• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 362
  • 6
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 375
  • 375
  • 158
  • 85
  • 85
  • 84
  • 79
  • 77
  • 77
  • 71
  • 71
  • 55
  • 52
  • 50
  • 50
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
21

Aprendizagem de segurança na construção civil / The Safety Learning Process in Civil Construction (Inglês)

Studart, Luciana Barroso de Arruda 18 April 2017 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:16:04Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2017-04-18 / There are more and more high-risk organizations for employee health and safety due to the insertion of new technologies and greater emphasis given to the cognitive dimension of work, that is the need for greater knowledge about the performed activity. Civil construction is one of the sectors of economic activity in which occupational accidents occur more often and in wich the risk of accidents is greater. By linking the field of practices with work safety within civil construction, the question arises is: if civil construction is such a relevant sector for the Brazilian economy and if there is a range of accidents in this environment even though there are specific regulatory norms for the sector, how to obtain safety practices in this activity? One of the ways to work preventively on safety issues would be to understand how employees learn safety in their work environment. One of the researches that made a great contribution in this respect was developed by Gherardi and Nicolini (2002), a work that provided an opportunity to describe some of the mechanisms and processes involved in learning in general practice and safety practices in particular. Considering that the investigations of Gheradi, Nicolini and Odessa (1998), Gherardi and Nicolini (2000) and especially Gherardi and Nicolini (2002) allow further reflections, as previously explained, the research question of the present study is to understand how the learning process of safety occurs in civic construction. In order to achieve the aim of this work, a basic qualitative research, of the type study case through a descriptive and interpretive approach. Data were collected using direct observation techniques, using field notes and field diaries, semi-structured interviews and documentary research with a group of employees from a construction company located in Fortaleza. With this research enabled to identify the influence of the social and cultural character in the learning process, being the learning by practice the most relevant factor identified in it. Keywords: Learning. Practices. Safety culture. Security maturity. / Existem cada vez mais organizações de alto risco para a segurança e saúde do colaborador devido à inserção de novas tecnologias e maior ênfase dada à dimensão cognitiva que o trabalho vem adquirindo, ou seja, a necessidade de um maior conhecimento sobre a atividade a ser executada. A construção civil é um dos setores de atividade econômica em que mais ocorrem acidentes e onde o risco de acidentes é maior. Fazendo uma relação entre o campo das práticas com a segurança do trabalho dentro da construção civil, vem o questionamento: se a construção civil é um setor tão relevante para a economia brasileira e se existe uma gama de acidentes nesse ambiente mesmo existindo normas regulamentadoras específicas para o setor, como obter práticas de segurança nessa atividade? Uma das formas de se trabalhar preventivamente questões de segurança seria entendendo como os colaboradores aprendem segurança em seu ambiente laboral. Uma das pesquisas que trouxe grande contribuição nesse aspecto foi desenvolvida por Gherardi e Nicolini (2002), sendo um trabalho que forneceu uma oportunidade para descrever alguns dos mecanismos e processos envolvidos na aprendizagem na prática em geral e práticas de segurança em particular. Considerando que as investigações de Gheradi, Nicolini e Odessa (1998), Gherardi e Nicolini (2000) e, principalmente, Gherardi e Nicolini (2002) permitem novas reflexões, conforme anteriormente exposto, a questão de pesquisa do presente estudo é entender como se dá o processo de aprendizagem de segurança na construção civil. No intuito de alcançar os objetivos deste trabalho, foi desenvolvida uma pesquisa qualitativa, do tipo estudo de caso por meio de uma abordagem descritiva e interpretativa. Para a coleta de dados foram utilizadas as técnicas de observação sistemática, aberta e não participante, com o recurso a notas de campo e diários de campo, entrevistas semiestruturadas e pesquisa documental com um grupo de colaboradores de uma empresa do ramo da construção civil situada em Fortaleza. Com esta pesquisa foi possível identificar a influência do caráter social e cultural no processo de aprendizagem, sendo o aprender pela prática o fator mais relevante identificado na mesma. Palavras-chave: Aprendizagem. Práticas. Cultura de segurança. Maturidade de segurança.
22

