• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 295
  • 6
  • 5
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 326
  • 90
  • 85
  • 75
  • 57
  • 49
  • 45
  • 37
  • 35
  • 34
  • 32
  • 28
  • 28
  • 27
  • 25
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Representações sociais de cura de pessoas atingidas por hanseníase multibacilar após alta por cura no nordeste brasileiro / Social representations of healing of people affected by multibacillary leprosy after discharge for cure in the Brazilian northeast

Ribeiro, Mara Dayanne Alves 12 July 2017 (has links)
RIBEIRO, M.D.A. Representações sociais de cura de pessoas atingidas por hanseníase multibacilar após alta por cura no nordeste brasileiro. 2017. 108 f. Dissertação (Mestrado em Saúde da Família) - Campus de Sobral, Universidade Federal do Ceará, Sobral, 2017. / Submitted by Mestrado Saúde da Família (saudedafamiliasobral@gmail.com) on 2017-08-01T18:20:50Z No. of bitstreams: 1 2017_dis_ribeiromda.pdf: 1898652 bytes, checksum: b46bcde226c6aaf8573363a25bbde678 (MD5) / Approved for entry into archive by Djeanne Costa (djeannecosta@gmail.com) on 2017-08-02T12:33:28Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_dis_ribeiromda.pdf: 1898652 bytes, checksum: b46bcde226c6aaf8573363a25bbde678 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-02T12:33:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_dis_ribeiromda.pdf: 1898652 bytes, checksum: b46bcde226c6aaf8573363a25bbde678 (MD5) Previous issue date: 2017-07-12 / A person who is cured on leprosy is considered a person who completes the Polychemotherapy (MDT) treatment plan, within the deadlines established by the Ministry of Health. Even after being cured, individuals may present with leprosy (HR) reactions and relapses. The inactivity of the bacillus as a parameter for discharge by cure is questioned since even with the inactive bacillus, physical and psychic sequelae remain causing suffering. Healing, or belief in it, is questioned in the literature and pointed out as relative. Analyzing the literature, we identified that the treatment and cure issue has not addressed the perception of people affected by leprosy on their own situation. Another emerging fact is that the Theory of Social Representations has been used in research on the social significance attributed to leprosy. So, we established as a research question: What are the Social Representations (RS) of healing in people affected by multibacillary leprosy who were discharged for cure? Thus, we have as general objective, smoothing the social representations of cure in people affected by multibacillary leprosy who were discharged for cure in a municipality in the Northeast of Brazil. The study was characterized as exploratory, descriptive, and qualitative, developed in Sobral/CE. Individuals of both sexes, older than 18 years old, living in the municipality of Sobral, with multibacillary form of leprosy, were discharged for 6 months or 1 year. The data collection took place through structured interview, recorded, later transcription and analysis through the Collective Subject Discourse (DSC). Ten people were interviewed, where it was found that the whole sample did not know how to define leprosy, or explain what the disease would be. As to why they had it, the explanations were diverse. None of the respondents pointed out that the disease would be caused by a bacterium, however, 30% (n = 3) stressed contact with other sick people as the cause of the transmission. The DSC denote that, compared to the present, life is different, it is no longer good and normal. Analyzing the Key Expressions (ECH) of confrontation: life before and after illness, "Life before leprosy was good" and "After illness, life is worse." The total ECH that describes each situation also tells us about the greater complexity of the association with each SR. For the Healing category there were 06 RS summarized in "People feel normal and equal to before disease", while for the category Absence of Healing there were 11 ECH related to aspects such as sequels, limitations and difficulties of adaptation to "new functionality". It is also observed that, in the absence of disability (grade 0), ECH was not observed in the absence of cure, while, with the increase of the degree of incapacity, ECH appeared related to the absence of cure. It is concluded that in individuals with leprosy reactions and degree of high disability were found, in most discourses, ECH that meant no cure. In addition, social representations of healing are complex, dynamic, and strongly associated with before and after the disease comparison, the former functioning as a reference for normal life. / Considera-se uma pessoa em alta, por cura de Hanseníase aquela que completa o esquema de tratamento Poliquimioterápico (PQT) nos prazos estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Mesmo depois de curados, os indivíduos podem apresentar Reações Hansênicas (RH), incapacidades físicas e recidivas. A inatividade do bacilo como indicador de cura na percepção dos pacientes é questionada, visto que mesmo com o bacilo inativo, sequelas físicas e psíquicas permanecem provocando sofrimento. Analisando a literatura identificamos que a temática do tratamento e da cura não tem abordado a percepção das pessoas atingidas pela Hanseníase sobre como experienciam sua condição de vida após a alta por cura. Outro dado presente na literatura é que a Teoria das Representações Sociais tem sido utilizada na investigação sobre a significação social atribuída à Hanseníase. Então, estabelecemos como questão de pesquisa: Quais são as Representações Sociais (RS) de cura em pessoas atingidas por Hanseníase multibacilar que receberam alta por cura? Nosso objetivo geral foi analisar as representações sociais de cura em pessoas atingidas por Hanseníase multibacilar que receberam alta por cura, em um município do Nordeste Brasileiro. O estudo caracterizou-se como exploratório, descritivo, e qualitativo, desenvolvido em Sobral/CE. Foram incluídos indivíduos de ambos os sexos, maiores de 18 anos, residentes no município de Sobral, atingidos pela forma multibacilar de hanseníase, com alta, por cura, há 6 meses a 1 ano, antes da coleta dos dados, somando 10 participantes, número obtido a partir da saturação dos dados. A coleta de dados foi feita por meio de entrevista estruturada, gravada, com posterior transcrição e análise por meio do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). Como resultados, encontrou-se que a totalidade dos participantes não soube definir Hanseníase, ou explicar o que seria a doença. Sobre o porquê de a terem tido a doença, as explicações foram diversas. Nenhum dos entrevistados apontou que a doença seria provocada por uma bactéria, entretanto, 30% (n=3) ressaltaram o contato com outras pessoas doentes como a causa da transmissão. Os DSC denotam que, em comparação com o tempo antes da doença, a vida está diferente, não é mais boa e normal. Analisando as Expressões-Chave (ECH) do confronto: vida antes e depois da doença, predominaram “A vida antes da hanseníase era boa” e “ Depois da doença, a vida piora”. A totalidade de ECH que descrevem cada situação também nos diz da maior complexidade da associação a cada RS. Para a categoria Cura houve 06 RS resumidas em “As pessoas sentem-se normais e iguais a antes da doença”, enquanto para a categoria Ausência de Cura foram 11 ECH relacionadas à aspectos como sequelas, limitações e dificuldades de adaptação à “nova funcionalidade”. Observa-se ainda que, na ausência de incapacidade (grau 0) não foram observadas ECH de ausência de cura, enquanto que com o aumento do grau de incapacidade surgem ECH relacionadas à ausência de cura. Conclui-se que, em indivíduos com reações hansênicas e com grau de incapacidade elevado, foram encontradas, na maioria dos discursos, ECH que significaram ausência de cura. Além disso, as representações sociais de cura são complexas, dinâmicas e fortemente associadas a comparação antes e depois da doença, o antes funcionando como referência para a normalidade da vida.
2

