• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 5587
  • 9
  • 1
  • Tagged with
  • 5597
  • 5597
  • 5597
  • 4795
  • 1345
  • 885
  • 686
  • 525
  • 453
  • 412
  • 391
  • 363
  • 357
  • 357
  • 335
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Terceira idade e aposentadoria: sin?nimos de crise?

Oliveira, Maria Isabel Toscanelli Campos January 1982 (has links)
Submitted by SBI Biblioteca Digital (sbi.bibliotecadigital@puc-campinas.edu.br) on 2018-11-28T11:26:38Z No. of bitstreams: 1 Maria Isabel Toscanelli Campos Oliveira.pdf: 30591994 bytes, checksum: a83c2cf6fe56f34e4c9daf66576efe05 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-11-28T11:26:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Maria Isabel Toscanelli Campos Oliveira.pdf: 30591994 bytes, checksum: a83c2cf6fe56f34e4c9daf66576efe05 (MD5) Previous issue date: 1982-01-01
2

A família e a reprodução da ideologia: um estudo através do psicodrama

Reis, José Roberto Tozoni 30 November 1983 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-28T20:38:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Jose Roberto Tozoni Reis.pdf: 14044481 bytes, checksum: fa5b8bc7013db5829b8619d1c421e88b (MD5) Previous issue date: 1983-11-30 / Um estudo do grupo familiar, a partir do materialismo-dialético, necessariamente nos conduzirá a duas funções, muito importante da família como instituição: função econômica e função de reprodução e manutenção da ideologia. É sob este último que nos interessa considerá-la no âmbito deste trabalho
3

Os significados do trabalho para jovens nem-nem e suas estrat?gias de inser??o no mercado de trabalho

Paulino, Daniele de Souza 26 July 2016 (has links)
Submitted by Automa??o e Estat?stica (sst@bczm.ufrn.br) on 2017-01-12T12:54:10Z No. of bitstreams: 1 DanieleDeSouzaPaulino_DISSERT.pdf: 1656426 bytes, checksum: 50025ba7085020d97d25dcbb2ae0e292 (MD5) / Approved for entry into archive by Arlan Eloi Leite Silva (eloihistoriador@yahoo.com.br) on 2017-01-13T15:07:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DanieleDeSouzaPaulino_DISSERT.pdf: 1656426 bytes, checksum: 50025ba7085020d97d25dcbb2ae0e292 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-13T15:07:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DanieleDeSouzaPaulino_DISSERT.pdf: 1656426 bytes, checksum: 50025ba7085020d97d25dcbb2ae0e292 (MD5) Previous issue date: 2016-07-26 / Coordena??o de Aperfei?oamento de Pessoal de N?vel Superior (CAPES) / Os jovens s?o um dos p?blicos mais afetados pelas transforma??es do mercado de trabalho, estando mais suscet?veis a situa??es de desemprego e de inser??o em trabalhos prec?rios. Em paralelo ao desemprego juvenil, outro fen?meno tem ganhado destaque nos ?ltimos anos: a juventude nem-nem. Jovens nessa condi??o est?o fora do mercado de trabalho, de iniciativas educacionais e de forma??o profissional. Diante dessas carater?sticas, o fen?meno tem gerado preocupa??o entre ?rg?os governamentais e levantado questionamentos sobre a import?ncia e significados atribu?dos ao trabalho por jovens nessa condi??o. Com o intuito de compreender os fatores relacionados ? condi??o nem-nem e os motivos da perman?ncia dos jovens na mesma, esta pesquisa se prop?s a investigar a rela??o entre o significado do trabalho e os comportamentos de busca de emprego para jovens nem-nem. Especificamente, ela pretendeu identificar a centralidade do trabalho para esse grupo; identificar que caracter?sticas sociodemogr?ficas est?o relacionadas com o significado do trabalho e com os comportamentos de busca de emprego; e investigar os motivos dos jovens estarem na condi??o e suas perspectivas de futuro. Trata-se de pesquisa quantitativa com desenho de m?todos mistos incorporado. Participaram 224 pessoas com idades compreendidas entre 18 e 24 anos que responderam um question?rio sociodemogr?fico, a ESAT-BR, a Escala de Centralidade do Trabalho, os itens de centralidade do MOW, a Escala de Intensidade de Busca de Emprego e duas quest?es abertas. Os resultados apontam para uma rela??o entre os significados do trabalho e os comportamentos de busca de emprego. Ao mesmo tempo, a associa??o entre var?veis sociodemogr?ficas e os constructos investigados, e as respostas ?s quest?es abertas, evidenciam que outros fatores est?o relacionados com esse fen?meno, os quais reafirmam a sua complexidade. / Young people are one of the groups most affected by the labor market transformations, as they are more susceptible to unemployment situations. In parallel with youth unemployment, another phenomenon has increased in recent years: NEET young people. They are not in education, employment, or training. These characteristics are a cause for concern among government organizations, and have raised questions about the importance and meaning of work for young NEETs. In order to understand the factors associated with this condition, and the reasons these young people stay in this condition, the objective of this research is to investigate the relationship between the meaning of work and the job search behaviors for young NEETs. Specifically, this research intends to identify the centrality of work for this group; identify what personal and social characteristics are related to the meaning of work and to job search behaviors; and investigate the reasons that young people remain in such conditions, and their future prospects. This is a quantitative study with mixed methods incorporated. In total, 224 people participated, with ages between 18 and 24 years. They answered a personal and social questionnaire, an ESAT-BR, items about the centrality of work and job search intensity, and two open questions. The results demonstrated a relationship between the meaning of work and the job search behaviors. At the same time, the association between the personal and social variables and the constructs investigated demonstrate that other factors are related to this phenomenon, which confirm its complexity.
4

