• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 24
  • Tagged with
  • 24
  • 24
  • 24
  • 11
  • 11
  • 9
  • 5
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 3
  • 2
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Biomarcadores de progressão em carcinomas orais

Cervigne, Nilva de Karla [UNESP] 23 November 2009 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:32:13Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2009-11-23Bitstream added on 2014-06-13T20:42:59Z : No. of bitstreams: 1 cervigne_nk_dr_botib.pdf: 2981953 bytes, checksum: 6d2322c630d143644a1ab19ea65d6c0a (MD5) / Os carcinomas de células escamosas orais (CCEOs) são tumores malignos da cavidade oral que abrangem aproximadamente 50% de todos os cânceres de cabeça e pescoço, e são a sexta causa de morte por câncer em todo o mundo. Acredita-se que 16-62% destes carcinomas se desenvolvam de lesões potencialmente malignas (OPMLs) conhecidas como leucoplasias orais. Embora se saiba que os CCEOs possam se desenvolver a partir de leucoplasias, a avaliação clínica e histológica existente possue um valor prognóstico limitado para predizer quais dessas OPMLs progredirão a carcinoma. Neste contexto, a busca por marcadores genéticos associados ao prognóstico de leucoplasias é importante, uma vez que estes seriam utilizados como ferramentas mais robustas para a predição da transformação maligna das leucoplasias orais. Apesar de alguns estudos mostrarem alterações genéticas envolvidas na progressão do câncer oral, genes capazes de predizer a transformação maligna de leucoplasias à carcinoma permanecem desconhecidos. A aplicação de análises genômicas em ampla escala, como as utilizadas este estudo, possui potencial para superar este problema, uma vez que permite a identificação de genes/vias específicas envolvidos nesta doença. Além disso, a inclusão de amostras sequênciais de leucoplasias que progrediram e CCEOs de um mesmo paciente, permite uma comparação mais acurada de modificações genéticas que ocorrem nestas lesões durante a progressão oral. Para tal, aplicamos a análise de expressão de microRNAs e a análise do número de cópias do DNA para a identificação de alterações genéticas associadas com a progressão do câncer oral. Este estudo foi o primiero a identificar uma assinatura de miRNAs (miR-146a, miR- 181b, miR-184, miR-21, miR-345, miR-518b, miR-520g, miR-649, miR-196a e miR-206) foi identificada como associada com a progressão ao câncer oral... / Not Available
2

Biomarcadores de progressão em carcinomas orais /

Cervigne, Nilva de Karla. January 2009 (has links)
Resumo: Os carcinomas de células escamosas orais (CCEOs) são tumores malignos da cavidade oral que abrangem aproximadamente 50% de todos os cânceres de cabeça e pescoço, e são a sexta causa de morte por câncer em todo o mundo. Acredita-se que 16-62% destes carcinomas se desenvolvam de lesões potencialmente malignas (OPMLs) conhecidas como leucoplasias orais. Embora se saiba que os CCEOs possam se desenvolver a partir de leucoplasias, a avaliação clínica e histológica existente possue um valor prognóstico limitado para predizer quais dessas OPMLs progredirão a carcinoma. Neste contexto, a busca por marcadores genéticos associados ao prognóstico de leucoplasias é importante, uma vez que estes seriam utilizados como ferramentas mais robustas para a predição da transformação maligna das leucoplasias orais. Apesar de alguns estudos mostrarem alterações genéticas envolvidas na progressão do câncer oral, genes capazes de predizer a transformação maligna de leucoplasias à carcinoma permanecem desconhecidos. A aplicação de análises genômicas em ampla escala, como as utilizadas este estudo, possui potencial para superar este problema, uma vez que permite a identificação de genes/vias específicas envolvidos nesta doença. Além disso, a inclusão de amostras sequênciais de leucoplasias que progrediram e CCEOs de um mesmo paciente, permite uma comparação mais acurada de modificações genéticas que ocorrem nestas lesões durante a progressão oral. Para tal, aplicamos a análise de expressão de microRNAs e a análise do número de cópias do DNA para a identificação de alterações genéticas associadas com a progressão do câncer oral. Este estudo foi o primiero a identificar uma assinatura de miRNAs (miR-146a, miR- 181b, miR-184, miR-21, miR-345, miR-518b, miR-520g, miR-649, miR-196a e miR-206) foi identificada como associada com a progressão ao câncer oral... (Resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Not Available / Orientador: Patricia Pintor dos Reis / Coorientador: Suzanne Kamel-Reid / Banca: Ilce Mara Syllus Cólus / Banca: Cláudia Ap. Rainho / Banca: Wilson Araújo da Silva / Banca: Clarice Sampaio Alho / Doutor
3

Diagnostico do cancer superficial e de lesões displasicas de esofago sincronicas com o cancer da região mucosa de cabeça e pescoço com o emprego de exame endoscopico e coloração com solução de lugol a 2%

