• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 2977
  • 36
  • 31
  • 26
  • 26
  • 24
  • 15
  • 11
  • 7
  • 5
  • 5
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • Tagged with
  • 3051
  • 1087
  • 898
  • 368
  • 349
  • 267
  • 259
  • 190
  • 183
  • 181
  • 170
  • 158
  • 145
  • 143
  • 142
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Maturação in vitro de ovócitos equinos : comparação entre os meios TCM 199, SOFaa e HTF:BME, e avaliação de FSH bovino, FSH equino e do hormônio de crescimento equino por meio da transferência de ovócitos /

Fernandes, Cláudia Barbosa. January 2004 (has links)
Resumo: Este trabalho teve como objetivo avaliar a maturação nuclear e citoplasmática em duas condições experimentais. No experimento I (Exp I) comparou-se a utilização de três diferentes meios de cultivo TCM-199, SOFaa e HTF:BME na maturação in vitro de ovócitos eqüinos. No experimento II (Exp II) avaliou-se a habilidade dos ovócitos eqüinos maturados em meio HTF:BME suplementado com FSH homólogo e heterólogo e hormônio de crescimento eqüino (eGH), de serem fertilizados e passar pelo desenvolvimento embrionário e fetal após a transferência de ovócitos. Os ovários eqüinos foram obtidos de abatedouro e os ovócitos recuperados pela técnica de fatiamento. Em cada experimento foram realizadas cinco procedimentos com uma média de 30 ovócitos por grupo, estes foram maturados por 36 a 40 horas à 38,5ºC em atmosfera de 5% de CO2 em ar. A avaliação da maturação nuclear nos dois experimentos foi realizada em ovócitos desnudados, transferidos para gotas colocadas sobre lâmina histológica contendo 10μl Hoechst 33342 e examinados em microscópio invertido com luz fluorescente. A avaliação da morfologia citoplasmática foi realizada através de Microscopia Eletrônica de Transmissão. A análise estatística foi realizada através de ANOVA Para a transferência de ovócitos foram utilizadas receptoras não cíclicas, tratadas com Cipionato de Estradiol (ECP) por três dias (5, 3 e 2ml/dia IM). As receptoras foram inseminadas 12 horas pré e pós cirurgia, com 2x109 espermatozóides viáveis por inseminação. Foi realizada a transferência de 12,8 ovócitos maturados em média, nas condições do Exp II para cada égua, que após a cirurgia recebeu 200 mg/dia de progesterona... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo). / Abstract: This study was designed to evaluate the nuclear and citoplasmatic oocyte maturation in two situations. Experiment I (ExpI) aimed to compare the use of TCM-199, SOFaa and HTF:BME media to mature equine oocytes in vitro. Experiment II (ExpII) evaluate the ability of equine oocytes matured in HTF:BME media containing homologous and heterologous FSH, associated with equine growth hormone (eGH), to undergo maturation and development after oocyte transfer. Equine ovaries were obtained in a slaughterhouse and the oocytes recovered after slicing the ovaries. For each experiment, five replicates were performed. After selection an average of 30 oocytes per group were matured during 36 to 40 hours at 38.5oC In an atmosphere with 5% CO2 in air. Nuclear maturation in both experiments was evaluated staining the oocytes with 10μl Hoechst 33342. Citoplasmatic maturation was analyzed in five oocytes per group using Transmission Electron Microscopy. All data was analyzed using ANOVA. For oocyte transfer, non-cycling recipient mares were treated with Estradiol Cipionate (ECP) during 3 days (5, 3 and 2ml/day IM). After transfer of an average of 12,8 oocytes matured in the Exp II conditions, each recipient mare was inseminated 12 hours pre- and post ovulation with 2x109 live sperm cells. After the surgery all recipient mares received 200 mg/day of progesterone... (Complete abstract, click electronic address below). / Orientador: Fernanda da Cruz Landim e Alvarenga / Coorientador: Marco Antonio Alvarenga / Mestre
2

Avaliação do testículo e da cauda do epidídimo de carneiros na pré-puberdade, na maturidade sexual, no criptorquidismo e na insulação escrotal : concentrações de testosterona plasmática e tecidual, histamina, fator de necrose tumoral-alfa e óxido nítrico /

