• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 47
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 50
  • 50
  • 22
  • 18
  • 14
  • 12
  • 9
  • 9
  • 9
  • 8
  • 8
  • 8
  • 7
  • 7
  • 7
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estimativa e aplicação dos coeficientes de dispersão longitudinal e de reaeração em corpos de água naturais /

Soares, Pétrick Anderson, Pinheiro, Adilson, Universidade Regional de Blumenau. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental. January 2011 (has links) (PDF)
Orientador: Adilson Pinheiro. / Dissertação (mestrado) - Universidade Regional de Blumenau, Centro de Ciências Tecnológicas, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental.
2

A educação ambiental para gestão sustentável da água : estudo de caso do Igarapé do Mindu - Manaus, AM

Machado, Ana Lúcia Soares 11 November 2012 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2012. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-04-22T13:52:34Z No. of bitstreams: 1 2012_AnaLuciaSoaresMachado.pdf: 8691055 bytes, checksum: 9a0fcf5de7899d49fa1b5b31e51f42f2 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-04-22T14:27:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_AnaLuciaSoaresMachado.pdf: 8691055 bytes, checksum: 9a0fcf5de7899d49fa1b5b31e51f42f2 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-04-22T14:27:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_AnaLuciaSoaresMachado.pdf: 8691055 bytes, checksum: 9a0fcf5de7899d49fa1b5b31e51f42f2 (MD5) / A Amazônia Central é formada por uma rede de pequenos igarapés, o que a constitui na mais densa região hidrográfica do mundo. Esses ambientes vêm sendo impactados com desmatamento e ocupações irregulares. Em espaços urbanos, as sub-bacias hidrográficas sofrem com a elevada ocupação antrópica. Os igarapés, em Manaus, estão assoreados e poluídos, o que instiga ao questionamento quanto ao desafio da gestão compartilhada desses bens para a garantia da vida. Com a finalidade de investigar e discutir a educação ambiental enquanto processo na gestão ambiental e sua contribuição para a sustentabilidade, buscou-se nesta tese mostrar o processo de degradação num período de 40 anos; realizar um diagnóstico socioambiental; identificar e verificar os programas, projetos e ações em Educação Ambiental, desenvolvidos ao longo do Igarapé do Mindu, localizado na área urbana do município de Manaus (AM), bem como os conflitos existentes na gestão socioambiental dessa área. A metodologia utilizada refere-se a um estudo de caso de caráter quantitativo e qualitativo em uma abordagem de multimétodos. Foram entrevistados cinco categorias de atores sociais: o poder público, por meio das secretarias municipais e estaduais que mantêm uma relação direta com o Igarapé do Mindu; uma instituição privada; as escolas municipais e estaduais localizadas nas proximidades do Igarapé; instituições de pesquisas, cujos projetos estão relacionados aos igarapés em área urbana; e comunitários que vivem em locais que o igarapé percorre. Os resultados obtidos demonstraram um processo de degradação do igarapé e diferentes entendimentos da Educação Ambiental, sendo que alguns têm de modo implícito ideias características do modelo conservacionista, enquanto outros se definem num modelo da crítica social para gestão ambiental. Tendo como base as concepções abordadas, a Educação Ambiental em Manaus tem avançado, mas deve haver um entendimento mais complexo e um processo contínuo da Educação Ambiental na gestão socioambiental dentro dos órgãos gestores e sociedade civil. Conclui-se que existe uma relação direta entre os igarapés e o uso do solo, o tema está ligado às seguintes dimensões da sustentabilidade: social, cultural, econômica, ambiental e política-institucional. Por meio do diagnóstico socioambiental realizado no Igarapé do Mindu, verificou-se a insustentabilidade dessas dimensões no município de Manaus (AM). Foi percebida uma fragilidade na gestão ambiental dos cursos d’água, não apenas para com o Igarapé do Mindu, mas também nos demais igarapés que entrecortam a área urbana de Manaus (AM). A Educação Ambiental passa a contribuir mais efetivamente na construção de um cidadão socioambiental capaz de atuar na recuperação e conservação dos igarapés, a partir do entendimento de que é a base para um processo de gestão ambiental sustentável. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The Central Amazon is formed by a network of small water streams, which is a densest river basin in the world. These environments have been impacted by deforestation and illegal occupations. In urban areas, the sub-basins suffer with high human occupation. The small water streams in Manaus, are silted and polluted, which instigates the questioning about the challenge of shared management of these goods for the lifetime guarantee. In order to investigate and discuss environmental education as a process in environmental management and its contribution to sustainability, this thesis aimed to show the degradation process over a period of 40 years; perform an environmental diagnosis, identify and verify programs, projects and actions in Environmental Education, developed over the Mindu water stream, located in the urban area of Manaus city (Amazon state), as well as the conflicts in the environmental management of the area. The methodology refers to quantitative and qualitative study of case in a multi methodology approach. Five categories of social actors have been interviewed: the government, through the municipal and state offices that maintain a direct relationship with the Mindu water stream; a private company; the municipal and state schools located nearby of the Mindu Water stream; research institutions, whose projects are related to water streams in urban areas, and local community living in the creek runs. The results showed a degradation process of the Mindu water stream and different understandings of environmental education, and some have implicitly characteristics of a conservationist idea model, while others define a model of social criticism for environmental management. Based on the concepts addressed, the Environmental Education in Manaus has advanced, but there must be a more complex understanding and an ongoing process of environmental education in environmental management within the management offices and civil society. The conclusion is a direct relationship between the water streams and land use, the theme is linked to the following dimensions of sustainability: social, cultural, economic, environmental and institutional policies. Through the social and environmental diagnostic performed in the Igarapé do Mindu, there was unsustainability of these dimensions in Manaus city (AM). It was perceived a weakness in the environmental management of waterways, not only for the Mindu