• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 85
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 95
  • 95
  • 31
  • 31
  • 29
  • 18
  • 12
  • 11
  • 11
  • 10
  • 10
  • 10
  • 10
  • 9
  • 8
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Quem é a sociedade civil? : atores, atitudes e comportamento político nos comitês de bacia hidrográfica

Lucini, Juana Andrade de January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, Programa de Pós-Graduação, 2008. / Submitted by Priscilla Brito Oliveira (priscilla.b.oliveira@gmail.com) on 2009-09-23T20:25:56Z No. of bitstreams: 1 2008_JuanaAndradeLucini.pdf: 3738931 bytes, checksum: 658be969e2675fe3a2102c9c165088c6 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2009-09-30T13:46:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_JuanaAndradeLucini.pdf: 3738931 bytes, checksum: 658be969e2675fe3a2102c9c165088c6 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-09-30T13:46:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_JuanaAndradeLucini.pdf: 3738931 bytes, checksum: 658be969e2675fe3a2102c9c165088c6 (MD5) Previous issue date: 2008 / Baseado numa pesquisa censitária realizada com os membros de 14 comitês de bacias hidrográficas e 4 consórcios de bacia, a dissertação analisa o papel desempenhado pelos atores, em especial a categoria preliminarmente classificada como sociedade civil, atores definidos operacionalmente como os que não são usuários de água nem oficiais do estado em qualquer nível de governo. A hipótese que permeia o estudo é que este grupo resíduo que corresponde ao que muitos atores chamam de “sociedade civil” é heterogêneo, e que conflitos não ocorrem necessariamente entre sociedade civil e governo, mas entre projetos políticos, dinâmicas políticas, formas de participação e preparos distintos, que se confrontam nos comitês. O objetivo é tentar identificar similaridades ou diferenças nesses representantes, agrupando os indicadores nessas categorias de análise e comparando os grupos. Outro objetivo é tentar identificar uma teoria na literatura existente que explique os resultados. Os resultados mostram que: a) o segmento sociedade civil é heterogêneo em seus projetos políticos, em sua dinâmica política, em sua forma de participar no comitê e quanto ao preparo de seus representantes. No entanto, no que se refere à representantação dos membros e à participação em outras organizações, não há diferenças substanciais entre os grupos; b) os representantes do poder público são bastante homogêneos, com exceção dos representantes do poder público federal, que se distanciaram dos demais grupos principalmente quanto ao preparo do representante e à participação em outras organizações; c) os usuários também são heterogêneos, mas menos do que a sociedade civil. È possível criar subgrupos entre os usuários, com características semelhantes, enquanto que na sociedade civil cada grupo se diferencia dos demais. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Based on a survey of the members of 14 river basin committees and consortia, this thesis analyses the role of these actors, especially the category preliminarily classified as civil society. This operational definition includes the actors who are neither civil servants nor large scale water resources users. The hypothesis is that this group is not homogeneous, and that conflicts occur not so much between civil society and the government as between the different political projects, political dynamics, ways of participating and professional backgrounds that confront each other in these forums. The objective is to try to identify similarities or differences between these actors, selecting indicators for each of these dimensions and comparing groups. Another objective is to try to identify a theory in the existing literature which can explain the results. Those results show that: a) civil society is indeed heterogeneous with respect to political projects, dynamics, forms of committee participation and background qualifications. Nevertheless, there is little difference among groups with respect to the way they interact with the institutions they represent and participation in outside forums; b) members representing the State are homogeneous, with the important exception of Federal workers. These actors have very different characteristics from other groups with respect to professional qualifications and to participation in outside forums; c) Users are heterogeneous, but less so then civil society groups. It is possible to group different types of users into different sub-categories with similar characteristics, where as each type of civil society organization is very different from all the others.
22

A cobrança pelo uso e poluição da água : o caso da sub-bacia do rio de ondas no oeste da Bahia

Ferraz, Carlos Alberto Leitão 10 July 2008 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, 2008. / Submitted by Kathryn Cardim Araujo (kathryn.cardim@gmail.com) on 2009-09-15T17:59:55Z No. of bitstreams: 1 2008_CarlosAlbertoLeitaoFerraz.pdf: 771586 bytes, checksum: 00d1ac8154e5bb73b4bc5b793b223a8b (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2009-10-22T15:09:06Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_CarlosAlbertoLeitaoFerraz.pdf: 771586 bytes, checksum: 00d1ac8154e5bb73b4bc5b793b223a8b (MD5) / Made available in DSpace on 2009-10-22T15:09:06Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_CarlosAlbertoLeitaoFerraz.pdf: 771586 bytes, checksum: 00d1ac8154e5bb73b4bc5b793b223a8b (MD5) Previous issue date: 2008-07-10 / Nessas últimas três décadas ocorreram significativos avanços nos estudos e pesquisas sobre a cobrança pelo uso da água. Entretanto, a possibilidade real de aplicação da cobrança tem provocado dúvidas e inquietações na sociedade, principalmente devido aos poucos trabalhos desenvolvidos em que a cobrança foi efetivamente implantada. O principal objetivo desta pesquisa é analisar a aplicabilidade da cobrança pelo uso e poluição da água (modelo CEIVAP) à realidade da sub-bacia do rio de Ondas, no Oeste da Bahia, considerando as limitações dos dados existentes na literatura, principalmente, em relação ao consumo de água por cultura e os instrumentos de gestão disponíveis. Na etapa inicial do trabalho, foram pesquisados e consolidados os dados dos principais usuários de água da sub-bacia. Em seguida, foi simulada a aplicação do modelo CEIVAP de cobrança pelo uso da água, com pequenas alterações baseadas em faixas de preços. Foi analisado o impacto econômico sobre as principais culturas agrícolas e setores usuários. Os resultados obtidos foram comparados com as condicionantes do modelo aplicado. A área de estudo foi a sub-bacia do rio de Ondas, localizada na fronteira agrícola do Oeste baiano, com uma área de 5.141 km², onde a atividade econômica preponderante é o agronegócio, em que se destacam as produções de soja, algodão, milho e café. As simulações realizadas demonstraram que a cobrança na sub-bacia do rio de Ondas é viável, desde que sejam gerados pequenos impactos econômicos nos setores usuários. Contudo, ela não pode ser tão baixa que não induza a mudanças no comportamento dos usuários dos recursos hídricos. A maneira de implementar a cobrança e a conseqüente arrecadação deve ser pautada em variáveis e critérios de justiça, eficiência e sustentabilidade ambiental.
23

