• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 59
  • Tagged with
  • 59
  • 36
  • 23
  • 17
  • 16
  • 16
  • 16
  • 14
  • 13
  • 13
  • 13
  • 12
  • 12
  • 12
  • 9
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
31

Ocorrência de cisticercose bovina em frigorífico localizado na zona da mata mineira / Occurrence of bovine cysticercosis in refrigerator located in the mining area kills

Gomes, Marco Antônio Ritter Bastos 27 January 2014 (has links)
Made available in DSpace on 2015-03-26T14:02:18Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 513185 bytes, checksum: a769a2b12d668daa1ba2be501db4dcdb (MD5) Previous issue date: 2014-01-27 / This work was conducted on the basis of data collection through the Federal inspection service (S.I.F) of the Ministry of Agriculture, Livestock and Food Supply (MAPA) in a refrigerator located in the Zona of Mata of Minas Gerais, with a capacity of 100 daily slaughter bovine animals, on average, in the period from 2007 to 2012 as the presence of cysticercosis. It was adopted the post-mortem examination as method of diagnosis according to the standards advocated by the S.I.F (BRAZIL, 1971, 1980, 1988, 2006). It was aimed to register the occurrence of cysticercosis in bovine animals examined in the routine inspection. It may be noted that in the biennium 2008-2009, recorded-if an increase in the relative risk at 22% for cysticercosis and in 2009-2010 was an increase of 14% of this parasitosis. From 2010, a 50% reduction in the relative risk and the 2011- 2012 biennium a 59% risk reduction. When analysing the period of 2007 to 2012, there has been an 80% reduction in relative risk of cysticercosis. Tuberculosis is a zoonosis of great impact in terms of public health, as well as cysticercosis, performed analogously to the same, an increase of 4.98 percent to 10.37% from 2007 to 2008, and even in the last year, had an prevalence (1.47%) above the national average (1.3%), according to data from Brazil, 2006. Despite the fall of cysticercosis from the year 2010, this zoonosis should not be disregarded by public agencies and consumers. / Este trabalho foi conduzido com base em levantamento de dados por meio do Serviço de Inspeção Federal (S.I.F), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) em frigorífico localizado na zona da mata mineira, com capacidade de matança diária de 100 bovinos, em média, no período de 2007 a 2012 quanto a presença de cisticercose. Foi adotado o exame post-mortem como método de diagnóstico de acordo com as normas preconizadas pelo S.I.F (BRASIL, 1971, 1980, 1988, 2006). Objetivou-se registrar a ocorrência de cisticercose em bovinos examinados na rotina de inspeção. Pode-se notar que no biênio 2008-2009, rigistrou-se um aumento do risco relativo em 22% para a cisticercose e em 2009-2010 ocorreu um aumento de 14% desta parasitose. A partir de 2010, observou-se uma redução de 50% no risco relativo e no biênio 2011- 2012 uma redução do risco de 59%. Ao analisar o período de 2007 a 2012, verificou-se uma redução de 80% no risco relativo da cisticercose. A tuberculose por ser uma zoonose de grande impacto em termos de saúde pública, assim como a cisticercose, apresentou de forma análoga, um aumento de 4,98% para 10,37% de 2007 para 2008, sendo que inclusive neste último ano, teve uma prevalência (1,47%) acima da média nacional (1,3%), segundo dados de BRASIL, 2006. Apesar da queda de cisticercose a partir do ano de 2010, esta zoonose não deve ser desconsiderada pelos órgãos públicos e pelos consumidores.
32

Produção e caracterização de anticorpos monoclonais contra antígeno de metacestóides de Taenia saginata /

