• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 514
  • 19
  • 18
  • 18
  • 18
  • 13
  • 8
  • 7
  • 5
  • 5
  • 5
  • 5
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 540
  • 540
  • 317
  • 125
  • 125
  • 125
  • 95
  • 93
  • 83
  • 63
  • 63
  • 62
  • 58
  • 58
  • 46
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação eletro-sonografica computadorizada de pacientes com desordens temporomandibulares, tratados com aparelhos interoclusais planos, modificados com guias em canino e em grupo

Landulpho, Alexandre Brait 25 November 2002 (has links)
Orientador: Wilkens Aurelio Buarque e Silva / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-08-02T19:41:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Landulpho_AlexandreBrait_D.pdf: 2957852 bytes, checksum: eb82a7b70c99f350b24f164f053d95c3 (MD5) Previous issue date: 2002 / Resumo: A proposta do estudo foi avaliar a efetividade da terapia por aparelhos interoclusais, em pacientes com desordens temporomandibulares, através da eletrosonografia computadorizada. Foram examinados e tratados vinte e dois pacientes com sinais e sintomas de desordens temporomandibulares, de ambos os sexos, com idade entre 18 e 53 anos. As avaliações eletrosonográficas foram realizadas antes do tratamento e após 90, 120, e 150 dias de utilização dos aparelhos interoclusais planos, sendo que os mesmos receberam modificações (guia em canino e em grupo) nos dias 90 e 120 respectivamente. Os dados coletados foram agrupados em quadros e submetidos à análise estatística de regressão polinomial. Os resultados obtidos revelaram que houve uma redução significativa na amplitude do ruído da ATM para ambos os lados, houve um aumento da frequência do ruído da ATM direita, e a terapia através de aparelhos interoclusais foi efetiva na remissão da sintomatologia apresentada inicialmente / Abstract: The purpose of this study was to evaluate, through computerized electrosonography, the effectiveness of interocclusal appliance therapy, used by patients with temporomandibular disorders. Twenty two patients, of both sex, aged between 18 and 53 years old, with temporomandibular disorders, were examinated and treated. The electrosonographic evaluations were realized before the beginning of the treatment and 90, 120, 150 days after using the interocclusal appliance. It is important to emphasize that these appliances received canine guidance and group function modification at the 90th and 120th day, respectively. The collected informations were submited to statistical analysis of polinomial regression, and revealed had a significant decrease in joint sounds amplitude in the TMJ, to both sides, had a significant increase in joint sounds frequency in the right TMJ, and the interocclusal appliance therapy was effective in the remission of the symptomatology related. / Doutorado / Protese Dental / Doutor em Clínica Odontológica
2

Avaliação de efeito placebo em pacientes portadores de disfunção de articulação temporomandibular (A.T.M.)

