• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 55
  • Tagged with
  • 55
  • 55
  • 16
  • 13
  • 10
  • 10
  • 9
  • 8
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 6
  • 5
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Efeito da composição iônica da água no desenvolvimento de larvas de Macrobrachium rosenbergii (De Man, 1879) no estágio II /

Mallasen, Margarete. January 1997 (has links)
Orientador: Wagner Cotroni Valenti / Banca: Annelise Margarete Wernick / Banca: Hélcio Luís de Almeida Marques / Resumo: O trabalho teve como objetivo avaliar a importância da presença na água dos íons Ca2+, K+, HCO3-, Br-, Sr2+, Mn2+, HPO42-, Li+, MoO42-, S2O32-, Al3+, Rb+, Zn2+, Co2+ e Cu2+ para o desenvolvimento do Macrobrachium rosenbergii no estágio larval II, visando fornecer subsídios para a otimização da composição iônica da água salobra utilizada na larvicultura dessa espécie. A água do mar artificial foi preparada conforme a formulação usada no setor de Carcinicultura do CAUNESP, cujos sais são classificados em macroelementos (MA), microelementos (MI) e elementos traços (ET). Foram realizadas cinco etapas seqüencialmente. Na primeira avaliaram-se águas salobras preparadas com MA + MI + ET, sendo que, em cada tratamento, foi eliminado um dos seguintes elementos traços: alumínio, rubídeo, zinco, cobalto e cobre. Na segunda a água foi preparada com MA + MI e, em cada tratamento adicionou-se um dos elementos traços. Na Fase 3 foram analisadas formulações preparadas com MA + MI, sendo que, em cada tratamento foi eliminado um dos seguintes microelementos: bromo, estrôncio, manganês, fosfato, lítio, molibdato e tiossulfato. Na Fase 4 a água foi preparada com MA e, em cada tratamento, adicionouse um dos microelementos. Na última fase foram avaliados cinco meios preparados com MA + Br-; em cada tratamento foi eliminado um dos seguintes íons: cálcio, potássio, bicarbonato e brometo. Todas as etapas foram realizadas seguindo um delineamento inteiramente casualizado com três repetições (três béqueres) para cada tratamento. Aplicou-se um teste de inanição, que consistiu na estocagem de seis larvas de M. rosenbergii, no estágio larval II, em béqueres de 30 ml, contendo 15 ml de água salobra a 12‰, mantidos em temperatura ambiente em torno de 30ºC. A cada oito horas contou-se o número de larvas vivas em cada unidade experimental, para o cálculo do tempo médio de vida em todos os tratamentos. Os dados foram... / Abstract: The importance of the ions presence in water Ca2+, K+, HCO3-, Br-, Sr2+, Mn2+, HPO42-, Li+, MoO42-, S2O32-, Al3+, Rb+, Zn2+, Co2+ and Cu2+ on the development of Macrobrachium rosenbergii at the larval stage II was evaluated, in order to obtain information to optimize the ionic composition of the brackish water used to larviculture this species. Artificial sea water was prepared according to the formulation used by the Crustacean Rearing Laboratory of CAUNESP. In this formula, salts are classified in major elements, minor elements and trace elements. In this experiment, a starvation test was applied. It consisted in keeping larvae of M. rosenbergii, at the stage II, in 30 ml beakers containing 15 ml of brackish water (12‰). The beakers were kept at about 30ºC of controlled air temperature. There were five phases conducted sequencially (phases 1 to 5). Brackish water of different ionic composition, in relation to the trace elements Al3+, Rb+, Zn2+, Co2+ and Cu2+, were evaluated on the first two phases. Differents formulas containing the minor elements Br-, Sr2+, Mn2+, HPO42-, Li+, MoO42- and S2O32 were evaluated on phases 3 and 4. And five media with differents ionic composition containing the major elements Ca2+, K+, HCO3-, and the minor element Br-, were evaluated on phase 5. Three beakers were used per treatment, and each was stocked with six larvae, in a complete randomized experimental design. In order to estimate the average life time, the number of larvae that survived the treatment was counted every eight hours. The data were analyzed through ANOVA and the means were compared by the Tukey test. The trace elements Al3+, Rb+, Zn2+, Co2+ and Cu2+ and the minor elements Sr2+, Mn2+, HPO42-, Li+, MoO42- and S2O32 did not allow an increase of the larvae life time at the second larval stage. These ions could, however, become essential to this organism at the other stages, or could show a retardation effect. Sodium thiosulphate must be added / Mestre
22

Influencia de ligantes naturais na eficiencia de rações para alimentação de camarão Macrobrachium rosenbergii

