• Refine Query
  • Source
  • Publication year
  • to
  • Language
  • 393
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 4
  • 3
  • 3
  • 2
  • 2
  • 1
  • 1
  • 1
  • Tagged with
  • 413
  • 247
  • 104
  • 75
  • 55
  • 50
  • 37
  • 33
  • 33
  • 32
  • 30
  • 28
  • 27
  • 26
  • 25
  • About
  • The Global ETD Search service is a free service for researchers to find electronic theses and dissertations. This service is provided by the Networked Digital Library of Theses and Dissertations.
    Our metadata is collected from universities around the world. If you manage a university/consortium/country archive and want to be added, details can be found on the NDLTD website.
1

Estudo dos efeitos da alta ingestão de cloreto de sódio por via oral sobre o metabolismo diário e função renal de ratos / Study of effects on the daily metabolism and the renal function of rats under high oral ingestion of sodium chloride

Jorge, Antonio Rafael Coelho January 2009 (has links)
JORGE, Antonio Rafael Coelho. Estudo dos efeitos da alta ingestão de cloreto de sódio por via oral sobre o metabolismo diário e função renal de ratos. 2008. 117 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2009. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-03-06T16:40:22Z No. of bitstreams: 1 2009_dis_arcjorge.pdf: 930687 bytes, checksum: c95d8ee183d9d6dd43c5a3b0399ad11c (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-03-07T11:35:03Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2009_dis_arcjorge.pdf: 930687 bytes, checksum: c95d8ee183d9d6dd43c5a3b0399ad11c (MD5) / Made available in DSpace on 2012-03-07T11:35:04Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2009_dis_arcjorge.pdf: 930687 bytes, checksum: c95d8ee183d9d6dd43c5a3b0399ad11c (MD5) Previous issue date: 2009 / Guanylin (GN), uroguanylin (UGN), and the bacterial heat-stable enterotoxin (ST) peptides comprise a new family of cyclic guanosine 3’-5’ monophosphate (cGMP)-regulating agonist. Ingestion of a salt meal induces secretion of GN and UGN into the intestinal lumen, where they inhibit Na+ absorption and induces Cl-, HCO3- , and water secretion. Simultaneously, these hormones stimulate renal electrolyte excretion by inducing natriuresis, kaliuresis, and diuresis. The highly integrated mechanism allows the organism to maintain sodium balance by eliminating excess NaCl in the urine. However, their physiological regulation within the kidney has not been studied. The aim of this study was showing changes on daily metabolism and renal function of rat under high sodium chloride ingestion. Its effects were examined using wistar rats maintained for ten days in metabolic cages. Control group received only water, two more groups received 1% and 2% solutions of sodium chlroride. We daily analyzed urinary volume, weigh, and food and water consume. The renal function was evaluated using isolated perfused kidneys, in which the kidneys were perfused after ten days in metabolic cages, only with Krebs-Henseleit solution containing 6g% of a previously dialysed bovine albumine serum. All data were analyzed by ANOVA and Student t-test with level of significance set at *p<0,05. Rat’s weights of 2% group decreased after eighth day, compared with control group, while 1% group did not show significative weight lost. Urinary volume and water consume increased, in both treatments, from second day. Food consume did not show significative among groups. In isolated kidney both treatments increase perfusion pressure (PP). The renal vascular resistence (RVR), urinary flow (UF), glomerular filtration rate (GFR) and the osmolar clearance (Cosm) increased in the 1% group compared with control group, however decreased in 2% NaCl group. Treatment with 2% NaCl decreased the sodium (%TNa+, %pTNa+), potassium (%TK+, %pTK+) and chloride (%TCl-, %pTCl-). These results suggest that a high salt ingestion on diet promote significative changes on daily metabolism and the renal function of rats. / Guanilina (GN), uroguanilina (UGN) e a enterotoxina termo-estável da Escherichia coli (STa) fazem parte de uma nova família de peptídeos que ativam a formação de cGMP. A ingestão de sal na dieta induz a secreção de GN e UGN no lúmen intestinal, inibindo a reabsorção de sódio e induzindo a secreção de Cl-, HCO3- e água. Simultaneamente, esses hormônios estimulam a excreção renal de eletrólitos através da indução de natriurese, caliurese e diurese. Esse mecanismo altamente integrado permite a manutenção do sódio corporal, através da eliminação desse excesso de sódio pela urina. Entretanto, essa regulação fisiológica entre o intestino e o rim na tem sido muito bem estudada. O objetivo desse trabalho é estudar as alterações no metabolismo diário e na função renal de ratos submetidos a uma alta ingestão de cloreto de sódio. Os efeitos forma examinados usando ratos Wistar mantidos por 10 dias em gaiolas metabólicas. O grupo controle recebeu somente água destilada, enquanto que os grupos tratados receberam 1% e 2% de solução de NaCl. Forma analisadas diariamente o volume urinário, o peso corporal e o consumo de água e alimento. A função renal foi avaliada através da perfusão de rim isolado de ratos após dez dias de tratamento em gaiolas metabólicas, onde a perfusão foi realizada com solução de Krebs-Henseleit modificada com 6g% de albumina bovina. Os dados foram comparados através de teste t de Student e ANOVA, com significância p<0,05. O peso dos ratos tratados com 2% de NaCl apresentou uma redução a partir do dia 8, em relação ao controle, enquanto que 1% não apresentou redução significativa. O volume urinário e o consumo de água apresentaram um aumento em ambos os tratamentos a partir do dia 2. O consumo de alimento ingerido não apresentou grandes variações entre os grupos. Em rim isolado de rato ambos os tratamentos aumentou a pressão de perfusão (PP). A resistência vascular renal (RVR), o fluxo urinário (FU), o ritmo de filtração glomerular (RFG) e o clearance osmolar (Cosm) aumentou no grupo de 1% comparado ao controle, porém esses mesmos parâmetros diminuíram no grupo de 2%. Em relação ao transporte de eletrólitos observa-se alteração somente no grupo de 2%, onde reduziu o transporte de sódio (%TNa+, %pTNa+), potássio (%TK+, %pTK+) e cloreto (%TCl-, %pTCl-). Esses resultados sugerem que a alta ingestão de NaCl na dieta promove significativa alterações no metabolismo diário e na função renal.
2

