• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 20
  • 2
  • Tagged with
  • 22
  • 13
  • 10
  • 9
  • 9
  • 9
  • 8
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Transtornos mentais no Hospital Geral : percepções elaboradas por enfermeiros

Camargo, Raquel Mori Pires de. 2011 (has links)
Orientador: Maria Alice Ornellas Pereira Banca: Magda Cristina Queiroz Dell'Acqua Banca: Ana Lúcia Machado Resumo: Considerando que, além do sofrimento psíquico, as pessoas portadoras de transtorno mental também podem padecer de doenças físicas, e, portanto, podem ser atendidas em serviços não específicos, como o hospital geral, este trabalho teve como objetivo Identificar as percepções dos enfermeiros de um hospital geral acerca dos transtornos mentais ao lidarem com os pacientes psiquiátricos em seu cotidiano de trabalho. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, as narrativas foram analisadas embasadas na análise temática e o referencial teórico de Benedetto Saraceno e Emerson Elias Merhy, autores que abordam a reabilitação psicossocial e o processo de cuidar, respectivamente. Foram entrevistados dez enfermeiros e da análise dos discursos produzidos emergiram três temas: o preconceito, a carência de conhecimento na área de saúde mental e a deficiência no cuidado. A discussão dos temas demonstrou que o preconceito sobre os portadores de transtorno mentais ainda é presente na percepção dos enfermeiros, aparecendo de diversas maneiras, como mecanismos de defesa, formas de poder e atitudes de exclusão e discriminação. A carência de conhecimento foi evidenciada, tendo como fatores importantes a formação acadêmica e as condições pessoais internas dos sujeitos. Já a deficiência no cuidado apontou a prevalência do modelo biologicista, pautado na medicalização, que tem como consequência a dicotomia no cuidado. A partir destas reflexões, vê-se a importância de haver uma cultura institucional de valorização do cuidado e das pessoas, evidencia-se a necessidade de modificar conceitos antigos, como também, torna-se necessário a articulação da rede de atenção à saúde mental, da qual faz parte o hospital geral, como ferramenta fundamental para uma assistência completa à pessoa portadora de transtorno mental Abstract: Considering that besides the psychological distress, people with mental disorders may also suffer from physical illnesses, and therefore, they can be treated in not specific services, such as the general hospital. This study aimed to identify the perceptions of nurses in a general hospital about mental disorders when dealing with psychiatric patients in their daily work. It is a qualitative approach and the narratives were analyzed based on thematic analysis and theoretical of Benedetto Saraceno and Emerson Elias Merhy, authors who address the psychosocial rehabilitation and care process, respectively. Ten nurses were interviewed and the analysis of their speeches came across three themes: prejudice, lack of knowledge on mental health and deficiencies in care. The discussion of the issues showed that prejudice on people with mental disorder is still present in the perception of nurses, appearing in several ways, such as mechanisms of defense, forms of power and attitudes of exclusion and discrimination. The lack of knowledge was evident having as important factors the academic and personal internal conditions of the participants of this study. The deficiency in care, however, showed the prevalence of biological model, ruled by medicalization, which causes the dichotomy in the care. From these reflections, we see the importance of having an institutional culture of appreciation of care and people, showing the need to change old concepts. The articulation of the network of mental health care, witch the general hospital is part of it, is also important, and works as a fundamental tool for expanded and complete assistance to people with mental disorders as well Mestre
2

Reorganizando o cotidiano da equipe de saúde mental : um trabalho interdisciplinar por meio do apoio matricial