Aplicação de metodologias relacionadas à valoração da água para as bacias dos rios Grande e Paranaíba / Application of methodologies related to water valuation for the Grande and the Paranaíba rivers basins

Oliveira, Andressa Nayara Gomes 31 July 2017 (has links)
Submitted by Reginaldo Soares de Freitas (reginaldo.freitas@ufv.br) on 2017-11-17T12:12:28Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1905064 bytes, checksum: 9f2d27e3d96b5f91beb728861b345c0e (MD5) / Made available in DSpace on 2017-11-17T12:12:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1905064 bytes, checksum: 9f2d27e3d96b5f91beb728861b345c0e (MD5) Previous issue date: 2017-07-31 / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais / O aumento da demanda pelo uso da água e a diminuição da disponibilidade hídrica tem causado cenários de escassez hídrica, o que pode ocasionar conflitos entre os usuários. A cobrança pelo uso da água proposta pela Lei no 9433/97 visa, portanto, promover a utilização mais racional dos recursos hídricos. No Brasil, a cobrança pelo uso da água já é um instrumento aplicado em algumas bacias hidrográficas. Entretanto, a metodologia atual não considera alguns aspectos importantes para o cálculo da cobrança. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo a aplicação de metodologias relacionadas à valoração da água para as bacias do rio Grande e do rio Paranaíba, em função do tipo de manancial de captação, da utilização de reservatórios de regularização de vazões, da sazonalidade de vazões e da efetiva demanda hídrica das culturas. Comparou-se também os resultados obtidos com os encontrados por Ramos (2016) e Ribeiro (2016) para a bacia do Paracatu. A utilização dos critérios relacionados à sazonalidade de vazões e ao manancial de captação permitiram associar uma valoração mensal diferenciada ao longo do ano para as bacias do Grande e Paranaíba. Observou-se uma diminuição do custo da água superficial e um aumento do valor da água subterrânea no período chuvoso. Contudo, com a aproximação do período de estiagem, há uma diminuição do desconto da água superficial e do custo da água subterrânea. Vale ressaltar que a bacia do Grande apresentou menor variação sazonal da relação entre os valores de Q 7,10 mensais e anual em comparação com as bacias do Paranaíba e Paracatu. Em relação às efetivas demandas hídricas das culturas, foi possível o desestímulo do uso da água na irrigação no período de menor disponibilidade hídrica, graças à aplicação dos aprimoramentos do fator de uso da água na irrigação. A bacia do Grande apresentou as menores vazões demandadas pelas culturas em ambas as regiões homogêneas, devido a menor evapotranspiração na bacia. Por fim, o fator de deplecionamento pelo uso da água em condições de regularização associou um maior desconto mensal ao usuário, e a alteração da vazão mínima residual possibilitou um aumento expressivo da disponibilidade hídrica sem comprometer as condições à fio d’água. / Increasing in water use demand and the reduction of water availability has caused scenarios of water scarcity, which can lead to conflicts among users. The charge for water use proposed by Brazilian Law 9433/97 aims, therefore, to promote the more rational use of water resources. In Brazil, the charge for water use is already an instrument applied in some watershed. However, the current methodology does not consider some important aspects for charge calculation. Thus, the present study aims the application of methodologies related to water valuation for the Grande and the Paranaíba rivers basins, depending on the type of capitation source, use flow regulation system, seasonal availability of flows and the effective water demand of crops. The results obtained by Ramos (2016) and Ribeiro (2016) for the Paracatu basin were also compared. The use of criteria related to seasonal availability of flows and capitation source allowed to associate distinct monthly valuations throughout the year for Grande and Paranaíba rivers basins. Decreasing in valuation of the surface water and increasing in the groundwater value in the rainy season were verified. However, as the drought period draw nearer, there was a decrease in surface water discount and groundwater cost. It is noteworthy that the Grande basin presented lower seasonal variation between the monthly and annual Q 7,10 values if compared to Paranaíba and Paracatu basins. Regarding the effective water demand of crops, a discouraging of water use for irrigation in the period of less hydric availability was possible with application of improvements in the water use factor in irrigation. Grande basin presented lower flows demanded by the crops in both homogeneous regions, due to the lower evapotranspiration in the basin. Finally, the drawdown factor for water use in regularization conditions led to a higher monthly discount to the user, and the changing of minimum residual flow allowed a significant increase of water availability without compromising the conditions to run of river.
24

Dimensionamento da capacidade de reservatórios de regularização de vazões utilizando de séries sintéticas / Determination of reservoir capacities for streamflow regulation based on the use of synthetic flow series

