• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 273
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 278
  • 278
  • 278
  • 223
  • 183
  • 181
  • 155
  • 112
  • 105
  • 97
  • 76
  • 69
  • 58
  • 56
  • 48
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Avaliação de serviços de saude : um desenho epidemiologico

Moura, Erly Catarina de 27 June 1994 (has links)
Orientador: Nelson Rodrigues dos Santos / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-19T08:22:19Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Moura_ErlyCatarinade_D.pdf: 3750178 bytes, checksum: ffec503149febef052fda4e7b0ce339f (MD5) Previous issue date: 1994 / Resumo: Inicialmente, a partir da revisão da literatura sobre avaliação de serviços de saúde e epidemiologia da saúde materno-infantil, justificamos a importância de avaliar os serviços de saúde, públicos e privados, utilizados pela população materno-infantil, enquanto impacto das ações de saúde (resultados), a partir de indicadores do processo de assistência à saúde, guardadas as devidas dimensões proprias da epidemiologia de modo a incorporar o conceito de risco proteção ("marcador"). Em decorrência, fomecer subsidios para o planejamento em saúde a fim de contribuir para a consolidação do Sistema Único de Saúde, conforme consta dos nossos objetivos. A metodologia usada é o estudo tipo corte junto à população materno-infantil do Jardim Campos Eliseos, periferia do municipio de Campinas, caracterizada conforme a situação social (condições de vida, condições de moradia e condições de saneamento), nutricional (antropometria,alimentação e amamentação) e assistencial (demanda de saúde, processo de assistência, impacto das ações de saúde e participação popular no sistema de saúde) no que se refere aos equipamentos de saúde, conforme o tipo de serviço utilizado. Os resultados mostram que houve uma melhora geral no quadro epidemiologico das populações estudadas, independente do tipo de serviço de saúde utilizado. Encontrou-se diferença significativa, entre as populações dos diferentes serviços, quanto às variáveis sociais para renda, anos de estudo materno e localização da moradia, quanto às variáveis nutricionais para estado nutricional pré-gestacional, ganho de peso na gestação e consumo de frutas para as gestantes e idade de introdução de frutas para as crianças. Quanto aos indicadores de processo, observou-se diferença para idade na primeira consulta de pré-natal e puericultura, tempo de espera, número de serviços de saúde utilizados pela criança e satisfação com o atendimento, negativamente para o serviço público. No que se refere aos indicadores de impacto, encontrou-se diferença para tipo de parto e tipo de alojamento ao nascer, negativamente para o serviço privado. Sugere-se a adoção destes indicadores na monitorização da avaliação de serviços de saúde, buscando a melhoria do atendimento público e o direito à saúde de alta qualidade para todos s cidadãos. / Abstract: These are two kinds of health services In Brazil: public and private. Althought, the brazilian Constitution states public health services as an universal right, there are a lot of forces against it, not permiting the expansion of the public health system named Sistema Único de Saúde (SUS). This study evaluates both health services by the analysis of a maternal-child population living in Jardim Campos EIisios, a neighborhood of Campinas, Paulo. A cohort study with pregnant women until the delivery, their babies until one year old, and children with less than 6 months oId up to one year, was developed.The variables studied were social and nutritional status, and health care according to the type of service. The results show a general improvement in community health conditions and significant diferences betwen the two kinds of people who use the types of services in following aspects: family income, maternal school grade, living conditions weight gain during pregnancy, and fruit intake for pregnant women and children. Analyzing the health care variables, data show diference at the age of the first appointment for the pregnant anel the child, patient waiting time, patient satisfaction, number of different services units used by the children, type of delivery and accomodation for the newbom. These indicators are recommended for the evaluation and monitoring of health care services / Doutorado / Doutor em Saude Coletiva
2

Avaliação das salas de vacina das unidades de atenção primária à saúde de Fortaleza/Ceará / Evaluation of vaccine halls of care units primary health Fortaleza / Ceará

