• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 10138
  • 33
  • 30
  • Tagged with
  • 10193
  • 10193
  • 10193
  • 4166
  • 1798
  • 1797
  • 1762
  • 1190
  • 1168
  • 1163
  • 1071
  • 934
  • 911
  • 859
  • 855
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

AVALIAÇÃO MERCADOLÓGICA E DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA, VISANDO A PROPOSIÇÃO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS PARA A MESORREGIÃO SUDOESTE DE MATO GROSSO DO SUL / MERCADOLÓGICA EVALUATION IN AGRICULTURAL PRODUCTION, VISANDO A PROPOSAL FOR SAF FOR MESORREGIÃO SOUTHEST MATO GROSSO IN SOUTH

Silva, Jocemar José da 18 April 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2016-02-26T12:59:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 jocemarJoseSilva.pdf: 1769957 bytes, checksum: 89d6a79ae35660bad59eb83e507744f6 (MD5) Previous issue date: 2009-04-18 / The present work was perceived in municipal district of Dourados/MS, mesoregion southwest of Mato Grosso do Sul, with he purpose of meeting the socio-demographic profile and the habits of consumers shopping of fruits and vegetables, and obtain social indications and agroeclogical develop models for planning of production systems based on agroforestry sistems as an alterntive to the predominant family farming in the region. The study was based on interviews involving producers, consumers, large and samall traders and fairground participating in the production chain and fruit crop in the region of Dourados/MS, both of the city as of some rural settlements, indepedent producers and reflorestadoras. The results led to the following conclusions: 83,8% of 105 consumers interviewed are female and 16,1% male; on the occupation of heads of families, 16,1% are lousinessman, 14,7% were civil servants, 14,7% professionals, 11,7% retirees pensioners, 10,3% undertakers and 32,3% heads of families who have more than one occupation. The repondents aged up to 35 years totalized 60%, from 36 to 55 years, 32,3% and those over 55 years, 7,7%. About the family income, 55,2% have less income than four minimum wages while between 4 and 10 minimum wages, was 34,2% and of 10,5% for more than 10 minimum wages. There is, between interviewed consumers, preference for buy barn products, that don´t be mixed, with good appearance, coolness and natural look, but 77,9% of these consumers don´t know the origin of products 17,7% of consumers showed interest in obtaining more information about the products that they consume, the benefits that the bing to health and how best to use them, and 16,9% if were produced with or without pesticides. The research results show that the principal obstacles to the marketing of products of the region are the insufficient of production and lack of standardization. The lettwe, tomato, banana, apple and orange are the vegetables and fruits mosta appreciate for consumers. With statement satisfaction of quantity, quality and diversity of products, the interviewed were unamnimous in reply that they were satisfied. On statement organic products, 55,2% of consumers reported that abeady obtained it and the main reason for not purchasing the price is high, and that the most establishments don t sell organic products due to lack of suppliers. The results showed that the various types of friutful, forest and medicinal below, are the best alternatives to be included in the mixture of SAFs, which will meet the needs of small producers in the region, because of its demand and acceptance by consumers and commercial establishments: a) Fruitful: banana, orange, watermelon, papaya and pineapple; b) Forest species: ipê, peroba, cedar, palm trees juçara and pupunha, yerba mate, Eucalyptus grandis e Eucalyptus citriodora; c) Medicinal: boldo, grass-saint, carqueja, chamomile, espinheira-saint. Based on effects of research formulate the following proposals for Agroforestry system for the region: 1) Agrissilvicultural System: having the palm as the main product extracted from palm juçara (Euterpe edulis Mart) associate with agricultural cultures (maize and beans) and timber species (ingá, ipê, and Eucalyptus); 2) Agrissilvicultural system, composed by pupunha (Bactris gasipaes), associate with some agricultural cultures (sweet potato, grass-saint, cassava, watermelon and pineapple) and tree (ingá and peroba); 3) Agrissilvicultural system, with production of bananas, pineapple and cassava, associate with timber species (ingá, eucalyptus, aroeira and guariroba); 4) Agrissilvicultural system, aim to produce of bief cycle of fruitful (pineapple and watermelon), fruitful and palm tree (bananas, guava and pupunha), annual cultures (pig beans and cassava) and forest species (cedar, canafistula, ipê and macaúba); 5) Agrissilvicultural system, with production of fruitful (orange, ponkan, mango and papaya) associated with annual cycle culture (maize, pumpkin and maxixe), tree species (cedar, peroba, canafistula, ingá and gliricídia); 6) Agrissilvicultural system aiming the production of banana, cassava and papaya, associate with forest species (ingá, ipê, cedar and peroba) and bean guandu for covering of soil; 7) Agrissilvicultural system for production of wood, and may be used the Eucalyptus citriodora or E. Grandis in intercropping with agricultural cultures (maize and bean); 8) Agrissilvicultural system having aim of the production of fruitful (banana, papaya), timber species (cedar, ipê, aroeira, ingá, aroeira-red) and palms (macaúba, guariroba and juçara); 9) Agrissilvicultural system, composed of agricultural culture (maize), fruitfues (pineapple, banana and guava) and wood (cedar and aroeira); 10) Agrissilvicultural system, having the main culture the yerba mate, including cassava, pineapple, sweet potato, pumpkin, watermelon, maxixe and guaco; 11) Agrissilvipastoril system aiming the creation of levestock for dairy cattle, based consortuim of maize and cassava with trees (eucalyptus, aroeira and ingá); 12) Silvipastoril system with Eucalyptus (E. Grandis or E. Citriodora) associated with grass Brachiaria brizantha and legume Calopogonium muconoides, having the aim of setting up livestock for daity cattle; 13) Silvipastoril system aiming at the creation of dairy cattle for livestock, composed of scattered or isolated trees in the midst of pasture (hose, leucena, ingá and macaúba); 14) Silvipastoril system, aiming at the creation of daity cattle for livestock, composed of the stock system in the form of wood with cedar, ipê, ingá, jatobá of savannah and peroba. For taining of pasture will be used to B. Brizantha; 15), aiming