• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 525
  • 21
  • 20
  • 20
  • 20
  • 15
  • 9
  • 5
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 540
  • 296
  • 130
  • 115
  • 96
  • 93
  • 84
  • 81
  • 78
  • 72
  • 70
  • 64
  • 55
  • 50
  • 49
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Caracterização mecânica e microestrutural de aços Bake hardening graus 180 e 210 aplicados na indústria automotiva /

Monteiro, Claudinei Benedito. January 2012 (has links)
Orientador: Marcelo dos Santos Pereira / Banca: Antonio Jorge Abdalla / Banca: Rosinei Batista Ribeiro / Resumo: A redução da massa dos veículos visando economia de combustível teve início com a crise do petróleo ocorrida em 1973 e é explorado intensamente até os dias de hoje. A simples redução da espessura das chapas dos painéis favorece a deterioração da rigidez e redução da resistência a indentação. O aço endurecível na estufa, aço Bake Hardening, apresenta boa estampabilidade e um incremento no limite de escoamento, o efeito BH, obtido após o processo de cura da pintura e por essas características é amplamente usado em painéis externos e internos dos automóveis. Os painéis automotivos apresentam diferentes deformações e os processos de cura da pintura das montadoras apresentam tempo e temperatura variados. A proposta deste trabalho é focada num estudo comparativo do efeito BH, obtido através do teste padronizado (corpos de prova retirados de chapa na condição como recebido, pré-deformados uniaxialmente em 2%, seguido de tratamento térmico a 170ºC por 20 minutos e tração até a ruptura) versus efeito BH obtido através de corpos de prova retirados de peças estampadas. As peças usadas foram dois painéis externos, porta e capô, e uma peça interna de reforço de longarina. O objetivo do trabalho é verificar a variação do efeito BH em região específica de peças estampadas expostas em veículos (região susceptível a pequenos amassados e batidas) e a variação do efeito em uma peça interna. Efetuado a caracterização mecânica e microestrutural em todas as situações abordadas. Corpos de prova extraídos de peça estampada em região com baixa deformação apresenta um efeito BH inferior ao obtido no teste padrão / Abstract: Reduction of vehicle mass to fuel economy is a subject that began with the oil crisis in 1973 and is intensely exploited until the present day. The simple reduction of thickness sheet steel of the panels fosters stiffness deterioration and reduced resistance to indentation Steel hardening in the oven, Bake Hardening steel, presents good drawability and an increment in the yield strength, the effect BH, after the curing process of painting and by these features is widely used in internal and external panels of automotive cars. Automotive panels feature different strain and paint cure processes of automakers present time and temperature varied. The purpose of this work is focused on a comparative study of BH effect obtained through standardized test (specimens taken from steel sheet in condition as received, uniaxial pre-strain in 2%, followed by heat treatment at 170° C for 20 minutes and tension until the fracture) vs. BH effect obtained through test made on specimens taken from stamped parts. The stamped parts used were two external panels, door and hood, and an internal part of reinforcement of frame. The objective of this work is to check the variation of the BH effect in specific region of stamped parts exposed in vehicles (region susceptible to small dents and bumps of the external panels) and the variation of the effect on an internal part and also the microstructural and mechanical characterization of the samples in all situations studied. Specimens taken from stamped part in the region with low deformation present the BH effect lower than that obtained in the standard test / Mestre
2

Efeito do pH sobre as caracteristicas fisico-quimicas do cream cheese / Effect of pH on the characteristics physicist-chemistries of it cream cheese

