças do que particularidades em relação às expectativas e sentimentos dos futuros pais. O Teste de Mann-Whitney não revelou diferenças significativas na interação pai-bebê entre adolescentes e adultos. Estes resultados sugerem que a idade não é necessariamente um fator determinante para a transição para a paternidade, e que muitos adolescentes podem realizar este processo com sucesso, especialmente quando recebem apoio familiar e social.
3

Paternidade na adolescência : expectativas, sentimentos e a interação com o bebê

Levandowski, Daniela Centenaro January 2001 (has links)
O objetivo deste estudo foi examinar eventuais diferenças nas expectativas e sentimentos de futuros pais adolescentes e adultos, bem como sua interação com o bebê aos três meses de vida. Participaram do estudo 23 futuros pais, sendo doze adolescentes (M = 17,7 anos, DP = 1,0) e onze adultos (M = 29,9 anos, DP = 3,8). Todos esperavam seu primeiro filho. Os futuros pais foram entrevistados no final da gestação e quando o bebê completou três meses. Nesta ocasião foi realizada a observação da interação da díade pai-bebê. A expectativa inicial que previa diferenças entre os grupos não foi totalmente corroborada neste estudo. Análise de conteúdo das entrevistas, utilizando seis categorias temáticas, mostrou mais semelhanças do que particularidades em relação às expectativas e sentimentos dos futuros pais. O Teste de Mann-Whitney não revelou diferenças significativas na interação pai-bebê entre adolescentes e adultos. Estes resultados sugerem que a idade não é necessariamente um fator determinante para a transição para a paternidade, e que muitos adolescentes podem realizar este processo com sucesso, especialmente quando recebem apoio familiar e social.
4

A demanda de reconhecimento judicial da paternidade : uma interlocução da Psicanálise com o Direito

Damasceno, Wadson 17 August 2012 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica e Cultura, 2012. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-01-28T15:08:27Z No. of bitstreams: 1 2012_WadsonDamascenol.pdf: 713171 bytes, checksum: 4b0d264fd679d33278aaf3b1d64da968 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-02-01T13:28:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_WadsonDamascenol.pdf: 713171 bytes, checksum: 4b0d264fd679d33278aaf3b1d64da968 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-02-01T13:28:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_WadsonDamascenol.pdf: 713171 bytes, checksum: 4b0d264fd679d33278aaf3b1d64da968 (MD5) / Esta dissertação dedica-se à pesquisa sobre a demanda de reconhecimento judicial da paternidade cujos requerentes são maiores de idade, realizando uma interlocução entre o Direito e a Psicanálise. Trata-se de um estudo teórico que toma como base as elaborações de Freud e Lacan, alguns comentadores de suas obras e a doutrina do Direito de Família. O que leva um sujeito a demandar o reconhecimento judicial de sua paternidade? Esta pergunta é o eixo de nosso trabalho. Os dois primeiros capítulos foram dedicados ao campo jurídico. Neles, trabalha-se a questão da filiação na legislação brasileira, da ação de investigação de paternidade e da sua prova mestra – o exame de DNA (Deoxyribonucleic acid). Nos capítulos subsequentes, será abordada a relação entre a Psicanálise e a ciência por meio da noção de um termo comum: o sujeito; os conceitos psicanalíticos de necessidade, demanda e desejo; a origem mítica da Lei Simbólica – o Édipo em Freud, o Nome-do-Pai e metáfora paterna em Lacan. Revisar-se-á a tão antiga e tão atual questão sobre o pai, relacionado-a com os três registros – real, simbólico e imaginário –, culminando com o conceito de Nomes-do-Pai. Em sequência, um capítulo foi dedicado ao nome próprio, destacando sua relação com três formas de identificação na teoria freudiana e com conceito de traço unário. Para finalizar a pesquisa, trabalham-se os conceitos de genealogia, incesto e filiação em Pierre Legrende. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This paper is dedicated to research the demand for judicial recognition of fatherhood whose applicants are of legal age, holding a dialogue between Law and Psychoanalysis. This is a theoretical based on Freud's and Lacan's elaborations, and some reviewers of their works and teaching on Family Law. What leads an individual to sue for legal recognition of his fatherhood? This question is this work's center line. The first two chapters were dedicated to the legal field, in which the issue of filiation in Brazilian legislation was debated, the action of paternity and his master proof, the DNA test. The subsequent chapters deals with the relationship between psychoanalysis and science through the notion of a common term: the subject. Psychoanalytic concepts of need, demand and desire, the mythical origin of the symbolic Law – Oedipus in Freud and the Name-of-father and paternal metaphor in Lacan. We reviewed the current so old and so up to date issue about the Father in relationship with three levels of record, real, symbolic and imaginary, culminating with the concept Name of the Father. Following this, a chapter was devoted to the name of the subject, focusing on its relationship with three forms of identification in Freudian theory and concept of the unary trait. To finish the research, the concepts of genealogy, incest and filiation in Pierre Legrende's work have been considered.
5