at the creation of dairy cattle for livestock, composed of tree an shrub species forage such as: canafístula, gliricídia, leucena, mutambo, which will facilitate the creation of the herd, because over the lack of pasture in the station dry, they will exert an important role in the provision of food for cattle. / O presente trabalho foi realizado no município de Dourados/MS, mesorregião Sudoeste de Mato Grosso do Sul, com o objetivo de conhecer o perfil sócio-demográfico e os hábitos de compra dos consumidores de frutas e verduras, bem como obter referências sociais e agroecológicas para elaborar modelos de planejamento de sistemas de produção baseado em Sistemas Agroflorestais como alternativa para a agricultura familiar predominante na região. O estudo foi realizado com base em entrevistas envolvendo produtores, consumidores, pequenos e grandes comerciantes e feirantes que integram a cadeia produtiva olerícola e frutícola da região de Dourados MS, tanto da cidade quanto de alguns assentamentos rurais, produtores independentes e reflorestadoras. A análise dos resultados levou às seguintes conclusões: dos 105 consumidores entrevistados 83,8 são do sexo feminino e 16,1 masculino; sobre a ocupação dos chefes de famílias, 16,1% são comerciários, 14,7% eram funcionários públicos, 14,7% profissionais liberais, 11,7% aposentados/pensionistas, 10,3% empresários e 32,3 chefes de famílias que tem mais de uma ocupação. Os entrevistados com idade até 35 anos totalizaram 60%; de 36 a 55 anos, 32,3% e aqueles com mais de 55 anos, 7,7%. Sobre a renda familiar, 55,2% tem renda menor que quatro salários mínimos, enquanto que entre 4 e 10 salários mínimos foi de 34,2% e de 10,5% para mais de 10 salários mínimos. Há, entre os consumidores entrevistados, preferência por compra de produtos a granel, que não estejam amassados, com boa aparência, frescos e aspecto de natural, porém 77,9 % destes consumidores não sabem a origem dos produtos; 17,7 dos consumidores mostraram interesse em obter mais informações sobre os produtos que consomem, os benefícios que trazem à saúde e as melhores formas de utilizá-los, e 16,9%, se foram produzidos com ou sem agrotóxicos. Os resultados da pesquisa mostram que os principais entraves para a comercialização dos produtos da região são a insuficiência da produção e falta de padronização. A alface, tomate, banana, maçã e laranja são as hortaliças e frutas mais apreciadas pelos consumidores. Com relação à satisfação da quantidade, qualidade e variedade dos produtos, os entrevistados foram unânimes em responder que estão satisfeitos. Em relação a produtos orgânicos, 55,2% dos consumidores informaram que já os adquiriu e o principal motivo para a não aquisição é o preço elevado, sendo que a maioria dos estabelecimentos não vende produtos orgânicos devido à falta de fornecedores. Os resultados obtidos permitiram concluir que as espécies frutíferas, florestais e medicinais abaixo, são as melhores alternativas para serem incluídas na mistura de SAFs, que irá satisfazer as necessidades dos pequenos produtores da região, devido à sua procura e aceitação pelos estabelecimentos comerciais e consumidores: a) frutíferas: banana, laranja, melancia, mamão e abacaxi; b) espécies florestais: ipê, peroba, cedro, palmeiras juçara e pupunha, erva-mate, Eucaliptus grandis, Eucaliptus citriodora; c) medicinais: boldo, capim-santo, carqueja, camomila, espinheira-santa. Com base nos resultados da pesquisa formulou-se as seguintes propostas de Sistemas Agroflorestais para a região: 1- sistema agrissilvicultural, tendo o palmito como produto principal extraído da palmeira juçara (Euterpe edulis Mart), consorciada com cultivos agrícolas (feijão e milho) e espécies madeireiras (ingá, ipê e eucalipto); 2 - sistema agrissilvicultural, composto pela pupunha (Bactris gasipaes), consorciada com algumas culturas agrícolas (batata-doce, capim-santo, mandioca, melancia e abacaxi) e arbóreas (ingá e peroba); 3 - sistema agrissilvicultural, com produção de banana, abacaxi e mandioca, consorciadas com espécies madeireiras (ingá, eucalipto, aroeira e guariroba); 4 - sistema agrissilvicultural, visa a produção de frutíferas de ciclo curto (abacaxi e melancia), frutíferas e palmeira (banana, goiaba e pupunha), culturas anuais (feijão de porco e mandioca) e espécies florestais (cedro, canafistula, ipê e macaúba); 5 - sistema agrissilvicultural com produção de frutíferas (laranja, ponkan, manga e mamão) consorciadas com culturas de ciclo anual (milho, abóbora e maxixe), espécies arbóreas (cedro, peroba, canafistula, ingá e gliricídia); 6 - sistema agrissilvicultural visando a produção da banana, mandioca e mamão, consorciadas com espécies florestais (ingá, ipê, cedro e peroba) e feijão guandu para cobertura do solo; 7 - sistema agrissilvicultural para produção de madeira, podendo ser usado o Eucalyptus citriodora ou E. grandis em consorciação com culturas agrícolas (milho e feijão); 8 - sistema agrissilvicultural tendo como objetivo a produção de frutíferas (banana, mamão), espécies madeireiras (cedro, ipê, aroeira, ingá, aroeira-vermelha) e palmeiras (macaúba, guariroba e juçara); 9 - sistema agrissilvicultural, composto por cultura agrícola (milho), frutíferas ( abacaxi, banana e goiaba) e madeireiras (cedro e aroeira); 10 - sistema agrissilvicultural, tendo como cultura principal a erva-mate, incluindo-se mandioca, abacaxi, batata-doce, abóbora, melancia, maxixe e guaco; 11 - sistema agrissilvipastoril visando a criação de gado para pecuária leiteira, baseado no consórcio de milho e mandioca com arbóreas (eucalipto, aroeira e ingá); 12 - sistema silvipastoril com eucalipto (E. grandis ou E. citriodora) associado à gramínea Brachiaria brizantha e à leguminosa Calopogonium muconoides, tendo como objetivo a criação de gado para pecuária leiteira; 13 - sistema silvipastoril visando a criação de gado para pecuária leiteira, composto por árvores dispersas ou isoladas em meio à pastagem (mangueira, leucena, ingá e macaúba); 14 - sistema silvipastoril, objetivando a criação de gado para pecuária leiteira, composto pela arborização do sistema em forma de bosque com cedro, ipê, ingá, jatobá do cerrado e peroba. Para formação da pastagem será usada a B. brizantha; 15 - sistema silvipastoril, visando a criação de gado para pecuária leiteira, composto por espécies arbóreas e arbusto forrageiro tais como: canafístula, gliricídia, leucena, mutambo, que irão favorecer na criação do rebanho, pois durante a falta de pastagem na estação seca, eles irão exercer um papel importante no fornecimento de alimento para o gado.
2

