• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 204
  • 2
  • 2
  • Tagged with
  • 208
  • 76
  • 16
  • 16
  • 16
  • 15
  • 15
  • 14
  • 14
  • 13
  • 13
  • 11
  • 11
  • 11
  • 11
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estudo e estrutura dos polissacarideos da Aloe Africana Mill.

Santa Rita, Tania Guimarães 17 July 2018 (has links)
Orientador: Florinda O. Bobbio / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-17T21:48:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 SantaRita_TaniaGuimaraes_D.pdf: 1920905 bytes, checksum: 973b27a11d6b0dbf5aa8eb12313cb018 (MD5) Previous issue date: 1984 / Resumo: Do suco da falsa babosa - Aloe africana Mill, Família Liliaceae - foi extraída uma goma bruta contendo 6,5% de proteínas como impurezas. Após proteolise da goma com tripsina, foi obtida uma mistura pura de polissacarídíos com rendimentos de 94% em base seca. A solução da mistura de biopolímeros mostrou comportamento pseudo-plástico e a viscosidade foi dependente do pH de suas soluções. Por tratamento da mistura de polissacarídios com cetavlon foi precipitado um polissacarídio em pequena proporção. No tratamento do sobrenadante com cloreto de cálcio, foi precipitado o polissacarídio A que mostrou ter uma estrutura formada, praticamente por resíduos de acido a-D-galacturo piranoses 15,4% O-acetilados e com pequeno teor de esteres covalentes (1%) . 0 biopolímero que não precipitou como sal de cálcio foi denominado polissacarídio B e obtido numa proporção 9 vezes maior, em relação ao polissacarídio A. A hidrólise total mostrou que o polissacarídio B era formado por 43% de mano se, 18% de galactose, 18% de glucose, 5% de arabinose alêijide conter 9,4% em acido galacturônico e 6% em grupos O-acetílicos. As estruturas parciais dos polissacarídeos da Aloe africano foram estabelecidas cora o uso além dos métodos clássicos de determinação,com os valores da ressonância magnética de carbono13 , da espectroscopia na região do infravermelho, pela medida da rotação ótica e por cromatografia gasosa aclopada a espectro de massa. Com base nos resultados obtidos foram propostas possíveis unidades básicas para 2 polissacarídios da Aloe africana (figura 1) / Abstract: From the juice Aloe africana Mill a mixture of polysaccharides was isolated. The polysaccharides were bound to a protein from which it was isolated by trypsin digestion of the crude mixture. A solution of protein - free mixture of the polysaccharides behaved as a pseudo-plastic system. The polysaccharides were fractionated through the precipitation of calcium derivatives. Two fractions were obtained in the ratio of 9/1 (w/w). The less abundant fraction "A" was basically a polygalacturonic acid containing 15,6% of acetyl groups. The more abundant fraction "B" was characterized as an acctylaredhe teropolysaccharide containing mannose, galactose, glucose, arabinose and galacturonic acid. The polysaccharide con- taining 6% of acetyl groups. Possible structures for the basic units of the polysaccha-rides A and B were sugested / Doutorado / Doutor em Ciência de Alimentos
2

Modificação química da goma do angico (Anadenanthera macrocarpa Benth): utilização como adsorvente de metais pesados. / Chemical modification of the angico gum (Anadenanthera macrocarp Benth): use as adsorbent of heavy metal.