Galvão, Maria de Fátima Pereira de Sousa 28 April 2016 (has links)
GALVÃO, M. F. P. S. Avaliação das salas de vacina das unidades de atenção primária à saúde de Fortaleza/Ceará. 2016. 140 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. / Submitted by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2016-12-20T14:34:40Z No. of bitstreams: 1 2016_dis_mfpsgalvao.pdf: 1674589 bytes, checksum: 22a94ee66d8e355ceada6820a8810004 (MD5) / Approved for entry into archive by Erika Fernandes (erikaleitefernandes@gmail.com) on 2016-12-20T14:34:50Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2016_dis_mfpsgalvao.pdf: 1674589 bytes, checksum: 22a94ee66d8e355ceada6820a8810004 (MD5) / Made available in DSpace on 2016-12-20T14:34:50Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2016_dis_mfpsgalvao.pdf: 1674589 bytes, checksum: 22a94ee66d8e355ceada6820a8810004 (MD5) Previous issue date: 2016-04-28 / Health promotion has highlighted the importance of immunization for the population and shown how health evaluations can be used to improve public health services. Considering the contribution of vaccination to the improvement of health and well-being, the purpose of this evaluative study was to evaluate the structure and work processes of vaccination rooms at primary health care facilities in Fortaleza (a Northeast Brazilian state capital) with regard to general/technical aspects and cold chain. The sample consisted of 89 vaccination rooms located in the cityʼs six subprefectures (SP I-VI). Data were collected using a vaccination room supervision checklist developed by the Ministry of Health, and through interviews with vaccinators. The study protocol was approved by the research ethics committee of the Federal University of Ceará (filed under #954.086). Most vaccinators (76.4%) were nursing technicians. Most rooms (51%) had only one vaccinator on duty. Many vaccinators (31.5%) had never received formal training. With regard to structure, in 69.7% of the rooms the component ‛general/technical aspectsʼ was classified as good, while 23.6% required maintenance (mainly due to infiltrations in the walls and ceiling). Several rooms (22.5%) had no table for vaccine preparation. Half (49.4%) were cleaned less frequently than prescribed, and 43.8% contained decorative objects. Monthly supplies of vaccines and syringes/needles were insufficient in 41.6% and 52%, respectively. With regard to work processes, in 76.4% of the rooms the component ‛general/technical aspectsʼ was classified as fair. Vaccination was not postponed when contraindicated (66.3%), and no investigation of adverse effects was conducted (72%). Although 76.4% of the vaccinators used correct vaccination techniques, 40.4% did not wash their hands properly. With regard to structure, the component ‛cold chainʼ was classified as good in 45.0%, but preventive/corrective maintenance was inadequate and cold boxes lacked thermometers (64.2%). With regard to work processes, the component ‛cold chainʼ was classified as fair in 59.6%, with inadequate temperature (48.8%) and cleaning (71.9%) of refrigerators. In 84.3%, cold box temperature was not monitored and in 69.7% the ice packs were inadequately conditioned. When analyzed according to subprefecture, SP VI had the most vaccination rooms classified as ideal or good in terms of ‛general/technical aspectsʼ (both structure and work processes), while SP II (structure) and SP III (work processes) had the best cold chain. SP I (structure) and SP V (work processes) had the most vaccination rooms classified as fair or poor with regard to ‛general/technical aspectsʼ, while SP III (structure) and SR IV (work processes) had the worst cold chain. Our study identified problems of structure and work processes (especially the latter) in primary care vaccination rooms in Fortaleza in need of urgent correction. / O estudo teve como objetivo avaliar as salas de vacina das Unidades de Atenção Primária à Saúde quanto aos aspectos gerais, procedimentos técnicos e rede de frio. Tratou-se de uma pesquisa avaliativa, onde os aspectos Estrutura e Processo foram avaliados em 89 salas de vacina pertencentes às seis Secretarias Regionais do município de Fortaleza/CE, no período de março a maio de 2015. Utilizou-se o instrumento de Supervisão da Salas de Vacina do Ministério da Saúde para a coleta de dados através de observação do serviço e entrevista ao profissional atuante. Foi obtida uma classificação da qualidade do serviço conforme escores estabelecidos pelo PAISSV em ideal (90 a 100%), boa ((70 a 89%), regular (40 a 69%) e ruim (inferior a 40%). A pesquisa foi aprovada pelo comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal do Ceará, parecer nº 954.086. Na análise observou-se os Técnicos de Enfermagem como maioria dos executores das atividades de vacinação (76,4%); a maioria das salas funciona com um profissional (51%) e 31,5% nunca participou de nenhuma capacitação em vacinação. A avaliação da Estrutura referente aos Aspectos Gerais e Procedimentos Técnicos, apresentou classificação BOA (69,7) porém, verificou-se ausência de bancada para o preparo das vacinas em 22,5% das salas, descumprimento na frequência da limpeza (49,4%), objetos de decoração (43,8%) e quantidade insuficiente de vacinas (41,6%), seringas/agulhas (52%) para uso mensal. No que se refere ao Processo dos componentes Aspectos Gerais/Procedimentos Técnicos, classificado como REGULAR (76,4%), verificou-se falhas na investigação de eventos adversos (72%). Os profissionais utilizavam técnica correta para administração das vacinas (76,4%), porém, a lavagem das mãos estava inadequada em 40,4%. Na Estrutura da Rede de Frio, classificada como BOA (45,0%), verificou-se a falta de serviço de manutenção preventiva/corretiva e ausência de termômetro nas caixas térmicas (64,2%). O Processo da Rede de Frio classificado como REGULAR (59,6%), apontou procedimento de limpeza dos refrigeradores inadequado (71,9%), temperaturas inadequadas em 48,8% dos termômetros dos refrigeradores e ambientação das bobinas de gelo inadequada (69,7%). Na classificação por Secretaria Regional, no que se refere aos Aspectos Gerais/Procedimentos Técnicos, a SR VI destacou-se com melhores resultados na classificação ideal e boa (Estrutura e Processo) Enquanto na Rede de Frio, apresentaram melhores resultados a SR II (Estrutura) e a SR III (Processo). Quanto a classificação regular e ruim, nos componentes Aspectos Gerais/Procedimentos Técnicos, apresentou pior classificação a SR I (Estrutura) e a SR V (Processo) e quanto a Rede de Frio, a SR III (Estrutura) e a SR IV (Processo). Os resultados deste estudo indicam a necessidade de correção das falhas encontradas na estrutura e no processo das salas de vacina das UAPS de Fortaleza/CE em relação aos componentes avaliados, com atenção especial aos itens relacionados ao processo, que demonstraram maiores deficiências.
3