MESOFAUNA EDÁFICA E A TAXA DE DECOMPOSIÇÃO DA RESTEVA DE TRÊS SUCESSÕES DE CULTURA EM SISTEMA PLANTIO DIRETO

Vieira, Maria Helena Pereira 30 December 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2016-02-26T12:59:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MariaHelenaPVieira.pdf: 2342333 bytes, checksum: fde0f858ac7ca1f3972b7de5cdad763d (MD5) Previous issue date: 2008-12-30 / The mesofauna soil is composed primarily of Mite and Collembola (75 to 97% of total arthropod fauna of the soil) is one of the few groups of human beings who show enormous diversity of forms, habitat and behavior, being found in almost all places accessible to wildlife because they live in regions epi, hemispheric and euedáficas. The components of mesofauna have a very important role in the process of disintegration, decomposition, transport of organic matter, mixed horizon, transport of nutrients, aeration and biological control, thus allowing together with the fungi, a balanced soil. Overall, we found that changes in species diversity and in the community structure of soil organisms, under different management practices, directly interfere in the functioning of soil and hence the sustainability of agroecosystems, acting as indicators of its degradation. The study aimed to evaluate the mesofauna soil, its influence on the decomposition rate of mulch during the crop cycle and its activity as indicators of soil quality, seeking the understanding of its role in the functioning of tillage. The collections were made in the field from October 2006 to September 2007, within a long-term experiment, started in October 1997, using a split-plot experimental design with three replicates per share. The technique employed to study the soil mesofauna, involved the collection of soil in the range of 0 to 5 cm in depth (nine samples of 220cm ³ for environment, totaling 567 samples for analysis of mesofauna), being used to funnel a Berlese (modified). To maintain the much on the site was used to screen a 50cm2, with mesh of 1cm fixed by the edges with vergalhão iron 5.16 (0.8 mm). Where fortnightly was withdrawn, kiln-dried for two days and heavy, to measure the decomposition of organic matter. The decomposition rate of mulch was influenced by the people of mesofauna soil, and good soil conditions (humidity gravimetric and soil cover) and climate. The rate of decomposition of hairy vetch was higher among the three treatments. The action of mesofauna soil was more efficient in reducing the straw of hairy vetch. The rate of decomposition was lower in the treatment Oats black; The diversity of plant species used in crop rotation to influence the occurrence of populations of the group Mite, Collembola, Insecta, Miriapoda and Isopoda. Highest amount of resteva, rainfall and humidity index gravimetric influenced largest stock picks Haughton, Collembola, Miriapoda, Insecta and Isopoda. It was identified 26 genera and two families of Mite, with 13 genera Cryptostigmata, 11, Mesostigmata and 4 of Prostigmata. The predominant genera of Mite Cryptostigmata, Mesostigmata and Prostigmata in all treatments was Mancoribates, Rhodacarus and Cunaxa, respectively. The populations of Mite, Collembola, Insecta, Miriapoda and Isopoda were effective indicators of soil quality in terms of management used. The predominant species of Collembola in the three treatments was Lepidocyrtus. The genus Lepidocyrtus had populations of 81%, 67% and 56% higher than the other genera in treatments + oat mixture of hairy vetch, oats and hairy vetches, respectively. The predominant group of Class Insecta was Formicidae. It was 01 (a) type of Miripoda, Polyxenus. Largest population of Isopoda was found in the treatment of oat mixture + hairy vetch, followed by Oats vetches black and hairy. The largest populations of mesofauna was obtained by the group of Acari (60% of individuals), followed by Collembola (17%), Miriapoda (12%), Insecta (7%) and Isopoda (4%). The largest populations of Mite, Collembola, Miriapoda and Isopoda were found in the treatment mixture (Oats black hairy vetches +), followed by treatment Oats vetches black and hairy / A mesofauna edáfica é composta principalmente por Acari e Collembola (75 a 97% da fauna total de artrópodos do solo) constitui um dos poucos grupos de seres que mostram enorme diversidade de formas, hábitat e comportamento, sendo encontradas em quase todos os locais acessíveis à vida animal pois vivem nas regiões epi, hemi e euedáficas. Os componentes da mesofauna têm um papel muito importante no processo de desagregação, decomposição, transporte de matéria orgânica, mistura de horizonte, transportes de nutrientes, aeração e controle biológico, permitindo dessa forma juntamente com os fungos, um equilíbrio edáfico. De modo geral, observa-se que as alterações na diversidade de espécies e na estrutura da comunidade de organismos do solo, sob práticas de manejo diferenciadas, interferem diretamente no funcionamento do solo e, conseqüentemente, na sustentabilidade dos agroecossistemas, atuando como indicadores de sua degradação. O trabalho teve como objetivo avaliar a mesofauna edáfica, sua influência na velocidade de decomposição da resteva durante o ciclo das culturas e sua atividade como indicadores da qualidade do solo, buscando o entendimento do seu papel no funcionamento do sistema plantio direto. As coletas de campo foram realizadas no período de outubro 2006 a setembro de 2007, dentro de um experimento de longa duração, iniciado em outubro de 1997, utilizando-se o delineamento experimental de parcelas subdivididas com três repetições por parcela. A técnica empregada para o estudo da mesofauna edáfica, envolveu a coleta de solo na faixa de 0 a 5cm de profundidade (nove amostras de 220cm³ por ambiente, totalizando 567 amostras para análise da mesofauna), sendo utilizado o funil de Berlese (modificado). Para manutenção da resteva sobre o local foi utilizada uma tela de 50cm2, com malha de 1cm fixada pelas extremidades com vergalhão de ferro 5.16 (0,8mm). Onde quinzenalmente era retirada, seca em estufa por dois dias e pesada, para mensurar a decomposição da matéria orgânica. A velocidade de decomposição da resteva foi influenciada pela população da mesofauna do solo, e boas condições edáficas (umidade gravimétrica e cobertura do solo) e climáticas. A taxa de decomposição da ervilhaca peluda foi maior entre os três tratamentos. A ação da mesofauna edáfica foi mais eficiente na redução da palha da ervilhaca peluda. A taxa de decomposição menor foi no tratamento Aveia preta; A diversidade de espécies vegetais utilizadas na rotação de cultura influenciou a ocorrência das populações do grupo Acari, Collembola, Insecta, Miriapoda e Isopoda. Maior quantidade da resteva, índice pluviométrico e umidade gravimétrica influenciaram maiores picos populacionais de Acari, Collembola, Miriapoda, Insecta e Isopoda. Identificou-se 26 gêneros e duas famílias de Acari, sendo 13 gêneros Cryptostigmata, 11 de Mesostigmata e 4 de Prostigmata. Os gêneros predominantes de Acari Cryptostigmata, Mesostigmata e Prostigmata em todos os tratamentos foi Mancoribates, Rhodacarus e Cunaxa, respectivamente. Os grupos populacionais de Acari, Collembola, Insecta, Miriapoda e Isopoda mostraram-se eficientes indicadores de qualidade do solo em função do manejo utilizado. O gênero de Collembola predominante nos três tratamentos foi Lepidocyrtus. O gênero Lepidocyrtus apresentou populações de 81%, 67% e 56% maiores que os demais gêneros nos tratamentos Mistura de aveia preta + ervilhaca peluda, Aveia preta e Ervilhaca peluda, respectivamente. O grupo predominante da classe Insecta foi Formicidae. Identificou-se 01 (um) gênero de Miripoda, Polyxenus. Maior população de Isopoda foi encontrada no tratamento Mistura de aveia preta + ervilhaca peluda, seguida por Aveia preta e Ervilhaca peluda. As maiores populações da mesofauna foi obtida pelo grupo dos Acari (60% dos indivíduos), seguidos pelos Collembola (17%), Miriapoda (12%), Insecta (7%) e Isopoda (4%). As maiores populações de Acari, Collembola, Miriapoda e Isopoda foram encontradas no tratamento Mistura (Aveia preta + Ervilhaca peluda), seguido pelo tratamento Aveia preta e Ervilhaca peluda
3

AVALIAÇÃO MERCADOLÓGICA E DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA, VISANDO A PROPOSIÇÃO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS PARA A MESORREGIÃO SUDOESTE DE MATO GROSSO DO SUL / MERCADOLÓGICA EVALUATION IN AGRICULTURAL PRODUCTION, VISANDO A PROPOSAL FOR SAF FOR MESORREGIÃO SOUTHEST MATO GROSSO IN SOUTH

