• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 12
  • Tagged with
  • 12
  • 12
  • 4
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Retinopatia diabética experimental : estudo estrutural, ultraestrutural e morfométrico da retina de ratos normais, diabéticos e diabéticos tratados /

Schellini, Silvana Artioli. January 1992 (has links)
Orientador: Marcos Augusto de Moraes Silva / Resumo: Em 60 ratos da raça Wistar divididos igualmente em 3 grupos experimentais - grupo normal (GC), grupo diabético (GD) e grupo diabético tratado (GT) foram realizados exames histopatológico, ultraestrutural e morfométrico da retina. O diabetes foi induzido por Aloxana e o tratamento feito com insulina associada a hipoglicemiante oral (Acarbose). As observações foram efetuadas em 5 momentos experimentais: 11/2, 31/2, 61/2, 91/2 e 121/2 meses após a indução do diabetes, e os resultados submetidos a análise de variância, adotando-se o nível de significância de 5%. No estudo comparativo das 10 camadas retinianas, os ratos do GD apresentaram alterações do núcleo celular (cromatina descondensada e agregados cromáticos excêntricos) e do citoplasma (acúmulos de corpos densos, lisossomos, corpos residuais contendo "figuras de Mielina", glicogênio e rarefação citoplasmática). As células perivasculares, principalmente as de Müller, foram as que sofreram mais alterações. Os animais do GT apresentaram alterações celulares menos intensas que os do GD. Os vasos retinianos dos ratos do GD apresentaram alterações semelhantes às das demais células retinianas. As alterações dos pericitos foram mais intensas que as das células endoteliais. A membrana basal (MB) apresentou espessamento não homogêneo, acúmulos osmiofílicos, vacuolização e maior quantidade de projeções rumo às células adjacentes. Não se observaram hemorragias ou microaneurismas. O exame morfométrico demonstrou aumento da área da MB dos vasos dos ratos do GD, principalmente os situados na camada plexiforme externa. Todas as alterações tiveram caráter progressivo, sendo mais acentuadas nos animais mais velhos. O tratamento diminuiu as alterações provocadas pelo diabetes aloxânico. / Abstract: Not available. / Doutor
2

Retinopatia diabética experimental: estudo estrutural, ultraestrutural e morfométrico da retina de ratos normais, diabéticos e diabéticos tratados

Schellini, Silvana Artioli [UNESP] January 1992 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:35:13Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 1992Bitstream added on 2014-06-13T21:07:35Z : No. of bitstreams: 1 schellini_sa_dr_botfm.pdf: 2039973 bytes, checksum: bbbaae322db4353ecb17be07c0abf0b2 (MD5) / Em 60 ratos da raça Wistar divididos igualmente em 3 grupos experimentais - grupo normal (GC), grupo diabético (GD) e grupo diabético tratado (GT) foram realizados exames histopatológico, ultraestrutural e morfométrico da retina. O diabetes foi induzido por Aloxana e o tratamento feito com insulina associada a hipoglicemiante oral (Acarbose). As observações foram efetuadas em 5 momentos experimentais: 11/2, 31/2, 61/2, 91/2 e 121/2 meses após a indução do diabetes, e os resultados submetidos a análise de variância, adotando-se o nível de significância de 5%. No estudo comparativo das 10 camadas retinianas, os ratos do GD apresentaram alterações do núcleo celular (cromatina descondensada e agregados cromáticos excêntricos) e do citoplasma (acúmulos de corpos densos, lisossomos, corpos residuais contendo figuras de Mielina, glicogênio e rarefação citoplasmática). As células perivasculares, principalmente as de Müller, foram as que sofreram mais alterações. Os animais do GT apresentaram alterações celulares menos intensas que os do GD. Os vasos retinianos dos ratos do GD apresentaram alterações semelhantes às das demais células retinianas. As alterações dos pericitos foram mais intensas que as das células endoteliais. A membrana basal (MB) apresentou espessamento não homogêneo, acúmulos osmiofílicos, vacuolização e maior quantidade de projeções rumo às células adjacentes. Não se observaram hemorragias ou microaneurismas. O exame morfométrico demonstrou aumento da área da MB dos vasos dos ratos do GD, principalmente os situados na camada plexiforme externa. Todas as alterações tiveram caráter progressivo, sendo mais acentuadas nos animais mais velhos. O tratamento diminuiu as alterações provocadas pelo diabetes aloxânico. / Not available.
3

Eletrovisuograma axonal : padronização da técnica, interpretação dos achados e estabelecimento das indicações clínicas

