• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 52
  • 5
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 58
  • 26
  • 17
  • 16
  • 15
  • 14
  • 11
  • 11
  • 10
  • 8
  • 7
  • 7
  • 6
  • 6
  • 5
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Geoconservação de patrimônio espeleológico na Amazônia: proposta de planejamento ambiental para a província espeleológica Altamira-Itaituba (PA)

Freire, Luciana Martins January 2017 (has links)
FREIRE, Luciana Martins. Geoconservação de Patrimônio Espeleológico na Amazônia: proposta de planejamento ambiental para a província espeleológica Altamira-Itaituba (PA). 2017. 211 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento e Meio Ambiente) - Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2017. / Submitted by Sonia Nogueira (sonia.almeida@ufc.br) on 2017-08-17T12:05:27Z No. of bitstreams: 1 2017_tese_lmfreire.pdf: 61960163 bytes, checksum: b67204fdae77ae6a7f00fdd6fd51f6cf (MD5) / Approved for entry into archive by Jairo Viana (jairo@ufc.br) on 2017-08-31T21:03:26Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_tese_lmfreire.pdf: 61960163 bytes, checksum: b67204fdae77ae6a7f00fdd6fd51f6cf (MD5) / Made available in DSpace on 2017-08-31T21:03:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_tese_lmfreire.pdf: 61960163 bytes, checksum: b67204fdae77ae6a7f00fdd6fd51f6cf (MD5) Previous issue date: 2017 / The Amazon region has significant diversity in geomorphological features resulting from the systemic interaction of elements of nature, among which are the speleological patrimony and its geodiversity. Speleology is an area of knowledge of multiple meanings (scientific, sport, tourism and sociocultural), which is dedicated to studying the nature, genesis and processes of formation of the natural underground caverns (caves, shelters, etc.) and their related features, including their biological aspects. In this context, the research is developed in the Altamira-Itaituba Speleological Province, in the state of Pará, located in the contact of the geological domains of located in the contact strip of that following geologic domains: Amazonas Sedimentary Basin and of basement of Xingu Complex. The main objective is to present a diagnosis of the natural and cultural landscapes of this province, having as final instrument the proposal of environmental planning and geoconservation of the landscape. The Geoecology of Landscapes is the methodological basis for the construction of the proposal of environmental planning, in which it made possible a greater articulation between the different aspects of formation and operation of the landscape. The lack of conservation units in the speleological province is a concern, since these environments are configured by relief forms developed in non-carbonate karst rocks. A contribution is made to speleological research and karstic geomorphology, as well as to broaden and deepen studies aimed at the conservation of geological heritage and the geodiversity of the Amazon. Based on the integrated environmental diagnosis of the Altamira-Itaituba Speleological Province, the Limoeiro Cave and its surroundings were selected as an example of a proposal for environmental planning, from which the values of local geodiversity and geotourism potential were recognized, with a projection of visitation scenarios. Finally, a reading of environmental protection and management actions was presented along with a proposal for the Speleological Environmental Zoning applied to Limoeiro Cave. An important contribution has been made here to speleological studies in the Amazon and the appreciation of its geodiversity in the context of integrated environmental studies. / A região Amazônica é rica em feições geomorfológicas resultantes da interação sistêmica de elementos da natureza, entre os quais se destacam o patrimônio espeleológico e sua geodiversidade. A Espeleologia, por sua vez, é uma área de conhecimento de múltiplo sentido (científico, esportivo, turístico e sociocultural), a qual se dedica a estudar a natureza, a gênese e os processos de formação das cavidades naturais subterrâneas (cavernas, grutas, abrigos, etc.) e suas feições relacionadas, incluindo ainda os seus aspectos biológicos. Nesse contexto, a pesquisa desenvolve-se na Província Espeleológica Altamira-Itaituba, localizada no estado do Pará, situada na faixa de contato dos domínios geológicos da Bacia Sedimentar do Amazonas e do Embasamento Cristalino do Complexo Xingu. O objetivo principal é apresentar um diagnóstico das paisagens naturais e culturais desta província, tendo como instrumento final a proposição do planejamento ambiental voltado para a geoconservação da paisagem. A Geoecologia das Paisagens trouxe o embasamento metodológico para a construção da proposta de planejamento ambiental, em que possibilitou uma maior articulação entre os diferentes aspectos de formação e funcionamento da paisagem. A inexistência de unidades de conservação na área da província espeleológica leva a uma preocupação inicial, uma vez que esses ambientes são conFigurados por formas de relevo desenvolvidas em rochas cársticas não carbonáticas. Tem-se, então, uma contribuição à pesquisa espeleológica e geomorfologia cárstica, além de ampliar e aprofundar os estudos voltados para a conservação do patrimônio geológico e a geodiversidade da Amazônia. A partir do diagnóstico ambiental integrado da Província Espeleológica Altamira-Itaituba, foi selecionada a Caverna do Limoeiro e seu entorno como um exemplo de proposta de planejamento ambiental, a partir da qual foram reconhecidos os valores da geodiversidade local e o potencial geoturístico, com a projeção de cenários de visitação. Por fim, apresentou-se uma leitura de ações de proteção e gestão ambiental junto a uma proposta de Zoneamento Ambiental Espeleológico aplicado a Caverna do Limoeiro. Tem-se aqui uma importante contribuição aos estudos espeleológicos na Amazônia e a valorização de sua geodiversidade no âmbito dos estudos ambientais integrados. / La región amazónica es rica en características geomorfológicas que resultan de la interacción sistémica de elementos de la naturaleza, entre los que destacan el patrimonio espeleológico y su geodiversidad. La Espeleología, a su vez, es un área de múltiples conocimientos (científico, el deporte, el turismo y socio-culturales), que se dedica al estudio de los procesos de la naturaleza, génesis y formación de cavidades subterráneas naturales (cuevas, refugios, grutas, etc.) y sus características relacionadas, incluyendo también sus aspectos biológicos. En este contexto, la investigación se desarrolla en la Provincia Espeleológica Altamira- Itaituba, en el estado de Pará, ubicada en el contacto de los dominios geológicos de la franja de contacto de los siguientes dominios geológicos: Amazonas y el basamento cristalino del Complejo Xingu. El objetivo principal es presentar un diagnóstico de los paisajes naturales y culturales de esta provincia, como instrumento para proponer la planificación ambiental centrada en la geoconservación del paisaje. El geoecología de paisajes trajo la base metodológica para la construcción de la propuesta de planificación ambiental, lo que permitió una mayor coordinación entre los diferentes aspectos de la formación y el funcionamiento del paisaje. La falta de unidades de conservación en la región de la provincia espeleología conduce a una preocupación inicial, ya que estos ambientes son formas de relieve desarrolladas en rocas de karst no carbonático. Hay, pues, una contribución a la investigación espeleológica y geomorfología kárstica, fuera de ampliar y profundizar los estudios relacionados con la conservación del patrimonio geológico y la geodiversidad de la Amazonia. A partir del diagnóstico ambiental integrado de la Provincia Espeleológica Altamira-Itaituba, se seleccionó la Cueva del Limoeiro y su entorno como un ejemplo de propuesta de planificación ambiental, en que se reconocieron los valores de geodiversidad local y el potencial geoturístico, con la proyección de los escenarios de visita. Por último, presentó una lectura de las acciones de protección y gestión ambiental con una propuesta de Zonificación Ambiental Espeleológica de la Cueva del Limoeiro. Tenemos aquí una importante contribución a los estudios espeleológicos en el Amazonas brasileña y la apreciación de su geodiversidad dentro de los estudios ambientales integrados.
2

