• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 42
  • 2
  • Tagged with
  • 44
  • 29
  • 19
  • 13
  • 11
  • 11
  • 11
  • 9
  • 7
  • 7
  • 6
  • 5
  • 4
  • 4
  • 4
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

PercepÃÃo do familiar cuidador sobre a assistÃncia recebida no Centro de AtenÃÃo Psicossocial Infantojuvenil PERCEPTION OF FAMILY CAREGIVER ON AASSISTÃNCIA RECEIVED IN CARE CENTER PSYCHOSOCIAL of Children

Edith Ana Ripardo da Silveira 25 February 2014 (has links)
O estudo objetivou analisar a atenÃÃo prestada ao familiar de crianÃas e adolescentes assistidos no Centro de AtenÃÃo Psicossocial Infanto-Juvenil- CAPSi. Pesquisa descritivo-exploratÃrio, com abordagem qualitativa. Os dados foram coletados nos dois CAPSi existentes em Fortaleza (CE). Participaram do estudo dezesseis familiares cuidadores de crianÃas e adolescentes, que atendiam os critÃrios de inclusÃo. O total de participantes foi definido de acordo com a saturaÃÃo dos dados. A produÃÃo do material empÃrico foi realizada atravÃs de uma entrevista, utilizando-se um roteiro composto por duas partes: a primeira abordando aspectos sociodemogrÃficos do familiar cuidador e da crianÃa e adolescente; a segunda, composta por um roteiro contendo perguntas que atenderam aos objetivos da pesquisa. Para discussÃes utilizou-se a anÃlise temÃtica, com base na AnÃlise de ConteÃdo de Bardin. O estudo foi aprovado pelo Comità de Ãtica em Pesquisa da Universidade Federal do CearÃ, sob Parecer 321.012. Diante dos achados, evidenciamos que os CAPSi nÃo contemplam todos os critÃrios definidos pela Reforma PsiquiÃtrica, quanto à populaÃÃo a ser atendida, a estrutura fÃsica e a equipe tÃcnica e ocupacional, embora procure acolher Ãs demandas da populaÃÃo especÃfica. Quanto aos dados sociodemogrÃficos, as mÃes foram as principais cuidadoras de crianÃas e adolescentes no estudo, em sua maioria, com as seguintes caracterÃsticas: casadas; encontram-se na faixa etÃria produtiva; do lar; de baixa escolaridade; com baixa renda, complementada por benefÃcios sociais (bolsas e auxÃlios). Os filhos das cuidadoras do estudo lidam, em seu cotidiano, com algumas condiÃÃes que podem ser consideradas desfavorÃveis a saÃde mental, entre elas destacou: alguns nÃo frequentam a escola; a dependÃncia para realizaÃÃo das AVD; condiÃÃes socioeconÃmicas e de moradia desfavorÃveis; muitas vezes, a sobrecarga dessas crianÃas e adolescentes em atividades terapÃuticas e o uso de medicaÃÃo psicotrÃpica. Do processo de anÃlise das questÃes norteadoras emergiram trÃs categorias e 11 subcategorias. A primeira categoria compreende as atividades desenvolvidas pelas equipes nos CAPSi: destacam-se os grupos como a principal atividade de apoio; somente um familiar mencionou o atendimento individual e o atendimento ao domicÃlio. A segunda categoria està associada à satisfaÃÃo e insatisfaÃÃo dos familiares: o nÃmero absoluto se sente satisfeita com o atendimento recebido. A terceira categoria traz as expectativas dos familiares sobre a assistÃncia desejada. Evidenciamos que, mesmo se sentindo satisfeitas com o atendimento, elas mencionam que gostaria que existissem mais sessÃes grupais, mais atendimentos mÃdicos, melhora nos atendimentos, diversificaÃÃo das atividades, vales transportes e benefÃcios. Consideramos ter atingido os objetivos propostos e esperamos que este estudo ofereÃa subsÃdios para se refletir sobre a prÃtica nos novos serviÃos de saÃde mental, procurando aproximÃ-los do que prevà a Reforma PsiquiÃtrica e que atenda aos princÃpios do SUS. AlÃm disto, esperamos estar colaborando para a reflexÃo crÃtica da prÃtica do Enfermeiro na atenÃÃo em saÃde mental. The study aimed to analyze the attention paid to the family of children and adolescents assisted in Psychosocial Care Center Children and Juvenil- CAPSi. Descriptive and exploratory research with a qualitative approach. Data were collected in two existing CAPSi in Fortaleza (CE). Participated in the study sixteen family caregivers of children and adolescents who met the inclusion criteria. The total number of participants was defined according to data saturation. The production of empirical material was performed through an interview, using a script consists of two parts: the first social demographic aspects of the family caregiver and child and adolescent; the second, composed of a script containing questions that met the research objectives. For discussions used the thematic analysis, based on Bardin Content Analysis. The study was approved by the Ethics Committee of the Federal University of CearÃ, under Opinion 321,012. Given the findings, we noted that CAPSi do not include all the criteria set by the Psychiatric Reform, as the population to be served, the physical structure and the technical and occupational team, while attempting to accommodate the demands of specific population. As for sociodemographic data, mothers were the primary caregivers of children and adolescents in the study, mostly with the following characteristics: married; are in the productive age group; the home; of low education; with low income, supplemented by social benefits (scholarships and grants). The children of the study caregivers deal in their daily lives, with some conditions that may be considered unfavorable mental health, including highlighted: some do not attend school; dependence to perform ADLs; socioeconomic and poor housing conditions; often, the overhead of these children and adolescents in therapeutic activities and the use of psychotropic medication. Of the guiding questions review process revealed three categories and 11 subcategories. The first category comprises the operations of teams in CAPSi: highlight the groups as the main activity of support; only one family mentioned individual care and care at home. The second category is associated with satisfaction and dissatisfaction of family: the absolute number it is satisfied with the service received. The third category brings the family expectations about the desired assistance. We show that even if feeling satisfied with the care they mention that wish there were more group sessions, more medical care, improvement in care, diversification of activities, transportation vouchers and benefits. Considered to have reached the proposed objectives and we hope that this study offers subsidies to reflect on the practice in the new mental health services, seeking to approach them from providing for the psychiatric reform that meets the principles of SUS. In addition, we hope to be contributing to the critical reflection of the nurse practice in mental health care.
2