Liderança e prevenção de fatalidades : um estudo na siderurgia

Saunders, Lawrence Cavalcante 25 September 2018 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:27:27Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2018-09-25 / A qualitative, exploratory and analytical study, with the main objective of investigating how leadership addresses important issues for the prevention of fatalities in the steel industry. The research participants are leading leaders in the steel industry, representing the five main steel groups operating in Brazil. The data were collected from semi-structured interviews, being considered eight categories: Emotional leadership involvement, Fatality acceptance behavior, Fundamental concepts regarding the difference between process security and personal safety, Knowledge of great risks, Metrics applied in the prevention of fatalities , Building a leadership focused on the prevention of fatalities, Cognitive bias and Sense of leadership vulnerability. This model was chosen to address issues involving behavioral and leadership management issues. The theoretical reference was based on the concepts of leadership and work safety, mainly exploring the relationship between them. The results show that there is a great effort in all the steel groups surveyed in the search for the prevention of serious accidents, but that leadership does not have the concepts well incorporated and there is still a lack of standardization in the application of management models. Thus, according to the theoretical framework used and the analysis of the research results, it is suggested the development of a leadership development plan that systematically addresses the eight categories analyzed. / Estudo qualitativo, exploratório e analítico, com objetivo principal de investigar como a liderança aborda questões importantes para a prevenção das fatalidades na siderurgia. Os participantes da pesquisa são líderes de destaque no âmbito da siderurgia, representando os cinco principais grupos siderúrgicos atuantes no Brasil. Os dados foram coletados a partir de entrevistas semiestruturadas, sendo consideradas oito categorias: Envolvimento emocional da liderança, Comportamento de aceitação da fatalidade, Conceitos fundamentais quanto à diferença entre segurança do processo e segurança pessoal, Conhecimento de grandes riscos, Métricas aplicadas na prevenção de fatalidades, Construção de uma liderança focada na prevenção de fatalidades, Viés cognitivo e Senso de vulnerabilidade da liderança. Esse modelo foi escolhido por tratar questões que envolvem aspectos comportamentais e de gestão da liderança. O referencial teórico se baseou nos conceitos de liderança e segurança do trabalho, explorando principalmente a relação entre eles. Os resultados encontrados demonstram que há um grande esforço em todos os grupos siderúrgicos pesquisados na busca pela prevenção de acidentes graves, mas que a liderança não tem os conceitos bem incorporados e ainda há uma falta de padronização na aplicação de modelos de gestão. Assim, de acordo com o referencial teórico utilizado e a análise dos resultados da pesquisa, sugere-se a elaboração de um plano de desenvolvimento de liderança que aborde de forma sistematizada as oito categorias analisadas.
23

Proposta para implantação de um conjunto de ações prevencionistas no campo da segurança do trabalho no Detran-AL

ATANASOV, Inacia Maria Lopes 31 January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:37:34Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo3718_1.pdf: 738374 bytes, checksum: 532a29f739ee9af03d9b15570c250494 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2008 / O problema abordado neste trabalho é reflexo da falta de legislação nos órgãos públicos no tocante à segurança e a saúde do trabalhador, pois ao contrário dos trabalhadores regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, os estatutários seguem sofrendo a ausência de Leis específicas que atendem para a melhoria dos ambientes laborais. Apesar dessa lacuna, é importante intervir, não esperar por mudanças na legislação para oferecer melhorias no serviço público, tendo em vista que as agressões dos agentes ambientais podem interferir na saúde e no desempenho das funções dos servidores e por conseqüência na produtividade em função dos afastamentos no trabalho. Na Instituição estudada, DETRAN/AL, os servidores exercem atividades em condições inseguras, se expondo a inerentes riscos de acidentes, não há conscientização dos danos a sua saúde. Com enfoque nesses agentes nocivos, serão inspecionados os ambientes de trabalho desta Instituição, com o objetivo de identificar e avaliar estes agentes agressores e adotar medidas corretivas que põem em risco a saúde e a segurança dos funcionários. E propor a Direção Geral do DETRAN/AL um conjunto de medidas e ações no campo da segurança do trabalho, para minimizar ou eliminar os riscos de acidentes e doenças ocupacionais expostos aos seus servidores. As ações prevencionistas serão normatizadas e definidas em documentos, estabelecendo atribuições por pessoas e setores da instituição no assunto que se refere e couber a cada um
24