Ansiedade em situações de convívio social em idosos

Mellero, Doroty 26 September 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-03T16:34:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DOROTY MELLERO.pdf: 343963 bytes, checksum: 3fc6cd32b3205403668dae527110e724 (MD5) Previous issue date: 2007-09-26 / The anxiety is a normal experience in any age, but deserves a special attention in the individual aged. The older has lived a social life more intense like to frequent course, parties, and even having to deal with new technologies. Anxiety social symptom can appear or emphasize in these situation, harming the interaction of the individual to society or family. Depression is a big concern for the older. The principal s symptoms of the diagnostic for depression are the change of appetite, agitation or retard psychomotor, energy diminution or excess tiredness, guilt sensation, difficulty on concentration and thoughts recurrent of death or suicide. It s about a studied, of the type control-case investigating anxiety in sociability situation in 61 individual with 60 years old or more and a group of 60 teenagers until 35 years. The responded a questioner, anxiety scale, social phobia and depression. According to the final results the anxiety can be related to five factors groups and that precocious diagnostics can be treated by medicaments or psychotherapy. The prevention, quality of life of the older and the adequate treatment for the social integration of the older to society constitute efficient measure of prevention and therapeutic.(AU) / A ansiedade é uma experiência normal em qualquer idade, mas merece uma atenção especial no indivíduo idoso. O idoso tem vivido uma vida social mais intensa como freqüentar cursos, festas ou mesmo lidar com novas tecnologias.Sintomas de ansiedade social podem surgir ou se acentuar nestas situações, prejudicando a integração do indivíduo à sociedade e à família. .A depressão é uma grande preocupação para o idoso. A importância do diagnóstico da doença depressão para diferenciar sintomas depressivos de sentimento de tristeza ou síndrome depressiva .Trata-se de um estudo, do tipo caso-controle investigando ansiedade em situações de convívio social em 61indivíduos com 60 anos de idade ou mais e um grupo de 60 jovens até 35 anos.Responderam um questionário, escalas de ansiedade,fobia social ,esquiva e desconforto, medo de avaliação negativa e depressão.De acordo com os resultados obtidos a ansiedade pode estar relacionada a fatores biológicos, psicológicos e sociais que diagnosticados precocemente podem ser tratados por medicamentos , psicoterapia ou uso da estratégia adequada melhorar a adaptação do idoso.A realidade é que o perfil do idoso mudou e a qualidade de vida também,o que gerou necessidades diferentes,novos desafios. É um assunto que requer maiores estudos com o intuito de apontar estratégias que auxiliem na prevenção ou que aponte fatores que melhorem a adaptação do idoso.(AU)
5

