• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 821
  • 27
  • 22
  • 5
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 887
  • 327
  • 227
  • 169
  • 155
  • 124
  • 118
  • 110
  • 95
  • 85
  • 66
  • 63
  • 60
  • 59
  • 57
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Dinâmica nutricional dos detritos vegetais alóctones, em uma mata ripária subtropical

Caldas, Lize Cancelier January 2015 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Biologia de Fungos, Algas e Plantas, Florianópolis, 2015. / Made available in DSpace on 2015-10-20T03:11:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 334847.pdf: 1424472 bytes, checksum: d8774a2a6426a9f90a270a2cf7269e4c (MD5) Previous issue date: 2015 / O equilíbrio ecológico dos sistemas aquáticos depende da entrada de nutrientes disponibilizado pelos detritos vegetais alóctones que estão presentes na zona ripária circundante e que apresentam características nutricionais diferenciadas. Por isso, o presente estudo avaliou as mudanças temporais de C, N e P no aporte dos detritos foliares alóctones em uma mata ripária subtropical, correlacionando os resultados encontrados com os índices de precipitações e temperatura do ar. As hipóteses formuladas para este trabalho foram: (1) os dez táxons mais abundantes no local terão maior importância ecológica para o sistema aquático contribuindo nutricionalmente de forma mais representativa, entretanto, essa contribuição e importância podem se alterar temporalmente; (2) quanto menor a temperatura e maior o índice de precipitação, maiores serão as entradas de nutrientes no sistema aquático. Os procedimentos de coletas foram realizados mensalmente, durante dois anos, no riacho Cachoeira Grande, de Floresta Ombrófila Densa preservada, localizado em Florianópolis/SC. Foram demarcados em campo cinco pontos de coleta onde foram instalados os aportes verticais, laterais e terrestres. Os detritos vegetais coletados foram levados para o laboratório, secos em estufa, identificados, triados, pesados e triturados para as análises químicas. Os resultados deste trabalho mostraram que, conforme a hipótese 1, alguns táxons, como por exemplo T. rubrivenium e Sebastiania sp., apresentaram importância ecológica variável ao longo do tempo. Enquanto alguns detritos foliares continham concentrações nutricionais menores, outros táxons continham os nutrientes em maior quantidade, e vice-versa. Mas, contrariando a hipótese 2, os índices de precipitação e as variações de temperatura não proporcionaram maiores entradas de nutrientes no sistema aquático, sugerindo-se que as concentrações sejam influenciadas por outros fatores.<br> / Abstract : The ecological balance of aquatic system depends on the food supply available by allochtonous leaf litter that are present at riparian zone, and represent distinct nutritional features. That present study estimated the temporal variability of C, N and P in the contribution of allochtonous leaf litter of main taxon present in a subtropical riparian vegetation, correlating the found results with precipitation and temperature variations. The hypothesis were: (1) some taxon will have most ecological importance for the aquatic system than other contributing nutritionally of more representative way, however, this contribution and importance should changes temporally; (2) as smaller temperature and higher precipitation, higher the aquatic nutrients system input will be bigger. The sampling procedures were carried out monthly, over 2 years at Cachoeira Grande River located at Atlantic Rain Forest, Florianopolis/SC. Five sampling sites were selected, including vertical, lateral and ground contributions. The collected materials were taken to the lab, dry at greenhouse, identified, separate, weighed and crushed to chemistry analysis. The results of this work proved that, according to hypothesis 1, some taxon shown variable ecological importance over the time, while some leaf litter had lower nutritional concentrations, other taxons had the nutrients in bigger numbers. But, contradicting the hypothesis 2, the precipitation index and the temperature variations have not shown influence in the input of nutrients in the aquatic system.
2

