• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 362
  • 6
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 375
  • 375
  • 158
  • 85
  • 85
  • 84
  • 79
  • 77
  • 77
  • 71
  • 71
  • 55
  • 52
  • 50
  • 50
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
11

Negociação coletiva e participação na prevenção de acidentes de trabalho : estudo da convenção coletiva de segurança em maquinas injetoras de plastico do Estado de São Paulo

Vilela, Rodolfo Andrade de Gouveia 26 June 1998 (has links)
Orientador: Aparecida Mari Iguti / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-07-23T23:09:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Vilela_RodolfoAndradedeGouveia_M.pdf: 7890211 bytes, checksum: c14e71a9df0b85a0d9b8540c4b3c4fb4 (MD5) Previous issue date: 1998 / Resumo: A pesquisa analisa o caso da experiência da implantação da Convenção Coletiva de segurança em máquinas injetoras de plástico, em vigor no Estado de São Paulo desde setembro de 1995. Utilizando-se do método de estudo de caso, a experiência é estudada levando em conta sua complexidade estrutural e o contexto das relações de trabalho em que se desenvolvem as negociações coletivas no país. Realiza-se uma descrição da situação acidentaria do setor plástico, onde as máquinas injetoras têm um papel destacado no tocante à geração de acidentes graves como mutilações, esmagamentos e lesões nos membros superiores. É efetuado estudo sobre a máquina injetora e os meios de proteção utilizados com base nas normas nacionais e internacionais. Utilizando-se de análise de documentos e atas é desenvolvido um histórico do processo de negociação e uma apreciação das cláusulas que compõe o acordo. É feita uma descrição do setor de transformação de plástico e realizado estudo sobre a prevenção de acidentes no contexto das relações de trabalho vigentes no país. Comparação entre a convenção das injetoras e as cláusulas de saúde e segurança de 87 contratos e dissídios vigentes no ano de 1995, resultantes das negociações anuais tradicionais, revela as vantagens das cláusulas obtidas pela negociação das injetoras. São descritos também os limites da experiência da convenção coletiva das injetoras, decorrentes das dificuldades da atuação autônoma dos trabalhadores e seus representantes nos locais de trabalho, pelas características autoritárias do sistema corporativo de relações de trabalho vigente no país e dificuldades estruturais específicas do setor plástico, como grande quantidade de pequenas e micro empresas, alta rotatividade e baixo grau de qualificação da força de trabalho. A hipótese defendida é que a negociação coletiva de caráter permanente consegue estabelecer um processo participativo para a prevenção de acidentes, possibilitando o envolvimento e o compromisso das entidades empresariais, dos sindicatos dos trabalhadores, dos fabricantes das máquinas, dos órgãos públicos e entidades da sociedade civil interessadas, resultando em melhoria nas condições de segurança das máquinas e constituindo-se em avanço em relação às negociações tradicionais, regidas pela Consolidação das Leis do Trabalho - CLT / Abstract: The research analyzes the case of an experience with the implementation of a Collective Convention on Safety in plastic injection machines, in force in the State of São Paulo since September 1995. Using the method of the case study, the experience is studied taking into consideration its structural complexity and the the work relationships context in which collective negotiations are delt with in the country. A description of accidental situation in the plastic sector is performed where plastic injection machines have an a outstanding role concerning the generation of serious accidents as mutilations, smashing and lesions in the upper members. A study on the plastic injection machines is done and the protection means utilized are investigated based on national and international standards. By analysing documents and registers, a history of the negotiation process and an appreciation of the clauses which compose the agreement are developed. Description of the plastic transformation sector is made as well as an accidents prevention study according to current work relationships in the country. A comparison between the convention of injection machines and the Health and Safety clauses of 87 contracts and work agreement of 1995 resulting from the traditional annual negotiations reveals the advantages of the clauses obtained by the negotiation of plastic injection machines. There are also described the limitations of the experience of collective convention of injection machines, resulting from difficulties of the workers' autonomous performance and theirs representatives at the work places for the authoritarian characteristics of the work relationships in the current corporate system of the country and specific structural difficulties of the plastic sector. The hypothesis presented is that the permanent character collective negotiation is able to establish a participation process for accidents prevention, enabling the involvement and commitment of the managerial entities, labour unions, machines makers, public organs and interested civil society, therefore resulting in the improvement in safety conditions of machines and a progress in relation of the traditional negotiations governed by the Consolidation of Work Laws - CLT / Mestrado / Mestre em Saude Coletiva
12

