• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 139
  • 7
  • 7
  • 6
  • 6
  • 6
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 140
  • 34
  • 24
  • 18
  • 17
  • 16
  • 15
  • 14
  • 14
  • 13
  • 12
  • 11
  • 11
  • 10
  • 10
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação clínica após um ano da sinovectomia por samário-153 hidroxiapatita em pacientes com artropatia hemofílica

Calegaro, José Ulisses Manzzini 14 December 2007 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, 2007. / Submitted by mariana castro (nanacastro0107@hotmail.com) on 2009-12-16T17:36:57Z No. of bitstreams: 1 2007_JoseUlissesManzziniCalegaro.pdf: 790271 bytes, checksum: ec236def252563ba3c2e55cf5879b13c (MD5) / Approved for entry into archive by Lucila Saraiva(lucilasaraiva1@gmail.com) on 2010-01-07T23:51:30Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2007_JoseUlissesManzziniCalegaro.pdf: 790271 bytes, checksum: ec236def252563ba3c2e55cf5879b13c (MD5) / Made available in DSpace on 2010-01-07T23:51:30Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2007_JoseUlissesManzziniCalegaro.pdf: 790271 bytes, checksum: ec236def252563ba3c2e55cf5879b13c (MD5) Previous issue date: 2007-12-14 / Objetivos: Avaliar a eficácia do tratamento com samário-153 hidroxiapatita (153Sm-HA) na artropatia hemofílica. Métodos: foram estudados 31 pacientes, 30 do sexo masculino, com idades entre 8 e 34 anos (média = 20,6 anos), com injeção intraarticular fixa de 185 MBq (5 mCi) de 153Sm-HA e divididos em dois grupos: 1- infanto-juvenil: 13 pacientes com até 18 anos, idade média de 12,7 anos e evolução da artropatia de 7,8 anos; 2- adulto: 18 pacientes com mais de 18 anos, idade média de 24 anos e evolução da artropatia de 18,7 anos. A avaliação clínica, antes e após um ano da sinovectomia, utilizou critérios subjetivos (dor por escala visual, inspeção da articulação) e objetivos (movimento articular pelo grau de flexão, sensibilidade à palpação e derrame pela sua circunferência), além da redução no uso do fator de coagulação, no número de hemartroses e a ocorrência de efeitos colaterais. Os resultados foram classificados em: 1- bom (remissão de 70% a 100% das manifestações); 2-moderado (remissão de 40% a 69%); 3- ruim (remissão de 0% a 39%). Foram tratadas 78 juntas: 15 joelhos; 36 cotovelos; 24 tornozelos; 1 ombro e 2 quadris. Foi realizado estudo cintilográfico precoce (1 a 2 h ) e tardio (24 a 72 h) após a sinoviortese. Foi também estimado o custo do procedimento por articulação. Resultados: não houve diferença significativa no resultado da sinovectomia entre os grupos infanto-juvenil e adulto. O resultado foi bom em 75% para cotovelos, 87,5% para tornozelos e 40% para joelhos. A redução de hemartroses e o uso do fator de coagulação foi, respectivamente, 78% e 60% para cotovelos, 82% e 85% para tornozelos e 30% e 35% para joelhos. Em quatro dos 31 pacientes ocorreu sinovites reacionais. O controle cintilográfico mostrou distribuição homogênea do material, sem escape articular. O custo por articulação foi de R$180,00, aproximadamente. Conclusão: o uso da 153Sm-HA no tratamento da artropatia hemofílica é eficaz para médias articulações (cotovelos e tornozelos), mas é menos eficaz para joelhos. Além disso, tem excelente perfil de segurança e custo acessível. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Clinical evaluation after one year of the samarium-153 particulate hydroxyapatite synovectomy in patients with hemophilic artropathy Objective: To evaluate the efficiency of the treatment with 153-Sm-HA in the hemophilic arthropathy. Methods: Thirty-one patients (30 male) with ages ranging from 8 to 34 years (average age = 20.6 years) were treated with fixed intraarticular dose of 185 MBq (5 mCi) and divided into two groups: 1- infantile-juvenile: 13 patients with up to 18 years of age, average age of 12.7 years and arthropathy evolution of 7.8 years; 2- adult: 18 patients older than 18 years, average age of 24 years and arthropathy evolution of 18.7 years. The clinical evaluation before and after one year of synovectomy used subjective (pain through visual scale, articulation inspection) and objective criteria (articular movement through flexion level, sensitivity to palpation and leakage through joint circumference), besides the reduction on the use of the coagulation factor, the number of hemarthrosis and the occurrence of adverse effects. The results were classified as: 1-good (remission from 70% to 100% of manifestations); 2-moderate (remission from 40% to 69%) and 3-poor (remission from 0% to 39%). Seventy-eight joints were tested: 15 knees; 36 elbows; 24 ankles; 1 shoulder and 2 hips. Early scintilographic (1 to 2 h) and late scintilographic (24 to 72 h) studies were performed after synoviorthesis. The cost of the procedure per joint was also estimated. Results: no significant difference in the synoviorthesis result between groups was observed. The results were good for 75% of elbows, 87.5% of ankles and 40% of knees: the reduction on the hemarthrosis and use of the coagulation factor was respectively: 78% and 80% for elbows; 82% and 85% for ankles and 30% and 35% for knees. Four reactional synovitis were observed in the 31 patients. The scintilographic control showed homogeneous distribution of the material with no articular escape. The cost by joint was aproximately US$ 100,00. Conclusion: The use of 153 Sm-HA in the treatment of the hemophilic arthropathy is effective for intermediate-size joints (elbows and ankles), but less effective for knees. Moreover, this treatment presents excellent safety profile and accessible cost.
2

