• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 12
  • Tagged with
  • 12
  • 10
  • 9
  • 6
  • 5
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estudo da redução eletroquímica e desenvolvimento de métodos eletroanalíticos para a determinação de dicloroacetamidas com atividade antiamebíaca /

Santos, André Luiz dos. January 2007 (has links)
Orientador: Nelson Ramos Stradiotto / Banca: Hideko Yamanaka / Banca: Luiz Henrique Mazo / Banca: Susanne Rath / Banca: Mauro Bertotti / Resumo: Neste trabalho estudou-se, sobre carbono vítreo, a redução eletroquímica do furoato de diloxanida (FD), do teclozan (TEC) e da etofamida (ET), os quais são os principais representantes dos fármacos amebicidas da classe das dicloroacetamidas. Em virtude da insolubilidade destes compostos em soluções aquosas, os estudos eletroquímicos foram realizados em acetonitrila contendo diferentes sais quaternários de amônio como eletrólito de suporte. Estes estudos foram realizados tanto para fins de elucidação dos processos eletródicos quanto para o desenvolvimento de metodologias eletroanalíticas para a quantificação destes fármacos em formulações farmacêuticas. A redução eletroquímica das dicloroacetamidas foi estudada pela técnica de voltametria cíclica e por eletrólises a potencial controlado, sendo os produtos eletrogerados isolados por meio de extração líquido-líquido e submetidos a análises por espectrometria de ressonância magnética nuclear de hidrogênio e por cromatografia em camada delgada. Os resultados obtidos mostraram que a redução eletroquímica de todas as dicloroacetamidas estudadas envolve a quebra redutiva de suas ligações C-Cl, sendo verificado que as eletrólises originaram uma complexa mistura de produtos. Este comportamento pode ser atribuído a várias reações químicas acopladas envolvendo intermediários eletrogerados. Verificou-se que a redução do FD e do TEC envolve a transferência de 4 elétrons, enquanto a redução eletroquímica da ET envolve 5 elétrons. Foi observado que a redução eletroquímica do TEC na presença de um doador de prótons conduz a sua completa descloração em etapas sucessivas. A primeira etapa reduz seus grupos CHCl2 a CH2Cl enquanto a segunda reduz os grupos CH2Cl a CH3. A redução eletroquímica da ET na ausência de um doador de prótons envolve dois processos eletródicos... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: In this work, the electrochemical reduction of diloxanide furoate (DF), teclozan (TEC) and etofamide (ET) was studied on glassy carbon. These compounds are the most important dichloroacetamide derivatives employed in amoebiasis treatment. Due to the poor solubility of these drugs in aqueous solutions, the electrochemical studies were performed in acetonitrile containing different ammonium quaternary salts as supporting electrolyte. The electrochemical studies were performed aiming to elucidate the electrode processes and to develop electroanalytical methods for dichloroacetamides quantification in pharmaceutical formulations. The electrochemical reduction of the dichloroacetamides was studied by cyclic voltammetry and controlled-potential electrolyses. The electrogenerated products were isolated by liquid-liquid extraction and submitted to analyses by hydrogen nuclear magnetic resonance spectrometry and thin layer chromatography. It was observed that the electrochemical reduction of all studied dichloroacetamides involves the cleavage of their C-Cl bonds. In absence of a proton donor, all electrolyses have produced a very complex mixture as a consequence of several coupled chemical reactions involving electrogenerated intermediates. It was observed that DF and TEC reduction involves 4 electrons and ET reduction involves 5 electrons. The electrochemical reduction of TEC in presence of a proton donor leads to its complete dechlorination in successive steps. The first step promotes mainly the reduction of the groups CHCl2 to CH2Cl and the second one promotes the reduction of the groups CH2Cl to CH3. The ET electrochemical reduction in absence of a proton donor involves two electrode processes; the first reduces its nitro group to the respective radicalanion (R-NO2) and the second one is associated to the reductive cleavage of C-Cl bonds on ET molecule. In presence of a proton donor... (Complete abstract click electronic access below) / Doutor
2

Amebíase e outras parasitoses intestinais no município de São João do Piauí, PI - Brasil

