• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 41
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 41
  • 13
  • 10
  • 9
  • 9
  • 9
  • 9
  • 8
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 7
  • 6
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Ressonância paramagnética eletrônica do íon Gd3+, em hidretos metálicos do tipo fase de laves AB2Hx

Cante, Manuel Venceslau 15 July 1988 (has links)
Orientador: Jose Suassuna Filho / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Fisica Gleb Wataghin / Made available in DSpace on 2018-07-14T18:42:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Cante_ManuelVenceslau_M.pdf: 3094494 bytes, checksum: 1d179682256570ea16c82d8649932189 (MD5) Previous issue date: 1988 / Resumo: Os hidretos LaRu2Hx, YRh2Hx e YNi2Hx dopados com o ion paramagnético Gd3+, com a concentração de hidrogênio, x, no intervalo de 0 a 5, foram investigados mediante a técnica de Ressonância Paramagnética Eletrônica (RPE), na faixa de temperatura entre 1,5 K e 4,2 K, e os hidretos CeRu2Hx por medidas de susceptibilidade magnética AC. Em concentrações intermediárias de hidrogênio, os espectros de ressonância do Gd3+ nos hidretos LaRu2Hx apresentam duas linhas de ressonância: uma em g = 1,817 e outra em g = 2.08. Associamos estas linhas à fase-a , baixa concentração de hidrogênio, e fase-b , onde o hidreto propriamente dito encontra-se formado. Para concentrações próximas à de saturação, apenas a linha associada a fase-b , g = 2,08, foi observada. Observamos também que a supercondutividade do composto LaRu2 é parcialmente suprimida em concentrações intermediarias de hidrogênio e totalmente suprimida na saturação, fase-b . Para o YNi2Hx, a exemplo do que ocorreu no LaRu2Hx, duas linhas de ressonância do Gd3+ foram observadas, porém, superpostas em g = 1.996. Detectamos apenas uma linha de ressonância do Gd3+ nos hidretos YRh2Hx. Com o fator-g deslocando-se em função da concentração de hidrogênio de g = 1,995, na matriz não hidrogenada, para g = 2,003 em x = 5. As medidas de susceptibilidade magnética AC, efetuadas nos hidretos CeRU2Hx, evidenciam, devido à absorção de hidrogênio, os seguintes efeitos: i) o caráter supercondutor do CeRu2 é parcialmente suprimido em concentrações intermediárias de hidrogênio e, na saturação (x = 5), a supressão é total. Isto indica a coexistência de duas fases (a e b) na composição destes hidretos; ii) o hidrogênio induz uma transição tipo antiferromagnética (Tm @ 1,3 K), na fase-b dos hidretos. Esta transição está associada à mudança de valência do Ce de Ce4+ (4f0) no composto CeRu2 para Ce3+ (4f1) na fase b destes hidretos. A análise de nossos resultados foi efetuada em termos do modelo de multibandas em metais, do modelo de banda rígida (protônico e aniônico), utilizado para interpretar as principais características físicas de hidretos metálicos, e do modelo de transferência de cargas de Miedema. Para uma melhor compreensão dos resultados recorremos também a princípios fundamentais de estrutura de bandas em sólidos. Nossos resultados, além de sugerir a transferência de cargas no sentido átomos de hidrogênio ® estados de banda da matriz hospedeira, fornecem evidências de que a estrutura de banda da matriz metálica desempenha papel fundamental na formação e nas propriedades físicas dos hidretos metálicos / Abstract: The ternary intermetallic hydrides LaRu2Hx, CeRu2Hx, YRh2Hx and YNi2Hx, doped with Gd3+ ions, were investigated in function of both the hydrogen concentration, x, and temperature. A single EPR line was observed for Gd in the uncharged LaRu2 compound (x = O) in the normal state. The EPR parameters were found in good agreement with the previously published data. Two well resolved Gd3+ EPR lines were found in the region of intermediate hydrogen concentration (0.5 £ x £ 3), while a single line with g-value (g = 2.087) was observed for high hydrogen concentration (x @ 4.5). Our results clearly indicate that LaRu2Hx is a double-phase hydride with a low hydrogen concentration phase, a-phase, and a high hydrogen concentration, b-phase. Both phases coexist for intermediate hydrogen concentration (0.5 £ x £ 4.5). CeRu2 is a superconducting compound with transition temperature Ts = 6.18 K. The hydrogen absorption leads to a suppression of de superconducting behavior and appearance of a magnetic ordering transition at T = 1.3 K. These effects were explained in terms of a change in cerium valence of Ce@4+ (4f0) in the CeRu2 for C3+ (4f1) in the CeRu2H5. Only moderate effects on the EPR properties of YRh2 and YNi2 were observed upon hydrogen absorption. The analysis and discussion of our results were performed in terms of the multiband model for EPR of rare earth impurities in metal and the rigid band (protonic and anionic) model for hydrogen absorption in metallic systems. Some aspect of the band structure theory were useful for the understanding of the changes introduced by hydrogen on the physical properties of intermetallic compounds investigated here / Mestrado / Física / Mestre em Física
2