Estudo da degradação térmica do poli(cloreto de viníla-co-acetato de viníla-co-2-hidróxipropil acrilato) e seus homopolímeros

Severgnini, Vanderlei Luis Sitta January 2002 (has links)
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências Físicas e Matemáticas. Programa de Pós-Graduação em Química. / Made available in DSpace on 2012-10-19T18:49:26Z (GMT). No. of bitstreams: 0Bitstream added on 2014-09-26T02:28:37Z : No. of bitstreams: 1 193859.pdf: 11871460 bytes, checksum: 12e20eff43b4dba1612a4c9166a796ba (MD5) / Neste trabalho estudou-se a degradação térmica do poli(VC-co-VA-co-2-HPA) e seus homopolímeros em atmosfera de N2. Foram utilizadas técnicas de análise térmica e espectrofotometria para caracterização e análise do processo. A degradação do copolímero e seus homopolímeros ocorrem em duas etapas. Na primeira etapa observa-se dois mecanismos distintos para o PVC, o primeiro refere-se à eliminação de HCl e benzeno e o segundo a eliminação de HCl e formação de ligações cruzadas entre as cadeias enquanto que no PVA ocorre simplesmente eliminação de ácido acético. A segunda etapa ocorre com a eliminação de metano e compostos com ligações C-H com prováveis complexidades no mecanismo para ambos os casos. A aplicação dos métodos de Freeman-Carroll e Ozawa aos dados termogravimétricos do copolímero não indica mudanças de mecanismo durante a primeira etapa Ea= 174,9 kJ/mol e n= 1,46 e Ea= 109,6 kJ/mol, respectivos aos métodos. Porém na etapa em questão observa-se primeiramente a eliminação de propan-2-ol oque parece provocar uma mudança de mecanismo, possivelmente pela presença de carbonos radicalares na cadeia oque ocasionaria uma desestabilização de ligações dos grupos presos à mesma provocando a eliminação de HCl, acido acético, benzeno e CO2 simultaneamente. Já para a segunda etapa (com produtos semelhantes à degradação do PVC e PVA) os parâmetros cinéticos obtidos pelos dois métodos são respectivamente: Ea=226,6 kJ/mol, n=1,34 e Ea= 224,33 kJ/mol.
3

Desenvolvimento de poli(cloreto de vinila)-PVC para utilização no tratamento radioterapico de pacientes com cancer

