• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 4135
  • 18
  • 9
  • Tagged with
  • 4163
  • 4163
  • 4163
  • 4163
  • 904
  • 706
  • 521
  • 449
  • 415
  • 376
  • 320
  • 303
  • 299
  • 289
  • 275
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

AVALIAÇÃO MERCADOLÓGICA E DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA, VISANDO A PROPOSIÇÃO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS PARA A MESORREGIÃO SUDOESTE DE MATO GROSSO DO SUL / MERCADOLÓGICA EVALUATION IN AGRICULTURAL PRODUCTION, VISANDO A PROPOSAL FOR SAF FOR MESORREGIÃO SOUTHEST MATO GROSSO IN SOUTH

Silva, Jocemar José da 18 April 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2016-02-26T12:59:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 jocemarJoseSilva.pdf: 1769957 bytes, checksum: 89d6a79ae35660bad59eb83e507744f6 (MD5) Previous issue date: 2009-04-18 / The present work was perceived in municipal district of Dourados/MS, mesoregion southwest of Mato Grosso do Sul, with he purpose of meeting the socio-demographic profile and the habits of consumers shopping of fruits and vegetables, and obtain social indications and agroeclogical develop models for planning of production systems based on agroforestry sistems as an alterntive to the predominant family farming in the region. The study was based on interviews involving producers, consumers, large and samall traders and fairground participating in the production chain and fruit crop in the region of Dourados/MS, both of the city as of some rural settlements, indepedent producers and reflorestadoras. The results led to the following conclusions: 83,8% of 105 consumers interviewed are female and 16,1% male; on the occupation of heads of families, 16,1% are lousinessman, 14,7% were civil servants, 14,7% professionals, 11,7% retirees pensioners, 10,3% undertakers and 32,3% heads of families who have more than one occupation. The repondents aged up to 35 years totalized 60%, from 36 to 55 years, 32,3% and those over 55 years, 7,7%. About the family income, 55,2% have less income than four minimum wages while between 4 and 10 minimum wages, was 34,2% and of 10,5% for more than 10 minimum wages. There is, between interviewed consumers, preference for buy barn products, that don´t be mixed, with good appearance, coolness and natural look, but 77,9% of these consumers don´t know the origin of products 17,7% of consumers showed interest in obtaining more information about the products that they consume, the benefits that the bing to health and how best to use them, and 16,9% if were produced with or without pesticides. The research results show that the principal obstacles to the marketing of products of the region are the insufficient of production and lack of standardization. The lettwe, tomato, banana, apple and orange are the vegetables and fruits mosta appreciate for consumers. With statement satisfaction of quantity, quality and diversity of products, the interviewed were unamnimous in reply that they were satisfied. On statement organic products, 55,2% of consumers reported that abeady obtained it and the main reason for not purchasing the price is high, and that the most establishments don t sell organic products due to lack of suppliers. The results showed that the various types of friutful, forest and medicinal below, are the best alternatives to be included in the mixture of SAFs, which will meet the needs of small producers in the region, because of its demand and acceptance by consumers and commercial establishments: a) Fruitful: banana, orange, watermelon, papaya and pineapple; b) Forest species: ipê, peroba, cedar, palm trees juçara and pupunha, yerba mate, Eucalyptus grandis e Eucalyptus citriodora; c) Medicinal: boldo, grass-saint, carqueja, chamomile, espinheira-saint. Based on effects of research formulate the following proposals for Agroforestry system for the region: 1) Agrissilvicultural System: having the palm as the main product extracted from palm juçara (Euterpe edulis Mart) associate with agricultural cultures (maize and beans) and timber species (ingá, ipê, and Eucalyptus); 2) Agrissilvicultural system, composed by pupunha (Bactris gasipaes), associate with some agricultural cultures (sweet potato, grass-saint, cassava, watermelon and pineapple) and tree (ingá and peroba); 3) Agrissilvicultural system, with production of bananas, pineapple and cassava, associate with timber species (ingá, eucalyptus, aroeira and guariroba); 4) Agrissilvicultural system, aim to produce of bief cycle of fruitful (pineapple and watermelon), fruitful and palm tree (bananas, guava and pupunha), annual cultures (pig beans and cassava) and forest species (cedar, canafistula, ipê and macaúba); 5) Agrissilvicultural system, with production of fruitful (orange, ponkan, mango and papaya) associated with annual cycle culture (maize, pumpkin and maxixe), tree species (cedar, peroba, canafistula, ingá and gliricídia); 6) Agrissilvicultural system aiming the production of banana, cassava and papaya, associate with forest species (ingá, ipê, cedar and peroba) and bean guandu for covering of soil; 7) Agrissilvicultural system for production of wood, and may be used the Eucalyptus citriodora or E. Grandis in intercropping with agricultural cultures (maize and bean); 8) Agrissilvicultural system having aim of the production of fruitful (banana, papaya), timber species (cedar, ipê, aroeira, ingá, aroeira-red) and palms (macaúba, guariroba and juçara); 9) Agrissilvicultural system, composed of agricultural culture (maize), fruitfues (pineapple, banana and guava) and wood (cedar and aroeira); 10) Agrissilvicultural system, having the main culture the yerba mate, including cassava, pineapple, sweet potato, pumpkin, watermelon, maxixe and guaco; 11) Agrissilvipastoril system aiming the creation of levestock for dairy cattle, based consortuim of maize and cassava with trees (eucalyptus, aroeira and ingá); 12) Silvipastoril system with Eucalyptus (E. Grandis or E. Citriodora) associated with grass Brachiaria brizantha and legume Calopogonium muconoides, having the aim of setting up livestock for daity cattle; 13) Silvipastoril system aiming at the creation of dairy cattle for livestock, composed of scattered or isolated trees in the midst of pasture (hose, leucena, ingá and macaúba); 14) Silvipastoril system, aiming at the creation of daity cattle for livestock, composed of the stock system in the form of wood with cedar, ipê, ingá, jatobá of savannah and peroba. For taining of pasture will be used to B. Brizantha; 15), aiming at the