• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 215
  • 18
  • 3
  • 1
  • Tagged with
  • 238
  • 238
  • 141
  • 88
  • 83
  • 83
  • 81
  • 74
  • 62
  • 52
  • 52
  • 41
  • 39
  • 38
  • 37
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

As taxas de juros como instrumento de política monetária

Fernandes, Antônio Carlos 04 December 2007 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:34:31Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2007-12-04 / This dissertation defines, analyzes and classifies the interest rates as instruments of monetary policy. In order to achieve such objectives, it is necessary a study of credit and financial system, focused on Brazilian economy, showing that interest rates are factors to achievement of a broad, stable and accessible market, so to create an environment in which the credit is democratized and short and long term development, sustainable. A historical study is carried out in order to demonstrate the presence of the banking system even in a rudimentary fashion, wherever economic activity is carried out. Subsequently comes the analyzes of the structure of the National Financial System, its functions and the means of develop them, in both functionalist and institutional approaches. As predicts its title, this work seeks to highlight the interest rate as a monetary policy instrument to control inflation within government targets, as a way to control the supply of credit and encouragement to consumption, demonstrating that this is a necessary and effective instrument to aid the achievement of public policies. / A presente dissertação conceitua, analisa e classifica a taxa de juros como instrumento de política monetária. Para tanto, fez-se necessário o estudo do crédito e do sistema financeiro, com enfoque na economia brasileira, demonstrando que a taxa de juros é fator essencial para que se chegue a um mercado de crédito amplo, estável e acessível ao maior número de pessoas, e assim se crie um ambiente no qual o crédito seja democratizado e o desenvolvimento de curto e longo prazo sustentável. Um estudo histórico é levado a cabo com o intuito de demonstrar a presença do sistema bancário, mesmo que em forma rudimentar, onde quer que se exerça atividade econômica. Posteriormente, faz necessária a análise da estrutura do sistema financeiro nacional, suas funções e os meios de desempenhá-las, com uma abordagem funcionalista e institucionalista. Como prediz o título do trabalho, procura-se evidenciar a taxa de juros como instrumento de política monetária para controle da inflação dentro das metas governamentais, como meio de controle da oferta do crédito e incentivo ou não ao consumo, demonstrando ser esse instrumento necessário e eficaz no auxílio das políticas públicas.
2

O impacto da estabilização econômica e política do Brasil nos bancos de varejo e perspectivas do seu respectivo crescimento

Cunha, Sebastião Geraldo Toledo 11 December 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-29T23:20:46Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-12-11 / The Brazilian Retail Financial System is the theme of this dissertation and the objective is to identify if the growth of the critic mass of clients and businesses, necessary with the stabilization of the country, can be active in an organic way or be through fusions and/ or acquisitions. For this, it was sought out to understand to which point the many attempts of stabilizing the country, affected the performance of these banks in the periods of 1970/2008, considering that in 1986 the Plano Cruzado is introduced and that in 1994 the Plano Real of stabilization is introduced. At the same time the strategy adopted by banks in Brazil, including foreign ones, between them the Spanish, Portuguese, the Dutch ABN and the English HSBC are analyzed. The methodological focus of this research can be characterized as qualitative and descriptive, documental and historical. The utilization of the Delphi method allowed the establishment of possible scenarios, for the retail banks, in 5 years, as of 2009. It was verified that it was possible, depending on the economic conditions, for the growth of the critical mass to be done in an organic way. / O Sistema Financeiro Brasileiro de Varejo é o tema desta dissertação e o objetivo é identificar se o crescimento da massa crítica de clientes e negócios, necessário com a estabilização do País, poderá ser realizado de maneira orgânica ou terá que ser mediante fusões e / ou aquisições. Para isso, procurou-se entender até que ponto as diversas tentativas de estabilização do País,afetaram a atuação destes bancos nos períodos 1970/2008, considerando que em 1986 foi implementado o Plano Cruzado e em 1994 o Plano Real de estabilização. Ao mesmo tempo foi analisada a estratégia adotada pelos bancos no Brasil, inclusive os estrangeiros, entre eles os espanhóis, portugueses, o holandês ABN e o inglês HSBC. O enfoque metodológico desta pesquisa pode ser caracterizado como qualitativo e de caráter descritivo, documental e histórico. A utilização do método Delphi permitiu o estabelecimento do cenário possível, para os bancos de varejo, em cinco anos, a partir de 2009. Verificou-se ser possível, dependendo das condições econômicas, que o crescimento da massa crítica seja realizado de forma orgânica.
3