Avaliação da qualidade do cuidado a idosos nos serviços da rede pública de atenção primária de Porto Alegre

Oliveira, Elise Botteselle de January 2012 (has links)
Introdução O envelhecimento populacional causado pelo aumento da longevidade e pela redução da fecundidade gera um aumento do peso relativo da população idosa e consequentemente leva a um aumento da demanda pelos serviços de saúde. A Atenção Primária à Saúde (APS) absorve grande número desses pacientes e é corresponsável pela promoção do envelhecimento saudável e, principalmente, pelo diagnóstico e manejo das doenças crônicas, que tendem a ser múltiplas nessa faixa etária. Este estudo tem por objetivo avaliar a qualidade do cuidado prestado a idosos na rede pública de APS de Porto Alegre. Métodos Estudo transversal de base populacional em adultos com mais de 60 anos, residentes nas áreas atendidas pela rede pública de APS de Porto Alegre, que abrange quatro tipos de serviços: as Unidades Básicas de Saúde (UBS), as equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), as unidades do Serviço de Saúde Comunitária do Grupo Hospitalar Conceição (SSC/GHC) e do Centro de Saúde Escola Murialdo (CSEM). Foi utilizado o instrumento validado PCATool-Brasil para avaliar o grau de orientação dos serviços à APS, medindo a presença e a extensão de seus atributos, assim como foi mensurada a prevalência de práticas preventivas rotineiras como medida do processo de atenção na população idosa. Resultados Foram identificados 212 idosos (62 em UBS, 75 em ESF, 32 no CSEM e 43 no SSC/GHC) na população estudada. Comparando-se o grau de orientação à APS entre os idosos dos diferentes serviços de saúde, houve diferença significativa para os atributos acesso-utilização, longitudinalidade, coordenação do cuidado e dos sistemas de informações, orientação familiar e comunitária. Quanto à atenção e à qualidade do cuidado aos idosos, houve diferença significativa entre os serviços com alta e baixa orientação à APS em relação à prática de orientações preventivas à população em geral, aos portadores de hipertensão e de diabetes e aos portadores de mais de uma doença crônica. Também houve diferença significativa entre os serviços de saúde quando se construiu um escore para sintetizar todas as intervenções estudadas. O escore de práticas preventivas foi maior nos serviços que também apresentaram alto escore de APS no PCATool-Brasil. Discussão Os resultados mostraram que os serviços de APS de Porto Alegre possuem escores baixos, principalmente para os atributos coordenação do cuidado e integralidade, além da baixa orientação comunitária. Em resumo, os escores de APS que determinam o grau de orientação à APS alcançado pelos serviços são maiores no SSC/GHC em relação à UBS e aos demais, porém extremamente baixos em todos os serviços. Somente o SSC/GHC atinge alto escore essencial e geral de APS. As práticas preventivas apresentaram prevalências significativamente maiores nos usuários dos serviços de alto escore de APS. Os escores da APS, apesar de baixos, são maiores para idosos dos que os alcançados quando se estudaram os adultos maiores de 18 anos de Porto Alegre. O serviço de saúde com pior grau de orientação à APS é o que atende mais da metade da população. Serviços provedores de APS que não atingem escores adequados para proporcionar à população serviços de qualidade, também não conseguem prestar adequadamente as intervenções preventivas destinadas a essa população. O desenho de natureza transversal e a amostra pequena são limitações do estudo. Conclusão É preciso valorizar a promoção e a prevenção em saúde para enfrentar as condições crônicas e o processo de envelhecimento. Nesse contexto, a APS desenvolve um papel primordial ao coordenar o cuidado dos idosos nas redes de atenção. No entanto, é preciso transformar a atenção fragmentada e centrada nas condições agudas em um sistema que atenda adequadamente às demandas da população idosa. Este estudo sugere que os serviços de saúde são mais efetivos para o cuidado dos idosos quando adquirem os atributos necessários para prover uma APS de qualidade. / Introduction Population aging caused by increasing longevity and decreasing fecundity leads to an increased proportion of elderly people in the population, which leads to an increased demand for health services. The Primary Health Care (PHC) absorbs large number of these patients and is responsible for promoting healthy aging and mainly the diagnosis and handling of chronic diseases, which tend to be multiple in this age group. This study aims to assess the impact of PHC on the health of older people by measuring the quality of the care provided to them in Porto Alegre’s public PHC. Methods Population-based cross-sectional study in adults over 60 years living in areas served by Porto Alegre’s public PHC covering four types of services: the Basic Health Units (BHU), the Family Health Strategy (FHS) teams, the Conceição Hospital Group Service of Community Health (CHG/SCH) and the Murialdo Health Center School (MHCS). PCAtool was used to assess the orientation degree of PHC services, measuring the presence of its attributes, as well as the prevalence of routine preventive practices used as a measure of the care process in the elderly. Results 212 elderly were identified (62 in BHU, 75 in FHS, 32 in MHCS and 43 in CHG/SCH). Comparing the PHC degree of orientation among the elderly from different services, significant differences to the access-use attributes, longitudinality, care coordination and information systems, family and community orientations were observed. Regarding care and quality of care for the elderly, significant differences were observed between the services with high and low PHC orientation when compared to preventive practice guidelines for the general public, to patients with hypertension and diabetes and to the ones with more than one chronic disease. There were also significant differences between the services when a score was built to synthesize all the interventions studied. The score of preventive services is also higher in PHC high score. Discussion The results showed that primary care services in Porto Alegre have low scores for attributes care coordination and integrality, besides low community orientation. In summary, the PHC 14 scores which determine the degree of orientation reached by the PHC services are higher in CHG/SCH compared to BHU and the others, but extremely low in all services. Only the CHG/SCH reached essential and general PHC high score. Preventive practices had significant higher prevalence of high scores in the PHC services. PHC scores, eventhough low, are higher for the elderly than the scores reached by the population of Porto Alegre with at least 18 years adults. The worst service level with PHC orientation is the one serving more than half of the population. PHC service providers which do not reach adequate scores to provide quality service to the people also fail to provide adequate preventive interventions for this population. The cross-sectional design nature and the small sample size are limitations of the present study. Conclusion It is needed to enhance the health promotion and prevention to address chronic conditions and the aging process. In this context, PHC develops a primary role to coordinate care for the elderly through care networks. However, we must transform fragmented care and focused on acute conditions into a system which adequately meets the demands of the elderly population. This study suggests that health services are more effective for the elderly care when they acquire the necessary attributes to provide a quality PHC. / Teleducação
4

