• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 5
  • Tagged with
  • 5
  • 5
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estudo de comunidades bacterianas de solos de manguezal da Barra Grande, Icapui - Ce e seleção de cepas com potencial para degradar hidrocarbonetos

Rocha, Lidianne Leal January 2008 (has links)
ROCHA, L. L. Estudo de comunidades bacterianas de solos de manguezal da Barra Grande, Icapui - Ce e seleção de cepas com potencial para degradar hidrocarbonetos. 2008. 87 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008. / Submitted by Solange Gomes (solagom@yahoo.com.br) on 2013-02-05T19:07:57Z No. of bitstreams: 1 Lidianne Leal Rocha.pdf: 4237870 bytes, checksum: a422868f7ed7096d63d141961e2729c2 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2013-06-04T15:21:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Lidianne Leal Rocha.pdf: 4237870 bytes, checksum: a422868f7ed7096d63d141961e2729c2 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-06-04T15:21:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Lidianne Leal Rocha.pdf: 4237870 bytes, checksum: a422868f7ed7096d63d141961e2729c2 (MD5) Previous issue date: 2008 / Os manguezais são ecossistemas entremarés produtivos e biologicamente importantes que ocorrem em regiões tropicais e subtropicais do mundo. Áreas de manguezais não perturbados fornecem habitats para uma variedade de plantas, animais e microrganismos. Estes ecossistemas recebem materiais sedimentares do mar e continente, tornando-se uma área de transição com elevada produtividade. Importantes processos, tais como ciclagem de nutrientes, estão diretamente conectados à atividade e diversidade das comunidades microbianas dos solos do manguezal. No entanto, devido a sua localização estratégica, manguezais têm sido amplamente impactados por todo o mundo. A compreensão da estrutura e das funções das comunidades microbianas e suas adaptações às alterações ambientais resultantes de xenobióticos, alterações climáticas e a prática industrial, tais como a exploração petrolífera, é essencial para manter ou restabelecer funções desejáveis do ecossistema. Dessa forma, o presente estudo investigou a estrutura de comunidades bacterianas de amostras de solos do manguezal da Barra Grande, Icapuí (37° 20’W, 4° 40’S), por método independente de cultivo usando Polimorfismo do Tamanho de Fragmentos de Restrição Terminal (T-RFLP) e também avaliou o método dependente de cultivo (enriquecimento) para isolar cepas de bactérias com potencial para degradar petróleo e n-Hexadecano. Um total de três pontos foi amostrado ao longo do manguezal, com 150 metros de distância entre cada um deles. Temperatura, pH, salinidade, matéria orgânica e granulometria dos solos foram medidas. Análises de T-RFLP foram feitas após a digestão de DNA genômico com as enzimas Hha I e Msp I e o número e diversidade de Unidades Taxonômicas operacionais (OTU) de cada amostra foi analisado pelo programa T-Align (Applied Biosystems). A cepa selecionada para testes de diferentes concentrações de n-Hexadecano foi identificada pelo seqüenciamento do gene do rRNA 16S. Esta cepa foi também avaliada em relação à susceptibilidade a radiação UV e antibióticos. Os resultados mostraram que as comunidades bacterianas de solos do manguezal são semelhantes em número de OTUs, mas diferem em composição. Provavelmente a peculiaridade das variáveis físico-químicas e granulometria do solo são responsáveis pelas diferenças na composição e estrutura das comunidade s bacterianas. Dezoito cepas de bactérias foram isoladas de culturas de enriquecimento com petróleo e quatro cepas mostraram potencial particular para degradar n-Hexade cano. Uma cepa identificada como Acinetobacter sp. IC18 foi caracterizada como uma boa degradadora de hidrocarboneto, pois foi capaz de degradar 1% do -Hexadecano em 48 horas. Esta cepa também utilizou cerca de 30% de uma concentração total de 20% (v/v) de n-Hexadecano durante o mesmo período de incubação. Além disso, IC18 foi susceptível a vários antibióticos e resistente à radiação UV. Em conclusão, a estrutura da comunidade bacteriana de solos do manguezal da Barra Grande parece não ser afetada pela presença da exploração petrolífera em Icapuí. Além disso, os solos deste manguezal são colonizados por várias cepas com potencial para degradar hidrocarbonetos, que é particularmente interessante em virtude do risco de derramamentos de petróleo.
