• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 55
  • Tagged with
  • 55
  • 55
  • 16
  • 13
  • 10
  • 10
  • 9
  • 8
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Toxicidade do efluente de uma fazenda de cultivo de camarão marinho Litopanaeus vannamei e do metabissulfito de sódio em juvenis de Mysidopsis juniae.

Aragão, Janise Sales January 2006 (has links)
ARAGÃO, J. S. Toxicidade do efluente de uma fazenda de cultivo de camarão marinho Litopanaeus vannamei e do metabissulfito de sódio em juvenis de Mysidopsis juniae. 2006. 74 f. : Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Universidade Federal do Ceará, Instituto de Ciências do Mar, Fortaleza, 2006. / Submitted by Solange Gomes (solagom@yahoo.com.br) on 2013-06-10T16:41:53Z No. of bitstreams: 1 2006_dis_saragão.pdf: 482603 bytes, checksum: 7e6218dee3cbb622d1e47cf448bc6529 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2013-07-15T17:36:17Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_dis_saragão.pdf: 482603 bytes, checksum: 7e6218dee3cbb622d1e47cf448bc6529 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-15T17:36:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_dis_saragão.pdf: 482603 bytes, checksum: 7e6218dee3cbb622d1e47cf448bc6529 (MD5) Previous issue date: 2006 / Shrimp represents the most important aquaculture product in many countries. However there are considerable ecological costs associated with this activity and the introduction of effluents into receiving water without any treatment have attracted considerable attention. These effluents contained organic matter, nitrate, nitrite, phosphates and other substances that could be considered as potent contaminants, such as the sodium metabisulphite used to prevent the melanosis during harvesting phase. The aim of the present work was to evaluate the toxicity of water samples collected at the supplying and draining composite facilities from a Litopenaeus vannamei shrimp farm using the acute toxicity test with Mysidopsis juniae, and also to evaluated sodi um metabisulphite toxicity using the same assay. The ecotoxiclogical analyses were performed in accordance to standardized methods (CETESB L5.251 from may, 1992). It was conducted 8 water collections on april, june, july, november and december 2005, and january and february, 2006 at both the supplying and draining composite facilities. The tested concentrations from these effluents were 6.25, 12.5, 25, 50 and 100%. Despites the evaluation of sodium metabisulp hite toxicity itself, the reduction of this toxicity by aeration in the presence and absence of Ca(OH)2 during 24 hours was also assessed at sodium metabisulphite concentrations of 10, 30, 100, 300 and 1000 mg/L. The results showed measurable toxicity only in one sample from the supplying composite (LC 50 of 82.49% on 02/16/06), while for the draining composite four among eight tested samples were considered toxic with LC 50 ranging from less than 6.25% on 04/14/05 to 100% on 01/17/06. A water sample collected at the harvesting tank containing sodium metabisulphite led all tested organism to death immediately after exposition at all tested concentrations, and it was not possible to determine its LC 50 (less than 6.25%). The LC 50 for sodium metabisulphite fresh solution was 38.2 ± 4.7mg/L. After 24 hours, the toxicity was not altered both in the absence or in the presence of Ca(OH) 2, and the obtained LC 50 were 36.8 ± 5.6 mg/L and 44.4 ± 3.2. mg/L, respectively. When the metabisulphite solution was aerated, the toxicity was reduced by three times (LC 50 of 150.7 ± 8.5 mg/L). The addition of Ca(OH) 2 in the presence of aeration e liminated the toxicity in three out of five experiments, and in the remaining two experiments, the toxicity was significantly reduced, and the obtained LC 50 were 209.8 and 669.4 mg/L. Thus, present data showed that the toxicity in the draining composite was increased, what suggested a contaminants load from the shrimp farm. However this contamination is quite variable and occasional. On the other hand, M. juniae was very sensitive to sodium metabisulphite when compared to other described crustaceans, and moreover the addition of Ca(OH) 2 to sodium metabisulphite solution in the presence of aeration for 24 hours partially removed its toxicity. / O camarão é o produto mais importante do setor pesqueiro mundial. Uma das grandes preocupações dos impactos negativos desta atividade está relacionada com a descarga dos efluentes dos viveiros diretamente no ambiente sem nenhum tipo de tratamento. Esses efluentes possuem matéria orgânica, nitrito, nitrato, fosfatos e outras substâncias que podem ser consideradas contaminantes potenciais, como o metabissulfito de sódio usado para evitar a ocorrência de melanose no camarão logo após a despesca. O objetivo desse trabalho foi avaliar a toxicidade de amostras de água no sistema de abastecimento e de drenagem de uma fazenda de cultivo de camarão marinho Litopenaeus vannamei utilizando o teste de toxicidade aguda com Mysidopsis juniae, além da toxicidade do metabissulfito de sódio no mesmo bioensaio. A metodologia utilizada foi modificada da norma L5.251 de 1992, descrita pela CETESB. Foram realizadas 8 coletas nos meses de abril, junho, julho, novembro e dezembro de 2005 e janeiro e fevereiro de 2006 na comporta de abastecimento e drenagem da fazenda. As concentrações testadas foram de 6,25; 12,5; 25; 50 e 100%. Além da toxicidade do metabissulfito de sódio, foi avaliada também a redução da toxicidade desse composto após 24 horas do preparo com e sem aeração, na presença e na ausência de Ca(OH)2, cujas concentrações foram 10, 30, 100, 300 e 1000 mg/L. Os resultados mostraram toxicidade em apenas uma das amostras do abastecimento (CL50 de 82,49% para o dia 16/02/06), enquanto que na drenagem, foi observada toxicidade em 4 das 8 amostras testadas (CL50 variando de < 6,25% para o dia 14/04/05 a 100% para o dia 17/01/06). A amostra coletada no tanque de metabissulfito de sódio causou letalidade em todos os indivíduos em todas as concentrações testadas imediatamente após a sua adição, não sendo possível, portanto, calcular sua CL 50, que foi menor que a menor concentração testada (6,25%). Já para o metabissulfito de sódio a CL50 foi de 38,2 ± 4,7 mg/L. Após 24 horas de preparo, a toxicidade do composto não sofreu alteração tanto na ausência (CL50 = 36,8 ± 5,6 mg/L) quanto na presença de Ca(OH)2 (CL50 = 44,4 ± 3,2 g/L). Já na presença da aeração, essa toxicidade foi reduzida (CL50 = 150,7 ± 8,5mg/L). quando os tratamentos foram concomitantes, aeração na presença de Ca(OH) 2, não observou-se toxicidade em três dos cinco experimentos realizados. Enquanto que nos dois experimentos, onde foi possível calcular a CL50, esses valores foram de 209,8 e 669,4 mg/L, o que indica uma acentuada redução da toxicidade deste composto. Sendo assim, os resultados sugerem um aumento de toxicidade na drenagem, apesar desta toxicidade ter sido bastante variável e ocasional. Quanto ao metabissulfito de sódio, pode-se concluir que o M. juniae mostrou-se bastante sensível a esse composto quando comparado a outros crustáceos e que o tratamento químico através da adição de Ca(OH) 2 na presença de aeração foi parcialmente eficiente na remoção da toxicidade.
2