Um teste da paridade descoberta da taxa de juros no Brasil pós - real

Karbel, Marcelo Voloch January 2009 (has links)
KARBEL, Marcelo Voloch. Um teste da paridade descoberta da taxa de juros no Brasil pós real. 2009. 55f. Dissertação (mestrado profissional) - Programa de Pós Graduação em Economia, CAEN, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza-CE, 2009. / Submitted by Mônica Correia Aquino (monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-08-22T20:24:19Z No. of bitstreams: 1 2009_dissert_mvkarbel.pdf: 298978 bytes, checksum: fdfe9ef455f6df32950fbbd69285217e (MD5) / Approved for entry into archive by Mônica Correia Aquino(monicacorreiaaquino@gmail.com) on 2013-08-22T20:24:29Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_dissert_mvkarbel.pdf: 298978 bytes, checksum: fdfe9ef455f6df32950fbbd69285217e (MD5) / Made available in DSpace on 2013-08-22T20:24:29Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_dissert_mvkarbel.pdf: 298978 bytes, checksum: fdfe9ef455f6df32950fbbd69285217e (MD5) Previous issue date: 2009 / Due to the greater integration of financial markets of the countries the relationship betweeninterest rates and exchange rates had a significant increase in importance and in Brazil theincrease was even greater due to the change of exchange rate regime. The main objective of this study is to test the Uncovered Interest Rates Parity (UIP) in Brazil in the period from October/2008 to January/2000 econometric tests and there was a significant change in economic scenario and to avoid loss of structure the analysis was divided into two periods (January/2000 to April 2003 and Maio/2003 to October/2008). In the first period as there were problems of liquidity in international financial markets and distrust on the part of economic agents on the maintenance of the internal economic policy UIP was not rejected due to the strong dependence on external capital on the financing of domestic and external debt which is evidenced by the strong correlation between interest rates and domestic and foreign in the following period when the recovery was found to improve liquidity and expectations on Brazilian economy, we found evidence that the UIP can not be accepted due to the presence of Brazil in which risk the volatility of international reserves has a great influence and this was added to make the model more complete. / Da relação entre taxas de juros e câmbio decorre uma maior integração entre os mercados financeiros dos países. No caso do Brasil essa relação foi crescente devido principalmente à mudança do Regime cambial. Daí, o objetivo primeiro deste trabalho é testar a Paridade Descoberta da Taxa de Juros (PDJ) no Brasil no período que compreende os anos/meses de Janeiro/2000 a Outubro/2008. O procedimento metodológico realizado analiticamente por meio de testes econométricos que, considerando aquela mudança do cenário econômico e evitando a quebra de estrutura, foi dividido em dois períodos: Janeiro/2000 a Abril/2003 e Maio/2003 a Outubro/2008. No primeiro período consideraram-se os problemas de liquidez no mercado financeiro além da desconfiança por parte dos agentes econômicos sobre a dinâmica da política interna. Neste caso, a PDJ não foi rejeitada; e não fora em virtude da forte dependência do capital externo vis-à-vis o financiamento do endividamento interno e externo, demonstrado pela forte correlação entre taxas de juros interna e externa. No segundo período foi detectada a recuperação de liquidez e a melhora das expectativas sobre a economia brasileira. Ademais, foram encontradas evidências que a PDJ. Não pode ser aceita devido à presença do Risco Brasil no qual a volatilidade das reservas internacionais tem uma grande influência e este foi acrescentado para tornar o modelo mais completo.
4

Verificação do poder preditivo do spread entre as taxas de juros de longo e curto prazos na variação das taxas de curto prazo no Brasil