creation of dairy cattle for livestock, composed of tree an shrub species forage such as: canafístula, gliricídia, leucena, mutambo, which will facilitate the creation of the herd, because over the lack of pasture in the station dry, they will exert an important role in the provision of food for cattle. / O presente trabalho foi realizado no município de Dourados/MS, mesorregião Sudoeste de Mato Grosso do Sul, com o objetivo de conhecer o perfil sócio-demográfico e os hábitos de compra dos consumidores de frutas e verduras, bem como obter referências sociais e agroecológicas para elaborar modelos de planejamento de sistemas de produção baseado em Sistemas Agroflorestais como alternativa para a agricultura familiar predominante na região. O estudo foi realizado com base em entrevistas envolvendo produtores, consumidores, pequenos e grandes comerciantes e feirantes que integram a cadeia produtiva olerícola e frutícola da região de Dourados MS, tanto da cidade quanto de alguns assentamentos rurais, produtores independentes e reflorestadoras. A análise dos resultados levou às seguintes conclusões: dos 105 consumidores entrevistados 83,8 são do sexo feminino e 16,1 masculino; sobre a ocupação dos chefes de famílias, 16,1% são comerciários, 14,7% eram funcionários públicos, 14,7% profissionais liberais, 11,7% aposentados/pensionistas, 10,3% empresários e 32,3 chefes de famílias que tem mais de uma ocupação. Os entrevistados com idade até 35 anos totalizaram 60%; de 36 a 55 anos, 32,3% e aqueles com mais de 55 anos, 7,7%. Sobre a renda familiar, 55,2% tem renda menor que quatro salários mínimos, enquanto que entre 4 e 10 salários mínimos foi de 34,2% e de 10,5% para mais de 10 salários mínimos. Há, entre os consumidores entrevistados, preferência por compra de produtos a granel, que não estejam amassados, com boa aparência, frescos e aspecto de natural, porém 77,9 % destes consumidores não sabem a origem dos produtos; 17,7 dos consumidores mostraram interesse em obter mais informações sobre os produtos que consomem, os benefícios que trazem à saúde e as melhores formas de utilizá-los, e 16,9%, se foram produzidos com ou sem agrotóxicos. Os resultados da pesquisa mostram que os principais entraves para a comercialização dos produtos da região são a insuficiência da produção e falta de padronização. A alface, tomate, banana, maçã e laranja são as hortaliças e frutas mais apreciadas pelos consumidores. Com relação à satisfação da quantidade, qualidade e variedade dos produtos, os entrevistados foram unânimes em responder que estão satisfeitos. Em relação a produtos orgânicos, 55,2% dos consumidores informaram que já os adquiriu e o principal motivo para a não aquisição é o preço elevado, sendo que a maioria dos estabelecimentos não vende produtos orgânicos devido à falta de fornecedores. Os resultados obtidos permitiram concluir que as espécies frutíferas, florestais e medicinais abaixo, são as melhores alternativas para serem incluídas na mistura de SAFs, que irá satisfazer as necessidades dos pequenos produtores da região, devido à sua procura e aceitação pelos estabelecimentos comerciais e consumidores: a) frutíferas: banana, laranja, melancia, mamão e abacaxi; b) espécies florestais: ipê, peroba, cedro, palmeiras juçara e pupunha, erva-mate, Eucaliptus grandis, Eucaliptus citriodora; c) medicinais: boldo, capim-santo, carqueja, camomila, espinheira-santa. Com base nos resultados da pesquisa formulou-se as seguintes propostas de Sistemas Agroflorestais para a região: 1- sistema agrissilvicultural, tendo o palmito como produto principal extraído da palmeira juçara (Euterpe edulis Mart), consorciada com cultivos agrícolas (feijão e milho) e espécies madeireiras (ingá, ipê e eucalipto); 2 - sistema agrissilvicultural, composto pela pupunha (Bactris gasipaes), consorciada com algumas culturas agrícolas (batata-doce, capim-santo, mandioca, melancia e abacaxi) e arbóreas (ingá e peroba); 3 - sistema agrissilvicultural, com produção de banana, abacaxi e mandioca, consorciadas com espécies madeireiras (ingá, eucalipto, aroeira e guariroba); 4 - sistema agrissilvicultural, visa a produção de frutíferas de ciclo curto (abacaxi e melancia), frutíferas e palmeira (banana, goiaba e pupunha), culturas anuais (feijão de porco e mandioca) e espécies florestais (cedro, canafistula, ipê e macaúba); 5 - sistema agrissilvicultural com produção de frutíferas (laranja, ponkan, manga e mamão) consorciadas com culturas de ciclo anual (milho, abóbora e maxixe), espécies arbóreas (cedro, peroba, canafistula, ingá e gliricídia); 6 - sistema agrissilvicultural visando a produção da banana, mandioca e mamão, consorciadas com espécies florestais (ingá, ipê, cedro e peroba) e feijão guandu para cobertura do solo; 7 - sistema agrissilvicultural para produção de madeira, podendo ser usado o Eucalyptus citriodora ou E. grandis em consorciação com culturas agrícolas (milho e feijão); 8 - sistema agrissilvicultural tendo como objetivo a produção de frutíferas (banana, mamão), espécies madeireiras (cedro, ipê, aroeira, ingá, aroeira-vermelha) e palmeiras (macaúba, guariroba e juçara); 9 - sistema agrissilvicultural, composto por cultura agrícola (milho), frutíferas ( abacaxi, banana e goiaba) e madeireiras (cedro e aroeira); 10 - sistema agrissilvicultural, tendo como cultura principal a erva-mate, incluindo-se mandioca, abacaxi, batata-doce, abóbora, melancia, maxixe e guaco; 11 - sistema agrissilvipastoril visando a criação de gado para pecuária leiteira, baseado no consórcio de milho e mandioca com arbóreas (eucalipto, aroeira e ingá); 12 - sistema silvipastoril com eucalipto (E. grandis ou E. citriodora) associado à gramínea Brachiaria brizantha e à leguminosa Calopogonium muconoides, tendo como objetivo a criação de gado para pecuária leiteira; 13 - sistema silvipastoril visando a criação de gado para pecuária leiteira, composto por árvores dispersas ou isoladas em meio à pastagem (mangueira, leucena, ingá e macaúba); 14 - sistema silvipastoril, objetivando a criação de gado para pecuária leiteira, composto pela arborização do sistema em forma de bosque com cedro, ipê, ingá, jatobá do cerrado e peroba. Para formação da pastagem será usada a B. brizantha; 15 - sistema silvipastoril, visando a criação de gado para pecuária leiteira, composto por espécies arbóreas e arbusto forrageiro tais como: canafístula, gliricídia, leucena, mutambo, que irão favorecer na criação do rebanho, pois durante a falta de pastagem na estação seca, eles irão exercer um papel importante no fornecimento de alimento para o gado.
2