Nunes, Maria Lucia 26 February 1993 (has links)
Orientador: Emilio S. Contreras-Guzman / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-18T03:44:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Nunes_MariaLucia_D.pdf: 5552725 bytes, checksum: 597c406451328b0a85a851627049b5de (MD5) Previous issue date: 1992 / Resumo: As dietas para cultivo de camarão exigem o uso de ligantes que mantenham a integridade das rações por períodos prolongados, que tenham boa digestibilidade e baixo custo, e que se adaptem às técnicas de preparo industrial de rações. Os alginatos são os ligantes mais usados, porém são caros e, visto que o custo de alimentação pode perfazer até 70% dos gastos com o cultivo, é conveniente buscar substitutos mais econômicos. No presente trabalho foram selecionados cinco produtos com propriedades ligantes, que foram incorporados em formulações de dietas para o camarão Macrobrachium rosenbergii. Os ligantes foram sangue bovino fresco (I), farelo integral de mandioca processado do tubérculo inteiro seco e moído (II), quirera de arroz (III), sangue bovino desidratado simultaneamente com farelo integral de mandioca (IV) e sangue bovino desidratado simultaneamente com quirera de arroz (V). Uma ração sem ligante, outra com alginato de sódio a 2,5% (VI) e outra com lignina-sulfonato de cálcio (VII) serviram como parâmetros de comparação. As dietas com os ligantes foram processadas por extrusâo termoplástica avaliando-se a influência de vários parâmetros da operação nas propriedades físicas, químicas e nutricionais das rações. As melhores dietas foram obtidas com 30% de ligante, umidade inicial de 30%, temperaturas de 80/100/120ºC para as três zonas do equipamento, rotação da rosca de 70 rpm, taxa de compressão de 4:1 e diâmetro da matriz de 2 mm. As dietas mais estáveis em agua foram as correspondentes aos ligantes II, IV e V que resistiram 24 horas de imersão, perdendo apenas 6 a 20% do peso como material partlculado. Â ração com alginato perdeu 30% na forma de sólidos e a ração eem ligante se desintegrou completamente antes de 6 horas. Em todas as dietas, a lixiviação dos carboidratos solúveis e de aminoácidos livres foi rápida, e mais de 80% foi perdido às 6 horas de imersão, A presença de sangue parece ser o elemento chave que aumenta à resistência a desintegração, particularmente quando foi previamente desidratado com quirera de arroz (dieta V). A mistura de mandioca e sangue (ligante IV) produziu rações um pouco menos estáveia, praticamente igual a mandioca pura (dieta II), embora as três dietas tenham sido mais estáveis que o controle ligado com alginato (dieta VI). Estas rações ou dietas além de uma ração comercial (RC1) foram testadas na alimentação de camarão M. rosenbergii, em tanques sob condições padronizadas de cultivo. Durante o período de 6 semanas foram registrados dados sobre a variação em tamanho, ganho de peso e conversão alimentar, dos camarões. A análise estatística não mostrou diferenças significativas entre as cinco dietas, para os parâmetros analisados, embora as médias de ganho de peso e de conversão tenham sido muito melhores nas dietas ligadas com sangue (IV e V), e o aumento em tamanho tenha sido maior na dieta ligada com farelo integral de mandioca (ligante II). Estes resultados mostram que é possível se obter dietas estáveis, sem precisar de ligantes purificados, apenas otimizando o desempenho de alguns ingredientes específicos. O produto da desidratação de sangue e quirera de arroz parece particularmente promissor / Abstract: Diets developed for shrimps need to contain appropriate binders which should satisfy various criteria- Among these, the important ones are the long period of stability, good digestibility, adaptability to the production technique, interaction with other ingredients of diet, low cost and constant availability. The common additives used as binders do not satisfy the major part of these qualities at the national level and hence there is a need to find their substitutes such as agroindustrial ingredients of low cost and availability. These substitutes besides being efficient as binder will also contribute for the supply of energy and protein nutrients. These measures favor the development of industries for rations besides reducing the cost of shrimp farming, due to the artificial feeding attainig even up to 70% of these activity. The performance of the raw material of tradicional use or still under-utilised in the processing of diets for shrimp M. rosenbergii was evaluated with respect to their binding properties, and was compared with some commonly recommended additives. The influence of formulation parameters was observed in 5 types of binding ingredients and 2 types of additives: bovine blood (diet I); whole cassava flour (diet II); rice flour (diet III); whole cassava flour processed with bovine blood (diet IV); rice flour processed with bovine blood (diet V); sodium alginate with sodium hexametafosphate (diet VI) and modified calcium lignin-sulfate. The diets were processed in an extrusor of simple screw (Brabender). The best diets were processing in the following conditions: moisture content, 30%; temperature, 80/100/120°C, for the first, second and third zones, respectively; screw speed 70 rpm, die nozzle size, 2 mm and the screw compression ratio, 4:1. Three bindings ingredients (II, IV e V) and one additive (VI) were selected for the development of isocaloric experimental diets to be tested biologically with shrimps, comparing them with those fed on commercial diet (RC1). Diets with higher stabilities in water were process were processed with the binders II, IV and V, that lasted 24 hours loosing only 8 to 24% of small particles, while diet VI, containing alginate, lost 30%. Diet with no binder, desintegrated completely before 6 hour. All diets released, aproximately 80% of soluble carbohydrates and free amino acids during the first 6 hours of immersion in water. Inclusion of blood in the diets seems to be an important component to improve stability, specially when processed by dehydration with rice flour (binder V). Binder IV (cassava flour with blood) produced diets slightly less stable than binder V and very similar to binder II (cassava flour). However, all these diets showed better performance than the control (diet VI). Diets II, IV, V, VI and a comercial diet (RC1) were used for M. rosenbergii grow-out tests for 6 weeks. During these period, there were no significant differences in lenght, weight gain and feed conversion ratio among the diets, nevertheless, the percent mean values of the diets IV and V for weight gain and feed conversion rations were higher. Diet IV showed the highest value for lenght. These results demonstrate that it is possible to obtain stable diets, without including purified binders, just maximizing the performance of some specific ingredients. The binder made of rice flour and blood seems to be particularly promising / Doutorado / Doutor em Tecnologia de Alimentos
23

Víbrio em camarão e na água de três fazendas de carcinicultura do Ceará / Vibrio in shrimp and water for three shrimp farms in Ceará