A IMPORTÂNCIA DA FAMÍLIA NA RECUPERAÇÃO DE PACIENTES INTERNADOS NA UNIDADE DE TERAPIA INTENSIVA

Tertino, Ilza Maria 07 November 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-03T16:34:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ILZA MARIA TERTINO.pdf: 456405 bytes, checksum: 7733a4c96301473a24da2f19746122c5 (MD5) Previous issue date: 2007-11-07 / The Intensive Care Unit (ICU) is a hospital section designed to attend patients in critical state, and need of the complex cares and rigid controls and, therefore, always generates a stressant environment, not only for the critical care team but to the patient and his family, and therefore is associated frequently to depression and anxiety states. These factors lead to human necessities approach, in the attendance to the patient, as well as of his family. The concern with the humanization must be present in the nursing teams as a philosophical guidelines, and must point to better qualities of these services. By humanizing the ICU, it means to take care of the patient as a whole, focusing on the biosocial- psycology environment, incorporating social values, family, personal, and cultural concerns. The humanização must be part of the philosophy of the nursing. The physical environment, the material and technological resources are important, however not more significant of what the nature human being. The thought and the actions of the nursing team feed the critical and the construction of a reality more human being and less aggressive and hostile reflection for the people who daily coexist in the hospital. Hospitalization not only modifies the patient routine but also of his family. In some sense, proper hospitalization can be lived as abandonment or death, so that it implies a removal of family environment, away from home, as well as a privacy invasion. The aim this work is identifying the family needs or his visitors, toward health team during the period of internment in the ICU and to evaluate the degree of satisfaction in relation to the quality of information and support given to the family or visitor. Results indicated that in Heliópolis Hospital, where the work was lead, the interviewed persons were satisfied with the perform of multiprofessional team; therefore the patients were well-taken care of, having concern with the patients, and that doctors were comprehensible and competents, providing informations in a comprehensible language to the family or visitors. However, it must be highlighted that 48% out the subjects pointed to the psychological support needs.(AU) / A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) é um setor do hospital destinado ao atendimento de pacientes em estado crítico, que requer cuidados complexos e controles rígidos e, por isso sempre gera um ambiente estressante, não só para a equipe que atende ao paciente mas também aos familiares e portanto induz muitas vezes ao processo de depressão. Estes fatores leva-nos a abordar a necessidade de humanização, no atendimento ao paciente, bem como de seus familiares. A preocupação com a humanização deve estar presente nas equipes de enfermagem como filosofia-diretriz e deve ser um indicador de qualidades desses serviços. Humanizar a UTI significa cuidar do paciente como um todo, englobando o contexto bio-psico-social, incorporando os valores sociais e da família, as esperanças, os culturais e as preocupações pessoais. A humanização deve fazer parte da filosofia da enfermagem. O ambiente físico, os recursos materiais e tecnológicos são importantes, porém não mais significativos do que a natureza humana. O pensamento em ações da equipe de enfermagem, alimentam a reflexão crítica e a construção de uma realidade mais humana e menos agressiva e hostil para as pessoas que diariamente convivem no hospital. A hospitalização altera a rotina não só do paciente mas também dos familiares. De certa forma, a própria hospitalização pode ser vivida como abandono ou morte, à medida que implica um afastamento das pessoas queridas, da casa, como também uma invasão de privacidade. Este trabalho procurou Identificar as necessidades dos familiares ou visitantes, frente à equipe de saúde durante o período de internação na UTI e avaliar o grau de satisfação em relação à qualidade das informações e ao suporte dados à família ou visitante. Os resultados indicam que no Hospital Heliópolis, onde o trabalho foi conduzido, os entrevistados estavam satisfeitos com a equipe multiprofissional pois os pacientes eram bem cuidados, havendo preocupação com os pacientes, e que os médicos, além de compreensivos e competentes, forneceram as informações de modo que eles pudessem compreender,. Porém deve-se ressaltar que 48% dos entrevistados apontam a necessidade de apoio psicológico.(AU)
6

Da[má]ternagem e suas pulsões: a crueldade na função materna sob o olhar psicanalítico.