Geodiversidade do Município de Araripina – Pe, Nordeste do Brasil

ARRUDA, Karlla Emmanuelle Cunha 31 January 2013 (has links)
Submitted by Israel Vieira Neto (israel.vieiraneto@ufpe.br) on 2015-03-04T17:23:15Z No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO Karlla Emmanuelle Cunha Arruda.pdf: 13273527 bytes, checksum: a7f34a162e5fb0e03f06557d212edad8 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-04T17:23:15Z (GMT). No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO Karlla Emmanuelle Cunha Arruda.pdf: 13273527 bytes, checksum: a7f34a162e5fb0e03f06557d212edad8 (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2013 / CAPES / O município de Araripina, localizado no oeste do estado de Pernambuco, caracteriza-se pela sua Geodiversidade, sob aspectos mineralógicos, paleontológicos e Geomorfológicos. Devido à relevância de seus valores abióticos, faz-se necessária a identificação e tomada de ações para a sua Geoconservação. Este trabalho apresenta a representação da geodiversidade do município de Araripina na forma de um mapa através da inventariação dos elementos: geologia, paleontologia, geomorfologia, recursos hídricos, solos, e recursos minerais. Foi estabelecido um Índice de Geodiversidade (IG) a partir da soma dos valores dos elementos abióticos individualmente. Esses valores foram classificados em muito baixo, baixo, médio, alto, e muito alto. A partir dos resultados foi possível constatar que: o valor muito baixo apareceu nas áreas planas, no topo da chapada e na Depressão Sertaneja; o valor baixo se estabeleceu nas áreas onde há ruptura de declive da chapada e variação estratigráfica; os valores médios estão nas áreas de encosta da chapada; o valor alto se destaca por uma maior variação litológica e presença de drenagens; e os valores muito altos concentram-se onde está grande parte dos sítios fossilíferos, e maior diversidade litológica e geomorfológica. O mapa da Geodiversidade proporcionou a visualização das áreas de maior interesse para a geoconservação e o geoturismo. Este trabalho representa uma ferramenta de auxílio ao planejamento urbano e a exploração sustentável dos recursos naturais, propondo aplicações que beneficiam o desenvolvimento econômico e social do município.
3

Proposta de representação gráfica de dados da geodiversidade utilizando cartografia temática e tecnologias da geoinformação

BORGES, Utaiguara da Nóbrega 31 January 2013 (has links)
Submitted by Israel Vieira Neto (israel.vieiraneto@ufpe.br) on 2015-03-05T16:29:49Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) TESE Utaiguara da Nóbrega Borges.pdf: 8849362 bytes, checksum: 35643a655152e465a366b7a1124b1b6a (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-05T16:29:49Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) TESE Utaiguara da Nóbrega Borges.pdf: 8849362 bytes, checksum: 35643a655152e465a366b7a1124b1b6a (MD5) Previous issue date: 2013 / CNPq / A Geodiversidade consiste na variedade de ambientes geológicos, fenômenos e processos que resultam na origem e evolução das paisagens, rochas, minerais e solos, suportes para a vida na Terra. Geoconservação trata da proteção desses elementos. Nesse contexto, esse trabalho visa contribuir com instrumentos que envolvam elementos da geodiversidade e tecnologias de tratamento de dados georreferenciados, nos estudos de conservação do patrimônio geológico. Os métodos de avaliação para quantificar a geodiversidade carecem de representação cartográfica. Esses valores são representados em tabelas e gráficos convencionais (p. ex. barra, pizza, linhas), dificultando a leitura rápida, objetiva e comparativa. Neste trabalho apresentamos um método para a representação gráfica destes dados, utilizando geoprocessamento e cartografia temática. Foi aplicado um método de representação cartográfica, símbolos proporcionais, para representação dos valores absolutos, e de interpolação de dados, denominado Kernel onde são representadas as variações de densidade, por unidade de área, em escala de cor. Como campo de experimento adotamos uma Área de Preservação Ambiental, APA das onças, município de São João do Tigrre, Estado da Paraíba. Foram inventariados e quantificados 14 geossítios, que serviram de base para esta pesquisa. Foram gerados mapas temáticos representando os valores quantificados (p. ex. mapas de valor cultural e econômico). Estes mapas permitem a visualização espacial, favorecendo a interpretação direta dos vários aspectos da geodiversidade. Este método inovador no estudo do patrimônio geológico representa um avanço no que concerne a inventariação e quantificação dos elementos da geodiversidade, podendo ser utilizado de forma rápida e eficiente na definição de estratégias de geoconservação.
4

