• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 456
  • 19
  • 19
  • 19
  • 19
  • 16
  • 12
  • 11
  • 11
  • 6
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 464
  • 464
  • 315
  • 146
  • 128
  • 114
  • 113
  • 95
  • 78
  • 69
  • 61
  • 48
  • 47
  • 45
  • 42
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Diretrizes e requisitos para o planejamento e controle da produção em nível de médio prazo na construção civil

Coelho, Henrique Otto January 2004 (has links)
O processo de planejamento e controle pode ser representado através de duas dimensões básicas, a horizontal, que se refere às etapas do planejamento e controle em cada nível gerencial, e a dimensão vertical, que se refere à divisão deste processo em diferentes níveis hierárquicos (longo, médio e curto prazo). Essa divisão se faz necessária em função da complexidade típica dos empreendimentos de construção, da variabilidade de seus processos e da incerteza inerente ao processo de produção. Sem contestar a importância e os benefícios decorrentes da correta realização do Planejamento de Curto Prazo, neste trabalho buscou-se dedicar maior atenção ao Planejamento de Médio Prazo, visto que este nível vem, cada vez mais, se mostrando como um importante mecanismo de controle e aprendizagem dentro do processo de PCP como um todo. O objetivo geral desta dissertação é o refinamento do modelo de PCP desenvolvido no NORIE/UFRGS, propondo diretrizes para a implementação do Planejamento de Médio Prazo. Este objetivo foi definido a partir dos resultados de estudos anteriores, os quais apontaram que, de um modo geral, o referido modelo de PCP apresentava bons resultados de implementação nos níveis de longo e curto prazo, porém poucas empresas obtinham sucesso no nível de médio prazo. O método de pesquisa foi dividido em três etapas. A primeira delas compreendeu uma pesquisa bibliográfica e um estudo de caso exploratório em uma empresa de construção civil. A segunda etapa da pesquisa consistiu na realização de dois estudos empíricos em empresas de construção civil da Região Metropolitana de Porto Alegre. O primeiro estudo, que teve o caráter de pesquisa-ação, teve como objetivo propor e avaliar diretrizes para a execução do Planejamento de Médio Prazo. O segundo estudo tratou-se de um estudo de caso, na qual se buscou analisar boas práticas utilizadas por uma empresa de construção civil que vinha alcançando bons resultados na implementação do Planejamento de Médio Prazo. De uma forma geral as principais conclusões estão ligadas às funções que devem ser executadas com a realização do Planejamento de Médio Prazo e a forma de implementação deste nível de planejamento, refinando o modelo de PCP desenvolvido no NORIE/UFRGS, além de contribuir no desempenho do processo de PCP como um todo.
32

