• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 60
  • Tagged with
  • 62
  • 37
  • 29
  • 24
  • 21
  • 18
  • 17
  • 17
  • 16
  • 16
  • 16
  • 13
  • 13
  • 12
  • 12
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Profissional bibliotecário: perfil exigido pelos concursos públicos nacionais

Fonseca, Ângela Maria Freitas January 2007 (has links)
Submitted by Duarte Zeny (zenydu@gmail.com) on 2013-01-26T21:05:40Z No. of bitstreams: 1 Edição Completa.pdf: 504850 bytes, checksum: e48014c925e6c101cd7408a669d87c6a (MD5) / Made available in DSpace on 2013-01-26T21:05:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Edição Completa.pdf: 504850 bytes, checksum: e48014c925e6c101cd7408a669d87c6a (MD5) / O estudo objetivou identificar o perfil exigido ao profissional bibliotecário através de concursos públicos em âmbito nacional, trazendo à luz as características das provas selecionadas no período de 2005 a março de 2007, traçando um comparativo entre a grade curricular do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal da Bahia e competências propostas pela ALA/SLA. A revisão de literatura sintetiza a evolução histórica da Biblioteconomia, passando pela Documentação à Ciência da Informação. A base teórica epistemológica traduz os conceitos sobre habitus e campos, segundo o sociólogo Pierre Bourdieu que reafirmam a fundamentação da Ciência da Informação, traçando sua trajetória através das fronteiras da Biblioteconomia e da Documentação. O surgimento das diferenciadas técnicas de produção, circulação e transmissão de informações implica competências e habilidades não só para utilização de ferramentas tecnológicas, como também na incorporação de habitus para um novo pensar, sentir e agir. De uma nova forma de mentalidade para ver o mundo, principalmente daqueles profissionais que estão envolvidos diretamente com o fluxo da informação, desde sua produção à sua utilização. A metodologia utilizada caracteriza-se como uma pesquisa exploratória-descritiva, baseada no discurso e nos dados coletados cujo método adotado foi o hipotético-dedutivo através da pesquisa quantitativa, caracterizada pelo tratamento das informações por meio da técnica de estatística, com o qual se buscou diagnosticar o perfil do profissional bibliotecário para preenchimento de vagas nas organizações. O estudo qualitativo identificou as variáveis que poderiam contribuir no processo de mudança de cenário, proporcionando elementos para que o mercado perceba a ampliação do espaço ocupado pelo bibliotecário. A pesquisa mostrou que o mercado busca um profissional versátil e multi e interdisciplinar, mas não tem uma visão das competências do bibliotecário, não conhecendo o seu potencial de atuação percebendo o bibliotecário ainda restrito à biblioteca formalmente existente. No contexto da Ciência da Informação a pesquisa conduz o pesquisador a variáveis quase infindáveis e que são passíveis de serem problematizadas, mas não simplesmente respondidas enquanto projeto de estudo. Com base no contexto estabelecido para sustentar os argumentos, percebe-se que há uma multi e interdependências entre o profissional bibliotecário e outros profissionais que ocupam o campo de atividades da informação. / Salvador
2

Contribuição do profissional bibliotecário na formação do discente de graduação na universidade