water stream, but also in other water streams that intersect the urban area of Manaus city (AM). Environmental education is to contribute more effectively in building a social and environmental citizen capable of acting in the recovery and conservation of water streams, from the understanding that is the basis for a process of sustainable environmental management. ______________________________________________________________________________ RESUMÉ / L'Amazonie Centrale est formée par un réseau de cours d'eaux appellés « Igarapés », tout en formant le plus dense réseau pluvial au monde. Ces espaces sont très impactés par le déboisement et les occupations irrégulières. Dans les espaces urbains, les sub-bassins du réseau pluvial souffrent depuis longtemps avec des occupations anthropiques importantes. Les igarapés situés à Manaus sont envahis et pollués, ce que demande le questionnement par rapport le défit de la gestion partagée de ces richesses pour la garantie de la vie. Ayant pour but faire une enquête et promouvoir la discussion de l'éducation environnementale en tant que processus de la gestion écologique et sa contribution à la durabilité, cette thèse cherche à mettre en évidence la dégradation subie pendant les 40 dernières années; produire un diagnostique social et environnemental; identifier et vérifier les programmes, projets et actions dans le cadre de l'éducation environnemental, développés au long du fleuve Igarapé do Mindu, situé dans la commune de Manaus en Amazonie, aussi bien que les conflits existant dans la gestion sociale et environnementale de la région. La méthodologie utilisée se réfère à une étude de cas de caractère quantitatif et qualitatif dans une approche de méthode multiple. Il a été interviewé cinq catégories d'acteurs sociaux: le pouvoir public, représenté par les services publics en charge de l'entretien du fleuve Igarapé do Mindu; une institution privée ; les écoles publiques situées aux proximités du fleuve ; les institutions de recherche, en charge de projets que fait rapport a ce type de fleuve et des citoyens qui habitent aux proximités du fleuve. Les résultats obtenus montrent, d'un côté la situation de dégradation qui a eu lieu au long du fleuve sur son parcours urbain et, d'autre côté, les différents points de vue par rapport l'éducation Environnementale, où certains, d´une façon implicite, ont des idées caractéristiques d'un modèle conservatoire et d´autres, restent avec un positionnement basé sur un modèle de critique sociale de la gestion écologique. Tout en considérant les concepts abordés, l'éducation Environnementale a la commune de Manaus a évolué, cependant il doit avoir une compréhension plus complexe aussi bien qu'un processus continu de l'éducation Environnemental dans les services publics de gestion et également dans la société civile. Il y a un rapport direct entre les fleuves et l´usage du sol et le thème est lié a certaines dimensions de la durabilité: sociales, culturelles, économiques, écologiques et politiques. À travers le diagnostic socio-environnemental effectué sur le fleuve Igarapé do Mindu, il a été verifié le manque de durabiité de ces dimensions dans la commune de Manaus. Il est visible la fragilité de management de cours d'eaux, pas seulement pour l'Igarapé do Mindu, mais aussi bien que pour d'autres situés dans les espaces urbains de la ville de Manaus. L'éducation Environnementale est fort contributeur de la formation de la conscience écologique des citoyens devenu capable de promouvoir la récupération et conservation des igarapés, tout en prenant en compte que cette compréhension est la base du processus de gestion durable de l'environnement. ______________________________________________________________________________ RESUMEN / La Amazonia Central es formada por una red de pequeños arroyos, sendo por eso la más densa región hidrográfica del mundo. Sus ambientes se han visto impactados por la deforestación y las ocupaciones desordenadas. En las zonas urbanas, las subcuencas hidrográficas han sufrido con la ocupación humana de altura. Los arroyos, en Manaus, están llenos de sedimentos y contaminados, lo que instiga al cuestionamiento sobre el desafío de la gestión compartida de estos activos, para que sea garantizada la vida. Con el intuito de investigar y discutir la educación ambiental como un proceso en el manejo del medio ambiente y su contribución a la sostenibilidad, esta tesis trató de mostrar el proceso de degradación durante un período de 40 años; realizar un diagnóstico socioambiental; identificar y verificar los programas, proyectos y las acciones en Educación Ambiental desarrolladas a lo largo del Arroyo Mindu, situado en la zona urbana del Municipio del Manaus (AM), así como los conflictos existentes en la gestión ambiental en esta área. La metodología utilizada se refiere a un caso de estudio de enfoque cuantitativo y cualitativo, en un abordaje multimétodos. Entrevistamos a cinco categorías de actores sociales: el gobierno, a través de las secretarias municipales y provinciales que mantienen una relación directa con el Arroyo Mindu; una institución privada; las escuelas municipales y provinciales ubicadas cerca del Arroyo; instituciones de investigación, cuyos proyectos están relacionados con los arroyos en áreas urbanas; y la comunidad que vive cerca del arroyo. Los resultados obtenidos demuestran un proceso de degradación del arroyo y diferentes concepciones de la educación ambiental, siendo que algunas tienen implícitamente ideas características del modelo conservacionista, mientras que otros se definen en un modelo de crítica social para la gestión ambiental. A partir de tales conceptos, la Educación Ambiental en Manaus ha avanzado, pero debe haber una comprensión más compleja y un proceso continuo de educación ambiental en la gestión socioambiental dentro de los órganos de administración y de la sociedad civil. Llegamos a la conclusión de que existe una relación directa entre los arroyos y el modo de uso de la tierra, el tema está relacionado con las siguientes dimensiones de la sostenibilidad: social, cultural, económico, ambiental y político-institucional. A través del diagnóstico socioambiental realizado en el Arroyo Mindu, verificamos la insostenibilidad de estas dimensiones en el Municipio del Manaus (AM). Se percibe una debilidad en la gestión ambiental de los cursos de agua, no sólo en el caso del arroyo Mindu, sino también en otros arroyos que cruzan la zona urbana de Manaus (AM). La educación ambiental contribuirá más eficazmente en la construcción de uno ciudadano socioambiental capacitado a actuar en la recuperación y conservación de los arroyos, desde que entenda que esa es la base para un proceso de gestión ambiental sostenible.
3

Nossas águas, nosso Palha : educação ambiental e participação na comunidade rural do Córrego do Palha.