Sistema para projeto de célula de manufatura : definição de agrupamentos

Amantino, Elias Baldissera January 2005 (has links)
O entendimento da manufatura celular passa pelo estudo das rotas de fabricação e pelos métodos de agrupamento de máquinas e de peças. Neste contexto, o objetivo principal deste trabalho é a implemetação de uma ferramenta de auxílio ao projeto de células de manufatura, abordando uma metodologia fundamentada na Tecnologia de Grupo para agrupamento de máquinas em células de manufatura com as respectivas famílias de peças. A base de dados com as informações das peças, das máquinas e das rotas que compõe o fluxo de produção é implementada em um banco de dados relacional. A matriz incidência peça-máquina é montada a partir das rotas armazenadas no banco de dados através de um aplicativo desenvolvido em Visual Basic. Os agrupamentos em famílias de peças e células de manufatura são gerados por três diferentes algoritmos: o Rank Order Clustering (ROC), o Close Neighbor Algorithm (CNA) e um algoritmo heurístico (HEU). São aplicadas restrições referentes a limite de carregamento, tamanho de célula e resolução de situações de “gargalo”. Processados os algoritmos de agrupamento, são analisados os resultados em função da densidade e da eficiência do agrupamento. O sistema apresenta o resultado final em planilhas no formato MS Excel. A primeira planilha, chamada resultados, exibe os valores das restrições de projeto das células (número de máquinas por célula, tempo limite de carregamento e tempo limite para duplicação da máquina), o número de peças (colunas) e de máquinas (linhas) da matriz incidência, os valores de eficiência do agrupamento de peças, do agrupamento de máquinas e do aproveitamento dos recursos, bem como o número de células independentes e a quantidade de máquinas duplicadas, obtidos por cada algoritmo no sistema, destacando os melhores resultados. A segunda planilha mostra a matriz incidência peça-máquina. As demais planilhas apresentam, respectivamente, a matriz diagonalizada com o algoritmo original (ROC e CNA), a matriz diagonalizada levando-se em consideração as restrições de projeto das células (análise ROC, análise CNA e HEU) e por fim, uma planilha relatório. A planilha relatório tabula os mesmos valores citados na primeira planilha e lista as peças associadas a cada família, as máquinas associadas a cada célula, as peças rejeitadas, por não se enquadrarem nos agrupamentos, e que devem ser tratadas fora do ambiente celular e as máquinas duplicadas. A comparação dos resultados é efetuada considerando as características adicionadas aos algoritmos originais. Dos três estudados, as restrições de projeto são tratadas na implementação do HEU. Os demais, ROC e CNA, têm incorporado um pós processamento. Em análises comparativas observa-se a superioridade dos algoritmos ROC e HEU em relação ao CNA e os resultados do ROC são melhores ou iguais aos demais, dificilmente inferiores.
33

Sistema para projeto de célula de manufatura : definição de agrupamentos

Amantino, Elias Baldissera January 2005 (has links)
O entendimento da manufatura celular passa pelo estudo das rotas de fabricação e pelos métodos de agrupamento de máquinas e de peças. Neste contexto, o objetivo principal deste trabalho é a implemetação de uma ferramenta de auxílio ao projeto de células de manufatura, abordando uma metodologia fundamentada na Tecnologia de Grupo para agrupamento de máquinas em células de manufatura com as respectivas famílias de peças. A base de dados com as informações das peças, das máquinas e das rotas que compõe o fluxo de produção é implementada em um banco de dados relacional. A matriz incidência peça-máquina é montada a partir das rotas armazenadas no banco de dados através de um aplicativo desenvolvido em Visual Basic. Os agrupamentos em famílias de peças e células de manufatura são gerados por três diferentes algoritmos: o Rank Order Clustering (ROC), o Close Neighbor Algorithm (CNA) e um algoritmo heurístico (HEU). São aplicadas restrições referentes a limite de carregamento, tamanho de célula e resolução de situações de “gargalo”. Processados os algoritmos de agrupamento, são analisados os resultados em função da densidade e da eficiência do agrupamento. O sistema apresenta o resultado final em planilhas no formato MS Excel. A primeira planilha, chamada resultados, exibe os valores das restrições de projeto das células (número de máquinas por célula, tempo limite de carregamento e tempo limite para duplicação da máquina), o número de peças (colunas) e de máquinas (linhas) da matriz incidência, os valores de eficiência do agrupamento de peças, do agrupamento de máquinas e do aproveitamento dos recursos, bem como o número de células independentes e a quantidade de máquinas duplicadas, obtidos por cada algoritmo no sistema, destacando os melhores resultados. A segunda planilha mostra a matriz incidência peça-máquina. As demais planilhas apresentam, respectivamente, a matriz diagonalizada com o algoritmo original (ROC e CNA), a matriz diagonalizada levando-se em consideração as restrições de projeto das células (análise ROC, análise CNA e HEU) e por fim, uma planilha relatório. A planilha relatório tabula os mesmos valores citados na primeira planilha e lista as peças associadas a cada família, as máquinas associadas a cada célula, as peças rejeitadas, por não se enquadrarem nos agrupamentos, e que devem ser tratadas fora do ambiente celular e as máquinas duplicadas. A comparação dos resultados é efetuada considerando as características adicionadas aos algoritmos originais. Dos três estudados, as restrições de projeto são tratadas na implementação do HEU. Os demais, ROC e CNA, têm incorporado um pós processamento. Em análises comparativas observa-se a superioridade dos algoritmos ROC e HEU em relação ao CNA e os resultados do ROC são melhores ou iguais aos demais, dificilmente inferiores.
34