Interfaces entre a geoconservação e a gestão costeira no município de Araranguá (Santa Catarina, Brasil)

Cristiano, Samanta da Costa January 2018 (has links)
Políticas e práticas de conservação da natureza têm dado maior atenção à natureza abiótica, o que ocasiona que a geoconservação ocorra de forma indireta. Como a gestão costeira estuda e abrange um “hotspot da geodiversidade” – as regiões costeiras –, a intersecção entre essas abordagens pode ser utilizada na implementação de estratégias de geoconservação. O Brasil possui um arcabouço legal apropriado tanto à geoconservação, quanto à gestão costeira. Contudo, na maioria dos casos, seus instrumentos são utilizados de forma insatisfatória, pois não há entendimento da população e dos governantes da importância da natureza como suporte à sua própria existência, tampouco dos aspectos geológicos e geomorfológicos. A natureza é a associação entre geodiversidade e biodiversidade em um sistema dinâmico ao longo do tempo. A ciência que integra estes elementos e o contexto antrópico é a geoecologia, entendida nesta tese também como uma interface entre a geoconservação e a gestão costeira; cujas interações foram exploradas e analisadas por meio do método pesquisa-ação. O presente trabalho compreende a região costeira do município de Araranguá, no Litoral Sul de Santa Catarina/Brasil, em que se destacam as seguintes características geoecológicas: contempla um geossítio, abrange remanescentes de Mata Atlântica, possui sítios arqueológicos e tem seus processos quaternários influenciados pela ação antropogênica. A gestão da região costeira de Araranguá necessita da mudança do paradigma da segunda residência e da desatenção à geodiversidade. Nesse sentido, são apresentados os resultados de processos de gestão costeira planejados e implementados no município, assim como as estratégias de geoconservação adotadas, no formato de manuscritos científicos. Concluiu-se que a pesquisa-ação é uma metodologia viável para que a academia interaja e auxilie na gestão do geopatrimônio costeiro em âmbito municipal. Ademais, a implementação das estratégias de interface entre a geoecologia e instrumentos de gestão (como o Roteiro Geoecológico, o Plano de Gestão Integrada da Orla, o zoneamento do Plano Diretor e as unidades de conservação municipais) em Araranguá subsidiam a mudança de paradigma em relação à gestão do geopatrimônio costeiro devido ao uso da concepção geoecológica em políticas públicas e projetos socioambientais direta e indiretamente voltados à geoconservação. / Policies and practices of nature conservation have given more attention to the abiotic nature, which causes that the geoconservation occurs indirectly. As coastal management studies and covers a “geodiversity hotspot” - the coastal regions - the intersection between these approaches can be used for the implementation of geoconservation strategies. Brazil has a legal framework appropriate to both geoconservation and coastal management approaches. However, in most cases their instruments are used in an unsatisfactory way, since there is no understanding of the population and the law makers of the importance of nature as a support for their own existence, nor of the geological and geomorphological aspects. Nature is the association between geodiversity and biodiversity in a dynamic system over time. The science that integrates these elements and the anthropic context is the geoecology, understood in this thesis also as an interface between geoconservation and coastal management; whose interactions were explored and analyzed through the action research method. The present work comprises the coastal region of the municipality of Araranguá, on the Southern Coast of Santa Catarina/Brazil, in which the following geoecological features stand out: it includes a geosite, remnants of the Atlantic Forest, archaeological sites and its quaternary processes influenced by anthropogenic action. The management of the coastal region of Araranguá needs to change the paradigm based on real estate developments for “second residence” and inattention to geodiversity. In this way, the results of coastal management processes planned and implemented in Araranguá and the geoconservation strategies adopted are presented in the format of scientific manuscripts. It was concluded that action research is a viable methodology for the Academy to interact and assist in the management of coastal geoheritage at the municipal level. In addition, the implementation of the interface strategies between geoecology and management tools (such as the “Geoecological Route”, the “Integrated Management Plan of the Seafront”, the “Municipal Master Plan” zoning and the municipal conservation units) in Araranguá subsidize the paradigm shift in relation to the management of coastal geoheritage due to the use of geoecological framework in public policies and social-environmental projects directly and indirectly oriented to geoconservation. / Las políticas y prácticas de conservación de la naturaleza han dado mayor atención a la naturaleza abiótica, lo que ocasiona que la geoconservación ocurra de forma indirecta. Como la gestión costera estudia y abarca un “hotspot de la geodiversidad” -las regiones costeras-, la intersección entre estos enfoques puede ser utilizada en la implementación de estrategias de geoconservación. Brasil posee un marco legal apropiado tanto para la geoconservación, como para la gestión costera. Sin embargo, en la mayoría de los casos, sus instrumentos se utilizan de forma insatisfactoria, pues no hay entendimiento por parte de la población y de los gobernantes de la importancia de la naturaleza como soporte a su propia existencia, tampoco de la importancia de los aspectos geológicos y geomorfológicos. La naturaleza es la asociación entre geodiversidad y biodiversidad en un sistema dinámico a lo largo del tiempo. La ciencia que integra estos elementos y el contexto antrópico es la geoecología, entendida en esta tesis también como una interfaz entre la geoconservación y la gestión costera; cuyas interacciones fueron exploradas y analizadas por medio del método investigación-acción. El presente trabajo comprende la región costera del municipio de Araranguá, en el Litoral Sur de Santa Catarina/Brasil, en la que se destacan las siguientes características geoecológicas: contempla un geositio, abarca remanentes de Floresta Atlántica, posee sitios arqueológicos y tiene sus procesos cuaternarios influenciados por la acción antropogénica. La gestión de la región costera de Araranguá necesita el cambio del paradigma basado en emprendimientos inmobiliarios de “segunda residencia” y de la desatención a la geodiversidad. En esta perspectiva, se presentan en formato de manuscritos científicos los resultados de procesos de gestión costera planificados e implementados en Araranguá, así como las estrategias de geoconservación adoptadas. Se concluyó que la Investigación-acción es una metodología viable para que la Academia interactúe y auxilie en la gestión del geopatrimonio costero en ámbito municipal. Además, la implementación de las estrategias de interfaz entre la geoecología y los instrumentos de gestión (como la “Itinerário Geoecológico”, el “Plan de Gestión Integrada de la Orla”, la zonificación del “Plan Director Municipal” y las unidades de conservación municipales) en Araranguá subsidia el cambio de paradigma en relación a la gestión del geopatrimonio costero debido al uso de la concepción geoecológica en políticas públicas y proyectos socioambientales directa e indirectamente orientados a la geoconservación.
5