Oliveira, Josy Campanhã Vicentini de. January 2009 (has links)
Resumo: A cisticercose é uma das principais causas de perdas econômicas na pecuária de corte brasileira devido às condenações da carne para o controle do complexo teníase-cisticercose. O tratamento quimioterápico pode ser utilizado para o controle da infecção nos animais, mas sua eficácia deve ser monitorada por testes de diagnóstico que detectem parasitas vivos ou seus produtos. Na presente pesquisa, anticorpos monoclonais contra antígenos totais (TAEB) e de fluido vesicular (TAEF) de metacestóides de Taenia saginata foram produzidos através de fusão celular, utilizando-se células de baço de camundongos BALB/c imunizados. Cinco fusões TAEB e quatro TAEF foram realizadas e os sobrenadantes de cultura foram triados por teste ELISA indireto. Dez e nove híbridos pertencentes aos protocolos TAEB e TAEF, respectivamente, foram selecionados e clonados. As linhagens celulares clonadas foram mantidas em meio de cultura para a obtenção dos anticorpos monoclonais, resultando em 18 clones IgG1 e 32 IgM reativos para TAEB e 9 IgG1 e 9 IgM para TAEF. Dentre esses clones, 5 do protocolo TAEB e 5 TAEF foram selecionados para produção de líquido ascítico, através da injeção dos clones em camundongos BALB/c. A avaliação da identificação antigênica dos anticorpos produzidos aos antígenos homólogos foi realizada por meio de western blotting, resultando em reatividade com frações protéicas de baixo peso molecular (< 18kDa), 43, 55, 66 e 100kDa. A imunofluorescência indireta demonstrou que os anticorpos monoclonais avaliados reconhecem antígenos presentes tanto do escólex quanto da membrana vesicular de metacestóides de bovinos naturalmente infectados. Os anticorpos monoclonais produzidos poderão ser utilizados para detecção de antígenos circulantes na avaliação da eficácia do tratamento de bovinos infectados, evitando assim perdas econômicas e danos à saúde pública. / Abstract: Cysticercosis is a major cause of economic losses in the Brazilian bovine chain production due to meat condemnation for the taeniasis-cysticercosis complex control. Chemotherapy can be used to control infection in cattle but treatment efficacy should be monitored by diagnostic tests that can detect live parasites or their products. Monoclonal antibodies against Taenia saginata metacestode crude (TAEB) and cyst fluid (TAEF) antigens were produced by cell fusion procedures using spleen cells from immunized BALB / c mice. Five TAEB and four TAEF fusions were performed and the culture supernatants from these cell cultures were screened by indirect ELISA assay. Ten TAEB and nine TAEF hybrids were selected and cloned. Cloned cell lines were grown in culture medium to collect the monoclonal antibodies, resulting in 18 IgG1 and 32 IgM clones reactive to TAEB and 9 IgG1 and 9 IgM clones reactive to TAEF. Five TAEB and five TAEB clones were selected for ascitic fluid production by injection in BALB/c mice and further harvesting. Western blotting was performed to test the antigenic identification by the antibodies produced resulting in reactivity to protein fractions of low molecular weight (<18kDa) and to 43, 55, 66 and 100kDa. The indirect immunofluorescence test showed that monoclonal antibodies recognize antigens from both the scolex and the bladder wall of metadestodes from naturally infected bovine. The monoclonal antibodies obtained can be useful for detection of circulant antigens in treatment efficacy evaluation preventing economic losses and public health injury. / Orientador: Cáris Maroni Nunes / Coorientador: Elenice Deffune / Banca: Valéria Marçal Félix de Lima / Banca: Rosana Rossi Ferreira / Mestre
33

