• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 116
  • 6
  • 1
  • Tagged with
  • 130
  • 130
  • 63
  • 53
  • 36
  • 35
  • 28
  • 28
  • 23
  • 20
  • 20
  • 20
  • 19
  • 19
  • 18
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Perfil epidemiológico do uso de drogas entre universitários da área da saúde / Epidemiological profile of drug use among university students in health

Tôrres, Ruth January 2002 (has links)
TORRES, Ruth. Perfil epidemiológico do uso de drogas entre universitários da área da saúde. 2002. 97 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Fortaleza, 2002. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-02-08T14:00:43Z No. of bitstreams: 1 2002_dis_rtorres.pdf: 301402 bytes, checksum: 0bdd25ac1353969aa28f665282b5bc54 (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-02-14T12:05:42Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2002_dis_rtorres.pdf: 301402 bytes, checksum: 0bdd25ac1353969aa28f665282b5bc54 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-02-14T12:05:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2002_dis_rtorres.pdf: 301402 bytes, checksum: 0bdd25ac1353969aa28f665282b5bc54 (MD5) Previous issue date: 2002 / The psychoactive substance use in the academic universe possesss proper characteristics of this clientele. Objectifying to trace a profile epidemiologist of the psychoactive substance use in the academic universe, this research, of quantitative character, it was applied the 325 academics of the Pharmacy College, Odontologia and Enfermagem of the Federal University of the Ceará. A questionnaire with closed and divided questions at two moments was used: the first one I contend the partner-demographic characterization of the clientele in study and, as the moment with the characterization of the use and frequency of use of the academics in question. The results had been shown through graphical tables and, with return to pertinent literature. As results we have a predominantly feminine sample (66%), with etária band around the 21 years, bachelor (90%), catholics (72%), only students (75%), residents with the parents (78%), with familiar income around 6 the 15 minimum wages, that if optimists (60%) auto-call and with disposal for they capsize the college (66.5%). With regard to the use and frequency of psicotrópicas substance use, the academics make current use of etílicos (30%), tobacco (5.5%) and inalantes (5.5%), marijuana (4%) and cocaine and its derivatives (1%). The use is sporadical of these substances. We conclude that the searched sample corresponds to one terço approach of the academic universe and that the psychoactive substance use is among others related factors with the partner-demographic characterization of the academics. We suggest that the research extends the relative quarrels to the subject, that has the inclusion of this thematic one in the resume, that has campaigns and services of attention directed toward the academic user. / O uso de substâncias psicoativas no universo acadêmico possui características próprias dessa clientela. Objetivando traçar um perfil epidemiológico do uso de substâncias psicoativas no universo acadêmico, esta pesquisa, de caráter quantitativa, foi aplicada a 325 acadêmicos da Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem da Universidade Federal do Ceará. Utilizou-se um questionário com perguntas fechadas e divididas em dois momentos: o primeiro contendo a caracterização sócio-demográfica da clientela em estudo e, o segundo momento com a caracterização do uso e freqüência de uso dos acadêmicos em questão. Os resultados foram mostrados através de tabelas e gráficos, com retorno à literatura pertinente. Como resultados temos uma amostra predominantemente feminina (66%), com faixa etária em torno dos 21 anos, solteira (90%), católicos(72%), somente estudantes (75%), residentes com os pais (78%), com renda familiar em torno de 6 a 15 salários mínimos, que se auto-denominam otimistas (60%) e com disposição para virem à faculdade (66,5%). Com relação ao uso e freqüência de uso de substâncias psicotrópicas, os acadêmicos fazem uso atual de etílicos (30%), tabaco (5,5%) e inalantes (5,5%), maconha (4%) e cocaína e seus derivados (1%). O uso é esporádico dessas substâncias. Concluímos que a amostra pesquisada corresponde a um terço aproximado do universo acadêmico e que o uso de substâncias psicoativas estão relacionadas entre outros fatores com a caracterização sócio-demográfica dos acadêmicos. Sugerimos que a pesquisa amplie as discussões relativas ao tema, que haja a inclusão dessa temática no currículo, que haja campanhas e serviços de atenção voltados para o usuário acadêmico.
2

