• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 205
  • 1
  • Tagged with
  • 210
  • 210
  • 145
  • 82
  • 78
  • 73
  • 73
  • 42
  • 31
  • 29
  • 23
  • 22
  • 21
  • 20
  • 19
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Acúmulo de micronutrientes em materiais genéticos de cafeeiro Conilon

VENANCIO, F. C. D. 15 December 2016 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-01T22:33:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_9641_Felipe Cassa Duarte Venancio.pdf: 1104217 bytes, checksum: 8e33846d737710f87341e2d89d748c38 (MD5) Previous issue date: 2016-12-15 / Objetivando caracterizar o acúmulo de micronutrientes (Cu, Zn, Mn, Fe e B), de matéria seca e verificar a variação no conteúdo destes elementos em materiais genéticos de cafeeiro Conilon, realizou-se um estudo utilizando os seguintes materiais genéticos: cinco clones (02, 03, 14, 23, 120) pertencentes à INCAPER 8142 Cultivar Vitória, variedade clonal, e EMCAPER 8151 Robusta Tropical, variedade de propagação por semente, conduzido na Fazenda Experimental Bananal do Norte do Incaper, localizada no distrito de Pacotuba, em Cachoeiro do Itapemirim (ES). Foi utilizado o delineamento experimental de blocos ao acaso com 27 amostragens, realizando a coleta de plantas inteiras, uma de cada material genético. A matéria seca total aumentou de forma crescente até o quarto ano de idade, alcançando 6,42 kg/planta e os compartimentos analisados (folhas, ramos, caule, raiz e frutos) alcançaram 1,02 kg/planta, 0,60 kg/planta, 3,21 kg/planta, 0,37 kg/planta e 1,20 kg/planta, respectivamente. Os conteúdos de Fe, Mn, B, Cu e Zn na planta aumentaram de forma crescente até o quarto ano de idade, alcançando 1.368,42 mg, 788,53 mg, 174,40 mg, 78,76 mg, e 72,63 mg, respectivamente. A ordem de acúmulo foi: Fe > Mn > B > Cu > Zn. Os maiores teores de Cu estão nos frutos e nas folhas, o de Zn nas raízes, Mn nas folhas e nos ramos, Fe nas raízes e B nas folhas. Não foi observada nenhuma diferenciação nos teores foliares entre os micronutrientes avaliados. Os teores B não se diferenciaram nos compartimentos analisados entre os materiais genéticos. As folhas apresentaram maiores conteúdos de Mn e B, o caule apresentou maiores conteúdos de Cu e Zn e as raízes apresentaram maiores conteúdos de Fe. Os materiais genéticos de cafeeiro Conilon estudados apresentaram uma taxa de acúmulo diário de matéria seca de 4,0572 g planta-1 dia-1 e as taxas de acúmulo diário de micronutrientes (Cu, Zn, Mn, Fe e B) de 0,0470 mg planta-1 dia-1, 0,0463 mg planta-1 dia-1, 0,4638 mg planta-1 dia-1, 0,9805 mg planta-1 dia-1 e 0,1128 mg planta-1 dia-1, respectivamente. As maiores taxas de acúmulo anual vegetativa para os micronutrientes foram observadas nas folhas, com exceção do Fe, que apresentou as maiores taxas de acúmulo nas raízes. A maior taxa de acúmulo anual de matéria seca vegetativa foi verificada no Robusta Tropical e nos clones 23 e 120, e a menor taxa de acúmulo anual de matéria seca no Clone 14. Aos 4 anos de idade, a maior parte do total de matéria seca acumulada foi alocada no caule (50%), seguido pelos frutos (19%), folhas (16%), ramos (9%) e raízes (6%). Palavras-chave: Café Conilon. Nutrição mineral. Proporção.
2

Nutrição mineral, crescimento e qualidade do óleo essencial da menta (Mentha arvensis L.) cultivada em solução nutritiva / Nutrition, growth and essential oil quality of mint (Mentha arvensis L.) in nutrient solution

Maia, Nilson Borlina 07 December 1994 (has links)
Para determinação do efeito de nutrientes na qualidade do óleo essencial da Mentha arvensis, cultivou-se plantas submetidas a oito tratamentos em solução nutritiva completa, com omissão de nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, ferro, zinco e boro. O óleo essencial das folhas de cada tratamento foi extraído por destilação de arraste de vapor e analisado por cromatógrafo acoplado a espectrômetro de massa (GCMS). A análise indicou sensíveis diferenças quanto ao número de componentes e à proporção de limoneno, mentora, mentol e metil acetato no óleo. Determinou-se também efeitos da omissão de nutrientes no desenvolvimento de folhas, hastes, estolões e raízes das plantas e as suas respectivas extrações de nutrientes. Sintomas visuais de deficiência de nitrogênio, fósforo, potássio e cálcio foram observados e descritos / To determinate the effect of the macro and micronutrients on the Mentha arvensis essentiaI oil, plants were submitted to complete nutrient solution or without N, P, K., Ca, Fe, Zn and B. EssentiaI oil extracted by hydrodestillation was anaIyzed by gas chromatography and mass spectrometry. Oil nutrient omission intluenced oil quality affecting concentrations of limonene, menthone, menthol and menthyl acetate. Nutrient omission aItered leaves, shoots, rhizomes and roots development as their respective nutrient extraction. This work aIso describes visual symptoms of nitrogen, phosphorous, potassium and calcium deficiencies
3