Rodrigues, Nívia Carla 21 March 2017 (has links)
Submitted by Reginaldo Soares de Freitas (reginaldo.freitas@ufv.br) on 2018-03-26T16:54:22Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1098109 bytes, checksum: dbb84bc7e337ba458f95f996aa64d9d0 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-03-26T16:54:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1098109 bytes, checksum: dbb84bc7e337ba458f95f996aa64d9d0 (MD5) Previous issue date: 2017-03-21 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / O aumento da demanda e a diminuição da disponibilidade hídrica provoca quadros de escassez, o que pode ocasionar conflitos entre os usuários. O uso da disponibilidade potencial dos recursos hídricos, representada pela vazão média de longo termo, é possibilitado pela construção de reservatórios de regularização de vazões e constitui uma alternativa viável para aumentar a disponibilidade hídrica nos períodos de estiagem. Todavia, apesar de trazer muitos benefícios, pode causar impactos negativos na área econômica, ambiental e social, e por isso, tais obras devem ser dimensionadas de modo a proporcionar os benefícios requeridos e causar o mínimo possível de impactos negativos. Para estimar a capacidade do reservatório são necessários os dados fluviométricos na seção de interesse, mas muitas vezes essas informações são ausentes e/ou deficientes e as técnicas disponíveis para contornar o problema são inadequadas, como a regionalização da curva de regularização. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi desenvolver, em seções sem disponibilidade de dados fluviométricos, dimensionar a capacidade de reservatórios utilizando séries sintéticas e aperfeiçoar o processo de avaliação da eficácia das metodologias que estimam a capacidade do reservatório nessas seções. As metodologias propostas se baseiam na geração de séries sintéticas de vazões a partir de dados de estações fluviométricas localizadas na mesma região hidrologicamente homogênea da seção de interesse. Os dados utilizados são os valores diários de vazão e a vazão média de longo termo específica (q mlt ). Foram propostas duas abordagens para a geração das séries sintéticas: i) utilizando a q mlt regionalizada, e, ii) utilizando a q mlt observada. Assim, quando se utiliza valores diários de vazão observados e q mlt regionalizada, obtêm-se a série sintética regionalizada (SSr) e quando se utiliza valores diários de vazão observados e q mlt observada, obtêm-se a série sintética observada (SSo). De posse de ambas as séries sintéticas, as capacidades dos reservatórios foram calculadas e comparadas com os resultados obtidos por outras metodologias já existentes. Diante dos resultados obtidos se chegou às seguintes conclusões: o uso de séries sintéticas de vazões se caracterizou como um procedimento eficiente para o dimensionamento de reservatórios de regularização de vazões; a metodologia de regionalização da curva de regularização foi a que apresentou o pior desempenho entre as metodologias analisadas; a metodologia proposta MSSo_T, a qual utiliza a SSo, foi a que apresentou o melhor desempenho, seguida pela metodologia MSSr_T, que utiliza a SSr; o índice de qualidade de dimensionamento (IQD), proposto neste trabalho como um aperfeiçoamento da avaliação da eficácia das metodologias, constitui em um critério de decisão importante, sendo um fator de incentivo à garantia da segurança hídrica. / The increase in demand and the reduction of water availability causes water scarcity, which can lead to conflicts among users. The use of the potential water availability, represented by long-term average streamflow, is possible by the construction of reservoirs for regulation streamflow, which may be a viable alternative to increase water availability during drought periods. However, despite their benefits, the reservoirs can cause negative impacts in the economic, environmental and social areas, therefore, such infrastructures must be dimensioned to provide the required benefits and cause the minimum possible negative impacts. To estimate reservoir capacity, the historical streamflow data is needed; however, these data are not always available for sites of interest and the techniques used to solve the problem are inadequate, such as the regionalization of reservoir capacity-yield curves. In this sense, the objectives of this work were to develop methodologies to design reservoir capacity, in sections without historical streamflow data, based on synthetic streamflow series, and also to improve the process of evaluating the efficiency of the methodologies to estimate the reservoir capacity in sections without data.The proposed methodologies are based on the generation of synthetic streamflow series from the historical streamflow data in sections located in a hydrologically homogeneous region. The data used are the daily streamflow values and the specific long-term average streamflow (q mlt ). Two approaches were proposed for the generation of the synthetic series: i) using the regionalized q mlt , and ii) using the observed q mlt . Thus, when using daily values of observed streamflow and regionalized q mlt , we obtain the regionalized synthetic series (SSr) and when using daily values of observed streamflow and observed q mlt , we obtain the observed synthetic series (SSo). With both synthetic series, the capacities of the reservoirs were calculated and then compared with the results obtained by existing methodologies. The obtained results allows the following conclusions: the use of synthetic streamflow series was characterized as an efficient procedure for the reservoirs design; the regionalization of reservoir capacity-yield curves methodology presented the worst performance among the analyzed methodologies; the proposed MSSo_T methodology, which uses the SSo, presented the best performance, followed by the MSSr_T methodology, that uses the SSr; the design quality index (IQD), proposed in this work as an improvement of the methodologies effectiveness evaluation, constitutes an important decision criterion, being an incentive factor to guarantee water security.
25

Parametrização e validação do modelo AquaCrop para a cultura da cana-de-açúcar / Parameterization and validation of the AquaCrop Model for sugarcane