Pressões plantares de corredores pronadores frente à aplicações de bandagens para sustentação do arco do meidopé

Rodrigues, Juliana Rocha 05 December 2013 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ceilândia, Pós-graduação de Ciências e Tecnologia em Saúde, 2013. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2014-02-03T12:54:31Z No. of bitstreams: 1 2013_JulianaRochaRodrigues.pdf: 790103 bytes, checksum: c3af6d8e8601cb8771b7dc955f590e44 (MD5) / Approved for entry into archive by Guimaraes Jacqueline(jacqueline.guimaraes@bce.unb.br) on 2014-02-21T16:33:32Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_JulianaRochaRodrigues.pdf: 790103 bytes, checksum: c3af6d8e8601cb8771b7dc955f590e44 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-02-21T16:33:32Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_JulianaRochaRodrigues.pdf: 790103 bytes, checksum: c3af6d8e8601cb8771b7dc955f590e44 (MD5) / No pé, o movimento de pronação subtalar, quando excessivo, pode causar estresse e sobrecarga nos tecidos da região, dando origens a dores e micro traumas. Na prática clínica, o movimento excessivo tem sido limitado com a utilização de diferentes técnicas de bandagens, aplicadas sobre o arco plantar. Assim, o objetivo desse estudo foi comparar a influência das bandagens rígida e elástica na distribuição da pressão plantar de corredores pronadores. Trata-se de um ensaio clinico randomizado, controlado, crossover, com vinte corredores pronadores (33±7 anos; 71±7 kg; 174±6 cm). Foram aplicadas técnicas de bandagens (rígida - BR ou elástica - BE) para a sustentação do arco plantar, descritas como antipronadoras. Os dados da pressão plantar foram coletados utilizando o sistema F-scan em três testes de corrida a 9 km/h sendo: sem bandagens, com bandagem elástica e com bandagem rígida, aleatorizados. Foram consideradas sete áreas de pressão plantar para a análise dos dados, realizada por meio do teste ANOVA para medidas repetidas, seguida do teste t pareado. A BE e a BR proporcionaram reduções significativas (p<0,05) em pressões de contato e de pico do retropé. Ainda, enquanto a BE proporcionou maiores efeitos sobre as pressões do mediopé a BR foi mais efetiva nas pressões do retropé. Assim, é possível concluir que tanto a BR como a BE proporcionam diminuição em pressões de contato e de pico do pé, sendo a BE mais significativa sobre o mediopé e a BR sobre o retropé. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The excessive motion of subtalar pronation of the foot, can cause stress and burden in tissues of the region, giving origin to aches and microtrauma. In clinical practice, excessive movement has been limited to the use of different techniques of bandages applied to the plantar arch. The objective of this study was to compare the influence of rigid and elastic bandages in plantar pressure distribution runners pronators. This is a randomized clinical trial, controlled, crossover, with twenty runners pronators (33±7 y, 71±7 kg, 174±6 cm). Techniques were applied bandages (rigid - BR or elastic - BE) to support the plantar arch, described as antipronation. Plantar pressure data were collected using the F -scan system in three tests run at 9 km/h being: no bandages, elastic taping and rigid taping, randomized . We considered seven areas of pressure for data analysis, performed by means of ANOVA for repeated measures followed by paired t test. BE and BR resulted in significant reductions (p<0.05) in contact pressures and peak rearfoot. Still, while the BE provided greater effects on the pressures of the midfoot BR was more effective in the hindfoot pressures. Thus, we conclude that both BR and BE provide decrease in contact pressures and peak foot, and BE more significant on the midfoot and hindfoot about BR.
3

