• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 4
  • Tagged with
  • 4
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Aspectos epidemiológicos de enteroparasitos no município de Campo do Tenente, Paraná, Brasil

Oishi, Camila Yumi January 2017 (has links)
Orientadora : Profª. Drª Débora do Rocio Klisiowicz / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ciencias Biológicas (Microbiologia, Parasitologia e Patologia Básica). Defesa: Curitiba, 31/05/2017 / Inclui referências : f. 77-93 / Resumo: As enteroparasitoses são um problema de saúde pública em países em desenvolvimento e sua prevalência é maior em regiões socioeconomicamente desfavorecidas. Nos países onde há o crescimento acelerado e desordenado dos centros urbanos e pouco investimento nas áreas rurais (geralmente desprovidas de infraestrutura sanitária mínima), a população torna-se facilmente exposta às infecções por helmintos e protozoários. A presente dissertação teve por objetivo principal o estudo da epidemiologia das parasitoses intestinais em moradores do município de Campo do Tenente, Paraná, Brasil. Campo do Tenente é um município localizado a 95,7 km da capital paranaense, de caráter predominantemente rural e possui aproximadamente sete mil habitantes. Participaram do estudo um total de 548 habitantes de três regiões do município: Centro, Bairro Divino e Área Rural. Pela primeira vez no estado do Paraná em um mesmo estudo diagnosticaram-se 15 diferentes espécies de parasitos intestinais (11 de protozoários e quatro de helmintos), com uma prevalência total de 25,9% (22,4% para protozoários e 3,3% para helmintos). Blastocystis spp. foi o parasito mais prevalente (8,9%), seguido por Entamoeba coli (7,3%). As demais espécies não ultrapassaram 6% de prevalência. As espécies Chilomastix mesnili, Entamoeba hartmanni, Enteromonas hominis, Retortamonas intestinalis foram pela primeira vez descritas no estado do Paraná. O poliparasitismo foi presente em 31,2% dos casos, com predomínio do parasitismo por duas espécies (63,6%). Os resultados também foram analisados em função do gênero, grupos de idade e por regiões, obtendo-se diferenças estatisticamente significativas em alguns desses fatores. O presente estudo conclui que o diagnostico das enteroparasitoses é particularmente importante, ressaltando a importância do diagnóstico no que tange às enteroparasitoses. Ademais, estes resultados permitirão as autoridades locais a implantação de estratégias para redução das parasitoses intestinais. Palavras-chave: enteroparasitos, prevalência, Campo do Tenente. / Abstract: Enteroparasitosis are a public health problem and is highly prevalent throughout the developing countries. In countries where there is accelerated and disordered growth of urban centers and lack of investment in rural areas (generally devoid of minimal sanitary infrastructure), the population is easily exposed to helminth and protozoa infections. The aim of the present study was to study the epidemiology of intestinal parasitosis in residents of Campo do Tenente, Parana, Brazil. Campo do Tenente is a municipality located 95.7 km from the capital of Parana, predominantly rural and has approximately 7 000 inhabitants. A total of 548 inhabitants derived from three regions of the city: downtown, Divino District and rural Area, participated in the present study. For the first time in the state of Paraná, 14 different intestinal parasite species (10 protozoa and four helminths) were diagnosed, the prevalence was 25.9% (22.4% protozoa and 3.3% helminths). Blastocystis spp. was the most prevalent parasite (8.9%), followed by Entamoeba coli (7.3%). The other species did not exceed 6% of prevalence. The species Chilomastix mesnili, Entamoeba hartmanni, Enteromonas hominis, Retortamonas intestinalis first diagnosed in the state of Parana. Polyparsitism was present in 31.2% cases, with a predominance of parasitism by two species (63.6%). The results also analyzed according to gender, age groups and regions, obtaining statistically significant differences in some of these factors. The present study concludes that diagnosis of enteroparasitosis is particularly important. In addition, these results will allow the local authorities to implement strategies to reduce intestinal parasitosis. Key-words: enteroparasitosis, prevalence, Campo do Tenente
2

Prevalência estacional de enteroparasitoses em uma população de zero a quatorze anos do bairro Cohab Tablada, Pelotas-RS / Seasonal prevalence of endoparasitic diseases in people aging from zero to fourteen years old from Cohab Tablada suburban area of Pelotas-RS