MESOFAUNA EDÁFICA E A TAXA DE DECOMPOSIÇÃO DA RESTEVA DE TRÊS SUCESSÕES DE CULTURA EM SISTEMA PLANTIO DIRETO

Vieira, Maria Helena Pereira 30 December 2008 (has links)
Made available in DSpace on 2016-02-26T12:59:46Z (GMT). No. of bitstreams: 1 MariaHelenaPVieira.pdf: 2342333 bytes, checksum: fde0f858ac7ca1f3972b7de5cdad763d (MD5) Previous issue date: 2008-12-30 / The mesofauna soil is composed primarily of Mite and Collembola (75 to 97% of total arthropod fauna of the soil) is one of the few groups of human beings who show enormous diversity of forms, habitat and behavior, being found in almost all places accessible to wildlife because they live in regions epi, hemispheric and euedáficas. The components of mesofauna have a very important role in the process of disintegration, decomposition, transport of organic matter, mixed horizon, transport of nutrients, aeration and biological control, thus allowing together with the fungi, a balanced soil. Overall, we found that changes in species diversity and in the community structure of soil organisms, under different management practices, directly interfere in the functioning of soil and hence the sustainability of agroecosystems, acting as indicators of its degradation. The study aimed to evaluate the mesofauna soil, its influence on the decomposition rate of mulch during the crop cycle and its activity as indicators of soil quality, seeking the understanding of its role in the functioning of tillage. The collections were made in the field from October 2006 to September 2007, within a long-term experiment, started in October 1997, using a split-plot experimental design with three replicates per share. The technique employed to study the soil mesofauna, involved the collection of soil in the range of 0 to 5 cm in depth (nine samples of 220cm ³ for environment, totaling 567 samples for analysis of mesofauna), being used to funnel a Berlese (modified). To maintain the much on the site was used to screen a 50cm2, with mesh of 1cm fixed by the edges with vergalhão iron 5.16 (0.8 mm). Where fortnightly was withdrawn, kiln-dried for two days and heavy, to measure the decomposition of organic matter. The decomposition rate of mulch was influenced by the people of mesofauna soil, and good soil conditions (humidity gravimetric and soil cover) and climate. The rate of decomposition of hairy vetch was higher among the three treatments. The action of mesofauna soil was more efficient in reducing the straw of hairy vetch. The rate of decomposition was lower in the treatment Oats black; The diversity of plant species used in crop rotation to influence the occurrence of populations of the group Mite, Collembola, Insecta, Miriapoda and Isopoda. Highest amount of resteva, rainfall and humidity index gravimetric influenced largest stock picks Haughton, Collembola, Miriapoda, Insecta and Isopoda. It was identified 26 genera and two families of Mite, with 13 genera Cryptostigmata, 11, Mesostigmata and 4 of Prostigmata. The predominant genera of Mite Cryptostigmata, Mesostigmata and Prostigmata in all treatments was Mancoribates, Rhodacarus and Cunaxa, respectively. The populations of Mite, Collembola, Insecta, Miriapoda and Isopoda were effective indicators of soil quality in terms of management used. The predominant species of Collembola in the three treatments was Lepidocyrtus. The genus Lepidocyrtus had populations of 81%, 67% and 56% higher than the other genera in treatments + oat mixture of hairy vetch, oats and hairy vetches, respectively. The predominant group of Class Insecta was Formicidae. It was 01 (a) type of Miripoda, Polyxenus. Largest population of Isopoda was found in the treatment of oat mixture + hairy vetch, followed by Oats vetches black and hairy. The largest populations of mesofauna was obtained by the group of Acari (60% of individuals), followed by Collembola (17%), Miriapoda (12%), Insecta (7%) and Isopoda (4%). The largest populations of Mite, Collembola, Miriapoda and Isopoda were found in the treatment mixture (Oats black hairy vetches +), followed by treatment Oats vetches black and hairy / A mesofauna edáfica é composta principalmente por Acari e Collembola (75 a 97% da fauna total de artrópodos do solo) constitui um dos poucos grupos de seres que mostram enorme diversidade de formas, hábitat e comportamento, sendo encontradas em quase todos os locais acessíveis à vida animal pois vivem nas regiões epi, hemi e euedáficas. Os componentes da mesofauna têm um papel muito importante no processo de desagregação, decomposição, transporte de matéria orgânica, mistura de horizonte, transportes de nutrientes, aeração e controle biológico, permitindo dessa forma juntamente com os fungos, um equilíbrio edáfico. De modo geral, observa-se que as alterações na diversidade de espécies e na estrutura da comunidade de organismos do solo, sob práticas de manejo diferenciadas, interferem diretamente no funcionamento do solo e, conseqüentemente, na sustentabilidade dos agroecossistemas, atuando como indicadores de sua degradação. O trabalho teve como objetivo avaliar a mesofauna edáfica, sua influência na velocidade de decomposição da resteva durante o ciclo das culturas e sua atividade como indicadores da qualidade do solo, buscando o entendimento do seu papel no funcionamento do sistema plantio direto. As coletas de campo foram realizadas no período de outubro 2006 a setembro de 2007, dentro de um experimento de longa duração, iniciado em outubro de 1997, utilizando-se o delineamento experimental de parcelas subdivididas com três repetições por parcela. A técnica empregada para o estudo da mesofauna edáfica, envolveu a coleta de solo na faixa de 0 a 5cm de profundidade (nove amostras de 220cm³ por ambiente, totalizando 567 amostras para análise da mesofauna), sendo utilizado o funil de Berlese (modificado). Para manutenção da resteva sobre o local foi utilizada uma tela de 50cm2, com malha de 1cm fixada pelas extremidades com vergalhão de ferro 5.16 (0,8mm). Onde quinzenalmente era retirada, seca em estufa por dois dias e pesada, para mensurar a decomposição da matéria orgânica. A velocidade de decomposição da resteva foi influenciada pela população da mesofauna do solo, e boas condições edáficas (umidade gravimétrica e cobertura do solo) e climáticas. A taxa de decomposição da ervilhaca peluda foi maior entre os três tratamentos. A ação da mesofauna edáfica foi mais eficiente na redução da palha da ervilhaca peluda. A taxa de decomposição menor foi no tratamento Aveia preta; A diversidade de espécies vegetais utilizadas na rotação de cultura influenciou a ocorrência das populações do grupo Acari, Collembola, Insecta, Miriapoda e Isopoda. Maior quantidade da resteva, índice pluviométrico e umidade gravimétrica influenciaram maiores picos populacionais de Acari, Collembola, Miriapoda, Insecta e Isopoda. Identificou-se 26 gêneros e duas famílias de Acari, sendo 13 gêneros Cryptostigmata, 11 de Mesostigmata e 4 de Prostigmata. Os gêneros predominantes de Acari Cryptostigmata, Mesostigmata e Prostigmata em todos os tratamentos foi Mancoribates, Rhodacarus e Cunaxa, respectivamente. Os grupos populacionais de Acari, Collembola, Insecta, Miriapoda e Isopoda mostraram-se eficientes indicadores de qualidade do solo em função do manejo utilizado. O gênero de Collembola predominante nos três tratamentos foi Lepidocyrtus. O gênero Lepidocyrtus apresentou populações de 81%, 67% e 56% maiores que os demais gêneros nos tratamentos Mistura de aveia preta + ervilhaca peluda, Aveia preta e Ervilhaca peluda, respectivamente. O grupo predominante da classe Insecta foi Formicidae. Identificou-se 01 (um) gênero de Miripoda, Polyxenus. Maior população de Isopoda foi encontrada no tratamento Mistura de aveia preta + ervilhaca peluda, seguida por Aveia preta e Ervilhaca peluda. As maiores populações da mesofauna foi obtida pelo grupo dos Acari (60% dos indivíduos), seguidos pelos Collembola (17%), Miriapoda (12%), Insecta (7%) e Isopoda (4%). As maiores populações de Acari, Collembola, Miriapoda e Isopoda foram encontradas no tratamento Mistura (Aveia preta + Ervilhaca peluda), seguido pelo tratamento Aveia preta e Ervilhaca peluda
3

AVALIAÇÃO MERCADOLÓGICA E DE PRODUÇÃO AGRÍCOLA, VISANDO A PROPOSIÇÃO DE SISTEMAS AGROFLORESTAIS PARA A MESORREGIÃO SUDOESTE DE MATO GROSSO DO SUL / MERCADOLÓGICA EVALUATION IN AGRICULTURAL PRODUCTION, VISANDO A PROPOSAL FOR SAF FOR MESORREGIÃO SOUTHEST MATO GROSSO IN SOUTH

