• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 921
  • 18
  • 16
  • 12
  • 12
  • 12
  • 10
  • 9
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 961
  • 466
  • 141
  • 137
  • 127
  • 126
  • 124
  • 112
  • 92
  • 86
  • 80
  • 73
  • 64
  • 60
  • 59
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação da efetividade de diferentes produtos na redução da permeabilidade da dentina radicular e resistência a desafios ácidos / Evaluation of the effectiveness different products in reducing the permeability of root dentin and resistance to acids challenges

Domingues, José Eduardo Gomes [UNESP] 10 November 2014 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2016-12-09T13:52:20Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2014-11-10. Added 1 bitstream(s) on 2016-12-09T13:55:25Z : No. of bitstreams: 1 000874746.pdf: 854515 bytes, checksum: fddf647e713bd4bfdd836e2a83fff0c2 (MD5) / O objetivo deste estudo foi avaliar in vitro a efetividade de diferentes agentes dessensibilizantes para tratamento da hipersensibilidade dentinária cervical (HSDC), na redução da permeabilidade dentinária e resistência a desafios ácidos da dieta. Material e métodos: Foram utilizados 75 dentes terceiros molares recém extraídos, seccionadas as coroas dentárias ao nível da junção cemento-esmalte, o tecido pulpar removido e a dentina radicular cervical exposta utilizando uma fresa cilíndrica de alta rotação (aproximadamente 1 mm de profundidade); somente esta parte do dente ficou exposta, pois o restante foi coberto com esmalte preto. De cada raiz um espécime foi preparado, totalizando 75 espécimes distribuídos randomicamente em três grupos de 25: I -Biosilicato®, II - Colgate Sensitive PróAlívio® e III - Desensibilize Nano P® . Os espécimes foram fixados a um aparelho de pressão hidráulica para avaliar as alterações na permeabilidade da dentina após os tratamentos com os agentes dessensibilizantes e após desafios ácidos. A permeabilidade da dentina foi medida após as seguintes etapas sequenciais: (1) após condicionamento ácido dos espécimes; (2) após tratamento com os agentes dessensibilizantes; (3) após três desafios ácidos sequenciais com diferentes substâncias comumente consumidas (limão, vinagre, vinho branco, Coca Cola® e Red Bull®). Os testes de Kruskall-Wallis, comparações múltiplas de Bonferroni e ANOVA não paramétrica com medidas repetidas foram aplicados para a análise estatística dos dados e o nível de significância considerado foi de 5% (p<0.05). Resultados: Todos os produtos foram eficazes na redução da permeabilidade dentinária (p<0.001). Adicionalmente foi verificado que a permeabilidade residual foi menor no grupo de amostras tratadas com Biosilicato® (32.98±13.71%) em relação ao grupo de amostras que foram tratadas...(Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / The aim of the study was to evaluate in vitro the effectiveness of different desensitizing agents for the treatment of cervical dentinal hypersensitivity in the reduction of dentine permeability and resistance to challenges with different acids of diet. Material and Methods: Were used, 75 freshly extracted third molars. The crowns of these teeth were sectioned at the cementum-enamel junction, the pulp tissues were removed and the cervical root dentins were exposed using a cylindrical drill associated with a high speed device (1 mm of deepness). Only these parts of the teeth were exposed because the rest was covered with black enamel. These 75 specimens were randomly allocated in three groups of 25: I -Biosilicato®, II - Colgate Sensitive Pró-Alívio® e III - Desensibilize Nano P® . The specimens were fixed to a hydraulic pressure device for assessing the variation in the dentine permeability after treatments with the desensitizing agents and after acid challenges with different beverages. The dentine permeability was measured after the following sequential steps: (1) after the acid etching of the specimens; (2) after the application of the desensitizing agents; (3) After three sequential acid challenges with different commonly consumed substances (Lemon, vinegar, white wine, coke®, energetic). Kruskall-Wallis teste, Bonferroni multiple comparison and nonparametric ANOVA with repeated measures they were applied for the statistical analysis and the significance level was set to 0.05. Results: All the desensitizing agents were effective to reduce the dentine permeability (p <0.001). Additionally, the Biosilicate® group showed a lower residual dentine permeability (32.98±13.71%) compared with the groups of samples treated by the Colgate Sensitive Pro-Relief® (53.14% ± 13:30) and with the Desensitive Nano P® (55.82±17.35%) (p <0.001). It was showed that all the substances...(Complete abstract electronic access below)
2

Avaliação da efetividade de diferentes produtos na redução da permeabilidade da dentina radicular e resistência a desafios ácidos /