Melo, Guaíra Moreira Camilo de 26 September 2017 (has links)
Submitted by Biblioteca Central (biblioteca@unicap.br) on 2018-07-17T13:52:26Z No. of bitstreams: 2 guaira_moreira_camilo_melo.pdf: 1332858 bytes, checksum: 67999c82386e46775bd48c4b844d390e (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Made available in DSpace on 2018-07-17T13:52:26Z (GMT). No. of bitstreams: 2 guaira_moreira_camilo_melo.pdf: 1332858 bytes, checksum: 67999c82386e46775bd48c4b844d390e (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2017-09-26 / This research emerged from the interest in understanding the cases, increasingly propagated in media vehicles, of infants killed or severely abused by people to whom are commonly atributed expressions of love and care as mothers, stepmothers and grandmothers. Such events foster inquiries about this social symptom, especially about the psycho-affective history of these females perpetrators of cruelty, because they are against the supposed innate tendency toward maternal love that is presupposed to the feminine. From the theoretical contributions of Sigmund Freud, Sándor Ferenczi, Elizabeth Badinter and Françoise Couchard, we reflect on what developments these cases can bring to psychoanalytic clinic and criminology today. In order to investigate the manifestations of cruelty perpetrated by women against children under their care, we propose to think what leads, from the point of view of psychoanalytic theory, a woman to take responsibility under a child to commit cruel acts; to understand how the maternal function is expressed in these women and to analyze what in the history of the psycho-affective development of these women may be repeating itself towards the possible identification to a previous aggressor. To do so, we chose documentary research to study the trial data of two cases of women accused of torturing children they took under their care. It was identified in these processes aspects that pointed to the creation of a psychoaffective history of these women, where it was possible to conjecture that the broken and ill family bond that probably contributed to the abuses suffered by the women during their childhood possibly provided an identification of them with their aggressors and the consequent repetition of their acts, which, established in a relationship of domination, enabled them to live an active life of this cruelty drive. / Esta pesquisa surgiu do interesse por compreender os casos, cada vez mais propagados em veículos midiáticos, de infantes mortos ou severamente violentados por pessoas a quem comumente são atribuídas expressões de amor e cuidados como mães, madrastas e avós. Tais acontecimentos fomentam indagações a respeito desse sintoma social, sobretudo acerca do histórico psicoafetivo dessas mulheres perpetradoras de crueldade que chocam, por irem de encontro à suposta tendência inata ao amor materno que se pressupõe ao feminino. A partir das contribuições teóricas de Sigmund Freud, Sándor Ferenczi, Elizabeth Badinter e Françoise Couchard, refletimos acerca de quais desdobramentos esses casos podem trazer à clínica psicanalítica e à criminologia, na atualidade. No intuito de investigar as manifestações de crueldade perpetradas pelas mulheres contra crianças sob seus cuidados, nos propomos a pensar o que leva, do ponto de vista da teoria psicanalítica, uma mulher a adquirir responsabilidade sob uma criança para cometer atos cruéis; assim como compreender de que modo a função materna se expressa nessas mulheres e analisar o que da história do desenvolvimento psicoafetivo dessas mulheres pode estar se repetindo diante da possível identificação a um agressor prévio. Para tanto, elegemos a pesquisa documental para estudar os dados processuais de dois casos de mulheres acusadas de torturarem crianças as quais tomaram sob seus cuidados. Foram identificados nesses processos aspectos que apontaram para a criação de um histórico psicoafetivo dessas mulheres, diante dos quais foi possível conjecturar que os vínculos familiares rompidos e adoecidos, que provavelmente contribuiram para os abusos sofridos pelas mulheres, durante sua infância, possivelmente propiciaram uma identificação das mesmas com seus agressores e a consequente repetição dos seus atos, que, estabelecidos numa relação de apoderamento, possibilitaram para elas a vivência ativa dessa pulsão de crueldade.
7

Investigação de propriedades quantitativas de relações simbólicas em quatro estudos experimentais envolvendo o paradigma de equivalência de estímulos