Uso de aeradores e substratos no cultivo semi-intensivo do camarão-da-amazônia Macrobrachium amazonicum: análise técnica, econômica e emissão de gases do efeito estufa

Preto, Bruno de Lima [UNESP] 28 February 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:30:29Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-02-28Bitstream added on 2014-06-13T19:19:22Z : No. of bitstreams: 1 preto_bl_dr_jabo.pdf: 572591 bytes, checksum: b8ef922c920248c25a75677600f9ca18 (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Universidade Estadual Paulista (UNESP) / O objetivo desta tese foi avaliar os efeitos do uso de aeração noturna e substratos artificiais na engorda do camarão-da-amazônia Macrobrachium amazonicum em sistema semi-intensivo de curta duração. Avaliaram-se os efeitos sobre a estrutura populacional e produção dos camarões (artigo I). Em seguida, foi realizada uma análise econômica exploratória considerando as tecnologias testadas (artigo II). Além destas análises, avaliou-se a emissão de gases do efeito estufa pelos viveiros, durante o período de engorda (artigo III). No artigo I foi apresentado que o uso aeração noturna aumentou a produtividade (kg.ha-1) e o peso médio dos animais, porém reduziu a produção unitária. A utilização de substratos aumentou a produtividade (kg.ha-1) e o peso médio dos animais sem comprometer a produção unitária. No artigo II foi apresentado que apesar do uso de aeradores em cultivos de curta duração elevar a produtividade (kg.ha-1) e o peso médio de camarões M. amazonicum, não se justifica a adoção desta tecnologia. O uso de substrato artificial mostrou-se como uma alternativa interessante. O mercado voltado para consumo humano não viabilizou economicamente o monocultivo de M. amazonicum, usando a tecnologia disponível nesse momento. As análises mostraram que há viabilidade com elevada liquidez quando se objetiva mercados de espécies ornamentais ou de iscas vivas. No artigo III foi exposto que os viveiros de criação de camarões em sistema semi-intensivo emitem gases do efeito estufa. No entanto é necessário que se faça estudos mais conclusivos utilizando números maiores de amostras, pois a variabilidade encontrada foi elevada / The aim of this thesis was to evaluate the effects of nocturnal aeration and artificial substrates in the Amazon River Prawn Macrobrachium amazonicum semi-intensive short rearing cycle. The effects of these factors on prawns population structure and production were evaluated (article I). Then, an economic exploratory analysis was carried out considering the tested technologies and two different ways of commercialization, proposing its use in small rural farms as an alternative of income enhancement (article II). Moreover, the greenhouse gases emission by ponds was evaluated during the grow-out period (article III). In article I, it was shown that the use of nocturnal aeration increased both productivity (kg.ha-1) and mean weight, but reduced the unitary production. The use of substrates also increased both productivity (kg.ha-1) and prawns mean weight, but it did not interfere in unitary production. In article II, it is shown that although increasing productivity (kg.ha-1) and animals mean weight in M. amazonicum short period farming, the use of aerators is not justified. The use of artificial substrates is an interesting alternative. Marketing prawns as human food is not economically feasible for M. amazonicum monoculture using the available technology. Analyses have shown that marketing animals for ornamental or live bait purposes is feasible and has high liquidity. In article III it was shown that prawn ponds in semi-intensive system release greenhouse gases. However, more conclusive studies using more samples are necessary, as variability found was high
3

Prospecção de genes relacionados à ocorrência de enfermidades no camarão Litopenaeus Vannamei (Boone, 1931) sob condições de cultivo / Prospecting of genes related to the occurrence of diseases in shrimp Litopenaeus vannamei (Boone, 1931) under conditions of cultivation