Analise dos proteoglicanos e proteinas não colagenicas presentes nas cartilagens do tibiotarso e tarsometatarso de frango

Belline, Paula 02 April 1996 (has links)
Orientador: Laurecir Gomes / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-21T03:27:09Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Belline_Paula_M.pdf: 2979545 bytes, checksum: de2fb3922b53b55053aa803bd21c186b (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Já foram descritos os componentes da matriz extracelular de diferentes cartilagens de mamíferos, mas sobre aves são encontradas poucas informações. Nosso trabalho, teve como objetivo extrair e identificar componentes da matriz extracelular de duas cartilagens articulares de frango (tibiotarso e tarsometatarso). As cartilagens articulares foram homogeneizadas e os componentes extraídos com Gu-HCI4M. Após obtenção do extrato total foi realizada uma ultracentrifugação em gradiente de c1oreto de césio, onde foram obtidas as frações DI, D2, D3 e D4. O conteúdo protéico foi maior na fração D4, onde em tarsometatarso a extração foi mais eficiente (2,64 mg/rnl) do que em tibiotarso (1,6 mglrnl). Com relação à dosagem de ácido urônico, a concentração maior foi encontrada na fração Dl-tarsometatarso (1,52 mglrnl) em relação à Dl-tibiotarso (0,80 mg/rnl). A fração D4 foi aplicada em DEAE-Sephacel em tampão Tris-HCI 20mM pH 7,2 com uréia 7M. O material que se ligou ao DEAE foi eluído com um gradiente de O a 1,5M de NaCI no mesmo tampão. A análise destas frações em SDS-PAGE mostraram que somente em tibiotarso há um componente com 250 kDa, que na presença de 2-Me migra com 59 kDa. Após o teste de "immunoblotting" e CEC/azul de alcian foi possível mostrar que se trata do pequeno proteoglicano fibromodulim, em condições redutoras e não redutoras. Em tarsometatarso a proteina com 59 kDa se apresentou proeminente em condições redutoras. Uma proteína, apresentou uma banda polidispersa em tomo de 70 kDa e foi encontrada em ambas as regiões. Provavelmente, se trata do pequeno proteoglicano decorim. Proteínas não colagênicas com Mr de 46, 36 e 30 kDa foram observadas em ambas regiões. A fração DI foi analisada em Sepharose CL-6B. O perfil cromatográfico de tibiotarso e tarsometatarso foi muito semelhante. Ambas regiões apresentaram um único pico que eluiu logo após o volume morto, com Kav de 0,08. Pela análise em agarosepoliacrilamida nas duas regiões analisadas, pode ser visto uma única população de grandes proteoglicanos. O tipo de glicosaminoglicano presente em cada região foi analisado através de gel de agarose-propileno. O glicosaminoglicano predominante para as duas regiões foi condroitim-sulfato, embora tenha apresentado características diferentes para cada cartilagem. Este resultado foi confirmado após incubação com condroitinase ABC / Abstract: The extracellular matriz (ECM) components of different cartilages of mammals is already kwown, but little information is found for ECM of avian cartilage. The purpose of this work was to identi:fy the components of the ECM of tibiotarsal and tarsometatarsal cartilage of chicken. The cartilage was homogeneized in PBS and the fragments extracted with 4M Gu-HCI. The extract was submitted to ultracentrifugation in CsCI gradient, resulting in DI, D2, D3 e D4 fractions. The protein contents was greater in the D4 fraction and in tarsometatarsal extract the concentration of proteins (2,64 mglml) was larger than in tibiotarsal extract (1,6 mglml). With respect to uronic acid, we found more in Dltarsometatarsal (1,51 mg/ml) than in Dl-tibiotarsal (0,80 mg/ml). D4 fraction was dialysed, applied on DEAE-SepOOcel and eluted with 7M urea in 20mM Tris-HCI pH 7,2. Bound material was eluted with a gradient ranging from O to 1,5M NaCI in the same buffer. SDS-P AGE of DEAE fractions of tibiotarsal cartilage, showed a component with 250 kDa, which in presence of 2-Me appears to migrate as a 59 kDa protein. After immunoblotting and CEC/alcian blue, it was demonstrated to be the small proteoglycan fibromodulin in reducing and non-reducing conditions. In tarsometatarsal fractions this protein, migrating as 59 kDa, was detected only in reducing conditions. Another protein migrating as a polidisperse band around 70 kDa was detected in both cartilages. Probably it is the small proteoglycan decorin. Non-collagenous proteins with 46,36 e 30 kDa were detected in both cartilages. DI fration was analysed in Sepharose CL-6B. The cromatography profiles were similar for tibiotarsal and tarsometatarsal cartilages. Both regions showed only one peak tOOt eluted with Kav=0,08. Analysis of fractions in SDS-P AGE and agarose-polyacrilamide gel electrophoresis showed the presence oflarge proteoglycans in tibiotarsal and tarsometatarsal material. The glicosaminoglycans were analysed in agarose gel electrophoresis for each region. The predominant glicosaminoglycan was condroitin sulfate in both cartilages, but its migration in agarose gel was different for tibiotarsal and tarsometatarsal samples. This result was confirmed using chase ABC digestion / Mestrado / Biologia Celular / Mestre em Ciências Biológicas
4

