• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 159
  • 50
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 216
  • 107
  • 56
  • 31
  • 27
  • 26
  • 25
  • 25
  • 24
  • 23
  • 21
  • 19
  • 19
  • 17
  • 17
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Mercúrio, arsênio e colimetria como indicadores biológicos, na avaliação da qualidade do pescado artesanal do Lago Guaíba Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

Mollerke, Roseli de Oliveira January 2002 (has links)
Foram utilizados metais pesados e colimetrias como indicadores biológicos, na avaliação da qualidade do pescado artesanal do Lago Guaíba, localizado junto à região metropolitana de Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul (Brasil), visando oferecer subsídios para discussão da qualidade de vida dos pescadores artesanais, de suas famílias e dos consumidores deste pescado, bem como fundamentar decisões de políticas públicas. Exemplares de, Leporinus obtusidens (Characiformes, Anostomidae) (Valenciennes, 1847) “Piava” (denominação local) e de Pimelodus maculatus (Siluriformes, Pimelodidae) (Lacèpéde, 1803), “Pintado” (denominação local), foram capturados por pescadores cooperativados, em três pontos do referido Lago a saber: Delta do Jacuí, Canal de Navegação e Lagoa. As amostras foram colhidas entre junho de 2000 a setembro de 2001. Foram avaliadas, quanto a presença de mercúrio, 27 exemplares de Leporinus obtusidens e 27 de Pimelodus maculatus. Os níveis de mercúrio foram determinados por espectrofotometria de absorção atômica e, excetuando-se duas amostras de Piava, os níveis de mercúrio estavam abaixo de 0,5µg/g, limite tolerado pela legislação vigente no Brasil para peixes não predadores. A média encontrada nos Pintados (0,216 mg/kg) é significativamente maior (p<0.001), quando comparada à das Piavas (0,094 mg/kg). Presume-se como hipótese o fato dos Pintados serem peixes de nível trófico elevado e as Piavas, por sua vez, de nível trófico baixo. Também foram avaliadas, quanto a presença de arsênio, 27 amostras de Leporinus obtusidens 27 de Pimelodus maculatus. Os níveis de arsênio foram determinados por espectrofotometria de absorção atômica. Os níveis encontrados estavam abaixo de 1,0 mg/kg, limite tolerado pela legislação vigente no Brasil para peixes e seus produtos. A média encontrada nos Pintados foi de 0,142 mg/kg e nas Piavas de 0,144 mg/kg. Na mesma ocasião, foram avaliadas quanto a presença de coliformes totais, fecais e Escherichia col, 43 amostras de Leporinus obtusidens e 43 de Pimelodus maculatus. Os níveis colimétricos totais e fecais foram determinados segundo Brasil. Ministério da Agricultura (1992), utilizando-se a técnica dos Números Mais Prováveis. A presença de E. coli foi confirmada pelo teste do Indol. A média dos coliformes fecais é significativamente maior nos Pintados quando comparado com as Piavas (p = 0,043). Em relação a E. coli existe diferença significativa entre a Piava e o Pintado (p=0,040). O Pintado é significativamente mais contaminado que a Piava. Das Piavas analisadas 4,65 % estavam acima dos níveis permitidos pela legislação brasileira para coliformes fecais e dos Pintados, 11,62 % das amostras também estavam fora destes limites. Em 23,25 % das amostras de Piava e 44,18% de Pintados foi constatada a presença de E. coli. Não houve diferença nos resultados quanto aos pontos de captação do pescado. Os valores encontrados no presente trabalho indicam a necessidade de maior atenção às boas práticas de higiene desde a captura, manipulação e processamento do pescado, preservando-se o ambiente e as condições sociais, culturais e mesmo artesanais envolvidas.
2

Mercúrio, arsênio e colimetria como indicadores biológicos, na avaliação da qualidade do pescado artesanal do Lago Guaíba Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