Contribuição ao estudo da absorção infravermelha por modos localizados do ion H- em cristais de CaF2:Er3+:H-, CaF2:Dy3+:H- e CaF2:Y3+:H-, utilizando-se um laser de CO2

Vasconcellos, Elza da Costa Cruz, 1942- 18 July 1978 (has links)
Orientador: Sergio P. S. Porto / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Fisica Gleb Wataghin / Made available in DSpace on 2018-07-17T01:11:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Vasconcellos_ElzadaCostaCruz_D.pdf: 3048985 bytes, checksum: c6fe4debd2bd3cff38f0d0afb60ffb8c (MD5) Previous issue date: 1978 / Resumo: Relatamos contribuições originais ao estudo de modos localizados de íons H- em cristais de fluoreto de cálcio (inicialmente puros ou dopados com os terras-raras Er3+, Dy3+ e com Y3+)hidrogenados. Investigamos, no regime de altas potências, efeitos da temperatura da amostra e da intensidade do feixe incidente sobre as características da absorção ressonate, no IV, devida aos modos localizados do íon H-. Um laser de CO2 operando com chaveamento Q com pulsos de 600 nseg e alguns kw de potência em cada linha foi, então, especialmente construído para esta experiência. Observamos o deslocamento das frequências fundamentais dos modos em função da temperatura a que foram submetidas as amostras no intervalo de 20 K a 240 K. Explorando este efeito conseguimos localizar e identificar, essencialmente, todas as linhas de absorção encontradas anteriormente em trabalho de espectroscopia IV comum (baixas intensidades), em cristais de CaF2: TR3+: H-, associadas ao íon H- em sítios de simetria C4v e Td. Para isto, fixamos uma particular linha do laser, quase ressonante com a frequência do modo localizado, e pela variação da temperatura da amostra a colocamos em ressonancia com a frequência do modo. Particularmente um estudo sistemático da absorção por um modo localizado com simetria C4v da amostra de CaF2: Dy3+ H- revelou: a ) uma mudança gradual da forma da linha de absorção e um perfil tipicamente gaussiano a baixas temperaturas para um perfil lofentziano a temperatura mais altas; b ) um alargamento da linha de absorção com o aumento da temperatura o qual pôde ser definido a partir de nossos resultados experimentais, em termos da dependência: Dw = Dw0 + aT n , para T ³ 80 K com Dw0 = 1Dw0 cm-1, a = 2,6x10-3 cm-1 K-1,5 e n = 1,5 ; c ) um deslocamento térmico da frequência de pico do modo localizado, com uma dependência na temperatura T, expressa, a partir dos nossos dados experimentais, por wT = wT0 + a(T -T0) , para T ³ 65 K com a = - 4,7x10-2 cm-1/ K e T0 arbitrário porém ³ 65K. Tal dependência é consistente com um deslocamento térmico devido basicamente ao processo de expansão térmica da rede da matriz cristalina. Investigando o modo localizado com simetria Td, no cristal de CaF2: H- (puro), cuja frequência à 77 K é de 963,3cm-1, constatamos a presença de um modo adicional, não reportado anteriormente, para o qual registramos uma frequência de 963,3 cm-l à 140 K. Tentativamente o associamos a uma linha satelíte da transição fundamental originária de acoplamento do íon H- à impureza espúria, ou à vacância, em sítios do CaF2: H- onde a simetria Td é quebrada pelos citados acoplamentos. Constatamos ainda a presença de efeitos não lineares no comportamento da absorção em função da intensidade do laser, pelos modos C4v sistemas CaF2: TR3+ : H-. Estes foram observados com maior detalhe na amostra de CaF2: Dy3+: H- e apresentam as seguintes características : a ) a "baixas" intensidades ocorre um aumento na transmissão o qual associamos a um aquecimento local da amostra pelo feixe do laser ocasionando um deslocamento da frequência de pico do modo, com a consequente variação na transmissão; b ) a altas intensidades o aumento observado na transmissão, é por nós explicado pela preponderância sobre aquele efeito térmico, dos efeitos associáveis ao aparecimento da saturação da absorção do feixe pela amostra / Abstract: Not informed. / Doutorado / Física / Doutor em Ciências
3

