• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 73
  • Tagged with
  • 76
  • 76
  • 48
  • 31
  • 26
  • 24
  • 22
  • 17
  • 15
  • 15
  • 14
  • 14
  • 12
  • 11
  • 11
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação de fatores ergonômicos em atividades de um viveiro florestal

LANDI, R. S. 23 February 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T15:36:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_5383_.pdf: 667282 bytes, checksum: 48b18d934ab6f73c4f9d62aa9fa1c255 (MD5) Previous issue date: 2012-02-23 / LANDI, Ragner de Souza. Avaliação de fatores ergonômicos em atividades em viveiro florestal. 2012. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Espírito Santo, Alegre-ES. Orientador: Prof. DrLuciano José Minette.(Co-orientador): Prof. Dr.Nilton Cesar Fiedler. O objetivo deste estudo foi realizar uma avaliação de fatores ergonômicos das atividades desempenhadas pelos trabalhadores de uma empresa de produção de mudas florestais. Este estudo foi realizado em uma empresa florestal, localizada no município de Bom Jesus do Itabapoana, estado do Rio de Janeiro. Para caracterizar o perfil dos trabalhadores foi utilizado um questionário aplicado sob a forma de entrevista. A carga de trabalho físico foi avaliada por intermédio do levantamento da freqüência cardíaca. Para esta análise foram feitas filmagens das atividades, para contagemdos movimentos, verificando assim a porcentagem do tempo de duração doesforço, e a postura da mão e do punho e para a avaliação subjetiva de outrosfatores envolvidos.O método utilizado para avaliar os riscos de lesões por esforços repetitivos durante a execução das atividades laborais executadas no viveiro florestal foi baseado no critério Moore e Garg (1995). Os resultados obtidos expõem que o perfil encontrado dentre os trabalhadores pesquisados na empresa estudada foram: sexo feminino (54,17%), ensino fundamental incompleto (45,83%), oriundo da zona rural (100%) casada (33,3%), que não fuma (95,83%) e consume bebidas alcoólicas (54,17%). Para 52% dos indivíduos entrevistados, os trabalhos que executam não são considerados muito repetitivos, 90% não possuem doenças associadas ao trabalho e 90,9% recebem orientações frequentemente de seus supervisores. O levantamento da frequência cardíaca revelou que a maior exigência cardiovascular ao qual o trabalhador é submetido durante os deslocamentos da casa de vegetação para a casa de sombra e da casa de sombra para praça de rustificação. O estudo das posturas adotadas pelos trabalhadores identificou que as atividades deembandejamento de tubetes, de corte de microestacas e de raleio são classificadas como necessárias medidas corretivas quando possível. A avaliação do risco de Lesão por Esforços Repetitivos verificou que as atividades de corte e plantio de microestacas e de seleção (pós-expedição) são de alto risco para o trabalhador. Palavras chave: Produção de mudas. Ergonomia. Trabalhador.
2

Compostagem e solarização para higienização de lodo de esgoto e uso no cultivo de Cássia Amarela (Senna siamea Lam)

SILVA, Ronaldo Faustino Da January 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:38:02Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6251_1.pdf: 1336261 bytes, checksum: 42f1d0142b0093f40b7638c46a619c33 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2007 / O lodo de esgoto é o principal resíduo produzido nas Estações de Tratamento de Esgotos (ETEs), cuja destinação tem despertado a atenção de diversos órgãos governamentais e instituições de pesquisa. Atualmente, existe uma tendência mundial em se priorizar as alternativas que promovam a reciclagem do lodo. A disposição adequada do lodo de esgoto é fundamental, a fim de se evitar potenciais prejuízos ambientais. Novos tratamentos higienizantes são necessários para a utilização do lodo produzido por digestão anaeróbia na reciclagem em agricultura visando reduzir o risco para saúde humana e animal. Neste contexto, este trabalho teve como objetivos: (i) Avaliar o efeito da compostagem e solarização no controle de patógenos presentes em lodo de esgoto anaeróbio (ii) Avaliar a viabilidade do uso de lodo de esgoto como componente do substrato para produção de mudas de Senna siamea Lam. A higienização por compostagem e solarização mostraram-se eficientes na inviabilização de ovos de helmintos, indicando a viabilidade técnica dos processos propostos. Constatou-se que as mudas responderam de maneira distinta às doses de lodo. Recomenda-se o uso de lodo de esgoto para produzir mudas com adequado padrão de qualidade. Para as condições da ETE Mangueira (Recife, Pernambuco, Brasil) a reciclagem do lodo de esgoto na exploração agrícola e/ou florestal é uma técnica viável, desde que precedida de um planejamento prévio e respeitados os parâmetros ambientais
3