Cunha, Adeline Maria Castelo. 2012 (has links)
Orientador: Sílvio Yasui Banca: Cristina Amélia Luzio Banca: Simone Maineri Paulon Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo tecer uma reflexão sobre a prática de Apoio Matricial ocorrida entre uma equipe de Estratégia Saúde da Família (ESF) e dois profissionais do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de um município de pequeno porte, que culminam em uma possibilidade de reorganização das ações de Saúde Mental na Atenção Básica. Refere-se a estratégias de cuidado em Saúde Mental substitutivas ao modelo médico centrado. Buscou-se a construção de espaços coletivos de conversas horizontais entre profissionais de diferentes campos disciplinares, o que implicou em construir condições para que o trabalho dentro das unidades de saúde se tornasse menos compartimentalizado. Ressalta-se que a prática realizada não ocorreu exclusivamente devido à pesquisa, mas, antes, surgiu independente dela. Todavia, ao passo que se tornou objeto de discussão acadêmica, foi influenciada pelo pesquisar, culminando nesta dissertação. Foi utilizado como recurso metodológico o grupo focal para nortear dois encontros com os trabalhadores de saúde, nos quais foram tratados três temas principais: os encaminhamentos para psiquiatria, a desmistificação em relação aos transtornos mentais e o acolhimento conjunto (ESF e CAPS). A análise pautou-se também na observação participante que ocorreu durante todo o processo da pesquisa em encontros semanais. Desta forma os sujeitos da pesquisa - os trabalhadores da saúde - são o objeto deste estudo, pois são eles que realizam as ações, sendo assim, presa-se pela total proteção dos participantes que compõem essa experiência de trabalho. Cabe ressaltar... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) Abstract: This research was carried out to ponder on the practice of Mothers' Support used by both a Family Health Strategy team (ESF) and two professionals of the Psychosocial Care Center (CAPS) of a small-sized county, which culminate in the possibility of reorganizing the Mental Health activities in the Basic Care. It refers to care strategies in Mental Health replacing the centralized medical model. One tried to create collective spaces of even dialogues among professionals of different disciplinary fields, what implicated in furthering conditions to make work within the health care units less restricted. One points out that the activity put into practice did not take place exclusively due to the research at issue, but it rather resulted independently from it. However, as it became subject of academic discussion, it came under the influence of the very research, culminating in this dissertation. Its methodological resource was the focal group to provide guidance for two meetings held with health care workers, in which three main topics were broached: putting people on the way of psychiatric care, dismystifying the concept of mental troubles, and the combined reception (ESF and CAPS). The analysis was based on participating observation which took place during the whole research process along weekly meetings. In this way the subjects of the research - health care workers - are the subjects of this study, since they are the ones who carry out the activities, such being the case, one places value to the protection of the whole team participating in such a work experience. It is suitable to point out that several frames are combined in that development... (Complete abstract click electronic access below) Mestre
3

Repensando a internação psiquiatrica. A proposta das unidades de internação psiquiatrica de hospitais gerais

1990 (has links)
Orientador : Dorgival Caetano Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas Made available in DSpace on 2017-03-13T22:56:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dalgalarrondo, Paulo.pdf: 5198143 bytes, checksum: 3e9f215ca62355a6e2fdb9a73a627ea6 (MD5) Previous issue date: 1990 Made available in DSpace on 2017-07-20T12:43:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Dalgalarrondo_Paulo_M.pdf: 5198143 bytes, checksum: 3e9f215ca62355a6e2fdb9a73a627ea6 (MD5) Previous issue date: 1990 Resumo: O objetivo desta dissertação é fazer uma reflexão sobre a questão da internação psiquiátrica, mais particularmente sobre as unidades de internação psiquiátrica em hospitais gerais (UIPHGs) . Para tanto, busca-se descrever e analisar a experiência de implantação de uma unidade de internação psiquiátrica no HC da UNICAMP, ao mesmo tempo em que se faz uma leitura crítica e razoavelmente abrangente da literatura específica sobre o assunto, visando a um embasamento teórico da análise. O estudo mostra a pertinência e validade das UIPHGs, anotando vantagens, limites e dificuldades no seu estágio atual de desenvolvimento. Como uma das características centrais das UIPHGs é a brevidade da internação, deu-se atenção especial a essa questão. Foi feito um estudo de casuística relativo à 300 internações nos dois primeiros anos da unidade de internação psiquiátrica do HC - UNICAMP, descrevendo as características sócio-demográficas, clínicas e assistenciais dos casos internados. A duração média das internações foi 19 dias. As variáveis - diagnóstico clínico, procedência, filiação religiosa e idade - mostraram-se mais evidentemente relacionadas à duração das internações Abstract: The objective of this dissertation is to reflect on the question of psychiatric hospitalization with emphasis on psychiatric inpatient units in general hospitals. The experience of implanting a psychiatric inpatient unit in the University General Hospital of the State Univeristy of Campinas (UNICAMP) is described and analysed. To provide a theoretical basis for the analysis, a criticaI and reasonably through review of specific literature is presented. The study shows the relevance and validity of psychiatric inpatient units in general hospitals, pointing out the advantages, limitations and difficulties in their present state of development. As one of the central characteristics of the inpatient units in general hospitals is the short length of stay, special attention has been given to this issue. A casuistical study relating to 300 admissions in the first two years of the psychiatric inpatient unit of the University Hospital (UNICAMP) was made, describing the social-demographic, clinical and assistential characteristics of the inpatients. The mean length of stay was 19 days. The variables - clinical diagnosis, place of residence, religious affiliation and age - were closely to the length of stay Mestrado Mestre em Medicina.
4