Figueiredo, Isabel Campos Salles January 2006 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Ecologia, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2006. / Submitted by Luana Patrícia de Oliveira Porto (luana_porto_23@hotmail.com) on 2009-12-17T14:03:28Z No. of bitstreams: 1 2006_Isabel Campos Salles Figueiredo.pdf: 4070962 bytes, checksum: fe358436413668f103d0fb23efcd42ed (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2009-12-17T20:34:46Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2006_Isabel Campos Salles Figueiredo.pdf: 4070962 bytes, checksum: fe358436413668f103d0fb23efcd42ed (MD5) / Made available in DSpace on 2009-12-17T20:34:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2006_Isabel Campos Salles Figueiredo.pdf: 4070962 bytes, checksum: fe358436413668f103d0fb23efcd42ed (MD5) Previous issue date: 2006 / Esse estudo, realizado na comunidade rural do Córrego do Palha (Brasília-DF), traz os resultados da implementação de iniciativas de educação ambiental (EA) não-formal focadas no tema água. A dissertação foi construída sob o alicerce teórico-metodológico críticodialético, através da metodologia da pesquisa participante e teve três eixos principais. O primeiro foi a realização de um diagnóstico socioambiental participativo com enfoque nos recursos hídricos locais. Como resultados do diagnóstico foi possível desenhar uma comunidade bastante heterogênea em relação à dimensão sócio-econômica. No cenário ambiental, foi revelado que um dos corpos d’água da comunidade, o Córrego do Palhinha, se encontra impactado pelas ações locais, o que é preocupante do ponto de vista da gestão local dos recursos hídricos. No entanto, o diagnóstico também revelou que a comunidade do Palha está bastante receptiva ao desenvolvimento de ações futuras de EA. Partindo da constatação desta realidade, o desenvolvimento de um trabalho de acompanhamento pedagógico e formação com as educadoras comunitárias se firmou como o segundo eixo da pesquisa. Como resultado desse processo está a implementação do programa de EA, o “Amigos do Palhinha”. A implantação desse projeto, que teve como objetivo a revitalização do Córrego do Palhinha, só foi viável graças ao envolvimento e à participação das educadoras na sua concepção e execução, além do apoio da população local. O terceiro eixo da dissertação foi a realização e acompanhamento de uma das ações do “Amigos do Palhinha”, um estudo do meio construído a partir de saídas de campo. Essa atividade, desenvolvida com crianças e adolescentes da comunidade, foi voltada para a interpretação da realidade ambiental local. Alguns resultados alcançados nessa etapa foram a produção de conhecimentos sobre o contexto socioambiental e o re-conhecimento do Córrego do Palhinha como um elemento importante da paisagem, a partir do desenvolvimento de um novo olhar. Apesar de bastante “recheada”, essa pesquisa traz uma mensagem simples: é necessário o conhecimento da nossa realidade mais próxima, o (des)envolvimento de vínculos com essa realidade e de participação para concretizar ações que levem à sua mudança. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This study, developed in Córrego do Palha rural community (Brasília-DF), brings the results of the implementation of non-formal environmental education (EE) actions having water as its theme. The thesis was built through a participatory research methodology that had three main axis. The first one consisted of a social and environmental participative diagnosis focused on the local water resources. According to its results it was possible to picture a very heterogeneus community regarding the socio-economic dimension. The environmental scenario revealed that one of the community’s water bodies, Palhinha stream, is impacted due to local actions, which is a concern for the management of local water resources. On the other hand, the diagnosis also revealed that the community seems to be receptive towards future EE actions. The development of a pedagogic counseling and capacity building process with the community educators was the second axis of the research. Its result was the implementation of an EE project called “Palhinha’s friends”. The implementation of this project, which aimed to revitalize Palhinha stream, was only possible because of the educators´ participation and involvement of the educators, as well as the support of the local population. The third axis of the thesis was the realization and follow-up of one of the “Palhinha’s friends” actions, composed by field trips. This activity was developed with the students of the local community center and targeted the interpretation of the local environmental reality. Some results accomplished were the production of knowledge about the socio and environmental context and the recognition of the Palhinha stream as an important element of the landscape through a new perspective. Although “rich”, this study brings a simple message: it is necessary to know our nearby reality, to development links with it and to participate in actions that promote effective changes.
4

Estimativa da pegada hídrica cinza relativa ao fósforo na bacia hidrográfica do ribeirão Pipiripau (DF/GO) / Evaluation of the gray water footprint (phosphorus) in the Pipiripau river basin (DF/GO)