BORTOLOTI, Renato 07 June 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2011-03-23T21:19:28Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Item created via OAI harvest from source: http://www.bdtd.ufpa.br/tde_oai/oai2.php on 2011-03-23T21:19:28Z (GMT). Item's OAI Record identifier: oai:bdtd.ufpa.br:206 / This work presents four experimental studies that evaluated transfer of functions from faces expressing emotions to arbitrary figures equivalent to them. The specific goals of each study can be articulated around a proposal to investigate quantitative properties of equivalence relations. Chapter 1 describes an experiment conducted to examine if the level of transfer of functions can be affected by the delayed presentation of the comparison stimuli in a matching-to-sample training. In effect, the results showed more transfer when classes were trained with a delayed matching-to-sample procedure. The experiment presented in the Chapter 2 manipulated delayed matching and the number of stimuli intervening in the relation established among faces and figures. The increase in the number of intervenient stimuli negatively affected the formation of equivalence classes and reduced the transfer of function, but these effects were less pronounced when the relations were established by the delayed matching-to-sample procedure. Chapter 3 describes an experiment conducted to verify if arbitrary figures acquire properties from facial expressions presented always very quickly. In this condition, the transfer of functions occurred with less intensity than when the faces are presented for longer periods. Chapter 4 presents a study to evaluate the time spent by the participants to find arbitrary figures equivalent to certain facial patterns described as more quickly localized. Results replicated only in part the transfer of functions demonstrated in a previous experiment. The studies that compose this work provide evidence that the transfer of functions can suffer systematical variations according to the experimental parameters that are employed. Variations in the transfer of function indicate variations in the relatedness of equivalent stimuli. / Este trabalho apresenta quatro estudos experimentais que avaliaram a transferência de funções de faces expressando emoções para figuras abstratas equivalentes a elas. Os objetivos específicos de cada estudo podem ser articulados em torno de uma proposta de investigação de propriedades quantitativas de relações de equivalência. O Capítulo 1 descreve um experimento conduzido para investigar se o grau de transferência de funções pode ser afetado pela apresentação atrasada dos estímulos de comparação em tarefas de emparelhamento ao modelo (matching atrasado). Foi constatado que sim: parece haver maior transferência quando os estímulos de comparação são apresentados com atraso. O estudo descrito no Capítulo 2 manipulou, além do emparelhamento atrasado, o número de estímulos mediadores das relações estabelecidas entre as faces e as figuras. O aumento no número de estímulos mediadores dificultou a formação de classes de equivalência e diminuiu a transferência de funções, mas esse efeito foi menos pronunciado quando as relações foram treinadas com emparelhamento atrasado ao modelo. O Capítulo 3 apresenta um experimento conduzido para verificar se figuras abstratas adquirem propriedades de expressões faciais apresentadas sempre muito rapidamente. Nesse delineamento, a transferência de funções ocorreu em grau menor do que quando as faces são apresentadas por períodos mais longos. O Capítulo 4 apresenta um estudo que avaliou o tempo que os participantes gastavam para encontrar figuras abstratas equivalentes a certos padrões faciais expressivos descritos como mais rapidamente localizáveis. Os resultados replicaram apenas parcialmente a transferência de funções demonstrada em um estudo anterior. Os estudos que compõem este trabalho fornecem evidências de que o grau de transferência de funções pode variar sistematicamente de acordo com os parâmetros experimentais adotados. Variações na transferência de funções indicam variações no grau de relacionamento de estímulos equivalentes.
8