Desenvolvimento de um modelo de planejamento e controle da produção para micro e pequenas empresas de construção

Bernardes, Mauricio Moreira e Silva January 2001 (has links)
Ao longo dos últimos anos, diversos trabalhos têm apontado muitas deficiências na forma como o planejamento e controle da produção é desenvolvido em empresas de construção. De acordo com esses trabalhos, nas empresas de construção, em geral, o planejamento é entendido meramente como a tarefa de gerar um plano e não como um processo gerencial. Por sua vez, o controle é focalizado, nessas empresas, no gerenciamento de contratos do que, propriamente, nas unidades produtivas. Além disso, verifica-se que as pesquisas realizadas, destinadas à melhoria do planejamento, não têm explicitado, suficientemente, a maneira pela qual as empresas de construção podem desenvolver seus sistemas de planejamento e controle da produção. Nesse contexto, diversos trabalhos têm sido realizados com o objetivo de melhorar a eficácia do planejamento e controle da produção, uma vez que este processo tem um papel muito importante na melhoria do desempenho de empreendimentos de construção. Destacam-se, nesse caso, as pesquisas destinadas a aplicar e investigar os conceitos e princípios do novo paradigma de gestão da produção. Este último pode ser considerado como uma filosofia de produção que abrange um conjunto de conceitos, modelos e práticas desenvolvidos em diferentes países, setores e empresas, destinados à melhoria do desempenho da produção. Por sua vez, a aplicação de conceitos e princípios do novo paradigma na construção, possibilitou o surgimento de uma filosofia de produção para construção, denominada Lean Construction. O objetivo principal deste trabalho é identificar como empresas de construção podem desenvolver seus sistemas de planejamento e controle da produção, utilizando o conjunto de conceitos e princípios da Lean Construction. Procurou-se focalizar o trabalho para o caso das micro e pequenas empresas de construção, uma vez que estas, em geral, não dispõem de recursos para investirem em pesquisas destinadas à melhoria de seus processos. O trabalho contou com a participação de dez empresas de construção, sendo o método de pesquisa dividido em quatro etapas. Inicialmente, foram desenvolvidos estudos de caso nas empresas participantes, com o objetivo de identificar a maneira pela qual essas empresas desenvolviam seus processos de planejamento e controle da produção. Em uma segunda etapa, foi desenvolvido um modelo básico, que orientou o desenvolvimento dos sistemas de planejamento e controle da produção nas empresas estudadas. A terceira etapa consistiu na implementação dos sistemas desenvolvidos, utilizando pesquisa-ação como estratégia de pesquisa. Finalmente, na quarta etapa, foi realizada uma avaliação dos sistemas desenvolvidos. Durante o desenvolvimento e implementação dos sistemas, foi concebido um modelo de planejamento e controle da produção e estabelecido um conjunto de práticas que vinculam este modelo aos conceitos e princípios básicos da Lean Construction. Entre as principais conclusões, verificou-se que o desenvolvimento de sistemas de planejamento e controle da produção deve se basear em modelos que fixem diretrizes para o desenvolvimento e implementação de seus sistemas de informação. Isso pode ser explicado porque, em geral, essas empresas desconhecem a maneira pela qual o processo de planejamento e controle da produção deve ser realizado. O estudo indicou, também, a necessidade de levar em consideração a participação e percepção dos usuários do sistema desenvolvido como forma de minimizar possíveis resistências à implementação. / In recent years, several research studies have indicated that production planning and control is generally ineffective in construction companies. One of the main problems is the fact that planning is usually not seen as a managerial process, but merely as a task related to plan generation. Also, the control function tends to be focused in the management of contracts, rather than on production management. Besides, most studies concerned with the improvement of planning in construction have not made explicit how construction companies should develop their own planning and control systems. In this context, several research studies have recently aimed to contribute to the improvement of production planning and control in terms of effectiveness, since this process plays a key role in the performance of construction projects. Some of these studies have investigated the application of the new production management paradigm, which involves a number of concepts, models and practices developed in different countries, industrial sectors and companies, focusing on the improvement of production performance. The application of the new production management paradigm to construction has resulted in a production philosophy called Lean Construction. The main objective of this thesis is to identify how construction companies can develop their production planning and control systems, using Lean Construction core concepts and principles. The study is focussed on small sized construction companies, since these companies usually do not have much resources to invest in process improvement. Ten construction companies took part in this research work, which was divided into four main stages. Initially, some case studies were carried out in the companies, aiming to identify how production planning and control was being performed. In the second stage, a basic model was proposed for this process, aiming to support the development of planning and control systems in those companies. The third stage consisted of the implementation of planning and control systems, using action research as a research strategy. Finally, in the fourth stage the implemented systems were evaluated. During the development and implementation of those systems, a model for production planning and control in small sized construction companies was consolidated, and a set of practices that link this model to Lean Construction core concepts and principles was established. One of the main conclusions of the study is the proposition that the development of production planning and control systems for small sized construction companies should be based on models that establish guidelines for the implementation of their information systems. This is due to the fact that most companies do not know how to develop such systems. The study also indicated the need to involve users and consider their perceptions in order to minimize possible barriers to implementation.
35