Ecologia da germinação de sementes e desenvolvimento de plantas de Platymiscium floribundum Vog. (Sacambu) - Fabaceae em viveiro e sob dossel de floresta ombrófila densa, São Paulo, SP

Figliolia, Marcia Balistiero [UNESP] 02 December 2005 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:30:58Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2005-12-02Bitstream added on 2014-06-13T19:01:07Z : No. of bitstreams: 1 figliolia_mb_dr_rcla.pdf: 2811984 bytes, checksum: b1692752dd1e7065b3f766c9d1ca22a9 (MD5) / O objetivo geral da pesquisa foi estudar aspectos da germinação de sementes de Platymiscium floribundum Vog. em laboratório e viveiro e desenvolvimento das mudas em condições de viveiro e natural sob o dossel, com vistas a estabelecer indicadores biológicos quanto à fisiologia e ecologia da germinação e desenvolvimento das plantas para subsidiar projetos de conservação, de manejo e de revegetação de áreas alteradas ou desprotegidas. Tendo como enfoque o estudo das temperaturas cardeais de germinação das sementes e o estabelecimento de padrões tecnológicos de análise foram testadas, em condições controladas de laboratório, temperaturas no intervalo de 10 a 40ºC, com presença contínua e ausência total de luz branca. Verificou-se que a faixa limite de germinação está entre 10 e 12,5 e 37,5 e 40ºC; a 10ºC iniciou-se somente a protrusão radicular, sem emissão da raiz primária e, a 40ºC, houve morte total das sementes. A faixa ótima de temperatura para a germinação, na presença contínua de luz, está entre 15 a 25ºC, com maiores índices de velocidades de germinação a 20 e 25ºC. Para o estudo ecofisiológico foram testadas as interações entre diferentes regimes de temperatura, quantidades de água e luz. As temperaturas onde a germinação das sementes se mostrou superior foram 25, 20 e 15ºC. Os resultados de germinação com as quantidades de água do ii substrato de 30 e 60mL foram superiores à de 90mL. Os percentuais de germinação foram inferiores à medida que se associaram elevadas quantidades de água e temperatura. As sementes da espécie apresentaram insensibilidade à luz, germinando tanto na presença quanto na ausência de luz, não apresentando variação significativa entre os espectros de luz testados. Os resultados indicam que P. floribundum apresenta plasticidade... / The purpose of the present work was the study of germination under laboratory and nursery conditions and seedling development under nursery and field conditions for getting biological indicators of ecophysiology of germination and establishment of Platymiscium floribundum Vog for conservation, management and reforestation projects. Determination of cardinal, and optimum temperatures was done by isothermic incubations in the range of 10 to 40°C, under continuous white light and darkness. The minimum temperature was 12.5°C and the maximum 37.5°C. At 10°C, only radicle protrusion was observed and at 40°C the seeds have died. The optimum temperature range from 15 to 25°C with highest germination rate at 20 to 25°C. For ecophysiological study, different temperatures were tested under different conditions of substrate humidity and light. The germination under low humidity (30mL) and moderate humidity (60mL) of the substrate was higher than high humidity (90mL). Seeds of P. floribundum were light insensitive. The seedling emergence capacity under nursery conditions were high under both natural light (NL) and far red light (FR) in all tested shading percentage (10, 18, 30, 50 and 80 shading), with high seedling survival under 30 and 80% shading NL and 18, 30 and 50% shading FR. Seedling development was high under FR at 18, 30 and 50% and in stem diameter at all WL treatments. Plants accumulated more root and aerial dry matter under NL. By aerial to root dry matter ratio, highest aerial development was observed under 0, 30, 18 and 80% shading WL and 18 and 80% shading FR. Analysis of seedling development was carried out under natural conditions under two shading intensities under canopy at Serra da Cantareira, São Paulo... (Complete abstract, click electronic address below)
4

Avaliação de tubetes biodegradáveis para a produção de Petúnia-Comum (Petúnia x hybrida)