Condições de segurança operacional e proposta de uso de novo tecido para a confecção de equipamento de proteção individual : estudo de caso /

Oliveira, Verônica de Paula Zanotti Tavares de. January 2011 (has links)
Orientador: João Eduardo Guarnetti dos Santos / Banca: Marizilda dos Santos Menezes / Banca: Jair Rosas da Silva / Banca: Abílio Garcia Santos Filho / Banca: Cristiane Afonso Zerbetto / Resumo: A aplicação de produtos fitossanitários exige cuidados especiais devido aos riscos de intoxicação. Estas intoxicações podem ser acarretadas pelo contato via ocular, oral, dérmica e respiratória, variando de acordo com o nível de toxidade do produto, o tempo de exposição e o organismo do indivíduo. A forma mais viável de se prevenir a intoxicação é reduzir o tempo de exposição, e isto é obtido com a utilização do EPI adequado. O presente trabalho estudou o EPI disponível no mercado e o material utilizado para sua confecção, relacionando estes ao ambiente e as características fisicas do indivíduo que realiza tal atividade. O campo para a realização do estudo de caso foi a cidade de Brazlândia - DF, escolhida em virtude de sua importância na área rural, sendo a primeira do ranking de produção de morango na região e sétima no país. A formação da cidade se deu pela vinda de famílias tradidionais no ramo da agricultura, característica consolidada com a chegada de japoneses, os quais passaram os ensinamentos e cultura da agricultura familiar. Ao longo dos anos a cidade recebeu residentes de lugares sem estrutura das regiões periféricas de Brasília, sendo alocados em conjuntos habitacionais construídos na zona urbana e em assentamentos rurais. Grande parte das pessoas alocadas era de origem nordestina, que vieram para a capital em sua construção, mas depois foram 'remanejados' para fora do Plano Piloto, em locais sem estrutura/condições para viver. A pequena cidade empregou tais indivíduos na produção agrícola. O estudo de caso foi desenvolvido em uma empresa distribuidora de alimentos, a qual recebe mais de 50% da produção dos trabalhadores rurais, sendo responsável pelo venda/distribuição dos produtos às grandes redes de supermercados do Distrito Federal e demais estudos. Através... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The application of phytosanitary products demands special care due to intoxication risks. This intoxication can be caused by ocular, oral, skin and nasal contact, varying according to the level of toxicity of the product, the time of exposure and the individual's organism. The most viable way of preventing intoxication is by reducing the time of exposure, which is obtained with the use of appropriate IPE. The present work studied available IPE in the market and the material used for its production, relating them to the environment and to be individual's physical characteristics performing such activity. The field for the accomplishment of the case study was the city of Brazlândia, Federal District, chosen due to its importance in the rural area, being the first in the ranking of strawberry production in the region and the seventh nationwide. The formation of the city happened with the arrival Japonese families, traditional in the agriculture field, who passed on the teaching and culture of family agriculture. Along the years, the city received slums originally formed in the outskirts of Brasília. Such population was allocated in social houses built in the urban area and in rural settlements. Most part the allocated people came from the Northeastern areas of the country, who came to the capital in its construction period, but later were "rellocated" outside downtown Brasilia, in places without structure or conditions to live. The small town employed such individuals in the agricultural production. The case study was developed in the Distributing Company of Foods, which receives more than 50% of the tenants' production, being responsible for the sale and distribution of the products to the most important supermarkets chains in the Federal District and other states, through the present study, the safety conditions of 60 rural workers of... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
25

Diagnóstico do cumprimento da NR 18 no subsetor edificações da construção civil e sugestões para melhorias