Fusco, Viviane 20 February 1995 (has links)
Orientador: Antonio Bento Alves de Moraes / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-19T23:00:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Fusco_Viviane_M.pdf: 3485174 bytes, checksum: 12c7042526709d243f64f1d0f539907b (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: A disfunção da articulação temporomandibular (A.T.M) afeta uma larga escala da população. Na literatura há relatos de que os pacientes portadores dessa disfunção apresentam sinais e sintomas característicos, como sons articulares, dor durante a função mandibular, limitação de movimentos mandibulares e sensibilidade à palpação muscular, embora haja uma variabilidade na descrição dos mesmos. Todos estudos concordam que a dor é o sintoma mais comum, sendo crônica, o que caracteriza uma experiência diferente e muito mais complexa que a dor aguda. Assim sendo, diante da freqüência da dor crônica nesses pacientes, propusemo-nos a investigar se há alteração no nível da dor com a administração de placebo, considerando-se duas dimensões da dor: a intensidade {dimensão sensorial) e a desagradabilidade (dimensão afetiva). Para isso, no presente estudo, 33 pacientes do sexo feminino portadores de disfunção da A.T.M. foram submetidos a um tratamento com cápsulas de placebo por um período de 15 dias consecutivos, durante o qual preencheram uma ficha de avaliação diária da dor. Este último instrumento é composto por escalas visuais analógicas, que representam as duas dimensões da dor citadas anteriormente. Foi aplicada, também, a escala de reajustamento social, que visa avaliar o nível de estresse oriundo de fontes externas a que o paciente esteve sujeito nos últimos 12 meses e a possível relação entre o nível de estresse e a alteração da dor através com o uso de placebo. Dos 33 pacientes, 18 usaram outras medicações (analgésicos, antiinflamatórios e relaxantes musculares) além do placebo (GRUPO PLACEBO COM MEDICAÇÃO) e 15 usaram somente o placebo (GRUPO PLACEBO SEM MEDICAÇÃO). Os pacientes foram divididos, ainda, de acordo com o "score" obtido na Escala de Reajustamento Social, dando origem a seis SUBGRUPOS de pacientes. Apenas o SUBGRUPO do PLACEBO SEM MEDICAÇÃO, com "score" entre 151 e 300 apresentou curva de intensidade e de desagradabílidade dolorosa nitidamente decrescente, o que poderia supostamente ser um indicador do efeito placebo. No entanto, não foi observado o mesmo resultado no conjunto homólogo do GRUPO PLACEBO COM MEDICAÇÃO. Utilizando-se o critério de variação da intensidade e da desagradabílidade da dor, obtidas através das médias diárias, antes e após o tratamento com placebo, observou-se que: - houve redução em 04 dos 06 SUBGRUPOS de pacientes em relação à intensidade da dor; - houve redução em 05 dos 06 SUBGRUPOS de pacientes em relação à desagradabilidade. No entanto, não se pode concluir a ocorrência do efeito placebo, embora pareça razoável levantar essa hipótese. Foi realizada, ainda paia embasar os resultados obtidos com a aplicação da escala de reajustamentos social nos pacientes portadores de disfunção da A.T.M., a alicação do mesmo instrumento em 33 mulheres sem história ou relato de sintomatologia de disfunção de A.T.M. Observou-se que 13 pacientes (43,33%) apresentaram "score" menor que 150, 19 pacientes apresentaram "score" entre 150 e 300 (63,33%) e 1 paciente (3,33%) apresentou "score"maior que 300. Esses resultados sugerem que os pacientes com disfunção de A.T.M. possuem níveis de estresse superiores ao da população normal / Abstract: Temporomandibular joint dysfunction has a high occurrence on population. In literature there are reports showing that patients present characteristic signs and symptoms as articular sounds, pain during mandibular function, limited mandibular moviments and sensitivity to muscular palpation. All studies agree that pain is the most frequently related symptom. It is chronic, which indicates a different and complex experience than acute pain. The objective of this investigation was evaluate the eventual pain changes on patients with temporomandibular joint dysfunction, considering two dimensions of pain: intensity (sensorial dimension) and displeasement (emotional dimension). 33 female patients were submitted to treatment with placebo for a consecutive period of 15 days where they filled a Daily Pain Evaluation Card, which is an instrument composed by analogic visual scales, that represent the two pain dimensions. A Social Readjustment Scale was also applied in order to evaluate the stress degree arising from external events which the patient was submitted on the last 12 months and the possible relationship between stress degree and pain reduction tlirough placebo. Out of 33 patients group, 18 took other drugs besides the placebo (DRUG WITH PLACEBO GROUP) and 15 took only placebo (PLACEBO WITHOUT DRUG GROUP). Patients were also divided according to their scores obtained from the Social Readjustment Scale, originating 6 sets of patients. Only PLACEBO WITHOUT DRUG GROUP set scores from 150 to 300 showed a marked decreasing tendency, which could be an indicator of placebo effect. However, the same result was not observed from the homologous set of PLACEBO PLUS DRUG GROUP. Using the pain intensity and displeasement variation criteria obtained from daily measurements before and after placebo treatment, it was observed that; - there was pain reduction from 4 out of the 6 patients related to the pain intensity set; - there was reduction from 5 out of 6 patients related to the pain despleasement set. So it seems reasonable to rise the hipothesis of occurence of the placebo effect.. It was also carried out the application of the Social Readjustment Scale on 33 patients without history or symptomatology of T.M.J, dysfunction and it was observed that 13 patients (43,44%) showed score below 150, 19 patients (63,33%) showed score between 150 and 300 and 1 patient (3,33%) showed score higher than 300. These results suggest that patients with T.M. J. dysfunction have stress levels higher than the normal population / Mestrado / Farmacologia / Mestre em Ciências
3

Sintomas otológicos em indíviduos com disfunção temporomandibular: um estudo de base populacional