Pre-concentração e determinação de selenio por espectrometria de absorção atomica com geração de hidreto em um sistema de analise por injeção em fluxo

Coelho, Nivia Maria Melo 21 July 2018 (has links)
Orientador: Nivaldo Baccan / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Quimica / Made available in DSpace on 2018-07-21T02:58:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Coelho_NiviaMariaMelo_D.pdf: 3027974 bytes, checksum: 9538235be9bed071e20ea4921c009633 (MD5) Previous issue date: 1995 / Doutorado
4

Aspectos da natureza da geometria molecular de hidretos DI-E triatomicos

Custodio, Rogério, 1958- 14 July 2018 (has links)
Orientador : Yuji Takahata / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Quimica / Made available in DSpace on 2018-07-14T18:38:52Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Custodio_Rogerio_D.pdf: 7025941 bytes, checksum: 7bd0cb6c524d702dbb5f8bc1f77150ba (MD5) Previous issue date: 1988 / Doutorado
5

Determinação de elementos formadores de hidretos e mercúrio em amostras ambientais e biológicas com amosttagem em suspensão por geração química de vapor acoplada à espectrometria de emissão óptica com plasma indutivamente acoplado

Santos, Éder José dos January 2007 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Programa de Pós-graduação em Química / Made available in DSpace on 2012-10-23T00:19:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 245017.pdf: 897369 bytes, checksum: 9a695066d9c6c4501151d944f27f6611 (MD5) / O desenvolvimento de metodologia analítica para a determinação de elementos formadores de hidretos e mercúrio em amostras ambientais e biológicas, com amostragem em suspensão, por espectrometria de emissão óptica com plasma indutivamente acoplado com observação axial após geração química de vapor em linha (CVG-ICP OES) é apresentado. Inicialmente, cinco procedimentos diferentes foram avaliados para a determinação de Hg em 11 amostras biológicas, sedimentos e lodos, sendo escolhido o que utilizou água régia e 30 min de ultra-som, com limite de quantificação (LOQ) de 0,12 g g-1. Este mesmo procedimento, mas, com adição de 50 g L-1 de Ge(IV), empregado como padrão interno, foi aplicado na determinação simultânea de As, Hg, Sb, Se e Sn em quatro amostras de referência certificadas e nove amostras reais de sedimentos. Os LOQ foram, em g g-1: 0,75 (As); 0,12 (Hg); 0,40 (Sb); 0,12 (Se) e 12 (Sn). Para a determinação do Hg e Se em amostras biológicas, sete procedimentos diferentes foram avaliados, sendo o mais adequado o que empregou K2S2O8 e HCl 6 mol L-1, com LOQ de 0,15 g g-1 (Hg) e 0,21 g g-1 (Se), sendo aplicado na análise de cinco amostras biológicas de referência certificadas e seis amostras reais de ostras. Para a determinação simultânea de Pb e Sn, amostras de sedimentos e lodos foram tratadas com água régia, ultra-som e (NH4)2S2O8 obtendo-se LOQ de 9,0 g g-1(Pb) e 2,1 g g-1 (Sn). A quantificação dos analitos foi realizada em seis amostras de referência certificadas e nove amostras reais de sedimentos. Em todos os procedimentos, as concentrações dos reagentes e os parâmetros instrumentais do ICP OES foram otimizados empregando-se análise fatorial. Os procedimentos recomendados permitem utilizar soluções padrão aquosas no mesmo meio das suspensões, com calibração externa, sendo obtida ótima linearidade para todos os analitos e todos se apresentaram com precisão e exatidão aceitáveis.
6