Cooperação internacional e combate às drogas : o sistema de controle internacional e as políticas sobre drogas em Bolívia e Colômbia, 1990-2010

Gusmão, Luiz Antônio Correia de Medeiros 10 March 2015 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Relações Internacionais, Programa de Pós-Graduação em Relações Internacionais, 2015. / O trabalho possui três arquivos de Excel em formato CSV: 1. Pesquisa dos Especialistas - Respostas recebidas. 2. Base de tratados e acordos internacionais (TAIs) sobre entorpecentes. 3. Livro-código da Base de TAIs sobre entorpecentes. / Submitted by Marília Freitas (marilia@bce.unb.br) on 2015-04-13T12:14:06Z No. of bitstreams: 4 2015_LuizAntonioCorreiadeMedeirosGusmao.pdf: 3724754 bytes, checksum: 2a21a04362413a76da84b3b45d6e967e (MD5) Base UNTC (2) - Livro código.csv: 2590 bytes, checksum: 36b841e81a0dcfba67cd91d74b18ecb8 (MD5) Base UNTC (1) - TAIs sobre entorpecentes.csv: 1379355 bytes, checksum: f07e42ea4444cedbbae867ee4e6d5a2a (MD5) Pesquisa dos Especialistas - respostas recebidas.csv: 145376 bytes, checksum: dbd6121f9b850cbe0ef3d5976cdd512a (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2015-04-13T12:16:04Z (GMT) No. of bitstreams: 4 2015_LuizAntonioCorreiadeMedeirosGusmao.pdf: 3724754 bytes, checksum: 2a21a04362413a76da84b3b45d6e967e (MD5) Base UNTC (2) - Livro código.csv: 2590 bytes, checksum: 36b841e81a0dcfba67cd91d74b18ecb8 (MD5) Base UNTC (1) - TAIs sobre entorpecentes.csv: 1379355 bytes, checksum: f07e42ea4444cedbbae867ee4e6d5a2a (MD5) Pesquisa dos Especialistas - respostas recebidas.csv: 145376 bytes, checksum: dbd6121f9b850cbe0ef3d5976cdd512a (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-13T12:16:04Z (GMT). No. of bitstreams: 4 2015_LuizAntonioCorreiadeMedeirosGusmao.pdf: 3724754 bytes, checksum: 2a21a04362413a76da84b3b45d6e967e (MD5) Base UNTC (2) - Livro código.csv: 2590 bytes, checksum: 36b841e81a0dcfba67cd91d74b18ecb8 (MD5) Base UNTC (1) - TAIs sobre entorpecentes.csv: 1379355 bytes, checksum: f07e42ea4444cedbbae867ee4e6d5a2a (MD5) Pesquisa dos Especialistas - respostas recebidas.csv: 145376 bytes, checksum: dbd6121f9b850cbe0ef3d5976cdd512a (MD5) / Nesta tese, busca-se verificar a efetividade da cooperação internacional na aplicação de políticas sobre drogas, ou seja, a capacidade que teria o chamado sistema de controle internacional para induzir governos nacionais a elaborarem políticas sobre drogas mais harmônicas a seus princípios e diretrizes. O principal resultado empírico a ser explicado é a formulação das estratégias antidrogas que vêm sendo aplicadas pelos mais diversos governos nacionais da Bolívia e da Colômbia ao longo das duas últimas décadas. Para tanto, com base no pressuposto teórico de que a cooperação internacional pode ser compreendida como um jogo estratégico de duas fases e em dois níveis, analisamos o desenvolvimento histórico do regime internacional sobre drogas e conduzimos uma análise comparada das políticas elaboradas por governos de Bolívia e Colômbia, de 1990 a 2010. Os casos foram comparados por meio de dados obtidos com as respostas a um questionário eletrônico enviado a especialistas. Por meio da análise de tabelas de contingência e testes não-paramétricos de associação, verificamos a existência de associações significativas entre o nível de militarização das políticas de drogas adotadas pelos vários governos de ambos países e os indicadores de predomínio dos atores domésticos do modelo teórico de análise. A principal conclusão a que chegamos é que os efeitos da arena internacional sobre a adoção de políticas públicas de controle de drogas não são diretos: sua efetividade depende de condições e fatores em que os atores domésticos dos países produtores fazem uso de sua capacidade para mobilização. / The purpose of this thesis is to verify the effectiveness of the international cooperation in the implementation of drug policies, i.e., the ability of the so called international drug control system to induce national governments to formulate more harmonized drug policies to its principles and guidelines. The main empirical outcome of the research is the formulation of antidrug national strategies that have been implemented by different governments in Bolivia and Colombia over the past two decades. To do so, based on the theoretical assumption that the international cooperation can be understood as a strategic game of two phases at two levels, we analyze the historical development of the international regime on drugs and conduct a comparative analysis of policies made by Bolivian and Colombian governments, from 1990 to 2010. The cases were compared with data obtained by means of an electronic survey sent to experts. Through the analysis of contingency tables and non-parametric tests of association, we verify the existence of significant associations between the militarization level of the drug policies adopted by various governments and the predominance indicators of the domestic actors of the theoretical model analysis in both countries. The main conclusion is that the effects of the international arena on the adoption of drug control policies are not direct: its effectiveness depends on conditions and factors in which domestic actors of producing countries make use of their capacity for mobilization.
3