Silva, Jocemar José da 18 April 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2016-02-26T12:59:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 jocemarJoseSilva.pdf: 1769957 bytes, checksum: 89d6a79ae35660bad59eb83e507744f6 (MD5) Previous issue date: 2009-04-18 / The present work was perceived in municipal district of Dourados/MS, mesoregion southwest of Mato Grosso do Sul, with he purpose of meeting the socio-demographic profile and the habits of consumers shopping of fruits and vegetables, and obtain social indications and agroeclogical develop models for planning of production systems based on agroforestry sistems as an alterntive to the predominant family farming in the region. The study was based on interviews involving producers, consumers, large and samall traders and fairground participating in the production chain and fruit crop in the region of Dourados/MS, both of the city as of some rural settlements, indepedent producers and reflorestadoras. The results led to the following conclusions: 83,8% of 105 consumers interviewed are female and 16,1% male; on the occupation of heads of families, 16,1% are lousinessman, 14,7% were civil servants, 14,7% professionals, 11,7% retirees pensioners, 10,3% undertakers and 32,3% heads of families who have more than one occupation. The repondents aged up to 35 years totalized 60%, from 36 to 55 years, 32,3% and those over 55 years, 7,7%. About the family income, 55,2% have less income than four minimum wages while between 4 and 10 minimum wages, was 34,2% and of 10,5% for more than 10 minimum wages. There is, between interviewed consumers, preference for buy barn products, that don´t be mixed, with good appearance, coolness and natural look, but 77,9% of these consumers don´t know the origin of products 17,7% of consumers showed interest in obtaining more information about the products that they consume, the benefits that the bing to health and how best to use them, and 16,9% if were produced with or without pesticides. The research results show that the principal obstacles to the marketing of products of the region are the insufficient of production and lack of standardization. The lettwe, tomato, banana, apple and orange are the vegetables and fruits mosta appreciate for consumers. With statement satisfaction of quantity, quality and diversity of products, the interviewed were unamnimous in reply that they were satisfied. On statement organic products, 55,2% of consumers reported that abeady obtained it and the main reason for not purchasing the price is high, and that the most establishments don t sell organic products due to lack of suppliers. The results showed that the various types of friutful, forest and medicinal below, are the best alternatives to be included in the mixture of SAFs, which will meet the needs of small producers in the region, because of its demand and acceptance by consumers and commercial establishments: a) Fruitful: banana, orange, watermelon, papaya and pineapple; b) Forest species: ipê, peroba, cedar, palm trees juçara and pupunha, yerba mate, Eucalyptus grandis e Eucalyptus citriodora; c) Medicinal: boldo, grass-saint, carqueja, chamomile, espinheira-saint. Based on effects of research formulate the following proposals for Agroforestry system for the region: 1) Agrissilvicultural System: having the palm as the main product extracted from palm juçara (Euterpe edulis Mart) associate with agricultural cultures (maize and beans) and timber species (ingá, ipê, and Eucalyptus); 2) Agrissilvicultural system, composed by pupunha (Bactris gasipaes), associate with some agricultural cultures (sweet potato, grass-saint, cassava, watermelon and pineapple) and tree (ingá and peroba); 3) Agrissilvicultural system, with production of bananas, pineapple and cassava, associate with timber species (ingá, eucalyptus, aroeira and guariroba); 4) Agrissilvicultural system, aim to produce of bief cycle of fruitful (pineapple and watermelon), fruitful and palm tree (bananas, guava and pupunha), annual cultures (pig beans and cassava) and forest species (cedar, canafistula, ipê and macaúba); 5) Agrissilvicultural system, with production of fruitful (orange, ponkan, mango and papaya) associated with annual cycle culture (maize, pumpkin and maxixe), tree species (cedar, peroba, canafistula, ingá and gliricídia); 6) Agrissilvicultural system aiming the production of banana, cassava and papaya, associate with forest species (ingá, ipê, cedar and peroba) and bean guandu for covering of soil; 7) Agrissilvicultural system for production of wood, and may be used the Eucalyptus citriodora or E. Grandis in intercropping with agricultural cultures (maize and bean); 8) Agrissilvicultural system having aim of the production of fruitful (banana, papaya), timber species (cedar, ipê, aroeira, ingá, aroeira-red) and palms (macaúba, guariroba and juçara); 9) Agrissilvicultural system, composed of agricultural culture (maize), fruitfues (pineapple, banana and guava) and wood (cedar and aroeira); 10) Agrissilvicultural system, having the main culture the yerba mate, including cassava, pineapple, sweet potato, pumpkin, watermelon, maxixe and guaco; 11) Agrissilvipastoril system aiming the creation of levestock for dairy cattle, based consortuim of maize and cassava with trees (eucalyptus, aroeira and ingá); 12) Silvipastoril system with Eucalyptus (E. Grandis or E. Citriodora) associated with grass Brachiaria brizantha and legume Calopogonium muconoides, having the aim of setting up livestock for daity cattle; 13) Silvipastoril system aiming at the creation of dairy cattle for livestock, composed of scattered or isolated trees in the midst of pasture (hose, leucena, ingá and macaúba); 14) Silvipastoril system, aiming at the creation of daity cattle for livestock, composed of the stock system in the form of wood with cedar, ipê, ingá, jatobá of savannah and peroba. For taining of pasture will be used to B. Brizantha; 15), aiming at the creation of dairy cattle for livestock, composed of tree an shrub species forage such as: canafístula, gliricídia, leucena, mutambo, which will facilitate the creation of the herd, because over the lack of pasture in the station dry, they will exert an important role in the provision of food for cattle. / O presente trabalho foi realizado no município de Dourados/MS, mesorregião Sudoeste de Mato Grosso do Sul, com o objetivo de conhecer o perfil sócio-demográfico e os hábitos de compra dos consumidores de frutas e verduras, bem como obter referências sociais e agroecológicas para elaborar modelos de planejamento de sistemas de produção baseado em Sistemas Agroflorestais como alternativa para a agricultura familiar predominante na região. O estudo foi realizado com base em entrevistas envolvendo produtores, consumidores, pequenos e grandes comerciantes e feirantes que integram a cadeia produtiva olerícola e frutícola da região de Dourados MS, tanto da cidade quanto de alguns assentamentos rurais, produtores independentes e reflorestadoras. A análise dos resultados levou às seguintes conclusões: dos 105 consumidores entrevistados 83,8 são do sexo feminino e 16,1 masculino; sobre a ocupação dos chefes de famílias, 16,1% são comerciários, 14,7% eram funcionários públicos, 14,7% profissionais liberais, 11,7% aposentados/pensionistas, 10,3% empresários e 32,3 chefes de famílias que tem mais de uma ocupação. Os entrevistados com idade até 35 anos totalizaram 60%; de 36 a 55 anos, 32,3% e aqueles com mais de 55 anos, 7,7%. Sobre a renda familiar, 55,2% tem renda menor que quatro salários mínimos, enquanto que entre 4 e 10 salários mínimos foi de 34,2% e de 10,5% para mais de 10 salários mínimos. Há, entre os consumidores entrevistados, preferência por compra de produtos a granel, que não estejam amassados, com boa aparência, frescos e aspecto de natural, porém 77,9 % destes consumidores não sabem a origem dos produtos; 17,7 dos consumidores mostraram interesse em obter mais informações sobre os produtos que consomem, os benefícios que trazem à saúde e as melhores formas de utilizá-los, e 16,9%, se foram produzidos com ou sem agrotóxicos. Os resultados da pesquisa mostram que os principais entraves para a comercialização dos produtos da região são a insuficiência da produção e falta de padronização. A alface, tomate, banana, maçã e laranja são as hortaliças e frutas mais apreciadas pelos consumidores. Com relação à satisfação da quantidade, qualidade e variedade dos produtos, os entrevistados foram unânimes em responder que estão satisfeitos. Em relação a produtos orgânicos, 55,2% dos consumidores informaram que já os adquiriu e o principal motivo para a não aquisição é o preço elevado, sendo que a maioria dos estabelecimentos não vende produtos orgânicos devido à falta de fornecedores. Os resultados obtidos permitiram concluir que as espécies frutíferas, florestais e medicinais abaixo, são as melhores alternativas para serem incluídas na mistura de SAFs, que irá satisfazer as necessidades dos pequenos produtores da região, devido à sua procura e aceitação pelos estabelecimentos comerciais e consumidores: a) frutíferas: banana, laranja, melancia, mamão e abacaxi; b) espécies florestais: ipê, peroba, cedro, palmeiras juçara e pupunha, erva-mate, Eucaliptus grandis, Eucaliptus citriodora; c) medicinais: boldo, capim-santo, carqueja, camomila, espinheira-santa. Com base nos resultados da pesquisa formulou-se as seguintes propostas de Sistemas Agroflorestais para a região: 1- sistema agrissilvicultural, tendo o palmito como produto principal extraído da palmeira juçara (Euterpe edulis Mart), consorciada com cultivos agrícolas (feijão e milho) e espécies madeireiras (ingá, ipê e eucalipto); 2 - sistema agrissilvicultural, composto pela pupunha (Bactris gasipaes), consorciada com algumas culturas agrícolas (batata-doce, capim-santo, mandioca, melancia e abacaxi) e arbóreas (ingá e peroba); 3 - sistema agrissilvicultural, com produção de banana, abacaxi e mandioca, consorciadas com espécies madeireiras (ingá, eucalipto, aroeira e guariroba); 4 - sistema agrissilvicultural, visa a produção de frutíferas de ciclo curto (abacaxi e melancia), frutíferas e palmeira (banana, goiaba e pupunha), culturas anuais (feijão de porco e mandioca) e espécies florestais (cedro, canafistula, ipê e macaúba); 5 - sistema agrissilvicultural com produção de frutíferas (laranja, ponkan, manga e mamão) consorciadas com culturas de ciclo anual (milho, abóbora e maxixe), espécies arbóreas (cedro, peroba, canafistula, ingá e gliricídia); 6 - sistema agrissilvicultural visando a produção da banana, mandioca e mamão, consorciadas com espécies florestais (ingá, ipê, cedro e peroba) e feijão guandu para cobertura do solo; 7 - sistema agrissilvicultural para produção de madeira, podendo ser usado o Eucalyptus citriodora ou E. grandis em consorciação com culturas agrícolas (milho e feijão); 8 - sistema agrissilvicultural tendo como objetivo a produção de frutíferas (banana, mamão), espécies madeireiras (cedro, ipê, aroeira, ingá, aroeira-vermelha) e palmeiras (macaúba, guariroba e juçara); 9 - sistema agrissilvicultural, composto por cultura agrícola (milho), frutíferas ( abacaxi, banana e goiaba) e madeireiras (cedro e aroeira); 10 - sistema agrissilvicultural, tendo como cultura principal a erva-mate, incluindo-se mandioca, abacaxi, batata-doce, abóbora, melancia, maxixe e guaco; 11 - sistema agrissilvipastoril visando a criação de gado para pecuária leiteira, baseado no consórcio de milho e mandioca com arbóreas (eucalipto, aroeira e ingá); 12 - sistema silvipastoril com eucalipto (E. grandis ou E. citriodora) associado à gramínea Brachiaria brizantha e à leguminosa Calopogonium muconoides, tendo como objetivo a criação de gado para pecuária leiteira; 13 - sistema silvipastoril visando a criação de gado para pecuária leiteira, composto por árvores dispersas ou isoladas em meio à pastagem (mangueira, leucena, ingá e macaúba); 14 - sistema silvipastoril, objetivando a criação de gado para pecuária leiteira, composto pela arborização do sistema em forma de bosque com cedro, ipê, ingá, jatobá do cerrado e peroba. Para formação da pastagem será usada a B. brizantha; 15 - sistema silvipastoril, visando a criação de gado para pecuária leiteira, composto por espécies arbóreas e arbusto forrageiro tais como: canafístula, gliricídia, leucena, mutambo, que irão favorecer na criação do rebanho, pois durante a falta de pastagem na estação seca, eles irão exercer um papel importante no fornecimento de alimento para o gado.
4