2

Ecologia microbiana de sedimentos de manguezal do Estado do Ceará

Colares, Geórgia Barguil January 2014 (has links)
COLARES, Geórgia Barguil. Ecologia microbiana de sedimentos de manguezal do Estado do Ceará. Fortaleza (CE), 2014. 162 f. Tese (Doutorado em Ciências Marinhas Tropicais) – Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014. / Submitted by Nadsa Cid (nadsa@ufc.br) on 2016-06-15T14:39:34Z No. of bitstreams: 1 2014_tese_gbcolares.pdf: 3566267 bytes, checksum: 7ab08cff14d0d5aa13cbdd42f4df3baf (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid (nadsa@ufc.br) on 2016-06-15T14:40:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_tese_gbcolares.pdf: 3566267 bytes, checksum: 7ab08cff14d0d5aa13cbdd42f4df3baf (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-15T14:40:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_tese_gbcolares.pdf: 3566267 bytes, checksum: 7ab08cff14d0d5aa13cbdd42f4df3baf (MD5) Previous issue date: 2014 / Mangroves are highly productive coastal ecosystems found in tropical and subtropical climates, with Brazil having the second largest mangrove area in the world and the largest in the Americas. Although the macro ecology of these environments is well known, little is known about the microbial community. The objective of this study was to contribute to the knowledge of the microbial ecology of mangrove sediments investigating mangroves of the state of Ceará (Pacoti, Ceará, Coreaú and Acaraú) subjected to different types of impacts, having a pristine mangrove (Timonha) as a reference. One of the studies involved a five-year monitoring of the microbial community structure in the sediment in the root zones of Rhizophora mangle in Pacoti mangrove. A second approach comprised a biogeographic study of microbial communities in sediments without vegetation and in the root zones of R. mangle and Avicennia shaueriana in five mangroves. These two studies were performed using PCR- DGGE and analyses of environmental variables and their correlations. The last approach sought to characterize the taxonomic diversity of the five mangroves using high-throughput sequencing. The results of the five-year monitoring of bacteria and archaea showed variation in the structure of these communities, and this variation was mostly explained by the silt-clay contents. The ribotype richness for Bacteria and Archaea ranged from 10-29 and 14-38, respectively, and the site most distant to the sea presented the lowest average richness for both domains. In the biogeographic study the structure of bacterial and archaeal communities was largely explained by the silt-clay contents, but also by the mangrove species, since the sediments of vegetated areas were more similar to each other than with the unvegetated sediments. The five mangroves differed regarding to the microorganism richness, with Pacoti having the second highest richness of bacteria and the lowest of archaea. By analyzing the richness in the habitats, the unvegetated area showed lower bacterial richness, especially in the mangroves impacted by shrimp farming. Regarding the taxonomic diversity the predominance of the phylum Proteobacteria in the mangroves was detected, with the exception of Pacoti, which showed higher abundance of Firmicutes. Among the most abundant phyla Bacteroidetes, Actinobacteria, Acidobacteria, Chloroflexi and Planctomycetes were also detected. The most abundant classes of Proteobacteria in the five mangroves were Gamma, Delta, Alpha and Epsilonproteobacteria. Only two phyla of Archaea were detected in the five mangroves, Crenarchaeota and Euryarchaeota. Interestingly, Ceará mangrove exhibited some unique genera of archaea, including Halobacterium, Natrococcus and Thermogymnomonas. This first dataset for northeast Brazil mangroves clearly demonstrates the existence of structural patterns of the communities of Bacteria and Archaea and these patterns were molded primarily by the silt-clay contents and habitat type. Seven phyla of Bacteria and two of Archaea dominate these mangroves. This basal phyla composition comprises a wide range of genera that distinguishes each mangrove and signals for a high functional redundancy. This complex microbial diversity is responsible for the mangrove functioning and contributes to the resilience of these ecosystems, emphasizing the importance of their conservation. / Os manguezais são ecossistemas costeiros produtivos encontrados em regiões de clima tropical e subtropical, tendo o Brasil a segunda maior área de manguezal do mundo e a maior do continente americano. Embora a macro ecologia desses ambientes seja bastante conhecida, pouco se sabe sobre a comunidade microbiana. O objetivo deste trabalho foi contribuir para o avanço do conhecimento da ecologia microbiana de sedimentos de manguezais, através de uma varredura em