Tincani, Alfio José, 1954- 24 February 1997 (has links)
Orientador: Nelson Ary Brandalise / Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas / Made available in DSpace on 2018-07-22T02:46:59Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Tincani_AlfioJose_D.pdf: 3337020 bytes, checksum: 61b3527bfcc849ff523fef6bb1ac7b5a (MD5) Previous issue date: 1996 / Resumo: Os tumores localizados em região de cabeça e pescoço apresentam alta incidência em indivíduos etilistas e tabagistas e estes fatores etiológicos estão também relacionados com a incidência de câncer em esôfago. Assim sendo, é de se esperar que estes venham a apresentar outra neoplasia primária neste último órgão. Por estes fatos, no período compreendido entre junho de 1992 e junho de 1996, realizou-se um estudo prospectivo com 60 pacientes portadores de câncer em mucosa da região de cabeça e pescoço, com o objetivo de diagnosticarem neoplasias malignas superficiais no esôfago, caracterizadas como segundo tumor primário, e displasias, ambas sincrônicas com os tumores de cabeça e pescoço. Através de exame por endoscopia digestiva alta e utilizando-se a solução de lugol a 2%, para coloração do epitélio esofagiano, foram evidenciadas, em 33 pacientes (55%), 42 áreas iodo-c~aras, que foram submetidas a biópsias para estudo anatomopatológico. Foram diagnosticados quatro carcinomas superficiais de esôfago (6,7%) e seis áreas de displasia (10,0%), todas sincrônicas com os tumores da região de cabeça e pescoço. Concluiu-se que o método de coloração da mucosa esofagiana, através da endoscopia digestiva alta, apresenta alta sensibilidade (100%) e baixa especificidade (54,0%), com valores preditivos positivo de 30,3% e negativo de 100%, para o diagnóstico de um segundo tumor primário e de displasia, em pacientes portadores de carcinoma em mucosa de região de cabeça e pescoço / Abstract: Tumors in head and neck areas have a high incidence among smokers and alcoholics, and this etiologycal factors also are associated with esophageal cancer. For this reason, it is expected that anotherprimary cancer can develop in the esophagus in these patients. From June 1992 to June 1996, a prospective study involving 60 patients with head and neck mucous membrane tumor, was carried out in order to look for synchronic early esophageal cancer, characterized as a second primary and or dysplasias. Through endoscopic examination and using a solution of lugol 2% to stain the esophageal epithelium, 42 unstained areas were found in 33 patients (55%), and biopsies done. Results revealed four superficial esophagus carcinomas (6,7%) and six areas of dysplasias (10%), in this group ofpatients. The conclusion of this study shows that the stain method with lugol solution and endoscopic examination, has a high sensibility (100%) and low specificity (54%) with a positive predictive value of 30,3% and a negative predictive value of 100%, to diagnose the second tumor and displasias in the esophagus of patients with head and neck tumors of the mucous membrane / Doutorado / Cirurgia / Doutor em Cirurgia
4