Silva, Arlete da 08 1900 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, 2006. / Submitted by Diogo Trindade Fóis (diogo_fois@hotmail.com) on 2009-10-22T16:25:23Z No. of bitstreams: 1 Dissertacao_final_Arlete da Silva.pdf: 363395 bytes, checksum: 76ad4746c0d08bc0153a2aef6a738bf5 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2010-01-06T12:52:19Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Dissertacao_final_Arlete da Silva.pdf: 363395 bytes, checksum: 76ad4746c0d08bc0153a2aef6a738bf5 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-01-06T12:52:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dissertacao_final_Arlete da Silva.pdf: 363395 bytes, checksum: 76ad4746c0d08bc0153a2aef6a738bf5 (MD5) Previous issue date: 2006-08 / A Hipótese das Expectativas (HE) é testada na Estrutura a Termo das Taxas de Juros brasileira (ETTJ) no sentido de se verificar se a inclinação da curva de juros, representada pelo spread entre as taxas de juros de longo e curto prazos, pode explicar as variações das taxas de juros de curto prazo no Brasil. Foram utilizadas séries com médias mensais das taxas de juros de um, três e seis meses, de janeiro de 1995 a janeiro de 2006, empregando metodologia baseada em regressões individuais. Os resultados apontam para a não rejeição da HE, principalmente no período posterior à adoção do Regime de Metas para a Inflação, no qual observou-se menor volatilidade das taxas de juros. Apurou-se, ainda, que as variações das taxas de juros de curtíssimo prazo apresentam maior poder de previsão. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / The Expectation Hypothesis is tested on the Brazilian term-structure of interest rates, in order to verify whether the slope of the yield curve, wich is represented by the spread between short and long terms interest rates, can explain short term interest rates variations. A monthly average time series of one, three and six months interest rates were used in a single equation regression model. The results suggest that the EH can not be rejected, mostly after the Inflation Target Regime adoption, when interest rates showed lower volatility. Yet, it can be observed that strictly short term rates proved to have greater predictive ability.
5

Custo e spread da intermediaÃÃo bancÃria no Brasil / Cost and spread of the banking intermediation in Brazil

CÃcero Adalberto de Paula Viana 27 April 2004 (has links)
nÃo hà / The Macroeconomic instability lived deeply by Brazil, during decades, motivated practical of the high taxes of interests, provoking significant distortions in the intertemporal allocation of resources in the economy. Passed ten years of the edition of the Real Plan, the success of the monetary politics and the reduction of the level of uncertainties in relation to the country have made possible the fall of the taxes of interests, much even so still are considered between the most raised of the world. The influence of these taxes in the life of the people if negative reflects in the reduction of the capacity of saving and investment, repercurtindo in the sum of credit granted for the financial institutions. The existence of high taxes of interests also finds support in the government, that contributes with a confused and excessive tax burden on the operations of application and captation of resources, as well as the raised level of liability in relation the taxes of reserves of the banks. The necessary administrative costs to the maintenance of the operational activities, the level of present insolvency in the concession of credit and the edge of profit gained for the banks also if configure as determinative factors for the magnitude of these taxes. All these 0 variable significantly affect the process of transmission of resources in the economy, what it provokes the rise of the cost of the money of spread bank clerk and the level of risk of the operations of credit. Inside of this context, this dissertaÃÃo has as objective to define a methodology of calculation of the cost of the money for the credit borrower, of spread gained by the banks and its composoÃÃo, as well as applying a model of evaluation of the level of present proper risk in the practised taxes of application in the process of banking intermediaÃÃo in Brazil. / A instabilidade MacroeconÃmica vivenciada pelo Brasil, durante dÃcadas, motivou a prÃtica de elevadas taxas de juros, provocando distorÃÃes significativas na alocaÃÃo intertemporal de recursos na economia. Passados dez anos da ediÃÃo do Plano Real, o sucesso da polÃtica monetÃria e a reduÃÃo do nÃvel de incertezas em relaÃÃo ao paÃs tÃm possibilitado a queda das taxas de juros, muito embora ainda sejam consideradas entre as mais elevadas do mundo. A influÃncia dessas taxas na vida das pessoas se reflete na reduÃÃo da capacidade de poupanÃa e investimento, repercurtindo negativamente no montante de crÃdito concedido pelas instituiÃÃes financeiras. A existÃncia de taxas de juros elevadas tambÃm encontra amparo no governo, que contribui com uma confusa e exorbitante carga tributÃria sobre as operaÃÃes de aplicaÃÃo e captaÃÃo de recursos, bem como o elevado nÃvel de exigibilidade em relaÃÃo as taxas de reservas dos bancos. Os custos administrativos necessÃrios à manutenÃÃo das atividades operacionais, o nÃvel de inadimplÃncia presente na concessÃo de crÃdito e a margem de lucro auferida pelos bancos tambÃm se configuram como fatores determinantes para a magnitude dessas taxas. Todas essas variaveis afetam significativamente o processo de transmissÃo de recursos na economia, o que provoca a elevaÃÃo do custo do dinheiro do spread bancÃrio e do nÃvel de risco das operaÃÃes de crÃdito. Dentro desse contexto, esta dissertaÃÃo tem como objetivo definir uma metodologia de cÃlculo do custo do dinheiro para o tomador de crÃdito, do spread auferido pelos bancos e sua composoÃÃo, bem como aplicar um modelo de avaliaÃÃo do nÃvel de risco prÃprio presente nas taxas de aplicaÃÃo praticadas no processo de intermediaÃÃo bancÃria no Brasil.
6

