• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 158
  • 5
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 166
  • 62
  • 39
  • 39
  • 37
  • 32
  • 30
  • 24
  • 18
  • 17
  • 16
  • 16
  • 13
  • 13
  • 13
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Análise dos fatores que, na percepção dos proprietários, contribuíram para mortalidade das empresas em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no período de 1995 a 1997

Verruck, Adriana Barros January 2001 (has links)
Este trabalho trata da identificação e da análise dos fatores que, na percepção dos proprietários, contribuíram para a mortalidade das empresas em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no período de 1995 a 1997. Sob a ótica do conceito de ciclo de vida organizacional, das características da morte e declínio organizacionais e dos fatores ambientais, foi realizada uma pesquisa com cento e trinta e uma empresas extintas naquele período. Os fatores ambientais foram subdivididos em internos e externos, com vistas a identificar, por meio dos indicadores, o perfil das empresas e dos empresários e as características externas da empresa, como mercado, clientes, carga tributária e outras. A partir de uma amostra inicial de mil e duzentas empresas abertas naquele período, sendo quatrocentas por ano, obteve-se, após uma busca para identificar, dentre elas, as x que encerraram suas atividades, um total de cento e trinta e uma empresas, que efetivamente participaram da pesquisa, preenchendo um questionário, aplicado por estagiários de um centro de pesquisas de uma universidade local. A pesquisa caracteriza-se como seccional com perspectiva longitudinal, sendo a análise de dados predominantemente quantitativa. Os resultados evidenciaram que problemas financeiros, seguidos de falta de clientes e questões de ordem societária, foram as principais causas de morte das empresas pesquisadas e, ainda, que a elevada carga tributária, seguida de falta de capital de giro, e a recessão econômica foram as principais dificuldades encontradas na condução das suas atividades. Finalmente, com base nos resultados da pesquisa, foi indicado um conjunto de recomendações que visam a reduzir o nível de mortalidade das pequenas empresas no Brasil.
2

Análise dos fatores que, na percepção dos proprietários, contribuíram para mortalidade das empresas em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no período de 1995 a 1997

Verruck, Adriana Barros January 2001 (has links)
Este trabalho trata da identificação e da análise dos fatores que, na percepção dos proprietários, contribuíram para a mortalidade das empresas em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no período de 1995 a 1997. Sob a ótica do conceito de ciclo de vida organizacional, das características da morte e declínio organizacionais e dos fatores ambientais, foi realizada uma pesquisa com cento e trinta e uma empresas extintas naquele período. Os fatores ambientais foram subdivididos em internos e externos, com vistas a identificar, por meio dos indicadores, o perfil das empresas e dos empresários e as características externas da empresa, como mercado, clientes, carga tributária e outras. A partir de uma amostra inicial de mil e duzentas empresas abertas naquele período, sendo quatrocentas por ano, obteve-se, após uma busca para identificar, dentre elas, as x que encerraram suas atividades, um total de cento e trinta e uma empresas, que efetivamente participaram da pesquisa, preenchendo um questionário, aplicado por estagiários de um centro de pesquisas de uma universidade local. A pesquisa caracteriza-se como seccional com perspectiva longitudinal, sendo a análise de dados predominantemente quantitativa. Os resultados evidenciaram que problemas financeiros, seguidos de falta de clientes e questões de ordem societária, foram as principais causas de morte das empresas pesquisadas e, ainda, que a elevada carga tributária, seguida de falta de capital de giro, e a recessão econômica foram as principais dificuldades encontradas na condução das suas atividades. Finalmente, com base nos resultados da pesquisa, foi indicado um conjunto de recomendações que visam a reduzir o nível de mortalidade das pequenas empresas no Brasil.
3

Análise dos fatores que, na percepção dos proprietários, contribuíram para mortalidade das empresas em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no período de 1995 a 1997