Comportamento do sorgo granífero em função do manejo de nitrogênio / Behavior of grain sorghum in function of the nitrogen management

Silva, Pedro Celso Soares da 15 July 2004 (has links)
The objective of this study was to define the adequate management of the nitrogen fertilization in the culture of grain sorghum, using as source the urea in soil of average texture. In the experiment conducted in 2001/02, was used a population density of 171,000 plants/ha-1, in direct plantation and was characterized by little precipitation. The assay realized in the agricultural year of 2002/03, was characterized by raised precipitation and was used 214,000 plants/ha-1, in conventional plantation. The experimental design was a randomized block with three repetitions and had been constituted by 21 treatments with nitrogen: 200 kg N/ha-1 in the base; 150 kg N/ha-1 in the base more 50 kg N/ha-1 on top on the 20, 44, 55, 66 and 74 days after the emergency of the plants; 100 kg N/ha-1 in the base more 100 kg N/ha-1 on top on the 20, 44, 55, 66 and 74 days after the emergency of the plants; 50 kg N/ha-1 in the base more 150 kg N/ha with on top on the 20, 44, 55, 66 and 74 days after the emergency of the plants; 200 kg N/ha-1 on top on the 20, 44, 55, 66 and 74 days after the emergency of the plants. In relation to the management with nitrogen fertilization in the of grain sorghum arrived the following: the treatments with 50 kg N/ha-1 in the base more 150 kg/ha-1 on top on the 66 and 74 days and 200 kg N/ha-1 on top on the 66 and 74 days in the low precipitation conditions of the agricultural year of 2001/02, had presented the lowest values of index of foliar area, biological productivity and grain yield; the nitrogen fertilization in the high precipitation conditions, registered in the agricultural year of 2002/03, provided to high index of foliar area and grain yield in hall the applied treatments; in experiment 2001/02, o the number of grains for panicle was the variable that more influenced in the grain yield and in 2002/03 it was the harvest index; by that is was observed in terms of grain yield, it could be said that good distribution of rain, the manegement with 200 kg N/ha-1 could be made until the 74 days the emergency, that would not reduce the productivity of grains / O objetivo deste estudo foi definir o manejo adequado da adubação nitrogenada na cultura do sorgo granífero, utilizando como fonte a uréia em solo de textura média. No experimento conduzido em 2001/02, foi usado uma densidade populacional de 171.000 plantas/ha, em plantio direto e foi caracterizado por pouca precipitação. O ensaio realizado no ano agrícola de 2002/2003, foi caracterizado por elevada precipitação e foi usada uma densidade populacional de 214.000 plantas/ha, em plantio convencional. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com três repetições, constituído por 21 tratamentos com nitrogênio: 200 kg N/ha na base; 150 kg N/ha na base mais 50 kg N/ha em cobertura aos 20, 44, 55, 66 e 74 dias após a emergência das plantas; 100 kg N/ha na base mais 100 kg N/ha em cobertura aos 20, 44, 55, 66 e 74 dias após a emergência das plantas; 50 kg N/ha na base mais 150 kg N/ha em cobertura aos 20, 44, 55, 66 e 74 dias após a emergência das plantas; 200 kg N/ha em cobertura aos 20, 44, 55, 66 e 74 dias após a emergência das plantas. Em relação ao manejo com adubação nitrogenada na cultura do sorgo granífero, chegou-se as seguintes conclusões: os tratamentos com 50 kg N/ha na base e 150kg/ha em cobertura aos 66 e 74 dias e 200 kg N/ha em cobertura aos 66 e 74 dias nas condições de baixa precipitação do ano agrícola de 2001/02, apresentaram os mais baixos valores de índice de área foliar, produtividade biológica e rendimento de grãos; a adubação nitrogenada realizada nas condições de alta precipitação, registradas no ano agrícola de 2002/03, proporcionaram elevado índice de área foliar e rendimento de grãos em todos os tratamentos aplicados; no experimento de 2001/02, o número de grãos por panícula foi a variável que mais influenciou no rendimento de grãos e em 2002/03 foi o índice de colheita; pelo que foi observado em termos de rendimento de grãos, poderia se dizer que se houver boa distribuição de chuvas, o manejo com 200kg N/ha poderia ser feito até os 74 dias após a emergência, que não reduziria a produtividade de grãos
5

Dormência e pré-germinação de sementes de arroz

Franzin, Simone Medianeira 20 March 2006 (has links)
No description available.
6

Caracterização e avaliação microscópica de leites condensados produzidos no Brasil