Analise da implantacao de um servico de emergencia psiquiatrico no municipio de Campos: inovacao ou reproducao do modelo assistencial

Gondim, Denise Saleme Maciel. 2001 (has links)
Mestre -- Escola Nacional de Saude Publica, Rio de Janeiro, 2001.
5

A produção cientifica sobre o acompanhamento terapeutico no Brasil de 1960 a 2003 : uma analise critica

2005 (has links)
Orientador: Debora Isane Ratner Kirschbaum Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas Made available in DSpace on 2017-03-28T14:42:20Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Simoes, Cristiane Helena Dias.pdf: 662468 bytes, checksum: e59b77be615cb9ec6a475f0561d86622 (MD5) Previous issue date: 2005 Made available in DSpace on 2017-07-20T12:29:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Simoes_CristianeHelenaDias_M.pdf: 662468 bytes, checksum: e59b77be615cb9ec6a475f0561d86622 (MD5) Previous issue date: 2005 Resumo: Este é um estudo bibliográfico que analisa as produções científicas referentes ao tema acompanhamento terapêutico, a partir de 1960 até 2003, com o objetivo de identificar os temas emergentes dessa produção e estabelecer o que é o acompanhamento terapêutico para os agentes dessa prática. Conforme os autores analisados, as iniciativas de reformas psiquiátricas ocorridas no país possibilitaram o surgimento do acompanhamento terapêutico. Desta forma, a prática do acompanhamento terapêutico foi introduzida no Brasil a partir de 1960 como atribuição do atendente psiquiátrico, auxiliar psiquiátrico, amigo qualificado, e a partir dos anos 80 esta prática foi designada como acompanhamento terapêutico. Realizou-se uma análise crítica da produção científica sobre o tema acompanhamento terapêutico e com a seleção de cinco temas emergentes. A análise da produção teórica sobre o acompanhamento terapêutico evidencia uma preocupação dos autores em estabelecer as funções e os objetivos que marcaram a especificidade das práticas do atendente psiquiátrico e auxiliar psiquiátrico, cujo trabalho era acompanhar o paciente em seu cotidiano, enquanto os autores que abordam a prática do acompanhamento terapêutico estão implicados em formular definições acerca do que é o este trabalho atrelado a uma abordagem teórica. Referente ao tema a quem se destina o acompanhamento terapêutico, os autores afirmam que a prática do atendente e do auxiliar psiquiátrico eram composta por psicóticos adultos, que estavam em regime de internação. Em relação à prática do acompanhamento terapêutico, os autores analisados afirmam que foi uma prática voltada para os pacientes psicóticos adultos, mas que rapidamente abrangeu crianças, adolescentes e idosos e outros diagnósticos. As características do profissional que assumiu a função do acompanhante terapêutico foram mudando em cada período, já que os autores analisados apontam que para ser atendente psiquiátrico ou auxiliar psiquiátrico não era necessário ter formação na área psicanalítica. Em relação ao perfil do acompanhante terapêutico, os autores apontam que a maioria possui formação em Psicologia e destacam a teoria psicanalítica como embasamento para a compreensão e intervenção no caso. A partir da análise referente às características das práticas do atendente psiquiátrico, do auxiliar psiquiátrico e do amigo qualificado, os autores analisados apontam que a principal característica era de uma intervenção realizada em um ambiente externo à instituição; as características que marcam o acompanhamento terapêutico são: setting ampliado, diálogo com a família do paciente e trabalho em equipe. No acompanhamento terapêutico a clínica pode ser realizada em diferentes concepções teóricas e/ ou clínicas que fundamentam a intervenção do acompanhante terapêutico. Sobre a fundamentação teórica do trabalho de acompanhamento terapêutico encontramos duas visões, uma, que é a maioria, os autores se embasam na teoria psicanalítica, e a outra, os autores consideram que é preciso se fundamentar em diversos campos de saberes para conseguir esta teorização Abstract: This is a bibliographic research that analyses the scientific writing about the theme therapeutic accompaniment from 1960 until 2003. The objective of this study is to identify the emerging themes in this writing and establish what the therapeutic accompaniment is according to the agents of this practice. According to the authors researched, the changes in psychiatric assistance model in Brazil allowed the emergence of the therapeutic accompaniment approach. Hence, the therapeutic accompaniment approach was brought in Brazil from 1960 named as psychiatric attendant, psychiatric assistant, or qualified friend. In the 80s this practice was finally defined and named as therapeutic accompanist. In this research, it is made a critical analysis of the scientific writing about the theme ¿therapeutic accompaniment¿ and selected five thematic categories. This analysis showed that the authors established objectives and actions that marked the psychiatric attendant and the psychiatric assistant¿s practices, whose work was to accompany the patient in his/her daily life. In contrast, the authors that describe the therapeutic accompaniment are involved in making definitions about this practice connected to a theoretical approach. About the theme ¿to whom the therapeutic accompaniment is meant¿, the authors state that the psychiatric attendant and the psychiatric assistant¿s practice was applied to the in-patient adult psychotic patients. However, the therapeutic accompaniment was applied to the psychotic patients, but was rapidly used also to other patients, such as children, teenagers or elders who could get some benefit from this practice. The characteristics of the professional who took on the function of therapeutic accompanist have been changing. In the beginning, the authors observed that it was not necessary to have a psychoanalytical background to be a therapeutic accompanist. About the therapeutic accompanist profile, authors point that, nowadays, the majority has a Psychology background and the psychoanalytical theory is the base for comprehension and intervention in case studies. The main characteristic of the therapeutic accompaniment practice, as pointed out by the authors, is that it is carried out outdoors. The main characteristics of the therapeutic accompaniment are: a larger setting; the dialogue with the family and teamwork. The therapeutic accompaniment clinic can be undergone according to different backgrounds and theories that give basis to the intervention of the therapeutic accompanist. Authors point that the psychoanalytical theory is the most used theoretical background in this area. Still, there are two points of view about the theoretical background for the therapeutic accompaniment: the first one - which is followed by most of the accompanists ¿ is based on the psychoanalytical theory; and the other approach is used by the authors who consider that it is need to be based on different knowledge fields to deal with this practice Mestrado Enfermagem e Trabalho Mestre em Enfermagem
6