Feijó, Rubens Galdino January 2009 (has links)
FEIJÓ, Rubens Galdino. Prospecção de genes relacionados à ocorrência de enfermidades no camarão Litopenaeus Vannamei (Boone, 1931) sob condições de cultivo. 2009. 106 f. Dissertação (Mestrado em Ciencias Marinahs Tropicais) - Instituto de Ciencias do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009. / Submitted by Debora Oliveira (deby_borboletinha@hotmail.com) on 2012-01-26T12:36:04Z No. of bitstreams: 1 2009_dis_rgfeijó.pdf: 1571381 bytes, checksum: 22972f2932df950ac476b4312cbfd726 (MD5) / Approved for entry into archive by Debora Oliveira(deby_borboletinha@hotmail.com) on 2012-01-26T14:08:33Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_dis_rgfeijó.pdf: 1571381 bytes, checksum: 22972f2932df950ac476b4312cbfd726 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-01-26T14:08:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_dis_rgfeijó.pdf: 1571381 bytes, checksum: 22972f2932df950ac476b4312cbfd726 (MD5) Previous issue date: 2009 / The marine shrimp culture has achieved great importance in the global economy as an agriculture business, not only for jobs and income generation, but especially because it represents a viable alternative source of animal protein for the growing global food demand. However, the occurrence of diseases in shrimp culture, especially those of viral aetiology, has significantly compromised the activity, causing high mortality rates and consequent economic loss. The identification and characterization of genes related to shrimp diseases has helped understanding the immune responses triggered in the infectious processes, and mechanisms related to host-pathogen interaction, about which very little is known at the moment. The main objective of the present work was the prospection and characterization of genes related to diseases of the shrimp species Litopenaeus vannamei under typical rearing conditions. The health status investigation of 40 shrimps by histopathological and molecular methods of diagnosis resulted in the detection of IMN, IHHN, WSS, NHP, vibriosis and gregarines in various degrees and combinations. Shrimps have been grouped in classes for gene prospecting through the technique of Differential Display RT-CR (DDRT-PCR). The analysis of differential gene expression in the profiles produced resulted in the identification of three previously undescribed gene sequences potentially related to the occurrence of diseases in shrimp L. Vannamei. Two of these sequences (882-A1R2 and 730-A4R10) have not had homologies to any annotated invertebrate sequences. Fragment 842-A2R6 however, showed 99% nucleotide similarity with the mut-7 gene, which encodes a type of RNAse involved in the mechanism of post-transcriptional gene silencing through RNAi in the nematode Caenorhabditis elegans. It is suggested hare that this kind of mechanism may be involved in the silencing of double stranded RNA from viruses like the IMNV. / A carcinicultura marinha vem assumindo um papel de grande relevância na economia mundial, não somente pela geração de empregos e rendimentos, mas especialmente por representar uma alternativa viável para o atendimento da crescente demanda mundial por alimentos. No entanto, a ocorrência de enfermidades nos cultivos de camarões, principalmente as de etiologia viral, vem comprometendo significativamente a atividade, por provocarem elevados índices de mortalidade e conseqüente perda econômica. A identificação e caracterização de genes relacionados a enfermidades de camarões têm auxiliado significativamente na compreensão das respostas imunes desencadeadas nos processos infecciosos, assim como dos mecanismos relacionados à interação patógeno-hospedeiro, ainda de pouco conhecimento científico. O presente trabalho teve como objetivo principal a prospecção e caracterização de genes relacionados a enfermidades de camarões da espécie Litopenaeus vannamei sob condições de cultivo. A investigação sanitária de 40 camarões por métodos histopatológicos e moleculares de diagnóstico resultou na detecção da IMN, IHHN, WSS, NHP, vibrioses e gregarinas, o que permitiu o agrupamento destes camarões em classes diferenciais destinadas ao estudo de prospecção gênica através da técnica de Differential display RT-PCR (DDRT-PCR). A análise da expressão diferencial de genes nos perfis de expressão dos camarões agrupados de acordo com o status sanitário resultou na identificação de três sequências genéticas inéditas e potencialmente relacionadas à ocorrência de enfermidades no camarão L. vannamei, sendo duas sequências (882-A1R2 e 730-A4R10) de homologias indeterminada e uma (842-A2R6) com 99% de similaridade nucleotídica com o gene mut-7 que codifica um tipo de RNAse envolvida no mecanismo de silenciamento póstranscricional de genes do nematóide Caenorhabditis elegans. Este resultado sugere que o gene 842-A2R6 pode estar relacionado ao mecanismo de silenciamento de dsRNA associadas ao IMNV.
4

Um enfoque imunológico sobre infecção viral em Litopenaeus vannamei coletados em fazenda de cultivo do Nordeste do Brasil

Girão, Patricia Raquel Nogueira Vieira January 2013 (has links)
GIRÃO, P. R. N. V. Um enfoque imunológico sobre infecção viral em Litopenaeus vannamei coletados em fazenda de cultivo do Nordeste do Brasil. 2013. 92 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. / Submitted by Geovane Uchoa (geovane@ufc.br) on 2016-04-25T12:45:57Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_prnvgirao.pdf: 1576027 bytes, checksum: e07181370bfba28cd170dfce62960e38 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid (nadsa@ufc.br) on 2016-04-25T17:36:54Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_prnvgirao.pdf: 1576027 bytes, checksum: e07181370bfba28cd170dfce62960e38 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-04-25T17:36:54Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_prnvgirao.pdf: 1576027 bytes, checksum: e07181370bfba28cd170dfce62960e38 (MD5) Previous issue date: 2013 / The shrimp farming has become an important aquaculture industry in the world. Brazil is becoming a leading global producer of shrimp Litopenaeus vannamei. However, outbreaks of viral diseases are affecting the aquaculture industry worldwide, causing significant economic losses. Among the viral agents that affect the marine shrimp Infectious hypodermal and hematopoietic necrosis virus (IHHNV) and infectious myonecrosis virus (IMNV) are prevalent epizootic viral agents in Brazil. Within this context, this study aimed to analyze samples of virus-infected shrimp collected from farms in northeastern Brazil, as well as analyzing the expression levels of molecules of immunity during infection of animals. After a period of unusual rains in a routine monitoring program for the diagnosis of diseases were collected gills of juvenile shrimp with signs of viral disease. For the diagnosis of infection were employed molecular techniques such as conventional PCR, reverse transcription coupled with PCR (RT-PCR) and quantitative PCR (qPCR). Through a combination of different molecular techniques has shown that most of shrimp patients were co-infected with both viruses, IHHNV and IMNV. This study was the first to demonstrate the occurrence of a natural co-infection, caused by IHHNV and IMNV in penaeid shrimp cultured in northeastern Brazil. The reciprocal values for viral load may suggest that competition is occurring between the two viruses to infect the host. To understand how the key molecules of innate immunity respond to this double infection, the level of HSP-70, crustin, peneidinas-3a and C-type lectin-br1 were assessed by quantitative PCR. In tests using linear correlation, HSP-70 expression is regulated by the presented IHHNV in doubly infected shrimp gills, however, transcripts of other genes analyzed showed no statistically significant regulated expression. These results suggest that HSP-70 may be a differential modulator co-infection viral in shrimp, L. vannamei. / O cultivo de camarão tornou-se uma importante indústria na aquicultura mundial. O Brasil está se tornando um dos principais produtores mundiais de camarão Litopenaeus vannamei. Entretanto, surtos de doenças virais estão afetando o setor aquícola em todo o mundo, causando perdas econômicas significativas. Entre os agentes virais que afetam os camarões marinhos, o vírus da necrose infecciosa hipodermal e hematopoiética (IHHNV) e o vírus da mionecrose infecciosa (IMNV) são os vírus epizoóticos mais prevalentes no Brasil. Dentro desse contexto, este trabalho teve como objetivo analisar amostras de camarão infectado por vírus coletadas de fazendas de cultivo no Nordeste do Brasil, bem como analisar os níveis de expressão de moléculas da imunidade dos animais durante a infecção. Após um período incomum de chuvas, em um programa de monitoramento de rotina para o diagnóstico de doenças, foram coletadas brânquias de camarões juvenis com sinais de doença viral. Para o diagnóstico da infecção foram utilizandas técnicas moleculares como PCR convencional, a transcrição reversa acoplada com PCR (RT-PCR) e PCR quantitativo (qPCR). Através da combinação das diferentes técnicas moleculares foi demonstrado que a maioria dos camarões doentes estavam co-infectados com ambos os vírus, IHHNV e IMNV. Este estudo foi o primeiro a demonstrar a ocorrência de uma co-infecção natural, causada por IHHNV e IMNV, em camarões peneídeos cultivados no nordeste do Brasil. Os valores recíprocos para carga viral sugeriram que pode está ocorrendo uma competição entre os dois vírus para infectar o hospedeiro. Para compreender como as moléculas-chave da imunidade inata respondem a esta dupla infecção, os níveis de HSP-70, crustinas, peneidinas-3a e lectina br-1 do tipo-C, foram avaliados por PCR quantitativo. Em testes de correlação linear, a HSP-70 apresentou a expressão regulada por IHHNV em brânquias de camarão duplamente infectado; no entanto, as transcrições dos demais genes analisados não apresentaram expressão regulada estatisticamente significativa. Esses resultados indicam que a HSP-70 pode ser um modulador diferencial de co-infecção viral no camarão, L. vannamei.
5