Freitas, Sarah Caetano de 25 March 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Florestal, Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais, 2013. / Submitted by Alaíde Gonçalves dos Santos (alaide@unb.br) on 2013-10-02T13:38:18Z No. of bitstreams: 1 2013_SarahCaetanodeFreitas.pdf: 2132387 bytes, checksum: 7683e2dee56a772476b24e5dc07be2e1 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2013-10-03T10:41:51Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_SarahCaetanodeFreitas.pdf: 2132387 bytes, checksum: 7683e2dee56a772476b24e5dc07be2e1 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-10-03T10:41:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_SarahCaetanodeFreitas.pdf: 2132387 bytes, checksum: 7683e2dee56a772476b24e5dc07be2e1 (MD5) / Devido à intensa ocupação por lavouras e outras atividades agropecuárias e urbanas, a bacia hidrográfica do ribeirão Pipiripau tem sofrido grandes pressões ambientais nos últimos 50 anos. Essas alterações ameaçam a qualidade da água do ribeirão pelo aumento do consumo e pela quantidade de sedimentos e nutrientes que são carreados ao corpo d’água. O fósforo é um dos nutrientes levados com o sedimento erodido, contribuindo para a eutrofização dos ecossistemas aquáticos. Nesse contexto, a avaliação da pegada hídrica cinza do fósforo é uma interessante ferramenta de gestão ambiental, contribuindo para o planejamento e adoção de medidas de controle da poluição das águas. O valor da pegada hídrica cinza para as condições atuais de uso e ocupação do solo da bacia, calculada pelos coeficientes de exportação de fósforo total, foi de 0,04 m3/s, sendo menor do que o valor da pegada hídrica cinza calculada pela concentração de fósforo total na água do ribeirão Pipiripau, de 0,07 m3/s. Os diferentes cenários de uso e ocupação do solo apresentaram valor de pegada hídrica de 0,05 m3/s (cenário 100% agrícola), de 0,12 m3/s (cenário 100% urbano), de 0,006 m3/s (cenário 100% cerrado), e de 0,09 m3/s (cenário 50% agrícola e 50% urbano). As pegadas hídricas cinza para a condição atual e para os diferentes cenários de uso e ocupação do solo se mostraram ambientalmente sustentáveis, estando dentro dos limites dos padrões de qualidade da água em seu estado natural. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Due to increasing urbanization and land use changes, the Pipiripau river basin has experienced high environmental pressures in the last 50 years. These changes threaten the water quality of the river not only by increased water abstraction, but also by sediment and nutrients that are carried to the water body. Phosphorus is carried adsorbed in the sediment and may lead to the eutrophication of the aquatic ecosystem. The gray water footprint assessment serves as a tool for environmental management, contributing for the planning and control of water pollution. The gray water footprint (P) for actual land use conditions, calculated with phosphorus export coefficients in the literature was 0,04 m3/s, as opposed to 0,07 m3/s, which was the gray water footprint calculated using the phosphorus concentration of river water. The different land use scenarios yielded a gray water footprint of 0,05 m3/s (100% agrícultural), 0,12 m3/s (100% urban), 0,006 m3/s (100% savannah), and 0,09 m3/s (50% agrícultural + 50% urban). All gray water footprints for the actual conditions and differents scenarios were environmentally sustainable, being within the limits of water quality standards in its natural state.
5

Reuso direto das aguas residuarias municipais tratadas : uma forma de conservação de agua e disposição final

Nogales Escalera, Oscar Angel 13 December 1995 (has links)
Orientador: Pedro Caetano Sanches Mancuso / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Civil / Made available in DSpace on 2018-07-21T01:28:25Z (GMT). No. of bitstreams: 1 NogalesEscalera_OscarAngel_M.pdf: 7289027 bytes, checksum: a2de2f08bff5ae8a6c28f005a3e0119b (MD5) Previous issue date: 1995 / Resumo: A crescente escassez de água em diferentes regiões do mundo por um lado e por outro lado o indiscriminado processo de poluição hídrica, não somente das águas superficiais mas também das águas subterrâneas e do solo, tem levado a uma preocupação cada vez maior por parte do homem no sentido de conservar os recursos hídricos para as gerações futuras e também de proteger o meio ambiente no qual ele se encontra. {'Neste cenário atual, o presente trabalho apresenta o estudo do reuso direto das águas residuárias municipais tratadas ou simplesmente chamadas de "águas de reuso" como uma forma de contribuir com a conservação de água e otimizar a disposição final destes resíduos líquidos. Desta maneira, o trabalho aborda de forma geral e abrangente os tipos de reuso ,..possíveis, suas formas de implementação em diferentes lugares do mundo, bem como os" diferentes aspectos que tem a ver com seu estudo, entre os quais tem-se: Aspectos de saúde pública, sócio-econômicos, ambientais, tecnológicos e legais. Todos estes assuntos são abordados de acordo com a literatura especializada. . Por outro lado, este trabalho apresenta também um estudo de caso para a região do ValIe Central do Departamento de Cochabamba na república da Bolívia. Na elaboração deste " estudo de caso, são levantadas as condições intrínsicas da região escolhida, bem como é " realizada sua classificação climatológica, através da qual conclui-se que é efetivamente uma região de características semi-áridas. Dentro do processo de planejamento utilizado, estão as etapas de: identificação do objetivo geral e dos objetivos específicos, inventariação dos recursos água e solo, elaboração de um diagnóstico preliminar e a formulação da estratégia básica para o reuso direto das águas residuárias municipais tratadas para o curto prazo ou ano 2.000, médio prazo ou ano 2.005 e o longo prazo ou ano 2.015 / Abstract: The increasing scarcity of water in different regions of the world on one side and the indiscriminatedhydric pollution process on the other, not only of the superficial waters but also of the groundwaters and soil, have led to a constant worry of Mankind in an athempt to conserve the water resources for the future generations and principally to try and protect the / Mestrado / Recursos Hidricos e Saneamento / Mestre em Engenharia Civil
6

Conservação de energia atraves da racionalização do uso urbano de agua : umaanalise das possibilidades, baseando-se na cidade de Campinas-SP

