• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 41
  • Tagged with
  • 41
  • 41
  • 21
  • 20
  • 5
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Plano Amazônia sustentável : uma nova concepção estatal de desenvolvimento para a Amazônia?

Locatelli, Selecina Henrique 08 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Sociologia, 2009. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2010-04-08T18:37:19Z No. of bitstreams: 1 2009_SelecinaHenriqueLocatelli.pdf: 554489 bytes, checksum: e9d44873824f39ad8f5ba5ecf0251a38 (MD5) / Approved for entry into archive by Daniel Ribeiro(daniel@bce.unb.br) on 2010-04-19T16:50:33Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_SelecinaHenriqueLocatelli.pdf: 554489 bytes, checksum: e9d44873824f39ad8f5ba5ecf0251a38 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-04-19T16:50:33Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_SelecinaHenriqueLocatelli.pdf: 554489 bytes, checksum: e9d44873824f39ad8f5ba5ecf0251a38 (MD5) Previous issue date: 2009-08 / “Plano Amazônia Sustentável: uma concepção de desenvolvimento para a Amazônia”, é uma dissertação de mestrado que analisa a concepção de desenvolvimento da região amazônica. Para tanto são abordadas as diferentes denominações que a Amazônia recebeu nos últimos 50 anos, com o objetivo de compreender como esta tem sido construída. Em seguida se deu ênfase a alguns planos de desenvolvimento, a saber: “Plano de Valorização da Amazônia”, “Plano de Integração Nacional”, “Brasil em Ação” e “Avança Brasil” e ao PAS - concepção atual de desenvolvimento. A discussão dos resultados obtidos faz o confronto entre as diversas concepções de desenvolvimento para a Amazônia, através de um comparativo da atual concepção, o PAS, e as demais existentes a partir da década de 1950. A sociologia nos mostra sobre a região as várias concepções de Amazônia, que estão ancoradas na concepção sociológica e política de desenvolvimento, ou seja, cada denominação atribuída à Amazônia corresponde a um determinado tipo de intervenção do Estado. Embora o PAS tenha propagado a adoção da concepção de desenvolvimento sustentável para a Amazônia, os Planos Plurianuais (PPA’s) 2004-2007 e 2008-2009 não apresentaram os meios de financiá-lo. Deste modo, formalmente, o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) se tornou o programa de desenvolvimento do Brasil e da Amazônia, no qual se priorizou os investimentos públicos nas áreas de infra-estrutura física e um grupo de medidas de incentivo ao investimento privado por meio da divisão do país em duas frações. Tais constatações reforçam a hipótese de que o atual governo não fez rupturas drásticas com o modo de pensar o desenvolvimento da Amazônia iniciado formalmente há pouco mais de meio século: o modelo desenvolvimentista industrial apenas foi adaptado à abordagem discursiva sustentável. O PAS nasceu com objetivos audaciosos de incluir a variável da transversalidade ambiental na ação política, enfrentar a grilagem de terras, a violação dos direitos humanos, mas até agora o Estado brasileiro, carecedor de legitimidade, não conseguiu retirá-lo da categoria teórica de instrumental metodológico de interação entre os níveis de governo federal e/os estaduais, e as consultas/audiências públicas. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / "Sustainable Amazon Plan: a design for development of the Amazon" is a master's dissertation that examines the design of development in the Amazon region. Both are addressed to different names that Amazon has received over the past 50 years, aiming to understand how this has been built. Then there was some emphasis on the development plans, namely: "Recovery Plan for the Amazon", "National Integration Plan", "Brazil in Action" and "Forward Brazil" and the PAS - current conception of development. The discussion of results is the comparison between the different conceptions of development in the Amazon, through a comparison of the current design, PAS, and other existing from the 1950s. The sociology shows us the various conceptions of Amazon, which are ultimately anchored in the concept of sociological and political development. While PAS has spread the adoption of the concept of sustainable development for the Amazon, the multi-annual plans (PPA's) 2004-2007 and 2008-2009 had not the means to finance it, thus formally the Growth Acceleration Program (CAP ) became the program of development of Brazil and the Amazon, which prioritized public investments in the areas of physical infrastructure and a group of measures to encourage private investment by dividing the country into two fractions. These findings reinforce the hypothesis that the current government has not drastic breaks with the way of thinking the development of the Amazon launched formally just over half a century: the industrial developmental model was not suited to discursive approach sustainable. The PAS was born with bold objectives to include the variable of transversality environmental policy in action, face the grilagem of land and the violation of human rights, but until now the Brazilian state of legitimacy carecedor failed to remove it from the category of theoretical tools of methodological interaction between the levels of federal and / the state, and consultations / public hearings.
2

A governança global é uma realidade possível para a atual arquitetura institucional dos recursos hídricos no processo de cooperação na bacia amazônica?