Nutrição mineral, produção e concentração de artemisinina em Artemisia annua L. / not available

Figueira, Glyn Mara 08 May 1995 (has links)
A OMS estima que a ocorrência global de malária atinge 210 milhões de casos/ano. Responsável por 2 milhões de mortes/ano. A Artemisia annua utilizada a mais de 15 séculos pelos chineses, possui uma substância denominada artemisinina com atividade antimalárica. Devido a falta de informação sobre a nutrição mineral dessa planta, foi proposto o trabalho com o objetivo de conhecer as exigências nutricionais, caracterizar sintomatologia de deficiências e estudar as correlações entre o estado nutricional, a produção de material seco e a produção de artemisinina, foram realizados experimentos de cultivo hidropônico em casa de vegetação. Os tratamentos utilizados foram solução nutritiva completa, com omissão de macronutrientes e com níveis de nitrogênio. Os experimentos foram realizados por dois anos consecutivos, com algumas modificações entre eles. Os resultados permitiram concluir-se que: o teor de artemisinina obtido no segundo experimento, para o tratamento completo, pode ser considerado alto nas condições estudadas; o método analítico mostrou-se eficiente com a vantagem de quantificar também o ácido artemisinínico, que pode ser convertido em artemisinina; as omissões de N e P afetaram a produção. Os níveis de N não permitiram determinar a dose necessária; as produções tanto da artemisinina relacionaram-se com os nutrientes / not available
4

Variabilidade da fertilidade do solo e nutrição mineral do milho cultivado sob cerrado / Variability of soil fertility and mineral nutrition of corn grown in cerrado (Savannah)

Montezano, Zaqueu Fernando 08 July 2005 (has links)
O conhecimento da variabilidade da fertilidade do solo e nutrição mineral das plantas em escala de campo pode trazer importantes subsídios na racionalização de uso dos corretivos e fertilizantes do solo com grandes benefícios econômicos e ambientais. Este estudo de caso teve os seguintes objetivos: i) avaliar a variabilidade da fertilidade do solo por meio do fracionamento de uma área cultivada em pequenas células de manejo, ii) avaliar a variabilidade da nutrição mineral de plantas de milho por meio do fracionamento em pequenas células de manejo e, iii) avaliar a correlação da fertilidade do solo e da nutrição mineral das plantas com a produtividade do milho numa área cultivada e manejada homogeneamente. O estudo de caso foi conduzido na Fazenda Alto Alegre localizada em Planaltina - GO, numa área de 373 hectares de um Latossolo cultivada com milho na safra 2003/04. Traçado um polígono da área procedeu-se a divisão em 80 células de manejo de quatro hectares cada. A amostragem do solo seguiu uma diagonal com doze pontos para compor a amostra composta representativa dentro de cada célula. As coordenadas desses pontos foram obtidas e arquivadas. A amostragem das folhas seguiu o mesmo procedimento do solo. As determinações realizadas foram da fertilidade e textura do solo. Nas plantas de milho foram determinados os macronutrientes e micronutrientes. A produtividade para cada célula foi obtida por meio da colhedora equipada com Sistema de Posicionamento Geográfico (GPS) e monitor de rendimento de grãos. Na análise da variabilidade dos dados foram considerados parâmetros estatísticos descritivos e análise de regressão linear simples. A variabilidade foi considerada alta para o fósforo disponível, cobre e zinco; média para matéria orgânica, enxofre, cálcio, magnésio, acidez potencial, soma de bases, capacidade potencial de troca de cátions, saturação por bases, boro, ferro e manganês e baixa para pH e potássio. A variabilidade da concentração dos nutrientes na folha indicadora do milho foi considerada baixa para o nitrogênio, fósforo, potássio, enxofre e magnésio; média para o cálcio, boro, ferro, manganês e alta para o cobre. Os coeficientes de correlação linear foram significativos e positivos para a matéria orgânica e boro versus produtividade do milho. Contudo, para cobre, manganês e zinco foram significativos e negativos. Os coeficientes de correlação linear entre os atributos de nutrição mineral versus produtividade foram significativos e negativos para o cobre, manganês e zinco. Esses resultados estão diretamente ligados ao fornecimento anual desses micronutrientes juntamente com as adubações anuais e a média acidez do solo. A altitude mostrou ter uma relação mais direta com os atributos de nutrição mineral do milho do que os dados de produtividade. Em estudos de escala de campo normalmente não é possível isolar ou medir todos os fatores bióticos e abióticos que influenciam na produção da cultura. Entretanto, verificou-se neste estudo de caso que o conhecimento da variabilidade da fertilidade do solo, nutrição mineral de plantas e produtividade pode fornecer importantes subsídios na racionalização do uso de insumos e manejo da área considerada / The acquaintance on the variability of soil fertility and mineral nutrition of crops grown in field scale may bring important subsidies for rationalizing the use of fertilizers and soil amenders, with great economic and environment benefits. The objectives of this case study were: a) to evaluate the soil fertility variability through the fractionation of a commercially grown corn field into small management cells; b) to evaluate the corn plant mineral nutrition variability through the fractionation of a commercially grown corn field into small management cells. c) to evaluate the correlation of soil fertility and plant mineral nutrition with grain productivity of corn grown in homogeneously managed area. The study was carried out in Alto Alegre farm in Planaltina, GO, Brazil, in a Typic Dystrarox soil under cerrado (savannah) in an area with 373 ha of corn crop grown during 2003/4 period. After outlining a polygon of area it was divided into 80 management cells of 4 ha each. The soil sampling followed a diagonal with twelve points to constitute a representative composite sample within each cell. Diagnostic leaf samples were collected form three plants per each twelve point to constitute a representative composite sample. The co-ordinates of these points were obtained and recorded. The soil samples were analyzed for texture and soil fertility and leaf samples for macro and micronutrients. The yield for each cell was obtained with a harvester equipped with GPS and grain yield monitor. For data variability analysis the descriptive statistic parameters were considered. The simple linear regression analysis of soil fertility versus corn grain yield data was applied. The variability was considered high for available phosphorus, copper and zinc contents; medium for soil organic matter, sulphur, calcium, and magnesium content, potential acidity, sum of bases, CEC, base saturation, boron, iron and manganese content and low for soil pH and potassium content. The linear correlation coefficients (LCC) were significants and positives for soil organic matter and boron content versus corn yield. However, the LCC for copper, manganese and zinc content were significants and negatives. The variability of nutrient content in the diagnostic corn leaves were considered low for nitrogen, phosphorus, potassium, sulphur and magnesium content; medium for calcium, boron, iron, manganese; and high for copper. The linear correlation coefficients between the mineral nutrition versus grain yield were significants and negatives for copper, manganese and zinc. These results are directly linked with annual supplying of these micronutrients and medium soil acidity. The correlation of altitude with yield was positive, however the altitude showed to have more direct relationship with corn mineral nutrition than with yield data. Although it is not possible to isolate or measure all the biotic and abiotic factors affecting the yield in field scale study, the knowledge on soil fertility variability and grain productivity may provide important subsidies for rationalizing the farm input use
5