Incidência de cisticercose bovina em abatedouros no estado do Pará /

Pinheiro, Eduardo Gonçalves. January 2012 (has links)
Orientador: Germano Francisco Biondi / Banca: Roberto de Oliveira Roça / Banca: Oswaldo Durival Rossi Júnior / Resumo: O presente estudo analisou a incidência de cisticercose bovina em 10 abatedouros sob o Serviço de Inspeção Federal no estado do Paraná no ano de 2005 a2009.Os dados foram obtidos através dos mapas nosográficos mensais, os quais estavam no sistema do SIGSIF; neste contém registros do número de animais abatidos, quantidade de animais positivos para cisticercose e o município de origem destes animais positivos. A incidência média no decorrer do estudo foi de 3,85 % (110.514/2.863.427) de cisticercose bovina. A partir dos resultados obtidos, conclui-se que os índices de incidência de cisticercose bovina para o estado do Paraná foram altos, o que significa que trabalhos educativos e instrutivos quanto ao problema devem ser aprimorados eintensificados / Abstract: This study examined the incidence of bovine cysticercosis in 10 slaughterhouses under Federal Inspection Service in the State of Parana in 2005 2009. The data were obtained from the monthly maps nosographic, which were in the system SIGSIF, this contains records of the number of slaughtered animals, number of animals positive for cysticercosis and city of origin of these positive animals.The average incidence during the study was 3,85% (110.514/2.863.427) of bovine cysticercosis. From the results obtained, it is conclude that the rates of incidence of bovine cysticercosis in the state of Paraná were high, which means that instructive and educational work on the problem should be enhanced and intensified / Mestre
34

Amplificação de DNA circulante para o diagnóstico da cisticercose bovina

Menosso, Valéria Aparecida [UNESP] January 2006 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:29:32Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2006Bitstream added on 2014-06-13T18:48:34Z : No. of bitstreams: 1 menosso_jc_me_botfmvz.pdf: 1568332 bytes, checksum: 5f6742d0d4281777a48557024d7871e0 (MD5) / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) / A cisticercose bovina é resultante da ingestão de ovos de T. saginata proveniente de pastagens e águas contaminadas fornecidas aos animais. É causa de preocupações na área de saúde pública por ocasionar a teníase em humanos, mas causa sérios prejuízos na indústria agropecuária e aos pecuaristas, devido às condenações ou tratamentos de frio ou salga pelas quais as carcaças consideradas positivas são submetidas. O método de diagnóstico rotineiramente utilizado para a cisticercose bovina tem sido a inspeção post-mortem. Muitos pesquisadores têm desenvolvido métodos de diagnóstico antemortem, com especificidade e sensibilidade variadas. O presente estudo teve como objetivo avaliar a aplicação da amplificação de DNA circulante de T. saginata, através da Reação em Cadeia pela Polimerase (PCR), como ferramenta diagnóstica para cisticercose bovina. Para a realização da pesquisa foram utilizadas amostras de sangue de bovinos abatidos em frigoríficos sob S.I.F., segundo apresentarem ou não cisticercose. Inicialmente avaliaram-se cinco pares de oligonucleotídeos iniciadores através da determinação do limiar de detecção da PCR de cada um deles. Objetivou-se ainda estabelecer qual a fração do sangue experimentalmente contaminado resultaria em amplificação de fragmentos de DNA através da PCR, para posteriormente avaliar a aplicabilidade da PCR em amostras de sangue de bovinos naturalmente infectados com T. saginata. O melhor limiar de detecção foi observado com o uso do par de oligonucleotídeos iniciadores SCAR K, nas frações de sangue denominadas pellet e sobrenadante. As amostras de sangue de animais positivos para cisticercose na inspeção de rotina e submetidos a PCR não resultaram em amplificação do fragmento de DNA desejado, sugerindo que a baixa carga parasitária possa ter influenciado os resultados. / Bovine cysticercosis is caused by the ingestion of T. saginata eggs from contaminated pastures and water provided to animals. It is a public health problem by causing the taeniasis in human beings, but it also causes serious damages in the agro-cattle industry and to the cattle raisers by de condemnation or treatment by coldness or salting of carcass detected as positive. Routinely bovine cysticercosis diagnosis has been the post-mortem inspection. Several researchers have developed ante-mortem diagnosis methods, with variable specificity and sensitivity. The present study aimed at evaluating the amplification of circulating DNA of T. saginata, by the Polymerase Chain Reaction (PCR), as a diagnostic tool to bovine cysticercosis. Blood samples from bovines slaughtered under Federal Meat Inspection abattoirs were taken according to the presence or absence of cyst forms. Initially, we evaluated five primers and established which blood fraction experimentally contaminated resulted in DNA fragment amplification by PCR. The best detection limit was observed with the use of the SCAR K primers, in the blood fractions denominated “pellet” and “supernatant”. Blood samples of naturally infected animals considered positive in the routine inspection didn’t result in the desired DNA fragment amplification by PCR.
35