Mudanças na matéria orgânica (C, N e P) de solos sob agricultura de subsistência

da Silva Fraga, Vânia January 2002 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:15:09Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo9020_1.pdf: 579477 bytes, checksum: 573e7fa2298f63a36c9a7e15a9eeb108 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2002 / A produtividade em sistemas agrícolas de subsistência ou de baixos insumos depende do fornecimento de nutrientes provenientes da mineralização da matéria orgânica do solo (MOS). Os poucos resultados disponíveis na literatura têm mostrado declínios na fertilidade de solos sob este sistema de exploração, particularmente nos teores de MOS. Objetivando compreender a natureza e alcance dessa degradação foram selecionados dez locais com áreas contíguas cultivadas e sob vegetação nativa, na mesma posição de encosta, nos estados da Paraíba e Pernambuco. Com base no histórico do uso do solo, observações ïn situ , e concentração do 137Cs, este último utilizado como parâmetro de erosão dos solos, as áreas foram divididas em quatro grupos com distintos níveis de intensidade de uso do solo: Caatinga Preservada (CaatP), Caatinga Raleada (CaatR), Cultivado Preservado (CultP) e Cultivado Degradado (CultD). Na primeira parte do trabalho quantificaram-se os reservatórios orgânicos de C, N e P totais, além das determinações de 137Cs, sob a hipótese de que as variações associadas a mudanças no uso do solo seriam maiores do que a variabilidade dentro dos grupos, possibilitando assim inferências em escala regional. As concentrações de Ct e Nt em CultD foram 50 % menores (P < 0,05) do que as encontradas nos solos sob CaatP. Desta perda de C, 43 % foi atribuída ao processo da erosão e 57 % ao processo de mineralização. A relação Po/Pi foi 1,47 sob a CaatP e decresceu para 0,82 sob CultP e CultD (P < 0,05). O efeito das mudanças no uso do solo foi mais evidente na profundidade de 0-7,5 cm do que na camada 0- 15 cm. Inter-relações entre C e P nas áreas sob caatinga sugeriram que a disponibilidade de P e de água controlam a acumulação de C nesses solos. Na segunda parte do trabalho foram realizados dois experimentos. O primeiro deles constou de uma fase preliminar, exploratória, xiii na qual foram comparados quatro métodos, visando detectar mudanças na qualidade da MOS. Utilizaram-se 80 amostras que maximizavam a variabilidade em Ct, nas quais foram determinadas as seguintes frações: C contido na fração leve da MOS com densidade <1 kg dm- 3 (C-fl), C-CO2 produzido em três dias de incubação (C-min3d); C oxidado com KMnO4 333 mM (C-ox333) e com 16,5 mM (C-ox16). A única fração que não se correlacionou com o C total foi C-fl. As proporções médias de Ct determinadas como C-min3d, C-ox333 e C-ox16 foram 1,5 %, 24 % e 7,2 %, respectivamente. Na segunda fase, selecionou-se o C-ox16 para análise do total das amostras (n=160). O C-ox16 diminuiu de 1,65 em CaatP para 0,70 g kg-1 em CultD (P < 0,05). Entretanto, nessa mesma comparação o declínio em labilidade foi pequeno. Essa labilidade foi definida pela proporção do C-ox16 em relação ao C não oxidado pelo KMnO4 16,5 mM e declinou de 10,3 % para 8,5 % com o aumento na intensidade de uso; embora esse declínio representou uma mudança na qualidade da MOS, não foi estatisticamente significativo. Índices de manejo de carbono (IMC), calculados a partir das mudanças nos teores de Ct e na sua labilidade, em relação ao grupo de CaatP (IMC=100), declinaram para 67 % em CaatR e para 47 % em CultD. Essas diminuições foram mais influenciadas pelas mudanças nos teores de Ct que na sua labilidade. O segundo experimento, em casa de vegetação, visou caracterizar o efeito das perdas de MOS em relação à capacidade de suprimento de nutrientes (N e P), utilizando-se 20 amostras com teores de Ct que variaram entre 6,19 e 21,8 g kg-1. O carbono total correlacionou-se significativamente com o N mineralizado em 60 dias (Nmin60d) (r=0,79***); por sua vez, as variáveis N-min60d e P-Mehlich-1 explicaram 80 % da variação na matéria seca produzida pelo capim buffel (Cenchrus ciliaris). A baixa disponibilidade de P associada às perdas de C e N constatadas nesses solos, um regime hídrico desfavorável além de práticas agrícolas inadequadas, na maioria dos casos, impõe severas restrições à recuperação das áreas degradadas através do pousio tradicional
3

El rol de las marismas del estuario de Bahía Blanca en el ciclo bio-geoquímico de nutrientes inorgánicos y de materia órganica