Monteiro, Raquel Rossi 04 January 2004 (has links)
Orientador: Mirna Lucia Gigante / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-08-03T21:40:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Monteiro_RaquelRossi_M.pdf: 1806152 bytes, checksum: 4e066f4d10c777ee39e37640e41cbf91 (MD5) Previous issue date: 2004 / Resumo: Os objetivos deste trabalho foram padronizar uma condição de teste para avaliar a capacidade de derretimento do Cream cheese e avaliar o efeito do pH sobre a capacidade de derretimento, firmeza, equilíbrio físico-químico entre a matriz protéica e a fase aquosa do queijo e sobre a microestrutura do Cream cheese. Os queijos foram fabricados segundo metódo tradicional e a alteração do pH foi feita pós-processamento, através da exposição das amostras em atmosfera de hidróxido de amônio ou ácido acético para aumentar ou diminuir o pH, respectivamente. Os resultados indicaram que a melhor condição de tempo e temperatura para avaliar a capacidade de derretimento do Cream cheese foi 170°C/15 min. Os queijos que foram avaliados quanto a capacidade de derretimento e firmeza apresentarm pH variando, em média, de 4,21±0,02 a 6,8±0,8. Os resultados indicaram que existe uma correlação linear positiva (R2 = 0,98) entre o pH e a capacidade de derretimento e uma correlação negativa do tipo potência (R2 = 0,95) entre o pH e a firmeza do Cream cheese. Quando se avaliou o efeito do pH sobre a proteólise e o equilíbrio físico-químico entre a fase aquosa e a matriz protéica do queijo, observou-se que a exposição à atmosfera de hidróxido de amônio ou ácido acético afetaram significativamente o pH dos queijos, criando três faixas distintas de pH: 4,91 para o queijos controle, 5,30 para o queijo com alto e 4,37 para o queijo com baixo pH. A proteólise do Cream cheese não foi significativamente afetada pelo pH dos queijos. A capacidade de retenção de água do Cream cheese não foi afetada pelo pH, sendo entretanto afetada pela interação entre o pH e o tempo de armazenamento. A capacidade de retenção de água foi menor ao longo do tempo nos queijos de mais alto (5,30) e mais baixo pH (4,37). Observou-se que a elevação do pH levou ao aumento dos teores de nitrogênio total e sólidos totais da fase aquosa do Cream cheese. Os queijos submetidos à avaliação da microestrutura apresentaram pH variando de 3,83 a 7,24. O pH afetou as interações intra e intermolecular das proteínas provocando mudanças na organização da matriz protéica do Cream Cheese, o que pode afetar as características funcionais do produto / Abstract: The purposes of this work were to standardize a test condition in order to evaluate Cream cheese melting capacity and evaluate the pH effect on the melting capacity, firmness, physical-chemical balance between the protein matrix and the cheese water phase, and on the Cream cheese microstructure. The cheeses were made according to traditional method and the pH was altered after process byexposing samples to ammonic hydroxide or acetic acid atmosphere in order to increase or decrease pH, respectively. The results showed that the best time and temperature condition to evaluate Cream cheese melting capacity was 170ºC/15min. The cheeses that were evaluated regarding melting capacity and firmness presented pH variation average of 4.21±0.02 to 6.8±0.8. The results demonstrated that there is a positive linear correlation (R2 = 0.98) between pH and the melting capacity, and a potential negative correlation (R2 = 0.95) between pH and Cream cheese firmness. When the pH effect on proteolyses and the physicalchemical balance between the water phase and the cheese protein matrix was evaluated, the exposition to ammonic hydroxide or acetic acid atmosphere significantly affected the pH of cheeses, leading to three different pH levels: 4.91 for control cheeses, 5.30 for high pH cheese, and 4.37 for low pH cheese. Cream cheese proteolyses was not significantly affected by the pH of cheeses. Cream cheese water retention capacity was not affected by pH, although it was affected by pH and storage time interaction. Water retention capacity of high pH (5.30) and low pH (4.37) cheeses decreased during storage time. It was observed that pH increasing raised total nitrogen and total solid amount of Cream cheese water phase. The cheeses that were submitted to microstructure evaluation presented pH variation between 3.83 and 7.24. pH affected intra and intermolecular interactions of proteins leading to changes on Cream cheese protein matrix organization, which may affect product functional characteristics / Mestrado / Mestre em Tecnologia de Alimentos
3

Microstructural-based approach to the interpretation of clays and transitional soils behaviour