Rodrigues, André Luís Rios. January 2004 (has links)
Orientador : Sony Dimas Bicudo / Resumo: Foram estudados 77 carneiros, caracterizados como 34 da raça Suffolk pré-púberes e 15 maduros sexualmente, e nos modelos de estresse térmico, 6 da raça Santa Inês submetidos a insulação escrotal por 96 horas, 6 controle não insulados e 16 criptorquídicos bilaterais. Foram avaliadas a histopatologia, as concentrações de histamina, testosterona plasmática e tecidual testicular, fator de necrose tumoral-alfa e óxido nítrico no testículo e na cauda do epidídimo, sendo as duas últimas, realizadas apenas nos grupos sob insulação escrotal e seu controle. A avaliação histológica testicular e da cauda do epidídimo não caracterizou alterações do ponto de vista morfológico. As concentrações de histamina no testículo e na cauda do epidídimo foram dependentes da condição reprodutiva, sendo superiores na pré-puberdade. Para o modelo estresse térmico, as concentrações de histamina no testículo e na cauda do epidídimo foram maiores no criptorquidismo, não sofrendo influência da insulação escrotal. Ao considerar todos os animais estudados, houve uma correlação negativa entre a concentração de testosterona plasmática com as de histamina no testículo; e na cauda do epidídimo, esta correlação ocorreu individualmente nos grupos estudados. O modelo de insulação 96 horas foi suficiente para causar alterações andrológicas na consistência testicular, nos parâmetros motilidade e defeitos espermáticos menores, porém, não evidenciou se a histamina, testosterona plasmática e tecidual, fator de necrose tumoral-alfa e óxido nítrico estão intimamente envolvidos no mecanismo de resposta ao estímulo térmico agressor. / Abstract: It has been used 77 rams, 34 pre-puberty and 15 sexually mature both Suffolk, 16 cryptorchids Santa Inês, 6 undergone to scrotal insulation for 96 hours, and 6 control group without insulation. The testis and the epididymis tail were evaluated by histopatology, concentrations of histamine, plasma and testicular tissue testosterone, tumor necrosis factor-alpha and nitric oxide, the last two ones just in scrotal insulation group and control group. Histopatology did not show any important change in the testis and epididymis tail in all groups. The concentration of histamine in both testis and epididymis tail were higher in pre-pubescent compared to mature rams. Histamine concentration was significantly higher in the cryptorchidism condition compared to insulation group and its control, which were not different from each other. Analyzing all the rams, there was a negative correlation between plasma testosterone and histamine concentration in the testis; in the epididymis tail this correlation occurred individually in each group. The insulation model for 96 hours was able to cause changes in testicular consistence, seminal motility and minor defects in spermatozoa. Nevertheless it does not cause evidence if the concentration of histamine, testosterone and testicular tissue testosterone, tumor necrosis factor-alpha and nitric oxide were strongly involved in the response mechanism to the heat stress stimuli over testis and epididymis. / Doutor
3

Maturação nuclear de ovócitos de cadelas em estro e anestro submetidos à maturação in vitro /