Galvanoplastia com cromo: diagnóstico das condições ambientais e ocupacionais em pequenas empresas

Valéria Silva de Araújo, Nícia January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:38:44Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo2466_1.pdf: 1570104 bytes, checksum: c1dcb9017e6b4f0e75dd75f6cddf89d3 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2006 / Petróleo Brasileiro S.A. / O estudo realizado em empresas que desenvolvem o processo de galvanoplastia com o cromo na Região Metropolitana do Recife apresenta um diagnóstico das condições ambientais e ocupacionais relacionadas à atividade. Os fundamentos teóricos sobre processos galvânicos e o metal cromo formam a base deste estudo, que trata de interações do processo com o meio ambiente e da exposição ocupacional do trabalhador, além de apresentar notas de epidemiologia relacionadas ao metal. Na pesquisa de campo foram quantificados os agentes de risco ruído, calor e iluminação nos ambientes de trabalho, além de focar os efluentes como principal aspecto ambiental avaliado, cujo limite de tolerância para o cromo total é 0,5 mg/l. Na avaliação qualitativa foram analisados os procedimentos (administrativos e operacionais), as condições dos equipamentos e as medidas preventivas adotadas nas instalações. Os resultados quantitativos foram comparados com os padrões legais aceitáveis (ruído, calor e efluentes) e normativos (iluminação). A consolidação destes resultados remete à conclusão de inobservância aos limites de tolerância legais nas avaliações ambientais dos efluentes e nas avaliações ocupacionais do ruído e do calor e de não-atendimento a parâmetros normativos de iluminância nos postos de trabalho. A repercussão do trabalho influencia a tomada de decisão dos responsáveis das empresas na busca pela adequação das condições e melhoria contínua de seus processos produtivos
13

A certificação florestal como instrumento de promoção da segurança do trabalhador na exploração florestal: estudo de caso da Floresta Estadual do Antimary - FEA

