• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 249
  • 6
  • 1
  • Tagged with
  • 257
  • 198
  • 68
  • 56
  • 48
  • 46
  • 41
  • 39
  • 39
  • 37
  • 20
  • 19
  • 19
  • 19
  • 18
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Desenvolvimento de metodologias de ciclização de selenoacetilenos e selenetos vinílicos para formação de heterociclos indólicos

Coelho, Felipe Lange January 2018 (has links)
O presente trabalho descreve o desenvolvimento de métodos sintéticos para a construção regiosseletiva de heterociclos indólicos funcionalizados com grupamentos organosselênio nas posições 2 e 3 do anel. A abordagem sintética envolve reações de hidroaminação intramolecular de selenoacetilenos ou 1,2-bisarilselenil alcenos fornecendo, respectivamente, 2-selenilindóis e 3-selenilindóis. A obtenção regiosseletiva dos indóis foi possível explorando a reatividade dos precursores que fornecem a funcionalização nas posições desejadas a partir de suas características estruturais. O desenvolvimento de um protocolo de síntese para 2-selenilindóis é inédito onde foi promovida a ciclização térmica dos selenoacetilenos sem a necessidade de catalisadores ou aditivos. A conversão dos 1,2-bisarilselenil alcenos em 3-selenilindóis reforça a aplicação sintética desses derivados de selênio e foi realizada empregando bases fortes. Além disso, um novo protocolo de síntese de selenoacetilenos foi desenvolvido aplicando estruturas do tipo arilselenilpirazol na formação de complexos catalíticos de cobre (I). A metodologia tolera diversos grupos funcionais fornecendo os produtos finais com excelente rendimento e quimiosseletividade. As propriedades fotofísicas dos selenilindóis foram investigadas e esses foram aplicados como sensores ópticos em solução para cobre (II) e níquel (II), além de peróxido de benzoíla. Ao longo dos experimentos de identificação dos analitos, observou-se que a presença desses promove o aumento da emissão de fluorescência do fluoróforo acompanhado do deslocamento batocrômico da banda de emissão que podem estar associados à restrição da transferência eletrônica fotoinduzida. / The present work describes the development of protocols for regioselective synthesis of 2- and 3-substituted indoles with selenium derivatives. The synthetic route involves intramolecular hydroamination of selenoacetylenes and vinyl selenides to afford, respectively, 2-selenylindoles and 3-selenylindoles. The regioselective preparation of indole was performed through different intermediates in which the reactivity was exploited to provide the desired position of functionalization. The unprecedented synthetic methodology for 2-selenylindole preparation was performed by thermal cyclization of selenoacetylenes in absence of catalyst or other additives. The conversion of vinyl selenides in 3-selenylindoles was performed using strong bases and this reaction reinforces the synthetic application of these species. Furthermore, a new protocol for the selenoacetylene synthesis was established in which arylselenylpyrazole compounds was investigated as copper (I) ligand. The methodology tolerates a wide range of functional groups and affords the desired products in excellent yields and chemoselectivity. The photophysical properties of selenylindoles were investigated and these compounds were applied as optical sensor for copper (II), nickel (II) and benzoyl peroxide. The assays revealed that the presence of analyte promotes a fluorophere fluorescence emission enhancement with redshifted absorption maximum that can be associated with inhibition of photoinduced eletron transfer.
2

Novas metodologias em química verde para reações de Barbier com Haletos Orgânicos e selenilação de compostos carbonílicos