Salman, Karin Dias 28 August 1995 (has links)
Orientador: Lucia H. Innocentini Mei / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Quimica / Made available in DSpace on 2018-07-21T15:12:35Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Salman_KarinDias_M.pdf: 2558567 bytes, checksum: f0d6ecbb47c513324024c3fa43286cd0 (MD5) Previous issue date: 1995 / Resumo: No tratamento radioterápico, tem-se comumente utilizado altas energias de raios X (como as produzidas por aceleradores de elétrons de megavoltagem) e raios gama (como os produzidos pelo Cobalto-60). Uma característica destes feixes é que a dose de radiação aumenta conforme penetra na pele do paciente alcançando um valor máximo a uma espessura que varia que de 0,5 a 3,Ocm. Para o tratamento de tumores superficiais é necessário deslocar o pico de dose máxima da radiação para a superficie da pele, tanto para maximizar a dose na superficie quanto para preservar as estruturas localizadas próximas ao tumor. Isto é feito usando-se placas do material tecido equivalente na pele do paciente, na região a ser tratada. Para que um material possa ser usado como tecido equivalente, ele deve ter bom espalhamento e boa absorção da radiação, além de ser flexível para se moldar à superficie da pele do paciente...Observação: O resumo, na íntegra, poderá ser visualizado no texto completo da tese digital / Abstract: The cancer treatment, has made utilization of the higher energies of X rays (as produced by megavoltage electron accelerators) and gamma rays (as produced by Cobalt-60). One characteristic of these beams is that the radiation dose increases as the beam penetrates the patient skin reaching a maximum value at some depth in the range of O.5 to 3.0cm. For the treatment of superficial tumor it is necessary sometimes to displace the maximum radiation dose to the skin surface, either to maximize the surface dose, or to spare body structure located behind the tumor. This is done by adding sheets of tissue-equivalent material on the skin in the treatment region. For this purpose must be tissue-equivalent with respect to scatter and absorption of radiation, flexible, to molded to skin surface of patients...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations / Mestrado / Ciencia e Tecnologia de Materiais / Mestre em Engenharia Química
4

Sobre a hidrolise acida do complexo tris-(2,2'-bipiridina) ferro (II) em presenãa de cloretos de metais alcalinos e alcalinos-terrosos

Lauff, Irma Kruger 15 July 2018 (has links)
Orientador : Eduardo Joaquim de Souza Vichi / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Quimica / Made available in DSpace on 2018-07-15T03:20:40Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Lauff_IrmaKruger_M.pdf: 2460029 bytes, checksum: 8fa2164ddc33475b05a8041607411ba1 (MD5) Previous issue date: 1981 / Mestrado
5

Degradação termica de Poli (cloreto de Vanila) PVC

Reys Velasquez, Nazmy Rodrigo 15 July 2018 (has links)
Orientador : Marco-Aurelio De Paoli / Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Quimica / Made available in DSpace on 2018-07-15T09:01:41Z (GMT). No. of bitstreams: 1 ReysVelasquez_NazmyRodrigo_M.pdf: 2390365 bytes, checksum: fba36cb16ce4a66467c85bbb3bc07280 (MD5) Previous issue date: 1989 / Mestrado
6

Estudo da viabilidade do cladócero tropical Macrothrix elegans Sars, 1901 (Cladocera, Macrothricidae) como organismo-teste em ensaios ecotoxicológicos.