Martins, Lílian Rigatto. January 2005 (has links)
Orientador : Maria Denise Lopes / O presente estudo objetivou avaliar a taxa de maturidade nuclear dos ovócitos provenientes de cadelas em estro e em anestro submetidos à maturação em dois meios de cultivo, TCM 199 (Tissue Culture Medium) e SOF (Synthetic Oviduct Fluid) durante 24 horas. A parte experimental foi dividida em dois grupos; grupo 1, cadelas em anestro e grupo 2, constituído de cadelas em estro. Em cada grupo, os ovócitos foram removidos dos ovários e metade deles foi imediatamente corada com Hoescht 33342 e classificados como VG (vesícula germinativa), QVG (quebra da vesícula germinativa), MI (metáfase I) e D/NI (degenerados/não passíveis de identificação) e a outra parte foi maturada em SOF e em TCM 199 por 24 horas, corados e avaliados conforme descrição anterior. Foram recuperados 511 e 373 ovócitos grau I nos grupos 1 e 2 respectivamente. O número médio de ovócitos grau I obtidos por cadela no anestro foi de 46,45 ± 25,23. Para as fêmeas do grupo 2, este valor foi de 62,16 ± 8,18 ovócitos/cadela. O protocolo que utilizou ovócitos provenientes de doadoras em estro e maturação in vitro no SOF foi superior aos demais protocolos testados, demonstrando que a maturação ovocitária é beneficiada pela associação entre a fase do ciclo estral e o meio de maturação in vitro (58% MI). Quando submetidos à maturação in vitro os ovócitos provenientes de fêmeas em estro e em anestro apresentam taxas de QVG semelhantes (21,68% TCM 199 e 23,61% SOF - anestro; 20% TCM199 e 23% SOF - estro), porém a taxa de MI foi superior no grupo de ovócitos provenientes de fêmeas em estro (9,79% TCM 199 e 9,72% SOF - anestro; 25% TCM 199 e 58% SOF - estro). Pôde-se ainda evidenciar que em todos os protocolos testados, o tempo de maturação in vitro de 24 horas foi insuficiente para a obtenção da configuração nuclear de metáfase II. / Abstract: The present study aimed to evaluate the nuclear maturation of in vitro matured oocytes originating from estrus and anoestrus bitches. Two different culture media were used, TCM 199 (Tissue Culture Medium) and SOF (Synthetic Oviduct Fluid). The experimental part was divided into two groups: group 1, consisting of anoestrus bitches, and group 2, consisting of estrus bitches. In each group, oocytes were harvested from ovaries and half of them were immediately stained with Hoechst 33342 and classified as in GV (germinal vesicle), GVBD (germinal vesicle breakdown), MI (metaphase I) and D/NI (degenerated/non identifiable). The other part was matured in SOF or TCM media for 24 hours, stained and evaluated as described previously. There were 511 and 373 grade I oocytes recovered in groups 1 and 2, respectively. The mean number of oocytes obtained per anoestrus bitch was 46.45 ± 25.23. For females in group 2, this value was 62.16 ± 8.18 oocytes / bitch. The protocol that utilized estrus donor's oocytes and in vitro maturation in SOF was superior to the other protocol tested, demonstrating that the association between phase of the estrus cycle and maturation medium is beneficial for oocyte in vitro maturation (58% MI). Oocytes from estrus and anoestrus bitches submitted to in vitro maturation presented similar rates of GVBD (21.68% TCM 199 and 23.61% SOF - anoestrus; 20% TCM199 and 23% SOF - estrus). However the MI rate was higher in the estrus group (9.79% TCM 199 and 9.72% SOF - anoestrus; 25% TCM 199 and 58% SOF - estrus). It was demonstrated, in all the protocols tested, that 24 hours in vitro maturation was insufficient for obtaining nuclear configuration of metaphase II. / Mestre
4