Cella, Wener Passarinho 24 March 2011 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2011. / Submitted by Gabriela Ribeiro (gaby_ribeiro87@hotmail.com) on 2011-06-27T19:04:23Z No. of bitstreams: 1 2011_WenerPassarinhoCella.pdf: 817931 bytes, checksum: e30e1315643fc5e4bf590c836c330fe8 (MD5) / Approved for entry into archive by Guilherme Lourenço Machado(gui.admin@gmail.com) on 2011-07-15T12:46:05Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_WenerPassarinhoCella.pdf: 817931 bytes, checksum: e30e1315643fc5e4bf590c836c330fe8 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-07-15T12:46:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_WenerPassarinhoCella.pdf: 817931 bytes, checksum: e30e1315643fc5e4bf590c836c330fe8 (MD5) / O Eletrovisuograma Axonal (EVA) foi inicialmente descrito como um teste eletrofisiológico capaz de detectar um potencial de ação do nervo óptico. Para definir sua utilidade na propedêutica eletrofisiológica e padronizar sua técnica e seus parâmetros, foram avaliados indivíduos normais (grupo controle) e indivíduos portadores de afecções neuro-oftalmológicas (grupo de estudo), tais como atrofia bulbar, retinose pigmentar e atrofia óptica glaucomatosa. A técnica de exame foi baseada na estimulação monocular por flash luminoso com intensidade de 0 dB a uma frequência de 1,4 Hz. Eletrodos com cúpula de ouro foram colocados na região temporal da rima palpebral (eletrodo ativo), no lobo da orelha ipsilateral (eletrodo de referência) e na região frontal (eletrodo terra) e conectados a um pré-amplificador através de um canal de entrada para registro elétrico, sendo analisada a média de 100 traçados obtidos após rejeição de artefatos. O traçado normal do EVA consistiu de uma onda positiva inicial (P1, com amplitude média de 2,0 μV e tempo de culminação médio de 23,1 ms) seguida de uma onda negativa (N1, com amplitude média de -3,9 μV e tempo de culminação médio de 41,4 ms). Nos indivíduos normais não foram observadas diferenças significativas entre os sexos e entre os olhos direito e esquerdo, mas o tempo de culminação de P1 e de N1 aumentou com a idade. Nos olhos com atrofia bulbar observou-se diminuição na amplitude de ambas as ondas. Nos olhos com retinose pigmentar observou-se diminuição na amplitude de ambas as ondas e aumento do tempo de culminação de N1. Nos olhos com atrofia óptica glaucomatosa observou-se aumento na amplitude de ambas as ondas e no tempo de culminação de N1. Baseado nas suas características elétricas, sugere-se que P1 é originada do nervo óptico e que N1 é originada da retina interna. Além disso, pela sua constância e reprodutibilidade, valida-se o EVA como um teste eletrofisiológico a ser utilizado na investigação de lesões neurorretinianas. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Axonal Electrovisogram (AxEv) was initially described as an electrophysiological test capable of register optic nerve potentials. To define its clinical usefullness among electrophysiology tests and standardize its techniques and parameters, a control group was formed. In addition, individuals with phthisis bulbi, retinitis pigmentosa and optic atrophy due to advanced glaucoma were enrolled as a study group. It was established that the technique is based on monocular flash stimulation (prechiasmatic) with a flash intensity of 0 dB at a frequency of 1.4 Hz. Golden cup electrodes were placed on the temporal side of lateral canthus (active electrode), on the ipsilateral earlobe (reference electrode) and on the forehead (ground electrode). Electrodes were connected to a one-channel pre-amplifier and electrical signs were averaged by a means of 100 after artifacts rejection. Normal AxEv waveforms consisted of an inicial positive wave (P1, with mean amplitude of 2.0 μV and mean implicit time of 23.1 ms) followed by a negative wave (N1, with mean amplitude of -3.9 μV and mean implicit time of 41.4 ms). In normal controls, there was no difference between eyes or genders, but P1 and N1 implicit times increased with age. In phthisis bulbi eyes, there was a statistically significant amplitude reduction in both waves. In retinitis pigmentosa eyes, there was a statistically significant amplitude reduction in both waves and an increased N1 implicit time. In glaucomatous optic atrophy eyes, there was a statistically significant amplitude increase in both waves and increased N1 implicit time. Based on AxEv electrical characteristics, we suggest that P1 arises from optic nerve and N1 from inner retinal layers. In addition, wavelets were constant and reproducible, allowing test validation as an electrophysiology procedure clinically indicated to investigate neuroretinal disorders.
4