Alencar, Leônidas Pena de 01 July 2014 (has links)
Submitted by Marco Antônio de Ramos Chagas (mchagas@ufv.br) on 2016-07-11T18:13:14Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1638554 bytes, checksum: 4f960eda5312d0e48d3cbf2b89f5d14a (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-11T18:13:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1638554 bytes, checksum: 4f960eda5312d0e48d3cbf2b89f5d14a (MD5) Previous issue date: 2014-07-01 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Atualmente e, provavelmente, no futuro, a agricultura irrigada terá que se adequar à realidade da escassez de água. A falta d’água para irrigação será a regra e não a exceção. O foco do manejo da irrigação será distinto do atual, enfatizando a produção por unidade de área, para a maximização da produção por unidade de água consumida, o que já ocorre em diversas áreas. Para avaliar os efeitos do estresse hídrico e otimizar o uso da água, em condições limitantes, melhorando a sustentabilidade e rentabilidade da produção agrícola serão cada vez mais utilizados os modelos de simulação e crescimento de culturas. A organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), atenta à essa necessidade, desenvolveu um modelo de simulação de resposta de produção à necessidade hídrica das culturas (AquaCrop). No presente estudo, o AquaCrop foi parametrizado e validado para as cultivares RB92579, RB867515, RB93509, SP81-3250, SP79-1011 e CTC9 de cana-de- açúcar (Saccharum officinarum L.), utilizando o conjunto de dados de seis experimentos realizados em diferentes regiões do Brasil. Em Coruripe-AL, a cultura foi conduzida sob sequeiro e, em Carpina-PE, Rio Largo-AL e Juazeiro- BA, a cultura foi conduzida com irrigação, sendo que em Goianésia-GO, por sua vez, foram utilizados diferentes regimes hídricos: sequeiro com aplicação de 100 mm de salvamento, irrigação correspondente a 50% da ITN e 100% da ITN. A avaliação do modelo foi feita utilizando o coeficiente de determinação (r2), índice de Willmott (d), índice de eficiência de Nash-Suctlife (E) e a raiz do erro quadrático médio (REQM), como indicadores estatísticos. Bons resultados foram obtidos na parametrização e validação do modelo, apresentando pequenos erros na simulação da produção de biomassa seca da parte aérea e na biomassa final. Todavia, constataram-se os maiores erros na simulação da cobertura do solo pelo dossel, nas condições de sequeiro. O modelo não foi capaz de representar o fenômeno de aumento na produção de sacarose, no final do ciclo, com a acurácia e a precisão desejadas. A limitação do modelo advém do fato de que o mesmo não fornece a produção de colmo (TCH) nem a produção de sacarose, fazendo necessária a utilização de índices de umidade e particionamento da biomassa, para a conversão da biomassa seca total em TCH. Observou-se uma variação nos valores de produtividade da água (WP) entre cultivares, o que contradiz a premissa dos autores do modelo, de que este parâmetro pode ser aplicado a uma ampla gama de cultivares. A facilidade de uso do modelo AquaCrop, o pequeno número de parâmetros de entrada e os pequenos erros de estimativa da biomassa final fizeram o modelo atuar como uma valiosa ferramenta para estimar a produtividade da cultura sob condições de sequeiro e/ou irrigação com déficit, além de permitir diferentes estratégias de gestão da água na agricultura, visando a melhorar a eficiência do uso da água, pelas culturas. / Currently, and probably in the future, irrigated agriculture will need to fit the reality of water scarcity. The lack of water for irrigation will be the rule and not the exception. The focus of irrigation management will change, emphasizing the production per unit of area for maximizing production per unit of water consumed, ie, water productivity, which already occurs in several areas. Simulation and crop growth models will be increasingly used to evaluate the effects of water stress and optimize the use of water in limiting conditions, improving the sustainability and profitability of agricultural production. The organization of the United Nations for Food and Agriculture (FAO), attentive to this need, developed a simulation model of yield response to crop water requirement (AquaCrop). In the present study, AquaCrop was parameterized and validated for RB92579, RB867515, RB93509, SP81-3250, SP79-1011 and CTC9 of sugarcane (Saccharum officinarum L.) cultivars using the data set from six experiments in different regions of Brazil. In Coruripe-AL, the culture was conducted under rainfed and Carpina-PE-AL Rio Largo and Juazeiro-BA, the culture was conducted under irrigation, and in Goianésia-GO different water regimes were used: rainfed with application of 100 mm of water, irrigation corresponding to 50% of total irrigation needed (ITN) and 100% of ITN. The evaluation of the model was made using the coefficient of determination (r2), Willmott index (d), the efficiency index of Nash-Suctlife (E) and the root mean square error (RMSE) as statistical indicators. Good results were obtained in the parameterization and validation of the model, showing small errors in the simulation of dry above ground biomass of and in the final biomass, but found the biggest mistakes in the simulation of ground cover by the canopy, in rainfed conditions. The model has not been able to represent the phenomenon of the increase in sucrose production by the end of the cycle with the desired accuracy and precision. The limitation of the model is that it does not provide the production of stem (TCH) and the production of sucrose. Therefore, it is necessary the use of humidity indexes and the partitioning of biomass for conversion of total dry biomass in TCH. There was a variation in the values of water productivity (WP) among cultivars, which contradicts the premise of the authors of the model, that this parameter can be applied to a range of cultivars. The ease of use of AquaCrop model, the small number of input parameters and small errors of estimative final biomass made the model serve as a valuable tool for estimating crop yield under rainfed conditions and/or irrigation deficit that enables different strategies for water management in agriculture, to improve the efficiency of water use by crops.
26