Síntese e caracterização das propriedades estruturais, microscópicas e hiperfinas de nanoestruturas à base de Ti-Fe-Ni e as modificações produzidas pela absorção de hidrogênio

Rodríguez Martínez, Marco Antonio 10 March 2014 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Física, 2014. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2014-11-21T15:45:41Z No. of bitstreams: 1 2014_MarcoAntonioRodriguezMartinez.pdf: 14855486 bytes, checksum: b3d63d48deaf042219ce4a4a762a3155 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-11-24T12:54:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_MarcoAntonioRodriguezMartinez.pdf: 14855486 bytes, checksum: b3d63d48deaf042219ce4a4a762a3155 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-11-24T12:54:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_MarcoAntonioRodriguezMartinez.pdf: 14855486 bytes, checksum: b3d63d48deaf042219ce4a4a762a3155 (MD5) / Neste trabalho, apresenta-se o estudo experimental da série TiFexNi1-x e o seu hidreto. A série com x=0,3; 0,5; 0,7; 0,9 e 1,0 foi preparada com forno de arco em atmosfera de argônio. Foram fundidos três botões do intermetálico com x=0,5. Um dos botões foi moído num moinho de bolas, o segundo foi moído adicionando-se 10% em peso de grafite e o terceiro foi mantido como preparado (bulk). Os três botões foram hidrogenados usando o método Sievert. Os difratogramas de raios-X indicaram que toda a série TiFexNi1-x formou na estrutura cristalina cúbica tipo CsCl (B2) com grupo espacial Pm3m. A dependência lineal do parâmetro de rede com a concentração x pode ser explicado usando a lei de Vegard. Nas amostras moídas (sem e com grafite) se observou um alargamento dos picos de difração, o qual foi associado à presença de nanoestruturas que mantiveram a estrutura cúbica B2. A amostra TiFe0.5Ni0.5 bulk hidrogenada mostrou a coexistência de duas fases principais: a fase a, que absorve muito pouco hidrogênio, e mantém a estrutura B2 e a fase ß, que absorve uma maior quantidade de hidrogênio e se forma na estrutura ortorrômbica, de grupo espacial P2221. Na amostra moída sem a adição de grafite se observou a formação da fase ß. Já para a amostra moída com grafite, se observou a formação da fase ? (fase rica em hidrogênio) de estrutura ortorrômbica com grupo espacial Cmmme a fase a. Através da estimativa dos tamanhos dos possíveis sítios intersticiais ocupados pelo hidrogênio se sugeriu uma maior probabilidade de ocupação do sítio 4e na fase ß e 4e, 2c e 2a na fase ?. A medida de espectroscopia Mössbauer obtida à temperatura ambiente para a liga intermetálica TiFe0.5Ni0.5 bulk foi ajustado com um singleto e indicou que o deslocamento isomérico (IS) apresenta um valor muito próximo ao da liga TiFe (dentro da faixa de erros). Os espectros Mössbauer da amostra bulk hidrogenada foram ajustados com um singleto e um dubleto. Estas componentes foram associadas à fase a e fase ß, respectivamente. Na fase ? não se observou variação notória no IS; já na fase ß, o IS teve um incremento de +0.195mm/s com relação à liga sem hidrogênio. Este incremento foi associado a uma diminuição na densidade eletrônica “s” na posição do núcleo Mössbauer. Considerando uma variação de volume da célula unitária relativa ?V/V~0.1 na fase ß e usando os valores de (?IS/?lnV) reportados na literatura, obtem-se uma variação do IS associada à variação de volume de ??IS?_vol~+0.133 a +0.154 mm/s. Estes valores não explicam completamente o resultado experimental de ??IS?_t=+0.195 mm/s, sendo necessário incluir uma contribuição eletrônica. Por outro lado, as distorções produzidas pelo hidrogênio quebram a simetria cristalina e se manifestam através de um desdobramento quadrupolar (DQ) não nulo na fase ß. Através do modelo de cargas pontuais e desprezando a contribuição eletrônica para o gradiente de campo elétrico, o DQ obtido experimentalmente pode ser explicado através da contribuição da rede, para o qual a carga efetiva dos primeiros vizinhos (átomos de Ti) foi estimada em q^'~+2.6e. Os resultados obtidos por microscopia eletrônica de varredura mostram uma diferença marcada entre o composto intermetálico e seu hidreto. No intermetálico se observa uma morfologia tipo blocos de pedras; já na amostra hidrogenada, observou-se fissuras superficiais muito finas as que podem ter sido provocadas pela difusão de hidrogênio para formar a fase ß. Após a moagem, se observou a formação de aglomerados porosos tipo couve-flor, que por sua vez, estão conformadas por agregados de pequenas lascas com morfologia tipo “pipoca”. Após a hidrogenação, observa-se um maior número de partículas soltas coexistindo com poucos agregados. Neste caso, as partículas parecem ter tamanho maior que as partículas antes da hidrogenação o que é consistente com os resultados obtidos por difração de raios X. Através das imagens da amostra TiFe0.5Ni0.5 moída com grafite, pode-se notar que o grafite evitou a formação de aglomerados. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / In this work, the experimental study of the TiFexNi(1-x) intermetallic alloy and its hydride is presented. Samples with x = 0,3; 0,5; 0,7; 0,9 and 1,0 were prepared with an voltaic-arc furnace under argon atmosphere. Three pellets of the intermetallic alloy with x = 0,5 have been melted. One of these pellets was milled in a ball milling instrument, the second one was ball-milled with 10 wt% of graphite, and the third one was kept as prepared (bulk).The three samples were hydrogenated by using the Sievert method. XRD patterns analysis indicated that all samples (x = 0,3; 0,5; 0,7; 0,9 and 1,0) form in the cubic crystal structure of CsCl (B2), with space group Pm3m. The linear dependence of the lattice parameter on the Fe concentration (x) is well explained by the Vegard’s law. In the milled samples (with and without graphite), it has been observed a roadening of the diffraction peaks that we associated with the presence of nanostructured grains which kept the cubic B2 structure. After hydrogenation, the TiFe0;5Ni0;5 bulk sample showed the coexistence of two main phases: the α phase with B2 structure, which absorbs small amount of hydrogen, and the β phase, which absorbs a larger amount of hydrogen and is formed in orthorhombic structure, with space group P2221. For the milled sample without the additional graphite, it was observed the formation of the β. However, for the graphite-milled sample, besides the phase, it has been observed the formation of a phase (a hydrogen-rich phase), which has an orthorhombic structure with space group Cmmm. From the estimation of the interstitial sites,size likely occupied by hydrogen atoms,it is suggested a higher occupation probability of the 4e site in the β phase and 4e, 2a and 2c in the γ phase. The analysis of the Mössbauer spectrum of the intermetallic TiFe0;5Ni0;5 alloy (bulk) obtained at room temperature indicated an isomer shift (IS) value similar to that one of TiFe alloy (within the uncertainty range). The Mössbauer spectra of the ydrogenated sample were well-fitted with a singlet and a doublet. These components were associated with the α and β phases, respectively. No remarkable change was observed for the IS in the α phase, however, in the β phase, the IS showed a relative increase of + 0.195 mm/s with respect to the alloy without hydrogen. This in crease has been associated with a decrease in the "s"electron density at the Mössbauer nucleus. Considering the variation of unit cell volume of 4V/V ~ 0,1 in the β phase and using the values of (θIS / θ ln V) reported in the literature, we obtain a change in the IS value associated with the volume change of 4ISvol ~ + 0,133 to + 0,154 mm/s. These values do not explain the value of 4ISt = + 0,195 mm/s and it is necessary to include an electronic contribution. On the other hand, the distortions produced by the hydrogen atoms break the crystal symmetry and they manifested themselves by the appearance of a nonzero quadrupole splitting (QS) in the β phase. By using a point charge model and neglecting the electron contribution to the electric field gradient, the QS btained experimentally can be modeled by the lattice contribution, in which case an effective charge of the nearest neighbors (Ti atoms) of q0 ~ + 2,6e has been estimated. Results obtained by scanning electron microscopy showed a marked difference between the intermetallic compound and its hydride. In the intermetallic alloy, a morphology of stonelike blocks has been observed, meanwhile in the hydrogenated sample surface cracks were observed, which may have been caused by the diffusion of hydrogen to form the β phase. The milling process brittles the stone type blocks and forms porous clusters of auliflower shapes. In turn, this cauliflower shapes are conformed by aggregates of small chips with "popcorn"morphology. After hydrogenation, it was observed a large number of isolated particles which coexist with few aggregates. In this case, the particles seem to have a larger size than the one observed in the non-hydrogenated sample. This is consistent with the X-ray diffraction results. Images of TiFe0;5Ni0;5 sample milled with graphite, reveals that the presence of graphite prevents the formation of agglomerates.
7