A transição do casal para a parentalidade

Corrêa, Cátia Nunes January 2001 (has links)
Esta dissertação propõe um estudo sobre uma etapa do desenvolvimento humano marcada por profundas transformações, a transição para a parentalidade. O tomar-se pai ou o tomar-se mãe, comparado a outros estágios do desenvolvimento humano, não tem recebido um tratamento adequado por parte dos pesquisadores. Procurando contribuir para uma maior compreensão nessa área de conhecimento, foi desenvolvido um estudo de caso instrumental (Stake, 1994), longitudinal, de natureza qualitativa, realizado em 2 etapas: a primeira, no último trimestre de gravidez e a segunda, aos três meses de vida do bebê. Em ambas etapas foram realizadas entrevistas individuais e conjuntas com os participantes. A amostra foi composta de seis casais adultos, com idade entre 20-40 anos, que esperavam seu primeiro filho ao ingressar na pesquisa. A análise dos dados foi realizada segundo a proposta de análise de conteúdo desenvolvida por Laville e Dionne (1997/1999), e apoiando-se na teoria psicanalítica, considerada em sua perspectiva desenvolvimentista. Os resultados desse estudo, tomados em conjunto, apontam para uma idealização em relação ao futuro, tanto por parte da gestante, quanto do futuro pai. As expectativas em relação ao bebê e ao relacionamento conjugal eram positivas e parecem ter se confirmado no t~rceiro mês de vida do bebê. O casal estava mais unido e percebia o cônjuge como um bom pai ou mãe. Todavia, se considerarmos as especificidades de cada caso, sobretudo no planejamento e confirmação da gravidez, nas vicissitudes observadas na elaboração de um espaço para o bebê durante a gravidez e após o nascimento do mesmo, percebemos a necessidade de compreendermos a transição para a parentalidade como uma etapa do desenvolvimento individual, uma vez que as dificuldades que surgiram entre os casais pareciam estar relacionadas às aquisições desenvolvimentais da vida adulta. / This thesis presents a study on a particular stage of human development that is characterized by deep changes: the transition to parenthood. Becoming the parent of a child, when compared to other stages of human development, is a stage that has not yet received adequate treatment by researchers. In attempt to contribute to a better understanding of this topic, a instrumental case study (Stake, 1994) was developed, which is logitudinal, of qualitative nature, and carried out in two parts: the first part, in the last trimester of pregnancy, and the second, when the baby is three months old. For both parts, serni-structured interviews, both individual and joint, were carried out with the participants. The sample comprised six adult couples, ages between 20-40, expecting their first-bom when they joined this research work. Data analysis was carried out according to Laville e Dionne (1997/1999), following their model for analysis of content, and based on theoretical conceptions developed within the psychoanalytic theory as considered from its developmental perspective. The results of the present study, taken as a set, show the corroboration of expectations of the pregnancy period. Once the baby was bom, the marital relationship improved, the couple became more connected, and the spouses saw each other as good parents. Considering the specificities of each case, it became clear that there is a need for better understanding the transition to parenthood as a stage of development, since the difficulties that emerged between the spouses seem to be associated with their achieving the third individuation (Corolassu, 1990). This third individuation equates with the developmental acquisitions of an adult individual.
6