Lira, Elda Lopes January 2007 (has links)
Este estudo teve como objetivo conhecer as representações socialmente construídas pelos bibliotecários atuantes em bibliotecas universitárias a respeito da contribuição destes na formação do discente da graduação. A pesquisa aqui proposta teve abordagem qualitativa. Sua fundamentação teórica e metodológica apoiou-se na sociologia do conhecimento e nos preceitos do construcionismo social, assim como nas teorias das representações sociais e coletivas. A técnica utilizada no tratamento e análise dos discursos coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas foi o Discurso do Sujeito Coletivo – DSC. O ambiente da pesquisa foi a Biblioteca Central da UFSC, localizada no Campus Universitário Trindade, em Florianópolis, no Estado de Santa Catarina. A escolha dessa instituição se deu pela conveniência da pesquisa, uma vez que a opinião dos bibliotecários sobre o tema ora abordado independe de unidade de federação ao qual se encontre o profissional, gênero ou qualquer outro fator. A partir dos discursos sintetizados no DSC, verificou-se que os conhecimentos adquiridos na graduação formam a base de sustentação do trabalho do bibliotecário e para que ele desenvolva seu trabalho cotidiano de forma mais eficiente, são necessários um acervo de conhecimentos gerais e conhecimento de línguas estrangeiras, sobretudo do inglês.O domínio da especificidade com a qual lida no dia-a-dia, os conhecimentos agregados ao longo da vida profissional e os conhecimentos adquiridos com a educação continuada formam o conjunto das competências profissionais mencionadas pelo discurso coletivo, enquanto que atenção, honestidade, autoconfiança e compreensão são mencionados como as principais competências pessoais. O computador, as bases de dados e a internet são as ferramentas e os recursos tecnológicos utilizados pelo coletivo entrevistado. Evidenciou-se ainda que tornar o usuário independente em suas pesquisas é um objetivo comum entre os bibliotecários entrevistados. / This study had as the objective to know the representation manifested social an the speech of the librarians professionals working in university libraries about your contribution at formation of the university student of graduation. The research held was qualitative types, having as theoretical and methodological fundamentation the knowledge sociology and the social constructive precepts, besides the social and collective representation theories. The analysis technique for the speechs tabulation, collected by interview, was the Collective Subject Speech (CSS). The research environment was the Central Library of the UFSC, to located in University Campus Trindade, in Florianópolis, in Santa Catarina State. The choice the is institution occorre in consideration suitability of research. The trough of speech synthesize on CSS, mode what the knowledge obtained in graduation form the support for work of librarian and for that he develop your work quotidian of form more efficient, are necessary a heap of knowledge of the languages foreigner, above all of the English. The domain of the work what drudgery in the day by day, the knowledge aggregates at the along of the professional life and the knowledge acquired with the continued education form the conjoined of the professionals competences speak by the speech collective, while what attention, honesty, self-confidence and understanding are mention how the principal personal competences. The computing, the data-bases and the internet are the workman’s tool and the technological recourse utilizable by the collective interview. Kept evident still what promote the autonomy of the student by your research is a objective common between the interview librarian.
3

Contribuição do profissional bibliotecário na formação do discente de graduação na universidade

Lira, Elda Lopes January 2007 (has links)
Este estudo teve como objetivo conhecer as representações socialmente construídas pelos bibliotecários atuantes em bibliotecas universitárias a respeito da contribuição destes na formação do discente da graduação. A pesquisa aqui proposta teve abordagem qualitativa. Sua fundamentação teórica e metodológica apoiou-se na sociologia do conhecimento e nos preceitos do construcionismo social, assim como nas teorias das representações sociais e coletivas. A técnica utilizada no tratamento e análise dos discursos coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas foi o Discurso do Sujeito Coletivo – DSC. O ambiente da pesquisa foi a Biblioteca Central da UFSC, localizada no Campus Universitário Trindade, em Florianópolis, no Estado de Santa Catarina. A escolha dessa instituição se deu pela conveniência da pesquisa, uma vez que a opinião dos bibliotecários sobre o tema ora abordado independe de unidade de federação ao qual se encontre o profissional, gênero ou qualquer outro fator. A partir dos discursos sintetizados no DSC, verificou-se que os conhecimentos adquiridos na graduação formam a base de sustentação do trabalho do bibliotecário e para que ele desenvolva seu trabalho cotidiano de forma mais eficiente, são necessários um acervo de conhecimentos gerais e conhecimento de línguas estrangeiras, sobretudo do inglês.O domínio da especificidade com a qual lida no dia-a-dia, os conhecimentos agregados ao longo da vida profissional e os conhecimentos adquiridos com a educação continuada formam o conjunto das competências profissionais mencionadas pelo discurso coletivo, enquanto que atenção, honestidade, autoconfiança e compreensão são mencionados como as principais competências pessoais. O computador, as bases de dados e a internet são as ferramentas e os recursos tecnológicos utilizados pelo coletivo entrevistado. Evidenciou-se ainda que tornar o usuário independente em suas pesquisas é um objetivo comum entre os bibliotecários entrevistados. / This study had as the objective to know the representation manifested social an the speech of the librarians professionals working in university libraries about your contribution at formation of the university student of graduation. The research held was qualitative types, having as theoretical and methodological fundamentation the knowledge sociology and the social constructive precepts, besides the social and collective representation theories. The analysis technique for the speechs tabulation, collected by interview, was the Collective Subject Speech (CSS). The research environment was the Central Library of the UFSC, to located in University Campus Trindade, in Florianópolis, in Santa Catarina State. The choice the is institution occorre in consideration suitability of research. The trough of speech synthesize on CSS, mode what the knowledge obtained in graduation form the support for work of librarian and for that he develop your work quotidian of form more efficient, are necessary a heap of knowledge of the languages foreigner, above all of the English. The domain of the work what drudgery in the day by day, the knowledge aggregates at the along of the professional life and the knowledge acquired with the continued education form the conjoined of the professionals competences speak by the speech collective, while what attention, honesty, self-confidence and understanding are mention how the principal personal competences. The computing, the data-bases and the internet are the workman’s tool and the technological recourse utilizable by the collective interview. Kept evident still what promote the autonomy of the student by your research is a objective common between the interview librarian.
4