Diferenças fisiológicas reprodutivas entre Bos taurus e Bos indicus

Bastos, Michele Ricieri [UNESP] 18 June 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:35:10Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-06-18Bitstream added on 2014-06-13T20:46:12Z : No. of bitstreams: 1 bastos_mr_dr_botfmvz.pdf: 1007626 bytes, checksum: cd4cb60efd15bc4d0f52bde6fbc01ff2 (MD5) / Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) / A função ovariana e as concentrações circulantes dos hormônios reprodutivos e metabólicos foram comparadas em vacas Bos taurus e Bos indicus sob as mesmas condições climáticas e nutricionais. Vacas secas das raças Nelore (n=12) e Holandês Preto e Branco (HPB; n=12) foram mantidas em baias individuais, recebendo dieta de manutenção de acordo com o NRC (2000). O ECC e o PC se mantiveram em 3,1±0,1 e 2,8±0,2 (escala de 1 a 5) e 508±17 e 575±20 kg, para Nelore e HPB, respectivamente. Após 21 dias de adaptação, o estro foi sincronizado e os animais monitorados diariamente durante um intervalo ovulatório, através de ultrassonografia ovariana, usando um transdutor linear de 7,5 MHz. Durante a primeira onda folicular, os exames ultrassonográficos foram realizados duas vezes ao dia. Amostras de sangue foram colhidas uma vez ao dia para dosagens hormonais. Os resultados foram analisados pelo procedimento Mixed do SAS (P<0,05) e apresentados como média dos quadrados mínimos ± EP. Foi observado que 80% das vacas Nelore e 60% das vacas HPB apresentaram três ondas de crescimento folicular durante o ciclo estral. Todas as demais apresentaram duas ondas. O comprimento médio do ciclo estral foi similar entre Nelore e HPB (23 dias; variando de 21 a 26). Foram observadas diferenças substanciais quanto ao número de folículos antrais entre Nelore e HPB. À emergência da onda, o número de folículos de 2 a 5 mm presentes nos ovários foi de 42,7±5,9 para Nelore (variando de 25 a 100) e 19,7±3,2 para HPB (variando de 5 a 40). O desvio folicular ocorreu, em média, 2,3 dias após a ovulação, independente de raça, quando o maior folículo atingiu 7,0±0,2 e 8,9±0,4 mm de diâmetro em Nelore e HPB, respectivamente. O diâmetro máximo do folículo ovulatório (15,7±0,3 vs 13,4±0,3 mm), assim como o volume... / Not available
5

Avaliação do testículo e da cauda do epidídimo de carneiros na pré-puberdade, na maturidade sexual, no criptorquidismo e na insulação escrotal: concentrações de testosterona plasmática e tecidual, histamina, fator de necrose tumoral-alfa e óxido nítrico

Rodrigues, André Luís Rios [UNESP] January 2004 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:35:11Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2004Bitstream added on 2014-06-13T19:45:13Z : No. of bitstreams: 1 rodrigues_alr_dr_botfmvz.pdf: 508834 bytes, checksum: 3e16ee0bb126193985096e9ae819dcc2 (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) / Foram estudados 77 carneiros, caracterizados como 34 da raça Suffolk pré-púberes e 15 maduros sexualmente, e nos modelos de estresse térmico, 6 da raça Santa Inês submetidos a insulação escrotal por 96 horas, 6 controle não insulados e 16 criptorquídicos bilaterais. Foram avaliadas a histopatologia, as concentrações de histamina, testosterona plasmática e tecidual testicular, fator de necrose tumoral-alfa e óxido nítrico no testículo e na cauda do epidídimo, sendo as duas últimas, realizadas apenas nos grupos sob insulação escrotal e seu controle. A avaliação histológica testicular e da cauda do epidídimo não caracterizou alterações do ponto de vista morfológico. As concentrações de histamina no testículo e na cauda do epidídimo foram dependentes da condição reprodutiva, sendo superiores na pré-puberdade. Para o modelo estresse térmico, as concentrações de histamina no testículo e na cauda do epidídimo foram maiores no criptorquidismo, não sofrendo influência da insulação escrotal. Ao considerar todos os animais estudados, houve uma correlação negativa entre a concentração de testosterona plasmática com as de histamina no testículo; e na cauda do epidídimo, esta correlação ocorreu individualmente nos grupos estudados. O modelo de insulação 96 horas foi suficiente para causar alterações andrológicas na consistência testicular, nos parâmetros motilidade e defeitos espermáticos menores, porém, não evidenciou se a histamina, testosterona plasmática e tecidual, fator de necrose tumoral-alfa e óxido nítrico estão intimamente envolvidos no mecanismo de resposta ao estímulo térmico agressor. / It has been used 77 rams, 34 pre-puberty and 15 sexually mature both Suffolk, 16 cryptorchids Santa Inês, 6 undergone to scrotal insulation for 96 hours, and 6 control group without insulation. The testis and the epididymis tail were evaluated by histopatology, concentrations of histamine, plasma and testicular tissue testosterone, tumor necrosis factor-alpha and nitric oxide, the last two ones just in scrotal insulation group and control group. Histopatology did not show any important change in the testis and epididymis tail in all groups. The concentration of histamine in both testis and epididymis tail were higher in pre-pubescent compared to mature rams. Histamine concentration was significantly higher in the cryptorchidism condition compared to insulation group and its control, which were not different from each other. Analyzing all the rams, there was a negative correlation between plasma testosterone and histamine concentration in the testis; in the epididymis tail this correlation occurred individually in each group. The insulation model for 96 hours was able to cause changes in testicular consistence, seminal motility and minor defects in spermatozoa. Nevertheless it does not cause evidence if the concentration of histamine, testosterone and testicular tissue testosterone, tumor necrosis factor-alpha and nitric oxide were strongly involved in the response mechanism to the heat stress stimuli over testis and epididymis.
6