Uso de aeradores e substratos no cultivo semi-intensivo do camarão-da-amazônia Macrobrachium amazonicum : análise técnica, econômica e emissão de gases do efeito estufa /

Preto, Bruno de Lima. January 2012 (has links)
Orientador: Wagner Cotroni Valenti / Banca: Marcelo Barbosa Henriques / Banca: Newton José Rodrigues da Silva / Banca: Iracy Lea Pecora / Banca: João Batista Kochenborger Fernandes / Resumo: O objetivo desta tese foi avaliar os efeitos do uso de aeração noturna e substratos artificiais na engorda do camarão-da-amazônia Macrobrachium amazonicum em sistema semi-intensivo de curta duração. Avaliaram-se os efeitos sobre a estrutura populacional e produção dos camarões (artigo I). Em seguida, foi realizada uma análise econômica exploratória considerando as tecnologias testadas (artigo II). Além destas análises, avaliou-se a emissão de gases do efeito estufa pelos viveiros, durante o período de engorda (artigo III). No artigo I foi apresentado que o uso aeração noturna aumentou a produtividade (kg.ha-1) e o peso médio dos animais, porém reduziu a produção unitária. A utilização de substratos aumentou a produtividade (kg.ha-1) e o peso médio dos animais sem comprometer a produção unitária. No artigo II foi apresentado que apesar do uso de aeradores em cultivos de curta duração elevar a produtividade (kg.ha-1) e o peso médio de camarões M. amazonicum, não se justifica a adoção desta tecnologia. O uso de substrato artificial mostrou-se como uma alternativa interessante. O mercado voltado para consumo humano não viabilizou economicamente o monocultivo de M. amazonicum, usando a tecnologia disponível nesse momento. As análises mostraram que há viabilidade com elevada liquidez quando se objetiva mercados de espécies ornamentais ou de iscas vivas. No artigo III foi exposto que os viveiros de criação de camarões em sistema semi-intensivo emitem gases do efeito estufa. No entanto é necessário que se faça estudos mais conclusivos utilizando números maiores de amostras, pois a variabilidade encontrada foi elevada / Abstract: The aim of this thesis was to evaluate the effects of nocturnal aeration and artificial substrates in the Amazon River Prawn Macrobrachium amazonicum semi-intensive short rearing cycle. The effects of these factors on prawns population structure and production were evaluated (article I). Then, an economic exploratory analysis was carried out considering the tested technologies and two different ways of commercialization, proposing its use in small rural farms as an alternative of income enhancement (article II). Moreover, the greenhouse gases emission by ponds was evaluated during the grow-out period (article III). In article I, it was shown that the use of nocturnal aeration increased both productivity (kg.ha-1) and mean weight, but reduced the unitary production. The use of substrates also increased both productivity (kg.ha-1) and prawns mean weight, but it did not interfere in unitary production. In article II, it is shown that although increasing productivity (kg.ha-1) and animals mean weight in M. amazonicum short period farming, the use of aerators is not justified. The use of artificial substrates is an interesting alternative. Marketing prawns as human food is not economically feasible for M. amazonicum monoculture using the available technology. Analyses have shown that marketing animals for ornamental or live bait purposes is feasible and has high liquidity. In article III it was shown that prawn ponds in semi-intensive system release greenhouse gases. However, more conclusive studies using more samples are necessary, as variability found was high / Doutor
6

Composição e abundância da fauna de macroinvertebrados bentônicos no cultivo do Camarão Canela(Macrobrachium amazonicum) em cercados

Dutra, Fabrício Martins 06 August 2013 (has links)
Resumo: Diversos trabalhos científicos que abordam o comportamento alimentar de camarões demonstraram que mesmo em sistemas de produção com oferecimento de alimentação exógena, os macroinvertebrados representa uma parte significativa da dieta destes animais. O objetivo do presente estudo foi avaliar a pressão imposta à comunidade de macroinvertebrados bentonicos decorrente da presença de Macrobrachium amazonicum, em cultivo de cercados. O estudo foi realizado em viveiros escavados, durante 60 dias. Foram montados nove cercados circulares com área de fundo de 10 m². Seis destes cercados foram estocados com camarões em uma densidade de 10 indivíduos/m2, com peso inicial médio de 0,63±0,17 g e comprimento médio de 4,28±0,34 cm. O delineamento foi inteiramente randomizado, compostos por três tratamentos com três repetições: Tratamento Controle (sem presença de camarões nos cercados), Tratamento sem ração e tratamento com ração (35% PB). A cada 10 dias, durante o período experimental foram aferidas variáveis de qualidade de água, biometria dos camarões para avaliar os índices zootécnicos e coletadas amostras de sedimento de cada cercado (três amostras para análise de macroinvertebrados e uma para análise granulométrica). Os resultados indicaram que a qualidade da água se manteve adequada para a biologia da espécie. Os índices zootécnicos não apresentaram diferenças significativas (p>0,05) para peso, comprimento total e sobrevivência. As análises de macroinvertebrados apresentou diferença significativa (P<0,05) para abundância total em D10, para Oligochaeta em D40 e D60 e para Polymitarcyidae entre os TSR e TRC. As frações granulométricas do solo não apresentaram significância (p>0,05) para areia grossa, lama e matéria orgânica durante o período experimental e entre os tratamentos. De acordo com os resultados obtidos, pode-se afirmar que o desempenho zootécnico dos camarões não é influenciado pelo fornecimento de ração durante 60 dias experimentais e que a comunidade bentônica apresenta variações na abundância decorrentes da presença dos camarões.
7