Inércia da Taxa de Juros: Teoria e Evidência para a Economia Brasileira (2005-2013)

Manuel Joaquim 23 May 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2016-08-29T11:13:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_6167_INERCIA DA TAXA DE JUROS (1).pdf: 1603078 bytes, checksum: 251b4a068a1c67a7677d39c8b09c7b0e (MD5) Previous issue date: 2014-05-23 / No âmbito da condução da política monetária, as funções de reação estimadas em estudos empíricos, tanto para a economia brasileira como para outras economias, têm mostrado uma boa aderência aos dados. Porém, os estudos mostram que o poder explicativo das estimativas aumenta consideravelmente quando se inclui um componente de suavização da taxa de juros, representado pela taxa de juros defasada. Segundo Clarida, et. al. (1998) o coeficiente da taxa de juros defasada (situado ente 0,0 e 1,0) representaria o grau de inércia da política monetária, e quanto maior esse coeficiente, menor e mais lenta é a resposta da taxa de juros ao conjunto de informações relevantes. Por outro lado, a literatura empírica internacional mostra que esse componente assume um peso expressivo nas funções de reação, o que revela que os BCs ajustam o instrumento de modo lento e parcimonioso. No entanto, o caso brasileiro é de particular interesse porque os trabalhos mais recentes têm evidenciado uma elevação no componente inercial, o que sugere que o BCB vem aumentando o grau de suavização da taxa de juros nos últimos anos. Nesse contexto, mais do que estimar uma função de reação forward looking para captar o comportamento global médio do Banco Central do Brasil no período de Janeiro de 2005 a Maio de 2013, o trabalho se propôs a procurar respostas para uma possível relação de causalidade dinâmica entre a trajetória do coeficiente de inércia e as variáveis macroeconômicas relevantes, usando como método a aplicação do filtro de Kalman para extrair a trajetória do coeficiente de inércia e a estimação de um modelo de Vetores Autorregressivos (VAR) que incluirá a trajetória do coeficiente de inércia e as variáveis macroeconômicas relevantes. De modo geral, pelas regressões e pelo filtro de Kalman, os resultados mostraram um coeficiente de inércia extremamente elevado em todo o período analisado, e coeficientes de resposta global muito pequenos, inconsistentes com o que é esperado pela teoria. Pelo método VAR, o resultado de maior interesse foi o de que choques positivos na variável de inércia foram responsáveis por desvios persistentes no hiato do produto e, consequentemente, sobre os desvios de inflação e de expectativas de inflação em relação à meta central.
7