Rocha, Carlos Alberto Gurjão Sampaio de Cavalcante January 1999 (has links)
A segurança do trabalho é um elemento muito importante para o sucesso de um empreendimento, visto que influencia nos custos, produtividade, perdas e imagem da empresa, assim como está relacionado com o bem-estar de todos os envolvidos com o trabalho. Apesar de sua importância, a indústria da construção ainda apresenta índices de acidentes relativamente elevados. Um dos esforços recentes mais importantes no país no sentido de melhorar o nível de segurança nas obras foi a publicação da nova versão da norma NR 18 (Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção), do Ministério do Trabalho, que é dirigida exclusivamente para o setor. Considerando esse contexto, o presente trabalho faz um levantamento do cumprimento dessa norma em diversas empresas, totalizando 67 canteiros de obras espalhados por 6 cidades brasileiras. Baseando-se nos dados obtidos, em entrevistas e em outras informações é feita uma análise do comportamento dessas empresas em relação à aplicação da NR 18. Com base nessa análise, são apresentadas algumas sugestões para o aperfeiçoamento da norma. O estudo mostra que a NR 18 ainda é muito pouco cumprida nos canteiros de obras, apresentando um índice médio de cumprimento de 51%. O destaque negativo foi o desempenho das mesmas em relação ao requisito proteções periféricas. Em média, neste caso, apenas 6% do que é exigido pela norma está sendo atendido.
26

Antigas e novas formas de precarização do trabalho : o avanço da flexibilização entre profissionais de alta escolaridade

Tosta, Tania Ludmila Dias 06 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Sociologia, 2008. / Submitted by wesley oliveira leite (leite.wesley@yahoo.com.br) on 2009-09-22T18:34:35Z No. of bitstreams: 1 2008_TaniaLudmilaDTosta.pdf: 1377408 bytes, checksum: e9c211ec7fca474d6449779f0567a9d4 (MD5) / Approved for entry into archive by Gomes Neide(nagomes2005@gmail.com) on 2011-01-03T16:33:58Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_TaniaLudmilaDTosta.pdf: 1377408 bytes, checksum: e9c211ec7fca474d6449779f0567a9d4 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-01-03T16:33:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_TaniaLudmilaDTosta.pdf: 1377408 bytes, checksum: e9c211ec7fca474d6449779f0567a9d4 (MD5) Previous issue date: 2008-06 / Esta tese tem como objetivo compreender a constituição de novas formas de trabalho a partir de um processo de mudanças estruturais no capitalismo que procura assegurar a competitividade das empresas pela flexibilização das contratações e supressão dos direitos conquistados pelos trabalhadores. Parte-se do pressuposto que estaria havendo uma proliferação de inserções ocupacionais distintas da relação assalariada regulamentada e, portanto, não regidas pelas garantias dadas a partir do contrato formal, o que poderia constituir uma tendência à precarização das relações de trabalho. Neste sentido, com o crescimento das contratações flexíveis, profissionais de alta escolaridade aproximar-se-iam da experiência de trabalho precário vivida há tempos por trabalhadores de baixa escolaridade. Dados quantitativos comprovam uma ampliação da precarização do trabalho em importantes regiões metropolitanas do país, sendo que o Distrito Federal se destaca pelo forte crescimento de contratações flexibilizadas, inclusive com elevação mais expressiva entre os trabalhadores de maior escolaridade. A reflexão sobre as características das novas formas de contratação foi aprofundada em pesquisa qualitativa sobre a trajetória ocupacional tanto de profissionais de nível superior como de trabalhadores de baixa escolaridade em análise comparativa entre as recentes modalidades de inserção e a tradicional inserção informal. Constata-se que para os profissionais mais escolarizados o período de trabalho sem vínculo é menor e mais recente em suas trajetórias, ao passo que mais da metade dos trabalhadores de menor escolaridade nunca tiveram um emprego regulamentado. Os empregadores se utilizam de diferentes estratégias para diminuir o custo do trabalho, mascarando relações empregatícias por meio de outros tipos de vínculos nos quais não há garantias de direitos e proteção social. Conclui-se que há uma tendência de precarização do trabalho em contexto onde impera a lógica do mercado e mesmo indivíduos altamente escolarizados estão sujeitos a conviverem com a insegurança, a instabilidade e a ausência de direitos e benefícios sociais. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This research aimed at understanding the creation of new forms of labour relationships, resultant from structural changes of capitalism, which seek to ensure the competitiveness of companies by means of the flexibility of the rules of worker hiring and the suppression of their conquests. It is assumed that there has been a proliferation of forms of work which deviate from the standard employment relationship and, therefore, lack the statutory benefits and entitlements associated with the normative model of employment, which could mean a trend towards precarious work. In this context, with the expansion of flexible contracts, high-educated professionals are increasingly been submitted to the same precarious labour relationships already experienced by low-educated people. Quantitative data demonstrate the increasing of precarious work in the main metropolitan regions of Brazil. This situation is particularly serious in Distrito Federal, where the frequency of hiring of high-educated professionals in those conditions is expressive. Our study on the features of the non-standard forms of work was deepened by a qualitative evaluation on the occupational trajectories both of university-level professionals and those with lower levels of education, by means of a comparative analysis between the recent forms of labour and the traditional informality. It was demonstrated that the non-standard work had a shorter duration and was more recent among the better-educated workers, whereas over half of workers with lower levels of education have never had a formal occupation. It was also showed that employers make use of different ways to decrease the expenses with their employees, by replacing formal employment relationships by those without social protection. Finally, our observations point to a trend towards the precariousness of labour relationships in a market-dominated context, and show that even highly-educated individuals are not free from being submitted to conditions such as labour insecurity, instability and lack of social benefits.
27