Silva, Jocemar José da 18 April 2009 (has links)
Made available in DSpace on 2016-02-26T12:59:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 jocemarJoseSilva.pdf: 1769957 bytes, checksum: 89d6a79ae35660bad59eb83e507744f6 (MD5) Previous issue date: 2009-04-18 / The present work was perceived in municipal district of Dourados/MS, mesoregion southwest of Mato Grosso do Sul, with he purpose of meeting the socio-demographic profile and the habits of consumers shopping of fruits and vegetables, and obtain social indications and agroeclogical develop models for planning of production systems based on agroforestry sistems as an alterntive to the predominant family farming in the region. The study was based on interviews involving producers, consumers, large and samall traders and fairground participating in the production chain and fruit crop in the region of Dourados/MS, both of the city as of some rural settlements, indepedent producers and reflorestadoras. The results led to the following conclusions: 83,8% of 105 consumers interviewed are female and 16,1% male; on the occupation of heads of families, 16,1% are lousinessman, 14,7% were civil servants, 14,7% professionals, 11,7% retirees pensioners, 10,3% undertakers and 32,3% heads of families who have more than one occupation. The repondents aged up to 35 years totalized 60%, from 36 to 55 years, 32,3% and those over 55 years, 7,7%. About the family income, 55,2% have less income than four minimum wages while between 4 and 10 minimum wages, was 34,2% and of 10,5% for more than 10 minimum wages. There is, between interviewed consumers, preference for buy barn products, that don´t be mixed, with good appearance, coolness and natural look, but 77,9% of these consumers don´t know the origin of products 17,7% of consumers showed interest in obtaining more information about the products that they consume, the benefits that the bing to health and how best to use them, and 16,9% if were produced with or without pesticides. The research results show that the principal obstacles to the marketing of products of the region are the insufficient of production and lack of standardization. The lettwe, tomato, banana, apple and orange are the vegetables and fruits mosta appreciate for consumers. With statement satisfaction of quantity, quality and diversity of products, the interviewed were unamnimous in reply that they were satisfied. On statement organic products, 55,2% of consumers reported that abeady obtained it and the main reason for not purchasing the price is high, and that the most establishments don t sell organic products due to lack of suppliers. The results showed that the various types of friutful, forest and medicinal below, are the best alternatives to be included in the mixture of SAFs, which will meet the needs of small producers in the region, because of its demand and acceptance by consumers and commercial establishments: a) Fruitful: banana, orange, watermelon, papaya and pineapple; b) Forest species: ipê, peroba, cedar, palm trees juçara and pupunha, yerba mate, Eucalyptus grandis e Eucalyptus citriodora; c) Medicinal: boldo, grass-saint, carqueja, chamomile, espinheira-saint. Based on effects of research formulate the following proposals for Agroforestry system for the region: 1) Agrissilvicultural System: having the palm as the main product extracted from palm juçara (Euterpe edulis Mart) associate with agricultural cultures (maize and beans) and timber species (ingá, ipê, and Eucalyptus); 2) Agrissilvicultural system, composed by pupunha (Bactris gasipaes), associate with some agricultural cultures (sweet potato, grass-saint, cassava, watermelon and pineapple) and tree (ingá and peroba); 3) Agrissilvicultural system, with production of bananas, pineapple and cassava, associate with timber species (ingá, eucalyptus, aroeira and guariroba); 4) Agrissilvicultural system, aim to produce of bief cycle of fruitful (pineapple and watermelon), fruitful and palm tree (bananas, guava and pupunha), annual cultures (pig beans and cassava) and forest species (cedar, canafistula, ipê and macaúba); 5) Agrissilvicultural system, with production of fruitful (orange, ponkan, mango and papaya) associated with annual cycle culture (maize, pumpkin and maxixe), tree species (cedar, peroba, canafistula, ingá and gliricídia); 6) Agrissilvicultural system aiming the production of banana, cassava and papaya, associate with forest species (ingá, ipê, cedar and peroba) and bean guandu for covering of soil; 7) Agrissilvicultural system for production of wood, and may be used the Eucalyptus citriodora or E. Grandis in intercropping with agricultural cultures (maize and bean); 8) Agrissilvicultural system having aim of the production of fruitful (banana, papaya), timber species (cedar, ipê, aroeira, ingá, aroeira-red) and palms (macaúba, guariroba and juçara); 9) Agrissilvicultural system, composed of agricultural culture (maize), fruitfues (pineapple, banana and guava) and wood (cedar and aroeira); 10) Agrissilvicultural system, having the main culture the yerba mate, including cassava, pineapple, sweet potato, pumpkin, watermelon, maxixe and guaco; 11) Agrissilvipastoril system aiming the creation of levestock for dairy cattle, based consortuim of maize and cassava with trees (eucalyptus, aroeira and ingá); 12) Silvipastoril system with Eucalyptus (E. Grandis or E. Citriodora) associated with grass Brachiaria brizantha and legume Calopogonium muconoides, having the aim of setting up livestock for daity cattle; 13) Silvipastoril system aiming at the creation of dairy cattle for livestock, composed of scattered or isolated trees in the midst of pasture (hose, leucena, ingá and macaúba); 14) Silvipastoril system, aiming at the creation of daity cattle for livestock, composed of the stock system in the form of wood with cedar, ipê, ingá, jatobá of savannah and peroba. For taining of pasture will be used to B. Brizantha; 15), aiming at the creation of dairy cattle for livestock, composed of tree an shrub species forage such as: canafístula, gliricídia, leucena, mutambo, which will facilitate the creation of the herd, because over the lack of pasture in the station dry, they will exert an important role in the provision of food for cattle. / O presente trabalho foi realizado no município de Dourados/MS, mesorregião Sudoeste de Mato Grosso do Sul, com o objetivo de conhecer o perfil sócio-demográfico e os hábitos de compra dos consumidores de frutas e verduras, bem como obter referências sociais e agroecológicas para elaborar modelos de planejamento de sistemas de produção baseado em Sistemas Agroflorestais como alternativa para a agricultura familiar predominante na região. O estudo foi realizado com base em entrevistas envolvendo produtores, consumidores, pequenos e grandes comerciantes e feirantes que integram a cadeia produtiva olerícola e frutícola da região de Dourados MS, tanto da cidade quanto de alguns assentamentos rurais, produtores independentes e reflorestadoras. A análise dos resultados levou às seguintes conclusões: dos 105 consumidores entrevistados 83,8 são do sexo feminino e 16,1 masculino; sobre a ocupação dos chefes de famílias, 16,1% são comerciários, 14,7% eram funcionários públicos, 14,7% profissionais liberais, 11,7% aposentados/pensionistas, 10,3% empresários e 32,3 chefes de famílias que tem mais de uma ocupação. Os entrevistados com idade até 35 anos totalizaram 60%; de 36 a 55 anos, 32,3% e aqueles com mais de 55 anos, 7,7%. Sobre a renda familiar, 55,2% tem renda menor que quatro salários mínimos, enquanto que entre 4 e 10 salários mínimos foi de 34,2% e de 10,5% para mais de 10 salários mínimos. Há, entre os consumidores entrevistados, preferência por compra de produtos a granel, que não estejam amassados, com boa aparência, frescos e aspecto de natural, porém 77,9 % destes consumidores não sabem a origem dos produtos; 17,7 dos consumidores mostraram interesse em obter mais informações sobre os produtos que consomem, os benefícios que trazem à saúde e as melhores formas de utilizá-los, e 16,9%, se foram produzidos com ou sem agrotóxicos. Os resultados da pesquisa mostram que os principais entraves para a comercialização dos produtos da região são a insuficiência da produção e falta de padronização. A alface, tomate, banana, maçã e laranja são as hortaliças e frutas mais apreciadas pelos consumidores. Com relação à satisfação da quantidade, qualidade e variedade dos produtos, os entrevistados foram unânimes em responder que estão satisfeitos. Em relação a produtos orgânicos, 55,2% dos consumidores informaram que já os adquiriu e o principal motivo para a não aquisição é o preço elevado, sendo que a maioria dos estabelecimentos não vende produtos orgânicos devido à falta de fornecedores. Os resultados obtidos permitiram concluir que as espécies frutíferas, florestais e medicinais abaixo, são as melhores alternativas para serem incluídas na mistura de SAFs, que irá satisfazer as necessidades dos pequenos produtores da região, devido à sua procura e aceitação pelos estabelecimentos comerciais e consumidores: a) frutíferas: banana, laranja, melancia, mamão e abacaxi; b) espécies florestais: ipê, peroba, cedro, palmeiras juçara e pupunha, erva-mate, Eucaliptus grandis, Eucaliptus citriodora; c) medicinais: boldo, capim-santo, carqueja, camomila, espinheira-santa. Com base nos resultados da pesquisa formulou-se as seguintes propostas de Sistemas Agroflorestais para a região: 1- sistema agrissilvicultural, tendo o palmito como produto principal extraído da palmeira juçara (Euterpe edulis Mart), consorciada com cultivos agrícolas (feijão e milho) e espécies madeireiras (ingá, ipê e eucalipto); 2 - sistema agrissilvicultural, composto pela pupunha (Bactris gasipaes), consorciada com algumas culturas agrícolas (batata-doce, capim-santo, mandioca, melancia e abacaxi) e arbóreas (ingá e peroba); 3 - sistema agrissilvicultural, com produção de banana, abacaxi e mandioca, consorciadas com espécies madeireiras (ingá, eucalipto, aroeira e guariroba); 4 - sistema agrissilvicultural, visa a produção de frutíferas de ciclo curto (abacaxi e melancia), frutíferas e palmeira (banana, goiaba e pupunha), culturas anuais (feijão de porco e mandioca) e espécies florestais (cedro, canafistula, ipê e macaúba); 5 - sistema agrissilvicultural com produção de frutíferas (laranja, ponkan, manga e mamão) consorciadas com culturas de ciclo anual (milho, abóbora e maxixe), espécies arbóreas (cedro, peroba, canafistula, ingá e gliricídia); 6 - sistema agrissilvicultural visando a produção da banana, mandioca e mamão, consorciadas com espécies florestais (ingá, ipê, cedro e peroba) e feijão guandu para cobertura do solo; 7 - sistema agrissilvicultural para produção de madeira, podendo ser usado o Eucalyptus citriodora ou E. grandis em consorciação com culturas agrícolas (milho e feijão); 8 - sistema agrissilvicultural tendo como objetivo a produção de frutíferas (banana, mamão), espécies madeireiras (cedro, ipê, aroeira, ingá, aroeira-vermelha) e palmeiras (macaúba, guariroba e juçara); 9 - sistema agrissilvicultural, composto por cultura agrícola (milho), frutíferas ( abacaxi, banana e goiaba) e madeireiras (cedro e aroeira); 10 - sistema agrissilvicultural, tendo como cultura principal a erva-mate, incluindo-se mandioca, abacaxi, batata-doce, abóbora, melancia, maxixe e guaco; 11 - sistema agrissilvipastoril visando a criação de gado para pecuária leiteira, baseado no consórcio de milho e mandioca com arbóreas (eucalipto, aroeira e ingá); 12 - sistema silvipastoril com eucalipto (E. grandis ou E. citriodora) associado à gramínea Brachiaria brizantha e à leguminosa Calopogonium muconoides, tendo como objetivo a criação de gado para pecuária leiteira; 13 - sistema silvipastoril visando a criação de gado para pecuária leiteira, composto por árvores dispersas ou isoladas em meio à pastagem (mangueira, leucena, ingá e macaúba); 14 - sistema silvipastoril, objetivando a criação de gado para pecuária leiteira, composto pela arborização do sistema em forma de bosque com cedro, ipê, ingá, jatobá do cerrado e peroba. Para formação da pastagem será usada a B. brizantha; 15 - sistema silvipastoril, visando a criação de gado para pecuária leiteira, composto por espécies arbóreas e arbusto forrageiro tais como: canafístula, gliricídia, leucena, mutambo, que irão favorecer na criação do rebanho, pois durante a falta de pastagem na estação seca, eles irão exercer um papel importante no fornecimento de alimento para o gado.
4