Mollerke, Roseli de Oliveira January 2002 (has links)
Foram utilizados metais pesados e colimetrias como indicadores biológicos, na avaliação da qualidade do pescado artesanal do Lago Guaíba, localizado junto à região metropolitana de Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul (Brasil), visando oferecer subsídios para discussão da qualidade de vida dos pescadores artesanais, de suas famílias e dos consumidores deste pescado, bem como fundamentar decisões de políticas públicas. Exemplares de, Leporinus obtusidens (Characiformes, Anostomidae) (Valenciennes, 1847) “Piava” (denominação local) e de Pimelodus maculatus (Siluriformes, Pimelodidae) (Lacèpéde, 1803), “Pintado” (denominação local), foram capturados por pescadores cooperativados, em três pontos do referido Lago a saber: Delta do Jacuí, Canal de Navegação e Lagoa. As amostras foram colhidas entre junho de 2000 a setembro de 2001. Foram avaliadas, quanto a presença de mercúrio, 27 exemplares de Leporinus obtusidens e 27 de Pimelodus maculatus. Os níveis de mercúrio foram determinados por espectrofotometria de absorção atômica e, excetuando-se duas amostras de Piava, os níveis de mercúrio estavam abaixo de 0,5µg/g, limite tolerado pela legislação vigente no Brasil para peixes não predadores. A média encontrada nos Pintados (0,216 mg/kg) é significativamente maior (p<0.001), quando comparada à das Piavas (0,094 mg/kg). Presume-se como hipótese o fato dos Pintados serem peixes de nível trófico elevado e as Piavas, por sua vez, de nível trófico baixo. Também foram avaliadas, quanto a presença de arsênio, 27 amostras de Leporinus obtusidens 27 de Pimelodus maculatus. Os níveis de arsênio foram determinados por espectrofotometria de absorção atômica. Os níveis encontrados estavam abaixo de 1,0 mg/kg, limite tolerado pela legislação vigente no Brasil para peixes e seus produtos. A média encontrada nos Pintados foi de 0,142 mg/kg e nas Piavas de 0,144 mg/kg. Na mesma ocasião, foram avaliadas quanto a presença de coliformes totais, fecais e Escherichia col, 43 amostras de Leporinus obtusidens e 43 de Pimelodus maculatus. Os níveis colimétricos totais e fecais foram determinados segundo Brasil. Ministério da Agricultura (1992), utilizando-se a técnica dos Números Mais Prováveis. A presença de E. coli foi confirmada pelo teste do Indol. A média dos coliformes fecais é significativamente maior nos Pintados quando comparado com as Piavas (p = 0,043). Em relação a E. coli existe diferença significativa entre a Piava e o Pintado (p=0,040). O Pintado é significativamente mais contaminado que a Piava. Das Piavas analisadas 4,65 % estavam acima dos níveis permitidos pela legislação brasileira para coliformes fecais e dos Pintados, 11,62 % das amostras também estavam fora destes limites. Em 23,25 % das amostras de Piava e 44,18% de Pintados foi constatada a presença de E. coli. Não houve diferença nos resultados quanto aos pontos de captação do pescado. Os valores encontrados no presente trabalho indicam a necessidade de maior atenção às boas práticas de higiene desde a captura, manipulação e processamento do pescado, preservando-se o ambiente e as condições sociais, culturais e mesmo artesanais envolvidas.
3

Rendimento de carcaça em diferentes tempos de depuração e aspectos sanitários em tilápia do Nilo e cat fish