Negrin, Vanesa Lorena 16 March 2011 (has links)
Las marismas son ecosistemas valiosos porque, al ocupar zonas transicionales, juegan un rol central en el intercambio de materia orgánica, nutrientes y contaminantes entre las planicies de marea y las aguas adyacentes. En este trabajo se evalúa si la presencia de especies halófitas modifica significativamente los ciclos biogeoquímicos de nutrientes y materia orgánica en el estuario de Bahía Blanca. Se trabajó en dos marismas, Villa del Mar (VM) y Puerto Cuatreros (PC), dominadas por Spartina alterniflora y Sarcocornia perennis, respectivamente, las dos halófitas más abundantes en el sistema. Se midió pH y potencial redox (Eh) en el sedimento y concentraciones de nutrientes disueltos y materia orgánica particulada (MOP) en agua intersticial, con el fin de determi-nar el efecto de la vegetación y de la inundación por la marea sobre los mismos. También se determinó la productividad pri-maria neta, tasa de descomposición y concentración de carbono, nitrógeno y fósforo en los tejidos aéreos y subterrá-neos y los pooles de estos elementos disponibles para el sistema, para ambas especies. En ambas marismas el pH varió en un rango estrecho (VM= 6,2 - 8,7 y PC= 7 - 8) y fue afectado por la presencia de vegetación pero no por la inundación. El Eh en VM varió entre -300 y 250 mV y fue influenciado por la marea, y por la vegetación sólo en zonas altas. En PC el Eh (rango= 50 250 mV) dependió de la inundación y de la vegetación. La concentración de MOP fue alta (VM ~5,5 mg/L y PC ~7,8 mg/L) y afectada sólo por la inundación en VM y sólo por la vegetación en PC. Tanto en VM como en PC, los nutrientes nitrogenados estuvieron en altas concentraciones, siendo generalmente el amonio la especie dominante, y tanto la vegetación como la inundación modificaron sus concentraciones. El fosfato y el silicato estuvieron siempre presentes en ambas áreas. El fosfato fue afectado sólo por la vegetación en VM, mientras que en PC sólo por la inundación. El silicato no se vió influenciado por ninguno de los dos factores considerados. La productividad total de S. alterniflora fue de 907 g p.s./m2.año, debida principalmente a tejidos subterráneos, y la de S. perennis de 1243 de g p.s./m2.año, correspondiendo mayormente a tejidos aéreos. En el caso de S. alterniflora, la productividad fue mayor en la marisma alta que en la baja. Las tasas de descomposición de tejidos aéreos y subterráneos de S. alterniflora fueron ~ 47 y ~ 29 % de material perdido luego de un año, respectivamente, mientras que para S. perennis fueron de ~ 64 y ~ 71 %, respectivamente.Los pooles de los elementos considerados fueron mayores para S. perennis que para S. alterniflora; en este ultimo caso, fueron mayores para marisma alta que para baja. Los resultados obtenidos mues-tran que existe un efecto de la vegetación así como de la inundación en los parámetros analizados. El efecto de la vegetación es mayor en marismas dominadas por S. perennis debido a los mayores pooles observados y sus mayores tasas de descomposición, en comparación con S. alterniflora. Por lo tanto, se puede concluir que las marismas del estuario de Bahía Blanca, especialmente las dominadas por S. perennis, efectivamente afectan los ciclos biogeoquímicos en el sistema. / Salt marshes are valuable ecosystems because, by occupying transition zones, play a central role in the exchange of organic matter, nutrients and pollutants between tidal flats and the adjacent waters. In this work, it is evaluated if the presence of halophytic species modify significantly the biogeochemical cycles of nutrients and organic matter in the Bahía Blanca estuary. The study was performed in two salt marshes, Villa del Mar (VM) and Puerto Cuatreros (PC), domi-nated by Spartina alterniflora and Sarcocornia perennis, respectively, the two most abundant halophytes in the system. pH and redox potential (Eh) in the sediments and the concentrations of dissolved nutrients and particulate organic matter (POM) in porewater were measured, in order to deter-mine the effect of vegetation and tidal flooding on them. In addition, net primary productivity, decomposition rate, con-centration of carbon, nitrogen and phosphorus in the above and belowground tissues and the pools of these elements available for the system were determined for both species. In both salt marshes pH varied in a narrow range (VM= 6.2 8.7 and PC= 7 - 8) and was affected by the presence of vegetation but not by flooding. Eh in VM varied between - 300 and 250 mV and it was influenced by the tide, and by vegetation only in high zones. In PC, Eh (range= 50 250 mV) depended on flooding and vegetation. The concentration of POM was high (VM ~5.5 mg/L and PC ~7.8 mg/L) and affected only by flooding in VM and only by vegetation in PC. In VM as well as in PC, nitrogen nutrients were present in high concentrations, being usually ammonium the dominant spe-cies, and vegetation and flooding modified their concentra-tions. Phosphate and silicate were always present in both areas. Phosphate was affected only by vegetation in VM, whereas in PC was only influenced by flooding. Silicate was affected by neither of the considered factors. The total pro-ductivity of S. alterniflora was of 907 g d.w./m2.yr, due mainly to belowground tissues, and that of S. perennis was of 1243 g d.w./m2.yr, which mostly corresponded to above-ground tissues. In the case of S. alterniflora, productivity was higher in the high marsh than in the low marsh. The decompo-sition rates of above and belowground tissues of S. alterni-flora were ~ 47 and ~ 29 % of lost material after a year, respectively, while for S. perennis they were of ~ 64 and ~ 71 %, respectively. The pools of the considered elements were higher for S. perennis than for S. alterniflora; in the latter case, they were higher for the high marsh than for the low marsh.The obtained results show that there is an effect of vegetation as well as flooding on the parameters analyzed. The effect of vegetation is greater in salt marshes dominated by S. perennis due to the higher pools found and the higher decomposition rates, compared with S. alterniflora. Hence, it is possible to conclude that salt marshes in the Bahia Blanca estuary, especially those dominated by S. perennis, affect the biogeochemical cycles in the system.
4

Estoque de nutrientes em carnaubais nativos sobre impacto / Nutrient stocks in native ecosystem palm on impact