Domingues, José Eduardo Gomes. January 2014 (has links)
Orientador: José Eduardo Cezar Sampaio / Banca: Daniela Leal Zandim-Barcelos / Banca: Joni Augusto Cirelli / Banca: Letícia Helena Theodoro / Banca: Juliana Rico Pires / Resumo: O objetivo deste estudo foi avaliar in vitro a efetividade de diferentes agentes dessensibilizantes para tratamento da hipersensibilidade dentinária cervical (HSDC), na redução da permeabilidade dentinária e resistência a desafios ácidos da dieta. Material e métodos: Foram utilizados 75 dentes terceiros molares recém extraídos, seccionadas as coroas dentárias ao nível da junção cemento-esmalte, o tecido pulpar removido e a dentina radicular cervical exposta utilizando uma fresa cilíndrica de alta rotação (aproximadamente 1 mm de profundidade); somente esta parte do dente ficou exposta, pois o restante foi coberto com esmalte preto. De cada raiz um espécime foi preparado, totalizando 75 espécimes distribuídos randomicamente em três grupos de 25: I -Biosilicato®, II - Colgate Sensitive PróAlívio® e III - Desensibilize Nano P® . Os espécimes foram fixados a um aparelho de pressão hidráulica para avaliar as alterações na permeabilidade da dentina após os tratamentos com os agentes dessensibilizantes e após desafios ácidos. A permeabilidade da dentina foi medida após as seguintes etapas sequenciais: (1) após condicionamento ácido dos espécimes; (2) após tratamento com os agentes dessensibilizantes; (3) após três desafios ácidos sequenciais com diferentes substâncias comumente consumidas (limão, vinagre, vinho branco, Coca Cola® e Red Bull®). Os testes de Kruskall-Wallis, comparações múltiplas de Bonferroni e ANOVA não paramétrica com medidas repetidas foram aplicados para a análise estatística dos dados e o nível de significância considerado foi de 5% (p<0.05). Resultados: Todos os produtos foram eficazes na redução da permeabilidade dentinária (p<0.001). Adicionalmente foi verificado que a permeabilidade residual foi menor no grupo de amostras tratadas com Biosilicato® (32.98±13.71%) em relação ao grupo de amostras que foram tratadas...(Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The aim of the study was to evaluate in vitro the effectiveness of different desensitizing agents for the treatment of cervical dentinal hypersensitivity in the reduction of dentine permeability and resistance to challenges with different acids of diet. Material and Methods: Were used, 75 freshly extracted third molars. The crowns of these teeth were sectioned at the cementum-enamel junction, the pulp tissues were removed and the cervical root dentins were exposed using a cylindrical drill associated with a high speed device (1 mm of deepness). Only these parts of the teeth were exposed because the rest was covered with black enamel. These 75 specimens were randomly allocated in three groups of 25: I -Biosilicato®, II - Colgate Sensitive Pró-Alívio® e III - Desensibilize Nano P® . The specimens were fixed to a hydraulic pressure device for assessing the variation in the dentine permeability after treatments with the desensitizing agents and after acid challenges with different beverages. The dentine permeability was measured after the following sequential steps: (1) after the acid etching of the specimens; (2) after the application of the desensitizing agents; (3) After three sequential acid challenges with different commonly consumed substances (Lemon, vinegar, white wine, coke®, energetic). Kruskall-Wallis teste, Bonferroni multiple comparison and nonparametric ANOVA with repeated measures they were applied for the statistical analysis and the significance level was set to 0.05. Results: All the desensitizing agents were effective to reduce the dentine permeability (p <0.001). Additionally, the Biosilicate® group showed a lower residual dentine permeability (32.98±13.71%) compared with the groups of samples treated by the Colgate Sensitive Pro-Relief® (53.14% ± 13:30) and with the Desensitive Nano P® (55.82±17.35%) (p <0.001). It was showed that all the substances...(Complete abstract electronic access below) / Doutor
3

Biofilme de dermatófitos in vitro e ex vivo: formação, arquitetura e sensibilidade / Biofilm of dermatophytes in vitro and ex vivo: formation, architecture and susceptibility

