• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1
  • Tagged with
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Utilização de subprodutos do NIM (Azadirachta indica A. Juss) na associação micorrízica arbuscular em mudas de NIM

MONTE JUNIOR, Inácio Pascoal do 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:06:41Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo536_1.pdf: 2348840 bytes, checksum: e57d515f262d164d4891c29817f45598 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco / Devido aos seus múltiplos usos na medicina, produção de fertilizantes, controle de pragas etc., o cultivo comercial de nim (Azadirachta indica A. Juss.) vem crescendo em vários países do mundo, incluindo o Brasil. Fungos micorrízicos arbusculares (FMA) e subprodutos vegetais podem constituir alternativa eficiente para estimular o crescimento e reduzir o tempo de formação das mudas, além de contribuírem para aumento da tolerância das plantas a estresses bióticos e abióticos. Assim, objetivou-se conhecer o estado micorrízico de plantas de nim cultivadas em quatro municípios de Pernambuco (Recife, Timbaúba, Serra Talhada e Petrolina) e avaliar o efeito de três substratos (torta e folhas de nim, torta de cana) e da inoculação com FMA (nativos ou introduzidos), na produção de mudas de nim. O trabalho foi dividido em duas partes: i) caracterização da comunidade de FMA presentes em áreas cultivadas com nim e ii) experimento em viveiro. Na primeira etapa foram coletadas 10 amostras de solo/raízes da rizosfera de plantas de nim cultivadas nos municípios. Determinou-se: número de glomerosporos, riqueza de espécies de FMA, número mais provável (NMP) de propágulos infectivos de FMA, colonização micorrízica e o teor de proteínas do solo relacionadas à glomalina (facilmente extraível PSRG-FE e total PSRG-T). Na segunda etapa, foi conduzido experimento em viveiro, com delineamento inteiramente casualizado em fatorial 4×4: quatro tratamentos de inoculação (Glomus etunicatum, Acaulospora longula, mix com Gigaspora albida e Fuscutata heterogama e FMA nativos) e quatro substratos (torta de nim, folhas de nim, torta de cana-de-açúcar e solo sem adição de substrato). Após 90 dias avaliou-se: altura, diâmetro do caule, número de folhas, área foliar, massa seca e fresca da parte aérea e radicular, incremento, número de glomerosporos, colonização micorrízica e PSRG-FE. Foram identificados 49 táxons de FMA na rizosfera de nim, distribuídos em 11 gêneros (Glomus, Acaulospora, Gigaspora, Scutellospora, Racocetra, Cetraspora, Dentiscutata, Fuscutata, Pacispora, Ambispora e Paraglomus). Maior riqueza de espécies foi observada na área em Recife (30), seguida por Timbaúba (16), Serra Talhada (15) e Petrolina (8). As amostras provenientes de Recife apresentaram mais propágulos infectivos de FMA (79 propágulos cm3 solo-1) que as demais e maior produção de glomerosporos diferindo do observado nas áreas de Serra Talhada e Petrolina. Apesar do teor de PSRG-T ter sido maior nas amostras de Timbaúba, a PSRG-FE e o teor de matéria orgânica não diferiram das amostras de Recife (p<0,05), enquanto Serra Talhada e Petrolina apresentaram os menores valores para essas variáveis não diferindo entre si (p<0,05). Em geral, a inoculação com G. etunicatum aumentou o crescimento das plantas nos substratos torta e folhas de nim constituindo alternativa para a produção de mudas dessa cultura, em condições de viveiro, reduzindo o uso de fertilizantes químicos que impactam o ambiente

Page generated in 0.0844 seconds