Incidência de cisticercose bovina em abatedouros no estado do Pará

Pinheiro, Eduardo Gonçalves [UNESP] 05 October 2012 (has links) (PDF)
Made available in DSpace on 2014-06-11T19:26:45Z (GMT). No. of bitstreams: 0 Previous issue date: 2012-10-05Bitstream added on 2014-06-13T20:15:35Z : No. of bitstreams: 1 000747445.pdf: 1484676 bytes, checksum: 4f564638a4c24626d700ae33fbf0f252 (MD5) / O presente estudo analisou a incidência de cisticercose bovina em 10 abatedouros sob o Serviço de Inspeção Federal no estado do Paraná no ano de 2005 a2009.Os dados foram obtidos através dos mapas nosográficos mensais, os quais estavam no sistema do SIGSIF; neste contém registros do número de animais abatidos, quantidade de animais positivos para cisticercose e o município de origem destes animais positivos. A incidência média no decorrer do estudo foi de 3,85 % (110.514/2.863.427) de cisticercose bovina. A partir dos resultados obtidos, conclui-se que os índices de incidência de cisticercose bovina para o estado do Paraná foram altos, o que significa que trabalhos educativos e instrutivos quanto ao problema devem ser aprimorados eintensificados / This study examined the incidence of bovine cysticercosis in 10 slaughterhouses under Federal Inspection Service in the State of Parana in 2005 2009. The data were obtained from the monthly maps nosographic, which were in the system SIGSIF, this contains records of the number of slaughtered animals, number of animals positive for cysticercosis and city of origin of these positive animals.The average incidence during the study was 3,85% (110.514/2.863.427) of bovine cysticercosis. From the results obtained, it is conclude that the rates of incidence of bovine cysticercosis in the state of Paraná were high, which means that instructive and educational work on the problem should be enhanced and intensified
36

Cisticercose bovina : análise da interpretação da legislação por fiscais estaduais agropecuários do Rio Grande do Sul

Lopes, Francisco Paulo Nunes January 2017 (has links)
A cisticercose bovina, causada por Taenia saginata, é uma zoonose de preocupação em saúde pública que ocorre em todo o território brasileiro. É causada pela ingestão de ovos de T. saginata por bovinos, oriundos de fezes humanas. Os ovos irão gerar cistos na musculatura e órgãos dos bovinos. Estes cistos podem ser ingeridos pelos humanos ao consumirem carne e vísceras cruas ou que não atingiram a temperatura mínima de cocção (65ºC). O poder público, além de trabalhar a questão de saneamento básico, controla o ciclo da cisticercose através da inspeção oficial em matadouros de bovinos que tem a obrigação de garantir a inocuidade do alimento destinado ao consumo humano diagnosticando a cisticercose nas carcaças abatidas e dando o destino adequado para as mesmas. Porém, a legislação da inspeção brasileira até 29 de março de 2017, era regida através do seu Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal – RIISPOA (BRASIL, 1952), que se apresentava de forma dúbia, sem especificações adequadas em relação ao destino que deve ser dado as carcaças nas diversas possibilidades de intensidade da infecção. Neste trabalho foi realizada uma verificação da interpretação de 37 (trinta e sete) fiscais estaduais agropecuários (FEA’s) do estado do Rio Grande do Sul, em um total de 70 (setenta), a respeito do julgamento dado as carcaças em diferentes intensidades de parasitose. Como resultado verificou-se que 89,19% dos FEA’s não consideravam claro o RIISPOA de 1952 Em algumas hipóteses de infecções realizadas através de questionário, foram obtidos pareceres completamente divergentes quanto ao destino das carcaças parasitadas. As hipóteses levantaram questões rotineiras em um frigorífico como, quando há em uma carcaça a presença de dois ou mais cisticercos viáveis nos cortes de inspeção dentro da área da palma de uma mão: 70,27% dos FEA’s responderam que adotariam o destino de encaminhamento para tratamento pelo frio (TF) e 29,73% destinariam à condenação total; se dois ou mais cisticercos viáveis fossem encontrados fora da área da palma de uma mão: 57,14% encaminharia as carcaças para TF, 40,00% para condenação total e 2,86% faria o aproveitamento sem tratamento térmico. Nas hipóteses levantadas com dois ou mais cisticercos calcificados as divergências foram ainda maiores, quando dentro da área da palma de uma mão: 69,44% dos FEA’s encaminhariam as carcaças para TF, 25,00% para condenação total e 5,56% aproveitaria as carcaças sem tratamento térmico; se dois ou mais cisticercos calcificados estivessem fora da área da palma de uma mão: 55,56% encaminhariam para TF, 27,78% para condenação total e 16,67% aproveitariam as carcaças sem tratamento térmico.
37