Estudo comparativo de duas tecnicas cirurgicas para correção do halux valgo : chevron e chevron associada a de Akin

Bittar, Cíntia Kelly 03 August 2018 (has links)
Orientador: Alberto Cliquet Junior / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas / Made available in DSpace on 2018-08-03T20:27:56Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Bittar_CintiaKelly_M.pdf: 3859238 bytes, checksum: e60483db0891c4b752084c0fb186db01 (MD5) Previous issue date: 2003 / Resumo: Um estudo retrospectivo foi realizado para a análise comparativa entre os resultados obtidos pela técnica de chevron e chevron associada à de Akin para correção da deformidade em hálux valgo leve e moderado. No período de abril de 1998 a outubro de 2001, dezessete pacientes (25 pés), foram operados, dos quais 15 pela técnica de chevron e 10 pela associação das técnicas, todos do sexo feminino, com idade média de 43 anos, portadores de hálux valgo leve e moderado com um tempo de acompanhamento de 26 meses. São apresentados valores angulares pré e pós-operatórios dos seguintes ângulos: do hálux valgo (AVH); do intermetatarsiano (AIM); do articular distal metatarsal (AADM); o grau de desvio dos sesamóides e a congruência articular. Para os aspectos clínicos e funcionais, foi utilizada a escala do hálux valgo do American Orthopaedics Foot and Ankle Society (AOFAS), de satisfação pessoal, a de dor e as complicações. Concluiu-se que, porque as duas técnicas cirúrgicas apresentaram bons resultados clínicos e radiológicos e baixo índice de complicações, foram eficazes na correção da deformidade em hálux valgo leve e moderada / Abstract: A retrospective study was conducted to allow a comparative analysis between results obtained by the chevron technique alone and the association of chevron and Akin techniques for the correction of deformities of mild and moderate hallux valgus. Between April 1998, and October 2001, 17 patients (25 feet) underwent surgery. The chevron technique was chosen for 15 of their feet, while the association of both techniques was used on the other 10 feet. All of the patients were women, averaging 43 years ofage, presenting mild or moderate hallux valgus with a follow-up time of 26 months. The angular values measured before and after surgery are given for hallux valgus angle, intermetatarsal angle, distal metatarsal articular angle, sesamoid deviation and joint congruence. The scale for the hallux valgus from the American Orthopedics Foot and Ankle Society (AOFAS) along with scales used for personal satisfaction, pain and complications were applied in the evaluation of clinical and functional aspects. It was conc1uded that both the approaches did show good clinical and radiological results with low incidence of complication / Mestrado / Cirurgia / Mestre em Cirurgia
5