SANTOS, Fernanda Souto Maior dos 28 May 2015 (has links)
Submitted by Isaac Francisco de Souza Dias (isaac.souzadias@ufpe.br) on 2016-02-16T16:40:00Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Mestrado para CCS UFPE.pdf: 3248604 bytes, checksum: 70c1dc47150b4a28d4ec56047b8ad4db (MD5) / Made available in DSpace on 2016-02-16T16:40:00Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Mestrado para CCS UFPE.pdf: 3248604 bytes, checksum: 70c1dc47150b4a28d4ec56047b8ad4db (MD5) Previous issue date: 2015-05-28 / Esse estudo teve como objetivo avaliar a prevalência de DTM e de sintomas otológicos, assim como a associação entre esses fatores. Para isso, 676 voluntários com idade igual ou superior a 15 anos foram aleatoriamente selecionados dentre aqueles que buscavam atendimento médico/odontológico ou seus acompanhantes nas Unidades de Saúde da Família na cidade do Recife-PE. Características pessoais como gênero, idade e escolaridade foram coletadas durante entrevista. O perfil econômico foi analisado por meio dos Critérios de Classificação Econômica Brasil. A condição psicológica dos indivíduos, dada pela presença ou não de depressão, foi avaliada utilizando-se os Critérios de Diagnóstico em Pesquisa para DTM (RDC/TMD-Eixo II). As presenças de DTM e zumbido foram analisadas por meio do RDC/TMD-Eixos I e II, respectivamente. Já as características do zumbido, além da presença dos outros sintomas otológicos: otalgia, plenitude auricular, tontura e hipoacusia foram obtidas por meio de entrevista. A análise estatística foi realizada usando-se o teste Quiquadrado de Pearson e regressão logística (p≤0,05). Houve maior prevalência de DTM no gênero feminino (89,75%) e na faixa etária de 25-44 anos (46,8%). Nos indivíduos com DTM, foi detectada prevalência de 60,5% de zumbido, 35,2% de tontura, 27,5% de plenitude auricular, 22,7% de otalgia e 22,7% de hipoacusia. Todos os sintomas otológicos, assim como o número desses sintomas acumulados no mesmo indivíduo foram associados à DTM quando analisados isoladamente. Após a utilização do modelo de regressão logística ajustado para gênero, idade e depressão, apenas a plenitude auricular manteve a associação com a DTM. Concluiu-se que DTM e sintomas otológicos apresentaram alta prevalência na população estudada e todos esses sintomas, individualmente ou em conjunto no mesmo indivíduo, assim como gênero feminino, idade e depressão foram associados à disfunção. / The aim of this study was to evaluate the prevalence of TMD and otologic symptoms, as well as the association between these factors In this regard, 676 volunteers aged 15 years old or over were randomly selected from those who sought medical / dental care or their companions in the Family Health Units in the city of Recife. Personal characteristics such as gender, age and educational level were assessed by interview. Economic status was analyzed by means of the Brazilian Economic Classification Criteria. The psychological condition of individuals, assessed by presence or absence of depression, was evaluated using the Research Diagnostic Criteria for TMD (RDC/TMD-Axis II). Presence of TMD and tinnitus was analyzed using the RDC/TMD-Axis I and II, respectively. Tinnitus characteristics and the presence of other otologic symptoms: otalgia, ear fullness, dizziness and hearing loss were analyzed by interview. Statistical analysis was performed using Pearson Chi-square test and logistic regression (p≤0.05). There was a higher prevalence of TMD in females (89.75%) and in the age group of 25-44 years (46.8%). Depression was also associated with the presence of TMD (p≤0.05). In TMD subjects, it was observed a prevalence of 60.5% of tinnitus, 35.2% of dizziness, 27.5% of ear fullness, 22.7% of ear pain and 22.7% of hearing loss. All otologic symptoms, as well as the number of these symptoms accumulated in the same individual were associated with TMD when analyzed separately. After using the logistic regression model adjusted for gender, age and depression, just ear fullness maintained the association with TMD. It was concluded that TMD and otologic symptoms showed high prevalence in the studied population and all these symptoms, individually or together in the same individual, as well as female gender, age and depression were associated with the dysfunction.
4

Estudo sobre a incidencia de disturbios temporomandibulares (DTM) em adultos jovens, universitarios, leucodermas, nas faixas etarias de 18 a 28 anos