Correia, Edmilson Emanuel Monteiro 01 December 2016 (has links)
CORREIA, E. E. M. Biofilme de dermatófitos in vitro e ex vivo: formação, arquitetura e sensibilidade. 2016. 85 f. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Médica) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. / Submitted by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-01-18T14:06:48Z No. of bitstreams: 1 2016_dis_eemcorreia.pdf: 2341180 bytes, checksum: 7cc18f16b0690c9f4a3ac5ede78a997a (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-01-18T14:06:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_dis_eemcorreia.pdf: 2341180 bytes, checksum: 7cc18f16b0690c9f4a3ac5ede78a997a (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-18T14:06:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_dis_eemcorreia.pdf: 2341180 bytes, checksum: 7cc18f16b0690c9f4a3ac5ede78a997a (MD5) Previous issue date: 2016-12-01 / The microorganisms when presented in biofilm express properties different from when they are in the planktonic form. One of these properties is a higher resistance to antimicrobial agents. The aim of this study was to evaluate the formation of dermatophytes’ biofilms in in vitro and ex vivo assay performed in polystyrene coverslip and nail fragments, respectively, and their susceptibility to three antifungal agents (itraconazole, voriconazole and griseofulvin) in planktonics and biofilm forms. To this end, at first, they were used 26 strains isolated from clinical specimens of human and animal: Trichophyton rubrum (4) Trichophyton tonsurans (6), Trichophyton mentagrophytes (3), Microsporum gypseum (3) e Microsporum canis (10). The biofilms were initially formed in microdilution plates, and the strains were classified by the amount of biomass as non producers (2/26), weak (7/26), moderate (1/26) and strong biofilm producers (16/26). Then, strains, strong producers of biofilms, were chosen, one of each species, to biofilm formation in coverslip Thermanox® and nail fragments for later analysis by optical, confocal and scanning electron microscopy. The analyzes demonstrated that all species formed biofilms in vitro and ex vivo, with different density and architecture. M. gypseum and M. canis produced biofilms with higher and lower amounts of biomass, respectively. At a second step, according to the recommendations of the CLSI M38-A2 protocol, the minimum inhibitory concentration (MIC) values for the three antifungal agents against these 26 strains were determined, in the planktonic form. MICs values ranged from 0.00195-0.25 μg/ml for itraconazol, 0.00195-0.125 for voriconazole and <0.0039-4 μg / ml for griseofulvin. Subsequently, biofilms were formed, in microdilution plates and treated with the same drugs, in MIC, 10 x MIC and 50 x MIC values. The cell viability of the biofilms was quantified using the XTT colorimetric assay. In order to significantly reduce the metabolic activity of biofilms (P <0.05), 50 x MIC was required, for the three drugs. This study may contribute to improve the understanding of the pathophysiology of the microorganism and tolerance or resistance to treatment. / Os micro-organismos quando se apresentam em biofilme expressam propriedades distintas de quando estão na forma planctônica. Uma dessas propriedades é uma maior tolerância aos agentes antimicrobianos. O objetivo deste estudo foi avaliar a formação biofilmes de dermatófitos in vitro e ex vivo, em lamínulas de poliestireno e fragmentos de unha, respectivamente, bem como a sua sensibilidade a três agentes antifúngicos (itraconazol, voriconazol e griseofulvina) na forma plantônica e em biofilmes. Para tal, num primeiro momento, foram utilizadas 26 cepas isoladas de espécimes clínicos de origem humana e animal: Trichophyton rubrum (4) Trichophyton tonsurans (6), Trichophyton mentagrophytes (3), Microsporum gypseum (3) e Microsporum canis (10). Os biofilmes foram, inicialmente, formados em placas de microdiluição, e as cepas foram classificadas, pela quantidade de biomassa, como não formadoras (2/26), fracas (7/26), moderada (1/26) e fortes formadoras de biofilme (16/26). Em seguida, cepas fortes formadoras de biofilmes foram escolhidas, sendo uma de cada espécie, para formação de biofilmes em lamínulas e fragmentos de unha, para análises pela microscopia óptica, confocal e eletrônica de varredura, posteriormente. As análises demonstraram que todas as espécies formaram biofilmes in vitro e ex vivo, com densidade e arquitetura distintas. M. gypseum e M. canis produziram biofilmes com maior e menor quantidade de biomassa, respectivamente. Em um segundo momento, conforme as preconizações do documento M38-A2 do CLSI, foram determinadas as concentrações inibitória mínima (CIMs) das três drogas contra as 26 cepas de dermatófitos, na forma plantônica. Os valores CIMs variaram entre 0,00195-0,25 µg/ml para itraconazol; 0,00195-0,125 para voriconazol e <0,0039-4 µg/ml para griseofulvina. Posteriormente foram formados biofilmes, em placas de microdiluição, que foram tratados com as mesmas drogas, nos valores de CIM, 10 x CIM e 50 x CIM. A viabilidade celular dos biofilmes foi quantificada utilizando o ensaio colorimétrico XTT. Para reduzir de forma significativa a atividade metabólica dos biofilmes (P<0,05) foi necessário usar 50 x CIM, para as três drogas. Este estudo pode contribuir para melhorar a compreensão da fisiopatologia do microrganismo e tolerância ou resistência ao tratamento.
4

Biofilmes do complexo Sporothrix schenckii: formação e sensibilidade in vitro / Sporothrix schenckii complex biofilms: in vitro formation and susceptibility