Rosa Maria Ribeiro Vieira 09 April 2004 (has links)
Este trabalho é resultado de uma pesquisa para determinar a prevalência das enteroparasitoses e sobretudo da amebíase em indivíduos residentes em áreas urbana e rural do Município de São João do Piauí, onde as condições de higiene e de saneamento básico são precárias, sem água tratada para a maioria dos moradores. Na primeira etapa, foram recolhidas 791 amostras de fezes e constatou-se que 58% dos indivíduos apresentavam um ou mais parasito intestinal, incluindo alguns de interesse médico; na segunda etapa, realizou-se a diferenciação das amebas do Complexo Entamoeba histolytica / Entamoeba dispar em 33 amostras de fezes frescas das 172 amostras positivas, que revelou a prevalência de 39% para a forma patogênica e invasiva Entamoeba histolytica. A análise de amostras de soro pela técnica de Imunofluorescência indireta para avaliar a possibilidade de ocorrência de casos de amebíase extraintestinal, revelou que apenas 5% dos soros testados apresentavam títulos de anticorpo anti-Entamoeba histolytica, sugerindo que a colonização por Entamoeba histolytica não necessariamente induz a produção de resposta imune humoral e que a ocorrência de quadros invasivos o abscesso hepático não é comum na região / This work is the result of research to determine the prevalence of enteroparasitosis, particularly amoebiasis, in individual who reside in the rural and urban areas of São João do Piauí municipality where basic sanitary and hygienic conditions are precarious, the water having no types of treatment for the majority of people. In the first step, 791 stools samples were collected and it was confirmed that 58% of the individuals presented one or more intestinal parasites, including some of medical interest; in the second step, a differentiation was made between the amoebas of the Entamoeba histolytica / Entamoeba dispar complex in 33 fresh stool of 172 positive samples which revealed a prevalence of 39% of the pathogenic and invasive form of Entamoeba histolytica. The analysis of serum samples by Indirect Immunofluorescence techinique to evaluate the probability of occurrence of extra-intestinal amoebiasis reveled only 5% of the tested sera suggesting that antibody titles of Entamoeba histolytica do not necessarily colonize the humoral immune response and that invasive events such as hepatic abscess are not common in this region
3

Avaliação enzimática e funcional de fosfatases associadas à virulência em trofozoítos de entamoeba histolytica