Distribuição espaço-temporal e estrutura populacional do camarão Artemesia longinaris Bate, 1988 (Crustacea: Decapoda: Penaeidae) no litoral de Macaé, RJ /

Sancinetti, Gustavo Sérgio. January 2011 (has links)
Orientador: Rogerio Caetano da Costa / Coorientador: Alexandre de Azevedo / Banca: Antonio L. Castilho / Banca: Fabiano G. Taddei / Resumo: O presente estudo tem como objetivo caracterizar a abundância, distribuição ecológica e a estrutura populacional do camarão Artemesia longinaris Bate, 1888, enfocando os períodos reprodutivos e de recrutamento juvenil. Foram realizadas coletas mensais de março/2008 a fevereiro/2010 em seis transectos localizados nas regiões "inshore" (5, 10 e 15m de profundidade) e "offshore" (25, 35 e 45m) na região de Macaé, litoral norte do estado do Rio de Janeiro (22o 22' S , 41o 46' O). A salinidade e temperatura de fundo, a matéria orgânica e o tipo de sedimento em cada transecto também foram amostrados. As amostragens foram realizadas com um barco camaroneiro equipado com uma rede-de-arrasto de fundo do tipo "otter-trawl" por um período de 15 minutos cada arrasto. Empregou-se a análise de variância (Anova) para testar a variação da abundância entre anos, estações e transectos e aplicou-se a Regressão linear múltipla para verificar a influência dos fatores ambientais na abundância de A. longinaris. Para verificar se a proporção sexual diferiu de 1:1, o teste utilizado foi o qui-quadrado (X2) (p<0,05) e o teste t de "Student" para verificar se o tamanho diferiu entre os sexos. Aplicou-se a Correlação linear de Spearman (p<0,05) para testar a associação dos fatores ambientais com a frequência de fêmeas maduras e juvenis. As menores temperaturas foram registradas nos meses de primavera e verão para os dois anos de coleta. Foi capturado um total de 26.466 exemplares de A. longinaris e a maioria concentrou-se nos transectos de 10 a 35 metros e principalmente, nos meses de verão. Para as fêmeas, o menor tamanho (CC) encontrado foi de 6,0mm e o maior 38,3mm (17,01±3,97). Para os machos, o menor valor foi 6,0mm e o maior 35,0mm de carapaça (14,23±3,94). Indivíduos com tamanhos menores que 8,0... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The aim of the present study was to characterize the abundance, ecological distribution and population structure of the Artemesia longinaris shrimp Bate, 1888, focused on reproductive periods and juvenile recruitment. Monthly samples were carried out between March/2008 to February/2010 from six transects located at the inshore (5, 10 and 15m deep) and the offshore (25, 35 and 45m deep) regions in Macaé, northern coast of Rio de Janeiro state (22 O 22 'S, 41 46' W). The deep salinity and temperature, the organic matter and the sediment type from each transect was also showed. Samplings were carried out using a commercial fishery boat equipped with a otter-trawl nets during 15 minutes each trawl. ANOVA was used to test the abundance variation among years, seasons and transects. To determine the influence of environmental factors on the abundance of A. longinaris, multiple linear regression was applied. To verify whether the sex ratio differed from 1:1, the Chi square (X2) test was used (p <0.05) and the Student t test applied to check whether the size differed between the gender. To correlate environmental factors and frequency of mature females and juveniles, the Spearman linear correlation (p <0.05) was used. The lowest temperatures were recorded during spring and summer for both years. A total of 26,466 specimens of A. longinaris was captured and most concentred at 10 to 35 meters transects, especially in the summer time. The smallest and highest size found was 6.0 mm and 38.3 mm (17.01 ± 3.97) for female and 6.0 mm and 35.0 mm (14.23 ± 3.94) for male. Sizes smaller than 8.0 (CCmm) and 10.0 (CCmm) for male and female, respectively, were considered juveniles. It was found a higher percentage of females, which reached larger sizes than males. A large number of mature and juveniles females were... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
8

Distribuição espaço-temporal e estrutura populacional do camarão Artemesia longinaris Bate, 1988 (Crustacea: Decapoda: Penaeidae) no litoral de Macaé, RJ

Sancinetti, Gustavo Sérgio [UNESP] 25 February 2011 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:30:11Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-02-25Bitstream added on 2014-06-13T20:39:50Z : No. of bitstreams: 1 sancinetti_gs_me_botib.pdf: 1142632 bytes, checksum: 86f3e1bd39d81defba942a24ec0599e5 (MD5) / O presente estudo tem como objetivo caracterizar a abundância, distribuição ecológica e a estrutura populacional do camarão Artemesia longinaris Bate, 1888, enfocando os períodos reprodutivos e de recrutamento juvenil. Foram realizadas coletas mensais de março/2008 a fevereiro/2010 em seis transectos localizados nas regiões “inshore” (5, 10 e 15m de profundidade) e “offshore” (25, 35 e 45m) na região de Macaé, litoral norte do estado do Rio de Janeiro (22o 22’ S , 41o 46’ O). A salinidade e temperatura de fundo, a matéria orgânica e o tipo de sedimento em cada transecto também foram amostrados. As amostragens foram realizadas com um barco camaroneiro equipado com uma rede-de-arrasto de fundo do tipo “otter-trawl” por um período de 15 minutos cada arrasto. Empregou-se a análise de variância (Anova) para testar a variação da abundância entre anos, estações e transectos e aplicou-se a Regressão linear múltipla para verificar a influência dos fatores ambientais na abundância de A. longinaris. Para verificar se a proporção sexual diferiu de 1:1, o teste utilizado foi o qui-quadrado (X2) (p<0,05) e o teste t de “Student” para verificar se o tamanho diferiu entre os sexos. Aplicou-se a Correlação linear de Spearman (p<0,05) para testar a associação dos fatores ambientais com a frequência de fêmeas maduras e juvenis. As menores temperaturas foram registradas nos meses de primavera e verão para os dois anos de coleta. Foi capturado um total de 26.466 exemplares de A. longinaris e a maioria concentrou-se nos transectos de 10 a 35 metros e principalmente, nos meses de verão. Para as fêmeas, o menor tamanho (CC) encontrado foi de 6,0mm e o maior 38,3mm (17,01±3,97). Para os machos, o menor valor foi 6,0mm e o maior 35,0mm de carapaça (14,23±3,94). Indivíduos com tamanhos menores que 8,0... / The aim of the present study was to characterize the abundance, ecological distribution and population structure of the Artemesia longinaris shrimp Bate, 1888, focused on reproductive periods and juvenile recruitment. Monthly samples were carried out between March/2008 to February/2010 from six transects located at the inshore (5, 10 and 15m deep) and the offshore (25, 35 and 45m deep) regions in Macaé, northern coast of Rio de Janeiro state (22 O 22 'S, 41 46' W). The deep salinity and temperature, the organic matter and the sediment type from each transect was also showed. Samplings were carried out using a commercial fishery boat equipped with a otter-trawl nets during 15 minutes each trawl. ANOVA was used to test the abundance variation among years, seasons and transects. To determine the influence of environmental factors on the abundance of A. longinaris, multiple linear regression was applied. To verify whether the sex ratio differed from 1:1, the Chi square (X2) test was used (p <0.05) and the Student t test applied to check whether the size differed between the gender. To correlate environmental factors and frequency of mature females and juveniles, the Spearman linear correlation (p <0.05) was used. The lowest temperatures were recorded during spring and summer for both years. A total of 26,466 specimens of A. longinaris was captured and most concentred at 10 to 35 meters transects, especially in the summer time. The smallest and highest size found was 6.0 mm and 38.3 mm (17.01 ± 3.97) for female and 6.0 mm and 35.0 mm (14.23 ± 3.94) for male. Sizes smaller than 8.0 (CCmm) and 10.0 (CCmm) for male and female, respectively, were considered juveniles. It was found a higher percentage of females, which reached larger sizes than males. A large number of mature and juveniles females were... (Complete abstract click electronic access below)
9