Pompermayer, Maximo Luiz 22 March 1996 (has links)
Orientadores: Gilberto de Martino Jannuzzi, Reinaldo Charnet / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Mecanica / Made available in DSpace on 2018-07-22T09:18:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pompermayer_MaximoLuiz_M.pdf: 15530696 bytes, checksum: 2a5c894b7b9cdfa3f470accdf90408d1 (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Neste trabalho, investiga-se as possibilidades de economias indiretas de eletricidade, proporcionadas pela racionalização do consumo urbano de água. Inicialmente, verifica-se as possibilidades e oportunidades de redução do consumo urbano de água, através de uma revisão e análise de estudos sobre conservação de água no setor residencial. Em seguida, investiga-se as relações estruturais entre demanda de água e de energia elétrica e suas inter-relações com outros fatores condicionantes, tais como, fatores climáticos e indicadores sócio-econômicos e demográficos. Para isso, utiliza-se modelos de regressão linear, baseando-se em séries temporais de dados (relativos ao Município de Campinas) e em séries espaciais (alguns municípios do Estado de São Paulo). Posteriormente, faz-se uma avaliação dos impactos da conservação de água na conservação de energia elétrica, à luz dos resultados anteriores e algumas considerações adicionais necessárias à análise. Para tanto, considera-se o Município de Campinas, onde se analisa a produção, o consumo de água e o uso de energia elétrica para fins de abastecimento público de água e esgotamento sanitário. Baseando-se nesses dados e no volume de água produzido em 331 municípios do Estado de São Paulo, faz-se uma estimativa da produção e do consumo residencial de água, para a Região Administrativa de Campinas, para o Estado de São Paulo e para o Brasil. A partir desses dados, faz-se algumas simulações sobre índices potenciais de redução da demanda residencial de água e de perdas ocorridas no sistema de distribuição, analisando-se os seus impactos na conservação de energia elétrica. Os resultados são analisados em termos de economias de eletricidade e algumas considerações sobre a viabilidade econômica dessas medidas são discutidas / Abstract: This research analises the possibilities of indirect eletricity savings, through rational using of water. To achieve this objective, firstly, the possibilities and oportunities of water savings are verified, through the review and analisys of studies on residential water conservation. After this, the structural relations between water and eletricity demand and its inter-relations with other conditional factors such as climate and socio-economical indicators are investigated by using linear regression models.These models were based on time-series data of Campinas city and cross-sectional data of some others cities of São Paulo state. An analysis of the impacts of water conservation in electrical energy saving is made based on previous results and some aditional considerations needed for the analysis. For this analysis the Campinas city is considerated, where it is analised the production and consumption of water and use of eletrical energy for public supply of water and sanitary sewerage. From this data and the volume of water produced in 331 cities of São Paulo state it was made an evaluation of the household production and consumption of water for Campinas Region, São Paulo state and Brazil. From this data it is made some simulations on household demand reduction and distribuition loss, analising its impacts on electrical energy conservation. The results are analised in terms of eletricity savings and some considerations on economical feseability of those measures are discussed. / Mestrado / Mestre em Planejamento de Sistemas Energéticos
7

Regionalização dos mecanismos de cobrança pelo uso da água nas bacias do Alto Iguaçu e afluentes do Alto Ribeira : o caso do Rio Pequeno, São José dos Pinhais, Paraná

Schechi, Richardson Guenther January 2016 (has links)
Orientador : Prof. Dr. Nivaldo Eduardo Rizzi / Coorientador : Drª. Ingrid Illich Muller / Tese (doutorado) - Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. Defesa: Curitiba, 02/03/201//5 / Inclui referências: f. 125-133 / Área de concentração : Conservação da natureza / Resumo: A cobrança pelo uso da água na bacia hidrográfica do rio Pequeno - São José dos Pinhais, PR é realizada pelo COALIAR o qual utiliza a estrutura básica de cobrança, composta por preço unitário, base de cálculo e coeficientes de ponderação. Este trabalho propôs a regionalização da estrutura básica de cobrança pelo uso da água através da inserção, à fórmula de cobrança, de um coeficiente de disponibilidade hídrica que considera características físicas da bacia hidrográfica. O coeficiente de disponibilidade hídrica utilizado neste trabalho, o CCPA, é baseado nas classes de capacidade potencial de armazenamento de água (CPA) da bacia hidrográfica. O CPA foi determinado através da análise e cruzamento, em ambiente de sistemas de informações geográficas (SIG), de informações temáticas como geologia, geomorfologia, solo, cobertura vegetal original e usos dos solos no ano 2007. Foram utilizados os dados de CPA de 2007 e os dados de outorga e cobrança pelo uso da água dos usuários cadastrados junto ao COALIAR no ano de 2014. A aplicação da regionalização da cobrança foi efetuada pela sobreposição da localização geográfica da empresa na bacia hidrográfica e no mapa de CPA. Neste trabalho foram realizadas três (3) simulações de CCPA analisadas em duas (2) vertentes possíveis de cobrança: a visão conservacionista e a visão empresarial. A primeira engloba as motivações de ordem financeira e para utilização em bacias hidrográficas degradadas, em processo de recuperação e o valor dos coeficientes de acréscimo são mais elevados. Por outro lado, a visão empresarial engloba as motivações de ordem econômica para manutenção de bacias hidrográficas já estabilizadas. Nesta vertente, os valores de acréscimo são mais brandos. Os resultados obtidos nesta pesquisa mostram que a utilização CCPA é passível de utilização na formula de cobrança e seus valores podem ser adaptados pelos comitês em função das necessidades de cada bacia hidrográfica, desde que previstos no plano de bacia. A utilização do CCPA para regionalização da cobrança pelo uso da água na bacia do rio Pequeno atende as diretrizes motivacionais previstas no plano de bacia do COALIAR. Palavras-Chave: Coeficiente de ponderação, Disponibilidade Hídrica, Comitês de Bacia, Capacidade de armazenamento de água. / Abstract: The charge for water use in the watershed of the river Pequeno - São José dos Pinhais PR it is performed by COALIAR. Who uses the basic framework for the collection, composed of unit price,basis and weightings. This paper proposed the regionalization of the basic structure of charging for the use of water by inserting, the formula collection, a coefficient of water availability which considers physical characteristics of the watershed. The coefficient of water availability used in this work, CCPA, is based on the potential capacity of water storage classes (CPA) watershed. The CPA was determined by analysis and intersection, in geographic information systems (GIS) thematic information such as geology, geomorphology, soil, native vegetation and land uses in 2007. Were used CPA 2007 data and data granting and charging for water use of registered users by the COALIAR in 2014. The application of the rationalization of the collection is performed by overlapping the geographical location of the company in the watershed and the CPA map. In this work were three (3) CCPA simulations analyzed in two (2) possible areas of collection: the conservationist vision and corporate vision. The first encompasses the motivations of financial order and should be used in degraded watersheds and repair process and the amount of addition of coefficients are highest. On the other hand, the corporate vision encompasses the motivations of an economic maintenance of watersheds already stabilized. In this respect, the increased values are mild. The results obtained in this study show that the use CCPA It is likely to use in the collection of formula and their values can be adapted by the committees according to the needs of each watershed, provided under the watershed plan. The use of CCPA for regionalization of charging for the use of water in the Pequeno river meets the motivational guidelines set out in COALIAR watershed plan. Keywords: Weighting coefficient, Water availability, Committees Basin, Water Storage Capacity.
8