Anjos, Karla Graziela Santana dos January 2013 (has links)
Submitted by Ana Maria Fiscina Sampaio (fiscina@bahia.fiocruz.br) on 2013-10-11T12:22:59Z No. of bitstreams: 1 Karla Graziela. Avaliação enzimática...pdf: 7967639 bytes, checksum: aadcd19e00e6ff487dba2f6a89822b03 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-10-11T12:22:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Karla Graziela. Avaliação enzimática...pdf: 7967639 bytes, checksum: aadcd19e00e6ff487dba2f6a89822b03 (MD5) Previous issue date: 2013 / Fundação Oswaldo Cruz. Centro de Pesquisas Gonçalo Moniz. Salvador, BA, Brasil / Entamoeba histolytica, o agente etiológico da amebíase, constitui a segunda maior causa de morte por protozooses, sendo considerado um grave problema de saúde pública, particularmente em países em desenvolvimento. A morte celular induzida por este parasito entérico é dependente de contato e mediada por proteínas específicas, as quais modulam diversos eventos fisiológicos no hospedeiro. Dentre os mecanismos reguladores de tais respostas está a desfosforilação de grupos fosfotirosil de proteínas, através da atuação de proteína tirosina fosfatases (PTPases), tanto expressas na superfície celular como secretados pelo trofozoíto. Alguns estudos demonstram uma rápida diminuição nos níveis de fosforilação de resíduos tirosina em proteínas de células-alvo após o contato com E. histolytica. Estas PTPases têm sido descritas como tendo importante papel na patogênese da amebíase. O objetivo deste estudo foi analisar o perfil de atividade fosfatásica em diferentes cepas de E. histolytica, assim como caracterizar a sua sensibilidade a conhecidos inibidores de proteína tirosina fosfatases, e os efeitos destes moduladores em mecanismos envolvidos na patogênese, a exemplo de fagocitose e efeito citopático. Inicialmente, a sensibilidade aos moduladores da via de sinalização celular em trofozoítos de E. histolytica (cepas ICB – 452, ICB – CSP e HM1:IMSS) foi caracterizada através de avaliação da proliferação celular, onde inóculos de parasitos foram incubados em presença ou ausência de inibidores de PTPases. Dentre os moduladores testados, o derivado de vanádio bisperoxo (1, 10 - fenantrolina) oxovanadato de potássio (bpVphen) e o óxido de fenilarsina (PAO) demonstraram efetiva capacidade antiproliferativa. Estas células apresentaram uma maior sensibilidade ao PAO em comparação ao bpV(phen), com valores de IC50 para a cepa HM1:IMSS de 0,9 μM e 38,4 μM, respectivamente. A análise bioquímica revelou que há uma maior atividade secretória e ectofosfatásica na linhagem HM1:IMSS (24,48 nM p-NP/40 min./3 x 106 células e 297 nM p-NP/40 min./2 x 105 células, respectivamente), e uma redução desta atividade foi detectada na presença dos derivados de vanádio na superfície do parasito (31,3 nM p-NP/40 min./2 x 105 células). O mesmo não foi observado após a adição de PAO. A análise da eritrofagocitose e da destruição da monocamada de células epiteliais da linhagem MDCK, importantes marcadores de virulência neste patógeno, demonstrou significativa redução destes processos em trofozoítos tratados com os inibidores ortovanadato de sódio (OVS) e o bpV(phen), indicando a participação de PTPases nos mesmos. Estas mesmas alterações foram observadas após o tratamento do parasito com PAO, porém dados ultraestruturais de citoquímica enzimática não indicam a redução da atividade fosfatásica por este composto. Estes dados foram confirmados após a avaliação da atividade das frações purificadas de homogenatos solubilizados de trofozoítos de E. histolytica, onde detectou-se a redução dos níveis de atividade enzimática após a adição de vanadato e seus derivados à reação, o que não pôde ser observado após o acréscimo de PAO. Os resultados obtidos indicam que PTPases estão diretamente envolvidas em importantes funções celulares exercidas por trofozoítos de Entamoeba histolytica. Ademais, novos estudos que visem à elucidação dos possíveis modos de ação do composto PAO neste patógeno poderiam contribuir, consideravelmente, com o entendimento da biologia do parasito e, consequentemente, dos mecanismos patogênicos da amebíase. / The microaerophilic protozoan Giardia lamblia inhabits the upper small intestine mucosa of vertebrate hosts, where it is exposed to different concentrations of oxygen. Despite the fermentative metabolism, Giardia trophozoites consume O2 and produce oxygen free radicals and therefore mechanism for detoxification are required. Devoid of glutathione, Giardia express high concentrations of cystein-rich proteins (CRP, also known as variable surface protein or VSP), as an antioxidant defense. This mechanism involves redox cycling for maintenance of a reduced intracellular environment and protection from oxidative stress. In this regard, substances that interfere in the antioxidant response of this protozoan could comprise a powerful chemotherapeutic strategy for Giardia lamblia infection. Here, we analyzed the effects of DETC, a superoxide dismutase (SOD) inhibitor, on parasite proliferation, thiol expression, lipid peroxidation, free radicals detection and cell architecture. DETC inhibited parasite proliferation at levels similar to metronidazole and induced peroxidation of membrane, possibly by the increase of reactive species.Ultrastructural alteration were also observed. Since this protozoan is devoid of SOD, here present data indicate SOD-independ DETC effects. Thiol groups detection with the fluorescent probe o-phthaldialdehyde (OPA). Cells treated with DETC displayed washed out cytoplasm and structures indicative of autophagy. The peripheral vesicles also had an increased volume, presumably caused by homophilic fusion. Taken together these data indicate that DETC enhance the oxidative stress in Giardia trophozoites by reacting with thiol groups.
4

Parasitoses Intestinais entre os Índios Suruí, Região Amazônica, Brasil / Parasitoses intestinal between the Indians Suruí, Amazonian Region, Brazil

Silva, Cassius Schnell Palhano January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-06T01:11:29Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 913.pdf: 7593708 bytes, checksum: 2f34195bc20a030f18ae9b5e7f19b8e1 (MD5) Previous issue date: 2006 / Sedentarização, poluição do peridomicílio e precariedade de saneamento, são fatores que contribuem para a contaminação ambiental e intensificação da transmissão das enteroparasitoses entre populações indígenas no Brasil. Este inquérito parasitológico foi realizado na etnia Suruí, situada no Estado de Rondônia, Região Amazônica brasileira, em fevereiro e março de 2005. Ênfase foi dado ao diagnóstico da infecção pelo protozoário Entamoeba histolytica, agente etiológico da amebíase, importante causa de morbi-mortalidade por diarréia no mundo. Procurou-se distinguir infecções por Entamoeba histolytica e Entamoeba dispar através de métodos moleculares. (...) Dentre os possíveis determinantes desta transição estão o uso de tratamento anti-helmíntico em massa e transformações nas habitações dos Suruí. Contudo, outros fatores devem ser analisados, uma vez que o emprego irregular do tratamento em massa nesta comunidade não haveria de ser suficiente para manter tamanho controle das helmintíases. A ausência de infecções por Ascaris lumbricoides e Trichuris trichiura indica ainda uma nova situação, onde outros parasitos tendem a ocupar o lugar destes dois agentes comuns, surgindo como infecções emergentes.
5

