• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 1032
  • 18
  • 8
  • 7
  • 3
  • 2
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 1078
  • 1078
  • 630
  • 555
  • 167
  • 136
  • 124
  • 103
  • 99
  • 86
  • 84
  • 80
  • 80
  • 70
  • 69
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Isótopos estáveis e composição química de cacharas /

Otani, Fabrizia Sayuri. January 2012 (has links)
Orientador: Léa Silvia Sant'Ana / Banca: Pedro de Magalhães Padilha / Banca: Eduardo Gianini Abimorad / Banca: Jorge Antonio Ferreira de Lara / Banca: Juliana Célia Denadai / Resumo: O presente trabalho objetivou determinar a origem de produção de cacharas Pseudoplatystoma reticulatum, pela técnica de isótopos estáveis de 13C e 15N, e análise de composição química. Este estudo está dividido em três capítulos. O capítulo I apresenta uma introdução, abordando os principais assuntos que justificam este trabalho. Os capítulos II e III apresentam os resultados. Cacharas foram capturados e cultivados em Ladário, no rio Paraguai, região da cidade de Corumbá, MS, sacrificados em gelo e transportados para a UNESP, Univ. Estadual Paulista, câmpus de Botucatu. O pescado foi avaliado em relação à origem de produção - de aquicultura ou captura. A origem de produção influenciou os resultados da análise de isótopos estáveis de 13C e 15N (p<0,01), pela análise de componentes principais. Os peixes cultivados apresentaram menor enriquecimento isotópico que os peixes capturados (p<0,01). Além disso, ao comparar tecidos com metabolismo distinto - pele, músculo e ossos - foi possível diferenciar os pares isotópicos entre músculo e ossos para cacharas capturados e pele, músculo e ossos para os peixes de aquicultura (p<0,01). Na determinação da composição química, origem do pescado influenciou os componentes centesimais e a composição mineral (p<0,05). O perfil de aminoácidos não foi alterado pela origem (p>0,05), mas a composição de ácidos graxos foi influenciada (p<0,05). Os resultados permitem concluir que é possível diferenciar a origem de produção pela técnica de isótopos estáveis e composição química / Abstract: This study aimed to determine the differences between cultured and wild Brazilian catfishes Pseudoplatystoma reticulatum, by stable carbon δ13C and nitrogen δ15N isotopes technique, and to determine the chemical composition. This study is divided into three chapters. The Chapter I contains an introduction, justifying this work. Chapters II and III present the results. The fish were captured and farmed in the area of Corumbá city, Mato Grosso do Sul state, than the fish were slaughtered and sent to São Paulo State University, in Botucatu city. The Brazilian catfish was evaluated in relation to the source - aquaculture or wild. The production source affected the results of 13C and 15N (p<0,01) by principal component analysis. The farmed fish had lower isotopic enrichment of the wild fish (p<0,01). Furthermore, when comparing tissues with different metabolic activity - skin, muscle and bones - the isotopic pairs differed between muscle and bone, to wild fish, and skin, muscle and bones for cultured fish (p<0,01). The production source induced the chemical and mineral composition (p<0,05). The amino acid profile was not affect by the source (p>0,05), but the fatty acid profile was affected (p<0,05). Thus, cultured and wild Brazilian catfishes may be differentiated using stable isotopes technique, and the chemical composition is affected by the production source / Doutor
2

Validação do questionário de frequência de consumo de ácidos graxos com o uso de biomarcadores e aplicação do método das tríades .

Yokota, Renata Tiene de Carvalho January 2008 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, 2008. / Submitted by Loiana Noronha (loiaunb@hotmail.com) on 2010-03-17T03:13:09Z No. of bitstreams: 1 2008_RenataTieneCarvalhoYokota.pdf: 486088 bytes, checksum: 0f5e6d01be0852f11b27e8bded1559b2 (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-04-30T21:55:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2008_RenataTieneCarvalhoYokota.pdf: 486088 bytes, checksum: 0f5e6d01be0852f11b27e8bded1559b2 (MD5) / Made available in DSpace on 2010-04-30T21:55:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2008_RenataTieneCarvalhoYokota.pdf: 486088 bytes, checksum: 0f5e6d01be0852f11b27e8bded1559b2 (MD5) Previous issue date: 2008 / Objetivo: Validar o consumo de ácidos graxos dietéticos obtido por meio de um questionário de freqüência alimentar (Q) em relação a múltiplos recordatórios de 24 horas (R) e um biomarcador sangüíneo, em uma população acima de 17 anos do Distrito Federal. Método: O estudo foi realizado com 81 indivíduos selecionados aleatoriamente em duas regiões administrativas do Distrito Federal. Foram realizadas visitas domiciliares para aplicação de 4 R e 2 Q, além da coleta sangüínea para análise de ácidos graxos dos fosfolipídios séricos dos participantes. O método das tríades foi utilizado para verificar a relação entre as 3 variáveis e a ingestão real (I) utilizando o cálculo do coeficiente de validade ( ). Resultados: Os coeficientes de correlação (r) encontrados entre o Q e o R variaram de 0,16 a 0,60. Os ácidos graxos 18:1t (rQR=0,54 p<0,01; rQB=0,32 p<0,05; rBR= 0,38 p<0,05) e 18:2t (rQR=0,55 p<0,01; rQB=0,61 p<0,05; rBR= 0,79 p<0,05) apresentaram correlações moderadas a elevadas para as três variáveis. Os ácidos graxos saturados e monoinsaturados apresentaram os menores coeficientes de correlação (r=-0,11 a 0,41). O Q apresentou maiores coeficientes de validade para os ácidos graxos 15:0, 18:2n-6 e 22:6 n-3. Para o 18:1t e 18:2t, coeficientes de validade moderados a elevados foram observados, variando de 0,47 ( BI18:1t) a 0,93 ( BI18:2t). Conclusões: O questionário de freqüência alimentar foi capaz de classificar indivíduos de acordo com a ingestão de ácidos graxos, particularmente para o 15:0, total de ácidos graxos saturados, 18:2 n-6, 18:1t, 18:2t, 22:6 n-3 e total de ácidos graxos n-3. Este Q pode ser considerado um instrumento útil para avaliar a ingestão de ácidos graxos nesta população. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Objective: In order to investigate the relationship between fatty acid (FA) intake and chronic diseases in an adult population from Brazil, a FA food frequency questionnaire (Q) validation study was conducted applying the method of triads, using multiple 24 hour recalls as the reference method (R) and serum phospholipids as the biomarker (B). Methods: Eighty-one randomly selected individuals were home-interviewed for the application of two 60-item Q and four 24hR and collection of blood samples to analyze FA composition of serum phospholipids. The method of triads, using the validity coefficient ( ), was applied to analyze the relation between the 3 measurements and the true intake (T). Results: The correlations (r) between the Q and 24hR ranged from 0.16 to 0.60. The trans FA 18:1t (rQR=0.54 p<0.01; rQB=0.32 p<0.05; rBR= 0.38 p<0.05) and 18:2t (rQR=0.55 p<0.01; rQB=0.61 p<0.05; rBR= 0.79 p<0.05) showed moderate to strong correlations for all three measurements. Saturated and monounsaturated FA showed the weakest correlations (r=-0.11 to 0.41). In general, the Q presented the highest validity coefficients for the FA 15:0, 18:2 n-6 and 22:6 n-3. For 18:1t and 18:2t, moderate to strong were observed, ranging from 0.47 ( BT18:1t) to 0.93 ( BT18:2t). Conclusions: The Q was able to rank individuals according to their FA intake, particularly for the 15:0, total saturated FA, 18:2 n-6, 18:1t, 18:2t, 22:6 n-3 and total n-3 FA. This Q could be a valuable instrument to measure the FA intake in the study population.
3