Piñero, Sergio Ramirez January 2016 (has links)
PINEIRO, Sergio Ramirez. Estoque de nutrientes em carnaubais nativos sobre impacto. 2016. 59 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia e Recursos Natrurais)-Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. / Submitted by Anderson Silva Pereira (anderson.pereiraaa@gmail.com) on 2017-01-18T18:32:44Z No. of bitstreams: 1 2016_dis_srpiñeiro.pdf: 1260268 bytes, checksum: 10ec2f8bbf144c093c41720c93f3633f (MD5) / Approved for entry into archive by Jairo Viana (jairo@ufc.br) on 2017-01-19T12:15:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_dis_srpiñeiro.pdf: 1260268 bytes, checksum: 10ec2f8bbf144c093c41720c93f3633f (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-19T12:15:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_dis_srpiñeiro.pdf: 1260268 bytes, checksum: 10ec2f8bbf144c093c41720c93f3633f (MD5) Previous issue date: 2016 / Leaf extraction and the invasion of an exotic plant are two factors that may affect nutrient stock in the ecosystem of carnauba palm (Copernicia prunifera (Mill.) H.E. Moore). However, currently there isn´t any research that quantify the magnitude of these impacts. This work aimed to assess whether the extractive activity and the invasion of Cryptostegia grandiflora Roxb. ex R. Br., modify soil nutrient stocks in the carnauba ecosystem. Thus, the age of 90 plants was estimated. Foliar and soil analyses were performed, inside and outside tree canopy to determine soil stocks and the extraction of nutrients during leaf removal. The results indicate that leaf removal does not reduce the soil nutrient stock as well as the presence of an exotic plant does not increase soil carbon. In this sense, both impacts are not intensive enough to modify soil nutrient stocks, leastwise in the period considered for this study. / A retirada das folhas durante a atividade extrativista e a invasão de uma planta exótica, são dois impactos que podem afetar os estoques de nutrientes no ecossistema das palmeiras carnaúba (Copernicia prunifera (Mill.) H.E. Moore). No entanto, atualmente não existem pesquisas que quantifiquem a magnitude dessas duas perturbações nos carnaubais nativos. O presente estudo tem como objetivo avaliar se a atividade extrativista e a invasão de Cryptostegia grandiflora Roxb. ex R. Br., provocam variações nos estoques de nutrientes do solo no ecossistema da carnaúba. Assim, foram estimadas as idades de 90 carnaúbas, as quais foram submetidas à analise foliar e de solo, dentro e fora da projeção da copa das palmeiras, para determinar os estoques no solo e as exportações de nutrientes pela colheita das folhas. Pelos resultados observa-se que a atividade extrativista não diminui o estoque de nutrientes no solo, assim como a presença da invasora não incrementa os níveis de carbono. Nesse sentido, ambos impactos não apresentam intensidade suficiente para modificar os estoques de nutrientes do solo, ao menos na escala de tempo adotada neste estudo.
5