Desempenho e resistência imunológica do camarão Litopenaueus vannamei alimentado com uma dieta rica em B-1, 3/1,6-glucano e ácido L-ascórbico-2-monofosfato frente ao vírus da mionecrose infecciosa (IMNV) / Performance and immune resistance Litopenaueus vannamei shrimp fed a diet rich in B-1, 3 / 1,6-glucan and L-ascorbic acid-2-monophosphate front of infectious myonecrosis virus (IMNV)

Sabry Neto, Hassan January 2007 (has links)
SABRY NETO, Hassan. Desempenho e resistência imunológica do camarão Litopenaueus vannamei alimentado com uma dieta rica em B-1, 3/1,6-glucano e ácido L-ascórbico-2-monofosfato frente ao vírus da mionecrose infecciosa (IMNV). 2007. 66 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicias) - Instituto de Ciências do Mar - LABOMAR, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007. / Submitted by Debora Oliveira (deby_borboletinha@hotmail.com) on 2011-11-29T14:30:14Z No. of bitstreams: 1 2007_dis_hsabryneto.pdf: 1987915 bytes, checksum: ed1d62fbf3cfa72c133dc6f64e1d183f (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2011-12-02T20:42:12Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_dis_hsabryneto.pdf: 1987915 bytes, checksum: ed1d62fbf3cfa72c133dc6f64e1d183f (MD5) / Made available in DSpace on 2011-12-02T20:42:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_dis_hsabryneto.pdf: 1987915 bytes, checksum: ed1d62fbf3cfa72c133dc6f64e1d183f (MD5) Previous issue date: 2007 / Since 2002, a new pathogen agent named Infectious Myonecrosis Virus (IMNV) has been causing significant economical losses in shrimp farms in NE Brazil. Contrary to vertebrates, shrimp do not possess an immunological system with an adaptative memory. However, they are equipped with an innate immune system with less complex defense responses. The present study aimed at determining the efficacy of high dosages of L-ascorbyl 2-monophosphate acid (VitC) in combination with a ß-1,3/1,6-glucan (BetG) on the survival, growth and immune responses of the shrimp Litopenaeus vannamei challenged with IMNV. The study was conducted in 30 tanks of 500 l, operated with clear water conditions and constant water renewal and aeration. Shrimp of 2.58 ± 0.39 g were stocked at 100 animals/m2 and reared for 10 weeks. The experimental design consisted of three treatments and three controls. Five tanks were designated for each treatment and control, as follows: Ref, IMNV- (IMNV negative) fed a commercial feed; Neg and Pos, IMNV- and IMNV+ (IMNV positive), fed an experimental feed with normal levels of L-ascorbyl 2-monophosphate (VitC, 250 mg/kg) deprived of BetG; VitC, IMNV+, fed an experimental feed with 1,160 mg/kg of VitC; VitCBetG, IMNV+, fed an experimental feed with 1,160 mg/kg of VitC and 600 mg/kg of BetG; and, BetG, IMNV+, fed an experimental feed with 1,000 mg/kg of BetG and normal levels of VitC. Experimental feeds were manufactured with laboratory equipment, while shrimp viral challenge occurred through oral administration of IMNV+ inoculum (1.82 x 103 copies of IMNV/μl RNA) during three consecutive days, twice a day. Per os challenge began on the 27th day of exposure to the experimental feeds when animals had reached between 4.93 g and 6.92 g in body weight. The total haemocyte count (THC), the total protein concentration and the relative activity of the phenoloxidase enzyme (PO) were evaluated in L. vannamei two days prior to the oral challenge (27th day of rearing), 17 days after the challenge (48th day of rearing) and at harvest (70th day of rearing). Reared shrimp were effectively contaminated with IMNV. Although 100% mortalities were not observed, animals were highly susceptible to the virus 29 days after the first day of infection. At harvest, shrimp reached a body weight between 9.07 ± 1.48 g (BetG) and 11.11 ± 1.86 g (Pos). Survival varied from a minimum of 22.8 ± 4.9% (VitC) to a maximum of 69.5 ± 5.7%. Shrimp body weight gains were continuous with weekly growth ranging from 0.56 g on the 14th day of culture to 0.77 g in the last week of culture. Shrimp weekly growth did not vary statistically between treatments. Survival reduced throughout the culture period, regardless of the treatment adopted. The THC showed a significant increase in all treatments after the per os challenge with IMNV (i.e., 48th day of culture). On this sampling day, the highest number of cells/mm3 were observed in treatments that were voluntarily challenged with IMNV, which were the ones that achieved the lowest final shrimp survival (Pos and VitC). Similarly, the non-challenged treatment (Ref) also displayed a significant increase in THC during the post-infection viral period. In general, the protein concentration and the relative activity of the phenoloxidase activity in shrimp serum did not change significantly throughout the culture period or between treatments. By this study it can be concluded that an inclusion of 600 mg/kg of ß- 1,3/1,6-glucan in a diet for the