Pinho, Salomão José Cohin January 2007 (has links)
Submitted by Mendes Eduardo (dasilva@ufba.br) on 2013-08-21T16:22:45Z No. of bitstreams: 1 Salomão CohindePinho_DISSERTAÇÃO.pdf: 149696 bytes, checksum: 834355624bcfa1a8bd6f23cc035e21c8 (MD5) / Approved for entry into archive by Vilma Conceição (vilmagc@ufba.br) on 2014-01-20T13:14:21Z (GMT) No. of bitstreams: 1 Salomão CohindePinho_DISSERTAÇÃO.pdf: 149696 bytes, checksum: 834355624bcfa1a8bd6f23cc035e21c8 (MD5) / Made available in DSpace on 2014-01-20T13:14:21Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Salomão CohindePinho_DISSERTAÇÃO.pdf: 149696 bytes, checksum: 834355624bcfa1a8bd6f23cc035e21c8 (MD5) / The current study investigates the suitability of a tropical cladoceran species, Macrothrix elegans Sars (1901) for toxicity testing in ecotoxicological tests at 250C involving two reference substances, cadmium chloride (CdCl2) both in natural and artificial media, and potassium chloride (KCl) in natural medium. The work provides a comparison among other cladoceran species from tropical and temperate environments, and discusses the potential of M. elegans as a bioindicator of stress in tropical waters. An experiment on the animal’s life-span has been included to assess its reproductive potential. On average, at 250C, M. elegans lives 38.2 ± 4.4 days and each female produces 211.8±30.4 neonates. The criterion of toxicity adopted in the bioassays was mortality/immobility using neonates up to 24-h old. The CdCl2 48-h EC50 mean values and their confidence intervals were 0.035 mg.l-1 [0.020-0.050 mg.l-1] in natural medium, and 0.018 mg.l-1 [0.012-0.024 mg.l-1] in the artificial medium. The KCl 48-h EC50 mean value (natural medium only) was 749.08 mg.l-1 [625.32-872.76 mg.l-1]. The work demonstrates the great potential of M. elegans as a test organism in ecotoxicological tests involving these substances in tropical freshwater ecosystems. / Salvador, Bahia.
7

Influência do tratamento térmico sobre as características físicas, sensoriais e digestibilidade de batatas (Solanum tuberosum L.) fritas

Vasconcelos, Natália Carvalho Montenegro de 26 February 2014 (has links)
Submitted by Daniella Sodre (daniella.sodre@ufpe.br) on 2015-04-08T18:04:23Z No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO Natália Carvalho Montenegro de Vasconcelos.pdf: 1005240 bytes, checksum: 489836e9a5944d56983a32b106c998be (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) / Made available in DSpace on 2015-04-08T18:04:23Z (GMT). No. of bitstreams: 2 DISSERTAÇÃO Natália Carvalho Montenegro de Vasconcelos.pdf: 1005240 bytes, checksum: 489836e9a5944d56983a32b106c998be (MD5) license_rdf: 1232 bytes, checksum: 66e71c371cc565284e70f40736c94386 (MD5) Previous issue date: 2014-02-26 / O consumo de alimentos processados conduz a indústria alimentícia à necessidade de realizar mais estudos acerca das tecnologias utilizadas, tendo em vista que além da praticidade também é exigido melhor valor nutricional. A batata frita é um alimento bastante apreciado pelos consumidores devido às características sensoriais que adquire durante a fritura, sendo bastante difundidas durante as refeições, apesar do elevado teor calórico e resposta glicêmica apresentados pela literatura. Tendo em vista que o branqueamento e o congelamento potencializam a qualidade deste produto, o objetivo deste trabalho foi avaliar a influência do branqueamento com sais associado ao congelamento sobre a biodisponibilidade do amido de batatas sensorialmente aceitas. Para tanto, as batatas foram submetidas aos branqueamentos B0 ou padrão, em água destilada, B1: em solução de cloreto de sódio - 3%; B2: em solução de cloreto de cálcio - 3%, e B3: com ambos os sais na mesma concentração, e, congeladas por 24 horas e 30 dias a -18ºC. Após este tempo as batatas foram fritas em óleo de soja (100g amostras/600ml óleo), e submetidas as determinações analíticas: sensoriais (teste de comparação múltipla e ordenação por preferência), físico-químicas (teor de lipídeos, fibra alimentar, amido resistente, amido total, amido disponível, índice glicêmico e carga glicêmica) e físicas (textura instrumental, colorimetria, difração de raio-x e microscopia eletrônica de varredura). Com relação aos parâmetros sensoriais, instrumentais e teor de lipídeos os resultados demonstraram que a solução de branqueamento com cloreto de sódio e cloreto de cálcio proporcionou a menor absorção de óleo e menor oleosidade, porém, textura mais rígida e sabor residual amargo, com consequente menor preferência global. O maior tempo de congelamento proporcionou o aumento de luminosidade de batatas processadas, exceto para o uso do cloreto de sódio, que intensificou a cor amarela. Com relação à microestrutura dos grânulos de amido, frações de carboidrato e resposta glicêmica, estas foram determinadas na batata sensorialmente aceita (B1). Foram avaliadas a microestrutura e o padrão de cristalinidade, no amido isolado da batata processada, e, amido resistente, fibra alimentar, índice glicêmico e a carga glicêmica das batatas processadas. Verificou-se que o branqueamento não alterou o tipo do cristal do grânulo, contudo reduziu o percentual de área amorfa e aumentou a área cristalina. O congelamento não influenciou a formação de amido resistente. Ao longo do armazenamento congelado houve redução do índice glicêmico e aumento do teor de fibra alimentar, e todas as batatas processadas apresentaram baixos índice e carga glicêmicas. Conclui-se que o branqueamento com sais associado ao congelamento é um método eficiente para melhorar as características sensoriais e modificar as propriedades do amido de batata frita, trazendo benefícios para o consumidor.
8