Verruck, Adriana Barros January 2001 (has links)
Este trabalho trata da identificação e da análise dos fatores que, na percepção dos proprietários, contribuíram para a mortalidade das empresas em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, no período de 1995 a 1997. Sob a ótica do conceito de ciclo de vida organízacional, das características da morte e declínío organízacionais e dos fatores ambientais, foi realizada uma pesquisa com cento e trinta e uma empresas extintas naquele período. Os fatores ambientais foram subdivididos em internos e externos, com vistas a identificar, por meio dos indicadores, o perfil das empresas e dos empresários e as características externas da empresa, como mercado, clientes, carga tributária e outras. A partir de uma amostra inicial de mil e duzentas empresas abertas naquele período, sendo quatrocentas por ano, obteve-se, após uma busca para identificar, dentre elas, as que encerraram suas atividades, um total de cento e trinta e uma empresas, que efetivamente participaram da pesquisa, preenchendo um questionário, aplicado por estagiários de um centro de pesquisas de uma universidade local. A pesquisa caracteriza-se como seccional com perspectiva longitudinal, sendo a análise de dados predominantemente quantitativa. Os resultados evidenciaram que problemas financeiros, seguidos de falta de clientes e questões de ordem societária, foram as principais causas de morte das empresas pesquisadas e, ainda, que a elevada carga tributária, seguida de falta de capital de giro, e a recessão econômica foram as principais dificuldades encontradas na condução das suas atividades. Finalmente, com base nos resultados da pesquisa, foi indicado um conjunto de recomendações que visam a reduzir o nível de mortalidade das pequenas empresas no Brasil. / This work concerns to the identification and analysis of the factors that, in small companies owner's perception, contributed for the enterprises mortality in Campo Grande - Mato Grosso do Sul, in the period frorm 1995 to 1997. Based on the organizationallife cycle concept, decline and death characteristics and environmental factors, it was developed a research with a hundred and thirty one enterprises that died in that period. The environmental factors were subdivided in internai and externai, to characterize, through indicators, the enterprises and owners, as well as enterprises externai idiosyncrasy, such as market, consumers, tributary duty and others. From an initial sample of one thousand and four hundred opened enterprises in that period, with an opening rate o f four hundred companies per year, it was determined a group of one hundred and thirty companies which no longer operate. This research was developed through the appliance of a questionnaire to this specific group of companies by students from a local University. The research is characterized as sectional with a longitudinal perspective, which data analysis is mainly quantitative. The results show that financiai problem, followed by lack of customers and partnership issues were the main sampled companies death causes. Other results show that the main troubles identified to run business were high tributary duties, lack of working capital, financiai problems and the depressed economy. Finally, based on the research results, a group of recommendations was assigned in order to avoid the mortality levei of small companies in Brazil.
4

O papagaio-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis) na Ilha Rasa, PR

Sipinski, Elenise Angelotti Bastos 14 June 2013 (has links)
Visando conhecer as relações entre o ambiente da ·ilha Rasa e a população de papagaio-de-cara-roxa (Amazona brasiliensis) foram estudados alguns aspectos reprodutivos, a qualidade ambiental, a disponibilidade alimentar e o tamanho da população. Para tanto, monitorou-se a atividade reprodutiva dos ninhos localizados na ilha Rasa; verificou-se o grau de alteração da estrutura florestal mais utilizada na nidificação; verificou-se a sazonalidade das espécies vegetais utilizadas na dieta alimentar da espécie; e, utilizando método de contagem estimou-se a população que utiliza a ilha Rasa como dormitório e local de forrageamento. Obteve-se uma alta concentração de ninhos na ilha Rasa. Foram 58 ninhos localizados e 120 atividades reprodutivas monitoradas em cinco estações reprodutivas (1998 2002), indicando a relevância deste sítio reprodutivo para a espécie. A maioria dos ninhos (97%) estava em Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas. Como a área ocupada para nidificação vem sofrendo exploração seletiva de árvores nativas, tal atividade irá comprometer este sítio reprodutivo. Outro fator limitante da reprodução é o elevado índice de predação de ovos e filhotes. Recomendam-se ações de fiscalização preventivas para conter a retirada de espécies arbóreas e estudos de densidade populacional dos principais predadores do papagaio-de-cara-roxa para um melhor entendimento da relação predador-presa, visando propor medidas de manejo. Entre as espécies arbóreas utilizadas pelo papagaio, o guanandi deve ser considerado como uma espécie-chave. Esta espécie serve como abrigo, fornece alimento e disponibiliza cavidades propícias para a nidificação. Desta forma, recomenda-se um estudo comparado da densidade populacional do guanandi na ilha Rasa e em outras áreas de ocorrência de papagaio para avaliar se a disponibilidade dessa espécie é suficiente para a manutenção da população do papagaio-de-cara-roxa nesta ilha. Entre os itens conhecidos na dieta alimentar do papagaio-de-cara-roxa foi verificado que 43 (N=68; 63%) encontram-se nas formações vegetais da ilha Rasa. Foi possível realizar oito contatos visuais de casais ou bandos em forrageamento no período da manhã. As espécies utilizadas neste processo alimentar foram guanandi (Calophyllum brasiliense), mangue-do-mato (Clusia criuva) e caúna (Ilex sp). Concluí-se que ilha Rasa apresenta suporte alimentar para a espécie. Recomenda-se a continuidade das pesquisas de registro alimentar, além de aprofundar as observações sobre a fenologia das principais espécies utilizadas na dieta alimentar do papagaio-de-cara-roxa. Na contagem no dormitório registrou-se o menor grupo de indivíduos no mês de janeiro (150 indivíduos), o maior no mês de abril (735 indivíduos). A população que utiliza a ilha durante o dia variou entre os meses analisados, e a média estimada foi de 430 indivíduos. Recomenda-se um monitoramento constante para acompanhar tais flutuações da população de papagaio-de-cara-roxa que utiliza a ilha como dormitório e local de forrageamento. Esse estudo deve estar associado às variações sazonais e ambientais da ilha Rasa, tais como fenologia da vegetação, comportamento reprodutivo, ações antrópicas, índice de predação e variações climáticas, para se entender as variações do tamanho da população.
5