Armazenamento de hidrogenio em hidretos metalicos : os hidretos de ligas de magnesio-niquel

Silva, Ennio Peres da, 1956- 23 July 1981 (has links)
Orientador: Marcus Guenter Zwanziger / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Fisica Gleb Wataghin / Made available in DSpace on 2018-07-16T23:37:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Silva_EnnioPeresda_M.pdf: 1811329 bytes, checksum: 7874b22e7de25b1e31c715e88fd5ea09 (MD5) Previous issue date: 1981 / Resumo: A utilização do hidrogênio como matéria prima ou como vetor energético requer uma solução apropriada ao problema de seu armazenamento. O armazenamento a altas pressões e/ou baixas temperaturas não são satisfatórias, uma vez que requerem instalações especiais e exigem muita energia no processo. Uma solução possível e bastante promissora se refere à utilização de certas ligas metálicas que possuem a propriedade de formarem hidretos relativamente instáveis. Nesse caso consegue-se armazenar hidrogênio a uma densidade superior ao hidrogênio liquido à temperatura ambiente e a baixas pressões. Neste trabalho apresentamos um relato sucinto das teorias correntes relativas à forma com que o hidrogênio se apresenta no interior da rede metálica e à aplicação da regra de Van't Hoff para determinar-se as propriedades termodinâmicas dos hidretos metálicos. Fundimos ligas metálicas de Magnésio-Níquel com diversas percentagens de níquel, contendo pequenas quantidades de terras raras. As amostras foram analisadas por Metalografia ótica, Microscopia Eletrônica e Espalhamento de Raios-X em Pó, determinando-se suas composições e processos de formação. Estabeleceram-se suas propriedades relevantes às aplicações no armazenamento de hidrogênio: capacidade de armazenagem, velocidades de absorção/dessorção, temperatura de trabalho, pressões de equilíbrio, propriedades termodinâmicas. Uma liga foi selecionada para produção em massa. Desenvolveu-se processo de produção dessa liga em quantidade considerável. O produto foi utilizado na construção de um tanque de armazenamento de hidrogênio desenhado para ser instalado em veículo automotivo, que foi testado e correspondeu às expectativas de projeto. O tanque pesa 46,3 Kg, ocupa um volume de 21 l, e retém 10 Nm3 de hidrogênio a 1 atm e 20°C / Abstract: The massive and common use of hydrogen as an energy carrier requires an adequate solution to the problem of storing it. High pressures or low temperatures are not entirely satisfactory, having each a limited range of applications. Reversible metal hydrides cover a range of applications intermediate to high pressure gas and low temperature liquid hydrogen, retaining very favorable safety and energy density characteristics, both for mobile and stationary applications. This work demonstrates the technical viability of storing hydrogen in metal hydrides of magnesium-nickel alloys. Al so, it shows that technology, a product of science, can be generated within an academic environment, of the goal is clear, the demand outstanding and the means available. We review briefly theoretical models relating to metal hydride properties, specially the thermodynamics properties relevant to this work. We report our experimental results on hydrides of magnesium-nickel alloys of varions compositions including data on structure, hydrogen storage capacities, reaction kinetics, pressure-composition isotherms. We selected a promising alloy for mass production, built and tested a modular storage tank basead on the hydrides of the alloy, with a capacity for storing 10 Nm3 of hydrogen of 1 atm and 20°C. The tank weighs 46,3 Kg and has a volume of 21 l / Mestrado / Física / Mestre em Física
8

Estratégias analíticas para análise de especiação de arsênio, antimônio e selênio em amostras ambientais usando amostragem por suspensão e HG AAS