Efeitos tóxicos e genotóxicos do cloreto de estanho (SnCl2) em bactéria e levedura

Viau, Cassiana Macagnan January 2005 (has links)
A genotoxicidade do SnCl2 foi avaliada nos ensaios Salmonella/Microssoma, WP2 Mutoxiteste e com a utilização de linhagens haplóides e diplóides de S. cerevisiae. O presente estudo pôde demonstrar, claramente, que o SnCl2 apresenta um potencial tóxico e uma significativa atividade mutagênica em diferentes ensaios de reversão. O mutante rad52D, deficiente no mecanismo de reparação recombinacional, incapaz de reparar quebras simples e duplas no DNA, foi o mais sensível. As células tratadas com Sn2+ formaram agregados que levaram a uma superestimativa da toxicidade, quando não corretamente desfeitos. Ensaios de inativação corretos, nas doses de 25 mM e 75 mM de SnCl2, foram obtidos através da desagregação das células com EDTA ou tampão fosfato. O Sn2+ induziu reversão na levedura, nos lócus his1-798 (células diplóides), his1-208 e lys-1-1 (células haplóides), bem como mutação no quadro de leitura em células haplóides no lócus hom3-10. Em células diplóides, o SnCl2 induziu recombinação mitótica intragênica, enquanto que a recombinação intergênica não foi significativamente pronunciada. A mutagenicidade do Sn2+ foi demonstrada pelos ensaios de reversão de auxotrofias, mas não pôde ser evidenciada nos ensaios de mutação para a frente. A morte seletiva dos mutantes espontâneos para a canavanina, quando as células são tratadas com SnCl2, sugeriu uma indução de disfunções da membrana das células As células da levedura em fase de crescimento exponencial apresentaram, com apenas 0,1% da concentração de SnCl2, o mesmo perfil de sobrevivência quando comparado com as células em fase de crescimento respiratório, sugerindo um maior envolvimento de parâmetros fisiológicos na resistência ao estresse oxidativo gerado pelo SnCl2 após as células atingirem a fase pós diáuxica. As superoxido dismutases, mas não a catalase, protegeram contra as espécies reativas de oxigênio que o estanho produziu. O mutante sod1D apresentou uma sensibilidade três vezes maior do que a linhagem selvagem, enquanto que o mutante sod2D demonstrou uma sensibilidade pequena ao SnCl2. O duplo mutante sod1Dsod2D mostrou um aumento acentuado na sensibilidade quando comparado com a linhagem selvagem. No teste de Salmonella/Microssoma, o SnCl2 não induziu mutação no quadro de leitura (TA97 e TA98) e nem substituição de pares de bases (TA100), ao passo que uma resposta positiva foi observada com a linhagem TA102 que detecta mutagênicos oxidativos. O SnCl2 também induziu mutação na linhagem IC203 (uvrA oxyR), e não na linhagem IC188 (uvrA). Esses resultados indicaram que o SnCl2 é um agente mutagênico moderado. Provavelmente, o dano ao DNA é causado por espécies reativas de oxigênio e é reparado por um processo recombinacional e por um processo sujeito a erros.
9

Avaliação eletrofisiológica da ação da guanilina e de uroguanilina em cérebro de ratos / Eletrophysiological evaluation of guanylin and urogunylin in rat brain