Evidências de validade e precisão de um instrumento de avaliação de clima de segurança no trabalho

Zavareze, Taís Evangelho 25 October 2012 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Florianópolis, 2011 / Made available in DSpace on 2012-10-25T18:33:04Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2015-03-18T20:29:23Z : No. of bitstreams: 1 288031.pdf: 6177729 bytes, checksum: 078d18a9846f03d844c874efc6b42bdb (MD5) / A presente pesquisa teve como objetivo verificar evidências de validade e precisão de um Instrumento de Avaliação de Clima de Segurança no Trabalho. A partir disso foi construída a Escala de Clima de Segurança no Trabalho (CLIMA-ST) e um questionário para verificar o Investimento em Segurança. A versão final do CLIMA-ST constitui-se em 36 itens. No procedimento de validação participaram 407 trabalhadores de quatro empresas localizadas em Santa Catarina, média de idade de 34,4 anos (dp=10,9), 87% homens, com escolaridade variável de ensino fundamental incompleto a superior completo, distribuídos entre diversos setores das organizações. Foram submetidos à validade de conteúdo e semântica 50 itens, o corpo de juízes desta etapa foi formado por nove professores universitários especialistas no tema. Houve 95% de concordância entre os avaliadores que verificaram a adequação do conteúdo, a relevância, a pertinência e a formulação dos itens. Após a análise, quatro itens foram retirados da escala. A precisão do CLIMA-ST foi verificada pelo alfa de Cronbach, sendo obtido ?=0,90, apontando consistência interna satisfatória para a escala. A validade de construto foi verificada por meio de uma análise fatorial, método de rotação oblíqua, que revelou cinco fatores explicando o Clima de Segurança no Trabalho: 1) comprometimento da empresa, 2) comprometimento pessoal, 3) comprometimento dos colegas, 4) regras de segurança da empresa e 5) recursos e estratégias de segurança. Os resultados da análise fatorial revelaram ainda que a melhor estrutura deveria englobar 36 dos 46 itens iniciais. Considera-se que a medida de clima de segurança apresentou-se em acordo com a teoria sobre o tema e demonstrou indicadores psicométricos adequados que sustentam sua validade de construto. A versão final do instrumento de medida de Clima de Segurança no Trabalho apresentou indicativos de validade e precisão para os trabalhadores pesquisados. O questionário de Investimento em Segurança no Trabalho foi construído baseando-se nos critérios: Normas Regulamentadoras de Segurança, políticas de gestão em segurança, controle de acidentes, controle de equipamentos de segurança individual e capacitação em segurança no trabalho. O questionário foi analisado de acordo com uma pontuação escolhida pela pesquisadora com base na relevância de cada critério para a segurança no trabalho. A empresa que mais investiu em segurança no trabalho foi a que obteve maior pontuação no critério Capacitação em Segurança no Trabalho; as pontuações nesse critério variaram entre 1 e 500 pontos. Para todos os itens do questionário foram utilizados valores que variaram entre -30 e 500 pontos. Os resultados permitem afirmar que o Clima de Segurança no Trabalho foi mais elevado nas empresas que investiam mais na segurança dos trabalhadores, confirmando o que a teoria sobre o construto clima de segurança no trabalho ressalta. / The present study aimed on evaluating the Safety Climate at Work. A Scale of Safety Climate at Work (CLIMA-ST) has been built as well as a questionnaire to verify the Investment in Safety. The final version of the CLIMA-ST. When it comes to the validity procedures, there were 407 participants in the study all employees of four companies located in the state of Santa Catarina, average age 34,4 years old (DP=10,9), 87% men, level of education varying from incomplete elementary school degree to college degree, all allocated in different departments within the companies. Fifty items were submitted to the content and semantics validity, which counted on the judgment of nine professors who were specialized in the area. Ninety-five percent of the judges considered the content appropriate as well as relevant and pertinent, and they also considered the items well-formulated. After the analysis, four items were excluded from the scale. The accuracy of the CLIMA-ST scale was verified by the alfa de Cronbach, with a ?=0,90 result, suggesting satisfactory internal consistency towards the scale. The construct validity was verified through a factorial analysis, oblique rotation method, which revealed five factors explaining the Safety Climate at Work: 1) level of commitment of the company, 2) personal commitment, 3) colleagues' commitment, 4) the company's commitment rules, 5) resources and safety strategies. The results for the factorial analysis also indicated that the best structure should encompass thirty-six from the initial forty-six items. The Safety Climate measurement is considered to be in accordance with the theory about the theme and demonstrated appropriate psychometric indicators which support its validity of construct. The final version of the measurement instrument of Safety Climate at Work indicated suggestion of validity and accuracy for the analyzed population. The questionnaire of Investment in Safety at Work was developed based on the following criteria: Safety Regulatory Norms, Policy of Safety Management, accident control, Safety equipment control, and safety at work training. The questionnaire was analyzed according to a punctuation defined by the researcher based on the relevance for each criterion for safety at work. The company that invested the most in safety at work was the one that obtained the highest punctuation in the Safety at Work Training criterion. The punctuation in this criterion varied from 1 and 500 points. For every item in the questionnaire, values ranging from -30 and 500 points were used. Due to the results, it is possible to affirm that the Safety Climate at Work was the most appropriate in those companies which invested more in the safety of the employees, confirming what the theory about the construct "safety climate at work" highlights.
28