Efeitos in vitro das estatinas em câncer de cabeça e pescoço

Pavan, Ludmila Madeira Cardoso 17 August 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2015. / Submitted by Fernanda Percia França (fernandafranca@bce.unb.br) on 2016-01-20T15:25:07Z No. of bitstreams: 1 2015_LudmilaMadeiraCardosoPavan.pdf: 4534084 bytes, checksum: 2a6efe1f244305356f0eb2252a4b9d6a (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2016-01-24T14:06:12Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_LudmilaMadeiraCardosoPavan.pdf: 4534084 bytes, checksum: 2a6efe1f244305356f0eb2252a4b9d6a (MD5) / Made available in DSpace on 2016-01-24T14:06:12Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_LudmilaMadeiraCardosoPavan.pdf: 4534084 bytes, checksum: 2a6efe1f244305356f0eb2252a4b9d6a (MD5) / As estatinas são comumente utilizadas para tratar doenças cardiovasculares, porém estudos mais recentes destacaram seus potenciais efeitos antiproliferativos e pró-apoptóticos nas células neoplásicas. Assim, o objetivo desta revisão sistemática foi verificar os efeitos antitumorais in vitro das estatinas nos carcinomas de cabeça e pescoço. Uma busca criteriosa foi realizada nas bases de dados Cochrane, MEDLINE, EMBASE, LILACS, e PUBMED, em 30 de junho de 2014 e atualizada em 09 de maio de 2015. Nenhuma restrição de idioma ou período foi utilizada. Para elaboração e planejamento desta revisão sistemática foi utilizada uma lista de verificação, o PRISMA checklist. Somente artigos que utilizaram as estatinas para tratamento de carcinoma de cabeça e pescoço (HNSCC) foram incluídos. Os critérios de exclusão consideraram: (1) Artigos que não verificaram associação entre as estatinas e este tipo de câncer; (2) revisões de literatura, cartas, relatos de casos clínicos, resumos, opiniões pessoais, resumos em conferências, cartas ao editor, teses e capítulos de livro; (3) estudos clínicos. Assim, foram selecionados somente estudos in vitro que discutiram os efeitos da estatinas no carcinoma de cabeça e pescoço, já que foi encontrado somente um estudo clínico após levantamento bibliográfico. Dos 153 artigos selecionados, 14 deles se enquadraram nos critérios de inclusão e exclusão. Para análise da qualidade de evidências dos estudos incluídos o método GRADE foi utilizado. Seis estudos foram classificados com qualidade de evidência moderada e os outros oito considerados de alta qualidade. Os estudos incluídos demonstraram que as estatinas têm um significante efeito em carcinomas de cabeça e pescoço e pode influenciar a viabilidade celular, ciclo celular, morte celular, além de regular os níveis de expressão das proteínas que participam das vias da carcinogênese. Estes achados indicam que as estatinas são medicamentos promissores se utilizadas sozinha ou associadas a outros quimioterápicos tradicionais. Mesmo com poucos estudos disponíveis, as evidências encontradas sugerem que as estatinas demonstram ser potenciais agentes coadjuvantes aos tratamentos tradicionais utilizados para o carcinoma de cabeça e pescoço. Porém pesquisas clínicas são necessárias para confirmar estes resultados in vitro. ______________________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Statins are commonly used against arteriosclerotic disease, but recent retrospective analyses have suggested that statins also prevent cancer. The aim of this systematic review is to verify the vitro anti-tumor effects of statins on head and neck squamous cell carcinoma. Studies were gathered by searching Cochrane, MEDLINE, EMBASE, LILACS, and PubMed, up until June, 30, 2014 an uploaded until May 9, 2015, with no time or language restrictions. The Preferred Reporting Items for Systematic Reviews and Meta-Analysis (PRISMA) Checklist was followed in this systematic review We have excluded studies: 1) Articles with different target condition, such as studies that did not verify the association between statin and HNSCC; 2) Reviews of the literature, letters, personal opinions and conference abstracts; 3) Clinical Trial. Therefore, only in vitro studies that discuss the effect of statins on head and neck carcinoma were selected, because only one clinical Trial study was found. Of 153 identified papers, 14 studies met the inclusion criteria. The GRADE method was used to analyze the quality of evidence of the studies included. Six studies were classified as moderate and eight as high quality of evidence. These studies demonstrated that statins had a significant effect on head and neck squamous cell carcinoma cell lines and influenced cell viability, cell cycle, cell death, and protein expression levels involved in pathways of carcinogenesis, which corroborates with the potential in vitro anti-tumor effects. It provides highlights about the biological mechanisms of statins used alone or associated with traditional therapy for cancer. Though there are few studies on the topic, currently available evidence suggests that statins shows that preclinical experiments supports the potentiality of statin as an adjuvant agent in chemotherapy and/or radiotherapy approaches routinely used in the management of HNSCC and should undergo further clinical assessment.
5

Expressão imuno-histoquímica do p16 e sua relação com o papilomavírus humano em carcinomas de cabeça e pescoço

Saldanha, Marina Vaz de Lima Fullin 07 December 2012 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2012. / Submitted by Albânia Cézar de Melo (albania@bce.unb.br) on 2013-02-21T13:22:18Z No. of bitstreams: 1 2012_MarinaVazLimaFullinSaldanha.pdf: 3290917 bytes, checksum: 342de26b8a80851cc1463b366bfcc2d2 (MD5) / Approved for entry into archive by Luanna Maia(luanna@bce.unb.br) on 2013-02-26T16:29:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2012_MarinaVazLimaFullinSaldanha.pdf: 3290917 bytes, checksum: 342de26b8a80851cc1463b366bfcc2d2 (MD5) / Made available in DSpace on 2013-02-26T16:29:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2012_MarinaVazLimaFullinSaldanha.pdf: 3290917 bytes, checksum: 342de26b8a80851cc1463b366bfcc2d2 (MD5) / O Papilomavírus Humano (HPV) está relacionado à patogênese de vários tipos de câncer, e uma associação causal entre o HPV e o câncer de cabeça e pescoço tem sido estabelecida recentemente. A infecção pelo HPV de alto risco está frequentemente associada à superexpressão da p16, uma proteína envolvida no controle do ciclo celular e utilizada como biomarcador para os eventos iniciais da carcinogênese. O objetivo deste estudo foi analisar a expressão da p16 em carcinoma espinocelular de cabeça e pescoço e sua relação com o HPV. A amostra analisada foi composta por tecidos de biópsias emblocados em parafina de casos de carcinoma espinocelular de boca e orofaringe, e um grupo controle de hiperplasia fibrosa. Todos os casos foram avaliados para expressão de p16 pela técnica imuno- histoquímica e para detecção do HPV pela reação de polimerização em cadeia (PCR). Nos casos de carcinoma, analisou-se a expressão de p16 na região do tumor e no epitélio adjacente, bem como no epitélio dos casos controle. Os dados clínicos e demográficos foram obtidos de arquivos médicos. 25% dos casos de câncer de boca e 35,7% de orofaringe foram positivos para p16. O epitélio adjacente mostrou 38,5% positividade para p16 em câncer de boca e 45,5% para orofaringe. O grupo controle apresentou positividade em 30% dos casos. Observou-se relação entre a morfologia queratinizante e a ausência de expressão de p16. A relação descrita na literatura entre superexpressão de p16 e presença de HPV não foi encontrada, pois nenhum caso foi HPV-positivo. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / The Human Papillomavirus (HPV) has been linked to the pathogenesis of several types of cancer, and a causal association between HPV and head and neck cancer has been recently established. Proteins involved in cell cycle control are used as biomarkers to changes in the cycle and early events of arcinogenesis. The purpose of this study was to analyze the expression of the p16 protein in head and neck squamous cell carcinomas and its relationship with HPV. Paraffin-embedded biopsy tissues from patients with oral squamous cell carcinoma (OSCC) and oropharyngeal squamous cell carcinoma (OPSCC) comprised the sample analyzed. A control group comprised biopsies diagnosed with fibrous hyperplasia. They were evaluated for p16 immunohistochemical expression in tumor tissue and adjacent epithelium and for the presence of HPV through DNA extraction and Nested PCR. Demographic data were obtained from medical records. Results: 25% of OSCC cases and 35.7% of OPSCC were positive for p16. The adjacent epithelium showed 61% of p16 OSCC positive and 45% in OPSCC. Control group presents positivity in 30% of cases. No patients presented HPV. The study showed that the low p16 expression in the tumor area indicates that this gene is inactivated in carcinogenesis. We did not find relationship between p16 and HPV, since no cases were HPV-positive.
6