Obtenção de ácidos graxos a partir da acidulação de borra de neutralização de óleo de soja

Chies, Niceia January 2009 (has links)
A borra é o principal subproduto da indústria de refino de óleo de soja e é formada durante a etapa de neutralização do refino químico do óleo bruto. Ácidos graxos livres presentes no óleo são neutralizados através da adição de solução de álcalis, resultando em sabões. Esta borra, devido ao seu alto conteúdo de ácidos graxos saponificados, reduzido valor econômico e grande disponibilidade nas indústrias de óleo de soja e de biodiesel, é uma excelente matéria-prima para a obtenção de um concentrado de ácidos graxos livres. Estes ácidos graxos têm sido comercializados devido às suas propriedades nutricionais. Também são utilizados no tratamento de minérios devido à capacidade de alterar as superfícies minerais e são matérias-primas para a produção de biodiesel. Neste trabalho foram estudados os efeitos das condições operacionais do processo de obtenção de ácido graxo de soja através da reação de acidulação da borra de soja com ácido sulfúrico. Três frações são obtidas após a centrifugação do material resultante da reação de acidulação: ácido graxo de soja, emulsão oleosa e água ácida. Ácido graxo de soja é o produto principal, emulsão oleosa é o resíduo do processo de acidulação e água ácida é o efluente. Foram estudadas as condições de acidulação da borra objetivando a produção eficiente do ácido graxo de soja. A fim de determinar a melhor condição de operação, o processo foi otimizado utilizando Metodologia de Superfície de Resposta obtida através do planejamento fatorial com três variáveis independentes: relação molar entre o ácido e o sabão, temperatura e velocidade de agitação. As condições ótimas para a reação de acidulação da borra de neutralização com ácido sulfúrico foram: relação molar entre o ácido e o sabão igual a 0,84 e temperatura de 78ºC, obtendo-se 1,2% da fase emulsão oleosa, enquanto que a velocidade de agitação da solução, sob as condições do teste, não interferiu nos resultados. Com base nestes resultados, foram então processados 6.600 kg de borra na planta industrial com capacidade de processamento de 150 kg de borra por batelada. O percentual da fase emulsão oleosa obtida na planta industrial foi de 2,1% (135 kg). A borra foi caracterizada e o conteúdo de matéria graxa obtido (27,6% em massa) revelou um alto potencial para reaproveitamento. O ácido graxo também foi caracterizado e o conteúdo de matéria graxa obtido (95,2% em massa) revelou a qualidade do principal produto. A caracterização da emulsão oleosa demonstrou a possibilidade de utilização deste resíduo como combustível. A água ácida foi caracterizada a fim de sugerir um tratamento de efluentes eficiente. / Soapstock is the main by-product of the soybean oil refining industry and is formed during the neutralization step in caustic refining of the crude oil. Free fatty acids present in the oil are neutralized by addition of alkali solutions resulting in soaps. This soapstock due to its high content of saponified fatty acids, low economic value and great availability in the soybean oil and biodiesel industries, is an excellent raw-material for the production of a free fatty acids concentrate. These fatty acids have been traded due to its nutritive properties. Also they are used in the mineral treatments due to its capacity to change the mineral superficies and they are potential feedstocks for biodiesel production. In this research, the effects of the process conditions for the production of the soybean fatty acid through the acidulation reaction of soapstock from sulphuric acid neutralization were studied. Three fractions are obtained after centrifugation of the material resulting of the acidulation reaction: soybean fatty acid, oily emulsion and acid water. Soybean fatty acid is the main product, oily emulsion is the residue acidulation process and acid water is the wastewater. Soapstock acidulation conditions were studied aiming at the efficient producing soybean fatty acid. For the determination of the best operational condition, the process was optimized using Response Surface Methodology, obtained from factorial planning with three independent variables: molar ratio between acid and soap, temperature and mixer rotation. Optimal conditions for the acidulation reaction of soapstock from sulphuric acid neutralization were: molar ratio between acid and soap of 0,84 and temperature of 78ºC, obtaining a percentage of oily emulsion of 1.2%. The mixer rotation however, did not interfere with the results obtained, considering the conditions of the test. Then, 6.6 ton of soapstock were processed in the industrial plant with capacity to process 150 kg of the soapstock for batch. The percentage of oily emulsion obtained in the industrial plant was of 2.1% (135 kg). The soapstock was characterized, and the fatty matter content obtained (27.6% in mass) revealed its high potential for reuse. Also the soybean fatty acid was characterized, and the fatty matter content obtained (95.2% in mass) revealed the quality of the main product. The characterization of the oily emulsion demonstrated the possibility the utilization of this residue as fuel. The acid water was characterized aiming at suggesting an efficient wastewater treatment.
4