GONZAGA, M. V. M. 31 July 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-01T22:56:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_7279_Marcus Vinicius.pdf: 1936067 bytes, checksum: 4cecee47683db827ae339ff8e0d50a86 (MD5) Previous issue date: 2015-07-31 / A Tilápia do Nilo (Oreochromisniloticus) e o Catfish (Ictaluruspunctatus) são dois dos peixes mais consumidos no Brasil. Devido a este fato, as pisciculturas ou empresas ligadas diretamente aos produtos derivados do pescado, se empenham em conseguir valores de rendimentos de carcaça e filé que seja lucrativo. Entretanto tal empenho não adianta de nada, se o produto tambémnão respeitar padrões e regras para o processamento de forma sanitária adequada. Com isto, o objetivo deste estudo foi verificar a relação entre rendimento de carcaça e filé de Tilápia e Catfish em relação ao tempo de depuração, analisando também a composição bromatológica e microbiológica do filé. Foram utilizados 60 peixes de cada espécie, coletados ao acaso (com massa média de 0,536 ± 0,066 Kg para Tilápia e 0,88 ± 0,13 Kg para Catfish), pertencentes ao Instituto Federal do Espírito Santo Campus de Alegre. Tais animais foram alocados em um tanque por espécie e mantidos em depuração por 0, 24, 48 e 72 horas para abate. Foi realizado biometria inicial, verificando massa, largura do corpo, massa do corpo eviscerado, massa da carcaça limpa, massa do filé, massa da víscera, massa da nadadeira, massa de nadadeira adiposa (no Catfish), massa do fígado, massa da gordura visceral, massa da cabeça e massa da pele. Foram verificados padrões relacionados a rendimento de carcaça, índice viscerossomático, rendimento de nadadeiras, rendimento de nadadeira adiposa (no Catfish), índice hepatossomático, índice gordura viscerossomático, rendimento de carcaça sem cabeça, rendimento de pele, rendimento de carcaça limpa e rendimento de filé. Amostras do filé de cada espécie, após coletado, foram encaminhadas para análise bromatológica e microbiológica em laboratórios da mesma instituição. A análise microbiológica foi realizada em dois ambientes, um considerado próprio e outro impróprio para o abate. Houve diferença significativa na massa da víscera e rendimentos de filé, de carcaça com e sem cabeça e no índice viscerossomático na Tilápia em função do tempo de depuração. Em relação ao Catfish, o tempo de depuração interferiu significativamente em sua massa do filé, largura do corpo e rendimento de carcaça e de nadadeira adiposa. Apesar disso o percentual do rendimento do filé e carcaça se mantiveram altos em ambos os peixes. Na análise bromatologia, houve redução nos níveis de extrato não nitrogenado na Tilápia e extrato etéreo em ambas espécies. Com relação à análise microbiológica, foi notada influência dos tratamentos para o processamento do pescado em relação à presença ou não de Salmonellasp e Staphylococcus aureus, isto é, no ambiente em que não se teve cuidado com a higienedo local de abate e dos manipuladores houve maior contaminação dos microorganismos citados, fato que não ocorreu quando aumentou se o cuidado sanitário para o processamento dos produtos. Conclui se que o tempo de depuração influencia em características físico-químicas do filé e do rendimento de carcaça em ambas as espécies. Percebe-se também que as condições do ambiente de abate e manipulação do pescado influenciam sobre a carga microbiológica presente no produto final.
4

Mercúrio, arsênio e colimetria como indicadores biológicos, na avaliação da qualidade do pescado artesanal do Lago Guaíba Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil.