Interfaces entre a geoconservação e a gestão costeira no município de Araranguá (Santa Catarina, Brasil)

Cristiano, Samanta da Costa January 2018 (has links)
Políticas e práticas de conservação da natureza têm dado maior atenção à natureza abiótica, o que ocasiona que a geoconservação ocorra de forma indireta. Como a gestão costeira estuda e abrange um “hotspot da geodiversidade” – as regiões costeiras –, a intersecção entre essas abordagens pode ser utilizada na implementação de estratégias de geoconservação. O Brasil possui um arcabouço legal apropriado tanto à geoconservação, quanto à gestão costeira. Contudo, na maioria dos casos, seus instrumentos são utilizados de forma insatisfatória, pois não há entendimento da população e dos governantes da importância da natureza como suporte à sua própria existência, tampouco dos aspectos geológicos e geomorfológicos. A natureza é a associação entre geodiversidade e biodiversidade em um sistema dinâmico ao longo do tempo. A ciência que integra estes elementos e o contexto antrópico é a geoecologia, entendida nesta tese também como uma interface entre a geoconservação e a gestão costeira; cujas interações foram exploradas e analisadas por meio do método pesquisa-ação. O presente trabalho compreende a região costeira do município de Araranguá, no Litoral Sul de Santa Catarina/Brasil, em que se destacam as seguintes características geoecológicas: contempla um geossítio, abrange remanescentes de Mata Atlântica, possui sítios arqueológicos e tem seus processos quaternários influenciados pela ação antropogênica. A gestão da região costeira de Araranguá necessita da mudança do paradigma da segunda residência e da desatenção à geodiversidade. Nesse sentido, são apresentados os resultados de processos de gestão costeira planejados e implementados no município, assim como as estratégias de geoconservação adotadas, no formato de manuscritos científicos. Concluiu-se que a pesquisa-ação é uma metodologia viável para que a academia interaja e auxilie na gestão do geopatrimônio costeiro em âmbito municipal. Ademais, a implementação das estratégias de interface entre a geoecologia e instrumentos de gestão (como o Roteiro Geoecológico, o Plano de Gestão Integrada da Orla, o zoneamento do Plano Diretor e as unidades de conservação municipais) em Araranguá subsidiam a mudança de paradigma em relação à gestão do geopatrimônio costeiro devido ao uso da concepção geoecológica em políticas públicas e projetos socioambientais direta e indiretamente voltados à geoconservação. / Policies and practices of nature conservation have given more attention to the abiotic nature, which causes that the geoconservation occurs indirectly. As coastal management studies and covers a “geodiversity hotspot” - the coastal regions - the intersection between these approaches can be used for the implementation of geoconservation strategies. Brazil has a legal framework appropriate to both geoconservation and coastal management approaches. However, in most cases their instruments are used in an unsatisfactory way, since there is no understanding of the population and the law makers of the importance of nature as a support for their own existence, nor of the geological and geomorphological aspects. Nature is the association between geodiversity and biodiversity in a dynamic system over time. The science that integrates these elements and the anthropic context is the geoecology, understood in this thesis also as an interface between geoconservation and coastal management; whose interactions were explored and analyzed through the action research method. The present work comprises the coastal region of the municipality of Araranguá, on the Southern Coast of Santa Catarina/Brazil, in which the following geoecological features stand out: it includes a geosite, remnants of the Atlantic Forest, archaeological sites and its quaternary processes influenced by anthropogenic action. The management of the coastal region of Araranguá needs to change the paradigm based on real estate developments for “second residence” and inattention to geodiversity. In this way, the results of coastal management processes planned and implemented in Araranguá and the geoconservation strategies adopted are presented in the format of scientific manuscripts. It was concluded that action research is a viable methodology for the Academy to interact and assist in the management of coastal geoheritage at the municipal level. In addition, the implementation of the interface strategies between geoecology and management tools (such as the “Geoecological Route”, the “Integrated Management Plan of the Seafront”, the “Municipal Master Plan” zoning and the municipal conservation units) in Araranguá subsidize the paradigm shift in relation to the management of coastal geoheritage due to the use of geoecological framework in public policies and social-environmental projects directly and indirectly oriented to geoconservation. / Las políticas y prácticas de conservación de la naturaleza han dado mayor atención a la naturaleza abiótica, lo que ocasiona que la geoconservación ocurra de forma indirecta. Como la gestión costera estudia y abarca un “hotspot de la geodiversidad” -las regiones costeras-, la intersección entre estos enfoques puede ser utilizada en la implementación de estrategias de geoconservación. Brasil posee un marco legal apropiado tanto para la geoconservación, como para la gestión costera. Sin embargo, en la mayoría de los casos, sus instrumentos se utilizan de forma insatisfactoria, pues no hay entendimiento por parte de la población y de los gobernantes de la importancia de la naturaleza como soporte a su propia existencia, tampoco de la importancia de los aspectos geológicos y geomorfológicos. La naturaleza es la asociación entre geodiversidad y biodiversidad en un sistema dinámico a lo largo del tiempo. La ciencia que integra estos elementos y el contexto antrópico es la geoecología, entendida en esta tesis también como una interfaz entre la geoconservación y la gestión costera; cuyas interacciones fueron exploradas y analizadas por medio del método investigación-acción. El presente trabajo comprende la región costera del municipio de Araranguá, en el Litoral Sur de Santa Catarina/Brasil, en la que se destacan las siguientes características geoecológicas: contempla un geositio, abarca remanentes de Floresta Atlántica, posee sitios arqueológicos y tiene sus procesos cuaternarios influenciados por la acción antropogénica. La gestión de la región costera de Araranguá necesita el cambio del paradigma basado en emprendimientos inmobiliarios de “segunda residencia” y de la desatención a la geodiversidad. En esta perspectiva, se presentan en formato de manuscritos científicos los resultados de procesos de gestión costera planificados e implementados en Araranguá, así como las estrategias de geoconservación adoptadas. Se concluyó que la Investigación-acción es una metodología viable para que la Academia interactúe y auxilie en la gestión del geopatrimonio costero en ámbito municipal. Además, la implementación de las estrategias de interfaz entre la geoecología y los instrumentos de gestión (como la “Itinerário Geoecológico”, el “Plan de Gestión Integrada de la Orla”, la zonificación del “Plan Director Municipal” y las unidades de conservación municipales) en Araranguá subsidia el cambio de paradigma en relación a la gestión del geopatrimonio costero debido al uso de la concepción geoecológica en políticas públicas y proyectos socioambientales directa e indirectamente orientados a la geoconservación.
6