Lima, Anahy de Souza January 2007 (has links)
LIMA, Anahy de Souza. Víbrio em camarão e na água de três fazendas de carcinicultura do Ceará. 2007. 74f. Dissertação (Mestrado em Ciencias Marinhas Tropicais)- Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2007. / Submitted by Debora Oliveira (deby_borboletinha@hotmail.com) on 2011-11-29T12:22:03Z No. of bitstreams: 1 2007_dis_adslima.pdf: 2071706 bytes, checksum: 515e8e6c8c757b34d245885074813a89 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2011-12-02T19:30:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_dis_adslima.pdf: 2071706 bytes, checksum: 515e8e6c8c757b34d245885074813a89 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-12-02T19:30:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_dis_adslima.pdf: 2071706 bytes, checksum: 515e8e6c8c757b34d245885074813a89 (MD5) Previous issue date: 2007 / The objective of the present study was to identify Vibrio species in cultures of Litopenaeus vannamei in Northeastern Brazil. During the rainy and dry seasons from August 2005 to October 2006 two L. vannamei culture cycles were observed on three marine shrimp farms (A, B and C) located in the estuaries of Acaraú, Coreaú and Jaguaribe. Sixty shrimp samples and 240 pond water samples were analyzed. The outcome parameters were total vibrio count (standard plate count), saccharose-positive and negative vibrio count, and vibrio species diversity in shrimp and water samples. The lowest total vibrio count found in water samples was 2.0 x 102 CFU/mL (Farms A, and C) during the rainy season and the highest was 1,42 x 108 CFU/mL (Farm B) during the rainy season. The highest total vibrio count in shrimp samples (postlarvae and hepatopancreas) was 4,5 x 108 CFU/g (Farm B) during the dry season. The lowest and highest values observed for saccharosepositive colonies in hepatopancreas were 1.00 x 102 CFU/g (Farms A, and B) during the rainy season and 4,5 x 108 CFU/g (Farm C) during the dry season. The corresponding values for saccharose-negative colonies were 0.98 x 10 CFU/g (Farm A) and 9.50 x 105 CFU/g (Farm C), both in the rainy season. Vibrio counts were always lower in samples collected during the rainy season. A total of 118 Vibrio strains were isolated from the water (n=62) and shrimp (n=56) samples collected at the three farms. Farm B had the largest number of identifiable vibrio species (11). The most frequently isolated species was Vibrio mimicus, followed by V. alginolyticus and V. tubiashii. The lowest survival rate (37.24%) during harvesting was observed for one of the ponds at Farm A during the rainy season. Neither species diversity, nor total vibrio counts, nor saccharosepositive and negative vibrio counts in hepatopancreas samples, was associated with survival rates during harvesting. However, the combination of high vibrio counts and low species diversity observed in water samples from Farm A during the rainy season may have affected survival rates negatively. The number of vibrios increases in proportion with salinity. The likelihood of a vibrio infection in a given shrimp population cannot be determined by total vibrio counts or saccharosepositive and negative counts alone. / O presente estudo teve por objetivo quantificar Vibrio, vibrios sac+ e sac – e identificar as espécies de Vibrio, presentes no cultivo do camarão Litopenaeus vannamei e na água onde é ele cultivado. Acompanharamse dois ciclos do cultivo do L. vannamei em três fazendas (A, B e C),situadas nos estuários dos rios Acaraú, Coreaú e Jaguaribe (CE), de agosto de 2005 a outubro de 2006, nas estações de chuva e estiagem. Foram analisadas 60 amostras de camarão e 240 amostras de água de viveiro. Foram feitos os testes de Contagem Padrão em Placas (CPP) total de Vibrio; CPP das colônias de Vibrio sacarose positivas e negativas, e identificação das espécies nas amostras de camarão e na água. O valor mínimo da CPP de Vibrio nas amostras de água foi de 2,0 x 102 UFC/mL nas fazendas A, e C no período de chuva e o máximo foi 1,42 x 108 UFC/mL na fazenda B, no período de estio. O valor máximo para CPP de Vibrio nas amostras de camarão (pós-larva e hepatopâncreas) foi de 4,5 x 108 UFC/g, na fazenda B no período de estio. O valor mínimo de Vibrio sacarose positiva no hepatopâncreas foi 1,00 x 102 UFC/g nas fazendas A e B no período de chuva e máximo foi 4,5 x 108 UFC/g na fazenda B, no período de estio. O valor mínimo de Vibrio sacarose negativa foi 0,98 x 10 UFC/g de hepatopâncreas na fazenda A, no período de chuva e máximo foi de 9,50 x 105 na fazenda C no período da chuva. A CPP de vibrios das amostras de água e do camarão foi sempre menor no período da chuva. Das amostras de água e camarão das três fazendas foram isoladas 145 cepas de Vibrio. Dessas, 62 foram isoladas da água de cultivo do camarão e 56 foram isoladas do camarão (pós-larva e hepatopâncreas). A fazenda B apresentou maior número de diferentes espécies isoladas e identificadas (11). Durante a pesquisa, os isolados de camarão e água do viveiro, apresentaram uma predominância de Vibrio mimicus, seguidos de V. alginolyticus e V. tubiashii. De todas as fazendas, A, B e C, a fazenda A foi a que apresentou um viveiro com a menor taxa de sobrevivência de camarões na despesca: 37,24%, no período da chuva. Nem a quantidade de víbrios total, nem a de sacarose positiva, ou negativa no hepatopâncreas dos camarões, influencia o índice de sobrevivência dos animais nos viveiros das fazendas, no momento da despesca. A maior ou menor diversidade de víbrios nos camarões não implicou numa maior ou menor taxa de sobrevivência dos animais nos viveiros das fazendas, no momento da despesca. No entanto, quando o número de Vibrio foi alto na água e a diversidade baixa, caso da Fazenda A no período da chuva, a taxa de sobrevivência foi afetada negativamente. O número de víbrios é proporcional ao teor de salinidade das águas. Somente os dados da enumeração de víbrios e/ou os dados da enumeração de víbrio sacarose positiva ou negativa não são suficientes para se avaliar a probabilidade de camarões, de um determinado viveiro, virem a adoecer.
24

Sistema integrado de rastreabilidade uma ferramenta para impulsionar o desenvolvimento da cadeia produtiva do camarão cultivado no Estado do Ceará - Brasil. / Integrated traceability tool to boost the development of the productive chain of farmed shrimp in the State of Ceará - Brazil.