A noção freudiana de construção

Végas, Márcio Zanardini January 2007 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em Psicologia. / Made available in DSpace on 2012-10-23T01:46:19Z (GMT). No. of bitstreams: 0 / Freud formaliza a noção de construção apenas em 1937, no final de sua vida e obra. Atualmente, na psicanálise de base lacaniana a construção é pouco considerada como um trabalho do analista. Em função do pouco prestígio que desfruta na psicanálise cabe perguntar: qual o lugar dessa noção na psicanálise? Essa pesquisa se propôs verificar o estatuto da noção de construção na psicanálise freudiana, procurando precisar o seu conceito e indicar as implicações técnicas, teóricas e políticas desta formalização. Esse conceito se cerca de alguns aspectos que ajudam a entender o seu lugar na obra freudiana. Primeiro, o delírio psicótico, enquanto modelo da construção, na medida em que é um esforço para obter uma solução frente a um desejo. O delírio constrói uma realidade capaz de conciliar o desejo insuportável à imagem do eu. Desta imagem do eu, pensa-se na identificação primária ao pai enquanto ideal, e sua representação através da história do totemismo e do monoteísmo. Um deus-pai poderoso precisa ser morto para barrar o desejo sexual e assassino. O mito fala da identificação primária do sujeito, e serve para explicar a sua constituição. O trabalho de construir pretende um avanço no tratamento, pois é a tentativa de avançar sobre aquilo de compulsivo e irrepresentável e que não pode ser interpretado. A construção é eficiente quando toca o núcleo do recalcado do sujeito, e esse passa a considerá-la como sendo verdade. Produz um efeito completo com um instrumento incompleto. Será?
3