Aguiar, Felipe Rodrigues Magalhães de 17 November 2016 (has links)
AGUIAR, F. R. M. Biofilmes do complexo Sporothrix schenckii: formação e sensibilidade in vitro. 2016. 97 f. Dissertação (Mestrado em Microbiologia Médica) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. / Submitted by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-01-18T14:13:06Z No. of bitstreams: 1 2016_dis_frmaguiar.pdf: 2310499 bytes, checksum: 79ee5f07e4f132b127796c1e72156695 (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2017-01-18T14:13:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_dis_frmaguiar.pdf: 2310499 bytes, checksum: 79ee5f07e4f132b127796c1e72156695 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-01-18T14:13:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_dis_frmaguiar.pdf: 2310499 bytes, checksum: 79ee5f07e4f132b127796c1e72156695 (MD5) Previous issue date: 2016-11-17 / Sporotrichosis is a cosmopolitan subcutaneous mycosis, found mainly in tropical and subtropical areas of Latin America, caused by species of Sporothrix schenckii complex. The aim of this study was to demonstrate the capacity of Sporothrix schenckii complex to produce in vitro biofilms and to determine the profile of these biofilms against to classical antifungal drugs. Four species from Sporothrix schenckii complex were used: S. brasiliensis (n=10), S. schenckii sensu stricto (n=2), S. globosa (n=2) and S. mexicana (n=4). The formation of biofilms was performed by transferring inoculum of 2 x 105 conidia/mL for microdilution plates, which were incubated at 25 °C for 5 days. After each day of incubation, XTT and Crystal Violet assays were made to determine the metabolic activity and biomass of biofilm, respectively. For susceptibility tests, three different concentrations (planktonic MIC, 10 x MIC and 50 x MIC) of antifungals amphotericin B (AMB), caspofungin (CAS), ketoconazole (KTC), voriconazole (VRC) and fluconazole (FLC) were transferred to biofilm wells, which were incubated for 72 hours at 25 °C. The biofilms profile then antifungal drugs presence was determined by the XTT and crystal violet assays. Biofilms were produced in Thermanox™ coverslips for viewing by optical microscopy with congo-red staining, scanning electron microscopy and confocal microscopy. It was found that all species from S. schenckii complex are strong biofilm-forming, with no difference formation between them. Absorbance of biofilm after drug exposure showed that biomass and metabolic activity was significantly reduced (p<0.05), mainly in S. brasiliensis. Antifungal drugs tested showed metabolic activity and biomass reduction, especially at concentrations 50 times higher than the planktonic MICs, demonstrating the protective increase in sessile form when compared for planktonic form. / A esporotricose é uma micose subcutânea cosmopolita, encontrada, principalmente, em áreas tropicais e subtropicais da América Latina, sendo causada por espécies do complexo Sporothrix schenckii. O objetivo deste estudo foi demonstrar a capacidade de fungos do complexo S. schenckii de produzir biofilmes in vitro e determinar o perfil desses biofilmes frente às drogas antifúngicas clássicas. Foram utilizadas 4 espécies do complexo Sporothrix schenckii: S. brasiliensis (n=10), S. schenckii sensu stricto (n=2), S. globosa (n=2) e S. mexicana (n=4). A formação dos biofilmes foi feita através da transferência de inóculos de 2 x 105 conídios/mL para placas de microdiluição, que foram incubadas a 25 °C por 5 dias. Após cada dia de incubação, realizaram-se ensaios de XTT e Cristal violeta, para se determinar a atividade metabólica e biomassa dos biofilmes, respectivamente. Para os ensaios de sensibilidade, três concentrações diferentes (MIC planctônico, 10 x MIC e 50 x MIC) dos antifúngicos anfotericina B (AMB), caspofungina (CAS), cetoconazol (KTC), voriconazol (VRC) e fluconazol (FLC) foram transferidas para os poços com biofilmes, que foram incubados por 72 horas a 25 °C. O perfil dos biofilmes frente às drogas antifúngicas foi determinado através de ensaios de XTT e cristal violeta. Biofilmes foram produzidos em lamínulas de Thermanox™ para visualização através de microscopia óptica com coloração de vermelho-congo, microscopia eletrônica de varredura e microscopia confocal. Verificou-se que todas as espécies do complexo S. schenkii são fortes formadoras de biofilme, não havendo diferença de formação entre as espécies. A absorbância dos biofilmes após exposição às drogas demonstrou que a biomassa e a atividade metabólica foram reduzidas de forma significativa (p<0,05), principalmente, em S. brasiliensis. Os antifúngicos testados mostraram redução na atividade metabólica e biomassa, principalmente, em concentrações 50 vezes maiores que os MICs planctônicos, demonstrando o incremento protetivo que a forma séssil possui frente à forma planctônica.
5

Modernidade aos goles : a produção de uma sensibilidade moderna em Campina Grande, 1904 a 1935