Oliveira, Marília de Albuquerque January 2005 (has links)
OLIVEIRA, M. A.; Modificação química da goma do angico (Anadenanthera macrocarpa Benth): utilização como adsorvente de metais pesados. 2005. 88 F. Dissertação (Mestrado em Química Orgânica) - Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2005. / Submitted by José Jairo Viana de Sousa (jairo@ufc.br) on 2014-10-13T18:43:19Z No. of bitstreams: 1 2005_dis_maoliveira.pdf: 1186479 bytes, checksum: 73f1d034647e6b967f87d526eaa892c5 (MD5) / Approved for entry into archive by José Jairo Viana de Sousa(jairo@ufc.br) on 2014-11-11T23:30:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2005_dis_maoliveira.pdf: 1186479 bytes, checksum: 73f1d034647e6b967f87d526eaa892c5 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-11-11T23:30:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2005_dis_maoliveira.pdf: 1186479 bytes, checksum: 73f1d034647e6b967f87d526eaa892c5 (MD5) Previous issue date: 2005 / Red angico gum is a heteropolysaccharide (arabinogalactan) obtained from Anadenanthera macrocarpa trees. Carboxymethylation of angico gum (AG) with monochloroacetic acid (MCA) in alkaline aqueous medium resulted in samples which were characterized by infrared, 13C nuclear magnetic resonance spectroscopy and gel permeation chromatography. The effects of reactional parameters, such as alkali concentration, MCA/angico gum ratio and temperature on the reaction yield and degree of substitution (DS) were investigated. The DS and MCA total efficiency values increase up to 2 h reaction time and then decrease. The DS varied from 0.11 to 1.10 depending on NaOH/MCA/AG ratio and temperature. Higher DS value was obtained for molar ratio of 9:3:1 at 70°C, although with low yield and MCA total efficiency (7.5% and 0.03 respectively). Polymer degradation was observed in all samples, but in different degree. The best carboxymethylated sample from angico gum was obtained with NaOH/MCA/AG molar ratio equal to 3:1:1, at 70 °C. (DS = 0.63, yield = 91.0%). Crosslinked AG and Carboxymethylated AG chemical gels (GAGel and GAGMGel respectively) were also obtained using epichlorohydrin (E) as crosslinking agent. Crosslinked AG gel was further carboxymethylated resulting in GAGelCM sample. The products obtained were characterized by IR spectroscopy and swelling degree (W). The swelling degree decreases as the E/AG ratio increase from GAGel. Carboxymethyalted gels possess higher water absorption than GAGel (16 times higher). The gels obtained by crosslinking were tested as adsorbent of heavy metal (Pb, Cd and Cu). Adsorption isothermal studies were carried out and interpreted by the Langmuir and Freundlich equations. The sorption of individual metals followed the sequence Cu > Cd >Pb. The best Cu adsorbent was GACMGel (20.32 mmol/g). In equimolar metal mixture sorption experiment the best Cu adsorbent was GAGelCM (9.79 mmol/g). / A Goma do angico vermelho é um heteropolissacarídeo obtido de árvores da Anadenanthera macrocarpa. Carboximetilação da goma do angico (GA) com ácido monocloroacético (AMC) em meio básico resulta em uma série de produtos carboximetilados que foram caracterizados por espectroscopia no infravermelho e ressonância magnética nuclear e por cromatografia de permeação em gel. O efeito dos parâmetros reacionais como concentração de base, razão AMC/GA e temperatura no rendimento e grau de substituição (GS) foram investigados. O GS e a eficiência total da reação aumenta com o tempo reacional até 2h e então decresce. O GS varia de 0,11 a 1,10 dependendo da razão NaOH/AMC/GA e temperatura. O maior GS foi obtido na razão molar 9:3:1 e 70 °C, entretanto com um baixo rendimento e eficiência total (7,5% 3 0,03 respectivamente. Degradação do polímero foi observada em todas as amostras mas em diferentes graus. O melhor resultado dos produtos carboximetilados foi obtido para a amostra GACM3 (GS = 0,63), obtido com razão molar NaOH/AMC/GA de 3:1:1, temperatura de 70 °C. A goma do angico (GA) e uma amostra carboximetilada (GACM) foram reticuladas com epicloridrina (E) para formar um gel químico (GAGel e GACMGel respectivamente). O gel da goma do angico foi também carboximetilado após o processo de reticulação (GAGelCM). Os géis reticulados foram caracterizados quanto ao grau de intumescimento. O intumescimento para o gel GAGel diminui com o aumento da razão E/GA devido a formação de uma rede mais compacta. A presença de grupos carboximetílicos nos géis GAGelCM e GACMGel aumenta o grau de intumescimento em cerca de 16 vezes se comparado ao GAGel. Os géis de goma do angico foram testados como adsorvente de metais pesados (Pb, Cd e Cu). Isotermas de adsorção forma realizadas e os modelos de Langmuir e Freundlich aplicados aos sistemas. A capacidade máxima de adsorção para os três íons testados individualmente foi a seguinte: Cu>Cd>Pb. Sendo que a maior capacidade de absorção de Cu+2 foi obtida para o gel GACMGel (20,32 mmol/g). A adsorção em solução onde quantidades equimolares dos três íons estavam presentes foi maior para Cu+2 na amostra GAGelCM ( 9,79 mmol/g).
3

Estudo do potencial anticâncer de substâncias obtidas do zoantídeo Protopalythoa variabilis Duerden, 1898 (Cnidária, Anthozoa) encontrado no litoral cearense / Study of anticancer potential of compounds obtainded from the zoanthid Protopalythoa variabilis duerden, 1898 (cnidaria, anthozoa) from the Ceará coast