Síntese de etanolamidas e 2-oxazolinas substituídas para avaliação de sua ação em Quorum Sensing microbiano

Favero, Fernanda 24 July 2017 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, Programa de Pós-Graduação em Química, 2017. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2017-09-27T13:41:18Z No. of bitstreams: 1 2017_FernandaFavero.pdf: 10858018 bytes, checksum: 06187e38db63739d6429163cf6b4fa0d (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2017-10-09T14:52:27Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2017_FernandaFavero.pdf: 10858018 bytes, checksum: 06187e38db63739d6429163cf6b4fa0d (MD5) / Made available in DSpace on 2017-10-09T14:52:27Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2017_FernandaFavero.pdf: 10858018 bytes, checksum: 06187e38db63739d6429163cf6b4fa0d (MD5) Previous issue date: 2017-10-09 / Ácidos graxos foram recentemente apresentados como inibidores de Quorum sensing (QS), uma forma de comunicação microbiana que ocorre pelo uso de moléculas sinalizadoras e permite que a bactéria se comporte de forma multicelular. Estudos comprovam a eficiência de controlar a virulência de uma bactéria pela manipulação dessa comunicação intraespécie. Este trabalho visou a síntese de uma biblioteca de 2-oxazolinas substituídas, isôsteros de ácidos graxos por meio da ciclização de N-(2-hidroxietil)amidas obtidas pela reação entre etanolamina e ácidos carboxílicos. Os rendimentos para as sínteses das etanolamidas e 2-oxazolinas variaram de moderado a ótimo, apesar da dificuldade de purificação do composto heterocíclico. Diante das moléculas sintetizadas, os testes biológicos foram realizados com a cepa CV026 da Chromobacterium violaceum e resultados promissores foram obtidos. Duas moléculas foram capazes de induzir a resposta positiva no sistema de comunicação, seis foram capazes de inibir a comunicação e oito se mostraram antimicrobianas frente às bactérias. / Fatty acids were recently shown as quorum sensing (QS) inhibitor, which is a molecular based bacterial communication mechanism. This process enables a population of bacterial to control its behavior in a collective way. Studies have shown the efficiency of controlling bacterial virulence through manipulation of the interspecies communication. This study aimed the synthesis of a 2-oxazolines library, a fatty acid isoster, via cyclization of N-(2-hydroxyethyl)amides obtained by the reaction of ethanolamine and carboxylic acids. The yields for the syntheses of ethanolamides and 2-oxazolines ranged from moderate to good, despite the difficulty to purify the heterocyclic. The biological tests were carried out with the Cv026 strain of Chromobacterium violaceum and promising results were obtained. Two molecules were capable of inducing positive response in the communication system, six were able to inhibit communication and eight show antimicrobial action against bacteria.
5

Óleos ômega 9, 6 e 3 em pele de ratos submetidos a queimadura térmica / Oils mixes Omega 9, 6 and 3 in rats subjected to thermal burn

Campelo, Ana Paula Bomfim Soares January 2012 (has links)
CAMPELO, Ana Paula Bomfim Soares. Óleos ômega 9, 6 e 3 em pele de ratos submetidos a queimadura térmica. 2012.79 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2012. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2014-02-17T15:22:44Z No. of bitstreams: 1 2012_dis_apbscampelo.pdf: 2170485 bytes, checksum: b75f4fbb198777b8c67675539a45a241 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2014-02-17T15:23:02Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_dis_apbscampelo.pdf: 2170485 bytes, checksum: b75f4fbb198777b8c67675539a45a241 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-02-17T15:23:02Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_dis_apbscampelo.pdf: 2170485 bytes, checksum: b75f4fbb198777b8c67675539a45a241 (MD5) Previous issue date: 2012 / No presente estudo foram utilizadas misturas de óleos em concentrações nutracêuticas com razão de ω6:ω3 baixa que favorece uma ação antiinflamatória e a razão de ω9:ω6 alta com ação antioxidante. O objetivo do estudo foi estudar os efeitos das misturas de óleos de ω9, ω6 e ω3 na queimadura térmica e avaliar se as fontes de ω3 (ALA, EPA ou DHA) interferem nos efeitos das misturas na queimadura. Foram utilizados 36 ratos Wistar, distribuídos em 6 grupos: água, queimado + água [Q + água], queimado + isolipídico [Q + Iso], queimado + mistura de óleos 1 [ALA], queimado + mistura de óleos 2 [ALA+EPA+DHA de peixe] e queimado + mistura de óleos ω3[ALA+DHA de algas marinhas] com seis animais em cada grupo. Realizada queimadura por condução direta causando lesão de espessura total do dorso dos animais, em seguida admininstrada por via orogástrica as misturas de óleos por sete dias. Avaliada a lesão cutânea por macroscopia (planimetria digital), microscopia, imunohistoquimica (anti-Ki-67, anti-NFκB, anti-HSP 27 e anti-HNEJ) e painel de citocinas (IL-1, IL-6, IL-10, IL-18, TNF-alpha, INF-gama e CSF-GM). Na macroscopia os ratos que receberam a mistura 3 apresentaram menor área de lesão, assim como as misturas 1, 2 e isolipídica quando comparadas com a água. Na microscopia apenas os animais que receberam a mistura 3 (ALA+DHA de algas marinhas) apresentaram menor extensão da lesão em relação a água. Ao avaliar o Ki-67 a mistura 3 induziu aumento da proliferação celular em relação aos demais grupos. Apenas a mistura 3 foi capaz de inibir NFκB. Não houve diferença entre os grupos em relação a HSP 27, HNEJ e painel de interleucina. A mistura de óleos ω3, na qual a fonte é ALA+DHA de algas marinhas, tem efeitos de: inibir o NFkB, aumentar a proliferação celular, reduzir área de lesão e extensão da queimadura.
6

Pré-condicionamento com ácido linolênico e estimulação elétrica de baixa intensidade no reparo tecidual do rato / Pré-conditioning with mono and polyunsaturated acids and electrical stimulation of low in rats tissue repair