A criação de um serviço de urgencia psiquiatrica : uma analise historica documental e oral

1998 (has links)
Orientador: Egberto Ribeiro Turato Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas Made available in DSpace on 2017-03-21T21:46:01Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Paulin, Luiz Fernando Ribeiro da Silva.pdf: 9695350 bytes, checksum: 2493e5198ebe921ac4d4e89490118810 (MD5) Previous issue date: 1998 Made available in DSpace on 2017-07-20T12:30:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Paulin_LuizFernandoRibeirodaSilva_D.pdf: 9695350 bytes, checksum: 2493e5198ebe921ac4d4e89490118810 (MD5) Previous issue date: 1998 Resumo: Esse trabalho teve como objetivo reconstituir historicamente a criação da Unidade Psiquiátrica de Urgência - UPU - do Hospital e Maternidade Celso Pierro - HMCP - da Pontifícia Universidade Católica de Campinas - PUCCAMP, tendo como referencial meto do lógico as análises históricas documental e oral. Inicialmente, estudou-se o processo de reestruturação da assistência psiquiátrica no Brasil nas décadas de 70 e 80. Na primeira parte do trabalho, analisaram-se as contradições da política oficial de saúde mental no país, enfocando critérios técnicos influenciados pelo modelo preventivista norte-americano e a prática de financiamento e fortalecimento das instituições hospitalares psiquiátricas privadas. Ainda nessa parte, detive-me ao processo de organização da sociedade civil e a democratização do país na década de 80, refletindo significativamente na viabilização de propostas reformistas na saúde mental, questionando o papel das instituições psiquiátricas e dos profissionais da área. Foi estudado também o reflexo da mudança da política de saúde mental no Estado de São Paulo e no município de Campinas, resultando na criação de modelos assistenciais, tais como a UPU - HMCP - PUCCAMP. A partir de ampla análise documental e de entrevista com vinte e uma pessoas que participaram direta ou indiretamente da formação da UPU, identificaram-se as causas que desencadearam esse processo. Foi detectado que a criação da UPU, apesar da intensa participação de setores do sistema público de saúde de Campinas, não garantiu a influência destes no planejamento, organização e gerenciamento do serviço. Deve-se destacar que, embora vinculado a um hospital de ensino, a UPU, ao menos no início funcionava basicamente como um serviço assistencial, com tímida ação no treinamento e formação de profissionais na área de saúde. Esse papel só veio se estabelecer através do convênio entre a Secretaria de Estado de Saúde do Estado de São Paulo e a PUCCAMP, viabilizando a criação de um Programa de Residência Médica conjunto que, no entanto, sofreu intensas restrições internas de setores da Faculdade de Ciências Médicas. O isolamento da UPU com os vários serviços assistenciais em Campinas e região, a dificuldade de planejamento de uma prática assistencial compatível com o ensino e os conflitos internos existentes na estrutura do serviço contribuíram para obstaculizar a consolidação de um modelo assistencial cuja proposta, na sua origem, era reformular uma prática que deveria ser superada Abstract: This first assignment has the objective to reconstruct historicy the creation of Unidade Psiquiátrica de Urgência - UPU (Psychiatry Urgency Unity), of Hospital e Maternidade Celso Pierro - HMCP (Celso Pierro Hospital and Maternity) at Pontificia Universidade Católica de Campinas - PUCCAMP, using the oral methodology and historical documental analysis as a reference. To begin with the study of reconstruction of the Psychiaty assistance during the 70ls and 80's was analized. During the first part of the study the contradiction of political oficial mental health of the country. The critics focused were based on the North-American preventivist model and the financial and support of private Psychiatry Hospital institutions. During this part, I detained myself about the organization process in the civil society and the democratization during the 80's, reflecting on the viabilization of reformal propose involving the mental health, having questioned the role of the psychiatry institutions and professionals in the area. There was also a study done on the reflex change in the political way of the health mentality in São Paulo State and in the District of Campinas. With a large documental. analysis and interviews with twenty one people who were involved directly or ondirectly with formation of UPU unchained this processo Eventhough having a large participation of the sectors and the public health sistem in Campinas, there was no garantee about the influence of this plan in the organization and managing of this service. It should be noticed, that even being to the teaching hospital, UPU used to work basicly as an assistance service, with a smalll function in training and graduation of professionals in the health area. This ro,le only established trough the accord of the Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo and PUCCAMP creating a Medical Resident Program which suffered intense internal restrictions in sectors of the Faculdade de Ciências Médicas. The UPU isolation with various services' in Campinas and region, the difficulty of planning compatibel practise assistance with the teaching and internal conflicts found tn the structure of this services have helped to obstaculize the consolidation of a model assistance whose proposed was to reconstruct a practice wich should be overcome Doutorado Saude Mental Doutor em Ciencias Medicas
7