Ferraz, Marcelo Vieira [UNESP] 23 October 2006 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:31:35Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2006-10-23Bitstream added on 2014-06-13T20:22:28Z : No. of bitstreams: 1 ferraz_mv_dr_botfca.pdf: 840655 bytes, checksum: b0d5852179ca8a48bd111ba5ccc663f0 (MD5) / Universidade Estadual Paulista (UNESP) / A demanda atual de plantas ornamentais e flores no Brasil ainda é muito baixa quando comparada aos valores consumidos em países do primeiro mundo. Enquanto um brasileiro gasta em média US$ 6,00/ano, um norueguês consome US$ 143,00/ano. O mercado de plantas ornamentais e flores no país vêm crescendo muito nos últimos anos. Para verificar o potencial de uso de recipientes biodegradáveis um experimento foi conduzido na área experimental do Departamento de Recursos Naturais/Ciências Florestais na Fazenda Experimental Lageado da Faculdade de Ciências Agronômicas da UNESP de Botucatu-SP. O experimento teve início em 09/08/04 e término no 22/09/04. Segundo os dados da estação metereológica da UNESP de Botucatu, SP, os meses de agosto e setembro apresentaram em ambiente externo temperatura mínima de 13,18ºC a 17,00ºC; temperatura máxima de 25,01ºC a 29,86ºC; temperatura média de 17,6ºC a 21,84ºC e umidade relativa de 45,38% a 46,53%, respectivamente. Inicialmente o experimento foi conduzido no interior de estufa (A) com controle de umidade relativa, que era coberta com tela de sombreamento de 50%. Para registro da temperatura no interior da estufa (A), foi usado termômetro de máxima e mínima do tipo capela (plástico). A estufa (B) tinha um agrofilme transparente de 150 micra para proteção das mudas, não havendo controle de temperatura e umidade relativa, foram utilizados termômetro de máxima e mínima do tipo capela (plástico) e higrômetro de leitura direta (plástico). Os recipientes usados para formação das mudas foram saquinhos plásticos de polietileno na cor preta (tradicionais) e tubetes biodegradáveis. Os saquinhos plásticos tinham 0,60 micra de espessura, nas dimensões de 10,00 cm de comprimento, 5,00 cm de diâmetro, correspondendo a 196,25 cm3 de volume sendo a parte interna completamente lisa... / The current demand of ornamental plants and flowers in Brazil is still very low when it is compared with the consumed values of development. While one Brazilian spends US$ 6,00 per year, one Norwegian consumes US$ 143,00. The market of ornamental plants and flowers in the country have been growing a lot in recent years. To verify the potencial of biodegradable containers an experiment was lead in the experimental area of the Department of Forest Sciences in Lageado Experimental Farm of the Agronomic Science College of UNESP in Botucatu-SP. The experiment have started in 09/08/04 and ended in 22/09/04. According to the metereológical station of the UNESP of Botucatu, SP, the months of August and September had presented in external environment minimum temperature of 13,18ºC to 17,00ºC; maximum temperature of 25,01ºC to 29,86ºC; average temperature of 17,6ºC to 21,84ºC and relative humidity of 45,38% to 46,53%, respectively. Initially the experiment was lead inner a greenhouse (A), that was covered with screen of shadow of 50%. For register of the temperature in the interior of the greenhouse (A), with 5 control of relative humidity, it was used thermometer of maximum and minimum of the type chapel (plastic) The greenhouse (B) had one agrofilm transparent of 150 micra for protection of the seedlings, not having temperature control and relative humidity, thermometer of maximum and minimum of the type chapel (plastic) and higrômeter of direct reading had been used (plastic).The containers used for the growth of the plants were small black bags of polyethylene (traditional ones) and biodegradable containers. The small black bags had 0,60 micra of thickness, in the dimensions of 10,0 cm of length and 5,0 cm of diameter, with a 196,25 cm3 volume, smooth in the internal wall... (Complete abstract, click electronic access below)
5

Propagação vegetativa de Selenicereus setaceus e a influência da temperatura e luminosidade na germinação das espécies Selenicereus setaceus, Hylocereus undatus e Hylocereus polyrhisus