Matta, Aline Machado da 21 August 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Estudos Avançados Multidisciplinares, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2014-01-21T14:05:41Z No. of bitstreams: 1 2013_AlineMachadoMatta.pdf: 2466052 bytes, checksum: 4a80a9dcce0a0ac90c13aca5b031bc52 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2014-01-28T09:35:37Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_AlineMachadoMatta.pdf: 2466052 bytes, checksum: 4a80a9dcce0a0ac90c13aca5b031bc52 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-01-28T09:35:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_AlineMachadoMatta.pdf: 2466052 bytes, checksum: 4a80a9dcce0a0ac90c13aca5b031bc52 (MD5) / Esta dissertação de mestrado visa a compreender a dinâmica, a influência e a importância de determinados mecanismos de governança de recursos hídricos e sua relação com a governança global da água, em especial na gestão compartilhada de recursos hídricos fronteiriços e transfronteiriços na bacia Amazônica. A pesquisa analisou a atuação do UN-Water, da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA) e da Câmara Técnica Gestão de Recursos Hídricos Transfronteiriços (CTGRHT) vinculada ao Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH), além de políticas públicas e de desenvolvimento do setor de recursos hídricos para aquela região. A metodologia adotada envolveu não só levantamento bibliográfico, mas também a aplicação de questionários em um painel de especialistas. Os resultados irão demonstrar que, no cenário da bacia Amazônica, a OTCA é o mecanismo atual com maior estrutura nodal para a governança de recursos hídricos, apesar de suas deficiências e de não ser a mesma uma organização dedicada exclusivamente a recursos hídricos. Apesar dos desafios e dificuldades existentes para a governança global da água, a importância estratégica da bacia do rio Amazonas tanto para o desenvolvimento brasileiro quanto para a sustentabilidade global demonstrou que o fortalecimento institucional dos mecanismos existentes ou surgimento de novas institucionalidades é pressuposto básico para o futuro da governança da água e do maior desenvolvimento regional. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This dissertation aims to understand the dynamics, the influence and the importance of certain mechanisms of global water governance and its relationship with global water governance, especially those concerning to the management of shared and cross-border rivers in the Amazon basin. The study analyzes the work of UN-Water, the Amazon Cooperation Treaty Organization (OTCA) and the Technical Management Committee of Transboundary Water Resources (CTGRHT) of the National Water Resources Council (CNRH). It also overlooks the Brazilian public policy and the development of water sector in the region. The methodology was based not only on literature, but also on the application of questionnaires to a panel of experts. The results will show that, in the scenario of the Amazon basin, OTCA is recognized as the current mechanism with higher nodal structure for the water governance in the region, despite its shortcomings and the fact that this Organization is not exclusively dedicated to water resources. Despite the challenges and difficulties for the global water governance, the strategic importance of the Amazon River basin for both Brazilian development and global sustainability have demonstrated that the institutional strengthening of existing mechanisms or the creation of new ones can become a basic assumption for the future governance of water and the largest regional development.
3

"Estudo de arboviroses em doadores de sangue na região Amazônica e em uma cidade do interior de São Paulo /