Teixeira, Maria Daniele Azevedo January 2003 (has links)
TEIXEIRA, Maria Daniele Azevedo. Avaliação eletrofisiológica da ação da guanilina e de uroguanilha em cérebro de ratos. 2003. 111 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal do Ceará. Faculdade de Medicina, Fortaleza, 2003. / Submitted by denise santos (denise.santos@ufc.br) on 2012-05-03T12:21:26Z No. of bitstreams: 1 2003_dis_mdateixeira.pdf: 985099 bytes, checksum: a0a1e73236ee68c97891a2afb5e08f3a (MD5) / Approved for entry into archive by Eliene Nascimento(elienegvn@hotmail.com) on 2012-05-03T15:55:42Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2003_dis_mdateixeira.pdf: 985099 bytes, checksum: a0a1e73236ee68c97891a2afb5e08f3a (MD5) / Made available in DSpace on 2012-05-03T15:55:42Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2003_dis_mdateixeira.pdf: 985099 bytes, checksum: a0a1e73236ee68c97891a2afb5e08f3a (MD5) Previous issue date: 2003 / Guanylin and uroguanylin are heat-stable peptides isolated and identified from rat intestine and opossum urine, respectively. They control salt and water transport in the kidney and intestine mediated by cGMP. In this study we tried to show the effects of the guanylin-like peptides on EEG-parameters, as well to investigate possible cerebral action mechanisms in the central nervous system. The experiments were performed using anaesthetized male Wistar rats that were placed on the stereotaxic frame for surgery to implant a guide cannula towards to cisterna magna. After 48 hours, the animals were divided in three groups: guanylin (2μg/μl/min) and uroguanylin (2μg/μl/min and 6μg/μl/min), and recived intracisternal infusion by a infusion pump. Another two groups were performed using uroguanylin (2μg/μl/min) and a pretreatment of two Clˉ blockers: niflumic acid and nedocromil sodium. EEG recordings were made throughout the experimental procedure, using a software for spectral activity study and absolute amplitude, starting with the control recording segment, followed by drug infusion segment and finishing with after infusion segment. Guanylin peptide in the rat brain increased the frontal waves amplitude and induced spikes. Uroguanylin induced the same changes more intensively (p<0.05). Niflumic acid didn’t promoted changes, but nedocromil seemed to inhibit the spikes (p<0.05). We propose that guanylin and uroguanilyn EEG effects were caused by Clˉ channels envolvement. / Os peptídeos termo-estáveis guanilina e uroguanilina foram inicialmente isolados e identificados do intestino de rato e de urina de opossum: suas propriedades são atribuídas ao controle do transporte de sal e água no rim e intestino, mediado pelo GMPc. O presente estudo propõe-se a avaliar a atividade neurofisiológica dos peptídeos do tipo guanilina, através da análise do registro eletroencefálico, bem como investigar os mecanismos de ação responsáveis pela possível ação sobre o sistema nervoso central. Para tanto, grupos de ratos Wistar machos anestesiados foram submetidos a uma cirurgia para a colocação de uma cânula na cisterna magna. Decorridas 48 horas da cirurgia, estes animais foram novamente anestesiados, sendo infundidas através de uma bomba de infusão: guanilina (2μg/μl/min) e uroguanilina (2μg/μl/mim e 6μg/μl/min), em três grupos distintos. Posteriormente, outros dois grupos de animais foram submetidos ao mesmo protocolo experimental, com a uroguanilina, porém adicionalmente, receberam um pré-tratamento (antes da infusão) de duas substâncias bloqueadoras de canais de Clˉ: o ácido niflûmico e o nedocromil sódico. Durante a infusão intracisternal dos peptídeos, houve o registro do EEG dos diversos espectros de ondas, sendo gravados três momentos: antes da infusão ( controle), durante e após a infusão. O peptídeo guanilina quando infundido em cérebro de ratos levou a alterações na amplitude do traçado e o surgimento de pontas no EEG. A uroguanilina induziu as mesmas alterações, contudo houve uma maior intensidade (p<0.05). O pré-tratamento com ácido niflûmico não influiu nos resultados da infusão de uroguanilina, porém o nedocromil inibiu o surgimento de pontas (p<0.05). Sugerimos através deste estudo, que os peptídeos guanilina e uroguanilina produzem alterações eletroencefalográficas, atuando sobre o cérebro por mecanismos de ação envolvendo canais de Clˉ.
10