Cardoso, Maria dos Prazeres Carneiro January 2012 (has links)
CARDOSO, Maria dos Prazeres Carneiro. Pré-condicionamento com ácido linolênico e estimulação elétrica de baixa intensidade no reparo tecidual do rato. 2012. 81 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2012. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2014-03-11T14:01:37Z No. of bitstreams: 1 2012_dis_mpccardoso.pdf: 1499109 bytes, checksum: b67a9e838e25dac4e631014007aaca12 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2014-03-11T14:02:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_dis_mpccardoso.pdf: 1499109 bytes, checksum: b67a9e838e25dac4e631014007aaca12 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-03-11T14:02:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_dis_mpccardoso.pdf: 1499109 bytes, checksum: b67a9e838e25dac4e631014007aaca12 (MD5) Previous issue date: 2012 / The tissue repair consists in an important feature of the inflammatory process prevention, some factors may reduce, delay or prevent this process. There is a continued interest in the use of currents with low intensity combined by supplementation with nutraceuticals (high ratio w9:w6 and low ratio w6:w3). The objective of this work was to evaluate the effects of preconditioning with oil blends containing (w3/w6) and (w9/w6), and currents of low intensity MENS on the tissue repair after incisions in mice skin. One hundred and eight (108) Wistar rats were used , divided into three groups: G-1 control (saline) n = 36 subdivided into two subgroups: unstimulated and stimulated; G-2 neutral control (corn and soybean oil) n= 36, subdivided into two subgroups: unstimulated and stimulated and G-3 ALA (olive oil + flaxseed + canola), n= 36 subdivided into two subgroups unstimulated and stimulated. The oil mixtures were administered by orogastric, and the application of electric current directly into mouse skin occurred 1 hour before surgical incision. The animals were sacrificed on the seventh, fourteenth and twenty-first day. Skin sample of 1cm/1 cm were collected between the second and third suture point. The samples were analyzed from surgical specimens stained with hematoxylin-eosin (HE) and provided a general analysis of tissue sections with a thickness of 5 um. The data obtained by the (HE) technique were classified according to the inflammatory intensity and transformed into quantitative variables by assigning index for the hestological finding according to (VIDINSK, 2006). Statistical data were analysed using the GraphPad Prism for Windows, version 6.0, for joint assessment of the effects of the groups G-1, G-2 e G-3, and the subgroups unstimulated and stimulated, and days (7, 14, 21). The variables of histological evaluation were analysed by nonparametric Mann-Whitney. The significance level was 5 % (p<0,05). The results show that the preconditioning electrical stimulation caused the elevation of exudate and reduced the reepitheliazation on the 7th day. The use of preconditons oil 1 (corn and soybeans) and oil 2 (olive+ canola + flaxseed) reduced the vascularization on the 7th and 14th days respectively. Both groups, 1 and 2 of oils, induced the reduction of fibrosis on the 14th day. The preconditioning with oil 1 led to elevated expression of NFKB on the 7th day. It is concluded that the electrical stimulation caused the elevation of markers of inflammatory phase with consequent acceleration of this process and the use of oils 1 and 2 reduced the fibrosis and vascularization on proliferative phase. The preconditioning with the oil 1 (corn and soybeans) caused more inflammation on the 7th day. / A reparação tecidual consiste em uma importante característica de prevenção do processo inflamatório; alguns fatores podem reduzir, retardar ou impedir este processo. Existe um interesse constante em relação ao uso de correntes de baixa intensidade aliado da suplementação com nutracêuticos (alta relação ω9:ω6 e baixa relação ω6:ω3). O objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos do pré-condicionamento com misturas de óleos contendo ω3/ω6 e ω9/ω6 e correntes de baixa intensidade MENS( Microcurrent Elétric Neuromuscular Stimulation) sobre a reparação tecidual após incisões em pele de ratos. Foram utilizados 108 ratos Wistar, distribuidos em 3 grupos: G-1 controle (soro fisiológico) n= 36 subdivididos em dois subgrupos: não estimulado e estimulado; G-2 controle neutro (óleo de milho e soja) n=36, subdivididos em dois subgrupos: não estimulado e estimulado e G-3 ALA (óleo de oliva+linhaça+cânola), n=36 subdivididos em dois subgrupos: não estimulado e estimulado. As misturas de óleos foram administradas por via orogástrica, e a aplicação da corrente elétrica, ocorreram 1 hora antes da incisão cirúrgica. Os animais foram sacrificados no sétimo, décimo quarto e vigésimo primeiro dia. Amostra de pele de 1cm/1cm foram coletadas entre o segundo e terceiro ponto da sutura. As amostras foram analisadas a partir de lâminas histopatológicas coradas com hematoxilina-eosina (HE) e forneceram a análise geral dos cortes de tecido com espessura de 5µm. Os dados obtidos pela técnica de (HE) foram classificados de acordo com a intensidade inflamatória e transformados em variáveis quantitativas mediante atribuição de índice para os achado histológicos segundo (VIDINSK, 2006). Os dados estatísticos foram analisados utilizando-se o programa graphpad prisma for Windows, versão 6,0 para avaliação conjunta dos efeitos dos grupos G-1,.G-2 e G-3, e dos subgrupos não estimulado e estimulado, e dos dias (7º, 14º e 21º). As variáveis da avaliação histológica foram analisadas pelo teste não paramétrico de Mann-Whitney e pós-teste de Dunn. O nível de significância foi de 5% (p<0,05). Os resultados obtidos mostram que a eletroestimulação pré-condicionante promoveu elevação do exsudato e redução da reepitelização no 7º dia. O uso dos pré-condicionantes óleo 1(milho e soja) e 2 (oliva+canôla+linhaça) reduziram a vascularização no 7º e 14º dias respectivamente.Ambos os grupos dos óleos 1 e 2 induziram a redução da fibrose no 14º dia. O précondicionamento com óleo1 levou a elevação da expressão do NFkB no 7º dia. Conclui-se que a eletroestimulação promoveu elevação de marcadores da fase inflamatória com consequente aceleração desse processo e o uso dos óleos 1 e 2 reduziram a fibrose e a vascularização na fase proliferativa. O précondicionamento com o óleo 1(milho e soja) promoveu mais inflamação no 7ºdia.
7