Comportamento do sorgo granífero em função do manejo de nitrogênio / Behavior of grain sorghum in function of the nitrogen management

Silva, Pedro Celso Soares da 15 July 2004 (has links)
The objective of this study was to define the adequate management of the nitrogen fertilization in the culture of grain sorghum, using as source the urea in soil of average texture. In the experiment conducted in 2001/02, was used a population density of 171,000 plants/ha-1, in direct plantation and was characterized by little precipitation. The assay realized in the agricultural year of 2002/03, was characterized by raised precipitation and was used 214,000 plants/ha-1, in conventional plantation. The experimental design was a randomized block with three repetitions and had been constituted by 21 treatments with nitrogen: 200 kg N/ha-1 in the base; 150 kg N/ha-1 in the base more 50 kg N/ha-1 on top on the 20, 44, 55, 66 and 74 days after the emergency of the plants; 100 kg N/ha-1 in the base more 100 kg N/ha-1 on top on the 20, 44, 55, 66 and 74 days after the emergency of the plants; 50 kg N/ha-1 in the base more 150 kg N/ha with on top on the 20, 44, 55, 66 and 74 days after the emergency of the plants; 200 kg N/ha-1 on top on the 20, 44, 55, 66 and 74 days after the emergency of the plants. In relation to the management with nitrogen fertilization in the of grain sorghum arrived the following: the treatments with 50 kg N/ha-1 in the base more 150 kg/ha-1 on top on the 66 and 74 days and 200 kg N/ha-1 on top on the 66 and 74 days in the low precipitation conditions of the agricultural year of 2001/02, had presented the lowest values of index of foliar area, biological productivity and grain yield; the nitrogen fertilization in the high precipitation conditions, registered in the agricultural year of 2002/03, provided to high index of foliar area and grain yield in hall the applied treatments; in experiment 2001/02, o the number of grains for panicle was the variable that more influenced in the grain yield and in 2002/03 it was the harvest index; by that is was observed in terms of grain yield, it could be said that good distribution of rain, the manegement with 200 kg N/ha-1 could be made until the 74 days the emergency, that would not reduce the productivity of grains / O objetivo deste estudo foi definir o manejo adequado da adubação nitrogenada na cultura do sorgo granífero, utilizando como fonte a uréia em solo de textura média. No experimento conduzido em 2001/02, foi usado uma densidade populacional de 171.000 plantas/ha, em plantio direto e foi caracterizado por pouca precipitação. O ensaio realizado no ano agrícola de 2002/2003, foi caracterizado por elevada precipitação e foi usada uma densidade populacional de 214.000 plantas/ha, em plantio convencional. O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com três repetições, constituído por 21 tratamentos com nitrogênio: 200 kg N/ha na base; 150 kg N/ha na base mais 50 kg N/ha em cobertura aos 20, 44, 55, 66 e 74 dias após a emergência das plantas; 100 kg N/ha na base mais 100 kg N/ha em cobertura aos 20, 44, 55, 66 e 74 dias após a emergência das plantas; 50 kg N/ha na base mais 150 kg N/ha em cobertura aos 20, 44, 55, 66 e 74 dias após a emergência das plantas; 200 kg N/ha em cobertura aos 20, 44, 55, 66 e 74 dias após a emergência das plantas. Em relação ao manejo com adubação nitrogenada na cultura do sorgo granífero, chegou-se as seguintes conclusões: os tratamentos com 50 kg N/ha na base e 150kg/ha em cobertura aos 66 e 74 dias e 200 kg N/ha em cobertura aos 66 e 74 dias nas condições de baixa precipitação do ano agrícola de 2001/02, apresentaram os mais baixos valores de índice de área foliar, produtividade biológica e rendimento de grãos; a adubação nitrogenada realizada nas condições de alta precipitação, registradas no ano agrícola de 2002/03, proporcionaram elevado índice de área foliar e rendimento de grãos em todos os tratamentos aplicados; no experimento de 2001/02, o número de grãos por panícula foi a variável que mais influenciou no rendimento de grãos e em 2002/03 foi o índice de colheita; pelo que foi observado em termos de rendimento de grãos, poderia se dizer que se houver boa distribuição de chuvas, o manejo com 200kg N/ha poderia ser feito até os 74 dias após a emergência, que não reduziria a produtividade de grãos
5

Dormência e pré-germinação de sementes de arroz

Franzin, Simone Medianeira 20 March 2006 (has links)
No description available.
6

SUSCETIBILIDADE DE NOCTUÍDEOS DE IMPORTÂNCIA AGRÍCOLA A FLUBENDIAMIDA, CLORANTRANILIPROLE E INDOXACARBE

Schneider, Juliane Aparecida 11 December 2015 (has links)
Made available in DSpace on 2017-07-25T19:30:57Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Juliane Aparecida Schneider.pdf: 1640887 bytes, checksum: 9c49a377ab710c7f2b18f803f5812aab (MD5) Previous issue date: 2015-12-11 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Noctuids stand out among the main groups of Lepidoptera that cause damage to crops. They exhibit great diversity of species of high economic important pests. Among them, we can highlight the occurrence of Soybean Looper, Chrysodeixis includens (Walker), species from the genus Spodoptera such as S. cosmioides (Walker), S. eridania (Cramer) and S. frugiperda (Walker) and even species of the subfamily Heliothinae, such as Helicoverpa armigera (Hübner). The search for alternatives to control these species has enabled the introduction of more environmentally safe insecticides and high insecticidal activity, such as the group of diamides and oxadiazines. Our objective was quantify the susceptibility of C. includens, H. armigera, S. frugiperda, S. cosmioides and S. eridania to flubendiamide, chlorantraniliprole and indoxacarb, through bioassays with application of insecticide incorporated in the artificial diet. Samples were collected during the seasons 2013/2014 and 2014/2015, in different regions of Brazil. Bioassays were developed at the Entomology Laboratory of Embrapa-Soja in Londrina. The mortality evaluation and weighing of caterpillars survivors were held on the seventh day. Mortality data were subjected to Probit’s analysis to estimate LC50 and LC99. Larval weight data were subjected to analysis of variance and means compared by Skott-Knott test at 5% probability. The LC50 of the C. includens population ranged from 0.861 to 187.28 μg of a.i./mL of diet (flubendiamide), 0.025 to 5.331 (chlotantraniliprole) and 1.345 to 2.94 (indoxacarb). For H. armigera ranged from 0.076 to 0.093 (flubendiamide), 0.050 to 0.051 (chlorantraniliprole) and 1.581 (indoxacarb). The LC50 for S. frugiperda, S. cosmioides and S. eridania ranged from 0.255 to 2.73 (flubendiamide), 0.032 to 0.104 (chlorantraniliprole), 0.834 to 3.0886 (indoxacarbe). Discriminating concentrations suggested for monitoring resistance of C. includens were 12 and 120 μg of flubendiamide/ml of diet, 9 and 90 μg of chlorantraniliprole/ml of diet and 5 and 50 μg of indoxacarb/ml of diet. The high variations found in susceptibility to diamides in populations of C. includens indicate resistance of Montividiu-GO and Campo Verde-MT populations. Among the insecticides studied, chlorantraniliprole have greater potential for controlling H. armigera, S. frugiperda, S. eridania and S. cosmioides. / Os Noctuídeos se destacam entre os principais grupos de lepidópteros que causam prejuízos às lavouras. Apresentam grande diversidade de espécies pragas de elevada importância econômica. Dentre elas, podemos destacar a ocorrência da lagarta falsa-medideira, Chrysodeixis includens (Walker), espécies do gênero Spodoptera, tais como S. cosmioides (Walker), S. eridania (Cramer) e S. frugiperda (Walker) e ainda espécies da subfamília Heliothinae, como a Helicoverpa armigera (Hübner). A busca de alternativas para o controle dessas espécies tem possibilitado a introdução de inseticidas mais seguros ambientalmente e de alta atividade inseticida, como o grupo das diamidas e oxadiazinas. Buscou-se, com a realização deste trabalho, quantificar a suscetibilidade de C. includens, H. armigera, S. frugiperda, S. cosmioides e S. eridania aos inseticidas flubendiamida, clorantraniliprole e indoxacarbe, por meio de bioensaios com aplicação de inseticida incorporado na dieta artificial. As coletas foram realizadas durante as safras 2013/2014 e 2014/2015, em diferentes regiões do Brasil. Os bioensaios foram desenvolvidos no Laboratório de Entomologia da Embrapa-Soja em Londrina-PR. A avaliação da mortalidade e as pesagens das lagartas sobreviventes foram realizadas ao sétimo dia. Os dados de mortalidade de cada população testada foram submetidos à análise de Probit para estimativa de CL50 e CL99. Os dados de peso foram submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Skott-Knott a 5% de probabilidade. As CL50 das populações de C. includens variaram de 0,861 a 187,28 μg de i.a/mL de dieta (flubendiamida), 0,025 a 5,331 (clorantraniliprole) e 1,345 a 2,94 (indoxacarbe); de H. armigera 0,076 a 0,093 (flubendiamida), 0,050 e 0,051 (clorantraniliprole) e 1,581 (indoxacarbe); das espécies S. frugiperda, S. cosmioides e S. eridania variaram de 0,255 a 2,73 (flubendiamida), 0,032 a 0,104 (clorantraniliprole), 0,834 a 3,0886 (indoxacarbe). As concentrações diagnósticas encontradas e sugeridas para o monitoramento da resistência de C. includens foram de 12 e 120 μg de flubendiamida/mL de dieta, 10 e 100 μg de clorantraniliprole/mL de dieta e 5 e 50 μg de indoxacarbe/mL de dieta. As variações encontradas para as diamidas nas populações de C. includens indicam resistência das populações de Montividiu-GO e Campo Verde-MT. Entre os inseticidas estudados, o clorantraniliprole apresenta maior potencial de controle para H. armigera, S. frugiperda, S. eridania e S. cosmioides.
7