manguezais do estado do Ceará (Pacoti, Ceará, Coreaú e Acaraú) submetidos a diferentes tipos de impactos, tendo um manguezal pristino (Timonha) como referência. Um dos estudos envolveu o monitoramento durante 5 anos da estrutura da comunidade microbiana de sedimentos em zonas de raízes de Rhizophora mangle no manguezal do Pacoti. Uma segunda abordagem abrangeu um estudo biogeográfico das comunidades microbianas em sedimentos sem vegetação e em zonas de raízes de R. mangle e Avicennia shaueriana nos cinco manguezais. Esses dois estudos foram feitos usando a técnica de PCR-DGGE e análises de variáveis ambientais e suas correlações. A última abordagem buscou caracterizar a diversidade taxonômica dos cinco manguezais através do sequenciamento em larga escala. O resultado de cinco anos de monitoramento das comunidades de bactérias e arqueias mostrou variação na estrutura dessas comunidades e que esta foi em maior parte explicada pelo conteúdo de silte-argila. A riqueza de ribotipos para Bacteria e Archaea variou de 10 a 29 e de 14 a 38, respectivamente, sendo a região mais distante do mar a que apresentou menor média de riqueza para ambos os domínios. No estudo biogeográfico, a estrutura das comunidades de Bacteria e Archaea foi, em grande parte, explicada pelo conteúdo de silte-argila, mas também pela espécie de mangue, já que os sedimentos das áreas vegetadas foram mais similares entre si do que com os sedimentos de áreas sem vegetação. Os cinco manguezais diferiram com relação à riqueza de micro-organismos, sendo o manguezal do Pacoti o que apresentou a segunda maior riqueza de bactérias e a menor de arqueias. Ao analisar a riqueza por habitat, a área sem vegetação apresentou menor riqueza de bactérias, principalmente nos manguezais impactados pela carcinicultura. Quanto à diversidade taxonômica, foi detectada a predominância do filo Proteobacteria nos manguezais, com exceção do Pacoti, que apresentou maior abundância de Firmicutes. Entre os filos mais abundantes também se encontram Bacteroidetes, Actinobacteria, Acidobacteria, Chloroflexi e Planctomycetes. As classes de Proteobacteria mais abundantes nos cinco manguezais foram Gamma, Delta, Alpha e Epsilonproteobacteria. Foram detectados apenas dois filos de Archaea nos cinco manguezais, Crenarchaeota e Euryarchaeota. O manguezal do rio Ceará se destacou por apresentar alguns gêneros exclusivos de Archaea, incluindo Halobacterium, Natrococcus e Thermogymnomonas. Esse primeiro conjunto de dados para manguezais do Nordeste do Brasil demonstra claramente a existência de padrões de estruturas de comunidades de Bacteria e Archaea, padrões esses moldados principalmente pelo conteúdo de silte-argila e tipo de habitat. Sete filos de Bacteria e dois de Archaea dominam esses manguezais. Essa composição basal de filos por sua vez, compreende uma extensa diversidade de gêneros que distingue cada manguezal e sinaliza para uma alta redundância funcional. Essa complexa diversidade microbiana responde pelo funcionamento e contribui para a reconhecida resiliência desses ecossistemas, ressaltando a importância de sua conservação.
3

Diversidade e estrutura de comunidades microbianas associadas à rizosfera de Rhyzophora mangle do manguezal do Rio Pacoti, zona leste da costa cearense

Colares, Geórgia Barguil January 2010 (has links)
COLARES, Geórgia Barguil. Diversidade e estrutura de comunidades microbianas associadas à rizosfera de Rhyzophora mangle do manguezal do Rio Pacoti, zona leste da costa cearense. 2010. 59 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010. / Submitted by Nadsa Cid (nadsa@ufc.br) on 2012-02-01T12:33:02Z No. of bitstreams: 1 2010_dis_gbcolares.pdf: 1451764 bytes, checksum: ba4d1834ee440bb792b4d8c6225f067e (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2012-02-02T16:38:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_dis_gbcolares.pdf: 1451764 bytes, checksum: ba4d1834ee440bb792b4d8c6225f067e (MD5) / Made available in DSpace on 2012-02-02T16:38:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_dis_gbcolares.pdf: 1451764 bytes, checksum: ba4d1834ee440bb792b4d8c6225f067e (MD5) Previous issue date: 2010 / Mangroves are coastal ecosystems which occur in tropical and subtropical regions, subjected to tidal action. These ecosystems are very important for species reproduction and act as shoreline protectors. Mangroves are usually highly populated areas and are exposed to various human impacts, such as the discharge of untreated sewage, deforestation and river silting. These impacts affect populations of animals, plants and microorganisms that inhabit these areas, causing a loss of diversity. The mangrove soil microorganisms represent a considerable portion of the activities of nutrient cycling and decomposition of waste with a fundamental importance for the ecosystem balance. However, studies