Análise da toxicidade retiniana da injeção intra-vítrea de octreotida em olhos de coelhos não albinos

Ventura, Alexandre Augusto Cabral de Mello 12 May 2011 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2011. / Submitted by Tania Milca Carvalho Malheiros (tania@bce.unb.br) on 2012-02-09T11:43:28Z No. of bitstreams: 1 2011_AlexandreAugustoCabralMelloVentura.pdf: 2024176 bytes, checksum: d4dc4800039f100dc7145f37d914d030 (MD5) / Rejected by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br), reason: on 2012-02-09T11:45:42Z (GMT) / Submitted by Tania Milca Carvalho Malheiros (tania@bce.unb.br) on 2012-02-09T12:08:58Z No. of bitstreams: 1 2011_AlexandreAugustoCabralMelloVentura.pdf: 2024176 bytes, checksum: d4dc4800039f100dc7145f37d914d030 (MD5) / Approved for entry into archive by Marília Freitas(marilia@bce.unb.br) on 2012-02-16T11:12:38Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_AlexandreAugustoCabralMelloVentura.pdf: 2024176 bytes, checksum: d4dc4800039f100dc7145f37d914d030 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-02-16T11:12:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_AlexandreAugustoCabralMelloVentura.pdf: 2024176 bytes, checksum: d4dc4800039f100dc7145f37d914d030 (MD5) / INTRODUÇÃO: Doenças oculares relacionadas com neovascularizações são a principal causa de cegueira irreversível atualmente na população adulta mundial. A busca por novas drogas e terapias para o tratamento das doenças oculares e a manutenção da visão continua sendo um desafio. OBJETIVOS: Avaliar a toxicidade sobre a retina neurossensorial (RNS) e epitélio pigmentado da retina (EPR) da injeção intra-vítrea (IV) de Octreotida (Sandostatin®) em olhos de coelhos não albinos; avaliar se o aumento súbito do volume vítreo após a injeção IV de 0,1ml de solução salina balanceada (BSS) no olho do coelho leva a danos histológicos na RNS e EPR; e avaliar as complicações clínicas pós-operatórias após a injeção IV em olhos de coelhos. MÉTODOS: 20 coelhos não albinos (40 olhos) foram distribuídos em 4 grupos. O Grupo Controle (5 coelhos – 10 olhos), o qual não recebeu injeção IV, foi sacrificado no início do estudo. Os trinta olhos dos 15 coelhos restantes foram distribuídos em 3 grupos (1:1:1): Grupo Placebo (injeção IV de 0,1ml de BSS); Grupo 1 (Grupo em que foi injetado 0,1ml da apresentação de 0,1mg/ml de Octreotida intra-vítreo); e Grupo 2 (Grupo em que foi injetado 0,1ml da apresentação de 0,5mg/ml de Octreotida intra-vítreo). Os coelhos foram acompanhados por um período de 90 dias após o procedimento, quando então foram submetidos a eutanásia. Todos os coelhos tiveram seus olhos enucleados e avaliados histologicamente. Foram realizadas avaliações clínicas pré e pós-operatória (inspeção do segmento anterior, tonometria de aplanação e oftalmoscopia binocular indireta) e avaliação histológica da morfologia e da espessura das camadas da RNS e EPR. RESULTADOS: Não foram observadas complicações clínicas pós-operatórias significantes. A morfologia histológica e espessura das camadas da RNS e EPR não apresentou diferença significante entre os grupos controle e placebo, grupo placebo e grupo 1 e grupo placebo e grupo 2. CONCLUSÕES: A injeção IV de 0,1ml de Octreotida nas apresentações de 0,1mg/ml e 0,5mg/ml não leva a alterações histológicas tóxicas na RNS e EPR, nem a complicações clínicas pós-operatórias importantes em olhos de coelhos não albinos. A injeção IV de 0,1ml de BSS não leva a danos histológicos ao RNS e ao EPR em olhos de coelhos não albinos. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / BACKGROUND: Eye diseases associated with neovascularizations are the leading cause of irreversible blindness in the adult population worldwide nowadays. The search for new drugs and therapies for the treatment of eye pathologies and vision maintenance remains a challenge. OBJECTIVES: To evaluate the toxicity of the neurosensory retina (NSR) and retinal pigment epithelium (RPE) of Octreotide (Sandostatin®) intra-vitreous (IV) injection in non-albino rabbit eyes; also evaluate whether the sudden increase of vitreous volume after 0.1ml of balanced salt solution (BSS) IV injection into rabbit eyes leads to histological damage for the RPE and NSR and to evaluate the clinical postoperative complications after IV injection in rabbit eyes. METHODS: 20 non-albino rabbits (40 eyes) were divided into four groups. The control group (5 rabbits-10 eyes), which received no IV injection, was sacrificed at baseline. Thirty eyes of the 15 remaining rabbits were distributed into 3 groups (1:1:1): Placebo group (BSS; 0.1ml IV injection), Group 1 (Octreotide 0.1mg/ml; 0.1ml IV injection) and Group 2 (Octreotide 0.5mg/ml; 0.1ml IV injection). The rabbits were followed during a 90 days period after the procedure and sacrificed. All rabbits had their eyes enucleated and histologically examined. Evaluations were made before and after surgery (anterior segment inspection, applanation tonometry and indirect ophthalmoscopy). Histological examination of the NSR and RPE were performed and their morphological features and layer thickness were analyzed. RESULTS: No significant postoperative clinical complications were observed. The histological morphology and thickness of the NSR and EPR showed no significant difference between the control and placebo group, the placebo group and group 1 and between the placebo group and group 2. CONCLUSIONS: Octreotide 0.1mg/ml and 0.5mg/ml; 0.1ml IV injections does not lead to histological toxicity changes in NSR and EPR, nor important postoperative clinical complications in non-albino rabbit eyes. The BSS; 0.1ml IV injection also does not lead to histological damage to the NSR and the RPE in non-albino rabbit eyes.
5