Variabilidade da fertilidade do solo e nutrição mineral do milho cultivado sob cerrado / Variability of soil fertility and mineral nutrition of corn grown in cerrado (Savannah)

Zaqueu Fernando Montezano 08 July 2005 (has links)
O conhecimento da variabilidade da fertilidade do solo e nutrição mineral das plantas em escala de campo pode trazer importantes subsídios na racionalização de uso dos corretivos e fertilizantes do solo com grandes benefícios econômicos e ambientais. Este estudo de caso teve os seguintes objetivos: i) avaliar a variabilidade da fertilidade do solo por meio do fracionamento de uma área cultivada em pequenas células de manejo, ii) avaliar a variabilidade da nutrição mineral de plantas de milho por meio do fracionamento em pequenas células de manejo e, iii) avaliar a correlação da fertilidade do solo e da nutrição mineral das plantas com a produtividade do milho numa área cultivada e manejada homogeneamente. O estudo de caso foi conduzido na Fazenda Alto Alegre localizada em Planaltina - GO, numa área de 373 hectares de um Latossolo cultivada com milho na safra 2003/04. Traçado um polígono da área procedeu-se a divisão em 80 células de manejo de quatro hectares cada. A amostragem do solo seguiu uma diagonal com doze pontos para compor a amostra composta representativa dentro de cada célula. As coordenadas desses pontos foram obtidas e arquivadas. A amostragem das folhas seguiu o mesmo procedimento do solo. As determinações realizadas foram da fertilidade e textura do solo. Nas plantas de milho foram determinados os macronutrientes e micronutrientes. A produtividade para cada célula foi obtida por meio da colhedora equipada com Sistema de Posicionamento Geográfico (GPS) e monitor de rendimento de grãos. Na análise da variabilidade dos dados foram considerados parâmetros estatísticos descritivos e análise de regressão linear simples. A variabilidade foi considerada alta para o fósforo disponível, cobre e zinco; média para matéria orgânica, enxofre, cálcio, magnésio, acidez potencial, soma de bases, capacidade potencial de troca de cátions, saturação por bases, boro, ferro e manganês e baixa para pH e potássio. A variabilidade da concentração dos nutrientes na folha indicadora do milho foi considerada baixa para o nitrogênio, fósforo, potássio, enxofre e magnésio; média para o cálcio, boro, ferro, manganês e alta para o cobre. Os coeficientes de correlação linear foram significativos e positivos para a matéria orgânica e boro versus produtividade do milho. Contudo, para cobre, manganês e zinco foram significativos e negativos. Os coeficientes de correlação linear entre os atributos de nutrição mineral versus produtividade foram significativos e negativos para o cobre, manganês e zinco. Esses resultados estão diretamente ligados ao fornecimento anual desses micronutrientes juntamente com as adubações anuais e a média acidez do solo. A altitude mostrou ter uma relação mais direta com os atributos de nutrição mineral do milho do que os dados de produtividade. Em estudos de escala de campo normalmente não é possível isolar ou medir todos os fatores bióticos e abióticos que influenciam na produção da cultura. Entretanto, verificou-se neste estudo de caso que o conhecimento da variabilidade da fertilidade do solo, nutrição mineral de plantas e produtividade pode fornecer importantes subsídios na racionalização do uso de insumos e manejo da área considerada / The acquaintance on the variability of soil fertility and mineral nutrition of crops grown in field scale may bring important subsidies for rationalizing the use of fertilizers and soil amenders, with great economic and environment benefits. The objectives of this case study were: a) to evaluate the soil fertility variability through the fractionation of a commercially grown corn field into small management cells; b) to evaluate the corn plant mineral nutrition variability through the fractionation of a commercially grown corn field into small management cells. c) to evaluate the correlation of soil fertility and plant mineral nutrition with grain productivity of corn grown in homogeneously managed area. The study was carried out in Alto Alegre farm in Planaltina, GO, Brazil, in a Typic Dystrarox soil under cerrado (savannah) in an area with 373 ha of corn crop grown during 2003/4 period. After outlining a polygon of area it was divided into 80 management cells of 4 ha each. The soil sampling followed a diagonal with twelve points to constitute a representative composite sample within each cell. Diagnostic leaf samples were collected form three plants per each twelve point to constitute a representative composite sample. The co-ordinates of these points were obtained and recorded. The soil samples were analyzed for texture and soil fertility and leaf samples for macro and micronutrients. The yield for each cell was obtained with a