Aporte, transporte e decomposição de liteira em igarapés da bacia amazônica

Paula, Joana D'arc de 24 May 2013 (has links)
Submitted by Inácio de Oliveira Lima Neto (inacio.neto@inpa.gov.br) on 2016-08-29T15:29:46Z No. of bitstreams: 1 Joana D'Arc de Paula.pdf: 2958755 bytes, checksum: 8a5b9ee4dc39e0c4602a466f580f63b3 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-08-29T15:29:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Joana D'Arc de Paula.pdf: 2958755 bytes, checksum: 8a5b9ee4dc39e0c4602a466f580f63b3 (MD5) Previous issue date: 2013-05-24 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq / The allochthnous organic matter (OM) is the main energy source in aquatic forested ecosystems. When entering streams it can be retained and be kept stored. And it is in its retention and afterwards decomposition that it will occur the chain between primary consumers and its food source. The geological structure of the Amazon Basin results in a mosaic of distinct geochemical formations, which determines differences that allows the occurrence of soil fertility gradients and rainfall at the forest. But, these gradients will be also reflected into the contribution, transport and decomposition of the organic matter in headwater streams of Amazon Basin? Based on this it was formulated the following hypothesis: is the dynamics of organic matter in headwater streams of the Amazon Basin influenced by the soil fertility gradients and rainfall. To test the hypothesis there were collected samples from OM lateral contribution, experiments of leaf transportation and leaf decomposition and it was performed samples of storage organic matter and Dissolved organic carbon (DOC) in transport, simultaneously there were collected soil and water samples to characterize the streams and their soil fertility. Experiments and samples were collected along 90 days, in 16 headwater streams distributed in a soil fertility gradient and rainfall. The thesis was formatted in 4 chapters. In each one, the following hypothesis were tested: chapter 1) Differences into the soil characteristics and rainfall reflect into differences in quantity and quality of the input litter the low order streams of Amazon Basin; chapter 2) Headwater streams of Amazon Basin present high retentiveness influenced by local factors as well as local rainfall and soil fertility; 3) The concentration of dissolved nutrients into the headwater streams water throughout Amazon Basin is distinct reflecting into the soil fertility gradients and rainfall, resulting in different decomposition times; and chapter 4) The fertility of the soil and rainfall of Amazon Basin promote distinction of the fractions distribution of organic matter coarse particulate, fine particulate and dissolved (DOC). The quality and quantity of litter that enter laterally into the low order streams of Amazon Basin showed been influenced by soil fertility, soil texture and rainfall. The streams presented high retentiveness that was explained by the channel characteristics as obstacles frequency and free water column, factors influenced by rainfall patterns. The decomposition time between the studied species was distinct, and it was due to the characteristics of the species and location; differences between locations were due to the soil fertility patterns and rainfall. It was observed a high stock of OM on the streambed and also that less than 50% of carbon has been really computed when considered only the fraction of fine particulate organic and DOC, and that studies that include the coarse particulate carbon storage into the streambed of the streams allow more accurate estimates of the carbon concentration in aquatic ecosystems, enabling the extrapolation of results obtained in terms of the global carbon balance. Therefore the rainfall and soil fertility gradients explain not only the dynamic diversity of arboreal species but also the dynamic of the dead organic matter in headwater streams at the Basin. However, it is important to highlight that these results are stillxiii preliminary, and more studies that provide even better verification of seasonality are needed in the region. Still, in view of the extensive drainage network and high input values of organic matter in headwaters streams, the high retention capacity of these streams, as well as the different stages of decomposition, promoting high concentrations of carbon stored in fractions streambed, we can say that the maintenance of the integrity of the water bodies of low-order has fundamental source importance to these ecosystems, allowing the maintenance of long food webs present in them. / A matéria orgânica (MO) alóctone é a principal fonte de energia em ecossistemas aquáticos florestados. Ao entrar em riachos ela pode ser retida e se manter estocada. E é na retenção desta e subsequente decomposição que ocorrerá o elo entre consumidores primários e sua fonte de alimento. A estrutura geológica da Bacia Amazônica resulta em um mosaico de distintas formações geoquímicas, determinando diferenças que permitem a ocorrência de gradientes de fertilidade do solo e pluviosidade, na floresta. Mas esses gradientes serão também refletidos no aporte, transporte e decomposição de matéria orgânica nos riachos de cabeceira da Bacia Amazônica? Baseado nisso formulamos a seguinte hipótese: a dinâmica da matéria orgânica em riachos de cabeceira da Bacia Amazônica é influenciada pelos gradientes de fertilidade do solo e pluviosidade. Para que a hipótese fosse testada foram realizadas coletas de aporte lateral de MO, experimentos de transporte foliar e decomposição foliar e realizadas coletas de matéria orgânica estocada e carbono orgânico dissolvido (COD) em transporte, concomitantemente foram coletadas amostras de solo e água para caracterização dos riachos e da fertilidade do solo. Experimentos e coletas foram realizados ao longo de 90 dias, em 16 riachos de cabeceira, distribuídos em um gradiente de fertilidade do solo e pluviosidade. A tese foi formatada em 4 capítulos. Em cada um testamos as seguintes hipóteses: capítulo 1) Diferenças nas características do solo e pluviosidade se refletem em diferenças na quantidade e qualidade da liteira que entra em riachos de baixa ordem da Bacia Amazônica; capítulo 2) Riachos de cabeceira da Bacia Amazônica apresentam alta retentividade influenciada por fatores locais assim como pela pluviosidade local e fertilidade do solo; 3) A concentração dos nutrientes dissolvidos na água dos riachos de cabeceira, ao longo da Bacia Amazônica, é distinta, refletindo os gradientes de fertilidade do solo e pluviosidade, resultando em diferentes tempos de decomposição; e capítulo 4) A fertilidade do solo e pluviosidade da Bacia Amazônica promovem distinções da distribuição das frações de matéria orgânica particulada grossa, particulada fina e COD. A qualidade e quantidade da liteira que entra lateralmente nos riachos de baixa ordem da Bacia Amazônica se mostrou influenciada pela fertilidade do solo, textura do solo e pluviosidade. Os riachos apresentaram alta retentividade que foi explicada pelas características do canal, como frequência de obstáculos e coluna de água livre, fatores influenciados pelos padrões de pluviosidade e fertilidade do solo. O tempo de decomposição entre as espécies estudadas foi distinto, o que se deveu às caracteríticas das espécies e das localidades; diferenças entre localidades foram decorrentes dos padrões de fertilidade do solo e pluviosidade. Foi observado um alto estoque de MO no leito e observado que menos de 50% do carbono tem sido realmente computado quando levados em consideração apenas as frações de carbono orgânico particulado fino e COD, e que trabalhos que incluam o carbono orgânico particulado grosso estocado no leito de riachos permitem estimativas mais precisas das concentrações de carbono em ecossistemas aquáticos, viabilizando a extrapolação dos resultados obtidos em termos do balanço global de carbono. Assim os gradientes de pluviosidade e fertilidade do solo explicam não só a dinâmica e diversidade de espécies arbóreas como também podem explicar a dinâmica da matéria orgânica morta em riachos de cabeceira na Bacia. Mas, é importante salientar que estes resultados são ainda preliminares, e que mais estudos que possibilitem inclusive umaxi melhor verificação da sazonalidade são necessários na região. Ainda assim, tendo em vista a extensa rede de drenagem e os altos valores de entrada de matéria orgânica nos riachos de cabeceira, a alta capacidade de retenção desses riachos, bem como os diferentes tempos de decomposição, promovendo altas concentrações de frações de carbono estocadas no leito, podemos dizer que a manutenção da integridade dos corpos de água de baixa ordem é de fundamental importância energética para esses ecossistemas, permitindo a manutenção das longas teias alimentares neles presentes.
6