Risco bancário e taxa de juros : estudo empírico em instituições financeiras no Brasil

Bischoff, Lissandra 26 March 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Universidade Federal da Paraíba, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Programa Multi-Institucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2015. / Submitted by Ruthléa Nascimento (ruthleanascimento@bce.unb.br) on 2015-06-29T18:30:34Z No. of bitstreams: 1 2015_LissandraBischoff.pdf: 1513563 bytes, checksum: c058d0b98e03018593ff8873986951f3 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2015-07-06T17:11:50Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_LissandraBischoff.pdf: 1513563 bytes, checksum: c058d0b98e03018593ff8873986951f3 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-07-06T17:11:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_LissandraBischoff.pdf: 1513563 bytes, checksum: c058d0b98e03018593ff8873986951f3 (MD5) / Os bancos fazem suas escolhas de aplicações de recursos a partir da análise entre rentabilidade, risco e liquidez. Em períodos de taxas de juros elevadas, os bancos podem direcionar parcela maior de recursos disponíveis para aplicação em ativos de baixo risco, como títulos do governo. Por outro lado, períodos de taxas de juros baixas podem influenciar as instituições financeiras a escolherem investimentos mais rentáveis, porém menos líquidos e de maior risco. Estudos realizados na Europa e nos Estados Unidos, após a crise financeira de 2008, indicam que os bancos parecem ter aumentado sua propensão a assumir riscos durante períodos de taxas de juros baixas, na busca por maiores rendimentos. Dessa forma, o presente estudo visa contribuir para a literatura por meio da análise do caso do Brasil, que é uma economia emergente e que possui um sistema financeiro que apresenta características peculiares quando comparado aos sistemas de outros países estudados anteriormente. Este trabalho verifica se a redução significativa das taxas de juros praticadas no Brasil nas últimas décadas trouxe incentivos às instituições financeiras para assumirem maiores riscos, a exemplo do que foi observado em outros países. Foram analisados dados de 73 conglomerados e instituições financeiras em atividade no Brasil nos últimos 11 anos a fim de verificar, primordialmente, se o nível de taxas de juros está associado com o nível de exposição ao risco das instituições financeiras no Brasil. Dentre as variáveis analisadas, incluem-se, além das taxas de juros do período corrente, as taxas de juros do período imediatamente anterior, o que não é levado em conta em outros estudos. Além disso, são utilizadas tanto as taxas de juros nominais, quanto as taxas reais (descontados os efeitos da inflação). Os resultados sugerem que as taxas de juros são variáveis significativas para a explicação do nível de risco das instituições financeiras no Brasil. Foram identificadas diferenças relevantes entre os resultados deste estudo e os de trabalhos precedentes, as quais são discutidas neste trabalho. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Banks make their choices on where to apply its resources from the analysis of profitability, risk and liquidity.In periods of high interest rates, banks can target larger share of resources available for use in low-risk assets such as government bonds.On the otherhand, alow interest rateenvironmentmay influencefinancial institutions tochoosemore profitableinvestments, howeverless liquidand riskier.Studies carried out in Europe and United States, after the financial crisis of 2008, indicate that banks seem to have increased their risk-taking appetite during low-interest rates period in search for yield. Thus,this study aims to contribute to the literature by analyzing the case of Brazil, which is an emerging economy and has a financial system which has peculiar characteristics when compared to the systems of other countries studied previously. This study verifies whetherthesignificant reduction ininterest ratesin Brazil in the last decadeshas broughtincentivesfor financial institutions totake morerisks, in accordance with what wasobserved in other countries. Therefore, data of 73 conglomerates and financial institutions in activity in Brazil in the last 11 years were analyzed in order to verify primarily whether the level of interest rates is associated with the risk-taking level of financial institutions in Brazil.The variables analyzed, include, in addition to interest rates for the current period, interest rates for the previous period, which is not taken into account in other studies. Moreover, were used both nominal interest rates, the real rates (discounting the effects of inflation). The results suggest that interest rates are significant variables to explain the risk level of the financial institutions in Brazil. Significant differences were identified between our results and those of previous studies, which are discussed in this paper.
8