Leite, Luciano Jorge Amorim January 2008 (has links)
AMORIM, L. Sistema Integrado de Rastreabilidade: uma ferramenta para impulsionar o desenvolvimento da cadeia produtiva do camarão cultivado no Estado do Ceará - Brasil. 2008. 70 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) – Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2008. / Submitted by Debora Oliveira (deby_borboletinha@hotmail.com) on 2011-12-07T19:04:15Z No. of bitstreams: 1 2008_dis_ljaleite.pdf: 524677 bytes, checksum: ed963ad80890b40d18b22de1a6d49a71 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2011-12-12T13:04:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_dis_ljaleite.pdf: 524677 bytes, checksum: ed963ad80890b40d18b22de1a6d49a71 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-12-12T13:04:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_dis_ljaleite.pdf: 524677 bytes, checksum: ed963ad80890b40d18b22de1a6d49a71 (MD5) Previous issue date: 2008 / The illnesses caused by contaminated food consumption have been a great problem of world wide health, warns the World Health Organization. Aquaculture is also involved in this problem, as the alerts are confirmed in such cases as antibiotic residues in cultivated shrimps and presence of salmonella in fish in the main markets. This situation contributed to the formation of a new class of consumers, much more demanding regarding the quality and origin of foods. This consumers’ position has forced the food companies to adopt a system of self-regulation to guarantee a safe product for the population. HACCP is the most wide spread system in place, nevertheless, for its functioning, it must be supported in requirements like Traceability. The Traceability System is a tool to guarantee the safety of food through the control of processes and inputs of the whole productive chain. Therefore, the present study has the objective of developing a Traceability System integrating the whole productive chain of the shrimp cultivated in the State of Ceará-Brazil, for the purpose of increasing the commercial competitiveness of the industry, by means of the guarantee of cultivated shrimp safety. / As doenças causadas pelo consumo de alimentos contaminados têm sido um grande problema de saúde mundial, alerta a Organização Mundial de Saúde. A Aqüicultura também está envolvida nesta problemática, com a confirmação de alertas, nos principais mercados, de casos como resíduos de antibióticos em camarões cultivados e presença de salmonela em peixes. Essa situação contribuiu para a formação de uma nova classe de consumidores, muito mais exigentes quanto à qualidade e origem de seus alimentos. Essa postura dos consumidores tem forçado as empresas de alimentos a adotarem sistemas de auto-controle para garantir um produto seguro para a população. O sistema HACCP é o mais difundido mundialmente, entretanto, para seu funcionamento ele deve estar apoiado em pré-requisitos como Rastreabilidade. O Sistema de Rastreabilidade é uma ferramenta para garantir a segurança dos alimentos através do controle de processos e insumos dentro de toda cadeia produtiva. Diante disso, o presente estudo tem o objetivo de desenvolver um Sistema de Rastreabilidade integrando toda cadeia produtiva do camarão cultivado no Estado do Ceará-Brasil, com a finalidade de aumentar a competitividade comercial da indústria por meio da garantia da inocuidade do camarão cultivado.
25

Absorção de nutrientes pela macroalga Gracilaria Birdiae (Plastino & Oliveira, 2002) sob diferentes condições físicoquímicas / Absorption of nutrients by the macroalgae Gracilaria Birdiae (Plastino & Oliveira, 2002) under different physicochemical conditions