Cisticercose bovina : análise da interpretação da legislação por fiscais estaduais agropecuários do Rio Grande do Sul

Lopes, Francisco Paulo Nunes January 2017 (has links)
A cisticercose bovina, causada por Taenia saginata, é uma zoonose de preocupação em saúde pública que ocorre em todo o território brasileiro. É causada pela ingestão de ovos de T. saginata por bovinos, oriundos de fezes humanas. Os ovos irão gerar cistos na musculatura e órgãos dos bovinos. Estes cistos podem ser ingeridos pelos humanos ao consumirem carne e vísceras cruas ou que não atingiram a temperatura mínima de cocção (65ºC). O poder público, além de trabalhar a questão de saneamento básico, controla o ciclo da cisticercose através da inspeção oficial em matadouros de bovinos que tem a obrigação de garantir a inocuidade do alimento destinado ao consumo humano diagnosticando a cisticercose nas carcaças abatidas e dando o destino adequado para as mesmas. Porém, a legislação da inspeção brasileira até 29 de março de 2017, era regida através do seu Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal – RIISPOA (BRASIL, 1952), que se apresentava de forma dúbia, sem especificações adequadas em relação ao destino que deve ser dado as carcaças nas diversas possibilidades de intensidade da infecção. Neste trabalho foi realizada uma verificação da interpretação de 37 (trinta e sete) fiscais estaduais agropecuários (FEA’s) do estado do Rio Grande do Sul, em um total de 70 (setenta), a respeito do julgamento dado as carcaças em diferentes intensidades de parasitose. Como resultado verificou-se que 89,19% dos FEA’s não consideravam claro o RIISPOA de 1952 Em algumas hipóteses de infecções realizadas através de questionário, foram obtidos pareceres completamente divergentes quanto ao destino das carcaças parasitadas. As hipóteses levantaram questões rotineiras em um frigorífico como, quando há em uma carcaça a presença de dois ou mais cisticercos viáveis nos cortes de inspeção dentro da área da palma de uma mão: 70,27% dos FEA’s responderam que adotariam o destino de encaminhamento para tratamento pelo frio (TF) e 29,73% destinariam à condenação total; se dois ou mais cisticercos viáveis fossem encontrados fora da área da palma de uma mão: 57,14% encaminharia as carcaças para TF, 40,00% para condenação total e 2,86% faria o aproveitamento sem tratamento térmico. Nas hipóteses levantadas com dois ou mais cisticercos calcificados as divergências foram ainda maiores, quando dentro da área da palma de uma mão: 69,44% dos FEA’s encaminhariam as carcaças para TF, 25,00% para condenação total e 5,56% aproveitaria as carcaças sem tratamento térmico; se dois ou mais cisticercos calcificados estivessem fora da área da palma de uma mão: 55,56% encaminhariam para TF, 27,78% para condenação total e 16,67% aproveitariam as carcaças sem tratamento térmico.
38

Novos peptídeos e antígeno recombinante de Taenia saginata no diagnóstico da cisticercose bovina / New peptides and recombinant antigen from Taenia saginata for diagnosis of bovine cysticercosis