Lopes, Bruna de Carvalho Faria Lima 29 March 2016 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2016. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-05-02T13:16:42Z No. of bitstreams: 1 2016_BrunadeCarvalhoFariaLimaLopes.pdf: 10524732 bytes, checksum: 6a3926fa46c3ae98ed72a5747107ed80 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2016-05-26T17:07:34Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_BrunadeCarvalhoFariaLimaLopes.pdf: 10524732 bytes, checksum: 6a3926fa46c3ae98ed72a5747107ed80 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-05-26T17:07:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_BrunadeCarvalhoFariaLimaLopes.pdf: 10524732 bytes, checksum: 6a3926fa46c3ae98ed72a5747107ed80 (MD5) / O futuro da prática da engenharia é a incorporação de aspectos da microestrutura nas características macroestruturais dos solos de modo a simplificar e tornar mais realistas as análises geotécnicas. Consequentemente, é de fundamental importância que se entenda a estrutura dos solos em diferentes estados (inderformado, reconstitutído, remouldado, compactado, etc.) e se correlacionem os mesmos, já que se sabe que o estado inicial do solo dita o seu comportamento. Neste sentido, esta pesquisa está focada no desenvolvimento do entendimento das mudanças na estrutura do solo através dos tamanhos dos seus poros e sua distribuição quando submetido a carregamentos mecânicos assim como a determinação do estado mais apropriado para descrever um estado de referência do comportamento do solo. Os solos testados foram duas argilas: Caulinita e Ball; e um solo tropical transicional: Solo de Brasília. A partir dos solos estudados foram produzidas amostras com pH 9, reconstituídas, remoldadas e indeformadas, esta última somente para o solo de Brasília. Cada uma destas amostras foi submetida à compressão unidimensional combinada no oedometro e aparelho de taxa constante de deformação a diferentes tensões: 2, 90, 360, 2.000, 5.000 e 11.000kPa. Em seguida as amostras foram congeladas e secas pelo processo de liofilização e por último foram submetidas ao ensaio de porosimetria por intrusão de mercúrio. Adicionalmente, mediu-se a sucção inicial de algumas das amostras dos três solos estudados. A partir dos resultados dos ensaios realizados foram propostos dois modelos conceituais um para as argilas e outro para o solo transicional. Os resultados do ensaio de adensamento foram modelados usando uma adaptação do modelo constitutivo SCLAY-1S (Koskinen et al., 2002) na qual a variável x descreve os efeitos da estrutura ao invés de cimentação como proposto originalmente. Além disto, a amostra pH 9 foi considerada a amostra de referência, assim para este estado x = 0 e todas as outras amostras tem estrutura, de acordo com a metodologia aqui proposta. Os resultados mostraram que a metodologia proposta para obtenção das amostras é adequada. A sucção inicial foi satisfatoriamente correlacionada à tensão de preadensamento. Resultados das análises de porosimetria confirmam que o estado da estrutura das amostras com pH 9 é mais adequado para representar um estado de referência que o estado das amostras reconstituídas. As amostras com pH 9 apresentam uma estrutura dispersa já que as laterais da partícula de caulinita são carregadas negativamente assim como as faces. Dessa forma com o aumento do carregamento não há muitas configurações possíveis, a estrutura da amostra irá ficar cada vez mais orientada e alinhada paralelamente. O mesmo acontece com as amostras em outros estados. A amostra indeformada apresenta inicialmente a estrutura mais aberta, seguida da reconstituída e remouldada. À medida que o carregamento aumenta a estrutura destas outras amostras tende para uma configuração dispersa com as partículas de caulinita orientadas e alinhadas paralelamente. A modelagem constitutiva se mostrou apropriada, embora ainda haja necessidade de aprimoramento nos estudos para que o parâmetro ax possa ser correlacionado com a variável x. _________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The future of engineering practice is to incorporate aspects of the microstructure into the macroscopic characteristics of soils in order to simplify and make the geotechnical analysis more realistic. Therefore, it is fundamentally important to understand the structure of soils in various states (undisturbed, reconstituted, remoulded, compacted, etc.) and correlate them, as it is already known that the initial state of the soil dictates its behaviour. Hence, this research focuses on developing an understanding of the changes in the soil structure through its pore sizes and distribution under mechanical loading, as well as determining which state is appropriate to describe a reference state of the soil behaviour. The soils tested were the two clays: Kaolin and Ball; and the tropical transitional soil: Brasilia Soil. From the studied soils, samples with pH9, reconstituted, remoulded and undisturbed (for the Brasilia Soil only), were produced. Each of these samples was subjected to uniaxial compression combined with oedometer and Constant Rate of Strain (CRS) apparatus up to: 2, 90, 360, 2,000, 5,000 and 11,000 kPa. Specimens of these samples were then freeze-dried by the lyophilization process and lastly subjected to the Mercury Intrusion Porosimetry (MIP) test. Additionally, the initial suction of a few samples of the three soils was measured. From the results of the laboratory tests carried out, two conceptual models were proposed: one for the clays and one for the transitional soil. The results of the consolidation test were modelled using an adaptation of the constitutive model, SCLAY-1S (Koskinen et al., 2002), in which the variable x describes the structure rather than bonding as originally proposed. Furthermore, the pH9 sample was considered the reference state; thus this state has x = 0, while all other states have some structure, according to the methodology herein proposed. Results showed that the methodology proposed for obtaining the specimens is adequate. The initial suction measured was satisfactorily correlated to the preconsolidation stress. Results of the MIP confirmed that the pH9 state is the most suitable to represent a reference state, rather than the reconstituted state. The pH9 state presents a disperse structure, as the edges of the kaolinite particle are charged negatively as well as the faces. Therefore, as the loading increases there are not many possible configurations for this sample, hence the structure will orient in a preferential direction. The same happens for the samples in other states. The undisturbed sample has the most open structure, followed by the reconstituted and remoulded states. As the loading progresses, the structure of these samples tends towards the dispersed configuration with the kaolinite particles well-oriented and aligned in parallel with each other. The constitutive modelling is appropriate; however, there is still room for improvement studies to correlate the parameter ax with the state variable x.
4

Influência da microestrutura no comportamento hidro-mecânico de uma argila siltosa não saturada incluindo pequenas deformações