Santiago Silva, Hércules 31 January 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:00:08Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6564_1.pdf: 2162761 bytes, checksum: fe9fb6d75f10ab4ad35927fbbf3d60bb (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2009 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Neste trabalho foram estudadas reações tipo-Barbier em meio aquoso com haletos orgânicos em presença de zinco e reações de selenilação de compostos carbonílicos. Nas reações tipo-Barbier com benzaldeído foram testados iodetos aromáticos, haletos de alquila e cloreto de alila na promoção do acoplamento. Ainda foi estudado o acoplamento cruzado de Wurtz e reações com epoxibutano. Nos ensaios do método foram testados os efeitos do solvente, aditivos e catalisadores no meio reacional, com destaque para experimentos com DMSO como solvente, carbonato de amônio e catalisador de rutênio. Os melhores resultados foram obtidos com iodobenzeno em acrilonitrila. As reações de selenilação de compostos carbonílicos foram realizadas com difenildisseleneto na presença de oxigênio atmosférico e outros oxidantes, em ambientes não anidros, sem controle de temperatura e aproveitando os dois grupos fenilselenil do reagente de partida. Esta metodologia foi utilizada para várias cetonas, obtendo melhores resultados nas selenilações catalisadas por salcomin em DMSO e oxidante no meio. Para algumas cetonas foi observada clara seletividade do grupo fenilselenil no carbono α à carbonila mais ramificada
3

Efeito inibitório de formas orgânicas e inorgânicas de selênio sobre a atividade da enzima delta-aminolevulinato desidratase de fígado e brânquias de peixe - Jundiá (Ramdia quelen) e de fígado de rato (Rattus novergicus) "in vitro"

Böettcher, Alfério Clarisney January 2002 (has links)
A enzima estudada no presente trabalho é delta-aminulevulinato dehidratase (δ-ALA D), uma enzima sufidrílica, cuja atividade pode ser inibida por uma variedade de agentes bloqueadores de grupos tiólicos . A reação catalisada pela δ-ALA D (formação do composto monopirrólico porfobilinogênio) faz parte da rota de síntese de compostos tetrapirrólicos como o grupamento heme, consequentemente a inibição desta enzima implica em alterações patológicas decorrentes da inibição da rota de biossíntese do heme e ainda resultar no acúmulo do substrato ALA, o qual pode ter atividade pró oxidante por estar envolvido na produção de espécies ativas de oxigênio. Avaliou-se a susceptibilidade da δ-ALA D de fígado de peixe e rato frente a inibição por selênio orgânico e inorgânico. Os resultados demostraram claramente que a enzima δ-ALA D de peixes e mamíferos é susceptível a inibição “in vitro” por compostos orgânicos e inorgânicos de selênio. A análise comparativa demostrou que a enzima δ-ALA D de peixes é mais resistente a inibição por selênio em relação a de mamíferos. Todavia não foi possível esclarecer as causas deste diferente comportamento. Os resultados demostraram que o sistema de hidroxilação previamente descrito em ratos que acelera cataliticamente a oxidação de DTT na presença de disselenetos também ocorre em tecidos de peixe. Neste sistema estão envolvidos fatores enzimaticos, uma vez que este efeito foi anulado pela desnaturação térmica do sobrenadante. O presente trabalho mostra que a enzima δ-ALA D de peixes e ratos é sensível a inibição; in vitro, por composto de selênio orgânico e inorgânico. A manutenção dos grupos SH do sítio ativo da enzima no estado reduzido é essencial para a ação catalítica da δ-ALA D. A inibição da δ-ALA D causada por selênio orgânico ( (PhSe2) e (BuSe2)) e selênio inorgânico (selenito de sódio) é prevenida por DTT. Estes resultados indicam que o selenio orgânico e inorgânico inibe a δ-ALA D por oxidação de grupos tióis essenciais da enzima. A inibição desta enzima e conseqüentes alterações na rota de síntese de tetrapirróis podem ser responsáveis pelos efeitos tóxicos de selenetos orgânicos e inorgânicos em peixes e outros animais. Em peixes os efeitos toxicos mais relatados referem-se a deficiências reprodutivas, principalmente na redução da sobrevivência larval. Coincidentemente os ovários são o local de maior acumulação de selênio nos tecido de peixe e o desenvolvimento larval exige intensa atividade da enzima δ-ALA D.
4

Efeito inibitório de formas orgânicas e inorgânicas de selênio sobre a atividade da enzima delta-aminolevulinato desidratase de fígado e brânquias de peixe - Jundiá (Ramdia quelen) e de fígado de rato (Rattus novergicus) "in vitro"