Interligação entre o planejamento de longo, médio e curto prazo com o uso do pacote computacional MSPROJECT

Akkari, Abla Maria Proência January 2003 (has links)
A divisão do processo de planejamento e controle da produção (PCP) em diferentes níveis hierárquicos é um dos mecanismos básicos para lidar com a incerteza. Por outro lado, a falta de integração entre estes níveis é apontada como uma dos obstáculos mais importantes à eficácia deste processo, uma vez que dificulta que as decisões tomadas nos diferentes níveis gerenciais sejam consistentes entre si. Este problema é particularmente importante em empreendimentos de construção, os quais, em função de sua complexidade e da incerteza envolvida, em geral requerem freqüentes modificações nos planos, podendo estas ser consideravelmente trabalhosas. O objetivo geral do presente trabalho consiste em propor diretrizes para a interligação do processo de planejamento e controle nos níveis de longo, médio e curto prazo, através da utilização de pacotes computacionais tradicionais, assim como contribuir para a consolidação e refinamento do modelo de PCP proposto por Formoso et al. (1999). O trabalho realizado foi dividido em três grandes etapas. A primeira delas compreendeu a realização de uma pesquisa bibliográfica. A segunda etapa consistiu no desenvolvimento de dois estudos de caso, realizados em empresas de construção do Estado da Bahia, uma delas atuante nos mercados de obras públicas e a outra em incorporações imobiliárias para a classe média-alta. Por fim, na terceira etapa foram analisados os resultados e propostas as diretrizes para a interligação dos diferentes níveis do PCP Entre as conclusões, pode-se destacar que a eficácia dos planos produzidos em pacotes computacionais depende fortemente da existência de um plano de ataque da obra, o qual deve ser discutido com a gerência da produção e explicitado graficamente, de forma a aumentar a transparência de processos. Quando o plano de longo prazo não é elaborado adequadamente, levando em conta as reais necessidades da gerência de produção, o esforço despendido na realização de alterações tende a ser muito grande, dificultando a utilização deste plano para controle em tempo real. O estudo também sugere um conjunto de indicadores que permitem avaliar o cumprimento de prazo e a aderência entre planos de diferentes níveis gerenciais. Estes indicadores são obtidos com relativa facilidade, a partir da utilização do pacote computacional MSProject. Finalmente, o estudo oferece algumas contribuições relativas a critérios para a definição de pacotes de trabalho, à medida que os planos necessitam serem detalhados nos níveis de médio e curto prazo.
36