Iluminando as vivências de mulheres portadoras de transtornos psíquicos que moram em uma residência terapêutica

Pereira, Valdete Preve 2003 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Made available in DSpace on 2012-10-21T00:10:31Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Trata-se de um estudo qualitativo, cujo objetivo foi refletir com mulheres portadoras de transtornos psíquicos o vivenciar de seu cotidiano, identificando e compreendendo os significados de suas vivências e co-construindo possibilidades de vir-a-ser mais como cidadãs. O estudo foi desenvolvido com duas moradoras de uma Residência Terapêutica, vinculada ao Instituto de Psiquiatria do Estado de Santa Catarina, localizada no município de São José/SC, no período compreendido entre 02 e 30 de outubro de 2002. O referencial teórico utilizado teve por base a teoria "Tornar-se Humano" de Rosemarie Rizzo Parse, seguindo as etapas do método de pesquisa propostas pela autora: a seleção dos participantes, o engajamento dialógico, a extração de síntese e interpretação heurística. A coleta de dados foi efetivada a partir da utilização do processo de cuidado na prática, também proposto por Parse, que ocorreu a partir dos encontros realizados pela enfermeira e vivenciados junto com as mulheres residentes em três dimensões, ou seja: esclarecendo significado, sincronizando ritmo e mobilizando transcendência, estes ocorreram de maneira simultânea e, não prescritiva. Na análise dos dados, foram identificados os seguintes significados, a saber: convivendo com o transtorno psíquico; co-constituindo padrões de inter-relação com "outros"; convivendo com as dificuldades de enfrentamento e superação de limites; co-criando possibilidades de vir-a-ser em saúde, cidadania e qualidade de vida; co-construindo a Residência Terapêutica como espaço de reabilitação psicossocial. Finalmente pode-se concluir que, ao vivenciar este processo, estas mulheres realizaram um grande desafio, no sentido de perceber suas fragilidades como seres humanos, co-constituindo novos padrões de enfrentamento tanto em termos de relacionamento, como nas situações que se apresentam no cotidiano, mobilizando transcendências, possibilitando um vir-a-ser mais como pessoas e conquistando melhor qualidade de vida.
3