Estudo de eficiência dos investimentos em saneamento básico no Brasil sob gestão pública e privada / Efficiency of study of the investments in basic sanitation in Brazil under public administration and private

Martin, Luis Eduardo January 2005 (has links)
Made available in DSpace on 2016-03-28T12:36:55Z (GMT). No. of bitstreams: 2 514.pdf: 1730703 bytes, checksum: 7b68d783aaf30181e313479bb8945890 (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2005 / Esta dissertação teve como objetivo principal comparar a eficiência de investimentos entre grupos de prestadores de serviços de saneamento básico de abrangência local, públicos e privados. As informações financeiras e operacionais para realização deste trabalho foram obtidas nas publicações dos diagnósticos dos serviços de água e esgotos do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento SNIS, referentes ao período de 1998 a 2003.No sentido de comprovar associações entre investimentos em água e os reflexos nos resultados operacionais desses sistemas de abastecimento, foram realizados testes de correlação bivariada utilizando o programa de estatística SPSS 12.0 for Windows. Devido o número de operadores privados que alimentaram com informações o SNIS durante todo o período em estudo ter sido muito baixo e devido às informações sobre os investimentos em água existentes no SNIS não possibilitarem identificar em quais unidades componentes dos sistemas de abastecimento de água teriam sido aplicados os recursos, a avaliação dos resultados por meio do conceito de eficiência de programas acabou sendo dificultada. Este trabalho torna-se relevante devido à possibilidade do banco de dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento SNIS se transformar no Sistema Nacional de Informação em Saneamento Ambiental SNISA, conforme anteprojeto de lei da nova Política Nacional de Saneamento Ambiental. O novo banco de dados deverá coletar e sistematizar dados relativos à gestão de serviços de saneamento básico, gerar novas informações e indicadores para caracterização de demanda e oferta de serviços,diagnósticos ambientais, epidemiológicos e socioeconômicos, o que poderá permitir a avaliação dos programas e das políticas públicas no setor, dentro dos conceitos de eficácia,eficiência e efetividade.
5

Avaliação de serviços de triagem auditiva neonatal de Fortaleza, Ceará / Evaluation of newborn hearing screening services in Fortaleza, Ceará