Oliveira Filho, Manoel Francisco de 20 July 2018 (has links)
Orientador: Alcides Guimarães / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-20T19:14:23Z (GMT). No. of bitstreams: 1 OliveiraFilho_ManoelFranciscode_M.pdf: 1142916 bytes, checksum: 1d90676bac32f1525a708624c05cf8d1 (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: Uma amostra de estudantes universitários (260), com idade entre 18 e 28 anos, divididos por faixas etárias em 10 grupos, foi examinada para a incidência de sinais e sintomas de DTM. Os indivíduos foram examinados por apenas um examinador, pela mesma metodologia, baseada no Indice Cranio Mandibular (FRICTON & SCHIFFMAN, 1987) modificado, examinando-se movimentos mandibulares, ruídos articulares, tensao à palpação muscular e palpação da ATM...Observação: O resumo, na integra, podera ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: A sample of university students (260), aged from 18 to 28 years old, were divided into 10 groups acording theirs ages. The students were examined for signs and symptoms associated with mandibular dysfunction. The individuaIs were examined by only one examiner, by the same methodology, basead into Cranio Mandibular Index (FRICTON & SCHIFFMAN, 1987) modified. The examination looked for mandibular moviments, articular noises, muscular" tenderness on palpation and tenderness on TMJ articulation...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Mestrado / Fisiologia e Biofisica do Sistema Estomatognatico / Mestre em Odontologia
5

Avaliação da eficácia de placas estabilizadoras com padrão de guia balanceada bilateral no controle dos desarranjos internos da ATM / EVALUATION OF THE EFFECTIVITY OF STABILIZATION SPLINTS WITH BILATERAL BALANCED GUIDANCE FOR THE CONTROL OF INTERNAL TMJ DERANGEMENTS

Santos, Carlos Neanes 30 April 2003 (has links)
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de placas estabilizadoras com guia balanceada bilateral, placas com guia pelo canino e placa não oclusiva. Para tal, utilizou-se uma amostra de 57 indivíduos, portadores de sinais e sintomas de deslocamento do disco com redução, com queixa de dor na ATM e sensibilidade à palpação na mesma, em pelo menos um dos lados os quais foram aleatoriamente distribuídos em três grupos: 1º grupo: composto por 19 indivíduos que receberam, como forma de tratamento, uma placa estabilizadora modificada, cujo desenho permita que durante os movimento excursivos houvesse sempre contato simultâneo de parte dos dentes em todos os segmentos da placa. 2º grupo: composto por 20 indivíduos que receberam como forma de tratamento uma placa estabilizadora convencional com guia pelo canino que estabelecia desoclusão de todos os outros dentes nos movimentos excursivos. 3º grupo: composto por 18 indivíduos que receberam uma placa não oclusiva cujo desenho não interferia com a oclusão. Toda a amostra foi acompanhada durante 6 meses, sendo avaliada através da escala de análise visual (EAV); palpação da ATM, dos músculos elevadores da mandíbula, análise dos movimentos da mandíbula e ruído articular. Uma avaliação do relato do paciente em relação ao ruído articular, alteração da oclusão e conforto também foi feita. Os resultados demonstraram que o tipo de guia não influenciou o comportamento de redução da dor, porém ambas as placas oclusais foram superiores à não-oclusiva em relação à escala de dor. E que, estatisticamente, apesar da obtenção de resultados semelhantes com relação aos movimentos de abertura, lateralidade esquerda, protrusivo, dor articular à palpação e na dor à palpação da maioria dos músculos analisados, nesse experimento, as placas com guia balanceada (grupo I) e as com guia pelo canino tiveram melhores resultados clínicos, nesses itens analisados. Com relação ao relato dos indivíduos para o conforto com a placa e ruído articular, houve uma melhor associação para o grupo I e II. Baseados no acima exposto, conclui-se que não há diferença entre a guia balanceada e a guia pelo canino no tratamento de indivíduos com deslocamento do disco com redução. / The aim of this study was to evaluate the effect of balanced splints with bilateral balanced guidance, canine guidance and nonoccluding splints. For that purpose, a study sample was employed comprising 57 individuals presenting with signs and symptoms of disc displacement with reduction and complaint of TMJ pain and tenderness to palpation of the TMJ at least at one side, who were randomly assigned to three groups: 1st group: 19 individuals submitted to therapy with a modified splint, the design of which allowed simultaneous contact of part of the teeth on all parts of the splint during excursive movements. 2nd group: 20 individuals submitted to therapy with a splint with canine guidance, which established disocclusion of all other teeth during excursive movements. 3rd group (control group): 18 individuals who received a nonoccluding splint that did not interfere with the occlusion. The entire sample was followed for 6 months and submitted to evaluation by means of the visual analogue scale (VAS), palpation of the TMJ and jaw elevator muscles and analysis of the mandibular movements and joint sounds. An evaluation concerning the patient’s report regarding the joint sounds, occlusal changes and comfort was also performed. The results demonstrated that the type of guidance did not influence the behavior as to pain reduction, yet both occlusion splints were better than the nonoccluding splint as to the pain scale. Besides, despite of the achievement of similar outcomes in relation to opening, left lateral movement, protrusive movement, TMJ pain to palpation and also pain to palpation of most muscles analyzed, there were statistically better outcomes for the splints with balanced guidance (group I) and the splints with canine guidance. Concerning the subject’s reports for comfort with the splint and joint sound, there was a better association for groups I and II. On this basis, it was concluded that there is no difference between the balanced guidance and the canine guidance for the treatment of individuals with disc displacement with reduction.
6

Artroscopia da articulação temporomandibular.