"Vai-te pra onde não canta o galo, nem boi urra ..." Diagnóstico, tratamento e cura entre os Kariri-Xocó (AL)

SILVA, Christiano Barros Marinho Da January 2003 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:04:39Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo4636_1.pdf: 1849220 bytes, checksum: 0bed3b820019154746feeb7101f516a1 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2003 / Vai-te pra onde não canta galo, nem boi urra... é uma incursão por caminhos que conduzem à cura a partir do conhecimento de um sistema médico que envolve especialistas Kariri-Xocó (pajé, curandeiro e rezador), localizados no município alagoano de Porto Real do Colégio (AL). Neste estudo, analiso as noções de doença e as crenças etiológicas entre os Kariri-Xocó. Eles distinguem pelo menos duas categorias de doenças que se diferenciam quanto aos critérios causais: as de cima para baixo e as de baixo pra cima . A primeira categoria, está relacionada a uma força superior, podendo ou não refletir uma punição divina. A segunda, tem a sua etiologia ligada ao sobrenatural. Durante este trabalho, procurei abordar especificamente o processo terapêutico que abrange as doenças de baixo para cima . Dessa forma, investiguei a relação entre cura e a cosmologia do grupo, verificando de que modo essa conjunção interfere em suas concepções de doença
4

"Doença que rezador cura" e "doença que médico": modelo etiológico Xukuru a partir de seus especialistas de cura

Cunha De Souza, Liliane January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:06:02Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo4381_1.pdf: 2166404 bytes, checksum: c68c9ac0489c73209707893f9d012f82 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / O presente estudo consiste em compreender o modelo etiológico vigente no sistema médico Xukuru, sob a ótica de seus especialistas de cura. O povo Xukuru habita a Serra do Ororubá, localizada no agreste pernambucano, a 8km de Pesqueira (PE). Sua população conta com aproximadamente 8.502 índios distribuídos em vinte e cinco aldeias, que utilizam o sistema de cura nativa como principal recurso sanitário. Entre essa população, encontra-se um cenário plurimédico no qual convivem o sistema de cura nativa, a biomedicina e a medicina popular não-indígena. Os especialistas de cura Xukuru pertencem às seguintes classes: pajé, líderes político-religiosos, rezadores, parteiras e indivíduos que produzem garrafadas. As categorias etiológicas mais gerais, presentes nas narrativas desses especialistas, foram: "doença que rezador cura" e "doença que médico cura". A categoria "doença que rezador cura" compreende os mal-estares e doenças tratados exclusivamente pelos especialistas nativos, tais como: espinhela-caída, mau-olhado, mal de ramo, doenças iniciativas, doenças causadas por "trabalhos" de catimbozeiro etc. A categoria "doença que médico cura" abrange aqueles sanados apenas pelos profissionais da biomedicina. Enfim, esse estudo se destina ao entendimento de como os especialistas nativos concebem a origem das doenças, classificam-nas e interpretam seus sintomas
5

Curas através do Orún : rituais terapêuticos no Ilê Yemanjá Sàbá Bassamí (Recife)

VASCONCELOS, Maria Odete de January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:06:11Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo7367_1.pdf: 6931807 bytes, checksum: 718bf6e01d920ecc688f6e88798d1fe8 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2006 / Esta pesquisa tem como objetivo estudar as ações curativas praticadas no Terreiro de Xangô, Yemanjá Sàbá Bassamí, situado no Brejo de Beberibe, Recife. O estudo procura identificar os aspectos simbólicos e a lógica, usados pelos fiéis para a compreensão do binômio doença/cura, bem como, as dinâmicas que norteiam as representações construídas em torno dos elementos estruturantes do Xangô, elementos aliados dos processos da cura religiosa. O trabalho confere relevância às ervas sagradas usadas como instrumentos terapêuticos. Por outro lado, realiza um resgate da história e percurso religioso de Dona Elizabeth de França Ferreira (Mãe Betinha), de grande atuação como agente de cura, líder religiosa do Terreiro, e de sua importância para a religiosidade afro-brasileira do Recife. A metodologia usada foi etnográfica. As técnicas aplicadas foram: observação participante, gravações de entrevistas semiestruturadas e de conversas informais com os membros da comunidade religiosa e usuários dos processos de cura. Constaram, também, da coleta de dados: filmagens em VHS, fotografias dos espaços e cerimônias presenciadas no Terreiro. A análise dos dados permitiu revelar as concepções do conceito de doença elaborados pelos adeptos do culto e verificar a existência de complementaridade entre as terapias religiosa e médica
6