Santos, Marcelo Cerqueira dos 20 March 2012 (has links)
Submitted by Renata Lopes (renatasil82@gmail.com) on 2016-06-08T14:47:53Z No. of bitstreams: 1 marcelocerqueiradossantos.pdf: 977619 bytes, checksum: 8e199bb5080fa84c23c82b948f5f0d4c (MD5) / Approved for entry into archive by Adriana Oliveira (adriana.oliveira@ufjf.edu.br) on 2016-07-13T13:28:40Z (GMT) No. of bitstreams: 1 marcelocerqueiradossantos.pdf: 977619 bytes, checksum: 8e199bb5080fa84c23c82b948f5f0d4c (MD5) / Made available in DSpace on 2016-07-13T13:28:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 marcelocerqueiradossantos.pdf: 977619 bytes, checksum: 8e199bb5080fa84c23c82b948f5f0d4c (MD5) Previous issue date: 2012-03-20 / O leite condensado brasileiro apresentou um desempenho favorável entre os anos de 1996 e 2006, alcançando mais de 50% da pauta da exportação de produtos lácteos. Desta forma, torna-se importante aumentar o conhecimento a cerca dos atributos de qualidade do leite condensado nacional. O objetivo deste estudo foi caracterizar e avaliar oito marcas comerciais nacionais de leite condensado, com ênfase na avaliação microscópica relativa à presença de grandes cristais de lactose, defeito conhecido como arenosidade. Cada uma das marcas foi analisada para os atributos tamanho e número dos cristais de lactose, teores de umidade, lactose e sacarose, mediante a realização de três repetições autênticas. A marca oito apresentou o maior valor para massa de lactose cristalizável por unidade de produto (33,6g.395g-1). Houve diferença significativa entre as marcas de leite condensado para os atributos tamanho e número de cristais de lactose. Encontrou-se correlação significativa positiva (p < 0,021) entre o teor de lactose e o número de cristais de lactose. A análise microscópica para leites condensados contribuiu para a avaliação da qualidade do produto e do processo de microcristalização e, mediante a facilidade de manuseio e relevância das informações obtidas, torna-se uma importante ferramenta disponível ao controle de qualidade das indústrias. / Brazilian condensed milk showed a favorable performance between the years 1996 and 2006, reaching over 50% exports of dairy products. Thus, it is important to raise awareness about the quality attributes of the national condensed milk. The objective of this study was to characterize and evaluate eight national commercial brands of condensed milk, with emphasis on microscopic evaluation of the presence of large lactose crystals, defect known as grittiness. Each brand was analyzed for the attributes size and number of lactose crystals, humidity content, lactose and sucrose, by performing three authentic replicates. The brand number eight showed the highest value for lactose mass cristalizable by unit product (33,6g.395g-1). There were significant differences between brands of condensed milk for the attributes size and number of lactose crystals. It was found a significant positive correlation between lactose content and number of lactose crystals (p < 0,021). Microscopic analysis for condensed milk contributed to evaluate the quality of the product and microcrystalization process and through ease of use and relevance of the obtained information, it becomes an important tool available to industry’s quality control.
7

Expressão de genes envolvidos com o desenvolvimento do botão floral do algodoeiro (Gossypium hirsutum H.) por meio de RT-PCR e RT-qPCR

Batista, Vandré Guevara Lyra 22 August 2012 (has links)
Made available in DSpace on 2015-09-25T12:21:26Z (GMT). No. of bitstreams: 1 PDF - Vandre Guevara Lyra Batista.pdf: 915279 bytes, checksum: db4c1c0fb945a68ca720e9082f021bfc (MD5) Previous issue date: 2012-08-22 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / The use of public database, generated from genome projects, such as NCBI, CottonDB, SUCEST FORESTs, among others, is of great importance for molecular studies, especially those related to gene expression, since, in possession of sequences deposited, it is possible to isolate new genes or prospect and know their role in various ontogenetic stages. In plants, a stage of great demand for knowledge is related to reproduction. Currently, several studies with Arabidopsis thaliana involving identification and characterization of genes associated with reproductive organs, especially the bud phenology, has enabled major advances in our understanding of functions and can correlate them with other species. For plant species possessing large commodities such as cotton, these results are relevant, considering that several studies developed with this aim culture studies that enhance the expression quantitative trait dependent physiology of reproduction. In this study, we investigated the temporal and spatial expression of genes that are expressed in cotton bud by semiquantitative RT-PCR and qPCR. We selected four genes with a history of expression in floral buds (cottonbud7, cottonbud8, and cottonbud9 cottonbud10) and used for primer design. Tissue samples of flower buds (2-8 mm, 10-12 mm and 14-20 mm), leaves, stems and roots were collected and used for total RNA extraction and cDNA synthesis. The results of gene expression analyzes showed expression of selected genes in all tissues investigated, though genes cottonbud7 cottonbud10 and showed a stable expression in all phases investigated bud. It was observed further that the cottonbud10 showed a slightly higher expression in floral bud, when compared to other genes. The analysis of gene expression via cottonbud10 qPCR corroborate the results obtained with the RT-PCR. The results obtained in this study provide information about genes to promising research projects involving the improvement program for cotton. / A utilização de banco de dados públicos, gerados a partir de projetos genoma, como o NCBI, CottonDB, SUCEST, FORESTs, entre outros, é de grande relevância para estudos moleculares, especialmente aos relacionados a expressão gênica, uma vez que, de posse das sequências depositadas, é possível prospectar ou isolar novos genes e conhecer sua função em várias fases ontogenéticas. Em plantas, uma das fases de grande demanda de conhecimento é a relacionada com a reprodução. Atualmente, vários estudos com Arabidopsis thaliana envolvendo identificação e caracterização de genes associados aos órgãos reprodutores, especialmente a fenologia do botão floral, tem possibilitado grandes avanços no conhecimento de funções, podendo correlacioná-las em outras espécies. Para espécies vegetais detentoras de grandes commodities, como algodão, tais resultados são relevantes, considerando que várias pesquisas desenvolvidas com essa cultura visam estudos que potencializem a expressão de características quantitativas dependentes da fisiologia de reprodução. Neste trabalho, investigou-se a expressão temporal e espacial de genes que se expressam em botão floral de algodoeiro por meio de RTPCR semiquantitativa e qPCR. Foram selecionados quatro genes com histórico prévio de expressão em botão floral (cottonbud7, cottonbud8, cottonbud9 e cottonbud10) e utilizados para desenho de primers. Amostras de tecidos de botões florais (2-8 mm; 10-12 mm e 14-20 mm), folhas, hastes e raízes foram coletadas e utilizadas para a extração de RNA total e síntese de cDNA. Os resultados das análises de expressão gênica mostraram expressão dos genes selecionados em todos os tecidos investigados, contudo os genes cottonbud7 e cottonbud10 apresentaram estabilidade da expressão em todas as fases investigadas do botão floral. Pôde-se observar ainda, que o cottonbud10 apresentou nível de expressão levemente superior em botão floral, quando comparado aos demais genes. As análises de expressão do gene cottonbud10 via qPCR corroboram com os resultados obtidos com o RT-PCR. Os resultados obtidos neste trabalho, fornecem informações sobre genes promissores para trabalhos de pesquisa envolvendo o programa de melhoramento do algodão.
8

Desempenho de fosfitos de potássio no manejo de mofo branco em soja / Performance of potassium phosphite on white mold management in soybeans