Dois ensaios sobre aspectos da instabilidade financeira

Salles, João Antônio Domingues de January 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2014-05-08T02:00:48Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000457641-Texto+Completo-0.pdf: 915889 bytes, checksum: 34b55d35a08a4175e8dddbd4d69f3b8f (MD5) Previous issue date: 2014 / This master thesis presents two papers devoted to Minsky’s theory of financial instability. Studies have as starting point LIMA and MEIRELLES (2007). The objective is to develop a macrodynamic model where the following points are considered: the indebtedness influence on bank interest rate, the liquidity trap phenomenon, and the cyclical nature of economic fragility. In the first paper, LIMA and MEIRELLES (2007) and other related models are presented, intending to discuss the dynamics arising from bank interest rate and indebtedness. The new dynamics is based on Lotka-Volterra equations, with the sensivity of the interest rate regarding to indebtedness of the economy there included. The interest rate performs the role of the prey in Lotka-Volterra model, while the variable indebtedness acts as predator. The adopted structure for the new dynamics results in a cyclical behavior of the variables, thus promoting a fundamental change in the model and ensuring the achievement of the paper’s objectives. The second paper runs simulations according the new dynamics. Economies chosen for the simulations were: United States, Spain, Brazil and the European Union. Parameters’ construction was based on January-November 2006 data for these economies. Results showed a cyclical nature of economies – supporting theoretical correspondence with the model previously developed in the first paper, within workable intervals in the analyzed economies, corroborating subsequently observed trajectories, in addition. / Esta dissertação apresenta dois artigos dedicados à teoria da instabilidade financeira de Minsky. Os estudos têm por ponto de partida LIMA e MEIRELLES (2007). O objetivo é desenvolver um modelo macrodinâmico onde sejam considerados os seguintes pontos: a influência do endividamento na taxa de juros bancária; o fenômeno da armadilha de liquidez; e o caráter cíclico da fragilidade econômica. No primeiro ensaio, apresenta-se o modelo de LIMA e MEIRELLES (2007) e outros relacionados, tendo por objetivo discutir dinâmicas que podem ser construídas a partir das variáveis taxa de juros bancária e grau de endividamento. A nova dinâmica é baseada nas equações de Lotka-Volterra, sendo incluída a sensibilidade da variável taxa de juros ao grau de endividamento da economia. A taxa de juros assume o comportamento atribuído à presa no modelo Lotka-Volterra, enquanto a variável grau de endividamento fica associada à dinâmica do predador.A estrutura adotada para a nova dinâmica tem como resultado um comportamento cíclico para as variáveis e promove uma alteração fundamental do modelo, garantindo o alcance dos objetivos propostos no artigo. O segundo ensaio executa simulações para a nova dinâmica desenvolvida. As economias escolhidas para as simulações foram: Estados Unidos, Espanha, Brasil e União Europeia. A construção dos parâmetros foi feita a partir de dados dessas economias no período de janeiro a novembro de 2006. Os resultados obtidos para os parâmetros utilizados apontaram um caráter cíclico das economias – demonstrando correspondência teórica com o que foi desenvolvido no primeiro artigo, dentro de intervalos factíveis nas economias analisadas, além de corroborar trajetórias posteriormente observadas.
9