Estimativas da evaporação e da pegada hídrica dos reservatórios das usinas hidrelétricas de Tucuruí-PA e Lajeado-TO / Evaporation and water footprint estimates from the Tucuruí-PA and Lajeado-TO hydropower plants reservoirs

Coelho, Clívia Dias 19 February 2016 (has links)
Submitted by Marco Antônio de Ramos Chagas (mchagas@ufv.br) on 2016-08-16T16:20:37Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1299970 bytes, checksum: b68d1ec1b5ed7c9f54caea64302a14ae (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-16T16:20:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1299970 bytes, checksum: b68d1ec1b5ed7c9f54caea64302a14ae (MD5) Previous issue date: 2016-02-19 / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais / As perdas de água em reservatórios hidrelétricos por evaporação tem grande influência no volume disponível para os múltiplos usos e na garantia de atendimento das demandas de água. Nesse contexto, a pegada hídrica de hidrelétricas, um indicador calculado pela relação entre o consumo de água de usinas hidrelétricas e a energia produzida, fornece uma base para a discussão sobre a alocação da água e as questões relacionadas ao seu uso sustentável, equitativo e eficiente. Estimativas atualizadas e precisas da evaporação em reservatórios hidrelétricos brasileiros são, portanto, fundamentais para o melhor gerenciamento dos recursos hídricos. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho foi estimar a evaporação, a partir da aplicação dos métodos de Penman (1948), Linacre (1993), Kohler et al. (1955), Morton (1983a) e deBruin & Keijman (1979), nos reservatórios de Tucuruí- PA e de Lajeado-TO; e caracterizar a pegada hídrica das Usinas Hidrelétricas de Tucuruí e Lajeado com base na sua produção de energia elétrica e taxas de evaporação mensais e anuais. Foram utilizados dados climatológicos mensais, obtidos das estações meteorológicas de Tucuruí (OMM: 82361) e de Palmas (OMM: 83033), fornecidos pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e dados de geração mensal de energia elétrica, fornecidos pelas empresas Eletronorte e Investco. A comparação entre os diferentes métodos foi realizada utilizando-se como padrão o método de Penman, sendo analisada a variância e os testes de Dunnett e Tukey. A partir dos valores estimados de taxa de evaporação nos reservatórios foi possível obter a vazão equivalente à lâmina evaporada e a vazão evaporada líquida nas bases anual e mensal. A pegada hídrica das hidroelétricas foi avaliada por três métodos. O primeiro método (PH-1) considera somente o consumo bruto de água pelo sistema de geração de energia hidrelétrica, enquanto o segundo método (PH-2) considera o consumo líquido de água, e o terceiro método (PH-3) contabiliza o balanço líquido de água. Os resultados permitiram constatar que as evaporações médias anuais nos reservatórios de Tucuruí e Lajeado, estimadas pelo método de Penman, foram similares, com valores de 1.784 mm e 1.882 mm, respectivamente. Os métodos de Linacre; Kohler et al.; Morton e deBruin & Keijman não podem ser utilizados para a estimativa da evaporação média anual nos reservatórios de Tucuruí e Lajeado em substituição ao método de Penman. Os métodos de Linacre e deBruin & Keijman apresentaram comportamento similar ao de Penman para o período mais seco do ano em Tucuruí, podendo ser utilizados para a estimativa da evaporação mensal do reservatório neste período. As vazões médias anuais evaporadas nos reservatórios de Tucuruí e Lajeado, estimadas pelo método de Penman, foram de 163 m 3 /s e 38 m 3 /s, o que corresponde a 1,5% e 1,6% da vazão natural média do rio Tocantins nas respectivas localidades. Já as vazões líquidas médias anuais evaporadas nos reservatórios de Tucuruí e Lajeado foram de 69 m 3 /s e 16 m 3 /s, o que corresponde a 0,6% e 0,7% da vazão natural média do rio Tocantins nas respectivas localidades. As estimativas da pegada hídrica média anual para o reservatório de Tucuruí, pelos métodos PH-1, PH–2 e PH–3 foram de, respectivamente, 49 m 3 /GJ, 26 m 3 /GJ e -21 m 3 /GJ, enquanto para Lajeado as estimativas foram de 95 m 3 /GJ, 48 m 3 /GJ e 21 m 3 /GJ. A média da área do reservatório por unidade de capacidade instalada da hidrelétrica de Tucuruí foi de 34 ha/MW, enquanto para Lajeado o valor foi de 70 ha/MW. Considerando as estimativas de pegada hídrica, Tucuruí apresentou maior eficiência hídrica em relação à Lajeado devido à menor razão entre a superfície do seu reservatório e a sua capacidade hidroelétrica instalada. / Knowledge of the evaporative losses in hydroelectric reservoirs has great influence in determining the volume of water available for multiple uses and ensuring compliance with the demands of water. In this context, the water footprint of hydropower, an indicator calculated by the ratio of water consumption of hydropower plants and the energy produced, provides a basis for discussion on the allocation of water and issues related to sustainable, fair and efficient use. More updated and accurate estimates of evaporation in Brazilian hydroelectric reservoirs are therefore extremely important to a better management of water resources. Thus, the aim of this study was to estimate evaporation based on the application of mathematical methods proposed by Penman (1948), Linacre (1993), Kohler et al. (1955), Morton (1983a) and deBruin & Keijman (1979), in the reservoirs of Tucuruí-PA and Lajeado-TO; and characterize the water footprint of hydropower plants of Tucuruí and Lajeado based on their production of electricity and monthly and annual evaporation rates. Climatological data were obtained from the meteorological stations of Tucuruí (OMM: 82,361) and Palmas (WMO: 83033), provided by the Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), and monthly power generation data were provided by Eletronorte and Investco companies. The comparison between the different methods was performed by using Penman as the standard method, and analyzing the variance and Dunnett and Tukey tests. From the estimated values of evaporation rate in the reservoirs, it was possible to obtain the evaporated discharge and the net evaporated discharge the annual and monthly basis. The water footprints of the hydroelectric power plants were evaluated by three different methods. The first method (PH-1) considered only the gross consumption of water by the hydroelectric power generation system, the second method (PH-2) considers the net water consumption, while the third method (PH-3) accounts the net water balance. The results demonstrated that the average annual evaporation in Tucuruí and Lajeado reservoirs, estimated by the standard method, were similar, and correspond, respectively, to 1.784 mm and 1.882 mm, respectively. Linacre; Kohler et al.; Morton and Bruin & Keijman methods cannot be used to estimate the average annual evaporation in Tucuruí and Lajeado reservoirs in substitution of the Penman method. Linacre and deBruin & Keijman methods exhibit similar behavior to Penman in the driest period of the year for Tucuruí and can be used for the estimation of monthly evaporation from the reservoir in this period. The average annual evaporated discharges in Tucuruí and Lajeado reservoirs, estimated by Penman method, were 163 m 3 /s and 38 m 3 /s, respectively, which corresponds to 1,5% and 1,6% of the average natural discharge of the Tocantins river in the respective localities. However, the average annual net evaporated discharges in Tucuruí and Lajeado reservoirs were 69 m 3 /s and 16 m 3 /s, which corresponds to 0,6% and 0,7% of the average natural flow of the river Tocantins in the respective localities. Estimates of the average annual water footprint for Tucuruí reservoir, by PH-1, PH-2 and PH-3 methods were, respectively, 49 m 3 /GJ, 26 m 3 /GJ and -21 m 3 /GJ, while for Lajeado these estimates were 95 m 3 /GJ, 48 m 3 /GJ and 21 m 3 /GJ. The average reservoir area per unit of installed capacity for Tucuruí dam was 34 ha/MW, while for Lajeado this value was 70 ha/MW. Considering the water footprint estimates, Tucuruí has showed greater water efficiency in relation to Lajeado due to the lower ratio between the surface of its reservoir and its installed hydroelectric capacity.
27