Perfil bioquímico, celular e proteômico do plasma de pacientes com câncer de cabeça e pescoço submetidos a terapia nutricional enteral imunomoduladora no pós-cirúrgico

Santos, Semiramis Silva 12 August 2016 (has links)
Made available in DSpace on 2019-03-30T00:12:30Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2016-08-12 / The head and neck cancer is considered one of the main tumors affecting people in Brazil and around the world. Nutritional deficiencies, favored by catabolic factors secreted by the tumor itself, result in immune deficiencies that compromise the patient's prognosis. enteral nutritional therapy immunomodulatory has shown clinical benefit in the treatment of head and neck cancer because it can favorably modulate the immune and inflammatory response. The aim of the study was to characterize the biochemical profile, cellular and proteomic of patients with head and neck cancer undergoing enteral nutritional therapy immunomodulatory postoperatively. The evaluations were performed in patients admitted to the Hospital Haroldo Juaçaba - Ceará Cancer Institute, where immunomodulation occurred for a period of 3 to 5 days. The sample was mostly male, malnourished and elderly. Plasma proteins were quantified and subjected to electrophoresis, affinity chromatography depletion of albumin and IgG, identification and quantification by mass spectrometry. The results showed that before use of immunomodulatory diet amyloid protein A1 and serum A2 and C-reactive protein, positive acute phase proteins in the inflammatory process, had levels of increased expression in the plasma of patients, and after the use of immunomodulatory diet B factor of the complement system. We also identified six proteins that are used as tumor markers: serum amyloid A, plasmin, Zinc alpha 2-glycoprotein, alpha 1 antichymotrypsin, alpha 2-glycoprotein rich in leucine 1 and 2, and heavy chain immunoglobulin M. It is concluded that protein with a higher level of expression in response to the use of enteral nutritional therapy immunomodulatory postoperatively was the B factor of the complement system. Key words: Immunonutrition; head and neck cancer; proteomics. / O câncer de cabeça e pescoço é considerado um dos principais tumores que acometem as pessoas no Brasil e no mundo. As deficiências nutricionais, favorecida por fatores catabólicos secretados pelo próprio tumor, resultam em deficiências imunológicas que comprometem o prognóstico do paciente. Terapia nutricional enteral imunomoduladora tem mostrado benefício clínico no tratamento do câncer de cabeça e pescoço, pois pode modular favoravelmente a resposta imunitária e inflamatória. O objetivo do estudo foi caracterizar o perfil bioquímico, celular e proteômico de pacientes com câncer de cabeça e pescoço submetidos a terapia nutricional enteral imunomoduladora no pós-operatório. As avaliações foram realizadas em pacientes internados no Hospital Haroldo Juaçaba - Instituto do Câncer do Ceará, onde a imunomodulação ocorreu pelo período de 3 a 5 dias. A amostra foi na sua maioria do gênero masculino, desnutridos e idosos. As proteínas plasmáticas foram quantificadas e submetidas a eletroforese, cromatografia de afinidade para depleção de albumina e IgG, identificação e quantificação por espectrometria de massas. Os resultados obtidos mostraram que antes do uso da dieta imunomoduladora as proteínas amilóide A1 e A2 sérica e proteína C reativa, proteínas de fase aguda positivas no processo inflamatório, apresentaram nível de expressão aumentado no plasma dos pacientes e, após o uso de dieta imunomoduladora, o fator B do sistema complemento. Também foram identificadas seis proteínas que são utilizadas como marcadores tumorais: amilóide A sérica, plasmina, zinco alfa 2-glicoproteína, alfa 1 antiquimiotripsina, alfa 2-glicoproteína rica em leucina 1 e 2 e cadeia pesada de imunoglobulina M. Concluiu-se que a proteína com maior nível de expressão em resposta ao uso de terapia nutricional enteral imunomoduladora no pós-operatório foi o fator B do sistema complemento. Palavras chaves: Imunonutrição; câncer cabeça e pescoço; proteômica.
7

Pesquisa de segunda neoplasia em boca e orofaringe em pacientes portadores de carcinoma espinocelular (CEC) de esôfago, boca e orofaringe através de narrow band imaging (NBI)