harvester equipped with GPS and grain yield monitor. For data variability analysis the descriptive statistic parameters were considered. The simple linear regression analysis of soil fertility versus corn grain yield data was applied. The variability was considered high for available phosphorus, copper and zinc contents; medium for soil organic matter, sulphur, calcium, and magnesium content, potential acidity, sum of bases, CEC, base saturation, boron, iron and manganese content and low for soil pH and potassium content. The linear correlation coefficients (LCC) were significants and positives for soil organic matter and boron content versus corn yield. However, the LCC for copper, manganese and zinc content were significants and negatives. The variability of nutrient content in the diagnostic corn leaves were considered low for nitrogen, phosphorus, potassium, sulphur and magnesium content; medium for calcium, boron, iron, manganese; and high for copper. The linear correlation coefficients between the mineral nutrition versus grain yield were significants and negatives for copper, manganese and zinc. These results are directly linked with annual supplying of these micronutrients and medium soil acidity. The correlation of altitude with yield was positive, however the altitude showed to have more direct relationship with corn mineral nutrition than with yield data. Although it is not possible to isolate or measure all the biotic and abiotic factors affecting the yield in field scale study, the knowledge on soil fertility variability and grain productivity may provide important subsidies for rationalizing the farm input use
6

Níveis de adubação potássica na cultura da figueira /

Brizola, Rubem Marcos de Oliveira, 1977- January 2003 (has links)
Orientador: Sarita Leonel / Resumo: O objetivo deste experimento foi o de avaliar o estado nutricional e desenvolvimento fenológico de figueira (Ficus carica L.) cv. 'Roxo de Valinhos' conduzidas durante o estágio de formação (dois anos consecutivos), submetidas a níveis crescentes de potássio. A condução do experimento foi realizada em condições de campo na área do Pomar da Fazenda Experimental Lageado, da Faculdade de Ciências Agronômicas, Campus de Botucatu. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados com quatro repetições e seis tratamentos, dispostos em esquema de parcelas sub-subdivididas no tempo. Os tratamentos constituíram-se de seis níveis de adubação potássica (0, 30, 60, 90, 120 e 150g de K2O/planta) aplicados em cobertura anualmente no início da fase de brotação com uso de cloreto de potássio como fornecedor do nutriente. Para efeito da composição das causas de variância, os níveis de potássio foram aplicados às parcelas, os dois anos de coletas aplicados às subparcelas e os três meses de coleta aplicados às sub-subparcelas. Realizou-se análise de variância e de regressão, adotando-se a técnica dos polinômios ortogonais, escolhendo o polinômio de maior grau que foi significativo para a determinação da equação. Foram realizadas avaliações do estado nutricional das plantas apor meio de amostragens de folhas e pecíolos durante três meses: outubro (antes do florescimento), dezembro (durante o florescimento) e fevereiro (maturação de frutas); avaliações da fertilidade do solo através análises químicas da camada arável (0-20cm), durante... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Abstract: The purpose of the research was to evaluate the nutritional states and ecologic development of fig-tree cv. 'Roxo of Valinhos' submitted the increasing doses of potassium. The experiment was carried through in field conditions at the Orchard of Experimental Farm, of the College Agronomic Sciences, Campus of Botucatu. The experimental design was at randomized blocks with four replications and six treatments made use in project of sub-subdivided parcels in the time. The treatments were six doses of potassium fertilizer (0, 30, 60, 90, 120 and 150g of K2Ò/planta) applied annually in covering in the sprout beginning with chloride potassium as nutrient supplying. For effect of variation causes composition, the potassium concentrations had been applied in parcels, the two years of applied collections subparcelas and tree months of collection-applied sub-sub parcels. A variation and regression analysis was become fulfilled, adopting technical it of the orthogonal polynomials, choosing the polynomial of bigger degree that was significant for equation determination. It had been carried through estimation of the plants nutritional state across of leaves and petiole samplings during tree months: October (before the bloom), December (during the bloom) and February (matured fruits): estimation of the fertility of the ground across chemistry analyses of the layer soil (0-20cm), during the... (Complete abstract, click electronic address below). / Mestre
7