Wilke, Diego Veras January 2009 (has links)
WILKE, Diego Veras. Estudo do potencial anticâncer de substâncias obtidas do zoantídeo protopalythoa variabilis Duerden, 1898 (cnidaria, anthozoa) encontrado no litoral cearense. 2009. 171 f. Tese (Doutorado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009 / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-06-08T12:05:07Z No. of bitstreams: 1 2009_tese_dvwilke.pdf: 8954157 bytes, checksum: e4676ac1ebcf8cd0f15ae28fb4821066 (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-06-11T15:30:08Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_tese_dvwilke.pdf: 8954157 bytes, checksum: e4676ac1ebcf8cd0f15ae28fb4821066 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-06-11T15:30:08Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_tese_dvwilke.pdf: 8954157 bytes, checksum: e4676ac1ebcf8cd0f15ae28fb4821066 (MD5) Previous issue date: 2009 / Cancer is one of the biggest health problems in all over the world and causes a great amount of death of children and adults. Despite success of several cancer therapies, the ideal anticancer drug is not available yet and the numerous side effects are a limiting point. The natural products research, although recent, has shown often a variety of new chemical structures and potent biological activities. Cytotoxic compounds with possible cancer chemotherapy application are commonly isolated from marine organisms. Two within four marketed drugs from marine sources are used for cancer chemotherapy. Besides small weight molecules, the polysaccharides biological response modifiers also have showing to be a promising field as adjuvant in traditional chemotherapy. Cnidarians together with sponges, ascidians, mollusks and algae form the most promising marine group. The zoanthid Protopalythoa variabilis (Cnidaria, Anthozoa) is found in coastline of whole world, however its pharmacological potential have never been investigated before. The antitumor potential of compounds from P. variabilis from Ceará coast was evaluated in this work. The chemical fractionation guided by the cytotoxicity on four tumor cell lines (HL-60, leukemia; HCT-8, colon; SF-295, central nervous system and MDA-MB-435, melanoma) from crude hydroalcoholic extract yield two new lipidic -amino acids (1a/1b) in mixture from hexane fraction and five fractions (EtOAc-P-1-5) containing sterols signals from ethyl acetate fraction. 1a/1b showed a mean inhibitory concentration mean (IC50) of 85 ng/mL against cell lines tested, whereas EtOAc-P-4, the most powerful of EtOAc derivatives fractions, showed a mean IC50 of 117.5 ng/mL. This was the first report of lipidic amino acids obtained from natural sources and also the first cytotoxic data for this class of compounds. The cytotoxic investigation of 1a/1b and EtOAc-P-4 on HL-60 cells showed treated-cells dead by apoptosis with critical involvement of intrinsic pathway. Protein-bound sulfated polysaccharides (PPV) with high molecular mass were obtained from residue of the hydroalcoholic extract. PPV did not showed cytotoxicity on tumor cell lines in vitro, however it induced 50% of tumor growth inhibition on melanoma B-16 bearing-mice. No toxic evidences were observed in histopathology analysis as well as in biochemical and hematological parameters, however circulating monocytes increased with PPV treatment. In addition peritoneal macrophages investigated in vitro confirmed that PPV is a biological response modifier. The PPV-induced macrophage activation stimulated the release of nitric oxide and cytokines IL-1 and IL-6, but did not do TNF-. This work showed that P. variabilis is a rich source of antitumor compounds, having both small cytotoxic molecules and polysaccharides biological response modifiers with antitumor activity in vivo. / O câncer é um dos principais problemas mundiais de saúde e uma das causas mais importantes de morbidade e mortalidade em crianças e adultos. Apesar do sucesso no tratamento de diversos tipos de tumor, ainda não se chegou ao fármaco ideal e as terapias existentes nem sempre alcançam resultados satisfatórios além de induzir muitos efeitos colaterais. A pesquisa em produtos naturais marinhos (PNM), embora recente, tem revelado uma enorme diversidade de estruturas químicas, muitas vezes inéditas e com potente atividade biológica. Moléculas citotóxicas, com potencial aplicação na quimioterapia do câncer, são freqüentemente isoladas dos organismos marinhos e dos quatro fármacos oriundos de PNM comercializados atualmente, dois são utilizados na quimioterapia do câncer. Além dos metabólitos secundários, o estudo de polissacarídeos modificadores da resposta biológica para imunoterapia adjuvante também vem surgindo como uma área bastante promissora. Os cnidários juntamente com esponjas, ascídias, moluscos e algas compõem o grupo de representantes marinhos quimicamente mais prolíficos. O zoantídeo Protopalythoa variabilis (Cnidaria, Anthozoa) é encontrado no litoral do mundo inteiro, porém o seu potencial farmacológico nunca foi investigado anteriormente. O potencial antitumoral de substâncias obtidas do P. variabilis encontrado no litoral cearense foi avaliado neste trabalho. O fracionamento guiado pela citotoxicidade de 4 linhagens de células tumorais (HL-60, leucemia; HCT-8, cólon; SF-295, sistema nervoso central e MDA-MB-435, melanoma) do extrato hidroalcoólico bruto (EHB) rendeu uma mistura de alfa-aminoácidos lipídicos (1a/1b) inéditos a partir da fração hexano e 5 frações (AcOEt-P-1-5) contendo sinais compatíveis com esteróides da fração acetato de etila. Os 1a/1b apresentaram uma média de concentração inibitória média (CI50) nas linhagens testadas de 85 ng/mL, enquanto a AcOEt-P-4, mais ativa dentre as derivadas da AcOEt exibiu uma média de CI50 de 117,5 ng/mL. Essa foi a primeira vez que alfa-aminoácidos lipídicos foram obtidos de uma fonte natural e também que o potencial citotóxico de compostos dessa classe é demonstrado. O estudo da citotoxicidade dos 1a/1b e da AcOEt-P-4, na linhagem leucêmica HL-60, revelou que estas amostras devem sua atividade à indução de apoptose com via intrínseca desempenhando um importante papel. A partir do resíduo do EHB do P. variabilis, foram obtidos polissacarídeos sulfatados ligados a proteínas (PPV). O PPV não apresentou citotoxicidade contra as células tumorais in vitro, porém induziu 50% de inibição do crescimento tumoral em camundongos transplantados com a linhagem B-16 (melanoma). As análises dos parâmetros bioquímicos, hematológicos e histopatológicos indicaram que o PPV não apresentou toxicidade nos animais e aumentou a proliferação de monócitos. Estudos adicionais com macrófagos peritoneais in vitro confirmaram que o PPV é um modificador da resposta biológica. A ativação dos macrófagos pelo PPV induziu a produção de óxico nítrico, e das citocinas IL-1 e IL-6, mas não TNF-alfa. O presente trabalho mostrou que a espécie P. variabilis é uma rica e profícua fonte de compostos com potencial antitumoral a ser explorada, possuindo tanto metabólitos citotóxicos capazes de induzir apoptose em células tumorais diretamente, quanto macromoléculas imunomoduladoras com atividade antitumoral in vivo.
4