O Conflito de uso da água do Açude Joaquim Távora (Jaguaribe) – CE / Conflict of water use of Joaquin Weir Tavora (Jaguaribe)-CE

Freitas, Hermilson Barros de 12 December 2013 (has links)
FREITAS, H. B. O Conflito de uso da água do Açude Joaquim Távora (Jaguaribe) – CE. 2013. 57 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão de Recursos Hídricos) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2013. / Submitted by Marlene Sousa (mmarlene@ufc.br) on 2015-04-07T16:29:07Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_hbfreitas.pdf: 3208650 bytes, checksum: 219df1fea2a6894cdedbadc16311e3fb (MD5) / Approved for entry into archive by Marlene Sousa(mmarlene@ufc.br) on 2015-04-16T18:34:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_hbfreitas.pdf: 3208650 bytes, checksum: 219df1fea2a6894cdedbadc16311e3fb (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-16T18:34:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_hbfreitas.pdf: 3208650 bytes, checksum: 219df1fea2a6894cdedbadc16311e3fb (MD5) Previous issue date: 2013-12-12 / O açude Joaquim Távora foi construído pelo DNOCS entre os anos 1932 e 1933, com o objetivo principal de atender a irrigação e a piscicultura. A sua construção possibilitou a instalação de moradores na região, surgindo assim o distrito de Feiticeiro, que se apresentava como uma localidade propícia à permanência, inclusive nos períodos de estiagem, comuns na região, passando, também, a ser utilizado para abastecimento, perenização do Riacho Feiticeiroe lazer. Os múltiplos usos desse açude podem produzir vários problemas, especialmente quando a disponibilidade de água é limitada por sua quantidade ou por sua qualidade, o que pode gerar conflitos. No caso do açude Joaquim Távora, observa-se que, nos anos de “fartura hídrica”, as questões relacionadas à disponibilidade de água não são discutidas, o conflito pelo acesso e uso da água fica esquecido, retornando, contudo, nos períodos de baixo aporte hídrico, aliado ao aumento da demanda e a falta de mais políticas públicas eficientes. Essa pesquisa investigou o conflito que foi estabelecido pelo uso d´água do açude público Joaquim Távora, levando ao Termo de Ajustamento de Conduta – TAC, estabelicido pela Promotoria Pública Estadual da Comarca de Jaguaribe, com assinaturas dos irrigantes no dia 03 de outubro de 2012, que teve como determinação exigir que os irrigantes se responsabilizassem pela limpeza do trecho do riacho respectivo a sua propriedade, respeitando uma margem mínima de dois metros de largura. O termo também prevê a adequação dos barramentos existentes ao longo do riacho e outras irregularidades que venham a comprometer o fluxo de água no leito do riacho feiticeiro. A pesquisa teve ainda como objetivos: identificar os principais usuários envolvidos no conflito; localizar e mapear os pontos de resistência ao cumprimento ou não do TAC; relacionar os usos múltiplos da água do reservatório e identificar os meios de captação de água utilizada pelos usuários, tanto no entorno do açude quanto na região a jusante. Para chegar aos resultados alcançados, foi adotada uma metodologia de investigações diretas e indiretas, com aplicação de questionários dirigidos às populações rurais localizadas no entorno do açude; visitas, para obter dados quantitativos e qualitativos; e aplicação de questionários aos usuários da água do açude. / The weir was built by Joaquim Tavora DNOCS between the years 1932 and 1933 with the main objective to meet irrigation and fish farming. Its construction allowed the installation of residents in the region, thus resulting in the district Wizard, which appeared as a good location to stay, even during periods of drought, common in the region, passing also being used to supply the perpetuation sorcerer e creek leisure .Multiple uses of this reservoir can produce many problems, especially when water availability is limited by quantity or quality, which can generate conflicts. No case the weir Joaquim Tavora, it is observed that, in the years of “water abundance " issues related to water availability are not discussed , the conflict over access and use of water is forgotten , returning , however, during periods of low fluid intake , coupled with increased demand and lack of more public policy research efficient. That investigated the conflict that was established by the use of the public water reservoir Joaquim Tavora, leading to Terms of Adjustment of Conduct - TAC, established by the State Prosecutor of the District of Jaguaribe, with signatures of irrigators on October 3, 2012, which was to determine if requiring irrigators responsabilizassem for cleaning the stretch of its stream his property, with a minimum margin of two feet wide. The term also includes the adequacy of existing along the creek and other irregularities which may impair the flow of water in the creek bed Wizard buses. The survey aimed to: identify key users involved in the conflict; locate and map the points of resistance whether or not the TAC; relate the multiple uses of water from the reservoir and identify ways of attracting water used by users, both surrounding the reservoir and in the downstream region. To arrive at the results achieved, we adopted a methodology of direct and indirect investigations, with questionnaires aimed at rural populations surrounding the weir; visits to obtain quantitative and qualitative data, and questionnaires to users of the water reservoir.
28