Camochena, Rubia Cristiani 10 December 2015 (has links)
CAPES / A cultura da soja é importante no mercado brasileiro sendo um dos produtos mais exportados pelo país. Sua produtividade pode ser afetada pelas doenças, como mofo branco, causado pelo fungo Sclerotinia sclerotiorum Lib. de Bary, que, em condições ambientais favoráveis, se desenvolve nas lavouras e impede a cultura de expressar todo seu potencial produtivo. O fungo é cosmopolita e infecta mais de 400 espécies de plantas. Essa doença é de difícil controle, e o uso de agroquímicos não é suficiente para evitar perdas significativas, e além disso, causam danos ambientais e possuem custos elevados. Métodos alternativos, a exemplo dos fertilizantes foliares, à base de fosfito de potássio, também podem ser utilizados no manejo desta doença. Dessa forma, o objetivo do trabalho foi comparar diferentes fosfitos de potássio no controle do mofo branco em soja, bem como a época de aplicação na cultura, a ação na indução de respostas de defesa das plantas e/ou sua influência na qualidade das sementes. O efeito dos fosfitos sobre o patógeno foi avaliado, in vitro, sobre a inibição micelial, a massa de micélio seca e germinação de escleródios. Em todos os testes foram utilizados os seguintes fosfitos: Fosfito A (P2O5-40%; K2O-20% - 1 L/ha); Fosfito B (P2O5-40%; K2O-28% - 1 L/ha); Fosfito C (P2O5-40%; K2O-20% - 1 L/ha), Fosfito D (P2O5-30%; K2O-20% - 2,4 L/ha). Nos testes de indução de resistência foram avaliadas a síntese de fitoalexinas, em cotilédones de soja, e as enzimas FAL e POX, avaliadas em plântulas, em câmara de crescimento, pulverizadas com os fosfitos e o fungicida fluazinam. O experimento de campo foi conduzido no Município de Coronel Domingos Soares-PR, na safra 2012/2013, em área com infestação natural com o fitopatógeno. Foi semeada a cultivar de soja utilizada foi BMX Ativa, em sistema de semeadura direta, com espaçamento entre linhas de 0,5 m. O delineamento experimental foi em arranjo fatorial 5 x 4 (tratamentos x épocas de aplicação). Foram utilizados os fosfitos descritos acima e pulverização somente com água no tratamento testemunha. Os tratamentos foram aplicados em quatro estádios fenológicos da cultura: V4, V4+R1, R1 e R2, nas dosagens recomendadas pelo fabricante. Após a colheita foram avaliados componentes de rendimento e qualidade sanitária e fisiológica das sementes. Nenhum dos fosfitos testados afetou o crescimento micelial e a germinação dos escleródios, nem influenciou na síntese de fitoalexinas. Os fosfitos C e D se destacaram por aumentar a atividade da fenilalanina amonia-liase a partir de 48 horas após a inoculação. Esses mesmos produtos também induziram a síntese de peroxidases e o fosfito C foi o que manteve os níveis dessa enzima elevados até 72 horas após a inoculação. No experimento de campo os fosfitos C e D se destacaram no controle do mofo branco. Não houve interação significativa dos fosfitos de potássio na qualidade fisiológica e sanitária das sementes. / Soybean plays an important role in the Brazilian agriculture being one of the products most exported by the country. Its yield may be affected by diseases such as white mold, caused by the fungus Sclerotinia sclerotiorum Lib. de Bary, which, under favorable field conditions prevents the crop of expressing all its productive potential. The fungus is cosmopolitan and infects more than 400 species of plants. This disease is difficult to control, and the use of chemicals has not been sufficient to avoid significant losses, thus, this products are expensive and may cause environmental damage. Alternative methods, such as foliar fertilizers based on potassium phosphite, can also be used in the management of this disease. In this context, this work aimed to study different sources of potassium phosphite and its effects in the control of white mold in soybeans, as well as the time of application in culture, its action in inducing plants defense responses and/or its influence over the seeds quality. The effect of phosphites, over the pathogen, was evaluated in vitro, on mycelial inhibition, the mass of dry mycelium and germination of sclerotia. In all tests, the following phosphites were utilized: Phosphite A (P2O5-40%; K2O-20% - 1 L/ha); Phosphite B (P2O5-40%; K2O-28% - 1 L/ha); Phosphite C (P2O5-40%; K2O-20% - 1 L/ha) e Phosphite D (P2O5-30%; K2O-20% - 2,4 L/ha). At the induction of resistance tests were evaluated the synthesis of phytoalexin in soybean cotyledons and the enzymes FAL and POX evaluated in seedlings in growing chamber, sprayed with phosphites and the fungicide fluazinam. Field experiment was carried out at Coronel Domingos Soares-PR, in the 2012/2013 season, in an area with natural infestation of the pathogen. Soybean cultivar BMX Active was no-till seeded with 0,5m between rows. The experimental was laid out as a factorial 5 x 4 scheme (treatment x application time). Phosphites sources were used, as described above, and water was sprayed in the control treatment. Treatments were applied at four different growth stages: V4, V4 + R1, R1 and R2 at the rates recommended by the manufacturer. Soybean yield components and seeds and health and physiological quality were evaluated after harvesting. None of the tested phosphites affected mycelial growth and sclerotia germination or influenced phytoalexin synthesis. Phosphites C and D stood out due to an increasing in the phenylalanine ammonia-lyase activity 48 hours after its inoculation. These same products also induced the synthesis and peroxidases and phosphite C kept the levels of this enzyme elevated up to 72 hours after inoculation. At the field trials, phosphites C and D stood out in the control of white mold. There was no significant interaction of potassium phosphite on physiological and sanitary quality of the seeds.
9

Qualidade da semente de soja tolerante ao glifosato, produzida em condições favoráveis / Quality of glyphosate-tolerant soybean seeds produced in Sacramento (MG)

Silva, Fernanda Favoreto 30 August 2007 (has links)
This work has aimed to evaluate the quality of glyphosate-tolerant seeds of soybean genotypes of early, mid-, and late season, produced in adequate conditions. Experiments took place in two phases. Firstly, in a field one, with three variety competition trials; 6 glyphosate-tolerant genotypes of soybean were evaluated: early season (BR01-71210, BR02-64301, BRSMG 750SRR, BRS Favorita RR, BRS Valiosa RR e M-Soy 8008 RR); mid-season (BR02-71943, RRMG03-9511, RRMG03-9563, RRMG03-9565, M-Soy 8585 RR e CD 219 RR); and late season (BR01-66633, BRSMG 850GRR, BRSMG 811CRR, RRMG03-9184, BRS Silvânia RR e M-Soy 8787 RR). The second phase took place at the Universidade Federal de Uberlândia s laboratory of seed research. Visual quality, wetness degree, weight of one thousand seeds, germination, plantules vigor, electrical conductivity, tegument, and emergence in sand of seeds produced in the field trials were evaluated. Independent experiments for each season were designed in full randomized blocks of 6 x 2 factorial designs. The first factorial design corresponds to the genotypes; the second one, to cropping periods (physiological maturity, cropping point), with four replications. Results led to the following conclusion: a) early season genotypes MGBR 01-71210 and M-Soy 8008 RR produced seeds of superior quality in comparison with the rest; b) mid-season genotypes RRMG 03-9563 produced seeds of worst quality; c) late season M-Soy 8787 RR e RRMG 03-9184 produced seeds of better and worst quality respectively; d) no matter the season, the quality of seeds cropped during the physiological maturity surpassed seeds cropped during the cropping point. / Este trabalho objetivou avaliar a qualidade das sementes de genótipos de soja tolerante ao glifosato, de ciclos precoce, médio e tardio, produzidas em condições favoráveis. Os experimentos foram realizados em duas fases. A primeira em campo, com três ensaios de competição de variedades, quando foram avaliados 6 genótipos de soja tolerantes a glifosato por ciclo de produção: ciclo precoce (BR01-71210, BR02- 64301, BRSMG 750 SRR, BRS Favorita RR, BRS Valiosa RR e M-Soy 8008 RR); ciclo médio (BR 02-71943, RRMG 03-9511, RRMG 03-9563, RRMG 03-9565, M-Soy 8585 RR e CD 219 RR) e ciclo tardio (BR 01-66633, BRSMG 850 GRR, BRSMG 811 CRR, RRMG 03-9184, BRS Silvânia RR e M-Soy 8787 RR). A segunda fase foi no laboratório de pesquisa de sementes da Universidade Federal de Uberlândia, quando foram avaliados a qualidade visual, o grau de umidade, o peso de mil sementes, a germinação, o vigor das plântulas, a condutividade elétrica, o tegumento e a emergência em areia das sementes produzidas nos ensaios de campo. Experimentos independentes para cada ciclo foram planejados em delineamento experimental de blocos casualizados completos, em esquema fatorial 6 x 2: o primeiro fator corresponde aos genótipos; o segundo, às épocas de colheita (maturação fisiológica e ponto de colheita), com quatro repetições. Concluiu-se que: a) Os genótipos de ciclo precoce MGBR 01-71210 e MSoy 8008 RR produziram sementes com qualidade superior aos demais; b) o genótipo de ciclo médio RRMG03-9563 produziu sementes de pior qualidade; c) no ciclo tardio, os genótipos M-Soy 8787 RR e RRMG 03-9184 produziram sementes de melhor e pior qualidade respectivamente; d) independentemente do ciclo, as sementes colhidas na maturação fisiológica apresentaram qualidade superior à daquelas colhidas no ponto de colheita. / Mestre em Agronomia
10