Bessa Neto, Vicente 28 June 2017 (has links)
Submitted by Gizele Lima (gizele.lima@inpa.gov.br) on 2018-04-19T18:43:18Z No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO VICENTE BESSA NETO.pdf: 1140964 bytes, checksum: 2e0680fd16e2fb47d441ea3ead3de4ca (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Made available in DSpace on 2018-04-19T18:43:18Z (GMT). No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO VICENTE BESSA NETO.pdf: 1140964 bytes, checksum: 2e0680fd16e2fb47d441ea3ead3de4ca (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2017-06-28 / The 1990s revealed important changes in the Brazilian forest policy with the implementation of forest management, provoking less predatory forest practices. Hence, the creation of a mechanism that rewarded the enterprises that carried out the forest management in an appropriate way was encouraged throughout the world, influencing the creation of the forest certification that served the economic, environmental and social interests. In order to obtain forest certification, requirements established by the certifying bodies must be met, where health and safety at work are some of the indispensability. The Antimary State Forest located in the municipality of Bujari state of Acre, Brazil, had its pioneer in the concession of forest exploitation where it was presented as the first Brazilian public forest to receive the seal of certified area in the country. Therefore, the current work aimed to analyze the forest certification process regarding to the fulfillment of the labor legislation related to health and safety at work. For this purpose, it was used the study of secondary data collection through documents issued by the certifying company, government agencies and exploration companies. It was verified that the biggest bottleneck in the management of The Antimary State Forest is related to the concession with labor rights, presenting 28 nonconformities out of 97 in the period from 2005 to 2013. Furthermore, the non-implementation of a management system related to the health and safety of the work that passes both in the difficulties of executing the labor policy and in the implementation of the programs of prevention to the health of the workers is a barrier to overcome as well. Thus, it is evident that the forest certification was presented in an auxiliary way to the conformity with the labor legislation in the forest exploitation of the state forest, although this mechanism did not fully evaluate the one that advocates the safety of work in Brazil. / Os anos 90 evidenciaram importantes mudanças na política florestal brasileira com o implemento do manejo florestal, influenciando práticas menos predatórias à floresta. Com isso foi incentivada por todo o mundo a criação de um mecanismo que premiasse os empreendimentos que executassem o manejo florestal de forma adequada, influenciando a criação da certificação florestal que visava o atendimento aos interesses econômicos, ambientais e sociais. Para a obtenção da certificação florestal deverão ser atendidos requisitos estabelecidos pelos órgãos certificadores onde encontramos a saúde e segurança do trabalho uma das obrigatoriedades. A Floresta Estadual do Antimary localizada no município de Bujari estado do Acre, Brasil, teve seu pioneirismo na concessão de exploração florestal onde se apresentou como a primeira floresta pública brasileira a receber o selo de área certificada no país. Dessa forma o presente trabalho buscou analisar o processo de certificação florestal quanto ao cumprimento da legislação trabalhista relacionados à segurança e saúde do trabalho. Para tanto se utilizou o estudo de caso com coleta de dados secundários através de documentos emitidos pela empresa certificadora, órgãos do governo e empresas exploradoras. Constatou-se que o maior gargalo da gestão da Floresta Estadual do Antimary está relacionado ao atendimento aos direitos trabalhistas, apresentando 28 não conformidades de um total de 97 no período de 2005 a 2013, bem como se identificou a não realização de um sistema de gestão relacionadas à saúde e segurança do trabalho que passa tanto nas dificuldades de executar a política trabalhista quanto na implementação dos programas de prevenção a saúde dos trabalhadores. Com isso fica evidenciado que a certificação florestal se apresentou de forma auxiliar ao cumprimento da legislação trabalhista na exploração florestal da floresta estadual, apesar de este mecanismo não ter avaliado na íntegra o que preconiza a segurança do trabalho no Brasil.
14

A segurança do trabalho e sua previsão orçamentária em obras civis : estudo em fachada de edifício residencial multi-familiar

Altmann, Charles January 2005 (has links)
A preocupação com a segurança do trabalho deve estar presente já na fase de projeto de uma obra, pois nesta ocasião os processos executivos podem ser planejados cuidadosamente pensando-se, também, na saúde e segurança de todos os trabalhadores envolvidos durante a execução das etapas da edificação. A NR-18 quando especifica os itens a serem cumpridos pelo PCMAT, não enfatiza o planejamento da segurança do trabalho antes do início das obras, mas sim durante a execução das mesmas. Isto provavelmente induz os responsáveis pelas obras a não se preocuparem previamente à instalação do canteiro com saúde e segurança, apesar de ser mais apropriado para criarem-se projetos concebidos de maneira segura e ser o momento adequado para previsão de todos os elementos necessários para a garantia da segurança do trabalho e para o levantamento de seus custos para a realização da obra. Um relatório de custos de uma obra deve conter custos preventivos e produtivos. Tendo-se a preocupação com a forma inadequada que as empresas têm incluído os custos relativos à segurança no trabalho nos seus orçamentos, esta pesquisa é um estudo de caso que, para uma edificação real, verifica como esses custos foram considerados e detalha quais deveriam ser as considerações para a manutenção da saúde e segurança dos trabalhadores especificamente para a atividade de acabamento de fachadas. São incluídos na análise os custos preventivos e produtivos para esta determinada edificação alvo do estudo de caso, criando-se um relatório de custos.
15