Böettcher, Alfério Clarisney January 2002 (has links)
A enzima estudada no presente trabalho é delta-aminulevulinato dehidratase (δ-ALA D), uma enzima sufidrílica, cuja atividade pode ser inibida por uma variedade de agentes bloqueadores de grupos tiólicos . A reação catalisada pela δ-ALA D (formação do composto monopirrólico porfobilinogênio) faz parte da rota de síntese de compostos tetrapirrólicos como o grupamento heme, consequentemente a inibição desta enzima implica em alterações patológicas decorrentes da inibição da rota de biossíntese do heme e ainda resultar no acúmulo do substrato ALA, o qual pode ter atividade pró oxidante por estar envolvido na produção de espécies ativas de oxigênio. Avaliou-se a susceptibilidade da δ-ALA D de fígado de peixe e rato frente a inibição por selênio orgânico e inorgânico. Os resultados demostraram claramente que a enzima δ-ALA D de peixes e mamíferos é susceptível a inibição “in vitro” por compostos orgânicos e inorgânicos de selênio. A análise comparativa demostrou que a enzima δ-ALA D de peixes é mais resistente a inibição por selênio em relação a de mamíferos. Todavia não foi possível esclarecer as causas deste diferente comportamento. Os resultados demostraram que o sistema de hidroxilação previamente descrito em ratos que acelera cataliticamente a oxidação de DTT na presença de disselenetos também ocorre em tecidos de peixe. Neste sistema estão envolvidos fatores enzimaticos, uma vez que este efeito foi anulado pela desnaturação térmica do sobrenadante. O presente trabalho mostra que a enzima δ-ALA D de peixes e ratos é sensível a inibição; in vitro, por composto de selênio orgânico e inorgânico. A manutenção dos grupos SH do sítio ativo da enzima no estado reduzido é essencial para a ação catalítica da δ-ALA D. A inibição da δ-ALA D causada por selênio orgânico ( (PhSe2) e (BuSe2)) e selênio inorgânico (selenito de sódio) é prevenida por DTT. Estes resultados indicam que o selenio orgânico e inorgânico inibe a δ-ALA D por oxidação de grupos tióis essenciais da enzima. A inibição desta enzima e conseqüentes alterações na rota de síntese de tetrapirróis podem ser responsáveis pelos efeitos tóxicos de selenetos orgânicos e inorgânicos em peixes e outros animais. Em peixes os efeitos toxicos mais relatados referem-se a deficiências reprodutivas, principalmente na redução da sobrevivência larval. Coincidentemente os ovários são o local de maior acumulação de selênio nos tecido de peixe e o desenvolvimento larval exige intensa atividade da enzima δ-ALA D.
5

Efeito inibitório de formas orgânicas e inorgânicas de selênio sobre a atividade da enzima delta-aminolevulinato desidratase de fígado e brânquias de peixe - Jundiá (Ramdia quelen) e de fígado de rato (Rattus novergicus) "in vitro"