Boldrini Junior, Domingos [UNESP] 16 March 2011 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:23:07Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2011-03-16Bitstream added on 2014-06-13T18:50:21Z : No. of bitstreams: 1 boldrinijunior_d_me_botfm.pdf: 512291 bytes, checksum: 8823a68fb6704d2438a0ce58e025b019 (MD5) / Fundação Pio Xii - Barretos / O câncer de boca e orofaringe apresentam incidência elevada em nosso meio, sendo o diagnóstico realizado em estádio avançado, onde a sobrevida é limitada. Neste sentido, faz-se importante avaliar e aprimorar métodos que visem ao diagnóstico precoce destas lesões. O uso do lugol ou do azul de toluidina tem limitações, e o exame clínico de rotina não é realizado rotineiramente na prática clínica, mesmo em populações de alto risco. A pesquisa neoplasia primária em pacientes de risco constitui um bom modelo na avaliação de novas metodologias de diagnóstico precoce do câncer de boca e orofaringe, sendo que a taxa de segunda neoplasia primária varia de 1 a 40%. Recentemente, o aparecimento de endoscópios com o recurso do Narrow-band imaging (NBI) tem demonstrado uma elevação na acurácia do diagnóstico de lesões neoplásicas, porém o número de trabalhos é limitado, havendo pouca experiência em nosso meio. Estudo prospectivo de pacientes portadores de carcinoma espinocelular de boca, orofaringe e esôfago, sem tratamento prévio, atendidos no Hospital de Câncer de Barretos no período de janeiro a agosto de 2010. Procurou-se avaliar a pesquisa de lesões préneoplásicas e segunda tumor primário (STP) na boca e orofaringe, utilizando-se o exame físico, associado a endoscopia com luz branca e a endoscopia com o recurso do NBI. As lesões visualizadas foram biopsiadas e as imagens digitalizadas. Utilizou-se a classificação patológica de WHO. Procurou-se avaliar a sensibilidade, especificidade, acurácia valores preditivos positivos e negativos e teste kappa da técnica do NBI em relação à técnica tradicional avaliando em as lesões pré-neoplásicas e neoplásicas. Foram avaliados 144 pacientes, sendo a maioria homens (86,8%), portadores de CEC de boca (44,4%), fumantes (80,6%) e etilistas (58,3%), com tumores em estádio STP em cabeça e pescoço... / Oral and oralpharyngeal cancer have high incidence in our country, being diagnosed at advanced stages, where survival is limited. In this sense is important to evaluate and improve methods aimed at early diagnosis, such as lugol´s solution and toluidine, but both have limitations, and clinical evaluation, not always used in clinical practice, even in high risks population.The research of second primary tumor in high risks pacients is a good way to evaluate new methods of earlier diagnosis of oral and oralpharyngeal cancers. It’s important to remember that the rate of second primary tumor varies between 1 to 40%. Recently, advent of endoscopes with the NBI feature (narrow band imaging) in endoscopy has demonstrated an increase in accuracy in cancer diagnosis, but the number of publications are still limited, with little experience in our midst. Cross-sectional, prospective, study of patients with oral carcinoma, pharynx and esophagus, untreated, in Cancer Hospital of Barretos, between january and august in 2010. Second primary tumor (SPT) in oral and oropharynx was searching using the association between clinical evaluation with white light endoscopy and NBI endoscopy. When lesions were presented it was biopsied and images digitalized. WHO pathologic classification was performed. The results of the both methods were compared regarding sensitivity, specificity, accuracy, positive predictive value and negative predictive value and kappa test. We evaluated 144 patients, being the majority men (86.8%) with OSCC (oral squamous cell carcinomas) (44.4%), smokers (80.6%) and alcoholics (58.3%), clinical stage neoplasia III and IV (77.0%). We identified nine neoplastic lesions and 16 dysplasia lesions. Head and neck SPT rate was 6,3%, but the rate of premalignant lesions and malignant in oral cavity and oropharynx was 17.4% and 30.0% when the primary site was oral cavity, 25.0% for esophagus... (Complete abstract click electronic access below)
8

Pesquisa de segunda neoplasia em boca e orofaringe em pacientes portadores de carcinoma espinocelular (CEC) de esôfago, boca e orofaringe através de "narrow band imaging (NBI)" /