Desenvolvimento inicial e nutrição de mudas de mogno-africano transplantadas em viveiro em resposta à adubação nitrogenada e fosfatada / Initial development and nutrition of african mahogany seedlings transplanted in nursery in response to nitrogen fertilization and phosphated

Araújo, Matheus da Silva 04 May 2018 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2018. / Submitted by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-10-16T19:33:16Z No. of bitstreams: 1 2018_MatheusdaSilvaAraújo.pdf: 1318455 bytes, checksum: 8080c934c7d96a7a1075d482a1d7c50d (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-10-18T21:11:50Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2018_MatheusdaSilvaAraújo.pdf: 1318455 bytes, checksum: 8080c934c7d96a7a1075d482a1d7c50d (MD5) / Made available in DSpace on 2018-10-18T21:11:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2018_MatheusdaSilvaAraújo.pdf: 1318455 bytes, checksum: 8080c934c7d96a7a1075d482a1d7c50d (MD5) Previous issue date: 2018-10-18 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). / A demanda por madeira nobre vem crescendo expressivamente nos últimos anos e os plantios comerciais de espécies florestais não tem acompanhado essa demanda de mercado, fazendo-se necessária a implantação de novas espécies e, também, a adoção de práticas de manejo que garantam eficiência e alta produtividade dos plantios florestais. Em razão da escassez de informações sobre a nutrição mineral em mogno-africano em viveiros objetivou-se avaliar o efeito de doses de nitrogênio (N) e fósforo (P) no desenvolvimento inicial e nutrição de mudas de mogno-africano (Khaya ivorensis A. Chev). O experimento foi realizado em viveiro, em recipientes de polietileno com capacidade de 5 dm3, utilizando-se como substrato peneirado, o Latossolo Vermelho-Amarelo distrófico. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado, em esquema fatorial 5×5, com quatro repetições, totalizando 100 unidades (mudas) experimentais. Os tratamentos foram constituídos de cinco doses de N e cinco doses de P: 0, 50, 100, 150 e 200 mg dm-3, sendo as fontes minerais utilizadas ureia e superfostato triplo. Aos 120 dias após transplantio, foram analisadas: altura da planta, diâmetro do coleto, número de folíolos, massa de matéria seca da parte aérea, massa de matéria seca de raiz, massa de matéria seca total e teores de N e P nas folhas, caule e raízes. Os dados foram submetidos à análise de variância e de regressão, com α = 0,05. As doses crescentes de N e P promoveram incremento na altura, diâmetro do coleto, número de folíolos, massa de matéria seca da parte aérea, massa de matéria seca de raízes, massa de matéria seca total e teor de N e P nas folhas, caule e raízes. Observou-se incremento em todas as variáveis avaliadas a partir da aplicação de 50 mg dm-3 de N e P, aumentando com a elevação das doses. A aplicação de 200 mg dm-3 de P associada a 100 mg dm-3 de N proporcionou o máximo crescimento nas mudas de mogno-africano. Os incrementos observados nas mudas de mogno-africano em razão do aumento das doses de N e P evidenciam a importância da adequada nutrição nitrogenada e fosfatada no desenvolvimento inicial desta espécie. As mudas de mogno-africano se mostraram maior exigência em N comparado ao P na fase inicial de desenvolvimento. / The demand for hardwood has been growing significantly in recent years and the commercial plantations of non-forest species has followed this market demand, making necessary the implantation of new species and management practices to ensure efficiency and high productivity of forestry plantations. Because of the paucity of information on the mineral nutrition in African mahogany in the objective to evaluate the effect of doses of nitrogen (N) and phosphorus (P) in the initial development and nutrition of seedlings of African mahogany (Khaya ivorensis a. Chev). The experiment was conducted in a greenhouse, in polyethylene containers with a capacity of 5 dm3, using as substratum sifted, red-yellow Latosol distrófico. The experimental design used was the completely randomized design in 5 × 5 factorial scheme, with four repetitions, totaling 100 units (seedlings). The treatments were comprised of five doses of N and five doses of P: 0, 50, 100, 150 and 200 mg dm-3, being the mineral springs used urea and triple superfostato. The 120 days after transplanting, were measured: plant height, diameter of the collect, number of leaflets, dry matter mass of the shoot, root dry matter mass, mass of total dry matter and concentrations of N and P in leaves, stem and roots. The data were subjected to analysis of variance and regression, with α = 0.05. Increasing doses of N and P have promoted increase in height, diameter of the collect, number of leaflets, dry matter mass of the shoot, root dry matter mass, mass of total dry matter and N and P content in the leaves, stems and roots. Increment was observed in all the evaluated variables from the application of 50 mg dm-3 of N and P, increasing with high doses. The application of 200 mg dm-3 of P associated with 100 mg dm-3 of N provided as much growth in seedlings of African mahogany. The observed increments in African mahogany seedlings due to increasing doses of N and P are evidence of the importance of adequate nitrogen and phosphate nutrition in the initial development of this species. African mahogany seedlings showed higher N requirement compared to P in the early stages of development.
8