Avaliação hormonal, imunoistoquímica e da expressão gênica de receptores de estrógeno e progesterona em cadelas(Canis familiaris) nas diferentes fases do ciclo estral e com piometra

Oliveira, Priscila Carvalho de [UNESP] 29 January 2008 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:35:12Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2008-01-29Bitstream added on 2014-06-13T20:46:03Z : No. of bitstreams: 1 oliveira_pc_dr_botfmvz_prot.pdf: 11253881 bytes, checksum: 80384352fec6d86aac0dac8f5c7bb55d (MD5) / Os objetivos do presente estudo foram avaliar as concentrações hormonais séricas de progesterona e estradiol, a expressão gênica de receptores de estrógeno (ER-alfa e ER-beta) e progesterona (PR), bem como, expressão de receptores de estrógeno e progesterona por meio de técnicas de imunoistoquímica, em cadelas normais (grupo controle) e com piometra (grupo experimental) em diferentes fases do ciclo estral. Foram utilizadas 51 fêmeas caninas submetidas à ovario-histerectomia, sendo 30 animais de conveniência e 21 com diagnóstico de piometra. Os níveis de progesterona para os 51 animais variaram entre 0,11 e 38,00 ng/ml, com média e erro padrão de 7,46+-1,52 ng/ml, respectivamente. Foi observado que os animais do grupo controle apresentaram concentrações séricas de progesterona significativamente superiores (P<0,01) em relação aos animais do grupo experimental, particularmente na fase de diestro. Não foram detectadas diferenças significativas (P>0,05) entre as freqüências de ocorrências nas classificações citológicas e com base nos níveis de progesterona, para animais normais e com piometra. Nos animais clinicamente saudáveis, foram observados em 6,6% com Hiperplasia Endometrial Cística (HEC) e 93,4% sem HEC. Para os animais com piometra, 100% exibiram HEC. Não foram verificadas diferenças significativas (P>0,05) nas expressões gênicas de receptores ER-alfa PR entre os grupos avaliados nas diferentes fases do ciclo estral. Entretanto, as expressões gênicas de receptor ER-beta apresentaram diferenças significativas (P<0,01), com os animais do grupo controle exibindo maiores taxas de transcrição quando comparados aos animais do grupo experimental, na fase de diestro. As porcentagens de células imunopositivas para o receptor de estrógeno, obtidos pela técnica de imunoistoquímica...
7

Anatomia do aparelho reprodutor masculino de Dendropsophus minutus e Dendropsophus nanus (Anura, Hylidae) durante o ciclo reprodutivo /