Monteiro, Lorena Soares January 2011 (has links)
MONTEIRO, Lorena Soares. Absorção de nutrientes pela macroalga Gracilaria Birdiae (Plastino & Oliveira, 2002) sob diferentes condições físicoquímicas. 2011. 84 f. : Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Ceará, Centro de Ciências Agrárias, Departamento de Engenharia de Pesca, Fortaleza-CE, 2011 / Submitted by Nádja Goes (nmoraissoares@gmail.com) on 2016-07-19T12:37:53Z No. of bitstreams: 1 2011_dis_lsmonteiro.pdf: 9821963 bytes, checksum: fad7e704cc8bfb703229d456567e5115 (MD5) / Approved for entry into archive by Nádja Goes (nmoraissoares@gmail.com) on 2016-07-19T13:28:20Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_dis_lsmonteiro.pdf: 9821963 bytes, checksum: fad7e704cc8bfb703229d456567e5115 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-19T13:28:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_dis_lsmonteiro.pdf: 9821963 bytes, checksum: fad7e704cc8bfb703229d456567e5115 (MD5) Previous issue date: 2011 / Among marine resources, seaweeds have emerged as the one which have the largest industrial use. Their abundance and diversity make them a great source of raw material for countless products for human and animal use. More over seaweeds have a widely environmental importance, regarding to the atmospheric O2, water nutrients removing, fossil fuels, and also on the harvest of animals that eat marine algae. Shrimp culture is directly dependent on a good water quality for satisfactory production, therefore maintain the quality of shrimp farms effluent means to perpetuate the activity. Seaweeds absorb nutrients from the water and use them for their growth, while contribute to the environmental improvement of aquatic ecosystems. Gracilaria species stand out for the ability to quickly absorb large amounts of dissolved nutrients, not only organic, but also inorganic nutrients. This study aimed to evaluate the nutrients removal from the effluent water from a shrimp farm by the seaweed G. birdiae, in order to provide information for a possible integrated shrimp (Litopenaeus vannamei) and seaweed (G. birdiae) culture. For this, we used 25 containers, randomly distributed, with five treatments and five replications of 5, 10, 15 and 20 g of seaweed in 3 L of the effluent water from shrimp farm plus a control without seaweed. These procedures were performed with constant illumination and with a 12h light and dark photoperiod. The animals resistance of to periods of low oxygen, and the nutrients input generated by cultured animals have been checked. Each experiment lasted two weeks and the results showed that the alga G. birdiae has the capacity to withdraw from the shrimp farm effluent a satisfactory amount of ammonia and phosphorus in a short period of time, and still maintain, under illumination, sufficient concentrations of oxygen in the water. LISTA DE / Dentre os recursos oriundos do mar, as macroalgas destacam-se como as de maior aproveitamento industrial. A sua abundância e diversidade as tornam fontes de matéria-prima para uma infinidade de produtos de uso humano e animal, além dos benefícios ambientais resultantes da atividade algal na forma de O2 atmosférico, remoção de nutrientes da água, modulação climática, combustíveis fosseis e também na colheita de organismos que se alimentam das algas. A carcinicultura depende diretamente da boa qualidade da água para obter resultados satisfatórios de produção, portanto manter a qualidade do efluente da carcinicultura significa perpetuar a atividade. As macroalgas utilizam os nutrientes absorvidos para seu crescimento, enquanto contribuem com o melhoramento da qualidade ambiental dos ecossitemas aquáticos. Espécies do gênero Gracilaria destacam-se pela capacidade de absorver rapidamente grandes quantidades de nutrientes dissolvidos orgânicos e inorgânicos. Neste trabalho objetivou-se avaliar a remoção de nutrientes da água de efluente de carcinicultura por macroalgas marinhas G. birdiae, a fim de fornecer informações para um possível cultivo integrado entre as espécies Litopenaeus vannamei e Gracilaria birdiae. Para isso, foram utilizados 25 recipientes onde foram distribuídos, aleatoriamente, 5 tratamentos com 5 repetições, contendo 5, 10, 15 e 20 g de algas em 3 L de água de efluente de carcinicultura e ainda um controle sem algas. Este procedimento foi realizado com iluminação constante e ainda com fotoperíodo de 12h de claro e escuro, sendo também verificado a resistência dos animais a situação de déficit de oxigênio e o aporte de nutrientes para a água de cultivo dos animais. Cada experimento durou duas semanas e os resultados mostraram que a alga G. birdiae tem capacidade de retirar da água do efluente da carcinicultura em um curto período de tempo e em quantidades satisfatórias amônia e fósforo e ainda manter, sob iluminação, concentrações suficientes de oxigênio na água.
26

Macrozoobentos em viveiros de engorda de camarão marinho Litopenaeus vannamei (boone, 1931) (crustacea, decapoda, penaidae) no estuário dorio Jaguaribe, Ceará, Brasil

Rolemberg, Karine Fernandes January 2009 (has links)
ROLEMBERG, K. F. Macrozoobentos em viveiros de engorda de camarão marinho Litopenaeus vannamei (boone, 1931) (crustacea, decapoda, penaidae) no estuário dorio Jaguaribe, Ceará, Brasil. 2009. 85 f. Dissertação (mestrado em Ciências Marinhas Tropicais) - Instituto de Ciências do Mar, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2009. / Submitted by Nadsa Cid (nadsa@ufc.br) on 2015-04-16T15:10:10Z No. of bitstreams: 1 2009_dis_kfrolemberg.pdf: 4481167 bytes, checksum: 750c8d9d2b000e92c450f327da8b2de1 (MD5) / Approved for entry into archive by Nadsa Cid(nadsa@ufc.br) on 2015-04-16T15:10:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_dis_kfrolemberg.pdf: 4481167 bytes, checksum: 750c8d9d2b000e92c450f327da8b2de1 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-16T15:10:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_dis_kfrolemberg.pdf: 4481167 bytes, checksum: 750c8d9d2b000e92c450f327da8b2de1 (MD5) Previous issue date: 2009 / The aim of this study was to characterize the benthic macrofauna of the cultivation farm of shrimps from the species Litopenaeus vannamei before the settlement and fishing, as well as to observe the effect of the shrimp predation on the macrofauna through an exclusion experiment. In order to characterize the macrofauna, samples from the supplying, middle and draining areas had been collected from the shrimp farms with five different duplicates for each area in the two moments of the cultivation. To evaluate the predation effect, gathering from the inside and outside of twenty-seven cages in a shrimp farm during the cultivation cycle had been carried through. The gathering of the organisms from the bottom of the shrimp farms as well as from the interior of the cages had been carried through with a PVC 15cm of diameter. The cages had an area of 25cm ² and 12cm of height and mesh of 3mm of opening, being covered with a screen of 0,1mm during the first days of experiment in order to block the insertion of any predator. The polychaeta presented the highest medium density, being the species Capitella sp. the most abundant. The organisms had had greater densities in the gathering that occured before the settlement, moment when it did not have shrimps in the interior of the farms. The area with the highest medium density in the shrimp farms was the supplying. In the exclusion experiment, it was observed that the medium densities in the interior of the cages had been higher than in the areas outside the cages that were subjected to the predation of shrimp. This fact proves the importance of the Benthic macrofauna in the diet of these crustaceans, since the shrimp uses it as a natural food source. It was also possible to realize that the Benthic macrofauna suffered some alterations in its community in the presence and absence of the shrimps, because some species had started to dominate the environment whereas others were extinguished. Beyond the predatory pressure of the shrimps, this fact can have been also caused for the existence of biological interactions between the species of the macrofauna that can have occurred inside and outside of the cages, prevailing the Capitella sp., that seems to have been the most successful under the conditions of the experiment. / O objetivo deste trabalho foi caracterizar a macrofauna bentônica de viveiros de cultivo de camarões da espécie Litopenaeus vannamei antes do povoamento e antes da despesca, como também observar o efeito da predação dos camarões sobre a macrofauna através de um experimento de exclusão. Para a caracterização da macrofauna, foram coletadas amostras em áreas de abastecimento, meio e drenagem dos viveiros com cinco réplicas para cada área noS dois momentos do cultivo. Para avaliar o efeito da predação, foram realizadas coletas dentro e fora de vinte e sete gaiolas em um viveiro de camarão durante o ciclo de cultivo . As coletas dos organismos no fundo dos viveiros e no interior das gaiolas foram realizadas com um coletor de PVC de 15cm de diâmetro. As gaiolas de exclusão tinham uma área de 25cm² e 12cm de altura e malha de 3mm de abertura, sendo cobertas com uma tela de 0,1mm nos primeiros dias de experimento. Os poliquetas apresentaram a maior densidade média, sendo a espécie Capitella sp. a mais abundante. Os organismos tiveram maiores densidades na coleta antes do povoamento. A área de maior densidade média nos viveiros foi o abastecimento. No experimento de exclusão, foi observado que as densidades médias no interior das gaiolas foram mais elevadas do que nas áreas fora das gaiolas. Este fato comprova a importância da macrofauna bentônica na dieta destes crustáceos, já que o camarão a utiliza como fonte de alimento natural. Foi possível perceber também que a macrofauna bentônica sofreu algumas alterações na estrutura das comunidades na presença e ausência dos camarões, dado que algumas espécies passaram a dominar o ambiente enquanto outras desapareceram. Além da pressão predatória dos camarões, este fato pode ter sido causado também pela existência de interações biológicas entre as espécies da macrofauna que podem ter ocorrido dentro e fora das gaiolas, prevalecendo a Capitella sp., que parece ter sido a mais bem sucedida sob as condições do experimento.
27