Um estudo da auto-imagem profissional do bibliotecário

Oliveira, Zita Catarina Prates de January 1980 (has links)
A literatura especializada tem apontado. frequentemente, a necessidade de mudança das atitudes dos bibliotecários com relação à própria profissão pois, segundo ela, atitudes negativas constituem sério problema para a formação da imagem profissional. Com base nestas afirmativas foram construídos dois instrumentos fatoriais que identificaram quatro fatores básicos à formação de atitudes nos bibliotecários: a natureza do trabalho, o salário, o comportamento e a auto-estima profissionais. A amostra foi constituida por 316 profissionais. distribuidos entre sete tipos: bibliotecários escolares, públicos, universitários. especializados, de centro/serviço de informação/documentaçaõ e professores em Escolas de Biblioteconomia. Com relação aos quatro fatores idantificados pela pesquisa. verificou-se que para o fator F1 - natureza do trabalho bibliotecário. todos os tipos de bibliotecário negam que seu trabalho seja monótono, rotineiro, inútil e não-criativo;para F2, salário suficiente e compensador, alguns tipos de bibliotecário discordam e outros são indiferentes à questão; para F3 os tipos de bibliotecário diferem em duas opiniões quanto ao comportamento profissional detalhista e omisso proposto pelo fator; e, finalmente. para o fator do DS verificou-se que todos os tipos de bibliotecário. com exceção dos professores, possuem uma auto-estima muito positiva, baseada em valores pessoais e ocupacionais tais como independência, criatividade, liderança, inovação, etc. Concluiu-se que a auto-imagem. somatória das atitudes e valores, sugere que muita da realidade da atividade bibliotecária precisa ser modificada, para que a Biblioteconomia possa acompanhar a mudança que está ocorrendo na ambiência em que atua.
5

Um estudo da auto-imagem profissional do bibliotecário

Oliveira, Zita Catarina Prates de January 1980 (has links)
A literatura especializada tem apontado. frequentemente, a necessidade de mudança das atitudes dos bibliotecários com relação à própria profissão pois, segundo ela, atitudes negativas constituem sério problema para a formação da imagem profissional. Com base nestas afirmativas foram construídos dois instrumentos fatoriais que identificaram quatro fatores básicos à formação de atitudes nos bibliotecários: a natureza do trabalho, o salário, o comportamento e a auto-estima profissionais. A amostra foi constituida por 316 profissionais. distribuidos entre sete tipos: bibliotecários escolares, públicos, universitários. especializados, de centro/serviço de informação/documentaçaõ e professores em Escolas de Biblioteconomia. Com relação aos quatro fatores idantificados pela pesquisa. verificou-se que para o fator F1 - natureza do trabalho bibliotecário. todos os tipos de bibliotecário negam que seu trabalho seja monótono, rotineiro, inútil e não-criativo;para F2, salário suficiente e compensador, alguns tipos de bibliotecário discordam e outros são indiferentes à questão; para F3 os tipos de bibliotecário diferem em duas opiniões quanto ao comportamento profissional detalhista e omisso proposto pelo fator; e, finalmente. para o fator do DS verificou-se que todos os tipos de bibliotecário. com exceção dos professores, possuem uma auto-estima muito positiva, baseada em valores pessoais e ocupacionais tais como independência, criatividade, liderança, inovação, etc. Concluiu-se que a auto-imagem. somatória das atitudes e valores, sugere que muita da realidade da atividade bibliotecária precisa ser modificada, para que a Biblioteconomia possa acompanhar a mudança que está ocorrendo na ambiência em que atua.
6