Oliveira, Lívia Ferreira de Melo January 2013 (has links)
OLIVEIRA, Lívia Ferreira de Melo. Avaliação de serviços de triagem auditiva neonatal de Fortaleza, Ceará. 2013. 98 f. Dissertação (Mestrado em Saúde Pública) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2013. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2013-10-14T12:29:14Z No. of bitstreams: 1 2013_dis_lfmoliveira.pdf: 1055401 bytes, checksum: b6c0b6dd373697c7f4745f24211d199d (MD5) / Approved for entry into archive by denise santos(denise.santos@ufc.br) on 2013-10-14T13:36:57Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2013_dis_lfmoliveira.pdf: 1055401 bytes, checksum: b6c0b6dd373697c7f4745f24211d199d (MD5) / Made available in DSpace on 2013-10-14T13:36:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2013_dis_lfmoliveira.pdf: 1055401 bytes, checksum: b6c0b6dd373697c7f4745f24211d199d (MD5) Previous issue date: 2013 / Os Serviços de Triagem Auditiva Neonatal de Hospitais e Maternidades realizam a triagem dos recém-nascidos normais e com risco para deficiência auditiva antes da alta hospitalar. A testagem dos neonatos de UTIN deve incluir obrigatoriamente o PEATE, e tem que haver o monitoramente dos bebês com IRDA. A lei federal 12.303/2010 obriga todos os Hospitais e Maternidades da realizarem gratuitamente um dos exames da Triagem Auditiva Neonatal. Neste estudo, objetivou-se avaliar os Serviços de Triagem Auditiva Neonatal instalados nos Hospitais e Maternidades pertencentes ao Sistema Único de Saúde e da rede privada da cidade de Fortaleza, Ceará. Metodologia: Consistiu em estudo transversal, realizado em duas etapas, identificação dos Hospitais/Maternidades que possuem e não possuem STAN e caracterização da Estrutura, Processo e Resultados dos serviços. Os locais sem STAN responderam os motivos de não implantação do serviço, e os locais com STAN responderam questionário sobre Estrutura, Processo e Resultados, cuja avaliação foi categorizada em satisfatória e insatisfatória de acordo com a comparação com recomendações internacionais. Foi ainda caracterizado um STAN de Hospital de Fortaleza avaliado. Os resultados foram apresentados de forma descritiva, e as variáveis categóricas foram testadas através do qui-quadrado. Resultados: Dos 15 Hospitais/Maternidades de Fortaleza, 33% possuem STAN e 67% não possuem. Entre a rede pública 57% possuem STAN e na rede privada 13% possuem. 90% dos Hospitais/Maternidades que não possuem STAN encaminham os recém-nascidos para outros locais e a falta de recursos financeiros (70%) foi motivo mais relatado para não implantação do serviço. As instituições públicas (100%) conhecem a lei 12.303 e 57% das instituições privadas não conhecem. São 5 STAN em funcionamento nos Hospitais e Maternidades de Fortaleza, sendo somente 1 na rede privada. O número de profissionais nos STAN foi 2 (40%) e 1 (40%). O Índice de Cobertura variou entre 24 e 99%, tendo uma média de 63%. A média do Índice de Falha na triagem correspondeu a 20%. Os quesitos da Estrutura avaliados como satisfatórios foram: entrega do resultado da triagem (100%), presença do profissional audiologista (100%), presença do pediatra/neonatologista (100%), tecnologia usada na realização do exame (100%), local de realização da triagem (80%), registro do prontuário ou livro de registro (80%), serviço de avaliação audiológica completa. E os insatisfatórios foram: profissional otorrinolaringologista, serviço de avaliação médica e serviço de intervenção terapêutica(80%). Os quesitos do Processo avaliados como satisfatórios foram: escolha do protocolo da TAN (100%) e realização de reteste na própria instituição (80%), enquanto os insatisfatórios: seguimento da criança (80%) e protocolo de triagem das crianças com permanência em UTIN (60%). Os únicos quesitos dos Resultados dos STAN avaliados como satisfatórios foram: Controle mensal das crianças que não passaram na primeira triagem (100%) e Índice de crianças encaminhadas para diagnóstico audiológico (60%). Os resultados do STAN do Hospital mostrou falha em 43,9% da amostra, maior chance de passar na triagem ao realizar EOAT (p<0,001), maior chance em falhar (60,2%) se a criança tivesse permanecido em UTIN (p<0,001) ou se fosse portadora de IRDA (64,3%), maior chance de apresentar algum encaminhamento (93,6%) se falhar na triagem. Conclusão: A lei federal 12.303/2010 não está sendo cumprida na cidade de Fortaleza e apesar dos STAN de Fortaleza apresentarem uma Estrutura satisfatória, estão ocorrendo Processos e Resultados insatisfatórios. Recomenda-se o aprofundamento do tema para a melhoria da qualidade dos Serviços de Triagem Auditiva Neonatal de Fortaleza-CE.
6

Modelo rápido de avaliação: estudo de caso da programação pactuada e integrada de epidemiologia e controle de doenças em municípios do estado do Rio de Janeiro / Model quickly of evaluation: case study of the programming agreed and integrated of epidemiologia and control of illnesses in towns of the state of the Rio de Janeiro

Mello, Rita de Cássia Galhardo de January 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2012-09-06T01:12:26Z (GMT). No. of bitstreams: 2 license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) 856.pdf: 816345 bytes, checksum: 7ae2ef0c9325154627bedd9f5bde4fdb (MD5) Previous issue date: 2006 / O presente trabalho é um estudo de caso múltiplo utilizando-se como condição traçadora a ação de controle da dengue acordada na PPI-ECD, promulgada em 1999, que constitui em um instrumento de compromissos pertinentes a área de ECD, assumidos entre o Ministério da Saúde e os demais gestores do SUS. A PPI-ECD contempla um conjunto de atividades, metas e recursos financeiros pactuados entre as três instâncias federativas. O objetivo deste trabalho é avaliar o processo de implantação da descentralização das ações de ECD em dois municípios do Estado do Rio de Janeiro, no período de 2000 a 2005. O método adotado foi o Rapid Evaluation Method que possibilita a combinação de abordagens quanti-qualitativas, a coleta e avaliação por evidências, a identificação de intervenções eficazes e não custosas que sejam factíveis e de aplicação imediata. O REM é desenvolvido para ser realizado rapidamente, fornecendo informações confiáveis para o desempenho dos serviços de saúde. Construiu-se uma matriz que permite observar a intervenção avaliada com diversas dimensões, critérios e indicadores, fontes e métodos de coleta de dados. A seleção dos casos municipais foi feita através de critérios pré-eselecidos. (...)
7

Avaliação da qualidade do cuidado a idosos nos serviços da rede pública de atenção primária de Porto Alegre