Silagem ácida de resíduos de pirarucu Arapaima gigas (SCHINZ 1822) na alimentação de poedeiras comerciais leves

Batalha, Oscarina de Souza 20 April 2017 (has links)
Submitted by Gizele Lima (gizele.lima@inpa.gov.br) on 2017-06-19T13:25:31Z No. of bitstreams: 2 Dissertação Oscarina Batalha.pdf: 1112841 bytes, checksum: 9da6714be015d5d299c6934afcd0676d (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Made available in DSpace on 2017-06-19T13:25:31Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertação Oscarina Batalha.pdf: 1112841 bytes, checksum: 9da6714be015d5d299c6934afcd0676d (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2017-04-20 / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas - FAPEAM / Este estudo foi realizado para avaliar o efeito da farinha de silagem ácida de resíduos de pirarucu, sob os parâmetros de digestibilidade, desempenho de poedeiras, qualidade e análise sensorial de ovos. / Este estudo foi realizado para avaliar o efeito da farinha de silagem ácida de resíduos de pirarucu, sob os parâmetros de digestibilidade, desempenho de poedeiras, qualidade e análise sensorial de ovos.
7

Crescimento, alocação de recursos e requerimento de nutrientes em Heteranthera reniformis Ruiz e Pav

Domingos, Vanessa David [UNESP] 30 January 2004 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:22:17Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2004-01-30Bitstream added on 2014-06-13T20:28:30Z : No. of bitstreams: 1 domingos_vd_me_botfca.pdf: 711936 bytes, checksum: 5d37c18897f8c914a8002691a77ab4b4 (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / O presente trabalho objetivou verificar o efeito de diferentes níveis de macronutrientes na extração destes elementos, no teor contido na massa seca, bem como no crescimento de Heteranthera reniformis. O experimento foi conduzido em casa-devegetação no Núcleo de Pesquisas Avançadas em Matologia (NUPAM), pertencente ao Departamento de Produção Vegetal da FCA/UNESP, Campus de Botucatu-SP. O estudo foi realizado em duas etapas: a primeira consistiu de um ensaio com cinco diluições correspondentes a 20, 40, 60, 80 e 100% da solução completa de Sarruge (1975), além de uma testemunha constituída por água destilada por 32 dias, com o intuito de selecionar uma solução base (diluição a 80%) que condicionasse o melhor desenvolvimento da planta sendo utilizada para a aplicação dos níveis de nutrientes para a etapa seguinte do estudo. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente ao acaso com duas testemunhas (solução base e água destilada) e quatro níveis (0, 25, 50, 75% da solução base) avaliados individualmente em N, P, K, Ca, Mg e S, com quatro repetições, conduzido no período de 35 dias. As avaliações foram constituídas pela massa seca (folha, caule, raiz e total), medidas biométricas na raiz (volume, comprimento e diâmetros), área foliar, número de folhas, teores dos nutrientes e quantidade de extração dos respectivos nutrientes (caule, raiz e total)... / This research aimed to study the effect of different macronutrients levels, its extraction and amounts in dry biomass, as well as to verify its influence over Heteranthera reniformis growing. The trial was carried out inside green-house at Núcleo de Pesquisas Avançadas em Matologia (NUPAM) of Plant Production Department of FCA/UNESP, Campus of Botucatu-SP. The study was realized at two steps: the first one consisted of five dilutions correspondent at 20, 40, 60, 80 and 100% of complete Hoagland solution adjusted for Sarruge (1975). Distil water was used to select a complete check (dilution at 80%), and as a basic solution just to apply the nutrients levels for the second step. It was used the Complete Random Blocks as experimental design, with two treatments control (basic solution and distil water) 4 replications and four levels (0, 25, 50, 75 of the nutrient solution selected) and two evaluated alone in N, P, K, Ca, Mg and S during 35 days period. The characteristics evaluated were dry biomass (leaf, stem, root and total), root biometric dimensions (volume, length an diameters), foliar area, number of leaves, macronutrients grades (leaf, stem and root) and extraction quantity of respective nutrients. The limiting factors of H. reniformis growing were the omissions of N, P and Mg. The most favorable conditions for plant development occurred at solutions of 75% of P an 50% of N, K, Mg and S, that provided the biggest foliar area results (465.5; 512.6; 524.3 and 516.2 cm2, respectively) and leaves numbers (46; 75; 42; 69 and 53 leaves, respectively). The majors total dry biomass and stem dry biomass (3.77 and 2.81 g, respectively) were obtained with addition of 50% of N, while the biggest leaves dry biomass (1,27 g) occurred at 50% of Mg. The stem dry biomass showed the highest plant proportion, that varied between 49.9 and 74.6% related to the total plants components... (Complete abstract click electronic access below)
8