Prevalência da Entamoeba histolytica em alunos de escolas públicas da cidade de Maceió

DUARTE, Iasmin de Albuquerque Cavalcanti January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T18:31:29Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo8113_1.pdf: 1534236 bytes, checksum: c8ba77e64e07b5daa9db296504c03727 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2006 / A amebíase é uma infecção causada pela Entamoeba histolytica e considerada importante causa de morbi-mortalidade no mundo. O estudo epidemiológico da amebíase tem sido reavaliado desde que a E. histolytica, a causadora da forma patogênica, foi distinta da E. dispar, causadora da forma não patogênica. A recomendação da Organização Mundial de Saúde é fazer o tratamento apenas nos pacientes com diagnóstico específico da infecção pela E. histolytica. O objetivo desta pesquisa foi avaliar a prevalência da E. histolytica em alunos de 4 15 anos das escolas públicas da cidade de Maceió, mediante aplicação em série dos testes de microscopia e ensaios imunoenzimáticos: ENZYMEBA® (Instituto de Medicina Tropical Pedro Kouri ,Havana, Cuba) e E. histolytica II® (TechLab Inc., Blacksburg, Estados Unidos). O ENZYMEBA® confirmou todos os resultados positivos para E. histolytica/E. dispar detectado pela microscopia seguido pela aplicação do teste E. histolytica II® que detectou a presença de E. histolytica. Um total de 1.798 amostras fecais foi analisado de alunos de 18 escolas públicas. A prevalência da infecção para E. histolytica/E. dispar pela microscopia e confirmado pelo teste ENZYMEBA® foi de 3,8% e de E. histolytica foi de 1,0% pelo E. histolytica II®. A aplicação dos dois testes de ELISA permitiu definir a prevalência de 2,8% para E. dispar. Considerando o teste E. histolytica II® como padrão de referência, o baixo valor preditivo positivo da microscopia de 26,4% refletiu o grande número de resultados falso-positivos para amebíase por este método. Todas as amostras fecais foram submetidas ao exame microscópico, indicando que 38,6% dos alunos estavam parasitados por um ou mais parasitos intestinais. Os parasitos mais freqüentes foram Ascaris lumbricoides (16,2%) e Trichuris trichiura (11,7%). Os resultados deste trabalho demonstraram que o exame da microscopia óptica não foi o método adequado para o diagnóstico da amebíase e sugere a aplicação de métodos mais sensíveis para o diagnóstico desta parasitose, utilizando técnicas específicas que distingam a E. histolytica da E. dispar
6

Efeitos da administração de melatonina sobre a resposta imune em ratos Wistar na amebíase hepática / Effects of melatonin administration on the immune response of Wistar rats in amebic liver abscess