Desenvolvimento de formas lipossomais contendo levana

Tavares Jácome Júnior, Agenor January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:52:10Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo4532_1.pdf: 1228756 bytes, checksum: 0c71460e367085851d7298bec3ab9707 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2006 / O presente trabalho propõe o desenvolvimento de formas lipossomais contendo levana (Lev-LIPO) com potencial ação antitumoral e imunomoduladora na terapia contra o câncer. Lev-LIPO foram obtidos pelo método de formação do filme lipídico. Análises físico-químicas foram realizadas imediatamente após a preparação dos lipossomas. Adicionalmente, testes de estabilidade acelerada e em longo prazo foram realizados. O tamanho de partícula e a carga de superfície foram determinados utilizando contador de partículas zetasizer®. A quantidade de levana incorporada nos Lev-LIPO foi determinada após solubilização dos mesmos com metanol (1:1), extração e hidrólise ácida da levana para doseamento da frutose constituinte, por espectrocolorimetria a 530 nm, ou doseamento da levana, diretamente, por CLAE, usando detector de índice de refração, para análise comparativa entre os dois métodos. A eficiência de encapsulação foi determinada após ultrafiltração-centrifugação. O perfil de liberação in vitro da levana a partir de Lev-LIPO foi determinado utilizando o método de diálise. Lev-LIPO tendo concentrações de levana até 1,8 mg/mL apresentaram um aspecto opalescente, leitoso, com brilho azulado, mantendo as características iniciais por mais de 180 dias quando armazenadas a 4°C ± 1°C. Lev-LIPO apresentou um tamanho de partícula igual a 145 ± 75,01 nm. O potencial zeta dos Lev-LIPO tende a diminuir a medida que se aumenta a concentração da levana na formulação, variando de 21,33 (1 mg/mL) até 2,51 mV (20 mg/mL). A eficiência de encapsulação foi de 87,59 ± 1,21% por espectrocolorimetria e de 88,67 ± 1,69% por CLAE. A cinética de liberação da levana apresentou um efeito de rajada de 10,59 ± 3,49% na primeira hora, seguida por uma liberação lenta e controlada do produto bioativo, com velocidade constante de 0,27 mg/h na segunda fase (8 72 horas). A levana encapsulada se difundiu no meio após 96 horas (98,70 ± 0,85%). O desenvolvimento de lipossomas estáveis contendo levana é um passo importante no desenvolvimento de uma nova forma farmacêutica para a terapia do câncer
5

Contribuição ao estudo dos parametros de fermentação por Beijerinckia sp

Maldonade, Iriani Rodrigues 06 September 1996 (has links)
Orientador: Adilma Regina Pippa Scamparini / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alementos / Made available in DSpace on 2018-07-21T13:56:00Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Maldonade_IrianiRodrigues_M.pdf: 4689023 bytes, checksum: 5908dd9993ab5f17e1203b0f085b7cbe (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Este trabalho foi realizado com o objetivo de estudar os parâmetros que afetam a produção de células de Beijerinckia 7070. Esta bactéria foi isolada e identificada de solo canavieiro da região oeste do estado de São Paulo. Sua principal importância está relacionada com o fato de fixar nitrogênio atmosférico em culturas de cana-de-açúcar. Neste estudo, realizaram-se ensaios em erlenmeyers sob agitação, variando-se as concentrações de glicose e sacarose no. meio de fermentação. Escolheu-se a concentração de 1 % de Sacarose para produção de células. Em fermentadores de bancada, foram determinadas as condições ótimas de temperatura, concentrações de sais, concentrações de pasta de levedura e melaço de cana-de-açúcar. O maior rendimento de massa celular e biopolímero ocorreu a 25°C. O crescimento celular foi estimulado pela adição de K2HPO4, enquanto que a produção de biopolímero foi favorecida pelo aumento da concentração de MgSO47H2O e até a concentração de 0,10% de NH4Cl. A adição de NH4NO3 inibiu o crescimento celular e a produção de polissacarídeo. A substituição de sacarose por melaço mostrou ser uma boa alternativa como fonte de carbono, uma vez que favoreceu a produção de células e biopolímero. O aumento da concentração de pasta de levedura ocasionou um aumento na concentração de massa celular. Em escala semi-piloto, determinou-se que o valor ótimo de pH para crescimento' de Beijerinckia 7070 foi de 6,5, o qual foi mantido pela adição de uma solução alcalina de hidróxido de sódio ou hidróxido de amônio. Posteriormente, estudou-se o processo de batelada alimentada com vazão de alimentação exponencial e constante. A concentração de sacarose da solução de alimentação com vazão exponencial, variou de 10 a 75% (p/v), sendo que na concentração de 45% obteve-se o melhor rendimento em termos de crescimento celular. A fermentação com vazão constante de carboidrato, apresentou um bom rendimento em termos de produção de células, mas apresentou também um acúmulo de sacarose no caldo fermentado. O meio alternativo, composto por melaço e pasta de levedura, mostrou ser um meio com menor custo para a fermentação de Beijerinckia 7070 / Abstract: This study was carried out to characterize the parameters affecting the fermentation of Beijerinckia 7070. This bacteria was isolated and identified from soil of sugar cane plantation of North East region of São Paulo State. The greatest importance of this bacteria is to fix atmosferic nitrogen in sugar cane plantation. In shaker, diferents concentrations of glucose and sucrose were added to the medium, and 1% (w/v) showed to be the best for cells production. In the laboratory fermenter, the optimal conditions of temperature, concentrations of salts, concentrations of Brewers yeast autolyzate and molasses were determined. The higher yield of biomass and polymer were at 25°C. Tlle biomass production was stimulated by addition of K2HPO4 and the biopolymer production was stimulated by addition of MgSO47H2O and NH4Cl, but NH4NO3 inhibited the growth and biopolymer production. The replacement of sucrose by molasses increased the biopolymer production and high nitrogen concentrations gave highest yield of biomass. In semi-pilot escale was determined the optimum pH. The optimal growth rate by Beijerinckia 7070 was at pH 6,50. Afterwards, the fermentations were carried out as fed-batch process. Sucrose suplementation was added in the solution of NH4OH, increasing cells yields. The productivity was higher at 45% (w/v) of inicial suplementation sucrose. The fermentation out put obtained with fed-batch process had highest yield of biomass production. Sugar cane malasses and Brewers yeast autolyzate were good alternative to produce cells of Beijerinckia, making the fermentation process cheaper / Mestrado / Mestre em Ciência de Alimentos
6

Mobilização de xiloglucano de reserva em sementes de Hymenaea courbaril L.