Caracterização química do solo e da serapilheira em cafezais (Coffea canephora Pierre ex A. Froehner) em transição para sistemas agroflorestais no município de Apuí - AM

Salomão, Ana Cláudia Francisco 07 October 2017 (has links)
Submitted by Inácio de Oliveira Lima Neto (inacio.neto@inpa.gov.br) on 2017-12-12T14:59:19Z No. of bitstreams: 2 Ana Claudia Francisco Salomao.pdf: 2774446 bytes, checksum: 57a8f73ea1500c2a0a502d1c1d8a921f (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Made available in DSpace on 2017-12-12T14:59:19Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Ana Claudia Francisco Salomao.pdf: 2774446 bytes, checksum: 57a8f73ea1500c2a0a502d1c1d8a921f (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2017-10-07 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / Considering the potential of agroforestry systems as an alternative method for agricultural production that promotes, among other benefits, soil conservation, this project had as main objective to characterize accumulated litter and soil in coffee areas in transition to agroforestry systems (SAF) and to identify its influence on the soil fertility in areas of family farmers in the municipality of Apuí - AM. The agroforestry transition areas were compared to the monoculture coffee areas and remaining forests on the same property. In the coffee plantations in transition to SAF, tree and non-tree legume species (Fabaceae) were planted with the purpose of providing protection to the soil, shading, green manuring and agrobiodiversity. In addition to the introduction of legumes, other agroecological treatments were also carried out in coffee plantations, such as the use of biofertilizers, liming and alternative pest control. The study was conducted in three rural establishments (ER), each of which present areas of at least 1 ha of coffee monoculture, coffee growing in transition to agroforestry system and remaining forest, to collect samples. The experimental design was a randomized complete block design with three blocks, three treatments and three replications, where collected litter samples and soil samples were collected for chemical analyzes of nutrients at three different times of the year. In addition to the determination of macro and micro nutrient contents and concentrations in the accumulated litter and soil, NH 4+ and NO 3- concentrations were also analyzed to determine the nitrogen dynamics in the three types of soil use and the influence of the seasonality in the mineralization process of nitrogen. / Considerando a potencialidade dos sistemas agroflorestais como um método alternativo para a produção agrícola que promove, dentre outros benefícios, a conservação do solo, esse projeto teve como objetivo principal realizar a caracterização da serapilheira acumulada e do solo em áreas de café em transição para sistemas agroflorestais (SAF) e identificar a sua influência na fertilidade do solo, em áreas de produtores familiares no município de Apuí – AM. As áreas em transição agroflorestal foram comparadas com as áreas de café em monocultivo e florestas remanescentes na mesma propriedade. Nos cafezais em transição para SAF foram plantadas espécies arbóreas e não arbóreas de leguminosas (Fabaceae) com o intuito de fornecer proteção ao solo, sombreamento, adubação verde e aumentar a agrobiodiversidade. Além da introdução de leguminosas, nos cafezais foram também realizados outros tratamentos agroecológicos como: utilização de biofertilizantes, calagem e controle alternativo de pragas. O estudo foi conduzido em três Estabelecimento Rurais (ER), cada um deles apresentam áreas de no mínimo 01 ha de monocultivo de café, de cultivo de café em transição para sistema agroflorestal e floresta remanescente, para coleta das amostras. O Delineamento experimental foi em blocos casualizados com três blocos, três tratamentos e três repetições, onde foram coletadas amostras de serrapilheira acumulada e amostras de solo para análises químicas dos nutrientes, em três diferentes épocas do ano. Além da determinação dos teores e concentrações de macro e micro nutrientes na serrapilheira acumulada e no solo, foram também analisadas as concentrações de NH 4+ e NO 3- para determinar a dinâmica do nitrogênio nos três tipos de uso solo e a influência da sazonalidade no processo de mineralização do nitrogênio.
9

Productividad aérea y ciclo de nutrientes en plantaciones de <i>Populus deltoides</i> ‘Australia 129/60’ en sistemas endicados del Bajo Delta del Río Paraná