Fernandez, Vania 04 October 2012 (has links)
Os trofozoítos de Entamoeba histolytica após se evadirem de uma complexa resposta imune ao nível da mucosa intestinal, invadem o epitélio, podendo disseminar-se pela circulação portal, atingindo o fígado e outros órgãos. A amebíase hepática é a forma mais comum de amebíase extraintestinal e corresponde a menos de 1% dos casos clínicos de amebíase. A modulação das respostas imunológicas frente à administração de substâncias farmacologicamente ativas em modelos experimentais infectados por diferentes patógenos tem contribuído de maneira importante nas investigações de terapias alternativas para colaborar no tratamento das diferentes doenças parasitárias. A melatonina (N-acetil-5- metoxitriptamina) é uma indolamina cuja síntese ocorre na glândula pineal e em vários locais extrapineais, como, as células do sistema imune, retina, medula óssea, pele, leucócitos, e trato gastrointestinal. É uma molécula pleiotrópica que possui atividades imunoestimulatórias e efeitos pró e anti-inflamatórios. O presente estudo teve como objetivo avaliar um possível efeito imunomodulatório subseqüente à administração oral de melatonina em ratos da linhagem Wistar machos infectados no fígado pela cepa HM1-IMSS de Entamoeba histolytica na fase aguda da amebíase hepática experimental. Foram utilizados vários parâmetros como: dosagens das citocinas IFN-?, IL-4, análise por citometria de fluxo das populações celulares TCD3+, TCD4+, TCD8+, CD45+, CD161+ e produção de óxido nítrico. Através dos resultados obtidos, podemos concluir que a melatonina exerceu seus efeitos imunomodulatórios, ora induzindo uma reposta imune mais eficaz de forma a minimizar os efeitos patogênicos da infecção ao mesmo tempo em que exerceu um papel anti-inflamatório na tentativa de manter a homeostase imunológica do hospedeiro, evitando uma exacerbação dessas respostas que certamente iriam influenciar o grau de patogenicidade desta parasitose. / The trophozoites of Entamoeba histolytica after evade a complex immune response at the intestinal mucosal level, invade the epithelial layer and may spread into the portal circulation reaching the liver and other organs. The amoebic liver abscess (ALA) is the most common form of the extraintestinal amebiasis and is less than 1% of clinical cases of human amoebiasis. The modulation of immune responses by the administration of pharmacological active substances in experimental models infected by different pathogens has contributed in investigations of alternative therapies in order to aid the treatment of various parasitic diseases. Melatonin (N-acetyl-5-methoxytryptamine) is an indolamine whose synthesis occurs in the pineal gland and in several extra-pineal locations such as the immune system cells, retina, bone marrow, skin, leukocytes, and gastrointestinal tract. This molecule has pleiotropic effects with immunoenhancing actions besides pro and anti inflammatory effects. The present study aimed to evaluate a possible immunomodulatory effect following the oral administration of melatonin in male Wistar rats infected with the strain HM1-IMSS of E. histolytica during the acute phase of experimental amebic liver abscess. Several immune parameters were evaluated such as of cytokines IFN-?, IL-4, flow cytometry analysis of cell populations TCD3+, TCD4+, TCD8+, CD45+, CD161+, and nitric oxide production. According to our results, we can conclude that melatonin exerted its immunomodulatory actions, once triggering a more accurate host´s immune response reducing the pathogenic effects from the infection and at the same time, exerting an anti-inflammatory role in the attempt to control host´s immune homeostasis, avoiding an exacerbation of these responses that would certainly influence the degree of pathogenicity of this parasitosis.
7

Discriminação da infecção causada pela Entamoeba histolytica (Schaudinn, 1903) e Entamoeba dispar (Brumpt, 1925) em escolares da rede pública da cidade de Maceió-AL. / Discrimination of infection caused by Entamoeba histolytica (Schaudinn, 1903) and Entamoeba dispar (Brumpt, 1925) in children from the public the city of Maceió-AL.