Produção, qualidade de frutos e teores foliares de nutrientes no maracujazeiro amarelo em resposta à nutrição potássica / Yield, fruit quality and foliar nutrient content of yellow passion fruit in response to potassium nutrition

Araújo, Raunira da Costa 26 November 2001 (has links)
Submitted by Reginaldo Soares de Freitas (reginaldo.freitas@ufv.br) on 2017-04-27T13:17:41Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 827925 bytes, checksum: 057bfe4e6fc1d624e80c924f10763a26 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-04-27T13:17:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 827925 bytes, checksum: 057bfe4e6fc1d624e80c924f10763a26 (MD5) Previous issue date: 2001-11-26 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / A produção de frutas no Brasil é uma das atividades mais importantes do negócio agrícola. Dentre as fruteiras que apresentam potencial de cultivo, o maracujazeiro é uma das mais importantes e seu cultivo tem crescido nos últimos anos. Diante do potencial que tem a cultura e pelo importante papel que o K exerce na nutrição de fruteiras, o objetivo do trabalho foi avaliar os efeitos da nutrição potássica sobre características de crescimento, produção e qualidade dos frutos, teores foliares de nutrientes (N, P, K, Ca, Mg, S, B, Fe, Mn e Zn) e relações N/K, K/Ca, K/Mg, K/(Ca + Mg), N/P e Fe/Mn associados às melhores respostas de características importantes para a indústria e para o consumo in natura. O trabalho foi conduzido em casa de vegetação no Departamento de Fitotecnia da Universidade Federal de Viçosa, Minas Gerais, Brasil, de janeiro a outubro de 1999, tendo sido instalado em arranjo fatorial 4 x 5, em sub-blocos com 20 tratamentos e uma repetição. Os tratamentos foram constituídos da combinação de quatro híbridos com cinco doses de K (1, 2, 4, 6 e 8 mmol/L), na solução nutritiva de HOAGLAND e ARNON. Como do ponto de vista prático as diferenças entre os híbridos usados no experimento apresentavam pouca relevância e estes foram usados apenas para garantir a polinização entre as plantas, optou-se então por analisar os dados no delineamento de blocos casualizados com cinco tratamentos e quatro repetições, onde cada híbrido constituiu-se em um bloco. A unidade experimental foi constituída por um vaso plástico de 20 L, contendo uma planta/vaso, em espaçamento de 0,5 x 1,0 m. O sistema hidropônico utilizado foi do tipo circulante, em que de cada caixa saía uma tubulação que irrigava por gravidade, a uma vazão de 10 L/h, um vaso em cada bloco. O substrato utilizado foi areia lavada e o volume drenado dos vasos de cada tratamento era coletado em caixas, equipadas com chave automática de mercúrio, a qual, atingindo o volume de 40 L, acionava o bombeamento da solução para a caixa do tratamento de origem. As readições dos nutrientes foram baseadas na condutividade elétrica da solução, adotando-se depleção máxima de 60% nos primeiros 5 meses e de 20% após esse período. Na colheita, foram avaliadas características de produção e qualidade dos frutos, sendo a composição mineral avaliada em amostras foliares coletadas aos dois, quatro, seis e oito meses após o transplantio. O aumento da concentração de K na solução nutritiva resultou em aumentos lineares no comprimento dos ramos, vingamento dos frutos, número de frutos por planta, diâmetro dos frutos, número de sementes por fruto, espessura e teor relativo de água no pericarpo e teor de vitamina C do maracujazeiro amarelo. A produção de frutos por planta aumentou com o aumento da concentração de K na solução nutritiva, com ponto de máximo correspondente a 6,43 mmol/L de K. O peso médio de frutos e a acidez total titulável no suco dos frutos de maracujá-amarelo aumentaram de forma quadrática com o aumento da concentração de K na solução nutritiva, com pontos de máximo correspondentes a 6,24 e 5,27 mmol/L de K, respectivamente. O aumento da concentração de K na solução nutritiva reduziu o tempo transcorrido