Equilibrio general para el cultivo, producción, tráfico y consumo de cocaína

Külzer Sacilotto, Cintia 01 1900 (has links)
Seminario para optar al título de Ingeniero Comercial, Mención Economía / Este trabajo presenta un modelamiento en un contexto de equilibrio general para el mercado de la cocaína. Inicialmente se proponen modelos parciales para el cultivo, producción , tráfico y consumo de drogas ilícitas, en especial la cocaína. Los modelos fueron desarrollados sobre la base de modelamientos parciales anteriores y algunos supuestos económicos razonables para la industria. Los principales parámetros usados para componer el equilibrio general están micro fundamentados a partir de datos públicos estimados para el mercado ilícito. De los resultados, se encuentra una respuesta consistencia con la teoría económica ante simulaciones en algunas de las variables exógenas del modelo. Este hecho, permite entender la compleja interacción económica de dicho mercado y posibilita la evaluación de impactos en el equilibrio general a partir de modificaciones, como por ejemplo el aumento del gasto en control anti droga en las distintas etapas de producción o consumo.
4

Uso de drogas em indivíduos institucionalizados e associação entre fatores de risco e dependência de drogas ilícitas

Ferigolo, Maristela January 2004 (has links)
Resumo não dsiponível.
5

Caracterização experimental do fenômeno de sensibilização comportamental imediata após administração única de diferentes drogas de abuso em camundongos / Experimental characterization of the phenomenon of awarenessbehavioral immediately after a single administration of different drugs of abuse in mice