Ruths, Rodrigo 06 September 2016 (has links)
Submitted by Maria Rosa Moraes Maximiano (maria.maximiano@uffs.edu.br) on 2017-07-04T12:41:53Z No. of bitstreams: 1 RUTHS.pdf: 1070230 bytes, checksum: cb5451d8b216794ee8eb36cca62e29dd (MD5) / Approved for entry into archive by Diego dos Santos Borba (dborba@uffs.edu.br) on 2017-07-04T13:51:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 RUTHS.pdf: 1070230 bytes, checksum: cb5451d8b216794ee8eb36cca62e29dd (MD5) / Made available in DSpace on 2017-07-04T13:51:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 RUTHS.pdf: 1070230 bytes, checksum: cb5451d8b216794ee8eb36cca62e29dd (MD5) Previous issue date: 2016-09-06 / A fruticultura representa grande potencial de diversificação em ecossistemas agroecológicos e a pitaia é uma fruta com ótimo potencial produtivo, nutritivo, econômico e social para agricultura familiar, sendo uma cultura ainda pouco conhecida e com poucas informações. O objetivo neste trabalho foi obter informações sobre a influência da temperatura e luminosidade na germinação de sementes de três espécies de pitaia: Selenicereus setaceus (pitaia-do-cerrado), Hylocereus undatus (casca vermelha e poupa branca) e Hylocereus polyrhizus (casca vermelha rosada e polpa vermelha); e quais os melhores segmentos de cladódios e tratamentos para formação de mudas da espécie S. setaceus. Para a avaliação da qualidade fisiológica das sementes foram realizadas as seguintes avaliações: grau de umidade, porcentagem de germinação, índice de velocidade de germinação e tempo para ocorrência de 50% de germinação. Para a propagação vegetativa, o experimento foi instalado em esquema fatorial 5x4x7, 5 tratamentos: um biofertilizante (fish fértil – Classic), três reguladores vegetais, auxina (AIA: 500 ppm), giberelina (GA3: 100 ppm), citocinina (BAP: 200 ppm) e testemunha. Quatro frações de cladódios: segmento apical (10 cm), segmento mediano (10 cm), segmento basal (10 cm) e cladódio inteiro (40 cm) e sete períodos de avaliação, 0, 20, 39, 64, 91, 116 e 143 dias após o plantio. Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado com três repetições e as parcelas foram compostas por cinco cladódios. Os seguintes parâmetros foram avaliados: número de brotações, comprimento de brotações (cm); largura dos cladódios (cm); comprimento de raiz (cm), massa seca de raiz (g) e percentual de cladódios enraizados. Pelos resultados obtidos conclui-se que: Independentemente da espécie, a temperatura para melhor desempenho fisiológico das sementes de pitaia é 25°C, seguido de 30°C. Por outro lado, a temperatura desfavorável é de 35°C. A espécie Selenicereus setaceus apresenta maior porcentagem de germinação e vigor em todas as temperaturas avaliadas. Todas as espécies avaliados são fotoblásticas positivas. Os cladódios tratados com auxina apresentam maiores médias de comprimento de raiz e matéria seca, enquanto que, aqueles tratados com biofertilizantes menores. A massa seca de raiz de cladódios inteiros é superior ao observado para cladódios de 10 cm. A partir de 39 dias após a implantação do experimento, os tratamentos com cladódio inteiro e região basal apresentam maiores médias de número de brotações em comparação as regiões mediana e apical. Os tratamentos com auxina e citocinina promovem maior número de brotações nos cladódios. O maior comprimento das brotações é observado para o tratamento com cladódios inteiros. / The fruit is great potential for diversification into agro-ecological ecosystems and pitaya is a fruit with great productive potential, nutritional, economic and social to family farming, and even little-known culture and with little information. The objective of this study was to obtain information about the influence of temperature and light on germination of three species of dragon fruit: Selenicereus setaceus (pitaya-do-cerrado), Hylocereus undatus (red skin and white flesh) and Hylocereus polyrhizus (pinkish red bark and red pulp); and what the best segments of cladodes and treatments for seedling production of the species S. setaceus. For the evaluation of the physiological quality of seeds were carried out the following evaluations: moisture content, germination percentage, germination speed index and time to occurrence of 50% germination. For vegetative propagation, the experiment was conducted in a factorial 5x4x7, 5 treatments: one biofertilizers (fertile fish - Classic), three plant growth regulators, auxin (IAA: 500 ppm), gibberellic acid (GA 3: 100 ppm), cytokinin (BAP: 200 ppm) and witness. Four fractions cladodes apical segment (10 cm), medium segment (10 cm), basal segment (10 cm) and full cladodes (40 cm), and seven periods of evaluation, 0, 20, 39, 64, 91, 116 and 143 days after planting. We used a completely randomized design with three replications and plots were composed of five cladodes. The following parameters were evaluated: number of shoots, length of shoots (cm); cladodes width (cm); root length (cm), root dry weight (g) and percentage of rooted cladodes. From the results obtained it is concluded that: Regardless of species, the temperature for best physiological performance of dragon fruit seeds is 25° C, followed by 30°C. Moreover, the unfavorable temperature is 35°C. The species Selenicereus setaceus has a higher percentage of germination and vigor in all tested temperatures. All assessed species are photoblastic positive. The cladodes treated with auxin have higher average root length and dry weight, while those treated with lower biofertilizers. The dry weight of whole cladodes root is higher than that observed for cladodes 10 cm. From 39 days after the implementation of the experiment, the treatments with whole cladodes and basal region have higher average number of shoots compared the median and apical regions. Treatments with auxin and cytokinin promote more shoots in cladodes. The greatest length of shoots is observed for treatment with whole cladodes.
6

Utilização de subprodutos do NIM (Azadirachta indica A. Juss) na associação micorrízica arbuscular em mudas de NIM