Avaliação dos principais índices zootécnicos e ambientais envolvidos na produção comercial de Litopenaeus vannamei e uma análise comparativa com as espécies nativas do litoral paranaense : Farfantepenaeus paulensis e L. schmitti

Allessi, Fabíola Elis January 2000 (has links)
Orientador: Antonio Ostrensky Neto / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias / Comparou-se resultados obtidos na produção comercial das três espécies de camarões marinhos já cultivadas no litoral paranaense: Farfantepenaeus paulensis Pérez-Farfante, 1967, Litopenaeus schmitti Burkenroad, 1936 e L. vannamei Boone, 1931. Para efeito de padronização, foram considerados apenas os cultivos povoados na primavera e no verão. No total, foram avaliados 46 cultivos, 27 com a espécie F. paulensis; 15 cultivos com L. vannamei e 4 cultivos com L. schmitti. Os cultivos monitorados foram realizados na Fazenda Borges- Cultivos Marinhos Ltda, única fazenda de cultivo de camarões marinhos localizada no estado do Paraná. O objetivo geral do presente trabalho foi o de avaliar os principais índices zootécnicos envolvidos na produção comercial das espécies F. paulensis, L. schmitti e L. vannamei e estabelecer uma análise comparativa entre elas. L. vannamei é uma espécie exótica e sua introdução na região sul do Brasil tem sido bastante polêmica. O que se pretende é que a validação do procedimento de introdução dessa espécie esteja ancorada em critérios técnicos e econômicos. Os principais índices zootécnicos alcançados nesses cultivos foram os seguintes: a) nos cultivos com F. paulensis: peso médio dos camarões na despesca de 13,3 g; ganho semanal de peso 0,9 g/semana, produtividade de 378,5 Kg/ha, taxa de sobrevivência final de 36%; tempo médio de cultivo de 116,4 dias b) nos cultivos com L. schmitti: peso médio dos camarões na despesca de 11 g; ganho semanal de peso 0,6 g/semana, produtividade de 376,2Kg/ha, taxa de sobrevivência final de 44%; tempo médio de cultivo de 137 dias; c) nos cultivos com L. vannamei: peso médio dos camarões na despesca de 13,2 g; ganho semanal de peso 1 g/semana, produtividade de 1.124Kg/ha, taxa de sobrevivência final de 72%; tempo médio de cultivo de 100 dias. A temperatura da água foi a principal variável abiótica que influenciou no crescimento de L. vannamei. Para uma análise mais criteriosa do ritmo de crescimento dos camarões cultivados foi utilizado um índice de crescimento, que mede as oscilações no ritmo de crescimento dos camarões ao longo do seu ciclo de cultivo. As espécies apresentaram curvas de crescimento significativamente distintas (p<0,05), sendo que L. vannamei apresentou taxas de crescimento superiores a F. paulensis e a L. schmitti. Com o índice de crescimento relativo pode-se determinar que o camarão branco L.vannamei alcançou suas taxas máximas de crescimento em temperaturas superiores a 26;5°C e em águas com salinidades inferiores a 13 ppm. As relações zootécnicas quantificadas entre taxa final de sobrevivência e a taxa de conversão alimentar e entre a taxa de conversão alimentar e a produtividade, serviram para comprovar a eficiência do uso das bandejas nos viveiros, o que contribui para que diminuísse drasticamente as taxas de conversão alimentar e, consequentemente, os custos de produção de L. vannamei em relação às demais espécies utilizadas. A espécie L. vannamei apresentou os maiores e melhores índices zootécnicos, comprovando seu melhor desempenho em relação às espécies nativas do Estado do Paraná / The main results obtained in the commercial production of the three marine shrimps species already cultivated in the coast paranaense are compared for: Farfantepenaeus paulensis Pérez-Farfante, 1967, Litopenaeus schmitti Burkenroad, 1936 and L. vannamei Boone, 1931. For standardization only cultivation villages in spring and summer were taken in account. 27 cultivations with the species F. paulensis; cultivations with L. vannamei and 4 cultivations with L. schmitti were evaluated. The shrimps production was monitored in a commercial marine farm located in Paranaguá, State of Paraná. The aim of the present study was to evaluate the effects of environmental variables in the main zootechnic indices involved in commercial production. L. vannamei is na exotic species and its introduction in the South Brazil has been polemic. The intention of this paper is analyse technical and economic criteria to support the introduction of this species in the State of Paraná. The main zootechnic indices in these cultivations were: a) F. paulensis: final meen total body weight 13,3 g; weight fain 0,9 g/week, productivity 378,5 kg/ha; average survival ratio 36%; time of cultivation of 116,4 days; b) L. schmitti: final meen total body weight 11 g; weight fain 0,6 g/week, productivity 376,2 kg/ha; average survival ratio 44%; time of cultivation of 137 days; c) L. vannamei: final meen total body weight 13,2 g; weight fain 1 g/week, productivity 1.124 kg/ha; average survival ratio 72%; time of cultivation of 100 days. The water temperature scemed be factor that affected the cultivated shrimps growth. To compare the growth rhythm of cultivated shrimps the growth indez, that measures the oscillations in the shrimps growth rhythm along their cultivation cycle was used. The introduced species curves were signicantly different (p<0,05) from those in the natives and L. vannamei showed higher growth rate then F. paulensis and L. schmitti. The relative growth index shown that L. vannamei reached maximal growth rate in higher temperatures, up to 26,5°C, and in salinity lower than 13 ppt. The zootechnic relations of the average survival ratio and the feed conversion ratio and between the feed conversion ratio and the productivity, proved the efficiency of the use of trays in the vivaria, contributing with drastic decreased in the feed conversion ratio and, consequently, in the production costs of L. vannamei. L. vannamei showed the highest and best zootechnic indices, proving its superiority in regard Parana's State native species
28