Massura, Thaise Yara Magossi. January 2008 (has links)
Orientador: Classius de Oliveira / Banca: Maria Tercília Vilela de Azeredo Oliveira / Banca: Karina Simões / Resumo: Atualmente são conhecidos três grupos de anfíbios: as salamandras (Caudata), as cobras-cegas (Gymnophiona) e os anuros (Anura). O Brasil é o país com a maior diversidade de anfíbios do planeta, com mais de 850 espécies de anuros, das quais 65% são endêmicas. Para anuros há muitos trabalhos que relatam o comportamento reprodutivo, mas poucos foram desenvolvidos para descrever a biologia reprodutiva com ênfase em análise morfológica testicular. Neste estudo, o objetivo geral foi descrever a morfologia testicular de Dendropsophus minutus e Dendropsophus nanus e, relacionar dados da análise biométrica das gônadas às condições climáticas do ano, verificando assim se há variação destas estruturas. Os animais foram coletados mensalmente entre maio de 2006 e abril de 2007, por meio de excursões noturnas no Município de Palestina-SP, Brasil. Dados de natureza biométrica, como comprimento (cm) e peso (g) total do indivíduo, comprimento (mm) e peso (g) total das gônadas; peso (g) do fígado, estômago e intestino, foram obtidos e correlacionados entre si e com as variáveis climáticas (temperatura do ar, pluviosidade, umidade relativa do ar e fotoperíodo). Os testículos foram fixados em solução de Bouin e posteriormente incluídos em historesina de acordo com protocolo de técnicas histológicas. Testes estatísticos foram empregados para análise e interpretação dos resultados. Os testículos das espécies em estudo são pequenos, esbranquiçados, de forma ovalada e se encontram na cavidade abdominal, localizados na região cranial dos rins. Estatisticamente não houve variação intra-individual no comprimento e peso dos animais como também não ocorreram variações na biometria testicular, corpos adiposos, fígado, estômago 8 e intestino. Todos estes parâmetros apresentaram-se correlacionados aos fatores ambientais. Em relação às células... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Currently three groups of amphibians are known: the salamanders, the chargeblind and the anurans. Brazil is the country with the biggest diversity of amphibians of the planet, with more than 850 species of anurans, of which 65% are endemic. There are many studies related to anurans reproductive behavior, but few of them had been developed to describe reproductive biology with emphasis in morphologic analysis of the testis. In this study the general objective was to describe the testicular morphology of Dendropsophus minutus and Dendropsophus nanus and to relate given of the biometric analysis of the gonads ones to the climatic conditions of the year, thus verifying has some variation of these structures. The animals had been collected monthly between May 2006 and April 2007, by means of nocturnal excursions in the City of Palestine-SP, Brazil. Data of biometric nature, as length (cm) and total weight (g) of the individual, length (mm) and total weight (g) of the gonads ones; weight (g) of the liver, stomach and intestine, had been gotten and correlated between itself and with the climatic variable (temperature of air, rainfall, relative humidity of air and photoperiod). The testicles had been fixed in solution of Bouin and later enclosed in historesin in accordance with protocol of histology techniques. Statistical tests had been used for analysis and interpretation of the results. The testicles of the species in study are small, whitish, of oval form and if they find in the abdominal socket, located in the cranial region of the kidneys. Statistical it did not have individual variation in the length and weight of the animals had as well as not occurred variations in the biometric to testicular, fatty bodies, liver, stomach and intestine... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
8