Efeitos de suplementação oral com mistura de óleos ômega 3, 6 e 9, com elevada relação ômega 9/ômega 6 e baixa relação ômega 6/ômega 3, sobre as adipocinas plasmáticas em camundongos com diabetes Mellitus / Effects of oral supplementation with omega oil blend 3, 6 and 9, with a high ratio 9/ômega omega 6 and low omega relationship 6/ômega 3 on plasma adipokines in mice with diabetes Mellitu

Quezado, Rosana January 2012 (has links)
QUEZADO, Rosana. Efeitos de suplementação oral com mistura de óleos ômega 3, 6 e 9, com elevada relação ômega 9/ômega 6 e baixa relação ômega 6/ômega 3, sobre as adipocinas plasmáticas em camundongos com diabetes Mellitus. 2012. 115 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2012. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2014-03-12T15:39:40Z No. of bitstreams: 1 2012_dis_rquezado.pdf: 1898234 bytes, checksum: 17b3fcf0c2fa5d221ea5e808093abced (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2014-03-12T15:40:04Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_dis_rquezado.pdf: 1898234 bytes, checksum: 17b3fcf0c2fa5d221ea5e808093abced (MD5) / Made available in DSpace on 2014-03-12T15:40:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_dis_rquezado.pdf: 1898234 bytes, checksum: 17b3fcf0c2fa5d221ea5e808093abced (MD5) Previous issue date: 2012 / Diabetes mellitus type 2 (DM2), a multifactorial disease, heterogenic results of associated genetic susceptibility to environmental factors, especially sedentary lifestyle and a diet rich in saturated fats, and obesity. It is characterized by insulin resistance (IR) and by decreasing the secretion of this hormone. Moderate and chronic inflammation in white adipose tissue dysfunctional, called "meta-inflammation," seems to be the link between obesity, IR and DM2. Role of adipokines produced by adipose tissue in these diseases has been investigated. Objective of this study was to verify whether oral supplementation (SO) of oil blend (MXO) compared with omega 9 / omega 6 (ω9/ω6) and high omega 6 / omega 3 (ω6/ω3) low, from different sources of ω3 interferes with adipokines plasma of mice with T2DM. After fed ad libitum with AIN-93G diet until they become adult Swiss mice (CSW) males received by eleven weeks AIN-93HA, hyperlipidic adapted to induce DM2 confirmed in 90% of them. Maintained the AIN-93HA, the CSW with T2DM were in groups of seven days, with MXO SO: GA: H ₂ O (null control) GB: MXO [ω9: ω3 0.4:1; ω6: ω3 8: 1 (neutral control)]; GC: MXO [ω9: 3.7:1 ω3, ω6: ω3-ALA 1.4:1]; GD: MXO [ω9: 3.7:1 ω3, ω6: ω3-EPA + DHA from fish 1.4:1]; GE: MXO [ω9: ω3 3.7:1; ω6: ω3, DHA from algae 1.4:1]. Why immunoassays, held measurement of plasma insulin and adipokines, tumor necrosis factor-alpha (TNF-α), interleukin-6 (IL-6), interleukin-1 beta (IL-1β), monocyte activating factor ( MCP-1), resistin (RES), leptin (LEP), an inhibitor of plasminogen activator 1 (PAI-1) and adiponectin (ADIPOQ). It found a statistically significant difference of adipokines group GE (ω3-DHA from algae), compared to the other groups, with increased IL-6 compared to GC and GD, fewer LEP compared to GA; increase of TNF- α in relation to groups GB, GC and GD, and ADIPOQ decrease compared to GB, as well as RES between GC (ω3-ALA) and GD (ω3-EPA + DHA). There was no statistically significant difference in any of the variables between control groups. Continuity diet high in saturated fat may have compromised the effectiveness of supplementation MXO rich in ω3 and ω9. The "state of the art" demand further studies to clarify the role of DHA in the "meta-inflamaçãoDM2, Adipokines, saturated fatty acids, omega fatty acids 3, 6 and 9 and" meta-inflammation / O diabetes mellitus tipo 2 (DM2), doença multifatorial, heterogênica, resulta de suscetibilidade genética associada a fatores ambientais, especialmente sedentarismo e dieta rica em gorduras saturadas, e a obesidade. Caracteriza-se por resistência à insulina (RI) e pela diminuição da secreção desse hormônio. Inflamação moderada e crônica no tecido adiposo branco disfuncional, denominada “meta-inflamação”, parece ser o elo entre obesidade, RI e DM2. Papel de adipocinas produzidas pelo tecido adiposo nessas afecções vem sendo investigado. Objetiva-se neste estudo verificar se suplementação oral (SO) de mistura de óleos (MXO) com relação de ômega 9 / ômega 6 (ω9/ω6) elevada e de ômega 6 / ômega 3 (ω6/ω3) baixa, de diferentes fontes de ω3, interfere em adipocinas plasmáticas de camundongos com DM2. Depois de alimentados ad libitum com dieta da AIN-93G até ficarem adultos, camundongos Swiss (CSW) machos receberam, por onze semanas, dieta AIN-93HA, hiperlipídica adaptada, para indução de DM2, confirmado em 90% deles. Mantida a dieta AIN-93HA, os CSW com DM2 receberam, em grupos, por sete dias, SO com MXO: GA: H₂O (controle nulo); GB: MXO [ω9:ω3 0,4:1;ω6:ω3 8:1 (controle neutro)]; GC: MXO [ω9:ω3 3,7:1; ω6:ω3-ALA 1,4:1]; GD: MXO [ω9:ω3 3,7:1;ω6:ω3-EPA+DHA de peixe 1,4:1]; GE: MXO [ω9:ω3 3,7:1; ω6:ω3-DHA de algas 1,4:1]. Por imunoensaios, realizou-se dosagem plasmática de insulina e de adipocinas, fator de necrose tumoral–alfa (TNF-α); interleucina-6 (IL-6); interleucina-1 beta (IL-1β); fator ativador de monócitos (MCP-1); resistina (RES); leptina (LEP); inibidor do fator ativador de plasminogênio 1 (PAI-1) e adiponectina (AdipoQ). Constatou-se diferença estatística significante de adipocinas do grupo GE (ω3-DHA de algas), em relação aos outros grupos, com aumento de IL-6 em relação ao GC e GD; diminuição de LEP em relação ao GA; aumento de TNF-α em relação aos grupos GB, GC e GD; e diminuição de AdipoQ em relação ao GB; assim como de RES entre os grupos GC (ω3-ALA) e GD (ω3-EPA+DHA). Não houve diferença estatística significante em nenhuma das variáveis entre grupos controles. Continuidade de dieta rica em gordura saturada pode ter comprometido a eficácia da suplementação de MXO ricos em ω3 e ω9. O “estado da arte” demanda outros estudos para esclarecer o papel do DHA na “meta-inflamação”.
8