focusing on the diversity and structure of microorganism communities in mangroves soils are still limited by cultivation techniques. With the advance of the molecular biology techniques, using the gene encoding the 16S subunit of the ribosomal RNA, the study of microbial communities that would not be accessed by traditional methods of cultivation was enabled. Thus, this study aims to investigate the structure and diversity of soil microbial communities from the rhizosphere of Rhizophora mangle from the Pacoti River, located in the metropolitan region of Fortaleza, using Denaturing Gradient Gel Electrophoresis (DGGE), obtaining diversity profiles and characterizing the mangrove microbial communities and to compare it to the data obtained from the environmental variables and soil characteristics. Results showed that the mangrove soils microbial communities are similar in number of OTUs, but differ in composition. The physical and chemical variables and soil characteristics are responsible for the differences in the microbial communities‟ composition and structure, although the rhizosphere effect determines the occurrence of various OTUs in common among the sampling sites. The communities‟ diversity analysis showed that they are in balance due to the fact that there is no dominance of OTUs and the communities present spatial and temporal similarities. In conclusion, the Rhizophora mangle rhizosphere soils of the Pacoti River mangrove harbor diverse and stable microbial communities that differ in structure and in composition / Os manguezais são ecossistemas costeiros que ocorrem em regiões de clima tropical e subtropical, sujeitos a ação das marés. São regiões de extrema importância para a reprodução de espécies, atuam como aparadores da linha da costa e possuem espécies vegetais endêmicas, conhecidas como mangue. Os manguezais geralmente são áreas bastante populosas, estando sujeitos a diversos impactos antrópicos, como a descarga de esgotos não-tratados, o desmatamento das espécies vegetais e assoreamento dos rios. Esses impactos afetam as populações de animais, vegetais e de micro-organismos habitantes dessas áreas, acarretando uma perda de diversidade desses organismos. Os micro-organismos do solo dos manguezais representam uma considerável parcela das atividades de ciclagem de nutrientes e decomposição de detritos, tendo fundamental importância para o equilíbrio dos ecossistemas. Entretanto, estudos de diversidade e estrutura dessas comunidades de micro-organismos em solos de manguezais são ainda escassos pela dificuldade de cultivo desses seres em laboratório. Com o avanço da biologia molecular, suas técnicas de estudo de diversidade utilizando o gene do rRNA 16S, houve a oportunidade de se estudar comunidades microbianas que não seriam acessadas por métodos de cultivos tradicionais. Deste modo, este estudo visa investigar a estrutura e a diversidade das comunidades microbianas do solo da rizosfera de Rhizophora mangle do manguezal do Rio Pacoti, localizado na região metropolitana de Fortaleza, através da técnica de Eletroforese em Gel de Gradiente Desnaturante (DGGE), assim podendo obter perfis de diversidade e caracterizar as comunidades microbianas habitantes do manguezal, compararando os dados obtidos com as variáveis ambientais e características do solo. Os resultados mostraram que as comunidades microbianas de solos do manguezal são semelhantes em número de UTOs, mas diferem em composição. As variáveis físico-químicas e as características do solo são responsáveis pelas diferenças na composição e estrutura das comunidades microbianas, apesar de que o efeito rizosférico determina a ocorrência de muitas UTOs em comum entre os diferentes pontos de coleta. As análises de diversidade das comunidades mostraram que estas estão em equilíbrio por não haver dominância de UTOs e por apresentarem similaridades entre os pontos e períodos analisados. Em conclusão, os solos da rizosfera de Rhizophora mangle do manguezal do Rio Pacoti abrigam comunidades microbianas diversas, em equilíbrio, que diferem em estrutura e composição
4

Frequência de bactérias produtoras de biossurfactantes lipopeptídeos em sedimentos de manguezais do Ceará

Lima, Luina Benevides January 2013 (has links)