Diagnóstico da Geodiversidade e Potencial Geoturístico do Município de Bonito, Agreste de Pernambuco

SANTOS, Edjane Maria dos 27 February 2012 (has links)
Submitted by Eduarda Figueiredo (eduarda.ffigueiredo@ufpe.br) on 2015-03-12T12:33:13Z No. of bitstreams: 2 ems.pdf: 4845414 bytes, checksum: 3284329fce90091a8003eaa8dbd915fa (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-12T12:33:13Z (GMT). No. of bitstreams: 2 ems.pdf: 4845414 bytes, checksum: 3284329fce90091a8003eaa8dbd915fa (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2012-02-27 / FACEPE / O Município de Bonito, conhecido popularmente como "Cidade das Águas", está situado no Agreste de Pernambuco e destaca-se pela riqueza de seus cenários naturais, podendo se configurar em um novo roteiro geoturístico no Estado. Apesar dos elementos da geodiversidade impulsionarem o turismo em Bonito, o enfoque geológico ainda não está presente nesse segmento, o que contribui para uma maior vulnerabilidade dessas áreas em conseqüência das atividades humanas. De modo a tentar reverter esse quadro, a presente dissertação apresenta um diagnóstico a respeito da geodiversidade presente em Bonito, além de identificar o potencial local para a implantação do turismo de base geológica (geoturismo). Para alcançar o objetivo proposto, foi adotada uma metodologia que engloba fases de gabinete/laboratório e campo, visando à identificação, mapeamento, catalogação, quantificação e qualificação dos valores e ameaças inerentes a geodiversidade em 12 (doze) potenciais geossítios, que englobam três categorias: cachoeiras, corredeiras e formações rochosas. Em cada uma dessas áreas, foram realizados procedimentos de descrição geológica e inventário, através de metodologias desenvolvidas pelo ProGEO (Associação Européia para a Conservação do Patrimônio Geológico) e SIGEP (Comissão Brasileira de Sítios Geológicos e Paleobiológicos), no intuito de analisar a viabilidade da utilização dessas áreas de interesse geológico para fins geoturísticos, didáticos e científicos. É sugerida ainda uma estratégia de geoconservação, levando em consideração a aptidão e vulnerabilidade de cada um dos potenciais geossítios, envolvendo ações de infraestrutura, valorização e divulgação do patrimônio geológico. Desta forma, espera-se que este trabalho contribua para a percepção da importância e viabilidade da inserção das informações a respeito da geologia e geomorfologia às atividades turísticas já existentes na região. Esse conhecimento promoverá o uso mais racional dessas áreas, visando a divulgação das Geociências para os mais variados níveis de entendimento, além de criar subsídios para o desenvolvimento econômico sustentável e a valorização e geoconservação do patrimônio geológico do município de Bonito.
7

Interfaces entre a geoconservação e a gestão costeira no município de Araranguá (Santa Catarina, Brasil)