Tine, Marco Aurelio Silva 12 September 1997 (has links)
Orientadores: Marcos Silveira Buckeridge, Angelo Luiz Cortelazzo / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-23T12:02:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tine_MarcoAurelioSilva_M.pdf: 4633000 bytes, checksum: cd5635be307852c3790e0aa851476f94 (MD5) Previous issue date: 1997 / Resumo: Algumas espécies de Leguminosae acumulam grande quantidade de polissacarídeos na semente. Seus produtos de degradação são translocados para o eixo embrionário após a germinação, constituindo uma importante reserva de carbono e energia para a plântula em desenvolvimento. Sementes de Hymenaea cOllrbaril L. chegam a acumular 40% da massa da semente na forma de xiloglucano depositado na parede das células do parênquima cotiledonar. Neste trabalho, o processo de mobilização do xiloglucano de reserva de sementes de Hymenaea cOllrbaril L. foi acompanhado citoquímica e bioquimicamente. Após a semeadura, foram coletadas 20 sementes a cada 5 dias até a queda dos cotilédones: 15 para acompanhamento da massa de matéria fresca e seca, 2 para acompanhamento de alterações celulares e 3 para análises bioquímicas (análise dos carboidratos presentes e enzimas envolvidas na degradação do xiloglucano). Foi constatada a presença de pelo menos 3 outros materiais de reserva além do xiloglucano: oligossacarídeos da série rafinósica (metabolizados nos primeiros 15 dias após semeadura), corpos protéicos (mobilizadas até 35 dias após semeadura) e grânulos presentes nos corpos protéicos (que provavelmente consistem em fitina, mobilizada nos primeiros 10 dias após a semeadura). o xiloglucano de reserva foi mobilizado no período entre 35 e 50 dias após semeadura. V árias evidências corroboram esta observação: (1) neste período a espessura das paredes das células dos cotilédones diminui; (2) a quantidade de açúcar extraível dos cotilédones com água e álcali caem; (3) ocorre um aumento na atividade das enzimas envolvidas na degradação do xiloglucano e; (4) há um acúmulo temporário de amido no interior das células, sugerindo que os carboidratos gerados pela degradação do xiloglucano entrem na célula. O aumento da atividade das enzimas hidrolíticas não foi simultâneo. A primeira enzima a aumentar de atividade foi a a-xilosidase (em torno de 15 dias após semeadura), seguida pela p-galactosidase e p-glucosidase (cujas atividades aumentam a partir de 35 dias após semeadura, embora haja atividade presente desde a embebição) e pela xiloglucano-endo-transglicolase (XET, cuja atividade foi detectada apenas a partir de 55 dias após semeadura). O estudo da estrutura fina do xiloglucano mostrou uma alteração na proporção entre os oligossacarídeos obtidos por digestão do xiloglucano com celulase antes do período de mobilização. Esta observação sugere que a atividade de f3-galactosidase e f3-glucosidase detectadas neste momento não seja um artefato gerado pela perda de compartimentalização das células, e sim uma atividade real sobre o polissacarídeo in vivo. Apenas sacarose e monossacarídeos (principalmente glucose e frutose) foram detectados na fração de material solúvel em etanol durante a mobilização do xiloglucano. Estas devem ser, portanto, a forma de transporte do carboidrato de reserva para o eixo embrionário. A pequena quantidade de outros monossacarideos presentes (xilose e galactose, que são monossacarídeos constituintes do xiloglucano) reforça a teoria de que os açúcares provenientes da degradação do polissacarideo da parede entrem rapidamente na célula cotiledonar. Uma vez dentro da célula, os monossacarídeos seriam convertidos a glucose e frutose e teriam diversos destinos possíveis: (1) biossíntese de sacarose a ser transportada para o eixo embrionário; (2) uso no metabolismo da célula do cotilédone (respiração, síntese de proteínas, etc.); (3) biossíntese de amido, o que funcionaria como um regulador da concentração de carboidratos, drenando o excesso de açúcares livres do citoplasma, mantendo-o disponível para mobilização posterior, quando as reservas da parede forem esgotadas e; (4) biossíntese de oligossacarídeos de xiloglucano. A biossíntese de oligossacarídeos poderia vir a ser uma forma de a célula controlar a degradação do polissacarídeo da parede. Por não ter, aparentemente, uma endo-f31,4-glucanase verdadeira, e sim uma xiloglucano-endo-transglicolase (XET), o mecanismo de degradação do xiloglucano requereria uma fonte externa de oligossacarídeos para que houvesse liberação de fragmentos de polissacarídeo susceptíveis ao ataque das exo-hidrolases (a-xilosidase e f3-glucanase, principalmente) / Abstract: Some species of Leguminosae accumulate high amounts of polysaccharides in the seed. These polysaccharides are translocated to the embryo after the germination, being an important source of carbon and energy to the developing plantlet. Seeds of Hymenaea courbaril L. store up to 40% of the seed mass in the form of xyloglucan deposited in the walls of parenchyma cells. In this work, the mobilization of the storage xyloglucan in the seeds of Hymenaea courbaril L. was followed citochemically and biochemically. After planting, 20 seeds were collected every 5 days until the fall of the cotyledons: 15 to follow ftesh and dry weight; 2 to follow cytological alterations and; 3 were collected for biochemical analysis (of the carbohydrates present and the enzymes involved in the degradation of xyloglucan). At least 3 other types of reserves other then xyloglucan were detected: oligosaccharides of the rafinose family (metabolised during the first 15 days after planting), protein bodies (mobilized unti135 days after planting) and granulation in the protein bodies (probably fitin, mobilized within the first 10 days after planting). The storage xyloglucan was mobilised between 35 to 50 days after planting. This observation can be confirmed as follows: (1) in this period the walls of the cotiledonary cells became thinner; (2) the amounts of water and alcali soluble sugar decrease; (3) there is an increase in the activity of the enzymes involved in the degradation of xyloglucan and; (4) there is accumulation of transitory starch inside the cells, suggesting that the monosaccharides derived ftom xyloglucan breakdown are entering in the cell. The rise of the activity of the enzymes was not simultaneous. The first enzyme to increase its activity was a-xylosidase ( around 15 days after planting), followed by p­galactosidase and p-glucosidase (whose activity rise 35 days after planting, although there is activity since the beginning of inbibition) and xyloglucan-endo-transglycolase (XET, whose activity was detected only after 55 days of planting). The study of xyloglucan fine structure showed that chances in the proportion between the oligosaccharides occurred before the mobilisation period. This observation indicates that the activities of p-galactosidase and P-glucosidase detected prior to the mobilisation are not an artifact caused by the lost of compartimentalization of the cell, but a real activity upon the polysaccharide in vivo. Only sucrose and monosaccharides (specially glucose and fructose) were detected in the fraction of the alcohol soluble carbohydrates during the mobilisation of xyloglucan. On the basis of these results, this seems to be the way the carbohydrates are transported to the embryo. The small amount of other monosaccharides (specially xylose and galactose, which are constituents of xyloglucan) strengthen the hypothesis that the sugars coming from the wall enter in the cell. Once inside it, the monosaccharides would be converted to glucose and fructose and could be used in the following ways: (1) biosynthesis of sucrose to be translocated to the embryo; (2) use in the cell metabolism (respiration, protein synthesis, etc.); (3) biosynthesis of starch, draining the excess of free carbohydrates ITom the cytoplasm, but keeping it available for further transport to the embryo and; (4) biosynthesis of xyloglucan oligosaccharides. The biosynthesis of xyloglucan could be a way to control the degradation of cell wall polysaccharide. Since the degradation mechanism does not involve a real endo­ J31,4-glucanase, but axyloglucan-endo-transglycolase (XET), xyloglucan oligosaccharides ITom an external source would be required to start the degradation of xyloglucan / Mestrado / Biologia Celular / Mestre em Ciências Biológicas
7