Peixoto, Rafaella Paola Meneguete dos Guimarães 28 September 2016 (has links)
Submitted by Reginaldo Soares de Freitas (reginaldo.freitas@ufv.br) on 2016-11-29T18:34:51Z No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1306405 bytes, checksum: 1458047941be6c1d95930520f19df28c (MD5) / Made available in DSpace on 2016-11-29T18:34:51Z (GMT). No. of bitstreams: 1 texto completo.pdf: 1306405 bytes, checksum: 1458047941be6c1d95930520f19df28c (MD5) Previous issue date: 2016-09-28 / Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior / A cisticercose bovina é uma doença de caráter zoonótico que acarreta prejuízos tanto de ordem sanitária quanto de ordem econômica. Tradicionalmente seu diagnóstico é realizado durante a inspeção post mortem em matadouros-frigoríficos sob fiscalização sanitária, e consiste basicamente na visualização macroscópica através de cortes realizados em grupos musculares preditos como preferenciais para a implantação dos cisticercos. Ressalta-se que este método apresenta deficiências de desempenho, deixando passar despercebidas formas discretas da doença. Essa pesquisa foi desenvolvida com a meta de aprimorar o diagnóstico da cisticercose bovina, e sobretudo, dos testes sorológicos atualmente desenvolvidos, aumentando a confiabilidade do diagnóstico. A pesquisa caracterizou-se pela seleção de oito peptídeos sintéticos e desenvolvimento de uma proteína quimera recombinante com alto potencial no diagnóstico da cisticercose bovina. Foram selecionadas três diferentes proteínas de Taenia saginata (GenBank) (18 kDa oncosphere antigen [Taenia saginata]; Antigen TSA16 [Taenia saginata]; Antigen TSA36 [Taenia saginata] Heat shock protein 20 homolog [Taenia saginata]), e realizada a predição de oito peptídeos (EP1-EP8) selecionados por diferentes programas de bioinformática. Após sintetização e análise do desempenho dos peptídeos pelo ELISA, foram selecionados os três peptídeos que alcançaram melhores resultados (EP1, EP4 e EP6) para compor uma proteína recombinante quimérica, que posteriormente foi denominada de rqTSA-25. A proteína rqTSA-25 obteve as seguintes taxas de desempenho no ELISA: sensibilidade de 88% (IC=76-94%), especificidade de 96% (IC=84-99%), valor preditivo positivo 96% (IC=86-99%), valor preditivo negativo 87% (IC=74-94%) e acurácia de 92%, sendo que, ao submeter diferentes amostras de soro grupo controle ao teste imunoblot, não foi verificada nenhuma reação falso positiva ou falso negativa. Dessa forma, destaca-se a inovação na produção da proteína rqTSA-25 e seu alto desempenho relatado, sendo um importante aliado na melhoria do teste diagnóstico sorológico para o diagnóstico da cisticercose bovina. / Bovine cysticercosis is a zoonotic disease that causes losses both for health and economic order. Traditionally the diagnosis is performed during the post-mortem inspection in slaughterhouses under sanitary inspection, and consistent basically in macroscopic visualization by means of cuts carried out in predicted muscle groups such as preferred for the implementation of cysticercosis. It is emphasized that this method has performance deficiencies, leaving pass unnoticed discrete forms of the disease. This research was developed with the goal of improving the performance of the diagnosis of bovine cysticercosis and serologic tests currently developed, allowing the presence of cysticercosis in live animals and increasing the reliability of the diagnosis. The research was characterized by the selection of synthetic peptides and development of a recombinant chimera protein with high potential for diagnosis of bovine cysticercosis. First, three different proteins were selected from Taenia saginata (GenBank) (18 kDa oncosphere antigen [Taenia saginata]; Antigen TSA16 [Taenia saginata]; Antigen TSA36 [Taenia saginata] Heat shock protein 20 homolog [Taenia saginata]), being carried out the prediction of eight peptides (EP1-EP8) with antigenic power by different bioinformatic programs. After synthesis and performance analysis of peptides by ELISA test, we selected three peptides that have reached the best performance rates (EP1, EP4 and EP6) to compose a chimeric recombinant protein, subsequently named rqTSA-25, which was inserted into pET 29a (+) for subsequent expression in bacterial system. The rqTSA-25 protein allowed the following performance ratios by ELISA: sensitivity 88% (CI = 76- 94%), specificity 96% (CI = 84-99%), positive predictive value 96% (CI = 86- 99%), negative predictive value 87% (CI = 74-94%) and 92% accuracy, and subjecting different samples of serum control group to immunoblotting, it was not found any false positive reaction or false negative. Thus, first it stands out of innovation in the production of rqTSA-25 protein and its reported performance, combined with important improvement in in the serologic test for the diagnosis of bovine cysticercosis.
39