Ensaios sobre o sistema financeiro : lavagem de dinheiro e spread bancário

Veiga, Luiz Humberto Cavalcante 11 1900 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Economia, 2006. / Submitted by samara castro (sammy_roberta7@hotmail.com) on 2009-09-28T21:13:06Z No. of bitstreams: 1 2006_Luiz Humberto Cavalcante Veiga.pdf: 889015 bytes, checksum: ad62b13afc1fa20d98bade775868f223 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2009-10-13T14:10:26Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_Luiz Humberto Cavalcante Veiga.pdf: 889015 bytes, checksum: ad62b13afc1fa20d98bade775868f223 (MD5) / Made available in DSpace on 2009-10-13T14:10:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_Luiz Humberto Cavalcante Veiga.pdf: 889015 bytes, checksum: ad62b13afc1fa20d98bade775868f223 (MD5) Previous issue date: 2006-11 / Esta tese aborda dois aspectos relacionados com o sistema financeiro: o spread nas operações com pessoas físicas e a lavagem de dinheiro. O tratamento a esses temas se dá em três momentos distintos: o primeiro relativo ao spread e os outros dois à lavagem de dinheiro, sendo um no âmbito global e outro local, procurando desvendar os efeitos econômicos da regulação de combate àquele crime. No que tange ao spread procura-se mostrar, com base na metodologia utilizada pela Nova Organização Industrial Empírica (NOIE) que, para alguns produtos bancários como o cheque especial, a determinação do spread é fruto da baixa sensibilidade ao preço por parte da demanda. Com referência à convergência da regulação internacional de combate à lavagem de dinheiro, a análise empírica aponta para uma possível redução na taxa de crescimento da economia quando as normas que obrigam as instituições financeiras a denunciar as tentativas de lavagem de dinheiro são adotadas. Por fim, a análise econômica da regulação para o combate ao crime em questão, aponta, na parte teórica, para a necessidade de elevado grau de exigência com relação à pena para os representantes dos bancos que descumprirem as prescrições da lei. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / This thesis approaches two aspects related with the financial system: spread in the operations with natural persons and money laundering. The treatment to these subjects is split in three distinct moments: first relative to spread and the other two to the money laundering, being one in global scope and the other local, looking for to unmask the economic effect of the regulation of combat to that crime. In that it refers to spread is looked to show, on the basis of the methodology used for New Empirical Industrial Organization (NEIO) that, for some banking products as the guaranteed check, the determination of spread is fruit of low sensitivity to the price on the part of the demand. With reference to the convergence of the international regulation of combat to the money laundering, the empirical analysis points with respect to a possible reduction in the growth rate when the norms that compel the financial institutions to denounce the attempts of money laundering are adopted. Finally, the economic analysis of the regulation for the combat to the crime in question points, in the theoretical part, with respect to the necessity of raise the punishment for banking officers that receive bribes to avoid inform law enforcers about attempts to brake the law.
10

Liquidez e precificação de ativos

Marcolino, Marcos Thiago de Araújo 15 July 2011 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Departamento de Economia, 2011. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2011-10-07T16:11:41Z No. of bitstreams: 1 2011_MarcosThiagodeAraujoMarcolino.pdf: 260994 bytes, checksum: 3d1b5d36323bdd6c21abeda0a31f26f9 (MD5) / Approved for entry into archive by LUCIANA SETUBAL MARQUES DA SILVA(lucianasetubal@bce.unb.br) on 2011-10-14T17:36:58Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2011_MarcosThiagodeAraujoMarcolino.pdf: 260994 bytes, checksum: 3d1b5d36323bdd6c21abeda0a31f26f9 (MD5) / Made available in DSpace on 2011-10-14T17:36:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2011_MarcosThiagodeAraujoMarcolino.pdf: 260994 bytes, checksum: 3d1b5d36323bdd6c21abeda0a31f26f9 (MD5) / Este estudo realiza duas extensões analíticas do modelo de Kiyotaki e Moore (2008). Analisa-se o equity premium baseado no diferencial de liquidez entre ativos e títulos e deriva-se uma regra ótima de oferta de liquidez. O modelo não se mostrou capaz de resolver quantitativamente o equity premium puzzle. A oferta ótima de liquidez permite que a economia atinja níveis de rst-best mesmo num con-texto de restrição de liquidez e a dinâmica das variáveis se torna semelhante a do modelo de ciclos reais. / This work derives two analytical extensions to the Kiyotaki and Moore (2008) model. It analyzes the equity premium based on the liquidity aspects of assets and bonds and it creates an optimal rule for the supply of liquidity. The model is not capable of solving quantitatively the equity premium puzzle. The optimal supply of liquidity makes the economy reach rst-best results even in a context of liquidity frictions and the variables dynamics become similar to real business cycle models.

Page generated in 0.0802 seconds