BIOENSAIOS POR INGESTÃO E MODOS DE AÇÃO DE INSETICIDAS PARA CARACTERIZAR SUSCETIBILIDADE E RESISTÊNCIA DOS PERCEVEJOS Euschistus heros E Dichelops melacanthus / Bioassays by ingestion and modes of action of insecticides to characterize susceptibility and resistance of stink bugs E. heros and D. melacanthus

Wagner, Fernanda Osmara 27 April 2017 (has links)
Made available in DSpace on 2017-07-25T19:31:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Fernanda Wagner.pdf: 2201127 bytes, checksum: 1f084a627bdbb8e6aed48d44eac35a00 (MD5) Previous issue date: 2017-04-27 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / Soybean is one of the most cultivated crops in the country, and the stink bugs of the largest losses in productivity. The Neotropical brown stink bug Euschistus heros cause severe damage to soybeans, however the green belly stink bug Dichelops melacanthus cause severe damage to corn and wheat, and can also attack soybeans. For its control, seed treatment can be performed, as in the case of D. melacanthus, or sprays with insecticides. The objective of this work was to determine the feasibility of conducting ingestion biossays in E. heros and D. melacanthus, as well as to determine the mode of action of the insecticides used to control the E. heros stink bug. The feasibility of ingestion bioassays on E. heros and D. melacanthus with systemic inseticides was investigated, as well a topical bioassay with synergistic substances on E. heros to determine the mode of action of the most common recommended insecticides. The insects used in the bioassays were collected in Cândido Mota-SP, Palmital-SP, Pedrinhas Paulista-SP and Sertaneja-PR. The data obtained were analyzed by ANOVA and Probit analysis. The CL50 for E. heros for the thiametoxam + lambda cyhalothrin mixture was (0.038 + 0.028 μg iamL-1) and for D. melacanthus (0.219 + 0.164 μg de i.a.mL-1). In ingestion trials, this mixture achieved high mortality compared to the other active ingredients tested. When inoculation with the insecticide thiametoxam and the synergist piperonyl butoxide (PBO) agent was performed, the mortalities were significantly higher in the four populations tested indicating that the monooxygenases would be detoxifying the insecticide. Likewise, imidacloprid caused higher mortality when applied with the same synergist, indicating detoxification by monooxygenase enzymes. In the same way, treatments with pyrethroids (lambda-cyhalothrin and beta-cyfluthrin) and PBO caused higher or faster mortalities than the insecticide applied alone. When treatments with acephate and acephate plus diethyl maleate were performed, E. heros mortalities were faster with the synergist diethyl maleate, indicating detoxification of the insecticide by glutathione-S-transferases enzymes, mainly in the population of Sertaneja-PR. / A soja é uma das culturas mais cultivadas no país, sendo os percevejos da família Pentatomidae responsáveis por parte das maiores perdas em produtividade. O percevejo marrom, Euschistus heros, causa danos severos em soja. Por outro lado, o percevejo barriga-verde, Dichelops melacanthus, causa danos intensos em milho e trigo, podendo atacar também a soja. Para seu controle, podem ser realizadas pulverizações com inseticidas ou o tratamento de sementes, como no caso de D. melacanthus. O objetivo deste trabalho, foi determinar a viabilidade de realizar bioensaios de ingestão em E. heros e D. melacanthus, assim como determinar o modo de ação dos inseticidas utilizados para o controle do percevejo E. heros. Os insetos utilizados para o ensaio de ingestão eram provenientes do laboratório e nos ensaios de aplicação tópica, foram realizadas coletas de campo em: Cândido Mota, SP, Palmital, SP, Pedrinhas Paulista, SP e Sertaneja, PR. Os dados obtidos foram analisados por ANOVA e análise de Probit. A CL50 de E. heros para a mistura thiametoxam + lambda cialotrina calculada foi de (0,038 + 0,028 μg de i.a.mL-1) e para D. melacanthus (0,219 + 0,164 μg de i.a.mL-1), respectivamente. Nos ensaios de ingestão, essa mistura causou mortalidade elevada em comparação aos outros ingredientes ativos testados. Quando foi realizada a inoculação com o inseticida thiametoxam e o agente sinergista butóxido de piperonila (PBO) as mortalidades foram significativamente maiores nas quatro populações testadas indicando que as enzimas monooxigenases estariam realizando a detoxificação do inseticida. Da mesma forma, o imidacloprido causou maior mortalidade quando aplicado com o mesmo sinergista, indicando detoxificação por enzimas monooxigenases e/ou esterases. Os tratamentos com os piretróides (lambda-cialotrina e beta-ciflutrina) e o PBO causaram mortalidades superiores ou mais rápidas que o inseticida aplicado isoladamente. Quando foram realizados os tratamentos com acefato e acefato mais dietil maleato, as mortalidades de E. heros foram mais rápidas com o sinergista dietil maleato, indicando o envolvimento de enzimas glutationa-S-transferases, no processo de detoxificação, principalmente com níveis mais elevados na população de Sertaneja-PR.
8

ARGILA DISPERSA EM ÁGUA EM LATOSSOLOS APÓS LONGO TEMPO DE PLANTIO DIRETO / DISPERSIBLE CLAY IN OXISSOLS AFTER A LONG TIME OF NO TILLAGE