Hospital Colônia Sant'Ana

Costa, Eliani 25 October 2012 (has links)
Tese (Doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2010 Made available in DSpace on 2012-10-25T14:09:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 285687.pdf: 4760596 bytes, checksum: d395e84e4ce5b70e6b612122ddc349e5 (MD5) Trata-se de uma pesquisa sócio-histórica com abordagem qualitativa, cujo objetivo foi historicizar as transformações ocorridas no Hospital Colônia Sant'Ana (HCS), em especial na enfermagem, a partir do ingresso dos enfermeiros com seus saberes de 1971 e 1981. A investigação privilegiou a história oral como fonte de consulta buscando confirmar a tese de que os enfermeiros, com seus saberes e poderes, provocaram transformações administrativas, estruturais e nas práticas assistenciais no HCS, em especial na enfermagem, no período compreendido entre 1971 a 1981. A análise se pautou no referencial teórico foucaultiano sobre o saber/poder. Na coleta de dados, realizaram-se entrevistas semiestruturadas com 16 personagens que atuaram direta ou indiretamente no HCS no período do estudo, as quais constituíram as fontes orais. Com o intuito de subsidiar as entrevistas realizadas e complementar os dados, foram pesquisadas outras fontes documentais como livros, jornais, relatórios de governos, de secretários da saúde estaduais, dos diretores da instituição e fotografias do acervo da própria instituição, dos entrevistados e do Grupo de Estudos da História do Conhecimento da Enfermagem e Saúde (GEHCES/UFSC). Os dados foram organizados tendo por base a análise de conteúdo, sendo obtidas as seguintes categorias: 1) O panorama político social e de saúde em Santa Catarina e sua relação com o Hospital Colônia Sant#Ana na década de 1970; 2) O contexto do Hospital Colônia Sant#Ana no início da década de 1970; 3) O processo de profissionalização no Hospital Colônia Sant#Ana: o ingresso dos enfermeiros e de outros profissionais; 4) As transformações no Hospital Colônia Sant#Ana e na enfermagem de 1971 a 1981; 5) As relações de saber/poder no Hospital Colônia Sant#Ana e na enfermagem, no período de 14 1971 a 1981. Os resultados obtidos permitem afirmar que a tese formulada foi comprovada no decorrer do estudo, pois evidenciou que o ingresso dos enfermeiros no HCS, foi marcado por importantes transformações na enfermagem e na instituição, o que lhes conferiu poder. A chegada do primeiro enfermeiro no HCS em 1971, e posteriormente de outros profissionais durante uma década, promoveu a sucessiva atualização do saber técnico-científico, possibilitando a diversidade de transformações na enfermagem e na instituição. Esse evento foi decorrente de um processo político e social que já vinha ocorrendo no estado de Santa Catarina e que impulsionou a profissionalização na instituição, em particular na enfermagem. Essa profissionalização permitiu o maior controle no gerenciamento das práticas de enfermagem e resultou no afastamento progressivo das religiosas, que até então, respondiam por todos os serviços lá prestados. Esse processo estabeleceu uma modificação importante nas relações de saber/poder entre os diversos trabalhadores no HCS, em especial, os agentes de enfermagem, cuja prática, foi historicamente centrada na figura dos médicos e das religiosas. Essas transformações foram fundamentais e contribuíram de forma expressiva para o progressivo desenvolvimento da assistência de enfermagem mais humanizada ao doente mental no HCS, com reflexos na assistência em saúde mental de todo o Estado. It is a socio-historical research with a qualitative approach, whose aim was to historicize the transformations of the Sant'Anna Hospital Cologne (HCS), particularly in nursing, from the entry of nurses with their knowledge of 1971 and 1981. The investigation focused oral history as a source of consultation seeking to confirm the thesis that nurses, with their knowledge and power, caused administrative changes, structural and in care practices in HCS, particularly in nursing, in the period 1971 to 1981. The analysis was based on the theoretical framework of the Foucauldian power / knowledge. In collecting data, semi structured interviews were conducted with 16 characters that acted directly or indirectly in the HCS during the study period, which constituted the oral sources. In order to support the interviews and supplementary data were researched documentary sources such as books, journals, reports from governments, the state health secretaries, directors of the institution's collection and photographs of the institution, and the Group of respondents Study of the History of Nursing Knowledge and Health (GEHCES / UFSC). Data were organized based on content analysis, and obtained the following categories: 1) The political background and social health in Santa Catarina and its relationship with the Colony Hospital Sant'Anna in the 1970s, 2) The context of Sant'Anna in the early 1970s; 3) The process of professionalization in the Sant'Anna Hospital Cologne: the inflow of nurses and other professionals, 4) The changes in the Sant'Anna Hospital Cologne and nursing from 1971 to 1981; 5) The relations of power/knowledge in Cologne Sant'Anna Hospital and nursing in the period 1971 to 1981. The results have revealed that the formulated thesis was proven during the study, because it showed that the inflow of nurses in the HCS, was marked by important changes in nursing and in the institution, which gave them power. The arrival of the first nurses in the HCS 18 in 1971, and later from other professionals for a decade, promoted the successive update of technical and scientific knowledge, enabling a variety of changes in nursing and in the institution. This event was due to a political and social process that has been occurring in the state of Santa Catarina, and that boosted the professionalism in the institution, particularly in nursing. This professionalism has allowed greater control in the management of nursing practice and resulted in the gradual removal of the nuns, until then, accounted for all the services provided there. This process has established a significant change in relations of power / knowledge among many workers in the HCS, especially the nursing staff, whose practice has historically focused on the figure of the doctors and nuns. These changes were essential and contributed significantly to the progressive development of more humane nursing care to the mentally ill in the HCS, with reflections on mental health care across the state.
4