Cristiano, Samanta da Costa January 2018 (has links)
Políticas e práticas de conservação da natureza têm dado maior atenção à natureza abiótica, o que ocasiona que a geoconservação ocorra de forma indireta. Como a gestão costeira estuda e abrange um “hotspot da geodiversidade” – as regiões costeiras –, a intersecção entre essas abordagens pode ser utilizada na implementação de estratégias de geoconservação. O Brasil possui um arcabouço legal apropriado tanto à geoconservação, quanto à gestão costeira. Contudo, na maioria dos casos, seus instrumentos são utilizados de forma insatisfatória, pois não há entendimento da população e dos governantes da importância da natureza como suporte à sua própria existência, tampouco dos aspectos geológicos e geomorfológicos. A natureza é a associação entre geodiversidade e biodiversidade em um sistema dinâmico ao longo do tempo. A ciência que integra estes elementos e o contexto antrópico é a geoecologia, entendida nesta tese também como uma interface entre a geoconservação e a gestão costeira; cujas interações foram exploradas e analisadas por meio do método pesquisa-ação. O presente trabalho compreende a região costeira do município de Araranguá, no Litoral Sul de Santa Catarina/Brasil, em que se destacam as seguintes características geoecológicas: contempla um geossítio, abrange remanescentes de Mata Atlântica, possui sítios arqueológicos e tem seus processos quaternários influenciados pela ação antropogênica. A gestão da região costeira de Araranguá necessita da mudança do paradigma da segunda residência e da desatenção à geodiversidade. Nesse sentido, são apresentados os resultados de processos de gestão costeira planejados e implementados no município, assim como as estratégias de geoconservação adotadas, no formato de manuscritos científicos. Concluiu-se que a pesquisa-ação é uma metodologia viável para que a academia interaja e auxilie na gestão do geopatrimônio costeiro em âmbito municipal. Ademais, a implementação das estratégias de interface entre a geoecologia e instrumentos de gestão (como o Roteiro Geoecológico, o Plano de Gestão Integrada da Orla, o zoneamento do Plano Diretor e as unidades de conservação municipais) em Araranguá subsidiam a mudança de paradigma em relação à gestão do geopatrimônio costeiro devido ao uso da concepção geoecológica em políticas públicas e projetos socioambientais direta e indiretamente voltados à geoconservação. / Policies and practices of nature conservation have given more attention to the abiotic nature, which causes that the geoconservation occurs indirectly. As coastal management studies and covers a “geodiversity hotspot” - the coastal regions - the intersection between these approaches can be used for the implementation of geoconservation strategies. Brazil has a legal framework appropriate to both geoconservation and coastal management approaches. However, in most cases their instruments are used in an unsatisfactory way, since there is no understanding of the population and the law makers of the importance of nature as a support for their own existence, nor of the geological and geomorphological aspects. Nature is the association between geodiversity and biodiversity in a dynamic system over time. The science that integrates these elements and the anthropic context is the geoecology, understood in this thesis also as an interface between geoconservation and coastal management; whose interactions were explored and analyzed through the action research method. The present work comprises the coastal region of the municipality of Araranguá, on the Southern Coast of Santa Catarina/Brazil, in which the following geoecological features stand out: it includes a geosite, remnants of the Atlantic Forest, archaeological sites and its quaternary processes influenced by anthropogenic action. The management of the coastal region of Araranguá needs to change the paradigm based on real estate developments for “second residence” and inattention to geodiversity. In this way, the results of coastal management processes planned and implemented in Araranguá and the geoconservation strategies adopted are presented in the format of scientific manuscripts. It was concluded that action research is a viable methodology for the Academy to interact and assist in the management of coastal geoheritage at the municipal level. In addition, the implementation of the interface strategies between geoecology and management tools (such as the “Geoecological Route”, the “Integrated Management Plan of the Seafront”, the “Municipal Master Plan” zoning and the municipal conservation units) in Araranguá subsidize the paradigm shift in relation to the management of coastal geoheritage due to the use of geoecological framework in public policies and social-environmental projects directly and indirectly oriented to geoconservation. / Las políticas y prácticas de conservación de la naturaleza han dado mayor atención a la naturaleza abiótica, lo que ocasiona que la geoconservación ocurra de forma indirecta. Como la gestión costera estudia y abarca un “hotspot de la geodiversidad” -las regiones costeras-, la intersección entre estos enfoques puede ser utilizada en la implementación de estrategias de geoconservación. Brasil posee un marco legal apropiado tanto para la geoconservación, como para la gestión costera. Sin embargo, en la mayoría de los casos, sus instrumentos se utilizan de forma insatisfactoria, pues no hay entendimiento por parte de la población y de los gobernantes de la importancia de la naturaleza como soporte a su propia existencia, tampoco de la importancia de los aspectos geológicos y geomorfológicos. La naturaleza es la asociación entre geodiversidad y biodiversidad en un sistema dinámico a lo largo del tiempo. La ciencia que integra estos elementos y el contexto antrópico es la geoecología, entendida en esta tesis también como una interfaz entre la geoconservación y la gestión costera; cuyas interacciones fueron exploradas y analizadas por medio del método investigación-acción. El presente trabajo comprende la región costera del municipio de Araranguá, en el Litoral Sur de Santa Catarina/Brasil, en la que se destacan las siguientes características geoecológicas: contempla un geositio, abarca remanentes de Floresta Atlántica, posee sitios arqueológicos y tiene sus procesos cuaternarios influenciados por la acción antropogénica. La gestión de la región costera de Araranguá necesita el cambio del paradigma basado en emprendimientos inmobiliarios de “segunda residencia” y de la desatención a la geodiversidad. En esta perspectiva, se presentan en formato de manuscritos científicos los resultados de procesos de gestión costera planificados e implementados en Araranguá, así como las estrategias de geoconservación adoptadas. Se concluyó que la Investigación-acción es una metodología viable para que la Academia interactúe y auxilie en la gestión del geopatrimonio costero en ámbito municipal. Además, la implementación de las estrategias de interfaz entre la geoecología y los instrumentos de gestión (como la “Itinerário Geoecológico”, el “Plan de Gestión Integrada de la Orla”, la zonificación del “Plan Director Municipal” y las unidades de conservación municipales) en Araranguá subsidia el cambio de paradigma en relación a la gestión del geopatrimonio costero debido al uso de la concepción geoecológica en políticas públicas y proyectos socioambientales directa e indirectamente orientados a la geoconservación.
8

Estudo da geodiversidade da região norte da Ilha de São Sebastião (SP): uma proposta de mapeamento geoambiental aplicado à estratégia de geoconservação / Study of the geodiversity in the northern region of São Sebastião Island, State of São Paulo, Brazil: a proposal of geoenvironmental mapping applied to the geoconservation strategy