Mollerke, Roseli de Oliveira January 2002 (has links)
Foram utilizados metais pesados e colimetrias como indicadores biológicos, na avaliação da qualidade do pescado artesanal do Lago Guaíba, localizado junto à região metropolitana de Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul (Brasil), visando oferecer subsídios para discussão da qualidade de vida dos pescadores artesanais, de suas famílias e dos consumidores deste pescado, bem como fundamentar decisões de políticas públicas. Exemplares de, Leporinus obtusidens (Characiformes, Anostomidae) (Valenciennes, 1847) “Piava” (denominação local) e de Pimelodus maculatus (Siluriformes, Pimelodidae) (Lacèpéde, 1803), “Pintado” (denominação local), foram capturados por pescadores cooperativados, em três pontos do referido Lago a saber: Delta do Jacuí, Canal de Navegação e Lagoa. As amostras foram colhidas entre junho de 2000 a setembro de 2001. Foram avaliadas, quanto a presença de mercúrio, 27 exemplares de Leporinus obtusidens e 27 de Pimelodus maculatus. Os níveis de mercúrio foram determinados por espectrofotometria de absorção atômica e, excetuando-se duas amostras de Piava, os níveis de mercúrio estavam abaixo de 0,5µg/g, limite tolerado pela legislação vigente no Brasil para peixes não predadores. A média encontrada nos Pintados (0,216 mg/kg) é significativamente maior (p<0.001), quando comparada à das Piavas (0,094 mg/kg). Presume-se como hipótese o fato dos Pintados serem peixes de nível trófico elevado e as Piavas, por sua vez, de nível trófico baixo. Também foram avaliadas, quanto a presença de arsênio, 27 amostras de Leporinus obtusidens 27 de Pimelodus maculatus. Os níveis de arsênio foram determinados por espectrofotometria de absorção atômica. Os níveis encontrados estavam abaixo de 1,0 mg/kg, limite tolerado pela legislação vigente no Brasil para peixes e seus produtos. A média encontrada nos Pintados foi de 0,142 mg/kg e nas Piavas de 0,144 mg/kg. Na mesma ocasião, foram avaliadas quanto a presença de coliformes totais, fecais e Escherichia col, 43 amostras de Leporinus obtusidens e 43 de Pimelodus maculatus. Os níveis colimétricos totais e fecais foram determinados segundo Brasil. Ministério da Agricultura (1992), utilizando-se a técnica dos Números Mais Prováveis. A presença de E. coli foi confirmada pelo teste do Indol. A média dos coliformes fecais é significativamente maior nos Pintados quando comparado com as Piavas (p = 0,043). Em relação a E. coli existe diferença significativa entre a Piava e o Pintado (p=0,040). O Pintado é significativamente mais contaminado que a Piava. Das Piavas analisadas 4,65 % estavam acima dos níveis permitidos pela legislação brasileira para coliformes fecais e dos Pintados, 11,62 % das amostras também estavam fora destes limites. Em 23,25 % das amostras de Piava e 44,18% de Pintados foi constatada a presença de E. coli. Não houve diferença nos resultados quanto aos pontos de captação do pescado. Os valores encontrados no presente trabalho indicam a necessidade de maior atenção às boas práticas de higiene desde a captura, manipulação e processamento do pescado, preservando-se o ambiente e as condições sociais, culturais e mesmo artesanais envolvidas.
5

Diagnóstico da comercialização do pescado nas feiras de Boa Vista, Roraima. - Boa Vista