Pré-condicionamento com l-alanil-glutamina, l-arginina e ômegas 3, 6 e 9 sobre as proteínas de choque térmico e marcadores inflamatórios em pacientes submetidas à abdominoplastia total / Preconditioning with L-alanyl-glutamine, L-arginine and ω-3, ω-6 and ω-9 fatty acids on heat shock proteins and inflammatory mediators in patients submitted to total abdominoplasty

Cavalcante, Mara Cinthia Coelho January 2014 (has links)
CAVALCANTE, Mara Cinthia Coelho. Pré-condicionamento com l-alanil-glutamina, l-arginina e ômegas 3, 6 e 9 sobre as proteínas de choque térmico e marcadores inflamatórios em pacientes submetidas à abdominoplastia total. 2014. 100 f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia) - Faculdade de Medicina, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2015-10-15T14:11:22Z No. of bitstreams: 1 2014_dis_mcccavalcante.pdf: 1606058 bytes, checksum: f704da1a3e9dc98d167ba1ac7151e9f0 (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2015-10-15T14:13:22Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_dis_mcccavalcante.pdf: 1606058 bytes, checksum: f704da1a3e9dc98d167ba1ac7151e9f0 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-10-15T14:13:22Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_dis_mcccavalcante.pdf: 1606058 bytes, checksum: f704da1a3e9dc98d167ba1ac7151e9f0 (MD5) Previous issue date: 2014 / Abdominoplasty is a lower abdominal lipectomy combined with muscle fascia repair by plication of the aponeuroses of the rectus abdominis muscle. The procedure is traumatic and associated with stress-related inflammation. Preoperative administration of nutraceuticals is believed to reduce postoperative complications such as inflammation and improve surgical results. Once a day for 7 days prior to surgery, patients were supplemented with two diets: SNO1 (negative control) or SNO2. The former was a dairy drink containing 0% fat, 64% carbohydrate (100% maltodextrin) and 36% protein (100% calcium caseinate), corresponding to 37.4 kcal/100mL. The latter was a dairy drink containing 14% carbohydrate (25% maltodextrin, 75% fructose), 25% protein (60% L-alanyl-glutamine, 40% L-arginine) and 61% lipids in the form of a mixture of oleic acid-rich sunflower oil, canola oil, fish oil and medium-chain triglycerides containing ω-9, ω-6 and ω-3 fatty acids, the latter with α-linolenic acid, eicosapetaenoic acid and docosahexaenoic acid, with a ω-9/ω-6 ratio of 3.2:1 (antioxidant action) and a ω-6/ω-3 ratio of 1.4:1 (anti-inflammatory action), corresponding to 200 kcal/100mL. Each patient ingested 200mL SNO1 or SNO2 blended with 50 g diet ice-cream. The sample consisted of 25 adult patients randomly assigned to SNO1 (n=11) or SNO2 (n=14) and submitted to total abdominoplasty. The study variables included HSP-27, HSP-70, IL-1β, IL-6, PCR and TNF-α. Clinical and lab tests were performed on four occasions: T0=on the 1st day of supplementation following a 12-hour fast; T1=on the 8th day, upon induction of anesthesia, after confirming ingestion of study diet for 7 consecutive days; T2=on the 9th day (POD 1), 24 hours after surgery; and T3=on the 11th day (POD 3), 72 hours after surgery. No significant difference was observed between the groups at any of the four moments in time. In conclusion, oral nutraceutical supplementation with L-alanyl-glutamine, arginine and mixtures of oils with high ω-9/ω-6 ratio and low ω-6/ω-3 ratio has no significant preconditioning effect on inflammatory mediators in surgical trauma / A abdominoplastia consiste de lipectomia abdominal baixa, associada à reparação ou “plástica” músculo-fascial, através da plicatura das aponeuroses dos músculos retos abdominais. Caracteriza-se como um trauma cirúrgico, promovendo uma inflamação inserida no conceito mais amplo de “resposta ao estresse”. A nutrição pré-operatória pode minimizar as complicações pós-operatórias e melhorar os resultados cirúrgicos. No presente estudo foi ofertada uma vez ao dia às pacientes suplementação oral 1 (SNO1) ou suplementação oral 2 (SNO2), no período pré-operatório, durantes 7 dias. A SNO1 é considerada como controle negativo, constitui uma bebida láctea com 0% de gordura, composta por 64% de carboidrato (100% maltodextrina) e 36% de proteína (100% caseinato de cálcio) com calorias totais igual a 37,4kcal/100ml. A SNO2 considerada como o grupo teste foi composta por 14% de carboidrato (25% maltodextrina e 75% frutose), 25% de proteína (60%L-alanil-glutamina e 40%L-arginina) e 61% de lipídios (mistura de óleos de girassol de alto teor oléico, canola, peixe e triglicerídeo de cadeia média (TCM) contendo ômega-9 (ω9), ômega-6 (ω6) e ômega-3 (ω3), deste último na forma de ácido α-linolênico ALA, ácido eicosapetaenóico EPA e ácido docosahexaenóico DHA com relações ω-9/ω-6 de 3,2:1 e ω-6/ω-3 de 1,4:1, com calorias totais de 200kcal/100ml. Cada paciente ingeriu 200 ml de SNO1 ou SNO2, misturado a 50 gramas de sorvete diet. Foram selecionadas e acompanhadas um grupo de 25 pacientes adultas submetidas à abdominoplastia total que foram agrupadas, aleatoriamente, nos grupos SNO1 (N=11) e SNO2 (N=14). As variáveis avaliadas foram: HSP-27, HSP-70, IL-1β, IL-6, PCR e TNF-α. As avaliações clínicas e laboratoriais foram realizadas em quatro momentos: no pré-cirúrgico 1º dia (T0) de início da suplementação, com as pacientes em jejum por 12 horas; no 8º dia (T1) na indução anestésica da cirurgia, após confirmar que a paciente ingeriu por sete dias seguidos a suplementação; no 9º dia ou 1º PO (T2), 24h após o procedimento de abdominoplastia total; e no 11º dia ou 3º PO (T3), 72h após a cirurgia. Não foram evidenciadas diferenças estatisticamente significantes entre os grupos e os tempos. Portanto, a suplementação nutricional oral utilizando l-alanil-glutamina, arginina e misturas de óleos com elevada relação ω-9/ ω-6 e baixa relação ω-6/ω-3 contendo os ácidos ω-3 ALA, EPA e DHA, não possui efeito pré-condicionante nutracêutico sobre proteínas de choque e nos mediadores inflamatórios aqui estudados no trauma cirúrgico.
9