Mascarenha, Márcia Maria dos Anjos 11 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil, 2008. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2009-09-21T19:18:50Z No. of bitstreams: 1 2008_MarciaMariaAnjosMascarenha.pdf: 3264981 bytes, checksum: 96c82526a3b4b7eadd24d3d8dd150279 (MD5) / Approved for entry into archive by Gomes Neide(nagomes2005@gmail.com) on 2011-01-03T15:29:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_MarciaMariaAnjosMascarenha.pdf: 3264981 bytes, checksum: 96c82526a3b4b7eadd24d3d8dd150279 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-01-03T15:29:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_MarciaMariaAnjosMascarenha.pdf: 3264981 bytes, checksum: 96c82526a3b4b7eadd24d3d8dd150279 (MD5) Previous issue date: 2008-11 / O crescente interesse da engenharia geotécnica em incorporar conceitos de mecânica de solos não saturados em sua prática corrente e o desenvolvimento de técnicas de laboratório que permitem a reprodução das condições não saturadas encontradas em campo tem permitido, nas últimas décadas, uma grande evolução na compreensão do comportamento dos solos não saturados. No princípio, o comportamento mecânico, hidráulico e microestrutural do solo eram estudados de maneira isolada. Posteriormente, sentiu-se a necessidade de analisar esses comportamentos de maneira integrada, permitindo uma compreensão mais completa. Diante deste contexto, o trabalho desenvolvido nesta tese objetiva o estudo da relação existente entre o comportamento estrutural, hidráulico e mecânico de solos não saturados. O material estudado é uma argila siltosa natural sobre a qual foi construído o Canal Algerri-Balaguer (Catalunha, Espanha), localizado em uma zona de clima semi-árido. O solo possui uma alta porosidade e apresenta comportamento colapsível. O acoplamento entre os aspectos mecânicos e o comportamento hidráulico do solo foi investigado e completado pelo estudo das mudanças na microestrutura induzidas pelas ações mecânicas. Este estudo permitiu verificar a pouca influência das deformações no comportamento hidráulico e microestrutural deste solo. Dessa maneira, a reprodução do comportamento deste solo é representado adequadamente pelos modelos elastoplásticos convencionais. Além disso, as propriedades hidráulicas do solo foram determinadas a partir de técnicas para obtenção de sua distribuição estrutural. Reciprocamente, foi observada a possibilidade de compreensão do comportamento estrutural do solo a partir de suas características hidráulicas. Os resultados obtidos evidenciam a importância do uso paralelo das técnicas testadas para a determinação das curvas características e a caracterização microestrutural do material, permitindo um melhor entendimento do comportamento hidráulico e estrutural de solos não saturados. Em acréscimo, o comportamento de solos não saturados sob pequenas deformações tem sido investigado para relacionar as propriedades mecânicas sob pequenas deformações às características hidráulicas e estruturais do material. Os resultados indicam a existência de dois diferentes mecanismos de variação de módulo de rigidez máximo do solo com a sucção, caso este processo ocorra na macro ou na microestrutura do solo. Dessa forma, surge a necessidade de desenvolver uma nova estrutura para modelar o comportamento dos solos não saturados sob pequenas deformações considerando esses mecanismos. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The increasing interest of geotechnical engineers to incorporate concepts of unsaturated soil mechanics in their current practice and the development of experimental techniques to reproduce in situ conditions in the laboratory have provided the bases for a significant advance in the comprehension of the behaviour of these materials during the last decades. If, at early times, the mechanical, hydraulic and micro-structural behaviour of the soil were studied separately, it emerged subsequently the need for an integrated analysis of these different aspects of soil response within a more comprehensive framework. The work presented in this thesis has been developed in this context and focus on the study of the interplay existing between the micro-structural, hydraulic and mechanical behaviour of an unsaturated soil. The material studied is a natural silty clay extracted from the basement layer of the Algerri-Balaguer canal (Catalonia, Spain) located in a semi-arid climatic zone. The soil presents a high porosity and a marked collapsible behaviour. In a first step, the cross coupling between the mechanical and hydraulic responses of the soil have been investigated and completed by the study of the micro-structural changes induced by mechanical actions. This study allowed for concluding on the low influence played by the deformations on the hydraulic and microstructural behaviour of this particular soil that can be adequately modelled through conventional elastoplastic models. In a second step, an insight into the determination of the hydraulic properties of the soil from its micro-structural features has been performed by means of techniques providing the distribution of porosity within the material. Reciprocally, it has been verified the possibility to derive main features of soil micro-structure from its hydraulic response. The results obtained encourage strongly the parallel use of testing techniques allowing for the determination of the retention curve and the characterization of the micro-structural characteristics of the material for a better understanding of the hydraulic and structural behaviour of unsaturated materials. In a third step, the behaviour of the unsaturated soil at very small strains has been investigated in order to relate the mechanical properties at very small strains to the hydraulic state and the micro-structural characteristics of the material. The results evidence the existence of two different mechanisms of small-strain stiffness variation with suction, one occurring in the macro- and the other in the microstructure. This part ends by concluding on the necessity of developing a new framework to model the behaviour of unsaturated soils at very small-strains.
5