Lopes, Paula Lorrane de Jesus 18 March 2016 (has links)
Submitted by Gizele Lima (gizele.lima@inpa.gov.br) on 2017-02-15T19:34:28Z No. of bitstreams: 2 PAULA LORRANE. dissertacao final 29.07.2016.pdf: 809794 bytes, checksum: 6aed9171aa8010cb3956b5a7ecab3cf6 (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Made available in DSpace on 2017-02-15T19:34:28Z (GMT). No. of bitstreams: 2 PAULA LORRANE. dissertacao final 29.07.2016.pdf: 809794 bytes, checksum: 6aed9171aa8010cb3956b5a7ecab3cf6 (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2016-03-18 / Instituto de Amparo a Ciência, Tecnologia e Inovação de Roraima - IACTI-RR / This study was developed in the city of Boa Vista, Roraima, including four fairs, aiming to diagnose the marketing of fish in this capital of the north of Brazil. Specifically, the study aimed to identify the main actors and tasks involved in the marketing of fish; determining the species of fish marketed; record the approximate production by species; identify ways of marketing and verify the purchase price and sale of fish in the studied period between July 2014 and June 2015. For data collection was used direct observation and semi-structured interviews applied to 49% (18, 37) of fish of these fairs. 57 species of fish have been identified in the four analyzed fairs. The local fishing market was mainly maintained by farmed fish, such as tambaqui - Colossoma macropomum, with 360,547 kg (57%) and matrinxã - Brycon amazonicus with 40,687 kg (6%). The fishing from fish represented only 225,117 kg (37%) of the species, which was derived mainly from Roraima (Caracaraí) and the State of Amazonas. The usual form of presentation of fish was in natura sold a kilo; with little tradition in the marketing of fish with processing. The sales price was mainly related to the type of fish (species). With regard to relations involving the dynamics of the marketing of fish it was observed that the middlemen are the central agents and trade an important place that intensifies the trade in the product. The results of this study may enable development actions, expansion, resource conservation and understanding of the local market today. / O presente estudo foi desenvolvido na cidade de Boa Vista, Roraima, incluindo quatro feiras, tendo como objetivo diagnosticar a comercialização do pescado nesta capital do extremo norte do Brasil. Especificamente, o estudo visou identificar os principais agentes e tarefas envolvidas na comercialização do pescado; determinar as espécies de peixes comercializadas; registrar a produção aproximada por espécie; identificar as formas de comercialização e verificar o preço de compra e venda do pescado no período estudado, entre julho de 2014 e junho de 2015. Para coleta de dados utilizou-se de observação direta e entrevistas semiestruturadas aplicadas a 49% (18 de 37) dos peixeiros das referidas feiras. 57 espécies de peixes foram identificadas nas quatro feiras analisadas. O mercado pesqueiro local foi mantido principalmente por peixes de piscicultura, como o tambaqui - Colossoma macropomum, com 360.547 kg (57%) e a matrinxã - Brycon amazonicus, com 40.687 kg (6%). O pescado proveniente da pesca representou apenas 225.117 kg (37%) das espécies, que foi oriunda principalmente de Roraima (Caracaraí) e do Estado do Amazonas. A usual forma de apresentação do pescado foi a in natura vendida a quilo; com pouca tradição na comercialização de pescado com beneficiamento. O preço de comercialização esteve relacionado principalmente ao tipo de pescado (espécie). Quanto às relações que envolvem a dinâmica da comercialização do pescado foi observado que os atravessadores são os agentes centrais e as feiras um importante local que intensifica o comércio do produto. Os resultados do presente estudo podem possibilitar ações de fomento, expansão, conservação do recurso e compreensão deste mercado local na atualidade.
6

Validación de qPCR para identificar peces marinos empleados en conservas y productos congelados en el Perú

Mora Chiò, Marcela January 2019 (has links)
Manifiesta que existe dificultad para identificar morfológicamente las especies de peces utilizadas en productos procesados, para ello serequiere validar una PCR en tiempo real para detectar fragmentos de ADN de peces marinos altamente degradados y con presencia de inhibidores en conservas y productos congelados. Se optimizó una PCR en tiempo real utilizando el fluorocromo SYBRGreen I y curvas de disociación para la identificación de cada especie por Temperatura de Melting. Post–validación, se evaluaron molecularmente 157 muestras de conservas y productos congelados de peces marinos comercializados en el país. La alta especificidad, sensibilidad y exactitud (100%) del método validado permite detectar ADN degradado a 121 ºC por 30 minutos con una sensibilidad de 0,01%. El 100% de las conservas evaluadas presentaron ADN de peces marinos no descritos en la etiqueta, a excepción de las conservas Europeas que sólo presentaron ADN de la especie descrita. El método validado permite la identificación molecular de peces marinos empleados en conservas y productos congelados en el país. / Tesis
7

Variaciones en la composición proteica del músculo de Colossoma macropomun (Cuvier, 1818) (Characiformes: Characidae), provenientes de criaderos durante su almacenamiento en frío