Lavezzo, Lígia Carolina. January 2010 (has links)
Orientador: Maurício Lacerda Nogueira / Banca: Luiz Carlos de Mattos / Banca: Maria Roberta Fachini / Resumo: O Brasil é um país de dimensões continentais, com 8.512.000 km 2 , tem a maioria de seu território situado em área tropical, que associado a grande diversidade de flora e fauna, o que torna apropriada à ocorrência de zoonoses transmitidas por artropodes. Estudos sobre arbovírus na região, pelo Instituto Evandro Chagas, em 44 anos (1954-1998) identificaram um grande número de vírus, e pelo menos 187 diferentes arboviroses foram isoladas. A prevalência mundial de arboviroses cresceu dramaticamente nas últimas décadas, e nas áreas onde estas doenças são endêmicas, a transmissão por transfusão dificilmente é investigada. A preocupação com a transmissão de arboviroses, principalmente do Vírus Dengue (DENV), por transfusão sanguínea aumentou após a documentação da transmissão de West Nile Vírus (WNV) por transfusão nos EUA. DENV e WNV são semelhantes em alguns aspectos, o que suporta a hipótese de que dengue possa ser transmitida por transfusão sanguínea: são eficientemente transmitidos ao homem através da picada de mosquitos infectados; grande proporção das infecções é assintomática; níveis de viremia durante a fase de incubação pode exceder 106 virions por mL, e a transmissão de ambos foi documentada após transplante de órgão e em acidentes com profissionais da saúde. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi investigar a presença de arboviroses em 205 amostras clínicas de doadores de sangue da Região Amazônica e em amostras obtidas durante uma epidemia de Dengue, em 2006, na cidade de Tupã/SP. O RNA viral foi extraído, Multiplex-Nested-PCR foi realizada com o uso de primers gênero e espécie-específico para Flavivirus, Alphavirus, e, para a detecção e identificação do vírus Oropouche, realizou-se RT- Nested-PCR usando primers que se ligam no segmento S do genoma viral. Apesar da complexidade e número, a transmissão... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: O Brasil é um país de dimensões continentais, com 8.512.000 km 2 , tem a maioria de seu território situado em área tropical, que associado a grande diversidade de flora e fauna, o que torna apropriada à ocorrência de zoonoses transmitidas por artropodes. Estudos sobre arbovírus na região, pelo Instituto Evandro Chagas, em 44 anos (1954-1998) identificaram um grande número de vírus, e pelo menos 187 diferentes arboviroses foram isoladas. A prevalência mundial de arboviroses cresceu dramaticamente nas últimas décadas, e nas áreas onde estas doenças são endêmicas, a transmissão por transfusão dificilmente é investigada. A preocupação com a transmissão de arboviroses, principalmente do Vírus Dengue (DENV), por transfusão sanguínea aumentou após a documentação da transmissão de West Nile Vírus (WNV) por transfusão nos EUA. DENV e WNV são semelhantes em alguns aspectos, o que suporta a hipótese de que dengue possa ser transmitida por transfusão sanguínea: são eficientemente transmitidos ao homem através da picada de mosquitos infectados; grande proporção das infecções é assintomática; níveis de viremia durante a fase de incubação pode exceder 106 virions por mL, e a transmissão de ambos foi documentada após transplante de órgão e em acidentes com profissionais da saúde. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi investigar a presença de arboviroses em 205 amostras clínicas de doadores de sangue da Região Amazônica e em amostras obtidas durante uma epidemia de Dengue, em 2006, na cidade de Tupã/SP. O RNA viral foi extraído, Multiplex-Nested-PCR foi realizada com o uso de primers gênero e espécie-específico para Flavivirus, Alphavirus, e, para a detecção e identificação do vírus Oropouche, realizou-se RT- Nested-PCR usando primers que se ligam no segmento S do genoma viral. Apesar da complexidade e número... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
4

"Estudo de arboviroses em pacientes positivos para malária da região Amazônica" /

Santana, Vinícius dos Santos. January 2010 (has links)
Orientador: Maurício Lacerda Nogueira / Banca: Paula Rahal / Banca: Carlos Eugênio Cavasani / Resumo: A região Amazônica apresenta extensas áreas de floresta e ecossistemas naturais, provendo condições favoráveis para a existência de muitos arbovírus. Mais de 200 arbovírus foram isolados na região Amazônica, e aproximadamente 40 estão associados a doenças humanas. Quatro dos 40 são considerados ser de importância para a saúde pública no Brasil: vírus da Dengue (sorotipos 1 a 4), Oropouche, Mayaro e Febre Amarela. Juntamente com os arbovírus, a malária é uma doença endêmica, e aproximadamente 98% dos casos estão restritos á região da Amazônia Legal. Este trabalho teve como objetivo analisar 111 amostras clínicas de soro de pacientes que residiam em Novo Repartimento (Pará), Porto Velho (Rondônia), Plácido de Castro (Acre) e Oiapoque (Amapá) previamente confirmados para malária. Para tal finalidade, foi utilizada a técnica de Multiplex-Nested-PCR e RT-Nested-PCR para a detecção e identificação dos principais arbovírus brasileiros, pertencentes aos gêneros Flavivirus, Alphavirus e Orthobunyavirus. Duas amostras de pacientes de Novo Repartimento foram positivas para Dengue sorotipo 2, e também, ambos tinham infecção por Plasmodium vivax . Apesar de dados escassos, infecções duplas por dengue e malária deveriam ser comuns em áreas onde ambas as doenças são co-endêmicas em muitas partes do mundo. Na região Amazônica Brasileira, esta situação provavelmente ocorre mais frequentemente que a detectada. Apesar de ambas as doenças causarem sintomas similares, e infecções simultâneas com dois agentes etiológicos podem resultar em uma doença com sintomas sobrepostos, e possivelmente, tanto o espectro clínico da doença e/ou o tratamento pode ser afetado. Neste contexto uma coinfecção por malaria e dengue não poderia ser descartada, e o diagnóstico deveria ser realizado concomitantemente para dengue e malária... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The Amazon region has extensive forested areas and natural ecosystems, providing suitable conditions to the existence of several aboviruses. Over 200 arboviruses were isolated in the Amazon region, and about 40 are associated to human diseases. Four out of 40 are considered to be of public health importance in Brazil: dengue virus (serotypes 1-4), Oropouche, Mayaro and Yellow Fever. Along with aboviruses, malaria is an endemic disease caused by protozoans Plasmodium falciparum, Plasmodium vivax and Plasmodium malariae in Brazil, and about 98% of the cases are restricted to the Legal Amazon region. The aim of this study was to test 99 serum clinical samples from patients living in Novo Repartimento (Pará), Porto Velho (Rondônia), Plácido de Castro (Acre) and 12 plasma samples from patients living in Oiapoque (Amapá), previously confirmed for malaria. For this purpose, we used Multiplex-Nested-PCR and RT-Nested-PCR assays for detection and identification of the major Brazilian arboviruses, belonging to the genus Flavivirus, Alphavirus and Orthobunyavirus. We detected Dengue virus serotype 2 in two serum samples from patients living in Novo Repartimento, and both had active Plasmodium vivax infections. Despite scant data, dual dengue and malaria dual infections should be common in areas where both diseases are co-endemic in many places of the world. In the Amazon region, this situation is likely to occur more frequently than detected. In spite of having similar clinical findings, and simultaneous infections with two etiological agents can result in a disease with overlapped symptoms, possibly either clinical spectrum of the disease or treatment can be affected. In this context, concurrent dengue and malaria could not be ruled out, and diagnosis should be made concomitantly in febrile patients living or returning from areas where both diseases are co-endemic... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
5