Selected ophthalmic investigations in wild and characterization of a novel form of progressive retinal atrophy in whippet dogs

Somma, André Tavares January 2016 (has links)
Orientador : Prof. PhD. Fabiano Montiani-Ferreira / Coorientador : Prof. D.Sc. Rogério Ribas Lange / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias. Defesa: Curitiba, 29/02/2016 / Inclui referências : f. 27-30;46-49;67-70 / Área de concentração : Ciências veterinárias / Resumo: A presente dissertação compreende três capítulos, cada qual, composto por um artigo científico distinto. Tais capítulos englobam temas relevantes para o conhecimento da oftalmologia de animais selvagens e domésticos. Todos os estudos foram conduzidos pelo autor e colaboradores do Laboratório de Oftalmologia Comparada (LABOCO) da Universidade Federal do Paraná (UFPR). O primeiro capítulo é composto por um artigo científico aceito para publicação no periódico Clinical Case Reports, e relata a persistência de uma estrutura fetal fibrovascular retrolenticular e catarata congênita unilateral, em um Cervo Rusa (Rusa unicolor). Este capítulo fornece informações clínicas, ultrassonográficas e histopatológicas detalhadas, contribuindo para o conhecimento de oftalmopatias nestes animais e, também, provendo valiosas informações para futuros estudos sobre a oftalmologia de cervídeos. O segundo capítulo, descreve as características morfológicas, anatomofisiológicas, parâmetros normais para testes oftálmicos em cutias (Dasyprocta azarae) e o aspecto ocular histopatológico da espécie, no qual se evidenciou a presença de um disco óptico pigmentado, achado este, nunca antes descrito em qualquer outra espécie selvagem ou doméstica. O estabelecimento de parâmetros fisiológicos normais pode auxiliar médicos veterinários no diagnóstico das doenças oculares que podem acometer não só as cutias, mas os demais roedores selvagens e domésticos. O conhecimento das variações anatômicas com especial atenção à presença deste achado inédito de pigmentação do nervo óptico enriquece a literatura sobre a oftalmologia comparada e fomenta a realização de novos estudos em espécies filogeneticamente próximas, em busca desta mesma característica ou de outras particularidades dos olhos e do sistema visual. Tal suposição possivelmente é verdadeira, se considerarmos que os Roedores são a classe mais numerosa em diversidade de espécies, dentre todos os mamíferos existentes, restando assim lacunas sobre a descrição da anatomia ocular deste vasto grupo de animais. O terceiro e último capítulo consiste na caracterização de uma forma de distrofia de retina, ainda não descrita na literatura, que acomete cães da raça Whippet. Tal estudo abrange diversos aspectos da doença, incluindo características clínicas, eletrorretinográficas, hereditárias e imaginológicas que em conjunto, conferem ao estudo um caráter experimental importante, já que as retinopatias degenerativas hereditárias dos cães são homólogas a um heterogênico grupo de doenças de alta prevalência que acometem os seres-humanos. PALAVRAS-CHAVE: Oftalmologia. Atrofia de retina, Whippet, ERG, Cutia, Nervo óptico, Cervo Rusa. / Abstract: The present dissertation encompasses three different chapters, each one comprises one distinct scientific manuscript. Those texts became a chapter in the present dissertation, each of concerning about the knowledge of the ophthalmology of wild and domestic animals. All studies were conducted by the author and collaborators from Laboratory of Comparative Ophthalmology (LABOCO), Federal University of Paraná (UFPR). The first chapter describes a case of congenital cataract associated with persistence of intraocular fetal vasculature; this report provides detailed information about the normal features of the sambar deer eye, including information obtained by ultrasonographic, gross and histological evaluation. This furthers the understanding of ocular anomalies in these animals, and in addition, provides information for future investigations. The second chapter describes morphological, anatomical eye features and reference values for selected ophthalmic diagnostic tests in the common agouti (Dasyprocta azare) and describes the singular finding of a pigmented optic disc, never reported before in any other wild or domestic species. The establishment of physiological parameters may assist veterinarians in the diagnosis of several ocular diseases that occur in agoutis and other rodent species. The knowledge of normal anatomic variations, such as the previously non reported pigmented optic disc, may provide and interesting source of information and encourages further studies in other rodent species. This intention is possibly plausible if we consider the vast number of different rodents’ species not yet investigated. The third and last chapter consists on the characterization of a novel form of retinal dystrophy in Whippet dogs. This study comprises several aspects of this previously unreported disease, including breeding, clinical and electrophysiologycal characteristics and diagnostic imaging features. All of these findings provide useful information that can be used in further medical and veterinary studies since dog retinal dystrophies are homologous to several forms of hereditary retinal diseases in humans. PALAVRAS-CHAVE: Oftalmologia. Atrofia de retina, Whippet, ERG, Cutia, Nervo óptico, Cervo Sambar.
6