LIMA, L. B. Frequência de bactérias produtoras de biossurfactantes lipopeptídeos em sedimentos de manguezais do Ceará. 2013. 54 f. Dissertação (mestrado em Ciências Marinhas Tropicias) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. / Submitted by Nadsa Cid (nadsa@ufc.br) on 2015-04-17T16:08:06Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_lblima.pdf: 1244329 bytes, checksum: 08b0d768517c37f790e3a264b1bcf376 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2015-04-17T16:08:17Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_lblima.pdf: 1244329 bytes, checksum: 08b0d768517c37f790e3a264b1bcf376 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-17T16:08:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_lblima.pdf: 1244329 bytes, checksum: 08b0d768517c37f790e3a264b1bcf376 (MD5) Previous issue date: 2013 / Biosurfactants are surface-active molecules with amphipathic character and natural origin, with an important physiological role for the producing organisms. These compounds have a wide range of industrial applications and there is a continuous search for new molecules. High diversity environments and still poorly understood, such as mangroves, represent promising sources of those metabolites producers. In this study, sediment samples from Timonha and Icapuí mangroves were used for the isolation of biosurfactant producing bacteria. The samples were heated at 60 °C/1 h to promote selection of spore-producing bacteria, which comprises the genus Bacillus, known to produce biosurfactants. Then, 200 microorganisms were selected and studied for biosurfactant production by cultivation in Surfactin Broth at 30 °C for 48 h. The cultures were centrifuged to separate the supernatant of cells, which were washed and eluted with distilled water. The screening for biosurfactant producing bacteria was performed using the emulsification test (E24) with the cells and supernatants, medium’s surface tension reduction, search for genes related to the production of surfactin and iturin, dispersant activities and productivity. From the hundred isolated from mangrove Timonha, 28 had emulsification index above 50% with the supernatants, and only 6 had good rates with cells. In Icapuí mangrove, 18 isolates had good rates with the supernatants, and only 4 with cells. No difference can be attributed to the different impact degrees of mangroves. The genes studied were found as follows: sfp - present in seven isolates from Timonha, and eleven from Icapuí; ituD and lpa14– detected in five isolates from Timonha and five from Icapuí. Bacteria with good results in E24 and surface tension reduction, but negative for the genes tested may consist of sources of new biomolecules. Thirteen isolates showed excellent oil dispersant activity, with formation of halos with the maximum size allowed by the petri dish. The present results show the great potential existing in mangroves microbiota for the production of surfactants lipopeptide and suggest an intrinsic role of these compounds in producing populations. / Biossurfactantes são moléculas de caráter anfipático, que apresentam características tensoativas importantes para os organismos produtores. Esses compostos apresentam um vasto campo de aplicação industrial, havendo uma contínua busca por novas moléculas. Ambientes de alta diversidade e ainda pouco estudados, como os manguezais, representam fontes promissoras de micro-organismos produtores desses metabólitos. Nesse trabalho, amostras de sedimentos de dois manguezais do Ceará, Timonha e Icapuí, foram utilizadas para o isolamento de bactérias produtoras de biossurfactantes, com o intuito de verificar a frequência desses compostos em sedimentos de manguezais e uma possível correlação com o grau de impactação do ambiente. Amostras de sedimentos foram aquecidas a 60 °C por 1 h, para promover a seleção de bactérias produtoras de esporos, conhecidas por produzirem biossurfactantes. Ao final do processo de isolamento foram selecionados 200 isolados que foram cultivados em Caldo Surfactina a 30 °C por 48 h. As culturas foram então centrifugadas, para separar o sobrenadante das células, que foram lavadas e eluidas em água destilada. O estudo da produção de biossurfactantes envolveu ensaios de emulsificação (E24), determinação da redução da tensão superficial, pesquisa dos genes para surfactina e iturina, capacidade de dispersão de óleo e determinação da concentração de biossurfactantes. Dos 100 isolados provenientes do manguezal de Timonha, 28 produziram índices de emulsificação acima de 50%, contra 18 dos 100 isolados do manguezal de Icapuí. O gene para surfactina (sfp) foi detectado em 7 isolados de Timonha e em 11 de Icapuí, enquanto os genes para iturina (ituD e lpa14) foram detectados em 5 isolados de Timonha e em 5 de Icapuí. Também foram encontrados isolados capazes de promover emulsificação e de reduzir a tensão superficial, que não carregavam os genes para surfactina e iturina, sugerindo a produção de outros tensoativos. Treze isolados se destacaram pela excelente capacidade de dispersar óleo derramado em água. Não se obsevou nenhuma correlação entre o grau de impactação dos manguezais estudados com a produção de biossurfactantes. Os resultados obtidos nesse trabalho revelam o grande potencial existente na microbiota dos manguezais para a produção de surfactantes lipopeptídeos e sugerem um papel intrínseco desses compostos nas populações produtoras.