da fecundação da flor à maturação do fruto e a relação sólidos solúveis totais/acidez total titulável do suco dos frutos. O comprimento dos frutos, o rendimento de extração de polpa, o potencial osmótico e o pH do suco não foram influenciados pelas doses de K utilizadas. Houve efeito das concentrações de K na solução nutritiva sobre as concentrações foliares de N, K, Ca, Mg, S, B, Mn e Zn. Os teores foliares associados à produção de frutos de máxima eficiência econômica na média da terceira e quarta épocas de amostragem foram: 2,12; 0,29; 2,24; 0,76; 0,23 e 0,27 dag/kg de N, P, K, Ca, Mg e S; e 74, 83, 112 e 23 mg/kg de B, Fe, Mn e Zn. As relações N/K, K/Ca, K/Mg, K/(Ca + Mg), N/P e Fe/Mn no tratamento que proporcionou a produção de máxima eficiência econômica na média da terceira e quarta épocas de amostragem foram de 0,95; 2,90; 9,72; 2,27; 7,34 e 0,74, respectivamente. / The effects of potassium on growth, yield, fruit quality, foliar content of nutrients (N, P, K, Ca, Mg, S, B, Faith, Mn and Zn) and nutrient ratios N/K, K/Ca, K/Mg, K/(Ca + Mg), N/P and Fe/Mn associated to the best yield and fruit quality were evaluated in passion fruit vine at the Federal University of Viçosa, Minas Gerais, Brazil. The plants were grown in nutritive solution of HOAGLAND and ARNON in a green house, from January to October 1999. The experimental design was a factorial 4 x 5, in sub-blocks with 20 treatments and 1 replication. The treatments were constituted of 4 hybrids combined with 5 doses of K (1, 2, 4, 6 and 8 mmol/L). Due to the absence of interest about the differences among the hybrids, which were just used to guarantee the pollination among the plants, the data were analyzed according to a randomized blocks design with 5 treatments and 4 replications, where each hybrid constituted a block. The experimental unit was a 20 L plastic pot containing rinsed sand and one plant per pot. The plants of each treatment were irrigated with nutritive solution by a circulating hydroponic system, with a flow rate of 10 L/h.plant. Nutrient additions were made even when the electric conductivity of the solution dropped to a value corresponding to a nutrient depletion of 60% in the first 5 months and of 20%, after that period. Yield and fruit quality were evaluated at the ripening point. The mineral composition were evaluated in leaves sampled at 2, 4, 6 and 8 months after the planting. The increase of the K concentration in the nutritive solution resulted in lineal increases in the length of the branches, fruit set, number of fruits per plant, diameter of the fruits, number of seeds per fruit, thickness and relative water content in the pericarp and the vitamin C content in the juice. The yield of fruits per plant increased with the increase of the concentration of K in the nutritive solution, until a maximum corresponding to 6.43 mmol/L of K. The medium weight of fruits and the total titratable acidity in the juice increased in a quadratic way with the increase of the concentration of K in the nutritive solution, with maximum points corresponding to 6.24 and 5.27 mmol/L of K, respectively. The increase of the concentration of K in the nutritive solution reduced the time between anthesis and fruit maturation and the ratio total soluble solids/ total titratable acidity of the juice. Length of the fruits, pulp percentage, osmotic potential and pH of the juice were not influenced by the doses of K. There was effect of the K concentrations in the nutritive solution on the foliar concentrations of N, K, Ca, Mg, S, B, Mn and Zn. Leaf contents associated to the maximum economic efficiency of fruit yield (average of third and fourth sampling dates) were: 2.12; 0.29; 2.24; 0.76; 0.23 and 0.27 dag/kg of N, P, K, Ca, Mg and S and, 74; 83; 112 and 23 mg/kg of B, Cu, Mn and Zn. The correspondent nutrient ratios N/K, K/Ca, K/Mg, K/(Ca+Mg), N/P and Fe/Mn were: 0.95; 2.90; 9.72; 2.27; 7.34 and 0.74, respectively.
9