Distribuição Geográfica Histórica e Recente de Queixadas (Tayassu pecari) e Catetos (Pecari tajacu) na Mata Atlântica Brasileira

CRUZ, F. M. 08 August 2017 (has links)
Made available in DSpace on 2018-08-01T23:27:11Z (GMT). No. of bitstreams: 1 tese_11228_88 - Fabiana de Mendonça Cruz.pdf: 2420629 bytes, checksum: 4762211132af0443f0da329a076e727d (MD5) Previous issue date: 2017-08-08 / Queixadas (Tayassu pecari Link, 1975) e catetos (Pecari tajacu Linnaeus, 1758) são as duas espécies de porcos nativos com ocorrência natural no Brasil. Diversas áreas onde os porcos se distribuem foram severamente alteradas pelo desmatamento, desenvolvimento agrícola e urbanização, como é o caso da Mata Atlântica (MA). Para determinar possíveis locais de extinção dos porcos nesse bioma, é necessário conhecer os registros que compõem a sua distribuição histórica pois sabe-se que diferentes regiões estão suscetíveis a diferentes intensidades e tipos de impactos, o que pode influenciar a maneira como as espécies responderão a eles espacialmente. Assim, o presente estudo teve como propósitos (1) descrever a ocorrência histórica, (2) determinar o padrão de ocupação atual de queixadas e catetos e (3) estimar a probabilidade de extinção local de ambas as espécies ao longo do bioma, analisando a influência das seguintes variáveis: tamanho de áreas protegidas, tamanho de fragmentos florestais, densidade populacional humana atual, presença do javali (Sus scrofa) e tempo entre o último registro histórico e o registro atual. Registros de detecção históricos e a ausência de registros (não-detecção) históricos e recentes dos porcos-do-mato foram levantados e integrados em modelos de ocupação, que indicaram as áreas mais prováveis de ocupação e extinção na MA. Ao todo, 469 registros de catetos foram utilizados e resultaram em uma estimativa de probabilidade de extinção de 4% na MA, influenciada positivamente pela densidade populacional humana e negativamente pelas áreas protegidas. Já para o queixada, 448 registros foi utilizados, resultando em uma estimativa de probabilidade de extinção de 46% na MA, positivamente influenciada pelo tempo decorrido entre o registro histórico e o atual e negativamente pelo tamanho das áreas protegidas. Conclui-se, portanto, que os queixadas estão consideravelmente mais ameaçados que os catetos e que as áreas protegidas possuem grande importância na manutenção das populações dessas espécies. A extinção do queixada na MA pode ocasionar preocupantes consequências ao longo da cadeia trófica, dado seu papel como arquiteto ecológico e engenheiro de ecossistemas.
6

