• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 442
  • 14
  • 2
  • 1
  • Tagged with
  • 464
  • 241
  • 217
  • 99
  • 85
  • 80
  • 76
  • 70
  • 70
  • 68
  • 61
  • 61
  • 51
  • 41
  • 38
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

A manta intertextual de O vale da paixão : herança, transformação e identidade

Soares, Andréia Azevedo 2002 (has links)
Partindo da concepção da obra literária como texto/tessitura que é atravessado por muitas vozes, procurou-se mostrar nesta dissertação como a operação intertextual tem lugar em "O vale da paixão", de Lídia Jorge, constituindo-se uma acção geradora de múltiplos sentidos e também definidora de uma voz própria da personagem/narradora/autor. Para tal, reflectiremos sobre a questão da formação do autor, do romance como um metatexto e da transformação da herança textual/familiar enquanto caminho para que se alcance uma identidade discursiva.
2

O carater alusivo dos Tristes de Ovidio : uma leitura intertextual do livro I

Prata, Patricia, 1974- 2002 (has links)
Orientador: Paulo Sergio de Vasconcellos Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Estudos da Linguagem Made available in DSpace on 2018-08-01T10:47:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Prata_Patricia_M.pdf: 5272714 bytes, checksum: 0fcd30bc8c771d8b40f0be5a368e22b1 (MD5) Previous issue date: 2002 Resumo: Esta dissertação consiste em um estudo sobre o caráter intertextual do livro I dos Tristes de Ovídio e em sua tradução. Ao longo da exposição, discute-se, primeiramente, o que venha a ser intertextualidade e arte alusiva no âmbito dos estudos clássicos. Depois disso, exemplificam-se os procedimentos da arte intertextual, demonstrando o jogo alusivo que se estabelece entre as elegias 2, 3 e 4 dos Tristes de Ovídio e os cantos I, II e III da Eneida de Virgílio. Assim, esta dissertação encontra-se dividida em dois blocos: um primeiro, que procura discutir as implicações teóricas do tema da intertextualidade, e um segundo, que visa demonstrar a estratégia alusiva dos Tristes I. A tradução, por sua vez, propõe-se a servir de apoio a essa leitura intertextual, bem como intenta divulgar, em língua portuguesa, uma obra que se encontra esquecida no Brasil, ao passo que em outros países toda a obra de Ovídio vem sendo alvo de inúmeros estudos que promovem uma reavaliação crítica de sua poesia Abstract: This dissertation consists of a study about the intertextual character of the book I of the Ovid' s Tristia and into its translation. At long the exposition, one discusses what intertextuality and allusive art is in the classical studies. After that, one exemplifies the proceedings of the intertextual art, demonstrating the allusive play to be established among the elegies 2, 3 and 4 from the Ovid's Tristia, and the chants I, II, and III from the Virgil's Aeneid. Thus, this dissertation is divided in two blocks: the first one intends to discuss the theoretical implications on the intertextuality theme, and the second one aims to demonstrate the allusive strategy in the Tristia I. The translation, in its turn, proposes to serve as a support to this intertextual reading, as well to divulge, in Portuguese idiom, a forgotten work in Brazil, whereas in other countries, all Ovid's work has been object of a great deal of studies that promote a critical re-evaluation of his poetry Mestrado Mestre em Linguística
3

Traduzir John Banville : as referências culturais em The Newton Letter

Azevedo, Marta Coelho Moreira de 2010 (has links)
Esta dissertação de mestrado resulta essencialmente da tradução do romance The Newton Letter do escritor irlandês John Banville. Começamos por considerar a forma como o autor rescreve um conjunto de tradições e de mitos - românticos, modernos e pós-modernos - e por examinar as várias referências culturais - incluindo as intertextuais - que marcam este romance e cuja presença textual se desenha como o principal desafio para o tradutor. Num segundo momento, analisamos brevemente a especificidade da tradução literária, designadamente no que se refere aos intervenientes no processo (autor, tradutor e leitor) e à natureza formal dos objectos literários, e concluímos com uma reflexão sobre as soluções encontradas no âmbito da tradução, especificamente no que concerne às referências culturais.
4

A Casa da Cabeça de Cavalo de Teolinda Gersão : escrever histórias, reescrever a História, como forma de estar na História