Efeitos da salinidade, luminosidade e alimentação na larvicultura do camarão-da-amazônia, Macrobrachium amazonicum

Araújo, Mariana Cutolo de [UNESP] 14 February 2005 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2016-09-27T13:40:13Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2005-02-14. Added 1 bitstream(s) on 2016-09-27T13:45:35Z : No. of bitstreams: 1 000330173.pdf: 377788 bytes, checksum: 6b7569c1ae257dbcf813728f816468d7 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Os objetivos da presente tese foram determinar a salinidade mínima na qual larvas de Macrobrachium. amazonicum não alimentadas sobrevivem e se desenvolvem, determinar a intensidade luminosa adequada ao desenvolvimento larval, investigar a incidência alimentar no tubo digestivo de larvas em relação a náuplios de Artemia e dieta inerte, bem como o estágio no qual se inicia a ingestão de alimento exógeno e avaliar o efeito de regimes alimentares no desenvolvimento, na incidência alimentar no tubo digestivo, na sobrevivência, na produtividade e no crescimento na larvicultura dessa espécie. Os dados demonstraram que as larvas da população estudada dessa espécie não sobrevivem em água doce. No entanto, completam seu desenvolvimento larval em salinidades baixas de até 1‰. A luminosidade 7,8±2,5 μmol.s-1.m-2 (aproximadamente 390±125 lux) melhora o desempenho das larvas de M. amazonicum em termos de desenvolvimento larval, produtividade e ganho de peso. As larvas dessa espécie a partir de zoea II começam a se alimentar de náuplios de Artemia. As larvas para se desenvolverem precisam se alimentar de náuplios de Artemia do estágio II ao IV. As larvas dessa espécie no estágio III preferem náuplios de Artemia, mas ingerem dieta inerte muito bem se este for o único alimento disponível. A substituição total de náuplios de Artemia por dieta inerte a partir de zoea V não afeta negativamente o desenvolvimento larval dessa espécie / The present thesis studied Macrobrachium amazonicum larvae for determining: 1) the minimal salinity required for the survival and development of feed deprived larvae; 2) the best light intensity suitable for larval development; 3) the digestive tract content (Artemia nauplii and/or inert food) and the larval stage at the beginning of exogenous food ingestion; and 4) the effect of feeding regimes on the development, digestive tract content, survival, productivity and growth. The results showed that these larvae do not survive in freshwater, but the development can be completed in low salinity (1‰). Mean light intensity of 7.8±2.5 μmol.s-1.m-2 (about 390±125 lux) improves M. amazonicum larval development, productivity and weight gain. Moreover, larvae at Zoea II stage start feeding on Artemia nauplii and this live food is required until zoea IV. Zoea III larvae prefer Artemia nauplii, but accept inert food when it is the only available food. Total substitution of inert diet in place of Artemia nauplii from zoea V stage does not affect M. amazonicum larval development
29

Cultivo do camarão-da-amazônia, Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Crustacea, Decapoda, Palaemonidae) em diferentes densidades: fatores ambientais, biologia populacional e sustentabilidade econômica