Aspectos da dinâmica, seleção e maturação folicular em éguas pônei /

Meira, Cezinande de. January 2006 (has links)
Resumo: O presente trabalho envolveu três experimentos: Influência da imunização passiva contra estradiol (E2) e a aspiração do maior folículo (F1) no momento do desvio folicular esperado, sobre a ocorrência do desvio folicular observado. Também foi objetivo verificar o efeito desses tratamentos sobre o perfil de hormônio folículo estimulante (FSH), hormônio luteinizante (LH) e inibina total circulante. Para tanto, os animais foram imunizados com dose única de soro anti-E2 (G anti-E2) ou o F1 foi aspirado no momento do desvio esperado (GAF1). O plasma sangüíneo foi obtido no período pré e póstratamento. O intervalo entre o dia da aplicação do soro (desvio esperado) e o dia da detecção do desvio foi em média o mesmo para o G anti-E2 e controle. No GAF1, a eliminação do maior folículo provocou atraso no momento da detecção do desvio folicular entre o segundo (F2) e o terceiro (F3) maior folículo, comparado ao controle. Em ambos os tratamentos o perfil de FSH, LH e inibina total foi similar ao controle. O experimento 2 tratou de um projeto piloto visando dominar a técnica de colheita de fluido dos grandes folículos ovarianos por meio de punção com agulha fina e o efeito desse procedimento sobre o folículo e às concentrações hormonais. Foram utilizados dois grupos de animais, G1 o folículo foi mantido intacto (controle) e G2 foi utilizada uma punção folicular quando o maior folículo atingiu diâmetro ~35 mm. Ultrasonografia ovariana foi realizada desde o ínicio da detecção de um folículo ~25mm, seguindo até a detecção da ovulação. O terceiro experimento objetivou verificar a influência de gonadotrofina coriônica humana (hCG) em folículos de 30 ou 35mm sobre as concentrações de hormônios esteróides e fatores intrafoliculares. A colheita do fluido folicular foi realizada imediatamente antes e 30 horas após a aplicação... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: The present study involved three experiments: The influence of passive immunization against estradiol (E2) and the largest follicle aspiration (F1) during the expected time of follicle deviation (F1~20mm) on observed follicle deviation occurrence. In addition, the study aimed to verify the related treatment effect on FSH, LH and total inhibin patterns in plasma. Therefore, the animais were immunized with a single dose of serum anti-E2 (G-anti E2) or the F1 was ablated at the expected time of deviation (GAF1). The blood samples were obtained at the pre and post treatment period. The interval between the day of anti-serum administration (expected time of deviation) and the day of deviation detection was similar for G-anti E2 and control groups. The GAF1 presented a delay on time detection of follicle deviation between the second (F2) and the third (F3) largest follicle upon elimination of the largest follicle when compared to control group. In both treatments, patterns of FSH, LH, and total inhibin were similar to control. The experiment 2 was a pilot project viewing training the technique to obtain follicular fluid from large ovarian follicles by puncture using a 25G needle, in addition to determine the effect of this procedure on follicle and hormonal concentrations. Two groups were used, G1 with the maintenance of intact follicle (control) and G2 with a follicle puncture when the largest follicle reached ~35mm in diameter. Ovarian ultrasonography was performed since the detection of a follicle 25mm and it remained until the detection of ovulation. The third experiment aimed to verify the influence of human chorionic gonadotrophin (hCG) on follicles measuring 30 or 35 mm, determining steroid hormone concentrations and intrafoJlicular factors. The follicular fluid collection was performed immediately before and 30 hours after hCG administration... (Complete abstract, click electronic access below)
9

Avaliação hormonal, imunoistoquímica e da expressão gênica de receptores de estrógeno e progesterona em cadelas(Canis familiaris) nas diferentes fases do ciclo estral e com piometra /

Oliveira, Priscila Carvalho de. January 2008 (has links)
Orientador: Maria Denise Lopes / Banca: Nereu Carlos Prestes / Banca: Gilson Helio Toniollo / Banca: Clair Matos de Oliveira / Banca: Renne Lauffer Amorim / Resumo: Os objetivos do presente estudo foram avaliar as concentrações hormonais séricas de progesterona e estradiol, a expressão gênica de receptores de estrógeno (ER-alfa e ER-beta) e progesterona (PR), bem como, expressão de receptores de estrógeno e progesterona por meio de técnicas de imunoistoquímica, em cadelas normais (grupo controle) e com piometra (grupo experimental) em diferentes fases do ciclo estral. Foram utilizadas 51 fêmeas caninas submetidas à ovario-histerectomia, sendo 30 animais de conveniência e 21 com diagnóstico de piometra. Os níveis de progesterona para os 51 animais variaram entre 0,11 e 38,00 ng/ml, com média e erro padrão de 7,46+-1,52 ng/ml, respectivamente. Foi observado que os animais do grupo controle apresentaram concentrações séricas de progesterona significativamente superiores (P<0,01) em relação aos animais do grupo experimental, particularmente na fase de diestro. Não foram detectadas diferenças significativas (P>0,05) entre as freqüências de ocorrências nas classificações citológicas e com base nos níveis de progesterona, para animais normais e com piometra. Nos animais clinicamente saudáveis, foram observados em 6,6% com Hiperplasia Endometrial Cística (HEC) e 93,4% sem HEC. Para os animais com piometra, 100% exibiram HEC. Não foram verificadas diferenças significativas (P>0,05) nas expressões gênicas de receptores ER-alfa PR entre os grupos avaliados nas diferentes fases do ciclo estral. Entretanto, as expressões gênicas de receptor ER-beta apresentaram diferenças significativas (P<0,01), com os animais do grupo controle exibindo maiores taxas de transcrição quando comparados aos animais do grupo experimental, na fase de diestro. As porcentagens de células imunopositivas para o receptor de estrógeno, obtidos pela técnica de imunoistoquímica... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Doutor
10