Valoração do serviço de proteção de mananciais prestado por unidades de conservação.

Magalhães, Ronaldo José Ferreira January 2014 (has links)
Programa de Pós-Graduação em Sustentabilidade Socioeconômica e Ambiental. PROÁGUA, Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós Graduação, Universidade Federal de Ouro Preto. / Submitted by Oliveira Flávia (flavia@sisbin.ufop.br) on 2015-04-30T19:52:15Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 21174 bytes, checksum: b98541e59f955f816d2d78f2222e44c8 (MD5) DISSERTAÇÃO_ValoraçãoServiçoProteção.pdf: 3666560 bytes, checksum: 890387996cf9f25795ab9eb8adb940f6 (MD5) / Approved for entry into archive by Gracilene Carvalho (gracilene@sisbin.ufop.br) on 2015-05-04T15:42:32Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 21174 bytes, checksum: b98541e59f955f816d2d78f2222e44c8 (MD5) DISSERTAÇÃO_ValoraçãoServiçoProteção.pdf: 3666560 bytes, checksum: 890387996cf9f25795ab9eb8adb940f6 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-05-04T15:42:32Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 21174 bytes, checksum: b98541e59f955f816d2d78f2222e44c8 (MD5) DISSERTAÇÃO_ValoraçãoServiçoProteção.pdf: 3666560 bytes, checksum: 890387996cf9f25795ab9eb8adb940f6 (MD5) Previous issue date: 2014 / A apropriação dos recursos e serviços ambientais pela economia, sem a devida alocação de seu valor aos diversos processos econômicos, tem causado uma falha no mercado. Isto colabora para um uso intensivo destes bens e serviços podendo leva-los à sua exaustão. A esta falha a ciência econômica dá o nome de “externalidade”. Um destes bens, que é essencial à vida humana e do planeta em geral, é a água. Recurso finito, ela faz parte inseparável de nosso dia a dia e mesmo ocupando dois terços da superfície terrestre a sua disponibilidade em condições adequadas de uso é cada vez menor. A ocupação desordenada das áreas de recarga, de proteção e no geral das bacias hidrográficas; os lançamentos de efluentes industriais e domésticos nos cursos d’água; o uso intensivo na agricultura são exemplos do mau uso dado a este importante e escasso recurso. Esta falta de cuidado atinge inclusive os mananciais de abastecimento público e protegê-los torna-se cada dia mais importante e imprescindível. Uma das estratégias usadas pelo poder público para garantir a proteção de mananciais que abastecem ou tem potencial de abastecimento público é a criação de Unidades de Conservação - UC. Estas áreas prestam então um serviço ambiental na proteção destes mananciais garantindo a qualidade e mantendo o estoque das águas, além de garantir a proteção deste espaço frente a uma ocupação ou uso desordenado, situação que comprometerá tais parâmetros. Este serviço deve ser remunerado e para remunerar é preciso valorar. A valoração dos Serviços Ambientais ou Ecossistêmicos é a maneira de se atribuir “valor” a estes ativos e assim, possibilitar uma alocação mais adequada dos serviços dentro da lógica econômica do mercado. O desafio a que se propôs por meio deste trabalho foi valorar o serviço prestado na Proteção de Mananciais de captação contribuindo para efetivar a proteção destes espaços. A partir da divisão do serviço de proteção aos mananciais em três parâmetros – Manutenção da Qualidade, Manutenção da Quantidade e a Garantia de Proteção – valorados individualmente, buscou-se chegar ao valor final desse serviço pela soma de cada um dos parâmetros. ________________________________________________________________________________ / ABSTRACT: The appropriation of environmental resources and services by the economy without proper allocation of value to the various economic processes have caused a failure in the market. This contributes to an intensive use of these goods and services which may lead them to their exhaustion. The economics gives the name of "externality" to this failure. One of these assets, which is essential to human life and to the planet in general, is water. As a finite resource, it is an inseparable part of our day-by-day and even occupying two thirds of the Earth's surface its availability in adequate conditions of use is dwindling. The disorderly occupation of recharge areas, protection and watershed; the discharge of industrial and domestic effluents into water courses; the intensive use in agriculture are examples of misuse given this important and scarce resource. This lack of care impacts the water sources for public water supply and protect them becomes increasingly important and indispensable nowadays. One of the strategies used by the government to ensure protection of water sources that supply or have potential for public supply is the creation of Protected Areas - PA. These areas then provide an environmental service in protecting these watersheds ensuring quality and maintaining the stock of water, in addition to ensuring the protection of this space face to a disordered occupation or use, a situation that will compromise these parameters. This service must be paid and in order to pay it needs to be valued. Valuation of Ecosystem Services is a way to assign "value" to these assets and thereby enable better allocation of services within the economic logic of the market. The challenge that this work proposes is to value the service provided in Watershed Protection catchment contributing to effectuate the protection of these areas. Through the division of the watershed protection service on three parameters - Maintenance of Quality, Maintenance of Quantity and Maintenance of Protection Warranty - valued individually, aimed up to reach the final value of that service by the sum of each of the parameters.
9