AGRA, Giscard Farias 31 January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:31:41Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo3356_1.pdf: 3739972 bytes, checksum: d8a3ddb6f526996c5fba19727ca5657b (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2008 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Este texto tem por objetivo investigar as redes discursivas e não discursivas que produziram nos moradores de Campina Grande novas maneiras de ver e dizer a cidade e os seus elementos, informados por uma sensibilidade moderna, nas primeiras décadas do século XX. Investigamos, assim, os fios que enredaram e produziram diversos aspectos da cidade e da vida de seus moradores, propiciando a emergência e a hegemonia dessa nova sensibilidade. Assim, problematizamos a historiografia local quanto aos estudos sobre modernidade, tentando escapar à análise que privilegia a dimensão material do moderno e vincula-o ao conceito de modernização. Lançamos, desta maneira, uma nova possibilidade de abordagem da modernidade em Campina Grande, entendendo-a a partir das promessas simbólicas do Iluminismo, especialmente na pretensão de superação, pelo homem, de sua dependência para com os elementos naturais, movimento representado pela culturalização/cientificização da natureza. Escolhemos, assim, como evento inaugural de nossa narrativa o embate sobre a questão da pasteurização do leite, em 1935, construindo-o como simbólico da hegemonia de uma nova sensibilidade, um evento produzido pelos diversos fios que constroem a idéia de modernidade urbana, estando presentes tanto o desenvolvimento técnicocientífico e a dicotomia campo versus cidade, quanto a pretensão de construção de um corpo moderno, produtivo, vigiado e controlado
6

Sensibilidade as condições iniciais para endomorfisnos do intervalo

Mascarenhas, Walter Figueiredo, 1964- 14 July 2018 (has links)
Orientador : Marco Antonio Teixeira / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Matematica, Estatistica e Computação Científica / Made available in DSpace on 2018-07-14T14:55:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Mascarenhas_WalterFigueiredo_M.pdf: 1105507 bytes, checksum: 294dec1238f713fed70ae3a9def88b86 (MD5) Previous issue date: 1986 / Resumo: Este trabalho trata de sensibilidade às condições iniciais (S.C.I.) para endomorfismos do intervalo. Mais precisamente para endomorfismos f com f ' Lipchtzsiana. Inicialmente são discutidos resultados gerais sobre S.C.I. e sua relação com estabilidade estrutural. Em seguida ê feita uma caracterização topológica de S.C.I. para funções de uma certa classe de endomorfismos unimodais. Finalmente é exibida uma família à um parâmetro de endomorfismos {f?} , ? ? (0, ?0), tal que se ? ? (0, ?0) então: i) Os conjuntos dos ? ? (0, ?) para os quais apresenta S.C.I. tem medida de Lebesgue maior ou igual é ?(1-| log ?| - 1 ). ii) Existe um conjunto aberto de ?s ? (0, ?) tais que f? não apresenta S.C.I. A família f? foi apresentada e estudada em [C.E.]. Neste artigo foram usados resultados de [G]. Observamos que a família f? não satisfaz as hipóteses de G. Neste trabalho mostramos que ainda assim, os resultados de [G] podem ser aplicados a f? / Abstract: We consider sensitivity to initial conditions for endomorphisms f of the unit interval such that f' is Lipschitzian. We begin by discussing general results on sensitivity and their relationship to structural stability. Next, a topological characterization for a certain class of unimodal endomorphisms is given. Finally, we exhibit a family {ft}, t ? (0, t0), of one-parameter endomorphisms such that, if ? ? (0, t0), then: a) The set of t ? (0, ?) for which ft shows sensitivity to initial conditions has Lebesgue measure greater than or equal to ?(1-| log ?| - 1 ). b) There exists an open set of t ? {0, ?) such that ft does not show sensitivity to initial conditions / Mestrado / Mestre em Matemática
7

Perimetria computadorizada com estrategias SITA STANDARD e FULL THRESHOLD em individuos normais que realizam o exame pela primeira vez