Cisticercose bovina : análise da interpretação da legislação por fiscais estaduais agropecuários do Rio Grande do Sul

Lopes, Francisco Paulo Nunes January 2017 (has links)
A cisticercose bovina, causada por Taenia saginata, é uma zoonose de preocupação em saúde pública que ocorre em todo o território brasileiro. É causada pela ingestão de ovos de T. saginata por bovinos, oriundos de fezes humanas. Os ovos irão gerar cistos na musculatura e órgãos dos bovinos. Estes cistos podem ser ingeridos pelos humanos ao consumirem carne e vísceras cruas ou que não atingiram a temperatura mínima de cocção (65ºC). O poder público, além de trabalhar a questão de saneamento básico, controla o ciclo da cisticercose através da inspeção oficial em matadouros de bovinos que tem a obrigação de garantir a inocuidade do alimento destinado ao consumo humano diagnosticando a cisticercose nas carcaças abatidas e dando o destino adequado para as mesmas. Porém, a legislação da inspeção brasileira até 29 de março de 2017, era regida através do seu Regulamento de Inspeção Industrial e Sanitária de Produtos de Origem Animal – RIISPOA (BRASIL, 1952), que se apresentava de forma dúbia, sem especificações adequadas em relação ao destino que deve ser dado as carcaças nas diversas possibilidades de intensidade da infecção. Neste trabalho foi realizada uma verificação da interpretação de 37 (trinta e sete) fiscais estaduais agropecuários (FEA’s) do estado do Rio Grande do Sul, em um total de 70 (setenta), a respeito do julgamento dado as carcaças em diferentes intensidades de parasitose. Como resultado verificou-se que 89,19% dos FEA’s não consideravam claro o RIISPOA de 1952 Em algumas hipóteses de infecções realizadas através de questionário, foram obtidos pareceres completamente divergentes quanto ao destino das carcaças parasitadas. As hipóteses levantaram questões rotineiras em um frigorífico como, quando há em uma carcaça a presença de dois ou mais cisticercos viáveis nos cortes de inspeção dentro da área da palma de uma mão: 70,27% dos FEA’s responderam que adotariam o destino de encaminhamento para tratamento pelo frio (TF) e 29,73% destinariam à condenação total; se dois ou mais cisticercos viáveis fossem encontrados fora da área da palma de uma mão: 57,14% encaminharia as carcaças para TF, 40,00% para condenação total e 2,86% faria o aproveitamento sem tratamento térmico. Nas hipóteses levantadas com dois ou mais cisticercos calcificados as divergências foram ainda maiores, quando dentro da área da palma de uma mão: 69,44% dos FEA’s encaminhariam as carcaças para TF, 25,00% para condenação total e 5,56% aproveitaria as carcaças sem tratamento térmico; se dois ou mais cisticercos calcificados estivessem fora da área da palma de uma mão: 55,56% encaminhariam para TF, 27,78% para condenação total e 16,67% aproveitariam as carcaças sem tratamento térmico.
40

Fatores de risco sócio-ambientais para o binômio teníase-cisticercose em um bairro da periferia de Goiânia, Goiás-Brasil