MONTE JUNIOR, Inácio Pascoal do 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T15:06:41Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo536_1.pdf: 2348840 bytes, checksum: e57d515f262d164d4891c29817f45598 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco / Devido aos seus múltiplos usos na medicina, produção de fertilizantes, controle de pragas etc., o cultivo comercial de nim (Azadirachta indica A. Juss.) vem crescendo em vários países do mundo, incluindo o Brasil. Fungos micorrízicos arbusculares (FMA) e subprodutos vegetais podem constituir alternativa eficiente para estimular o crescimento e reduzir o tempo de formação das mudas, além de contribuírem para aumento da tolerância das plantas a estresses bióticos e abióticos. Assim, objetivou-se conhecer o estado micorrízico de plantas de nim cultivadas em quatro municípios de Pernambuco (Recife, Timbaúba, Serra Talhada e Petrolina) e avaliar o efeito de três substratos (torta e folhas de nim, torta de cana) e da inoculação com FMA (nativos ou introduzidos), na produção de mudas de nim. O trabalho foi dividido em duas partes: i) caracterização da comunidade de FMA presentes em áreas cultivadas com nim e ii) experimento em viveiro. Na primeira etapa foram coletadas 10 amostras de solo/raízes da rizosfera de plantas de nim cultivadas nos municípios. Determinou-se: número de glomerosporos, riqueza de espécies de FMA, número mais provável (NMP) de propágulos infectivos de FMA, colonização micorrízica e o teor de proteínas do solo relacionadas à glomalina (facilmente extraível PSRG-FE e total PSRG-T). Na segunda etapa, foi conduzido experimento em viveiro, com delineamento inteiramente casualizado em fatorial 4×4: quatro tratamentos de inoculação (Glomus etunicatum, Acaulospora longula, mix com Gigaspora albida e Fuscutata heterogama e FMA nativos) e quatro substratos (torta de nim, folhas de nim, torta de cana-de-açúcar e solo sem adição de substrato). Após 90 dias avaliou-se: altura, diâmetro do caule, número de folhas, área foliar, massa seca e fresca da parte aérea e radicular, incremento, número de glomerosporos, colonização micorrízica e PSRG-FE. Foram identificados 49 táxons de FMA na rizosfera de nim, distribuídos em 11 gêneros (Glomus, Acaulospora, Gigaspora, Scutellospora, Racocetra, Cetraspora, Dentiscutata, Fuscutata, Pacispora, Ambispora e Paraglomus). Maior riqueza de espécies foi observada na área em Recife (30), seguida por Timbaúba (16), Serra Talhada (15) e Petrolina (8). As amostras provenientes de Recife apresentaram mais propágulos infectivos de FMA (79 propágulos cm3 solo-1) que as demais e maior produção de glomerosporos diferindo do observado nas áreas de Serra Talhada e Petrolina. Apesar do teor de PSRG-T ter sido maior nas amostras de Timbaúba, a PSRG-FE e o teor de matéria orgânica não diferiram das amostras de Recife (p<0,05), enquanto Serra Talhada e Petrolina apresentaram os menores valores para essas variáveis não diferindo entre si (p<0,05). Em geral, a inoculação com G. etunicatum aumentou o crescimento das plantas nos substratos torta e folhas de nim constituindo alternativa para a produção de mudas dessa cultura, em condições de viveiro, reduzindo o uso de fertilizantes químicos que impactam o ambiente
7

Germinação de sementes e produção de mudas de Guariúba (Clarisia racemosa Ruiz et Pavon) - Moraceae