Oliveira, Elise Botteselle de January 2012 (has links)
Introdução O envelhecimento populacional causado pelo aumento da longevidade e pela redução da fecundidade gera um aumento do peso relativo da população idosa e consequentemente leva a um aumento da demanda pelos serviços de saúde. A Atenção Primária à Saúde (APS) absorve grande número desses pacientes e é corresponsável pela promoção do envelhecimento saudável e, principalmente, pelo diagnóstico e manejo das doenças crônicas, que tendem a ser múltiplas nessa faixa etária. Este estudo tem por objetivo avaliar a qualidade do cuidado prestado a idosos na rede pública de APS de Porto Alegre. Métodos Estudo transversal de base populacional em adultos com mais de 60 anos, residentes nas áreas atendidas pela rede pública de APS de Porto Alegre, que abrange quatro tipos de serviços: as Unidades Básicas de Saúde (UBS), as equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), as unidades do Serviço de Saúde Comunitária do Grupo Hospitalar Conceição (SSC/GHC) e do Centro de Saúde Escola Murialdo (CSEM). Foi utilizado o instrumento validado PCATool-Brasil para avaliar o grau de orientação dos serviços à APS, medindo a presença e a extensão de seus atributos, assim como foi mensurada a prevalência de práticas preventivas rotineiras como medida do processo de atenção na população idosa. Resultados Foram identificados 212 idosos (62 em UBS, 75 em ESF, 32 no CSEM e 43 no SSC/GHC) na população estudada. Comparando-se o grau de orientação à APS entre os idosos dos diferentes serviços de saúde, houve diferença significativa para os atributos acesso-utilização, longitudinalidade, coordenação do cuidado e dos sistemas de informações, orientação familiar e comunitária. Quanto à atenção e à qualidade do cuidado aos idosos, houve diferença significativa entre os serviços com alta e baixa orientação à APS em relação à prática de orientações preventivas à população em geral, aos portadores de hipertensão e de diabetes e aos portadores de mais de uma doença crônica. Também houve diferença significativa entre os serviços de saúde quando se construiu um escore para sintetizar todas as intervenções estudadas. O escore de práticas preventivas foi maior nos serviços que também apresentaram alto escore de APS no PCATool-Brasil. Discussão Os resultados mostraram que os serviços de APS de Porto Alegre possuem escores baixos, principalmente para os atributos coordenação do cuidado e integralidade, além da baixa orientação comunitária. Em resumo, os escores de APS que determinam o grau de orientação à APS alcançado pelos serviços são maiores no SSC/GHC em relação à UBS e aos demais, porém extremamente baixos em todos os serviços. Somente o SSC/GHC atinge alto escore essencial e geral de APS. As práticas preventivas apresentaram prevalências significativamente maiores nos usuários dos serviços de alto escore de APS. Os escores da APS, apesar de baixos, são maiores para idosos dos que os alcançados quando se estudaram os adultos maiores de 18 anos de Porto Alegre. O serviço de saúde com pior grau de orientação à APS é o que atende mais da metade da população. Serviços provedores de APS que não atingem escores adequados para proporcionar à população serviços de qualidade, também não conseguem prestar adequadamente as intervenções preventivas destinadas a essa população. O desenho de natureza transversal e a amostra pequena são limitações do estudo. Conclusão É preciso valorizar a promoção e a prevenção em saúde para enfrentar as condições crônicas e o processo de envelhecimento. Nesse contexto, a APS desenvolve um papel primordial ao coordenar o cuidado dos idosos nas redes de atenção. No entanto, é preciso transformar a atenção fragmentada e centrada nas condições agudas em um sistema que atenda adequadamente às demandas da população idosa. Este estudo sugere que os serviços de saúde são mais efetivos para o cuidado dos idosos quando adquirem os atributos necessários para prover uma APS de qualidade. / Introduction Population aging caused by increasing longevity and decreasing fecundity leads to an increased proportion of elderly people in the population, which leads to an increased demand for health services. The Primary Health Care (PHC) absorbs large number of these patients and is responsible for promoting healthy aging and mainly the diagnosis and handling of chronic diseases, which tend to be multiple in this age group. This study aims to assess the impact of PHC on the health of older people by measuring the quality of the care provided to them in Porto Alegre’s public PHC. Methods Population-based cross-sectional study in adults over 60 years living in areas served by Porto Alegre’s public PHC covering four types of services: the Basic Health Units (BHU), the Family Health Strategy (FHS) teams, the Conceição Hospital Group Service of Community Health (CHG/SCH) and the Murialdo Health Center School (MHCS). PCAtool was used to assess the orientation degree of PHC services, measuring the presence of its attributes, as well as the prevalence of routine preventive practices used as a measure of the care process in the elderly. Results 212 elderly were identified (62 in BHU, 75 in FHS, 32 in MHCS and 43 in CHG/SCH). Comparing the PHC degree of orientation among the elderly from different services, significant differences to the access-use attributes, longitudinality, care coordination and information systems, family and community orientations were observed. Regarding care and quality of care for the elderly, significant differences were observed between the services with high and low PHC orientation when compared to preventive practice guidelines for the general public, to patients with hypertension and diabetes and to the ones with more than one chronic disease. There were also significant differences between the services when a score was built to synthesize all the interventions studied. The score of preventive services is also higher in PHC high score. Discussion The results showed that primary care services in Porto Alegre have low scores for attributes care coordination and integrality, besides low community orientation. In summary, the PHC 14 scores which determine the degree of orientation reached by the PHC services are higher in CHG/SCH compared to BHU and the others, but extremely low in all services. Only the CHG/SCH reached essential and general PHC high score. Preventive practices had significant higher prevalence of high scores in the PHC services. PHC scores, eventhough low, are higher for the elderly than the scores reached by the population of Porto Alegre with at least 18 years adults. The worst service level with PHC orientation is the one serving more than half of the population. PHC service providers which do not reach adequate scores to provide quality service to the people also fail to provide adequate preventive interventions for this population. The cross-sectional design nature and the small sample size are limitations of the present study. Conclusion It is needed to enhance the health promotion and prevention to address chronic conditions and the aging process. In this context, PHC develops a primary role to coordinate care for the elderly through care networks. However, we must transform fragmented care and focused on acute conditions into a system which adequately meets the demands of the elderly population. This study suggests that health services are more effective for the elderly care when they acquire the necessary attributes to provide a quality PHC. / Teleducação
8