Martins, Wilson Denis Benato 06 October 1999 (has links)
Foi realizado estudo prospectivo de cirurgia artroscópica da articulação temporomandibular em 57 pacientes com diagnóstico de desarranjos internos, com proservação de dois anos. Os objetivos foram a discussão da literatura referente à morfologia e fisiologia da ATM; à etiologia, patogenia, diagnóstico e tratamento dos desarranjos internos e a comparação de diversos fatores, como idade, sexo, tipo de cirurgia, correlações diagnósticas e qualidade de vida de pacientes com desarranjos internos desta articulação. Os pacientes foram clinicamente avaliados e submetidos a tratamento conservador até o limite de sua eficácia. Utilizou-se a técnica cirúrgica artroscópica clássica, basicamente com lise e remoção de aderências intra-articulares. O total de articulações operadas foi de 76, sendo 36 unilaterais (63,2%) e 40 bilaterais (35,1%). Os pacientes do sexo feminino totalizaram 41 (71,9%) e do sexo masculino, 16 (28,1%). Não houve prevalência de cirurgias uni ou bilaterais entre sexos (p=0,7115). No grupo masculino, o tempo de ocorrência da sintomatologia pré-operatória foi maior do que nas mulheres (p=0,027). A abertura bucal média pré-operatória geral foi de 22mm; nos homens foi de 19,5mm e nas mulheres, 25mm (p=0,029). Os pacientes foram avaliados após um, seis, 12 e 24 meses da cirurgia, por meio de exames clínicos e questionários apropriados. Os dados foram submetidos à avaliação estatística, tabulados, discutidos e apresentados graficamente. Os resultados demonstraram a eficácia da técnica artroscópica nos casos operados. Aos 30 dias, seis meses, um e dois anos observaram-se aberturas bucais mais amplas no grupo feminino (p=0,105) do que no masculino (p=0,105) A cirurgia artroscópica proporcionou melhor qualidade de vida aos pacientes com desarranjos internos; a cirurgia unilateral apresentou melhores resultados iniciais e mais precoces do que a bilateral; os pacientes mais jovens tiveram maior indicação de artroscopias unilaterais, sendo que os mais idosos, de bilaterais. Quanto às características dos pacientes, houve prevalência feminina, sendo que os pacientes masculinos apresentaram maior duração dos sintomas pré-operatórios, sendo também mais idosos. Nas mulheres, prevaleceram as sinovites. A condromalácia e a artrose tiveram menor ocorrência nas luxações discais redutíveis unilaterais, sem bloqueios articulares. A severidade dos achados transoperatórios foi diretamente proporcional ao tempo de duração dos sintomas pré-operatórios. / A prospective study of arthroscopic surgery of the temporomandibular joint in 57 (fifty-seven) patients with internal deragement with a 2-year follow-up was done. The objectives were a revision and discussion of the literature concerning the morphology and physiology of the TMJ; etiology, pathogeny, diagnosis and treatment of the internal derangements; comparison of several factor, like age, sex, surgery, diagnostic correlations and post operative life quality. The patients were clinically evaluated at 1, 6, 12 and 24 months post surgery. The data were statistically analyzed, discussed and graphically presented. The results showed the efficacy of the arthroscopic technique in the operated cases. Arthroscopic surgery allowed better life quality to the patients with TMJ internal derangements; unilateral surgery presented better and more precocious initial results; younger patients had more indications for unilateral arthroscopies. Women was prevalent, but males presented a longer period of pre operative symptoms and were older than women. Synovitis was prevalent in women; chondromalacia and arthrosis had less occurrences in the anterior disc dislocation with reduction. The severity of the operative findings was directly proportional to the pre operative duration of symptoms.
7

Disfunção temporomandibular em pacientes com doença de Parkinson de um hospital terciário