Estudos da incidencia da subluxação, da luxação, do estalido e da crepitação temporomandibular em crianças na faixa etaria de 7 a 15 anos entre individuos brancos, negros e mestiços (mulatos)

Maccari Filho, Mario 14 July 2018 (has links)
Orientador : Decio Teixeira / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-14T01:56:05Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MaccariFilho_Mario_M.pdf: 2683764 bytes, checksum: b14e521b20ea420dc36b8c4731c7b1ee (MD5) Previous issue date: 1991 / Resumo: Não informado / Abstract: Not informed. / Mestrado / Mestre em Odontologia
6

Alterações hemoglobinicas e manifestações osteo-articulares

Gonçales, Neiva Sellan Lopes 16 July 2018 (has links)
Orientador: Antonio Sergio Ramalho / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Biologia / Made available in DSpace on 2018-07-16T08:24:31Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Goncales_NeivaSellanLopes_M.pdf: 3486574 bytes, checksum: 2cd4326354ddccd481f1865dc656fad0 (MD5) Previous issue date: 1981 / Resumo: Tendo em vista a importância da hemoglobina S em nossas populações, é lamentável que a literatura nacional disponha de poucos dados a respeito da participação das síndromes falcêmicas (anemia falciforme, hemoglobinopatia SC, microdrepanocitose, traço siclêmico, etc.) na etiologia das does ósteo-articulares em nosso meio. No presente trabalho, a presença da hemoglobina S e de outras alterações hemoglobínicas foi investigada em uma amostra de 200 pacientes (126 negróides e 74 caucasóides) que procuraram os serviços médicos do Hospital das Clínicas da UNICAMP, durante o ano de 1980, por apresentarem manifestações ósteo-articulares dolorcsas importante pela intensidade, não traumáticas e de etiologia a esclarecer. De cada paciente foi retirada uma amostra de 5ml de sangue venoso, que foi submetida à eletroforese de hemoglobinas em acetato de celulose, tampão tris-glicina pH 9,1, ao teste de resistência globular osmótica e, se houvesse indicação, ao estudo da morfologia da série vermelha nos esfregaços sanguíneos, ao teste ¿SICKLE-ID¿ e à eletroforese de hemoglobinas em gel de agar, tampão citrato pH 6,2. A freqüência de cada uma das alterações hemoglobina encontradas foi comparada com a sua freqüência na população geral, considerando-se em associação com as dores ósteo-articulares apenas as hemoglobinopatias que apareceram na amostra em proporção superior à esperada casualmente... Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: Not informed. / Mestrado / Mestre em Ciências Biológicas
7

Tratamento da sindrome dor-disfunção miofacial e registros eletromiograficos do comportamento dos musculos masseter, temporal e pterigoideo medial, antes e apos o tratamento conservador

Souza, Edy Walter de, 1938- 16 July 2018 (has links)
Acompanha memorial / Tese (livre-docencia) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-16T10:53:07Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Souza_EdyWalterde_LD.pdf: 2452670 bytes, checksum: e0f6e321d28fe3e7de5739f56475cd18 (MD5) Previous issue date: 1982 / Resumo: Não informado / Abstract: Not informed / Tese (livre-docencia) - Univer / Cirurgia / Livre-Docente em Ciencias
8

As alterações hemoglobinicas na pratica medica

Ramalho, Antonio Sérgio, 1947- 18 July 2018 (has links)
Tese (livre docencia) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-18T03:18:58Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ramalho_AntonioSergio_LD.pdf: 3151509 bytes, checksum: 3e65853c676d088636b7eddcf44bbe0b (MD5) Previous issue date: 1979 / Resumo: Não informado / Abstract: Not informed / Tese (livre docencia) - Univer / Livre Docente em Ciencias Medicas
9

Atividade eletromiografica do musculo vasto medial obliquo em exercicios isometricos e isotonicos das articulações do quadril e do joelho