Desvelando necessidade contrária através da assistência de enfermagem ao cliente psiquiátrico

Fenili, Rosangela Maria 1999 (has links)
Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Made available in DSpace on 2012-10-18T19:14:49Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2016-01-09T02:44:27Z : No. of bitstreams: 1 141916.pdf: 3314271 bytes, checksum: 74236a47daa5f6c5e73281c15d886750 (MD5)
5

Reinternação e rejeição familiar: um estudo com pacientes psiquiatricos

Sgambati, Eliana Russomano Veiga 1983 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade de São Paulo. Escola de Enfermagem Made available in DSpace on 2013-07-15T20:35:55Z (GMT). No. of bitstreams: 0
6

Esquizofrenia - abordagens conceituais apontadas por enfermeiros e médicos da grande Florianópolis e identificadas nos autores de enfermagem psiquiátrica

Paula, Wilson Kraemer de 1985 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Made available in DSpace on 2012-10-15T23:39:45Z (GMT). No. of bitstreams: 1 239297.pdf: 413780 bytes, checksum: 521f7bd0e8cfe95766f5d72817aeb806 (MD5)
7

Vivenciando o cuidado transdimensional com trabalhadoras de enfermagem psiquiátrica

Borgonovo, Karla Denise Schipmann 2001 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Made available in DSpace on 2012-10-18T06:22:41Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-26T00:09:39Z : No. of bitstreams: 1 183333.pdf: 5423816 bytes, checksum: f93366af89f177f32b79450a2bb745df (MD5) Este estudo teve por objetivo experienciar um processo de cuidado com trabalhadoras de enfermagem psiquiátrica, facilitando o processo de ser e viver saudável, tendo como referencial norteador o paradigma do Cuidado Transdimensional. Neste referencial o processo do cuidado é eminentemente participativo e reflexivo. Nele as pessoas envolvidas no cuidado, através de interações dinâmicas intuitivas e criativas, oportunizam um caminhar rumo às novas experiências, nas quais, de forma original e única, se autoconheçam e autotransformem. Ao adotar este referencial trabalhei com o processo de morte-renascimento, buscando contribuir para uma maior qualidade da prática de enfermagem, da qualidade de vida destas trabalhadoras, através do cuidado terapêutico de si no seu viver cotidiano. Este estudo foi desenvolvido com oito trabalhadoras de enfermagem do Instituto de Psiquiatria do Estado de Santa Catarina no período de junho a agosto de 1999. A dinâmica do processo de cuidado se deu através de oito vivências norteadas pelo significado do cuidado de si e do outro na infância, adolescência, idade adulta e no trabalho. As informações obtidas no processo de cuidado foram analisadas pela perspectiva do Cuidado Transdimensional com foco no processo de morte-renascimento, evidenciando aspectos do ser e viver das trabalhadoras de enfermagem psiquiátrica. Os significados de cuidado, acompanhando o ser em sua história de vida, emergiram intimamente relacionados às interações que valorizam o ser e sua subjetividade, gerando sentimentos que contribuem para a sua integridade e harmonia. Por outro lado, os de não-cuidado apresentaram-se vinculados às interações que geram sentimentos negativos e sofrimentos que desvalorizam o ser e o seu viver, limitando a livre expressão e o avanço criador. Na infância e adolescência das trabalhadoras de enfermagem foram freqüentes as imposições de regras sem se entender o porquê, ou de poder recusá-las. Dessa forma, fica evidente a submissão à autoridade paterna e materna, prosseguindo na idade adulta e exercendo influência importante na tomada de decisões em suas vidas. Na idade adulta um avanço mais significativo, com uma ampliação maior de suas capacidades de expressão, aparece como que bloqueado pelo apego às formas de enfrentamento realizadas na infância e adolescência. No trabalho os desafios que mereceram maior destaque das trabalhadoras estavam relacionados ao despreparo profissional, às más condições de trabalho, à convivência contínua com as manifestações de sofrimento psíquico das pacientes psiquiátricas, à excessiva demanda de cuidado e às dificuldades encontradas no relacionamento interpessoal. As trabalhadoras se vêem condicionadas a permanecer em um ambiente que comprovadamente é hostil à natureza humana, estruturado para privilegiar a doença, e que tem como principal característica a medicamentação. Com base nesse estudo, posso afirmar que o Cuidado Transdimensional se traduz em importante referencial para o cuidado em psiquiatria. Sinto-me à vontade para recomendá-lo aos/às demais trabalhadores/as, tanto dos hospitais psiquiátricos como de outros, pois proporciona o autoconhecimento, a autotransformação e o desenvolvimento das capacidades e potencialidades do ser através do cuidado terapêutico de si e do outro, aspectos que são fundamentais ao processo de morte-renascimento e à construção de novos padrões de propósitos e ações na vida.