Esponjas (Porifera, Demospongiae) indicadoras ambientais na APA Meandros do Rio Araguaia, Brasil.

Batista, Twiggy Cristina Alves 09 March 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2016-06-02T19:29:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 TeseTCAB.pdf: 11495081 bytes, checksum: 958441d494ea70bdeda04026dc98087a (MD5) Previous issue date: 2007-03-09 / Universidade Federal de Sao Carlos / A first survey for freshwater sponges was carried out at the protected Amazonian area of Meandros do Rio Araguaia , at the Brazilian states of Tocantins, Mato Grosso and Goiás. The survey aimed to sample the largest number of different freshwater habitats from this Amazonian clear waters area. It was carried out at different GPS registered sampling stations, during high and low water periods. Water and sediments were also sampled at the same time aiming to relate sponge occurrences with the measured habitat parameters. For that purpose, Canonical Correspondence Analysis (CCA) and Non-metric Multidimensional Scaling (MDS) analysis were carried out over 12 habitat variables. The taxonomic analysis yielded the detection of the occurrence in this area of 21 freshwater sponge species, with the description of Heteromeyenia cristalina n. sp and the revision of the genus Heteromeyenia Potts, 1881, for South America. Heteromeyenia cristalina, Trochospongilla gregaria, T. paulula, T. minuta, T. lanzamirandai, T. delicata, T. variabilis, T. pennsylvanica, Radiospongilla amazonensis, Saturnospongilla carvalhoi, Acalle recurvata and Drulia browni indicated the seasonally flooded ponds and forest, Spongilla spoliata, Trochospongilla repens, Oncosclera navicella, O. spinifera and Drulia ctenosclera, indicated the rocky bottoms dwellers, Corvospongilla seckti and Oncosclera navicella were common to both habitats. Dissolved oxygen concentration, pH, and organic matter were the variables which indicated species higher richness at the different habitats. The high water variables appeared as the most important ones, since they favor sponges distribution and production in this area. / Um primeiro levantamento de esponjas foi realizado na área amazônica protegida dos Meandros do Rio Araguaia, nos Estados brasileiros do Tocantins, Mato Grosso e Goiás. O levantamento visou a amostragem do maior numero de habitats dulcícolas diferentes existentes na área, que tem características de águas claras amazônicas e foi feito em distintas estações de amostragem georreferenciadas, nos períodos de águas altas e baixas. Foram feitas amostragens concomitantes da água e dos sedimentos, tendo em vista relacionar a ocorrência das esponjas com as variáveis ambientais. Para esse propósito foram realizadas Análises de Correspondência Canônica (CCA) e de Escalonamento Multidimensional (MDS) sobre as 12 variáveis ambientais medidas. Foram detectadas 21 espécies de esponjas dulcícolas na área, incluindo-se aí a descrição de Heteromeyenia cristalina n.sp e a revisão do gênero Heteromeyenia Potts, 1881 para o continente sul-americano. Heteromeyenia cristalina, Trochospongilla gregaria, T. paulula, T. minuta, T. lanzamirandai, T. delicata, T. variabilis, T. pennsylvanica, Radiospongilla amazonensis, Saturnospongilla carvalhoi, Acalle recurvata e Drulia browni apareceram como indicadoras de margens e lagos sazonalmente inundados, Spongilla spoliata, Trochospongilla repens, Oncosclera navicella, O. spinifera, Drulia ctenosclera, de ambientes rochosos de fundo e barrancas, enquanto Corvospongilla seckti e Oncosclera navicella foram comuns aos dois tipos de ambientes. Concentrações de oxigênio dissolvido, matéria orgânica e pH foram as variáveis que indicam as maiores riquezas de espécies nos diferentes habitats. As variáveis detectadas para águas altas surgem como as mais importantes, uma vez que são as que favorecem a distribuição e a produção de esponjas nesta área.
6