Fatores associados ao consumo de água em residências de baixa renda.

Garcia, Ana Paula Arruda de Almeida 03 1900 (has links)
Submitted by LIVIA FREITAS (livia.freitas@ufba.br) on 2016-02-16T12:59:48Z No. of bitstreams: 1 [AnaGarcia2011]FATORES ASSOCIADOS AO CONSUMO DE ÁGUA EM RESIDÊNCIAS DE BAIXA RENDA.pdf: 2882323 bytes, checksum: 3d97128cc4e31ebc8a2bf9b2b7c4d294 (MD5) / Approved for entry into archive by LIVIA FREITAS (livia.freitas@ufba.br) on 2016-03-10T14:53:51Z (GMT) No. of bitstreams: 1 [AnaGarcia2011]FATORES ASSOCIADOS AO CONSUMO DE ÁGUA EM RESIDÊNCIAS DE BAIXA RENDA.pdf: 2882323 bytes, checksum: 3d97128cc4e31ebc8a2bf9b2b7c4d294 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-03-10T14:53:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 [AnaGarcia2011]FATORES ASSOCIADOS AO CONSUMO DE ÁGUA EM RESIDÊNCIAS DE BAIXA RENDA.pdf: 2882323 bytes, checksum: 3d97128cc4e31ebc8a2bf9b2b7c4d294 (MD5) / Esta dissertação teve como objetivo investigar como características socioeconômicas da família e do domicílio influenciam no consumo por água em residências de baixa renda e avaliar qual a percepção dos moradores deste tipo de habitação sobre o consumo de água e uso racional deste recurso. Para isso foram entrevistados moradores de 147 domicílios localizados numa região de baixa renda em Salvador, Bahia. Como instrumento de pesquisa foi adotado questionário semiestruturado contendo 45 questões. As variáveis avaliadas foram comparadas com o consumo domiciliar e per capita verificando o grau de dependência entre elas. Em seguida, foi avaliado o comportamento do consumo residencial segundo aquelas variáveis que apresentaram melhor associação. Foram também analisadas as respostas dos moradores entrevistados sobre o consumo e uso racional de água em seus domicílios. As informações levantadas foram confrontadas com o consumo informado na conta de água paga a concessionária local. Dos domicílios avaliados 55% encontram-se na faixa de consumo onde é cobrada a tarifa mínima, ou seja, até 10m³/mês. O consumo mensal médio de água obtido foi de 10,6 m³. Já o consumo per capita ficou em torno de 101 litros diários. Para a população avaliada foi identificada associação significativa entre o consumo residencial de água e aspectos como: número de moradores, número de dormitórios e pontos internos de água e parcela da renda comprometida com o pagamento da conta de água. Quando questionados sobre qual o consumo de água em sua residência, 59% dos entrevistados não souberam responder e 37% responderam a questão com o valor, em reais, que pagavam à concessionária de água e esgoto. Dos entrevistados, 70 % declararam que não acreditavam que as outras pessoas utilizavam água de forma racional, enquanto 89% afirmaram que eles próprios praticavam o uso da água de forma racional. Destacaram-se como fatores motivadores a preocupação com questões financeiras e com a escassez de água. Entre os aspectos identificados nesse trabalho se pode afirmar que o desconhecimento do consumo praticado e o sistema tarifário adotado para cobrança pela água, com uma tarifa fixa para consumos até 10m³, se mostram como um desafio para a implantação de ações para uso racional da água em área de baixa renda, pois, conforme visto, aspectos econômicos são importantes para esta parcela da população, podendo representar um desestímulo ao uso eficiente da água.
29

Modelo de otimização multiobjetivo para outorga de diluição de efluentes e enquadramento de corpos d água