Efeito da redução da pressão intraocular sobre a camada de fibras nervosas retinianas e nervo óptico medido pela tomografia de coerência óptica

Araújo, Candice Cristina Quirino de 05 April 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-05-21T15:56:58Z No. of bitstreams: 1 2013_CandiceCristinaQuirinoAraujo.pdf: 1613577 bytes, checksum: 034c8c8d4b10aa239213238a797195cb (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-05-21T16:03:51Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_CandiceCristinaQuirinoAraujo.pdf: 1613577 bytes, checksum: 034c8c8d4b10aa239213238a797195cb (MD5) / Made available in DSpace on 2013-05-21T16:03:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_CandiceCristinaQuirinoAraujo.pdf: 1613577 bytes, checksum: 034c8c8d4b10aa239213238a797195cb (MD5) / Introdução: Glaucoma é uma neuropatia óptica progressiva, multifatorial, associada à perda de campo visual e às alterações no nervo óptico (NO) e camada de fibras nervosas retinianas (CFNR). Objetivo: Identificar alterações na CFNR e no NO, por meio da tomografia de coerência óptica (OCT), em pacientes com glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA), submetidos a tratamento clínico e cirúrgico (trabeculectomia). Métodos: Foi realizada análise prospectiva de 37 olhos de 25 pacientes avaliados antes e após os tratamentos por meio da OCT, num período pré-tratamento (1 semana a 1 mês) e com 1, 3 e 6 meses após o tratamento. Os parâmetros medidos pela OCT foram analisados pelo teste de igualdade de médias e, para correlação entre as variáveis e a Po (pressão intraocular), foi utilizado o método de Pearson. Resultados: Os pacientes apresentaram redução da Po acima de 30%. O grupo clínico apresentou aumento da espessura média da CFNR total (p=0,009) e inferior (p = 0,007). Houve aumento da espessura média da CFNR superior, temporal e nasal, aumento da área de rima e diminuição do volume de escavação, entretanto sem significância estatística. O grupo cirúrgico apresentou aumento da espessura média da CFRN inferior e redução do volume de escavação quando correlacionados com a Po (p=0,004 / p= 0,02). Houve aumento da CFRN temporal, diminuição da área de escavação e aumento da área de rima, entretanto sem significância estatística. Conclusão: O grupo clínico apresentou aumento significante na espessura da CFNR. O grupo cirúrgico apresentou diminuição do volume de escavação e aumento da espessura da CFRN dependentes da redução da Po. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Introduction: Glaucoma is a progressive optic neuropathy, multifactorial, associated with visual field loss and changes in the optic nerve (ON) and retinal nerve fiber layer (RNFL). Objective: To identify changes in the RNFL and ON by optical coherence tomography (OCT) in patients with primary open angle glaucoma (POAG)undergoing clinical and surgical treatment (trabeculectomy). Methods: We performed a prospective analysis of 37 eyes of 25 patients before and after treatment, by means of OCT, a pre-treatment period (1 week to 1 month) and with 1, 3 and 6 months after treatment. The parameters measured by OCT were analyzed by the test of equality of means and correlations between IOP and variables we used the method of Pearson. Results: The patients showed reduction of IOP above 30%. The clinical group had an increase in average total (p= 0,009) and inferior RNFL thickness (p = 0.007). There was an increase in average superior, temporal and nasal RNFL thickness, increase in rim area and decreased in cup volume, however not statistically significant. The surgical group had an increase in average inferior RNFL thickness and reducing in cup volume when correlated with IOP (p = 0.004 / p = 0.02). There was an increase in temporal RNFL thickness, decrease in cup area and increase in rim area, though not statistically significant. Conclusion: The clinical group showed significant increase in RNFL thickness. The surgical group showed decrease in the cup volume and increased RNFL thickness dependent reduction of IOP.
7