Estudo de arboviroses em pacientes positivos para malária da região Amazônica

Santana, Vinícius dos Santos [UNESP] 09 March 2010 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:27:20Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2010-03-09Bitstream added on 2014-06-13T19:35:17Z : No. of bitstreams: 1 santana_vs_me_sjrp.pdf: 385683 bytes, checksum: ccbda8f1740d544806e6c55fd2801145 (MD5) Bitstreams deleted on 2014-12-01T14:49:48Z: santana_vs_me_sjrp.pdf,Bitstream added on 2014-12-01T14:50:25Z : No. of bitstreams: 1 000610662.pdf: 4780545 bytes, checksum: 6398f15b690bb94e2d25e5daa3b06e45 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A região Amazônica apresenta extensas áreas de floresta e ecossistemas naturais, provendo condições favoráveis para a existência de muitos arbovírus. Mais de 200 arbovírus foram isolados na região Amazônica, e aproximadamente 40 estão associados a doenças humanas. Quatro dos 40 são considerados ser de importância para a saúde pública no Brasil: vírus da Dengue (sorotipos 1 a 4), Oropouche, Mayaro e Febre Amarela. Juntamente com os arbovírus, a malária é uma doença endêmica, e aproximadamente 98% dos casos estão restritos á região da Amazônia Legal. Este trabalho teve como objetivo analisar 111 amostras clínicas de soro de pacientes que residiam em Novo Repartimento (Pará), Porto Velho (Rondônia), Plácido de Castro (Acre) e Oiapoque (Amapá) previamente confirmados para malária. Para tal finalidade, foi utilizada a técnica de Multiplex-Nested-PCR e RT-Nested-PCR para a detecção e identificação dos principais arbovírus brasileiros, pertencentes aos gêneros Flavivirus, Alphavirus e Orthobunyavirus. Duas amostras de pacientes de Novo Repartimento foram positivas para Dengue sorotipo 2, e também, ambos tinham infecção por Plasmodium vivax . Apesar de dados escassos, infecções duplas por dengue e malária deveriam ser comuns em áreas onde ambas as doenças são co-endêmicas em muitas partes do mundo. Na região Amazônica Brasileira, esta situação provavelmente ocorre mais frequentemente que a detectada. Apesar de ambas as doenças causarem sintomas similares, e infecções simultâneas com dois agentes etiológicos podem resultar em uma doença com sintomas sobrepostos, e possivelmente, tanto o espectro clínico da doença e/ou o tratamento pode ser afetado. Neste contexto uma coinfecção por malaria e dengue não poderia ser descartada, e o diagnóstico deveria ser realizado concomitantemente para dengue e malária... / The Amazon region has extensive forested areas and natural ecosystems, providing suitable conditions to the existence of several aboviruses. Over 200 arboviruses were isolated in the Amazon region, and about 40 are associated to human diseases. Four out of 40 are considered to be of public health importance in Brazil: dengue virus (serotypes 1-4), Oropouche, Mayaro and Yellow Fever. Along with aboviruses, malaria is an endemic disease caused by protozoans Plasmodium falciparum, Plasmodium vivax and Plasmodium malariae in Brazil, and about 98% of the cases are restricted to the Legal Amazon region. The aim of this study was to test 99 serum clinical samples from patients living in Novo Repartimento (Pará), Porto Velho (Rondônia), Plácido de Castro (Acre) and 12 plasma samples from patients living in Oiapoque (Amapá), previously confirmed for malaria. For this purpose, we used Multiplex-Nested-PCR and RT-Nested-PCR assays for detection and identification of the major Brazilian arboviruses, belonging to the genus Flavivirus, Alphavirus and Orthobunyavirus. We detected Dengue virus serotype 2 in two serum samples from patients living in Novo Repartimento, and both had active Plasmodium vivax infections. Despite scant data, dual dengue and malaria dual infections should be common in areas where both diseases are co-endemic in many places of the world. In the Amazon region, this situation is likely to occur more frequently than detected. In spite of having similar clinical findings, and simultaneous infections with two etiological agents can result in a disease with overlapped symptoms, possibly either clinical spectrum of the disease or treatment can be affected. In this context, concurrent dengue and malaria could not be ruled out, and diagnosis should be made concomitantly in febrile patients living or returning from areas where both diseases are co-endemic... (Complete abstract click electronic access below)
7