Böettcher, Alfério Clarisney January 2002 (has links)
A enzima estudada no presente trabalho é delta-aminulevulinato dehidratase (δ-ALA D), uma enzima sufidrílica, cuja atividade pode ser inibida por uma variedade de agentes bloqueadores de grupos tiólicos . A reação catalisada pela δ-ALA D (formação do composto monopirrólico porfobilinogênio) faz parte da rota de síntese de compostos tetrapirrólicos como o grupamento heme, consequentemente a inibição desta enzima implica em alterações patológicas decorrentes da inibição da rota de biossíntese do heme e ainda resultar no acúmulo do substrato ALA, o qual pode ter atividade pró oxidante por estar envolvido na produção de espécies ativas de oxigênio. Avaliou-se a susceptibilidade da δ-ALA D de fígado de peixe e rato frente a inibição por selênio orgânico e inorgânico. Os resultados demostraram claramente que a enzima δ-ALA D de peixes e mamíferos é susceptível a inibição “in vitro” por compostos orgânicos e inorgânicos de selênio. A análise comparativa demostrou que a enzima δ-ALA D de peixes é mais resistente a inibição por selênio em relação a de mamíferos. Todavia não foi possível esclarecer as causas deste diferente comportamento. Os resultados demostraram que o sistema de hidroxilação previamente descrito em ratos que acelera cataliticamente a oxidação de DTT na presença de disselenetos também ocorre em tecidos de peixe. Neste sistema estão envolvidos fatores enzimaticos, uma vez que este efeito foi anulado pela desnaturação térmica do sobrenadante. O presente trabalho mostra que a enzima δ-ALA D de peixes e ratos é sensível a inibição; in vitro, por composto de selênio orgânico e inorgânico. A manutenção dos grupos SH do sítio ativo da enzima no estado reduzido é essencial para a ação catalítica da δ-ALA D. A inibição da δ-ALA D causada por selênio orgânico ( (PhSe2) e (BuSe2)) e selênio inorgânico (selenito de sódio) é prevenida por DTT. Estes resultados indicam que o selenio orgânico e inorgânico inibe a δ-ALA D por oxidação de grupos tióis essenciais da enzima. A inibição desta enzima e conseqüentes alterações na rota de síntese de tetrapirróis podem ser responsáveis pelos efeitos tóxicos de selenetos orgânicos e inorgânicos em peixes e outros animais. Em peixes os efeitos toxicos mais relatados referem-se a deficiências reprodutivas, principalmente na redução da sobrevivência larval. Coincidentemente os ovários são o local de maior acumulação de selênio nos tecido de peixe e o desenvolvimento larval exige intensa atividade da enzima δ-ALA D.
6

Desenvolvimento de métodos para a determinação de selênio em solo por espectrometria de absorção atômica