8

Transtornos mentais no Hospital Geral : percepções elaboradas por enfermeiros

Camargo, Raquel Mori Pires de. 2011 (has links)
Orientador: Maria Alice Ornellas Pereira Banca: Magda Cristina Queiroz Dell'Acqua Banca: Ana Lúcia Machado Resumo: Considerando que, além do sofrimento psíquico, as pessoas portadoras de transtorno mental também podem padecer de doenças físicas, e, portanto, podem ser atendidas em serviços não específicos, como o hospital geral, este trabalho teve como objetivo Identificar as percepções dos enfermeiros de um hospital geral acerca dos transtornos mentais ao lidarem com os pacientes psiquiátricos em seu cotidiano de trabalho. Trata-se de uma pesquisa com abordagem qualitativa, as narrativas foram analisadas embasadas na análise temática e o referencial teórico de Benedetto Saraceno e Emerson Elias Merhy, autores que abordam a reabilitação psicossocial e o processo de cuidar, respectivamente. Foram entrevistados dez enfermeiros e da análise dos discursos produzidos emergiram três temas: o preconceito, a carência de conhecimento na área de saúde mental e a deficiência no cuidado. A discussão dos temas demonstrou que o preconceito sobre os portadores de transtorno mentais ainda é presente na percepção dos enfermeiros, aparecendo de diversas maneiras, como mecanismos de defesa, formas de poder e atitudes de exclusão e discriminação. A carência de conhecimento foi evidenciada, tendo como fatores importantes a formação acadêmica e as condições pessoais internas dos sujeitos. Já a deficiência no cuidado apontou a prevalência do modelo biologicista, pautado na medicalização, que tem como consequência a dicotomia no cuidado. A partir destas reflexões, vê-se a importância de haver uma cultura institucional de valorização do cuidado e das pessoas, evidencia-se a necessidade de modificar conceitos antigos, como também, torna-se necessário a articulação da rede de atenção à saúde mental, da qual faz parte o hospital geral, como ferramenta fundamental para uma assistência completa à pessoa portadora de transtorno mental Abstract: Considering that besides the psychological distress, people with mental disorders may also suffer from physical illnesses, and therefore, they can be treated in not specific services, such as the general hospital. This study aimed to identify the perceptions of nurses in a general hospital about mental disorders when dealing with psychiatric patients in their daily work. It is a qualitative approach and the narratives were analyzed based on thematic analysis and theoretical of Benedetto Saraceno and Emerson Elias Merhy, authors who address the psychosocial rehabilitation and care process, respectively. Ten nurses were interviewed and the analysis of their speeches came across three themes: prejudice, lack of knowledge on mental health and deficiencies in care. The discussion of the issues showed that prejudice on people with mental disorder is still present in the perception of nurses, appearing in several ways, such as mechanisms of defense, forms of power and attitudes of exclusion and discrimination. The lack of knowledge was evident having as important factors the academic and personal internal conditions of the participants of this study. The deficiency in care, however, showed the prevalence of biological model, ruled by medicalization, which causes the dichotomy in the care. From these reflections, we see the importance of having an institutional culture of appreciation of care and people, showing the need to change old concepts. The articulation of the network of mental health care, witch the general hospital is part of it, is also important, and works as a fundamental tool for expanded and complete assistance to people with mental disorders as well Mestre
9