Estudo de arboviroses em doadores de sangue na região Amazônica e em uma cidade do interior de São Paulo

Lavezzo, Lígia Carolina [UNESP] 04 March 2010 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:27:20Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2010-03-04Bitstream added on 2014-06-13T20:16:32Z : No. of bitstreams: 1 lavezzo_lc_me_sjrp.pdf: 1608901 bytes, checksum: fe41b66f249b2bbe571fc89130581c47 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / O Brasil é um país de dimensões continentais, com 8.512.000 km 2 , tem a maioria de seu território situado em área tropical, que associado a grande diversidade de flora e fauna, o que torna apropriada à ocorrência de zoonoses transmitidas por artropodes. Estudos sobre arbovírus na região, pelo Instituto Evandro Chagas, em 44 anos (1954-1998) identificaram um grande número de vírus, e pelo menos 187 diferentes arboviroses foram isoladas. A prevalência mundial de arboviroses cresceu dramaticamente nas últimas décadas, e nas áreas onde estas doenças são endêmicas, a transmissão por transfusão dificilmente é investigada. A preocupação com a transmissão de arboviroses, principalmente do Vírus Dengue (DENV), por transfusão sanguínea aumentou após a documentação da transmissão de West Nile Vírus (WNV) por transfusão nos EUA. DENV e WNV são semelhantes em alguns aspectos, o que suporta a hipótese de que dengue possa ser transmitida por transfusão sanguínea: são eficientemente transmitidos ao homem através da picada de mosquitos infectados; grande proporção das infecções é assintomática; níveis de viremia durante a fase de incubação pode exceder 106 virions por mL, e a transmissão de ambos foi documentada após transplante de órgão e em acidentes com profissionais da saúde. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi investigar a presença de arboviroses em 205 amostras clínicas de doadores de sangue da Região Amazônica e em amostras obtidas durante uma epidemia de Dengue, em 2006, na cidade de Tupã/SP. O RNA viral foi extraído, Multiplex-Nested-PCR foi realizada com o uso de primers gênero e espécie-específico para Flavivirus, Alphavirus, e, para a detecção e identificação do vírus Oropouche, realizou-se RT- Nested-PCR usando primers que se ligam no segmento S do genoma viral. Apesar da complexidade e número, a transmissão... / O Brasil é um país de dimensões continentais, com 8.512.000 km 2 , tem a maioria de seu território situado em área tropical, que associado a grande diversidade de flora e fauna, o que torna apropriada à ocorrência de zoonoses transmitidas por artropodes. Estudos sobre arbovírus na região, pelo Instituto Evandro Chagas, em 44 anos (1954-1998) identificaram um grande número de vírus, e pelo menos 187 diferentes arboviroses foram isoladas. A prevalência mundial de arboviroses cresceu dramaticamente nas últimas décadas, e nas áreas onde estas doenças são endêmicas, a transmissão por transfusão dificilmente é investigada. A preocupação com a transmissão de arboviroses, principalmente do Vírus Dengue (DENV), por transfusão sanguínea aumentou após a documentação da transmissão de West Nile Vírus (WNV) por transfusão nos EUA. DENV e WNV são semelhantes em alguns aspectos, o que suporta a hipótese de que dengue possa ser transmitida por transfusão sanguínea: são eficientemente transmitidos ao homem através da picada de mosquitos infectados; grande proporção das infecções é assintomática; níveis de viremia durante a fase de incubação pode exceder 106 virions por mL, e a transmissão de ambos foi documentada após transplante de órgão e em acidentes com profissionais da saúde. Desta forma, o objetivo deste trabalho foi investigar a presença de arboviroses em 205 amostras clínicas de doadores de sangue da Região Amazônica e em amostras obtidas durante uma epidemia de Dengue, em 2006, na cidade de Tupã/SP. O RNA viral foi extraído, Multiplex-Nested-PCR foi realizada com o uso de primers gênero e espécie-específico para Flavivirus, Alphavirus, e, para a detecção e identificação do vírus Oropouche, realizou-se RT- Nested-PCR usando primers que se ligam no segmento S do genoma viral. Apesar da complexidade e número... (Complete abstract click electronic access below)
8