A gestão da segurança do trabalho sob a ótica da teoria da complexidade

Assmann, Rômulo January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração. / Made available in DSpace on 2012-10-22T15:53:14Z (GMT). No. of bitstreams: 1 230039.pdf: 621287 bytes, checksum: 41d05ee95f3de31b23d9bacdb01c042d (MD5) / As organizações apresentam características dinâmicas que determinam a sua gestão, a sua inserção no contexto social e a percepção que seus agentes têm de suas estruturas operacionais e relacionais. Entretanto, estas características muitas vezes não atendem às constantes mudanças do ambiente organizacional, necessitando de uma nova forma de pensar as organizações e seus processos, expectativa esta que pode ser atendida pela Teoria da Complexidade, que trata da possibilidade dos sistemas se adaptarem a partir da sua percepção do ambiente e com isso realizar ações visando o seu desenvolvimento. Dentre estes processos presentes na organização está a segurança do trabalho, que trata do estudo das condições de trabalho visando a redução dos riscos e a preservação da vida humana. O objetivo desta pesquisa é conhecer ar possibilidade de utilização dos pressupostos teóricos da Teoria da Complexidade para a melhoria dos processos prevencionistas. Para isto foi realizado um estudo em uma empresa do setor de energia elétrica, que apresenta atividades com alto grau de risco, com o objetivo de analisar, principalmente através da percepção dos empregados da instituição, a aplicação dos conceitos da Gestão Autônoma - autonomia, cooperação, agregação e auto-organização - visando melhorar as ações preventivas da referida organização. Para isso, a investigação foi baseada em uma abordagem pesquisa qualitativa. Os dados coletados permitiram examinar a percepção dos empregados frente ao tema, relacionar a teoria da complexidade com a gestão autônoma e propor ações de melhoria da gestão da segurança do trabalho a partir destes pressupostos. Os resultados obtidos evidenciaram que as implicações da Teoria da Complexidade se fazem presentes nos processos prevencionistas nas organizações, e que a aplicação da Gestão Autônoma se torna uma ferramenta de complemento importante para os sistemas de segurança do trabalho existentes. Os achados desta pesquisa evidenciaram que a utilização do potencial humano se torna um diferencial para a redução dos acidentes e melhoria dos ambientes de trabalho, através do desenvolvimento da sua capacidade de análise, julgamento e tomada de decisão.
29