Dias, Denise Gamio 16 October 2005 (has links)
Submitted by Aline Batista (alinehb.ufpel@gmail.com) on 2017-04-13T18:55:57Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Denise Gamio Dias.pdf: 1522340 bytes, checksum: 9c0850717b8ff4617b223546358e5713 (MD5) / Approved for entry into archive by Aline Batista (alinehb.ufpel@gmail.com) on 2017-04-13T19:41:55Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Denise Gamio Dias.pdf: 1522340 bytes, checksum: 9c0850717b8ff4617b223546358e5713 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-04-13T19:41:55Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Denise Gamio Dias.pdf: 1522340 bytes, checksum: 9c0850717b8ff4617b223546358e5713 (MD5) Previous issue date: 2005-10-16 / Sem bolsa / Este estudo foi realizado para investigar as taxas de prevalências de enteroparasitoses, nas quatro estações do ano, de 380 indivíduos de zero a quatorze anos, totalizando 1140 amostras processadas segundo os métodos de Faust (1939) e Ritchie (1948) no período de setembro de 2004 a agosto de 2005. Foi aplicado um questionário de investigação epidemiológica para avaliação de variáveis biológicas, sociais, culturais e espaciais. A taxa geral de prevalência foi de 15,8%, sendo 13,7% mono e 2,1% poliparasitados. Dentre os positivos detectou-se 51,7% de Ascaris lumbricoides, 31,7% de Giardia lamblia, 15% de Entamoeba coli, 13,3% de Trichuris trichiura e 1,7% de Endolimax nana. As prevalências estacionais apresentaram diferença significativa (p = 0,01) para aquisição de parasitose, com um OR= 2,35 (1,3% < IC 95% < 4,4%) a favor do verão, com prevalência de 26,3% (21,9% < IC 95% < 31,7%), sendo que no outono e primavera as prevalências foram de 12,6% (5,9 < IC 95% < 19,3%) e no inverno de 11,6% (5,2 < IC 95% < 18,0%). Em relação às variáveis climatológicas encontraram-se diferenças estacionais significativas com um OR=2,55 (1,4 < IC 95% < 4,8) para temperatura média de 22,8ºC, contra temperaturas médias inferiores a 18,7ºC; umidade relativa de 75,4%, contra umidades relativas superiores a 80,7%; ventos médios de 5,0 m/s, contra ventos médios abaixo de 4,3 m/=s; radiação solar de 497,2 cal. cm2/estação, contra radiação solar inferior a 383,4 cal. cm2/estação e insolação média de 259,1 cal. cm2/estação, contra insolação média abaixo de 190,3 cal. cm2/estação. A distribuição espacial das residências positivas no bairro Cohab Tablada apresentou subsetores mais prevalentes correlacionados com a presença de esgoto a céu aberto, com um OR=153,5 (55,5 < IC 95% < 444,3) com um p<0,001, quando considerou-se distâncias menores de 300 metros das residências às prováveis fontes de contaminação. / This study was performed in order to evaluate the prevalence rates of endoparasitic diseases during the four seasons of the year, of 380 people ranging from zero to fourteen years old, in a total of 1140 samples processed according to Faust (1939) and Ritchie (1948) methods in the period from September 2004 to August 2005. An epidemiological investigation questionnaire was applied to evaluate the biological, social, cultural and spacial variables. The general prevalence rate was 15.8%, with 13.7% mono and 2.1% poly parasitic disease. Within the positive samples it was detected 51.7% of Ascaris lumbricoides, 31.7% of Giardia lamblia, 15% of Entamoeba coli, 13.3% od Trichuris trichiura and 1% of Endolimax nana. The seasonal prevalence presented significant difference (p = 0.01) to parasitic infection with an OR= 2.35 (1.3% < IC 95% < 4.4%) favouring summer, with a prevalence of 26.3% (21.9% < IC 95% < 31.7%) in the fall. In the spring the prevalence was 12.6% (5.9 < IC 95% < 19.3%) and in the winter it was 11.6% (5.2 < IC 95% < 18.0%). In relation to the climate variables, significant seasonal differences were found with an OR=2.55 (1.4 < IC 95% < 4.8) for average temperature of 22.8ºC, against average temperature lower than 18.7ºC, relative than 190.3 cal. cm2/season. The spatial distribution of the positive houses in Cohab Tablada suburban area presented more prevalent subsectors correlated to the presence of exposed sewage, with OR=153.5 (55.5 < IC 95% < 444.3) with a p<0.001, when distances shorter than 300 meters far from the residences to the probabale sources of contamination, were considered.
3