Retinoblastoma: diagnóstico, tratamento e evolução em dois centros de referência de alta complexidade integrados

Costa, José Ricardo January 2006 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2006. / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2010-05-06T14:17:25Z No. of bitstreams: 1 Tese Jose Ricardo costa.pdf: 34883363 bytes, checksum: 81420352cd825e3fc532f94cb955e44e (MD5) / Rejected by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com), reason: Arquivo nao abre. on 2010-05-17T23:52:04Z (GMT) / Submitted by Jaqueline Ferreira de Souza (jaquefs.braz@gmail.com) on 2010-05-18T18:03:14Z No. of bitstreams: 1 2006_JOSE RICARDO COSTA.pdf: 812746 bytes, checksum: 62b645ce5fe63464041312d9bdb600b4 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-05-19T06:39:17Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_JOSE RICARDO COSTA.pdf: 812746 bytes, checksum: 62b645ce5fe63464041312d9bdb600b4 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-05-19T06:39:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_JOSE RICARDO COSTA.pdf: 812746 bytes, checksum: 62b645ce5fe63464041312d9bdb600b4 (MD5) Previous issue date: 2006 / Objetivos: Descrever a apresentação, o tratamento e a evolução dos casos de retinoblastoma atendidos de maneira integrada em dois hospitais de referência entre junho de 1998 e agosto de 2006, avaliar a sobrevida e acuidade visual nos pacientes submetidos ao protocolo de tratamento, oferecer subsídios a políticas públicas para crianças portadoras de retinoblastoma. Pacientes e Métodos: Foram avaliados todos os pacientes portadores de retinoblastoma atendidos em dois hospitais de referência de alta complexidade na região Centro-Oeste (Goiânia) do Brasil. Subdividiram-se os pacientes em grupos estratificados segundo o estadiamento do tumor (Reese-Elsworth) no momento do diagnóstico. O tratamento incluiu enucleação, quimioterapia sistêmica, radioterapia, crioterapia e laser, segundo as condições individuais e recomendações da literatura especializada. Os dados foram compilados em protocolo e computados em tabelas do programa Microsoft Excell para posterior análise estatística (SPSS, Windows). Resultados: Foram acompanhadas 46 crianças com diagnóstico de retinoblastoma (54,3% do sexo masculino) durante um período médio de 38,7 meses. Trinta e um casos (67,4%) apresentaram comprometimento unilateral sendo um deles unilateral multifocal, e 32,6% comprometimento bilateral. A leucocoria foi a queixa apresentada por 91 % dos pacientes avaliados. Registraram-se cinco casos de doença extra-ocular, quatro dos quais com comprometimento unilateral. Dentre os 41 casos de comprometimento intra-ocular foram estadiados 55 olhos, evidenciandose 51% no estádio Va, 38,2% em Vb, 3,6% em estádio III b, e 1,8% dos casos se distribuíram nos estádios IV b, III a, II b, I b. Foi possível preservar a visão em dez olhos com retinoblastoma. Três casos apresentaram visão de 20/20 (tumores fora da mácula). Os casos com tumores maculares apresentaram acuidade visual entre 20/40 e conta dedos. Constatou-se a ocorrência de nove óbitos durante o período do estudo. Conclusões: Os dados sugerem que o diagnóstico tem sido feito tardiamente em Goiás (idade e estádios avançados), o que responde pelo insucesso parcial do tratamento. Evidencia-se a necessidade de ações educativas para o diagnóstico e tratamento mais precoce.
8