Efeito da concentração de sacarose no biofilme dental formado in situ no desenvolvimento de carie

Aires, Carolina Patricia 25 March 2004 (has links)
Orientador: Cinthia Pereira Machado Tabchoury / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-08-03T20:23:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Aires_CarolinaPatricia_M.pdf: 1374022 bytes, checksum: 42c4c3f28db4787c61fe8570e1fad116 (MD5) Previous issue date: 2004 / Resumo: Tendo em vista que a relação entre concentração de sacarose e cárie não é bem estabelecida, o objetivo do presente estudo foi avaliar a acidogenicidade e a composição bioquímica do biofilme formado in situ na presença de diferentes concentrações de sacarose e a sua relação com a iniciação e a progressão da cárie dental. Desta forma, foi conduzido um estudo cego e cruzado, com 3 fases experimentais de 14 dias cada. Doze voluntários adultos utilizaram dispositivos intra-orais palatinos contendo 4 blocos de esmalte dental de obtidos a partir terceiros molares humanos retidos. Os blocos dentais foram submetidos 8 x/dia aos tratamentos: água destilada e deionizada, solução de sacarose 1, 5, 10, 20 e 40%. Em cada fase experimental, 2 tratamentos foram avaliados, sendo que cada par de blocos dentais de um lado do dispositivo recebeu um tratamento diferente, definido por um sorteio: água destilada e deionizada e sacarose 1%; sacarose 10% e 20%; sacarose 5% e 40%. Os voluntários utilizaram dentifrício não-fluoretado nos períodos de ¿lead-in¿ e ¿washout¿ e durantes as fases experimentais. Ao término de cada fase, a acidogenicidade (pH inicial e 5 minutos após os tratamentos) e a composição inorgânica e de polissacarídeo insolúvel do biofilme dental formado sobre os blocos de esmalte foram analisadas; a porcentagem% de perda de dureza de superfície (%PDS) e a área de perda mineral (DZ) foram determinadas no esmalte. Os resultados sugerem que a concentração mínima de sacarose para a formação de um biofilme dental cariogênico foi 5%, proporcionando potencial semelhante àquele observado em 10 e 20%. Em acréscimo, a concentração de sacarose 40% foi capaz de acentuar as propriedades cariogênicas do biofilme dental, aumentando a desmineralização / Abstract: Considering that the relationship between sugar concentration and caries is not clearly established, the objective of the present study was to evaluate the acidogenicity and the composition of biofilm formed in situ in the presence of different sucrose concentrations and its relation with the initiation and the progression of dental caries. Thus, a blind and cross-over study was conducted, with 3 experimental phases of 14 days each. Adult volunteers wore intra-oral palatal appliances containing 4 blocks of human dental enamel, which were submitted 8 x/day treatments: deionized distilled water, 1, 5, 10, 20 and 40% sucrose solution. In each experimental phase, 2 treatments were evaluated, considering that each pair of dental blocks in a side of the appliance received a different treatment, randomly defined: deionized distilled water and 1% sucrose; 10 and 20% sucrose; 5 and 40% sucrose. The volunteers used non-fluoridated dentifrice in the lead-in and washout periods and during the experimental phases. At the end of each experimental phase, the acidogenicity (baseline pH and 5 minutes after treatment), inorganic composition and insoluble polyssacharide of dental biofilm formed on the enamel blocks were analyzed; percentage of surface microhardness change (%SMC) and area of mineral loss (DZ) were determined on enamel. The results suggest that the threshold of sucrose concentration for the formation a cariogenic biofilm was 5%, providing a cariogenic potential as outstanding as that observed in 10 and 20%. In addition, carbohydrate concentration at 40% was able to enhance the cariogenic properties of dental biofilm, increasing enamel demineralization / Mestrado / Cariologia / Mestre em Odontologia
8