Gestão de água em edifícios públicos administrativos : recomendações baseadas em estudo de caso no TCU

Lima, Marcelo Albuquerque 18 December 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, 2015. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2017-02-20T16:33:49Z No. of bitstreams: 1 2015_MarceloAlbuquerqueLima.pdf: 2860588 bytes, checksum: 8736fb044022d75bfc8c7f7a4770d8d5 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2017-03-09T13:30:15Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_MarceloAlbuquerqueLima.pdf: 2860588 bytes, checksum: 8736fb044022d75bfc8c7f7a4770d8d5 (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-09T13:30:15Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_MarceloAlbuquerqueLima.pdf: 2860588 bytes, checksum: 8736fb044022d75bfc8c7f7a4770d8d5 (MD5) / A Cadeia Produtiva da Indústria da Construção tem a administração pública como um de seus mais importantes pilares, especialmente devido ao volume de contratações de obras públicas. A proporcionalidade dessa tipologia de edificação é acima da média na cidade de Brasília/DF, por se tratar da capital do Brasil e concentrar muitos órgãos federais e do Distrito Federal. Nos últimos anos, o Governo Federal tem publicado normativos que estimulam os gestores públicos a utilizar sistemas e tecnologias que priorizem a sustentabilidade e a proteção do meio ambiente. Nesse sentido, as Tecnologias Conservadoras de Água (TCAs) vêm contribuir para a viabilização dos chamados Programas de Conservação de Água (PCAs), cujas orientações para sua execução são disponibilizadas por publicações da Agência Nacional de Águas (2005) e do Ministério do Meio Ambiente (2014). O principal objetivo desta pesquisa é propor recomendações para a aplicação de PCAs, de forma a contribuir para a gestão da água em edifícios públicos administrativos. Baseado em uma revisão de literatura acerca da gestão hídrica no Brasil, da legislação pública sobre o assunto e das TCAs existentes no mercado, um estudo de caso foi desenvolvido no Tribunal de Contas da União (TCU), no qual se concluiu que os passos metodológicos dos PCAs estão adequados, sendo recomendada a incorporação do parâmetro de consumo de água por área útil edificada, mais alinhado aos padrões internacionais. Merece destaque o cálculo dos usos finais de água do TCU, em que foram encontrados indicadores de consumo de água que podem servir como referências para outras pesquisas em edifícios públicos. Foram levantados indicadores tanto de equipamentos (descarga parcial de vasos sanitários – 6,337 litros/pessoa/dia; torneiras de lavatórios – 2,413 litros/pessoa/dia, p. ex.) quanto de sistemas (irrigação – 1,276 litros/área jardins/dia; restaurante – 47,62 litros/refeição/dia, p. ex.), bem como diferenças em relação a estudos anteriores, como, por exemplo, a frequência de acionamento de mictórios [1,564 vezes nesta pesquisa e 3,119 vezes em Proença e Ghisi (2009)] ou a representatividade do consumo total de limpeza no consumo total de água [19,04% nesta pesquisa e 3,5% em Kammers e Ghisi (2006)]. Também foram sugeridas ações para um futuro plano de intervenção no TCU, como o estudo de viabilidade de implantação de TCAs, hidrometração setorizada, compra de equipamentos economizadores de água, redução de altura dos espelhos d’água, irrigação automatizada dos jardins e promoção de palestras para a conscientização dos usuários. / The Productive Chain of the Construction Industry has the public administration as one of its most important pillars, especially due to the volume of public works contracts. Proportionally, this building typology is above average in Brasilia/DF, as it is the capital of Brazil and concentrates many federal and state agencies. In recent years, the federal government has published regulations that encourage public managers to use systems and technologies that prioritize sustainability and environmental protection. In this sense, Water Conservation Technologies (WCTs) have been contributing to the viability of Water Conservation Plans (WCPs), whose implementation guidelines are available from National Water Agency (2005) and Environment Ministry (2014) publications. The main objective of this research is to propose recommendations for applying WCPs, in order to contribute to water management in administrative government buildings. Based on a literature review about the water management, public law and WCTs in Brazil, the study was conducted in the Federal Court of Accounts (FCA), which concluded that the methodological steps of WCPs are adequate, recommending the incorporation of water consumption parameter for built floor area, in line with international standards. It is worth noticing the FCA calculation of the final uses of water, in which water consumption indicators were found which can serve as references for further research in public buildings. Indicators were raised regarding both equipments (partial discharge toilets – 6,337 liters/person/day; sinks taps – 2,413 liters/person/day) and systems (irrigation – 1,276 liters/irrigated area/day; restaurant – 47,62 liters/dish/day, e.g.), as well as differences from previous studies, such as, for example, the frequency of urinals uses [1,564 times in this study and 3,119 times in Proenca & Ghisi (2009)] or the representativeness of total cleaning consumption in the total water consumption [19,04% in this study and 3,5% in Kammers & Ghisi (2006)]. Actions were also suggested for a future intervention plan in the FCA, such as the viability study of WCTs use, water submetering, purchase of water saving equipment, reducing the height of the water blades, garden automatic irrigation and promotion of lectures to raise awareness of users.
10