Schimiti, Rui Barboso 28 July 2003 (has links)
Orientador: Vital Paulino Costa / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-08-03T18:43:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Schimiti_RuiBarboso_D.pdf: 2498768 bytes, checksum: 8ae862e6198fb02c1a071c668cb12db6 (MD5) Previous issue date: 2003 / Resumo: O objetivo deste trabalho é comparar o exame de perimetria computadorizada utilizando a estratégia convencional Full Threshold e a estratégia SITA standard, em indivíduos normais que realizam o exame de campo visual pela primeira vez. Oitenta indivíduos normais que nunca haviam realizado exame de campo visual foram submetidos à perimetria computadorizada com as estratégias Full Threshold e SITA standard (programa 30-2) no mesmo dia, com intervalo de 15 minutos entre elas. A ordem dos exames foi aleatória, avaliando-se somente um olho por paciente. Compararam-se os índices de confiabilidade, o número de exames não confiáveis, o limiar foveal, o mean deviation, o pattern standard deviation, o glaucoma hemifield test, o tempo de exame, o número de pontos com p<5%, p<2%, p<1% e p<0,5% nos gráficos de probabilidades total e pattern deviation e a especificidade das estratégias Full Threshold e SITA standard. Realizaram-se análises comparativas, incluindo: 1) Todos os exames independentemente da ordem de realização; 2) Somente os primeiros exames; 3) Somente os segundos exames. Utilizou-se o teste de Kruskal-Wallis para a análise de variáveis contínuas e os testes de qui-quadrado ou Fischer para a análise de variáveis categóricas. Valores de p < 0,05 foram considerados estatisticamente significantes. Quando os resultados de todos os exames Full Threshold e SITA standard foram analisados independentemente da ordem em que foram realizados, o número de pontos suspeitos com p<5%, p<2% and p<1% no gráfico de probabilidades pattern deviation foi significativamente maior com a estratégia SITA standard (p<0,05). A especificidade foi de 50% para SITA standard e de 72,5% para Full Threshold (p=0,006). Quando somente os primeiros exames foram comparados, o número de pontos suspeitos com p<5%, p<2% e p<1% nos gráficos total e pattern deviation foi significativamente maior com a estratégia SITA standard (p<0,05) e as especificidades foram de 38,1% e de 63,16% para as estratégias SITA standard e Full Threshold, respectivamente (p=0,044). Quando somente os segundos exames foram comparados, não houve diferenças estatisticamente significantes entre o número de pontos suspeitos e entre as especificidades de ambas estratégias (73,69% para SITA standard e 71,43% para Full Threshold) (p>0,05). Conclui-se que indivíduos normais sem experiência prévia com perimetria computadorizada podem apresentar um maior número de pontos com sensibilidade diminuída nos gráficos de probabilidades pattern deviation quando a estratégia SITA standard é empregada, diminuindo a especificidade do teste em relação à Full Threshold. Entretanto, essas diferenças desaparecem num segundo exame, sugerindo que ambas as estratégias se comportam de modo semelhante em indivíduos experientes em perimetria / Abstract: The aim of this study is to compare the automated perimetry making use of the conventional Full Threshold strategy to the SITA standard in normal individuals who undergo the visual field exam for the first time. Eighty normal individuals who had never undergone visual field exams before were submitted to automated perimetry with both the conventional Full Threshold strategy and the SITA standard (program 30-2) on the same day, with an interval of 15 minutes. The order of the exams was aleatory, and only one eye per patient was analyzed. Reliability indices, number of unreliable exams, foveal threshold, mean deviation, pattern standard deviation, the glaucoma hemifield test, test duration, the number of points with p<5%, p<2%, p<1% and p<0.5% on the total and pattern deviation probability maps and the specificity of the Full Threshold and SITA standard strategies were compared. Comparative analyses were carried out, including 1) All the exams regardless of the application order; 2) Only the first exams; 3) Only the second exams. The Kruskal-Wallis test was used to analyse continuous variables and the Chi-square or Fischer tests to analyze categoric variables. P values < 0.05 were considered statistically significant. When the results of all the Full Threshold and SITA standard exams were analyzed regardless of the order in which they were performed, the number of depressed points with p<5%, p<2% and p<1% in the pattern deviation probability map was significantly greater with the SITA standard strategy (p<0.05). The specificity was 50% for SITA standard and 72.5% for Full Threshold (p=0.006). When only the first exams were compared, the number of depressed points with p<5%, p<2% and p<1% in the total and pattern deviation maps was significantly greater with the SITA standard (p<0.05) and the specificities were 38.1% and 63.16% for the SITA standard and Full Threshold strategies, respectively (p=0.044). When only the second exams were compared, there were no statistically significant differences between the number of depressed points and between the specificities of both strategies (73.69% for SITA standard and 71.43% for Full Threshold) (p>0.05). In conclusion, normal individuals without previous experience with perimetry may present a greater number of points with reduced sensitivity in the pattern deviation probability maps when the SITA standard strategy is used, decreasing the specificity of the test in relation to the Full Threshold. However, these differences disappear in a second exam, suggesting that both strategies behave similarly in perimetrycally experienced individuals / Doutorado / Oftalmologia / Doutor em Ciências Médicas
8

Ação de bebidas com teor ácido sobre a permeabilidade dentinária: estudo in vitro