shrimp L. vannamei provided a significant increase in the species survival when exposed to IMNV. Conversely, the inclusion of 1,160 mg/kg of L-ascorbyl 2-monophosphate acid in diets for this species infected with IMNV did not result in a better growth or survival. In the present study, no signs of immunological fatigue or a detriment in growth could be detected when the species was continually exposed to a diet containing 600 mg/kg of ß-1,3/1,6-glucan. / Desde 2002 que um novo agente patogênico denominado de Vírus da Mionecrose Infecciosa (IMNV) vem causando significativas perdas econômicas em fazendas de camarão na Região Nordeste do Brasil. Ao contrário dos vertebrados, os camarões não possuem um sistema imunológico com memória adaptativa, no entanto possuem um sistema imune inato, apresentando respostas de defesa menos complexas. O presente estudo teve como objetivo determinar a eficácia de uma dieta com dosagens elevadas de ácido L-ascórbico-2-monofosfato (VitC) em combinação com um ß-1,3/1,6-glucano (BetG) sobre a sobrevivência, o crescimento e as respostas imunológicas do camarão Litopenaeus vannamei desafiado com o IMNV. O estudo foi realizado em 30 tanques de 500 l, operados com água clara e submetidos a aeração e renovação de água constante. Camarões com 2,58 ± 0,39 g foram povoados com 100 animais/m2 e cultivados por um período de 10 semanas. O desenho experimental foi composto por três tratamentos e três controles. Para cada tratamento foram designados cinco tanques, assim denominados: Ref, IMNV negativo e ração comercial; Neg e Pos, IMNV negativo e positivo respectivamente, alimentados com uma ração experimental contendo níveis normais de ácido L-ascórbico-2-monofosfato (VitC, 250 mg/kg) e sem ß-1,3/1,6-glucano; VitC, (IMNV positivos, alimentados com uma ração experimental contendo 1.160 mg/kg de ácido L-ascórbico-2-monofosfato), VitCBetG, (IMNV positivos, alimentados com uma ração experimental contendo 1.160 mg/kg de VitC e 600 mg/kg de BetG); e, BetG, (IMNV positivos, alimentados com uma ração experimental contendo 600 mg/kg de ß- 1,3/1,6-glucano e níveis normais de VitC). As rações experimentais foram fabricadas em laboratório e a infecção dos camarões se deu através da administração per os de tecido infectado por IMNV (1,82 x 103 copias de IMNV/μl RNA) durante três dias consecutivos, duas vezes ao dia. O desafio per os teve início no 27º dia de exposição dos camarões às rações, quando os animais alcançaram entre 4,93 g e 6,92 g. A contagem total de hemócitos (CTH), a concentração de proteínas totais do soro e a atividade específica da enzima fenoloxidase (PO) foram avaliadas no L. vannamei dois dias antes do desafio oral (27º dia de cultivo), 17 dias após o desafio per os (48º dia de cultivo) e na despesca (70º dia de cultivo). Os camarões cultivados foram efetivamente contaminados com o IMNV. Embora mortalidades de 100% não tenham sido observadas, os animais mostraram-se altamente susceptíveis ao vírus 29 dias após o primeiro dia do desafio. Na despesca, os camarões alcançaram um peso entre 9,07 ± 1,48 g (BetG) e 11,11 ± 1,86 g (Pos). A sobrevivência variou de um mínimo de 22,8 ± 4,9% (VitC) a um máximo de 69,5 ± 5,7% (Ref). O ganho de peso dos camarões foi progressivo e o crescimento semanal variou de 0,56 g no 14º dia de cultivo para 0,77 g na última semana, não havendo diferença estatística significativa entre tratamentos. A sobrevivência decresceu ao longo do cultivo, independente do tratamento adotado. A CTH apresentou um aumento em todos os tratamentos após o desafio per os com IMNV (i.e., 17 dias após), entretanto nem todos foram significativos. Neste dia de amostragem, um maior número de células/mm3 foi observado nos tratamentos voluntariamente infectados, os quais alcançaram uma menor sobrevivência final de camarões (Pos e VitC). Igualmente, o tratamento não infectado, Ref, também exibiu um aumento significativo na CTH no período de pós-infecção viral. De um modo geral, a concentração protéica do soro dos camarões e a atividade relativa da enzima fenoloxidase não se alteraram ao longo do cultivo ou entre os tratamentos avaliados. Através do presente estudo pode-se concluir que a inclusão de 600 mg/kg de ß-1,3/1,6- glucano em uma dieta para o camarão L. vannamei proporcionou um aumento significativo na sobrevivência da espécie quando exposto ao IMNV. Ao contrário, a inclusão de 1.160 mg/kg de ácido L-ascórbico-2-monofosfato em dietas para espécie infectada com IMNV não resultou em um maior crescimento ou sobrevivência da espécie. No presente estudo, não foram detectados indícios de fadiga imunológica ou diminuição no crescimento da espécie quando exposta de forma contínua a uma dieta contendo 600 mg/kg de ß-1,3/1,6-glucano.
10

Avaliação de subprodutos do abate de animais terrestres e de resíduos do processamento de peixes como fonte de proteína em rações para o camarão branco do pacífico, Litopenaeus vannamei (BOONE, 1931)