Um estudo da auto-imagem profissional do bibliotecário

Oliveira, Zita Catarina Prates de January 1980 (has links)
A literatura especializada tem apontado. frequentemente, a necessidade de mudança das atitudes dos bibliotecários com relação à própria profissão pois, segundo ela, atitudes negativas constituem sério problema para a formação da imagem profissional. Com base nestas afirmativas foram construídos dois instrumentos fatoriais que identificaram quatro fatores básicos à formação de atitudes nos bibliotecários: a natureza do trabalho, o salário, o comportamento e a auto-estima profissionais. A amostra foi constituida por 316 profissionais. distribuidos entre sete tipos: bibliotecários escolares, públicos, universitários. especializados, de centro/serviço de informação/documentaçaõ e professores em Escolas de Biblioteconomia. Com relação aos quatro fatores idantificados pela pesquisa. verificou-se que para o fator F1 - natureza do trabalho bibliotecário. todos os tipos de bibliotecário negam que seu trabalho seja monótono, rotineiro, inútil e não-criativo;para F2, salário suficiente e compensador, alguns tipos de bibliotecário discordam e outros são indiferentes à questão; para F3 os tipos de bibliotecário diferem em duas opiniões quanto ao comportamento profissional detalhista e omisso proposto pelo fator; e, finalmente. para o fator do DS verificou-se que todos os tipos de bibliotecário. com exceção dos professores, possuem uma auto-estima muito positiva, baseada em valores pessoais e ocupacionais tais como independência, criatividade, liderança, inovação, etc. Concluiu-se que a auto-imagem. somatória das atitudes e valores, sugere que muita da realidade da atividade bibliotecária precisa ser modificada, para que a Biblioteconomia possa acompanhar a mudança que está ocorrendo na ambiência em que atua.
7

DIÁLOGOS Sobre a Biblioteca Escolar: Entre Textos e Contextos

SILVA, E. V. 15 June 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T11:12:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_8907_DISSERTACAO EDUARDO VALADARES FINAL 27 0 2015.pdf: 2716115 bytes, checksum: 2eb943bf52e9b58ff36f0425599e958e (MD5) Previous issue date: 2015-06-15 / Objetiva compreender o comportamento da temática Biblioteconomia Escolar, tendo como principal fonte os trabalhos apresentados no Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação (CBBD) entre 2005 e 2013, e a maneira como se dá o trabalho de uma bibliotecária escolar por meio do acompanhamento sistematizado das suas atividades cotidianas na relação com estudantes, professores e pedagogos, utilizando como contexto a Escola Municipal de Ensino Fundamental Aristóbulo Barbosa Leão da Prefeitura de Municipal de Vitória-ES. Metodologicamente sistematiza-se em dois momentos distintos: o primeiro ocorre por meio de uma pesquisa bibliográfica, denominada estado do conhecimento sobre a Biblioteconomia Escolar no Brasil, que tem como fonte os 91 trabalhos sobre biblioteca escolar apresentados no XXI, XXII, XXIII, XXIV e XXV CBBD; o segundo é orientado pela perspectiva de pesquisa colaborativa que acompanha as atividades realizadas na relação biblioteca-escola-bibliotecário na unidade de ensino fundamental da Prefeitura Municipal de Vitória-ES. Apropria-se dos textos de Certeau, para demarcar as concepções de lugar, espaço, tática, estratégia e usos, e de Campello, para compreender o estado da arte sobre a biblioteca escolar entre 1960 e 2011. Constata que a leitura, além de outras possibilidades, é o principal foco dos trabalhos apresentados no CBBD e o principal objetivo da bibliotecária pesquisada na realização dos seus fazeres profissionais cotidianos que se materializam por meio de atividades que utilizam como recursos a música, o hip-hop, as artes visuais, a contação de histórias, a poesia e a ocupação da biblioteca, conforme os desejos dos seus sujeitos praticantes, visando com isso romper o silenciamento desse espaço. Constata, ainda, que é necessária a realização de um trabalho mais articulado entre bibliotecários e demais educadores da escola, visto que se identificaram parcerias frutíferas pontuais entre esses sujeitos que poderiam expandir-se para toda a escola. Além disso, defende a necessidade de permanente reinvenção do espaço da biblioteca escolar para atender às expectativas de seus usuários.
8

Representações sociais de bibliotecários: quando o antigo e o novo se confrontam. / Social representations of the librarian: when the new confront the old.