Santos, Rafael Vital dos 25 February 2010 (has links)
Amebiasis is a severe infection caused by the protozoan parasite Entamoeba histolytica (Schaudinn, 1903). This species is morphologically indistinguishable from Entamoeba dispar (Brumpt, 1925), considered to be non-pathogenic and unable to cause invasive illness. The differentiation between these two species by immunological and molecular biology techniques is important to determine the epidemiological situation, therapeutic intervention, and profilaxis of invasive amebiasis. The aim of this study was to discriminate infection caused by E. histolytica and E.dispar in schoolchildren population in the city of Maceió, Alagoas. A cross-sectional study was carried out among 1,003 students in state public schools. Stool examination by sedimentation technique was conducted in order to evaluate frequency of enteroparasites, and for screening of students infected with E. histolytica/E. dispar complex. Positive exams for Entamoeba cysts were further submitted to antigen detection assay by enzyme-linked immunosorbent assay (ELISA), and polymerase chain reaction (PCR), for specific diagnosis of the infection. Frequency of intestinal parasites among the examined population was high, being detected 54.8% (550/1,003) students harbouring at least one species of helminth or protozoan parasites. Most of the students families (57.5%), belonged to class D economic level according to the Brazilian Economic Classification Criteria. Of the total assessed 83.1% had an income ≤ 1 minimum wage and lived in households with 2-5 residents. Polymerase chain reaction (PCR) was standardized extracting DNA from the stool using Stool Kit PSP (Invitek ®). The primers selected by in silico analysis based on virtual performance for amplification of E. histolytica and E. dispar were p11plus/p12plus and p13plus/p14plus, respectively. The prevalence of amebiasis among schoolchildren diagnosed by ELISA was 3.0% (30/1,003) and by PCR 2.8% (28/1,003), but the difference was not statistically significant (p> 0.05). The overall prevalence of E. dispar in schoolchildren was 5.0% (50/1,003). Both techniques (ELISA and PCR) were appropriate for differential diagnosis of E. histolytica and E. dispar. However, ELISA has advantages such as its rapid and easy execution. The results indicates the importance of specific diagnostic techniques for amoebiasis detection in the population. / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico / A amebíase é uma infecção severa que tem como agente etiológico o protozoário Entamoeba histolytica (Schaudinn, 1903). Esta espécie é morfologicamente indistinguível da Entamoeba dispar (Brumpt, 1925), considerada apatogênica, incapaz de provocar a forma invasiva da doença. A diferenciação entre as duas espécies através de técnicas de diagnóstico imunológico e de biologia molecular, é fundamental para determinação da situação epidemiológica da amebíase, estabelecimento da conduta terapêutica adequada, e consequentemente prevenção da doença invasiva. O objetivo do presente estudo foi discriminar a infecção causada pela E. histolytica e E. dispar na população de escolares da cidade de Maceió, Alagoas. Para tal, realizou-se um estudo de corte transversal, com 1.003 estudantes da rede pública estadual de ensino da cidade. Foi realizado exame de fezes, pelo método de sedimentação espontânea, para avaliação da frequência das parasitoses intestinais, e para a triagem dos escolares infectados pelo complexo E. histolytica/E. dispar. Os exames positivos para cistos de Entamoeba foram posteriormente submetidos à pesquisa de antígeno pelo ensaio imunoenzimático (ELISA) e reação em cadeia da polimerase (PCR), para o diagnóstico específico da infecção. A frequência de enteroparasitos entre os examinados foi elevada, sendo identificados 54,8% (550/1.003) escolares infectados por pelo menos uma espécie de helminto ou protozoário. A reação em cadeia da polimerase (PCR) foi padronizada utilizando para extração do DNA das fezes o Kit Stool PSP (Invitek®). Os iniciadores selecionados através da análise in silico pelo bom desempenho virtual para amplificação da E. histolytica e da E. dispar, foram p11plus/p12plus e p13plus/p14plus, respectivamente. A prevalência da amebíase nos escolares diagnosticada pelo ELISA foi de 3,0% (30/1.003) e na PCR 2,8% (28/1.003), não existindo diferença significativa entre as percentagens de infectados (p>0,05). A prevalência geral da E. dispar nos escolares foi de 5,0% (50/1.003). Ambas as técnicas (ELISA e PCR) se mostraram adequadas para diagnóstico diferencial da E. histolytica e E. dispar. No entanto, o ELISA apresenta a vantagem ser de rápida e simples execução. Os resultados apresentados indicam a necessidade da utilização de técnicas de diagnóstico específico para detecção de casos amebíase na população.
8

Efeitos da administração de melatonina sobre a resposta imune em ratos Wistar na amebíase hepática / Effects of melatonin administration on the immune response of Wistar rats in amebic liver abscess