Avaliação do acolhimento com classificação de risco em uma unidade de emergência

MARINHO, Déborah Danielle Tertuliano 31 January 2011 (has links)
Made available in DSpace on 2014-06-12T23:14:47Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivo6510_1.pdf: 2048264 bytes, checksum: db04aec6e4de84ecb966a770401e85cd (MD5) license.txt: 1748 bytes, checksum: 8a4605be74aa9ea9d79846c1fba20a33 (MD5) Previous issue date: 2011 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / A baixa resolutividade dos serviços básicos de saúde e de média complexidade acarreta em superlotação das unidades de alta complexidade. Dentre as políticas traçadas para amenizar essa situação, destaca-se a Política Nacional de Humanização (PNH), que se utilizou do Acolhimento com Avaliação e Classificação de Risco (AACR), para reorganizar o atendimento da demanda. Objetivou-se avaliar o AACR em um Hospital de Emergência de João Pessoa/PB, com foco nos requisitos preconizados pela PNH. Constitui-se em uma Pesquisa Avaliativa, que utilizou-se da triangulação de métodos: Análise Documental, Entrevistas e Observação. Considerando os dados documentais, foi verificada uma elevação contínua do número de atendimentos ao longo do período estudado. Apesar disso, a capacidade instalada não foi ampliada, aumentando o percentual de ocupação. A partir dos resultados das entrevistas, compreende-se que os profissionais entendem de forma geral a lógica do processo de AACR, apontando avanços e obstáculos que interferiram no processo de implantação. Apresentam como principais resultados a serem alcançados, o atendimento de acordo com o risco e a redução de filas. A partir das observações, constatou-se que os cenários de chegada são diversos, os profissionais são expostos a situações de constante pressão, tendo que tomar decisões rápidas e precisas, ocorrendo também divergências entre os profissionais em relação à classificação. De acordo com as considerações feitas através da triangulação de métodos, pode-se afirmar que o acolhimento está parcialmente implantado, com ressalvas a serem cumpridas posteriormente
9

Avaliação da qualidade do cuidado a idosos nos serviços da rede pública de atenção primária de Porto Alegre