Retinopatia da prematuridade : incidencia, detecção e fatores relacionados : Hospital de Clinicas - UNICAMP

Torigoe, Andrea Mara Simões 04 August 2018 (has links)
Orientador: Keila Miriam Monteiro de Carvalho / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-04T14:57:39Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Torigoe_AndreaMaraSimoes_D.pdf: 720496 bytes, checksum: c94a4aae01f9b862038cbb0c3649b718 (MD5) Previous issue date: 2005 / Resumo: A retinopatia da prematuridade (RP) é uma das principais causas de cegueira e morbidade visual na infância. Doença vasoproliferativa desenvolve-se a partir da vascularização retiniana imatura e sua detecção precoce e tratamento no estágio limiar ¿ estadio 3, diminui as seqüelas cicatriciais da doença e reduz o risco de perda visual. Doença freqüente com predominância pelos estadios menos avançados e regressão espontânea. Este estudo foi proposto para analisar a incidência e principais características da RP na população de crianças prematuras nascidas no Centro de Atendimento Integral à Saúde da Mulher- Caism - Unicamp, no período de janeiro de 1999 a dezembro de 2003, com vistas ao melhor conhecimento desta afecção. Realizou-se estudo longitudinal prospectivo, descritivo e analítico em coorte de 337 crianças prematuras. Observou-se incidência da RP em qualquer estadio de 28,19%, sendo que 66,67% da RP ocorreram em crianças nascidas com 1000g ou inferior e predominância dos estadios mais precoces da RP. Observou-se 7,37% de incidência para o estadio 3 limiar, sendo esta a freqüência de tratamento por meio de crioterapia para a RP, proporcionando 100% de resolução da doença. O seguimento oftalmológico iniciou-se entre 4 a 6 semanas de idade cronológica (IC) ou 31 a 33 semanas de idade pós-concepção (IPC) e a maturação vascular da retina, em média, ocorreu com 22 semanas de IC, período no qual este seguimento mostrou-se recomendável. A reversão dos diversos estadios da RP para a maturação vascular iniciou-se em uma mesma época, completando-se mais tardiamente nos estadios mais avançados. O peso mostrou-se o fator de risco mais significativo para presença da retinopatia da prematuridade. Na ocorrência de hemorragia intraventricular, a RP foi observada com maior freqüência e mais precocemente, juntamente com baixo peso ao nascimento, idade gestacional e utilização de oxigênio no primeiro mês de vida, que representaram os principais fatores de risco relacionados à RP. Observou-se maior percentual de miopia e estrabismo, no primeiro ano de vida no grupo de crianças que desenvolveu a RP e necessitou tratamento. O exame oftalmológico deve iniciar-se entre 4 a 6 semanas de idade cronológica ou 31 a 33 semanas de idade pós-concepcional, sendo o período de risco para o desenvolvimento do estadio 3-limiar as primeiras 16 semanas de idade cronológica ou 62 semanas de idade pós-concepção, período mínimo de seguimento nas crianças com fatores de risco para RP. O conhecimento das características dessa doença permite a detecção precoce dos estadios da RP e a seleção do momento ideal para tratamento / Abstract: The Retinopathy of prematurity (ROP) is one of the main causes of visual impairment in children. ROP is a vascular proliferative disease that develops from a immature retinal vascularization and earlier diagnosis and treatment of threshold stages (stage 3) reduces the risk of visual loss. ROP has 5 stages of development that develop in the first 6 months of life. Until the second stage of illness, 80% of patients have spontaneous regression. The same not occur in higher stages. Prematurity, low weight at birth, and oxygen supplement are risk factors current established for the development of ROP. The etiology of ROP remains obscure, although several studies suggests been multifactorial. This study, pointed that the incidence of ROP in any stage is 28,19%, that 66,67% of ROP occurred in children born with 1000g or less and the majority of the earlier stages of ROP with spontaneous regression of ROP. 7,12% of incidence to the stage 3 threshold was submitted from cryotherapy , that lead to 100% of resolution of disease. The ophthalmologic examination started between 4 and 6 weeks of chronologic age or 31 and 33 weeks of post conception age. The vascular maturation of retina in average occurred with 22 weeks of chronologic age, period in which the accompaniment revealed recommendable. The changing of different stages of ROP to vascular maturation began in the same time, but completing more lately in the higher stages. The birth weight revealed as the risk factor more important for ROP. The oxygen supplement reveals as a protective factor until 10 days of use, up than 30 days the ROP develops earlier than other groups. The APGAR index of 5 minutes shows lower in that children who develops ROP and need treatment. In the presence of intraventicular hemorrhage the ROP occurred with more frequency and earlier. It was observed higher myopia and strabismus in the first year of children who develop ROP and was treated with cryotherapy / Doutorado / Oftalmologia / Doutor em Ciências Médicas
9