Castilho, Ivan Nikolai Barkow January 2016 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Programa de Pós-Graduação em Química, 2016. / Made available in DSpace on 2016-10-25T03:09:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 342314.pdf: 1401935 bytes, checksum: d1851ccd1b9b72b68ec77ba13c6c9996 (MD5) Previous issue date: 2016 / A primeira parte deste trabalho descreve o desenvolvimento de método para a determinação de Se em amostras de solo usando espectrometria de absorção atômica de alta resolução com fonte contínua em forno de grafite e análise direta de sólidos. A linha de absorção mais sensível em 196,026 nm foi usada para todas as determinações. Rutênio, além de ser depositado na plataforma como modificador permanente, também foi adicionado em solução em cada amostra sólida. Todas as amostras sólidas mostraram um fundo estruturado causado pelas moléculas de NO e PO. Espectros de referência dessas moléculas foram gravados usando ácido nítrico e fosfórico, respectivamente, que em seguida foram utilizados para a correção de fundo por mínimos quadrados. Os limites de detecção e quantificação foram 30 ng g-1 Se e 100 ng g-1 Se, respectivamente. As amostras de solo foram coletadas em áreas rurais experimentais nãotratadas (sem a adição de fertilizantes) a fim de obter valores representativos da distribuição natural de Se. Regiões apropriadas para amostragem foram selecionadas em 12 dos 27 Estados brasileiros, cobrindo 61% da área total do país. Os resultados dos materiais de referência certificados MURST-ISS-A1, MESS-3 e PACS-2 (todos de sedimentos marinhos) confirmaram a exatidão do método proposto. O Se encontrado nas amostras variou entre 130 ± 10 ng g-1 e 630 ± 15 ng g-1. A repetitividade das medidas foi entre 3 e 10% (n = 5). Uma segunda parte deste trabalho apresenta valores de Se em todas as amostras de solo que foram coletadas na amostragem de 12 dos 27 Estados brasileiros. A campanha se baseou em áreas rurais experimentais não-tratadas, com 10 pontos de coleta em cada área, cada um deles dividido em três níveis de profundidade. O Se encontrado nas amostras variou entre 0,1 ± 0,05 µg g-1 e 19,0 ± 3,0 µg g-1. A repetitividade das medidas foi entre 3 e 10% (n = 3). O valor de Se diminuiu conforme a profundidade das amostras coletadas. Finalmente, a terceira parte deste trabalho é a proposta de um simples procedimento para a determinação de espécies de Se em amostras de solo usando extração alcalina com banho de ultrassom e espectrometria de absorção atômica com geração de hidretos, conhecida por ser uma determinação específica de apenas Se(IV). O hidreto foi aprisionado e atomizado em um tubo de forno de grafite recoberto por irídio como modificador químico permanente. Os limites de detecção e quantificação para o método desenvolvido foram de 6 µg L-1 e 20 µg L-1 Se(IV), respectivamente. O conteúdo total de Se nas amostras com extração alcalina foi determinado aplicando o método desenvolvido anteriormente com a espectrometria de absorção atômica de alta resolução e com fonte contínua. O conteúdo de Se(VI) foi calculado pela diferença entre o Se total e Se(IV). A eficiência de extração foi verificada comparando os resultados obtidos pela extração alcalina e por análise direta de sólidos. A exatidão do método para Se total foi verificada usando tanto digestão ácida por micro-ondas, quanto análise direta de sólidos, em um espectrômetro de absorção atômica de alta resolução com fonte contínua com os materiais certificados de referência MURST-ISS-A1 e BCR 142R, assim como as amostras de solo de diferentes regiões do Brasil.<br> / Abstract : The first part of this work presents a method developed for the determination of Se in soil samples using high-resolution continuum source graphite furnace atomic absorption spectrometry and direct solid sample analysis. The most sensitive absorption line at 196.026 nm has been used for all determinations. Ruthenium, apart from being deposited on the platform as permanent modifier, was also added in solution on top of each solid sample. All soil samples exhibited a fine structured background caused primarily by the NO and PO molecules. Reference spectra of these molecules were recorded using nitric and phosphoric acid, respectively, which were used for least squares background correction. The limits of detection and quantification were 30 ng g-1 and 100 ng g-1 Se, respectively. Soil samples were collected from untreated experimental farming areas (without addition of fertilizers) in order to obtain representative values of natural Se distribution. Appropriate areas for sampling were selected in 12 of the 27 Brazilian States, covering 61% of the total area of the country. The results of the Certified Reference Materials MURST-ISS-A1, MESS-3 and PACS-2 Marine Sediments confirmed the validity of the proposed method. The Se content found in the soil samples varied between 130 ± 10 ng g-1 and 630 ± 15 ng g-1. The repeatability of the measurements was between 3% and 10% (n = 5). The second part of this work shows values of Se on all soil samples that were available from the collecting campaign in 12 Brazilian States. The campaign was based on untreated experimental farming areas, 10 sampling points on each area, where each point was divided on three different levels of depth. The Se content found in the soil samples varied between 0.1 ± 0.05 µg g-1 and 19.0 ± 3.0 µg g-1. The repeatability of the measurements was between 3% and 10% (n = 3). The Se content was lower for samples collected from deeper levels. Finally, the third part of this work is the proposal of a simple procedure for the determination of Se species in soil samples using an ultrasound-assisted alkaline extraction and hydride generation atomic absorption spectrometry, which is known to be specific for the determination of Se(IV) only. The hydride was trapped and atomized in a graphite tube furnace coated with iridium as a permanent chemical modifier. The limits of detection and quantification for the developed method were 6 µg L-1 and 20 µg L-1 Se(IV), respectively. The total Se content in the samples was determined in the alkaline extract using the same method developed previously with high-resolution continuum source graphite furnace atomic absorption spectrometry, and the content of Se(VI) was determined by difference between the total Se and the content of Se(IV). The extraction efficiency was verified by comparing the results obtained by the alkaline extraction and by direct solid sample analysis. The accuracy of the method for total Se determination was ascertained using microwave-assisted acid digestion, as well direct solid sample analysis of the certified reference materials MURST-ISS-A1 and BCR 142R, and soil samples from different regions of Brazil.
7