Obtenção de ácidos graxos a partir da acidulação de borra de neutralização de óleo de soja

Chies, Niceia January 2009 (has links)
A borra é o principal subproduto da indústria de refino de óleo de soja e é formada durante a etapa de neutralização do refino químico do óleo bruto. Ácidos graxos livres presentes no óleo são neutralizados através da adição de solução de álcalis, resultando em sabões. Esta borra, devido ao seu alto conteúdo de ácidos graxos saponificados, reduzido valor econômico e grande disponibilidade nas indústrias de óleo de soja e de biodiesel, é uma excelente matéria-prima para a obtenção de um concentrado de ácidos graxos livres. Estes ácidos graxos têm sido comercializados devido às suas propriedades nutricionais. Também são utilizados no tratamento de minérios devido à capacidade de alterar as superfícies minerais e são matérias-primas para a produção de biodiesel. Neste trabalho foram estudados os efeitos das condições operacionais do processo de obtenção de ácido graxo de soja através da reação de acidulação da borra de soja com ácido sulfúrico. Três frações são obtidas após a centrifugação do material resultante da reação de acidulação: ácido graxo de soja, emulsão oleosa e água ácida. Ácido graxo de soja é o produto principal, emulsão oleosa é o resíduo do processo de acidulação e água ácida é o efluente. Foram estudadas as condições de acidulação da borra objetivando a produção eficiente do ácido graxo de soja. A fim de determinar a melhor condição de operação, o processo foi otimizado utilizando Metodologia de Superfície de Resposta obtida através do planejamento fatorial com três variáveis independentes: relação molar entre o ácido e o sabão, temperatura e velocidade de agitação. As condições ótimas para a reação de acidulação da borra de neutralização com ácido sulfúrico foram: relação molar entre o ácido e o sabão igual a 0,84 e temperatura de 78ºC, obtendo-se 1,2% da fase emulsão oleosa, enquanto que a velocidade de agitação da solução, sob as condições do teste, não interferiu nos resultados. Com base nestes resultados, foram então processados 6.600 kg de borra na planta industrial com capacidade de processamento de 150 kg de borra por batelada. O percentual da fase emulsão oleosa obtida na planta industrial foi de 2,1% (135 kg). A borra foi caracterizada e o conteúdo de matéria graxa obtido (27,6% em massa) revelou um alto potencial para reaproveitamento. O ácido graxo também foi caracterizado e o conteúdo de matéria graxa obtido (95,2% em massa) revelou a qualidade do principal produto. A caracterização da emulsão oleosa demonstrou a possibilidade de utilização deste resíduo como combustível. A água ácida foi caracterizada a fim de sugerir um tratamento de efluentes eficiente. / Soapstock is the main by-product of the soybean oil refining industry and is formed during the neutralization step in caustic refining of the crude oil. Free fatty acids present in the oil are neutralized by addition of alkali solutions resulting in soaps. This soapstock due to its high content of saponified fatty acids, low economic value and great availability in the soybean oil and biodiesel industries, is an excellent raw-material for the production of a free fatty acids concentrate. These fatty acids have been traded due to its nutritive properties. Also they are used in the mineral treatments due to its capacity to change the mineral superficies and they are potential feedstocks for biodiesel production. In this research, the effects of the process conditions for the production of the soybean fatty acid through the acidulation reaction of soapstock from sulphuric acid neutralization were studied. Three fractions are obtained after centrifugation of the material resulting of the acidulation reaction: soybean fatty acid, oily emulsion and acid water. Soybean fatty acid is the main product, oily emulsion is the residue acidulation process and acid water is the wastewater. Soapstock acidulation conditions were studied aiming at the efficient producing soybean fatty acid. For the determination of the best operational condition, the process was optimized using Response Surface Methodology, obtained from factorial planning with three independent variables: molar ratio between acid and soap, temperature and mixer rotation. Optimal conditions for the acidulation reaction of soapstock from sulphuric acid neutralization were: molar ratio between acid and soap of 0,84 and temperature of 78ºC, obtaining a percentage of oily emulsion of 1.2%. The mixer rotation however, did not interfere with the results obtained, considering the conditions of the test. Then, 6.6 ton of soapstock were processed in the industrial plant with capacity to process 150 kg of the soapstock for batch. The percentage of oily emulsion obtained in the industrial plant was of 2.1% (135 kg). The soapstock was characterized, and the fatty matter content obtained (27.6% in mass) revealed its high potential for reuse. Also the soybean fatty acid was characterized, and the fatty matter content obtained (95.2% in mass) revealed the quality of the main product. The characterization of the oily emulsion demonstrated the possibility the utilization of this residue as fuel. The acid water was characterized aiming at suggesting an efficient wastewater treatment.
10

Aproveitamento do glicerol residual no potencial biotecnológico de Mortierella isabellina na produção e acumulação de lipídeos