Experimental glaucoma model (ischemia and reperfusion) : histology, morphometry, protein and gene espression of apoptosis pathway /

Zanoni, Diogo Sousa. January 2015 (has links)
Orientador: Renée Laufer Amorim / Coorientador: José Luiz Laus / Banca: Juliany Quitzan Gomes / Banca: Alvio Isao Shiguematsu / Resumo: Não disponível / Abstract: Purpose: The aims of this study were to better understand the mechanism of cell death by apoptosis in a glaucoma model (ischemia / reperfusion) and evaluate the role of apoptosis in this model and if treatment with Sildenafil helps prevent apoptosis. Methods: 36 rats, from 4 to 6 months, males, Lewis and weighing ± 350g were divided in 5 groups: control group (6 animals) and for groups with ischemia / reperfusion (7 and 21 days), two groups consisting of ten animals treated with sildenafil and two groups of Five animals treated with placebo. Paracentesis of the anterior chamber with needle 30G coupled to saline (0.9%) was made and maintained for 60 minutes. Intraocular pressure was measured by rebound tonometer (Tonovet®). There was histological, morphometric by hematoxylin and eosin and, immunohistochemical staining and qRT-PCR analysis by Caspase-7, Caspase-6, Caspase-9, Tnf-r2, Fas-l, Bcl-2 and Bax. For statistic analysis we used ANOVA and t-test for morphometric analysis and, for immunohistochemistry and qRT-PCR, Fisher exact test was employed with a statistical significance level of p <0.05 Results: Histology and morphometric analysis, proved more changes in the untreated group compared to the treatment and control group. Analysis of immunohistochemistry and qRT-PCR observed the more significant expression in untreated eyes. Conclusion: Sildenafil apperead to be protective to ganglion cell apoptosis. Cell survival was evident in histology and morphometry. For immunohistochemistry and RT-PCR was observed protective effect in the apoptosis pathways with similar or below expression compared to the control / Mestre
10

Experimental glaucoma model (ischemia and reperfusion): histology, morphometry, protein and gene espression of apoptosis pathway

Zanoni, Diogo Sousa [UNESP] 28 May 2015 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2015-12-10T14:23:03Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2015-05-28. Added 1 bitstream(s) on 2015-12-10T14:29:18Z : No. of bitstreams: 1 000852681.pdf: 1224340 bytes, checksum: 7e3993edae8f0d4badfed835114ffa9b (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / Purpose: The aims of this study were to better understand the mechanism of cell death by apoptosis in a glaucoma model (ischemia / reperfusion) and evaluate the role of apoptosis in this model and if treatment with Sildenafil helps prevent apoptosis. Methods: 36 rats, from 4 to 6 months, males, Lewis and weighing ± 350g were divided in 5 groups: control group (6 animals) and for groups with ischemia / reperfusion (7 and 21 days), two groups consisting of ten animals treated with sildenafil and two groups of Five animals treated with placebo. Paracentesis of the anterior chamber with needle 30G coupled to saline (0.9%) was made and maintained for 60 minutes. Intraocular pressure was measured by rebound tonometer (Tonovet®). There was histological, morphometric by hematoxylin and eosin and, immunohistochemical staining and qRT-PCR analysis by Caspase-7, Caspase-6, Caspase-9, Tnf-r2, Fas-l, Bcl-2 and Bax. For statistic analysis we used ANOVA and t-test for morphometric analysis and, for immunohistochemistry and qRT-PCR, Fisher exact test was employed with a statistical significance level of p <0.05 Results: Histology and morphometric analysis, proved more changes in the untreated group compared to the treatment and control group. Analysis of immunohistochemistry and qRT-PCR observed the more significant expression in untreated eyes. Conclusion: Sildenafil apperead to be protective to ganglion cell apoptosis. Cell survival was evident in histology and morphometry. For immunohistochemistry and RT-PCR was observed protective effect in the apoptosis pathways with similar or below expression compared to the control

Page generated in 0.0663 seconds