Resende, Érica dos Santos 08 December 2005 (has links)
Submitted by Erica Resende (ericare@gmail.com) on 2016-04-13T09:37:00Z No. of bitstreams: 1 dissertacao Erica Resende.pdf: 4035595 bytes, checksum: de16b723d3be588238c2046769f70cbd (MD5) / Made available in DSpace on 2016-04-13T09:37:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 dissertacao Erica Resende.pdf: 4035595 bytes, checksum: de16b723d3be588238c2046769f70cbd (MD5) Previous issue date: 2005-12-08 / Esta pesquisa teve como objetivo a análise das representações sociais de bibliotecário apresentadas por profissionais desta área que atuam em uma universidade privada. A investigação apóia-se no pressuposto de que as representações sociais são construções de sujeitos concretos e, como tais, tomam forma no cotidiano de suas relações, experiências, vivências e interações, integrando informações, ideias, imagens, lembranças, afetos que, no crivo de valores, são reconstruídos e organizados, atualizando relações, tempos e espaços diversos. A investigação articula a aplicação de questionário para caracterizar a formação e a experiência dos sujeitos (N=60) e a livre associação de palavras, tratada como é proposto por Vergés (1992) e Flament (1981), à análise temática dos textos produzidos para justificar as escolhas. A análise do teste de livre evocação de palavras e dos resultados do teste da dupla negação permitiram apreender a possível evolução do espaço simbólico do bibliotecário que, dos limites dos livros e bibliotecas, pode estar assumindo a potencialidade da informação como definidora do seu fazer e do seu saber. Ainda que persista a configuração tradicional detectada pela associação livre – livros, bibliotecas e informação -, o teste de dupla negação aponta para indícios seguros de uma representação em mudança, na qual, o núcleo central integraria, apenas, o elemento, informação. Embora este processo de mudança seja influenciado pelas novidades em circulação no ambiente profissional, a coerência e a consistência das práticas adotadas pela instituição focalizada e assumidas pelos sujeitos parecem desempenhar o principal papel. No espaço destas práticas, as ideias tornam-se concretas, as novidades se materializam, ou seja, são facilitados os processos de objetivação da mudança em campos semânticos articulados e de sua ancoragem nos valores e símbolos socialmente aceitáveis às pertenças e referências grupais. Estas práticas dão condições para que os processos fundamentais na construção e reconstrução das representações sociais de um objeto possam se efetivar. / This research had as objective the analysis of the social representations of librarian presented by professionals of this area who work in a private university. The investigation is supported by the assumption that social representations are constructions of concrete subjects and, as such, take form in the daily life of their relations, experiences, and interactions, integrating information, ideas, images, memories, affects that, through the screening of values, are reconstructed and organized, updating diverse relations, times and spaces. The investigation articulates the application of questionnaires to characterize the formation and experience of the subjects (N=60) and a free association of words, treated as proposed by Vergés (1992) and Flament (1981), to the thematic analysis of the texts produced by the subjects to justify the choices. The analysis of the text of free evocation of words and of the results of the text of double negation allow to apprehend the possible evolution of the librarian symbolic space that, from the limits of books and libraries, can be assuming the potentiality of information as the definer of its doing and its knowledge. Although the traditional configuration detected by the free association –books, libraries and information – persists, the test of double negation points to significant traces of a representation in change, in which the central nucleus would integrate only the element information. In this process of change, the news in circulation in the professional environment seem to be operating but, above all, the coherence and consistence of the practices adopted, focused and assumed by the subjects play the most important role. In the space of these practices, the ideas become concrete, the news materialize, that is, the process of change objectivation in articulated semantic fields and its anchorage in socially acceptable values and symbols to the belongings and reference groups are facilitated. These practices make possible the fundamental processes of construction and reconstruction of social representations of an object.
9