Tavares, Maria Teresa Peixoto Braga de Almeida 2000 (has links)
A cabeça de cavalo fixada na parede da casa a que deu o nome poderá não ser um objecto ornamental, mas fazer parte de um cavalo fantástico que a habite. Esta hesitação introduz o elemento fantástico que a habite. Esta hesitação introduz o elemento fantástico numa obra que, apesar da sua heterogeneidade, característica dos tempos em que viu a luz, apresenta uma indissolúvel unidade. No ínicio da narração, a Casa da Cabeça de Cavalo, fechada há muito tempo, é habitada por um grupo de espectros que ocupam o seu tempo realizando os gestos habituais da sua vivência terrena, conversando e contando histórias. Vir-se-á a saber que o facto de contar histórias em catadupa é, afinal, uma estratégia através da qual, à semelhança de Xerazade, os habitantes invísiveis da Casa procuram manter-se num estádio intermédio da morte, resistindo, desta forma, à passagem para o estádio seguinte, como todos os mistérios, assustador. De entre as múltiplas histórias contadas, destacam-se as que se relacionam com duas gerações dos seus antepassados do século XIX, de teor sentimental e aventuroso. A primeira tem como pano de fundo, grosso modo, a época da primeira invasão francesa e a outra situa-se essencialmente a partir da Convenção de Évora Monte. O elemento histórico marca, assim, a sua presença, tornando-se a reconstituição da primeira das épocas referidas o pretexto para o questionamento da forma tradicional de tratar a História, pondo em causa não só a fidegnidade das fontes históricas, como das versões oficiais da história dos vencedores e recusando qualquer nostalgia relativamente ao passado. Falar do passado equivale, portanto, a intervir no presente e apontar para o futuro, isto é, a ter voz na História.
5

Além do Maar de Miguel Medina : tráfico e crença na reescrita da identidade portuguesa : a temporalidade humana na composição imaginativa da diáspora

Ferreira, Teresa Isabel Veiga dos Santos 2009 (has links)
Tendo por objecto de análise uma peculiar reescrita de dois discursos paradigmáticos da consciência da História de Portugal dos finais do século XV e do século XVI, o presente trabalho de investigação enquadra-se no tratamento do texto literárionuma acepção de palimpsesto. O mecanismo de transposição realizado em torno da primeira viagem de Vasco da Gama à Índia é desconstruído pelo progressivo desvendamento da relação intertextual estabelecida com as convenções dos géneros envolvidos: o roteiro e a Epopeia. Numa forma «ucrónica», a máscara literária revela-nos agentes de uma Humanidade melhorada, ao inscrever a identidade portuguesa nas circubstÂncias que envolvem a comunicação com o Outro: uma forma que se desenha para além do mar - orientada para o elemento terra «descoberta» -, pela valência do rpincípio feminino. No âmbito da própria estratégia narrativa de focalização dos acontecimentos e tendo por referente o tratmento épico camoniano do tópico das Armas e das Letras, concebe-se uma cosmovisão de resolução das antinomias convocadas pelo próprio conceito de par: os binómios Vénus/Marte, Tráfico/Crença.
6

Salomé de Oscar Wilde na tradução brasileira de João do Rio

Monteiro, Júlio César dos Santos 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução. Made available in DSpace on 2012-10-26T09:30:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 310575.pdf: 5738181 bytes, checksum: a27e7f277a64442815bdd48cd329d752 (MD5) Este estudo investiga a tradução do texto dramático Salomé, de Oscar Wilde, realizada por João do Rio, na primeira década do século XX. O trabalho aponta os contatos e as repercussões na literatura brasileira desencadeadas a partir da tradução da peça de Oscar Wilde. Examinamos a função da tradução feita para a concretização cênica e a possível primazia do texto escrito dentro do sistema teatral. Iniciamos com o percurso literário de Oscar Wilde na literatura inglesa e sua recepção no Brasil. Discutimos fundamentos teóricos propostos por Antoine Berman e Itamar Even-Zohar, entre outros, e refletimos sobre a tradução do texto dramático de acordo com as teorias de Susan Bassnett, Sirkku Aaltonen e Patrice Pavis. Finalizamos com uma análise da tradução de Salomé
7