Diversidade genética em soja com diferentes níveis de resistência ao Sclerotinia sclerotiorum, correlações, análise de trilha e população de plantas / Genetic diversity in soybean with different levels of resistance to Sclerotinia sclerotiorum, correlations, path analysis and plant population

Machado, Beliza Queiroz Vieira 27 January 2017 (has links)
CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / O desenvolvimento de tecnologias de produção e o melhoramento genético da cultura da soja foram essenciais para a elevada produção nacional e expansão das fronteiras agrícolas. Os programas de melhoramento têm como objetivo a obtenção de genótipos produtivos e resistentes às pragas e doenças, como o mofo branco, causado pelo Sclerotinia sclerotiorum. Pesquisas têm apontado que a base genética da soja brasileira é estreita, evidenciando a importância dos estudos de diversidade genética com a finalidade de auxiliar a escolha de genitores para hibridação. Outro ponto importante é a seleção de linhagens superiores, pois a maioria dos caracteres alvos no melhoramento da soja é de natureza quantitativa. Nessa perspectiva, informações sobre correlações entre caracteres e análise de trilha auxiliam o melhorista na definição das estratégias de melhoramento. Uma vez selecionadas, as linhagens superiores são lançadas como novas cultivares, tornando fundamentais as informações acerca do manejo da cultura, como o tamanho adequado da população de plantas. Nesse contexto, os objetivos deste estudo foram avaliar a divergência genética de soja com diferentes níveis de resistência ao mofo branco; estudar as correlações entre os caracteres e análise de trilha; e avaliar a influência da densidade de semeadura em genótipos de soja em relação à produtividade de grãos e os caracteres morfo-agronômicos. Realizaram-se dois experimentos em condições de campo, na fazenda experimental Capim Branco da Universidade Federal de Uberlândia. No primeiro, avaliaram-se 24 genótipos de soja, em delineamento de blocos completos casualizados com três repetições. Verificou-se existência de variabilidade genética para todos os caracteres agronômicos. Os genótipos UFU B7, UFU B14, UFU B16, Msoy-6101 e UFU B5 foram classificados como genótipos de ciclo precoce e os genótipos UFU B1, UFU B3, UFU B8 e UFU B16 apresentaram elevada produtividade de grãos. Quanto ao comprimento da lesão de S. sclerotiorum, foram classificados como resistentes os genótipos UFU B1, UFU B2, UFU B3, UFU B4, UFUS 7910, UFU B6, UFU B7, UFU B9 e UFU 20. Pelo método de Tocher e UPGMA, os genótipos foram distribuídos em quatro grupos. O número de dias para floração foi o caráter que mais contribuiu com a diversidade genética. Os estudos das correlações fenotípicas e genotípicas e a análise de trilha identificaram o número de vagens com três grãos com maior efeito favorável na produção de grãos. No segundo experimento, foram avaliados os genótipos UFUS LVR, UFUS 7910 e UFUS 8301 nas densidades populacionais (12; 14; 16; 18 pl m-1) em delineamento de blocos completos casualizados com quatro repetições. Observaram-se interações significativas entre os genótipos e as densidades para a maioria dos caracteres. Para os três genótipos, houve redução na produtividade de grãos com o aumento da densidade de semeadura. A densidade de 16 pl m-1 favoreceu os caracteres agronômicos e a obtenção de produtividade de grão superiores para o genótipo UFUS LVR. A cultivar UFUS 7910 apresentou caracteres agronômicos favoráveis e melhor produtividade de grãos em densidade de semeadura de 12 pl m-1. A cultivar UFUS 8301 apresentou número de vagem e produtividade superiores nas densidades 12 e 14 pl m-1. / Currently, due to the agro-industrial complex established in the country, soy is among the main crops of Brazilian agribusiness. The production technologies development and genetic improvement of those species have led to expansion of agricultural frontiers and increase of the national yield. Breeding programs have aimed to obtain genotypes that are also productive and resistant against pests and diseases, such as white mold caused by Sclerotinia sclerotiorum. The narrow genetic basis of Brazilian soybean has being pointed by researches that highlight the importance of genetic diversity studies with the purpose of assisting selection of parents aiming hybridizations. Selection of superior lines is another important point since the majority of target features in soybean breeding have a quantitative nature. From this perspective, information on correlations between characters and path analysis helps to improve breeding strategies definition. Once superior lines are selected, they are released as new cultivars. In addition, knowledge about crop management, such as the adequate size related to plant population density, is fundamental. In this context, this study aimed to evaluate the soybean genetic divergence regarding different levels of resistance to white mold; to study correlations between characters and path analysis and to evaluate influence of sowing density on grain yield and on morph agronomic features of soybean. Two experiments were carried out under field conditions in the Capim Branco farm of the Federal University of Uberlândia. The first experiment was make up by 24 soybean genotypes evaluated in a randomized complete block design with three replicates. All agronomic traits has shown genetic variability. Genotypes UFU B7, UFU B14, UFU B16, Msoy-6101 and UFU B5 were verified as early-cycle; UFU B1, UFU B3, UFU B8 and UFU B16 genotypes have showed high grain yield. Genotypes UFU B1, UFU B2, UFU B3, UFU B4, UFUS 7910, UFU B6, UFU B7, UFU B9 and UFU 20 were resistant regarding the length of lesion caused by S. sclerotiorum. The Genotypes were placed within four groups by the Tocher and UPGMA methods. Feature that most contributed to genetic diversity was the number of days to the blooming. Phenotypic and genotypic correlations and path analysis have indicated the number of pods with three grains as the feature of better effect on grains yield. In the second experiment genotypes UFU LVR, UFUS 7910 and UFUS 8301 were evaluated regarding population densities by a randomized complete block, design with four replications (12, 14, 16, 18 pl m-1). Interactions between genotypes and densities were significant for most characters. Plants height at maturity with increasing sowing density was reduced for cultivar UFUS 7910, as well for the three genotypes, there was a reduction in grain yield with increasing sowing density. Regarding UFUS LRV line, the most indicated plant population density is between 12 and 16 pl m-1. Recommended population density for UFUS 7910 is 12 pl m-1. In relation to the sowing of UFUS 8301 is indicated population sizes between 12 to 14 pl m-1. / Dissertação (Mestrado)

Page generated in 0.1201 seconds