Obtenção de polissacarideos de Pseudomonas mendocina

Muller, Jose Miguel 13 January 1992 (has links)
Orientador : Ranulfo Monte Alegre / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-14T01:34:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Muller_JoseMiguel_M.pdf: 3240463 bytes, checksum: 0ff852d705ad439f4d8b4930197bcc38 (MD5) Previous issue date: 1992 / Resumo: Esta pesquisa teve o propósito de estudar a biosíntese de polissacarídeos por Pseudomonas mendocina. Inicialmente foram isoladas com o antibiótico carbenicilina duas cepas mutantes, que estão depositadas na Fundação Tropical de Pesquisa e Tecnologia "André Tosello" sob os números: o CCT 2244 - Pseudomonas mendocina. M02 o CCT 2245 - Pseudomonas mendocina. M13 . Em experimentos realizados em Erlenmeyers foi estudada a capacidade dos mutantes e da cepa selvagem, metabolizarem diferentes tipos de substratos (glicose, sacarose, lactose e gluconato) em diferentes concentrações. A glicose e a sacarose foram os melhores substratos e o mutante M13 apresentou a maior taxa de bioconversão, 52% para concentração de glicose de 20,07 g/l e 40% para concentração de sacarose de 29,93 g/l, sendo por isso selecionado para os experimentos em cultura em batelada. Estes experimentos foram ajustados de forma que os resultados pudessem ser avaliados pelo método estatístico de superfície de resposta. Estudaram-se os efeitos de vazão de ar e concentração de nitrogênio na forma de sulfato de amônio. As melhores taxas médias de bioconversão foram de 0,46 para concentração de 860 mg/l de (NH4)2SO4 e vazão de ar de 1,5 l/h e 0,42 para concentração de 1.160 mg/l de (NH4.)2SO4 e vazão de ar de 2,5 l/h. Os resultados obtidos demonstram que a Pseudomonas mendocina M13 apresentou bons rendimentos de bioconversão, sendo uma boa alternativa para a produção industrial de biopolímeros / Abstract: This research has the purpose of studying the biosyntesis of polisaccharides by Pseudomonas mendocina. Iniatilly were isolated two mutant strains whit the carbenicilin antibiotic, that are disponsable in the André Tosello Tropical Foundation for Research and Technology under the numbers: o CCT 2244 - Pseudomonas mendocina M02, o CCT 2245 - Pseudomonas mendocina M13 . In experiments made in Erlenmeyers has been studied the capacity of the mutants and wild tipe, to metabolizer different kinds of substrates (glucose, sucrose, lactose and gluconate) in different concentrations. Glucose and sucrose were the best substrates and the mutant strain M13 had the best bioconversion rates, 52%. for initial glucose concentration of 20-07 g/l and 40% for initial sucrose concentration of 29.93 g/1, reason of its selection for the experiments in batch culture. These experiments were adjusted in form that the results could be avaliated by the response surface methodology. It were studied the efects of air flow and of nitrogen concentration in theamonium sulfate form. The avereges of bioconversion rates were of 0.46 for concentration of 860 mg/1 (NH4)2SO4 and air flow of 1.5 l/h and 0.42 for concentration of 1,160 mg/l of (NH4)2SO4 and 2.5 l/h of air flow. The results obtained show that Pseudomonas mendocina M13 exibits good bioconversion rates and it can be an alternative for industrial biopolymer production / Mestrado / Mestre em Engenharia de Alimentos
9

Efeito de diferentes açucares, pectinas e ligações de agua na formação de geis pecticos