Moraes-Riodades, Patrícia Maria Contente [UNESP] 18 July 2005 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2016-09-27T13:40:19Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2005-07-18. Added 1 bitstream(s) on 2016-09-27T13:45:48Z : No. of bitstreams: 1 000330621.pdf: 523809 bytes, checksum: 5850d3cefe20f63722400019d6c5d231 (MD5) / O objetivo desse trabalho foi estudar o cultivo de Macrobrachium amazonicum em viveiros escavados em diferentes níveis de intensificação. Pós-larvas (PL) com 0,01 g foram estocadas em 12 viveiros de fundo natural com 0,01 ha nas densidades 10, 20, 40 e 80 PL/m2 (tratamentos) durante 5,5 meses. Para cada tratamento foram realizadas 3 repetições. Os camarões foram alimentados com ração peletizada com 37% de proteína duas vezes ao dia. Na despesca, foi observada grande heterogeneidade de tamanho porque a estrutura populacional é formada por quatro morfotipos de machos e por fêmeas em diferentes estágios de maturação. Os machos dos morfotipos GC1 e GC2 e as fêmeas cresceram ao longo do cultivo, mas a taxa de crescimento diminuiu com o aumento da densidade populacional. Por outro lado, machos CC e TC apresentaram o mesmo tamanho ao longo do cultivo nas quatro densidades estudadas. O peso médio individual diminuiu de 7,0 para 3,6 g e a produtividade aumentou de 1117 para 4512 kg/ha/ano com o aumento da densidade de estocagem. Por outro lado, a sobrevivência não foi alterada, permanecendo ao redor de 70%. Os resultados indicam que a densidade desempenha papel importante no crescimento e estrutura populacional de M. amazonicum, de forma similar ao que ocorre com outras espécies do gênero Macrobrachium. Isto pode ser devido a características biológicas da espécie e/ou competição por espaço e alimento natural. A densidade não influiu nas características da água. Realizou-se um estudo econômico de uma fazenda hipotética de engorda de M. amazonicum para avaliar a sustentabilidade econômica do cultivo dessa espécie. Considerou-se a tecnologia usada e os resultados de produtividade e crescimento obtidos nesse experimento. Foram realizadas três análises econômicas diferentes: análise de custo-retorno, fluxo de caixa e análise da viabilidade financeira do projeto. O preço de... / The aim of this research was to study Macrobrachium amazonicum farming in grow-out ponds at different levels of intensification. Post-larvae (0.01g) were stocked in 12 earthen ponds at densities of 10, 20, 40 and 80/m2 (3 replicates per treatment) during 5.5 months. Commercial marine shrimp diet (40% protein) was supplied for twelve days and, then, prawns were fed a pelleted diet, containing 37% protein, twice daily. At harvest, it was observed large size heterogeneity because population structure is comprised of four different male morphotypes and females at different maturation stages. GC1 and GC2 males and all females weight increased along time while TC and CC males did not grow. Average individual weight decreased and production increased as stocking density increased, while survival was not affected. Therefore, prawn density plays an important role on M. amazonicum growth and population structure, as have been demonstrated for other species of the genus Macrobrachium. It may be due to biological characteristics of the species and/or competition for space and natural food. On the other hand, intensification did not affected water quality. A hypothetical commercial pond farm was developed to assess economic sustainability of the amazon river prawn farming. It was based upon technology, harvest population structure and productivity data obtained in the experiment carried out here. Three different analyses for investment evaluation were performed: cost-return analysis, cash flow analysis and financial investment analysis. Breakeven cost decreased from US$ 6,50 to 4,80 by kg as density increased. General results indicated that the species might be raised in intensive systems. Despite of the small size (mean weight 7 g), high survival (about 70%) and productivity (more than 4,000 tonnes/ha/yr) may be attained using high stocking densities. The use of management practices to decrease heterogeneous ...
30

Efeitos da salinidade, luminosidade e alimentação na larvicultura do camarão-da-amazônia, Macrobrachium amazonicum /

Araújo, Mariana Cutolo de. January 2005 (has links)
Orientador: Wagner Cotroni Valenti / Resumo: Os objetivos da presente tese foram determinar a salinidade mínima na qual larvas de Macrobrachium. amazonicum não alimentadas sobrevivem e se desenvolvem, determinar a intensidade luminosa adequada ao desenvolvimento larval, investigar a incidência alimentar no tubo digestivo de larvas em relação a náuplios de Artemia e dieta inerte, bem como o estágio no qual se inicia a ingestão de alimento exógeno e avaliar o efeito de regimes alimentares no desenvolvimento, na incidência alimentar no tubo digestivo, na sobrevivência, na produtividade e no crescimento na larvicultura dessa espécie. Os dados demonstraram que as larvas da população estudada dessa espécie não sobrevivem em água doce. No entanto, completam seu desenvolvimento larval em salinidades baixas de até 1‰. A luminosidade 7,8±2,5 μmol.s-1.m-2 (aproximadamente 390±125 lux) melhora o desempenho das larvas de M. amazonicum em termos de desenvolvimento larval, produtividade e ganho de peso. As larvas dessa espécie a partir de zoea II começam a se alimentar de náuplios de Artemia. As larvas para se desenvolverem precisam se alimentar de náuplios de Artemia do estágio II ao IV. As larvas dessa espécie no estágio III preferem náuplios de Artemia, mas ingerem dieta inerte muito bem se este for o único alimento disponível. A substituição total de náuplios de Artemia por dieta inerte a partir de zoea V não afeta negativamente o desenvolvimento larval dessa espécie / Abstract: The present thesis studied Macrobrachium amazonicum larvae for determining: 1) the minimal salinity required for the survival and development of feed deprived larvae; 2) the best light intensity suitable for larval development; 3) the digestive tract content (Artemia nauplii and/or inert food) and the larval stage at the beginning of exogenous food ingestion; and 4) the effect of feeding regimes on the development, digestive tract content, survival, productivity and growth. The results showed that these larvae do not survive in freshwater, but the development can be completed in low salinity (1‰). Mean light intensity of 7.8±2.5 μmol.s-1.m-2 (about 390±125 lux) improves M. amazonicum larval development, productivity and weight gain. Moreover, larvae at Zoea II stage start feeding on Artemia nauplii and this live food is required until zoea IV. Zoea III larvae prefer Artemia nauplii, but accept inert food when it is the only available food. Total substitution of inert diet in place of Artemia nauplii from zoea V stage does not affect M. amazonicum larval development / Doutor

Page generated in 0.0743 seconds