Pedro, Vanessa Monteiro 06 February 1995 (has links)
Orientador: Mathias Vitti / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Odontologia de Piracicaba / Made available in DSpace on 2018-07-19T21:35:36Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Pedro_VanessaMonteiro_D.pdf: 4774040 bytes, checksum: bad61d5fb0c1a170ce5e85c8f0fc8911 (MD5) Previous issue date: 1995 / Resumo: A proposta deste trabalho foi analisar eletromiograficamente a participação do músculo vasto medial obliquo em exercícios, comumente recomendados na fisioterapia, principalmente em pacientes com alterações na articulação fêmoro-patelar isométricos de contração máxima de extensão da articulação do joelho na posição sentado, variando o ângulo de flexão em 15 e 50 graus e a posição da articulação do quadril em neutra e em adução de 15 graus; isotônico livre e isométrico de contração máxima de adução da articulação do quadril, com a articulação do joelho em extensão total, nas posições sentado e decúbito lateral; subir e descer um degrau. Foram estudados 15 voluntários adultos normais, utilizando um eletromiógrafo de 8 canais e mini eletrodos de superfície tipo BECKMAN. O método estatístico empregado foi a análise de variância (ANOVA) e o teste de Tukey. Os resultados evidenciaram que a atividade eletromiográfica do músculo vasto medial obliquo nos exercícios de contração máxima da articulação do joelho flexionada a 15 graus não diferenciou significativamente do mesmo exercício realizado com a articulação do joelho a 50 graus, assim como no realizado a 15 graus de flexão da articulação do joelho, com a articulação do quadril aduzida a 15 graus. Em relação aos exercícios de adução, a atividade eletromiográfica do músculo vasto medial oblíquo foi significativamente maior nos dois exercícios isométricos de contração máxima quando comparada à do isotônico livre em decúbito lateral. Por outro lado, a diferença na atividade eletromiográfica do músculo vasto medial oblíquo, entre os dois exercícios isométricos de contração máxima, não foi significativa. Os dados desta pesquisa mostraram ainda, que a atividade eletromiográfica do músculo vasto medial oblíquo nos exercícios de subir um degrau foi significativamente maior do que nos de descer um degrau. Estes resultados sugerem que nos traumas e doenças da articulação do joelho, principalmente na fase inicial do tratamento das alterações da articulação fêmoro-patelar, os exercícios de extensão da articulação do joelho para recuperar a função do músculo vasto Imedial obliquo, poderiam ser realizados isometricamente no ângulo de 15 graus de flexão, uma vez que neste ângulo, o referido músculo teria uma participação mais efetiva. Os achados permitem sugerir ainda, que nos estágios preliminares do tratamento conservador das alterações da articulação fêmoro-patelar, os exercícios de adução da articulação do quadril com a articulação do joelho em extensão poderiam ser executados isométrica ou isotonicamente nas posições sentado ou decúbito lateral, dependendo das condições biológicas de cada paciente. Além disso, os dados mostraram que os exercícios de subir e descer um degrau, normalmente recomendados na fase final do tratamento, poderiam recuperar a função do músculo vasto medial obliquo, especialmente o de subir um degrau cujo trabalho é concêntrico / Abstract: The purpose of this study was to analyse electromyographicaly the activity of the vastus medialis oblique during exercises which are usually advice in physical therapy, mainly to those with patellofemoral dysfunction. Using an 8 channels Nicolet electromyograph and Beckman surface mini electrodes, the electrical activity was recorded during exercises as follows: maximal isometric contraction of the joint extension at sitting position at 15° and 50° at fIexion, with hip joint position at neutral and 15° of adduction; free isotonic and maximal isometric contraction of hip adduction with knee extension at sitting and decubitus lateralis positions; step on and step down exercises. Fifteen volunteers without prior knee pathology were employed at this study. The data were statistically calculated employing analysis of variance (ANOVA) and Tukey test. The results showed that there was no significant difference among exercises carried out with maximal isometric contractions of the knee joint extension at 15° or 50°, as well at 15° of knee fIexion followed by 15° of the hip adduction joint. Concerning the adduction exercises the electromyographic activity of the vastus medialis oblique muscle, was significant higher in both exercises of maximal contraction when compared with free isotonic at decubitus lateralis. On the other hand, there was no significant difference of the electromyographic activity of the vastus medialis oblique muscle between the two exercises of maximal isometric contractions. It was observed a more significant difference of electromyographic activity of the vastus medialis obliquos muscle in the exercise of step in the step down. The results suggest that in the knee trauma and knee pathology, mainly at prior stages of patellofemoral joint dysfunction, the exercise of knee joint extension can be performed, in order to recover the total function of the vastus medialis obliquos muscle, isometricaly with the knee joint inflected at 15° once at this angle, this muscle would have a major participation. The 148usually advised at the final stage of the treatment, would recover the vastus medialis oblique muscle function, specially in step on, where the work is concentric results observed, allows to suggest that at prior stages of treatment of patellofemoral dysfunction, the exercise of knee joint could be performed isometric or isotonicaly, at sitting and decubitus lateralis position, depending on the biological conditions of each patient. Besides, the data show that exercises of step on and step down, usually advised at the final stage of the treatment, would recover the vastus medialis oblique muscle function, specially in step on, where the work is concentric / Doutorado / Doutor em Biologia e Patologia Buco-Dental
10