Prevalência e fatores associados à enteroparasitoses em escolares

Monteiro, Ana Carolina da Silva 22 February 2017 (has links)
Submitted by Viviane Lima da Cunha (viviane@biblioteca.ufpb.br) on 2017-06-20T11:29:15Z No. of bitstreams: 1 arquivototal.pdf: 2425115 bytes, checksum: 0a069034ec42247b7c39a39cd02f6f63 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-20T11:29:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 arquivototal.pdf: 2425115 bytes, checksum: 0a069034ec42247b7c39a39cd02f6f63 (MD5) Previous issue date: 2017-02-22 / Intestinal parasites are recognized as a major public health problem in developing countries. Enteroparasites are neglected diseases or neglected tropical diseases because they correspond to a group of diseases that predominantly affect the poorest and most vulnerable populations, contributing to the cycle of poverty, inequality and social exclusion. In Brazil the enteroparasitoses are still very widespread and with high prevalence, mainly in the Northeast region. The prevalence of enteroparasitoses in school-aged children is higher due to their inadequate hygiene habits, causing an outbreak of enteroparasitosis culminating for pathological effects in their host in relation to malnutrition, anemia, diarrhea, school use and nutritional deficit. The present study aims to determine the prevalence of enteroparasitoses in school - aged children, as well as to establish a relationship between the results to be obtained and the socioeconomic, health and nutritional conditions in these children. It is an observational study with a cross-sectional design and descriptive analysis, carried out with a sample of 150 children who study at the Lions Tambaú Elementary School, in the city of João Pessoa - PB. The logistic regression model was used to explain the occurrence of enteroparasitoses and to subsidize decision making based on the socioeconomic, nutritional and health variables of the children collected in the study. The prevalence of enteroparasitosis was 38.7%, children with a positive sample of these were more prevalent in male children (47.0%). The most prevalent enteroparasites were enterocomial protozoa, which presented 63.6%, which are related to the consumption of contaminated water, as well as the lack of hygiene of the people. The variables that presented statistical significance (p-value <0.05) were: gender (OR = 0.42), receive family allowance (OR = 4.42), number of rooms in the residence (OR = 3.46), (OR = 4.25), fruit and vegetable hygiene (OR = 2.03), walks barefoot (OR = 6.98), use of vermifuge for human (OR = 0.02) and visualization of Worms (OR = 24.9). The occurrence of these data reinforces the need to implement preventive measures of a theoretical and practical nature, such as health education, in order to demonstrate the damage of parasitic diseases through hygiene, basic sanitation, prevention and recognition of signs and symptoms indicative of Enteroparasitoses. / As parasitoses intestinais são reconhecidas como um grande problema de saúde pública em países em desenvolvimento. As enteroparasitoses são doenças consideradas negligenciadas ou doenças tropicais negligenciadas por corresponderem a um grupo de doenças que afeta predominantemente as populações mais pobres e vulneráveis, contribuindo para o ciclo da pobreza, desigualdade e exclusão social. No Brasil as enteroparasitoses ainda se encontram bastante disseminadas e com alta prevalência, principalmente na região Nordeste. A prevalência de enteroparasitoses em crianças em idade escolar é maior devido os seus hábitos de higiene inadequados fazendo com que surja um quadro de enteroparasitose culminando para efeitos patológicos no seu hospedeiro em relação a desnutrição, anemia, diarreia, aproveitamento escolar e déficit nutricional. O presente trabalho visa determinar a prevalência das enteroparasitoses em crianças em idade escolar, bem como estabelecer uma relação entre os resultados a serem obtidos e as condições socioeconômicas, saúde e nutricional nestas crianças. Trata-se de um estudo observacional com delineamento transversal e análise descritiva, realizado com uma amostra de 150 crianças que estudam na Escola de Ensino Fundamental Lions Tambaú, no município de João Pessoa - PB. Foi utilizado o modelo de regressão logística para explicar a ocorrência de enteroparasitoses e subsidiar a tomada de decisão a partir das variáveis da condição socioeconômica, nutricional e saúde das crianças coletadas no estudo. A prevalência de enteroparasitose foi de 38,7% crianças com amostra positiva dessas foi mais prevalente nas crianças do sexo masculino (47,0%). Os enteroparasitos de maior prevalência foram os protozoários enterocomensais que apresentaram 63,6%, que estão relacionados com o consumo de água contaminada, além da falta de higiene das pessoas. As variáveis que apresentaram significância estatística (p-valor < 0,05) foram: sexo (OR= 0,42), recebe bolsa família (OR= 4,42), quantidade de cômodos na residência (OR= 3,46), núcleo familiar (OR=4,25), processo de higienização das frutas e verduras (OR= 2,03), anda descalço (OR= 6,98), uso de vermífugo para humano (OR= 0,02) e visualização de vermes (OR= 24,9). A ocorrência desses dados reforça a necessidade de serem implantadas medidas preventivas de cunho teórico e prático, como educação sanitária, com o intuito de demonstrar os danos das doenças parasitárias através de noções de higiene, saneamento básico, prevenção e reconhecimento de sinais e sintomas indicativos de enteroparasitoses.
4

Prevalência de enteroparasitoses na população atendida em uma creche pública do Rio Grande, RS, e comparação de métodos de diagnósticos para giardíase