LINS, Manuela Cristina Mota 26 February 2015 (has links)
Submitted by Pedro Barros (pedro.silvabarros@ufpe.br) on 2018-08-07T19:06:37Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Manuela Cristina Mota Lins.pdf: 2535186 bytes, checksum: 3c90bd68b7c1cbb8729d16bb041f7dc5 (MD5) / Approved for entry into archive by Alice Araujo (alice.caraujo@ufpe.br) on 2018-08-15T20:07:40Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Manuela Cristina Mota Lins.pdf: 2535186 bytes, checksum: 3c90bd68b7c1cbb8729d16bb041f7dc5 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-08-15T20:07:40Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 811 bytes, checksum: e39d27027a6cc9cb039ad269a5db8e34 (MD5) TESE Manuela Cristina Mota Lins.pdf: 2535186 bytes, checksum: 3c90bd68b7c1cbb8729d16bb041f7dc5 (MD5) Previous issue date: 2015-02-26 / CAPES / Micro-organismos oleaginosos demonstram amplo uso, considerando o potencial biotecnológico inovador, tendo em vista os aspectos: rápido crescimento, fácil adaptação e utilização em substratos alternativos, fontes de “single cell oil” e lipídeos . Os micro-organismos considerados oleaginosos apresentam conteúdo lipídico acima de 20% em sua biomassa de tri-acilglicerol. Considerando o potencial biotecnológico de Mortierella isabellina do filo Zygomycota, neste trabalho foi realizado estudos com meios de composição definida e alternativos, suplementados com glicerol residual (excedente da podução de biodiesel) e milhocina (resíduo do beneficiamento do milho), avaliando o perfil de crescimento, bem como a acumulação de lipídeos intracelulares (single cell oil) através de análises citoquímicas. Estudos foram realizados com a produção de lipídeos por crescimento submerso e posterior quantificação dos lipídeos totais e caracterização do perfil de ácidos graxos. Um planejamento experimental foi também realizado, avaliando a relação carbono:nitrogênio na formulação de um meio de cultura para produção de biomassa rica em lipídeos. A cinética de crescimento radial demonstrou que o fungo Mortierella isabellina se desenvolveu de forma eficiente nos meios Batata ágar e meio mínimo sintético descrito por Hesseltine & Anderson (SMM), sendo este último selecionado como base e suplementado com a associação de glicerol residual e milhocina na proporção de 1:1 em rês concentrações 2, 4 e 8%. Observou-se que a concentração de 4% (glicerol residual e milhocina) permitiu maior velocidade de crescimento, com a presença de “single cell oil”, através da citoquímica. O fungo cultivado de acordo com planejamento fatorial de 22 (glicerol residual e milhocina) apresentou uma biomassa variando de 2,3g\L a 35,7g\L, observando-se um melhor resultado no ensaio com a concentração mais elevada de glicerol residual (8%) e menor concentração de milhocina (2%), enquanto na produção de lipídeos o rendimento foi de 75,2%. Os lipídeos produzidos demonstraram a seguinte composição: ácido palmítico (C16:0), linoléico (C18:2), oléico (C18:1), respectivamente, 21,8%, 44,5% e 23,2%. Contudo, ressalta-se que a composição química em ácidos graxos demonstra potencial para ser como matéria prima do biodiesel, tendo vista, a presença de ácidos graxos saturados e insaturados, além de triacilglicerol. Empregando o glicerol residual (8%), como única fonte de carbono no meio, por fermentação submersa o fungo M. isabellina apresentou maior produção de biomassa (20g/L), com os ácidos graxos mirístico (C14:0), palmítico (C16:0), oleico (C18:1), γ- linolênico (C18:3), sendo o ácido linoleico (C18:2) com maior porcentagem (60,1%). Os resultados obtidos com os estudos realizados demonstram uma composição estável dos lipídeos saturados e insaturados, semelhante à matéria prima vegetal, sendo considerado uma fonte potencial para produção de biodiesel. / Oleaginous microorganisms demonstrate widespread use, considering the innovative potential of biotechnology in view of the aspects: rapid growth, easy adaptation and use of alternative substrates, sources of "single cell oil" and lipids. The microorganisms have oleaginous considered lipid content above 20% of their biomass tri-acylglycerol. Considering the biotechnological potential of Mortierella isabellina of Zygomycota phylum, this work was carried out studies with defined composition and alternative media, supplemented with residual glycerin (surplus of biodiesel podução) and corn steep liquor (corn processing residue), evaluating the growth profile as well as the accumulation of "single cell oil" Sudan Black. Studies were performed with the production of lipids submerged growth and quantification of total lipids and characterization of fatty acid profile. An experimental design was also performed by assessing the carbon: nitrogen in the formulation of a growing medium for the production of biomass rich in lipids. The radial growth kinetics demonstrated that the fungus Mortierella isabellina developed efficiently in the media Agar Potato and Hesseltine and Anderson, the latter being selected as basis and supplemental residual glycerine and corn steep liquor (2, 4 and 8%). It was observed that the concentration of 4% (glycerine and corn steep liquor) allowed faster growth rate in the presence of intracellular lipids (single cell oil) by cytochemistry. The fungus in factorial design of 22 (residual glycerol and corn steep liquor) presented a biomass ranging from 2.3 g \ L to 35.7g \ L, observing a better result in the test with the highest concentration of residual glycerin (8%) and a lower concentration of corn steep liquor (2%). The lipid production yield was 75.2%. Lipids produced showed the following composition: palmitic acid (C16: 0), linoleic (C18: 2), oleic (C18: 1), respectively, 21.8%, 44.5% and 23.2%. However, it is noteworthy that the chemical composition of fatty acids demonstrates potential raw material for biodiesel, taking view, the presence of saturated and unsaturated fatty acids, and triacylglycerol. Employing the residual glycerol (8%) as the sole carbon source in the middle, submerged fermentation fungus M. isabellina showed higher biomass production (20g / L), with myristic fatty acids (C14: 0), palmitic (C16 : 0), oleic (C18: 1), γ- linolenic (C18: 3), linoleic acid (C18: 2) with a greater percentage (60.1%). The results of the studies show a stable composition of saturated and unsaturated lipids, like the vegetable raw material, whereas the chemical composition of the fatty acids of biodiesel.

Page generated in 0.111 seconds