Aplicação da Nr-18 em Canteiros de Obra: Percepções e Estudos de Campo

SANTANNA JUNIOR, R. 28 May 2013 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:10:10Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_6528_Rubens Sant'anna Junior.pdf: 5672920 bytes, checksum: 373a24829680ee0113fb7de1cc52602d (MD5) Previous issue date: 2013-05-28 / A norma regulamentadora 18 (NR-18), intitulada Condições e meio ambiente de trabalho na indústria da construção, é a referência a ser seguida para que as empresas de construção civil nacionais proporcionem adequadas condições de higiene e segurança nos canteiros de obras e, por extensão, não sejam punidas pela fiscalização trabalhista federal. A construção civil é uma indústria de alto risco de acidentes, cuja ocorrência continua causando prejuízos ao trabalhador, à empresa e ao governo e se torna importante avaliar a adequação da norma a essa situação. Esta pesquisa teve como objetivo verificar as principais dificuldades encontradas no atendimento da NR-18 pelas empresas de construção civil do subsetor Edificações, situadas na região metropolitana de Vitória, capital do Estado do Espírito Santo, em estudo motivado pela falta de informações a respeito. Aplicado o método de pesquisa de campo em 4 empresas construtoras, com uso de lista de verificação do atendimento à NR-18 em um canteiro de obras por empresa. Em seguida, foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os empresários, engenheiros civis e técnicos de segurança do trabalho das empresas visitadas para conhecer suas percepções e atitudes sobre segurança do trabalho e o atendimento à NR-18. Os resultados apontaram os itens da norma com maior dificuldade de serem cumpridos pelas empresas; a verificação de que as causas do descumprimento são mais de natureza gerencial e da cultura dos trabalhadores do que do rigor das exigências contidas na norma; que as quatro empresas pesquisadas obtiveram notas elevadas de atendimento à NR-18, que são maiores do que as médias de notas alcançadas por empresas do mesmo setor situadas em outras cidades brasileiras e a proposta de sugestões para redução das causas dos descumprimentos da norma. Pode-se concluir que embora necessite de ajustes para situações não previstas e revisão do texto para evitar algumas palavras causadoras de interpretações divergentes, a norma possui boa aplicabilidade e é importante instrumento em favor da segurança do trabalho na indústria da construção. Palavras-chave: Segurança do trabalho, prevenção de acidente, canteiro de obras, NR-18.
16

A segurança do trabalho e sua previsão orçamentária em obras civis : estudo em fachada de edifício residencial multi-familiar

Altmann, Charles January 2005 (has links)
A preocupação com a segurança do trabalho deve estar presente já na fase de projeto de uma obra, pois nesta ocasião os processos executivos podem ser planejados cuidadosamente pensando-se, também, na saúde e segurança de todos os trabalhadores envolvidos durante a execução das etapas da edificação. A NR-18 quando especifica os itens a serem cumpridos pelo PCMAT, não enfatiza o planejamento da segurança do trabalho antes do início das obras, mas sim durante a execução das mesmas. Isto provavelmente induz os responsáveis pelas obras a não se preocuparem previamente à instalação do canteiro com saúde e segurança, apesar de ser mais apropriado para criarem-se projetos concebidos de maneira segura e ser o momento adequado para previsão de todos os elementos necessários para a garantia da segurança do trabalho e para o levantamento de seus custos para a realização da obra. Um relatório de custos de uma obra deve conter custos preventivos e produtivos. Tendo-se a preocupação com a forma inadequada que as empresas têm incluído os custos relativos à segurança no trabalho nos seus orçamentos, esta pesquisa é um estudo de caso que, para uma edificação real, verifica como esses custos foram considerados e detalha quais deveriam ser as considerações para a manutenção da saúde e segurança dos trabalhadores especificamente para a atividade de acabamento de fachadas. São incluídos na análise os custos preventivos e produtivos para esta determinada edificação alvo do estudo de caso, criando-se um relatório de custos.
17