Oliveira, Elise Botteselle de January 2012 (has links)
Introdução O envelhecimento populacional causado pelo aumento da longevidade e pela redução da fecundidade gera um aumento do peso relativo da população idosa e consequentemente leva a um aumento da demanda pelos serviços de saúde. A Atenção Primária à Saúde (APS) absorve grande número desses pacientes e é corresponsável pela promoção do envelhecimento saudável e, principalmente, pelo diagnóstico e manejo das doenças crônicas, que tendem a ser múltiplas nessa faixa etária. Este estudo tem por objetivo avaliar a qualidade do cuidado prestado a idosos na rede pública de APS de Porto Alegre. Métodos Estudo transversal de base populacional em adultos com mais de 60 anos, residentes nas áreas atendidas pela rede pública de APS de Porto Alegre, que abrange quatro tipos de serviços: as Unidades Básicas de Saúde (UBS), as equipes da Estratégia Saúde da Família (ESF), as unidades do Serviço de Saúde Comunitária do Grupo Hospitalar Conceição (SSC/GHC) e do Centro de Saúde Escola Murialdo (CSEM). Foi utilizado o instrumento validado PCATool-Brasil para avaliar o grau de orientação dos serviços à APS, medindo a presença e a extensão de seus atributos, assim como foi mensurada a prevalência de práticas preventivas rotineiras como medida do processo de atenção na população idosa. Resultados Foram identificados 212 idosos (62 em UBS, 75 em ESF, 32 no CSEM e 43 no SSC/GHC) na população estudada. Comparando-se o grau de orientação à APS entre os idosos dos diferentes serviços de saúde, houve diferença significativa para os atributos acesso-utilização, longitudinalidade, coordenação do cuidado e dos sistemas de informações, orientação familiar e comunitária. Quanto à atenção e à qualidade do cuidado aos idosos, houve diferença significativa entre os serviços com alta e baixa orientação à APS em relação à prática de orientações preventivas à população em geral, aos portadores de hipertensão e de diabetes e aos portadores de mais de uma doença crônica. Também houve diferença significativa entre os serviços de saúde quando se construiu um escore para sintetizar todas as intervenções estudadas. O escore de práticas preventivas foi maior nos serviços que também apresentaram alto escore de APS no PCATool-Brasil. Discussão Os resultados mostraram que os serviços de APS de Porto Alegre possuem escores baixos, principalmente para os atributos coordenação do cuidado e integralidade, além da baixa orientação comunitária. Em resumo, os escores de APS que determinam o grau de orientação à APS alcançado pelos serviços são maiores no SSC/GHC em relação à UBS e aos demais, porém extremamente baixos em todos os serviços. Somente o SSC/GHC atinge alto escore essencial e geral de APS. As práticas preventivas apresentaram prevalências significativamente maiores nos usuários dos serviços de alto escore de APS. Os escores da APS, apesar de baixos, são maiores para idosos dos que os alcançados quando se estudaram os adultos maiores de 18 anos de Porto Alegre. O serviço de saúde com pior grau de orientação à APS é o que atende mais da metade da população. Serviços provedores de APS que não atingem escores adequados para proporcionar à população serviços de qualidade, também não conseguem prestar adequadamente as intervenções preventivas destinadas a essa população. O desenho de natureza transversal e a amostra pequena são limitações do estudo. Conclusão É preciso valorizar a promoção e a prevenção em saúde para enfrentar as condições crônicas e o processo de envelhecimento. Nesse contexto, a APS desenvolve um papel primordial ao coordenar o cuidado dos idosos nas redes de atenção. No entanto, é preciso transformar a atenção fragmentada e centrada nas condições agudas em um sistema que atenda adequadamente às demandas da população idosa. Este estudo sugere que os serviços de saúde são mais efetivos para o cuidado dos idosos quando adquirem os atributos necessários para prover uma APS de qualidade. / Introduction Population aging caused by increasing longevity and decreasing fecundity leads to an increased proportion of elderly people in the population, which leads to an increased demand for health services. The Primary Health Care (PHC) absorbs large number of these patients and is responsible for promoting healthy aging and mainly the diagnosis and handling of chronic diseases, which tend to be multiple in this age group. This study aims to assess the impact of PHC on the health of older people by measuring the quality of the care provided to them in Porto Alegre’s public PHC. Methods Population-based cross-sectional study in adults over 60 years living in areas served by Porto Alegre’s public PHC covering four types of services: the Basic Health Units (BHU), the Family Health Strategy (FHS) teams, the Conceição Hospital Group Service of Community Health (CHG/SCH) and the Murialdo Health Center School (MHCS). PCAtool was used to assess the orientation degree of PHC services, measuring the presence of its attributes, as well as the prevalence of routine preventive practices used as a measure of the care process in the elderly. Results 212 elderly were identified (62 in BHU, 75 in FHS, 32 in MHCS and 43 in CHG/SCH). Comparing the PHC degree of orientation among the elderly from different services, significant differences to the access-use attributes, longitudinality, care coordination and information systems, family and community orientations were observed. Regarding care and quality of care for the elderly, significant differences were observed between the services with high and low PHC orientation when compared to preventive practice guidelines for the general public, to patients with hypertension and diabetes and to the ones with more than one chronic disease. There were also significant differences between the services when a score was built to synthesize all the interventions studied. The score of preventive services is also higher in PHC high score. Discussion The results showed that primary care services in Porto Alegre have low scores for attributes care coordination and integrality, besides low community orientation. In summary, the PHC 14 scores which determine the degree of orientation reached by the PHC services are higher in CHG/SCH compared to BHU and the others, but extremely low in all services. Only the CHG/SCH reached essential and general PHC high score. Preventive practices had significant higher prevalence of high scores in the PHC services. PHC scores, eventhough low, are higher for the elderly than the scores reached by the population of Porto Alegre with at least 18 years adults. The worst service level with PHC orientation is the one serving more than half of the population. PHC service providers which do not reach adequate scores to provide quality service to the people also fail to provide adequate preventive interventions for this population. The cross-sectional design nature and the small sample size are limitations of the present study. Conclusion It is needed to enhance the health promotion and prevention to address chronic conditions and the aging process. In this context, PHC develops a primary role to coordinate care for the elderly through care networks. However, we must transform fragmented care and focused on acute conditions into a system which adequately meets the demands of the elderly population. This study suggests that health services are more effective for the elderly care when they acquire the necessary attributes to provide a quality PHC. / Teleducação
10

Avaliação formal e informal dos serviços de saúde: um estudo de caso / Formal and informal evaluation of health services: a case study

Antonio Carlos Gomes do Espirito Santo 30 June 1993 (has links)
A partir de um estudo de caso desenvolvido numa Secretaria Municipal de Saúde, mediante utilização de técnicas de compilação documental, observação do cotidiano e entrevistas, são descritos e analisados os conteúdos e formas da avaliação formal e informal, empregando-se uma abordagem que considera aspectos históricos, politicos, administrativos e sócio-culturais da instituição. Tal tipo de abordagem permitiu a identificação dos problemas enfrentados pelo sistema de avaliação formal e dos fatores que interferem na avaliação informal, apontando as possibilidades e conveniências da articulação entre ambas. / From a case study developed in a municipal secretary of health, through the use of document compilation technics, daily work observation and interviews, contents and forms of formal and informal evaluation are described and analysed by employing an approach which takes into consideration historical, political, administrative and social-cultural aspects of the institution. Such type of approach has enabled the identification of the problema faced by the formal system of evaluation and of the factors which interfere with the informal evaluation, pointing out to the possibilities and conveniences of the connection between them.

Page generated in 0.096 seconds