5

O discurso da mídia impressa do Ceará sobre a carcinicultura entre 2002 e 2005 / Speech of printed media Ceará about shrimp between 2002 and 2005

Crispim, Maristela Machado January 2008 (has links)
CRISPIM, Maristela Machado. O discurso da mídia impressa do Ceará sobre a carcinicultura entre 2002 e 2005. 2008. 103 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente - PRODEMA, Fortaleza-CE, 2008. / Submitted by guaracy araujo (guaraa3355@gmail.com) on 2016-05-18T16:51:23Z No. of bitstreams: 1 2008_dis_mmcrispim.pdf: 1726640 bytes, checksum: a9e376e2077f1643c243bd753abbf3f6 (MD5) / Approved for entry into archive by guaracy araujo (guaraa3355@gmail.com) on 2016-05-18T16:57:04Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_dis_mmcrispim.pdf: 1726640 bytes, checksum: a9e376e2077f1643c243bd753abbf3f6 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-05-18T16:57:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_dis_mmcrispim.pdf: 1726640 bytes, checksum: a9e376e2077f1643c243bd753abbf3f6 (MD5) Previous issue date: 2008 / The Ceará’s press media discourse about shrimp aquaculture, between 2002 and 2005, is the principal theme of this research, which approach is the 43 newspaper reports titles about shrimp aquaculture, published on “Diário do Nordeste” and “O Povo” newspapers. To do it, at first, a research on shrimp aquaculture activity at Ceará State was made, utilizing the most important studies published about it. On this reconstruction, are considered sustainability; Economy, Ecology and Entropy Law concepts and its implications on socio-environmental questions; the mangrove importance; the shrimp aquaculture development on Ceará State; and, also, some of the principals impacts related to the activity, as the destruction and / or interference on the mangrove ecosystem balance. It’s also treated the environmental news construction, emphasizing not only the mediation activity between the occurrence and the reader. For this, reference researches from the journalism theories are emphasized, including the Newsmaking, which concerns to de relevance and noticiability criteria, the news-value of selection and construction, and the reading contract. The ethic and the journalism on environmental questions are also focused; considering the challenge of being journalist incorporating the complex thinking virtues on the reality construction work. To the comprehension of the press media discourse, is utilized the Discourse Analysis’ theory methodological tools, beginning from the necessity to join language [text] and ideology [context], to the comprehension of sense construction, with it’s enunciatively strategies. The objective is verify how, through the titles, on the various parts of the two newspapers, the theme was treated on the emphasized period of the analysis – considering the text and the context of the newspaper reports production – to show how the Ceará’s shrimp aquaculture discourse is constructed to the readers. / O discurso da mídia impressa do Ceará sobre a carcinicultura, entre 2002 e 2005, é o tema principal da pesquisa, que se detém na análise dos títulos de 43 reportagens sobre carcinicultura, publicadas nos jornais “Diário do Nordeste” e “O Povo”. Para isso, é feito, inicialmente, um levantamento da atividade da carcinicultura no Estado do Ceará até 2005, a partir dos estudos mais relevantes já publicados. Nesta reconstituição, são considerados os conceitos de sustentabilidade; Economia, Ecologia e Lei da Entropia e suas implicações nas questões socioambientais; a importância do manguezal; o desenvolvimento da carcinicultura no Estado do Ceará; e, também, alguns dos principais impactos relacionados à atividade, como a destruição e / ou interferência no equilíbrio do ecossistema manguezal. Também é abordada a construção da notícia sobre meio ambiente, destacando a atividade midiática, não apenas como mediação entre o acontecimento e o leitor. Para isso, são destacados trabalhos referenciais, no campo das teorias jornalísticas, incluindo o Newsmaking, que trata dos critérios de relevância e noticiabilidade, os valores-notícia de seleção e de construção, e o contrato de leitura. Também são focadas a questão ética e a cobertura jornalística específica do meio ambiente; considerando o desafio ser jornalista incorporando as virtudes do pensamento complexo no trabalho de reconstrução da realidade. Para a compreensão do discurso da mídia impressa, são utilizadas ferramentas teórico-metodológicas da Análise do Discurso, a partir da necessidade de aliar linguagem [texto] e ideologia [contexto], na compreensão da construção do sentido, com suas estratégias enunciativas. O objetivo é verificar, através dos títulos, como, nas mais diversas editorias dos dois jornais, o tema foi tratado no período destacado para a análise – considerando o texto e o contexto de produção das matérias – para mostrar como se constrói o discurso sobre a carcinicultura no Ceará para os leitores.

Page generated in 0.0633 seconds