Meios de extinção de incêndio : extintores portáteis

Costa, André Diogo Pinheiro da January 2009 (has links)
Tese de mestrado integrado. Engenharia Civil (Especialização em Construções). Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2009
7

Meios de extinção de incêndio : sistemas automáticos por água

Trindade, Paula Alexandra Dias January 2009 (has links)
Tese de mestrado integrado. Engenharia Civil (Especialização em Construções). Faculdade de Engenharia. Universidade do Porto. 2009
8

Atividades de vôo e representatividade de sexos e castas em favos de melipona bicolor schencki gribodo, 1893 (apidae; meliponini) em ambiente natural, no sul do Brasil: uma abordagem sazonal

Ferreira Junior, Ney Telles January 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2013-08-07T19:12:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 000402062-Texto+Completo-0.pdf: 356032 bytes, checksum: fa5216c016b2f8a2e17d0cae5b09cb0e (MD5) Previous issue date: 2008 / Melipona bicolor schencki occurs in southern Brazil and high elevations of southeastern Brazil. It is vulnerable to extinction in Rio Grande do Sul and has good potential for meliponiculture, but knowledge about its ecology is currently limited. The flight activities and the production of combs and brood cells were studied from November/2006 until October/2007 for five polyginous colonies, maintained at CPCNPró- Mata, in São Francisco de Paula, RS. In each month, we sampled one emerging comb per colony and assessed the proportion and spatial distribution of the individuals of each sex and caste. We sampled the ingress of pollen, nectar/water and resin/mud and analyzed the influence of time of the day, temperature, relative humidity, atmospheric pressure, light intensity and wind speed on flight activity. Flights were more intense in the spring (2100) and summer (2333), and were reduced in the fall (612) and winter (1104). Nectar/water ingress was proportionally higher than that of pollen, followed by building materials. This situation occurred in the four seasons, but with variation in intensity. In the spring, the activities occurred over 14 hours, with progressive reduction of hours of activity in the other seasons, reaching the minimum of 8 hours in winter. The meteorological factors analyzed in combination presented 40. 2% of influence on the flight activities of the bees. This result indicates that other factors, not sampled in this research, like the colony needs governed by physiologic factors and availability of floral resources, strongly influence the intensity of resource collection by the bees. Brood analysis revealed that combs presented more brood cells in spring and summer, although variation in the number of combs over the four seasons was not significant. Workers (79. 7%), queens (15. 6%) and drones (4. 7%) were produced in all months sampled. Analysis of spatial distribution indicated that there is no clear predominance of a given sex or caste in a specific comb area, contrary to others species of Melipona. / Melipona bicolor schencki ocorre no Sul e em regiões de altitude elevada no Sudeste do Brasil. É considerada vulnerável a extinção no Rio Grande do Sul onde há carência de estudos sobre a sua ecologia. Cinco colônias poligínicas de M. b. schencki, mantidas no CPCN Pró-Mata, em São Francisco de Paula, RS, foram estudadas sazonalmente, durante o período de novembro/2006 a outubro/2007, quanto as atividades de vôo e a produção de favos e células de cria. Mensalmente analisou-se um favo maduro por colônia, verificando-se a proporção e distribuição espacial de sexos e castas dos indivíduos. Amostrou-se o ingresso de pólen, néctar/água e resina/barro e analisou-se a influência do horário, temperatura, umidade relativa, pressão atmosférica, luminosidade e velocidade do vento sobre o vôo. Os vôos foram mais intensos na primavera (2100) e verão (2333), tendo-se reduzido no outono (612) e inverno (1104). Considerando-se os materiais transportados pelas abelhas, o ingresso de néctar/água foi proporcionalmente maior, seguido de pólen e de materiais de construção. Esta situação ocorreu similarmente nas quatro estações do ano, porém com variações de intensidade. A amplitude diária de vôo foi de 14 horas na primavera, reduzindo-se progressivamente nas demais estações.A análise conjunta dos fatores meteorológicos indicou uma influência de 40,2% sobre as atividades de vôo das abelhas. Este resultado sugere que outros fatores, não mensurados neste estudo, exercem forte influência sobre a intensidade de coleta de recursos. Quanto à avaliação da cria, na primavera e verão os favos apresentaram maior número de células, embora o número de favos tenha permanecido sem variação significativa nas quatro estações. Operárias (79,7%), rainhas (15,6%) e machos (4,7%) foram produzidos em todos os meses avaliados. A análise da distribuição espacial indicou não haver predominância de determinado sexo ou casta em áreas específicas dos favos, diferentemente de outras espécies do gênero.
9