Alvarez, Juliana do Nascimento [UNIFESP] 24 June 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-07-22T20:49:42Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-06-24. Added 1 bitstream(s) on 2015-08-11T03:26:20Z : No. of bitstreams: 1 Publico-172.pdf: 1914189 bytes, checksum: 908b00499aae197f0d2d2987dd3a8532 (MD5) / A sensibilização comportamental caracteriza-se pelo aumento progressivo e duradouro do efeito estimulante locomotor eliciado por drogas de abuso após o tratamento repetido em roedores. A base neurobiológica desse fenômeno parece intersectar com aquela da dependência química em humanos (sistema dopaminérgico mesolímbico). Assim, a sensibilização comportamental tem sido proposta por diferentes pesquisadores como um modelo fisiopatológico dependência química. Recentemente verificamos que a sensibilização comportamental pode se desenvolver de uma forma imediata. Nesse sentido, demonstramos que uma injeção indutora de anfetamina é capaz de potencializar o efeito estimulante locomotor produzido por uma injeção desafio da droga, administrada algumas horas após. Os objetivos gerais da presente Tese foram: 1-) caracterizar comportamental e neuroquimicamente o fenômeno de sensibilização imediata à anfetamina em camundongos, 2-) verificar se o fenômeno de sensibilização imediata também ocorre para outras drogas de abuso (cocaína, morfina e etanol) e 3-) verificar o possível desenvolvimento de sensibilização comportamental imediata cruzada entre anfetamina e cocaína, morfina ou etanol. Para tanto, utilizamos como paradigma experimental a atividade locomotora de camundongos em campo aberto. Verificamos o desenvolvimento de sensibilização imediata à anfetamina em vários parâmetros comportamentais analisados em campo aberto (locomoção, levantar e imobilidade), administrando 2 injeções desse psicoestimulante na dose de 2,5 mg/kg em um intervalo de 4 horas. Demonstramos que esse fenômeno não foi decorrente de um possível estresse promovido pela administração da primeira injeção de anfetamina (injeção indutora) ou de níveis residuais de droga. Além disso, uma maior ativação neuronal no núcleo accumbens foi observada em animais sensibilizados, na ausência de alterações neuroquímicas pré-sinápticas no estriado-accumbens, sugerindo o envolvimento de modificações pós-sinápticas no fenômeno de sensibilização imediata. A sensibilização comportamental imediata também se desenvolveu para a cocaína e a morfina, mas não para o etanol. Finalmente, a sensibilização imediata ocorreu também de forma cruzada entre anfetamina e as demais drogas de abuso, apresentando um caráter bidirecional, com exceção do etanol, cujo cruzamento ocorreu apenas quando a anfetamina foi administrada na indução do fenômeno, e o etanol na sua expressão. Esses resultados podem ter relevância para uma maior compreensão dos mecanismos relacionados ao padrão “binge” de abuso de drogas. / The behavioral sensitization phenomenon is characterized by a progressive and enduring enhancement of the locomotor stimulant effect of drugs of abuse following repeated treatment in rodents. This behavioral phenomenon seems to share the same neurobiological basis of drug dependence in humans and has been proposed as a pathophysiological animal model of drug dependence. Recently, we demonstrated an early-onset type of behavioral sensitization. Indeed, an “induction” injection of amphetamine potentiated the locomotor stimulant effect of a challenge injection of the drug, given some hours later. The aims of this Thesis were threefold: 1-) to behaviorally and neurochemically characterize the rapid-onset type of behavioral sensitization to amphetamine in mice, 2-) to verify if the rapid-onset type of behavioral sensitization would also occur to other drugs of abuse (cocaine, morphine and ethanol) and 3-) to investigate the possible development of rapid-onset cross-sensitization between amphetamine and cocaine, morphine or ethanol. Mice´s open-field locomotor activity was used as the experimental paradigm. We verified the development of the rapid-onset type of behavioral sensitization to amphetamine in the several behavioral parameters analyzed in the open-field (locomotion, rearing and immobility), by administering 2 injections of 2,5 mg/kg amphetamine, separated by a 4h interval. We demonstrated that this phenomenon was not a consequence of the stress induced by the priming injection of amphetamine and was not due to residual levels of the drug. Moreover, greater neuronal activation in the nucleus accumbens was observed in sensitized mice, in the absence of pré-synaptic neurochemical alterations in their striatum-accumbens, suggesting that postsynaptic adaptations may be involved. The rapid-onset behavioral sensitization also developed to cocaine and morphine, but not to ethanol. Finally, rapid-onset cross-sensitization occurred between amphetamine and the other drugs of abuse in a bidirectional way, except for ethanol. Within this aspect, cross-sensitization between amphetamine and ethanol only developed when amphetamine was administered during the induction of this phenomenon and ethanol in its expression. The present results may contribute to the comprehension of the mechanism involved in the binge pattern of drug abuse. / TEDE / BV UNIFESP: Teses e dissertações
6

O diagrama das drogas: cartoia das drogas como dispositivo de poder na sociedade brasileira contemporânea / The diagram of drugs: drugs and mapping of device power in contemporary Brazilian society