Rodrigues, Flávio Henrique [UNESP] 07 February 2018 (has links)
Submitted by Flávio Rodrigues (rodrigues.ambiental@gmail.com) on 2018-02-26T13:42:06Z No. of bitstreams: 1 Tese_FlávioH.Rodrigues.pdf: 47930322 bytes, checksum: 6efb83379a448218d546e005a572c435 (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Paula Santulo Custódio de Medeiros null (asantulo@rc.unesp.br) on 2018-02-26T17:34:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 rodrigues_fh_dr_rcla.pdf: 47931154 bytes, checksum: cafb364a09b6ff3463e458f613a74bff (MD5) / Made available in DSpace on 2018-02-26T17:34:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 rodrigues_fh_dr_rcla.pdf: 47931154 bytes, checksum: cafb364a09b6ff3463e458f613a74bff (MD5) Previous issue date: 2018-02-07 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Este trabalho é um contributo aos estudos da natureza abiótica em unidades de conservação, tendo como motivação o manejo integrado dos atrativos turísticos naturais e o desenvolvimento sustentável de comunidades locais. Para tanto, partiu-se da hipótese de que o mapeamento geoambiental pode caracterizar e avaliar qualitativamente a geodiversidade de uma região e gerar conteúdos adequados a sua interpretação, bem como do patrimônio natural associado. Paralelamente ao mapeamento da geodiversidade, realizaram-se o inventário sistemático dos sítios de geodiversidade, e a avaliação quantitativa de seus potenciais usos turísticos convencional e de aventura, uso educacional, risco de degradação e potencial valor científico. Foi definida a região norte da Ilha de São Sebastião, com 164 km2, situada no município-arquipélago de Ilhabela, SP. A escolha da área se justifica por estar inserida em uma unidade de conservação de proteção integral, apresentar uma variabilidade significativa em termos litológicos, estruturas geológicas, tipos de relevo e solo, e condições hidrológicas, e possuir um volume razoável de informações anteriores acerca do meio físico. Dentre os resultados obtidos, o mapa da geodiversidade, na escala de 1:20.000, permitiu caracterizar e integrar os atributos analisados em 12 unidades de geodiversidade. Foram também identificados os sítios de geodiversidade com maior potencial à implementação de projetos geoturísticos, além daqueles com significativo valor científico, de relevância estadual. A partir do volume de dados gerado, foi elaborada uma proposta de conteúdo interpretativo destinada à promoção do geoturismo em Ilhabela. Por fim, concluiu-se que a proposta de aplicação do mapeamento geoambiental na estratégia de geoconservação se mostra adequada, à medida que seus resultados otimizam: (1) a obtenção do conteúdo científico referente aos sítios visitados; (2) a definição dos temas representativos da geodiversidade local; (3) o reconhecimento de novos sítios com valor científico, não citados na literatura; (4) a avaliação dos processos geológicos que podem colocar os sítios em risco, e (5) a criação de um banco de dados georreferenciados destinado às fases de interpretação e implementação de projetos geoturísticos. / This work is a contribution to studies of the abiotic nature in protected areas, motivated by the integrated management of natural tourist attractions and the sustainable development of local communities. In order to do so, it was based on the hypothesis that geoenvironmental mapping can characterize and qualitatively evaluate the geodiversity and associated natural heritage of a region, and generate contents appropriate to its interpretation. Alongside, a systematic inventory of the geodiversity sites was carried out, as well as a quantitative evaluation of their potential tourisic uses, in the categories of conventional and adventure turism, educational use, risk of degradation and potential scientific value. The northern region of São Sebastião Island, located in the city-archipelago of Ilhabela, in the state of São Paulo, Brazil, with an area of 164 km2, was defined as the study area. The choice of this area dues to its inclusion in the State Park of Ilhabela, its significant variability in terms of lithology, geological structures, types of relief and soil, and hydrological conditions, and the reasonable amount of previous information about of the physical environment available. Among the results obtained, the 1:20.000 scale geodiversity map contains characterized and integrated attributes analyzed for 12 units of geodiversity. Geodiversity sites with the greatest potential for the implementation of geoturistic projects were identified, in addition to those with a scientific value in terms of state relevance. From the volume of data generated, a proposal of interpretive material was made aimed at the promotion of geotourism in Ilhabela. Finally, it was concluded that the proposal of geoenvironmental mapping in the geoconservation strategy is adequate as its results optimize: (1) obtaining scientific content about the visited sites, (2) the definition of representative themes of local geodiversity, (3) the recognition of new sites with scientific value, not mentioned in the literature, (4) the assessment of geological processes which may put the sites at risk, and (5) the creation of a georeferenced database for the phases of interpretation and implementation of geotourism projects. / CNPq: 165800/2014-3 / CAPES: 165800/2014-3 / CAPES: 88881.134213/2016-01
9

Geodiversidade em ambientes costeiros: discussões e aplicações no setor sudeste da Ilha do Maranhão, MA-Brasil