Sistematização da assistência de enfermagem

Bruggmann, Mario Sergio 2015 (has links)
Dissertação (mestrado profissional) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Gestão do Cuidado em Enfermagem, Florianópolis, 2015. Made available in DSpace on 2015-10-06T04:06:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 334748.pdf: 2161809 bytes, checksum: b71ad8447660c5e7987bc535afa794e0 (MD5) Previous issue date: 2015 Trata-se de uma pesquisa qualitativa na modalidade de Pesquisa-Ação, com o objetivo de construir um saber coletivo com os enfermeiros para implantação da Sistematização da Assistência de Enfermagem em um hospital psiquiátrico, tendo como referencial teórico Michel Foucault. O estudo foi desenvolvido em um hospital psiquiátrico de referência em Santa Catarina/Brasil, com a participação de dezoito enfermeiros. Para sua realização, foram atendidos todos os preceitos éticos assegurados pela Resolução 466/12 do Conselho Nacional de Saúde, que dispõe sobre as Diretrizes e Normas Regulamentadoras da Pesquisa Envolvendo Seres Humanos, sendo aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de Santa Catarina sob o parecer 538.888. A coleta de dados ocorreu de março a junho de 2014 e foi realizada por meio de um questionário semiestruturado e de quatro oficinas. Como resultado dos questionários emergiram os seguintes temas abordados nas oficinas: o saber dos enfermeiros acerca da Sistematização da Assistência da Enfermagem, o poder dos enfermeiros para construção de um saber coletivo e implantação da Sistematização da Assistência da Enfermagem e a verdade dos enfermeiros a respeito Sistematização da Assistência da Enfermagem. Para a análise dos dados foi utilizada a técnica de análise de conteúdo de Bardin, à luz da abordagem de Michel Foucault sobre saber/poder e verdade. Obteve-se como resultados a construção dos seguintes instrumentos: histórico, diagnósticos e prescrição de enfermagem. Para a fase de avaliação de enfermagem se definiu a organização dos dados em quatro elementos: Subjetivo, Objetivo, Avaliação e Plano. O suporte teórico para sustentar a Sistematização da Assistência de Enfermagem na instituição está apoiado na teoria da relação pessoa-pessoa de Joyce Travelbee e todas as fases do Processo de Enfermagem foram pautadas na Resolução 358/2009 do Conselho Federal de Enfermagem. Deste modo, concluiu-se que o saber científico dos enfermeiros aliado a sua prática assistencial na enfermagem psiquiátrica, resultou na construção coletiva de instrumentos que compõem as etapas do Processo de Enfermagem. Também é relevante destacar que a percepção dos enfermeiros sobre este método científico, bem como a integração das suas etapas em sua vivência assistencial vislumbram expressivamente a completude desta pesquisa.
Abstract : This is a qualitative research on Research-Action mode, aimed to build a collective knowledge with nurses to implement the nursing care systematization in a psychiatric hospital, based on Michel Foucault previous works. This study was conducted in the most important psychiatric hospital in Santa Catarina / Brazil, with the collaboration of eighteen nurses. For its realization, all ethical precepts provided by Resolution 466/12 of the National Health Council were conducted, which governs the Regulatory Guidelines and Standards of Research Involving Humans, being approved by the Research Ethics Committee of the Federal University of Santa Catarina in the opinion 538.888. Data collection took place from March to June 2014 and was performed using a semi-structured questionnaire and four workshops. Because of the questionnaires covered in the workshops, emerged the following topics: the nurses? knowledge about the Systematization of Nursing Assistance, the nurses? power to build a collective knowledge and implementation of the Systematization of Nursing Assistance and the truth about systematization of nursing assistance for that group. For data analysis, we used the Bardin content analysis technique, based on Michel Foucault approach to knowledge, power and truth. As a result, it was obtained the construction of the following instruments: historical, nursing diagnosis and prescription. For the nursing assessment phase, it was defined the organization of data on four elements: Subjective, Objective, Assessment and Plan. The theoretical basis to support the systematization of nursing care in the institution is structured around Joyce Travelbee?s person-person relation theory and all phases of nursing processes were guided in Resolution 358/2009 of the Federal Nursing Council. Thus, it was concluded that the scientific knowledge of nurses combined with their care practice in psychiatric nursing result in a collective construction of instruments, comprising the steps of the nursing process. It is also worth pointing out that the perception of nurses on this scientific method, as well as the integration of its stages in their care experience significantly glimpse the completion of this research.
10