Alarcon, Sérgio January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-05T18:23:41Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 339.pdf: 2000724 bytes, checksum: 8cba29c0033863962d2bf6f77625c968 (MD5) Previous issue date: 2009 / Parece ser senso comum nas sociedades ocidentais a associação direta entredecomposição social e uso de drogas. Em virtude disso diversos mecanismos de administração, controle e regulação das drogas são formulados e implantados, com o objetivo quase platônico de conter a degradação provocada pelo vício endêmico. Sobreisso, destacam-se no Brasil duas formas de atuar, colocadas em prática pelos aparelhos de Estado, que são aparentemente distintas: uma coercitiva, a partir das determinações da Lei de Entorpecentes vigente (lei 11.343/06), e outra aparentemente pragmática (isto é, realista), proveniente dos órgãos de Saúde Pública, em especial aos ligados à SaúdeMental (lei 10.216/01, Portaria 336/02 e as Diretrizes do Ministério da Saúde para a Atenção Integral do Usuário Abusivo de Álcool e Outras Drogas de 2003). Contudo, se há aparente contradição entre essas políticas, ambas são motivadas pelos mesmos objetivos de mitigar as violências e as doenças, ou extingui-las; e ambas acabam interpretando as drogas, no mesmo movimento, como um mal social, supondo os homens como a matériabruta consumida, descartada ou aniquilada por esse mal. O que nos perguntamos é se as drogas não seriam antes que um mal, apenas o sintoma, o subterfúgio, o ponto de aplicação de estratégias de poder de uma sociedade que emerge da tensão entre duas vontades interligadas: a da liberdade e a da segurança. Vontade de liberdade que se expressa, neste caso, na resistência às coerções contra as drogas, mas que motiva uma vontade de segurança que busca limitar os efeitos dessa liberdade considerada suspeita e perigosa (pois facilmente confundida com a liberdadenatural, uma vez que, no caso, se exerce na transgressão da lei). Vontade de segurança que, por sua vez, se expressa na construção de uma coletividade que leva ao paroxismo as preocupações com os danos, organizando um corpo de leis e normas rígidas, que conjuram a probabilidade dos danos prevenindo e gerindo antes os riscos. / Ações que conseqüentemente retro-alimentam a própria vontade de liberdade que, em um círculo vicioso, faz recrudescer a vontade de segurança. Ambas, enfim, acabam por influenciar respostas públicas e privadas de interdição e tolerância a um mal inescapável para o qual ora o único controle é a redução dos danos (já que, se o risco social é mais que uma hipótese, o risco individual não é apenas provável, mas um dado imediato da experiência); ora é a gestão dos riscos (pois, para essa perspectiva, os danos atualizados do risco social são intoleráveis mesmo como mera hipótese). O que se procurou nesse trabalho foi então entender como as drogas fazem parte das relações de força que constituem o mundo contemporâneo; ou, dito de outra maneira, entender como se constitui a subjetividade atual, forjada na tensão entre interdição e tolerância às drogas. Não se trata de legitimar os pesadelos de George Orwell e de Aldous Huxley sobre a possibilidade da sociedade ser reduzida a uma espécie de totalitarismofarmacológico, mas justamente, deixar de ser assombrado por ele. Não se trata, tampouco, de acreditar que o gosto pelas drogas é determinado apenas ou primeiramente pelos mafiosos, pelos interesses do mercado, ou pela indústria farmacêutica. Isso seria reduzir oproblema a uma questão moral um retorno ingênuo ao sujeito a priori (ou seja, inato), alienado de suas capacidades desde sempre dadas e vítima das ideologias. Não se trata,enfim, de se acreditar na possibilidade da retidão de caráter de uns poucos homens de boa vontade, que seriam capazes de nos dizer o reto caminho da felicidade, livre das drogas e do risco da adição. O importante, na verdade, é avaliar como as drogas se inserem ou são inseridas nas estratégias de relações sem estrategista (já que não se trata da ação de um sujeito constituinte da história) que nos atualizam contemporâneos. / A liberdade e a segurança de viver em sociedade diante da possibilidade de usar ou não drogas, de escolher entre aquelas boas ou más, de tornar eficaz algum sistema de tratamento aos que sucumbem ao pathos triste do phármakon (porque não se trata de negar apriorísticamente nem as alegrias nem o potencial venenoso das drogas e suas conseqüências), depende menos das drogas em si do que desse entendimento.
7

Nas viradas da vida: jovens que romperam com o mercado do tráfico de drogas em favelas na cidade do Rio de Janeiro / In the face of life: young people who broke with the drug trafficking in favelas in Rio de Janeiro