SILVA, Delson José da 31 March 2006 (has links)
Made available in DSpace on 2014-07-29T15:30:37Z (GMT). No. of bitstreams: 1 DelsonSilva.pdf: 778779 bytes, checksum: f8afb91d676c8303203d86f84c512fda (MD5) Previous issue date: 2006-03-31 / The taeniasis-cysticercosis complex imposes a serious problem to the public health system especially in developing and poor countries In a cross-sectional exploratory descriptive study it was attempted to investigate environmental and epidemiologic factors associated with disease transmission in an outskirts` poor district of the city of Goiânia - Brazil where potential risk factors for this disease have been detected The sample was made up of 12.895 subjects (75% of the local population) who voluntarily answered a questionnaire containing information concerning demographics hygienic and alimentary habits swine raising technique place of human stool disposal and seizure history The investigating team was composed of volunteers and health sciences professionals and students Statistical analysis showed the following statistically significant results: 588 of the subjects with seizure history 11,2% presented cysticercosis; taeniasis was more prevalent in female subjects with age ranging from 40 to 49 years (7%; p=0.00); the diagnosis of taeniasis was established in 4.02% (p=0.00) of the subjects who consumed pork (80.41%) in 100% (p=0.00) of those who consumed raw meat in 5.93% (p=0.00) of the subjects who consumed meat more than once a week in 7.44% (p=0.00) of those who drank water from the well in 6.7% (p=0.03) of the subjects who currently raise swine in 15.6% (p=0.00) of those who raise swine in the surroundings of their home and in 25% (p=0.00) of the subjects with outdoor defecation habit Our findings strongly suggest that the detection of the various factors involved in the acquisition and maintenance of the taeniasis-cysticercosis complex are of utmost importance for the adoption of appropriate measures aiming to interrupt the life cycle of this parasitosis which is a consequence of the relationships between humans environment and swine / O complexo teníase-cisticercose representa sério problema de saúde pública especialmente nos países em desenvolvimento e de baixas condições sócio-econômicas Em estudo descritivo exploratório de corte transversal buscou-se investigar fatores sócio-ambientais associados ao relato da doença em moradores do bairro Finsocial no município de Goiânia localizado na periferia da cidade A equipe de entrevistadores foi constituída de voluntários profissionais e estudantes da área de saúde A amostra foi composta por 12.895 indivíduos (75% da população) residentes neste bairro que voluntariamente responderam ao questionário padronizado sobre quesitos que envolveram dados demográficos (nome idade sexo) hábitos de higiene (lavar as mãos) hábitos alimentares (ingestão e forma de consumo de carne suína e/ou verduras/legumes) sistema de criação de suínos local de deposição de fezes humana e antecedentes de convulsão assim como relato de diagnóstico médico prévio de neurocisticercose Para o diagnóstico de teníase foi considerado o relato de eliminação de solitária ou gomos do parasito A análise mostrou resultados com significância estatística para teníase: quanto ao sexo feminino na faixa etária entre 40 e 49 anos (7,0%; p=0,00); o diagnóstico de teníase foi de 4,02% (p=0,00) para os sujeitos que consumiam carne suína (80,41%) de 100% (p=0,00) para aqueles que consumiam carne crua de 5,93% (p=0,00) nos sujeitos que ingeriam carne mais de uma vez por semana de 7,44% (p=0,00) para aqueles que consumiam água de sisterna de 6,7% (p=0,03) dos sujeitos que criam suínos atualmente de 15,6% (p=0,00) para os sujeitos que criam suínos perto de casa e de 25% (p=0,00) para os indivíduos que depositam suas fezes a céu aberto Dos 588 sujeitos com história de crise convulsiva 11,2% relataram cisticercose dado este de relevância significativa Desta forma nossos achados mostram que estes vários fatores de risco devem concorrer para aquisição e manutenção do complexo teníase-cisticercose sendo necessário a adoção de medidas cabíveis no sentido de promover a interrupção do ciclo evolutivo desta parasitose decorrente do trinômio homem ambiente e suíno

Page generated in 0.0585 seconds