Diretrizes e requisitos para o planejamento e controle da produção em nível de médio prazo na construção civil

Coelho, Henrique Otto January 2004 (has links)
O processo de planejamento e controle pode ser representado através de duas dimensões básicas, a horizontal, que se refere às etapas do planejamento e controle em cada nível gerencial, e a dimensão vertical, que se refere à divisão deste processo em diferentes níveis hierárquicos (longo, médio e curto prazo). Essa divisão se faz necessária em função da complexidade típica dos empreendimentos de construção, da variabilidade de seus processos e da incerteza inerente ao processo de produção. Sem contestar a importância e os benefícios decorrentes da correta realização do Planejamento de Curto Prazo, neste trabalho buscou-se dedicar maior atenção ao Planejamento de Médio Prazo, visto que este nível vem, cada vez mais, se mostrando como um importante mecanismo de controle e aprendizagem dentro do processo de PCP como um todo. O objetivo geral desta dissertação é o refinamento do modelo de PCP desenvolvido no NORIE/UFRGS, propondo diretrizes para a implementação do Planejamento de Médio Prazo. Este objetivo foi definido a partir dos resultados de estudos anteriores, os quais apontaram que, de um modo geral, o referido modelo de PCP apresentava bons resultados de implementação nos níveis de longo e curto prazo, porém poucas empresas obtinham sucesso no nível de médio prazo. O método de pesquisa foi dividido em três etapas. A primeira delas compreendeu uma pesquisa bibliográfica e um estudo de caso exploratório em uma empresa de construção civil. A segunda etapa da pesquisa consistiu na realização de dois estudos empíricos em empresas de construção civil da Região Metropolitana de Porto Alegre. O primeiro estudo, que teve o caráter de pesquisa-ação, teve como objetivo propor e avaliar diretrizes para a execução do Planejamento de Médio Prazo. O segundo estudo tratou-se de um estudo de caso, na qual se buscou analisar boas práticas utilizadas por uma empresa de construção civil que vinha alcançando bons resultados na implementação do Planejamento de Médio Prazo. De uma forma geral as principais conclusões estão ligadas às funções que devem ser executadas com a realização do Planejamento de Médio Prazo e a forma de implementação deste nível de planejamento, refinando o modelo de PCP desenvolvido no NORIE/UFRGS, além de contribuir no desempenho do processo de PCP como um todo.
37

Um modelo de rede generalizada para o problema de dimensionamento de lotes e resolução atraves de um algoritmo "branch-and-bound"

Toledo, Franklina Maria Bragion de 03 March 1994 (has links)
Orientador: Vinicius Amaral Armentano / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Eletrica / Made available in DSpace on 2018-07-19T08:15:24Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Toledo_FranklinaMariaBragionde_M.pdf: 3283814 bytes, checksum: 75477853f87d84900868ada921f6a858 (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: O problema de dimensionamento de lotes abordado neste trabalho consiste em planejar a produção de múltiplos itens em uma única máquina ao longo de um horizonte de tempo finito. O objetivo do problema é determinar um plano de produção de mínimo custo, que seja capaz de atender à demanda pelos itens, sem violar as restrições de capacidade de máquina. O modelo considerado inclui custos e tempos de preparação de máquina e é representado como um problema de fluxo de custo mínimo em uma rede generalizada. Um método ótimo baseado na técnica ranch-and-bound é utilizado para sua resolução / Abstract: The lot-sizing problem consideredin this work consists in planning the production of multiple items in a single machine over a finite horizon. The objective of the problem is to determine a minimum cost production plan that meets forecast demand for the items. The model considered here includes setup time and setup cost, and is represented as a minimum cost flow in a generalized network. A branch-and-bound method is developed for solving this problem / Mestrado / Mestre em Engenharia Elétrica
38

Método de intervenção no processo de programação de recursos de empresas construtoras de pequeno porte através do seu sistema de informação : proposta baseada em estudos de caso