Meirelles, Zilah Vieira January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-05T18:24:09Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 332.pdf: 1641606 bytes, checksum: caf3acfe350907453930aff072879340 (MD5) Previous issue date: 2008 / O estudo busca compreender a trajetória de trabalho e vida de homens jovens que atuaram no tráfico de drogas varejista, entre os anos de 1990 a 2006, em favelas na cidade do Rio de Janeiro. O estudo parte de uma análise qualitativa com ênfase na história oral de vida tópica, envolvendo 30 jovens com idade entre 17 e 25 anos de sete favelas da cidade. Os dados revelam que os jovens, ao entrarem para o tráfico, apresentam uma expectativa de encantamento pelas facilidades de adquirirem prestígio, poder e dinheiro. Com o tempo, essa perspectiva vai desaparecendo devido as situações de traição, punição e falta de prestígio. O processo de saída ocorre justamente quando o jovem começa a questionar seus ganhos e perdas nesta trajetória, e procura visualizar outras possibilidades de vida, mais condizentes com as suas aspirações juvenis. Concluiu-se, que o fato de os jovens estarem entrando precocemente no crime organizado, leva-os a um desgaste físico e emocional, visto que a venda de drogas passou a ser um coadjuvante diante dos constantes episódios de conflitos armados e tráfico de armas. Frente a estas situações estes jovens procuram criar condições possíveis para romper com o crime organizado e procuram articular uma rede social em torno de si para eselecer novas condutas de vida e trabalho.
8

Desenvolvimento e avaliação de jogo educativo para cegos : acesso à informação sobre o uso de drogas psicoativas / Development and assessment of an educational game for the blind : information on the use of psychoactive drugs