"Doença que rezador cura" e "doença que médico cura": modelo etiológico Xucuru a partir de seus especialistas de cura

Cunha De Souza, Liliane January 2004 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:06:43Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo5102_1.pdf: 2166404 bytes, checksum: c68c9ac0489c73209707893f9d012f82 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2004 / O presente estudo consiste em compreender o modelo etiológico vigente no sistema médico Xukuru, sob a ótica de seus especialistas de cura. O povo Xukuru habita a Serra do Ororubá, localizada no agreste pernambucano, a 8km de Pesqueira (PE). Sua população conta com aproximadamente 8.502 índios distribuídos em vinte e cinco aldeias, que utilizam o sistema de cura nativa como principal recurso sanitário. Entre essa população, encontra-se um cenário plurimédico no qual convivem o sistema de cura nativa, a biomedicina e a medicina popular não-indígena. Os especialistas de cura Xukuru pertencem às seguintes classes: pajé, líderes político-religiosos, rezadores, parteiras e indivíduos que produzem garrafadas. As categorias etiológicas mais gerais, presentes nas narrativas desses especialistas, foram: "doença que rezador cura" e "doença que médico cura". A categoria "doença que rezador cura" compreende os mal-estares e doenças tratados exclusivamente pelos especialistas nativos, tais como: espinhela-caída, mau-olhado, mal de ramo, doenças iniciativas, doenças causadas por "trabalhos" de catimbozeiro etc. A categoria "doença que médico cura" abrange aqueles sanados apenas pelos profissionais da biomedicina. Enfim, esse estudo se destina ao entendimento de como os especialistas nativos concebem a origem das doenças, classificam-nas e interpretam seus sintomas
7

"Segura na mão de Deus e vai" : tratamentos clínicos espíritas e suas condições de felicidade

Garcia, Simone Ribeiro 09 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Clínica, 2007. / Submitted by Rebeca Araujo Mendes (bekinhamendes@gmail.com) on 2009-12-22T17:44:35Z No. of bitstreams: 1 2007Tese de Doutorado de Simone Ribeiro Garcia.pdf: 2033916 bytes, checksum: 6996a9ba6a5ce22dd7e4a312cdd2cf02 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2009-12-22T22:17:48Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007Tese de Doutorado de Simone Ribeiro Garcia.pdf: 2033916 bytes, checksum: 6996a9ba6a5ce22dd7e4a312cdd2cf02 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-12-22T22:17:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007Tese de Doutorado de Simone Ribeiro Garcia.pdf: 2033916 bytes, checksum: 6996a9ba6a5ce22dd7e4a312cdd2cf02 (MD5) Previous issue date: 2007-09 / O presente trabalho tem como objeto os tratamentos clínicos realizados em instituições espíritas ou por médiuns curadores autônomos. Seu objetivo central é analisar em que condições os tratamentos são avaliados, por aqueles que se tratam, como processos bem-sucedidos. Com o enfoque etnográfico, foram observadas cinco diferentes práticas clínicas e ainda entrevistadas dezoito pessoas que se submeteram aos tratamentos, resultando em vinte e dois casos clínicos. Os dados foram analisados sob a perspectiva da Filosofia da Linguagem Ordinária, mais especificamente com a teoria dos atos de fala de Austin sobre condições de felicidade dos performativos, e ainda com elementos da teoria de Searle e de Grice. Os dados apontaram para uma estrutura clínica, que muito se assemelha à encontrada em outros tipos de tratamentos, que são entendidas como traços gerais que servem de base para o fazer clínico. Foram identificadas três diferentes posturas em relação ao tratamento, por parte das pessoas atendidas, que estão de diferentes formas relacionadas à felicidade ou à infelicidade dos processos. Os aspectos sagrados dos atendimentos, mesmo configurando-se uma promessa inflada de cura, não garantem isoladamente sua felicidade, dependendo esta, principalmente, das seguintes condições: manutenção e legitimação da autoridade do agente de cura, pedido genuíno de ajuda e presença de infortúnio grave ou crônico. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The paper at hand addresses clinical treatment carried out by spiritist institutions or autonomous mediunic healers. Its main purpose is to analyze under which conditions treatment is evaluated as successful by those who undergo it. Ethnographically focusing on five different clinical practices and eighteen interviews with individuals who underwent treatment, this research resulted in twenty two clinical cases. Data was considered in the context of Ordinary Language Philosophy, more specifically Austin’s speech act theory on happiness conditions of the performatives, as well as elements from Searle and Grice. Data pointed towards a clinic structure, in close resemblance to other forms of treatment, understood as general base characteristics for the clinical process to occur. Three different subjects’ attitudes towards treatment were identified, that are distinctively related to process happiness or unhappiness. The sacred aspects of counseling by themselves, an inflated promise of cure, do not guarantee happiness, for it depends, mainly, on the following conditions: maintenance and legitimacy of authority of the agent, genuine cry for help, and presence of grave or chronic mishap.
8