Avaliação do sistema de pontuação e da validade preditiva de um método de auditoria de sistemas de gestão da segurança e saúde no trabalho

Chanin, Carlo do Amaral January 2011 (has links)
O objetivo dessa dissertação é avaliar a validade preditiva e o sistema de pontuação de um método de auditoria de sistemas de gestão de segurança e saúde no trabalho. Inicialmente, contribuindo para justificar o tema de pesquisa, foi realizada uma revisão bibliográfica sobre segurança e saúde no trabalho no setor elétrico brasileiro. Quanto à avaliação, ela foi realizada com base em dados coletados durante a aplicação do método de auditoria desenvolvido por Costella, 2008 em uma empresa de distribuição de energia elétrica. Para a avaliação do sistema de pontuação, que havia sido considerado muito subjetivo em estudos anteriores, quatro indivíduos foram solicitados a atribuir notas para cada item do método de auditoria. As notas individuais foram então comparadas, sendo investigado, qualitativamente, se as diferenças nas notas individuais eram mais influenciadas pela subjetividade do sistema de pontuação ou pelo perfil dos avaliadores. Os resultados apontaram que o único avaliador que não participou da coleta de dados atribuiu notas substancialmente diferentes dos demais avaliadores. Com a finalidade de avaliar a validade preditiva, os problemas detectados durante a aplicação do método foram confrontados com um banco de dados de incidentes registrados durante um período de 6 meses na mesma empresa, após a aplicação do método. Concluiu-se que o método havia identificado problemas relacionados a 85% dos incidentes.
30

A segurança do trabalho na indústria da construção civil

Carvalho, Verbena Duarte Brito January 1984 (has links)
Identificando a segurança do trabalho como um fator de produtividade, a presente pesquisa analisa a situação da segurança do trabalho na Indústria da Construção civil no Rio Grande do Sul, mais especificamente na Região da Grande Porto Alegre, baseando-se em levantamento das condições de funcionamento dos Serviços Especializados em Segurança e Medicina do Trabalho de 14 empresas da região e na análise de 3.450 acidentes ocorridos nos anos de 1981, 1982 e 1º trimestre de 1983. O levantamento dos 3,450 acidentes, além de propiciar uma análise de custo do tempo de afastamento do acidentado, objetivou o conhecimento de variáveis que exercem influência na ocorrência de acidentes: a profissão, dia da semana, hora e etapa da obra (com quem, quando e onde ocorrem acidentes em um canteiro de obras). A partir desse estudo, sgo sugeridas medidas para a i-m plementação dos serviqos de segurança das empresas. / This research work is geared to study the state of affairs in site safety in the buflding construction industry of Rio Grande do Sul, more especiff cally in the Metropolitan Region of Porto Alegre. The identificatfon of safety as a factor affecting productivity is a constant preoccupation underlying the development of the thesis. A total of 3450 accidents ocurring from 1981 up to July 1983 were analysed; a report on each accident was obtained from the safety-concerned sectors of the 14 building firms visited. The data amassed allowed the evaluation of average costs incurred with the absence of the workers from the building site during the first 15 days after the accident (which according to Brazilian law are at the expense of the employer). It was also possible to evaluate the influence of such variables as trade, hour of the day, day of the week and stage of site psogress in the ocurrence of accidents. The research conclusions put forward ways of improving the mandatory and non-mandatory safety regulations and attitudes in the construction industry.-

Page generated in 7.1211 seconds