Berne, Ana Cristina 30 March 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-08-20T14:31:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 dissertacao_ana_berne.pdf: 2199093 bytes, checksum: 8e27f9fa1c22e061e919175c81aa8bb3 (MD5) Previous issue date: 2007-03-30 / The enteroparasitosis remains as an important public health problem in children in the Brazil, showing variable prevalence, according to the State and evaluated population. Studies with day-care center children are scarce, however, already knows that the exposure of the children in these places increased the susceptibility to parasitosis. Among the parasitosis the protozoary Giardia lamblia is responsible for severe diarrhea cases in children and the routine diagnosis methods presents many false negative results. The aim of this study was investigate the enteroparasitosis prevalence in children from a day-care public center of Rio Grande county, Rio Grande do Sul State and compare diagnosis techniques in samples of their fecal material to Giardia lamblia , the ELISA immunoassay and the centrifugal-sedimentation methods. 165 fecal samples where evaluated and processed by centrifugal-sedimentation and centrifugal-flotation methods, stained by trichromium and Kinyoun after the concentration by centrifugal-sedimentation. The general prevalence of enteroparasitosis was 64,2% (106/165). The most prevalent nematods species founded was Trichuris trichiura (24,2%) and Ascaris lumbricoides (22,4%) and the the most prevalent protozoary specie was Giardia lamblia (30,3%). The presence of opportunists coccids where also registered Cryptosporidium spp. (2,4%) and Isospora belli (0,6%). Among the positives 56,6% (60 samples) showed simple infection and 43,4% (46 samples) showed associated infection. The presence of non pathogenic protozoary like Entamoeba coli (15,2%), Endolimax nana (3,6%) and Enteromonas hominis (4,8%), indicated environmental fecal source contamination. The higher prevalence of nematods and protozoary in the studied population suggests the necessity of implementation of educational measures to prevent these enteroparasites. In the evaluation of comparative diagnosis of G. lamblia a higher positivity was verified in the ELISA technique 57% (90/158), followed by the centrifugal-sedimentation method 27,8% (44/158). The obtained results in this study suggests that is higher the prevalence of nematods and protozoary in the evaluated children and the ELISA technique to detect antigen in fecal sample showed higher efficiency to giardiasis diagnosis. / As enteroparasitoses ainda constituem um importante problema de saúde pública em crianças no Brasil, com prevalências bastante variáveis, conforme a região e população avaliada. Estudos com crianças que freqüentam creches são escassos, entretanto, sabe-se que nestes ambientes, as crianças estão mais expostas as parasitoses, dentre as quais o protozoário Giardia lamblia que é responsável por quadros graves de diarréia em crianças e os métodos de rotina utilizados no diagnóstico levam a muitos casos de falso-negativos. O objetivo deste trabalho foi investigar a prevalência de enteroparasitos em crianças de uma creche pública do Rio Grande, cidade portuária, localizada na região sul do estado do Rio Grande do Sul e comparar a técnica de ELISA (kit comercial Giardia II) com os métodos de centrífugo-flutuação e centrífugo- sedimentação para o diagnóstico de G. lamblia em fezes de crianças. Primeiramente foram avaliadas 165 amostras de fezes de processadas pelo método de centrífugo-sedimentação e centrífugo-flutuação e pelas colorações de tricrômio e de Kinyoun. A prevalência geral de enteroparasitos foi de 64,2% (106/165). Os nematódeos mais prevalentes foram Trichuris trichiura (24,2%) e Ascaris lumbricoides (22,4%) e o protozoário mais prevalente foi G. lamblia (30,3%). Também foram registradas as presenças dos coccídeos oportunistas Cryptosporidium (2,4%) e Isospora belli (0,6%). Dentre os positivos, 56,6% (60) apresentaram infecção simples e 43,4% (46) associadas. Constatou-se também a presença de protozoários não patogênicos, como Entamoeba coli (15,2%), Endolimax nana (3,6%) e Enteromonas hominis (4,8%), que indicou contaminação de origem fecal do ambiente. A alta prevalência de nematódeos e protozoários na população estudada sugere a necessidade de implementação de medidas educacionais, visando a prevenção destes enteroparasitos. Na avaliação do diagnóstico comparativo de G. lamblia foi verificado maior positividade para a técnica de ELISA, 57% (90/158), seguido do método de centrifugo-flutuação, 30,3% (48/158) e centrífugo-sedimentação, 27,8% (44/158). A partir dos resultados obtidos no presente estudo pode-se concluir que é alta a prevalência de nematódeos e protozoários nas crianças avaliadas e que a técnica de ELISA para detectar antígenos nas fezes é mais eficiente que os métodos de centrífugo-flutuação e centrifugo-sedimentação, podendo, portanto, ser utilizada, tanto no diagnóstico individual como em estudos epidemiológicos da giardíase.

Page generated in 0.083 seconds