Avaliação da dinâmica do mercúrio (Hg) na Bacia do Rio Madeira nos ambientes lêntico e lótico

Melo Neto, Miguel Vieira de 08 October 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade UnB Planaltina, 2015. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2015-12-03T20:18:41Z No. of bitstreams: 1 2015_MiguelVieiradeMeloNeto.pdf: 1692411 bytes, checksum: d2bb39355e7afae5439319eeeb996891 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2016-05-04T13:02:14Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_MiguelVieiradeMeloNeto.pdf: 1692411 bytes, checksum: d2bb39355e7afae5439319eeeb996891 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-05-04T13:02:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_MiguelVieiradeMeloNeto.pdf: 1692411 bytes, checksum: d2bb39355e7afae5439319eeeb996891 (MD5) / O mercúrio é um poluente de preocupação global, os solos naturalmente enriquecidos por este elemento químico e o seu uso no garimpo na região amazônica despertam preocupação da população e de cientistas. O objetivo deste estudo é comparar as concentrações de Hg nos compartimentos abióticos (água, sólidos em suspensão e sedimento) da seguinte forma: comparar os períodos hidrológicos e comparar a calha do rio Madeira com seus afluentes. A elaboração de um modelo preditivo de bioacumulação e a biomagnificação do Hg ao longo da cadeia trófica. Para tanto foram feitas campanhas com coletas em transecto em uma parte do rio Madeira. As matrizes coletadas e analisadas foram água, sedimento, sólidos em suspensão, fitoplâncton, zooplâncton e invertebrados. Os resultados obtidos nas análises das matrizes sofreram tratamentos estatísticos a fim de realizar os objetivos determinados. As análises estatísticas realizadas demonstraram diferenças significativas nas comparações realizadas, e fortes indícios de bioacumulação e biomagnificação ao longo da cadeia trófica. Após a discussão, conclui-se que: as diferenças encontradas nos períodos hidrológicos se devem aos rios formadores (Beni e Mamoré); as diferenças encontradas nas fases do empreendimento se devem as mudanças no padrão de sedimentação, devido a mudança de ambiente lótico para lêntico, e a diminuição na concentração devido a diluição do Hg; as diferenças na calha do rio Madeira e os seus afluentes se devem aos diferentes percursos desses cursos d’água, os quais tem geologia, pedologia e uso e ocupação diversos; ocorre bioacumulação e biomagnificação de Hg ao longo da cadeia trófica. / Mercury is a global pollutant of concern, soils naturally enriched by this chemical element and its use in gold mining in the Amazon region of worry the population and scientists. The aim of this study is to compare the Hg concentrations in abiotic compartments (water, particulate material and sediment) in the following way: compare the hydrological periods, compare the phases of the project, compare the channel of the Madeira River with its tributaries. The development of a predictive model of bioaccumulation and biomagnification of Hg throughout the food chain. For both campaigns were made with collections in transect in a part of the Madeira River. The arrays were collected and analyzed water, particulate material, sediment, fitoplancton, zooplankton and invertebrates. The results obtained in the analysis of statistical matrices underwent treatments in order to realize the stated objectives. Statistical analyzes performed showed significant differences in the comparisons made, and strong evidence of bioaccumulation and biomagnification along the food chain. After discussion, it conclusions that: the differences in hydrological periods are due to trainers rivers (Beni e Mamoré); the differences in the phases of development should be changes in sedimentation pattern, due to change of lotic to lentic, and the decrease in the concentration due to dilution of Hg; the differences in the pipeline of the Madeira River and its tributaries are due to the different paths of these waterways, which has geological, pedological and use and different occupation; bioaccumulation and biomagnification of Hg occurs along the food chain.
9

O Acre e a rota turística internacional Amazônia - Andes - Pacífico : sustentabilidade e dinamicidade cultural