Del Tufo, Nicolás Ariel 05 May 2015 (has links)
A pesar de la relevancia de las plantaciones de Populus sp. en el delta del Paraná, escasos son los estudios realizados acerca de los flujos de nutrientes. El objetivo del presente trabajo fue estimar la productividad primaria aérea neta (PPAN), y describir el ciclo de los nutrientes N, P, K, Ca y Mg de una forestación de Populus deltoides ‘Australia 129/60’ bajo un sistema endicado en el bajo delta del Paraná. La biomasa se estimó mediante técnicas de análisis dimensional y luego la mineralomasa se estimó como el producto de la biomasa de cada uno de los compartimentos por sus respectivas concentraciones de nutrientes. Se estimó la circulación de los nutrientes en la plantación, con la excepción de los flujos relacionados con el balance hídrico. La biomasa total fue 112,7 Mg/ha. Los resultados obtenidos indican que los compartimientos más importantes en cuanto a su biomasa fueron en orden de importancia el fuste, las ramas dentro del rango de 1 a 5 cm., y la corteza con 71,3, 15 y 11,7 Mg/ha respectivamente. Estos representaron el 63,3%, 13,3% y 10,4% de la biomasa total. El 13% de biomasa restante correspondió en orden de importancia a ramas < 1cm., ramas > 5 cm., hojas, ramas muertas y brotes. La PPAN fue 19,1 ± 1,5 Mg ha<sup>-1</sup>año<sup>-1</sup>. De este valor, el incremento leñoso significó el 68% y la producción de estructuras anuales el 32% restante. La producción anual de estructuras demandó un porcentaje mayor de los nutrientes requeridos (81% del N, 72% del P, 69% del K, 81% del Ca y 83% del Mg) que la retención en el leño, exceptuando al carbono (36% requerimientos de estructuras anuales y 64% retención). La redistribución de los nutrientes contribuyó a los requerimientos en distintos grados para cada nutriente (N: 37%, P: 36%, K: 37%, Mg: 31%). En el caso del Ca la redistribución fue nula y los requerimientos de dicho nutriente fueron provistos totalmente por la absorción. El retorno de nutrientes a través de la caída fina representó 69% del N, 59% del P, 52% del K, 82% del Ca y 77% del Mg absorbido a lo largo de un año. La eficiencia en el uso de nutrientes fue (media ± error estándar): N = 171 ± 5, P = 2701 ± 222, K = 422 ± 22, Ca = 177 ± 17 y Mg = 908 ± 136. Se concluye que un manejo adecuado de los residuos de la cosecha constituye un elemento clave para mantener sucesivos ciclos de producción de estas plantaciones en el área de estudio.
10

Manejo da adubação nitrogenada na produção e qualidade de frutos e sementes de abobrinha-de-moita / Management of nitrogen fertilization in the production and quality of fruit and seeds of zucchini

Tavares, Ana Emília Barbosa 19 January 2018 (has links)
Submitted by Ana Emília Barbosa Tavares (anaemiliatavares@yahoo.com.br) on 2018-06-27T15:52:54Z No. of bitstreams: 1 Tese Ana Emilia B Tavares Final 1.pdf: 936956 bytes, checksum: a3767d2390fa0af7099db828d8a6b1ce (MD5) / Approved for entry into archive by Maria Lucia Martins Frederico null (mlucia@fca.unesp.br) on 2018-06-28T11:25:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 tavares_aeb_dr_botfca.pdf: 849769 bytes, checksum: 54d5ca11d9d4355f85939d41a48cd5f3 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-06-28T11:25:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tavares_aeb_dr_botfca.pdf: 849769 bytes, checksum: 54d5ca11d9d4355f85939d41a48cd5f3 (MD5) Previous issue date: 2018-01-19 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / Objetivou-se avaliar o efeito de doses e parcelamentos da adubação nitrogenada em cobertura na produção e teor de macronutrientes de frutos imaturos de abobrinha-demoita. Foram conduzidos dois experimentos, com treze tratamentos, no esquema fatorial 4x3+1, com quatro doses de nitrogênio em cobertura (62,5; 125,0; 187,5; 250,0 kg ha-1 de N), três parcelamentos (1 6 ⁄ + 1 3 ⁄ + 1 2 ⁄ ; 1 4 ⁄ + 1 2 ⁄ + 1 4 ⁄ e 1 3 ⁄ + 1 3 ⁄ + 1 3 ⁄ ) e um tratamento sem adubação em cobertura (dose zero), com quatro repetições. Os experimentos 1 e 2 foram conduzidos no ano de 2014 e 2015, respectivamente. Foram avaliados número de frutos total e comercial por planta, produção (g planta-1) total e comercial, comprimento, diâmetro e massa média de fruto comercial. Apenas no experimento 2 foi avaliado o teor de macronutrientes nos frutos. No experimento 1, o parcelamento 1 4 ⁄ + 1 2 ⁄ + 1 4 ⁄ proporcionou maior número de frutos total e comercial. No experimento 2, o aumento das doses nos parcelamentos 1 6 ⁄ + 1 3 ⁄ + 1 2 ⁄ e 1 3 ⁄ + 1 3 ⁄ + 1 3 ⁄ proporcionou incremento linear na produço de frutos total e comercial. A ordem decrescente de teores de macronutrientes nos frutos imaturos, foi de K>N>P>Ca>Mg>S.

Page generated in 0.0639 seconds