Reorganizando o cotidiano da equipe de saúde mental : um trabalho interdisciplinar por meio do apoio matricial

Cunha, Adeline Maria Castelo. 2012 (has links)
Orientador: Sílvio Yasui Banca: Cristina Amélia Luzio Banca: Simone Maineri Paulon Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo tecer uma reflexão sobre a prática de Apoio Matricial ocorrida entre uma equipe de Estratégia Saúde da Família (ESF) e dois profissionais do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de um município de pequeno porte, que culminam em uma possibilidade de reorganização das ações de Saúde Mental na Atenção Básica. Refere-se a estratégias de cuidado em Saúde Mental substitutivas ao modelo médico centrado. Buscou-se a construção de espaços coletivos de conversas horizontais entre profissionais de diferentes campos disciplinares, o que implicou em construir condições para que o trabalho dentro das unidades de saúde se tornasse menos compartimentalizado. Ressalta-se que a prática realizada não ocorreu exclusivamente devido à pesquisa, mas, antes, surgiu independente dela. Todavia, ao passo que se tornou objeto de discussão acadêmica, foi influenciada pelo pesquisar, culminando nesta dissertação. Foi utilizado como recurso metodológico o grupo focal para nortear dois encontros com os trabalhadores de saúde, nos quais foram tratados três temas principais: os encaminhamentos para psiquiatria, a desmistificação em relação aos transtornos mentais e o acolhimento conjunto (ESF e CAPS). A análise pautou-se também na observação participante que ocorreu durante todo o processo da pesquisa em encontros semanais. Desta forma os sujeitos da pesquisa - os trabalhadores da saúde - são o objeto deste estudo, pois são eles que realizam as ações, sendo assim, presa-se pela total proteção dos participantes que compõem essa experiência de trabalho. Cabe ressaltar... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) Abstract: This research was carried out to ponder on the practice of Mothers' Support used by both a Family Health Strategy team (ESF) and two professionals of the Psychosocial Care Center (CAPS) of a small-sized county, which culminate in the possibility of reorganizing the Mental Health activities in the Basic Care. It refers to care strategies in Mental Health replacing the centralized medical model. One tried to create collective spaces of even dialogues among professionals of different disciplinary fields, what implicated in furthering conditions to make work within the health care units less restricted. One points out that the activity put into practice did not take place exclusively due to the research at issue, but it rather resulted independently from it. However, as it became subject of academic discussion, it came under the influence of the very research, culminating in this dissertation. Its methodological resource was the focal group to provide guidance for two meetings held with health care workers, in which three main topics were broached: putting people on the way of psychiatric care, dismystifying the concept of mental troubles, and the combined reception (ESF and CAPS). The analysis was based on participating observation which took place during the whole research process along weekly meetings. In this way the subjects of the research - health care workers - are the subjects of this study, since they are the ones who carry out the activities, such being the case, one places value to the protection of the whole team participating in such a work experience. It is suitable to point out that several frames are combined in that development... (Complete abstract click electronic access below) Mestre

Page generated in 0.0906 seconds