Santos, Leocinira Mendes dos 14 April 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2015-04-13T12:17:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao Final Leocinira Mendes.pdf: 3023098 bytes, checksum: af83eb3ac95ef496a2e4102b8cef8476 (MD5) Previous issue date: 2008-04-14 / FAPEAM - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas / Clarisia racemosa Ruiz et Pavon (guariúba) of the family Moraceae, is a native tree in the Amazon region which is used commercially as timber in the local market and also for exportation. The seeds of guariúba are recalcitrant and germinate immediately after they are dispersed or collected, this way, the identification of the substrate most adequate for germination and production of seedlings is made with quality is important. The objective of this study was to avaliate the influence of different substrates in the germination and production of seedlings of guariúba in two cultivative environments. The experiment was conducted in a nursery and inside a asa de vegetação (house of vegetation) of the Faculty of Agrarian Sciences of the Federal University of Amazonas UFAM. The seeds were extracted manually form matured fruits sown in flowerbeds covered with a 50% sombrite screen. The substrates tested for the germination of seeds were washed sand, a medium granulometria vermiculite , sawdust, sawdust + sand (1:1) and humus ( 0 - 20 cm layer of forest soil). A delineamento experitental inteiramente casualizado (DIC) (experimental delineation completely casualized) with five treatments and four repetitions of 25 seeds was used. The criterion for germination was the emergence of the caulicle above the substrate, considering normal, the plantule with total coverage of the eofilo . The avaliations were made on daily basis considering the average time for germination in days (TM), the percentage of germination (% G) and the index of velocity of emergence (IVE). The items used were subsoil + sand 3:1 (T+Ar), subsoil + sand + cowdung 3:1:1 (Ts+Ar+Eg), subsoil + sand + cowdung + organic compost 3:1:0,5:0,5 (Ts+Ar+Eg+Co), subsoil + sand + organic compost 3:1:1 (Ts+Ar+Co) and one fraction forest soil (Sf), in a completely casualized delineament (DIC), with five treatments and three repetitions, with three plants in a factorial scheme, with two environmental factors (nursery and house of vegetation) and five compositions of substrates. The growth analyses avaliated within the periods of 30, 60, 90 and 120 days after the transplanting were height (ALT altura ), neck diameter (DC diametro de colo ), number of leaves (NF número de folhas ), and at 120 days also, a destructive collection was made in order to obtain of leaf area (AF) the weight of dry material of the airy part (PMSPA), weight of dry material of the radicular system (PSR), the relation airy part/ radicular system (RPAR). The fruits presented in medium, length of 33,29 mm and weight of 6,712 g. The seeds presented length of 24,61mm and weight of 2,83g. The results of the analyses of the variables studied for the germination did not present significant differences between the substrates tested with average germination of 90% starting from the 30th day and ending on the 45th day after planting. The substrates, forest soil, subsoil + sand + cowdung and subsoil +sand + cowdung + organic compost proportioned the best growths in all the variables, with the exception of the relation PMSPA/PSR. The nutrient teors on the leaves followed the decreasing order of N>K>Ca>Mg>P. The environment, house of vegetation, proportioned the best results in all the variables compared to the nursery with the exception of the RPAR. / Clarisia racemosa Ruiz et Pavon (guariúba), Moraceae, é uma árvore nativa da região Amazônica, de valor madeireiro no mercado local e para a exportação. As sementes de guariúba são recalcitrantes e germinam logo após a dispersão ou coleta. Dessa forma a identificação do substrato mais adequado para a germinação e produção de mudas com qualidade é importante. O objetivo desse estudo foi avaliar a influência de diferentes substratos na germinação de sementes e produção de mudas de guariúba. O experimento foi conduzido em viveiro e dentro da casa de vegetação da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Amazonas UFAM. Os substratos testados para a germinação de sementes foram: areia lavada, vermiculita de granulometria média, serragem, serragem+areia (1:1) e terriço (camada de 0 a 20 cm de solo de floresta), foi utilizado o delineamento experimental inteiramente casualizado (DIC) com cinco tratamentos e quatro repetições de 25 sementes. O critério de germinação foi a emergência do caulículo acima do substrato, sendo considerado plântula normal aquela com total abertura do eofilo. As avaliações foram feitas diariamente, considerando o tempo médio da germinação em dias (TM), a porcentagem de germinação (%G) e o índice de velocidade de emergência (IVE). Os substratos testados para produção de mudas foram terra de subsolo+areia (T1); terra de subsolo+areia+esterco de gado (T2); terra de subsolo+areia+esterco de gado+composto orgânico (T3); terra de subsolo+areia+composto orgânico (T4) e solo de floresta (T5). Foi utilizado o delineamento inteiramente casualizado com três repetições (recipientes plásticos) e três plantas por repetição, num esquema fatorial 2 x 5 representado pelos ambientes (casa de vegetação e viveiro) e tipo de substrato. As análises de crescimento avaliadas nos períodos de 30, 60, 90 e 120 dias após o transplantio foram: altura (ALT), diâmetro de colo (DC), número de folhas (NF) e aos 120 dias foi realizada a coleta destrutiva para obtenção de área foliar (AF), peso da matéria seca da parte aérea (PMSPA), peso da matéria seca do sistema radicular (PSR), relação parte aérea / sistema radicular (RPAR), as características químicas e teor de nutrientes foliar. Os frutos de guariúba apresentaram em média o comprimento de 33,29 mm e o peso de 6,712 g. As sementes de guariúba apresentaram em média o comprimento de 24,61 mm, o peso de 2,83 g, número de sementes por kg de 409,80 e teor de água de 42,10% com germinação média de 90% em todos os substratos sem tratamento pré-germinativo, com início aos 30 dias e final aos 45 dias após a semeadura. Os resultados das análises das variáveis estudadas para germinação não apresentaram diferenças significativas entre os substratos. Aos 120 os substratos solo de floresta, terra de subsolo+areia+esterco de gado+composto orgânico e terra de subsolo+areia+esterco de gado proporcionaram os melhores crescimentos em todas as variáveis, exceto na relação PMSPA/PSR. O teor de nutrientes nas folhas seguiu a ordem decrescente de N>K>Ca>Mg>P. O ambiente casa de vegetação proporcionou os melhores resultados em todas as variáveis em relação ao viveiro com exceção da RPAR.
8