Crimes contra a ordem tributária: legitimidade da tutela penal e inadequação político-criminal da extinção da punibilidade pelo pagamento do tributo

ALENCAR, Romero Auto de January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T17:21:49Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo5920_1.pdf: 1697677 bytes, checksum: 0b4fb0f7c70c7f0ac6d66512accd1123 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2006 / A crescente onda de criminalização de condutas não é fenômeno exclusivo do ordenamento jurídico brasileiro; está presente em todos os países, conforme os relatos da doutrina especializada. Verifica-se, pois, a expansão da tutela penal sobre bens jurídicos socioeconômicos bens jurídicos difusos como exemplo mais evidente do fenômeno da criminalização. Nesse contexto, a criminalização das infrações tributárias por si só já garantiu um grande espaço nas preocupações da doutrina jurídica brasileira e estrangeira. No Brasil, em especial pela criação do legislador do discutido instituto da extinção da punibilidade pelo pagamento do tributo. Pretende-se analisar aqui a criminalização do bem jurídico-tributário e, em especial, discutir criticamente o instituto da extinção da punibilidade nos crimes contra a ordem tributária. Também é uma intenção desta pesquisa identificar se o bem jurídico tributário pode sofrer um processo de criminalização de condutas, de acordo com o cumprimento dos requisitos materiais mínimos necessários para a tutela penal. Também se analisa o tema da extinção da punibilidade sob uma perspectiva dogmática, a fim de identificar seu respeito ou não a princípios constitucionais e suas conseqüências jurídicas. Finalmente, investiga-se criticamente a extinção da punibilidade de acordo com a moderna política criminal, discutindo-se a legitimidade do instituto em face de suas conseqüências no meio jurídico-penal, em especial à criminalidade tributária
10

Morfologia, ecofisiologia da germinação e desenvolvimento de Solanum diploconos (Mart.) Bohs (Solanaceae)