Vania Fernandez 04 October 2012 (has links)
Os trofozoítos de Entamoeba histolytica após se evadirem de uma complexa resposta imune ao nível da mucosa intestinal, invadem o epitélio, podendo disseminar-se pela circulação portal, atingindo o fígado e outros órgãos. A amebíase hepática é a forma mais comum de amebíase extraintestinal e corresponde a menos de 1% dos casos clínicos de amebíase. A modulação das respostas imunológicas frente à administração de substâncias farmacologicamente ativas em modelos experimentais infectados por diferentes patógenos tem contribuído de maneira importante nas investigações de terapias alternativas para colaborar no tratamento das diferentes doenças parasitárias. A melatonina (N-acetil-5- metoxitriptamina) é uma indolamina cuja síntese ocorre na glândula pineal e em vários locais extrapineais, como, as células do sistema imune, retina, medula óssea, pele, leucócitos, e trato gastrointestinal. É uma molécula pleiotrópica que possui atividades imunoestimulatórias e efeitos pró e anti-inflamatórios. O presente estudo teve como objetivo avaliar um possível efeito imunomodulatório subseqüente à administração oral de melatonina em ratos da linhagem Wistar machos infectados no fígado pela cepa HM1-IMSS de Entamoeba histolytica na fase aguda da amebíase hepática experimental. Foram utilizados vários parâmetros como: dosagens das citocinas IFN-?, IL-4, análise por citometria de fluxo das populações celulares TCD3+, TCD4+, TCD8+, CD45+, CD161+ e produção de óxido nítrico. Através dos resultados obtidos, podemos concluir que a melatonina exerceu seus efeitos imunomodulatórios, ora induzindo uma reposta imune mais eficaz de forma a minimizar os efeitos patogênicos da infecção ao mesmo tempo em que exerceu um papel anti-inflamatório na tentativa de manter a homeostase imunológica do hospedeiro, evitando uma exacerbação dessas respostas que certamente iriam influenciar o grau de patogenicidade desta parasitose. / The trophozoites of Entamoeba histolytica after evade a complex immune response at the intestinal mucosal level, invade the epithelial layer and may spread into the portal circulation reaching the liver and other organs. The amoebic liver abscess (ALA) is the most common form of the extraintestinal amebiasis and is less than 1% of clinical cases of human amoebiasis. The modulation of immune responses by the administration of pharmacological active substances in experimental models infected by different pathogens has contributed in investigations of alternative therapies in order to aid the treatment of various parasitic diseases. Melatonin (N-acetyl-5-methoxytryptamine) is an indolamine whose synthesis occurs in the pineal gland and in several extra-pineal locations such as the immune system cells, retina, bone marrow, skin, leukocytes, and gastrointestinal tract. This molecule has pleiotropic effects with immunoenhancing actions besides pro and anti inflammatory effects. The present study aimed to evaluate a possible immunomodulatory effect following the oral administration of melatonin in male Wistar rats infected with the strain HM1-IMSS of E. histolytica during the acute phase of experimental amebic liver abscess. Several immune parameters were evaluated such as of cytokines IFN-?, IL-4, flow cytometry analysis of cell populations TCD3+, TCD4+, TCD8+, CD45+, CD161+, and nitric oxide production. According to our results, we can conclude that melatonin exerted its immunomodulatory actions, once triggering a more accurate host´s immune response reducing the pathogenic effects from the infection and at the same time, exerting an anti-inflammatory role in the attempt to control host´s immune homeostasis, avoiding an exacerbation of these responses that would certainly influence the degree of pathogenicity of this parasitosis.
9

Diagnóstico e epidemiologia da Entamoeba histolytica em residentes do município de Juruti-Pará

ARRUDA, José Eduardo Gomes 25 April 2008 (has links)
Submitted by Cleide Dantas (cleidedantas@ufpa.br) on 2014-02-10T15:51:25Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_DiagnosticoEpidemiologiaEntamoeba.pdf: 995446 bytes, checksum: ea0b513fd6b22a2126668e5b3c199b15 (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Rosa Silva (arosa@ufpa.br) on 2014-04-03T15:50:21Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_DiagnosticoEpidemiologiaEntamoeba.pdf: 995446 bytes, checksum: ea0b513fd6b22a2126668e5b3c199b15 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-04-03T15:50:21Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_DiagnosticoEpidemiologiaEntamoeba.pdf: 995446 bytes, checksum: ea0b513fd6b22a2126668e5b3c199b15 (MD5) Previous issue date: 2008 / Amebíase é a infecção no homem causada pelo protozoário Entamoeba histolytica, apresentam quadros sem manifestações clínicas até graves de elevada morbimortalidade e sendo responsável por milhões de casos de disenteria e abscessos hepáticos a cada ano. Os dados epidemiológicos da amebíase no Brasil estão sendo reavaliados desde que a Entamoeba histolytica (patogênica) foi considerada espécie distinta da Entamoeba dispar (não patogênica). Neste estudo, realizou- se o diagnóstico da amebíase por meio de métodos parasitológicos, pesquisa de antígenos e método molecular em amostras fecais de pacientes residentes no município de Juruti, Pará, Brasil. Foram analisadas 188 amostras, com positividade em 28 (14,89 %) no método imunológico, que foi considerado como padrão ouro. A infecção por E. histolytica foi maior no grupo etário acima de 14 anos (8,51%) que no grupo de 0-14 anos (6,38%), porém sem significância estatística (p > 0,05). Houve discordância nos resultados dos métodos ELISA e coproscópico em 41 amostras (21,81%), com maior número de positivos no teste imunoenzimático. O diagnóstico pelo método de PCR apresentou positividade de 5,88% (3/51), resultado inferior ao observado na microscopia (7,84% - 4/51) e teste de ELISA (11,76% - 6/51). Assim, nossos resultados sugerem que a amebíase intestinal é um problema de saúde pública no município de Juruti. / The amebiasis is a human infection caused by the protozoa Entamoeba histolytica, which can be without any clinical manifestations till severe ones with high morbidity and mortality, and is responsible for millions of dysenteric cases an hepatic abscesses, annually. The epidemiological data of amebiasis in Brazil are under revision and reevaluation since the Entamoeba histolytica (pathogenic) was considered a distinct specie from Entamoeba dispar (non pathogenic). In this study, it was carried out the diagnosis of amebiasis by parasitological and molecular methods and antigen search (ELISA) in stool samples from residents in the municipality of Juruti, Pará state, Brazil. We had analyzed 188 stool samples, with positivity in28 (14,89 %) on the immunological test, which was considered as gold standard. The infection by E. histolytica was higher in the age group over 14 years old (8,51%) than in the one of 0-14 years (6,38%), but it was not showed statistical significance (p >0,05). There was discordance between the results of ELISA and microscopical methods in 41 samples (21,81%), and the immuno enzymatic had detected more positive samples than the other one. The diagnosis by PCR method was positive in 3/51(5,88%), result inferior to the one observed by microscopy (7,84% - 4/51) and by ELISA (11,76% - 6/51). Thus, our results suggest that the intestinal amebiasis is an problem of public health in the municipality of Juruti.
10