Araujo, Adalgisa Bandeira de 06 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)-Universidade de Brasília, Centro de Excelência em Turismo, 2009. / Submitted by Patrícia Nunes da Silva (patricia@bce.unb.br) on 2010-12-23T11:51:55Z No. of bitstreams: 1 O Acre e a rota turística internacional Amazônia.doc: 28672 bytes, checksum: 7b7500f3bd4aac708578f3ab7e03bdd2 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2010-12-23T11:52:07Z (GMT) No. of bitstreams: 1 O Acre e a rota turística internacional Amazônia.doc: 28672 bytes, checksum: 7b7500f3bd4aac708578f3ab7e03bdd2 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-12-23T11:52:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 O Acre e a rota turística internacional Amazônia.doc: 28672 bytes, checksum: 7b7500f3bd4aac708578f3ab7e03bdd2 (MD5) / O presente estudo aborda a temática do turismo que vem sendo desenvolvido na Rota Turística Internacional Amazônia-Andes-Pacífico na região da Amazônia no Estado do Acre, mais especificamente no Vale do Acre e as informações e articulações do poder público estadual para sua divulgação e promoção em nível nacional e internacional. Essa Rota, conhecida como a Estrada do Pacífico para os brasileiros e Carretera Interoceánica para os peruanos e bolivianos, liga, através do Acre, o Brasil e a Bolívia ao Peru, até os portos do Oceano Pacífico e de lá para outros continentes. A apropriação turística desse empreendimento de infraestrutura se dá, em princípio, devido às culturas e paisagens de rara beleza existentes que chamam à atenção, como a transposição paisagística e cultural da Amazônia brasileira e peruana para as planícies, montanhas, picos andinos e a costa peruana de possível visualização em seu trajeto. Em uma perspectiva sociológica, histórica e turística são estudados e avaliados o turismo e os elementos identitários da rota turística com o fim de argumentar o paradoxo existente entre turismo cultural e região amazônica. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This paper addresses the issue of tourism being developed in the International Tourist Route Andes-Amazon-Pacific region in the Amazon state of Acre and the information and joints of the state government for its dissemination and promotion of national and international level. This route, known as the Road to the Pacific to the Brazilian or Carretera Interoceánica to the Peruvians and Bolivians, connects through Acre, Brazil and Bolivia to Peru to the Pacific Ocean ports. The appropriation of tourism infrastructure development is due largely to the cultures and landscapes of rare beauty that they call attention to, such as the implementation of culture and landscapes of the Brazilian Amazon and Peru to the plains, mountains, Andean peaks and the Peruvian coast. According to the sociological, historical and tourism will be studied and evaluated tourism and identifying elements of the tourist route in order to argue the paradox of cultural tourism and the Amazon region.
10

Modelo Logístico Hidroviário

Santos, José Teixeira de Araújo Neto, 92-98153-2685 18 April 2017 (has links)
Submitted by Divisão de Documentação/BC Biblioteca Central (ddbc@ufam.edu.br) on 2017-09-21T13:48:54Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertação - José T.A. Neto Santos.pdf: 1605390 bytes, checksum: e15d2eb6f1401d04bc072b9ff436358a (MD5) / Approved for entry into archive by Divisão de Documentação/BC Biblioteca Central (ddbc@ufam.edu.br) on 2017-09-21T13:49:05Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertação - José T.A. Neto Santos.pdf: 1605390 bytes, checksum: e15d2eb6f1401d04bc072b9ff436358a (MD5) / Made available in DSpace on 2017-09-21T13:49:05Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertação - José T.A. Neto Santos.pdf: 1605390 bytes, checksum: e15d2eb6f1401d04bc072b9ff436358a (MD5) Previous issue date: 2017-04-18 / CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / Navigating the waterways of the Amazon region see causing nuisance to the government by charging increasingly demanding solutions. In significant part of the State of Amazonas municipalities the only access is by water transport. In recent decades the lack of efficient strategies in the transport of municipalities in the region in adverse events, such as drought or floods that hinder navigation on the rivers, causing the growth records of social, economic and environmental impacts. The aim of this work is to develop a modeling to support decision-making on the best configuration of the water transport pillars in order to generate a logistics system that meets the demand. The modeling uses the multi-criteria method to support decision AHP decision (Analytic Hierarchy Process). / A navegação pelas hidrovias da Região Amazônica veem causando incômodo ao poder público com a cobrança de soluções cada vez mais exigentes. Em significativa parte dos municípios do Estado do Amazonas a única forma de acesso é por transporte aquaviário. Nas últimas décadas a falta de estratégias eficientes no transporte dos municípios da região em eventos adversos, como a seca ou cheias que dificultam a navegabilidade pelos rios, provocam o crescimento de registros de impactos sociais, econômicos e ambientais. O objetivo do presente trabalho é elaborar uma modelagem para apoiar a tomada de decisão sobre a melhor configuração dos pilares do transporte hidroviário de maneira a gerar um sistema logístico que atenda a demanda. A modelagem o um método multicritério de apoio à tomada decisão AHP.

Page generated in 0.118 seconds