Macedo, Samuel Marques January 2010 (has links)
101 f. / Submitted by Ana Hilda Fonseca (anahilda@ufba.br) on 2013-04-05T14:35:00Z No. of bitstreams: 1 Tese Samuel Marques Macedo.pdf: 1053150 bytes, checksum: be91e29f4ed99985c281e793d1f397c3 (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Hilda Fonseca(anahilda@ufba.br) on 2013-05-09T12:37:12Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Tese Samuel Marques Macedo.pdf: 1053150 bytes, checksum: be91e29f4ed99985c281e793d1f397c3 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-05-09T12:37:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tese Samuel Marques Macedo.pdf: 1053150 bytes, checksum: be91e29f4ed99985c281e793d1f397c3 (MD5) Previous issue date: 2010 / CNPq / Um procedimento analítico simples e rápido foi desenvolvido para a determinação de As em amostras de sedimento e determinação de As, Sb e Se em amostras de material particulado atmosférico por geração de hidreto acoplado ao espectrômetro de absorção atômica (HG-AAS). Procedimentos de amostragem de suspensão foram avaliados quanto a determinação de As, Sb e Se inorgânicos por geração de hidreto acoplado a AAS, usando HCl e sonicação por 30 min. As amostras foram preparadas com KI e ácido ascórbico para determinação de As e Sb total e com HCl 8 mol L-1 em banho de ultra-som para a determinação de Se total. Para a determinação seletiva de As (III) foi usado tampão ácido cítrico/citrato, para Sb (III) foi usado ácido cítrico e Se (IV) foi determinado considerando que Se (VI) não forma hidreto. Suspensões das amostras foram tratadas com NaBH4 para obter o hidreto correspondente. O procedimento foi otimizado para taxa de fluxo de NaBH4, concentração de NaBH4 e HCl usando planejamento fatorial dois níveis completo e também um planejamento Box-Behnken para As e Sb e usando planejamento fatorial dois níveis completo para Se. A preparação das suspensões com HCl em ultra-som permitiu a determinação de As, Sb e Se total com limites de detecção de 0,1, 0,05 e 0,1 μg L−1, respectivamente e As (III), Sb (III) e Se (IV) com limites de detecção de 0,3, 0,1 e 0,3 μg L−1 respectivamente. A exatidão do método foi confirmada pela análise de materiais de referência certificado de sedimento marinho (MESS-2 e MESS-3) e poeira urbana (1649a), ao passo que o procedimento permite a calibração com padrões aquosos. Concentrações encontradas nas amostras variaram de 2,81 a 5,38 mg kg−1 para As total (RSD < 5 %), de 0,59 a 1,25 mg kg−1 para As (III) (RSD < 8%), em material particulado atmosférico variaram de 9,1 a 19,0 ng m−3 para As total (RSD < 4 %), de 2,7 a 11,0 ng m−3 As (III) (RSD < 5 %) e para Sb total variaram de 0,49 a 0,63 ng m−3 (RSD < 9 %). Nas amostras analisadas de material particulado atmosférico, as concentrações de Sb (III) ficaram abaixo do limite de quantificação. O selênio foi determinado somente no SRM 1649a. / Salvador
9

Amostragem em suspensão de sedimentos, carvões e cinzas para a determinação de As e Sn por HG - GF AAS com retenção no tubo de grafite recoberto com modificador permanente

Vieira, Mariana Antunes January 2003 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Programa de Pós-Graduação em Química. / Made available in DSpace on 2012-10-20T14:35:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 198725.pdf: 715675 bytes, checksum: f743f8056c3e90ce0abe49e7f06016f6 (MD5) / Uma metodologia simples, eficiente e reprodutível é proposta para a determinação de As e Sn em amostras de interesse ambiental, fazendo uso da amostragem em suspensão e determinação por HG-GF AAS. Na otimização do preparo das suspensões, condições como concentração de ácidos, tempo de repouso e tamanho da partícula foram estudados. Os principais parâmetros do sistema de geração químico de vapor como concentração de agente redutor, volume de injeção de amostra e tempo de reação foram avaliados. Os programas de temperatura do forno de grafite para as determinações de As e Sn foram otimizados para cada tipo de modificador permanente. No caso específico do Sn, avaliaram-se três modificadores permanentes (Th, W e Ir) para a retenção dos analitos na superfície do tubo de grafite, enquanto para o As somente se utilizou o Ir. Para ambos os analitos, duas metodologias de calibração foram testadas: a convencional com soluções padrão aquosas e a técnica de calibração por adição. A metodologia desenvolvida para a determinação de As foi validada pela análise de 11 materiais de referência certificada. Boa concordância com os valores certificados foi obtida, quando se utilizou o método da calibração por adição. Para o Sn, a exatidão foi avaliada pela análise de 8 materiais de referência certificados. Usando a calibração externa convencional, resultados concordantes com os valores certificados, somente foram obtidos para as amostras de sedimento. Para os carvões, foi necessário usar a calibração por adição. O método também foi aplicado na análise de 4 sedimentos coletados em diferentes pontos da região costeira da Ilha de Santa Catarina.
10