Solari Godiño, Fitzgerald Armando January 2006 (has links)
Los cambios post mortem que ocurren en el músculo del pescado son complejos y en corto tiempo. Durante el almacenamiento, las proteínas musculares pierden sus propiedades funcionales de acuerdo a su naturaleza y características bioquímicas intrínsecas, razón por la cual el presente estudio tiene como objetivos determinar el porcentaje de proteína de las fracciones: miofibrilar, sarcoplasmática, álcali-soluble y estroma, del músculo de “gamitana” Colossoma macropomun durante el almacenamiento en frío. Para ello, fueron utilizados peces de cultivo, de la especie “gamitana” Colossoma macropomun, del IVITA (Instituto de Investigaciones Tropicales y de Altura) del departamento de Ucayali, los cuales fueron colocados en un ¨cooler¨ con hielo y transportados a Lima. Se procedió a separar a los especímenes de acuerdo al tipo de almacenamiento (ambiente, hielo y congelación) para su análisis. El análisis en PAGE-SDS reveló que la fracción más afectada debido al almacenamiento en hielo fue la fracción miofibrilar (principalmente miosina de cadena pesada) con un peso molecular promedio inicial de 203 kDa y que la fracción álcali-soluble presentó bandas con un peso molecular promedio de 33,4 kDa en el almacenamiento en hielo, siendo considerada la fracción miofibrilar susceptible al deterioro durante el almacenamiento. / The changes post mortem that happen in the muscle of the fish are complex and in short time. During the storage, the muscular proteins lose their functional properties according to their nature and intrinsic biochemical characteristics, reason for which the present study must like objectives determine the percentage of protein of the fractions: miofibrilar, sarcoplasmic, alkali-soluble and stroma, of the muscle of "gamitana" Colossoma macropomun during the storage in cold. For this study, were used culture fishes of “gamitana” Colossoma macropomun, at the IVITA (Tropical Researches and the Altitude Institute) of Ucayali department, these were introduced in a “cooler” with ice and transported to Lima. It was the procedure separated the specimens agree with the type storage (environment, ice and frozen) for analyse. PAGE-SDS analysis revealed that the affected fraction more due to the ice storage was the fraction to miofibrilar (mainly myosin of heavy chain) with a molecular weight initial average of 203 kDa and that the alkali-soluble fraction presented bands with a molecular weight 33, 4 average of kDa in the ice storage, being considered myofibrillar fraction susceptible to the deterioration during the storage.
8

Variaciones en la composición proteica del músculo de Colossoma macropomun (Cuvier, 1818) (Characiformes: Characidae), provenientes de criaderos durante su almacenamiento en frío

Solari Godiño, Fitzgerald Armando January 2006 (has links)
Los cambios post mortem que ocurren en el músculo del pescado son complejos y en corto tiempo. Durante el almacenamiento, las proteínas musculares pierden sus propiedades funcionales de acuerdo a su naturaleza y características bioquímicas intrínsecas, razón por la cual el presente estudio tiene como objetivos determinar el porcentaje de proteína de las fracciones: miofibrilar, sarcoplasmática, álcali-soluble y estroma, del músculo de “gamitana” Colossoma macropomun durante el almacenamiento en frío. Para ello, fueron utilizados peces de cultivo, de la especie “gamitana” Colossoma macropomun, del IVITA (Instituto de Investigaciones Tropicales y de Altura) del departamento de Ucayali, los cuales fueron colocados en un ¨cooler¨ con hielo y transportados a Lima. Se procedió a separar a los especímenes de acuerdo al tipo de almacenamiento (ambiente, hielo y congelación) para su análisis. El análisis en PAGE-SDS reveló que la fracción más afectada debido al almacenamiento en hielo fue la fracción miofibrilar (principalmente miosina de cadena pesada) con un peso molecular promedio inicial de 203 kDa y que la fracción álcali-soluble presentó bandas con un peso molecular promedio de 33,4 kDa en el almacenamiento en hielo, siendo considerada la fracción miofibrilar susceptible al deterioro durante el almacenamiento. / --- The changes post mortem that happen in the muscle of the fish are complex and in short time. During the storage, the muscular proteins lose their functional properties according to their nature and intrinsic biochemical characteristics, reason for which the present study must like objectives determine the percentage of protein of the fractions: miofibrilar, sarcoplasmic, alkali-soluble and stroma, of the muscle of "gamitana" Colossoma macropomun during the storage in cold. For this study, were used culture fishes of “gamitana” Colossoma macropomun, at the IVITA (Tropical Researches and the Altitude Institute) of Ucayali department, these were introduced in a “cooler” with ice and transported to Lima. It was the procedure separated the specimens agree with the type storage (environment, ice and frozen) for analyse. PAGE-SDS analysis revealed that the affected fraction more due to the ice storage was the fraction to miofibrilar (mainly myosin of heavy chain) with a molecular weight initial average of 203 kDa and that the alkali-soluble fraction presented bands with a molecular weight 33, 4 average of kDa in the ice storage, being considered myofibrillar fraction susceptible to the deterioration during the storage.
9