Carvalho, Marcio Santana de January 1998 (has links)
O processo de programação de recursos é parte do planejamento e controle da produção e possui grande importância para o desempenho de empreendimentos de construção. Constitui-se numa atividade multifuncional, envolvendo a direção da empresa e seus departamentos de marketing, finanças, recursos humanos e suprimentos. Sua ineficácia tem sido identificada como responsável por muitos dos problemas relacionados à dilatação do prazo de execução do empreendimento, ao desperdício de recursos e à baixa produtividade da mão-de-obra. Considerando que o desempenho da programação de recursos está fortemente relacionado à quantidade e qualidade das informações que a suportam, o presente trabalho tem como objetivo a proposição de um método de intervenção direcionado ao sistema de informação deste processo. O método proposto divide-se em duas etapas: o diagnóstico inicial do sistema de informações e, posteriormente, o planejamento e implantação de ações de melhoria. O método foi aplicado em estudos de caso realizados em empresas de pequeno porte, nas quais foi implementada a programação formal de recursos, sendo constatada a mudança de atitude dos funcionários frente aos processos de planejamento da produção e programação de recursos.
39

Um estudo da aplicação dos sistemas de planejamento e controle da produção em empresas metal-mecânica no estado do Ceará

Tavares, Alencar January 2000 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. / Made available in DSpace on 2012-10-17T16:57:43Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2013-07-16T17:55:34Z : No. of bitstreams: 1 174703.pdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Análise da aplicação dos Sistemas de Planejamento e Controle da Produção utilizados pelas empresas metal-mecânica sediadas no Ceará, mostrando sua importância e problemas enfrentados. Estuda os fatores de maior relevância para a empresa metal-mecânica de médio e grande portes que representam o Estado do Ceará. Contribuição para se ter um referencial teórico sobre o assunto e como indicativo das ações a serem tomadas no sentido de se obter melhorias dos Sistemas de Planejamento e Controle da Produção das empresas metal-mecânica do Estado do Ceará, capítulo referente a análise dos dados das empresas pesquisadas.
40

Uma alternativa de planejamento e programação da produção para indústrias com processo repetitivo em massa

Rocha, Duílio Reis da January 2000 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. / Made available in DSpace on 2012-10-17T18:13:07Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-25T16:09:07Z : No. of bitstreams: 1 174720.pdf: 2655263 bytes, checksum: 279904f2c0c9026094a03b53a397ed1e (MD5) / Essa dissertação enfoca o planejamento e a programação da produção, oferecendo uma alternativa de trabalho às empresas industriais com processos repetitivos em massa. O modelo proposto tanto atende indústrias isoladas como também se volta às empresas com várias fábricas distribuídas ao longo de uma região geográfica. Ele busca encontrar meios que permitam avaliar o nível de ocupação das linhas produtivas, a partir das demandas previstas para um período qualquer e com base nas capacidades produtivas dos diversos postos de trabalho. O modelo usa um software simples, fundamentado em planilhas Excel, vinculadas entre si, possibilitando respostas relativamente rápidas às simulações de planejamento, especialmente na identificação dos volumes possíveis de serem fabricados no período, a partir dos dias úteis de trabalho, da jornada e da eficiência estimada na utilização dos equipamentos. Ele fornece subsídios para as tomadas de decisão, dando aos gestores de produção uma ferramenta de avaliação industrial, permitindo concluir se as unidades fabris atendem as necessidades comerciais ou se vão precisar recorrer a outras unidades pertencentes à mesma empresa ou ainda, por falta de capacidade, decidir por terceirizar parte da produção. O modelo também fornece uma indicação ao suprimento - quantificando os consumos diários dos diversos insumos, repassando aos gestores de compras as necessidades de materiais e os respectivos períodos em que serão usados. O modelo proposto foi implementado em uma empresa situada na região Nordeste do país, do ramo de bebidas e que opera envasando refrigerantes com um processo produtivo repetitivo em massa.

Page generated in 0.063 seconds