Mariano, Monaliza Ribeiro January 2010 (has links)
MARIANO, Monaliza Ribeiro. Desenvolvimento e avaliação de jogo educativo para cegos : acesso à informação sobre o uso de drogas psicoativas. 2010. 101 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-01-23T16:19:00Z No. of bitstreams: 1 2010_dis_mrmariano.pdf: 798686 bytes, checksum: 7249052db53129091b5f5ca72aa6124c (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-02-03T13:16:56Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2010_dis_mrmariano.pdf: 798686 bytes, checksum: 7249052db53129091b5f5ca72aa6124c (MD5) / Made available in DSpace on 2012-02-03T13:16:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2010_dis_mrmariano.pdf: 798686 bytes, checksum: 7249052db53129091b5f5ca72aa6124c (MD5) Previous issue date: 2010 / Nursing uses different strategies and technologies to insert blind people in the health promotion context. As these predominantly use paper and ink, illustrations and/or television images, programs to prevent and combat drugs limit blind clients’ information access. Feasible technologies for health promotion include Assistive Technology (AT). Games adapted to the blind represent a different education possibility, associating the playful with information collection and, hence, with knowledge, so that they are considered an Assistive Technology and contribute to awareness-raising on the theme, collaborating to turn health promotion into permanent education. Thus, the goal was the development of an Assistive Technology in the form of an educational game on psychoactive drugs use, accessible to the blind, and the assessment of this technology by special education specialists and blind people. An assistive technology construction and assessment study was carried out between June and August 2010 at the Health Communication Laboratory of the Federal University of Ceará (LabCom_Saúde-UFC). Study participants were three special education specialists and twelve blind people. The research involved three methodological phases: construction of the educational game, assessment by special education specialists and assessment by the blind. For assessment purposes, an instrument was elaborated in the form of a Likert scale. Items were divided into adequate, partially adequate, inadequate and does not apply. The three specialists assessed the first version of the assistive technology, Version Alpha, and made suggestions, which were accepted when pertinent. After the adjustments, the specialists assessed the second version of the game, Version Beta, until no further adjustments were needed. Next, three pairs of blind people played the game and assessed Version Beta and, thus, made suggestions, which were incorporated when pertinent. The last three pairs of blind people assessed the new version of the game, Version Gamma. The evaluation phase by the blind people was filmed to facilitate data collection. All study participants signed the Free and Informed Consent Term. Version Alpha was presented to the specialists, who formulated suggestions on the dimension of the board, aspects related to the texture of the board spaces, game pawns, such as the distinction among the pawns, quality of Braille writing and description of the game instructions. After the adjustments, version Beta was constructed and again assessed by the specialists, who considered it adequate. Next, the blind participants’ assessed the game, appointed aspects related to the texture of the spaces and suggested using Velcro in each space to fix the pawn during the moves. After making the adjustments, the assessment continued with the last three pairs, who considered the AT adequate. The participants’ interest and curiosity in the game was evidenced, besides encouraging the application of the game to younger ages than determined in the research. In view of these considerations, the educational game is considered an AT for the blind and was assessed positively, as it permits access to information on psychoactive drugs in a playful way. The AT aroused the blind people’s will and desire to discover what it would be like to play this type of game. It was considered relevant for the teaching-learning process and is thus useful to promote these people’s health, constituting a new tool for nursing to use in its educational function. / A enfermagem lança mão de diversas estratégias e tecnologias com o intuito de inserir a pessoa cega no contexto da promoção da saúde. Por utilizarem predominantemente papel e tinta, ilustrações e/ou imagens televisivas, os programas de prevenção e combate às drogas limitam o acesso da clientela cega à informação. Dentre as tecnologias viáveis para promoção da saúde está a Tecnologia Assistiva (TA). Os jogos adaptados aos cegos aparecem como possibilidade de educá-lo de um modo diferente, associando o lúdico com a captação de informações e, consequentemente, de conhecimento, sendo considerada uma Tecnologia Assistiva e, assim contribuir para sensibilização acerca da temática, colaborando para que a promoção da saúde seja uma educação permanente. Dessa forma, objetivou-se desenvolver uma tecnologia assistiva na modalidade de jogo educativo acessível ao cego sobre o uso de drogas psicoativas e avaliar a referida tecnologia por especialistas em educação especial e por pessoas cegas. Trata-se de um estudo de construção e avaliação de tecnologia assistiva, realizado entre junho e agosto de 2010, no Laboratório de Comunicação em Saúde da Universidade Federal do Ceará (LabCom_Saúde-UFC). Participaram do estudo três especialistas em educação especial e doze cegos. O estudo foi desenvolvido em três etapas metodológicas: construção do jogo educativo, avaliação pelos especialistas em educação especial e avaliação pelos cegos. Para a avaliação utilizou-se instrumento elaborado na forma de escala de Likert. Os itens deste foram divididos em adequado, parcialmente adequado, inadequado e não se aplica. A primeira versão da tecnologia assistiva, Versão Alfa, foi avaliada pelos três especialistas que deram suas sugestões, as quais foram acatadas quando pertinentes. Após os ajustes, a segunda versão do jogo, Versão Beta, foi avaliada pelos especialistas, até que não houvesse mais ajustes. Em seguida, a Versão Beta foi avaliada por três duplas de cegos que jogaram o jogo, e assim, fizeram sugestões, que quando pertinentes foram incorporadas. A nova versão do jogo, Versão Gama, foi avaliada pelas últimas três duplas de cegos. A etapa de avaliação pelos jogadores cegos foi filmada, para facilitar a coleta de dados. Todos os participantes do estudo assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. A versão Alfa foi apresentada aos especialistas e estes apontaram sugestões sobre a dimensão do tabuleiro, aspectos relacionados à textura das casas do tabuleiro, peças do jogo, como diferenciação dos pinos, qualidade da escrita em Braille e descrição das instruções do jogo. Após os ajustes, construiu-se a versão Beta, novamente avaliada pelos especialistas, que a consideraram adequada. Procedeu-se a avaliação dos participantes cegos, os quais apontaram aspectos relacionados à textura das casas e sugeriram colocação de velcro em cada casa para fixação do pino no decorrer das jogada. Realizado os ajustes, deu-se continuidade a avaliação pelas últimas três duplas, as quais consideraram a TA adequada. Evidenciou-se o interesse e curiosidade dos participantes pelo jogo, além de incentivar aplicação com idades menores do que a estipulada pelo estudo. Diante das considerações, o jogo educativo é considerado uma TA para a pessoa cega e foi avaliado de forma positiva, pois, permite o acesso a informação sobre drogas psicoativas, de maneira lúdica. A TA despertou a vontade e o desejo dos cegos em descobrir como seria jogar este tipo de jogo. Foi considerada relevante para o processo ensino-aprendizagem, sendo útil, assim, na promoção da saúde destas pessoas ao constituir nova ferramenta de utilização da enfermagem para desempenhar sua função de educador.
9