Obtenção de propriedades viscoelásticas de microestruturas via homogeneização

Valério, Guido Willian Navia January 2014 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica, Florianópolis, 2014. / Made available in DSpace on 2015-02-05T20:49:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 328985.pdf: 1121852 bytes, checksum: cc1d659a6a8be040df287f6529fa0857 (MD5) Previous issue date: 2014 / O método de homogeneização é uma forma de se obter as propriedades homogeneizadas de uma microestrutura em uma análise multi escala.É aplicado esse modelo para obter as propriedades homogeneizadas de microestruturas compostas de fases viscoelásticas, submetido a um histórico de deformação de amplitudes constantes.Foi utilizado a modelagem multi escala e suas classes de condição de contorno para obter uma metodologia para determinar a relação constitutiva homogeneizada de microestruturas inicialmente elástica linear e por fim viscoelásticas.As análises foram reproduzidas utilizando o método de elementos finitos.Foi demostrado como aplicar as classes de multi escala e o algoritmo para obtenção das propriedades homogeneizadas.Foram reproduzidos os resultados das análises de alguns artigos, em um dos casos alcançando resultado muito satisfatório.Os resultados obtidos demostra que a modelagem multi escala é um método que tem a capacidade de prever o comportamento homogeneizado de uma microestrutura, porém com um alto custo computacional.<br> / Abstract : The homogenization method is a way to get the properties of a homogenised microstructure in a multi scale analysis. This model is applied to obtain the properties of homogenised composite microstructures of viscoelastic phase, subjected to a history of deformation of constant amplitude. Multi scale modelling was used and its classes of boundary condition for a methodology to determine the constitutive relationship of initially linear elastic microstructures homogenized and finally viscoelastic. The analyses were reproduced using the finite element method.It was demonstrated how to apply multi scale classes and the algorithm for obtaining the homogenized properties. Were reproduced the results of analyses of some articles, in one case reaching a result very satisfactory. The results obtained demonstrates that modeling multi scale is a method that has the ability to predict the behavior of a homogenized, but with a high computational cost.
6

Caracterização microestrutural e textural, por difração de elétrons retro-espalhados (EBSD), da liga de alumínio 5052 soldada a LASER.

Moreira, Thiago Augusto de Sousa January 2014 (has links)
Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Materiais. Rede Temática em Engenharia de Materiais, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto. / Submitted by Oliveira Flávia (flavia@sisbin.ufop.br) on 2015-04-08T21:23:16Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22190 bytes, checksum: 19e8a2b57ef43c09f4d7071d2153c97d (MD5) DISSERTAÇÃO_CaracterizaçãoMicroestruturalTextural.pdf: 3883104 bytes, checksum: 83a7ac494201b511cc26d8800404fa6e (MD5) / Approved for entry into archive by Gracilene Carvalho (gracilene@sisbin.ufop.br) on 2015-04-09T11:02:18Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22190 bytes, checksum: 19e8a2b57ef43c09f4d7071d2153c97d (MD5) DISSERTAÇÃO_CaracterizaçãoMicroestruturalTextural.pdf: 3883104 bytes, checksum: 83a7ac494201b511cc26d8800404fa6e (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-09T11:02:18Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 22190 bytes, checksum: 19e8a2b57ef43c09f4d7071d2153c97d (MD5) DISSERTAÇÃO_CaracterizaçãoMicroestruturalTextural.pdf: 3883104 bytes, checksum: 83a7ac494201b511cc26d8800404fa6e (MD5) Previous issue date: 2014 / Atualmente, existe na indústria da mobilidade uma busca constante pelo aumento da produtividade, eficiência, desempenho e redução de peso, custos e emissão de poluentes, o que resulta na busca constante por novas tecnologias. Neste contexto, materiais tradicionais como os aços estão sendo substituídos por outros, como por exemplo, as ligas de alumínio, que possuem alta razão entre resistência mecânica e densidade, boa resistência à corrosão e alta condutividade elétrica e térmica. Também novos processos de fabricação estão sendo implementados. A utilização de LASER´s de alta densidade de potência permite que os materiais sejam soldados, com reduzida zona termicamente afetada em relação a outros processos de soldagem. Entretanto é de extrema importância verificar a influência dos parâmetros operacionais, utilizados neste tipo de soldagem, na formação da microestrutura do material a fim de relacioná-los com as propriedades mecânicas apresentadas por este após o processo. A escolha adequada dos parâmetros operacionais é fundamental para a garantia da qualidade dos cordões de solda. Neste trabalho, foi estudada a influência da variação de potência no processo de soldagem a LASER Yb:fibra, na formação da microestrutura e textura cristalográfica da solda em liga de alumínio AA5052. As potências adotadas foram: 600, 800 e 1000W. Na caracterização das soldas, feita com base nas técnicas de Microscopia Ótica e Eletrônica de Varredura (MEV), Difração de Elétrons Retro-espalhados (EBSD) e Microdureza Vickers, foi possível determinar a microestrutura, a textura cristalográfica e a microdureza obtida por cada variação de potência. __________________________________________________________________________ / ABSTRACT: Currently exists in the mobility industry a constant search for increased productivity, efficiency, performance and weight reduction, costs and emissions, resulting in the constant search for new technologies. In this context, traditional materials such as steel are being replaced with others such as for example aluminum alloys, which have a high ratio between mechanical strength and density, good corrosion resistance and high electrical and thermal conductivity. Also new manufacturing processes are being implemented. The use of LASER's high power density allows materials to be welded, the heat affected zone with reduced compared to other welding processes. However it is extremely important to verify the influence of the operating parameters used in this type of welding, the formation of the microstructure of the material in order to relate them to the mechanical properties presented by this after the process. The proper choice of operating parameters is critical to ensuring the quality of the weld beads. In this work, the influence of power variation was studied in the welding laser, the formation of microstructure and crystallographic texture of welding of aluminum alloy AA5052. The adopted powers were: 600, 800 and 1000W. The characterization of the welds, made on the basis of microscopy techniques Optics and Electronics (SEM), Electron Diffraction Retro-scattered (EBSD) and Vickers Microhardness allowed to determine the microstructure, crystallographic texture and hardness obtained for each variation power.
7