Síntese eletroquímica de pontos quânticos

MONTEIRO, Jéssica Maria 20 March 2015 (has links)
Submitted by Haroudo Xavier Filho (haroudo.xavierfo@ufpe.br) on 2016-02-25T17:10:10Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Tese - BibliotecaFinal.pdf: 6903588 bytes, checksum: e6d9d707b7bca76279831e951a6f6c9d (MD5) / Made available in DSpace on 2016-02-25T17:10:10Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Tese - BibliotecaFinal.pdf: 6903588 bytes, checksum: e6d9d707b7bca76279831e951a6f6c9d (MD5) Previous issue date: 2015-03-20 / CNPq / Neste trabalho foi desenvolvida uma nova metodologia para síntese eletroquímica de pontos quânticos (PQs) em meio aquoso. A metodologia é de fácil execução, rápida, limpa e eficiente, além de evitar o uso de agentes redutores químicos. Devido à ausência de impurezas, a solução coloidal de PQs obtida pode ser diretamente utilizada em aplicações biológicas. A metodologia consiste em duas etapas: (1) a redução eletroquímica de Te0, Se0 ou S0 em meio aquoso; (2) seguida da adição da solução do respectivo calcogeneto obtido a uma solução contendo os precursores (Cd2+ ou Zn2+) para formação dos PQs que são estabilizados por ligantes carregados positivamente (hidrocloreto de cisteamina), ou carregados negativamente (ácido 3-mercaptopropiônico ou ácido mercaptoacético). Foram sintetizados nanocristais de CdTe, CdSe, CdS, ZnSe e ZnS estáveis e altamente luminescentes, com comprimentos de onda de emissão variando entre 420-610 nm e diâmetros médios entre 2 e 6 nm. Os PQs obtidos foram caracterizados por medidas de potencial zeta, Raio-X e microscopia eletrônica de transmissão. Os resultados obtidos são comparáveis aos métodos tradicionais e a metodologia se mostrou eficiente sendo possível produzir PQs em larga escala. / In this work, a new electrochemical methodology was developed for the synthesis of quantum dots (PQs) in aqueous medium. The method is easy to perform, quick, clean and efficient, avoiding the use of chemical reducing agents. Due to the absence of impurities, the PQs colloidal solution obtained can be directly used in biological applications. The methodology consists of two stages: (1) electrochemical reduction Te0, Se0 or S0 in an aqueous medium; (2) followed by addition of the respective chalcogenide solution obtained to a solution containing the PQs precursors (Cd2+ or Zn2+), which are stabilized by positively charged (cysteamine) or negatively charged (3-mercaptopropionic or mercaptoacetic acid) ligands. CdTe, CdSe, CdS, ZnSe and ZnS nanocrystals were synthesized which showed high luminescence and stability, with emission wavelengths ranging from 420-610 nm and particles diameter ranging between 2 and 6 nm. The obtained PQs were characterized measurements by zeta potential, X-ray and transmission electron microscopy. The results obtained are comparable to traditional methods. The methodology was efficient and could allow to produce PQs in large scale.
8

Enriquecimento, distribuição e especiação de selênio em cogumelos de Pleurotus spp / Enrichment, distribution and speciation of selenium in Pleurotus spp. mushrooms