Síntese e caracterização de compostos intermetálicos RMX (R=terra rara, M=metal de transição, X=elemento p) armazenadores de hidrogênio : materiais volumosos e nanomateriais

André Filho, José 21 December 2015 (has links)
Tese (doutorado)Universidade de Brasília, Instituto de Física, Programa de Pós-Graduação em Física, 2015. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-04-20T13:15:42Z No. of bitstreams: 1 2015_JoséAndréFilho.pdf: 174721494 bytes, checksum: 6010a74f808c9e005a953a66acf244cc (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2016-05-04T21:21:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_JoséAndréFilho.pdf: 174721494 bytes, checksum: 6010a74f808c9e005a953a66acf244cc (MD5) / Made available in DSpace on 2016-05-04T21:21:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_JoséAndréFilho.pdf: 174721494 bytes, checksum: 6010a74f808c9e005a953a66acf244cc (MD5) / Ligas intermetálicas sintetizadas com a finalidade de serem usadas como absorvedoras de hidrogênio não são muito estudadas, especialmente no que se refere as suas propriedades básicas. O estudo sistemático de propriedades como, por exemplo, as propriedades magnéticas e elétricas e a sua relação com as propriedades estruturais não tem sido amplamente abordadas. E ainda, o estudo de nanopartículas originadas dessas ligas ainda são menos pesquisadas. Portanto, obter informações detalhadas sobre o efeito que a absorção de hidrogênio produz nas propriedades físicas é de fundamental importância, principalmente quando se pretende dimensionar uma determinada aplicação tecnológica. Neste trabalho realizou-se um estudo sistemático de compostos intermetálicos de fórmula RNiX, onde R = Gd, Ce ou La e X = In ou Sn, sintetizados usando forno de arco. A absorção de hidrogênio destas matrizes intermetálicas foi feita usando o método de Sievert. Com o intuito de melhorar a capacidade de absorção de hidrogênio nestes compostos foram produzidas nanopartículas à partir do intermetálico LaNiSn usando a técnica de “Ball Milling”. Após a síntese, as amostras foram caracterizadas estruturalmente através de difração de raios-X e morfologicamente através de microscopia eletrônica. Estas duas técnicas nos ajudaram a determinar parâmetros estruturais e estimar o tamanho médio das partículas. Também, foi realizado um estudo sistemático das propriedades magnéticas dos compostos GdxCe1−xNiIn e das propriedades hiperfinas dos compostos GdNiSn antes e depois da hidrogenação. Um parâmetro importante abordado foi a avaliação da capacidade de absorção de hidrogênio do LaNiSn em função do tempo de moagem e como essa variação modificou as propriedades físicas do intermetálico sem hidrogenação. / Intermetallic alloys synthesized with the purpose of being used as absorbing hydrogen are not widely studied, especially regarding their basic properties. The systematic study of properties, such as the magnetic and electrical properties and their relationship with the structural properties, have not been addressed satisfactorily. So as the study of nanoparticles produced from these alloys are less researched too. Therefore, detailed information of the effect produced by hydrogen absorption on the physical properties is of fundamental importance, especially when one wants to design a particular technological application. In this work we carried out a systematic study of intermetallic compounds of formula RNiX, where R = Gd, Ce or La and X = In or Sn, synthesized using an arc furnace. The hydrogen absorption of these intermetallic matrixes was made using Sievert's method. In order to improve the hydrogen absorption capacity of these compounds nanoparticles were produced from the intermetallic LaNiSn using the technique of "Ball Milling". After the synthesis, the samples were characterized structurally by X-ray diffraction and morphologically by electron microscopy. These two techniques have helped us to determine structural parameters and estimate the average particle size. Also, was performed a systematic study of the magnetic properties of GdxCe1-xNiIn compounds and hyperfine properties of the GdNiSn compound before and after the hydrogenation. An important parameter was considered is the evaluation of the hydrogen absorption capacity of LaNiSn as function of milling time and how this variation modifies the physical properties of the intermetallic without hydrogenation.

Page generated in 0.0637 seconds