Santos, Pedro Henrique Gomes dos January 2013 (has links)
SANTOS, Pedro Henrique Gomes dos. Avaliação de subprodutos do abate de animais terrestres e de resíduos do processamento de peixes como fonte de proteína em rações para o camarão branco do pacífico, Litopenaeus vannamei (BOONE, 1931). 2013. 77f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Universidade Federal do Ceará, Instituto de Ciências do Mar, Fortaleza, 2013. / Submitted by Solange Gomes (solagom@yahoo.com.br) on 2013-07-01T17:20:43Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_phgdossantos.pdf: 860179 bytes, checksum: c374148759a78102155795752b96f1c6 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2013-07-15T17:20:32Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_phgdossantos.pdf: 860179 bytes, checksum: c374148759a78102155795752b96f1c6 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-15T17:20:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_phgdossantos.pdf: 860179 bytes, checksum: c374148759a78102155795752b96f1c6 (MD5) Previous issue date: 2013 / The dietary effects of land and aquatic animal by-products on the growth performance of the white shrimp Litopenaeus vannamei are little known. This study evaluated the growth performance and feeding responses of juvenile shrimp L. vannamei when fed diets which partially or completely replaced a salmon byproduct meal for rendered animal byproducts obtained from the slaughtering of land animals and from fish processing waste. The work was divided into two phases, one consisting of rearing 2.03 ± 0.21 g shrimp for 72 days in 500 l tanks, under clear-water with continuous water recirculation and filtration. In the second phase, two-by-two comparisons were carried out with each individual ingredient in a double-choice aquarium using 7.12 ± 0.65 g shrimp. In the growth study, diets consisted of a control diet S14 with 14.37% of a salmon byproduct meal, while others contained animal proteins in partial or complete replacement of this ingredient: diet PL7+S10 with 7.00% spray-dried swine plasma meal, diet SG7+S9 with 7.00% spray-dried blood meal, diet Ca13+S6 with 12.95% meat and bone meal 40% crude protein (CP), diet Pn14+S4 with 14.39% hydrolyzed feather meal, diet CB18+S2 with 17.72% meat and bone meal 45% CP, diet Til15 with 15.12% farmed-tilapia processing waste meal, diet PV15 with 16.24% poultry byproduct with feather meal, diet V16 with 16.24% poultry byproduct meal and diet Px19 with 18.67% fisheries by-catch and processing waste meal. For the attractability assays, animal protein ingredients were added at a 3.0% dietary inclusion in a plant-based diet. At harvest, shrimp displayed statistically significant differences for all growth parameters evaluated. With the exception of diet S9+SG7, all other diets led to a reduction in the final body weight of L. vannamei compared to the control diet (11.05 ± 0.18 g). In comparison to diet S14, there was also a significant loss in the gain of yield (diet PV15, 288 ± 30 vs. 555 ± 59 g/m2), weekly growth (diets PV15, Til15 and CB18+S2, 0.55 ± 0.02, 0.60 ± 0.05, 0.67 ± 0.04 vs. 0.87 ± 0.07 g, respectively), feed intake (diet PV15, 8.9 ± 0.42 vs. 13.5 ± 0.02 g/shrimp) and feed conversion ratio (diet PV15, 2.24 ± 0.18 vs. 1.74 ± 0.08). The percentage of positive choices and (or) rejection of feed intake was poorer for all animal ingredients than the salmon byproduct meal, except for the meat and bone meal 45% CP, the hydrolyzed feather meal and the poultry by-product meal. In conclusion, in diets for juvenile shrimp L. vannamei, the spray-dried blood meal and the poultry by-product meal, were the most recommended animal ingredients for partial and total replacement of salmon byproduct meal,respectively, within the maximum levels of dietary inclusion adopted. / Os efeitos da utilização de subprodutos animais em dietas para o camarão Litopenaeus vannamei são pouco conhecidos. O presente estudo avaliou o desempenho zootécnico e as respostas alimentares de juvenis do camarão L. vannamei quando alimentados com dietas contendo subprodutos do abate de animais terrestres e de resíduos do processamento de peixes como substitutos parciais ou totais da farinha de peixe. O trabalho foi dividido em duas etapas, uma consistindo do cultivo de camarões de 2,03 ± 0,21 g por 72 dias em tanques de 500 l, sob um regime de recirculação e filtragem contínua da água. Na segunda etapa, os subprodutos animais foram avaliados em um aquário de dupla escolha quanto a sua atratividade alimentar para camarões de 7,12 ± 0,65 g. As dietas usadas no cultivo consistiram de um controle S14 contendo 14,37% de farinha de resíduos da filetagem de salmão cultivado, sendo as demais acompanhadas pela substituição parcial ou total deste ingrediente: dieta Pl7+S10 com 7,00% de farinha de plasma de sangue suíno ultra-filtrado e seco por pulverização, dieta Sg7+S9 com 7,00% de farinha de sangue seca por pulverização, dieta Ca13+S6 com 12,95% de farinha de carne e ossos 40, dieta Pn14+S4 com 14,39% de farinha hidrolisada de penas, dieta Cb18+S2 com 17,72% de farinha de carne e ossos 45, dieta Til15 com 15,12% de farinha de resíduos da filetagem de tilápia cultivada, dieta PV15 com 16,24% de farinha de penas e vísceras de aves, dieta V16 com 16,24% de farinha de vísceras de aves e dieta Px19 com 18,67% de farinha de resíduos da filetagem de peixes marinhos da pesca extrativista. Para as avaliações de atratividade, os ingredientes foram incorporados a uma inclusão de 3,0% em uma ração constituída apenas por ingredientes de origem vegetal. Na despesca, foi observada diferença estatística significativa entre os tratamentos para todos os parâmetros zootécnicos avaliados. Com exceção da dieta Sg7+S9, todas as demais dietas levaram a uma redução no peso corporal final do L. vannamei em relação à dieta controle (11,05 ± 0,18 g). Comparado à dieta S14, houve também uma perda significativa no ganho de produtividade (dieta PV15, 288 ± 30 vs. 555 ± 59 g/m2), crescimento semanal (dietas PV15, Til15 e Cb18+S2, 0,55 ± 0,02, 0,60 ± 0,05, 0,67 ± 0,04 vs. 0,87 ± 0,07 g, respectivamente), consumo alimentar (dieta PV15, 8,9 ± 0,42 vs. 13,5 ± 0,02 g/camarão) e fator de conversão alimentar (dieta PV15, 2,24 ± 0,18 vs. 1,74 ± 0,08). As avaliações de atratividade demonstraram que com exceção da farinha de carne e ossos 45, farinha hidrolisada de penas e farinha de vísceras de aves, todas as proteínas animais apresentaram um baixo percentual de escolhas e (ou) alta rejeição alimentar comparado com a farinha de salmão. Em conclusão, a farinha de sangue seca por pulverização e a farinha de vísceras de aves mostraram-se, dentro dos níveis de inclusão adotados, como os ingredientes mais recomendados para substituições parciais e totais da farinha de salmão, respectivamente, em dietas para juvenis do camarão L. vannamei.

Page generated in 0.0912 seconds