Grosso, Carlos Raimundo Ferreira, 1953- 02 July 1992 (has links)
Orientador: Paulo Anna Bobbio / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-14T04:16:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Grosso_CarlosRaimundoFerreira_D.pdf: 3082532 bytes, checksum: a4f71c70e5b97636c4706bdacafd69b3 (MD5) Previous issue date: 1992 / Resumo: Géis de pectina de alto teor de metoxilação (ATM) e de baixo teor de metoxilação amidada (BTM) contendo em sua formulação sacarose, glucose, frutose e sorbitol foram estudados quanto ao comportamento frente à absorção de água, aos diversos tipos de água presentes nos géis, e como estes fatores influenciam características físicas dos géis e seus mecanismos de formação. Foram também ensaiados géis com pectina ATM remetilada, ácido poligalacturônico e ácido poli galacturônico remetilado. Os géis contendo pectina ATM ou BTM apresentaram curvas de absorção semelhantes às curvas obtidas para os açúcares utilizados nas formulações dos géis, porém a absorção foi diferente quando os açúcares puros eram ensaiados. As pectinas purificadas mostraram comportamento idêntico, frente a absorção de água. Considerando a quantidade de água total ou valores de água de monocamada (BET) para os componentes do gel, observou¬-se que os valores obtidos foram menores que aqueles correspondentes aos géis liofilizados ensaiados diretamente, indicando uma maior área exposta à associação com a água na matriz que constitui o gel. Os resultados obtidos por calorimetria por varredura diferencial (DSC) indicaram deslocamentos na temperatura de fusão do gelo quando diferentes açúcares foram utilizados na formulação do gel ATM, o que também foi observado quando o gel contendo o mesmo açúcar foi equilibrado em diferentes umidades relativas. A quantidade de água total, valores de BET ou teor de água ligada mostraram correlação com a dureza dos géis obtidos com pectina ATM, o que não ocorreu para o gel BTM. Esses valores expressos em base molar mostraram perda de correlação em qualquer dos géis, indicando que somente a capacidade de absorver água dos açúcares não é suficiente para explicar a dureza dos produtos, e que na formação da matriz deve ocorrer também interação pectina-açúcar. Os resultados obtidos para os géis BTM mostraram que, o mecanismo de formação do gel não dependia da capacidade de absorção de água dos açúcares. A presença de açúcares e sua forte influência na textura dos géis BTM, parece estar associada a capacidade de competição dos açúcares por íons cálcio com a pectina na formação da matriz. Os resultados dos espectros de ressonância magnética nuclear obtidos neste trabalho evidenciaram a formação de complexos açúcar-íon metálico / Abstract: Pectin gels were made with HMP and LMP using sucrose glucose fructose and sorbitol as sweetening agents. The absorption of water at controlled aw, the different water association forms and the values for SAG in each gel were measured and correlated with gel formation mechanisms. Polygalacturonic acid partially and methylated derivative as well were exaustively methylated HMP were studied too. The absorptions of water by LMP and HMP, and the sugars used in preparing gels follow the same pattern. Water absorption for the purified pectins, free of added sugars, had the same values as for water curves absorption but among the sugars absorption values were different. The amount of total water absorbed by the lyphylized gels or monolayer water was in all cases greather than the sum of water absorbed for each component individually indicating that the gel matrix has a larger area of exposure to which water molecules can associate. Results from DSC revealed different amount of decrease for the melting points of the ice when different sugars were used. Equilibration of a gel to different levels of humidity produced ice that melted at a lower temperature than pure water. In LMP gels, BET values, combined water and total water have no correlation with SAG values while for HMP good correlation was observed. When the above values were calculated on a mol/mol basis, correlation ceased, indicating the water holding capacity of the sugars is not the only cause of rigidity for the gel and pectin-sugar interaction must be a determining factor. The results for LMP demonstrated the non correlation between water absorption of the sugars and gel rigidity. The effects of the different sugars are associated with the competition between each sugar and the pectin for the calcium ions. This explanation was supported by the results of the NMR for the sugar showing the formation of sugar-metallic ion complex / Doutorado / Doutor em Ciência de Alimentos
10

Estrutura do polissacarideo do caraguata (Bromelia faustuosa, Lindl)

Scamparini, Adilma Regina Pippa, 1952- 15 July 2018 (has links)
Orientador: Florinda O. Bobbio / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia de Alimentos / Made available in DSpace on 2018-07-15T14:20:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Scamparini_AdilmaReginaPippa_D.pdf: 1696408 bytes, checksum: 64f76c420a9a0d6237533ba16442d214 (MD5) Previous issue date: 1980 / Resumo: Do fruto do caraguatá (Bromeiia faustuosa Lindl) foi extraído um poiissacarídeo, que depois de purificado foi submeti do a varias reações para o estudo de sua estrutura. Da hidrolise total do polissacarideo era meio ácido, foram obtidos somente galactose, xilose e arabinose. Foi verificada a ausência de ácidos urônicos. Por hidrólise parcial do poiissacarídeo foi obtido um poiissacarídeo degradado, de menor peso molecular. Tanto o polissacarídeo quanto o polissacarídeo degradado foram submetidos a reações de instilação e oxidação com periodato de sódio. Do poiissacarídeo degradado tambêra foram feitos espectros de ressonância nuclear magnética de 13C. Foram ainda verificados os sentidos dos ângulos de rotação dos dois polissacarídeos. O peso molecular do polissacarídeo foi determinado por ultracentrifugação. Com base nos resultados obtidos foi proposta uma possível estrutura para a unidade básica do polissacarídeo / Abstract: A polysaccharide was isolated from the fruit of "caraguatá" (Bromelia faustuosa Lindl). Methylation analysis and periodate oxidation revealed that the polysaccharide has a branched structure consisting of D-galactopyranose, D-xylopyranose, L-arabinopyranose and L-arabinofuranose residues. 13C N.m.r.. spectroscopy was used to assign the configuration of anomeric carbons as well the positions of substituent s in the monosaccharide residues. The molecular weight of the polysaccharide was determined by ultracentrifugation / Doutorado / Doutor em Ciência de Alimentos

Page generated in 0.445 seconds