"Água mole em pedra dura tanto bate até que fura" : etnografia de uma confluência entre a transdisciplinaridade e as águas

Amaral, Lucas Alves 26 June 2012 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Sociais, Departamento de Antropologia, Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, 2012. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2012-10-17T13:58:15Z No. of bitstreams: 1 2012_LucasAlvesAmaral.pdf: 1730310 bytes, checksum: 78131ba10ed5ce7d44f7769c6ef1ff52 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2012-10-17T14:10:55Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_LucasAlvesAmaral.pdf: 1730310 bytes, checksum: 78131ba10ed5ce7d44f7769c6ef1ff52 (MD5) / Made available in DSpace on 2012-10-17T14:10:55Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_LucasAlvesAmaral.pdf: 1730310 bytes, checksum: 78131ba10ed5ce7d44f7769c6ef1ff52 (MD5) / Este texto discute como o Centro de Estudos Transdisciplinares da Água (CET–Água), coletivo formado por instituições públicas e organizações da sociedade civil, situado em Brasília (Distrito Federal), formula e pratica sua política em prol da construção de uma “nova cultura da água”, que chamei de “política epistemológica” da “transdisciplinaridade das águas”. A missão do Centro é construir e divulgar uma ótica ampliada de cuidado dos humanos para com as águas através da percepção mais profunda de que esse cuidado é um auto-cuidado. Para o coletivo a atual “crise da água” é, principalmente, uma crise de valores. A política do CET-Água se dá, principalmente, através do encontro de saberes inspirado pela transdisciplinaridade, epistemologia que visa construir uma percepção que “vá além” da soma de vários saberes reunidos. Esta etnografia configurou-se como um estudo de caso do coletivo, descrevendo e problematizando suas dinâmicas e ações. Estão presentes no Centro as áreas (vetores) da Cultura, Gestão, Saúde, Educação e Ecologia, bem como a Ética e Espiritualidade como âmbitos transversais aos demais. Adentrei neste texto mais especificamente nos vetores Educação e Saúde ao descrever a organização do “1º Seminário Internacional Água e Transdisciplinaridade: Para uma Ecologia de Saberes” (1º SIAT), que ocorreu em Novembro de 2011 na cidade de Brasília, bem como destrinchando questões inerentes ao grupo, tais como a “linguagem hidrológica” acionada por ele, as idéias de circularidade e integralidade do aprendizado, o princípio da multidimensionalidade da realidade e as hipóteses sobre a água como portadora de memória vibracional e suas derivações. A “linguagem hidrológica” é um linguajar que se tornou comum entre os pares do coletivo, construindo identidades e reconhecimentos recíprocos. Demonstro como as metáforas “Água mole em pedra dura tanto bate até que fura” e “a água é a senhora das brechas”, entre outras, tornaram-se uma metodologia de ação do coletivo durante o nosso contato. A dissertação reflete sobre a implicação do antropólogo em seu trabalho de campo e aborda a “transdisciplinaridade das águas” partindo, ela mesma, de uma postura transdisciplinar, apontando, assim, caminhos epistemológicos frutíferos sobre a metodologia de pesquisa antropológica e uma reflexão sobre a relação entre águas e humanos e entre natureza e cultura. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / This text discuss in which way the Center for Transdisciplinary Studies of Water (CET- Water), collective formed by public institutions and civil society organizations, located in Brasilia, formulates and implement its policy in favor of building a "new culture of water", which I called "epistemological politics" of "transdisciplinarity waters". The Center's mission is to build and promote an expanded perspective of human beings to take care of water through the deeper sense that this care is a self-care. For the group the current "water crisis" is mainly a "crisis of values". The principles of the CET-Water occurs mainly through the gathering of knowledge inspired by transdisciplinarity: epistemology that aims to build a perception that "go beyond" the sum of various knowledge gathered. This ethnography was configured as a case study of the Center, describing and questioning their actions and dynamic. It is part of the center some areas: Culture, Management, Health, Education and Ecology. Ethics and Spirituality are areas that cross the other ones. The focus of this paper is the areas of Health and Education throughout describing the organization of the "1st International Seminar on Water and Transdisciplinarity: Towards an Ecology of Knowledge" (SIAT 1), which occurred in November 2011 in Brasilia. It also analyzes issues related to the group, such as: the "hydrologic language" used by its members; the ideas of roundness and completeness of learning; the principle of multidimensionality of reality; and the assumptions that water carries vibrational memory and their derivations. The "language hydrological" is a language that has become common among peers, building identities and mutual recognition. The paper presents some popular sayings about water that became a method for collective action during our contact. The paper reflects the implication of the anthropologist in his field work and discusses the "transdisciplinarity water" from a transdisciplinary approach, pointing thus fruitful epistemological paths on the methodology of anthropological research. The text also reflects the relationship between water and human being and between nature and culture.

Page generated in 0.0635 seconds