Biossegurança em tuberculose e os profissionais de enfermagem do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho da UFRJ

Souza, Soraia Riva Goudinho de January 2009 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2009. / Submitted by Elna Araújo (elna@bce.unb.br) on 2010-04-22T19:46:27Z No. of bitstreams: 1 2009_SoraiaRivaGoudinhodeSouza.pdf: 1846639 bytes, checksum: 68af937b96d42cbc859011b1d304fc0e (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-05-18T04:24:17Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_SoraiaRivaGoudinhodeSouza.pdf: 1846639 bytes, checksum: 68af937b96d42cbc859011b1d304fc0e (MD5) / Made available in DSpace on 2010-05-18T04:24:17Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_SoraiaRivaGoudinhodeSouza.pdf: 1846639 bytes, checksum: 68af937b96d42cbc859011b1d304fc0e (MD5) Previous issue date: 2009 / Introdução: Quando se observam as tendências e preocupações em relação à biossegurança em tuberculose, pensa-se no profissional de enfermagem não apenas como um integrante na promoção da saúde, mas como um profissional que desenvolve suas atividades próximas aos pacientes bacilíferos. Objetivo: Conhecer os riscos da Tuberculose ou da Infecção Latente por Tuberculose entre os (as) enfermeiros (as) do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho na cidade do Rio de Janeiro. Métodos: Estudo qualitativo, exploratório e descritivo, efetuado com 31 indivíduos, sendo 07 chefes de setor e 24 líderes. Os dados foram coletados por meio de um questionário, para delinear o perfil dos profissionais e por uma entrevista com roteiro semiestruturado, para caracterizar o comportamento e o conhecimento frente às medidas de biossegurança. Para o tratamento dos dados, utilizou-se a análise de conteúdos, com modalidade temática, e as respostas foram analisadas de maneira descritiva e caracterizadas de forma a possibilitar a visualização e interpretação, utilizando percentuais simples. Resultados e Discussão: Predomínio de profissionais do sexo feminino, faixa etária de 31 a 50 anos, com vínculo empregatício efetivo, atuam como líderes, no setor de 1 a 9 anos. Recém formados(as) (10 meses a 5 anos), com pósgraduação Lato-Sensu, sendo que a maioria não possui ou não recebeu nenhuma formação ou treinamento específico. Fatores de risco identificados pelos profissionais foram: ser profissional da saúde 74,2%, ter contato com pacientes bacilíferos 71%,diagnóstico tardio 61,3%, imunossupressão 45,2%, uso inadequado do Equipamento de Proteção Individual(EPI) 19,3%. Quanto à identificação das medidas, somente 9,4% foram capazes de citar a orientação e o uso da máscara cirúrgica pelo paciente e o controle da Prova Tuberculínica em profissionais, como medidas de biossegurança. No momento da admissão, apenas 10(32,2%) disseram se preocupar com a máscara cirúrgica no paciente, e 11(35,4%) com o filtro High Efficiency Particulate Air Filter (HEPA) ligado. Isto se reflete, quando 54% dizem não saber nada sobre o filtro, e aqueles que tinham algum conhecimento, demonstraram dúvidas. Apenas duas profissionais foram capazes de descrever com segurança, a função e o que fazer para que o filtro cumpra sua função. Quanto ao uso da máscara N95, apenas uma disse não usar sempre. Outros fatos nos preocuparam como: o uso “coletivo” por meio de uma máscara cirúrgica sob a mascara respirador N95, interferindo na vedação no rosto (66,6%); e quanto à guarda da máscara; 35,5% não a fazem, e o restante, quando não as deixam soltas, as guardam em sacos plásticos. Conclusão: Existe o risco de Infecção Latente por Tuberculose ou do adoecimento por tuberculose entre os profissionais de Enfermagem no Hospital. Identificamos falhas por despreparo no atendimento, no fornecimento de material e deficiências no conhecimento, e consequentemente, na aceitação e adesão dos profissionais, às medidas de biossegurança. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Introduction: When watching the trends and concerns related to biosafety in tuberculosis, the nursing professional is remembered not only as having an integral role in health promotion, but as a professional that develops his/her activities around the TB patients. Objective: Knowing the risk of Tuberculosis or latent tuberculosis infection among the nurses of Hospital Universitário Clementino Fraga Filho in city Rio de Janeiro. Methods: Qualitative, exploratory and descriptive study, made with 31 individuals, being 07 heads of industry and 24 leaders. The data were collected through a questionnaire, in order to outline the profile of professionals and through an interview with semi-structured script, so as to characterize the behavior and knowledge of biosecurity measures at front. For the treatment of the data, the analysis of contents in thematic form was used, and the answers were analyzed in a descriptive way and characterized so as to allow the visualization and interpretation, using simple percentages. Results and Discussion: Predominance of female professionals, ranging from 31 to 50 years old, with effective employment, work as leaders in the sector from 1 to 9 years. Recently graduated (10 months to 5 years), with a Lato Sensu Post-Graduation, the majority do not have or received any training or specific training. The risk factors identified by the practitioners were: Being a health professional 74.2%, having contact with Tuberculosis patients 71%, late diagnosis 61.3%, immunosuppression 45.2%, and inadequate use of Personal Protective Equipment (PPE) 19.3%. With reference to the identification of measures, only 9.4% were able to mention the orientation, the use of a surgical mask by the patient and the control of tuberculin skin testing in professionals, as bio-security measures. At the time of admission, only 10 (32.2%) people said they worried about the surgical mask used in the patient, and 11 (35.4%) with the filter High Efficiency particulate Air Filter (HEPA) attached. This is reflected, when 54% say they do not know anything about the filter and those who had some knowledge expressed doubts. Only two were able to describe adequately, the function and what to do for the HEPA filter fulfills its function. Regarding the use of N95 mask, only one said he/she did not wear. Other events caused concern: the “public” use through a surgical mask on the N95, interfering with the seal on the face (66.6%), and concerning the keeping of the mask, 35.5% do not do it, and the remaining, when they are not let loose, they are kept in plastic bags. Conclusion: There is a risk of latent tuberculosis infection or of tuberculosis illness among the nursing professionals in the Hospital. Failures were identified by the lack of care in the provision of equipment and deficiencies in knowledge, and consequently, in the acceptance and adherence of professionals to bio-security measures.
18