Reflexões sobre a tradução de alusões bíblicas em Drácula de Bram Stoker

Tecchio, Iliane 2013 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2013. Made available in DSpace on 2014-08-06T17:17:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 323945.pdf: 1475964 bytes, checksum: e5c382466f4a3b2cef838edb8b07dd34 (MD5) Previous issue date: 2013 Trata-se, por um lado, de discutir a questão da referencialidade alusiva ao texto bíblico na obra Drácula de Bram Stoker (1897) como recurso intertextual. Por outro lado, busca-se investigar de que modo as alusões selecionadas foram traduzidas do inglês para o português. As edições escolhidas para levar a cabo o presente estudo são, respectivamente, Dracula de Bram Stoker (1847-1912), publicada originalmente em língua inglesa em 1897, e a tradução para a língua portuguesa realizada por Theobaldo de Souza e lançada em 2007 pela editora L&PM, sob o título Drácula. No que concerne à Bíblia, trata-se da Edição Pastoral segundo o cânon católico, publicada em 1990 pela editora Paulus. Nesta última, de forma analítica, buscou-se os excertos que eventualmente caracterizassem as alusões destacadas na obra de Stoker. Para a delimitação dos excertos a serem investigados, definiu-se a temática da morte como filtro redutor das ocorrências alusivas. As bases teóricas e metodológicas referentes à interpretação e à retextualização de alusões decorrem, sobretudo, dos postulados de Hatim e Mason (1990), Koch e Elias (2009), Kristeva (1969, 1976, 1978), Ritva Leppihalme (1997) e Minna Ruokonen (2010)
It refers, on one hand, to a discussion of the issue of references allusive to Biblical texts in Bram Stoker´s Dracula (1897), as an intertextual feature. On the other hand, it seeks to investigate how the selected allusions were translated from English into Portuguese. The editions chosen to carry out this study are, respectively, Dracula by Bram Stoker (1847-1912), originally published in the English language in 1897, and its translation into the Portuguese language done by Theobaldo de Souza, launched in 2007, published via L&PM with the title Drácula. Regarding the Bible, it was used the Pastoral Edition according to the Catholic Canon, published in 1990 by Paulus Publishing House. In the Bible, in an analytical way, we search for the excerpts that, eventually, characterize the allusion in the Stoker´s work. For the delimitation of the excerpts to be investigated, it was chosen the theme of death as a reducer filter for the allusive occurrences. The theoretical and methodological basis for the interpretation and retextualization of allusions result, mainly, from the postulates of Hatim & Mason (1990), Koch & Elias (2009), Kristeva (1969, 1976, 1978), Ritva Leppihalme (1997) and Minna Ruokonen (2010).
8

Semejantes extraños

Escalante Alvarez, Alba Elena 2015 (has links)
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução, Florianópolis, 2015. Made available in DSpace on 2016-01-15T14:55:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 336877.pdf: 7605779 bytes, checksum: 05fa8f1b711ca01e021ea1e35f37d7a7 (MD5) Previous issue date: 2015 Com a tradução para o espanhol do livro intitulado: O sujeito e seu texto (Palazzo Nazar, 2009), neste trabalho são discutidos temas concernentes ao encontro de dos campos: os estudos da tradução e a psicanálise. Mediante a prática do comentário, se desenvolvem aspectos específicos da tradução de uma produção psicanalítica lacaniana, gestada em solo brasileiro, no que diz respeito ao léxico e ao tratamento da intertextualidade. Por acontecer entre línguas próximas, o ângulo da problemática permite revelar marcas desse trânsito e daquele deixado por línguas e epistemologias consubstanciais à psicanálise e sua história erguida graças à tradução.
Abstract : Based on the process of translating O sujeito e seu texto (Palazzo Nazar, 2009) into Spanish, this work discussed issues concerning the meeting of two fields: translation studies and psychoanalysis. Through the practice of commentary, we analyze specific aspects of the translation of this text, part of the Lacanian psychoanalytic production in Brazil, in relation to the lexicon and treatment of intertextuality. As this occurs between similar languages, the angle of the problem can reveal marks of both this transit and those left by languages and epistemologies intrinsic to psychoanalysis and its history built through translation.
9