Boldrini Junior, Domingos. January 2011 (has links)
Orientador: René Aloísio da Costa Vieira / Banca: Jair Cortez Montovani / Banca: José Magrin / Resumo: O câncer de boca e orofaringe apresentam incidência elevada em nosso meio, sendo o diagnóstico realizado em estádio avançado, onde a sobrevida é limitada. Neste sentido, faz-se importante avaliar e aprimorar métodos que visem ao diagnóstico precoce destas lesões. O uso do lugol ou do azul de toluidina tem limitações, e o exame clínico de rotina não é realizado rotineiramente na prática clínica, mesmo em populações de alto risco. A pesquisa neoplasia primária em pacientes de risco constitui um bom modelo na avaliação de novas metodologias de diagnóstico precoce do câncer de boca e orofaringe, sendo que a taxa de segunda neoplasia primária varia de 1 a 40%. Recentemente, o aparecimento de endoscópios com o recurso do Narrow-band imaging (NBI) tem demonstrado uma elevação na acurácia do diagnóstico de lesões neoplásicas, porém o número de trabalhos é limitado, havendo pouca experiência em nosso meio. Estudo prospectivo de pacientes portadores de carcinoma espinocelular de boca, orofaringe e esôfago, sem tratamento prévio, atendidos no Hospital de Câncer de Barretos no período de janeiro a agosto de 2010. Procurou-se avaliar a pesquisa de lesões préneoplásicas e segunda tumor primário (STP) na boca e orofaringe, utilizando-se o exame físico, associado a endoscopia com luz branca e a endoscopia com o recurso do NBI. As lesões visualizadas foram biopsiadas e as imagens digitalizadas. Utilizou-se a classificação patológica de WHO. Procurou-se avaliar a sensibilidade, especificidade, acurácia valores preditivos positivos e negativos e teste kappa da técnica do NBI em relação à técnica tradicional avaliando em as lesões pré-neoplásicas e neoplásicas. Foram avaliados 144 pacientes, sendo a maioria homens (86,8%), portadores de CEC de boca (44,4%), fumantes (80,6%) e etilistas (58,3%), com tumores em estádio STP em cabeça e pescoço... (resumo completo, clicar acesso eletrônico abaixo) / Abstract: Oral and oralpharyngeal cancer have high incidence in our country, being diagnosed at advanced stages, where survival is limited. In this sense is important to evaluate and improve methods aimed at early diagnosis, such as lugol's solution and toluidine, but both have limitations, and clinical evaluation, not always used in clinical practice, even in high risks population.The research of second primary tumor in high risks pacients is a good way to evaluate new methods of earlier diagnosis of oral and oralpharyngeal cancers. It's important to remember that the rate of second primary tumor varies between 1 to 40%. Recently, advent of endoscopes with the NBI feature (narrow band imaging) in endoscopy has demonstrated an increase in accuracy in cancer diagnosis, but the number of publications are still limited, with little experience in our midst. Cross-sectional, prospective, study of patients with oral carcinoma, pharynx and esophagus, untreated, in Cancer Hospital of Barretos, between january and august in 2010. Second primary tumor (SPT) in oral and oropharynx was searching using the association between clinical evaluation with white light endoscopy and NBI endoscopy. When lesions were presented it was biopsied and images digitalized. WHO pathologic classification was performed. The results of the both methods were compared regarding sensitivity, specificity, accuracy, positive predictive value and negative predictive value and kappa test. We evaluated 144 patients, being the majority men (86.8%) with OSCC (oral squamous cell carcinomas) (44.4%), smokers (80.6%) and alcoholics (58.3%), clinical stage neoplasia III and IV (77.0%). We identified nine neoplastic lesions and 16 dysplasia lesions. Head and neck SPT rate was 6,3%, but the rate of premalignant lesions and malignant in oral cavity and oropharynx was 17.4% and 30.0% when the primary site was oral cavity, 25.0% for esophagus... (Complete abstract click electronic access below) / Mestre
9

Avaliação in vitro do potencial antineoplástico de plantas do Cerrado em carcinoma de cabeça e pescoço