Paternidade na adolescência : expectativas, sentimentos e a interação com o bebê

Levandowski, Daniela Centenaro January 2001 (has links)
O objetivo deste estudo foi examinar eventuais diferenças nas expectativas e sentimentos de futuros pais adolescentes e adultos, bem como sua interação com o bebê aos três meses de vida. Participaram do estudo 23 futuros pais, sendo doze adolescentes (M = 17,7 anos, DP = 1,0) e onze adultos (M = 29,9 anos, DP = 3,8). Todos esperavam seu primeiro filho. Os futuros pais foram entrevistados no final da gestação e quando o bebê completou três meses. Nesta ocasião foi realizada a observação da interação da díade pai-bebê. A expectativa inicial que previa diferenças entre os grupos não foi totalmente corroborada neste estudo. Análise de conteúdo das entrevistas, utilizando seis categorias temáticas, mostrou mais semelhanças do que particularidades em relação às expectativas e sentimentos dos futuros pais. O Teste de Mann-Whitney não revelou diferenças significativas na interação pai-bebê entre adolescentes e adultos. Estes resultados sugerem que a idade não é necessariamente um fator determinante para a transição para a paternidade, e que muitos adolescentes podem realizar este processo com sucesso, especialmente quando recebem apoio familiar e social.
7

A transição do casal para a parentalidade

Corrêa, Cátia Nunes January 2001 (has links)
Esta dissertação propõe um estudo sobre uma etapa do desenvolvimento humano marcada por profundas transformações, a transição para a parentalidade. O tomar-se pai ou o tomar-se mãe, comparado a outros estágios do desenvolvimento humano, não tem recebido um tratamento adequado por parte dos pesquisadores. Procurando contribuir para uma maior compreensão nessa área de conhecimento, foi desenvolvido um estudo de caso instrumental (Stake, 1994), longitudinal, de natureza qualitativa, realizado em 2 etapas: a primeira, no último trimestre de gravidez e a segunda, aos três meses de vida do bebê. Em ambas etapas foram realizadas entrevistas individuais e conjuntas com os participantes. A amostra foi composta de seis casais adultos, com idade entre 20-40 anos, que esperavam seu primeiro filho ao ingressar na pesquisa. A análise dos dados foi realizada segundo a proposta de análise de conteúdo desenvolvida por Laville e Dionne (1997/1999), e apoiando-se na teoria psicanalítica, considerada em sua perspectiva desenvolvimentista. Os resultados desse estudo, tomados em conjunto, apontam para uma idealização em relação ao futuro, tanto por parte da gestante, quanto do futuro pai. As expectativas em relação ao bebê e ao relacionamento conjugal eram positivas e parecem ter se confirmado no t~rceiro mês de vida do bebê. O casal estava mais unido e percebia o cônjuge como um bom pai ou mãe. Todavia, se considerarmos as especificidades de cada caso, sobretudo no planejamento e confirmação da gravidez, nas vicissitudes observadas na elaboração de um espaço para o bebê durante a gravidez e após o nascimento do mesmo, percebemos a necessidade de compreendermos a transição para a parentalidade como uma etapa do desenvolvimento individual, uma vez que as dificuldades que surgiram entre os casais pareciam estar relacionadas às aquisições desenvolvimentais da vida adulta. / This thesis presents a study on a particular stage of human development that is characterized by deep changes: the transition to parenthood. Becoming the parent of a child, when compared to other stages of human development, is a stage that has not yet received adequate treatment by researchers. In attempt to contribute to a better understanding of this topic, a instrumental case study (Stake, 1994) was developed, which is logitudinal, of qualitative nature, and carried out in two parts: the first part, in the last trimester of pregnancy, and the second, when the baby is three months old. For both parts, serni-structured interviews, both individual and joint, were carried out with the participants. The sample comprised six adult couples, ages between 20-40, expecting their first-bom when they joined this research work. Data analysis was carried out according to Laville e Dionne (1997/1999), following their model for analysis of content, and based on theoretical conceptions developed within the psychoanalytic theory as considered from its developmental perspective. The results of the present study, taken as a set, show the corroboration of expectations of the pregnancy period. Once the baby was bom, the marital relationship improved, the couple became more connected, and the spouses saw each other as good parents. Considering the specificities of each case, it became clear that there is a need for better understanding the transition to parenthood as a stage of development, since the difficulties that emerged between the spouses seem to be associated with their achieving the third individuation (Corolassu, 1990). This third individuation equates with the developmental acquisitions of an adult individual.
8