Porosidade de sistemas polidispersos.

Prado, Diogo Rodrigues January 2015 (has links)
Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mineral. Departamento de Engenharia de Minas, Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mineral) – Escola de Minas, Universidade Federal de Ouro Preto, Ouro Preto, 2015. / Submitted by giuliana silveira (giulianagphoto@gmail.com) on 2015-12-03T17:08:42Z No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO_PorosidadeSistemasPolidispersos.pdf: 1484683 bytes, checksum: 480dc4b4cf51ce14dc8071f60eb4b377 (MD5) / Rejected by Oliveira Flávia (flavia@sisbin.ufop.br), reason: Falta a referência. on 2015-12-09T17:10:12Z (GMT) / Submitted by giuliana silveira (giulianagphoto@gmail.com) on 2015-12-09T17:14:56Z No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO_PorosidadeSistemasPolidispersos.pdf: 1484683 bytes, checksum: 480dc4b4cf51ce14dc8071f60eb4b377 (MD5) / Approved for entry into archive by Oliveira Flávia (flavia@sisbin.ufop.br) on 2015-12-09T17:26:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO_PorosidadeSistemasPolidispersos.pdf: 1484683 bytes, checksum: 480dc4b4cf51ce14dc8071f60eb4b377 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-12-09T17:26:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DISSERTAÇÃO_PorosidadeSistemasPolidispersos.pdf: 1484683 bytes, checksum: 480dc4b4cf51ce14dc8071f60eb4b377 (MD5) Previous issue date: 2015 / A porosidade pode ser um parâmetro muito importante quando se trabalha com materiais granulares. Na filtragem o valor de porosidade é um dos parâmetros que vai determinar a taxa de filtragem, no estudo de rochas reservatórios é um dos parâmetros para determinação da quantidade estocada. Mas apesar de ser um parâmetro de grande utilidade em diversas áreas a determinação de seu valor na maioria das aplicações é cara, difícil ou até mesmo impossível. A proposta do trabalho é desenvolver relações entre a distribuição granulométrica e o valor de porosidade resultante para esse material. Para o desenvolvimento de modelos foram geradas distribuições granulométricas de esferas de vidro que poderiam ser adequadamente descritas pela equação de Weibull-Rosin-Rammler, então obteve-se vários valores de porosidade variando o valor do parâmetro de agudez da equação de Weibull-Rosin-Rammler. Com os resultados foi gerado um modelo utilizando regressão para equação que se julgava adequada e outros dois utilizando as técnicas de aprendizado de máquina (Bagging e Boosting), sendo que um dos modelos obteve aderência de 91,54 % aos dados experimentais. Com isso obteve- se um modelo que pode ser usado para descrever empacotamentos aleatórios com distribuição granulométrica próxima a equação de Weibull-Rosin-Rammler. ________________________________________________________ / ABSTRACT The porosity can be a very important parameter when working with granular materials. In filtration, the porosity value is one of important parameters that will determine the rate of filtration, the study of reservoir rocks is one of parameters to determine the quantity stored. In despite of being a useful parameter in several areas, the determination of its value in the most of applications is expensive, hard or even impossible. The purpose of this study is to develop relations between the particle size distribution and the porosity value for this material. To develop models were generated size distribution of glass spheres, could be adequately described by the Weibull-Rosin-Rammler equation, then many porosity values was obtained varying the value of the sharpness parameter of Weibull-Rosin-Rammler equation. With the results, a model using regression with the equation was thought appropriate was generated and other two models using machine-learning techniques (Bagging and Boosting), one of the models obtained 91.54% of adherence to the experimental data.Thus was obtained a model that can be used to describe random packing with sharp size distribution described by the Weibull-Rosin-Rammler equation.
8

Construção de um equipamento de ensaio de desgaste micro abrasivo por esfera rotativa fixa para análise do desgaste em revestimento duro aplicado por soldagem