Emergência e desenvolvimento de fisális produzidas em sombreamento

Mezzalira, Éder Júnior 30 September 2016 (has links)
Submitted by Helena Bejio (helena.bejio@unioeste.br) on 2017-11-23T11:56:23Z No. of bitstreams: 2 Eder J Mezzalira 2017.pdf: 1326048 bytes, checksum: 91944c9fdb7665d97264d35e6db1f865 (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Made available in DSpace on 2017-11-23T11:56:23Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Eder J Mezzalira 2017.pdf: 1326048 bytes, checksum: 91944c9fdb7665d97264d35e6db1f865 (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2016-09-30 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / The use of shading levels may be an important factor for the development of seedlings of fisális species. Knowing the appropriate levels is essential for the decision making of the nurseryman. Based on the above, the aim with this work was to evaluate the vegetative development of four species of fisális cultivated at different levels in shading. Two experiments were conducted, one in nursery and another in the field. In the first experiment, the treatments were arranged in plots by four levels of shading (25, 50, 75% and cultivation at full sun) and the subplots consisting of four species of Fisális (Physalis peruviana, p. angulata, P. pubescens and P. Minimal). The experimental units were formed of 24 tubes, for a total of 64 units. The experimental design used was random blocks, in subdivided plot diagram 4 x 4, containing four repetitions. In the first 30 days after sowing was evaluated the speed index (IVE) and at 76 days after sowing evaluated the height of plants, stem diameter, number of leaves, foliar biomass and root system and foliar area. For the field experiment plants were used coming from the first experiment, using randomized complete block design in a factorial scheme 4 x 4 (cultivation environments x species), containing four repetitions. The treatments were composed by seedlings formed in a culture environment with 25, 50, 75% shading and full sun and four species of physalis (Physalis peruviana, P. angulata, P. pubescens and P. minima). The experimental units were composed of 4 plants, totaling 64 experimental units. For the field experiment the survival index of the seedlings, number of fruit per plant, fresh fruit and fruit biomass per plant were evaluated, productivity and titratable acidity of the fruits. At the end of the production period the diameter of the stem was evaluated. It can be concluded that the IVE of the four species of fisális increased with 25% of shading. For the initial growth of species of fisalis, the range of 25 to 35% of shading becomes the most indicated. Physalis plants cultivated in the initial phase in an environment with 75% shading presented higher mortality, reaching 52%. Higher plant survival rate in the field transplant, fruit production with larger size and higher productivity occurred with plants maintained at 25% shading. / A utilização de níveis de sombreamento pode ser um fator importante para o desenvolvimento de mudas de espécies de fisális. Conhecer os níveis adequados é fundamental para a tomada de decisão do viveirista. Diante do exposto, objetivou-se com o presente trabalho avaliar o desenvolvimento vegetativo de quatro espécies de fisális cultivadas em diferentes níveis de sombreamento. Foram realizados dois experimentos, sendo um em viveiro e outro a campo. No primeiro experimento, os tratamentos foram dispostos nas parcelas por quatro níveis de sombreamento (25, 50, 75% e cultivo a pleno sol) e as subparcelas constituídas de quatro espécies de fisális (Physalis peruviana, P. angulata, P. pubescens e P. minima). As unidades experimentais foram constituídas de 24 tubetes, totalizando 64 unidades. O delineamento experimental utilizado foi blocos ao acaso, em esquema de parcela subdividida 4 x 4, contendo quatro repetições. Nos primeiros 30 dias após a semeadura foi avaliado o índice de velocidade emergência (IVE) e, aos 76 dias após a semeadura avaliaram-se a altura de plantas, diâmetro do caule, número de folhas, biomassa foliar e do sistema radicular e área foliar. Para o experimento a campo foram utilizadas mudas oriundas do primeiro experimento, esquematizado em delineamento experimental de blocos casualizados, em esquema fatorial 4 x 4, contendo quatro repetições. Os tratamentos foram compostos por mudas formadas em ambiente de cultivo com telas de 25, 50, 75% de sombreamento e cultivo a pleno sol e 4 espécies de fisális (Physalis peruviana, P. angulata, P. pubescens e P. minima). As unidades experimentais foram constituídas de 4 plantas, totalizando 64 unidades experimentais. Para o experimento a campo foram avaliados o índice de sobrevivência das mudas, número de fruto por planta, biomassa fresca de fruto e de fruto por planta, produtividade e acidez titulável dos frutos. No final do período de produção avaliou-se o diâmetro do caule. Pode-se concluir que o IVE das quatro espécies de fisális aumentou com 25% de sombreamento. Para o crescimento inicial de espécies de fisális, a faixa de 25 a 35% de sombreamento torna-se a mais indicada. Plantas de fisális cultivadas na fase inicial em ambiente com 75% de sombreamento apresentaram maior mortalidade, atingindo 52%. Maior índice de sobrevivência das plantas no transplantio à campo, produção de frutos com maior tamanho e maior produtividade ocorreram com plantas mantidas em 25% de sombreamento.
9