A segurança do trabalho e sua previsão orçamentária em obras civis : estudo em fachada de edifício residencial multi-familiar

Altmann, Charles January 2005 (has links)
A preocupação com a segurança do trabalho deve estar presente já na fase de projeto de uma obra, pois nesta ocasião os processos executivos podem ser planejados cuidadosamente pensando-se, também, na saúde e segurança de todos os trabalhadores envolvidos durante a execução das etapas da edificação. A NR-18 quando especifica os itens a serem cumpridos pelo PCMAT, não enfatiza o planejamento da segurança do trabalho antes do início das obras, mas sim durante a execução das mesmas. Isto provavelmente induz os responsáveis pelas obras a não se preocuparem previamente à instalação do canteiro com saúde e segurança, apesar de ser mais apropriado para criarem-se projetos concebidos de maneira segura e ser o momento adequado para previsão de todos os elementos necessários para a garantia da segurança do trabalho e para o levantamento de seus custos para a realização da obra. Um relatório de custos de uma obra deve conter custos preventivos e produtivos. Tendo-se a preocupação com a forma inadequada que as empresas têm incluído os custos relativos à segurança no trabalho nos seus orçamentos, esta pesquisa é um estudo de caso que, para uma edificação real, verifica como esses custos foram considerados e detalha quais deveriam ser as considerações para a manutenção da saúde e segurança dos trabalhadores especificamente para a atividade de acabamento de fachadas. São incluídos na análise os custos preventivos e produtivos para esta determinada edificação alvo do estudo de caso, criando-se um relatório de custos.
19