Paula, Ariane Lentice de 28 March 2017 (has links)
Made available in DSpace on 2017-07-25T19:31:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Ariane Lentice de Paula.pdf: 1722376 bytes, checksum: c8624e6fac60c0feeda5de3290e79f6b (MD5) Previous issue date: 2017-03-28 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / The water dispersible clay study contributes to monitoring possible improvements or deteriorations in soilstructure. This work aimed to evaluate water dispersible clay in Oxissols after a long time no tillage. The experiment was carried out at "Capão da Onça" School Farm, belonging to State University of Ponta Grossa-UEPG. A toposequence was identified in the area, and divided into three parts: upper third (UT), middle third (MT) Lower third (LT). In each toposequence, three systematic sampling was carried out, with a regular mesh of 5x4 m implantation, with 20 demarcated points, a meter distanced each other. The soil samples were collected with a metal cylinderin the superficial layer (0,00-0,05 m). The indicators of soil structural stability, readily dispersible clay (RDC), mechanically dispersed clay (MDC) and water dispersible clay (WDC) were determined. For RDC determination, the turbidimetry method was used. For MDC determination, the same procedure was followed for RDC, however, a longer sample shaking time was used. The WDC determination used the similar methodology for granulometric analysis determination, without chemical dispersant use. The RDC, MDC and WDC levels were correlated with physical and chemical soil attributes. The RDC showed correlation with clay, sand, P, K+, Ca2+ and Mg2+. MDC showed correlation with clay, sand, K+ and Mg2+, while WDC showed correlation only with Ca2+. The third toposequence components presented almost in RDC levels, and there was no difference between them. In these areas, when there is a brief increase in energy inputs, it was observed that the dispersion was approximately two or three times higher, when RDC and MDC levels are compared. However, MDC levels didn‟t differ in the proportions in the samples. When soil samples were subjected to high energy inputs, as in WDC case, the dispersion increased approximately fifteen times. These results suggest that, under field conditions, dispersion clay in these soil samples maybe primarily due to the effect external mechanical forces. It was concluded that these soils presented low clay dispersion. However, the dispersion can increase significantly if they are subjected to high energy inputs, for example the intense machine‟s traffic. / O estudo de argila dispersa em água contribui para o monitoramento de possíveis melhorias ou deteriorações na estrutura do solo. Este trabalho teve como objetivo avaliar argila dispersa em água em Latossolo após longo tempo de plantio direto. O experimento foi realizado na Fazenda Escola “Capão da Onça” pertencente a Universidade Estadual de Ponta Grossa-UEPG. Na área foi identificada uma topossequência quefoi dividida em três partes: Terço Superior (TS), Terço Médio (TM) e Terço Inferior (TI). Em cada terço realizou-se amostragem sistemática, com a implantação de uma malha regular de 5x4m, com 20 pontos demarcados, distanciados a cada metro. As amostras de solo foram coletadas na camada superficial (0,00–0,05 m), com auxílio de um cilindro metálico. Os indicadores de estabilidade estrutural do solo, argila prontamente dispersa em água (APDA), argila mecanicamente dispersa em água (AMDA) e argila dispersa em água (ADA) foram determinados. Para a determinação da APDA utilizou-se o método da turbidimetria. Para a determinação da AMDA seguiu-se o mesmo procedimento da APDA, com tempo maior para a agitação das amostras. A determinação da ADA utilizou a metodologia semelhante para a determinação da análise granulométrica, sem uso de dispersante químico.Os teores de APDA, AMDA e ADA foram correlacionados com atributos físicos e químicos do solo. A APDA apresentou correlação com a argila, areia, P, K+, Ca2+ e Mg2+. A AMDA apresentou correlação com argila, areia, K+ e Mg2+ enquanto que a ADA apresentou correlação apenas com o Ca2+. Os terços componentes da topossequência apresentaram teores quase nulos de APDA, não havendo diferença entre eles. Nestas áreas, quando se teve um breve aumento nas entradas de energia, observou-se que a dispersão foi aproximadamente duas a três vezes mais elevada, quando se compara os teores de APDA e AMDA. Contudo, os teores de AMDA não diferiram nas proporções amostradas. Quando se submeteu as amostras de solo a altas entradas de energias, como no caso da ADA, a dispersão aumentou aproximadamente quinze vezes. Estes resultados sugerem que, sob condições de campo, a dispersão de argila nestas amostras de solo, podem ser primeiramente advindas do efeito de forças mecânicas externas. Conclui-se que estes solos apresentam baixa dispersão de argila. No entanto, a dispersão pode aumentar significativamente se os mesmos forem submetidos a altas entradas de energias, a exemplo do intenso tráfego de máquinas.
9

Produtos bióticos e abióticos no controle de mofo branco na canola e mancha angular no feijão

Hennipman, Hagata Siqueira 28 July 2017 (has links)
Submitted by Angela Maria de Oliveira (amolivei@uepg.br) on 2018-04-03T17:29:40Z No. of bitstreams: 1 Hagata Siqueira.pdf: 3550867 bytes, checksum: cd4ff12cdbff50afeacf33c07c408750 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-04-03T17:29:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Hagata Siqueira.pdf: 3550867 bytes, checksum: cd4ff12cdbff50afeacf33c07c408750 (MD5) Previous issue date: 2017-07-28 / O objetivo principal desse trabalho foi avaliar o controle do mofo branco na cultura da canola e mancha angular, na cultura do feijão com o uso de produtos bióticos e abióticos. Os experimentos foram conduzidos em laboratório, casa de vegetação e campo. Os experimentos a campo, para a cultura do feijão, foram conduzidos na safra 2015/2016 na fazenda Capão da Onça, já a cultura da canola, os experimentos foram conduzidos no ano de 2016 em dois locais, Fazenda Capão da Onça (UEPG) e Fazenda Limeira, Distrito de Guaragi. Em laboratório foram avaliados IVCM (índice de velocidade de crescimento), teste da folha destacada e patologia de sementes para as duas culturas. Em casa de vegetação foi avaliado o controle da mancha angular pelo método de pulverização de esporos, já o mofo branco, foi avaliado através do método do palito, além da análise enzimática. In vitro, verificou-se 100% de inibição do crescimento micelial de S. sclerotiorum nos tratamentos B. subtillis (autoclavado e não autoclavado), Wert Plus®, na concentração de 1000 ppm, e procimidona na concentração de 100 e 1000 ppm. Em folha destacada os tratamentos procimidona e B. subtillis inibiram 100% o crescimento do fungo no lado direto e esquerdo da folha. Em casa de vegetação os tratamentos com menores valores de severidade, representada pela área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD) foram: procimidona, fosfito de cobre, B. thuringiensis, B. subtillis, fosfito de manganês, fosfito de potássio, fosfito de cobre, High Roots® e V6®. A maior atividade das enzimas peroxidase foi observada em plantas tratadas com acibenzolar-S-metílico, fosfito de cobre e fungicida 48 horas após inoculação do fungo. Em experimentos de campo, na área experimental do distrito Guaragi, os menores valores de severidade foram obtidos nas parcelas com fosfito de cobre e acinezolar S metílico já na área experimental da UEPG, os tratamentos com menor severidade foram fungicida procimidona, B. thuringensis, B. subtillis, T. asperellum, A. nodosum, fosfito de manganês e V6®. Sementes colhidas na área experimental do Guaragi, apresentaram incidência de Gonatobotrys sp., Alternatia alternata, Gliocladium sp., Aspergillus sp., Penicillium sp., Fusarium sp. e Trichoderma sp. Sementes provenientes da área experimental da UEPG, apresentaram incidência de A. alternata, Cladosporium sp., Aspergillus sp., Penicillium sp., Fusarium sp. Para a cultura do feijão, o resultado in vitro mostrou que B. subtillis inibiu o crescimento micelial de P. griseola. Na avaliação em folha destacada, somente o B. thuringiensis apresentou diferença estatística entre os lados aplicados, sendo o lado direito com menor severidade. Em casa de vegetação foram observados na folha cotiledonar e no 1º trifólio maior severidade da doença; Na folha cotiledonar menor severidade foi observada nas plantas tratadas com fungicida, A. nodosun, T. asperellum e fosfito de cobre. No campo, na primeira época de avaliação, os tratamentos com melhor controle da doença foram o fungicida, A. nodosum, B. thuringiensis e o fertilizante V6®. Na segunda época não houve diferença estatística entre os tratamentos para produtividade, mas a maior média foi obtida com aplicação de fungicida. Sementes colhidas na primeira época de semadura apresentaram incidência de Fusarium sp, Colletotrichum truncatum e Phomopsis sp. Na segunda época de semeadura, a presença de Alternaria alternata e a ausência de C. truncatum diferiram da primeira. / The main objective of this work was to evaluate the control of white mold in the culture of canola and angular spot in the common bean crop using biotic and abiotic products. The experiments were conducted in laboratory, greenhouse and field conditions. The field trials for common bean cultivation were conducted in the 2015/2016 season at Capão da Onça farm, and the canola crop was conducted in 2016 at two locations, Fazenda Capão da Onça (UEPG) and Fazenda Limeira, District of Guaragi. In the laboratory were evaluated IVCM (growth rate index), leaf test and seed pathology for the two cultures. In greenhouse the control of the angular spot by the method of spraying of spores was evaluated, and the white mold, was evaluated through the method of the stick, besides the enzymatic analysis. In vitro, 100% inhibition of mycelial growth of S. sclerotiorum was observed in B. subtillis (autoclaved and non-autoclaved), Wert Plus®, at 1000 ppm concentration, and 100 and 1000 ppm procymidone. The procymidone and B. subtillis treatments inhibited 100% growth of the fungus on the direct and left side of the leaf. In the greenhouse, treatments with lower values of severity, represented by the area below the disease progress curve (AUDPC) were: procymidone, copper phosphite, B. thuringiensis, B. subtillis, manganese phosphite, potassium phosphite, High Roots® and V6®. The highest activity of the peroxidase enzymes was observed in plants treated with acibenzolar-S-methyl, copper phosphite and fungicide 48 hours after inoculation of the fungus. In field experiments in the Guaragi district experimental area, the lowest values of severity were obtained in the plots with copper phosphite and acinezolar-S-methyl already in the experimental area of the UEPG, the treatments with less severity were fungicide procymidone, B. thuringensis, B. subtillis, T. asperellum, A. nodosum, manganese phosphite and V6®. Seeds harvested in the experimental area of Guaragi, showed incidence of Gonatobotrys sp., Alternatia alternata, Gliocladium sp., Aspergillus sp., Penicillium sp., Fusarium sp. and Trichoderma sp. Seeds from the experimental area of the UEPG showed an incidence of A. alternata, Cladosporium sp., Aspergillus sp., Penicillium sp., Fusarium sp. For the bean culture, the in vitro result showed that B. subtillis inhibited the mycelial growth of P. griseola. In the evaluation in leaf, only B. thuringiensis showed statistical difference between the applied sides, being the right side with less severity. In greenhouse were observed in the leaf cotyledonar and in the 1st trefoil greater severity of the disease; In the cotyledon leaf smaller severity was observed in the plants treated with fungicide, A. nodosun, T. asperellum and copper phosphite. In the field, in the first evaluation period, the treatments with better control of the disease were the fungicide, A. nodosum, B. thuringiensis and V6® fertilizer. In the second season there was no statistical difference between treatments for yield, but the highest average was obtained with fungicide application. Seeds harvested in the first sowing season showed incidence of Fusarium sp, Colletotrichum truncatum and Phomopsis sp. In the second sowing season, the presence of Alternaria alternata and the absence of C. truncatum differed from the first one.
10