Elias, Silvia Taveira 12 December 2014 (has links)
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2014. / Submitted by Ana Cristina Barbosa da Silva (annabds@hotmail.com) on 2015-02-13T18:51:57Z No. of bitstreams: 1 2014_SilviaTaveiraElias.pdf: 1319170 bytes, checksum: d6738e858c694cf4834f699589d9eb82 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana(raquelviana@bce.unb.br) on 2015-03-16T14:54:49Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2014_SilviaTaveiraElias.pdf: 1319170 bytes, checksum: d6738e858c694cf4834f699589d9eb82 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-03-16T14:54:49Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2014_SilviaTaveiraElias.pdf: 1319170 bytes, checksum: d6738e858c694cf4834f699589d9eb82 (MD5) / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). / As moléculas antineoplásicas derivadas de plantas têm ganhado atenção frente aos tratamentos convencionais do câncer. Assim, esse trabalho tem como objetivo avaliar a atividade antineoplásica de extratos de plantas derivadas do Bioma Cerrado em linhagens de carcinoma de cabeça e pescoço (HNSCC). Também, objetiva-se averiguar a ação concomitante do tratamento radioterápico associado aos extratos de plantas do Cerrado e o possível sinergismo entre eles, além de identificar vias de ação e substâncias com potencial biológico nas linhagens de HNSCC. Para os experimentos foram usados extratos de folhas das espécies Erythroxylum daphnites, E. suberosum, E. subrotundum, Pouteria ramiflora e P. torta provenientes do bioma Cerrado. Para cada planta foram produzidos três diferentes extratos divididos de acordo com sua solubilidade e polaridade, são eles: aquoso, etanólico e hexânico. Os extratos com maior atividade citotóxica tiveram sua concentração de IC50 definidas e passaram por novos testes a fim de determinar o mecanismo de ação. Dentre os 15 extratos testados, o extrato hexânico de E. daphnites (EDH) foi o que apresentou maior toxicidade para a linhagem SCC-9 (carcinoma de língua) e extrato hexânico de E. suberosum (ESH) para a linhagem FaDu. De maneira geral os extratos induziram efeito citotóxico supraaditivo quando comparado às linhagens que receberam apenas irradiação. O extrato EDH apresentou ainda atividade antiproliferativa, estabilização do ciclo celular na fase G0/G1, diminuição de expressão das ciclinas D e E e aumento de expressão das proteínas p16 e p21, além de ter atividade apoptótica comprovada pela expressão de caspase 3. O extrato ESH, apesar de citotóxico, não possui efeito antiproliferativo para a linhagem FaDu e o perfil de morte descrito foi apenas o de necrose. Os triterpenos foram os principais constituintes encontrados nos extratos com melhor resposta citotóxica. Diante dos resultados obtidos, esse estudo demonstra a relevância biológica das substâncias advindas de plantas do Cerrado e destaca o extrato EDH como uma opção promissora para o tratamento do carcinoma de língua. ________________________________________________________________________________ ABSTRACT / Antineoplastic effects of molecules derived from plants have recently gained increased attention as an additive to traditional therapies. This study aims to investigate the antineoplastic activity of plant extracts derived from the Cerrado biome in head and neck carcinoma cell lines. It also investigates the concomitant activity of radiotherapic treatment associated with plant extracts and the possible synergism between them, identify action mechanisms and possible active substances with biological activity for HNSCC cells. For the experiments, leaf extracts of plant species Erythroxylum daphnites, E. suberosum, E. subrotundum, Pouteria ramiflora and P. torta from Cerrado Biome were used. Of each plant, three extracts were produced according to their solubility and polarity: aqueous, ethanolic and hexanic. Extracts with increased activity had the IC50 concentration defined. New assays were done to determinate mechanism of action and probable constitution. Among 15 extracts tested, hexanic extract from E. daphnites (EDH) showed the highest toxicity for SCC-9 and hexanic extract from E. suberosum (ESH) for FaDu cells. Generally extracts induced supra-additive cytotoxic effect compared with cells that received only radiation. The extract EDH also showed antiproliferative effect, stabilization of cell cycle on G0/G1 phase, decreased levels of ciclins D and E, and increased labeling of proteins p16 and p21, as well as apoptotic activity proven by expression of caspase 3. Extract ESH, despite cytotoxicity activity, didn’t show antiproliferative result on FaDu cell line and the profile of cell death described is only necrosis. Triterpenes are major constituents found in both extracts with better cytotoxic index. Based on these dates, this study highlights the potential biological relevance of Cerrado plants and EDH emerges as a promising option for the treatment of tongue cancer.
10

Intervenções tópicas para prevenção da radiodermatite aguda em pacientes com câncer de cabeça e pescoço : revisão sistemática e metanálise / Topical interventions to prevent acute radiodermatitis in head and neck cancer patients : a systematic review and meta-analysis / Intervenciones tópicas para prevenir radiodermatitis aguda en cáncer de cabeza y cuello : una revisión sistemática y metanálisis