Desenvolvimento de sistemas fotocuraveis a partir da utilização de modelos de predição por contribuição de grupos

Jova Aguila, Zaida 29 May 2003 (has links)
Orientador: Edison Bittencourt / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Quimica / Made available in DSpace on 2018-08-03T16:24:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 JovaAguila_Zaida_D.pdf: 3760046 bytes, checksum: cdbf3ed555db78f623deb0ea0f643a97 (MD5) Previous issue date: 2003 / Resumo: Apresenta-se no presente trabalho, o estudo do desenvolvimento de materiais poliméricos com propriedades ópticas e mecânicas controláveis a partir da utilização de modelos de predição de propriedades por contribuição de grupos. O referido estudo é realizado em sistemas poliméricos multicomponentes a partir de uma mistura base de monômeros de estireno e polietilenoglicoldimetacrilatos com a incorporação de monômeros de reticulação derivados do acrílico e monômeros metacrilatos derivados do etileno glicol. Partiu-se de um conjunto restrito de grupos de contribuição que aporta ao sistema compatibilidade entre a resistência ao impacto e resistência térmica, além de alto índice de refração e dureza. Tais propriedades são necessárias para que estes materiais sejam usados na fabricação de lentes oftálmicas. Primeiramente foi realizado o cálculo teórico das propriedades dos polímeros através de predições das propriedades. Posteriormente, realizou-se o cálculo destas propriedades experimentalmente, confeccionando assim, lentes oftálmicas através da polimerização fotoquímica dado a sua simplicidade, baixo custo de operação e otimizando dos tempos de cura, em relação aos processos de termocura, tradicionalmente utilizados pela industria. O material obtido foi caracterizado através da avaliação das propriedades ópticas e mecânicas, tais como medidas de índice de refração, temperatura de transição vítrea, resistência ao impacto e determinação de Dureza superficial Shore D. De forma geral, existe grande compatibilidade entre os resultados teórico e os obtidos experimentalmente, no caso do índice de refração o desvio entre os dados experimentais e os teóricos estão dentro dos erros experimentais da medida, e os resultados de temperatura de transição vítrea apresentaram-se adequados como medida da resistência ao calor. Em todos os casos, as lentes mostram resultados de dureza iguais ou superiores as lentes comerciais. Para a escolha do fotoiniciador mais indicado aos sistemas propostos considerou-se os resultados de um estudo cinético realizados para cada caso / Abstract: A study about the development of polymeric material with controllable optic and mechanical properties using models of prediction of polymers properties for groups contribution, is presented in this work. The study it was carried out in multicompound polymeric systems using a mixture of styrene monomer and polyethyleneglycoldimethacrylates with the addition of the monomer derived from acrylics and methacrylates obtained from the ethylene glycol. These monomers can be polymerized by cross linked or network polymers. A restricted set of groups of contribution were initially used in order to ensure compatibility between impact resistance, thermal resistance, high refractive index and hardness. Those properties are important in lenses production. First the theoretical calculation of polymers was carried through with the use of properties prediction and later the calculation of these properties experimentally by photo cure with ultraviolet radiation. The material was characterized through the evaluation of the optic and mechanical properties, glass transition temperature, refractive index, impact resistance and superficial hardness determination. A method for final properties assessment for this type of system is presented keeping in mind the reactivity ratios of monomers. A comparison between theoretical and experimental data is also presented. Exists great compatibility between the results theoretical and the gotten ones experimentally, in ali the cases equal or superior. This study considers the kinetic of co-polymerisation by free radical of multifunctional monomer and its relation with the final properties of the obtained material. More over it was done a kinetic study for the choice of the photo-initiator to begin for the considered systems / Doutorado / Ciencia e Tecnologia de Materiais / Doutor em Engenharia Química
9

Caminhos e Trilhas no Vale do Amanhecer Cearense: as cidades de Canindà e Juazeiro do Norte