Maria Cecília Ribeiro de Mattos 20 June 2005 (has links)
A hiperestesia dentinária não é uma condição de dor incomum na odontologia. Porém, mesmo diante dos inúmeros trabalhos efetuados, sua compreensão ainda não é total. A teoria da Hidrodinâmica, que melhor explica a ocorrência dessa situação clínica, baseia-se no movimento do fluido dentinário através dos túbulos como provável desencadeador da dor, O estudo do consumo de bebidas de alto teor ácido e seus efeitos sobre as estruturas dentárias é também bastante explorado pelas pesquisas em geral . O presente trabalho analisou, in vitro, as alterações da permeabilidade dentinária frente à exposição à Coca Cola regular, Coca Cola light, sucos de laranja natural e artificial e Cerveja. Realizou-se o teste da condutividade hidráulica em 50 discos de dentina, divididos em 5 grupos correspondentes às bebidas analisadas, avaliados após 3 e 5 minutos do contato com cada bebida. Os resultados foram analisados estatisticamente através do teste de variação e teste de Duncan. Os resultados mostraram que: as bebidas de teor ácido estudadas exerceram efeito sobre a condutividade hidráulica de dentina; não houve diferença estatisticamente significante entre os valores condutividade hidráulica obtidos após 3 e 5 minutos; para os dois tempos estudados, os sucos de laranja exerceram efeito significantemente maior na condutividade hidráulica da dentina do que as bebidas do tipo \"Cola\" . Os efeitos destas e da Cerveja foram estatisticamente semelhantes. / Dentine hipersensibility isn\' t an unusual pain condition in dentistry. However, although many researches have been made about the subject, its comprehension is still not clear. Hidrodynamic theory, which better explains the clinical situation, is based on dentinal fluid movement through dentinal tubules as a cause of pain. The study of the acidic drinks and its effects over tooth structures is much explored in the recent researches. The present study analyzed, in vitro, the dentine permeability changes to the exposition to regular Coca Cola, Coca Cola light, natural and artificial oranges juices and beer. Hydraulic conductivity test has been made in 50 dentine discs, divided into 5 groups, during 3 and 5 minutes of contact with each drink. The results were statistically analyzed with the Duncan test. The findings demonstrate that acidic drinks have an effect over the dentine hydraulic conductivity. More over, there isn\' t significance differences between hydraulic conductivity values after 3 and 5 minutes. In both intervals of time, orange juices provided an extremely effect over dentine hydraulic conductibility when compared with like cola drinks. Beer effects and like cola drinks were statistically similar.
9

Sporothrix schenckii complex biofilms: in vitro formation and susceptibility / Biofilmes do complexo Sporothrix schenckii: formaÃÃo e sensibilidade in vitro

Felipe Rodrigues MagalhÃes de Aguiar 17 November 2016 (has links)
CoordenaÃÃo de AperfeiÃoamento de Pessoal de NÃvel Superior / Conselho Nacional de Desenvolvimento CientÃfico e TecnolÃgico / Sporotrichosis is a cosmopolitan subcutaneous mycosis, found mainly in tropical and subtropical areas of Latin America, caused by species of Sporothrix schenckii complex. The aim of this study was to demonstrate the capacity of Sporothrix schenckii complex to produce in vitro biofilms and to determine the profile of these biofilms against to classical antifungal drugs. Four species from Sporothrix schenckii complex were used: S. brasiliensis (n=10), S. schenckii sensu stricto (n=2), S. globosa (n=2) and S. mexicana (n=4). The formation of biofilms was performed by transferring inoculum of 2 x 105 conidia/mL for microdilution plates, which were incubated at 25 ÂC for 5 days. After each day of incubation, XTT and Crystal Violet assays were made to determine the metabolic activity and biomass of biofilm, respectively. For susceptibility tests, three different concentrations (planktonic MIC, 10 x MIC and 50 x MIC) of antifungals amphotericin B (AMB), caspofungin (CAS), ketoconazole (KTC), voriconazole (VRC) and fluconazole (FLC) were transferred to biofilm wells, which were incubated for 72 hours at 25 ÂC. The biofilms profile then antifungal drugs presence was determined by the XTT and crystal violet assays. Biofilms were produced in Thermanoxâ coverslips for viewing by optical microscopy with congo-red staining, scanning electron microscopy and confocal microscopy. It was found that all species from S. schenckii complex are strong biofilm-forming, with no difference formation between them. Absorbance of biofilm after drug exposure showed that biomass and metabolic activity was significantly reduced (p<0.05), mainly in S. brasiliensis. Antifungal drugs tested showed metabolic activity and biomass reduction, especially at concentrations 50 times higher than the planktonic MICs, demonstrating the protective increase in sessile form when compared for planktonic form. / A esporotricose à uma micose subcutÃnea cosmopolita, encontrada, principalmente, em Ãreas tropicais e subtropicais da AmÃrica Latina, sendo causada por espÃcies do complexo Sporothrix schenckii. O objetivo deste estudo foi demonstrar a capacidade de fungos do complexo S. schenckii de produzir biofilmes in vitro e determinar o perfil desses biofilmes frente Ãs drogas antifÃngicas clÃssicas. Foram utilizadas 4 espÃcies do complexo Sporothrix schenckii: S. brasiliensis (n=10), S. schenckii sensu stricto (n=2), S. globosa (n=2) e S. mexicana (n=4). A formaÃÃo dos biofilmes foi feita atravÃs da transferÃncia de inÃculos de 2 x 105 conÃdios/mL para placas de microdiluiÃÃo, que foram incubadas a 25 ÂC por 5 dias. ApÃs cada dia de incubaÃÃo, realizaram-se ensaios de XTT e Cristal violeta, para se determinar a atividade metabÃlica e biomassa dos biofilmes, respectivamente. Para os ensaios de sensibilidade, trÃs concentraÃÃes diferentes (MIC planctÃnico, 10 x MIC e 50 x MIC) dos antifÃngicos anfotericina B (AMB), caspofungina (CAS), cetoconazol (KTC), voriconazol (VRC) e fluconazol (FLC) foram transferidas para os poÃos com biofilmes, que foram incubados por 72 horas a 25 ÂC. O perfil dos biofilmes frente Ãs drogas antifÃngicas foi determinado atravÃs de ensaios de XTT e cristal violeta. Biofilmes foram produzidos em lamÃnulas de Thermanoxâ para visualizaÃÃo atravÃs de microscopia Ãptica com coloraÃÃo de vermelho-congo, microscopia eletrÃnica de varredura e microscopia confocal. Verificou-se que todas as espÃcies do complexo S. schenkii sÃo fortes formadoras de biofilme, nÃo havendo diferenÃa de formaÃÃo entre as espÃcies. A absorbÃncia dos biofilmes apÃs exposiÃÃo Ãs drogas demonstrou que a biomassa e a atividade metabÃlica foram reduzidas de forma significativa (p<0,05), principalmente, em S. brasiliensis. Os antifÃngicos testados mostraram reduÃÃo na atividade metabÃlica e biomassa, principalmente, em concentraÃÃes 50 vezes maiores que os MICs planctÃnicos, demonstrando o incremento protetivo que a forma sÃssil possui frente à forma planctÃnica.
10