Oliveira, Daniel Lucas de [UNESP] 27 February 2015 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-07-13T12:10:22Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2015-02-27. Added 1 bitstream(s) on 2015-07-13T12:25:20Z : No. of bitstreams: 1 000836524.pdf: 2928493 bytes, checksum: 9b4c204130ec38c0829711c994ed2731 (MD5) / O estudo do comportamento de materiais, metálicos e não metálicos, sob a ação de desgaste micro abrasivo por esfera rotativa, tem sido reconhecido como um meio viável para avaliação não destrutiva em superfícies com revestimento duro aplicado por soldagem, sendo a soldagem uma forma rápida para recuperação e manutenção de corpos moedores na mineração e na indústria sucro-alcooleira. Com foco neste cenário, o trabalho em questão, tem o objetivo de projetar e construir uma máquina de ensaio micro abrasivo por esfera rotativa fixa em condições de força normal constante e pressão constante. Como corpos-de-prova, foram utilizadas chapas de aço carbono ASTM A36 de 12,5 mm de espessura e eletrodo revestido da liga Fe-Cr-C com Ø4,0 mm aplicando o revestimento em uma, duas e três camadas. Para o processo de desgaste foi inserido entre a esfera de aço AISI 52100 e o corpo de prova uma pasta abrasiva preparada com carbeto de silício preto com tamanho médio de 5 μm por partícula e água destilada. Nos ensaios realizados, em todos os casos, na análise por microscopia óptica das crateras revelaram somente a presença de desgaste abrasivo por riscamento e a diluição mostrou-se influente na formação da microestrutura do revestimento e uma correlação entre a dureza e resistência ao desgaste / The study of the behavior of materials, metallic and non-metallic, under the action of micro abrasive wear by rotating sphere, has been recognized as a viable means for nondestructive evaluation on surfaces with hard coating applied by welding. Welding is a quick way to recovery and maintenance in mining and ethanol industry. Focusing in this scenario, the work in question aims to design and build a micro abrasive testing machine with a fixed rotating sphere in a position to constant normal force and constant pressure. ASTM A36 mild steel with 12.5 mm thick were used as testing specimen materials and coated electrode of Fe- Cr-C alloy with ø4.0 mm applying the coating once, twice three layers. Between the AISI 52100 steel ball and specimen was placed abrasive slurry of silicon carbide with an average size of 5 μm per particle and distilled water. In the tests performed, in all cases, the analysis by optical microscopy of craters only revealed the presence of abrasive wear by grooving abrasion and dilution proved to be influential in the formation of the coating microstructure and a correlation between hardness and wear resistance
9

Influência da temperatura de preaquecimento no processo de soldagem GMAW em múltiplos passes sobre a microestrutura do aço inoxidável martensítico CA6NM e o metal de solda AWS 5.22 EC410NiMo

Guimarães, Bruna Clarissa 31 August 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Gama, Programa de Pós-Graduação em Integridade de Materiais da Engenharia, 2017. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2018-03-23T20:43:02Z No. of bitstreams: 1 2017_BrunaClarissaGuimarães.pdf: 8019583 bytes, checksum: 2048609da508c6daecc4d6ceda2c2004 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-03-26T17:23:44Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_BrunaClarissaGuimarães.pdf: 8019583 bytes, checksum: 2048609da508c6daecc4d6ceda2c2004 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-03-26T17:23:44Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_BrunaClarissaGuimarães.pdf: 8019583 bytes, checksum: 2048609da508c6daecc4d6ceda2c2004 (MD5) Previous issue date: 2018-03-26 / O aço inoxidável ASTM A743 CA6NM é aplicado na fabricação de turbinas hidroelétricas, devido sua resistência à cavitação e soldabilidade. Os danos mais comuns presentes nas turbinas, que surgem durante seu funcionamento, são os por erosão cavitacionais e a presença das trincas. Estes são reparados pela deposição de um metal de composição química similar ao metal da região danificada por meio do procedimento de soldagem. Durante a soldagem, o controle das temperaturas de interpasse e preaquecimento é imprescindível para evitar a fragilização da microestrutura resultante dos aços inoxidáveis martensíticos macios. Por isto, este estudo tem por objetivo analisar a influência da temperatura de preaquecimento, em três temperaturas diferentes de 100°C, 150°C e 200°C, no ASTM A743 CA6NM soldado pelo processo multipasse GMAW, utilizando o eletrodo consumível AWS 5.22 EC410NiMo. Após a soldagem, para alcançar o objetivo principal, as amostras foram analisadas por meio de micrografias, ensaios de dureza e microdureza e análise térmica, utilizando a Calorimetria Exploratória Diferencial (DSC). Da análise da microestrutura através de microscopia, pode-se verificar a presença de ferrita delta e uma variação da microestrutura martensítica, para as três condições estudadas, devido a influência do ciclo térmico proveniente dos passes de solda, que atuam como um revenimento. Porém, a amostra preaquecida na condição de 200°C apresentou porosidade na interface entre o metal de base e o metal de adição. A região de interface entre o metal de solda e o metal de adição da amostra preaquecida em 150°C apresentou valores menores de dureza quando comparada às condições de preaquecimento de 100°C e 200°C. As temperaturas Ms e Mf foram identificadas nas curvas DSC, com média de 337°C e 200°C, respectivamente. A faixa de transformação martensitíca dos materiais analisados se encontra acima das temperaturas de preaquecimento e de interpasse, o que garante transformação total da martensita após o resfriamento da solda. Neste estudo, a amostra na condição de preaquecimento em 150°C apresentou propriedades satisfatórias, quando comparada às propriedades das amostras preaquecidas nas temperaturas de 100°C e 200°C. / ASTM A743 CA6NM stainless steel is applied for manufacturing hydroelectric turbines, due to its resistance to cavitation and satisfactory weldability. Most frequent damages presented by turbines, which arise during their operation, are those due to cavitational erosion and presence of cracks. These are repaired through welding procedure by metal deposition of similar chemical composition to the base metal. Controlling interpass and preheating temperatures during welding process of martensitic stainless steels is essential to avoid embrittlement of the resulting microstructure. This study aims to analyze the influence of the preheating temperature for three different temperatures, 100 ° C, 150 ° C and 200 ° C on the ASTM A743 CA6NM welded by GMAW multipass process using AWS 5.22 EC410NiMo consumable electrode. After welding, the samples were analyzed through micrographs, hardness and microhardness tests and thermal analysis, via Differential Exploration Calorimetry (DSC). From the analysis of the microstructure through microscopy, delta ferrite´s presence was detected and a variation of the martensitic microstructure could be verified for the three conditions studied, due to the influence of the thermal cycle from the welding passes, which act as a tempering. However, the preheated sample in the 200° C condition displayed porosity at the interface between base metal and addition metal. Interface region (between weld metal and addition metal) preheated at 150° C sample presented lower hardness values when compared to the preheating conditions of 100° C and 150° C. Ms and Mf temperatures could be identified, through DSC curves, with a mean of 337° C and 200° C, respectively. The martensite transformation range of the analyzed materials is above the preheating and interpass temperatures, which guarantees total transformation of martensite after solder cooling. 150°C preheated sample presented more satisfactory proprieties, when compared to the other preheating temperatures samples analyzed in this study.
10