Maturação nuclear de ovócitos de cadelas em estro e anestro submetidos à maturação in vitro

Martins, Lilian Rigatto [UNESP] January 2005 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:29:16Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2005Bitstream added on 2014-06-13T20:59:34Z : No. of bitstreams: 1 martins_lr_me_botfmvz.pdf: 205027 bytes, checksum: c3564239794a755089ca1f0ea2f577ca (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / O presente estudo objetivou avaliar a taxa de maturidade nuclear dos ovócitos provenientes de cadelas em estro e em anestro submetidos à maturação em dois meios de cultivo, TCM 199 (Tissue Culture Medium) e SOF (Synthetic Oviduct Fluid) durante 24 horas. A parte experimental foi dividida em dois grupos; grupo 1, cadelas em anestro e grupo 2, constituído de cadelas em estro. Em cada grupo, os ovócitos foram removidos dos ovários e metade deles foi imediatamente corada com Hoescht 33342 e classificados como VG (vesícula germinativa), QVG (quebra da vesícula germinativa), MI (metáfase I) e D/NI (degenerados/não passíveis de identificação) e a outra parte foi maturada em SOF e em TCM 199 por 24 horas, corados e avaliados conforme descrição anterior. Foram recuperados 511 e 373 ovócitos grau I nos grupos 1 e 2 respectivamente. O número médio de ovócitos grau I obtidos por cadela no anestro foi de 46,45 ± 25,23. Para as fêmeas do grupo 2, este valor foi de 62,16 ± 8,18 ovócitos/cadela. O protocolo que utilizou ovócitos provenientes de doadoras em estro e maturação in vitro no SOF foi superior aos demais protocolos testados, demonstrando que a maturação ovocitária é beneficiada pela associação entre a fase do ciclo estral e o meio de maturação in vitro (58% MI). Quando submetidos à maturação in vitro os ovócitos provenientes de fêmeas em estro e em anestro apresentam taxas de QVG semelhantes (21,68% TCM 199 e 23,61% SOF – anestro; 20% TCM199 e 23% SOF - estro), porém a taxa de MI foi superior no grupo de ovócitos provenientes de fêmeas em estro (9,79% TCM 199 e 9,72% SOF – anestro; 25% TCM 199 e 58% SOF – estro). Pôde-se ainda evidenciar que em todos os protocolos testados, o tempo de maturação in vitro de 24 horas foi insuficiente para a obtenção da configuração nuclear de metáfase II. / The present study aimed to evaluate the nuclear maturation of in vitro matured oocytes originating from estrus and anoestrus bitches. Two different culture media were used, TCM 199 (Tissue Culture Medium) and SOF (Synthetic Oviduct Fluid). The experimental part was divided into two groups: group 1, consisting of anoestrus bitches, and group 2, consisting of estrus bitches. In each group, oocytes were harvested from ovaries and half of them were immediately stained with Hoechst 33342 and classified as in GV (germinal vesicle), GVBD (germinal vesicle breakdown), MI (metaphase I) and D/NI (degenerated/non identifiable). The other part was matured in SOF or TCM media for 24 hours, stained and evaluated as described previously. There were 511 and 373 grade I oocytes recovered in groups 1 and 2, respectively. The mean number of oocytes obtained per anoestrus bitch was 46.45 ± 25.23. For females in group 2, this value was 62.16 ± 8.18 oocytes / bitch. The protocol that utilized estrus donor’s oocytes and in vitro maturation in SOF was superior to the other protocol tested, demonstrating that the association between phase of the estrus cycle and maturation medium is beneficial for oocyte in vitro maturation (58% MI). Oocytes from estrus and anoestrus bitches submitted to in vitro maturation presented similar rates of GVBD (21.68% TCM 199 and 23.61% SOF – anoestrus; 20% TCM199 and 23% SOF - estrus). However the MI rate was higher in the estrus group (9.79% TCM 199 and 9.72% SOF – anoestrus; 25% TCM 199 and 58% SOF – estrus). It was demonstrated, in all the protocols tested, that 24 hours in vitro maturation was insufficient for obtaining nuclear configuration of metaphase II.

Page generated in 0.0531 seconds