Desenvolvimento de método para determinação de drogas psicoativas e seus metabólitos em esgoto : suporte aos estudos de epidemiologia forense

Souza, Gustavo Brandão 11 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, 2014. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2015-05-25T18:07:52Z No. of bitstreams: 1 2014_GustavoBrandaoSouza.pdf: 1489838 bytes, checksum: b8bd304fff5c3f752d90fe6066b13025 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2015-05-25T19:33:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_GustavoBrandaoSouza.pdf: 1489838 bytes, checksum: b8bd304fff5c3f752d90fe6066b13025 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-25T19:33:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_GustavoBrandaoSouza.pdf: 1489838 bytes, checksum: b8bd304fff5c3f752d90fe6066b13025 (MD5) / A necessidade de uma ferramenta mais rápida, precisa e confiável para estimar o consumo de drogas de abuso tem dado espaço à abordagem conhecida como epidemiologia do esgoto. Este trabalho, por sua vez, tem o objetivo de desenvolver um método analítico baseado em UPLC-MS/MS para determinar cocaína, benzoilecgonina e 8 outros metabólitos, anfetamina, metanfetamina e outros 4 anfetamínicos, além de 3 dos principais metabólitos da cannabis, canabidiol, 11-nor-9-hidroxi-Δ-9-tetrahidrocanabinol e 11-nor-9-carboxi-Δ-9-tetrahidrocanabinol; com o objetivo de produzir estimativas de consumo utilizando epidemiologia do esgoto. Para o desenvolvimento do método, foi realizada otimização dos parâmetros instrumentais do espectrômetro de massa baseado em MRM para todos os analitos e foi desenvolvido método cromatográfico capaz de separar satisfatoriamente as substâncias-alvo. Planejamento fatorial 23 foi realizado para estudar os efeitos das seguintes variáveis – solvente de condicionamento, solvente de eluição e pH da amostra – sobre o processo de extração em fase sólida SPE. O método de extração final foi capaz de apresentar recuperações satisfatórias para 14 dos 19 analitos propostos inicialmente. Amostras de esgoto coletadas nos finais de semana dos jogos da Copa do Mundo FIFA realizados em Brasília – DF foram analisadas seguindo o método analítico desenvolvido. Foram detectadas no esgoto benzoilecgonina, cocaína, anidroecgonina, fenacetina e levamisol. A concentração de benzoilecgonina foi utilizada para estimar o consumo de cocaína, que variou de 6,3 a 22,8 doses por dia para cada 1000 habitantes. Sendo a região norte, composta por Asa Norte, Lago Norte, Varjão e Estrutural, detentora dos maiores consumos de cocaína. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The need for a faster, trustful and more precise tool to estimate drug abuse consumption has given space to the approach called sewage epidemiology. This work aims to develop analytical method based on UPLC-MS/MS to determine COC, BE and 8 other metabolites, AMP, MAMP and 4 other amphetamine-like substances, and 3 of the major metabolites of cannabis, CBD, OH -THC and THC-COOH; in order to estimate the consumption using sewage epidemiology. For the development of the method, an optimization of MRM parameters for all analytes was carried out and a chromatographic method to adequately separate the target substances was developed. 23 factorial planning was conducted to study the effects of two different levels for conditioning solvent, elution solvent and pH value for the samples. The final extraction method was able to produce satisfactory recoveries for 19 of the 14 originally proposed analytes. Sewage samples were collected on the weekends of the FIFA World Cup games that occurred in Brasilia – DF. They were analyzed using the analytical method developed in this work. BE, COC, AE, phenacetin and levamisole were detected in the sewage samples. The BE concentrations were used to produce cocaine consumption estimations, which ranged from 6.3 to 22.8 doses per day for each 1,000 habitants. Being the northern region, that comprises Lago Norte, Asa Norte, Varjão and Estrutural, holder of the largest cocaine consumption.
10

Uso de drogas em indivíduos institucionalizados e associação entre fatores de risco e dependência de drogas ilícitas

Ferigolo, Maristela January 2004 (has links)
Resumo não dsiponível.

Page generated in 0.045 seconds