Matos, Heliene Linhares 17 August 2016 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:11:58Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2016-08-17 / Introduction: Parkinson's disease (PD) is the second most common neurodegenerative disorder affecting the central nervous system. The motors signs of PD are bradykinesia, muscular rigidity, postural instability and resting tremor, which may lead changes in anatomical elements and dynamics of the temporomandibular joint (TMJ) and contribute to the emergence of temporomandibular disorders (TMD). Involuntary jaw movements and orofacial muscles rigidity may contribute to orofacial pain, increasing TMD painful symptoms. Objective: to evaluate the frequency of the signs, symptoms and diagnosis of TMD in individuals with Parkinson's disease in the Hospital Geral de Fortaleza (HGF), to determine DTM¿s subtypes in this population and to compare this findings to a control group. Methods: We evaluated TMD in 100 individuals between 50 and 88 years old, regardless of gender, based on the Diagnostic Criteria for Research on Temporomandibular Dysfunction (RDC/TMD). Individuals were selected, paired by age and gender, to two groups: a group with PD and a control group. The PD group consisted of 50 individuals, from which 23 had mandibular tremor. The control group included 50 individuals without significant neurological disease, recruited from NAMI (Núcleo de Atenção Médica Integrada) of the Universidade de Fortaleza (UNIFOR) and of the Centro de Saúde de Pindoretama. Data collection was performed by filling out a proper form for each individual. All analyzes were carried out considering a 95% confidence interval using the Statistical Packcage software for the Social Sciences (SPSS) version 17.0 for Windows. Results: PD patients had a higher frequency of clicking or popping (p=0,004) in the jaw joint when they opened or closed their mouth or during chewing; clenching or nocturnal teeth grinding (bruxism) (p=0,003) and uncomfortable or different bite (p=0,014) when compared to the control group. Two TMD subtypes were diagnosed (myofascial pain and disc displacement with reduction) in PD patients. Conclusion: Despite the higher frequency of some TMD symptoms in PD, no significant differences were found in the diagnosis and subtypes of TMD. This study leaves some questions to be answered, especially regarding the prognostic value of these findings. Literature on oral health in PD patients is still lacking, specially involving TMD. Unfortunally, these symptoms may cause a significant impairment in patients¿s fonation and quality of life. Key Words: Tempormandibular Dysfunction; Parkinson's disease; Mandibular Tremor. / Introdução: A Doença de Parkinson (DP) é a segunda afecção neurodegenerativa que mais comumente afeta o sistema nervoso central. Os pacientes podem apresentar sinais motores como bradicinesia, rigidez muscular, instabilidade postural e tremor de repouso, podendo levar a alterações em elementos anatômicos e na dinâmica da articulação temporomandibular (ATM) e contribuir para o surgimento de transtornos dessa articulação, como a disfunção temporomandibular (DTM). Além disso, movimentos mandibulares involuntários e rigidez da musculatura orofacial podem causar dor orofacial, contribuindo para a sintomatologia dolorosa da DTM. Objetivos: Avaliar a frequência de sinais, sintomas e diagnóstico de DTM em indivíduos com DP do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), determinar os tipos de DTM encontrados nessa população e comparar esses achados com o grupo controle. Metodologia: Consistiu na avaliação da DTM em 100 indivíduos, entre 50 anos e 88 anos de idade, independente do gênero, pelos Critérios de Diagnóstico em Pesquisa para Disfunção Temporomandibular (RDC/TMD). Foram selecionados indivíduos para os dois grupos, pareados para idade e sexo: o grupo com DP (PDP) e o grupo controle. O grupo PDP foi formado por 50 indivíduos, dos quais 23 possuíam tremor mandibular. O grupo controle abrangeu 50 indivíduos sem doença neurológica significativa, recrutados do NAMI (Núcleo de Atenção Médica Integrada) da Universidade de Fortaleza (UNIFOR) e do Centro de Saúde de Pindoretama. A coleta de dados foi feita através do preenchimento de um formulário para os indivíduos de ambos os grupos. Todas as análises foram realizadas considerando uma confiança de 95% utilizando o software Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 17.0 para Windows. Resultados: Pacientes com DP apresentaram maior frequência de click ou estalido (p=0,004) ao abrir a boca, fechar a boca ou durante a mastigação, de ranger ou apertar os dentes noturno (bruxismo) (p=0,003) e de mordida desconfortável (p=0,014) quando comparados ao grupo controle. Foram encontrados dois tipos de diagnóstico de DTM (dor miofascial e deslocamento do disco com redução). Não foram encontradas diferenças significativas na frequência do diagnóstico de DTM, quanto à presença de dor secundária à disfunção e consequentemente escore na classificação de dor crônica. Conclusão: Apesar da maior frequência de alguns sintomas da DTM nos pacientes com Parkinson, na amostra não houve diferença significativa na frequência do diagnóstico nem quanto aos tipos de DTM. O presente estudo abre vários questionamentos, principalmente quanto ao caráter prospectivo desses achados, sendo necessário o desenvolvimento de estudos abordando essa temática. A literatura sobre saúde bucal em pacientes com DP, com ênfase em DTM, ainda é muito escassa e esses sintomas podem ter repercussão significativa sobre a qualidade de vida e funções fonatórias desses pacientes. Palavras chaves: Disfunção Temporomandibular; Doença de Parkinson; Tremor Mandibular.
8