Modelagem quântica da produção de PVC catalisada por organometálicos

Castro, Thiago Sampaio 26 February 2018 (has links)
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Química, Programa de Pós-Graduação em Química, 2018. / Submitted by Raquel Almeida (raquel.df13@gmail.com) on 2018-05-15T18:04:47Z No. of bitstreams: 1 2018_ThiagoSampaioCastro.pdf: 4656685 bytes, checksum: 23429faa034f572f0a8420ff1e3a6550 (MD5) / Approved for entry into archive by Raquel Viana (raquelviana@bce.unb.br) on 2018-05-21T14:46:13Z (GMT) No. of bitstreams: 1 2018_ThiagoSampaioCastro.pdf: 4656685 bytes, checksum: 23429faa034f572f0a8420ff1e3a6550 (MD5) / Made available in DSpace on 2018-05-21T14:46:13Z (GMT). No. of bitstreams: 1 2018_ThiagoSampaioCastro.pdf: 4656685 bytes, checksum: 23429faa034f572f0a8420ff1e3a6550 (MD5) Previous issue date: 2018-05-21 / Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). / Neste trabalho – pela aplicação de métodos químico-computacionais baseados na Teoria do Funcional de Densidade (DFT), Teoria Quântica de Átomos em Moléculas (QTAIM), Orbitais Naturais de Ligação (NBO) e Índices Multicêntricos – apresentamos uma proposta mecanística para o processo de polimerização do cloreto de vinila (CV) via Cp*Ti(OPh)3. Verificamos que o comportamento mecanístico do catalisador de Endo se assemelha aos de outros metalocenos em processos clássicos de polimerização de olefinas não-polares. Tal comportamento se deve à ocorrência de interações não convencionais que estabilizam o complexo tornando-o mais tolerante ao átomo de cloro do monômero CV. Essas interações que estabilizam o centro metálico, modulando sua atividade catalítica, são essencialmente do tipo η3, envolvendo Cp* durante a coordenação, e interações agósticas dos tipos β e γ, além da ligação C‒H orto do fragmento ligante OPh. Estudos de ligações multicêntricas, análises NBO e QTAIM apontaram um maior favorecimento eletrônico para a formação de interações do tipo γ-agóstica, porém, as menores repulsões e a melhor simetria de interação fazem da interação β-agóstica essencial para o mecanismo continuado da polimerização do CV. Estudos termoquímicos e eletrônicos indicaram, inicialmente, que o catalisador de Endo favorece o mecanismo de polimerização via face Re, no entanto, após os processos de coordenações e inserções na primeira etapa de polimerização, a mudança do ambiente estereoquímico proporciona a coordenação mais efetiva em face Si. Estas alternâncias do sítio vacante, durante o processo de polimerização, proporcionaram um ambiente estereoeletrônico que possibilita a formação de cadeias poliméricas isotácticas. Os resultados obtidos indicaram também que os processos de eliminação de cloro foram expressivos, o que ajudaria a explicar os baixos rendimentos obtidos por Endo quando comparado com o mecanismo via radicais livres. / In this work - the application of chemical-computational methods based on the Functional Density Theory (DFT), Quantum Theory of Atoms in Molecules (QTAIM), Natural Bonding Orbital (NBO) and Multicentric Indexes - we present a mechanistic proposal for the polymerization process of vinyl chloride (CV) by Cp*Ti(OPh)3. We have verified that the mechanical behavior of the Endo catalyst is similar to that of other metallocenes in classical polymerization processes of non-polar olefins. This behavior is due to the occurrence of unconventional interactions that stabilize the complex making it more tolerant to the chlorine atom of the CV monomer. These interactions that stabilize the metal center, modulating its catalytic activity, are essentially of type η3, involving Cp* during coordination, and agostic interactions of type β and γ, in addition to the C-H ortho bond of the OPh ligand fragment. Multicentric linkage studies, NBO and QTAIM analyzes, pointed to a greater electronic favoring for the formation of γ-agostic type interactions, however, the lower repulsions and better interaction symmetry make the β-agostic interaction essential for the mechanism of CV polymerization. Thermochemical and electronic studies initially indicated that the vacant site in the Endo catalyst favors the polymerization mechanism by face Re, however, after the insertion processes in the first step, the active site change provides the most effective by face Si. These alternations of the active site, during the polymerization process, provide a stereoelectronic environment that favors the formation of isotactic polymer chains. The results also indicated that the chlorine elimination processes were expressive, which would help to explain the low yields obtained by Endo when compared with the mechanism by free radicals.

Page generated in 0.0171 seconds