Construção de um equipamento de ensaio de desgaste micro abrasivo por esfera rotativa fixa para análise do desgaste em revestimento duro aplicado por soldagem /

Oliveira, Daniel Lucas de. January 2015 (has links)
Orientador: Vicente Afonso Ventrella / Co-orientador: Juno Gallego / Banca: Aparecido Carlos Gonçalves / Banca: Ricardo Cury Ibrahim / Resumo: O estudo do comportamento de materiais, metálicos e não metálicos, sob a ação de desgaste micro abrasivo por esfera rotativa, tem sido reconhecido como um meio viável para avaliação não destrutiva em superfícies com revestimento duro aplicado por soldagem, sendo a soldagem uma forma rápida para recuperação e manutenção de corpos moedores na mineração e na indústria sucro-alcooleira. Com foco neste cenário, o trabalho em questão, tem o objetivo de projetar e construir uma máquina de ensaio micro abrasivo por esfera rotativa fixa em condições de "força normal constante" e "pressão constante". Como corpos-de-prova, foram utilizadas chapas de aço carbono ASTM A36 de 12,5 mm de espessura e eletrodo revestido da liga Fe-Cr-C com Ø4,0 mm aplicando o revestimento em uma, duas e três camadas. Para o processo de desgaste foi inserido entre a esfera de aço AISI 52100 e o corpo de prova uma pasta abrasiva preparada com carbeto de silício preto com tamanho médio de 5 μm por partícula e água destilada. Nos ensaios realizados, em todos os casos, na análise por microscopia óptica das crateras revelaram somente a presença de desgaste abrasivo por "riscamento" e a diluição mostrou-se influente na formação da microestrutura do revestimento e uma correlação entre a dureza e resistência ao desgaste / Abstract: The study of the behavior of materials, metallic and non-metallic, under the action of micro abrasive wear by rotating sphere, has been recognized as a viable means for nondestructive evaluation on surfaces with hard coating applied by welding. Welding is a quick way to recovery and maintenance in mining and ethanol industry. Focusing in this scenario, the work in question aims to design and build a micro abrasive testing machine with a fixed rotating sphere in a position to "constant normal force" and "constant pressure". ASTM A36 mild steel with 12.5 mm thick were used as testing specimen materials and coated electrode of Fe- Cr-C alloy with ø4.0 mm applying the coating once, twice three layers. Between the AISI 52100 steel ball and specimen was placed abrasive slurry of silicon carbide with an average size of 5 μm per particle and distilled water. In the tests performed, in all cases, the analysis by optical microscopy of craters only revealed the presence of abrasive wear by "grooving abrasion " and dilution proved to be influential in the formation of the coating microstructure and a correlation between hardness and wear resistance / Mestre

Page generated in 0.047 seconds