Elizabeth Bishop and 5 brazilizn authors

Quandt, Guilherme de Oliveira 2005 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão. Programa de Pós-Graduação em Letras/Inglês e Literatura Correspondente Made available in DSpace on 2013-07-15T23:18:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 226347.pdf: 287869 bytes, checksum: 85ac1962c0951271a11aef6d73a8a83c (MD5) This is an intertextual reading of texts by Elizabeth Bishop and texts by Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira, Vinicius de Moraes, and Clarice Lispector, based on Mikhail M. Bakhtin's notion that juxtaposing texts may establish semantic dialogues between them, even if they are not apparently related. The first chapter shows that in some poems by Bishop and Drummond, encounters of the narrator with animals and paupers represent the act of becoming increasingly aware of the world and of the limits of one's own perception; then the first chapter moves to Bishop's translation of Cabral's poem "Morte e Vida Severina" and to her own ballad "The Burglar of Babylon," analyzing how these works are related in theme-the life of poor migrants-and how they differ. The second chapter deals with the perception of intimacy and private life in some texts by Bishop, Bandeira, Vinicius, and Clarice, showing that in the selected poems by Vinicius and Bandeira intimacy is associated to loneliness, while in Bishop and Clarice the presence of other people is taken in consideration but intimacy itself seems frail and unstable. Esta é uma leitura intertextual de textos de Elizabeth Bishop e de textos de Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto, Manuel Bandeira, Vinicius de Moraes e Clarice Lispector, baseado na idéia de Mikhail M. Bakhtin segundo a qual a justaposição de textos aparentemente sem relação uns com os outros pode estabelecer diálogos semânticos entre eles. O primeiro capítulo mostra que em determinados poemas de Bishop e Drummond, encontros do narrador com animais e com pobres representa uma evolução de sua percepção sobre o mundo e sobre os limites de sua própria consciência; em seguida o primeiro capítulo passa à tradução de Bishop para o poema "Morte e Vida Severina" de Cabral e à balada "The Burglar of Babylon", analisando como essas obras se relacionam quanto ao assunto (a vida de imigrantes miseráveis) e como diferem. O segundo capítulo trata do tema da intimidade em textos de Bishop, Bandeira, Vinicius e Clarice, apontando que os poemas selecionados de Vinicius e Bandeira mostram intimidade associada à solidão, ao passo que nos textos de Bishop e Clarice as demais pessoas são levadas em conta, mas a intimidade em si parece frágil e instável.
10

O som ao redor

Correa, Laura Josani Andrade 2017 (has links)
Tese (doutorado)- Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Literatura, Florianópolis, 2017. Made available in DSpace on 2017-09-05T04:14:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 348103.pdf: 4773486 bytes, checksum: b76de01b356372ec3945a1b76d75502a (MD5) Previous issue date: 2017 O objetivo da tese é propor modos de leitura para o filme O som ao redor. A análise é realizada a partir das noções de arquivo, tempo e imagem, formando uma teia literária de suporte para pensar a complexidade do filme. Para lançar hipóteses de leitura e interpretação para o filme mapeamos textos filosóficos, sociológicos e poéticos, que se conectam para pensar as relações residuais da casa grande no subúrbio de Recife. Forma-se uma teia de apoio teórico-crítica para pensar a complexidade do filme do qual se seleciona personagens-chave (Bia e Francisco) e figuras imagéticas recorrentes (a grade e a espiral) para nos auxiliar a perceber as passagens e as descontinuidades nos gestos (do antigo ao novo, da manufatura ao industrial) dos tempos (do arcaico ao atual) e dos contextos (regional ao global, das cenas enquadradas às contínuas). No filme estudado, a narrativa se desenvolve pela conexão espiralada dos fatos, assim, percebemos as idas e vindas do tempo, trazendo as transformações na passagem passado/presente na memória de uma açucarocracia, cujo impacto se sente nos dias de hoje.
Abstract : The objective of this thesis is to propose modes of reading the film O Som ao Redor. The analysis is made having in mind the notions of archive, time and image, in order to form a literary net which allows us to think about the complexity of this film. In order to interpret it we map some philosophical, some sociological and some poetic texts which interconnect so that it is possible to notice the residual relations between the Masters and the Slaves in the suburbs of Recife. A network of both critical and theoretical support is then created to think the film?s complex editing. Key-charcaters (Bia and Francisco) and imagetical figures which are recurrent, respectively, the square and the spiral, help us to perceive the passages and the discontinuities in gestures (from the old one to the new, from manufacture to industrial) difference in times (from the archaic to the present) and contexts (regional/global, square scenes do continuous). In this film, narrative develops itself by the spiraled connections of facts, and thus we can perceive the tos and fros in time, bringing transformations in the bygones of a sugar-cane aristocracy whose impacts are felt today.

Page generated in 0.0832 seconds