ANDRADE, L. N. 10 August 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:09:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_5903_.pdf: 3013994 bytes, checksum: d25fbd35087003108647c6aa47f43dc4 (MD5) Previous issue date: 2012-08-10 / Outorga de diluição de efluentes e enquadramento dos corpos dágua são alguns dos instrumentos da Política Nacional dos Recursos Hídricos que necessitam de planejamento estratégico que concilie eficiência econômica, sustentabilidade, flexibilidade e equidade. Esta tese apresenta o desenvolvimento de um modelo matemático de otimização multiobjetivo que busca atender, em uma única função objetivo, diferentes metas envolvidas no processo de alocação de cargas efluentes. O modelo é capaz de integrar diferentes objetivos e tem como ideia central minimizar o custo para manutenção da qualidade do corpo receptor, sem deixar de buscar maximização da melhoria, em termos dos parâmetros oxigênio dissolvido e demanda bioquímica de oxigênio, buscando, ainda, maior equidade entre usuários. O modelo permite variar tanto eficiências de tratamento, quanto vazões de lançamento, o que permite auxiliar o planejamento de sistemas de coleta e tratamento de esgotos e buscar maior equidade entre os usuários. A adoção de pesos na função objetivo do modelo proposto permite uma abordagem sistêmica dos problemas de gestão dos recursos hídricos, permitindo considerar uma gama de objetivos de forma integrada e otimizada. Com isso, permite encontrar soluções que estabelecem melhor compromisso no atendimento aos propósitos existentes. O modelo proposto foi integrado a um Sistema de Suporte à Decisão, que poderá tornar mais ágeis, flexíveis e eficientes as tomadas de decisões por parte dos órgãos gestores e dos agentes. A aplicação do modelo de otimização desenvolvido, na forma do Sistema de Suporte à Decisão, em diversos estudos de caso, permitiu verificar sua utilidade na avaliação de diferentes estratégias de gestão, incluindo a busca de equidade entre os usuários e o atendimento às exigências ambientais relacionadas com o enquadramento dos corpos dágua, considerando aspectos relacionados com flexibilização de eficiências de tratamento de efluentes, redução de custos e manutenção de qualidade hídrica adequada no corpo receptor.
30

A contribuição de uma abordagem transversal da água na formação do técnico em Enfermagem em uma escola pública do Distrito Federal

Cabral, Sandra Pereira Couto 19 April 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2013. / Submitted by Luiza Silva Almeida (luizaalmeida@bce.unb.br) on 2013-07-24T16:21:28Z No. of bitstreams: 1 2013_SandraPereiraCoutoCabral.pdf: 5692906 bytes, checksum: d4b3c04628f610fcb4066f2129725c56 (MD5) / Approved for entry into archive by Leandro Silva Borges(leandroborges@bce.unb.br) on 2013-07-25T21:34:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_SandraPereiraCoutoCabral.pdf: 5692906 bytes, checksum: d4b3c04628f610fcb4066f2129725c56 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-07-25T21:34:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_SandraPereiraCoutoCabral.pdf: 5692906 bytes, checksum: d4b3c04628f610fcb4066f2129725c56 (MD5) / Este trabalho investiga a contribuição da água como tema transversal na formação humana e profissional do estudante do curso técnico em enfermagem de uma instituição pública de saúde do Distrito Federal. Realiza a análise documental da matriz curricular vigente no referido curso tendo como base legal as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional de Nível Técnico e os Referenciais Curriculares Nacionais da Educação Profissional de Nível Técnico. Utiliza a metodologia de formação humana do projeto Água como Matriz Ecopedagógica (AME) na elaboração e desenvolvimento de um plano de curso para a disciplina Microbiologia/Parasitologia do curso técnico em enfermagem, inserindo a água como fio condutor das atividades. Tem como procedimento um estudo de caso a partir dos referenciais da etnopesquisa. A observação participante teve como foco as atividades realizadas nos encontros formativos desenvolvidos na disciplina Microbiologia/Parasitologia com o registro no diário de campo da pesquisadora. A análise documental, o diário de campo da pesquisadora, além de portfólios individuais construídos pelos alunos ao longo dos encontros formativos constituíram o material para a interpretação e discussão dos resultados. A análise dos dados nos mostrou que a metodologia do AME possibilitou ao estudante do curso técnico em enfermagem o acesso à dimensão subjetiva do humano no sentido de aflorar a sensibilidade, o sentimento de pertença e a importância das relações na formação para o cuidar e também contribuiu para fazer emergir novos sentidos diante do elemento água como matriz e sustentação da vida. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This work investigates the contribution of water as a crosscutting theme in human development and professional student of technical course in Nursing from a public health institution of the Brazilian Federal District. Performs documentary analysis of the current curriculum that course based on the statutory National Curriculum Guidelines for Professional Education Technical Level and Benchmarks National Curriculum Vocational Education Technical Level. Uses the methodology of human development of the Water project as ecological pedagocical matrix (EPM) in the design and development of a plan for ongoing discipline Microbiology / Parasitology of technical course in Nursing, entering the water as thread activity. The procedure is a case study based on the use of etnoresearsh. The observation focused on the activities developed in the formative meetings in the discipline Microbiology/Parasitology with journaling researcher's field. The document analysis, the researcher's field journal, and individual portfolios built by students during the formative meetings constituted the material for interpretation and discussion of results. Data analysis showed us that the methodology of EPM enabled the nursing student's access to the subjective dimension of human in order to touch sensitivity, a sense of belonging and importance of relationships in training to take care of and also contributed to make new meanings emerge before the water element as matrix and sustaining life.

Page generated in 0.0835 seconds