Cenário atual da segurança do trabalho nas operações florestais de empresas reflorestadoras de Santa Catarina

Lazzarotti, Giovani, 1977-, Schorn, Lauri Amândio, 1958-, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. January 2017 (has links) (PDF)
Orientador: Lauri Amândio Schorn. / Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal, Centro de Ciências Tecnológicas, Universidade Regional de Blumenau, Blumenau.
20

Gestão da segurança por eletricistas do serviço emergencial : articulando práticas formais e informais / SAFETY MANAGEMENT BY EMERGENCY SERVICE ELECTRICIANS: ARTICULATING FORMAL AND INFORMAL PRACTICES (Inglês)

Gonçalves, Rosemary Cavalcante 02 June 2017 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:03:35Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2017-06-02 / A recurring issue in the safety field is the interdependence between regulated safety (RS) - which emphasizes compliance with rules and control over work practices - and managed safety (MS) - which is based on workers' ability to respond to variability and unforeseen events. This study aims to analyze how work groups articulate RS and MS to manage occupational risks. The thesis is that safety is a collective construction that relies both on formal rules and on the adaptation and elaboration of informal rules, which are shared in professional groups. Empirical research was conducted with emergency service electricians from a company responsible for providing services in electricity distribution network. Research methods and instruments were guided by the Grounded Theory with use of participant observation, Method Q, Critical Incident Technique and semistructured interviews. The substantive theory that emerged from the data reflected "Constructing Safety" phenomenon, which evidenced the dynamic and constructive process of safety. The results showed that, in the electricians¿ work, although RS is high and MS is low, adaptations take place through informal safety practices. These informal practices can both contribute to the robustness of the system or make it more vulnerable. It was also observed that the management and organization of work contributes to the weakening of the work collective, negatively affecting the maintenance of the preventive practices of workers and the transmission of the knowledge of work. Keywords: safety at work, safety rules, work collective, risk management. / Uma questão recorrente no campo da segurança é a interdependência entre segurança regulamentada (SR) - que enfatiza o cumprimento de regras e controle sobre as práticas de trabalho - e segurança gerenciada (SG) - que se baseia na capacidade dos trabalhadores em responder às variabilidades e imprevistos. Este estudo tem como objetivo analisar como os grupos de trabalho articulam SR e SG para gerir os riscos profissionais. A tese defendida é que a segurança é uma construção coletiva que se apoia tanto nas regras formais como na adaptação e elaboração de regras informais que são compartilhadas nos grupos profissionais. A pesquisa empírica foi conduzida com eletricistas do Serviço Emergencial de uma empresa prestadora de serviços em rede de distribuição de energia elétrica. Os métodos e instrumentos de investigação foram orientados pela Teoria Fundamentada com uso de observação participante, Método Q, Técnica de Incidentes Críticos e entrevistas semiestruturadas. A teoria substantiva que emergiu dos dados refletiu o fenômeno ¿Construindo a segurança¿, que evidenciou o processo dinâmico e construtivo da segurança. Os resultados mostraram que, no trabalho dos eletricistas, embora a SR seja alta e a SG seja baixa, as adaptações acontecem por meio de práticas informais de segurança. Essas práticas informais podem tanto contribuir para a robustez do sistema como para torná-lo mais vulnerável. Observou-se também que a gestão e organização do trabalho concorrem para o enfraquecimento do coletivo de trabalho, repercutindo negativamente na manutenção das práticas preventivas dos trabalhadores e transmissão dos saberes de ofício. O estudo pretende contribuir para uma visão mais aprofundada dos aspectos que envolvem a gestão de riscos na perspectiva dos trabalhadores, buscando subsidiar futuras ações de gerenciamento de sistemas de segurança. Palavras chave: segurança no trabalho, regras de segurança, coletivo de trabalho, gestão de riscos.

Page generated in 0.1616 seconds