Fenologia e qualidade das Vitis vinifera L. ‘Merlot’, ‘Cabernet Sauvignon’ e ‘Tannat’ submetidas a diferentes épocas de poda. / Phenology and quality of Vitis viniferas L. 'Merlot', 'Cabernet Sauvignon' and 'Tannat' submitted to different pruning seasons

Maciel, Stefania Mendes 22 February 2017 (has links)
Submitted by Gabriela Lopes (gmachadolopesufpel@gmail.com) on 2017-03-23T16:17:49Z No. of bitstreams: 2 license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Dissertação final (1).pdf: 1606741 bytes, checksum: 01f63a4e690a8f3143c6fd2940d71195 (MD5) / Approved for entry into archive by Aline Batista (alinehb.ufpel@gmail.com) on 2017-03-28T20:11:25Z (GMT) No. of bitstreams: 2 Dissertação final (1).pdf: 1606741 bytes, checksum: 01f63a4e690a8f3143c6fd2940d71195 (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) / Made available in DSpace on 2017-03-28T20:11:25Z (GMT). No. of bitstreams: 2 Dissertação final (1).pdf: 1606741 bytes, checksum: 01f63a4e690a8f3143c6fd2940d71195 (MD5) license_rdf: 0 bytes, checksum: d41d8cd98f00b204e9800998ecf8427e (MD5) Previous issue date: 2017-02-22 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES / A Região da Campanha Gaúcha vêm se destacando na produção de uvas Vitis vinifera L. para a elaboração de vinhos finos. Estendendo-se ao longo da fronteira com o Uruguai, tem como principais referências os municípios de Candiota, Bagé, Dom Pedrito e Santana do Livramento. Entre as atividades de grande importância no manejo cultural da vitivinicultura podemos destacar a poda seca. Normalmente realizada no período de repouso que abrange os meses de julho a setembro, a poda seca exige uma grande demanda de mão de obra. Portanto é necessário coletar todas as informações possíveis sobre o ciclo fenológico da cultura facilitando o manejo e escalonando a mão de obra disponível. O trabalho teve como objetivo avaliar o comportamento fenológico e a qualidade pós colheita das cultivares Merlot, Cabernet Sauvignon e Tannat sobre diferentes épocas de poda seca. O experimento foi conduzido em um vinhedo comercial localizado no município de Candiota, Rio Grande do Sul na safra 2015/2016. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado constando de quatro tratamentos e três repetições, onde os tratamentos foram as diferentes épocas de poda seca realizadas em maio, junho, julho e agosto, compondo os tratamentos 1, 2, 3 e 4 respectivamente. As avaliações fenológicas observadas ao longo do ciclo da cultura foram: brotação, floração, frutificação e início da maturação. Após a colheita as variáveis avaliadas no mosto foram os sólidos solúveis totais, açúcares, acidez titulável, pH e densidade. Para o cálculo de produção foram avaliados o número total de cachos por tratamento, número de cachos por planta, massa total dos cachos por tratamento e massa média dos cachos por planta. Os dados foram submetidos à análise de variância (Anova) e comparação de médias pelo teste de Tukey a 5%. A videira „Tannat‟ podada em agosto teve um comportamento fenológico mais tardio em relação aos demais tratamentos. Após a brotação, as plantas podadas em junho desenvolveram-se mais rápidas que as demais. As diferentes épocas de poda seca não interferiram na produção. Quando a poda seca for realizada no mês de agosto a colheita da „Tannat‟ pode ser mais tardia. Para „Cabernet Sauvignon‟ a poda antecipada do mês de maio permanece mais tempo em dormência, brotando ao mesmo tempo que as plantas podadas em julho. A poda realizada em junho antecipa a brotação podendo provocar prejuízos ocasionados pelas geadas primaveris. A poda realizada no mês de agosto obteve maior rendimento por planta quando comparada a época tradicional no mês de julho. A poda seca em diferentes épocas não influenciou nas características analíticas do mosto. Na videira „Merlot‟, a poda seca realizada no mês de junho antecipou a brotação e quando realizada no mês de agosto obteve número total e massa total de cachos superior à realizada no mês de junho. As diferentes épocas de poda seca não diferenciaram os resultados das variáveis físico-químicas da „Merlot‟. / The Campanha Gaucha region has been highlighted due to production of Vitis vinifera L. grape to make fine wines. This region extends along the border of Brazil and Uruguay whose main cities are Candiota, Bagé, Dom Pedrito and Santana do Livramento. Between the activities of utmost importance in management of viticulture activity, the dry pruning can be emphasized. In general, the dry pruning is performed in rest period, i. e. between the months of July and September, and requires a high labor demand. Thus, it is necessary to collect all the obtainable information on the phenological cycle of this culture to make easier the management and scaling of the available labor. The work aims to evaluate the phenological behavior and the quality of postharvest of the cultivars Merlot, Cabernet Sauvignon and Tannat, in different periods of dry pruning. The experiments were carried out in a commercial vineyard located in the city of Candiota, Rio Grande do Sul, during the harvest 2015/2016. The experimental design was a completely randomized design consisting of four treatments and three replications, where the treatments were the different dry pruning times performed in May, June, July and August, composing treatments 1, 2, 3 and 4 respectively. The phenological evaluations observed during the crop cycle were: sprouting, flowering, fruiting and beginning of maturation. After the harvest the variables evaluated in the wort were the total soluble solids, sugars, titratable acidity, pH and density. The total number of bunches per treatment, number of bunches per plant, total mass of bunches per treatment and average mass of bunches per plant were evaluated for the production calculation. Data were submitted to analysis of variance (Anova) and comparison of means by the Tukey test at 5%. The 'Tannat' vine pruned in August had a later phenological behavior in relation to the other treatments. After sprouting, the plants pruned in June developed faster than the others. The different seasons of dry pruning did not interfere with production. When dry pruning is performed in August, the 'Tannat' harvest may be later. For 'Cabernet Sauvignon' the early pruning of the month of May remains longer in dormancy, sprouting at the same time as the plants pruned in July. The pruning done in June anticipates the sprouting and can cause damages caused by the spring frosts. The pruning done in August obtained higher yield per plant when compared to the traditional season in July. Dry pruning at different times did not influence the analytical characteristics of the must. In the 'Merlot' grapevine, the dry pruning carried out in the month of June anticipated the sprouting and when it was carried out in the month of August it obtained a total number and a total mass of bunches higher than the one realized in the month of June.The different seasons of dry pruning did not differentiate the results of the physical-chemical variables of 'Merlot'.

Page generated in 0.0765 seconds