Zepeda Sereño, Phillippi André 29 February 2016 (has links)
Submitted by Reginaldo Soares de Freitas (reginaldo.freitas@ufv.br) on 2017-04-12T18:54:58Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 742082 bytes, checksum: 0ba77f18030aaf57a0e2379d7dc5b818 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-04-12T18:54:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 742082 bytes, checksum: 0ba77f18030aaf57a0e2379d7dc5b818 (MD5) Previous issue date: 2016-02-29 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / O selênio (Se) é um micronutriente essencial que é requerido para a atividade biológica de diversas proteínas, as quais são conhecidas como selenoproteínas. Elas encontram-se envolvidas em diversas funções como a redução de peróxidos, a regulação da atividade dos hormônios tireoidianos, participação na atividade antioxidante, dentre outras. Cogumelos comestíveis, além de apresentarem um alto valor nutricional, possuem grande capacidade de absorver e acumular minerais presentes no substrato onde crescem. Ganha destaque o gênero Pleurotus, que pode ser cultivado com facilidade em diferentes substratos lignocelulolíticos. Assim, o objetivo deste trabalho foi avaliar a absorção de Se por fungos do gênero Pleurotus e também conhecer em que partes do cogumelo e em que formas ele se encontra. Foram enriquecidas com Se três espécies de fungos: Pleurotus ostreatus, Pleurotus cornucopiae e Pleurotus djamor. As três espécies avaliadas mostraram ser eficientes na absorção desse elemento, sendo capazes de acumular entre 69,91 e 142,90 μg g-1 de Se na massa seca. Pleurotus djamor, quando cultivado em substrato enriquecido com 25 mg kg-1 de Se é o cogumelo que apresentou maior concentração deste micronutriente (142,9 μg g-1) e maior eficiência de absorção (7,31%), sendo a espécie mais indicada para produção de cogumelos enriquecido com Se. A distribuição e especiação de Se em cogumelos de Pleurotus enriquecidos com este micronutriente foram avaliadas utilizando as técnicas de μ-XRF e XANES, as quais permitiram observar que houve um maior acúmulo de Se nas lâminas que em outras estruturas do cogumelo e que o Se se encontra principalmente em formas provavelmente orgânicas. Conclui-se que as três espécies são eficientes em acumular Se e que a técnica de μ-XRF mostrou-se eficiente e prática na detecção de Se nas diferentes partes do cogumelo. Entretanto, a especiação de Se pela técnica de XANES deve ser aprimorada para permitir a diferenciação das formas de Se incorporadas no cogumelo. / Selenium (Se) is an essential nutrient for biological activity of several proteins, they are known as selenoproteins. They are involved in various functions such as the reduction of peroxides, regulating the activity of the thyroid hormone, participation in the regeneration of antioxidant activity, among others. The goal of improving the consumption of selenium in the population is that mushroom have been fortified with Selenium. Edible mushrooms have a high nutritional value and great ability to absorb and accumulate minerals present in the substrate where they grow, especially the Pleurotus genus, which is cultivated easily in different lignocellulolytic substrates. The goal of this work was to evaluate the ability of the fungi of Pleurotus genus to absorb selenium, and know in which part of the mushroom, and in the forms of Se is present in it. Three species of fungi were enriched: Pleurotus ostreatus, Pleurotus cornucopiae and Pleurotus djamor. All the three species proved to be efficient in absorb this element, being able to accumulate between 69.91 and 142.90 μg g-1 de Se dw. The distribution and speciation of selenium in Pleurotus Se-enriched mushrooms, using the techniques of μ-XRF and XANES, allowed to observe that there was a greater accumulation of selenium in the gills than in other part of mushroom, and this selenium is probably in organic forms. We conclude that the three species are efficient in accumulating selenium and the μ-XRF technique proved to be efficient and practical for the detection of selenium in different parts of the mushroom. However, the speciation of selenium by the XANES technique should be improved to allow the differentiation of different forms of selenium. / Na ficha catalográfica não apareceu o nome completo do autor.
9

Consumo alimentar, níveis séricos e eritrocitários de oligoelementos em pacientes com dor crônica miofascial