Análise de crescimento e tolerância a geadas de Eucalyptus dunnii Maiden e Eucalyptus benthamii Maiden et Cambage em função do porte das mudas e adubação /

Zimermann, Antônio Fernando, 1983-, Fenilli, Tatiele Anete Bergamo, 1976-, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. January 2014 (has links) (PDF)
Orientador: Tatiele Anete Bergamo Fenilli. / Dissertação (mestrado) - Universidade Regional de Blumenau, Centro de Ciências Tecnológicas, Programa de Pós-Graduação de Engenharia Florestal.
10

Manejo hídrico na produção de brotos e mudas de quatro clones de Eucalyptus spp /

Mori, Neide Tomita, 1957. January 2014 (has links)
Orientador: Magali Ribeiro da Silva / Coorientador: Ana Catarina Catâneo / Banca: Iraê Amaral Guerrini / Banca: Isaac Stringueta Machado / Banca: Cantidio Fernando Gouvêa / Banca: Gisela Ferreira / Resumo : O objetivo do trabalho foi avaliar os efeitos de manejos hídricos em jardim clonal e na produção das mudas de quatro clones híbridos de eucalipto. O estudo constituiu de quatro experimentos, sendo dois no jardim clonal (A1 e A2) e dois na produção de mudas (B1 e B2). Em todos os experimentos foram testados os quatro clones híbridos de Eucalyptus (clone 1: híbrido espontâneo de E. urophylla - clone 144; clone 2: híbrido espontâneo de E. urophylla - clone 224; clone 3: E.grandis x E. camaldulensis - clone 1277 e clone 4: Eucalyptus urophylla x E. grandis - A08). Os experimentos foram implantados em blocos casualizados e três repetições. No Experimento A1 foi utilizado o esquema fatorial 3x4, composto por três lâminas de irrigação (4, 7 e 10 mm) e quatro clones. No Experimento A2 utilizou-se o fatorial 3x4, composto por três lâminas de irrigação (2,5, 4,5 e 6,5 mm) e quatro clones. O experimento B1 foi em fatorial 3x2x4, com três lâminas (4, 7 e 10mm) aplicadas no jardim clonal, duas lâminas na produção das mudas (8 e 11 mm) e quatro clones. O experimento B2 foi em esquema fatorial 3x2x4, sendo três lâminas de irrigação (8, 11 e 14 mm), duas frequências de irrigação e os quatro clones. No jardim clonal foram avaliados, as características morfológicas, fisiológicas e a bioquímica e na produção de mudas, as características morfológicas da parte aérea e da raiz. Nos experimentos do jardim clonal (A1 e A2), as lâminas de 4 a 10mm não influenciaram na quantidade de brotos, na massa seca e no índice de cor verde das mudas; mas os clones se comportaram diferentemente quando expostos a essas lâminas do jardim clonal. A lâmina de 2,5mm não é recomendada para uso em jardim clonal, pois comprometeu a produção de brotos de todos os clones e apresentou maior atividade da enzima peroxidase, que está ligada a situações de estresse. Nos experimentos de produção ... / Abstract: The present work had as objective to evaluate the morphological, physiological, and biochemical traits of sprouts and seedlings for four eucalypt clones under different irrigation management. The study was compounded by four experiments, where two of them were on clonal garden (A1 and A2) and two for seedling production on nursery (B1 and B2). In all experiments were studied eucalypt hybrid clones (clone 1: spontaneous hybrid of E. urophylla - clones 144; clone 2: spontaneous hybrid of E. urophylla - clones 224; clone 3: E.grandis x E. camaldulensis - clone 1277, and clone 4: Eucalyptus urophylla x E. grandis - A08). The design of randomized blocks with tree replications was used for all experiments. The Experiment A1 was set up by 3x4 factorial scheme of three water laminas (4, 7, and 10mm) and four clones. The Experiment A2 was similar to A1, with water laminas of 2.5, 4.5, and 6.5 mm. The Experiment B1 for seedling production was set up by 3x2x4 factorial scheme, considering two irrigation laminas (8 and 11 mm) and four clones. The Experiment B2 was set up through 3x2x4 factorial scheme, considering three irrigation laminas (8, 11, and 14mm), two irrigation frequencies (twice and four times per day), and four clones. We evaluated the substrate leached, evapotranspiration, and morphological, physiological, and biochemical traits in clonal garden experiments. Into the seedling production experiments, were evaluated the morphological traits of aerial parts and roots. Into the clonal garden experiments (A1 and A2), the laminas of 4 and 10 mm did not affect the sprout quantity, dry matter, and green color index of seedlings; and the clones showed different performance when under those laminas. The lamina of 2.5 mm is not recommended for uses on clonal garden, because it influenced on sprout production of all clones and presented high peroxidase enzyme ... / Doutor

Page generated in 0.1641 seconds