Aplicação do modelo de acurácia em casos suspeitos de amebíase em uma comunidade rural do nordeste do Estado do Pará, Brasil

REZENDE, Manoel Antônio Costa de January 2006 (has links)
Submitted by Edisangela Bastos (edisangela@ufpa.br) on 2013-04-16T19:59:41Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_AplicacaoModeloAcuracia.pdf: 687193 bytes, checksum: f17320f52a5a1dfb3083a6d2d9644f10 (MD5) / Approved for entry into archive by Ana Rosa Silva(arosa@ufpa.br) on 2013-04-22T15:34:34Z (GMT) No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_AplicacaoModeloAcuracia.pdf: 687193 bytes, checksum: f17320f52a5a1dfb3083a6d2d9644f10 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-04-22T15:34:34Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license_rdf: 23898 bytes, checksum: e363e809996cf46ada20da1accfcd9c7 (MD5) Dissertacao_AplicacaoModeloAcuracia.pdf: 687193 bytes, checksum: f17320f52a5a1dfb3083a6d2d9644f10 (MD5) Previous issue date: 2006 / Introdução: São poucos e dispersos os estudos sobre prevalência de enteroparasitoses em nosso meio, sendo a maioria deles realizada em amostras de base populacional mal definidas, como usuários de serviços de saúde ou alunos de escolas públicas. Objetivo: Quantificar a prevalência da Entamoeba histolytica em uma população rural do Estado do Pará. Casuística e Método: Estudo coprológico pelo método da hematoxilina férrica em 124 moradores do meio rural de Tailândia, utilizando processo de amostragem aleatória para estabelecer a prevalência, a acurácia, os valores preditivos positivo e negativo, bem como a sensibilidade e especificidade. Resultados: Da amostra populacional, 56,58% pertenciam ao sexo masculino, sendo 60,6% entre as idades de 18 a 43 anos. No estudo da escolaridade, 64,5% tinham até 3 anos de estudo e 63,7% recebiam menos de 1 salário mínimo de remuneração. A prevalência de Entamoeba histolytica atingiu 24,2%. Conclusão: A acurácia, medida de valor global do teste efetuado, mostra que 73,4% dos pacientes foram classificados corretamente. O teste de sensibilidade de 70,0% definiu teste positivo para a infecção e a especificidade de 74,5%. / Introduction: The studies on the prevalence of intestinal worms are scarce among us, most of them were performed in sample of populational basis not very well defined, like users of health service and public school students. Objective: Quantify the Entamoeba hystolitica prevalence in a rural population of Pará state. Methods: feces study using the ferric hematoxilina method in 124 people from the rural part of Tailândia, arbitrarily selected in order to establish prevalence and accuracy, the positive and negative predictive values, as well as sensitivity and specificity. Results: from the populational sample, 56,5% belonged to male sex, 60,5% out of these were ranging between 18 to 43 years old. In the scholarship study, 64,5% had at least 3 years of school and 63,7% earned less than R$300,00. The Entamoeba hystolitica prevalence reached 24,2%. Conclusion: the accuracy, which is the measurement of global value of the performed test, shows that 73,4% of the patients were correctly classified. The 70,0% sensitivity test defined positive for the infection and a specificity of 74,5%.

Page generated in 0.0287 seconds