Ajuste oclusal por desgaste seletivo no tratamento das disfunções temporomandibulares (DTMs)

Montibeller, Rogerio Raul 19 February 1998 (has links)
Orientador: Krunislave Antonio Nobilo / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-09-11T20:53:53Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Montibeller_RogerioRaul_M.pdf: 3798960 bytes, checksum: 710b2aa9c3911ce6a295129ac7efc7f9 (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo: Este trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito terapêutico do ajuste oclusal por desgaste seletivo segundo a técnica preconizada por PLANAS (1994), no alívio e tratamento dos sinais e sintomas das DTMs, após 3 meses do tratamento, através do Índice Anamnésico (FONSECA et al., 1994) e do Índice Craniomandibular - ICM (FRlCTON & SCHIFFMAN, 1986), e de registros intra-oral (NÓBIL0, 1990), que foram aplicados antes e após o tratamento. Foram selecionadas 10 pacientes, na faixa etária entre 20 e 31 anos, com boa saúde geral e pelo menos 24 dentes presentes, apresentando sinais e sintomas de Disfunção Temporomandibular (DTM). Foram realizados anamnese, exames clínico e radiográfico e todas as pacientes assinaram termo de consentimento para a realização do trabalho. Modelos em gesso pedra foram montados em articulador semi-ajustável para análise oclusal e desgaste seletivo simulado. No articulador também foram realizados os registros dos Ângulos Funcionais Mastigatórios de Planas - AFMPs (PLANAS, 1994) e confeccionados as placas de registro intra-oral. O ajuste oclusal por desgaste seletivo foi realizado buscando-se o equilíbrio entre os AFMPs, a fim de obter-se uma função mastigatória plena, bilateral e alternada, com movimentos laterais amplos, não se conseguindo, entretanto, uma oclusão balanceada em todas as pacientes, em função de inclinações patológicas do plano de oclusão, o que exigiria um desgaste muito acentuado. Após três meses do tratamento as pacientes foram reavaliadas através dos índices e dos registros intra e extra-oral e observamos que 7 pacientes (70%) apresentaram rnelhoras significativas quanto aos sinais e sintomas de DTM e harmonização do traçado do arco gótico. Três pacientes (30%), apresentaram melhoras significativas quanto aos sinais DTM e harmonização do arco gótico, mas apresentaram pequeno aumento dos sintomas (dor à palpação). Pode-se afirmar que, em função dos resultados e do índice de satisfàção das pacientes, o ajuste oclusal por desgaste seletivo pode ser o tratamento de eleição para o equilíbrio da função mastigatória e, consequentemente, para o alívio dos sinais e sintomas da Disfunção Temporomandibular (DTM) / Abstract: This study aimed to observe the therapeutic effect of selective grinding using the technic preconized by PLANAS62 (1994), in releaving and treating the signals and simptoms of Temporomandibular Oisorders (TMO), after 3 months from treatment, through Anamnestic Index (FONSECA et al., 1994), Craniomandibular Index - CMI (FRlCTON & SCHIFFMAN, 1986), and intraoral graphic registers (NÓBILO, 1990), that were applied before and after the treatment. Ten women with good general heaÍth, in the age between 20 and 31 years old, at least 24 teeth in the mouth, and presenting signals and simptons of CMD, were selected. Anamnesis and clinical and radiographic exams were done and all patients consent to participate in the work. Casts were set at semiadjustable ARCON articulator to analyse the occlusion and simulate the selective grinding. AFMPs' (Planas' Masticatory Functional Angles) (PLANAS62, 1994) registers and intraoral apparatus were made at the same articulator. The aim of occlusal adjustment by selective grinding was get balance between AFMPs to attain a fuU alternated bilateral masticatory function, with large lateral moviments. Six patients get the occlusion balanced, but the others would need a profound grinding because patological inclinations of occlusal plane. Patients were reobserved after three months from treatment through the indexs and intraoral and extraoral registers, and 7 patients (70%) presented significant improvement to signals and simptons of TMD, and harmonious in the Gysi' s gothic arch graphic. Three patients (30%) presented significant improvement to signals of TMD and harmonius in the Gysi gothic arch, but presented a little increase to simptons (pain to palpation). Results indicate that the described technic can be the election treatment to balance the masticatory function and, consequently, to releave and treat signals and simptons of Temporomandibular Disorders (TMD) / Mestrado / Fisiologia e Biofisica do Sistema Estomatognatico / Mestre em Ciências
9