Ação de bebidas com teor ácido sobre a permeabilidade dentinária: estudo in vitro

Mattos, Maria Cecília Ribeiro de 20 June 2005 (has links)
A hiperestesia dentinária não é uma condição de dor incomum na odontologia. Porém, mesmo diante dos inúmeros trabalhos efetuados, sua compreensão ainda não é total. A teoria da Hidrodinâmica, que melhor explica a ocorrência dessa situação clínica, baseia-se no movimento do fluido dentinário através dos túbulos como provável desencadeador da dor, O estudo do consumo de bebidas de alto teor ácido e seus efeitos sobre as estruturas dentárias é também bastante explorado pelas pesquisas em geral . O presente trabalho analisou, in vitro, as alterações da permeabilidade dentinária frente à exposição à Coca Cola regular, Coca Cola light, sucos de laranja natural e artificial e Cerveja. Realizou-se o teste da condutividade hidráulica em 50 discos de dentina, divididos em 5 grupos correspondentes às bebidas analisadas, avaliados após 3 e 5 minutos do contato com cada bebida. Os resultados foram analisados estatisticamente através do teste de variação e teste de Duncan. Os resultados mostraram que: as bebidas de teor ácido estudadas exerceram efeito sobre a condutividade hidráulica de dentina; não houve diferença estatisticamente significante entre os valores condutividade hidráulica obtidos após 3 e 5 minutos; para os dois tempos estudados, os sucos de laranja exerceram efeito significantemente maior na condutividade hidráulica da dentina do que as bebidas do tipo \"Cola\" . Os efeitos destas e da Cerveja foram estatisticamente semelhantes. / Dentine hipersensibility isn\' t an unusual pain condition in dentistry. However, although many researches have been made about the subject, its comprehension is still not clear. Hidrodynamic theory, which better explains the clinical situation, is based on dentinal fluid movement through dentinal tubules as a cause of pain. The study of the acidic drinks and its effects over tooth structures is much explored in the recent researches. The present study analyzed, in vitro, the dentine permeability changes to the exposition to regular Coca Cola, Coca Cola light, natural and artificial oranges juices and beer. Hydraulic conductivity test has been made in 50 dentine discs, divided into 5 groups, during 3 and 5 minutes of contact with each drink. The results were statistically analyzed with the Duncan test. The findings demonstrate that acidic drinks have an effect over the dentine hydraulic conductivity. More over, there isn\' t significance differences between hydraulic conductivity values after 3 and 5 minutes. In both intervals of time, orange juices provided an extremely effect over dentine hydraulic conductibility when compared with like cola drinks. Beer effects and like cola drinks were statistically similar.

Page generated in 0.0454 seconds