Barros Neto, João Araújo January 2013 (has links)
Submitted by Barroso Patrícia (barroso.p2010@gmail.com) on 2014-08-21T02:58:16Z No. of bitstreams: 1 BARROS NETO, João Araújo.pdf: 2896374 bytes, checksum: 0dea4038ba413728a21b1c20f5288332 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-08-21T02:58:16Z (GMT). No. of bitstreams: 1 BARROS NETO, João Araújo.pdf: 2896374 bytes, checksum: 0dea4038ba413728a21b1c20f5288332 (MD5) / Introdução: Distúrbios nutricionais constituem-se importantes fatores de risco capazes de intensificar ou desencadear a resposta dolorosa. O objetivo desse estudo foi avaliar a ingestão habitual, níveis plasmáticos e eritrocitários de magnésio, cálcio, selênio e zinco em pacientes com dor crônica miofascial. Metodologia: Estudo caso- controle realizado com 31 pacientes com dor crônica miofascial (grupo I) e 31 indivíduos sem dor (grupo II). Foram aplicados dois questionários recordatórios de 24h e o Registro alimentar de três dias para avaliar o consumo alimentar. As concentrações plasmáticas e eritrocitárias de Mg2+, Ca2+, Selenio total (Set) e Zn2+ foram realizadas por meio da espectrofotometria de absorção atômica. Resultados: Dor miofascial foi mais frequentemente observada em mulheres com média de idade de 45,83 + 7,59 anos. O sedentarismo e o excesso de peso foram mais frequentes no grupo de pacientes com dor miofascial. O grupo I apresentou menores concentrações séricas de Ca2+ (8,92 + 0,52 mg/dL vs. 9,39 + 0,46 mg/dL)(p<0,001), menores níveis eritrocitários de Mg2+ (92,5 + 14,5 μgMg/gHb vs. 102,2 + 14,0 μgMg/gHb)(p=0,010), de Set (79,46 + 19,79 μg/L vs. 90,80 + 23,12 μg/L)(p=0,041) e de Zn2+ (30,56 + 7,74 μgZn/gHb vs. 38,48 + 14,86 μgZn/gHb)(p=0,004), quando comparados ao grupo controle. Observou-se comprometimento da ingestão alimentar de cálcio, magnésio e zinco, mas não de selênio, em que 80% dos indivíduos apresentaram ingestão considerada segura. A ingestão de Mg, o Ca2+ sérico e o Zn eritrocitário associou-se com a presença da dor. Conclusão: No presente estudo, os pacientes com dor crônica miofascial mostraram maior demanda metabólica de Ca, Zn e Se. A ingestão de Mg apresentou-se como fator protetor para o desenvolvimento da dor crônica miofascial. A deficiência crônica desses micronutrientes pode estar associada à etiopatogenicidade da doença.
10

Síntese e avaliação de novos selenoésteres derivados de diidropirimidinonas como potenciais fármacos no tratamento da doença de Alzheimer

Barbosa, Flavio Augusto Rocha January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas, Programa de Pós-Graduação em Química, 2015. / Made available in DSpace on 2016-10-19T13:10:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 337293.pdf: 7907800 bytes, checksum: 54753302705195f158cf2a73755816bc (MD5) Previous issue date: 2015 / O presente trabalho descreve a síntese e avaliação de selenoésteres derivados de diidropirimidinonas (DHPM) como potenciais fármacos no tratamento da doença de Alzheimer. A série de selenoésteres foi sintetizada através de uma rota sintética modular e apresenta alta diversidade estrutural com rendimentos moderados. Os selenoésteres tiveram sua atividade antioxidante avaliada por diferentes ensaios, como inibição da peroxidação lipídica, atividade quelante de ferro e GPx-like. Além disso, foi avaliada a capacidade dos compostos como inibidores da enzima acetilcolinesterase (AChE). Os compostos apresentaram atividade antioxidante em todos os ensaios, inibindo de forma eficiente a peroxidação lipídica, atuando como bons agentes quelantes de Ferro (II) e também apresentando potencial como miméticos da enzima GPx. Somando-se a atividade antioxidante, os compostos apresentaram atividade inibidora da enzima AChE, sendo alguns deles superiores ao fármaco galantamina. Em suma, foi obtida uma série de seleno-DHPM com alto valor agregado e grande potencial para aplicação como fármacos com ação antioxidante e anticolinesterásica para o desenvolvimento de agentes multi-alvo aplicáveis no tratamento da doença de Alzheimer.<br> / Abstract : The present work describes the synthesis and evaluation of selenoesters derived from dihydropyrimidinones as potential drugs for the treatment of Alzheimer´s disease. A series of selenoesters were obtained with high structural diversity in moderate yields through a short and modular synthetic route. The antioxidant activity was evaluated by TBARS assay, iron chelation assay and GPx-like activity. The compounds were also evaluated as acetylcholinesterase inhibitors (AChEi). Overall, the compounds demonstrated good antioxidant activity, since they presented excellent lipid peroxidation inhibition, good iron chelation activity and also potential as glutathione peroxidase mimetics. In addition, the compounds showed acetylcholinesterare inhibitory activity and some of them presented superior activity than the standard drug galantamine. Therefore, the series of seleno-dihydropyrimidinones herein described displayed a great potential for the development of antioxidant and anticholinesterasic agents in the search for new multi-targeted therapheutics in the treatment of Alzheimer´s disease.

Page generated in 0.0222 seconds