Hoffmann, Pablo Melo January 2014 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Antonio Carlos Nogueira / Coorientadores : Prof. Dr. Christhopher Thomas Blum e Profª. Drª. Marília Borgo / Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 15/08/2014 / Inclui referências : f. 100-117 / Área de concentração : Silvicultura / Resumo: Solanum diploconos é espécie nativa da Floresta Ombrófila Mista e listada comoameaçada pela International Union for Conservation of Nature. A espécie é de subbosque,possui potencial ornamental e frutos comestíveis. Este estudo teve como focoa biologia reprodutiva de S. diploconos em quatro aspectos: Mapeamento- localizaçãoe marcação de matrizes; Morfologia e biometria - flor, fruto, semente, processogerminativo, plântula e muda; Germinação- diferenças entre matrizes, períodos dearmazenamento, temperatura, luminosidade, época de coleta e ambiente dearmazenamento; Mudas- sobrevivência à repicagem, crescimento inicial, efeito daadubação com Basacote® e o desempenho das mudas em campo sob distintascondições de luminosidade. A pesquisa foi conduzida no Viveiro e no Laboratório dePropagação de Espécies Nativas da Sociedade Chauá, Campo Largo (PR) e noLaboratório de Sementes do Departamento de Ciências Florestais da UFPR, Curitiba(PR). A localização das matrizes foi realizada em 26 remanescentes, sendo que emsomente seis deles ocorreram os 23 indivíduos cadastrados. Para nenhuma das áreasestudadas foram encontrados indivíduos suficientes (N=12). Foram realizadas coletasde apenas seis dos indivíduos cadastrados, localizados em três fragmentos, dois emFernandes Pinheiro e um em Prudentópolis (PR). A morfologia de S. diploconos ésimilar a outras espécies do gênero Solanum. Os frutos são carnosos e indeiscentes,do tipo solanídeo. As sementes são pequenas, endospermáticas e campilótropas. Oembrião é circinado e a germinação é epígea e fanerocotiledonar. Para a maioria dosexperimentos, a porcentagem de germinação foi superior a 80%. A germinação iniciaseno 5º dia e se encerra no 35º dia após plantio. Existem diferenças entre as trêsmatrizes estudadas para os índices de vigor, contudo não há diferenças estatísticasna porcentagem de germinação. Entre as três temperaturas avaliadas (20, 25 e 30°C)os melhores resultados foram obtidos a 20ºC com luz artificial contínua e a 25ºC comluz natural. O armazenamento de sementes de S. diploconos em geladeira (5°C) oufreezer (-18°C), por 12 meses, não afeta a capacidade de germinação das sementes;contudo, o ambiente de freezer pode afetar negativamente índices de velocidade degerminação. A coleta dos frutos na região estudada deve ser realizada entre os mesesde março e abril. A coleta precoce dos frutos e armazenamento por três meses emrefrigerador não resulta na continuidade do processo de maturação das sementestampouco em bons resultados de germinação. No experimento de adubação comBasacote® (6 kg.m-3) e substrato Mecplant® em tubetes de 280 cm3, a dosagemutilizada não influenciou a maioria das variáveis de crescimento das mudas após 120dias. As mudas de S. diploconos, aos 45 dias, são bastante resistentes aoprocedimento de repicagem, com 100% de sobrevivência após 30 dias de plantio. Damesma forma, o transplante de mudas para campo aos 120 dias resultou em índicesnulos de mortalidade até 60 dias pós-plantio. As mudas plantadas à sombra exibiramíndices de sobrevivência e crescimento superiores ao final do experimento, ao passoque as de pleno sol mostraram crescimento muito inferior já a partir do segundo mês,e não sobreviveram às geadas.Palavras-chave: espécie nativa, mapeamento de matrizes, biometria, mudas. / Abstract: Solanum diploconos is a native species of Mixed Ombrophilous Forest, listed as threatened by IUCN Red List. It occurs in the forest understory, can be used as ornamental and its fruits are edible. This survey focused in the reproductive biology of this species, reaching out four aspects: Mapping mother trees location and recording; Morphology and biometry of flower, fruit, seed, germination, sprout/initial development seedling, seedling; Germination, evaluating mother trees differences, storage time, temperature, luminosity, collection time, storage place; Seedlings - transplanting survival, early growth, Basacote® fertilization effects and seedlings performance in the field according to different luminosity conditions. The study was developed at Sociedade Chauá's Nursery and Native Species Propagation Laboratory, in Campo Largo-PR and in the Seeds' Laboratory of Forestry Department (UFPR), in Curitiba (PR). 26 forest remnants were evaluated, but the species was found in just six of them, and 23 plants were mapped. The minimum population size (N=12) was not achieved in any remnant. Fruits were collected in just six of the recorded plants, located in three remnants - two in Fernandes Pinheiro (PR) and one in Prudentópolis (PR). Species morphology follows the patterns of Solanum genus. Fruits are fleshy and indehiscent, Solanum-type. Seeds are small, endospermic and campylotropous. The circinate embryo presents epigeal and phanerocotylar germination. Germination percentage was over than 80% for most of the tests. It starts five days and finishes 35 days after planting. Vigor index varies according to the mother tree, but there is no statistical difference to germination percentage. Regarding development at diverse temperatures (20, 25 and 30°C) combined to light type (artificial, natural and no-light conditions) and time, the best results were achieved at 20ºC artificial continuous light and at 25ºC natural light. Seeds storage in refrigerator (5°C) or freezer (-18°C) for 12 months did not affect germination; however, freezer conditions can adversely affect germination speed index. In the studied region, fruit collection shall be carried out from March to April. Early fruit collection and a 3-month storage time in refrigerator breaks the maturation process and decreases germination. Basacote® fertilizer concentration combined to Mecplant® substrate in 280 cm3 tubes did not affect most of the evaluated seedling growth parameters 120 days after planting. 45 days-old seedlings are very resistant to transplanting, showing 100% of survival after 30 days. Same results were found to 120-days old seedlings planted in the field - no one single seedling has died 60 days after transplanting. Survival and growth seedling rates were more effective in shade than in the sunlight sites. At the last place, seedlings did not survive the frosts. Key words: native species; mother trees mapping; biometry; seedlings.

Page generated in 0.057 seconds