Merilane Pires Coelho 31 October 2006 (has links)
Nesse trabalho, analiso a transculturaÃÃo do Vale do Amanhecer, um movimento religioso iniciado em BrasÃlia, para dois pÃlos de romarias catÃlicas do Cearà â Canindà e Juazeiro do Norte. A reflexÃo està voltada para um espaÃo de confluÃncia e interaÃÃo religiosa em um cenÃrio multicultural que intextualiza vÃrios povos e culturas e se faz acompanhar pela emergÃncia de demandas cada vez mais plurais, reclamando a convivÃncia com o outro na diversidade. Em uma interconexÃo, o global à ressemantizado no local e disposto a vÃrias interpretaÃÃes, permitindo uma aproximaÃÃo do Vale do Amanhecer Ãs pessoas, crenÃas e performances nestas cidades. Os relatos dos dirigentes, adeptos e pacientes do vale do Amanhecer, em Canindà e Juazeiro do Norte, demarcam a religiÃo como essencialmente polifÃnica, um espaÃo aglutinador de sentidos para as prÃticas de cura.
10

Unatí yapey! Aspectos da vida Terena em Araribá / Unatí yapey! Aspects of the Terena people's lives in Araribá

Adsuara, Carmen Hannud Carballeda [UNESP] 01 July 2016 (has links)
Submitted by CARMEN HANNUD CARBALLEDA ADSUARA null (adsuara.psicologia@gmail.com) on 2016-09-01T12:47:29Z No. of bitstreams: 1 Dissertação Carmen. Defesa.pdf: 1776255 bytes, checksum: 62e793485de77458dd34a8d099cf0da7 (MD5) / Rejected by Ana Paula Grisoto (grisotoana@reitoria.unesp.br), reason: Solicitamos que realize uma nova submissão seguindo a orientação abaixo: O arquivo submetido está sem a ficha catalográfica. A versão submetida por você é considerada a versão final da dissertação/tese, portanto não poderá ocorrer qualquer alteração em seu conteúdo após a aprovação. Corrija esta informação e realize uma nova submissão contendo o arquivo correto. Agradecemos a compreensão. on 2016-09-01T12:52:17Z (GMT) / Submitted by CARMEN HANNUD CARBALLEDA ADSUARA null (adsuara.psicologia@gmail.com) on 2016-09-01T13:03:06Z No. of bitstreams: 1 Dissertação Carmen. Defesa.pdf: 1849489 bytes, checksum: 1fd00455460ad33e2e54318047b92f50 (MD5) / Approved for entry into archive by Juliano Benedito Ferreira (julianoferreira@reitoria.unesp.br) on 2016-09-02T13:48:46Z (GMT) No. of bitstreams: 1 adsuara_ch_me_arafcl.pdf: 1849489 bytes, checksum: 1fd00455460ad33e2e54318047b92f50 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-09-02T13:48:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 adsuara_ch_me_arafcl.pdf: 1849489 bytes, checksum: 1fd00455460ad33e2e54318047b92f50 (MD5) Previous issue date: 2016-07-01 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Os Terena de Araribá, Terra Indígena no Estado de São Paulo, reconhecem o Mato Grosso do Sul como seu território de origem, de onde saíram em 1930, por meio de uma ação do Serviço de Proteção aos Índios. A partir dessa mudança, seu ideal de vida plena vem sendo reinventado na perspectiva unatí yapey, inspirada e motivada por referências cotidianas das aldeias onde até hoje vivem seus parentes. Nesse contexto, este trabalho estudou a concepção de bem viver Terena em Araribá, em sua intersecção com uma construção de corpo e de pessoa. Partindo das relações cotidianas, o método etnográfico possibilitou identificar alguns estados considerados indesejáveis e encaminhados a especialistas pelos próprios Terena. Assim, foi possível esmiuçar um pouco da cosmovisão Terena e suas matizes no âmbito do bem viver, das relações de cuidado e cura. / The Terena Araribá, an indigenous land in the State of São Paulo, recognize Mato Grosso do Sul as their original territory, which was left in 1930 because of an action of Indian Protection Service. Since this change, their ideal of full life has been reinvented through the so-called unatí yapey perspective, which is inspired and motivated by everyday references of villages where their relatives currently live. In this context, this paper studied the design of living well in Terena Araribá and its intersection with building of body and individual. Starting from everyday relationships, a range of ethnographic tools made it possible to identify some states considered undesirable and as requiring specialists by Terena people themselves. It was possible to scrutinize some of the Terena worldview and its nuances concerning good life and care and healing relations. / CNPq: 133276/2015-5

Page generated in 0.0258 seconds