Sistema de recomendação de corretivos e fertilizantes para a cultura do coqueiro / System to recomendate lime and fertilizers for coconut

Rosa, Gustavo Nogueira Guedes Pereira 20 August 2002 (has links)
Submitted by Marco Antônio de Ramos Chagas (mchagas@ufv.br) on 2016-06-16T11:50:28Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 519290 bytes, checksum: 682acae2e0c454df5db78f5196478b57 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-06-16T11:50:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 519290 bytes, checksum: 682acae2e0c454df5db78f5196478b57 (MD5) Previous issue date: 2002-08-20 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / As recomendações de fertilizantes utilizadas no país são baseadas em curvas de resposta, em que nutrientes são aplicados em doses crescentes e seus efeitos no aumento da produção observados. Os ensaios de campo são realizados em determinada região, sendo os resultados, na maioria das vezes, extrapolados para outras com características edafo- climáticas diferentes. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um Sistema de Recomendação de Corretivos e Fertilizantes para a Cultura do Coqueiro, baseado na filosofia do balanço nutricional. O Sistema leva em consideração, para estimar as doses de fertilizantes, a produtividade desejada, a variedade cultivada, a estimativa da disponibilidade de nutrientes no solo e a adição de nutrientes pela água da chuva, pela fertilização orgânica e pelos restos culturais, de acordo com a produtividade anterior e o manejo adotado. O Sistema é dividido em três etapas: fertilização da cova de plantio, fertilização de formação e início de produção e fertilização de produção. A fertilização da cova de plantio tem como objetivo elevar os teores dos nutrientes a determinado nível crítico. A demanda de nutrientes pela cultura, a partir do primeiro ano, é calculada de acordo com a demanda de nutrientes para formação de biomassa no ano seguinte. Durante a fase jovem, devido à elevada quantidade de P aplicada na cova de plantio, o P-residual é estimado em função do fator capacidade do solo, do tempo de contato do P com o solo e da dose de P aplicada anteriormente. Quando a planta atinge a idade adulta, a demanda passa a ser calculada em função do crescimento do estipe e da produtividade desejada. A quantidade do nutriente exigida pela planta menos o suprimento de nutrientes por fontes diversas gera a recomendação de fertilizante. As informações necessárias para o desenvolvimento do Sistema foram obtidas na literatura e, quando não conhecidas, foram estimadas com base no comportamento de outras culturas perenes. A carência de dados sobre micronutrientes não permitiu a inclusão dos mesmos no Sistema. Foram comparados os resultados obtidos pelo Sistema com as principais tabelas utilizadas para recomendação de fertilizantes para o coqueiro. A modelagem permitiu a identificação de áreas carentes de informações e a necessidade de trabalhos futuros de pesquisa, devendo este Sistema ser aperfeiçoado em futuras versões, à medida que novas informações forem obtidas. / Fertilizer recommendations utilized in Brazil are based on growth curves, obtained from the relation between increasing nutrient rates and yield increment. The assays are conducted in certain regions from which results are often extrapolated to other regions with different soil and climate conditions. The objective of this work was to develop a System to recommend lime and fertilizers for coconut, based on the nutritional balance. This system estimates fertilizer rates by taking the expected yield, cultivated variety, availability of nutrients in the soil, nutrient addition by rain, by organic fertilization and culture residues, according to the previous yield and the adopted management into consideration. The System is divided in three parts: planting hole fertilization, formation and beginning of production fertilization and production fertilization. The planting hole fertilization aims to elevate the nutrient level to the critic level. The nutrient demand of coconut after the first year is calculated according to the nutrient demand for forming biomass in the subsequent year. In the young phase, because of an elevated quantity of P applied on the planting hole, the residual-P is estimated based on the soil capacity factor, the time of contact of P with the soil and the previously applied dose of P. When the plant becomes adult, the demand is calculated in function of the stem growth and the expected yield. The nutrient amount required by the plant less the nutrient amount supplied by other sources is the fertilizer recommendation. The necessary data for the development of the System was obtained from literature and, when unknown, data were estimated based on the behavior of other perennial crops. The information on micronutrients did not allow their inclusion in the System. The results obtained by the System were compared with tables utilized to recommend fertilizers for coconut. The modeling allowed the identification of areas with litle information and the need for future research. Once new information is obtained, this System can also be improved in future versions. / Dissertação antiga
10

Eficiência nutricional quanto ao nitrogênio de clones de cafeeiro conilon no estádio inicial de crescimento

MACHADO, L. S. 23 February 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:36:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_7202_Lindomar de Souza Machado20160518-85734.pdf: 3107898 bytes, checksum: 4df9f7820d8becc88c3a55b6c2ff4c17 (MD5) Previous issue date: 2015-02-23 / Em uma cafeicultura sustentável se deve respeitar aspectos econômicos, ambientais e sociais, para tal, deve-se priorizar cultivares que apresentem características fitotécnicas de interesse. Nesse contexto, a utilização de genótipos mais eficientes no aproveitamento de nutrientes disponíveis no solo pode ser determinante para qualificar a sustentabilidade do cultivo. Desta forma, objetivou-se avaliar o efeito de doses de adubação nitrogenada no crescimento vegetativo, na produção de biomassa, bem como identificar clones eficientes ao nitrogênio. Utilizou-se o delineamento experimental inteiramente casualizado, com distribuição fatorial de 13x4, com três repetições, sendo os fatores: 13 clones que compõem a cultivar Vitória Incaper 8142 e 4 doses de adubação nitrogenada. Aos 150 dias de cultivo avaliou-se as variáveis de crescimento: altura de planta, diâmetro de caule, número de ramos, número de folhas, área foliar, e as variáveis massa seca das raízes, da parte aérea e total. Avaliou-se também os índices de eficiência de absorção, translocação, utilização de nitrogênio e determinou-se a eficiência e a resposta com o parâmetro  (alfa). Em todas as análises biométricas e das eficiências nutricionais, ficou evidenciado os distintos vigores e as respostas entre os clones dentro de cada nível de N. Em análise do parâmetro  (alfa), destacam-se os clones CV-02, CV-05 e CV-13 que se mostraram eficientes e responsivos à adubação nitrogenada. Palavras-chave:

Page generated in 0.0887 seconds