Ferreira, Elaine Barros 03 July 2015 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Departamento de Enfermagem, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, 2015. / Submitted by Tania Milca Carvalho Malheiros (tania@bce.unb.br) on 2015-11-26T16:49:30Z No. of bitstreams: 1 2015_ElaineBarrosFerreira.pdf: 1791208 bytes, checksum: cf7a8c3ee607d05741a02ece19f0bb20 (MD5) / Approved for entry into archive by Patrícia Nunes da Silva(patricia@bce.unb.br) on 2015-12-23T13:58:43Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2015_ElaineBarrosFerreira.pdf: 1791208 bytes, checksum: cf7a8c3ee607d05741a02ece19f0bb20 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-12-23T13:58:43Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2015_ElaineBarrosFerreira.pdf: 1791208 bytes, checksum: cf7a8c3ee607d05741a02ece19f0bb20 (MD5) / A radiodermatite aguda é uma das principais reações adversas da radioterapia, sendo comum em pacientes com câncer de cabeça e pescoço. Sua ocorrência interfere substancialmente na qualidade de vida do indivíduo e na efetividade da radioterapia, considerando as possíveis interrupções no tratamento e as alterações da dose terapêutica, ambas decorrentes da gravidade da reação. Esta revisão sistemática teve como objetivo avaliar evidências disponíveis na literatura sobre quais são os efeitos do uso de intervenções tópicas farmacológicas em comparação com intervenções tópicas não-farmacológicas na prevenção da radiodermatite aguda em pacientes com câncer de cabeça e pescoço submetidos à radioterapia. Foi realizada busca nas seguintes bases eletrônicas de dados: CINAHL, Cochrane Library CENTRAL, LILACS, PubMed, Scopus e Web of Science. Para busca na literatura cinzenta, utilizou-se Google Acadêmico e ProQuest Dissertations and Theses database. A amostra final foi composta por 12 estudos, que foram submetidos a análises qualitativas e quantitativas. Quatro artigos abordaram o uso de emulsão trolamina e dois o uso de Aloe vera. Os demais estudos avaliaram alantoína (n=1), sucralfato (n=1), ácido hialurônico (n=1), líquido Lianbai (n=1), Na-sucrose octasulfato (Na SOS) (n=1) e dexpantenol (n=1). A metanálise foi realizada combinando três estudos que avaliaram o efeito da trolamina e dois estudos que avaliaram o efeito da Aloe vera. O resultado da metanálise não demonstrou benefícios, da trolamina (odds ratio [OR] 1.23, intervalo de confiança [IC] 95%, 0.74–2.03, I2 = 59%) e da Aloe vera (OR 0.68, 0.30–1.54, 95% IC, I2 = 0%), na prevenção da radiodermatite aguda comparado ao grupo controle. Os resultados sugerem a necessidade de mais estudos clínicos controlados randomizados, que avaliem a efetividade de produtos tópicos para prevenção da radiodermatite aguda em pacientes com câncer de cabeça e pescoço, considerando que não há evidências a favor de determinado produto que possam apoiar a elaboração de diretrizes clínicas. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT / Acute radiodermatitis is a major side effects of radiotherapy, is common in patients with head and neck cancer. Its occurrence interferes substantially in the individual's quality of life and effectiveness of radiotherapy, considering possible interruptions in treatment and changes in the therapeutic dose, both resulting from the severity of the reaction. This systematic review aimed to evaluate the evidence available in the literature on what are the effects of using topical pharmacological interventions compared to non-pharmacological topical interventions in preventing acute radiodermatitis in patients with head and neck cancer undergoing radiotherapy. A search was performed in the following electronic databases: CINAHL, Cochrane Library CENTRAL, LILACS, PubMed, Scopus and Web of Science. To search the gray literature it was used Google Scholar and ProQuest Dissertations and Theses database. The final sample consisted of 12 studies, which were subjected to qualitative and quantitative analyzes. Four articles addressed the use of trolamine emulsion and two the use of Aloe vera. Other studies have evaluated allantoin (n = 1), sucralfate (n = 1), hyaluronic acid (n = 1), Lianbai liquid (n = 1), Na-sucrose octasulfato (Na SOS) (n = 1) and dexpanthenol (n = 1). The meta-analysis was performed by combining three studies that evaluated the effect of trolamine and two studies that evaluated the effect of Aloe vera. The result of the meta-analysis did not demonstrate benefits of trolamine (odds ratio [OR] 1.23, confidence interval [CI] 95%, 0.74–2.03, I2 = 59%) and Aloe vera (OR 0.68, 0.30–1.54, 95 % CI, I2 = 0%) in preventing acute radiodermatitis compared to the control group. The results suggest the need for more randomized controlled trials, to evaluate the effectiveness of topical products for preventing acute radiodermatitis in patients with head and neck cancer, considering that there is no evidence in favor of a product that can support the development of guidelines clinics. ______________________________________________________________________________ RESUMÉN / Radiodermatitis aguda es uno de los principales efectos secundarios de la radioterapia, es común en los pacientes con cáncer de cabeza y cuello. Su aparición interfiere sustancialmente en la calidad de vida del individuo y la eficacia de la radioterapia, teniendo en cuenta las posibles interrupciones en el tratamiento y los cambios en la dosis terapéutica, tanto como resultado de la gravedad de la reacción. Esta revisión sistemática tuvo como objetivo evaluar la evidencia disponible en la literatura sobre cuáles son los efectos del uso de las intervenciones farmacológicas tópicas en comparación con las intervenciones tópicas no farmacológicas en la prevención de radiodermatitis aguda en pacientes con cáncer de cabeza y cuello sometidos a radioterapia. Se realizó una búsqueda en las siguientes bases de datos electrónicas: CINAHL, Cochrane Library CENTRAL, LILACS, PubMed, Scopus y Web of Science. Para buscar en la literatura gris, utilizamos Google Scholar y ProQuest Dissertations and Theses database. La muestra final estuvo compuesta por 12 estudios, que fueron sometidos a análisis cualitativos y cuantitativos. Cuatro artículos abordan el uso de emulsión trolamina y dos el uso de Aloe vera. Otros estudios han evaluado la alantoína (n = 1), sucralfato (n = 1), ácido hialurónico (n = 1), líquido Lianbai (n = 1), Na-octasulfato de sacarosa (Na SOS) (n = 1) y dexpantenol (n = 1). El metanálisis se realizó mediante la combinación de tres estudios que evaluaron el efecto de trolamina y dos estudios que evaluaron el efecto de Aloe vera. El resultado del metanálisis no demostró beneficios de trolamina (odds ratio [OR] 1,23, intervalo de confianza [IC] 95%, 0,74–2,03; I2 = 59%) y Aloe vera (OR 0.68, 0.30–1.54, 95 CI%, I2 = 0%) en la prevención de radiodermatitis aguda en comparación con el grupo control. Los resultados sugieren la necesidad de más ensayos aleatorios controlados, para evaluar la eficacia de los productos tópicos para la prevención de la radiodermitis aguda en pacientes con cáncer de cabeza y cuello, teniendo en cuenta que no hay evidencia a favor de un producto que puede apoyar el desarrollo de las directrices clínicas.

Page generated in 0.0803 seconds