Envolvimento do receptor opioide kapa na modulação da dor induzida pela formalina na ATM de ratas prenhas e na fase estro

Franco, Mariana Trevisani Arthuri 25 September 2018 (has links)
Orientador: Maria Cecilia Ferraz de Arruda Veiga / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-09-25T14:43:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Franco_MarianaTrevisaniArthuri_M.pdf: 1354159 bytes, checksum: 12a808c577680332a1e158a2d5a41f54 (MD5) Previous issue date: 2004 / Mestrado
10

Artroscopia da articulação temporomandibular.

Wilson Denis Benato Martins 06 October 1999 (has links)
Foi realizado estudo prospectivo de cirurgia artroscópica da articulação temporomandibular em 57 pacientes com diagnóstico de desarranjos internos, com proservação de dois anos. Os objetivos foram a discussão da literatura referente à morfologia e fisiologia da ATM; à etiologia, patogenia, diagnóstico e tratamento dos desarranjos internos e a comparação de diversos fatores, como idade, sexo, tipo de cirurgia, correlações diagnósticas e qualidade de vida de pacientes com desarranjos internos desta articulação. Os pacientes foram clinicamente avaliados e submetidos a tratamento conservador até o limite de sua eficácia. Utilizou-se a técnica cirúrgica artroscópica clássica, basicamente com lise e remoção de aderências intra-articulares. O total de articulações operadas foi de 76, sendo 36 unilaterais (63,2%) e 40 bilaterais (35,1%). Os pacientes do sexo feminino totalizaram 41 (71,9%) e do sexo masculino, 16 (28,1%). Não houve prevalência de cirurgias uni ou bilaterais entre sexos (p=0,7115). No grupo masculino, o tempo de ocorrência da sintomatologia pré-operatória foi maior do que nas mulheres (p=0,027). A abertura bucal média pré-operatória geral foi de 22mm; nos homens foi de 19,5mm e nas mulheres, 25mm (p=0,029). Os pacientes foram avaliados após um, seis, 12 e 24 meses da cirurgia, por meio de exames clínicos e questionários apropriados. Os dados foram submetidos à avaliação estatística, tabulados, discutidos e apresentados graficamente. Os resultados demonstraram a eficácia da técnica artroscópica nos casos operados. Aos 30 dias, seis meses, um e dois anos observaram-se aberturas bucais mais amplas no grupo feminino (p=0,105) do que no masculino (p=0,105) A cirurgia artroscópica proporcionou melhor qualidade de vida aos pacientes com desarranjos internos; a cirurgia unilateral apresentou melhores resultados iniciais e mais precoces do que a bilateral; os pacientes mais jovens tiveram maior indicação de artroscopias unilaterais, sendo que os mais idosos, de bilaterais. Quanto às características dos pacientes, houve prevalência feminina, sendo que os pacientes masculinos apresentaram maior duração dos sintomas pré-operatórios, sendo também mais idosos. Nas mulheres, prevaleceram as sinovites. A condromalácia e a artrose tiveram menor ocorrência nas luxações discais redutíveis unilaterais, sem bloqueios articulares. A severidade dos achados transoperatórios foi diretamente proporcional ao tempo de duração dos sintomas pré-operatórios. / A prospective study of arthroscopic surgery of the temporomandibular joint in 57 (fifty-seven) patients with internal deragement with a 2-year follow-up was done. The objectives were a revision and discussion of the literature concerning the morphology and physiology of the TMJ; etiology, pathogeny, diagnosis and treatment of the internal derangements; comparison of several factor, like age, sex, surgery, diagnostic correlations and post operative life quality. The patients were clinically evaluated at 1, 6, 12 and 24 months post surgery. The data were statistically analyzed, discussed and graphically presented. The results showed the efficacy of the arthroscopic technique in the operated cases. Arthroscopic surgery allowed better life quality to the patients with TMJ internal derangements; unilateral surgery presented better and more precocious initial results; younger patients had more indications for unilateral arthroscopies. Women was prevalent, but males presented a longer period of pre operative symptoms and were older than women. Synovitis was prevalent in women; chondromalacia and arthrosis had less occurrences in the anterior disc dislocation with reduction. The severity of the operative findings was directly proportional to the pre operative duration of symptoms.

Page generated in 0.1115 seconds