Concepção de filhos, concepções de pai : algumas reflexões sobre reprodução e genero

Costa, Rosely Gomes 08 October 2001 (has links)
Orientador : Suely Kofes / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas / Made available in DSpace on 2018-07-28T07:52:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Costa_RoselyGomes_D.pdf: 15698789 bytes, checksum: 78ff327251a3ede5bfd5d686b82c739a (MD5) Previous issue date: 2001 / Resumo: Nao informado / Abstract: Not informed. / Doutorado / Doutor em Antropologia Social
9

Processo criativo do artefato 'barriga gravida' : uma contribuição para a vivencia de parte da concretude biologica da gravidez pelo homem/pai

Vasques, Cintia Maria 24 January 2002 (has links)
Orientador: Antonieta Keiko Kakuda Shimo / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-04T10:14:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Vasques_CintiaMaria_M.pdf: 552512 bytes, checksum: 4f7e815b6fe35b61e09e40728c0d0bd0 (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: O presente estudo foi motivado por observações não sistematizadas da participação de casais grávidos durante cursos e oficinas de preparo para o parto. Observamos a admiração do homem pela barriga grávida de sua companheira, e também sua necessidade de melhor apreender e compreender a concretude biológica de estar gestando um filho. O objetivo deste estudo foi criar um artefato que simulasse uma barriga grávida, para que, mediante seu uso, o homem sentisse parte da concretude biológica de estar gestando um filho, e também se identificasse com a companheira grávida. O processo criativo foi o referencial teórico e fundamentou o percurso mental para elaboração técnica do artefato criado. Fizemos uma revisão sobre maternidade e paternidade no contexto atual, tentando trazer à tona o significado da barriga grávida para o homem / pai, podendo, assim, contribuir para o exercício da imaginação e da paternidade por meio do uso de um artefato. Traduzimos na metodologia o trajeto percorrido pelas fases do processo criativo apresentadas por KNELLER (1978), por se assemelharem aos passos por nós elaborados e vividos, tornando mais didática a descrição da criação do invento em questão. Obtivemos como resultado a confecção de dois protótipos, dos quais o segundo atingiu as dimensões e o peso desejados, simulando uma barriga grávida compatível com final de gestação. Seu uso teve boa aceitação pelos profissionais e casais que inicialmente o testaram. Considera-se que futuras pesquisas poderão ser feitas com a utilização desse invento / Abstract: This study was motivated by observations of the pregnant couples during prenatal classes. We observed the admiration that the man had by his wife's pregnant belly, and also his need to get more understanding regarding biological and physical condition of being pregnant. The main objective was to create an invention, which could simulate a pregnant belly to help the men to feel part of biological and physical condition of being pregnant, and also to identify themselves with their wifes, as well. The creative process was our theoretical concerning and gave bases to the technical elaboration of this invention. We had done revision of bibliography giving emphasis to fatherhood and motherhood at nowadays context, trying to bring the meaning of the pregnant belly to the man/father. Some how, it could contribute to the fatherhood concepts through the invention usage. Our methodology followed the steps presented by KNELLER (1978), because its run toward the steps lived by us, becoming more didactic the description of the invention. The result was the confection of two prototypes, of which the second reached measurements and weight desirable, simulating a pregnant belly compatible with forty weeks pregnancy. The utilization of this invention had great acceptance among professionals, and couples who had first tested it. We think that research could be done using this invention in the future / Mestrado / Enfermagem e Trabalho / Mestre em Enfermagem
10