A biblioteca e o bibliotecário em tempos de cibercultura : espaços e práticas

Salort, Shirlei Galarça January 2017 (has links)
Esta Dissertação de Mestrado tem como tema principal os sentidos atribuídos pelos bibliotecários às suas práticas e ao espaço físico da biblioteca em que trabalham, em tempos de cibercultura, visto que, além de o uso das tecnologias digitais ter se consolidado nas tarefas diárias destes profissionais, há importantes transformações nelas e nos modos de pesquisar e ler no ambiente acadêmico. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa e com a metodologia do estudo de caso exploratório, realizada com bibliotecárias que trabalham ou que já trabalharam na Biblioteca da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (Biblioteca FAMED/HCPA), com as quais foram feitas oito entrevistas semi-estruturadas, dentre elas duas bibliotecárias aposentadas que atuaram por mais de 20 anos nesta Biblioteca. O trabalho visa contribuir para a reflexão sobre as perspectivas futuras das bibliotecas universitárias e das práticas dos bibliotecários que, ao longo do tempo, foram influenciadas por constantes transformações nos hábitos de leitura do “ciberleitor” ou leitor na/da cibercultura. Quanto ao referencial teórico para contextualizar as transformações ocorridas nas práticas de leitura e nas práticas bibliotecárias a partir do uso das tecnologias digitais, foram utilizadas como base as considerações de Lúcia Santaella, Roger Chartier, Humberto Eco, Jean-Claude Carrièrre e David Lankes, entre outros autores. Por meio da pesquisa, foi possível refletir sobre a memória da Biblioteca FAMED/HCPA e identificar algumas características históricas da pesquisa na área médica nesta biblioteca, além de, e principalmente, verificar como as bibliotecárias percebem suas práticas no contexto da cibercultura. A pesquisa demonstrou que, nas concepções sobre as práticas do bibliotecário, se percebe um movimento de mudança de sentidos, sendo que o sentido de “mediador” passa a dar mais espaço ao sentido de “educador”, e a ação de “esperar o usuário” passa a dar lugar à ação de “buscar o usuário”, o que aponta não só uma preocupação com relação ao uso da biblioteca e de seus recursos, mas também com uma reafirmação e melhoria da imagem profissional do bibliotecário e de sua valorização social e acadêmica.
10

A biblioteca e o bibliotecário em tempos de cibercultura : espaços e práticas

Salort, Shirlei Galarça January 2017 (has links)
Esta Dissertação de Mestrado tem como tema principal os sentidos atribuídos pelos bibliotecários às suas práticas e ao espaço físico da biblioteca em que trabalham, em tempos de cibercultura, visto que, além de o uso das tecnologias digitais ter se consolidado nas tarefas diárias destes profissionais, há importantes transformações nelas e nos modos de pesquisar e ler no ambiente acadêmico. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa e com a metodologia do estudo de caso exploratório, realizada com bibliotecárias que trabalham ou que já trabalharam na Biblioteca da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (Biblioteca FAMED/HCPA), com as quais foram feitas oito entrevistas semi-estruturadas, dentre elas duas bibliotecárias aposentadas que atuaram por mais de 20 anos nesta Biblioteca. O trabalho visa contribuir para a reflexão sobre as perspectivas futuras das bibliotecas universitárias e das práticas dos bibliotecários que, ao longo do tempo, foram influenciadas por constantes transformações nos hábitos de leitura do “ciberleitor” ou leitor na/da cibercultura. Quanto ao referencial teórico para contextualizar as transformações ocorridas nas práticas de leitura e nas práticas bibliotecárias a partir do uso das tecnologias digitais, foram utilizadas como base as considerações de Lúcia Santaella, Roger Chartier, Humberto Eco, Jean-Claude Carrièrre e David Lankes, entre outros autores. Por meio da pesquisa, foi possível refletir sobre a memória da Biblioteca FAMED/HCPA e identificar algumas características históricas da pesquisa na área médica nesta biblioteca, além de, e principalmente, verificar como as bibliotecárias percebem suas práticas no contexto da cibercultura. A pesquisa demonstrou que, nas concepções sobre as práticas do bibliotecário, se percebe um movimento de mudança de sentidos, sendo que o sentido de “mediador” passa a dar mais espaço ao sentido de “educador”, e a ação de “esperar o usuário” passa a dar lugar à ação de “buscar o usuário”, o que aponta não só uma preocupação com relação ao uso da biblioteca e de seus recursos, mas também com uma reafirmação e melhoria da imagem profissional do bibliotecário e de sua valorização social e acadêmica.

Page generated in 0.0314 seconds