Estudio de pre-factibilidad para la implementación de un centro de distribución para el abastecimiento de pescado congelado en Lima

Espinoza Riva, Sebastian 12 May 2016 (has links)
El Perú es uno de lo países más desarrollados en el sector pesca, el cual tiene gran relevancia en el desarrollo económico del país debido a que cuenta con muchos recursos marinos los cuales son explotados. Sin embargo, existe muchos productos marinos los cuales no se toman mucho en cuenta para la comercialización interna en el país y solo se produce para exportarlos. Uno de estos productos es el pescado congelado, el cual es valorado mucho más en provincia que en Lima. En los últimos años el consumo de este producto se ha ido elevando junto con el consumo de productos hidrobiológicos en general, el cual ha crecido desde el 2008 hasta el 2012 en 0.9 kg/habitante más. Con la finalidad de fomentar el consumo de pescado congelado en Lima, se propone implementar un centro de distribución de pescado congelado con el objetivo de abastecer a los mercados mayoristas pesqueros de la capital ya que es en donde más pescado se comercializa para transportarlos a las diferentes provincias del país. Se comprobará la viabilidad a través del estudio de pre-factibilidad. Primero, se elabora el estudio estratégico en donde se plantearan los objetivos del negocio a implementar e identificar las ventajas y desventajas que tiene en el mercado actual. Segundo, se desarrolla el estudio de mercado en donde se cuantificará la demanda oferta de almacenamiento de pescado congelado a los mercados mayoristas para luego obtener la demanda del proyecto. Tercero, se elabora el estudio técnico el cual contempla el análisis respectivo para la elección de la ubicación del centro de distribución, también se identificaran la maquinaria y equipamiento necesario para el funcionamiento de la planta. Cuarto, se presenta el estudio legal y organizacional en donde se abordan las normas legales y pasos a seguir para la constitución del negocio. Además se mostrará la cantidad de mano de obra y las funciones que desempeñara cada persona en el negocio. Finalmente, se realiza un estudio de inversiones el cual tiene como objetivo evaluar la viabilidad económica y financiera del estudio. Se concluye que existe demanda suficiente para que el proyecto pueda ser implementado. En los primeros 5 años el estudio planea cubrir un 12% de la demanda insatifecha y los siguientes 5 años cubrirá el 20%. Por último, se puede concluir que el proyecto es viable económica y financieramente al obtenerse valores positivos de VANE=S/. 2,362,342 y VANF=S/. 1,332,359; además las tasas de interés de retorno (TIRE = 20.9% y TIRF = 26.0%) fueron mayores que el costos promedio ponderado (WACC=12.5%) y el costo de oportunidad (COK=17.7%) respectivamente. / Tesis
10

Determinación de triptófano en harina de pescado cromatografía líquida de alta resolución

Cosco Salguero, Gloria A. January 1999 (has links)
Busca encontrar las condiciones óptimas de cantidad de enzima, tiempo de digestión y cantidad de muestra para la determinación de triptófano en la harina de pescado. Evalúa su precisión a través de la repetibilidad, exactitud a través de los porcentajes de recuperación y límite de cuantificación. Busca una alternativa en la determinación de triptófano, ya que este aminoácido no puede ser tratado por hidrólisis ácida.

Page generated in 0.0262 seconds