Rabelo, Thiara Oliveira 23 February 2018 (has links)
Submitted by Automação e Estatística (sst@bczm.ufrn.br) on 2018-05-02T23:42:23Z No. of bitstreams: 1 ThiaraOliveiraRabelo_DISSERT.pdf: 13691698 bytes, checksum: 8476c04a44a357d1dd277d7f51c777b3 (MD5) / Approved for entry into archive by Arlan Eloi Leite Silva (eloihistoriador@yahoo.com.br) on 2018-05-08T18:57:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 ThiaraOliveiraRabelo_DISSERT.pdf: 13691698 bytes, checksum: 8476c04a44a357d1dd277d7f51c777b3 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-05-08T18:57:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ThiaraOliveiraRabelo_DISSERT.pdf: 13691698 bytes, checksum: 8476c04a44a357d1dd277d7f51c777b3 (MD5) Previous issue date: 2018-02-23 / A Geodiversidade corresponde a variedade de ambientes geológicos, fenômenos e processos ativos geradores de paisagens, rochas, minerais, fósseis e outros depósitos superficiais que constituem a base para a vida na Terra.. É no cenário de proteção ambiental que evidenciamos a Geodiversidade em ambientes costeiros, que se constituem como áreas frágeis e de intensa dinâmica ambiental. Neste contexto, destaca-se nesta pesquisa o ambiente costeiro do setor sudeste da Ilha do Maranhão, que atualmente é considerado como uma das áreas de expansão urbana da Ilha e possui poucos estudos voltados para sua dinâmica geoambiental. Este estudo, busca compreender o potencial da Geodiversidade do ambiente costeiro sudeste da Ilha do Maranhão por meio da identificação dos locais de interesse geodiverso, que sirva como subsídio para o planejamento destes recursos na área. Esta pesquisa foi desenvolvida segundo a concepção da abordagem geossistêmica e de procedimentos metodológicos como: Levantamento e análise de material bibliográfico e cartográfico, análise do potencial da geodiversidade, inventariação de pontos de interesse, identificação dos serviços prestados pela geodiversidade e quantificação dos pontos de interesse inventariados e análise e discussão dos dados e discussões levantados durante a pesquisa. A compreensão da Geodiversidade da área possibilitou a divisão de unidades de paisagem da Geodiversidade para a área e a partir destas inferências foram inventariados oito pontos de interesses relacionados a Geodiversidade na planície costeira do setor sudeste da Ilha do Maranhão, e partir do uso de técnicas qualitativas e quantitativas foi possível identificar seus valores potenciais categorizados entre valor de uso turístico, valor de uso científico, valor de conservação e sua relevância com base na metodologia de Pereira (2010). Estas informações contribuem para maior detalhamento das características locais, que ainda possuem poucos estudos voltados para este setor e como base para estudos posteriores e ações de planejamento e gestão da área que está em processo expansão urbana. / Geodiversity corresponds to the variety of geological environments, phenomena and active processes that generate landscapes, rocks, minerals, fossils and other surface deposits that form the basis for life on Earth. It is in the environmental protection scenario that we show Geodiversity in coastal environments, which are fragile areas and intense environmental dynamics. In this context, the coastal environment of the southeastern sector of the Island of Maranhão, which is considered one of the urban expansion areas of the Island, has few studies focused on its geoenvironmental dynamics. This study seeks to understand the potential of Geodiversity of the southeast coastal environment of the Island of Maranhão through the identification of geodiverse sites of interest, which serves as a subsidy for the planning of these resources in the area. This research was developed according to the design of the geosystemic approach and methodological procedures such as: Survey and analysis of bibliographical and cartographic material, analysis of the potential of geodiversity, inventory of points of interest, identification of services provided by geodiversity and quantification of points of interest inventoried and analysis and discussion of the data and discussions raised during the research. The understanding of the Geodiversity of the area allowed the division of geodiversity landscape units to the area and from these inferences eight points of interest related to Geodiversity in the coastal plain of the southeast sector of the Island of Maranhão were inventoried and from the use of qualitative techniques and quantitative variables, it was possible to identify their potential values categorized as tourist use value, scientific use value, conservation value and its relevance based on the methodology of Pereira (2010). This information contributes to a greater detail of the local characteristics, which still have few studies focused on this sector and as a basis for further studies and planning and management actions of the area that is in the process of urban expansion.
10

Geodiversidade das áreas adjacentes à Cadeia submarina de Vitória-Trindade: construção e aplicação de um modelo de compartimentação em macroescala do assoalho oceânico

MAIA, Maria Adelaide Mansini January 2014 (has links)
Submitted by Priscila Ururahy (priscila.ururahy@cprm.gov.br) on 2014-10-22T12:08:10Z No. of bitstreams: 1 Diss_Adelaide_Maia.pdf: 12428996 bytes, checksum: f98c8cacf0d6d1eee43f9cd1a957447d (MD5) / Approved for entry into archive by Flasleandro Oliveira (flasleandro.oliveira@cprm.gov.br) on 2014-10-28T18:14:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Diss_Adelaide_Maia.pdf: 12428996 bytes, checksum: f98c8cacf0d6d1eee43f9cd1a957447d (MD5) / Approved for entry into archive by Flasleandro Oliveira (flasleandro.oliveira@cprm.gov.br) on 2014-10-28T18:14:51Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Diss_Adelaide_Maia.pdf: 12428996 bytes, checksum: f98c8cacf0d6d1eee43f9cd1a957447d (MD5) / Made available in DSpace on 2014-10-28T18:15:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Diss_Adelaide_Maia.pdf: 12428996 bytes, checksum: f98c8cacf0d6d1eee43f9cd1a957447d (MD5) / O conhecimento da geodiversidade marinha possibilita a análise da influência dos aspectos geológicos na geração das paisagens marinhas, parâmetros oceanográficos, depósitos minerais, risco geológico, geoconservação, relações de apoio à biodiversidade, uso e ocupação, dentre outros, explicitando as suas adequabilidades e limitações frente aos diversos usos e à ocupação, permitindo, dessa forma, uma visão integrada da dinâmica e dos processos geológicos ocorrentes nas margens continentais e bacias oceânicas. Objetiva-se, com o presente estudo, apresentar um modelo conceitual para caracterização da geodiversidade marinha da região da Cadeia de montes vulcânicos submarinos de Vitória-Trindade e áreas adjacentes, Atlântico Sul, por meio da construção e aplicação de um modelo de compartimentação em macroescala do assoalho oceânico. Os resultados obtidos visam à orientação de futuros levantamentos da geodiversidade na Plataforma Continental Jurídica Brasileira e áreas adjacentes, no âmbito das 200 milhas náuticas da Zona Econômica Exclusiva brasileira. Como procedimento metodológico, foram analisados, em ambiente de sistema de informação geográfica, dados batimétricos, geológicos, geofísicos, ambientais e de uso e ocupação disponíveis na literatura e em bancos de dados institucionais. A integração desses dados resultou no Mapa Geodiversidade das Áreas Adjacentes à Cadeia submarina de Vitória-Trindade, abordando aspectos morfofisiográficos e da geologia superficial do assoalho marinho da região. Os resultados obtidos relatam importantes registros de interesse científico e educacional sobre a história geológica da margem continental leste brasileira e do Atlântico Sul; potencial para usos diversos, aspectos restritivos geológico, ambientais e legais; e aspectos funcionais e de apoio à biodiversidade, associados a valores científicos, ambientais, econômicos, educativos e geoturísticos da geodiversidade

Page generated in 0.0409 seconds