Considerações sobre alguns aspectos da técnica na clínica de Winnicott

Bizzarri, Maria Luisa 15 October 2010 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-28T20:37:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Maria Luisa Bizzarri.pdf: 926747 bytes, checksum: 4d4f22daf3e5f577b8ef1285d89e61ad (MD5) Previous issue date: 2010-10-15 / The aim of this study is the technique on the Winnicott clinic.The author has encountered in her clinic with more and more frequency patients with predominant neurotic description, but having present a psychotic nucleus very often. The Theory about the Emotional Maturation on the human individual and the relationship with environmental factors has been the foundation of her daily labor routine. Other studies, with conflicting perceptions or not, have enriched the clinical view of the author. Considered the extent of the issues to be examined, it was necessary to make choices, and the Spatula Technique Game and the Squiggle Technique Game were the object of a specific analysis. A self-study patient: the psychoanalyst Harry Guntrip was a rich and disturbed personality due to his primitive matters that brought challenging elements to a multifaceted personality analysis. Taking it into account, it was required the broadening of the theoretical issues and analytical vertices in order to understand their issues. It remained for further analysis, the issue of complementarity among studies of various analytical vertices, as a way to enrich the clinic to bring relief to the suffering of human beings seeking other human beings, limited and fallible to help them. In this study, the author "needed" and still needs in her clinic to rely on theoretical vertices that are complementary and that it seemed to her that if she had opted for a theoretical purism, to avoid eclecticism reprehensible, it would instead probably depleted resources for understanding the issues of the "patient" in the study / Este estudo teve por objeto a técnica na clínica de Winnicott. A autora tem encontrado em sua clínica, de forma cada vez mais frequente, pacientes com características predominantes neuróticas, mas com núcleos psicóticos muitas vezes presentes. A Teoria do Amadurecimento Emocional do indivíduo humano e o relacionamento desta com os fatores ambientais tem sido o fundamento de seu labor diário. Outros estudiosos, com percepções conflitantes ou não, têm enriquecido a visão clínica da autora. Considerada a amplitude das questões a serem examinadas, fazer escolhas foi necessário, e a Técnica do Jogo da Espátula e a Técnica do Jogo do Rabisco, foram objeto de uma análise específica. Um paciente estudioso de si mesmo: o psicanalista Harry Guntrip foi a personalidade rica e perturbada por questões primitivas que trouxe elementos desafiantes para uma análise de personalidade multi-facetada. Com isto demandou a ampliação dos temas teóricos e dos vértices analíticos para a compreensão de suas questões. Ficou para análise futura, a questão da complementaridade entre os estudiosos dos diversos vértices analíticos, como forma de enriquecer a clínica para trazer alívio ao sofrimento de seres humanos que procuram outros seres humanos, limitados e falíveis para ajudá-los. Neste trabalho, a autora precisou e continua precisando em sua clínica, recorrer a vértices teóricos que se complementam e lhe pareceu que caso tivesse optado por algum purismo teórico, no intuito de evitar um ecletismo condenável, teria ao invés disto, provavelmente, empobrecido seus recursos para o entendimento das questões do paciente em estudo
9

Famílias de Mães Homossexuais: Relato das mães.

Noda, Fabiana Schiavi 20 May 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2016-04-28T20:39:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 FabianaNoda.pdf: 1033151 bytes, checksum: a77ef24a16f5530ed3e624965e28f4a1 (MD5) Previous issue date: 2005-05-20 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / O conceito de família é um dos mais estimados pela nossa sociedade e o surgimento de novos arranjos familiares nos obriga a rever antigas definições. A família cuja mãe é homossexual é um desses novos arranjos, e talvez o mais polêmico deles, pois além da dificuldade de se abrir mão de antigos conceitos, soma-se o fato dela estar inserida em uma sociedade que a recebe de forma dúbia, sendo politicamente correto aceitá-la, mas sem esquecer da longa história de preconceito aos homossexuais. A presente pesquisa visou ampliar nossa compreensão sobre a família chefiada por uma mulher pertencente a um grupo estigmatizado, investigando a experiência familiar e de cuidado dos filhos entre mulheres que mantinham famílias homossexuais, mas com filhos provenientes de conjugalidades heterossexuais anteriores. Para tanto, foi realizado um estudo qualitativo por meio de entrevistas em profundidade, com quatro mulheres com idade entre 40 e 48 anos, que viviam relacionamentos conjugais homossexuais a pelo menos 10 anos e filhos de ambos os sexos, e que foram viver com a mãe e sua companheira entre os 2 e 13 anos. A análise dos resultados revelou, por um lado temas semelhantes aos de qualquer mãe, como a preocupação com a educação e bem-estar de seus filhos. Por outro lado, evidenciaram-se temas como a revelação às crianças, auxiliá-los a lidarem com a informação da homossexualidade fora do lar, o jogo de segredos, estigma e preconceitos subjacentes. As mães que possuíam resquícios de vergonha por ser homossexual se impuseram limites rígidos para a visibilidade do relacionamento conjugal dentro de sua própria casa, bem como encontraram dificuldades no momento da revelação e o postergaram até o seu limite. A revelação trouxe melhoras no relacionamento entre mãe e filhos, entretanto, os relatos indicam para um desconhecimento da mãe de como seus filhos lidaram com a nova informação.
10