[en] PSYCHIATRIC REFORM AND SOCIAL INSERTION: THINKING NEW AND OLD QUESTIONS [pt] REFORMA PSIQUIÁTRICA E INSERÇÃO SOCIAL: PENSANDO NOVAS E VELHAS QUESTÕES

LETICIA FIORILLO BOGADO 20 August 2003 (has links)
[pt] Neste trabalho abordam-se questões relativas a como a noção de Inserção Social tem sido interpretado pelos profissionais do Campo da Assistência em Saúde Mental. Inicialmente, é feita uma apresentação da formação do Campo Social e das mudanças que nele têm ocorrido a partir das últimas décadas. A nova questão social que é a exclusão social é apresentada, mas também o contrato social e a cidadania que lhes fazem contraponto. A partir desta realidade introduz-se o Campo da Saúde Mental, sua constituição, e suas questões de base, a tutela, periculosidade e cuidado. Em seguida, a discussão é trazida para o contexto brasileiro e discute-se a Reforma Psiquiátrica Brasileira, forma mais atual do Campo da Assistência em Saúde Mental,e como se pensa a Inserção Social em seu contexto. Finaliza-se com a apresentação do percurso feito para se constituir uma Rede Municipal de Assistência em Saúde Mental. [en] In this work some of the questions related to how the Social Insertion notion has been used by the professionals on the Psychiatric Reform Field. First, a presentation of the Social Field constitution and the changes that have happened in it on the past decades is presented. The new social question which is the social exclusion is presented, and also the social contract and citizenship which oppose it.Based on that reality, the Mental Health Field is introduced, its constitution and its basic questions: dangerousness, tutelage and the care. Then, the discussion is presented about the Brazilian context and the Brazilian Psychiatric Reform, the Mental Health Field's new face, and how the Social Insertion on the former context has been thought. Finally, a presentation of the paths that have been followed so that a local Mental Health Help Net is presented.
8

A study of the effectiveness of the case method in teaching interpersonal relations to psychiatric aides

Swatsley, Dolores E. 1964 (has links)
Thesis--M.S. in Nursing. Catholic University of America.
9

A study of the effectiveness of the case method in teaching interpersonal relations to psychiatric aides

Swatsley, Dolores E. 1964 (has links)
Thesis--M.S. in Nursing. Catholic University of America.
10

Valorizando a palavra na emergencia psiquiatrica: a recepcao das diferencas

Oliveira, Paula Rebello Magalhaes de. 2002 (has links) (PDF)
Mestre -- Escola Nacional de Saude Publica, Rio de Janeiro, 2002. SAUDE PUBLICA.

Page generated in 0.0678 seconds