Proposta metodológica para o cálculo da força de contato patelofemoral

Cañeiro, João Paulo Torres January 2004 (has links)
O principal objetivo deste estudo foi propor uma metodologia para calcular da força de contato patelofemoral in vivo durante uma atividade dinâmica. Para isso, um protocolo foi operacionalizado permitindo a determinação de parâmetros biomecânicos das articulações tibiofemoral e patelofemoral. Especificamente, os parâmetros determinados foram: centro de rotação tibiofemoral, centro de rotação patelofemoral, linha de ação do ligamento patelar, linha de ação do músculo quadríceps, distância perpendicular do ligamento patelar, distância perpendicular do músculo quadríceps, força do ligamento patelar e força do músculo quadríceps. Para a determinação dos parâmetros foram utilizadas imagens radiográficas dinâmicas, obtidas no plano sagital, de um indivíduo executando um exercício de extensão de joelho em cadeia cinética aberta, a uma velocidade de 45o/s, em seis situações distintas: sem carga externa e com caneleiras de 1 a 5kg (implementadas de 1kg em 1kg) aplicadas à tíbia. As imagens radiográficas foram captadas a uma freqüência de amostragem de 50 Hz, utilizando-se um videofluoroscópio de marca Axiom Siemens Iconos R100. As imagens obtidas foram reproduzidas e digitalizadas utilizando uma placa de captura da marca Silicon Graphics 320. Foram desenvolvidas rotinas computacionais utilizando o software MatlabÒ para a análise dos dados. A propagação do erro na determinação da força de contato patelofemoral foi calculada pelo método de Kleine & McClintock. O protocolo desenvolvido com base na videofluoroscopia permite determinar todos parâmetros biomecânicos necessários para o modelamento da articulação patelofemoral. Os resultados sugerem que, em comparação com a lei de Hooke, a utilização da dinâmica inversa como forma de determinação da força de contato patelofemoral é mais apropriada. Isso pode ser confirmado pelos menores níveis de erro apresentados pela dinâmica inversa. Com base no método de Kleine & McClintock, a linha de ação do músculo quadríceps parece ser um parâmetro crítico no cálculo da força de contato patelofemoral. / The primary goal of this study was to propose a method to calculate the patellofemoral contact force in vivo during a dynamic activity. In order to do that, a protocol was operacionalized allowing to determine the biomechanical parameters of the tibiofemoral and patellofemoral joints. Specifically, the parameters determinated were: tibiofemoral rotation center, patellofemoral rotation center, patellar ligament’s action line, quadriceps muscle’s action line, the patellar ligament moment arm, the quadriceps muscle moment arm, patellar ligament’s force and quadriceps muscle force. To determine such parameters were used dynamic radiographycal images, obtained in the sagital plane, from one individual executing an exercise of knee’s extension in open kinetic chain, in a speed of 45º/s, in six distinct situations: without external load and with weights of 1 to 5kg (implemented 1kg to 1kg) applied to the tibia. The radiographic images were captured in a sampling frequency of 50Hz, through a videofluoroscope from Axiom Siemens Iconos R100. The images obtained were reproduced and digitalized using a capture plate Slicon Graphics 320. Computer routines were developed with the software Matlab® to analyze the data. The error propagation on patelofemoral contact force determination was calculated by the method of Kleine & McClintock. The protocol developed based on the videofluoroscopy allow to determine all the biomechanical parameters needed to the modeling of the patelofemoral joint. The results suggest that, in comparison with Hooke’s law, the use of inverse dynamics as a way to determine the patellofemoral contact force is more appropriated. This can be confirmed by lower levels of error presented in the inverse dynamics. Based on the Kleine & McClintock’s method, the action line of the quadriceps muscle seems to be a critical parameter on the calculus of the patelofemoral’s contact force.

Page generated in 0.1096 seconds