O pai no parto : enfoque de gênero

Souza, Vera Lucia Nogueira de 30 April 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:50:02Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-04-30 / This study aims to address a broader comprehension regarding the father at birth: their presence in certain spaces assuming roles previously seen as only suitable for females, as in the case of accompanying women during childbirth in hospitals. The objective of this study consisted of investigating the contexts of the birth of a child and parent participation in childbirth, focusing on gender implications. This is a descriptive qualitative study whose setting was a philanthropic hospital located in Cascavel, Ceará linked to Brazil s Sistema Único de Saúde scheme. The hospital is a reference point for maternal and child healthcare. The study included thirteen men who accompanied their in-labor partners at the time of admission to the Center for Vaginal Childbirths. All data collection was conducted through semi-structured interviews and was processed using the Content Analysis technique. Ethical and legal aspects followed the recommendations of Resolution 466/12. The Ethics Committee of UNIFOR approved the study (Ruling #520.876). From the analysis, the findings were based on current literature. This study identified that the arrival of a child triggers diverse and singular feelings, from intense joy to negative feelings. As for representations of what is to be a father in Brazilian society, the views of the respondents illustrated different aspects of being a father. Perceptions of labor revealed that the event generates fear and pain but also is representative of life. Regarding the reasons for not participating in the childbirth, the fathers cited hospital routines, the attitudes of some professionals, a lack of preparation for fathers during the prenatal period, incompatible work schedules, and fear. This study identified that while fathers desired to participate in childbirth, they also presented reasons not to participate, demonstrating a cultural gender issue that permeates our society. Thus, it is necessary to implement strategies which will create changes regarding paternal access to health services, from prenatal visits to the delivery. / O presente estudo intenciona em abordar uma compreensão mais ampliada acerca do pai no parto, relacionado à presença destes em determinados espaços assumindo papeis até então encarados como somente adequados ao perfil feminino; como é o caso de acompanhantes durante o parto nas instituições hospitalares. O objetivo da pesquisa constituiu em investigar os contextos do nascimento de um filho e participação do pai no parto, pondo foco nas implicações de gênero. Trata-se de um estudo qualitativo, do tipo descritivo, cujo cenário foi uma unidade hospitalar situado no município de Cascavel-CE de caráter filantrópico conveniado com o Sistema Único de Saúde. É hospital polo de referência em saúde materno infantil. Participaram do estudo treze homens que estavam acompanhando suas parceiras em trabalho de parto no momento da admissão no Centro de parto normal. A coleta de dados foi realizada por meio da técnica de entrevista semiestruturada. Os dados foram processados pela técnica da análise de conteúdo. Os aspectos éticos e legais foram respeitados, segundo a Resolução 466/12. A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética da UNIFOR - parecer nº 520.876. A partir da análise, os achados foram fundamentados em literatura atual. Identificou que a chegada de um filho desencadeia diversos e singulares sentimentos, desde alegrias intensas até sentimentos negativos. Quanto às representações do que é ser pai em nossa sociedade, na ótica dos entrevistados foi visibilizado o pai em diferentes aspectos. A percepção sobre o trabalho de parto foi apontado pelos pais como um evento que gera medo e dor, porém foi considerado como algo representativo da vida. Quanto aos motivos para não participarem do parto foram citados as rotinas hospitalares, postura de alguns profissionais, a falta de preparo do pai durante o pré-natal, a incompatibilidade com o horário de trabalho e o medo. Foi identificado que os pais ao mesmo tempo em que desejavam participar do parto, apresentavam argumentos para não participar, evidenciando uma questão cultural e de gênero impregnada em nossa sociedade. Dessa forma é necessário implantar estratégias para oportunizar mudanças quanto ao acesso dos pais aos serviços de saúde desde o pré- natal até o parto.

Page generated in 0.0529 seconds