TRANSFORMAÇÕES NA IDENTIDADE DE POLICIAIS MILITARES DO ESTADO DE GOIÁS INVESTIGADAS ATRAVÉS DO PSICODIAGNÓSTICO DE RORSCHACH

Nogueira, Míriam Terezinha Bueno 20 August 2001 (has links)
Submitted by admin tede (tede@pucgoias.edu.br) on 2017-11-24T15:37:41Z No. of bitstreams: 1 Míriam Terezinha Bueno Nogueira.pdf: 490527 bytes, checksum: 1428af6d4a777fee01278a2e62e9d272 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-11-24T15:37:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Míriam Terezinha Bueno Nogueira.pdf: 490527 bytes, checksum: 1428af6d4a777fee01278a2e62e9d272 (MD5) Previous issue date: 2001-08-20 / The finality of this paper is to investigate the impact of the formation course and the work in the military police service and its influence in changes in significative aspects of the identity of people that search a military career. The study was carried in the Policia Militar do Estado de Goiás, in the city of Goiânia. This study has a descritive nature and was carried following the phenomenologic method, having as main tool for collecting data, the Rorschach’s psychodiagnosys. The study was carried focusing two distincts groups: the group of civilians newly admited in the Polícia Militar do Estado de Goiás and the group of veterans. The results achieved in the two groups that was compared, was the followings: the formation couse and the work as a military policeman don’t induce so many changes in the identity as was expected, but that they are bound to aspects less general then that. It was concluded that the changes in the identity of the people that search a military career aren’t negatives but also positives, mainly in the acquisition of effective internal controls on aggressive behaviour or impulsion. These results point to another aspect of the military career that is ignored and refer to its educative core and in the generation of more mature and controlled behaviours. The negative changes refer mainly to the development of anguish feelings and dysphoria that lower their intellectual and perceptive capacities, by the way of their stressing work and the strive in adapting to the corporation’s harsh rules. / Investigar o impacto da formação e do exercício da função policial militar influenciando na modificação de aspectos significativos da identidade de indivíduos que buscam a carreira militar é o tema da dissertação. A pesquisa foi efetuada na Polícia Militar do Estado de Goiás, na cidade de Goiânia. A pesquisa é de natureza comparativa e desenvolvida segundo o método fenomenológico de investigação, tendo como principal instrumento de coleta de dados o Psicodiagnóstico de Rorschach. Esta pesquisa foi direcionada a dois grupos distintos: o grupo dos civis recém ingressos na Polícia Militar do Estado de Goiás, e o grupo dos militares veteranos da mesma instituição. Os resultados alcançados à partir dos dados obtidos e comparados entre os dois grupos foram os seguintes: a formação e o exercício policial militar não produz tantas modificações na identidade como era esperado, sendo tais mudanças circunscritas a aspectos menos generalizados. Concluiu-se que as modificações efetuadas na identidade dos indivíduos que buscam a carreira militar, não são somente negativas, mas atingem também aspectos positivos, principalmente no tocante à aquisição de controles internos mais eficazes em relação à agressividade e impulsividade. Estes resultados apontam para um outro aspecto do serviço policial militar que é ignorado, que refere-se ao seu caráter educativo e potencializador de comportamentos mais maduros e controlados. As mudanças negativas se referem, principalmente, ao desenvolvimento de sentimentos de angústia, disforia e melancolia, que diminuem suas capacidades intelectual e perceptiva, em função do tipo de trabalho estressante e do esforço em se adaptar às rígidas normas de conduta da corporação.

Page generated in 0.0662 seconds